Fate/Grand Order

Fate/Grand Order (Japonês: (フェイト/グランドオーダー Feito/Gurando Ōdā?)) é um RPG eletrônico para celular online gratuito, desenvolvido pela Delightworks usando Unity, e publicado pela Aniplex. O jogo é baseado na franquia Fate/stay night da Type-Moon e foi lançado no Japão em 29 de julho de 2015 para Android, e em 12 de agosto de 2015 para iOS. As versões em inglês para iOS e Android ocorreram em 25 de junho de 2017 nos Estados Unidos e no Canadá, e uma versão em coreano foi lançada em 21 de novembro de 2017. Uma versão arcade intitulada Fate/Grand Order Arcade foi lançada pela Sega no Japão em 26 de julho de 2018.

O jogo é centrado em combates baseado em turnos, onde o jogador, que assume o papel de “Mestre”, convoca e comanda familiares poderosos conhecidos como “Servos” para combater inimigos. A narrativa da história é apresentada em um formato de romance visual, e cada Servo tem seu próprio cenário que o jogador pode explorar.

Fate/Grand Order faturou $982 milhões em 2017, tornando-se o sexto jogo para celular com maior venda do ano. Em 2018, Fate/Grand Order arrecadou $1.2 bilhões, tornando-se o sétimo jogo gratuito para jogar de maior venda do ano. Em 13 de março de 2019, o jogo arrecadou mais de $ 3 bilhões em todo o mundo.

O que é “Fate”?

Fate/Grand Order é inspirado na série de animes conhecida como “Fate”. A animação, por sua vez, foi criada com base em um jogo muito antigo chamado de Fate/Stay Night. O enredo central apresenta magos que lutam em uma batalha milenar por um único prêmio: o Santo Graal, item capaz de conceder qualquer desejo ao seu portador. Para vencer os outros magos, cada participante controla um Servo.

O Servo é um guerreiro lendário vindo de outra época da história da Terra, ou seja, figuras históricas reais. A série Fate é recheada de personagens que realmente existiram, ou de mitos e lendas de contos famosos da humanidade. Rei Arthur, Joana D’arc, Medusa, Gilgamesh, Hércules, Alexandre O Grande, Nero, Francis Drake, Drácula e até Buda estão presentes.

Assim, a série Fate se desenvolveu ao longo de vários anos e hoje possui outros animes spin-offs e também jogos. O próprio Fate/Grand Order já recebeu uma adaptação animada, disponível no Brasil na plataforma Crunchyroll, que conta os fatos do game em desenho. Além disso, há games disponíveis no PlayStation 2, PSP, Nintendo Wii, Nintendo Switch e PC, atualmente.

No geral, trata-se de uma série que, apesar de não ser muito conhecida no Brasil, faz um enorme sucesso no exterior, principalmente no Japão, onde um novo anime da franquia é lançado anualmente.

Onde posso jogar?

Fate/Grand Order está disponível para Android e iOS, mas não se encontra oficialmente nas lojas brasileiras da App Store ou Google Play. Contudo, é possível baixar o game trocando a região de sua conta, o que possibilita que muitos brasileiros aproveitem o título – que está apenas em inglês e japonês – sem travas de região.

Como funciona o jogo?

Fate/Grand Order é mais um game que segue o clássico estilo de “gacha”, ou seja, personagens e itens são tratados como prêmios aleatórios para os jogadores. Há também elementos de estratégia e RPG. As batalhas são em turnos e os personagens podem combinar ataques para formar combos, além de golpes especiais. Contudo, o foco está na coleção que o jogador faz ao invocar os Servos para construir um exército.

Cada vitória ou passo importante dentro do jogo te dá mais pontos para tentar invocar Servos de maneira aleatória. É possível conseguir Servos comuns ou raros de acordo com o tipo de investimento em pontos feito e também conforme sua sorte favorece. Assim você pode avançar na história, em fases mais difíceis, e conquistar mais pontos conforme luta, usando a estratégia e poder.

Jogabilidade

Fate/Grand Order é um RPG tático baseado em turnos. O jogador assume o papel de “Mestre” e comanda um grupo de indivíduos chamados “Servos”, que são tipicamente figuras históricas, literárias e mitológicas de várias culturas. O jogador comanda um grupo composto por até 6 Servos em cada batalha, 3 membros ativos e 3 membros da reserva. Em cada turno, o jogador recebe um conjunto de 5 Cartas de Comando e pode usar até 3 delas para atacar. Cada servidor tem 5 cartas que o jogador pode usar; as cartas de todos os servos em campo são embaralhadas e distribuídas ao jogador a cada turno. As cartas têm três tipos: Buster (um ataque pesado), Arts (um ataque médio que cobra um medidor pelo “Noble Phantasm” do Servo) e Quick (um ataque leve que gera Estrelas Críticas que aumentam a probabilidade de acertos críticos no próximo turno). Se três cartas semelhantes forem usadas em um turno, elas criarão uma “Corrente” que dará um bônus com base nas propriedades das cartas. Se três cartas, todas correspondendo ao mesmo servidor, forem selecionadas, uma “Corrente Valente” será seguida, resultando em um ataque extra, mais poderoso, sendo adicionado ao final. Cada servidor também possui habilidades que podem ser usadas antes de sacar cartas de comando; cada habilidade produz efeitos na batalha, bem como um cartão de comando especial chamado “Noble Phantasm” que aparece quando o medidor está cheio. O “Mestre” também tem um conjunto separado de habilidades e habilidades especiais chamadas “Feitiços de Comando”. Feitiços de Comando têm uma variedade de efeitos e recarga com base no tempo do mundo real.

Os servos são obtidos através de uma mecânica gacha. O Saint Quartz, uma moeda do jogo obtida tanto com o jogo quanto com compras no aplicativo com dinheiro real, é usado para convocar novos Servos e adquirir “Essências de Ofício”, que dão efeitos adicionais quando equipadas a um servidor. Essa invocação é aleatória, com alguns servidores disponíveis normalmente e outros raramente. Outra moeda é “Friend Points”, que são adquiridos com mais facilidade, mas só podem adquirir Servos comuns com eles. Se várias cópias do mesmo servo forem adquiridas, o poder desse servo será ligeiramente aumentado. Fate/Grand Order foi criticado por ter uma taxa de queda fraca em seus raros servos, sendo extremamente caro adquiri-los com segurança.

 Jogue em outros modos além do modo História

Completar o modo História é essencial para liberar personagens, mas ele não é o único que você pode usar para evolui-los. As Missões Diárias, os Interlúdios (histórias individuais) e as Missões de Ranking são excelentes para adquirir cards de experiência e materiais, fortalecer o seu time e desbloquear habilidades. Confira os outros modos.

Use cartas duplicadas para fortalecer personagens

Como todo “gacha game”, em Fate/Grand Order você é estimulado a colecionar heróis, mas vai chegar um momento em que você terá muitas cartas de personagens fracos repetidos, enquanto tenta invocar os mais fortes e raros. Essas cartas ainda podem ser usadas para fortalecer a carta original, selecionando-a como material de melhoria, permitindo inclusive que o NP (a habilidade especial) seja carregada a até 200%.

Consiga mais Friend Points (FP)

Os FPs são uma moeda gratuita para invocar personagens de 1 a 3 estrelas. No entanto, você pode acumular mais delas se você selecionar um personagem de outro jogador como um suporte para seu time antes de uma batalha ou um de seus próprios. No entanto, usar heróis de outros jogadores rende muito mais pontos. Então, seja sociável.

Troque Mana Prisms (MP) por tickets de invocação especial

Os heróis de 4 e 5 estrelas só podem ser invocados usando Saint Quartz, a moeda premium de Fate/Grand Order, que entre outros métodos, é preciso comprar com dinheiro real para conseguir. No entanto, você pode trocar 20 Mana Prisms (MP), a segunda moeda gratuita do jogo, que é mais rara do que os FP por um ticket de invocação especial, disponível na Da Vinci Workshop. É um método mais demorado, porém menos custoso de se conseguir os melhores personagens do jogo.

Você pode conseguir Saint Quartz em eventos, completando missões ou como prêmio ao entrar no jogo todos os dias, ainda que em uma quantidade muito pequena.

Controle a sua carteira

Assim como Azur Lane e Mario Kart Tour, Fate/Grand Order é um “gacha game”, um jogo gratuito com mecânicas para estimular o jogador a colecionar itens e um sistema de roleta, onde cada tentativa de conseguir novos heróis é aleatória. É um sistema similar ao das caixas de loot e, como tal, também pode fazer o jogador gastar dinheiro.

Alguns itens e personagens podem inclusive ser temporários, o que força o jogador a abrir a carteira desesperadamente atrás de novas chances de conseguir os heróis através das invocações, que nada mais são do que uma roleta. É possível curtir o jogo sem gastar um tostão, mas se você tem filhos, implemente controles para evitar gastos.

Escolhe os servos corretos

Verifique-se que escolheu os servos melhores e mais poderosos de acordo com as habilidades e não as estrelas. Há alguns servos mais comuns que não são muito poderosos.

As cartas certas irão conduzir-lhe a vitória

Para afetar e danificar consideravelmente a vida do seu adversário você deve escolher os cartões “BUSTER” também conhecido como um ataque pesado.

Cria uma cadeia

Use a mesma carta três vezes de uma vez para criar uma “Cadeia” para conseguir cartões bónus.

Cadeia Brava: Entretanto este é usando o mesmo servo três vezes em seguida. Isto torna a sua personagem mais forte e poderosa.

Sistema de batalha

(Para aqueles que não estão lendo as partes visuais do romance, a opção pular cena é o botão no canto superior direito. Como você sabe, haha. Além disso, algumas dessas coisas só acontecem após as primeiras batalhas tutoriais, se você está se perguntando por que ainda não apareceu.)

Portanto, nos mapas principais, você verá dois tipos de batalhas disponíveis. 

Missões Principais

Serão indicadas com um ícone dourado “NEXT”. Eles progridem na história principal e estão em caixas azuis.

Você não necessariamente recebe um Saint Quartz a cada batalha. Um de cada um desses pequenos marcadores de flechas vazios é preenchido a cada batalha concluída. Quando todos os três estiverem preenchidos, você receberá o quartzo ou qualquer que seja a recompensa mostrada na caixa. Às vezes, a recompensa também é um item diferente.

Missões Livres

Que são indicadas no mapa por um número com um círculo laranja. Eles estão em caixas verdes.

Depois de lutar o número necessário de batalhas, você receberá um quartzo. Nesse caso, concluí uma das três batalhas necessárias. Você pode obter esse item apenas uma vez – sem repetir o nível mais fácil para moer quartzo.

As missões de interlúdio 

São outro tipo de missão. Eles são desbloqueados à medida que você obtém e aumenta o nível de servidores. Na imagem acima, eu subi Hyde o suficiente para poder fazer o interlúdio dele, mas não fiz o mesmo com Mefistófeles, então o interlúdio dele está acinzentado. Interlúdios também ocorrem em locais fixos, então você também terá que progredir o suficiente nas missões da história para poder fazer interlúdios. 

As recompensas incluem história extra, bem como quartzo ou um upgrade de habilidade / PN (que é indicado por essa espada + imagem de disco de ouro). 

Também existem missões de fortalecimento , que podem dar novas habilidades aos servidores ou melhorar muito as habilidades antigas. Estes são lançados periodicamente pela DW. Eu acho que em todos os casos, você deve ter ascendido o máximo a seu servo antes de poder fazê-lo.

Para obter informações sobre interlúdios específicos e missões de fortalecimento, acesse o reddit etc.

Membro de suporte 

Depois de escolher uma missão e passar pelo diálogo, você escolherá um membro de equipe, que será o sexto servidor da sua equipe. Cinco dos slots são sempre seus próprios servidores, enquanto o último para o membro de suporte é sempre o servidor de um jogador on-line aleatório ou de alguém da sua lista de amigos.

Observe também – o número do nível no canto superior esquerdo é o nível recomendado para a batalha, enquanto os ícones de classe à direita indicam quais classes são os inimigos, para ajudá-lo a formular a estratégia.

Você pode navegar entre os servidores de seus amigos (e alguns randoms) para obter esse suporte, todos classificados por classe com os oito botões acima. (A opção de classe “all” pode incluir servidores que são governantes, Vingadores, Shielder e qualquer outro tipo.) O botão retangular azul mostra a tela do triângulo de classe / arma. Você também pode classificar a ordem em que os servidores são listados por crescente e decrescente, de acordo com o último login, nível, HP e ATK. Apertar o botão azul à direita em cada slot de jogador mostrará a lista completa de jogadores.

O pequeno ícone de bandeira à direita significa que o servidor está disponível durante uma batalha principal da história. Esses servidores aparecerão no topo da lista, independentemente de qual classe você está assistindo, e geralmente têm altos níveis de PN e habilidades. O ícone verde do aperto de mão significa que o jogador está na sua lista de amigos.

Você também ganha pontos de amigo após cada batalha bem-sucedida

Um aleatório lhe dará 10, um amigo lhe dará 25 e um servo da história lhe dará 200. (FP são usados ​​para convocar EXP, servo e CE de nível inferior, a 200 FP por rolo.)

Um CE especial disponível através de uma certa cópia da revista Type-Moon oferece 75 FP adicionais por batalha se você usar um criado equipado com ele. (Você não pode receber o dobro por meio de sua própria cópia e de um amigo.) Se alguém usar seu criado com o cartão equipado, você receberá 75 FP adicionais.

Se o torcedor não for de alguém da sua lista de amigos ou do enredo, também conhecido como não há ícone de bandeira ou aperto de mão, você não poderá usar o Noble Phantasm (ele ficará acinzentado). Se alguém usar seu Servo em batalha,  

você receberá 10 pontos se ele não estiver na sua lista de amigos e 25 pontos se estiver.

Referências:

Kairosity, Apowersoft, Tecnoblog, wikipedia, techtudo.

South Park: The Stick of Truth

South Park: The Stick of Truth é um jogo eletrônico do gênero RPG de 2014, desenvolvido pela Obsidian Entertainment, com a colaboração de South Park Digital Studios, e publicado pela Ubisoft para PlayStation 3, Xbox 360 e Microsoft Windows. O jogo é baseado na série de desenho animado estadunidense South Park, o enredo é centrado no “garoto novo”, que se muda para a cidade de mesmo nome, envolvendo-se em uma épica guerra de fantasia RPG entre seres humanos, magos e elfos, que estão lutando pelo o controle de um objetivo super poderoso, o Stick of Truth (Cajado da Verdade). O jogo sai completamente fora do controle, levando-os em conflitos com alienígenas, zumbis nazistas e gnomos, ameaçando a cidade à destruição.

O desenvolvimento começou em 2009, após os criadores de South Park, Trey Parker e Matt Stone, aproximarem da Obsidian com a ideia de fazer um jogo RPG projetado para refletir exatamente a série de televisão. Parker e Stone estiveram envolvidos ao longo da produção do jogo: eles escreveram o enredo, foram consultados sobre o projeto e expressaram vários personagens da série. South Park: The Stick of Truth teve uma produção turbulenta; a data de lançamento foi adiada várias vezes a partir da data programada em março de 2013 até o lançamento em março de 2014. Houve também uma mudança de editora na sequência da falência da THQ, editora original. Os direitos do jogo foram comprados pela Ubisoft no início de 2013.

South Park: The Stick of Truth foi objeto de censura em algumas regiões devido ao seu conteúdo, que inclui abortos e imagens nazistas; Parke e Stone substituíram as cenas com explicações detalhadas sobre cada. O jogo foi lançado com críticas positivas, que elogiou o roteiro de comédia, o estilo visual e a fidelidade ao material de origem. Ele recebeu críticas por falta de combate e técnicas difíceis que retardaram ou impediram o progresso. A sequência, South Park: The Fractured but Whole, está agendada para ser lançada em 2017, ao lado de uma versão de South Park: The Stick of Truth para PlayStation 4 e Xbox One.

Tela de criação de personagem

Sua roupa, seu jeito, sua cara

É aqui que você escolhe sua aparência e monta um perfil inicial. Essa parte é fácil. Mas o Cartman, de qualquer jeito, vai te achar um fucking-cão-chupando-manga com a roupa mais ridícula do mundo.

Classes

Chegou o momento de escolher sua classe, ou seja, que define os tipos de habilidades que você tem e como vai lutar durante as batalhas. No fim das contas, você é insignificante e o Mago Rei podia dar conta de encontrar o Bastão da Verdade sozinho. Mas como ele é um cara muito legal, vai deixar você participar da brincadeira.

Você vai conhecer a galera da vizinhança conforme for jogando. Isso é uma parte muito importante porque, sabe como é, networking te leva à melhores oportunidades. Não esqueça de adicionar todo mundo e fazer seu “feici” bombar.

“Mova sua bunda, Idiota”: você vai descobrir como a interface do jogo é simples.

Todo mundo tem nome de guerra em um RPG. Teoricamente, você escolhe algo que acha sensacional. Só que, nesse jogo, quem manda é o Cartman e ele diz que seu nome vai ser “Idiota”. Não adianta discutir, ele não vai te chamar de outro jeito.

Na galeria, ali de cima, tem várias imagens com um pouquinho da interface. Seu inventário, a loja de equipamentos, os bichinhos especiais que você captura e coleciona e seu caderno de missões. Tudo muito fácil de entender.

Referências aos episódios

Se você não acompanhou a série de TV de South Park e gostaria de jogar o game, não se preocupe. É possível curtir a história do jogo mesmo sem entender algumas das inúmeras referências colocadas na aventura. Caso você esteja curioso para entender os detalhes e piadas, pode começar pela trilogia “Black Friday”, que são os episódios 7, 8 e 9 da 17° temporada. Eles serviram como um prólogo para entender a origem da brincadeira das crianças no game.

Como começar a sua aventura

Ao entrar no menu inicial, escolha a opção “Novo Jogo” e siga as instruções para selecionar o nível de dificuldade e criar o seu novo personagem. O game não é difícil, até mesmo em níveis mais altos, e você poderá aproveitá-lo no tempo que quiser. Ele também conta com legendas em português para facilitar o entendimento das piadas e narrativa. Para selecioná-las, basta você mudar o idioma da interface da sua plataforma. Acesse as opções do PS3, Xbox 360 ou na sua conta do Steam para selecionar o idioma da interface e colocá-los em português.

Após a animação inicial, você deverá completar a primeira missão do jogo para fazer amigos. Encontre o personagem Butters à direta e siga-o para a casa do Cartman. Siga o pequeno tutorial para aprender os primeiros comandos em combate. Nesta parte não há muitas dificuldades, mas é necessário um pouco de atenção para completar os golpes.

Importante: O sistema de combate segue o estilo dos jogos de RPG, sendo realizado por turnos. Os ataques tem tempo certo, então fique atento para os comandos que aparecem logo abaixo. Siga os controles e aperte os botões pedidos no momento certo para realizar seus ataques. Golpes fora do tempo certo causam menos dano ou falham.

Interface e Comandos

A interface também segue o tom bem humorado de South Park, fazendo referências ao episódio “Você tem 0 Amigos”. Familiar a uma página do Facebook, seu menu principal reúne todas as informações do seu personagem, habilidades, mapa e até mesmo mensagens dos personagens do jogo em um mural. Você poderá atualizar habilidades, conferir suas missões e ainda pegar dicas em mensagens dos personagens. Vale lembrar que para pegar as dicas é necessário explorar o mapa e conversar com outras pessoas, para convidá-las para sua rede social. Fique atento aos pontos de interrogação mostrados no mapa, pois estes guiarão você pelas missões, mostrando onde deve ir e o que fazer.

Os comandos tem diferenças muito distintas entre as versões de console e as de PC. Usando o mouse e teclado, você controla seus personagens com os botões A, W, D e S e seleciona as habilidades no combate com o uso do mouse. Já nas versões de PS3 e Xbox 360, os comandos no controle são muito semelhantes, e para mudar as opções você deverá usar os botões superiores como R2 ou LT e selecionar as opções usando o analógico. Uma dica é usar o controle do Xbox 360 no PC, pois ele permite um controle melhor dos movimentos em combate e é mais preciso para acertar o tempo correto dos ataques.

Escolha diferentes classes e equipamentos

Ao criar seu personagem você terá quatro diferentes classes pra escolher, sendo elas o Guerreiro, Mago, Ladrão e a curiosa classe de Judeu. Na hora de escolher, tenha em mente que cada classe possui habilidades especiais específicas, todas inspiradas na série de TV e com diversas piadas. Já na hora de escolher seus equipamentos, não se preocupe. Não existem restrições ou equipamentos certos para cada classe, e tirando certas roupas que o personagem Cartman dá ao seu, você poderá equipar quase todas.

Sua roupa consiste em uma fantasia bem criativa que pode variar de tema. Para consegui-las, você deve juntar dinheiro e explorar diferentes lugares do jogo. Elas podem ser desbloqueadas em missões ou podem estar escondidas, e é necessário ter o level certo para usar determinadas roupas. Os acessórios são variados e podem ser encontrados da mesma forma, ou comprados. Você pode usar perucas, óculos e até mesmo barba. A maioria dos acessórios fazem referências aos episódios e vão lhe garantir diferentes bônus para usar em combate.

Realizando missões

Para evoluir o seu personagem e avançar no jogo é essencial que você complete as missões (quests) e entre em combates para ganhar experiência. Como características dos clássicos RPGs, você precisará ganhar experiência para atingir níveis maiores, para assim poder equipar novos equipamentos e derrotar inimigos mais fortes. As missões principais, marcadas por pontos de interrogação amarelos e azuis, avançam a história principal do jogo, enquanto os pontos cinzas são missões opcionais que lhe darão itens bônus e também experiência extra.

Procure pelos pontos no mapa ao acessar o menu principal. Clique nos pontos de exclamação para ler as informações pedidas na missão e se guiar. Usando os pontos você encontrará facilmente seus objetivos e saberá o que fazer para completar cada missão. Siga as instruções e complete o maior número de missões possíveis para subir de nível, conseguir itens e coletar objetos colecionáveis.

Sistema de combate

O sistema de combate é muito simples, seguindo a ideia de ter sido criado pelas crianças da quarta série. Ao encontrar e encostar nos inimigos pelo mapa, você automaticamente entrará em combate e contará com a ajuda de parceiros para te ajudar. Use os botões R1 ou RT para trocar de companheiro no controle ou selecione com o mouse no PC. Seu companheiro também ganhará novas habilidades com o tempo. Lembre-se que ao trocar, o outro personagem não poderá atacar no mesmo turno. Ataque primeiro seus inimigos antes de entrar em batalha para começar o turno atacando.

O combate é realizado por turnos onde cada jogador terá sua vez de atacar. Você poderá usar um item por turno e um ataque, seguindo sempre as instruções de cada um e tentando acertá-lo no tempo certo pedido. Fique atento para as suas barras em combate, que são as de HP ou vida, a de PP ou “Power Points” e sua barra de Mana. Você precisará das duas últimas para realizar ataques, usando a de PP para golpes especiais e a de Mana para habilidades. Cada ataque especial e habilidade usada gastará os pontos das suas barras.

Para se defender, você deverá ficar atento ao tempo de ataque do seu adversário. Ao ver um circulo cinza abaixo do seu personagem, pressione o botão de ataque no controle ou no mouse para bloquear um ataque. Quando mais preciso, melhor será o seu bloqueio. Você também pode invocar criaturas durante o combate, mas a invocação só pode ser usada uma vez por dia. Para ganhá-las você precisa visitar os moradores de South Park e realizar tarefas pra eles. Para invocar a mesma criatura, você precisará retornar ao morador e falar com ele para ter acesso a ela novamente.

Importante: Compre ou explore para coletar itens de recuperação, como lanches, refrigerantes e comidas fortes que recuperam suas barras de HP, PP e Mana. Lanches maiores recuperam quantidades maiores de vida, assim como outros itens para as outras barras. Vale lembrar que você poderá usar apenas um item por turno, então escolha com cuidado.

Itens colecionáveis

Fazendo novamente referências aos episódios, o game conta com diversos objetos colecionáveis que podem ser coletados ao longo da aventura. Alguns estão em locais de fácil acesso, mas outros precisam de uma atenção especial por estarem bem escondidos, além de precisarem do uso de habilidades específicas. Um dos itens colecionáveis são os famosos Chinpokomon, uma sátira ao desenho Pokémon feita na série de TV. Acessórios também são itens colecionáveis, mas podem ser usados no seu personagens, garantindo bônus e até mesmo conquistas ou troféus se usados em determinados momentos.

Dicas básicas antes de começar o jogo

Escolha bem o seu companheiro de time (Conquista No Chilft Left Behind). Na minha opinião, para esse jogada no qual se deseja obter o 100% vale ressaltar os companheiros (não necessariamente nessa ordem):

BONS:

Kyle: Tem um bom dano e aguenta também bastante dano. Recomendo contra chefes.

Stan: Tira pouco dano mas é um bom tank. Recomendo contra chefes.

Jimmy: As skills dele auxiliam bastante, é um ótimo suporte. Recomendo contra inimigos comuns.

Cartman: Tem pouca vida e defesa, mas tem um forte dano em área. Recomendo contra uma grande onda de inimigos.

RUINS:

Kenny: Apesar de ser ótimo no começo do jogo, o Kenny durante suas skills pode morrer, colocando em risco assim a conquista.

Butters: Muitos dizem que é o melhor companheiro, talvez até seja. No seu perfil na seleção de Grupo é possível observar que Butters tem uma ”passiva secreta” do qual ele dobra a chance dos inimigos focarem ele, logo, você não vai desejar isso, ele pode morrer e pôr em risco a conquista.

Lembrando também é possível reviver os colegas antes da batalha acabar, porém efeitos como Sangramento e Incendiar pode matar o inimigo antes que você tenha tempo de reviver o aliado. Caso o aliado morra, recomendo você fazer reload no save antes da batalha acabar (o jogo faz autosave sempre).

Durante sua jogatina, converse com todos e interaja com tudo que puder. Abra todas as portas e portões e explore as casas.

A dificuldade não altera a obtenção das conquistas. Logo, você pode deixá-la em Casual para facilitar as coisas.

Upe ao máximo sua primeira habilidade (Conquista Mastery).

Não venda nada durante a campanha para poder desbloquear a conquista For the Hoarder. E também evite gastar dinheiro, pois no final você vai precisar ($175 para ser mais exato), dá pra finalizar o jogo fácil fácil apenas com os itens dropados/obtidos.

Referências:

Pure break, Steam community, wikipedia, techtudo.

Vampyr

Vampyr é um jogo de ação e rpg desenvolvido pela Dontnod Entertainment e publicado pela Focus Home Interactive. Ele estaria disponível para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One em 2017, mas foi adiado para 2018. Uma versão também para o Nintendo Switch será lançada em 2019.

O enredo gira em torno do médico vampiro Jonathan Reid, que quer chegar a termos com sua condição de morto-vivo. Ele deve lidar com o fato de estar dividido entre o seu Juramento de Hipócrates e a sua sede de sangue. O jogador não é obrigado a matar para terminar o jogo. Opções de diálogo podem ser utilizadas para a caça de suas presas e para se alimentar, o que repõe a força e aumentar o nível, do personagem principal.

Vampyr se passa em Londres durante a pandemia da gripe espanhola em 1918. A ambientação foi pesquisada ao viajar para Londres e os visuais foram feitos com pontos de referências reais e imaginários em mente.

Jogabilidade

Vampyr é um jogo de rpg de ação jogado a partir de uma câmera em terceira pessoa. O jogador controla o protagonista do jogo, Jonathan E. Reid, um médico vampiro, cuja sede de sangue o obriga a matar pessoas inocentes. Para fazer isso com sucesso, ele deve reunir informações sobre seus alvos, estudar e mudar seus hábitos, coletar pistas e manter certos relacionamentos ao comunicar-se com os habitantes de Londres, o que serve como um mundo ficcional semi-aberto construído em torno de centros de bairros que se ligam a outras áreas. Igual no conto de vampiros, Reid só pode entrar em uma casa com um convite. Se alguém assim escolher, qualquer um no jogo poderia ser um alvo, o que traz consequências que afetam a história. Cada Morador tem um tipo diferente de história, relacionamentos e rotinas diárias. Se eles morrerem, eles vão dar para Reid seu último pensamento. Alimentar-se de sangue humano vai desbloquear novos poderes vampíricos, além de fornecer nutrição. A habilidade “Hipnotizar” pode determinar o comportamento de alvos fracos, como coagir-los a revelar informações importantes ou guiar eles para áreas menos visíveis, de modo a possibilitar que Reid se alimente sem ter que recorrer ao combate. pode-se curar as vítimas feridas e doentes a fim de ganhar mais no processo. a taxa de aflição de cada um pode ser visualizada quando Reid utiliza-se de seus sentidos de vampiro. Cada distrito terá uma pontuação com base na média da saúde de seus cidadãos. é possível terminar o jogo sem tirar uma vida, que melhor preserva o disfarce de Reid como médico, mas deixa-o incapaz de subir de nível.

Reid pode utilizar armas de corpo a corpo improvisadas, como uma serra, bem como armas de longo alcance, nas lutas contra outros vampiros mutantes conhecidos como “caveiras”, e matadores de vampiros que podem facilmente detectar a raça de Reid. As melhorias de armas são possíveis através da fabricação e ao saquear itens dos corpos das vítimas. Enquanto estiver usando os poderes de vampiro em combate, a vida e energia do personagem é drenada. Isso o força a se alimentar, a fim de repor imediatamente a sua força. Ele também pode utilizar a sua habilidade “Primavera” para alcançar locais que de outra forma estariam fora do alcance e avançar mais rapidamente através das fendas, que uma vez melhorada, pode causar danos no impacto e invencibilidade temporária.

Grande foco na narrativa

Um elemento trazido de Life is Strange para o novo game são os diferentes caminhos para a narrativa. Além de cuidar do estado físico dos moradores de Londres, o vampiro também pode buscar pistas sobre cada pessoa da cidade.

Segundo a Dontnod, o jogador estará livre para matar ou poupar quantos e quaisquer personagens que desejar. Isso fará com que os poderes de Reid evoluam, porém, cada morte pode afetar a narrativa do game.

Além de trazer diálogos com diferentes escolhas de fala, o game contará com um sistema que “conecta cada cidadão como parte de uma rede social”. Com isso, a morte de um NPC afetará a vida de outros personagens e, consequentemente, a narrativa da cidade.

“Em Vampyr, não é sobre “eu mato”, mas “quem eu mato?”. Encontros mortais atormentam a jornada do médico, e cada cidadão oferece uma fonte tentadora de poder … mas haverá consequências”, afirma a desenvolvedora na Steam.

De acordo com a Dontnod, os quatro distritos principais do game contam com “status de vida” indicando a saúde e número de personagens mortos. Com as mortes aumentando e afetando outras pessoas, consequências como aumento nos preços e doenças começam a aparecer.

A desenvolvedora promete diversas possibilidades na narrativa que envolve a cidade. Com isso, mesmo que todos os quatro distritos sejam dizimados, com habitantes mortos permanentemente, ainda será possível  completar o game. “Sua imprudência o recompensará com o final que merece”, alerta a Dontnod.

Trabalhando como médico

Se você ignorar seu trabalho como médico, as doenças podem se espalhar pelos distritos, o que causa instabilidade aos locais. Então é preciso curar desde dores de cabeça até pneumonia para deixar tudo em ordem. Vale lembrar que todos os soros e medicamentos só podem ser feitos dentro de um esconderijo, como a sala do Dr. Reid no Hospital de Pembroke.

Antes de habilitar um novo tratamento, primeiro é preciso pesquisar os ingredientes associados ao remédio em questão. Felizmente, as primeiras três receitas para fadiga, anemia e sepse já estão destrancadas assim que você começa a jogar Vampyr. Para conseguir o segundo nível de receitas, fale com a enfermeira Crane no Hospital Pembroke, e então complete a missão do porão do necrotério para pegar os suprimentos. Depois da luta com o chefe, procure no canto de trás da sala pela fórmula. Analise a Fórmula Enigmática na mesa de trabalho para destrancar as receitas da cura para resfriado, bronquite e pneumonia.

Para conseguir as últimas três receitas, é preciso completar a missão paralela de Whitechapel, no capítulo 2. Fale com o Padre Tobias Whitaker perto das escadas da igreja, e ele o mandará visitar o cemitério de Stonebridge. Procure por um cadáver à direita e o reviste para encontrar o componente que você precisa analisar. Depois disso você poderá curar dor de cabeça, enxaqueca e neuralgia.

Agora que você já tem todas as receitas em mão, já pode curar a população: quando encontrar alguém doente, use seus Sentidos Vampíricos para destacar as pessoas à sua volta. Basta apertar o analógico esquerdo nos consoles, ou apertar V no teclado do computador. Então aproxime-se de alguém doente, converse, faça as perguntas para diagnosticá-lo, e então volte à mesa de trabalho para criar uma cura.

Lembre-se que é preciso ter os ingredientes necessários em seu inventário para poder fazer as receitas. Depois de prepará-la, converse novamente com o seu paciente. Leva alguns dias para que ele se cure totalmente, então vá dormir no esconderijo para passar o tempo. Fique sempre de olho na saúde da população e a sua vida ficará muito mais fácil no jogo!

Humano ou vampiro?

Em Vampyr, o jogador tem a opção de ignorar (ou não) a sua nova compulsão por sangue. O jogo oferece duas maneiras distintas de se jogar e que afetam diretamente os NPCs e distritos. No final, a escolha é sua, mas lembre-se que para cada ação há uma consequência.

Ao focar em suas responsabilidades como médico, sem matar ninguém, Dr. Reid receberá menos experiência. Mas, manterá os personagens vivos para novas investigações e terá menos inimigos para lutar no mapa.

Se Reid ceder ao desejo por sangue, receberá o triplo de experiência como recompensa por assassinar pessoas inocentes. Obviamente, o jogo ficará um pouco mais fácil, já que com mais pontos será possível comprar habilidades com facilidade. Só que com a morte dos NPCs, a saúde do distrito declinará a cada noite, e inimigos vão apareçam naquele local.

Os residentes tem casos e dicas

A população está repleta de fofocas para contar e segredos para esconder. Converse com eles e explore todas as opções de diálogo – desde que não sejam decisivas. Não fale uma única vez. Sempre que tiver informações novas, retorne e fale novamente com os mesmos NPCs. Você desbloqueará novas informações e missões secundárias.

Desenvolva autofagia e coagulação

A autofagia permite que Reid drene seu próprio sangue para curar dano durante o combate. Continue aprimorando essa habilidade para não depender exclusivamente de soros para recuperar a vida. Em paralelo, desenvolva a coagulação, que paralisa os inimigos. São apenas alguns segundos, mas permitem que você ataque para absorver sangue.

Aprimore armas com absorção de sangue

Os equipamentos têm level e diversos tipos de nivelamento, com aprimoramentos para o combate. A absorção de sangue é uma das mais úteis, pois drena sangue dos inimigos a cada golpe. Ou seja, você não precisa nocautear e morder cada adversário para usar golpes especiais. Basta atacar normalmente e sua barra se encherá com ao longo da luta.

Aumente o vigor

Os golpes são limitados pela energia do personagem. O problema é que, caso ela esgotar durante a luta, Reid ficará impossibilitado de esquivar ou contra-atacar. São poucos segundos, mas fazem toda a diferença em uma luta. Por isso, na hora de usar seus pontos de experiência para comprar habilidades, não esqueça de guardar um pouco para melhorar o vigor.

Vasculhe lixeiras, armários e caixas

Reid precisa de material para atualizar armas e preparar remédios. A melhor maneira de obtê-los é em lixeiras, armários e caixas espalhados pelos quatro distritos. Os itens reaparecem depois de um tempo, então você pode repetir a coleta periodicamente. Os inimigos também têm loots úteis, por isso, não fuja de uma luta se sentir que pode vencer.

Outra opção são os NPCs que vendam materiais e produtos específicos.

Suas ações afetam a saúde dos distritos

Como todo bom jogo de escolhas, há consequências para seus atos. Em Vampyr, o ato de curar, ignorar ou matar pode decidir o destino dos moradores de Londres. A saúde dos distritos, por exemplo, está diretamente ligada a quantidade de doenças no local, e áreas em situação grave tendem a ter mais skals. Por isso, faça remédios, investigue e questione os personagens e o pilar de cada distrito. Algumas dicas e informações podem ser perdidas dependendo da sua escolha de diálogo.

Os pacientes precisam de medicamento

Manter os moradores saudáveis é sempre uma vantagem. Além de melhorar a qualidade de vida nos distritos, também aumenta a quantidade de experiência recebida por Reid, caso ele beba o sangue do paciente. Para fazer medicamentos, colete as receitas e materiais necessários e, em seguida, crie a fórmula na mesa de fabricação.

Não saia matando todo mundo

A sede do doutor Reid é insaciável, seu desejo por sangue um problema constante. Na Londres pós guerra, ele terá de interagir com diversos NPCs para conseguir alcançar novos objetivos e encontrar a sua própria cura. O problema é que o jeito mais fácil de ganhar experiência será chupando todos os pescoços pelo caminho. No curto prazo pode parecer uma decisão inteligente, mas você verá várias missões se perderem e muito da experiência na verdade perdida, uma vez que quanto mais coisas você descobre e faz pelas pessoas, mais experiência elas darão quando mordidas.

Portanto, segure essa vontade insana de ser um conde Drácula e poupe o máximo de pessoas possíveis no início, ganhando a sua experiência através de quests e conversas.

Colete tudo pelo caminho

Diferente de outros rpgs, em “Vampyr” você não tem itens inúteis, todos eles podem ser usados tanto para craft  quanto para desmonte. Latas de lixo, baús, restos de mortos, tudo tem seu valor. Não deixe nada passar enquanto anda por vielas e becos.

Leia os documentos

O sistema mais interessante do jogo é o de interação entre os moradores de cada região. Você pode descobrir pistas sobre cada um deles, levando a informações pessoais que geram novos diálogos e até mesmo a novas quests. Muitas dessas pistas são descobertas em bilhetes e documentos que você achará pelo caminho, portanto sempre abra o menu e leia-os. Lembre-se sempre que quanto mais você descobre sobre um NPC, mais experiência ele te dará quando receber o abraço da morte.

Cure as pessoas

Na aba de craft você pode criar diversos tipos de poções e soros. Enquanto algumas delas servem para te curar ou garantir alguns efeitos na batalha, outras servem para curar as pessoas da cidade. Os NPCs podem estar fadigados, com pneumonia, anemia e outras doenças mais. As pessoas que estiverem doentes têm menor qualidade sanguínea e portanto, darão menos experiência ao serem mordidas. Outro ponto positivo de curar os NPCs é o pequeno bônus de experiência pela boa ação.

Evite dormir

Para passar de level e conseguir novas habilidades, será preciso descansar com o doutor Reid em um dos esconderijos, se livrando do sol do dia. O problema é que todas as consequências dos seus atos na noite anterior aparecem logo que você acorda. Portanto, antes de dormir, faça o máximo de ações possíveis, acumulando uma boa quantidade de experiência e aproveitando todas as quests que podem sumir quando você acordar e o mundo estiver diferente.

Fique atento a resistência dos inimigos

Existem quatro tipos de ataques no jogo (sangue, sombras, físico e a distância) e cada inimigo possui resistências a um ou mais deles. Você pode checar isso utilizando o sentido de vampiro, apertando o analógico esquerdo, ou ficando atento aos símbolos ao lado da barra de vida do inimigo, que indicam qual a resistência e a sua intensidade. Levando isso sempre em conta, as batalhas ficaram fáceis e triviais.

Ratos fornecem sangue

Você precisará de sangue para executar todas as suas principais técnicas e a falta dele será constante. Vez ou outra você verá ratos passando pelas ruas de Londres, não se acanhe, pegue um deles e aproveite seu delicioso néctar escarlate. Esses roedores fornecem o tão desejado sangue de forma fácil e te deixam prontos para mais uma batalha, muito embora o doutor Reid pareça não gostar muito do sabor.

Final 1

Para conseguir o melhor fim de Vampyr, não mate ou beba o sangue de nenhum dos moradores, sejam eles culpados ou inocentes. Poupe a vida dos personagens e não transforme-os em vampiros, mesmo que isso signifique prejudicar a saúde geral do distrito. Contudo, não há problema em eliminar os NPCs que virem chefes ou Skals ao longo da história.

Em paralelo, cure a população com medicamentos para que os distritos fiquem saudáveis. Tente manter todos vivos e livres da epidemia.

Final 2

O segundo epílogo é uma variante do anterior, que também segue uma rota pacifica, só que não tão rigorosa quanto a primeira. Para fazer este final, mate um ou dois moradores, no máximo. Não arrisque mais que esse número. Além disso, não deixe que os distritos entrem em colapso.

Final 3

Para chegar a um dos desfechos trágicos de Vampyr, se alimente do sangue dos personagens, mate alguns cidadãos – não todos – e permita que pelo menos um dos distritos fique em estado crítico. Embora este seja um final ruim, procure manter um equilibrio entre boas e más ações.

Final 4

No último e fatídico final, Dr. Reid deve se tornar um monstruoso assassino em série. Aproveite toda e qualquer oportunidade para tomar escolhas terríveis – mate todos que estiverem ao seu alcance, ignore os pacientes, deixe que os distritos pereçam em estado crítico, transforme personagens “pilares” em vampiros e sugue o sangue dos inocentes.

Referências:

Pixel Nerd, Play replay, Uol, wikipedia, techtudo.

Black Desert

Black Desert Online ( coreano : 검은 사막) é um jogo de RPG on-line de fantasia e multiplayer (MMORPG),orientado para sandbox, desenvolvido pelo desenvolvedor coreano de videogames Pearl Abyss e publicado originalmente para o Microsoft Windows em 2015. Uma versão móvel intitulada Black Desert Mobile foi lançado inicialmente na Ásia no início de 2019 e mundialmente em dezembro de 2019. As versões Xbox One e PlayStation 4 , conhecidas simplesmente como Black Desert , foram lançadas em 2019. O jogo é gratuito para jogar em algumas partes do mundo, mas segue um modelo de negócios buy-to-play em outras edições, incluindo as edições em inglês.

Em 2018, o Pearl Abyss começou a trabalhar em um prequel da linha do tempo do Deserto Negro, intitulado Deserto Carmesim , mas durante o desenvolvimento tornou-se um IP independente e independente, com uma história diferente e novos personagens.

Escolha uma classe e vá com tudo

O pontapé inicial de qualquer MMORPG é a criação do seu personagem. Uma dica de ouro em Black Desert é estudar bastante as classes para saber exatamente o que você quer. O jogo tem como base uma infinidade de mecânicas paralelas que aumentam seu roleplay e tornam tudo mais complexo. Claro que muitas coisas são compartilhadas por toda a conta, como sua rede de contatos entre NPC, áreas exploradas e conteúdo de pérola. Mas profissões e alguns outros elementos cruciais não são.

Dessa forma, não é uma boa sair jogando com quatro personagens ao mesmo tempo, trocando de um para outro como se faz em outros jogos como World of Warcraft (PC). Pelo menos inicialmente, enquanto você estabelece suas bases e começa a entender como funciona tudo do jogo, o melhor a fazer é se decidir por uma classe e seguir em frente. Somente assim seu personagem terá capacidade o suficiente para ter acesso às mecânicas e níveis mais avançados, o que não seria possível jogando com vários personagens intercalados.

Monstros ou missões?

As duas primeiras coisas que você vai começar a fazer no jogo (após aprender a andar e a interagir com o mapa) serão matar monstros e completar missões. Por isso, é bom saber a diferenças entre as duas e o que cada uma lhe dá exatamente. Existem diversos tipos de missões: as do Espírito Negro, as de contribuição, as que lhe dão aumento de inventário, as que podem ser repetidas e tantas outras. Mas é importante ressaltar que somente as missões do Espírito Negro que lhe dão algum tipo de experiência de combate.

As demais missões estão longe de ser inúteis, mas é importante deixar claro que não são elas que vão fazer seu personagem passar de nível. Assim como em Tibia (PC), Ragnarok (PC) e Tree of Savior (PC), os personagens passam de nível principalmente através da mecânica chamada de grind, que não é nada além de matar monstros para adquirir experiência.

Dessa forma, mantenha-se concentrado em alcançar o nível 30 inicialmente (o que é bem rápido em Black Desert), para depois começar a intercalar momentos de grind e momentos de missões de contribuição e outras. Use sempre as missões do Espírito Negro como “termômetro” para saber quando parar e aumentar alguns níveis antes de seguir em frente, será bem proveitoso para você.

Converse com todo mundo

Os NPC de Black Desert fazem parte da imersão do jogo e literalmente povoam cidades, vilas e fazendas de forma bastante orgânica. Entretanto, eles não estão ali somente para enriquecer o cenário. A maior parte dos NPC servem para que você adquira conhecimentos específicos e estabeleça uma rede de contato; por isso, converse com todos que você encontrar pelo caminho, a fim de liberar missões, lojas e até ter acesso a elementos que não são possíveis sem estabelecer um vínculo com um ou outro NPC.

Em alguns lugares isso dará bem mais trabalho do que parece, como é o caso de Calpheon, uma das maiores cidades do jogo até então. Se concentre em conversar principalmente com aqueles personagens que possuem ícones diferenciados em cima deles, como os das missões diárias ou lojas. Entretanto, é sempre bom dar uma olhadinha naqueles NPC em volta os comerciantes, pois sempre pode ter algum segredo por ali.

Seja amigo dos NPC

Seguindo a lógica da dica anterior, mas indo um pouco mais além, temos a mecânica de amizade com os NPC. Em Black Desert a amizade funciona quase como uma moeda de troca, na qual determinados itens, missões e informações só são disponibilizadas quando você tem um determinado número de amizade com aquele personagem específico. Com isso, sempre vale a pena gastar uns pontinhos a mais para manter pontos de amizade com os NPC que você utiliza mais.

Por exemplo, eu investi na amizade com o responsável pelos estábulos de Calpheon, para que eu pudesse comprar todas as partes dos equipamentos do meu cavalo com ele. Isso me permitiu montar toda a vestimenta do meu cavalo sem utilizar o leilão ou depender de outros jogadores. Faça amizade sempre com aqueles NPC que serão mais úteis para você. Na dúvida, a internet está recheada de guias e vídeos para auxiliar nas escolhas.

Equipamentos ideais

Uma diferença gritante entre Black Desert e outros MMORPG atuais é a pouquíssima quantidade de equipamentos diferentes para se usar, pelo menos por enquanto. Com isso, espadas, cajados, machados e, principalmente, armaduras, não possuem tanta variedade assim. E mais: nada no jogo possui uma restrição de nível para ser usado. Um personagem de nível 1 pode muito bem ter a armadura “mais forte” do jogo e equipá-la sem nenhum problema. Mas já vou explicar para vocês as aspas ali em cima.

O lance é que, em Black Desert, não é uma única armadura ou set que será “o melhor” para qualquer classe. Com isso, é bom prestar atenção nos bônus e combinações para entender o que seria melhor para a sua classe utilizar. Um set, por exemplo, que aumenta a recuperação de mana não será o ideal para um Guerreiro, que não usa pontos de mana para atacar. Parece óbvio, mas muita gente pode passar despercebida por isso.

O jeito mais rápido e relativamente fácil de conseguir os sets ideais para a sua classe é através do mercado global, em que todos os jogadores anunciam itens para venda. Com o set certo para a sua classe é chegada a hora da próxima dica.

Guarde suas Pedras Negras

Existem basicamente dois tipos de Pedras Negras no jogo: as para Armaduras e as para Armas. No início, você não entende muito bem o peso dessas pedras, principalmente por ganhar várias delas nas primeiras missões do Espírito Negro. Mas cuidado! Não as saia gastando em qualquer coisa, pois pode ser um desperdício. Isso porque essas Pedras são utilizadas para melhorar seus equipamentos, aumentando seus bônus e seus pontos de base.

Existe a possibilidade de você remover essas pedras de um item com alguns ferreiros, mas nesse processo há chance de você perder algumas delas. Isso além do fato de que após o bônus +5, a chance do encantamento ter sucesso começa a ficar cada vez mais difícil. Por isso, o ideal é que você guarde suas Pedras Negras para usar no set certo para a sua classe, para não desperdiçar esses itens e, assim, ter material o suficiente para elevar tudo até o +15.

Pesque bastante

Um dos pontos altos de Black Desert são as mecânicas que possibilitam o jogador permanecer evoluindo ou treinando alguma habilidade enquanto está AFK (com o personagem online, mas longe do computador). Entre elas a mais popular é, sem dúvidas, a pescaria. Desde o início da aventura, lá na pequena cidade de Vélia, você consegue sua primeira vara de pescar e pode começar a fazer as missões próprias da profissão de pescador. Aconselho a todos, sempre que puderem, deixar seus personagens pescando pela região.

Pode parecer inútil no início, mas ao treinar bastante a habilidade de pesca, você começa a encontrar itens raros realmente caros que podem ser vendidos por uma quantidade enorme de moedas de prata. Além disso, os peixes encontrados podem ser secos (o que aumenta o nível de processamento do personagem) e depois utilizados para cozinhar determinados alimentos. Para quem não sabe, os alimentos servem como os buffs em Black Desert, aumentando atributos como vida, defesa, regeneração, velocidade e outros. Além é claro, de poderem ser vendidos no comércio global.

Cuide bem da sua montaria

Em um mundo imenso onde não existem sistemas de teletransporte, cuidar bem da sua montaria é algo essencial. Mas as explicações não param por aí. Existe todo um sistema próprio para as montarias de Black Desert. Além delas terem um inventário próprio, o que possibilita os jogadores carregarem mais itens em suas caçadas, elas possuem habilidades passíveis de serem treinadas, podem ser equipadas com itens diversos, participar da batalha e servir para procriação, criando assim cavalos mais fortes e rápidos que podem ser usados por você ou comercializados (tudo nesse jogo pode ser comercializado, repararam?).

Com isso, é interessante começar a treinar sua habilidade de Treino bem no início. O fôlego do personagem, o qual aumenta enquanto ele anda a pé, nada e faz outras atividades físicas, pode ser treinado AFK sem problemas, então o ideal é que, enquanto o jogador está jogando, ele utilize de uma montaria (seja um burro ou um cavalo) para que ele melhore na sua prática com as montarias e a própria montaria cresça de nível, se tornando cada vez mais rápida e resistente. No nível 50 não é incomum você precisar atravessar o mapa várias vezes num único dia, por isso, irão agradecer ter um cavalo bem treinado quando chegar lá.

Use bem as premiações

Black Desert possui um sistema de conquistas que são recompensados a cada passo dado. Níveis de habilidades diversas, de combate, de treino e outros mais são recompensados com itens e bônus. Além disso, algumas dessas premiações são diárias, bastando apenas que o jogador fique online com o seu personagem naquele dia. Todos os dias o jogador recebe um bônus de XP que pode ser ativado através do botão “premiações” no canto inferior direito da telas. Usando essa premiação do jeito certo, ela pode ser muito útil para o seu ganho de experiência em combates.

É importante saber que assim que você clica em “receber” a premiação, os bônus serão ativados. Você pode escolher entre ter 200% a mais de experiência de combate por uma hora ou 100% de experiência de combate por duas horas. Este tempo é contado com o personagem online, dessa forma, caso você saia do jogo o tempo será congelado. Entretanto, use-o assim que estiver já próximo da região onde ficará caçando, pois o tempo até você chegar lá pode ser bem grande dependendo da área.

Conseguindo dinheiro caçando

Muitas são as estratégias para conseguir dinheiro em Black Desert. Mas no início do jogo não são tantas as opções, tirando os investimentos a longo prazo como a pescaria e o cozimento de alimentos. Mas uma estratégia que não é tão milionária, mas que pode salvar bastante ao longo dos primeiros 30 níveis é a venda e troca de espólios de suas caçadas. Praticamente todo item que cai das criaturas do jogo pode ser vendido para um NPC, então compensa bastante ser o clássico “lixeiro” que recolhe todos os materiais para vender depois.

Mas fique atento na descrição dos itens! Existem materiais específicos que caem de algumas criaturas que, ao serem acumulados em uma determinada quantidade, podem ser trocados em NPC específicos por uma quantidade de prata mais lucrativa do que a quantidade que você teria apenas vendendo os itens para qualquer um. Esses NPC podem ser encontrados clicando com o botão direito no próprio item, o que torna tudo ainda mais fácil. Em caçadas de uma ou duas horas em um único lugar, um jogador iniciante pode fazer até 2KK dependendo do local, então leia atentamente a descrição dos itens, para não dar pérolas aos porcos.

Apenas o começo

Acredite ou não, todas essas dicas são meramente superficiais e não chegam nem perto de ser um tutorial completo sobre como jogar Black Desert. Talvez isso tudo poderia ser uma introdução, mesmo assim faltariam alguns elementos aqui. Por isso, não deixe de ficar ligado para saber mais sobre o jogo e, caso queira algum tutorial específico, não deixe de pedir nos comentários que daremos prioridade a eles nas próximas semanas. 

Construir barcos, administrar fazendas, estabelecer rotas de comércio, forjar armaduras, contratar trabalhadores, capturar e cruzar cavalos, treinar atributos como força e fôlego são todos pontos que merecem textos próprios devido a extensa complexidade de cada um. Mas claro que tudo ao seu tempo. 

Missões não são tudo…

Outra grande diferença de Black Desert Online em comparação aos MMOs é que você não vai apenas andar por aí seguindo de um NPC com aviso de quest na cabeça para outro. Isso porque cumprir a maioria das missões do game não garante experiência em si para o jogador: no lugar disso, ele recebe um número de pontos de “experiência em contribuição”.

Assim, com exceção das missões oferecidas pelo “Espírito Negro” (um dos principais NPCs encontrados na aventura), sua principal maneira de evoluir é pela boa e velha matança de monstros. O que é uma ótima notícia, convenhamos, em um game que traz um sistema de combate tão diferente do comum em um MMO e com batalhas tão divertidas.

Aproveitando o assunto, vai aqui uma dica: caçar à noite recompensa o jogador com mais pontos de experiência. No entanto, os monstros também se tornam mais fortes, então é bom pensar duas vezes antes de correr para campo aberto quando o Sol se põe.

… Mas ajudam bastante

Isso não quer dizer, é claro, que as missões do game não têm valor na jogatina. Muito pelo contrário: caso saiba utilizá-las corretamente, elas podem fazer toda a diferença para acelerar seu crescimento no game, mesmo que não na forma de níveis.

Em resumo, a maioria das quests de Black Desert Online premia o jogador com “Pontos de Contribuição”. O que você pode fazer com eles? Muita coisa, na verdade. Isso porque esses pontos funcionam de maneira semelhante a uma moeda especial na jogatina, permitindo a aquisição de vantagens únicas: NPCs que servem de funcionários, investimentos em rotas de comércio e redes de produção, compra de casas e até a criação de novas lojas.

Basicamente, opções não faltam para que o jogador melhore sua experiência – seja garantindo um aumento em sua renda, ganhando mais espaço em seu inventário, otimizando suas profissões escolhidas ou simplesmente garantindo um bom lugar para descansar.

Atenção para sua energia

Não pense, no entanto, que você vai poder simplesmente sair por aí fazendo tudo o que deseja e se tornar um mestre em todas as artes. Black Desert traz para cada personagem um sistema de pontos de energia, que limita as mais variadas ações que seu aventureiro pode realizar. Falar com NPCs, criar itens, coletar recursos, pescar e até melhorar seus atributos e habilidades custa energia preciosa, que demora a recarregar.

Novamente, a ideia aqui é priorizar o que mais importa na jogatina. Caso tente evoluir todas as suas habilidades ao mesmo tempo, seu personagem vai demorar consideravelmente para crescer, então o melhor é começar com aquilo que parece mais útil para seu estilo de jogo. Da mesma forma, investir em alimentos e até em um bom descanso para seu avatar pode ajudar a recuperar essa pontuação – se você quiser manter seu personagem sempre apto a fazer mais do que simplesmente entrar em combate.

Pontos de Energia: São obtidos em missões e usados para fazer diversas interações no jogo, como colocar pontos em habilidades fora da cidade, contratar trabalhadores, falar no chat global, aumentar amizade com NPCs e muitas outras coisas que vão consumir sua energia. Essa energia tem 1 ponto recuperado a cada 3 minutos enquanto você estiver online, se você estiver dormindo em uma cama a velocidade aumenta.

Explorar recompensa – e muito

É aí que o game traz uma de suas sacadas mais geniais: explorar não recompensa o jogador apenas com novos inimigos, batalhas épicas, níveis de poder ou mesmo tesouros, mas também com conhecimento.

Não estamos falando no sentido abstrato da palavra, é claro, mas de um sistema que aumenta os limites de energia de seu personagem. A cada nova coleção de conhecimentos que ele completa, como o número de inimigos de um local ou os NPCs espalhados em toda uma cidade, seu avatar é premiado com uma expansão equivalente, fazendo com que ele possa aguentar muito mais tarefas do que antes.

Assim, recomendamos que você saia por aí e não tenha medo de conferir absolutamente todo e qualquer cantinho do mapa que chamar sua atenção. Se algo de interessante surgir no minimapa, ir até lá pode resultar em muito mais do que uma batalha contra monstros.

Pontos de Habilidade

São obtidos enfrentando monstros e lhe darão pontos que podem ser distribuídos nas habilidades disponíveis utilizando a tecla “K”.

Pontos de Contribuição

São obtidos em missões ao ajudar os cidadãos de Black Desert e vão permitir que você compre residências e faça investimentos em nodes. Esses pontos podem ser recuperados ao vender aquilo que se adquiriu, sendo que nessas situações perde-se o nível conquistado caso tenha-se evoluído as aquisições.

Permanecer online vai recuperar seus pontos de energia e, caso precise de contribuição, é possível vender aquilo que foi comprado para obter de volta os pontos gastos (com o sacrifício da perda do investimento), tornando o jogo flexível e a jogatina extensa. Se o cara quiser ficar jogando dias sequenciados, o jogo não vai atrapalhar, nem um pouco.

Sistema de Venda – Mercado do Black Desert

Ficar preocupado com o que guardar e o que vender no começo é normal. Para ajudar, o jogo possui um sistema de mercado diferente.

Dois, na verdade. Um funciona internamente, conectando recursos e cidades, operando como a economia do jogo que, admito, ainda desconheço. O outro é o comum comércio entre jogadores que coloca valores limitados para os itens, estipulando dentro da própria mecânica do jogo os valores dos itens. Então, se você colocar o mouse sobre um item vai ver o quanto ele vale no mercado, já dando uma dica da raridade das coisas.

Essas pedras fazem seu item subir de nível, +1, +2, +3, até + 15, diminuindo a probabilidade de evolução progressivamente e diminuindo a durabilidade do item em caso de falhas, fazendo com que esse tenha que ser reparado utilizando-se um item igual. Isso cria um equilíbrio de Durabilidade x Nível que pode ficar caro para o jogador.

Pergaminhos

Podem cair neles a oportunidade de enfrentar chefões. Guarde-os, mas não muito. Eles tem data limite e caso o período chegue, o pergaminho expira e não é mais possível utilizá-lo. As missões do espírito negro também recompensam com esses pergaminhos, uma vez por dia e uma vez por semana, de acordo com o chefão. Lembre-se de fazê-las.

Na hora de enfrentar os chefões, chame seus amigos e peça para que eles também levem seus pergaminhos. O loot será multiplicado entre os membros do grupo aumentando assim as chances de vir aquele item maneiro.

Itens

Os itens acumulativos, aqueles que você vai pegar um montão, não devem ser vendidos em qualquer NPC. A maioria deles possui um comerciante específico que irá trocar moedas ou recursos pelos itens. Ao clicar com o botão direito sobre o item é exibida uma opção de Local de NPC, o que fará uma marcação surgir no mapa que levará o jogador até seu destino comercial.

Em alguns é possível encontrar opções de localizações e recompensas. Analise aquela que irá oferecer-lhe mais lucro e invista nela. Aliás, vender itens me lembra de um grande problema que você vai encontrar: espaço.

Organização dos espaços e itens: Vai faltar espaço em todos os lugares, sempre. Para lidar com isso, adivinha só? Vai ser necessário se organizar e algumas vezes fazer alguns investimentos. Então, antes de usar o auto-follow para ir até o NPC fazer sua venda, certifique-se de ter espaço e peso, elemento que pode ser contornado, mas com um preço alto.

No meio dessa organização recomendo que você guarde suas pedras e aqueles itens de combinação no armazém. Se você morrer, além de perder 3% de EXP, você pode ter seus itens perdidos.

Como eu não sabia comprar casas no começo, joguei vários itens fora para liberar espaço no inventário. Porém, naquela mendigação, de 1 em 1 perdi vários itens que dropavam. Então não economize pontos para não perder oportunidades, lembre-se que você pode convergi-los de volta mais tarde.

Transportar itens: Cada cidade tem seu armazém, porém é possível transportar itens de uma cidade para a outra. Conectar nodes entre elas fará com que esse serviço seja mais barato.

Se você apertar M vai ver as marcações de cidades e arcos que navegam entre os diferentes pontos existentes. Quando investidos pontos de contribuição nesses chamados nodes, além de aumentar a taxa de drop do local, você poderá colocar trabalhadores naquela região para coletar itens para você.

Ir e vir vai exigir um inventário maior. Fazer quests vai permitir esse aumento e recomendo você adiantar essas missões. Assim, sua vantagem é clara ao longo de todo o jogo. Para ajudá-lo, você pode apertar L e selecionar a opção Missões Principais – Expansão de Inventário.

Faça amigos

A partir do level 50 você poderá ser morto por outros jogadores. Alguns deles vão andar em grupo para proteger o respaw de alguns lugares. Contestá-los sozinho pode ser fatal. Outras vezes, poderá ser você a pessoa a estar no spot e receber visitas indesejadas.

De uma forma ou de outra, mesmo que você não tenha interesse no PVP (e ele vai ter interesse em você), você ainda poderá obter maiores informações sobre o jogo, trocando experiências que vão mantê-lo ainda mais engajado na jogatina.

Melhores lugares para upar

A terceira dica é praticamente um complemento da anterior. Quando você criar o seu primeiro personagem em BDO, é bem provável que você não saiba onde grindar monstros e upar.

Sabendo já de antemão que você não vai upar seu level de combate fazendo missões, a gente tem que ver onde e quais monstros você precisa grindar pra upar melhor e mais rápido.

Isso na verdade é bem fácil de ver pois o próprio jogo indica e aconselha locais e monstros para você upar dependendo do seu level.

Apertando a tecla “M” você abre o seu mapa, e lá poderá ver vários locais com tipos diferentes de monstros e uma recomendação de level pra grindar.

Existe um site chamado “Something Lovely” que mostra muitas informações no mapa de Black Desert, desde dungeons, world bosses, baús de tesouro e também áreas de leveling.

É só marcar a caixa “Leveling Areas” e pronto, você vai ver todas as áreas pra upar divididas por recomendações de level.

Referências:

Death Weaver, Vitamina Nerd, Game Blast, Wikipedia, Voxel.