Youtubers têm imagens roubadas e vendidas como NFT

Youtubers têm imagens roubadas e vendidas como NFT, sem o consentimento ou conhecimento dos mesmos. O site de leilões OpenSea apresentou uma imagem do criador do conteúdo e um URL para as cartas que é meramente o endereço do canal Youtube de cada um destes criadores de conteúdos.

As controversas NFT continuam gerando polêmica, já que, como os seus detratores bem apontam, o mercado especulativo foi estruturado como um grande esquema de pirâmida, e a tecnologia blockchain consome tanta energia elétrica que causa sérios danos ambientais, e dessa vez a novela envolve diversos youtubers de todo o mundo, inclusive do Brasil.

📷 Youtubers têm imagens roubadas e vendidas como NFT | Tecmundo

Uma pessoa pegou as imagens de criadores como Caddicarus, Projared, Sr. Wilson, Alanah Pearce e James Stepahnie Sterling e as transformou em NFTs sem consentimento para o uso de imagem. Caddicarus brincou que, uma vez roubado, preferia “ser transformado em camiseta ou caneca, algo que seja de verdade e possa ser usado para se divertir”.

Claro que nenhum desses trabalhadores está feliz com a situação e todos foram ao Twitter para ridicularizar o trabalho do usuário do OpenSea StakeTheWeb, trabalho que inclui uma imagem extraída de seus canais do YouTube ao lado de um URL que leva você diretamente ao referido canal. É muito estranho o que algumas pessoas estão dispostas a pagar.

📷 Youtubers têm imagens roubadas e vendidas como NFT | pymments

A Commander Stephanie Sterling ficou, com razão, furiosa com a situação, dizendo que o mercado de NFT era”desrespeitoso”, obra da”escória”, e que se sentiram violados pela situação. A Alanah Pearce da Sony Santa Monica teve sua imagem inserida no NFT relacionado a sites adultos.

Felizmente, no momento da redação deste artigo , Alanah Pearce teve suas imagens removidas do site, embora Sterling e Caddick ainda estejam disponíveis para Vamos torcer para que a OpenSea se resolva e acabe com esse flagrante roubo de imagens e obras de arte o mais rápido possível.

📷 Youtubers têm imagens roubadas e vendidas como NFT | Tecmundo

Um porta-voz do OpenSea respondeu com a seguinte declaração: “OpenSea suporta um ecossistema aberto e criativo no qual as pessoas têm maior liberdade e propriedade sobre itens digitais de todos os tipos. 

Um dos nossos princípios operacionais é apoiar os criadores e seus públicos, desencorajando o roubo e o plágio em nossa plataforma. Para esse fim, é contra nossa política vender NFTs usando conteúdo plagiado, que aplicamos regularmente de várias maneiras, incluindo deslistagem e, em alguns casos, banimento de contas (como foi o caso neste caso). 

📷 Youtubers têm imagens roubadas e vendidas como NFT | Br atsit

Estamos expandindo ativamente nossos esforços em suporte ao cliente, confiança e segurança e integridade do site para que possamos avançar mais rapidamente para proteger e capacitar nossa comunidade e criadores.”

Referências:

Br atsit, The Gamer, Eurogamer, TecMundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.