Daemon X Machina

Daemon X Machina é um jogo de tiro em terceira pessoa jogo de ação desenvolvido e publicado pela Marvelous. Foi lançado para o Nintendo Switch em 13 de setembro de 2019 e mais tarde para Microsoft Windows em 13 de fevereiro de 2020.

Gameplay 

No jogo, o jogador controla um personagem personalizado, que comanda um mecânico do Arsenal e se envolve em batalhas com outros inimigos mecânicos. As habilidades e a aparência do avatar do jogador podem ser personalizadas no Hangar, que serve como o principal hub do jogo. É também o local onde os jogadores navegam em diferentes missões. Depois de causar dano suficiente ao mecanismo do oponente, ele é derrubado e os jogadores podem vasculhar suas partes do corpo ou arma e usá-los contra o inimigo derrubado. Um multiplayer cooperativo para quatro jogadores também é destaque no jogo.

Aprenda os comandos

Começar com isso parece até óbvio, mas não é. Nesse game não há um único botão inutilizável. Absolutamente todos os botões, incluindo os direcionais analógicos que são pressionáveis, têm uma função diferenciada. E mesmo com o tutorial vai ficar difícil não se embananar, pois serão mil comandos para realizar em meio a máquinas voadoras, tiros e explosões para todos os lados, em um mapa cheio de objetos e obstáculos.

Direcional direito: movimenta o robô para os lados.

Direcional direito (pressionado): robô desce de altitude até alcançar o chão;

Direcional esquerdo: movimentação da mira;

Direcional esquerdo (pressionado): aciona o Mirage, holograma do seu Arsenal que auxilia em batalha;

Direcional digital (botões de esquerda e direita): abre o menu de troca de armamento;

Direcional digital (botões de cima e baixo): muda os armamentos de Femto, partícula vermelha absorvida pelas máquinas que pode ser convertida em melhoradores de performance do Arsenal;

Botões

A: quando combinado ao direcional digital, abre o menu de armamento da mão direita;

Y: quando combinado ao direcional digital, abre o menu de armamento da mão esquerda;

B: aciona os propulsores a jato do Arsenal, servem para pegar altitude;

X: botão de ejeção do avatar para fora do robô;

L: aciona a arma de ombro;

R: aciona o propulsor de velocidade;

ZL: ataque da mão esquerda;

ZR: ataque da mão direita.

Viu só como não são poucas as coisas que se pode fazer com o controle do Switch? Mas não se desespere, ao passo que a jogatina evolui, você irá se acostumar com os comandos e conseguirá se sair bem nas missões. Acredite, pois muitas vezes o jogador possui um bom armamento, mas uma estratégia e habilidade evasiva fraca, o que poderá causar várias mortes durante as missões.

E é bom ficar bem ligeiro com os comandos, pois as batalhas são muito dinâmicas. Uma única piscada em falso pode lhe custar a missão toda. Por isso, não apenas aprenda os comandos, domine-os.

E, só um aviso: ainda há mais coisas que o jogador pode fazer, esses são os comandos básicos de ação em batalha.

Teste e misture as armas e armaduras

DAEMON X MACHINA possui uma variedade imensa de armamentos que podem ser equipados no seu Arsenal. É importante avisar que o jogador poderá levar até quatro armas nas mãos, uma no ombro e uma auxiliar.

As armas principais ficam nas mãos e nos ombros, essas podem ser trocadas a bel prazer do jogador. Recomendo que você aproveite o campo de testes para pôr em prova as várias combinações que o jogo pode proporcionar. Lembre-se que é um espaço livre, então a melhor dica é usufruir dessa liberdade e criar o seu estilo próprio de combate.

Para mim a melhor combinação é ter duas armas estilo metralhadoras, que possuem uma cadência e quantidade de balas alta. E, junto delas, pegar duas armas com uma cadência menor, mas com balas mais poderosas, como bazucas e snipers.

Claro que essa é uma escolha de combate pessoal, mas vai ficar à gosto do freguês a combinação que melhor lhe convém. Como já disse, aconselho que o jogador faça testes e veja o que se encaixa melhor com seu estilo de combate.

E além das armas de fogo, há também lasers, escudos, armas especiais e armas brancas e junto delas há as armas de ombro e auxiliares, essas terão menos relevância aqui pois serão melhor exploradas nas fases mais avançadas da jogatina. Não são importantes ao jogador iniciante.

Quanto às armaduras, elas também caem na descrição de preocupações que o jogador terá mais adiante na jogatina, mas já deixo o meu aviso que as partes dos Arsenals são caras e será preciso realizar missões extras para garantir que seu robô ficará tunado para aguentar as missões mais cascudas.

Não dependa dos seus companheiros de equipe

O jogador pode acabar iludido em sua primeira missão ao ser resgatado por outros mercenários (comandados pela inteligência artificial do jogo) e pensar que em todas as missões os coleguinhas irão ser um auxílio para momentos difíceis.

Saiba que isso é uma perfeita ilusão. Depois de poucas missões você verá que, por mais que os colegas sejam descritos como poderosos e grandes mercenários, o trabalho real será apenas seu.
Os robôs aliados controlados por personagens do jogo têm pouca participação para nenhuma durante batalha, servem para matar inimigos menores e ajudar distraindo outros robôs. Em batalhas contra chefes, a preocupação será única e exclusivamente sua.

Seja observador e resiliente

Sim, isso ficou mais parecendo frase de efeito motivacional. Mas entenda, há muitos inimigos nesse game, e os chefões e outros mercenários conseguem tirar o seu couro em poucos segundos. É preciso se adequar a eles e, muitas vezes, o seu Arsenal não estava preparado para essas batalhas de início, assim como você não estava.

Portanto recomendo que não somente prepare os seus armamentos que se adequam melhor à estratégia aplicada àquela missão, mas invista em estratégias variadas para derrotar o inimigo, pois há diversos fatores que mudam as condições de batalha como o tipo de inimigo, as suas fraquezas e o cenário onde a batalha está acontecendo.
Por exemplo, há batalhas contra Immortals, que são os inimigos mais comuns, e que são máquinas corrompidas e prontas para matar os seres humanos. Em geral, as batalhas com elas são mais simples, mas, quando aparecem Immortals com corpos de Arsenals, a coisa muda muito de perspectiva, pois elas se tornam mais rápidas e com poder de fogo mais poderoso.

E também haverá batalhas contra outros mercenários em seus respectivos Arsenals, essas batalhas tendem a ser mais cascudas do que as contra Immortals, pois o poder de fogo é maior e a dificuldade também. Por isso manter a mesma estratégia pode não ser a melhor escolha.

O jogo é ciente das necessidades de variação dos robôs, por isso é possível montar diversas versões do seu Arsenal e carregá-las quando encontrar uma missão que melhor se encaixar na estratégia escolhida. São dez espaços disponíveis para arquivar as suas melhores combinações.

Fique atento ao mapa

O game possui um pequeno mapa, estilo bússola, que fica no canto superior direito da tela. Esse visor irá lhe ajudar não somente a se locomover durante a batalha, mas também servirá como guia para localizar hordas de Immortals, encontrar os inimigos que estão ao seu redor — esses são marcados de vermelho no mapa —, assim como itens e campos com alta densidade de partículas de Femto.

E, por falar em itens, o jogador poderá encontrar dois tipos de itens que são de suma importância dentro e fora de batalha. Logo na primeira batalha o jogador vai notar que muitos dos inimigos menos poderosos, quando destruídos, deixam um rastro colorido. Esse rastro nada mais é que armamento, que pode ser recolhido para aumentar o número de balas disponível para o jogador.

E o segundo, e não menos importante, são os “cadáveres” de robôs, que podem ser tanto de Immortals quanto de Arsenals de outros mercenários. Essas carcaças podem ser recolhidas pelo jogador e suas peças reaproveitadas para realizar upgrades no seu Arsenal. Portanto, fique de olho.

Espero que essas dicas possam lhe ajudar em suas primeiras batalhas, tenho certeza que você conseguirá se sobressair e se tornar um bom mercenário e salvar a civilização dos Immortals.

Saquear sempre arsenais abatidos

A personalização é o pão com manteiga do Daemon X Machina, e você obviamente desejará o maior número possível de opções.

Por causa disso, você deve sempre procurar em todos os Arsenal inimigos que você abater, pois cada um pode lhe dar uma nova arma ou peça de armadura valiosa.

Os arsenais do inimigo caído aparecem no seu mapa como um ícone de triângulo vermelho com um ponto de exclamação, e tudo o que você precisa fazer é caminhar até ele e pressionar A e, em seguida, escolher qual você deseja.

Esta é a principal maneira de obter novas armas, e se você estiver pesquisando em cada uma delas, mantém um bom ciclo de aprimoramento do Arsenal.

Além disso, se você ficar sem munição durante uma missão, poderá ejetar sua arma atual e instantaneamente pegar uma arma de um arsenal inimigo e usá-la.

Faça uso de todas as suas habilidades

Você tem muitas armas para usar no Daemon X Machina, mas isso não é tudo o que você pode fazer. No mundo de Daemon X Machina, uma partícula poderosa chamada Femto dá ao seu Arsenal habilidades especiais.

O primeiro deles é o Femto Armaments, que permite aumentar determinados parâmetros do seu Arsenal. Ao pressionar para cima e para baixo no d-pad, você pode alternar entre eles, e cada um deles usa um pouco do seu medidor Femto e tem um tempo de recarga.

O assalto envolve o Femto em torno de seus braços e aumenta o dano da arma, Wing cria asas Femto e aumenta seu movimento e aumenta a velocidade, e Shield cria um escudo Femto que bloqueia o dano.

Você pode usá-los para se adaptar à situação conforme necessário, juntamente com a quarta habilidade, Mirage.

Ao clicar no manípulo direito, você pode convocar um dobro do seu Arsenal que atacará os inimigos por conta própria, drenando constantemente o seu medidor Femto.

Isso pode ser útil quando você estiver em menor número e precisar de uma mão amiga, mas é na combinação de todas essas quatro habilidades que você realmente terá sucesso em combate.

Não se concentre apenas em suas armas e esqueça o Femto, e não esqueça que você tem tantas opções em cima disso.

Preste atenção quando o inimigo ficar sem energia

Lutar contra grunhidos inimigos não é um grande problema no Daemon X Machina, mas os Arsenais inimigos, por outro lado, é uma história diferente. Considerando que eles têm a mesma mobilidade e velocidade que você, eles podem ser difíceis de definir, mas há um truque aqui.

Os inimigos ficarão sem Stamina depois de aumentarem como você, o que significa que eles não serão capazes de se movimentar muito.

Quando um inimigo ficar sem Stamina, você verá um aviso de “STM Empty” acima deles. Assim que você vir essa carga e causar o máximo de dano possível.

É muito mais fácil danificar os inimigos durante esse período; portanto, preste atenção e aproveite, especialmente durante algumas das batalhas mais difíceis.

Você pode desenvolver armas e armaduras mais poderosas no console

Enquanto pesquisar Arsenais inimigos é a sua principal maneira de obter novos equipamentos, você pode realmente desenvolver armas mais poderosas na Fábrica.

Para fazer isso, vá para o console no Hangar principal e selecione Fábrica e desenvolvimento de equipamentos. O problema, porém, é que, para desenvolver algo, você precisa de uma arma ou peça de armadura específica para servir de base, além de dinheiro.

Por exemplo, para desenvolver o fuzil de assalto Grim Reaper II, você precisa do Grim Reaper. Então, para desenvolver o Grim Reaper III, você precisa do Grim Reaper II.

Basicamente, a Fábrica é a sua maneira de desenvolver armas e armaduras de nível superior, enquanto procurar nos inimigos é a maneira de obter o equipamento básico que você precisa.

À medida que avança no Daemon X Machina, certifique-se de usar a Fábrica.

Aceite missões gratuitas para misturar coisas e ganhar dinheiro

As Missões de Oferta servem como as missões da história principal do Daemon X Machina, mas você tem uma grande variedade de outras missões para realizar na categoria Missões Livres.

Por um lado, a conclusão de Missões Livres renderá mais dinheiro para você gastar, bem como o potencial de ganhar novas armas ao derrotar Arsenais.

Por outro lado, essas Missões Livres podem fornecer uma variação agradável à sua experiência com missões únicas, como pilotar um dos gigantes arsenais dos chefes imortais ou coletar dados espalhados por um mapa.

As recompensas valem a pena e as missões posteriores podem ser seriamente desafiadoras.

Mantenha sua distância (ideal) para maximizar os danos

Se você mergulhar nas estatísticas do seu Arsenal, encontrará muitas informações que o jogo não explica. Um dos mais importantes, porém, é o alcance eficaz e ideal das suas armas. O alcance efetivo dos detalhes da sua arma a que distância sua arma causará dano. Enquanto isso, o alcance ideal descreve a distância ideal do seu alvo para obter o máximo de dano.

Para encontrar esses intervalos, você precisará examinar as estatísticas de suas armas antes da batalha. Na batalha, sua distância a um alvo está localizada embaixo do nome, e você deve ver uma diferença clara e dramática no dano da batalha ao atacar a partir do alcance ideal.

Você precisa terminar a campanha para repetir as missões da história

Daemon X Machina oferece uma tonelada de missões para você completar. No entanto, as missões completas da história só podem ser reproduzidas após o término da campanha. Durante a campanha, você encontrará missões de história com objetivos opcionais secretos que permanecem um mistério até que você os conclua incidentalmente. Não se preocupe em encontrá-los e completá-los pela primeira vez. Você pode voltar depois de vencer a campanha e descobri-la no seu próprio ritmo.

Também vale a pena saber que o jogo parece alegar que Missões Livres vão e vêm com base na disponibilidade dos outros mercenários; no entanto, acho que nunca perdi a capacidade de jogar um. Os parceiros mercenários que se juntam a você nessas missões podem mudar com o tempo, mas não posso dizer que já fui trancado.

Barreiras amarelas trazem perigo, e barreiras vermelhas trazem morte

Cada missão é confinada a uma área específica no mapa. Você saberá que está próximo do limite quando começar a ver barreiras. A primeira barreira que você verá é amarela, acionando um aviso de área. Você tem 20 segundos generosos para retornar à área da missão, ou então você explode imediatamente.

A barreira externa é vermelha e é com essa que você realmente deseja ter cuidado. Atravessar essa barreira, mesmo que por um momento, resulta em morte instantânea. Embora você nunca deva se aproximar de maneira independente, é inteiramente possível que um inimigo possa derrubá-lo.

Essas barreiras também podem ser vistas no minimapa, desde que você esteja próximo o suficiente. Embora eu não me lembre de ter tido um problema ao ver a barreira vermelha no mapa, geralmente a amarela parece se perder entre os outros recursos do mapa, então sua melhor aposta seria procurá-la no próprio ambiente.

Há duas maneiras de aumentar sua coleção de peças do Arsenal.

A primeira maneira de acumular peças é saquear itens do campo de batalha. Sempre que você encontrar um Arsenal inimigo abatido (seja AI ou mercenário oponente), você pode pegar um item dele. Se você tiver o espaço aberto correspondente no seu equipamento, você o equipará imediatamente; caso contrário, ele será enviado ao seu inventário base. O que não está claro é que alguns itens aparecem com texto em branco, enquanto outros aparecem com texto em amarelo. A diferença é que itens amarelos são aqueles que você nunca teve. Portanto, se você deseja concluir sua coleção de peças, escolha as amarelas.

A outra maneira principal de obter novas peças é desenvolvê-las na fábrica. O desenvolvimento de uma nova peça requer não apenas créditos, mas também uma peça específica existente. Você pode desenvolver vários itens ao mesmo tempo. Uma vez em desenvolvimento, você terá que concluir com êxito uma missão (qualquer missão) e depois retornar à fábrica para reivindicar os itens. Então escolha uma missão fácil, dê um chute na cauda e volte e aproveite sua recompensa!

Você pode personalizar completamente seu HUD.

Como um jogo mecânico, uma das características que definem o Daemon X Machina é a capacidade de personalizar completamente o seu Arsenal. Essa personalização não se limita apenas ao seu Arsenal. Se você der uma olhada nas opções do jogo, verá que pode personalizar completamente seu HUD.

Cada componente individual do HUD pode ser movido, redimensionado ou completamente excluído. Não gosta da sua saúde na parte superior da tela? Mova para o fundo. Minimapa muito grande? Encolha. Não gosta dos avisos que surgem quando você está com a saúde baixa? Desligue-os completamente. Embora eu pessoalmente não tenha tido problemas com o HUD padrão, acho que a quantidade de controle que você tem sobre a personalização é incrivelmente legal.

Uma missão pode ser concluída de várias maneiras.

Há pelo menos uma missão, se não mais, que pode ser concluída de duas maneiras diferentes. Não vou estragar qual missão é ou o que você precisa fazer para conseguir a outra, mas os resultados foram radicalmente diferentes. Um caminho ofereceu uma longa cena, fornecendo uma tonelada de informações da história, enquanto o outro caminho levou a uma brutal luta contra três arsenais por mim mesmo e apenas pulou o material da história. Essa é a única missão que conheço que permite que você faça isso, mas fique de olho em mais dessas oportunidades.

Referências:

Twin Finite, Nintendo Enthusiast, Nintendo Blast, wikipedia.

Two Point Hospital

Two Point Hospital é um jogo de simulação de negócios de 2018 desenvolvido pela Two Point Studios e publicado pela Sega para Linux, MacOS e Microsoft Windows. Versões do console para o PlayStation 4Xbox One, e Nintendo Switch foram liberados em fevereiro de 2020. Um sucessor espiritual para Bullfrog Productions ‘1997 jogo tema Hospital, os jogadores têm a tarefa de construir e operar um império de hospitais no condado fictício de Two Point, com o objetivo de curar pacientes de doenças fictícias e cômicas. Como a visita a hospitais reais é impopular, a ênfase no humor para aliviar o clima foi considerada importante pelos desenvolvedores. O jogo foi projetado e desenvolvido por alguns dos criadores do Theme Hospital , incluindo Mark Webley e Gary Carr.

Poucas semanas após o lançamento, o Two Point Hospital foi o segundo jogo mais baixado nas paradas de vendas para Europa, Oriente Médio, África e Austrália. O jogo foi recebido de forma positiva pelos críticos, recebendo elogios por seu estilo, humor e fidelidade à estética do Theme Hospital, mas criticado por sua repetitividade e design do ambiente. O jogo recebeu quatro grandes atualizações como conteúdo para download após seu lançamento, adicionando novas regiões e doenças para curar.

Gameplay 

O Two Point Hospital apresenta um estilo de jogo semelhante ao do Theme Hospital. Os jogadores assumem o papel de gerente de hospital encarregado de construir e manter um hospital. As tarefas incluem a construção de salas e comodidades que atendam às necessidades (como fome e sede) de pacientes e funcionários (como banheiros, salas de funcionários, balcões de recepção, cafés, assentos e máquinas de venda automática), expandir o hospital para novos lotes, contratar e administrar médicos, enfermeiros, zeladores e assistentes para manter o hospital; e lidar com uma variedade de doenças cômicas. O jogador pode gerenciar vários hospitais, cada um com seus próprios objetivos de layout. O Two Point Hospital apresenta condições únicas e cômicas, como “Cabeça leve” (com uma lâmpada na cabeça), “Pandemia” (com uma panela na cabeça), “Mock Star” (os pacientes são Imitadores de Freddie Mercury) e “magnetismo animal” (com animais grudados no corpo do paciente). Quando os pacientes morrem, eles às vezes se tornam fantasmas, o que atrapalha o hospital, aterrorizando pacientes e funcionários. Somente zeladores com a habilidade Ghost Capture podem removê-los.

O processo de diagnóstico de pacientes começa no consultório do médico antes de serem enviados para diagnóstico adicional em outras salas e, eventualmente, tratamento. De tempos em tempos, pode ocorrer um influxo de pacientes com uma doença específica. Em níveis posteriores, os jogadores também podem sofrer epidemias, durante as quais uma doença infecciosa se espalha por todo o hospital. Os jogadores recebem um certo número de vacinas para inocular pacientes, e há uma recompensa se todos os pacientes infectados forem imunizados. Caso contrário, a reputação do jogador (uma classificação de desempenho que afeta as chances de novos pacientes chegarem) fica manchada.  Todo ano, há uma cerimônia de premiação na qual o jogador recebe recompensas baseadas no desempenho. Exemplos de objetivos incluem: tornar o hospital atraente o suficiente e encontrar cura para certas doenças, embora o objetivo geral seja curar o maior número possível de pacientes. A conclusão dos desafios e outras tarefas premia o “Kudosh”, uma moeda que pode ser usada para desbloquear novos itens que podem ser colocados dentro de salas e corredores. Os jogadores podem pesquisar novas salas e atualizações de máquinas na sala de pesquisa.

Os elementos recém-introduzidos incluem classificações por estrelas, níveis hospitalares e prestígio no quarto. A conquista de uma classificação de uma estrela permite que os jogadores progridam para o próximo hospital, embora possam continuar construindo seu hospital atual, completando objetivos adicionais para aumentar a classificação para duas ou três estrelas. Se o jogador seguir em frente, ele poderá retornar ao hospital a qualquer momento. Os níveis hospitalares são determinados pelo número de quartos e funcionários que um hospital possui – aumentando o nível atrai mais pacientes e funcionários qualificados. O prestígio de uma sala é afetado por seu tamanho e ornamentação, e quanto maior o nível de prestígio de uma sala, mais funcionários ficam mais felizes (se os funcionários ficarem infelizes, poderão desistir).

O treinamento da equipe é mais complexo do que no Hospital Temático; todo o pessoal, e não apenas os médicos, pode aprender e receber qualificações que lhes concedam novas habilidades ou melhoram suas habilidades em um determinado departamento. Por exemplo, a habilidade de clínico geral melhora a habilidade de um médico no consultório do médico. Além disso, os funcionários têm personalidades e especializações que afetam o desempenho no trabalho. Os assistentes podem executar programas de marketing para atrair pacientes com uma determinada doença ou funcionários com certas habilidades.

O jogo apresenta tabelas de classificação on-line, juntamente com os modos multiplayer cooperativo e competitivo. Uma atualização lançada em outubro de 2018 também adicionou um modo sandbox. O suporte do Steam Workshop foi adicionado em fevereiro de 2019, oferecendo aos jogadores a capacidade de personalizar as imagens, paredes e pisos do hospital, usando arquivos de imagem do computador do jogador ou baixando itens de outros jogadores. Em abril de 2019, a atualização da “Superbug Initiative” adicionou desafios cooperativos à comunidade, apresentando vários objetivos ao longo do sistema de progressão. A comunidade que cumpre essas metas trabalha em conjunto para obter um conteúdo exclusivo no jogo como recompensa. A atualização também adicionou a capacidade de personalizar a trilha sonora do jogo. 

Estuda as caraterísticas de cada região

Existem 15 hospitais principais espalhados por cinco regiões diferentes, com três hospitais adicionais nos extras de história incluídos, Bigfoot e Pebberley Island. Presta especial atenção à personalidade única de cada região, uma vez que te dá pistas importantes sobre o que desenvolver primeiro.

Por exemplo, o clima ensolarado de Grockle Bay exige que invistas em equipamento de ar condicionado o mais rapidamente possível para manteres os teus doentes a uma temperatura agradável. Da mesma forma, a alta altitude e o ar frio de Tumble significam que os aquecedores são imprescindíveis, juntamente com uma unidade de fraturas, para tratares os inevitáveis acidentes de caminhada.

Antes de começares a contratar, usa a ferramenta de inspetor de funcionários para obteres um resumo detalhado das habilidades e qualificações de cada funcionário. Não penses que basta contratares médicos e enfermeiros. Precisas de assistentes para ajudar a admitir os doentes e operar certas áreas, tais como a receção e sala de marketing, enquanto os funcionários das limpezas irão garantir que o hospital está limpo, bem abastecido e com bom aspeto.

Também é importante começar a treinar a equipa assim que puderes, para que consigam diagnosticar os doentes com mais rapidez e sucesso. Mas não te esqueças de dizer-lhes para voltar ao trabalho, ou vão começar a formar-se grandes filas de doentes! 

Não se apresse ao construir

Não se apresse em construir tudo de uma só vez, ou você acabará se esquecendo e ficando sem dinheiro. Comece com o básico, incluindo uma recepção, consultório médico, farmácia, sala dos funcionários e banheiros, depois contrate um médico, um assistente, uma enfermeira e um zelador. Depois disso, você pode sentar e observar as necessidades de seus pacientes e atendê-las à medida que elas acontecem, o que permitirá que você cresça gradualmente enquanto mantém uma renda estável.

Não force para expandir seu campus até que seja necessário, pois esse dinheiro poderia ser melhor gasto em outro lugar – haverá salas maiores que você precisará construir eventualmente e, nesse ponto, poderá considerar uma expansão, mas não faça isso apenas por por ter mais espaço até você precisar.

Mantenha seus quartos pequenos

Ao construir, atenha-se ao tamanho mínimo da sala, sempre que possível, para aproveitar ao máximo o espaço disponível, e salas menores são muito mais fáceis de melhorar o prestígio. Considere o layout do seu hospital com antecedência, deixando espaço para corredores entre salas com pelo menos dois quadrados de construção, para que as pessoas não colidam umas com as outras (o que as atrasa) e os quartos ainda podem ser alcançados facilmente.

Você sempre pode selecionar e mover as salas, selecionando-as e escolhendo a opção Editar, além de aumentar ou diminuir o tamanho seguindo o prompt na parte superior da tela para alternar entre o cursor + e -.

Continue sua carreira

Fique de olho nos seus Objetivos de carreira no canto superior direito da tela e trabalhe em direção a eles sempre que puder. Isso irá melhorar sua classificação no hospital, desbloquear novos itens que você pode colocar e ganhar dinheiro e pontos Kudosh, que são usados ​​para desbloquear itens especiais que ajudarão você à medida que o jogo avança.

Avance para o desafio

Sempre aceite os Desafios quando eles surgirem, pois eles podem lhe render algum bônus em dinheiro e Kudosh, além de melhorar sua reputação no hospital. Lembre-se dos limites de tempo deles e certifique-se de se concentrar em concluir suas tarefas primeiro, criando salas extras e reimplantando / contratando pessoal adicional, se necessário, para realizar o trabalho.

Aumente seu prestígio

Depois de começar a ganhar o Kudosh, use um pouco dele para desbloquear pôsteres e pinturas sinalizadas para aumentar o prestígio da sala e a atratividade do hospital. Em seguida, você pode colocar muitos deles em todos os quartos até atingir o nível 3 de prestígio – é um atalho fácil e barato para melhorar a classificação geral do seu hospital.

Assista o que está acontecendo

Olhe em volta e preste atenção ao que está acontecendo em seu hospital, para determinar se você precisa adicionar instalações extras. Se os pacientes estiverem esperando por salas específicas, então serão necessários mais assentos nas proximidades, então coloque alguns bancos adicionais do lado de fora. Se houver lixo acumulado no chão, adicione mais caixas e, se ocorrerem pequenos ‘acidentes’, você definitivamente precisará instalar mais banheiros! Você também pode monitorar as necessidades de seus pacientes através da Lista de Pacientes, no menu inferior esquerdo, para identificar qualquer problema que esteja surgindo, ou destacar pessoas que precisam de atenção urgente, para que você possa se concentrar neles primeiro.

Tome um minuto quando precisar

Não se esqueça de que você pode pausar o tempo a qualquer momento, se as coisas estiverem ficando muito agitadas, dando a você a chance de acompanhar as mensagens, revisar a situação geral do seu hospital e tomar decisões sobre o que fazer a seguir sem pressão no tempo. vocês. Você pode construir, contratar, colocar novos itens e muito mais sem se preocupar com a entrada de mais pacientes. Por outro lado, se tudo estiver sob controle, você também poderá acelerar o tempo, encontrar pacientes rapidamente e acumular dinheiro sem ficar por perto .

Mantenha o controle de sua equipe

Observe onde sua equipe está e verifique se você não tem salas necessárias, mas não possui pessoal – você pode ver pelos ícones acima das mesas / máquinas se eles estão esperando alguém para operá-los porque os pacientes estão na fila, ou se o tamanho máximo da fila foi atingido. Lembre-se de que você precisará empregar mais funcionários do que quartos para trabalhar, para garantir que seus funcionários possam fazer pausas quando necessário, sem atrasar os tratamentos para os pacientes que aguardam.

No menu Equipe, na guia Trabalhos, você pode alocar em quais áreas as equipes em particular têm permissão para trabalhar. Isso significa que, se você tiver uma equipe especialmente qualificada para uma determinada função, verifique se eles trabalham nessa área e não divagar em outros lugares, além de impedir a entrada de outros funcionários menos qualificados. Isso melhorará suas estatísticas de diagnóstico e tratamento, o que aumentará a reputação geral do seu hospital a longo prazo.

Mantenha sua equipe feliz

Monitore as necessidades de sua equipe através do menu Equipe, para que você saiba que elas estão satisfeitas com os salários e outras necessidades pessoais – ajustando o salário ou quais itens disponíveis no hospital, se necessário, para equilibrar as coisas . A qualquer momento, você pode pegar um membro da equipe e deixá-lo em uma sala para forçá-lo a fazer uma pausa ou entrar em uma sala para fazê-lo trabalhar lá.

Mantenha sua maquinaria

Você pode verificar a condição de suas máquinas a qualquer momento, passando o ponteiro sobre elas, e certifique-se de contratar zeladores suficientes para mantê-las em serviço; caso contrário, elas poderão acabar explodindo, que é a última coisa que você deseja. Instale vários extintores de incêndio em cada sala que contenha equipamento, para que você esteja preparado caso o pior aconteça.

Obtenha uma visão geral do seu hospital

Use os ícones na guia Informações para obter uma visão geral de vários fatores em seu hospital, incluindo atratividade, higiene e temperatura. A temperatura pode ser particularmente importante à medida que você avança para os níveis posteriores; portanto, instale aquecedores ou unidades de ar condicionado conforme necessário para manter a temperatura sob controle. Você só precisa usar os aquecedores ou resfriadores pequenos em salas menores de 3×3, por isso salve as unidades maiores para quaisquer alas ou corredores grandes.

Não se esqueça também das necessidades dos doentes

É fácil se perder nas tarefas quotidianas de gestão do hospital, mas aumente o zoom em cada doente e descubra informações úteis que podem evitar possíveis desastres.

É do teu interesse evitar ferimentos adicionais, pelo que é importante garantir que dispões de banheiros suficientes. Se um doente indisposto não conseguir chegar à casa de banho a tempo, pode vomitar no corredor, o que pode fazer com que uma vítima desafortunada escorregue e se magoe. 

Ação: apontar para a boca

Significado: o doente tem fome ou sede e precisas de comprar mais máquinas de snacks.

Ação: apertar as nádegas

Significado: as casas de banho estão constantemente ocupadas e precisas de construir mais. 

Ação: segurar na barriga

Significado: a saúde do doente está a piorar e deve ser movido para o início da fila antes que seja tarde demais. 

Lidar com fantasmas

Infelizmente, se o pior acontecer, os teus doentes abandonam o plano físico e transformam-se em fantasmas. Além de ser prejudicial para a tua reputação, os fantasmas irão afugentar os outros doentes. Treina ou contrata funcionários das limpezas com a habilidade de caça-fantasmas para ajudar a lidar com as aparições e evitar que o teu hospital se transforme num cemitério… 

Os teus doentes já estarão a sofrer quando chegarem, por isso, não os faças andar mais do que é preciso para serem tratados.

Gasta também algum dinheiro a melhorar o equipamento das salas, para que as máquinas de diagnóstico trabalhem mais rapidamente e as máquinas de tratamento tenham mais hipóteses de curar os doentes. 

O sistema de altifalantes não se destina apenas a entretenimento…

Pode parecer que o rádio serve apenas para manter os doentes felizes, mas na verdade fornece informações valiosas sobre o teu jogo. Vais aprender mais sobre Two Point County e o resto do mundo, e sobre locais, personagens VIP e produtos que ainda não encontraste.

Da mesma forma, o anunciante também fornece pistas sobre o que está a acontecer agora mesmo no hospital, por isso, mantém-te atento a situações que requerem atenção imediata. 

Não economize em máquinas de venda automática

A maioria dos seus pacientes passa muito tempo no seu hospital. Isso significa que eles precisarão de algo para comer e beber. Máquinas de venda automática são bastante pequenas e podem ser colocadas em qualquer lugar. Graças a eles, seus pacientes poderão comprar alimentos, mesmo quando estão esperando na fila para visitar um médico . As máquinas de venda automática reduzirão o número de pessoas com fome em seu hospital.

Preste atenção à satisfação de seus pacientes

Todo paciente julga seu hospital constantemente. Além da eficácia do tratamento, eles também prestam atenção, por exemplo, no número de banheiros disponíveis, na limpeza geral do hospital ou na acessibilidade a alimentos e bebidas. Pacientes satisfeitos com o seu hospital têm maior probabilidade de recomendá-lo a seus amigos .

Não tenha medo de dar promoções aos seus funcionários

Sua equipe se desenvolve constantemente. Cada hora os aproxima da promoção. Cada promoção significa um aumento no salário de um funcionário . Normalmente, você terá que pagar alguns milhares a mais. Lembre-se de que o pagamento determina quanto seus funcionários ganham em um ano. Isso significa que você não gastará muito mais por mês.

Controle a temperatura no seu hospital

Alguns hospitais têm um clima bastante frio. Isso significa que você deve fornecer aquecimento ao hospital. Você pode fazer isso com radiadores que podem ser instalados em diferentes locais do hospital. Você pode descobrir sobre baixos níveis de temperatura usando o painel de temperatura especial, localizado na guia Informações, no canto inferior esquerdo.

Referências:

Game Guides, Games Radar, Playstation, Wikipedia.

Trials of Mana

Trials of Mana [a] é um RPG de ação em 2020 desenvolvido pela Xeen e publicado pela Square Enix para Microsoft Windows, Nintendo Switch e PlayStation 4. É um remake em 3D do título Super Famicom de 1995 com o mesmo nome, o terceiro jogo dasérie Mana. [b] A história segue seis possíveis protagonistas em suas respectivas missões, que os levam a obter a Mana Sword e combater uma ameaça de fim mundial. Na jogabilidade, o jogador controla três de seis personagens, navegando em ambientes de campo, lutando contra inimigos em combate em tempo real e fazendo uso de classes de personagens. Novo na jogabilidade e no enredo é um capítulo pós-jogo com uma classe desbloqueável.

O remake foi concebido pela primeira vez em 2017, durante a produção de um remake de Secret of Mana (1993). A produção de Trials of Mana foi estimulada pela demanda ocidental, pois o jogo original não havia sido localizado. Originalmente um remake quase direto com planos para multiplayer como no original, a equipe optou por uma experiência em 3D para um jogador que aprimorou alguns aspectos e adicionou conteúdo, mantendo-se fiel no geral. A trilha sonora de Hiroki Kikuta foi organizada por uma grande equipe, com Kikuta supervisionando. A recepção do jogo no lançamento foi geralmente positiva, com elogios ao seu combate e trilha sonora reprojetados, embora muitos tenham criticado seus dub e elementos arcaicos.

Gráficos

Dizer que os gráficos do novo Trials of Mana estão melhores é muito modesto! O jogo foi recriado com visual e cores vibrantes — dos personagens até o mundo em si, tudo está cheio de detalhes. Mas o legado do original ainda transparece claramente. A equipe de criação do game tomou muito cuidado para manter o visual único dos personagens, inimigos e áreas originais.

Combate

O novo RPG de ação possui um sistema de combate completamente recriado, que é veloz, fluido e tático. Utilize combos, controle o campo de batalha e use golpes especiais no momento certo para desferir o máximo de dano. É um sistema de combate completamente diferente do de 1995 — e teria que ser mesmo. O Trials of Mana original era jogado em apenas um plano 2D, então você nunca tinha que se preocupar com inimigos acima ou abaixo de você. 

Personagens e inimigos podem se mover em todas as direções, e o combate teve que ser recriado para acomodar isso. Por exemplo, você agora pode saltar, usar golpes aéreos, flanquear inimigos e mais neste novo espaço 3D. É especialmente importante considerar o seu posicionamento em uma luta. Os inimigos podem atacá-lo de todas as direções, usar golpes à distância, e mandar poderes de todo tipo em sua direção — e se estiver no caminho, vai doer. Tudo isso somado garante batalhas divertidas que ficam cada vez mais estratégicas conforme você progride no jogo. 

Novo Sistema de Habilidades

Sempre que você passa de nível em Trials of Mana, recebe TP (que quer dizer Pontos de Treinamento). Você pode então usar seus TPs em vários tipos de melhorias para seus personagens. Alguns são poderes passivos muito úteis, como mais ataque ou mais vida. Outros podem providenciar golpes novos para suas batalhas — e esses são apenas alguns exemplos. Há mais de 300 habilidades para destravar no jogo, e deixam você customizar seu personagem do jeito que preferir. 

Nova História

Quando iniciar Trials of Mana, terá que escolher três personagens (entre seis possíveis) para formar seu grupo. A narrativa que verá será diferente dependendo dos heróis que escolher. Independente de quem escolher, o remake de Trials of Mana possui novos elementos de história para você descobrir.

Personagens & classes

Ao iniciar o jogo, é necessário montar uma equipe de três protagonistas. Honestamente, não há muito erro e a escolha varia mais por gosto. Por exemplo, um jogador pode preferir ter uma personagem que tende a ser melhor em cura como Charlotte, enquanto outro pode montar uma equipe focada totalmente em dano físico.

Outro fator que pode ser importante para a escolha é a história, já que existem três duplas de personagens ligadas à trama do mesmo vilão: Duran e Angela; Kevin e Charlotte; Hawkeye e Riesz. Mas, francamente, não há escolhas erradas.

Cada personagem também possui classes específicas, sendo possível avançar para o próximo rank após chegar no nível correto e com os itens apropriados. Esse progresso pelas classes implica em vários benefícios, como expansão do combo de ataques básicos, um novo Class Strike, além de habilidades e magias desbloqueáveis no treinamento.

Duran é um guerreiro que usa espada. Sua especialidade em dano físico oferece a ele um bom ataque e uma excelente defesa. Na hora de evoluir as classes, optar pelo caminho da luz irá levar o personagem a magias de cura e mais defesa, enquanto a das trevas leva o personagem a trocar um pouco da sua defesa por mais ataque.

Kevin é o equivalente ao tradicional monk de Final Fantasy, utilizando os próprios punhos para eliminar os inimigos e causando ainda mais dano ao lutar à noite, quando se transforma em lobisomem. Ao ir para o lado da luz, ele se torna mais equilibrado, com magias de cura e mais defesa, enquanto o foco no caminho das trevas é pura força bruta.

Como ladrão, Hawkeye é extremamente ágil no seu uso de facas. A ideia do seu caminho da luz é oferecer habilidades bastante variadas, fazendo o personagem mais versátil. Já pelo lado das trevas implica em um foco bem maior em dano.

Charlotte é uma clériga que usa um mangual para atacar. O seu caminho da luz envolve magias de recuperação melhores, enquanto as trevas oferecem mais técnicas de dano e enfraquecimento (debuff) de inimigos.

Especializada em ataque mágico, Angela pode aprender uma grande variedade de magias. O caminho da luz apresenta uma maior variedade de poderes elementais, enquanto o das trevas está mais próximo desse elemento específico, com habilidades que sacrificam HP para aumentar o ataque mágico ou se beneficiam da morte de aliados.

Por fim, Riesz é uma amazona que domina o uso de lanças. Suas classes da luz são balanceadas, com boa resistência a magia e técnicas para fortalecer os atributos dos membros da equipe. Já as trevas oferecem mais dano, além de técnicas para enfraquecer os inimigos.

Cada classe oferece suas vantagens e desvantagens, então é importante ter em mente a que parece melhor para o seu estilo de jogo e para ter uma equipe equilibrada. No entanto, é importante, obviamente, alocar os pontos obtidos em batalha no menu Training, local onde são aprendidas as habilidades e magias.

Caso queira experimentar as outras classes, o jogador pode utilizar um item adicionado ao remake chamado Goddess Scales, mas ele só pode ser obtido no fim do jogo. Obviamente, também é possível fazer isso em um New Game+, após terminar o capítulo adicional do pós-game.

Explore todos os cantos dos cenários

Explore tudo! Todos os arredores sempre têm itens, sementes e extras espalhados pelo mapa, seja em cidades ou ao explorar o mundo aberto. Olhe atrás das casas, árvores e dentro de arbustos, para encontrar itens, baús, urnas quebráveis e Lucre (moeda do jogo). Além disso, posteriormente você encontrará um personagem fofo chamado Li’l Cactus, que oferece muitos bônus passivos como descontos em lojas e ganho de experiência. Também obtenha novas habilidades passivas conversando com os principais personagens. Se alguém parecer significativo, fale com ele o mais rápido possível.

Pratique esquivas e combos

Combate foi uma das mudanças mais significativas neste remake. Nesta versão seu personagem está em um espaço aberto 3D, onde você pode pular, esquivar, usar todos os tipos de ataques e executar combos. Use todos esses artifícios para sobreviver. Ao atacar, por exemplo, a combinação mais útil é um ou dois ataques leves seguido de um pesado. Isso causa uma boa quantidade de dano rapidamente, além de derrubar a maioria dos inimigos. Fora isso, a maioria dos inimigos tem animações com ícones vermelhos para seus ataques especiais. Esquive isso e repita combos, ataque carregado ou magias para a vitória.

Plante todas as sementes

Soa bobagem, não é? Engana-se! Item Seeds (sementes de itens) são uma característica maravilhosa em Trials of Mana, encontradas ao redor do mundo do jogo, em vasos e baús. Inimigos também as derrubam e basta plantá-las quando chegar a uma pousada (inn) para obter itens aleatórios instantaneamente. Ao plantar mais sementes, seu pote ganha experiência e sobe de nível, que libera acesso a melhores sementes no mundo e itens melhores. Além disso, encontre nosso amigo Li’l Cactus mais vezes e ele fornecerá sua melhoria, para conseguir prêmios ainda melhores.

O dia da semana e clima importam

Em Trials of Mana, o dia e hora (que podem ser vistos no canto inferior direito do mapa) afetam na batalha. As magias são mais fortes quando seus elementos se alinham com o dia da semana. Magias de fogo são mais fortes no dia de Salamando, enquanto as do elemento luz (light) são poderosas durante o dia (Lumina Time). Então nada de entrar em brigas com chefões no dia ou horário que corresponda ao elemento dele! Para não ter erro, observe as combinações:

Luna Day: lua (moon)

Salamando Day: fogo (fire)

Undine Day: água (water)

Dryad Day: madeira (wood)

Sylphid Day: vento (wind)

Gnome Day: terra (earth)

Mana Day: pousada sem custo (free inn)

Experimente diferentes habilidades e classes

O jogo traz uma série de habilidades a serem testadas para que você encontre seu estilo de jogo. Você consegue novas ao melhorar seus status, com NPCs ou com novas classes. Angela ou Charlotte podem se dar melhor com aquelas que afetam magias, já personagens de curta distância, como Duran e Kevin, são beneficiados com ataque e defesa. Porém, Trials of Mana ficou famoso por suas classes. Cada personagem tem duas de nível 2, quatro de nível 3 e, no pós-jogo, duas de nível 4. Você também pode escolher entre o caminho da luz ou escuridão ao mudar de classe. Os de luz focam em magia útil, como curas e melhorias. Já os sombrios concedem feitiços ofensivos e de enfraquecimento. Veja qual combina mais com seu estilo de jogo e não deixe de tentar algo novo.

Mexa na IA dos seus aliados

Trials of Mana é um jogo de ação em que você comanda uma equipe. Apesar de ser possível trocar de personagem a qualquer momento, é importante garantir que seus aliados possam dar o seu melhor nas batalhas mais complicadas ou economizem energia em encontros mais simples.

No menu principal, há uma opção com o nome Strategy. Ela permite alterar as prioridades da IA e colocar limitações de gasto de MP. Com isso, é possível ter um controle razoável de como os personagens se comportam em batalha. Como esse menu não está acessível durante batalhas, o jogador precisa definir isso antes de enfrentar inimigos. Isso é especialmente relevante antes de encontros com bosses.

Acostume-se com a roleta e com os atalhos

Magias e itens são importantes para lidar com as batalhas. Especialmente mais para o final do jogo, é comum que os personagens tenham muitas possibilidades em suas mãos. Qual magia será melhor contra esse boss? Qual buff deveria usar na equipe?

Todas as opções que o jogador obteve através do Training estão na roleta (Ring Menu), que precisa ser aberta utilizando o botão direcional para baixo ou para cima durante a batalha. Os itens também são acessados por lá, mas o número deles é limitado tanto em quantidade (9 de cada item) quanto em variedade (apenas 12 tipos diferentes). No menu, é necessário definir quais itens poderão ser utilizados.

Além disso, qualquer item ou magia da roleta pode ser associado aos atalhos do botão R. Lá, basta apertar R+A/X/Y/B para utilizá-lo. Há também atalhos para as técnicas especiais chamadas Class Strikes, esses são associados ao botão L e não podem ser alterados, mas é importante que o jogador os memorize, pois são um elemento importante do seu arsenal.

Prologue Play

Quando um dos heróis conhece um novo amigo, o jogador pode jogar o prólogo para o personagem que acabou de conhecer e reviver seu passado. É um sistema criado para demonstrar mais profundamente a determinação e o propósito de cada personagem ao partir em sua jornada. As experiências do prólogo são opcionais, o que significa que elas podem ser puladas dependendo da preferência do jogador. Nesse caso, uma cutscene sobre o passado do personagem em questão será mostrada.

Mecânicas do Mapa

Existem muitos desafios a serem superados nas dungeons e no mundo. Se o jogador não conseguir resolvê-los, ele não será capaz de prosseguir…

Por exemplo, mudar a direção do vento também altera a forma com que seu grupo se movimenta em determinada dungeon, ou então em determinadas localidades onde há erupção de fogo e lava, que pode dar dano a seu grupo. Os gráficos melhorados do remake permitem que esse tipo de obstáculo
sejam mais fáceis de perceber.

Criaturas lendárias

No vasto mundo de Trials of Mana, os heróis devem viajar pelos infindáveis mares e travessar imponentes montanhas para chegarem até seu próximo destino. Existem amigos em algum lugar do mundo que podem te ajudar nesta jornada.

Flammie

Conhecido como o Defensor Alado, Flammie é o emissário da Deusa de Mana, que dizem proteger as montanhas e o céu. O jovem dragão pode ser invocado por um Tambor Flammie para voar com o grupo pelo mapa.

Vuscav

O grupo conheceu este misterioso governante dos mares na Ilha Beuca. Embora ele desconfie de humanos, ele é surpreendentemente útil.

Espíritos

Os espíritos são seres que emprestarão seu poder ao jogador durante a jornada. Cada um dos oito espíritos possui diferentes atributos, poderes e jeito de falar.

Faerie

A semente espiritual da Árvore de Mana.

Faerie se aventura para fora do santuário para avisar o Sacerdote da Luz de Wendel do desaparecimento do poder da Árvore de Mana. No entanto, ela desmaia pelo caminho, fraca demais para completar sua jornada sozinha. O herói a encontra e eles juntam forças.

Tipos dos espíritos

Terra: Gnomo – Um espírito que possui o poder da terra e pode manipular grandes rochas. Sua barba e seu chapéu verde e pontudo são suas marcas registradas

Água: Undine – Um espírito que possui o poder da água e pode criar granizo ao coletar ar frio. Um espírito sentimental, ela não deixa uma pessoa com problemas passar despercebida.

Fogo: Salamander – Um espírito que possui o poder do fogo e utiliza uma lança flamejante, atacando com fogo e lava ardentes. É um espírito apaixonado e com um coração flamejante.

Vento: Jinn – Um espírito que possui o poder do vento e pode controlar as nuvens, trovões e o próprio vento. Suas grandes orelhas podem ouvir mensagens carregadas pelo vento.

Lua: Luna – Um espírito que tem o poder de conjurar uma luz misteriosa e desnortear os corações das pessoas. É rodeado por quatro asas em formato de pena, cobertas de luz.

Madeira: Dryad – Um espírito que governa as árvores e possui forte poder de Mana. Ela tem um belíssimo cabelo que se assimila a uma folha.

Luz: Wisp – Um espírito com o poder de espantar o mal com sua deslumbrante luz. Possui um profundo conhecimento teórico sobre a luz.

Sombra: Shade – Um espírito que possui o poder da escuridão, que pode manipular as sombras e engolir tudo em seu caminho. Possui grandes asas negras e um glóbulo ocular gigante.

Referências:

Observatório de Games, Game Blast, Nintendo Blast, Red Bull, Wikipedia.

Donkey Kong Country

Desenvolvido pela Rare e publicado pela Nintendo, Donkey Kong Country é um jogo do gênero plataforma em 2D, lançado em 1994 para SNES. O jogo se passa na Donkey Kong Island, dessa forma, é explorado 6 regiões com ambientes diferentes. O enredo se baseia no personagem principal Donkey Kong, seu sobrinho Diddy Kong, que tem como objetivo, recuperar seu tesouro de bananas roubado por King K. Rool e os Kremlings.

Jogabilidade

Você pode controlar Donkey Kong ou Diddy Kong. O objetivo do jogo, é recuperar as bananas que foram roubadas pelos Kremlings, ao mesmo tempo que, passando por 40 fases diferentes. Cada fase possui um tema diferente, bem como, tarefas variadas, tais como, correr em vagonetas, nadar, se agitar em cipós. Se o personagem for atingido pelo inimigo, perderá uma vida. Para derrota-lo, basta saltar sobre ele, usar a técnica de bater no chão (nesse caso, somente o Donkey Kong), ou para casos de inimigos mais fortes, você deve lançar barril ou utilizar um animal como ajuda.

Vidas

O jogo termina quando o jogador tiver perdido todas as suas vidas, contudo, é possível obter mais vidas colecionando itens distribuídos no decorrer das fases, tais como bananas, letras K-O-N-G, balões de vida extra, e moedas animais douradas que abrem caminho a fases de bônus. Há também várias passagens secretas que levam a jogos de bônus, onde o jogador pode ganhar vidas adicionais ou outros itens.

Animais

Nas fases, o jogador pode ter assistência de animais, encontrados dentro de caixas. Esses assistentes incluem Rambi o Rinoceronte, Expresso o Avestruz, Enguarde o Peixe-espada, Winky o Sapo, e Squawks o Papagaio. Cada animal é encontrado em uma fase de tema apropriado: por exemplo, Enguarde só pode ser encontrado em fases subaquáticas, enquanto que Squawks pode ser visto nas cavernas. Alguns animais também dão acesso aos jogadores a acessar fases de bônus.

Concurso e equipe

O jogo pode ser jogado por um player ou por dois. No modo para dois jogadores, há dois modos de jogos: “Concurso” e “Equipe”. No modo Concurso, os jogadores alternam entre rodadas para finalizar cada fase o mais rápido possível, e por fim, concluir o maior número de fases em menos tempo. Em Equipe, os jogadores jogam cooperativamente, cada um controlando um personagem.

Recepção

Donkey Kong Country teve muito sucesso em seu lançamento, recebendo clamor crítico e como resultado, alcançou a marca de 8 milhões de cópias. jogo recebeu vários prêmios da Electronic Gaming Monthly em sua premiação de jogos de 1994, incluindo Melhor Jogo para Super NES, Melhor Animação, Melhor Dupla (de Personagens) em um Jogo, e Jogo do Ano. Contudo, ele também foi considerado pela revista por ser um dos 10 mais superestimados de todos os tempos antes de seu 200º exemplar de aniversário em 2005. O jogo também alcançou a 9ª posição na lista dos 25 jogos mais superestimados de todos os tempos pela GameSpy em 2003. Logo depois, ele foi considerado o 90º melhor jogo já feito em uma plataforma da Nintendo na lista dos 200 maiores jogos pela Nintendo Power em 2006. O título recebeu um Prêmio Nintendo Power por Melhor Jogo em 1994 e duas condecorações Kid’s Choice por Jogo Favorito em 1994 e 1995, respectivamente.

Game Boy Color

Em 2000, uma versão de Donkey Kong Country foi lançada no Game Boy Color. A versão para GBC tem uma nova fase em Chimp Caverns, “Necky Nutmare”, ao mesmo tempo que, a fase “Winky’s Walkway” foi alongada e reformada. Candy possui vários mini-jogos na versão para GBC onde Donkey e Diddy tem de recolher moeda dourada de banana em todos os mini-jogos dos mundos excluindo Galeão da Prancha. O jogo salva automático depois de completar nível. A versão para GBC teve algumas das faixas descartas e outras, substituídas, tipicamente por músicas que apareceram em Donkey Kong Land.

Game Boy Advance

Logo depois, em 2003, outra versão do jogo foi lançada no Game Boy Advance. Esta versão tinha mais brilho ao custo de contraste e saturação de cores, e como resultado, tornar o jogo mais visível na tela apagada de LCD do portátil. Ambos os jogos possuíam novos recursos, bem como, mini-games, imagens escondidas, e um modo de corrida contra o tempo; adicionalmente, a versão para GBA possuía jogos multi player. Ambas as versões tinham menor fidelidade de som e uma série de pequenas alterações. Candy Kong não mais possui pontos de gravação, em outras palavras, os jogadores podem salvar o jogo em qualquer lugar.

O que você acha desse clássico do SNES? Deixe aí nos comentários.

Referência:

Wikipedia.

Bleeding Edge

Bleeding Edge é um videojogo de ação do gênero hack and slash desenvolvido pela Ninja Theory e publicado pela Xbox Game Studios exclusivamente para Xbox One e Windows 10. O jogo foi lançado dia 24 de março de 2020 como parte do Xbox Play Anywhere.

Um Teste Alpha foi feito em 27 de Junho de 2019 para os inscritos no site Bleeding Edge.

Jogabilidade

Existem 12 personagens para escolher, todos com ataques corpo a corpo, com alguns deles tendo ataques de alcance também. Todos os personagens são de uma das três classes: assassino, suporte ou tanque.

Existem três barras para diferentes habilidades que diminuem quando você usa uma habilidade conectada a ela. Cada habilidade também tem seu próprio período de resfriamento.

Não tente nada sozinho

Se você ver alguém tentando enfrentar um time inteiro sozinho (que parece ser o jogador do Daemon que empunha a katana até agora), deixe-o em paz e siga o objetivo, uma equipe vence juntos. O certo é esperar em um local seguro e se reagrupar.

Não persiga a matança

Haverá muitas ocasiões em que suas habilidades estarão em recarga enquanto um inimigo estiver fugindo com pouca vida. Você sabe o que você deveria fazer? Jogue o objetivo. Você os perseguiu, e cabe a eles decidir o que querem fazer. Volte para o seu time, continue empurrando os outros jogadores para longe e mantenha o objetivo.

Não seja egoísta

Primeiro, jogue o tutorial. Em uma partida que eu joguei, uma pessoa não sabia como equipar seu hoverboard – para percorrer o mapa mais rapidamente -, que é uma das primeiras coisas que você aprendeu no tutorial.

Segundo, todos os nove personagens são divertidos de interpretar. Geralmente escolho os tipos de curandeiros, mas tive a sensação de jogar Makutu, um tanque de interrupção e polimento que pulou o dia da perna. Complete sua equipe e você estará muito melhor, e vamos dizer juntos, cumpra o objetivo.

Use o ambiente

Existem alguns riscos ambientais que podem danificá-lo ou matá-lo completamente. Se você sabe com o que ter cuidado, pode usar o ambiente como uma arma para acabar com seus inimigos.

O que você deseja observar são poços (bem como as bordas do mapa), barragens de mísseis e trens. Os mísseis irão apenas danificá-lo, mas cair do mapa ou ser atropelado por um trem é uma ótima maneira de morrer instantaneamente. Todos os tanques e a maioria dos combatentes de dano podem empurrar os inimigos com um de seus ataques; portanto, sinta-se livre para empurrar alguém para o seu destino se parecer que a briga real não está funcionando a seu favor.

Se você quer ser um absoluto picargênio de um caçador, alguns lutadores possuem habilidades que parecem quase feitas para matar inimigos pelo meio ambiente. Kulev pode usar Bamboozle para assumir o controle de um inimigo e levá-lo direto de um penhasco, por exemplo, enquanto uma combinação de Yank do Buttercup e Stasis de Miko é um método sádico de puxar alguém para o caminho de um trem que se aproxima e garantir que eles ficar preso lá o tempo suficiente para ser atropelado.

Não se concentre em uma classe

Atualmente, o Bleeding Edge possui 11 caracteres, todos divididos em uma das três classes diferentes: dano, suporte e tanque. Os combatentes que causam dano têm habilidades rápidas que normalmente se concentram em um alvo, apoiam os combatentes e curam aliados, e os combatentes de tanques podem sofrer uma surra e ter mais ataques de área de efeito. Não é esperado que você saiba como jogar todos os 11, mas deve saber como interpretar pelo menos um personagem de cada classe.

O tamanho padrão de uma equipe é de quatro jogadores e, idealmente, você deseja que pelo menos um de cada classe alcance um bom equilíbrio. Parece que um dano, dois apoios e um tanque são ideais, embora eu tenha visto equipes terem sucesso com dois danos, um apoio e um tanque também. Como uma equipe equilibrada é a chave do sucesso, você precisa estar preparado para jogar como qualquer classe. Por exemplo, se você vir dois de seus companheiros de equipe pegando apoio e um tiver escolhido um tanque, você deve realmente lutar contra um dano – caso contrário, é provável que seu esquadrão não consiga fazer combos fortes o suficiente para lutar o outro time.

Portanto, se a sua escolha principal for um tanque, verifique se as opções secundária e terciária são de caráter de suporte e dano. Você nunca sabe quando precisará intensificar e equilibrar sua equipe.

Aproveite o tempo para aprender habilidades

Semelhante a jogos como Siege e Apex Legends, identificar seu oponente é a chave para o sucesso. Se você sabe quem é seu inimigo, sabe o que ele pode fazer e, portanto, como combatê-lo. Obviamente, isso só funciona se você souber o que todo personagem pode fazer.

Antes de entrar em uma partida, conclua os três tutoriais básicos do Bleeding Edge e um tutorial avançado. Os tutoriais realmente colocam você no controle de vários personagens diferentes durante os cenários de combate, oferecendo uma excelente oportunidade para ver como alguns dos lutadores operam sem a ameaça de outros jogadores. Infelizmente, os tutoriais concentram-se em danos e apoiam lutadores – então, siga o Dojo para ver como os personagens do tanque funcionam.

Conheça o alcance das habilidades de todos os lutadores – faz a diferença estar fora do alcance apenas o suficiente para que você esteja aproveitando apenas uma parte do ataque combinado de um time inimigo.

Certifique-se de verificar até que ponto um personagem de longo alcance pode atingir um alvo, o raio da área de efeito de certas habilidades e a força das habilidades passivas de determinado personagem. Tudo isso ajudará você a entender melhor os pontos fortes e fracos de um lutador.

Por exemplo, embora a habilidade Stealth / Sleep de Daemon permita que ele derrube os oponentes, ela termina no momento em que ele ataca ou é atacado e tem uma recarga de quase 20 segundos. Se você é um personagem com uma habilidade que tem um bom alcance ou alcance semelhante a uma espingarda e vê um Daemon com pouca vida à sua frente, tentando escapar furtivamente / dormir, basta disparar um ataque. As chances são de que você o acerte e quebre sua invisibilidade, dando a você a chance de acabar com ele. Todo personagem tem uma fraqueza para explorar – e brincar com eles no Dojo é uma maneira fácil de descobrir o que eles são.

Fique longe dos lutadores avançados (no início)

Nem todos os personagens do Bleeding Edge são criados iguais. Alguns oferecem estratégias muito mais poderosas ao custo de possuir habilidades mais complexas e mais difíceis de entender. Você pode evitar escolher os lutadores avançados primeiro se estiver começando. Possivelmente será um prejuízo para o aprendizado do resto da mecânica de Bleeding Edge, se você também estiver se esforçando para se lembrar de como seu personagem deve funcionar.

Dos 11 personagens iniciais, três são mais difíceis de aprender do que os outros: Maeve (dano), Cass (dano) e Kulev (suporte). Maeve é ​​complicada porque você precisa confiar nas passivas dela – todas as recargas de habilidade são redefinidas quando você mata um inimigo – para tirar proveito de suas habilidades que lhe permitem controlar o fluxo de uma luta, mas têm algumas recargas bastante longas. Cass tem ataques poderosos de curto alcance, mas tem a menor saúde de qualquer lutador, tornando-a uma estrategista arriscada. Kulev tem talvez a Super habilidade mais divertida de qualquer personagem de suporte, Bamboozle, mas, ao contrário dos outros dois, ele não possui muitas maneiras de se defender se tiver algum problema e precisar segurar os inimigos até que a ajuda chegue.

Maeve é ​​uma das melhores lutadoras contra danos em Bleeding Edge – mas suas habilidades não a tornam a opção mais acessível para iniciantes.

Chegando ao jogo mais tarde, Mekko é o décimo segundo personagem de Bleeding Edge e o primeiro tanque avançado. Suas habilidades dependem de um padrão complexo de sistemas que são difíceis de entender – embora seu mecanismo seja legal, o golfinho de língua japonesa definitivamente não é uma ótima opção para quem está começando.

Use fones de ouvido

Isso pode parecer uma dica estranha, mas há um benefício em usar fones de ouvido enquanto você joga o Bleeding Edge. O jogo usa som para ajudá-lo a determinar a importância de certas ações e identificar ameaças dentro do caos de uma briga agitada. Um inimigo que não está mais atacando você ficará mais quieto que um inimigo, por exemplo, e poderá contar com o volume de uma habilidade de cura para determinar se está afetando você ou um colega de equipe. É muito mais fácil discernir com fones de ouvido.

Além disso, dois lutadores – Daemon e Miko – podem ser furtivos. Miko pode realmente fazer toda a sua equipe ficar invisível. Você ainda pode ouvir os passos de um alvo furtivo. Coloque um par de fones de ouvido para ouvir o pequeno ruído de passos inimigos. Todo lutador também tem um som de passos único, para que você possa identificar quem está perto de você apenas ouvindo o barulho dos passos de seus aliados e inimigos.

Se seus fones de ouvido também tiverem um microfone – melhor ainda. A comunicação é bastante crucial no Bleeding Edge e o sistema de ping no jogo não é matizado o suficiente para transmitir o nível de estratégia que você provavelmente deseja em uma luta. Dito isto…

Ping não está a seu favor

O sistema de ping no Bleeding Edge não é tão bom antes ou no meio de uma luta – faltam mensagens que você provavelmente desejaria, como “defender este ponto” ou “inimigo aqui, mas espere para atacar”. No entanto, ele tem algumas mensagens excelentes que ajudarão quando uma luta não estiver indo no seu caminho.

Se necessário, você pode enviar um “ping” de ajuda para sua equipe quando estiver prestes a morrer. No entanto, o ping muito mais útil é “recuar”. Se você perceber que o curador ou tanque residente do seu time está prestes a morrer, você precisa saber que é hora de tocar o alarme e recuar. Comprometer-se e vencer uma luta é sempre a melhor opção, mas reagrupar e derrotar um time inimigo é muito melhor do que ser aniquilado.

Lembre-se, embora ambos os modos de jogo do Bleeding Edge sejam baseados em objetivos, as equipes também podem marcar pontos através de abates. Se a partida estiver quase no fim e sua equipe precisar de cinco pontos para vencer, enquanto a outra equipe precisar de três e você ver o seu curandeiro cair, você deve soar o recuo e reagrupar-se com seu lutador de apoio na sua prole. Equipes estão em um imenso desvantagem uma vez que seu curador cai (que é por isso que ter dois é ideal), de modo a manter o controle delas e deixe o seu time saber se é tempo para desengatar.

Cenário

Canalize seu Obi-Wan interno e procure o terreno mais alto sempre que possível. Isso oferece mais opções de ataque e fuga do que estar no térreo. Em termos de luta, você pode derrubar com ataques à distância, pular de uma borda e bater no chão e lutar com qualquer outro inimigo na plataforma com você. Quando você precisa fugir, pode cair de plataformas de praticamente qualquer lugar e começar a correr, mas há apenas alguns pontos em que os jump pads oferecem a opção de subir. Em um jogo em que você pode se perder com a briga de uma briga, tomar o terreno mais alto pode ajudá-lo a entrar (ou sair) da briga de acordo com seus próprios termos.

Confie nas habilidades baseadas em movimento

Certamente, certos personagens podem mais facilmente tomar o terreno mais alto ou escapar de brigas do que outros, graças às suas habilidades passivas. Tire vantagem de como seu personagem pode se mover para lhe dar uma vantagem em uma luta, especialmente se isso permitir que você ataque um inimigo de um ângulo em que ele não possa retaliar.

Cass tem o menor número de pontos de vida de qualquer lutador, mas pode correr e pular naturalmente mais alto do que qualquer outro.

Daemon pode usar sua resistência para pular na parede, por exemplo, permitindo que ele escape facilmente de locais onde um inimigo o encurralou e depois ataque por cima. Cass naturalmente começa a correr mais rápido enquanto se move, para que você não precise fazer uma pausa e convocar um hoverboard para percorrer o mapa mais rapidamente, como os outros lutadores precisam fazer. Ela também pode carregar seu salto, permitindo-lhe alcançar plataformas sem o uso de um bloco de salto.

Certos personagens podem utilizar suas habilidades ativas para se movimentar também. El Bastardo pode usar Salto de Fé, por exemplo, para saltar para a frente ou para cima. Ele naturalmente salta para a frente, mas se você pular antes de ativar a habilidade, ele subirá em vez de sair.

Preste atenção onde os objetivos serão abertos

Enquanto estiver jogando o Objective Control, preste atenção ao seu minimapa. Nos segundos que antecedem a abertura dos pontos objetivos, os que estão programados para abrir começarão a piscar. Lembre-se, apenas porque existem três pontos objetivos possíveis, não significa que os três se abrirão. Use o conhecimento de onde os próximos pontos objetivos aparecerão para planejar para onde ir primeiro e como você pode criar emboscadas para a outra equipe. Se você entender as pistas do mapa, provavelmente irá prever como outra equipe se moverá em um determinado ponto.

Obviamente, tenha cuidado ao passar para o próximo ponto objetivo. A outra equipe também tem essas informações e provavelmente as usará para descobrir suas próprias estratégias. Esteja preparado para uma luta se perceber que apenas um dos três pontos está abrindo no início de uma rodada, porque isso provavelmente significa que todos estão convergindo para esse local ao mesmo tempo.

Os melhores personagens iniciais são Buttercup, Makutu, Miko e Zero-Cool

Buttercup como entrada, ela é mais agressiva. Potencialmente Makutu – ele tem duas posturas, e há um pouco de complexidade na maneira como você as usa – uma de suas habilidades muda com base em sua postura. Então ele é um pouco mais complexo, mas ambos são bons. Considerando que, como Miko tem um congelamento de estase. Então, se ela tiver problemas, ela pode simplesmente “congelar” e fugir, e se curar. Zero-Cool tem um muro que ele pode derrubar atrás dele, e ele tem um salto duplo, para poder subir de nível. 

Mas salve Kulev para quando você dominar o básico

A maioria dos personagens tem algum tipo de fuga. Mas Kulev não. Ele confia em seu escudo para mantê-lo vivo e em seus amigos para protegê-lo. Seu escudo é de um toque / toque duplo – toque duplo para si mesmo, toque único para um aliado -, portanto, seus controles são um pouco mais complexos do que alguns dos outros. Ele pode ser um pouco complicado para jogadores realmente novos, porque ele tem uma habilidade que exige que você o coloque manualmente, o que exige um pouco mais de espaço na cabeça. Ele também não tem nenhuma habilidade de fuga muito forte, então se ele estiver no lugar errado na hora errada, ele será aniquilado. O posicionamento dele é realmente importante e, quando você ainda não tem esse conhecimento, pode ser bastante difícil.

Como mudar a skin em Bleeding Edge?

Para mudar sua aparência, a primeira coisa que você terá que fazer é nivelar sua conta, lembre-se de que existem dois níveis nos quais você ganha experiência ao jogar, o nível do personagem e o nível geral; que você vai usar em cosméticos.

Para obter as skins, você precisará ter pelo menos 2.000 moedas de cosméticos, pois esse é o preço médio das skins.

Quando você tiver as moedas necessárias, terá que ir para a guia Oficina do menu principal e selecionar o personagem para o qual vai comprar a nova capa, selecione o menu da capa e escolha a que vai comprar. Apenas certifique-se de trabalhar duro para obter e salvar as moedas necessárias, porque não será tão fácil assim. Esperamos que, agora que você saiba como mudar sua Pele em Bleeding Edge, consiga o máximo de moedas cosméticas que precisar o mais rápido possível, para poder se apossar rapidamente das capas dos personagens.

Referências:

Game Spot, ESPM, GamesRadar, Xbox Play, wikipedia.

Zombie Army 4: Dead War

Zombie Army 4: Dead War é um videogame em terceira pessoa  desenvolvido e publicado pela Rebellion Development. É uma sequela do jogo de compilação de 2015 Zombie Army Trilogy, um spin-off da série Sniper Elite. Foi lançado em 4 de fevereiro de 2020 para PlayStation 4Xbox One e Microsoft Windows e 1 de maio de 2020 para Stadia.

O que é Zombie Army 4: Dead War?

Os jogadores são imersos em uma realidade distópica na qual Hitler possuía uma arma-secreta no final da Segunda Guerra Mundial: uma horda de zumbis. Os primeiros três jogos trouxeram o combate contra as forças nazistas, e levaram à queda do Führer. No entanto, mesmo após a morte do oponente, as forças da escuridão continuaram lutando para conquistar o planeta. E é nesse contexto que os jogadores entram em ação.

A jogabilidade ocorre em terceira pessoa com um modo cooperativo que permite até quatro jogadores simultâneos. Herdando certos aspectos da franquia Sniper Elite, o jogo possui movimentação e combate bastante semelhantes à série original. Ainda inclui a mecânica de raio X ao acertar tiros críticos a longa distância, o que geram diversos momentos extremamente prazerosos.

A volta dos que não foram

O principal destaque do jogo deve-se à jogabilidade fluida e extremamente divertida – mesmo deixando a história de lado. O jogo possui uma campanha que pode ser jogada em até quatro pessoas e permite com que os jogadores unam forças para combater forças obscuras. Desde zumbis padrões (Que caminham para sua direção e o atacam com suas garras) até tanques de guerra zumbificados, o jogo inclui diversos tipos de inimigos que exigem novas estratégias e muito tiroteio para serem derrotados.

Por conta do aspecto cooperativo, os jogadores precisam coordenar posicionamento e gerenciamento de munição para garantirem que sobreviverão às criaturas que os opõem. São diversos tipos de armas diferentes, assim como granadas e minas de múltiplas variações, que tornam a experiência divertida e nova durante a campanha. Vale ressaltar que é possível customizar suas armas para melhorar seus atributos, assim como adicionar características diferentes aos seus tiros para torná-los mais efetivos contra determinados tipos de inimigos.

A customização também ocorre por meio da aparência dos personagens. Inicialmente, o jogo permite seleção de poucos personagens e com mínima customização. No entanto, conforme os jogadores progridem na história, completam objetivos e alcançam novos níveis (O jogo conta com um sistema de progressão por níveis, que aumenta quando você completa conquistas), novas vestimentas e acessórios ficam disponíveis para personalização de seu personagem.

Cabeças rolarão (Em 4K)

Outro ponto alto do jogo deve-se à qualidade gráfica e de detalhes que foi desenvolvida para o game. Com suporte a 4K (30 FPS) e 1080p (60 FPS), os jogadores são perguntados logo ao início do game se preferem desempenho ou qualidade.

Visto que a jogatina para esta análise foi realizada em um Playstation 4 Pro com a opção de desempenho selecionada, não há o que desejar. Os cenários são espetaculares, cheios de pequenos detalhes e que tornam o mundo do jogo, apesar da ironia, vivo.

Também, como o jogo é fruto de uma experimentação com a série Sniper Elite, a qualidade sonora das armas, assim como dos efeitos de explosões ou até mesmo dos tiros acertando os mortos-vivos, é apresentada sem margem para contestação.

Uma experiência que já estamos mortos de rever

Apesar de todos os elogios apresentados, Zombie Army 4: Dead War é mais um jogo de zumbis. Por conta disso, a jogabilidade e proposta multiplayer para 4 jogadores não são nada inovadoras (Modo Zumbi dos COD; Left 4 Dead; World War Z e os próprios Zombie Army anteriores), e não é apresentada uma história envolvente que justifique a necessidade de mais um jogo do tipo.

No entanto, o jogo consegue divertir pela pegada mais arcade. Dessa forma, os órfãos do clássico Left 4 Dead devem encontrar em Zombie Army uma experiência tão parecida quanto, e que provavelmente teria sido o caminho o qual a série seguiria caso tivesse continuado.

As coisas são mais divertidas com os amigos

Enquanto Zombie Army 4: Dead War é perfeitamente acessível como um empreendimento solo, cada um de seus modos de carne é muito mais agradável com dois amigos que separam os fascistas ao seu lado. Mais amigos trazem um desafio mais profundo e sofisticado a todos os modos, esteja você progredindo na campanha da história ou lutando pela sobrevivência contra zumbis no modo horda baseado em ondas. 

Maravilhar-se quando você e um grupo de amigos combinam poderes para explodir inúmeras ondas de zumbis é tão gratificante. Missões de campanha com sessões de horda e objetivos múltiplos também são mais agradáveis ​​com algumas mãos extras. Um jogador pode flanquear o inimigo enquanto você corre para reabastecer os cartuchos de combustível para abrir uma porta monolítica. É uma corrida contra o relógio da melhor maneira, e recomendamos que você aproveite. 

Aproveite ao máximo as casas seguras

Você encontrará incontáveis ​​refúgios em todo o Exército Zumbi 4, atuando como pontos preciosos de salvação, onde você fica brevemente a salvo das hordas de mortos-vivos. No entanto, isso é temporário, portanto, colete tudo o que não estiver pregado na forma de munição, armas e outras guloseimas. 

As casas seguras também oferecem um espaço para atualizar seu arsenal entre as missões, que abordaremos com mais detalhes, mas não deixe de conferir a bancada sempre que possível – analisando os níveis das respectivas armas e as novas habilidades e experiências que você obteve.

Atualize suas armas e habilidades

Os kits de atualização são obtidos explorando o mundo do Zombie Army 4 e subindo de nível, e eles provam ser imediatamente valiosos. Você as usa para aprimorar armas com vantagens e acessórios distintos, rodadas eletrizantes ou imbuí-las com modificadores absurdamente poderosos. O arsenal de cada jogador será único, dependendo do seu gosto, reforçando nosso ponto anterior de trazer amigos para o passeio.

A criação de vários loadouts personalizados entre os quais você pode trocar a qualquer momento é extremamente satisfatória, facilitando a experiência antes de encontrar um equilíbrio adequado a você. Continue lutando até que algo fique, o que você precisará para se manter vivo de qualquer maneira.

Misture seu armamento

Quando se trata de atiradores, pode ser tão tentador adotar velhos hábitos, usando a mesma seleção de armas de todo o gênero, independentemente de como cada jogo as descreve. Para o Zombie Army 4, recomendamos abandonar essa noção, empurrar o barco para fora e selecionar algo que esteja firmemente fora da sua casa do leme. Guerra morta também não é escassa. 

Desde o primeiro episódio da campanha, você terá acesso a uma variedade de rifles, pistolas, metralhadoras, espingardas e muito mais. As possibilidades são infinitas e cada arma de fogo pode ser atualizada com suas próprias vantagens, atualizações e níveis individuais. Vamos nos aprofundar mais nisso depois, mas tente fazer experiências com cada nova arma em que você colocar as mãos. 

Leve o seu tempo

Embora o Zombie Army 4 se diferencie da franquia Sniper Elite da Rebellion de várias maneiras, às vezes a abordagem furtiva que ajudou a definir pode ser útil. Se a horda ainda está para ser alertada ou você não está explodindo em campos intermináveis ​​de cadáveres, geralmente há tempo para se afastar e considerar como vai avançar.

Você sempre terá uma variedade de minas e outras armadilhas a seus pés, escondendo-as até que uma alma infeliz entre em uma explosão ou fogo e raio. Como alternativa, vários estágios também apresentam objetos ambientais, como pisos eletrificados e barris vermelhos de marca registrada, para uma quantidade abundante de caos. Achei que os tiroteios eram infinitamente mais satisfatórios depois de planejar uma estratégia e executá-la, lidando com todos os soluços que surgiram no meio.

Use Kits De Atualização

Os kits de atualização são essenciais para progredir no jogo. Os jogadores encontrarão kits em cada capítulo e poderão usá-los para melhorar armas e armaduras. O que você deve ter em mente é que eles não podem ser usados ​​assim que são encontrados, mas os jogadores devem esperar até encontrar uma bancada de trabalho. As missões continuarão aumentando em dificuldade, por isso é uma boa ideia usar esses kits assim que os jogadores puderem.

Escolha As Atualizações Certas

Só porque o jogador tem a capacidade de atualizar, não significa que eles devam apenas atualizar suas armas aleatoriamente. Existem tipos específicos de atualizações que os jogadores devem tentar priorizar primeiro. Quaisquer atualizações que adicionem dano de elemento às armas são as primeiras pelas quais os jogadores devem se esforçar. Isso dará às armas a capacidade de causar mais dano e também permitirá que o dano se espalhe para outros zumbis também. Essas atualizações fornecerão a vantagem que os jogadores precisam.

Granadas e Stomping são uma dádiva de Deus

É incrivelmente importante aprender a usar granadas e o mecânico stomping para cuidar de zumbis. As granadas são perfeitas para eliminar grandes grupos de inimigos e podem realmente aparecer em situações difíceis. Os jogadores devem tentar o seu melhor para usar granadas sempre que virem uma oportunidade, mas não devem usar demais. Stomping é uma nova mecânica de jogo que torna a vida muito mais simples no Zombie Army 4 . Quando os jogadores não querem desperdiçar munição preciosa em retardatários, pisar em inimigos abatidos é uma solução perfeita. Basta deslizar para dentro de um zumbi ou derrubá-lo com o corpo a corpo antes de matá-lo com um rápido golpe.

Esvazie seus pulmões com eficiência

Usar o mecânico Empty Lung é um mecanismo extremamente eficaz para os jogadores terem em mente. Pode ajudar a derrotar chefes e inimigos únicos, mas é honestamente um desperdício para usar contra hordas. Esse mecânico pode facilitar muito a mira, mas adicionará muito tempo a cada tiro. É uma idéia muito melhor mudar para uma arma secundária para eliminar hordas maiores de inimigos. Salve este mecânico para alinhar tiros na cabeça em inimigos mais difíceis.

Salve medkits

Medkits são um recurso extremamente limitado e os jogadores são capazes apenas de carregar uma pequena quantia. Normalmente, esses itens são encontrados apenas em postos de controle e refúgios. Eles devem ser salvos para situações extremamente difíceis, em vez de desperdiçados por cada pequeno ferimento. Guarde-os para quando forem necessários.

Use corpo a corpo

Os ataques corpo a corpo podem não parecer capazes de fazer muito, mas os jogadores definitivamente devem usar ataques corpo a corpo com tanta frequência. Isso ajuda os jogadores a permanecerem vivos por muito mais tempo. Os jogadores podem usar quedas corpo a corpo são de longe um dos ataques mais poderosos que os jogadores podem realizar, mas exigem que os jogadores realizem dez ataques corpo a corpo antes que o ataque seja carregado. O lado positivo é que, se os jogadores conseguirem atacar, ganharão saúde e munição para ajudá-los em sua jornada.

Mantenha-se atento à resistência e à barra de saúde

Você deve tentar manter sempre um olho nas barras de resistência e saúde. A barra vermelha no lado inferior direito mostra sua saúde e a barra azul mostra sua resistência.

Tomar danos reduzirá sua saúde. Use Med Kits para encher sua barra de saúde. A resistência é usada por várias ações, como corrida, pulmão vazio, ataques corpo a corpo e assistência com armas. Será reabastecido com o tempo.

Equipar regalia de ‘Segunda chance’

Ao usar esse privilégio, se sua saúde chegar a zero e você estiver abatido, você pode atirar e matar um zumbi com sua pistola para voltar ao jogo com um pouco de sua saúde. Isso será vital para você, pois você terá uma chance melhor de chegar a um ponto de verificação se morrer entre dois pontos.

Bata Hordas sem pulmão vazio

Durante a ascensão de uma horda, você terá muitos zumbis ao seu redor. Durante isso, evite usar o recurso Rifle Empty Lung, pois não vale 10 segundos apenas para matar um zumbi.

Desafios completos do capítulo

Além das missões principais da campanha, você também tem desafios extras do capítulo disponíveis em cada missão, que concederão XP e o ajudarão a subir de nível rapidamente, para que você sempre tente completar os desafios do capítulo.

Seja um jogador de equipe

Zombie Army 4: Dead Army pode ser completado inteiramente em solo e também é bastante divertido em solo. No entanto, no núcleo, é um título cooperativo. Todos sabemos que os títulos cooperativos são divertidos apenas se os jogadores realmente jogam em equipe.

Os suprimentos, como granadas e caixas especiais, são limitados, enquanto o reabastecimento de munição é ilimitado.

Se você já possui alguns bons acessórios de arma, deixe seus jogadores cooperativos também, ou se você já tem uma granada, é melhor ter um amigo também, em vez de armazenar todos eles em seu próprio inventário .

Loadouts personalizados

No Zombie Army, você poderá criar seus loadouts personalizados e adicionar armas neles que se adequam ao seu estilo. Sua arma principal sempre será um rifle sniper, mas você terá uma seleção decente entre eles também. No slot secundário, você poderá escolher espingardas, SMGs e LMGs também.

Além da sua arma primária e secundária, você também pode escolher uma terceira arma, que é uma pistola. Também estão incluídos no seu build o seu Super Melee Attack, Perks e Item Mods.

Em suma, o uso de um carregamento personalizado tornará muito fácil para você, pois será de acordo com sua preferência de estilo de jogo.

Zumbis especiais

À medida que avança na história principal e obtém acesso a missões posteriores, você continuará a encontrar tipos cada vez mais variados de zumbis, o que tornará sua vida difícil no jogo. Eles são chamados de ‘zumbis especiais’.

Alguns desses zumbis vão atirar em você à distância, enquanto outros farão zumbis normais enfurecerem mais. Quando você se deparar com esses zumbis, você deve tentar se livrar deles o mais rápido possível.

Referências:

Screen Rant, Segment Next, Última Ficha, wikipedia

Predator: Hunting Grounds

Predator: Hunting Grounds é um jogo eletrônico multijogador desenvolvido pela IllFonic e publicado pela Sony Interactive Entertainment para PlayStation 4 e Microsoft Windows. Faz parte da franquia Predator.

Jogabilidade

Predator: Hunting Grounds é um jogo eletrônico multijogador assimétrico. Um jogador controla o Predator, enquanto outros quatro jogam como uma equipe de soldados de operações especiais em uma missão para coletar informações ou eliminar um traficante. O principal elemento é evitar ser caçado pelo Predator ou capturá-lo e matá-lo, que por sua vez será controlado pelo jogador.

Missão

A missão do Predador é clara: caçar. Estude os guerreiros na floresta, escolha o melhor deles e enfrente-o. Elimine seus alvos e colete troféus para exibir como lembranças de cada caçada. Não deixe sua presa escapar. Falhar não é uma opção.

Armas e tecnologia

Camuflagem

A camuflagem do Predador é quase imperceptível, distorcendo a luz ao redor do seu corpo para refletir o ambiente e permitindo que o Predador fique escondido até que esteja pronto para atacar.

Lançador de plasma

Com raios de plasma que penetram armaduras a longa distância, esse poderoso canhão equipado no ombro é uma das armas mais letais do Predador.

Lâminas de punho

Quando o Predador estiver pronto para o abate, use essas lâminas reforçadas para executar um ataque corpo a corpo fatal.

Lança Retrátil 

Ela é compacta e fácil de ocultar quando não estiver em uso. Na batalha, o Predador pode expandir a Lança Retrátil para transformá-la em uma lança que é muito útil tanto em combates corpo a corpo quanto a distância.

Disco inteligente*

Essa arma pode ser pequena, mas é uma das mais letais do arsenal. Quando lançado, o disco usa um sistema de rastreamento para localizar vários alvos antes de retornar ao Predador.

Arco Yautja*

Uma arma de caçador. Esse arco é leve e compacto até o Predador expandi-lo para utilizar a força e a distância de um arco composto tático.

*É necessário jogar para desbloquear essa arma.

Classes e personalizações

Classe Batedor

O Predador Batedor é ágil, leve e perito em armas de longo alcance. As vantagens incluem velocidade, vigor e recuperação, a taxa de recarga da energia e a capacidade de atacar e pular mais longe.  O Batedor tem uma reserva de vida mais baixa, por isso fica em desvantagem com armas de ataque corpo a corpo e não consegue carregar tantos equipamentos quanto as outras classes.

Classe Caçador*

O guerreiro da classe Caçador é bem equilibrado, versátil e capaz de se adaptar facilmente. Ele tem uma quantidade mediana de força, vida, velocidade, vigor, recuperação e força geral de combate corpo a corpo.    

Classe Berserker*

O maior dos Predadores, o Berserker é um brutamontes com mais quantidade de vida, o dano mais alto por arma de combate corpo a corpo e uma enorme reserva de energia. No entanto, devido ao seu tamanho e força, a movimentação dele é mais lenta e a taxa de recarga de energia mais baixa, tendo pouco vigor e um ataque mais curto. 

*É necessário jogar para desbloquear as classes Caçador e Berserker de Predador e as máscaras.

Chegue ao helicóptero

Seja um membro do melhor esquadrão de elite que existe, formada por soldados paramilitares de elite. Conclua missões desafiadoras a todo custo e volte para casa vivo.  Não importa qual seja a missão: sejam espertos, trabalhem juntos e “cheguem ao helicóptero”!  Cuidado. 

Alguma coisa está caçando vocês.

Missões e mapas

Entre na área sem ser detectado e leve sua equipe para dentro das perigosas selvas da América do Sul. Enfrente inimigos fortemente armados para concluir missões impossíveis, desde eliminar um traficante inescrupuloso até derrubar as conexões de bases locais em uma rede digital global.

Classes e equipamentos

Tenha acesso a uma grande variedade de opções para decidir o estilo de jogo do seu soldado. Escolha uma classe para determinar suas proficiências, equipar diversas armas para lançar seu poder de fogo e usar muitas outras opções para melhorar os equipamentos do seu soldado.

Escolha suas batalhas    

A dica mais importante que podemos dar para você jogar como Predator é escolher suas batalhas. Se você atirar, cortar e mutilar em todas as oportunidades disponíveis, você será morto a tiros, então assista, espere e ataque apenas quando tiver certeza de que pode fugir. Isso geralmente envolve sentar nas árvores, vigiar os soldados, esperar que um deles se afaste do grupo ou sofrer muito dano da IA ​​inimiga. Quando os jogadores estão preocupados em ativar objetivos ou lutar contra inimigos, este é o momento de atacar. Entre e saia rápido, faça algum dano e depois desapareça na selva.

Use as árvores com moderação

Embora as árvores facilitem muito a movimentação rápida, não confie muito nelas. Os jogadores sabem ficar de olho nas árvores quando se movimentam, então considere vestir sua capa e persegui-las ao nível do solo.

Esconder ao curar

Se você estiver sofrendo muito dano, precisará fugir e se curar. A cura é quando você está mais vulnerável, prendendo-o em uma animação de 30 segundos em que você não poderá se mover ou atacar. Em vez de curar imediatamente, concentre-se em escapar. Você estará vazando uma trilha de sangue muito visível, então lembre-se disso e só cure quando souber que está escondido. Lembre-se também de que, no meio da cura, você soltará um grito alto que pode ser usado para rastrear você.

Use os inimigos da IA

Você pode usar os inimigos da IA ​​para sua vantagem. Se a equipe de bombeiros estiver tentando ser furtiva, atire uma rajada de laser na briga para agitar o inimigo. Você também pode atacar em uníssono com soldados da IA, dando aos seus oponentes mais alvos para atirar.

Acabar o relógio

Em nosso tempo jogando Predator Hunting Grounds, descobrimos que ficar sem tempo é a maneira mais fácil de ganhar. Para fazer isso, ataque os outros jogadores e os atraia a segui-lo até a selva. Isso os afastará de seus objetivos. Se você jogou algumas rodadas e sabe onde os objetivos provavelmente estarão, guarde-os. Tudo o que você pode fazer para acelerar o relógio é fundamental. Abater inimigos também é ótimo para isso, pois o time de fogo precisará seguir para um objetivo adicional de reviver os companheiros de equipe caídos.

Conheça o mapa

Existem apenas alguns mapas em oferta no estado atual do jogo, facilitando o aprendizado de cada um. Existem apenas três ou quatro áreas de acampamento em cada uma delas; portanto, se você conhece a localização delas, pode perseguir com mais eficácia sua presa.

Extração é a hora de sair de casa

Se você falhou em retirar a equipe do firet e permitiu que eles pedissem extração, faça tudo. Isso significa atacar com tudo o que você tem, porque você não tem muito tempo até que eles possam escapar.

Suba de nível o mais rápido possível para desbloquear novos equipamentos

Uma boa dica desde o início é jogar como soldados para aumentar seu nível. Isso ocorre porque o novo equipamento Predator é desbloqueado em torno da marca do nível 12, e isso pode fazer muito para melhorar suas chances. Certifique-se de atribuir essa nova engrenagem no menu de carregamento.

Slam Attack

Se você tem bastante poder de sobra e planeja um ataque a um esquadrão bem organizado, use seu ataque slam. De uma árvore, perfure o botão de salto e pule. Ao descer, você pode pressionar R2 para carregar um poderoso golpe que atingirá com força quando você pousar. Esta é uma boa maneira de diminuir a saúde da equipe, pois você pode fugir depois de fazer isso.

Escolha quaisquer retardatários

Algo que você sempre deve estar atento é quando jogadores solitários se aventuram, longe do resto de seu time. Um único jogador é um jogo absolutamente justo, então faça o máximo e derrube-o. Você pode até usar o corpo deles para atrair os outros jogadores.

Alimente-se da vida selvagem

Algo que você talvez não saiba é que pode matar e comer as criaturas de javalis que vagam pela selva. Este é um método de cura muito mais rápido e silencioso, por isso, se você precisar de uma recarga rápida, vá caçar alguns porcos.

Assista sua mira

A principal maneira de revelar sua posição é através da mira do laser. É um feixe de luz vermelho brilhante e pode ser usado para identificar sua posição exata. Apenas dispare quando estiver pronto e desligue-o assim que puder.

XP

Cada jogo dura no máximo 15 minutos e quanto mais tempo você jogar, mais experiência vai conseguir. Os pontos de XP são a principal moeda do game e permitem liberar classes, armas e equipamentos melhores para os soldados e o Predador, além de itens cosméticos.

Com isso em mente, a dica é sempre tentar prolongar ao máximo o game, evitando confrontos diretos com o Predador logo de início, que podem ser fatais. A estratégia de durar mais tempo vale não apenas para quem joga de soldado, mas também para o monstro. Enquanto os humanos devem aproveitar o tempo realizando os objetivos das missões, o carrasco pode ganhar experiência abatendo inimigos da IA, se escondendo perto dos rivais e assassinando alguns dos jogadores, que podem ser revividos com a chamada de reforços.

Use a lama

Para quem está jogando de soldado, a principal dica para se garantir no game é se inspirar no Arnold Schwarzenegger e se encher de lama sempre que possível. A mecânica inspirada no filme original do Predador permite que os humanos se escondam dos radares do Caçador Alienígena temporariamente.

Enquanto a solução parece opcional em alguns momentos, considerando que o ambiente é cheio de inimigos e possui momentos que forçam tiroteios, o uso da lama pode ser vital em certos momentos. Durante as missões de reforços, quando o jogador precisa ir para um local distante do objetivo e reviver os companheiros caídos, o recurso pode ser essencial para despistar o Predador, que conta com um sensor térmico e a habilidade de subir em árvores.

Vale destacar que o game também conta com vantagens e uma classe que dão vantagens para a lama. Para quem gosta de um estilo de jogo mais furtivo, pode ser uma boa pedida.

Preste atenção nos sons

Já para o lado do Predador, a principal dica é ficar com os ouvidos atentos. O sensor térmico do Caçador Alienígena conta não apenas com o rastreamento visual, mas também com uma barra na esquerda com mapeamento de som, que capta as conversas entre os inimigos e o barulho de alarmes.

Além disso, a visão térmica também capta explosões e tiros durante o disparo. Quando os jogadores estão cobertos de lama, essa é a melhor forma de rastrear os adversários que devem ser abatidos.

A dica de usar o ouvido como guia também vale para os soldados: o Predador faz seus barulhos característicos quando está próximo dos outros jogadores e ao utilizar habilidades como camuflagem. Além disso, o ambiente do game conta com galhos destrutíveis, folhas e pássaros, que podem ser usados como indicativo da posição do Caçador Alienígena.

Apesar de ter diversas falhas visuais, o jogo do Predador capricha no áudio e jogar com fones de ouvido acaba fazendo a diferença em momentos críticos.

Foco

Antes de mais nada, esteja focado em seus objetivos para vencer a partida. Se for o Predador, sua missão é simples — elimine a Fireteam e colete seus troféus. Nada mais importa. Se for a Fireteam, terá objetivos específicos contra a IA que terá de completar para depois escapar com vida e vencer a partida. Você com certeza tem a opção de caçar o Predador para receber mais XP, mas considere o risco e a recompensa, especialmente quando está jogando para ganhar.

Fireteam

Fiquem Juntos, Mas Nem Tanto

Ficar por perto para ajudar um ao outro é imperativo. Se o Predador conseguir atacar alguém, todos podem estar lá para ajudar a afugentá-lo ou para caçá-lo. Uma pessoa cai, duas empurram o Predador para longe enquanto a quarta pessoa revive seu aliado, depois se reagrupam. Ficar muito longe deixa o Predador criar armadilhas com membros derrotados, o que nunca acaba bem. E, claro, ficar perto demais os torna alvo fácil para disparos de plasma em área.

Fique Atento, Atenção no que for Marcado

Se não puder se comunicar via chat, use o sistema de marcação para deixar sua equipe saber o que está vendo. Seja vida, inimigos IA, ou o Predador se movendo pelas árvores. Quando todos podem ver a ameaça, é mais fácil reagir.

Classes e Papéis

Para serem efetivos como uma Fireteam de quatro pessoas, todos devem saber seu papel e os pontos fortes de sua classe. Durante o teste, você poderá escolher 3 das 4 classes que virão com o jogo completo: Assault, Support, ou Scout. Um Scout é ágil e veloz, bom para correr na frente e descobrir itens ou completar objetivos. Sendo uma classe versátil, o Assault pode cobrir o Scout, ajudar a completar missões, lutar contra inimigos da IA, e preparar para quando tudo der errado. Por último, o Support pode carregar mais equipamento para ajudar a equipe, aguentar mais dano em batalhas contra a IA e chamar a atenção do Predador. Uma equipe devidamente estruturada obrigará o Predador a tomar muito cuidado.

Não Pare

Permaneça em movimento. Quando mais alterar sua posição, mais trabalho o Predador terá para encontrá-lo. Se a missão avançar, não fique parado esperando.

Rastreando sua Presa

A ferramenta mais poderosa do Predador para rastrear é seu modo de visão. Usar este modo permite ver distúrbios sonoros (Tiros/Explosões) a enormes distâncias, para chegar até o caos que geralmente está sendo causado pela Fireteam. O Predador também pode usar Target Isolation, uma habilidade com tempo de recarga que envia um pulso de energia para destacar a posição dos membros da Fireteam no mapa.

Uma vez perto, os alvos da Fireteam serão escaneados e marcados para distinguí-los dos NPCs. mas tome cuidado, não dependa apenas deste sistema, já que ele pode ser evitado pela Fireteam quando se cobrem de lama ou usam supressores em suas armas.

Vá Com Calma

Jogue com o tempo a seu favor. Como o Predador, você tem a vantagem de ter apenas um objetivo: matar sua presa. Enquanto a Fireteam tenta passar por objetivos e levas de inimigos, você pode planejar seus ataques e esperar o melhor momento para dar o bote. Se jogar de cara pode terminar com a Fireteam destruindo até o melhor dos Predadores, então espere até que os recursos deles tenham sido gastos um pouco para ter uma chance maior de sucesso. Algumas vezes, cutucar o inimigo à distância durante a partida é o bastante para acabar com seus suprimentos. Além disso, você ganha mais pontos pela sua presa quanto mais eles avançam em sua missão, outro incentivo para esperar antes de atacar.

Referências:

US Gramer, Adrenaline, Blog Playstation, wikipedia.

Valorant

Valorant é um jogo eletrônico multijogador gratuito para jogar de tiro em primeira pessoa desenvolvido e publicado pela Riot Games. É o primeiro jogo do gênero desenvolvido pela empresa, sendo anunciado pela primeira vez com o codinome Project A em outubro de 2019, em um evento de comemoração de 10 anos de League of Legends. Foi lançado em 2 de junho de 2020 para Microsoft Windows.

Duas equipes de cinco jogam uma contra a outra, e os jogadores assumem o papel de “agentes” com habilidades únicas. No modo de jogo principal, a equipe atacante tem uma bomba, chamada Spike, que eles precisam plantar em um local. Se a equipe atacante proteger com sucesso a bomba e ela detonar, eles ganharão um ponto. Se a equipe defensora desarmar com sucesso a bomba ou o cronômetro de 100 segundos da rodada expirar, a equipe defensora receberá um ponto. Eliminar todos os membros da equipe adversária também ganha uma rodada. A primeira equipe a vencer o melhor de 24 rodadas vence a partida. O jogo também promove um servidor com tick rate de 128, que garante uma jogabilidade suave e baixo ping com uma expansão global de datacenters.

Qual é o objetivo do jogo?

Em Valorant, vence o time que chegar primeiro aos 13 pontos. A condição para pontuar depende apenas de uma variável: caso seu time esteja no ataque, você precisa escoltar uma bomba até os pontos marcados no mapa com as letras “A”, “B” ou “C”, todos dentro da base rival. Desde que a bomba seja detonada dentro do limite de tempo, o seu time marca um ponto, mesmo que nenhum personagem sobreviva.

Já se o seu time estiver na defesa, precisa a todo custo impedir a detonação da bomba. Nessa equipe, você ainda tem chances de vitória mesmo que a bomba seja plantada, considerando que você ainda pode desarmá-la. Para plantar a bomba ou desativá-la, basta se aproximar dela e segurar o botão “4” no teclado.

Lembre-se de que muitas vezes pode ser uma boa decisão sobreviver mesmo que a rodada esteja perdida; afinal, você pode levar seus itens e armamentos para o round seguinte sem precisar fazer novas compras.

Quando perder uma rodada, fique escondido e não deixe o outro time matar você, pois com isso é possível economizar uma graninha. No ataque, não se esqueça do grande raio de explosão da bomba depois de armada, então corra para longe na hora da detonação para não morrer.

Atenção a sons

Valorant tem atenção milimétrica a frames e hitbox, mas também ao design de áudio. Os sons que você ouvir durante a sua jogatina podem ser a peça que dita uma vitória. Fique atento a sons de passos próximos, o som do teletransporte e as habilidades praticadas para localizar um inimigo.

No entanto, tenha em mente que você também faz sons então é preciso saber quando sacrificar furtividade para obter agilidade.

Sensibilidade e customização

Valorant é um jogo de precisão e, portanto, é necessário que ele esteja customizado para se adequar à sua maneira de jogar. Controlar a sensibilidade do mouse é uma função mais do que obrigatória para que você jogue da sua maneira e tenha o melhor desempenho. Além disso, saiba que é possível customizar a mira, deixando-a com o símbolo e a cor que preferir.

Mapas

Você pode encontrar imagens dos mapas de Valorant ou… Você pode jogar e estudá-los na prática. Conhecer o ambiente em que você está é de extrema importância neste shooter e cada cantinho pode representar vitória ou derrota. Além de saber o posicionamento das portas, teleportes e obstáculos, é na prática que você conhece o limite que o scope tem quando você está tomando cobertura atrás de uma caixa, por exemplo.

Dinheiro

Administração de dinheiro em Valorant é quase tão relevante quando na vida real. Comprar armas a cada round envolve planejamento, bom senso e, ocasionalmente, assumir uma derrota.

Não gaste tudo o que você tem a cada round senão você nunca terá o suficiente para comprar as armas “mais fortes”. Você também pode saber o quanto você terá no próximo round olhando no canto esquerdo — quem sabe usar uma arma mais fraca neste round pode garantir a vitória do próximo confronto.

O trabalho em equipe também se aplica à compra de armas. Caso esteja sem dinheiro, é possível solicitar o item desejado aos seus colegas de equipe clicando com o botão direito do mouse — quem puder comprar terá a opção de presentear o parceiro.

Compre escudos — eles ficam do lado direito da tela de vendas. Quanto à compra de habilidades, estude a ocasião. Leve em consideração o quanto aquela habilidade de agente vai impactar a sua estratégia, o quanto você se dá bem com aquela skill e quanto dinheiro custa.

Compre as armas certas

Valorant apresenta um vasto arsenal em seu lançamento, com 17 opções de armas para escolher, em diferentes faixas de preço. Uma arma não é necessariamente melhor apenas por ser mais cara, portanto vale a pena analisar o contexto dos jogos o tempo todo para decidir o que funcionaria melhor para você. Por exemplo, em um mapa cujas lutas acontecem normalmente em longos corredores, não é muito inteligente comprar uma escopeta, já que elas causam um bom dano só nos combates de curta distância. Deixe as escopetas para ambientes mais claustrofóbicos.

Gaste alguns minutos na arena de treino apenas praticando com cada uma das armas, pois elas têm diferentes taxas de disparo e recuos. Na maioria das situações, o spray determina o resultado das lutas, consequentemente saber atirar com precisão faz toda a diferença. O dano causado pelas armas também varia dependendo da parte do corpo atingida: tiros na perna são os mais inofensivos e causam pouco dano, enquanto tiros no tronco causam danificações intermediárias. O máximo de letalidade acontece com os tiros direcionados na cabeça, então tente dar headshots sempre que possível.

Tenha em mente também a distância em que as armas são mais ou menos eficazes. As balas dos rifles sniper de longa distância causam o mesmo dano tanto em combates a 1 metro de distância como em lutas a 50 metros, enquanto as pistolas e submetralhadoras variam seu impacto dependendo de onde o inimigo estiver, normalmente perdendo efetividade a partir dos 10 ou 20 metros, a depender da arma escolhida.

Durante a fase de compra antes de cada rodada, não se esqueça de comprar armaduras! A mais leve custa 400, e a mais pesada custa 1000. Ambas diminuem o dano causado pelos disparos dos inimigos, mas priorize a armadura pesada para ter mais chances de sobreviver nas trocas de tiros. Só tome cuidado, pois, mesmo vestindo a melhor das armaduras, você não está livre de morrer com apenas um tiro na cabeça bem dado pelas armas mais fortes do jogo.

Comunique-se sempre

As partidas são realizadas entre equipes de cinco jogadores que precisam trabalhar em conjunto para superar seus adversários. Há diversas abordagens possíveis, tanto para defender sua base como para atacar o objetivo e plantar sua bomba com sucesso e, salvo uma grande disparidade de habilidade entre os jogadores, o time vencedor será aquele que conseguir planejar e executar melhor seus movimentos.

Há uma máxima de jogos em equipe que diz “qualquer plano é melhor do que nenhum plano”, então jogue sempre com o voice ligado para informar seus aliados sobre os eventos relevantes e ouvir as suas calls. A qualquer momento você pode apertar “esc” e acessar o “menu de opções de configurações de áudio” para ligar ou desligar o chat em equipe. Se todos estiverem falando para atacar juntos o ponto A, não adianta correr sozinho para o B. Se você avistar um certo número de inimigos em algum ponto, diga para seus aliados tomarem cuidado e compartilhe o máximo de informações possível.

Todos os mapas apresentam mais de um ponto em que é possível montar a sua bomba. Logo, você pode dividir a sua equipe ao meio — separando as metades nos dois lados do mapa (uma em cada um) para aumentar a área coberta — ou “rushar” para um único ponto ao lado de todos os seus companheiros a fim de surpreender e vencer as lutas com vantagem numérica — um tática de alto risco e alta recompensa, já que você pode perder a rodada imediatamente caso perder seu esquadrão todo de uma vez.

Descubra sua classe

A versão original de Valorant conta com 10 heróis distintos, e cada um deles faz parte de 1 das 4 classes do jogo: Controller (Viper, Omen e Brimstone), Sentinel (Sage e Cypher), Initiator (Sova e Breach) e Duelist (Raze, Phoenix e Jett). Uma boa equipe inclui heróis de todos os tipos e tira o máximo proveito das características de todos eles.

Os Controllers servem para gerenciar os espaços e criar oportunidades vantajosas para seu time. A viper, por exemplo, consegue criar uma área de gás venenoso que causa dano a todos que passam por ela. Já os Sentinels são mais focados em defesa e em segurar posições já conquistadas. Se você jogar com a Sage, pode usar seus poderes de cura para recuperar o HP de seus aliados, enquanto o Cypher instala armadilhas para pegar inimigos desavisados.

Os Duelists são os heróis mais focados em causar dano, donos dos talentos mais agressivos. Phoenix consegue invocar paredes e áreas de fogo que tiram a vida dos rivais, enquanto a Raze abusa de suas armas explosivas. Por fim, os Initiators, como o nome indica, são mais recomendados para criar oportunidades de começar bem as lutas. Jogando com o Sova você consegue invocar drones para sobrevoar as áreas ou mesmo ativar flechas de reconhecimento que revelam o posicionamento do outro time.

O mais importante é jogar com a classe que melhor se encaixa no seu perfil de jogo. Caso o seu macro seja sua maior virtude (com bom conhecimento do mapa, a habilidade de ler bem o posicionamento rival e conseguir criar vantagens usando posicionamento) jogue como Controller ou Sentinel. No entanto, se o seu forte é mesmo o micro, com disparos precisos e boas chances de conseguir o clutch, carregando o time com seus reflexos apurados, opte por Duelists ou Initiators.

Domine as habilidades dos heróis

Todos os personagens de Valorant têm habilidades especiais e ults (ou supremas) próprios. Para poder utilizar esses talentos, não basta somar dinheiro, você precisa achar os orbs espalhados pelo mapa e então segurar a tecla “F” próximo a eles para apanhá-los e ganhar um ponto. Quando você tiver pontos suficientes, basta teclar “X” para acionar sua habilidade.

Com a suprema do Phoenix, você aciona um marcador em sua localização atual e pode partir para o ataque sem medo, pois, caso você morra, renascerá no local marcado, tal qual uma fênix. A suprema da Jett também é bastante ofensiva, pois ela invoca uma série de facas que podem ser arremessadas com alto dano. Caso você consiga matar alguém, seu estoque de facas é renovado. Você também pode clicar com o botão direito do mouse para jogar todas as suas facas de uma só vez!

O poder da Viper é gerar uma grande nuvem tóxica que permanece ativa até a Viper sair dela. Caso algum inimigo entre na área marcada, ele ficará visível e em destaque para a heroína. Já o especial do Sova é perfeito para matar inimigos escondidos atrás de paredes, pois ele dispara até 3 grandes flechas de energia que ultrapassam tudo em seu caminho, de um extremo ao outro do mapa, em linha reta.

O poder do Cypher é um dos mais interessantes, pois você precisa se aproximar de um cadáver para ele revelar qual é a localização de todos os seus aliados que ainda estão vivos. Já o Brimstone ativa um monitor com o mapa da partida em destaque e, então, você pode escolher um ponto para bombardear e aniquilar tudo que tiver ao redor.

Com a Sage você pode reviver qualquer aliado caído, desde que ela esteja próxima de seu cadáver. Só tome cuidado, pois o processo demora alguns segundos para ser concluído, então evite fazer isso em áreas muito abertas. Já Omen consegue se teleportar imediatamente para qualquer outro ponto do mapa e, caso morra ao chegar, retorna sem problemas ao ponto original de onde partiu.

A brasileira Raze ganha um lança-foguetes que causa um gigantesco dano em área no impacto. Por fim, Breach equipa um explosivo que, ao ser disparado, causa um terremoto na área marcada em cone, derrubando todos que estiverem em seu caminho, facilitando os abates em equipe.

Tenha calma e paciência, pois Valorant é um jogo de eSports muito exigente, que premia os jogadores mais competitivos e persistentes. Leva muitas horas até você conseguir fazer a diferença nas lutas, então se divirta aprendendo e não tenha vergonha de errar no começo!

Utilize o sistema de ping

Caso você não esteja a fim de usar o microfone ou digitar, Valorant possui um sistema muito detalhado de pings (marcações). Com ele você pode definir teclas para que o seu personagem mande diversas informações automaticamente. Para acessá-lo, vá no Menu de Configurações>Controle>Comunicação.

Aprenda o nome das posições nos mapas

Ainda no tópico de comunicação, não há como repassar informações para os parceiros sem saber o nome das regiões dos mapas. Assim como em CS:GO, cada parte de cada mapa do jogo possui seu próprio nome dado pela comunidade, mas em Valorant existe ainda uma grande facilidade: o próprio jogo já atribui nome às posições!

Sabemos que os nomes escolhidos pela Riot provavelmente serão substituídos pela comunidade, mas enquanto você não sabe os novos nomes, a melhor forma de se comunicar é utilizando aqueles contidos no jogo. Para isso, pressione a sua tecla definida para abrir o abrir o Mapa (não o Minimapa!) e, caso os nomes não áreas não apareçam (como aparecem na imagem acima), acesse as Configurações>Geral>Mapa>Mostrar nomes de regiões no mapa e habilite a função.

Compartilhe os Orbes de ult com o time!

Os Orbes de Ultimate são itens encontrados em pontos fixo de cada mapa e garantem 1 Ponto de Ult, ou seja, você fica mais próximo de poder usar sua habilidade mais forte. Por isso, por mais tentador que seja, evite pegá-los para você nos casos em que outros membros do seu time precisarem mais. Além disso, lembre-se que outros Ults podem ser muito mais úteis que o seu.

Nesse contexto, se você quer contribuir mais para o time, aperte TAB no início de cada round e veja quem precisa mais de Orbs de Ultimate. Caso você tenha a oportunidade de pegar um naquele round, comunique ao seu parceiro para vir buscá-lo.

Entenda como funcionam os ângulos

Outra mecânica idêntica de CS:GO. Alguma vez você já virou uma esquina qualquer no jogo e morreu automaticamente antes mesmo de ver alguém? Ou, alguma vez, você camperava em um lugar qualquer e seu oponente já chegou atirando? Essas situações, e muitas outras, giram totalmente em torno dos ângulos do jogo. Por isso, saiba que:

A visão em primeira pessoa que enxergamos sai exatamente do meio da testa do personagem.

O seu personagem é um bloco fixo (ao contrário, por exemplo, de PUBG, em que seu personagem pode inclinar-se para esquerda ou direita).

Dessa forma, existem inúmeras situações em que alguma parte do seu personagem (geralmente o braço, ombro ou perna, no caso de estar agachado) aparecerá antes que a câmera no centro da testa mostre qualquer coisa. É por isso que virar esquinas enquanto estiver colado em uma parede é a pior coisa que você pode fazer no jogo, uma vez que você só enxergará a parede enquanto seus oponentes já estarão vendo metade do seu corpo. Por isso, a estratégia é sempre virar esquinas o mais afastado da parede possível e, quando for camperar, dê um ou dois passos para longe da parede.

No exemplo da imagem acima, o bot ainda não enxergou o jogador já que ele está virando a esquina afastado da parede, de forma a enxergar metade do corpo do bot antes mesmo de se tornar visível ao oponente.

Mantenha a coesão financeira no time

Um problema muito recorrente no matchmaking é cada jogador do time comprando o que quiser, mesmo quando não deveria. É essencial que o time inteiro esteja nas mesmas condições em relação ao dinheiro. Para isso, é muito importante que um dos jogadores tome a iniciativa de liderar o time e apontar os momentos de fazer:

Round eco: round econômico em que os jogadores não compram nada (ou quase nada) para pode se equipar totalmente no próximo.

Meia compra: os jogadores do time fazem uma compra parcial que, mesmo gastando moderadamente, não comprometa a compra completa no round seguinte.

Compra forçada: mesmo com pouco dinheiro, os jogadores gastam tudo para se equipar da melhor forma possível, sabendo que o time oponente também não está muito bem equipado.

A administração do dinheiro em Valorant, apesar de não ser tão decisiva quanto em CS:GO, também é um dos aspectos que decidem as partidas. Cuidado para não se prender em um loop de compras ruins, sem nunca ter dinheiro para se equipar totalmente. Faça ecos!

Você não precisa usar a mira ADS

A mira ADS (Aiming Down Sights) é uma mecânica presente em quase todos os jogos de tiro e que consiste na “segunda mira” ou “mira aberta”. No caso de Valorant, a função está disponível para diversas armas e oferece as seguintes vantagens:

Pequeno zoom na mira.

Pequena redução de recoil.

Durante o spray (rajada de tiros), sua mira segue exatamente cada bala disparada.

Apesar de parecer muito vantajoso, a mira ADS também tem uma desvantagem: ela reduz em 10% sua taxa de tiro, o que pode ser a diferença entre vencer ou perder um duelo. Por isso, perceba que todas as vantagens da mira ADS são relacionadas a precisão, que é algo que você pode praticar e masterizar a ponto de nem precisar mais dela. Por outro lado, atirar mais lentamente é algo que não depende de você e, considerando a rapidez com que os personagens morrem em Valorant, você não vai querer essa desvantagem.

Não tenha pressa: jogue rounds lentos

Em partidas de baixo nível, é muito comum que as “estratégias” no lado Atacante sejam definidas no início do round e não sejam modificadas. O jogo não precisa ser assim. Busque misturar rounds rápidos com rounds lentos. Lembre-se que, em baixo nível, é extremamente provável que algum Defensor perca a paciência e avance onde não deve. Nesse momento, é importante que algum Atacante esteja esperando para puni-lo.

Rounds lentos no lado Atacante sempre têm o potencial de induzir erros nos oponentes. Além de avançar indevidamente, é muito comum que, faltando pouco tempo para o fim do round, um Defensor comunique errado (“é A!”) ao avistar apenas um Atacante, enquanto a bomba está indo para o B, por exemplo.

A bomba (spike) pode ser desarmada em duas vezes!

Essa é uma grande novidade para quem veio do CS:GO. Em Valorant não existe Kit de Defuse para cortar o tempo de desarmamento da bomba pela metade, porém, aqui você pode desarmar a bomba em duas partes. Confira na imagem acima que o a barra de desarmamento é dividida em duas. Se qualquer jogador preencher a primeira parte, é possível interromper o defuse e retomar o processo a partir da segunda barra.

Note que um desarmamento interrompido não vai voltar de onde parou, e sim do início da primeira ou da segunda barra. Além de abrir chance para diversas baits, a mecânica permite que um jogador desarme metade da bomba e deixe que um parceiro faça a outra metade para receber o Ponto de Ult.

Recoil das armas

Recoil das armas é o recuo que cada armamento tem. Isso é como a mira de uma arma se se mexe ao atirar sequencialmente. No Valorant, a Vandal é uma arma com um recuo bem forte. Ao dar um spray (sequência de tiro), o recuo da Vandal forma um T, partindo de cima para baixo.
É importante saber como é o recoil de cada arma para conseguir controlá-lo com o mouse ao atirar. Isso influenciará bastante na sua performance no game. Para conhecer os recoils das armas, entre no modo treino, ande de frente para trás e vire à esquerda. Lá, você poderá ver como funciona o recoil ao atirar no alvo e poderá deixar o alvo mais distante ou mais próximo ao atirar em 5m, 10m e mais.

Usar o tempo ao seu favor

Outro fator importantíssimo é saber como controlar o tempo. Após o fim da fase de compra, cada rodada tem 1 minuto e 40 segundos. Esse período é importante tanto para a defesa quanto para o ataque. A defesa pode ganhar a rodada mesmo sem eliminar todos os inimigos ou defusar a spike, já que o fim do tempo é favorável a eles!
Enquanto isso, o ataque pode administrar o tempo de forma inteligente. Uma das possibilidades é esperar os adversários da defesa gastarem seus recursos, como habilidades limitadas, e só nos últimos segundos da rodada fazer a investida em um bomb para plantar. É importante saber que demora quatro segundos para a spike ser plantada e 45 segundos para detonar após o plant. Já para a defesa defusar, demora 7 segundos!

Você não perde as habilidades ao morrer

No CS:GO, sempre que você morre com uma molotov, smoke ou flashbang em mãos, você perde esses utilitários. No Valorant, funciona diferente. As habilidades que são passíveis de compra continuam com você para a próxima rodada caso você morra sem utilizá-la. Isso ajuda bastante para manter uma economia boa.

Vantagem de posicionamento

Uma boa arma, ter uma boa mira e conhecimento das habilidades dos personagens são importantes, mas além disso, conhecer o mapa é essencial. Você pode utilizar o tempo da fase de compra para se posicionar bem, tanto quanto defesa como ataque. Com o passar da rodada, continue procurando bons locais que sejam favoráveis a você em uma eventual troca de tiro. Evite ficar em locais que tenha somente uma saída, procure caixas para se proteger e afins. Mas tome cuidado com os varados, que é a próxima dica.
Identificar locais onde as balas varam
Varar é causar dano ao atirar em uma superfície e a bala penetrar. Grande parte das armas de Valorant têm esse alto poder de penetração, portanto, uma vantagem é conseguir varar alguns inimigos e evitar que eles se escondam. Para identificar os locais e as armas que conseguem varar, basta entrar no modo personalizado de Valorant, escolher o mapa e testar com um amigo!

Referências:

Mais Esportes, Voxel, Ligados Games, Br Ing, wikipedia.

Payday 2

Payday 2 é um videogame cooperativo de tiro em primeira pessoa desenvolvido pela Overkill Software e publicado pela 505 Games. O jogo é uma continuação de Payday: The Heist em 2011. Foi lançado em agosto de 2013 para Windows , PlayStation 3 Xbox 360. Uma versão aprimorada do jogo, com o subtítulo Crimewave Edition , foi lançada para PlayStation 4 e Xbox One em junho de 2015. Uma versão para o Nintendo Switch foi lançada em fevereiro de 2018.

Dois anos após os eventos do jogo anterior, a turma do Payday chega à área metropolitana de Washington para realizar outra série de ataques. O jogador assume o controle de um dos vinte e um membros da quadrilha e pode executar assaltos sozinho ou com até três companheiros de equipe. O jogador pode participar de uma variedade de assaltos, incluindo, entre outros, assaltos a bancos, lojas e carros blindados , além de produzir e distribuir narcóticos. O jogo difere do anterior, permitindo muito mais personalização do jogador (esteticamente e em termos de jogabilidade), interface e experiência gráfica um pouco melhoradas, mais variedade e jogabilidade em níveis, e reformulou a mecânica furtiva.

Uma série da web foi produzida para promover o jogo. O jogo foi lucrativo somente com pré-encomendas e recebeu críticas positivas. Dia de pagamento 2: Crimewave Edition, que oferece gráficos aprimorados, novo conteúdo e todos os DLCs anteriores, foi lançado para PlayStation 4 e Xbox One em junho de 2015. 

Gameplay 

O jogo consiste em uma variedade de ‘assaltos’ que um jogador pode optar por realizar sozinho, com a IA ou como parte de um jogo multiplayer. Existem assaltos como assaltos a bancos, corridas de tráfico de drogas, fraudando uma eleição ou roubando ogivas nucleares contrabandeadas. Alguns dos roubos colocam uma grande ênfase na furtividade, geralmente levando a pontos de experiência de bônus e dinheiro na conclusão, e certos roubos só podem ser feitos com furtividade.

O menu de seleção de nível é denominado site fictício, Crime.net, onde as missões aparecem periodicamente como contratos em um mapa de Washington, DC . O jogador pode pegar um contrato aberto, entrar em um contrato que outro jogador possui. iniciado ou comprar um contrato com dinheiro do jogo em uma conta bancária offshore. Existem sete níveis de dificuldade: Normal, Difícil, Muito Difícil, Overkill, Mayhem, Death Wish e Death Death (anteriormente One Down), com mais dinheiro e experiência pagamentos para níveis de dificuldade mais altos. Atualmente, existe uma opção para ativar a função “One Down” em qualquer dificuldade, o que significa que os jogadores só podem cair uma vez antes de ficarem em custódia (sobem até dois downs com a habilidade “Nine Lives” aced). Independente da dificuldade, estava a condição “pro job” – os profissionais oferecem experiência adicional, mas não podem ser tentados novamente se os jogadores falharem. Mais tarde, os Pro Jobs foram removidos em uma atualização. Alguns contratos no dia do pagamento 2 ocorrem em vários dias, sendo que cada dia é representado por um nível separado com objetivos diferentes. Após alguns dias de assaltos serem concluídos em ‘alto’ (no qual o alarme tocou), o jogo pode adicionar um nível de fuga, onde os jogadores a fuga original é frustrada e eles devem sobreviver para chegar ao refúgio de backup.

Muitos trabalhos no Payday 2 podem ser concluídos furtivamente. Se os jogadores evitarem ser pegos na câmera, escaparem ou matarem silenciosamente os guardas de segurança, não mate mais de quatro guardas com pagers (o número de pagers pode ser reduzido por meio de modificações no modo de jogo “série de crimes”) e evite que testemunhas civis chamem o polícia, o alarme não será acionado e os jogadores receberão um bônus de experiência. Caso contrário, os jogadores terão que atingir seus objetivos, realizar qualquer pilhagem que encontrarem até um ponto de queda e, em seguida, alcançar seu ponto de fuga sob a pressão de constantes ondas de assalto policial. A maioria dos inimigos são unidades da SWAT provenientes da polícia de DC e , em seguida , empresas de segurança privada do FBI SWAT , GenSece finalmente o DHS à medida que a dificuldade aumenta. Misturadas com estas estão unidades especiais; todas as versões do Payday 2 incluem o ” Shield ” e o ” Taser ” – ambos nomeados por seu equipamento de assinatura, o “Bulldozer” – um membro da equipe SWAT em um traje modificado à prova de balas e atiradores de elite. A Crimewave Edition e a versão para PC incluem o “Cloaker” – um especialista em infiltração e combate corpo a corpo . Exclusivas para as edições PC e Crimewave são as torres de van SWAT quase indestrutíveis, capazes de negar área, um médico capaz de devolver um executor à saúde total, sem efeitos de status, e o capitão Winters, um policial veterano bem protegido que sustenta ataques e lustra inimigos até que ele possa ser expulso.

Se um jogador sofrer muito dano, ele será derrubado e incapacitado. Se ninguém os ajudar a fazer backup, ou se forem derrubados várias vezes sem curar através de uma “bolsa de médico”, eles serão levados em custódia. Em níveis de dificuldade mais baixos, os jogadores sob custódia acabam ficando fora de custódia após um período de tempo determinado, mas, caso contrário, seus companheiros de equipe devem tomar um refém para negociar para recuperá-los no jogo. Um trabalho falhará se todos os jogadores estiverem abatidos ou sob custódia (mas alguns trabalhos têm condições únicas de falha, como o único assalto alto, Cook Off, adicionando o ingrediente incorreto e explodindo o laboratório de metanfetamina).

No final de cada roubo, o jogador recebe uma tela com três cartas, uma das quais deve ser escolhida pelo jogador (chamada de “Dia do Pagamento”). Esses cartões de bônus podem ser modificações de armas, máscaras, cofres, cores ou materiais para máscaras, experiência de bônus ou dinheiro. Os jogadores podem comprar e personalizar máscaras, embora sejam puramente cosméticas e não tenham efeito na jogabilidade.

Durante o jogo, os jogadores acumulam dinheiro e experiência. O dinheiro é dividido em duas partes. 20% do dinheiro é dado ao jogador para gastar em armas, máscaras e habilidades, e 80% é colocado na “Conta Offshore” do jogador, que se destina como parte da história a ser o fundo de aposentadoria do jogador, no entanto, o jogador pode usá-lo para comprar roubos de um corretor, comprar cartões de bônus sem realizar um roubo, tornar-se infame ou um jogador pode pressionar um botão em seu esconderijo para ‘queimar’ tudo.

Durante o 4º dia do evento “The Search For Kento”, o modo de jogo Crime Spree foi adicionado, no qual os jogadores completam assaltos simultaneamente para ganhar grandes recompensas. À medida que o jogador completa os assaltos, sua classificação na série de crimes aumenta, com a quantidade de classificações variando, dependendo do assalto escolhido. A cada 20 fileiras, os jogadores devem escolher modificadores para alto, e a cada 26 fileiras devem escolher modificadores para discrição, tornando os assaltos cada vez mais difíceis e a cada 50 fileiras, a saúde e o dano do inimigo aumentam. Iniciar uma nova onda de crimes sem pontos custa 0 moedas continentais, mas iniciar uma série de crimes em um determinado ponto pode variar no custo das moedas continentais, de 20 fileiras para 10 moedas continentais a 40 fileiras para 20 moedas, até a maior pontuação pessoal do jogador crimespree por uma certa quantia. Ao escolher um assalto, os jogadores precisam escolher entre um dos três roubos dados a eles, mas podem optar por rolar novamente os roubos por 6 moedas continentais. Os jogadores não recebem suas recompensas automaticamente; em vez disso, podem optar por encerrar sua onda de crimes, dando-lhes todas as recompensas, incluindo saque, cartões de bônus do dia de pagamento e moedas continentais. Se um jogador falha em um assalto ou seu jogo é encerrado durante o assalto por qualquer motivo, sua série de crimes não pode mais continuar e eles podem optar por pagar uma certa quantia de moedas continentais para retomar a série de crimes ou finalizá-la. Aceite as recompensas. Na classificação 0, todo assalto começará na dificuldade “Overkill”, mas os modificadores podem aumentar a dificuldade até mesmo acima de “Sentença de Morte”. Durante a parte de pré-planejamento dos assaltos, certas “Gage Perks”

À medida que os jogadores ganham pontos de experiência, seu nível de reputação aumenta. Quando o nível de um jogador aumenta, ele ganha pontos de habilidade, permitindo que ele compre habilidades e bônus de árvores de habilidades que representam cinco arquétipos e estilos de jogo criminosos. Eles têm dois estágios: Básico e Avançado. Não é possível maximizar todas as árvores e os jogadores geralmente são incentivados a misturar e combinar habilidades de cada árvore para maximizar a utilidade. Os jogadores também recebem “pontos de vantagem”, proporcionalmente à sua experiência adquirida, que pode ser usada para desbloquear bônus adicionais de 17 “baralhos de vantagem”. Os jogadores podem alternar entre 15 perfis de habilidades, baralhos de perk, armas e equipamentos sem nenhum custo antes de iniciar um assalto.

Quando um jogador atinge o nível 100, ele pode aumentar seu nível de “Infâmia”, até 25 (a partir de 5 de janeiro de 2020; há apenas cinco níveis de Infâmia no PS3 e Xbox 360). Tornar-se infame concede ao jogador acesso a árvores e itens de habilidades especiais e oferece poses especiais nas telas do lobby. No entanto, aumentar o nível de Infâmia faz com que eles percam todo o dinheiro e experiência em gastos, e uma quantia de US $ 200.000.000 é deduzida da conta offshore até que eles atinjam o nível 5 de Infâmia (tornando-se infame após esse ponto ser gratuito)

No que você precisa ficar de olho

A importância de um roubo furtivo: Payday 2, em essência, não é um jogo 100% furtivo, mas é importante manter a discrição por dois motivos: em muitos assaltos de múltiplos dias, completar o primeiro deles sem chamar a atenção garante que o resto da operação seja mais amena, e não envolva fases de Escape, em que é preciso levar malas de um lado da avenida para o outro, enquanto é atacado por hordas de policiais.

A outra importância é que fica mais fácil completar objetivos secundários da missão (que geralmente envolvem coletar mais malas de dinheiro, joias, quadros ou drogas que o previamente planejado). Fazer mais de uma viagem entre o prédio e a van de fuga pode ser um desafio e tanto se você já está sendo atacado por guardas.

O extra garantido ao cumprir essas missões laterais não é grande coisa nos primeiros níveis e menores dificuldades, mas em missões avançadas no modo Overkill, elas fazem uma diferença notável na hora de contar o dinheiro.

Armas e coletes: os dois principais equipamentos do jogo funcionam como em qualquer game de tiro. Armas garantem balanços distintos entre poder de fogo, rapidez de disparo e coice, que ditam seu uso entre curta, média ou longa distância. Autoexplicativo se você já tem familiaridade com o gênero. Coletes, bem, protegem. Mas ambos dividem dois elementos que qualquer jogador atrás de um roubo furtivo precisa atender.

O primeiro deles é Visibility, ou sua capacidade em não chamar a atenção. Entrar apenas de terno – como é o padrão do jogo – te dá pouca defesa, mas te deixa mais difícil de ser detectado. Armas menores são mais facilmente escondidas, mas podem ser uma péssima opção para combates a longa distância, principalmente contra snipers. Combine um colete pesado com rifles de assalto, e os civis e policiais vão responder mais rápido no momento em que você iniciar o assalto, antes mesmo de vestir a máscara.

Mobility, ou peso, também é um fator importante. Payday 2 é um jogo que te obriga a ter um bom controle de toda a situação e ser capaz de responder a emergências com agilidade é vital, seja para ajudar a derrubar um policial ou garantir que nenhum dos civis vai dar com a boca no trombone. Em missões mais voltadas para a furtividade ou que envolvam a necessidade de se abrir múltiplas portas ou cofres, a habilidade de ir e vir é fundamental. Desconsidere ambos se você estiver em uma missão naturalmente mais caótica como Mallcrasher, claro.

De toda forma, usar ou não um colete é uma opção simples (se você quer ser furtivo, significa que a hora em que as balas estiverem voando, o plano já falhou, então leve apenas o terno). O arsenal já é um pouco mais maleável, já que algumas modificações garantem que uma mesma arma possa variar em ambos os elementos. Tente balancear sua necessidade furtiva com uma boa capacidade de causar dano para garantir que você não precise gastar muitas balas para derrubar um único alvo. Na dúvida, mire sempre na cabeça.

Sons e detalhes: toda a destruição que você causar pode chamar atenção alheia, tanto de policiais quanto de civis. A única solução discreta é usar o Lockpicking na hora de abrir portas, mas vale lembrar que o processo pode ser bem demorado. Sua furadeira também é visível, então elimine qualquer um no campo de visão dela.

Os cuidados com som são um pouco mais complexos: correr ou quebrar vidraças geralmente não chamam atenção. De resto, tudo pode causar problemas, do barulho de furadeiras até, claro, explosões. Silenciadores abafam o som dos tiros, mas não o elimina. Um tiro acertando uma parede também pode ser uma preocupação, assim como o disparo de um guarda nervoso. Se houver a opção, tente derrubar um guarda na base dos socos, senão, como já falamos, tente eliminá-lo em um único tiro. E nunca esqueça de marcar a posição dos seguranças para deixar todo o time ciente do perigo.

O que pode atrapalhar seus planos

Câmeras: é importante conferir a posição de todas as câmeras no mapa, já que elas percebem movimentos suspeitos, corpos ou reféns, garantindo que logo os homens da lei estarão batendo na sua porta. Claro, é preciso entender a relação: as lentes veem algo estranho, alguém confere isso e faz a ligação para a polícia. O papel do seu time é garantir que essa ligação não seja feita. Todos os mapas, com exceção de Four Stores, contam com uma sala de controle em algum lugar, então é aconselhável deixar com que o Ghost do time se certifique de estar na posição para eliminar o guarda responsável pelas câmeras no momento em que o assalto começar. Se a opção não estiver disponível, invista em ECMs para desabilitá-las temporariamente ou, na pior das hipóteses, destrua-as (isso chama um bocado de atenção, mas pode dificultar a vida dos policiais em te caçar).

Pagers policiais: então você matou aquele segurança nos fundos da loja de joias e está se achando o George Clooney em Onze Homens e um Segredo? Legal, mas você se certificou que o pager dele não vai receber nenhuma ligação de seus superiores? Pois é. Sempre que você eliminar um guarda no início de um assalto, certifique-se de responder seu pager. Caso contrário, o silêncio garante que uma força policial seja chamada ao local.

Mas tem uma coisa: apenas dois pagers podem ser respondidos pelo time inteiro. Se houver a necessidade de lidar com um terceiro, os alarmes serão ativados automaticamente. A habilidade Smooth Talker do Mastermind garante que ele sozinho possa atender um ou dois pagers extras, o que é uma boa opção já que toda fase costuma ter três, quatro ou mais guardas. Outra saída é usar o Mastermind para forçar um oficial a se render, mas essa costuma ser mais arriscada, uma vez que não há 100% de sucesso na tentativa de intimidação.

Celulares:  esse é o meio que os civis usam para alertar a polícia, e de longe, o elemento mais imprevisível do assalto. Qualquer pessoa dentro do prédio que ficar muito tempo sem ser vigiada pode fazer uma ligação, e o pior: qualquer um andando lá fora, na rua, pode notar algo estranho e chamar a polícia.

A única maneira de contra-atacar isso é algemando o maior número possível de civis e usando um ECM para interromper o funcionamento de aparelhos eletrônicos na área. Matar reféns não é a opção mais interessante, pois a violência pode resultar em grande perda de dinheiro no final do roubo.

O papel de cada classe do jogo

Mastermind: investindo nesta Skill Tree você pode ter desconto na compra de assets ou mesmo acesso a itens exclusivos na etapa pré-assalto (lembrando que só é possível comprá-los como host das partidas). Além disso, esta é a melhor classe para controlar multidões: quando bem evoluído, você tem acesso a cinco algemas e maior alcance de influência com cada grito ou ordem.

Isso significa que o papel do Mastermind em uma boa partida está relacionado à etapa inicial e, no decorrer do roubo, a garantir que nenhum alarme, celular ou pager seja acessado. Na pior das hipóteses, cabe a ele minimizar a chance que algum desses elementos entregue o assalto, ganhando tempo para seus colegas.

Outra habilidade útil é a chance de intimidar guardas. Diferente do primeiro jogo da série, esta não é mais uma habilidade universal, exigindo uma skill específica para usá-la. De resto, as regras de Payday: The Heist voltam a valer: não é possível intimidar unidades especiais; você pode melhorar as chances de intimidar um guarda, policial ou SWAT se ele já estiver ferido e se não houver outro policial em sua linha de visão. Seu valor em evitar um tiroteio nos primeiros minutos, portanto, é inegável.

Enforcer: apesar de ser a classe mais focada em ataque, o Enforcer traz debaixo das mangas uma maneira muito bem-vinda de agilizar certos furtos: uma serra portátil. Com ela é possível abrir boa parte das portas e cumprir objetivos com maior rapidez. Exemplos envolvem as caixas de depósito em Bank Heist e as grades de contenção que guardam os quadros em Framing Frame.

Jogadores interessados na vantagem, entretanto, precisam se lembrar: a serra ocupa um espaço do inventário como se fosse uma arma, então, literalmente, você vai ter que sacrificar poder de fogo pela ferramenta.

Ghost: furtivo por natureza, um Ghost pode se mover com agilidade e de forma silenciosa, mas também pode ser equipado com maior defesa e poder de fogo (submetralhadoras ainda são o ideal para a classe, vale salientar). Seu papel no assalto envolve geralmente desarmar sistemas de segurança ou impedir temporariamente a ação de pagers, alarmes, câmeras e celulares.

Sua ferramenta principal é o ECM, cujo campo eletromagnético desabilita equipamentos eletrônicos próximos. A ação é temporária, então o ideal é cumprir a missão rápido se você precisar depender dele. Um bom momento para usá-lo é geralmente logo no começo, evitando que civis ou guardas acessem seus celulares e pagers. A partir daí, você tem uma meta de tempo para concluir o que for necessário e partir sem precisar causar alarde. É um truque especialmente prático para missões rápidas, como Jewelry Store e o primeiro dia de Framing Frames.

Além disso, um ECM bem evoluído pode paralisar inimigos por alguns instantes e, mais importante, abrir automaticamente portas travadas eletronicamente, sem precisar de furadeiras barulhentas ou cartões especiais. É especialmente útil para acessar salas de segurança e desabilitar os sistemas locais definitivamente. O ECM, entretanto, tem uma chance de alertar guardas, então seu uso não está livre de riscos.

Technician: C4 é o nome do jogo, baby! Mas não pense em explodir pessoas com ele. O ideal é evoluí-lo para conseguir arrombar cofres (um deles é o bastante para os menores e quatro dão conta dos cofres grandes). Porém, para sequer usar o C4 como algo além de uma mina, é preciso investir em 12 níveis, o que significa que você vai passar um bom tempo de jogo evoluindo e gastando experiência, e terá que sacrificar, nesse decorrer do tempo, melhorias para turrets e furadeiras. Um Technician pode conseguir acesso a drills mais silenciosos, o que pode vir a calhar no futuro, então saber escolher é a chave.

Spending Cash

Spending Cash seria grosseiramente falando, o dinheiro mesmo, o Dollar, o dinheiro que você gasta consigo mesmo.

Com o Spending você poderá gastar no seu personagem, comprando e editando máscaras por exemplo e também gastará em armas e modificações para as mesmas.

O Spending Cash é mais difícil de conseguir do que o Offshore, você ganhará com menos frequência. Por exemplo, é comum você ganhar 6 Mil de offshore e 1 Mil de spending no final de uma partida. A diferença de valor ganho é grande. Portanto se está iniciando agora, procure não gastar com porcarias.

Offshore Cash

O Offshore você não poderá gastar em máscaras e armas, diferentemente do Spending, o Offshore você gastará para comprar salas. Sim, cada missão é paga, se você entrou em algum servidor já feito, saiba que alguem pagou pela missão, assim como você pagará para seus amigos quando ficar full no game.

Como dito anteriormente, o Offshore é recebido em maiores quantidades, porém, é muito fácil você gastar ele de uma vez. Quando você vai comprar uma missão, quanto mais difícil você coloca, mais caro é, mas mais lucro você terá. Mas, como estou falando com iniciantes, procure por missões mais fáceis para pegar confiança e se familiarizar com o game.

Melhores armas e Mods

Caso você não tenha absolutamente nenhuma DLC, o que é comum já que o jogo base foi dado de graça uns meses atrás, você com certeza está usando as armas padrões. Mas já se perguntou qual é a melhor arma padrão pra usar?

A melhor arma padrão não está liberada logo de cara, estou falando da AK Gold. Para conseguir desbloquear ela e vários outros itens, é muito simples, você deve ir até a página do jogo (com o jogo fechado) e clicar em “seguir”.

Feito isso você pode abrir seu jogo normalmente e receberá vários itens exclusivos, incluindo a AK Gold.
Você poderá editar a arma desde que tenha mods disponíveis para rifles AK. Tome cuidado pois as Aks desse jogo não possuem muita bala e você com certeza ficará sem munição se sentar o dedo!

Skills e Perks

Esse tópico é um pouco mais complicado de explicar, então usarei imagens para que fique mais claro.

O primeiro erro que um novato comete no game é misturar as skills de Loud e as skills de Stealth no mesmo set

Como assim? Tem como separar? Sim, tem como e é aí que você melhora seu personagem em 100%.

A primeira coisa que você deve fazer para separar suas Skills, é abrir o Set no inventário, desse jeito:

Depois de abrir suas skills, você deverá apertar no botão superior direito “Switch Skill” ou simplesmente a tecla “S”

Feito isso, abrirá uma janela para que você troque e compre Sets de skills. Para começo de conversa 2 está de bom tamanho, um para Stealth e um para Loud. Assim você podera aproveitar seus pontos ainda mais para cada um deles. Quando for jogar Stealth, selecione suas skills de Stealth e quando for jogar Loud, selecione suas skills de Loud. Easy Peasy!!

Infamous

Infamous é o mais desafiador nível do PAYDAY 2, está preparado para encarar 2500 níveis? ÓTIMO!

Quando um jogador chega ao nível 100, ele tem a opção de se tornar o primeiro nível infamy. Legal, mas o que isso significa exatamente? Isso significa que o jogador perderá a maioria das coisas que conquistou até agora, isso inclui: nível (sim, você voltará para o nível 0), dinheiro, skills e perks, porém, não inclui armas e máscaras. Você apenas terá que conseguir o nível adequado para poder usar cada arma novamente.

Quando um jogador começa seu primeiro nível de Infamy, ele receberá um bônus de XP por partida, e esse bônus só aumenta a cada nível! Ou seja, você não sofrerá o tanto que sofreu para pegar o nível 100 pela primeira vez e sofrerá cada vez menos, até o nivel XXV do infamy.

Sem contar o XP extra, o jogador também poderá desbloquear Skills Infamous! Skills super boas e úteis que apenas jogadores com esses níveis podem obter!

Para um jogador ir do infamy I para o II ele deverá chegar ao nível 100 como infamy I, recomeçando tudo, e de novo, e mais uma vez, e outra, e outra, até chegar no majestoso e tão desejado XXV-100.

Os 5 primeiros níveis de Infamy (I, II, III, IV e V) o jogador perderá todo seu dinheiro, incluindo Offshore. A partir do Sexto nível de infamy isso não acontecerá mais, mas você ainda perderá suas skills!

Sei como isso pode ser chato, especialmente no começo. Por isso vou dar algumas dicas para você se sair bem no seu primeiro nível Infamy.

Perderei todo meu dinheiro, como comprarei salas pra jogar então?

Você perderá tudo, ou seja, compre o máximo de armas caras possíveis, compre a arma mais cara do jogo até seu dinheiro acabar. Faça um estoque delas no seu inventário e então vire infamy. Assim que seu dinheiro sumir, você volta no inventário e vende as armas que comprou!
Sim, você perderá dinheiro, pois não irá vende-las pelo preço de compra, mas é melhor que nada!

Mais Missões, Mais Dinâmicas

Em Payday 2, há cinco vezes mais cenários do que em Payday: The Heist, acessíveis por meio do nosso novo sistema dinâmico de distribuição de missões, Crime.Net. A Crime.Net é a central de missões onde os jogadores podem escolher entre uma grande variedade de dificuldades, cada uma fornecendo, proporcionalmente, mais dinheiro e experiência conforme os riscos aumentam. As missões em si são insanamente dinâmicas e aleatórias, então tudo muda, incluindo a posição das câmeras de vigilância, o número de civis, a posição do cofre e até o local onde o carro de fuga aparece (isso quando aparece!). Isso adiciona muita longevidade à experiência de Payday. Temos inclusive serviços que duram mais de um dia, então podemos mudar os mapas durante um grande roubo ou até mesmo interrompê-los dinamicamente com um mada completamente novo (chamado de “fuga”) se as coisas começarem a dar muito errado em um roubo. Você não vai querer acabar sangrando e de cabeça para baixo dentro do seu carro quando deveria estar tomando alguns drinques no esconderijo.

O Esconderijo

Quer um lugar seguro e praticar a sua habilidade de abrir fechaduras sem levar um tiro na cara? Ou admirar as suas pilhas de dinheiro no seu próprio cofre? Ou testar algumas das novas modificações para a sua arma? Vá para o seu esconderijo onde tudo isso (e mais) está disponível para você.

Dicas para quando o plano vai pelos ares

Mate um Shield o quanto antes. Ele pode não causar muito dano, mas é o único inimigo que pode te balear constantemente e sair impune, o que o faz o pior adversário do seu precioso escudo.

Plante uma turret no campo de visão de uma unidade especial e ela irá se focar automaticamente em seu amiguinho mecânico, abrindo espaço para que seu time ataque sem se colocar na linha de disparo inimiga.

Três vezes derrubado e é cadeia para qualquer um dos integrantes do time. É possível zerar esse contador toda vez que você consome um suprimento médico. Levar Masterminds munidos de Medical Supplies é uma boa maneira de garantir um bom ataque.

Reféns tem o óbvio valor de item de troca caso algum dos seus companheiros seja preso, mas eles têm uma utilidade extra: quanto maior for o número de reféns e civis ainda dentro do prédio, mais receosa a polícia fica em enviar novos grupos de assalto, e mais tempo os jogadores terão entre cada ataque. Dessa maneira, você tem um maior intervalo para concluir seu roubo sem precisar se preocupar com ondas de policiais na sua cola.

Tendo problemas em abrir um cofre no calor do momento? Lembre-se que, para escolher outras ações enquanto arromba o cofre, é preciso mirar em seu centro!

Lembre-se: atirar na direção geral de um policial serve para suprimir suas ações, e ele pode parar de atirar por algum tempo. É um bom truque para se mover de um lado para o outro.

O Bulldozer é seu pior pesadelo, por isso você não vai querer encará-lo. Muito pelo contrário: mire todos os seus tiros no visor de seu capacete para minimizar tempo de combate e use explosivos (um C4 bem posicionado mata um deles na hora). O mesmo vale para qualquer unidade de armadura.

Referências:

Playstation Blog, Steam Community, techtudo, wikipedia.

Killing Floor 2

Killing Floor 2 é um jogo eletrônico de tiro em primeira pessoa e sobrevivência cooperativa desenvolvido e publicado pela Tripwire Interactive. É uma sequência do jogo Killing Floor de 2009. Uma versão em acesso antecipado foi lançada para Microsoft Windows em abril de 2015 e o jogo foi lançado oficialmente em novembro de 2016 para o Windows, Playstation 4, e Xbox One. O jogo utiliza uma versão altamente modificada da Unreal Engine 3 da Epic Games. O jogo está previsto para ser lançado para Linux e SteamOS.

Jogabilidade

Killing Floor 2 é um jogo eletrônico de tiro em primeira pessoa, que pode ser jogado sozinho ou cooperativamente com até seis jogadores. O jogo é baseado nos eventos de Killing Floor, onde um surto mortal da empresa de biotecnologia Horzine criou Zeds (criaturas semelhantes a zumbis) que se espalharam rapidamente pela Europa, paralisando a resposta da União Européia. Em Killing Floor 2, que acontece um mês após os eventos do primeiro jogo, o surto se espalhou para além da Europa, fazendo com que os governos entrassem em colapso e os sistemas de comunicação falhassem.

A jogabilidade consiste em jogadores que lutam através de ondas contra Zeds. À medida que as ondas passam, a contagem de inimigos aumenta dependendo do número de jogadores, e diferentes tipos de inimigos são introduzidos até a a onda final que culmina em uma luta contra um chefe. O personagem do chefe será determinado aleatoriamente no início da última onda, com cada chefe possuindo estratégias diferentes para derrotá-lo. Os jogadores estão equipados com armas corpo a corpo e armas de fogo, uma seringa de cura e um soldador usado para bloquear passagens. Armas aleatórias, munições e armaduras podem ser encontradas explorando o nível, embora os jogadores tenham uma quantidade limitada de peso que possam transportar.

Quando os jogadores matam um Zed, eles ganham dinheiro e pontos de experiência no jogo. Conseguindo realizar certos tipos de mortes, como um tiro na cabeça, fará com que o jogo entre em um “zed time”, um período de segundos onde todas as ações do jogo para todos os jogadores são mais lentas, o que para os jogadores pode ser usado para mirar cuidadosamente o próximo tiro ou iniciar um curso de ação diferente. O jogador pode sofrer danos dos Zeds, e podem ser regenerados utilizando sua própria seringa médica em si mesmos ou possuir outro personagem usando o deles, entre outros itens de cura. Uma vez que a saúde de um jogador é drenada, o personagem do jogador morrerá e eles não irão reaparecer até o final da onda atual; Se caso todos os jogadores estiverem mortos simultaneamente, a missão falha. Os jogadores ganham um bônus monetário por sobreviver a uma rodada, que podem ser usados para comprar e vender armaduras corporais, munições e armas em uma loja que só está aberta por um tempo limitado entre as rodadas. As partidas do jogo podem ser configuradas com base no número de rodadas antes da luta contra o chefe e em quatro níveis de dificuldade. Um patch lançado no início de 2016 incluiu uma opção de dificuldade dinâmica, onde um “Controlador de Jogo” do computador poderá alterar a força de ataque das ondas subsequentes, tornando-as mais fáceis ou difíceis, com base no desempenho atual dos jogadores.

Antes de iniciar uma partida no jogo, o jogador pode selecionar um dos vários perks que representam classes básicas de combate (como “médico de campo”, “comando” ou “suporte”) que possuem várias habilidades distintas, como melhores danos com tipos específicos de armas, curando outros personagens ou soldando portas de forma mais eficaz. No meta-jogo, os jogadores ganham pontos de experiência para o personagem obter níveis de experiência em qualquer um dos perks, bastando que eles realizem ações relacionadas a classe do perk específico; Por exemplo, curar outros jogadores resultará em ganho de experiência em “médico de campo”, mesmo que o jogador não use o perk de “médico de campo”. A maior parte da experiência é obtida utilizando armas específicas para tais classes, como armas explosivas para a classe de “demolições”. Cada nível aumenta as estatísticas de habilidades básicas do personagem do jogador quando eles usam o perk, enquanto a cada cinco níveis, o jogador pode habilitar uma das duas habilidades específicas em seu personagem. Elas consistem em uma combinação de habilidades passivas e ativas, incluindo algumas que podem beneficiar os outros membros da equipe. Os jogadores também têm a capacidade de configurar seu personagem no jogo através de uma série de pessoas pré-fabricadas e opções para coloração e acessórios de roupas, embora estes não tenham impacto na jogabilidade.

Um patch de abril de 2016 adicionou um modo de jogador versus jogador, no qual um ou mais jogadores assumiram o papel de um Zed para matar os jogadores mercenários. Os jogadores baseados em Zed são capazes de utilizar as habilidades dos Zeds como estão apresentadas no jogo, como, por exemplo, um Stalker Zed que permanece invisível enquanto não está atacando.

Primeiros passos

O menu principal de Killing Floor 2 apresenta algumas opções para você selecionar o tipo de partida que vai entrar, personagem, classe e cenário. Nele, é possível selecionar o modo single player, escolher salas ou entrar em alguma partida em andamento.

Na aba “Privilégio”, você pode selecionar a classe que utilizará no game (Brutamontes, Comando, Suporte e Médico de Campo), além de poder escolher quais skills serão ativadas.

Conforme você avança no game, consegue destravar cada vez mais skills para o personagem. É importante que você escolha uma classe que melhor se adapte ao seu jeito de jogar. Na aba “Itens”, você pode escolher qual é o personagem, além de personalizar o visual.

O modo “Sobrevivência” tem como objetivo durar as várias ondas de inimigos que surgem pelo cenário. Matando os inimigos, você vai acumular experiência e dinheiro. Ao final de cada rodada, sinalizadores indicam o caminho até uma loja, onde você pode comprar munição, novas armas e coletes para se proteger.

Número de rodadas

Nas configurações do jogo existem a opção de quantas ondas queremos enfrentar em nossas partidas, temos as curtas que duram até 4 rodadas, na média 7 rodadas e na larga que são 10 rodadas.
A cada rodada o número de inimigos aumentam e novos tipos de Zeds são acrescentados, a partir da 5° o jogador recebe o primeiro Large Zed chamado de Scrake e na 6° ele aparece com seu grande amigo Flesh Pound e nas rodadas em diante eles aparecem em maior número.

Escolhendo a dificuldade

Existem quatro dificuldades, Normal, Hard, Suicidal e Hell on Earth

Cada dificuldade o número de Zeds aumentam, além de seus status, ou seja, se um Zed tem 50 de HP no Normal na dificuldade Hard ele terá 120 e por ai vai. Mas também devido ao aumento do número de jogadores nas partidas, além do número de Zeds aumentam seus status também aumentam, elas ficam mais fortes e tem mais vida para aguentar até 6 jogadores, principalmente os Large Zeds.

No jogo existem Perks que seriam as classes de personagem no jogo e cada classe possui seu level, portanto, cada dificuldade é recomendada para um level especifico, é obvio que jogadores mais experientes podem usar classes de níveis baixos nas dificuldades mais difíceis, mas isso não acaba funcionando direito devido que a classe por ser fraca demais não consegue atender a demanda para a sua equipe. Mesmo que use as armas mais fortes, ela não fará o mesmo dano que a mesma classe num nível mais alto consiga fazer e por ser mais fraca também, morre pelos monstros mais fortes ou até médio com poucos golpes, o que acaba complicando ainda mais o trabalho da equipe.

Montando seu grupo

Uma boa maneira de conseguir sucesso durante as partidas é montar um bom grupo, nas duas primeiras dificuldades não é tão necessária um Field Medic e um Berseker (isso, se os jogadores jogarem muito bem como equipe), mas a partir das duas últimas essas duas classes são mais que obrigatórias, um time dificilmente dura até o chefe sem essas duas classes. Mesmo assim é muito bom ter um time bem diversificado para poder agir de modo mais fácil, com cada um mantendo a sua função. Como o game tem um ótimo elemento cooperativo, é essencial uma boa comunicação e sem brigas durante as partidas, senão o resultado é morte eminente.

Rotação

A rotação do jogo também é um fator bastante útil e importante para o game, o time deve se espalhar e ficar em todas as áreas possíveis da área que eles estão, é basicamente estupidez ficarem se movendo porque os monstros irão ficar surgindo de todos os quantos e isso não serve. Como pode ser ver na imagem é necessário ficar em um espaço com cada membro olhando cada direção e cada jogador também precisa respeitar o espaço do colega para não ocorrer nenhuma trava. Lembre-se: É inimigo que vai até o jogador, e não ao contrário.

Os únicos motivos para se quebrar uma rotação é quando realmente vocês perderem território para os Zeds e precisam se reagrupar em outro lugar, vale lembrar também que em momentos que aparecem os Large Zeds é importante um (apenas um mesmo) ficar segurando os Zeds menores para não atrapalhar os que cuidam dos grandões. Existem também localizações especificas que eu posso apelidar de locais Você não vai passar onde os jogadores fazem uma filha e encaram os Zeds de cara, onde um Berserker fica na frente cuidando do time e o Field Medic fica curando ele.

Uma ajudinha monetária

Pressionando o botão “B” o jogador joga um maço de dinheiro (50 dosh cada maço) que podem servir para ajudar aos companheiros, algumas classes são mais favorecidas a esse aspecto, como os Berserkers que não precisam de muito equipamento e com isso podem doar montanhas de dinheiro para seus colegas quando necessário.

Além do dinheiro, também é possível jogar as armas dos aliados caídos para salvar para eles (Botão “BackSpace”).

Um ombro amigo

Um item que todas as classes possuem é uma seringa de médico sem necessitar da ajuda do mesmo que serve tanto para curar de maneira rápida (Pressionando “Q”) ou curar os aliados, porém é necessário que o mesmo esteja parado para o item funcionar.

Itens pelo mapas

Durante as partidas existem os itens que são colocados no mapa de maneira aleatória em pontos especificos dos mesmos, geralmente são itens báscios de algumas classes (Commando, Support, Berserker e Neutral, nada mais avançado que passe do primeiro tier, fora itens como caixa de munição, colete, katana e a pistola básica (lembrando que pegar duas pistolas iguais você carrega as duas ao mesmo tempo).

Os itens duram uma rodada apenas, caso você não pegue até o final do intervalo para a próxima rodada provavelmente ele irá sumir (isso se ele não tiver sido colocado para a próxima rodada em questão).

Munição durante combate contra chefes tem alto indice de reaparecer.

Press F for “Sai do pé chulé”

Uma nova mecânica colocada no jogo é um empurrão (apertando o botão “V” de forma padrão), que podem ser usadas em todos os Zeds, é meio obvio que Zeds pequenos e de tamanho médio podem ser empurrados normalmente, dando alguns segundos de vantangem e possível até matar

O que poucos sabem é que os Large Zeds como Scrake e o Fleshpound podem levar um empurrão também. Existem duas diferenças nesse caso, o Scrake pode levar até três empurrões, entretanto caso ele defenda um desses empurrões essa ação é cancelada e não pode ser usada e no Fleshpound é apenas uma vez (iguais aos chefes).

Vale lembrar que o dano é baseado referente ao peso da arma.

Portas e soldagem

Uma coisa muito útil para se fazer em altas dificuldades e também em rodadas aonde os números de Zeds ultrapassam fácil o número 100 é soldar algumas portas, além de servir como uma barreira temporaria para fazer um controle do número de Zeds na área em que seu time está, podendo soldar e tirar a soldagem a hora que quiser ou ficar perto reforçando para a soldagem cada vez mais continuar a força e controlar os monstros que estão do outro lado, é interessante ressaltar que caso um Field Medic jogue sua granada na porta, pode ser muito útil para acabar com os monstros do outro lado sem a necessidade de abrir a porta. Vale ressaltar que quanto mais tempo você mantem a porta soldada sempre reparando, terá uma hora que a mesma não vai aguenta e irá estourar fazendo com as criaturas invadam.
Todas as portas do jogo começam de maneira padrão abertas, caso ninguém queira soldar as portas logo de cara, manter a porta fechada pode também dar um segundo de tempo de vantagem para o time, caso você esteja correndo de uma horda de Zeds, uma estratégia ideal para atrasar ele por um pouco é fechar a porta no momento em que se cruza ela, isso, sem a necessidade de olhar para trás, apenas passe por ela e aperte o botão “E” para atrasar os Zeds por um segundo.

Uma coisa que vale se notar é que caso uma porta seja destruida, ela não poderá mais ser soldada novamente e nem funcionará normalmente. Na foto a esquerda podemos ver como uma porta automática é normalmente e a foto a direita podemos ver os detalhes que mostram que ela não está mais disponível como faiscas que ficam saindo em volta dela. Já as portas tradicionais já é mais notável:

Reparando portas

Sendo essas uma habilidade totalmente exclusiva do Support. Ele tem a capacidade de restaurar uma porta ao seu estado original. Ou seja, se uma porta que foi soldada (pode ser tanto automática como manual) pode ser reparada por ele. É um processo bastante demorado e a melhor maneira de se fazer é após o termino de qualquer onda.

Vale ressaltar que o Support não ganha XP.

É armadilha

Se o Support consegue reparar as portas, o Demolitionist pode mandar ela pros ares. Sua habilidade particular permite que ele faça uma armadilha onde a luz da soldagem fica em vermelho, fazendo que quando a porta seja derrubada uma armdilha aconteça e ela exploda os Zeds do outro lado. Poupando o custo de usar as C4.

Vale ressaltar que o Demolitionist só irá receber XP pelas mortes causadas.

Após o final de cada onda, um trader automáticamente abre em algum lugar do mapa e o jogadores precisam ir até lá para: Comprar novas armas, grandas, munição e armadura. Da mesma foram que eles podem vender também suas armas compradas.

Podendo também reabastecer a munição totalmente ou comprando por pentes separados. Uma boa estratégica econômica é o que permite que você tenha um resultado mais eficientes nas partidas, num inicio de jogo é fácil calcular o tanto que você precisa para atingir a uma certa quantidade de dinheiro para poder comprar uma arma mais poderosa contra mais criaturas ou o Scrake e Fleshpound.

Administrando a sua economia

Para ter uma economia decente nas partidas, é necessário entender as seguintes coisas:

Saber primeiramente o perk que está jogando e da maneira que vai jogar.

Essa é a principal coisa para se fazer, entender muito bem seu papel no seu time já vai te ajudar a ter uma base de como você precisa gastar seu dinheiro, para isso é necessário entender como você vai jogar.

Exemplo: Jogar de Field Medic. Ele é uma classe totalmente voltada para a cura dos personagens, portanto seu objetivo principal é curar, nunca causar dano. Portanto, logo é necessário que ele precise chegar rapidamente ao seu rifle, pois ele contem mais seringas e velocidade de recarga do que as outras armas do mesmo perk, após isso é necessário que ele tenha as suas granadas ao invés de munição, pois seu dano é muito fraco e com isso ele não vai conseguir ser eficiente contra alguns Zeds (mesmo os pequenos) de maneira eficiente. Após isso ele precisa se preocupar em manter seu estoque de granadas e armadura para ele, sua munição será bem barata, portanto não irá dar tanto prejuizo até ele ter dinheiro suficiente para comprar a escopeta que é similar a pistola, tendo o mesmo número de seringas para disparar, mas recarrega mais rápido e por último para completar o seu buy ele pode achar tanto a pistola pelo cenário ou comprar, após isso a sua única preocupação será em reabastecer os equipamentos, podendo dar dinheiro para os companheiros.

Esse é o primeiro pensamento que precisa ser feito, outro exemplo pode ser falando de um Support que quer apenas limpar a rotação em volta para ajudar o time. Ele pode esperar mais para usar a AA-12 Automatic Shotgun do que outros Supports que preferem causar dano aos Scrakes.

Leveling

Assim como qualquer jogo que possui levels, o game tem um leveling bastante complicado (realmente demora bastante) para conseguir subir em um level. A cada cinco levels passado, o jogador destrava um tier com duas skills para escolher. De certa forma não é nada muito complexo como em um RPG, por exemplo.

Nota: Lembrando que o níveis para desbloquear as skills são: 5 – 10 – 15 – 20- 25 Os outros níveis aumentam apenas os bônus das classes

O leveling do jogo funciona da seguinte forma: Ao causar dano em um inimigo você ganha XP com a arma do Perk usado. Ou seja, você pode ser um Commando que pegou uma arma de um colega Firebug, caso você apenas desfere um pouco de dano em algum inimigo e finalizar com sua arma de Commando o XP é do Firebug, pois quem desferiu o primeiro dano é que ganha o XP com aquele Zeds em questão (então sem briga com “roubar kill”).

Aguardar para comprar um Kevlar 

As primeiras rodadas de um jogo médio (7 rounds) são uma oportunidade para construir a economia e se familiarizar com a sua equipe. Um Médico pode manter seis pessoas remendadas durante essas ondas iniciais sem se preocupar. Ao atrasar a compra de um colete, você está salvando, pelo menos, US $ 300, dinheiro que provavelmente irá permitir que você atualize sua arma principal de uma rodada anterior.

Você também não quer deixar escapar a possibilidade de pegar armadura livre que é gerada no nível. E com a vantagem do Médico atual, Médicos de nível 10 podem restaurar uma pequena quantidade de armadura cada vez que cura. De graça. Não compre a armadura tão cedo.

Corpo a Corpo é gratuito

Se você está realmente focado em vencer, use sua arma corpo a corpo, tanto quanto possível durante as ondas de início para economizar dinheiro. Tal como acontece com armas de fogo, dar tiros na cabeça. Não se preocupe em tomar alguns danos como resultado: se machucar pode realmente ajudar a equipe. Médicos ganham grana (e XP) por cura, dinheiro que pode compartilhar com o resto do elenco.

Malabarismos de cura.  Em grandes lutas, um médico deve rapidamente alternar entre as armas para curar companheiros de equipe o mais rápido possível. Armas não empunhadas recarregam sozinhas. Por esta razão, eu não recomendaria a venda da pistola do Médico, pois pode lhe ser útil. 

Luzes acesas

Muitas áreas do mapa tem iluminação que granadas e combate geral podem destruir, e como você enfrentará mais ondas, iluminação torna-se um fator em tiroteios. Considerando o quanto ênfase KF2 dá em fazer headshots (especialmente nas dificuldades mais difíceis), ser capaz de ver claramente as cabeças dos inimigos é essencial.

Mesmo se você não tem uma necessidade imediata de luz, considere que o seu colega de equipe pode ter; lanternas não rendem apenas para você, seus companheiros de equipe podem usar sua iluminação também. Algumas armas principais, como pistola de classe do Médico, ou as armas de combate que o Berzerker carrega, não tem uma lâmpada ligada. A maioria das armas inclinam para cima quando a recarrega, mas você pode apontar para baixo, deixando a luz para seus parceiros.

Espere para solda 

“Por que você não quer reduzir o número de entradas que os inimigos têm?” Mas ao contrário do primeiro Killing Floor, portas agora têm um valor HP escondido. Assim, mesmo se sua porta é soldada em 100% de força, eventualmente, os zeds vão rompê-la. Se você soldar cedo, e desnecessariamente, você está, na verdade, enfraquecendo uma porta que você pode usar em ondas posteriores. Salve portas em áreas valiosas para as ondas que vão vir depois.

Outras dicas também são:

Não comprar armadura antes da onda do Scrake, pois você não precisará de redução de dano tão rapidamente.

Evitar usar granadas de maneira desnecessárias e usar em momentos de emergência, assim como a pistola 9MM.

Não dar Dosh para companheiros que recem entraram na partida recente enquanto você estiver fazendo seu buy ou você precisando reabastecer primeiro.

Referências:

Game Detonado, Steam Community, wikipedia, techtudo.

Chess Rush

Jogo de estratégia gratuito (free-to-play), o Chess Rush foi desenvolvido e publicado pela Tencent Games. Baseado no mod Dota Auto Chess original, faz parte do gênero de videogames Auto Battler. Chess Rush foi lançado mundialmente no iOS e Android em julho de 2019. Não confunda “Chess Rush” com Speed Chess.

Jogabilidade

A jogabilidade principal do Chess Rush gira em torno de um campo de batalha no estilo tabuleiro de xadrez 8×8, com batalhas automatizadas ocorrendo após uma curta fase de preparação. Entre cada batalha, os jogadores gastam recursos em unidades (conhecidas como Heróis) com custos e atributos únicos e os colocam estrategicamente no tabuleiro.

O número de unidades que cada jogador pode ter no tabuleiro a qualquer momento é determinado pelo seu nível na partida. Esse nível aumenta à medida que os jogadores ganham experiência vencendo as rodadas ou gastando recursos normalmente usados ​​para comprar unidades, permitindo flexibilidade estratégica na maneira como cada jogador decide aumentar sua força. Unidades que compartilham parâmetros (como raça ou classe) podem desbloquear bônus específicos na batalha, permitindo que os jogadores trabalhem em direção a uma estratégia ou sinergia específica com base na preferência pessoal ou contrarie a estratégia de outro jogador. Unidades idênticas também podem ser mescladas para criar uma entidade única e mais forte.

O Chess Rush estreou com mais de 50 unidades individuais em 12 raças diferentes e 9 classes. Algumas unidades também podem ser híbridas, caindo em várias raças diferentes e combinações de classes ao mesmo tempo. Cada raça de unidade pode conceder bônus (como regeneração de mana adicional) às unidades correspondentes no campo de batalha. Eles também concedem bônus exclusivos de “especialidade” por si mesmos. As classes também ativam bônus únicos quando várias unidades correspondentes são implantadas no campo de batalha e até incluem bônus especiais específicos de classe em cima de vantagens raciais.

Tutorial

Ao logar pela primeira vez, o jogo perguntará se o jogador é iniciante ou veterano no gênero “auto battle”. É interessante escolher a opção “novato”, porque o tutorial servirá como auxílio na hora de aprender mecânicas básicas, equipar itens, como comprar heróis e posicioná-los no tabuleiro.

Além disso, preste atenção nas dicas presentes no modo para entender como algumas funções funcionam e para se familiarizar com a dinâmica do game. Após passar pelas instruções, o usuário pode escolher diversos modos para praticar, como o Básico e o Casual.

Entenda os personagens

Chess Rush é um jogo que tem diversos personagens. Cada herói tem sua própria classe e raça, além de funções específicas. Dito isso, é importante entender e analisar as mecânicas de cada campeão, bem como conhecer suas sinergias e efeitos.

Ter esses conhecimentos pode ajudar a realizar jogadas precisas durante as partidas, já que será possível ver com facilidade o potencial da equipe. No game existe uma aba exclusiva para as unidades na opção “Heróis”, no canto inferior esquerdo da tela.

Analise as recomendações do jogo

Caso o players seja novato no jogo, é comum encontrar dificuldades na hora de montar a equipe ao longo das rodadas. Para conquistar a vitória, é importante criar times com boas sinergias e aprimorar as estrelas dos seus heróis (nível de poder da unidade). No entanto, não é sempre que os campeões certos aparecem na loja, fato este que pode prejudicar a construção do grupo.

Para contornar a situação, vale acessar a aba de recomendações de equipes e formações durante o confronto. Lá é possível ver sugestões de posicionamento ou times. Escolha uma delas para ser auxiliado pelo game no decorrer da rodada. Para acessar essa função, basta clicar na loja da partida e selecionar a opção “Equipe Recomendada” no canto inferior esquerdo.

Lembre de equipar os itens

Durante as rodadas PvE (jogador versus ambiente), o jogador terá a chance de conseguir itens para equipar seus personagens. No entanto, assim como as classes e raças, é preciso entender como os artefatos funcionam para utilizá-los de forma correta e fortalecer sua equipe. Colocar itens nas unidades é uma ação que ajuda a alcançar a vitória, pois o time terá a resistência, a vida, o dano e outros atributos básicos aprimorados.

Controle seus cristais de mana

É possível utilizar os Cristais de Mana para comprar heróis ou experiência na partida (aumentar o nível). Esses cristais podem ser economizados ou utilizados para atualizar a loja e tentar encontrar aquela unidade que falta na equipe. Alguns usuários gostam de guardar dinheiro e, quando necessário, utilizar com mais precisão futuramente. No entanto, outros preferem gastar as moedas para procurar por campeões ou evoluir rapidamente.

Na maioria dos games do gênero “auto battle”, ao juntar uma certa quantia de gold, o usuário recebe “juros” em cima dela. Economizar 10 de gold, por exemplo, resultará em +1 de gold ao terminar a rodada (além do valor que já seria concedido normalmente). Essa técnica permite o máximo de cinco acúmulos, ou seja, até 50 de gold. Utilizar essa técnica garantirá um acúmulo maior de dinheiro, que pode ser investido em campeões ou experiência.

A prática leva à perfeição

Como acontece com muitos outros jogos do género, Chess Rush é fácil de perceber ao início, mas as nuances envolvidas tornam claro que este não é um jogo de fácil domínio. Se fizeste o tutorial e mesmo assim ainda sentes que não o compreendes totalmente, não há qualquer problema, os Auto Chess nem sempre são fáceis de perceber. O importante é que insistas e que realmente acabes por perceber as suas mecânicas. Voltar a fazer o tutorial é altamente recomendado para estes casos e poderás voltar a fazê-lo através do canto inferior direito do teu ecrã no menu principal. Ao carregares em Classic Mode/Modo Clássico, irás abrir um novo menu onde poderás aceder ao tutorial do jogo. Para isso, basta seleccionar a opção Basic/Básico que se encontra no lado esquerdo do ecrã e escolher em conformidade.

Depois de compreenderes o tutorial de uma ponta à outra, está na hora de começar a praticar através do modo Practice/Prática. Um exército nunca vai para a guerra sem uma boa preparação e por isso é importante que pratiques o máximo que puderes. É um processo lento e tedioso, mas concentra-te neste passo a passo, segue a nossa estratégia e podes ter a certeza de que os resultados aparecerão. Não há bela sem senão, e se quiseres mesmo dominar o jogo, empenho e determinação serão essenciais. Este modo irá colocar-te frente a frente contra a IA do jogo e é uma excelente ferramenta até para os jogadores mais experientes que pretendem testar novas builds. Após começares a sentir-te mais à vontade com toda a jogabilidade, traça uma meta. Define um número mínimo de jogos que pensas ser necessário jogares até que te sintas suficientemente preparado para abraçar o modo competitivo e mantém a disciplina. Do que estás à espera?

Raças

Human/Humano (7/56 heróis): Os Humans/Humanos focam-se sobretudo na regeneração de mana e na redução de cooldowns. Como já deves ter reparado, utilizar heróis diferentes permite gerar uma melhoria de determinados atributos para a tua formação, através dos chamados combos. No caso dos Human/Humanos, as melhorias são:

2 Humans/Humanos diferentes: Recuperação de 3 de mana/segundo para todos os aliados da tua formação;

4 Humans/Humanos diferentes: 25% de chance de redução de cooldown da habilidade especial de cada Human/Humano e recuperação imediata de 100 de mana por cada habilidade utilizada;

6 Humans/Humanos diferentes: 50% de chance de redução do cooldown da habilidade especial de cada Human/Humano e recuperação imediata de 100 pontos de mana por cada habilidade utilizada.

Elf/Elfo (8/56 heróis): Os Elfs/Elfos são peritos em esquivar-se dos ataques adversários. As melhorias que apresentam conferem combos ao nível do dodge, o que significa que são uma óptima defesa contra as builds adversárias que se concentram puramente em causar dano. As melhorias que oferecem são:

3 Elfs/Elfos diferentes: Todos os Elfs/Elfos aliados ganham 25% de chance de se esquivarem dos ataques adversários;

6 Elfs/Elfos diferentes: Todos os Elfs/Elfos aliados ganham 44% de chance de se esquivarem dos ataques adversários.

Beast/Fera (7/56 heróis): Os Beasts/Feras gostam de invocar pequenas criaturas. Não só possibilitam um aumento do dano de ataque de todos os seus aliados como lhes garante a possibilidade de invocar Pets. As melhorias que oferecem são:

2 Beasts/Feras diferentes: Todos os aliados da equipa passam a causar mais 10% de dano, e aqui incluem-se os Pets invocados durante uma batalha;

4 Beasts/Feras diferentes: Todos os aliados passam a ter 40% de chance de invocar um Pet durante uma batalha;

6 Beasts/Feras diferentes: Todos os aliados passam a ter 60% de chance de invocar um Pet durante uma batalha.

Cyborg/Mecha (7/56 heróis): Os Cyborgs/Mechas especializam-se em melhorar os atributos de defesa, nomeadamente a capacidade de regeneração de vida e um aumento da armor/armadura de cada aliado. As melhorias que proporcionam são:

3 Cyborgs/Mechas diferentes: Aumentam a armor/armadura e a regeneração de vida de um único aliado, escolhido de forma aleatória, em 75 e 30 pontos, respectivamente;

6 Cyborgs/Mechas diferentes: Aumentam a armor/armadura e a regeneração de vida de todos os Cyborgs/Mechas aliados em 75 e 30 pontos, respectivamente.

Furry/Peludo (4/56 heróis): Os Furrys/Peludos são uma raça que valorizam a entreajuda. São conhecidos por garantirem um shield/escudo a todos os outros aliados da sua raça. As melhorias são:

2 Peludos/Furries diferentes: Todos os Peludos/Furries recebem um shield/escudo que é capaz de absorver até 800 de dano;

4 Peludos/Furries diferentes: Todos os Peludos/Furries recebem um shield/escudo que é capaz de absorver até 2000 de dano.

Goblin (4/56 heróis): Precisas de mais velocidade de ataque? Deixa isso com os Goblins. Os Goblins prometem aumentar o attack-speed de todos os aliados da tua build, podendo ser excelentes quando conciliados com heróis capazes de causar dano à distância. As melhorias que oferecem são:

2 Goblins diferentes: Garantem um aumento da velocidade de ataque de todos os seus aliados em 15 pontos;

4 Goblins diferentes: Garantem um aumento da velocidade de ataque de todos os seus aliados em 35 pontos.

Undead/Morto-vivo (4/56 heróis): Excelentes para furar as defesas adversárias. Se estás a enfrentar oponentes que se estão a preparar para formar equipas altamente defensivas, especialmente focadas nos atributos de armor/armadura, então recorrer a uma build de Undeads/Mortos-vivos pode ser uma boa ideia:

2 Undeads/Mortos-vivos diferentes: Reduzem a armor/armadura de todos os heróis adversários em 20 pontos;

4 Undeads/Mortos-vivos diferentes: Reduzem a armor/armadura de todos os heróis adversários em 50 pontos.

Demon/Demónio (5/56 heróis): Os Demon/Demónios são uma raça individualista. Não gostam de trabalhar em equipa, originando um aumento de atributos apenas para si mesmos, pondo de lado, inclusive, os outros membros da sua própria raça. Recorrer a um herói desta raça poderá ser uma boa ideia, se a sua classe for do interesse para a build que estás a preparar. Oferecem apenas uma melhoria:

1 Demon/Demónio em campo: O seu dano de ataque aumenta em 40% e cada ataque causado num herói oponente fará com que este sofra 10% do mesmo dano durante 5 segundos.

Oceanborn/Oceânico (4/56 heróis): Estes são aqueles a que deves recorrer se estiveres a precisar de montar uma build contra heróis adversários que possuem habilidades especiais fortes ou que apresentam danos de magia elevados. As suas melhorias:

2 Oceanborns/Oceânicos diferentes: Aumentam a resistência mágica de todos os aliados em 20 pontos;

4 Oceanborns/Oceânicos diferentes: Em cada combate, um aliado aleatório ganha imunidade contra habilidades especiais durante 60 segundos.

Void/Vazio (2/56 heróis): Excelentes contra tanks, os Voids/Vazios concentram-se na redução da quantidade de vida dos heróis adversários. Por agora são poucos os heróis disponíveis desta raça, oferecendo apenas uma melhoria:

2 Voids/Vazios diferentes: Em cada batalha, um herói adversário aleatório verá a sua vida máxima reduzida em 50%.

Dragon/Dragão (3/56 heróis): Tal como os Peludos/Furries, os Dragons/Dragões valorizam-se uns aos outros. São peritos no aumento da sua mana, no início de cada batalha, o que significa que são úteis apenas se estiveres a focar-te numa build assente na sua raça. As melhorias que oferecem são:

2 Dragons/Dragões diferentes: Restauram 30 pontos de mana a todos os Dragons/Dragões aliados, no início de cada batalha;

3 Dragons/Dragões diferentes: Restauram 100 pontos de mana a todos os Dragons/Dragões aliados, no início de cada batalha;

Jelly/Geleia (1/56 heróis): Esta é uma raça especial. Gurru/Geleia, o herói que serve de jogada especial e que pode virar partidas do avesso, é o único herói pertencente à raça. Mais à frente, iremos detalhar o seu funcionamento.

Como pode ver, cada raça introduz diferentes tipos de combos. Num jogo de Auto Chess, saber o que é possível fazer com cada herói é determinante para alcançares os primeiros lugares de cada partida. Ao contrário dos jogos de cartas como Hearthstone, em que cada jogador prepara um baralho e uma estratégia de antemão, Chess Rush obriga-te a estares atento ao desenrolar de cada partida. É importante tirares notas do que cada jogador adversário está a planear e, consequentemente, que sejas capaz de te adaptar às diferentes adversidades. E isso só será possível quando tiveres as ideias bem assentes sobre o que cada herói poderá ser capaz de trazer para uma partida. Por esta razão, não só é importante conheceres as diferentes raças de cada herói, como também é importante teres um apanhado geral das 9 classes que existem no jogo.

Classes

Warrior/Guerreiro (8/56 heróis): Os Warriors/Guerreiros, são decididamente importantes na construção de builds mistas. Os seus heróis são por norma bruisers, o que significa que não só são bons a causar dano como a aguentar a linha da frente do terreno de jogo. As suas sinergias trazem benefícios sobretudo ao nível da própria classe, sendo as suas melhorias:

3 Warriors/Guerreiros diferentes: Aumentam a armor/armadura de todos os Warriors/Guerreiros aliados em 50 pontos;

6 Warriors/Guerreiros diferentes: Aumentam a armor/armadura de todos os Warriors/Guerreiros aliados em 100 pontos.

Assassin/Assassino (7/56 heróis): Quem está habituado a jogos deste género sabe bem o que é um Assassin/Assassino. Estes têm, por norma, uma elevada capacidade para causar dano, mas em contrapartida, são bastante fracos defensivamente. São altamente ofensivos, ideais para as situações em que os adversários têm linhas de retaguarda bastante fortes, nomeadamente as que são formadas por heróis que causam elevadas quantidades de dano à distância. As suas melhorias são:

3 Assassins/Assassinos diferentes: Todos os Assassins/Assassinos aliados ficam invisíveis durante os momentos iniciais da batalha. Para além disso, o seu primeiro ataque normal causa 250% de dano adicional e cada ataque subsequente confere-lhes 10% de chance de ficarem novamente invisíveis;

6 Assassins/Assassinos diferentes: Todos os Assassins/Assassinos aliados ficam invisíveis durante os momentos iniciais da batalha. Para além disso, o seu primeiro ataque normal causa 250% de dano adicional e cada ataque subsequente confere-lhes 30% de chance de ficarem novamente invisíveis.

Sorcerer/Feiticeiro (8/56 heróis): Uma build assente em heróis da classe Sorcerers/Feiticeiros é sinal de dano mágico, o que significa que são fracos contra heróis da raça Oceanborns/Oceânicos. São suas características o dano AOE (dano que tem efeito numa área alargada do terreno) e a capacidade para atacar à distância. As suas melhorias são:

3 Sorcerers/Feiticeiros diferentes: Reduz a resistência mágica a todos os heróis adversários em 20 pontos;

6 Sorcerers/Feiticeiros diferentes: Reduz a resistência mágica a todos os heróis adversários em 60 pontos;

Rider/Cavaleiro (6/56 heróis): Os Riders/Cavaleiros são uma das classes mais jogadas na meta actual. Contribuem de forma significativa para um acréscimo dos atributos de defesa das builds baseadas nesta classe. Isto é extremamente importante porque, na maioria das partidas, não é possível ter formações com mais de 9/10 heróis diferentes. Assim, uma build de 6 Riders/Cavaleiros diferentes é sinal de uma formação com excelentes capacidades defensivas. Isto porque as melhorias que oferecem são:

2 Riders/Cavaleiros diferentes: Confere 30% de chance aos Riders/Cavaleiros aliados para ganharem mais 150 pontos de armor/armadura e mais 60% de resistência mágica;

4 Riders/Cavaleiros diferentes: Confere 45% de chance aos Riders/Cavaleiros aliados para ganharem mais 160 pontos de armor/armadura e mais 60% de resistência mágica;

6 Riders/Cavaleiros diferentes: Confere 60% de chance aos Riders/Cavaleiros aliados para ganharem mais 185 pontos de armor/armadura e mais 60% de resistência mágica.

Hunter/Caçador (7/56 heróis): Os heróis da classe Hunter/Caçador são peritos em causar dano. A maior parte dos heróis desta classe causam dano à distância, sendo uma óptima escolha na formação de builds que exigem altas quantidades de dano por segundo (DPS). As melhorias são:

3 Hunters/Caçadores diferentes: Todos os Hunters/Caçadores aliados vêm o seu atributo de ataque crescer 25%;

6 Hunters/Caçadores diferentes: Todos os Hunters/Caçadores aliados vêm o seu atributo de ataque crescer 60%;

Warlock/Mago (5/56 heróis): Adequam-se a todo o tipo de builds. São eles os responsáveis por conferir a todos os aliados capacidades de roubo de vida (life steal). As melhorias que oferecem são por isso:

2 Warlocks/Magos diferentes: Aumentam a capacidade de roubar vida de todos os seus aliados em 15%. Toda a quantidade de vida obtida em excesso é transformada num shield/escudo;

4 Warlocks/Magos diferentes: Aumentam a capacidade de roubar vida de todos os seus aliados em 25%. Toda a quantidade de vida obtida em excesso é transformada num shield/escudo.

Engineer/Funileiro (5/56 heróis): Neste momento, todos os heróis desta classe são da raça Cyborg/Mecha. Peritos na regeneração de vida, os seus combos oferecem:

2 Engineers/Funileiros diferentes: Todos os Engineers/Funileiros aliados vêm a sua capacidade de regeneração de vida aumentar em 45 pontos;

4 Engineers/Funileiros diferentes: Todos os Engineers/Funileiros aliados vêm a sua capacidade de regeneração de vida aumentar em 120 pontos.

Druid/Druida (5/56 heróis): Os Druid/Druidas têm uma velha tradição de invocações. Desde a invocação de Totens que regeneram vida à invocação de espíritos que causam dano, as melhorias que os seus combos oferecem alteram uma mecânica importante no jogo: a necessidade de juntar 3 heróis para aumentar de nível.

2 Druids/Druidas diferentes: A partir deste momento, basta combinar apenas 2 Druids/Druidas de 1 estrela para dar origem a 1 Druid/Druida de 2 estrelas. Para além disso, sempre que um Druid/Druida morra em batalha, todos os seus aliados recuperam imediatamente 10 pontos de mana;

4 Druids/Druidas diferentes: A partir deste momento, basta combinar apenas 2 Druids/Druidas de 2 estrela para dar origem a um Druid/Druida de 3 estrelas. Para além disso, sempre que um Druid/Druida morra em batalha, todos os seus aliados recuperam imediatamente 20 pontos de mana.

Punisher/Justiceiro (2/56 heróis): Por agora são apenas dois os heróis da classe Punisher/Justiceiro. Dadas as suas condições, fazem uma excelente parelha com heróis da raça Demon/Demónio. Senão vejamos:

1 Punisher/Justiceiro em campo: Este Punisher/Justiceiro será tratado como um Demon/Demónio adversário, o que significa que irá beneficiar o oponente;

2 Punishers/Justiceiros diferentes: Os Demons/Demónios aliados ganham uma nova classe, a de Punisher/Justiceiro, a acrescentar às classes que já possuem. Isto significa que não perderão as sinergias relacionadas com as suas classes originais;

4 Punishers/Justiceiros diferentes: 35% do dano de um ataque normal de um Punisher/Justiceiro aliado atinge a área ao redor do herói adversário (a área afectada será, no máximo, de um quadrado do terreno de jogo).

Como é possível observar, são várias as raças e classes que cada herói pode ter, o que implica um número incontável de sinergias possíveis. Saber de uma forma geral como funciona cada herói é extremamente relevante para o desenrolar das partidas. Como recomendação, sugerimos que leias este capítulo pelo menos uma vez por dia. Este é um gesto que, aliado à práctica, será um pequeno esforço quando comparado com as inúmeras vantagens que te irá trazer. Não só irás perceber mais do jogo, como ganharás uma melhor capacidade de decisão durante todos os momentos das partidas. Numa nota final, recomendamos também que analises herói a herói, prestando especial atenção a cada uma das suas habilidades especiais.

Melhorar a colocação de heróis em campo

As disposições dos elementos da tua equipe são de extrema importância em jogos como este, por isso é bom que saibas o que estás a fazer.

Regra geral, aconselhamos que sigas as seguintes sugestões:

Deves manter os heróis com maior número de vida e atributos de defesa na linha da frente;

Heróis que atacam à distância devem ficar protegidos na retaguarda. Para saber se um herói é melee ou não, basta clicar nele durante uma partida e verás que os quadrados do tabuleiro irão brilhar, revelando a área de ataque desse herói;

Se estás a enfrentar um oponente com um ou mais Assassins/Assassinos, lembre-se de que será necessário proteger os elementos que tem mais atrás. É frequente ver Assassins/Assassinos a deslocarem-se rapidamente de uma ponta à outra do terreno para destruírem alguns dos heróis mais essenciais de uma equipe;

Por vezes, os oponentes optam por adquirir heróis com uma forte componente AOE. Seja o resultado desses ataques simplesmente para causar dano ou para controlar a tua equipe – deixando-a paralisada, por exemplo -, é importante que, nestas situações, deixes os seus heróis ligeiramente afastados uns dos outros. Desta forma consegues garantir que nem todos os teus heróis serão afetados.

Gere bem os teus recursos

Não foram poucas as vezes que pudemos observar jogadores a gastarem tudo o que tinham em cada turno. Uma das chaves de sucesso passa precisamente por fazer uma boa administração dos recursos de que temos.

Em Chess Rush, independentemente do modo de jogo que opte por jogar, terá sempre direito a uma determinada quantidade de mana por turno. A esse valor, acrescem-lhe os juros. Os juros são calculados de forma simples. Por cada 10 unidades de mana com que acabar cada turno, receberás 1 de mana sob a forma de juros. Isto significa que, se acabar um turno com 10 de mana, ganhará 1 de juros. E se acabar um turno com 20 de mana, receberás 2 de juros. Complicado? Existe uma forma ainda mais simples de saber quais são os juros que tens a receber por turno: Basta olhar para o número de mana que tens e prestar atenção ao primeiro algarismo. Assim, 10 de mana significa que irás receber 1 de juros, 12 de mana / 1 de juros, 25 de mana / 2 de juros, e assim adiante. Uma outra opção, é consultar esta informação durante a própria partida. Para isso, basta clicar no símbolo da mana que surgirá uma pequena janela com todas as informações relativas à mana que irás receber.

Porque é isto importante? Porque há muitos adversários que não tiram partido desta mecânica. Imagina que durante 5 turnos consegues juntar 5 unidades de mana adicionais sob a forma de juros, ao contrário dos teus adversários, que conseguem apenas 1 unidade por turno. Ao fim desses 5 turnos, terás ganho uma vantagem de 20 unidades de mana. E 20 unidades não é uma quantidade pequena para apenas 5 turnos.

Os juros existem e devem ser aproveitados. No entanto, estamos limitados a um valor máximo de 5 unidades.  Isto significa que se já ultrapassou os 50 de mana, não vale a pena poupar mais. Acabar um turno com 50 de mana garantir-te-á 5 unidades adicionais sob a forma de juros, mas 60 de mana resultará no mesmo: apenas 5 unidades adicionais.

São três as nossas sugestões para que possas melhorar relativamente ao nível da gestão de recursos:

Na aquisição de heróis, não atualize ou faças re-roll durante os primeiros turnos. Recruta apenas os heróis que te aparecem de imediato em cada turno. Não vale a pena gastar mana para tentar obter outro tipo de heróis numa fase inicial, até porque existe um número limitado de cada herói por partida. Se cada jogador tem uma unidade do herói que procuras, menos possibilidades existem desse herói te aparecer. Com o avançar do jogo, à medida que alguns jogadores vão sendo eliminados, as chances de obteres o herói que tanto procuras começam a aumentar. E, como é óbvio, quanto mais cedo puderes começar a poupar, melhor;

Tenta atingir a marca das 50 unidades de mana o mais rápido possível. Não tenhas receio de perder as primeiras batalhas. As primeiras são as menos importantes e deves deixá-las para o fim. Mas isso também não significa que deves perder por perder. O que é recomendado é que vás construindo a sua build e que tentes vencer cada uma das batalhas, tudo sem entrar em grandes despesas.

Se sentes que já compraste tudo o que tinhas a comprar e mesmo assim ainda te sobraram 54 unidades de mana ou mais, aproveita para melhorar o teu próprio nível. Desta forma, garantes as 5 unidades de mana sob a forma de juros e ainda aceleras o processo de poder voltar a colocar mais heróis no terreno de jogo.

Referências:

MGamer, Techtudo, wikipedia.

Cyber ​​Hunter

Cyber ​​Hunter é um videogame chinês de ficção científica battle royale de 2019 para celulares e plataformas de PC desenvolvido e distribuído pela NetEase. Foi lançado em 26 de abril de 2019.

Gameplay

A jogabilidade consiste no formato tradicional de battle royale com tema futurista e alguns elementos distintos, como jogadores (referidos no jogo como Wanderers), são jogados em hoverboards a jato, que ajudam no desembarque antecipado de armas sofisticadas, como armas de microondas, veículos armados, vertical escalada, parkour, planando pelo ar usando dróides que são robôs de inteligência artificial, construindo várias estruturas de defesa, personalização detalhada de personagens etc.

Introdução

Cyber ​​Hunter é um jogo de mundo real de battle royale com uma combinação única de elementos de jogo, incluindo sobrevivência, tiro e exploração. Qualquer superfície vertical no mundo do Cyber ​​Hunter é escalável e os jogadores podem deslizar de baixo para cima.

Equipado com armas legais, armas criativas e veículos que voam e flutuam, você pode explorar histórias de justiça contra o mal, novas lutas antigas e conservadorismo afastando o radicalismo.

Espaço 3D

Cyber ​​Hunter é muito mais do que uma arena de 6 por 6 km e pode ser um mundo fascinante, onde você pode tocar o céu e mergulhar no fundo do mar, com recursos básicos, incluindo escalada e planagem.

Batalha Vertical

os jogadores podem experimentar uma batalha vertical em uma variedade de terrenos e estruturas. Além disso, eles podem melhorar suas capacidades de combate vertical através de descobertas no jogo, como descobrir luvas táticas que melhoram a velocidade de escalada.

Livre e Justo

Os jogadores de Cyber ​​Hunter podem desbloquear diferentes tipos de habilidades de sobrevivência gratuitas, à medida que ganham experiências e sobem de nível.

As habilidades de sobrevivência do jogo incluem

Atirando, ocultando, monopolizando o inimigo, detectando o sinal do inimigo, protegendo, curando, ficando invisível, usando medpack, ressuscitando, usando o Safety Ring, dissolvendo itens, planando, construindo barricadas, carros, torres de superervação ou fortes.

Os jogadores podem dissolver uma construção ou um instrumento para ganhar energia droid, ou usar um drone Detector para espionar seu inimigo. Os jogadores também podem usar um anel de segurança para se proteger fora da zona segura ou ressuscitar um companheiro de equipe, fornecendo uma combinação de habilidades para os jogadores sobreviverem.

Efeitos diversos

Você pode ter uma espingarda cujos tiros curam quando atingem um companheiro de equipe, ou um lançador de granadas que destrói edifícios com alta eficiência, ou uma granada congelada que pode congelar a água. Além disso, quando as armas no Cyber ​​Hunter são atualizadas com um Enhance Core, novos poderes ou até novas habilidades serão desbloqueadas.

Saiba onde aterrissar

Conhecer o mapa é um dos passos mais importantes em qualquer Battle Royale, Cyber Hunter incluso. Cada partida reúne 100 jogadores, em times ou solo e, como sempre, a missão é eliminar os inimigos e permanecer vivo. Reconhecer o terreno é obrigatório.

Pousar em áreas urbanas é uma boa para quem deseja adquirir equipamentos bons logo de cara, mas as chances de entrar em confronto (e ser eliminado de início) são maiores. Por outro lado, pousar em uma região afastada pode ser mais seguro ainda que fique perto da barreira, que vai encolhendo e reduzindo a área de combate.

No mais, saiba usar o glyder para chegar ao chão o mais rápido possível.

Selecione bem seu equipamento

Outra dica básica, é importante gerenciar o espaço em seu inventário para dar lugar a itens importantes, como medikits, armaduras (capacetes, botas, luvas, etc.) e armas mais poderosas (submetralhadoras, rifles, rifles de precisão, espingardas e armas pesadas), conforme você avança no confronto.

Claro que ao chegar a ordem é pegar o que conseguir primeiro, mas como seu espaço é limitado, troque itens e armas fracas por versões mais fortes conforme explora o mapa.

Cuidado ao usar veículos

Dirigir um veículo é uma excelente opção para encurtar distâncias e chegar a um ponto do mapa mais rápido, mas todo recurso tem seus prós e contras. Neste caso, você estará anunciando a seus adversários, em alto e bom som, que está passando perto deles, se tornando assim um alvo fácil se estiver sozinho.

Jogando em grupo a coisa muda, seus amigos podem reagir bem mais rápido do que o motorista. Sendo assim, um carro pode ser uma ferramenta útil para cobrir terreno.

Faça bom uso das habilidades especiais

O principal diferencial de Cyber Hunter para outros títulos de Battle Royale, as habilidades especiais, são fornecidas pelo droid auxiliar. No início, você tem acesso a um número limitado delas, podendo desbloquear mais conforme evolui no jogo.

É possível equipar até três habilidades por part