Among us

Among us foi desenvolvido e publicado pela InnerSloth. O jogo é multiplayer de estratégia e dedução social com tema espacial. O título foi lançado para mobile em 15 de junho de 2018 e posteriormente, para PC na Steam em 18 de agosto de 2018. Embora tenha sido lançado em 2018, só agora em 2020 o jogo atingiu uma grande popularidade; isso se deu ao fato de grandes streamers e youtubers começarem jogar.

Jogabilidade

among us 1 hit games estratégia pc mobile

São 10 jogadores; 1,2 ou 3 deles são impostores, o restante são crewmates. O jogador deverá exercer a função de um desses dois papéis. Os crewmates precisam identificar os impostores, elimina-los além disso, completar as tarefas do mapa; que consiste em trabalhos de manutenção em sistemas vitais, religação elétrica e por fim abastecimento de motores. Por outro lado, os impostores, precisam matar os crewmates antes de serem descobertos.

Mapas

O jogo se passa em um ambiente espacial. A partida se passa em um de três mapas.

Skeld

among us 1 hit games estratégia pc mobile

É o primeiro mapa de Among Us. É ambientado em uma nave espacial. A tripulação está fazendo sua jornada pelo espaço e dessa forma, devem descobrir quem é o impostor entre eles.

Mira HQ

among us 1 hit games estratégia pc mobile

Segundo mapa do jogo. Já foi um mapa pago, contudo, não é mais. Fica em uma estação espacial. Foi anunciado oficialmente em 3 de agosto de 2019 e posteriormente lançado em 8 de agosto de 2019.

Polus

among us 1 hit games estratégia pc mobile

Terceiro mapa. Consiste em um planeta roxo, com diferentes construções. Este mapa contém buracos que conectam os diferentes edifícios. É o maior mapa já lançado, com um novo sistema de câmera

Procurando partidas

among us 1 hit games estratégia pc mobile

O usuário escolhe se deseja criar uma sala privada, buscar salas públicas, assim como entrar em uma sala privada de algum amigo; Isso é feito por meio de um código único que cada sala recebe quando é criada. Quando uma partida acaba, os jogadores podem continuar na sala para jogar mais uma vez. O criador inicia o jogo quando quiser depois que o número mínimo de jogadores estejam na sala. Se algum jogador estiver fazendo algo errado, ele poderá ser expulso.

Crewmates

among us 1 hit games estratégia pc mobile

Os crewmates devem completar todas as tarefas do mapa antes de serem mortos pelos impostores. A outra forma dos crewmates ganharem o jogo é descobrindo quem são os impostores e dessa forma, elimina-los. Os controles são simples, apenas com a movimentação do personagem. Um botão para interagir com as tarefas bem como, um para reportar um cadáver.

Impostores

among us 1 hit games estratégia pc mobile

Os impostores devem matar os crewmates sem que outros crewmates percebam. Além disso, os impostores recebem uma lista falsa de tarefas para confundir os companheiros de tripulação. Eles têm a capacidade de sabotar os sistemas do mapa; atravessar aberturas e por fim, identificar os outros impostores. Quando um Impostor executa uma sabotagem, há uma consequência imediata. As luzes são desligadas e uma contagem regressiva começa. Dessa forma, a sabotagem deve ser resolvida antes de terminar, ou então todos os membros da tripulação morrerão. As sabotagens são resolvidas pelos jogadores de várias maneiras; dependendo de qual sabotagem foi feita. Os impostores são os únicos que podem acessar os dutos de ventilação das fases. Dessa forma podem ir de um lugar ao outro do mapa. Ao matar alguém, o cadáver desse jogador fica no chão. Assim, quando outra pessoa o encontra, ela pode reportar.

Fantasmas

among us 1 hit games estratégia pc mobile

Se um jogador morrer, ele se torna um fantasma. Fantasmas têm a capacidade de atravessar paredes, contudo, só podem interagir com o mundo de maneiras limitadas. Dessa forma, não é permitido por exemplo, conversar com os vivos e participar da votação. Os fantasmas são invisíveis para todos, exceto para outros fantasmas. O objetivo dos fantasmas é continuar ajudando seus companheiros; ajudando nas tarefas dos crewmates ou sabotagem dos impostores.

Reunião e votação

among us 1 hit games estratégia pc mobile

Se um jogador encontrar um cadáver, ele pode denunciá-lo, assim, levará a uma reunião do grupo onde todas as outras jogadas são interrompidas e os jogadores discutem quem eles acreditam que um impostor é baseado nas evidências em torno do assassinato. Agora que entra a parte mais interessante do jogo. O poder de investigação e argumentação dos jogadores, bem como a de persuasão do impostor, que não deseja ser descoberto. Após a discussão, logo depois, uma votação é aberta para “ejetar” o jogador que o time acredita ser o impostor. Caso a escolha seja errada, um “inocente” estará fora do jogo. Sendo assim, caso não tenham provas o suficiente é melhor pular essa votação.

Reunião emergencial

among us 1 hit games estratégia pc mobile

Na sala central existe um botão de “reunião de emergência”, assim, qualquer jogador pode apertar. Ele serve para chamar a votação antes mesmo que um corpo seja encontrado. Se você está suspeitando do comportamento de alguém, pode apertar o botão e dar os seus argumentos, e dessa forma, fazer com que os outros jogadores votem nessa pessoa.

Como jogar em Português

  • Abra o menu inicial de Among Us e selecione a engrenagem no canto inferior da tela.
among us 1 hit games estratégia pc mobile
  • Caso o seu jogo esteja em inglês, basta acessar a opção “Data” para encontrar os diferentes idiomas disponíveis.
among us 1 hit games estratégia pc mobile
  • Dentre os idiomas selecionáveis, basta clicar em português para que a troca seja feita imediatamente.
among us 1 hit games estratégia pc mobile

Recepção

among us 1 hit games estratégia pc mobile

Among us recebeu críticas mistas. O jogo não teve atenção em seu ano de lançamento. Alcançou a mainstream em julho de 2020, após grandes streamers e youtubers começarem a jogar.

Opinião do autor

among us 1 hit games estratégia pc mobile

Among us é um jogo mega divertido para se jogar, principalmente com os amigos. Quem está de fora assistindo também se diverte. Ver seus amigos tomando decisões erradas na hora de votar no impostor ou até mesmo o impostor usando a lábia para engana-los, é uma das partes mais engraçadas do jogo.

O que vocês estão achando desse jogo incrível? Deixe aí nos comentários.

Referências;

TechTudo, Wikipedia, Zoom.

Age of Empires II: The Age of Kings

Desenvolvido pela Ensemble Studios e publicado pela Microsoft. Age of Empires II: The Age of Kings é um jogo de estratégia em tempo real. O título é o segundo da série, sendo assim lançado em 1999 para PC.

Sobre o jogo

age of empires II

Age of Empires II: The Age of Kings é baseado na idade média e contém 13 civilizações jogáveis. No jogo, existem 5 campanhas que levam o jogador a recriações de cenários históricos reais. O jogador tem como objetivo, coletar recursos para construir e fortificar vilas, formar exércitos e por fim, derrotar sus inimigos.

Cenários Históricos

O jogo possui cinco campanhas que são cenários baseadas na história real. Gengis Cã na Eurásia, a Cruzada de Barbarossa ou a defesa de Saladino na Terra Santa, são exemplos. Nas campanhas de Joana D’arc e William Wallace, o jogador controla uma unidade baseada em seus respectivos nomes. Contudo, nos outros, os jogadores ganham ordens para ser o representante do comando do exército.

Jogabilidade

age of empires II

O objetivo do jogador em The Age of Kings, é coletar recursos, construir e fortificar vilas, formar exércitos e por fim, destruir unidades e construções inimigas. Jogadores conquistam vilarejos e impérios rivais, avançando sua própria vila. Dessa forma, o jogador deverá passar por quatro “idades”; a Idade das Trevas, a Idade Feudal, a Idade dos Castelos e a Idade Imperial, assim passando por mil anos da história. Avançando para novas idades permite o uso de novas unidades, construções e tecnologias, contudo os jogadores precisam pagar uma quantidade de recursos e construírem certos edifícios antes de avançarem.

Escolha sua civilização

age of empires II

O jogador escolhe entre 13 civilizações. Elas são dividas em 4 estilos arquitetônicos, Oeste Europeu, Centro Europeu, Oriente Médio e por fim Oriente. Cada civilização, determina a aparência das construções dentro do jogo. As civilizações são variadas em pontos fortes e fracos, igualmente com atenção a economia, tecnologia e batalha. Cada uma pode acessar uma diferente e poderosa unidade única.

Recursos

Os recursos são responsáveis para a melhoria da vila e construções. Dessa forma, o jogo oferece quatro tipos de recursos; comida, madeira, ouro e pedras.

age of empires II
  • Comida – obtida pela caça de animais, coleta em arbustos, uso do gado, agricultura e por fim, pescaria.
  • Madeira – Derrubando árvores.
  • Ouro – Coletados em minas, obtidos em comércio ou também, possuindo uma relíquia em um monastério.
  • Pedra – Obtidas somente em minas pedreiras.

Foque na economia

Procure sempre criar aldeões, eles são o segredo para uma grande economia. Eles são responsáveis por reunir recursos bem como, erguer construções. De fato, todo instante sem criação de aldeões para o vilarejo é um tempo desperdiçado, especialmente durante a idade das trevas. Suas ações nos primeiros dois minutos de jogo, determinam se sua economia será superior a dos outros jogadores.

Depósitos de recursos

age of empires ii

Os aldeões precisam de típicos depósitos. Eles servem para armazenar os recursos coletados. Cada civilização, pode comprar atualizações que aumentam a coleta desses recursos. Além disso, o jogador tem acesso a uma construção especial, por exemplo o mercado, que serve para adquirir ou vender recursos.

Não se esqueça das suas forças militares

age of empires ii

É preciso ter uma força militar bem desenvolvida para ter sucesso no jogo. Isso você consegue, tendo uma economia de ponta. Contudo, focar apenas na economia e esquecer do militarismo, pode custar sua derrota já no começo do jogo. Especialmente nas Era Feudal e Idade dos Castelos, você receberá bastantes ataques, mesmo que fracos, podem atrapalhar seu andamento no jogo, ou seja, foque na economia sem tirar os olhos do militar.

Fazendas

age of empires ii

Fazendas são uma fonte primária de alimento. Elas são criadas já na Idade das trevas. Você precisará criar fazendas, pois, os animais e as berries se esgotam com o tempo. É preciso de madeira para criar fazendas; portanto, pode ser preciso enviar alguns coletores de alimento às florestas. Fazendas devem ser construídas ao redor de seu Town Center. Contudo, se não for possível por falta de espaço, as construa em volta do Moinho.

Monastério

age of empire ii

O Monastério, é a construção responsável pela crianção dos Monges. Os monges são importantes no jogo, pois são os responsáveis por coletar as relíquias. Ao mesmo tempo que, as relíquias também são importantes, pois cria um corrente constante de ouro em sua economia, servindo como uma excelente fonte.

Idade Imperial

age of empire ii

Se no começo, o foco era economia e melhoramentos, na Idade Imperial é o militarismo. Após essa era, apenas as forças militares de ponta, dominarão o jogo. Sendo assim, você deve continuar a pesquisar novas tecnologias militares. Atualize unidades e crie mais soldados para obter um exército melhor equipado. Existem algumas coisas que precisam ser feitas pela sua civilização.

Outros modos de jogo

Além das campanhas, o jogo possui outros três modos de jogo; mapa aleatório, partida mortal e regicidas.

  • Mapa aleatório – o jogo gera um mapa plano. Os jogadores começam na idade das trevas com um centro da cidade (onde os recursos são depositados), três aldeões e por fim, uma unidade de exploração. O jogo pode ser vencido por conquista militar; pela construção de um edifício especial conhecido como maravilha; por fim, obtendo o controle de todas as relíquias no mapa.
  • Partida mortal – os jogadores começam com um grande estoque de recursos, que deixa o avanço das idades relativamente fácil e assim, cria um foco em domínio militar.
  • Partida regicida – cada jogador tem uma unidade rei. O jogador ganha por matar todos os outros monarcas.

Recepção

Age of Empires II: The Age of Kings, teve recepção bastante positiva. O jogo recebeu altas notas da crítica especializada. Muitos avaliadores criticaram que as unidades eram brandas e desinteressantes enquanto outros consideraram The Age of Kings muito similar ao seu antecessor. Três meses depois de seu lançamento, vendeu 2 milhões de cópias. Foram os mais vendidos em sete países. Por fim, o jogo ganhou múltiplos prêmios e deu um impacto significante nos jogos futuros em seu gênero.

O que você acha desse clássico noventista? Deixe aí nos comentários.

Referências:

Wikipedia, WikiHow.

Phantom Doctrine

Phantom Doctrine  é um jogo estratégico de suspense de espionagem baseado em turnos, desenvolvido pelo estúdio polonês CreativeForge Games e publicado pela Good Shepherd Entertainment em 2018. O jogo tenta capturar a intriga sutil dos filmes clássicos de espionagem, enquanto empurra o jogador para um mundo misterioso de operações secretas. , contra-inteligência, conspiração e paranoia. Foi lançado para Nintendo Switch, PlayStation 4, Xbox One, Microsoft Windows.

Gameplay 

O jogo é dividido entre os elementos de gerenciamento da estratégia global, utilizando as telas de base e do mapa do mundo, investigação da Intel e missões táticas. Há também o modo Extended Playthrough (desbloqueável depois de vencer o jogo), onde o jogador aprenderá mais sobre o que aconteceu nos bastidores.

Seja furtivo!

O combate na Doutrina Fantasma é particularmente punitivo – uma vez que o inimigo é alertado de sua presença, eles continuamente reforçam até que seus agentes sejam mortos ou escapem. Como tal, você deve fazer tudo ao seu alcance para permanecer no modo Infiltração. Desative as câmeras de segurança, fique fora de áreas restritas se os NPCs puderem vê-lo e não deixe corpos por todo o lado. Além de algumas missões de história, todas as missões da Phantom Doctrine podem ser concluídas furtivamente, então fique nas sombras sempre que puder.

Gergelim aberto

Não basta irromper pelas portas à vontade. Como qualquer bom jogo de estratégia tática baseado em turnos, a Phantom Doctrine não mostra o que há em uma sala, a menos que você tenha uma visão direta. Em vez de apostar que não haverá um soldado na próxima sala restrita (a Lei de Murphy determina que haverá), estacione seu agente ao lado da porta. Um prompt será exibido, permitindo que você abra a porta e dê uma espiada. Ao contrário da maioria das ações do jogo, essa não custa nada, então você pode abrir e fechar a porta para o conteúdo do seu coração. Terminar com um movimento do seu agente mais cedo para procurar um local é muito melhor condenar toda a equipe. Também não há um limite de turnos no modo Infiltração, então pare de correr!

Pegue esses presentes

Qualquer missão que você empreenda também apresentará dois tipos diferentes de itens colecionáveis: saques, que são armazenados em cofres e armários, e documentos secretos, que assumem a forma de projetos e computadores (embora às vezes também sejam incluídos em contêineres). A menos que você esteja no meio de um tiroteio (você atravessou outra porta, não foi?), Você desejará rastrear esses itens colecionáveis. Ambos são extremamente valiosos para a sua causa: o saque é a maneira principal de obter novas armas, armaduras e mods para equipar seus agentes, e os documentos secretos fornecerão uma série de informações valiosas, recrutar candidatos, compostos químicos para atualizar seus agentes e muito mais. Recolher esses itens colecionáveis ​​é mais importante e gratificante do que o objetivo principal; portanto, fique escondido e vasculhe esses locais em busca de presentes! Além disso, ao contrário dos NPCs, você pode ver esses itens colecionáveis, mesmo que seus agentes não tenham uma linha de visão direta, faça um sobrevôo do mapa ao escolher seu ponto de inserção e planeje adequadamente. Por fim, se você não conseguir encontrar o último documento secreto, observe de perto as mesas e mesas com luzes fortes; às vezes, eles podem dominar os destaques amarelos reveladores, dificultando sua identificação.

Inimigos

O mecânico de esquiva da Doutrina Fantasma é um componente importante, mas facilmente incompreendido do combate. Basicamente, não existem lançamentos de dados na Phantom Doctrine – cada tiro atinge o alvo pretendido e o dano que inflige depende de uma variedade de variáveis. Embora alguns fatores como cobertura e distância sejam familiares para os fãs de estratégia baseados em turnos, o mecânico de esquiva é uma fera totalmente diferente. Cada jogador tem um conjunto de pontos de conscientização (geralmente cerca de 100), que podem ser usados ​​para uma variedade de ações e reabastecem parcialmente a cada turno. Esses pontos também são usados ​​automaticamente para desviar de tiros. Quantos pontos de consciência são necessários para se esquivar de uma estatística convenientemente chamada Dodge Cost, e é diferente para todos os agentes – em outras palavras, você não saberá se seu inimigo pode desviar do seu tiro a menos que esteja sem (ou muito baixo) consciência. Nenhum outro fator afeta o desvio – nem a cobertura, nem a distância, nem a quantidade de dano potencial -, lembre-se disso ao analisar os tiros em potencial. Lembre-se também de que se esquivar de um tiro não significa que você fica livre de escória – você está simplesmente sofrendo o dano mínimo (listado entre parênteses) em vez do dano máximo. Uma nota final: guardas e soldados normais não têm consciência quando você ainda está no modo Infiltração, facilitando muito a decolagem. No entanto, os agentes têm toda a sua conscientização, então suponha que eles possam desviar de pelo menos uma de suas fotos. Lembre-se também de que se esquivar de um tiro não significa que você fica livre de escória – você está simplesmente sofrendo o dano mínimo (listado entre parênteses) em vez do dano máximo. Uma nota final: guardas e soldados normais não têm consciência quando você ainda está no modo Infiltração, facilitando muito a decolagem. No entanto, os agentes têm toda a sua conscientização, então suponha que eles possam desviar de pelo menos uma de suas fotos. Lembre-se também de que se esquivar de um tiro não significa que você fica livre de escória – você está simplesmente sofrendo o dano mínimo (listado entre parênteses) em vez do dano máximo. Uma nota final: guardas e soldados normais não têm consciência quando você ainda está no modo Infiltração, facilitando muito a decolagem. No entanto, os agentes têm toda a sua conscientização, então suponha que eles possam desviar de pelo menos uma de suas fotos.

Bata neles …

Um dos movimentos mais poderosos da Phantom Doctrine é a habilidade de remoção, que permite incapacitar instantaneamente um inimigo. Existem algumas advertências para esse movimento: seu agente precisa estar bem próximo ao seu alvo e precisa ter mais pontos de vida do que eles. As quedas são especialmente poderosas contra os agentes Beholder inimigos – suas mais de 100 barras de saúde e capacidade de desviar de tiros mesmo no modo Infiltração os tornam inimigos formidáveis, e se você não puder eliminá-los com um único tiro, acionará um alarme. Salve-se o aborrecimento e, em vez disso, opte pelo golpe de judô furtivo.

… E escolha-os

Bom trabalho! Agora, certifique-se de se limpar depois de usar a habilidade Dispose Body. Ao contrário de outros jogos furtivos, você não precisa encontrar um lugar para esconder o cadáver indesejado – seu agente desaparece automaticamente do corpo enquanto a câmera fica convenientemente preta (presumo que você os coma, mas não tem provas para verificar isso) afirmação). Mover seus agentes em pares é uma combinação poderosa: um agente pode nocautear o inimigo e o outro pode eliminá-los em um único turno, deixando ninguém mais sábio. A única desvantagem é que os agentes inimigos não podem ser descartados tão facilmente – derrubar um deles inicia um cronômetro que conta até a sua eventual morte.

Missão

Aqui está outra combinação de dois que aumentará bastante o seu jogo furtivo. Se você realizar a operação Recon antes de iniciar uma missão, alguns de seus agentes poderão disfarçar-se. Além de vestir toda a fantasia, esses agentes começarão por trás das linhas inimigas e poderão atravessar áreas restritas e passar por guardas sem acionar os alarmes. A única ressalva é que, enquanto soldados normais serão enganados pelo seu cosplay, os agentes inimigos verão através da farsa. O que nos leva a…

É tudo uma ação

Uma das muitas vantagens aleatórias que seus agentes podem desbloquear ao subir de nível é chamada de Ator e exibe um ícone de smoking. Você definitivamente deveria escolher esse privilégio. Por quê? Ele garante que mesmo esses agentes desagradáveis ​​serão enganados por seus novos insucessos. O resultado é uma imunidade completa para continuar sua busca por itens colecionáveis ​​(você está fazendo isso, certo ?!). Apenas não faça algo tolo como arrombar um cofre – ou a cabeça de outro soldado – bem na frente de um inimigo. Eles não são que estúpido.

Agentes

Embaralhar agentes totalmente disfarçados e derrotar metodicamente inimigos um por um é certamente eficaz, mas também é repetitivo. É melhor experimentar as opções mais criativas da Phantom Doctrine e correr alguns riscos com seus agentes à paisana. Afinal, qual é o sentido de ser um espião se você não pode ter um pouco de emoção? O jogo não vai puni-lo por seguir o mesmo roteiro maçante do jogo inteiro, mas você estará se punindo se não se ramificar.

Vá devagar nos sequestros 

Sequestrar um agente inimigo, abre uma série de oportunidades emocionantes. Você pode convertê-los para a sua causa, prendê-los com um farol localizador para expor as células inimigas – ou até explodir seus compostos implantando um prisioneiro com lavagem cerebral com explosivos e depois liberando-os. Só não enlouqueça imediatamente com os seqüestros imediatamente. Todo agente inimigo que você trouxer de volta para o seu esconderijo aumentará seu medidor de perigo em um ponto a cada hora, o que aumenta mais rapidamente do que você imagina, e até a execução custa um centavo (os coveiros são bem pagos no universo da Phantom Doctrine). Eventualmente, você poderá desbloquear uma jaula do dia-a-dia para negar essa penalidade de perigo; portanto, até então, apenas sequestrará os inimigos quando você precisar deles e solte-os o mais rápido possível.

Sempre mate

Normalmente, quando você vai em uma missão, um ou dois (ou mais) agentes inimigos podem estar presentes no site e geralmente são uma dor de cabeça para lidar. Embora você possa evitá-los e ainda assim terminar sua missão, você não deveria – matar um agente inimigo tem um efeito real em sua organização maior e diminuirá as operações inimigas enquanto eles preparam um substituto. Deixar muitos agentes inimigos correrem mal vai iluminar o seu mapa do mundo como uma árvore de Natal – bem, se você colocar luzes vermelhas nele, pelo menos. De qualquer maneira, diminua suas fileiras sempre que você manter o inimigo à distância.

Fuga

Depois de concluir seu objetivo principal da missão, você ainda precisará evacuar seus agentes do mapa. Você faz isso chamando uma van de fuga, mas leva algumas voltas para realmente aparecer. Leve isso em consideração nos seus planos: verifique as possíveis localizações de evacuação, destacando a opção no início da missão e chame-a com antecedência quando estiver perto o suficiente para voltar atrás – se as coisas derem errado, você não Não quero ficar esquivando-me do fogo na zona de evacuação por três turnos, esperando a van aparecer.

Craigslist da contraespionagem

No início do jogo, você provavelmente ficará sem dinheiro; mesmo com algumas atualizações, seus falsificadores não gastarão dinheiro suficiente para comprar todos os outros serviços básicos e melhorias que você deseja (muito menos as pesadas taxas pela reprogramação dos agentes do Beholder). Se você se encontra em uma situação difícil, provavelmente é porque está ignorando uma de suas principais fontes de receita: a venda de armas, armaduras e mods indesejados. Ao contrário de muitos jogos, a Phantom Doctrine é bastante generosa com suas taxas de venda de produtos espiões usados ​​de maneira leve – bastando apenas algumas armas para comprar um novo esconderijo, por exemplo. Então, o que você deve priorizar na venda? Não demorou muito tempo para identificar as armas que você não usa com muita frequência (quase não toquei em espingardas e rifles de precisão durante o jogo), portanto, não há necessidade de manter o armazenamento de duplicatas deles. No entanto, antes de começar a desistir do poder de fogo, dê uma olhada na sua armadura – praticamente todas as opções de serviço pesado o levarão direto ao combate se você as usar em uma missão, tornando-as inúteis. Muitos coletes também conferem uma multa de mobilidade – fique à vontade para vendê-los pelo dinheiro extra que você precisa.

Plano B

Sempre leve algumas granadas e prendedores de fechaduras quando você estiver em uma missão – enquanto você pode encontrar um caminho alternativo ao redor da maioria das portas trancadas, abrindo um espaço de inventário para garantir que você nunca fique encurralado em um canto que valha a pena. O mesmo acontece com as granadas – quando os reforços aparecem, eles tendem a aparecer em um aglomerado e podem aparecer logo atrás de você, se você estiver na extremidade do mapa (e azarado). Nesses casos, ter um plano B é um salva-vidas … o “B” significa “Bomba”. Duh.

Silencioso, mas mortal

Eles demoram um pouco para começar a aparecer, mas quando o fizerem, você deve equipar todas as armas de seus agentes com silenciadores. Os silenciadores são de dois tipos: um para pistolas e outro que cobre LMGs, SMGs, espingardas e rifles de precisão. Embora os silenciadores de pistola não possuam desvantagens, os silenciadores de rifle conferem uma pequena penalidade de dano que vale totalmente a pena se impedir que todo o maldito exército de Beholder desça sobre a sua localização. Lembre-se de que seu agente terá que ter proficiência em uma arma para aplicar mods a ela, mas a natureza universal dos mods de rifle torna isso um problema.

Habilidades

Às vezes, você se vê diante de um agente do Beholder que tem mais pontos de vida do que todos os seus agentes e, portanto, não pode ser subjugado por uma remoção. Se você tem algumas armas silenciadas em mãos (o que você faz porque era a dica anterior e você está levando meus conselhos a sério, certo ?!), ainda tem mais uma opção furtiva à sua disposição. Phantom Doctrine possui um mecanismo de violação surpreendentemente robusto, que permite que seus agentes invadam uma sala simultaneamente e destruam todos e quaisquer inimigos em um único turno. Para fazer isso, basta alinhar seus inimigos do lado de fora das portas e / ou janelas de uma sala – você não precisa estar ao lado de uma entrada, perto da vizinhança geral. A seleção da opção de violação oferece várias opções: você pode selecionar qual arma cada agente usa, remova agentes da equipe de bombeiros (caso eles estejam acidentalmente andando na mesma área) e até identifique qual inimigo cada agente alveja se estiver visível no mapa (novamente, abra essas portas antes). Essa última habilidade é particularmente útil contra agentes inimigos – você pode garantir que seus atiradores mais fortes se juntem para derrubá-los enquanto os membros mais fracos da tripulação limpam os guardas restantes.

Fim do jogo… assista

Sim, uma habilidade de overwatch está incluída na Phantom Doctrine e, sim, é chamada de overwatch. Para aqueles que não sabem, essa habilidade defensiva permite que você abandone os tiros em um turno para vigiar o movimento inimigo – se um guarda ou agente entrar em sua linha de visão, eles serão baleados e, como serão ao ar livre, você não precisa se preocupar com penalidades de cobertura que causem danos. O overwatch da Phantom Doctrine funciona de maneira semelhante a outros jogos, com algumas pequenas diferenças – você na verdade vai arrastar na direção que deseja assistir, o que pinta o chão que você está cobrindo. A configuração de um perímetro próximo resulta em um círculo omnidirecional em torno do seu agente, enquanto o deslocamento horizontal o suficiente o restringe a um cone direcional (que pode ser aprimorado através de várias vantagens). Como a capacidade de violação, você também pode identificar inimigos específicos para ficar trancado. Uma última coisa a ser observada: Overwatch é extremamente poderoso na Doutrina Fantasma e atua como uma grande dissuasão para os inimigos. Se você pintar os becos com vários agentes enquanto aguarda sua evacuação (deveria ser chamada antes!), Os inimigos provavelmente ficarão para trás e deixarão você sair.

Espalhar!

A primeira é provavelmente bastante óbvia: não agrupe seus agentes muito próximos uns dos outros durante o combate, ou é provável que você derrube metade da sua equipe por uma granada inimiga. No entanto, a distribuição também se aplica ao mapa do mundo (mostrado abaixo). Como no XCOM, vários eventos suspeitos aparecerão em todo o mundo, e é seu trabalho investigá-los. Bem, na verdade, é o trabalho dos seus agentes – você os enviará individualmente para verificar cada evento e precisará ser rápido. Como tal, você deve propagar o mapa com seus agentes – enviá-los da maneira mais uniforme possível em todo o mundo e deixá-los lá. Dessa forma, quando um evento aparecer, você terá um agente por perto para lidar com isso. América do Norte e partes do leste da Rússia são as maiores áreas problemáticas, e exigir vôos longos para chegar (o que pode ser acelerado com atualizações por meio da oficina), por isso planeje ter agentes dedicados lá o tempo todo. Além disso, lembre-se de que, quando um desses eventos se tornar uma atividade inimiga, você precisará de dois agentes para realizar uma operação de reconhecimento e o relógio estará correndo. Enquanto um membro da tripulação pode praticamente cobrir todos os EUA por si só, convém enviar um segundo agente (e talvez um terceiro quando você puder trocá-lo) para mantê-los em companhia.

Pegue o olho vermelho

Aqui está uma nota pequena, mas importante, que o jogo não explica. Como mencionado na dica anterior, se você for realizar a habilidade de reconhecimento antes de iniciar uma missão, seus agentes deverão estar presentes nesse local. Quando chega a hora de iniciar o ataque, no entanto, seus agentes podem estar localizados em qualquer lugar – desde que não estejam no meio do voo ou estejam atualmente atribuídos a outra missão, você pode atribuí-los à sua equipe de ataque, mesmo que o status esteja listado como ” Longe.” Após a conclusão da missão, seus agentes serão instantaneamente transportados de volta para o esconderijo, para que você possa usar isso a seu favor para reagrupar rapidamente todos. Mais importante, no entanto, não perca tempo precioso no mapa do mundo voando com todos antes de um ataque. Você não precisa.

O Analytics não vale a pena

Uma das primeiras opções de instalação que você desbloqueia é o departamento de Analytics, que permite atribuir agentes para trabalhar no conselho de investigação. Não se preocupe – basta ligar um de seus agentes para fazer exatamente a mesma coisa que você faria manualmente quando clicar em uma investigação. A digitalização de documentos editados em busca de palavras-chave e, em seguida, a conexão deles com as cordas no quadro de cortiça é um minijogo surpreendentemente satisfatório que eu gostei de fazer, para que você possa desviar o dinheiro e a mão-de-obra para melhorar as coisas que você não pode fazer sozinho.

Modifique aqueles Bods!

A Doutrina Fantasma tem um método estranho, mas intrigante, para aumentar o nível de seus agentes – você basicamente os enche de drogas, cada uma das quais aumenta e diminui permanentemente algumas de suas estatísticas. Essa mecânica é surpreendentemente complexa: você estará constantemente descobrindo novos compostos químicos, muitos dos quais com pré-requisitos que precisam ser tomados primeiro e proibindo que outros compostos sejam usados ​​posteriormente. Tenho certeza de que alguém eventualmente criará um wiki útil detalhando os melhores remédios e ordens para tomá-los, mas geralmente você deseja ficar de olho em três estatísticas importantes. Você precisará contar com Max Hit Points para realizar quedas silenciosas de agentes inimigos fortes, portanto, você deve manter pelo menos um agente fortalecido o máximo possível. O máximo de pontos de ação determina quantas vezes um agente pode se mover durante um turno – fique de olho em como ele interage com a sua amplitude de movimento, que pode cair como resultado de alguns medicamentos. E, finalmente, o Max Fire Points determina o número de vezes que um agente pode disparar por turno. Ainda não consegui Max Fire Points acima de dois, mas, mesmo assim, dobrar o número de disparos que você pode fazer faz uma enorme diferença.

Salvar como se não houvesse amanhã

E, finalmente, guardei a dica mais importante por último (considere sua recompensa por ler até aqui). A XCOM popularizou o conceito de um modo do Homem de Ferro em jogos de estratégia baseados em turnos, o que remove a capacidade de salvar manualmente, a fim de que você se responsabilize pelos seus erros. A Phantom Doctrine também oferece um modo Homem de Ferro – mas você ficaria louco se escolhesse. A Doutrina Fantasma simplesmente lança muitas variáveis ​​selvagens para você, incluindo avisos de histórias surpreendentes que afetam seus agentes aleatoriamente. Essas instruções podem incluir tudo, desde um agente que acaba se tornando uma toupeira para o inimigo (você SERÁ forçado a executar um de seus próprios agentes durante o curso de sua jogada, e esse agente é escolhido aleatoriamente), a agentes que ficam AWOL por causa de depressão. Se isso não for suficiente para assustá-lo, você sempre terá avisos aparecendo no mapa do mundo, e o botão para dispensá-los também é o botão usado para pausar o tempo – não consigo contar o número de vezes que clicamos acidentalmente em uma decisão da história ou perdi uma janela de informações porque estava tentando pausar o mapa, que é super frustrante quando você está tentando gerenciar sua agência da maneira mais eficiente possível. Jogue em várias missões da história que lhe deram algumas reviravoltas frustrantes e você pelo menos desejaráopção para reverter para um salvamento antigo. Possuir suas más decisões é uma coisa, mas sofrer um erro honesto é uma história totalmente diferente.

Referências:

Game Informer, wikipedia.

Daemon X Machina

Daemon X Machina é um jogo de tiro em terceira pessoa jogo de ação desenvolvido e publicado pela Marvelous. Foi lançado para o Nintendo Switch em 13 de setembro de 2019 e mais tarde para Microsoft Windows em 13 de fevereiro de 2020.

Gameplay 

No jogo, o jogador controla um personagem personalizado, que comanda um mecânico do Arsenal e se envolve em batalhas com outros inimigos mecânicos. As habilidades e a aparência do avatar do jogador podem ser personalizadas no Hangar, que serve como o principal hub do jogo. É também o local onde os jogadores navegam em diferentes missões. Depois de causar dano suficiente ao mecanismo do oponente, ele é derrubado e os jogadores podem vasculhar suas partes do corpo ou arma e usá-los contra o inimigo derrubado. Um multiplayer cooperativo para quatro jogadores também é destaque no jogo.

Aprenda os comandos

Começar com isso parece até óbvio, mas não é. Nesse game não há um único botão inutilizável. Absolutamente todos os botões, incluindo os direcionais analógicos que são pressionáveis, têm uma função diferenciada. E mesmo com o tutorial vai ficar difícil não se embananar, pois serão mil comandos para realizar em meio a máquinas voadoras, tiros e explosões para todos os lados, em um mapa cheio de objetos e obstáculos.

Direcional direito: movimenta o robô para os lados.

Direcional direito (pressionado): robô desce de altitude até alcançar o chão;

Direcional esquerdo: movimentação da mira;

Direcional esquerdo (pressionado): aciona o Mirage, holograma do seu Arsenal que auxilia em batalha;

Direcional digital (botões de esquerda e direita): abre o menu de troca de armamento;

Direcional digital (botões de cima e baixo): muda os armamentos de Femto, partícula vermelha absorvida pelas máquinas que pode ser convertida em melhoradores de performance do Arsenal;

Botões

A: quando combinado ao direcional digital, abre o menu de armamento da mão direita;

Y: quando combinado ao direcional digital, abre o menu de armamento da mão esquerda;

B: aciona os propulsores a jato do Arsenal, servem para pegar altitude;

X: botão de ejeção do avatar para fora do robô;

L: aciona a arma de ombro;

R: aciona o propulsor de velocidade;

ZL: ataque da mão esquerda;

ZR: ataque da mão direita.

Viu só como não são poucas as coisas que se pode fazer com o controle do Switch? Mas não se desespere, ao passo que a jogatina evolui, você irá se acostumar com os comandos e conseguirá se sair bem nas missões. Acredite, pois muitas vezes o jogador possui um bom armamento, mas uma estratégia e habilidade evasiva fraca, o que poderá causar várias mortes durante as missões.

E é bom ficar bem ligeiro com os comandos, pois as batalhas são muito dinâmicas. Uma única piscada em falso pode lhe custar a missão toda. Por isso, não apenas aprenda os comandos, domine-os.

E, só um aviso: ainda há mais coisas que o jogador pode fazer, esses são os comandos básicos de ação em batalha.

Teste e misture as armas e armaduras

DAEMON X MACHINA possui uma variedade imensa de armamentos que podem ser equipados no seu Arsenal. É importante avisar que o jogador poderá levar até quatro armas nas mãos, uma no ombro e uma auxiliar.

As armas principais ficam nas mãos e nos ombros, essas podem ser trocadas a bel prazer do jogador. Recomendo que você aproveite o campo de testes para pôr em prova as várias combinações que o jogo pode proporcionar. Lembre-se que é um espaço livre, então a melhor dica é usufruir dessa liberdade e criar o seu estilo próprio de combate.

Para mim a melhor combinação é ter duas armas estilo metralhadoras, que possuem uma cadência e quantidade de balas alta. E, junto delas, pegar duas armas com uma cadência menor, mas com balas mais poderosas, como bazucas e snipers.

Claro que essa é uma escolha de combate pessoal, mas vai ficar à gosto do freguês a combinação que melhor lhe convém. Como já disse, aconselho que o jogador faça testes e veja o que se encaixa melhor com seu estilo de combate.

E além das armas de fogo, há também lasers, escudos, armas especiais e armas brancas e junto delas há as armas de ombro e auxiliares, essas terão menos relevância aqui pois serão melhor exploradas nas fases mais avançadas da jogatina. Não são importantes ao jogador iniciante.

Quanto às armaduras, elas também caem na descrição de preocupações que o jogador terá mais adiante na jogatina, mas já deixo o meu aviso que as partes dos Arsenals são caras e será preciso realizar missões extras para garantir que seu robô ficará tunado para aguentar as missões mais cascudas.

Não dependa dos seus companheiros de equipe

O jogador pode acabar iludido em sua primeira missão ao ser resgatado por outros mercenários (comandados pela inteligência artificial do jogo) e pensar que em todas as missões os coleguinhas irão ser um auxílio para momentos difíceis.

Saiba que isso é uma perfeita ilusão. Depois de poucas missões você verá que, por mais que os colegas sejam descritos como poderosos e grandes mercenários, o trabalho real será apenas seu.
Os robôs aliados controlados por personagens do jogo têm pouca participação para nenhuma durante batalha, servem para matar inimigos menores e ajudar distraindo outros robôs. Em batalhas contra chefes, a preocupação será única e exclusivamente sua.

Seja observador e resiliente

Sim, isso ficou mais parecendo frase de efeito motivacional. Mas entenda, há muitos inimigos nesse game, e os chefões e outros mercenários conseguem tirar o seu couro em poucos segundos. É preciso se adequar a eles e, muitas vezes, o seu Arsenal não estava preparado para essas batalhas de início, assim como você não estava.

Portanto recomendo que não somente prepare os seus armamentos que se adequam melhor à estratégia aplicada àquela missão, mas invista em estratégias variadas para derrotar o inimigo, pois há diversos fatores que mudam as condições de batalha como o tipo de inimigo, as suas fraquezas e o cenário onde a batalha está acontecendo.
Por exemplo, há batalhas contra Immortals, que são os inimigos mais comuns, e que são máquinas corrompidas e prontas para matar os seres humanos. Em geral, as batalhas com elas são mais simples, mas, quando aparecem Immortals com corpos de Arsenals, a coisa muda muito de perspectiva, pois elas se tornam mais rápidas e com poder de fogo mais poderoso.

E também haverá batalhas contra outros mercenários em seus respectivos Arsenals, essas batalhas tendem a ser mais cascudas do que as contra Immortals, pois o poder de fogo é maior e a dificuldade também. Por isso manter a mesma estratégia pode não ser a melhor escolha.

O jogo é ciente das necessidades de variação dos robôs, por isso é possível montar diversas versões do seu Arsenal e carregá-las quando encontrar uma missão que melhor se encaixar na estratégia escolhida. São dez espaços disponíveis para arquivar as suas melhores combinações.

Fique atento ao mapa

O game possui um pequeno mapa, estilo bússola, que fica no canto superior direito da tela. Esse visor irá lhe ajudar não somente a se locomover durante a batalha, mas também servirá como guia para localizar hordas de Immortals, encontrar os inimigos que estão ao seu redor — esses são marcados de vermelho no mapa —, assim como itens e campos com alta densidade de partículas de Femto.

E, por falar em itens, o jogador poderá encontrar dois tipos de itens que são de suma importância dentro e fora de batalha. Logo na primeira batalha o jogador vai notar que muitos dos inimigos menos poderosos, quando destruídos, deixam um rastro colorido. Esse rastro nada mais é que armamento, que pode ser recolhido para aumentar o número de balas disponível para o jogador.

E o segundo, e não menos importante, são os “cadáveres” de robôs, que podem ser tanto de Immortals quanto de Arsenals de outros mercenários. Essas carcaças podem ser recolhidas pelo jogador e suas peças reaproveitadas para realizar upgrades no seu Arsenal. Portanto, fique de olho.

Espero que essas dicas possam lhe ajudar em suas primeiras batalhas, tenho certeza que você conseguirá se sobressair e se tornar um bom mercenário e salvar a civilização dos Immortals.

Saquear sempre arsenais abatidos

A personalização é o pão com manteiga do Daemon X Machina, e você obviamente desejará o maior número possível de opções.

Por causa disso, você deve sempre procurar em todos os Arsenal inimigos que você abater, pois cada um pode lhe dar uma nova arma ou peça de armadura valiosa.

Os arsenais do inimigo caído aparecem no seu mapa como um ícone de triângulo vermelho com um ponto de exclamação, e tudo o que você precisa fazer é caminhar até ele e pressionar A e, em seguida, escolher qual você deseja.

Esta é a principal maneira de obter novas armas, e se você estiver pesquisando em cada uma delas, mantém um bom ciclo de aprimoramento do Arsenal.

Além disso, se você ficar sem munição durante uma missão, poderá ejetar sua arma atual e instantaneamente pegar uma arma de um arsenal inimigo e usá-la.

Faça uso de todas as suas habilidades

Você tem muitas armas para usar no Daemon X Machina, mas isso não é tudo o que você pode fazer. No mundo de Daemon X Machina, uma partícula poderosa chamada Femto dá ao seu Arsenal habilidades especiais.

O primeiro deles é o Femto Armaments, que permite aumentar determinados parâmetros do seu Arsenal. Ao pressionar para cima e para baixo no d-pad, você pode alternar entre eles, e cada um deles usa um pouco do seu medidor Femto e tem um tempo de recarga.

O assalto envolve o Femto em torno de seus braços e aumenta o dano da arma, Wing cria asas Femto e aumenta seu movimento e aumenta a velocidade, e Shield cria um escudo Femto que bloqueia o dano.

Você pode usá-los para se adaptar à situação conforme necessário, juntamente com a quarta habilidade, Mirage.

Ao clicar no manípulo direito, você pode convocar um dobro do seu Arsenal que atacará os inimigos por conta própria, drenando constantemente o seu medidor Femto.

Isso pode ser útil quando você estiver em menor número e precisar de uma mão amiga, mas é na combinação de todas essas quatro habilidades que você realmente terá sucesso em combate.

Não se concentre apenas em suas armas e esqueça o Femto, e não esqueça que você tem tantas opções em cima disso.

Preste atenção quando o inimigo ficar sem energia

Lutar contra grunhidos inimigos não é um grande problema no Daemon X Machina, mas os Arsenais inimigos, por outro lado, é uma história diferente. Considerando que eles têm a mesma mobilidade e velocidade que você, eles podem ser difíceis de definir, mas há um truque aqui.

Os inimigos ficarão sem Stamina depois de aumentarem como você, o que significa que eles não serão capazes de se movimentar muito.

Quando um inimigo ficar sem Stamina, você verá um aviso de “STM Empty” acima deles. Assim que você vir essa carga e causar o máximo de dano possível.

É muito mais fácil danificar os inimigos durante esse período; portanto, preste atenção e aproveite, especialmente durante algumas das batalhas mais difíceis.

Você pode desenvolver armas e armaduras mais poderosas no console

Enquanto pesquisar Arsenais inimigos é a sua principal maneira de obter novos equipamentos, você pode realmente desenvolver armas mais poderosas na Fábrica.

Para fazer isso, vá para o console no Hangar principal e selecione Fábrica e desenvolvimento de equipamentos. O problema, porém, é que, para desenvolver algo, você precisa de uma arma ou peça de armadura específica para servir de base, além de dinheiro.

Por exemplo, para desenvolver o fuzil de assalto Grim Reaper II, você precisa do Grim Reaper. Então, para desenvolver o Grim Reaper III, você precisa do Grim Reaper II.

Basicamente, a Fábrica é a sua maneira de desenvolver armas e armaduras de nível superior, enquanto procurar nos inimigos é a maneira de obter o equipamento básico que você precisa.

À medida que avança no Daemon X Machina, certifique-se de usar a Fábrica.

Aceite missões gratuitas para misturar coisas e ganhar dinheiro

As Missões de Oferta servem como as missões da história principal do Daemon X Machina, mas você tem uma grande variedade de outras missões para realizar na categoria Missões Livres.

Por um lado, a conclusão de Missões Livres renderá mais dinheiro para você gastar, bem como o potencial de ganhar novas armas ao derrotar Arsenais.

Por outro lado, essas Missões Livres podem fornecer uma variação agradável à sua experiência com missões únicas, como pilotar um dos gigantes arsenais dos chefes imortais ou coletar dados espalhados por um mapa.

As recompensas valem a pena e as missões posteriores podem ser seriamente desafiadoras.

Mantenha sua distância (ideal) para maximizar os danos

Se você mergulhar nas estatísticas do seu Arsenal, encontrará muitas informações que o jogo não explica. Um dos mais importantes, porém, é o alcance eficaz e ideal das suas armas. O alcance efetivo dos detalhes da sua arma a que distância sua arma causará dano. Enquanto isso, o alcance ideal descreve a distância ideal do seu alvo para obter o máximo de dano.

Para encontrar esses intervalos, você precisará examinar as estatísticas de suas armas antes da batalha. Na batalha, sua distância a um alvo está localizada embaixo do nome, e você deve ver uma diferença clara e dramática no dano da batalha ao atacar a partir do alcance ideal.

Você precisa terminar a campanha para repetir as missões da história

Daemon X Machina oferece uma tonelada de missões para você completar. No entanto, as missões completas da história só podem ser reproduzidas após o término da campanha. Durante a campanha, você encontrará missões de história com objetivos opcionais secretos que permanecem um mistério até que você os conclua incidentalmente. Não se preocupe em encontrá-los e completá-los pela primeira vez. Você pode voltar depois de vencer a campanha e descobri-la no seu próprio ritmo.

Também vale a pena saber que o jogo parece alegar que Missões Livres vão e vêm com base na disponibilidade dos outros mercenários; no entanto, acho que nunca perdi a capacidade de jogar um. Os parceiros mercenários que se juntam a você nessas missões podem mudar com o tempo, mas não posso dizer que já fui trancado.

Barreiras amarelas trazem perigo, e barreiras vermelhas trazem morte

Cada missão é confinada a uma área específica no mapa. Você saberá que está próximo do limite quando começar a ver barreiras. A primeira barreira que você verá é amarela, acionando um aviso de área. Você tem 20 segundos generosos para retornar à área da missão, ou então você explode imediatamente.

A barreira externa é vermelha e é com essa que você realmente deseja ter cuidado. Atravessar essa barreira, mesmo que por um momento, resulta em morte instantânea. Embora você nunca deva se aproximar de maneira independente, é inteiramente possível que um inimigo possa derrubá-lo.

Essas barreiras também podem ser vistas no minimapa, desde que você esteja próximo o suficiente. Embora eu não me lembre de ter tido um problema ao ver a barreira vermelha no mapa, geralmente a amarela parece se perder entre os outros recursos do mapa, então sua melhor aposta seria procurá-la no próprio ambiente.

Há duas maneiras de aumentar sua coleção de peças do Arsenal.

A primeira maneira de acumular peças é saquear itens do campo de batalha. Sempre que você encontrar um Arsenal inimigo abatido (seja AI ou mercenário oponente), você pode pegar um item dele. Se você tiver o espaço aberto correspondente no seu equipamento, você o equipará imediatamente; caso contrário, ele será enviado ao seu inventário base. O que não está claro é que alguns itens aparecem com texto em branco, enquanto outros aparecem com texto em amarelo. A diferença é que itens amarelos são aqueles que você nunca teve. Portanto, se você deseja concluir sua coleção de peças, escolha as amarelas.

A outra maneira principal de obter novas peças é desenvolvê-las na fábrica. O desenvolvimento de uma nova peça requer não apenas créditos, mas também uma peça específica existente. Você pode desenvolver vários itens ao mesmo tempo. Uma vez em desenvolvimento, você terá que concluir com êxito uma missão (qualquer missão) e depois retornar à fábrica para reivindicar os itens. Então escolha uma missão fácil, dê um chute na cauda e volte e aproveite sua recompensa!

Você pode personalizar completamente seu HUD.

Como um jogo mecânico, uma das características que definem o Daemon X Machina é a capacidade de personalizar completamente o seu Arsenal. Essa personalização não se limita apenas ao seu Arsenal. Se você der uma olhada nas opções do jogo, verá que pode personalizar completamente seu HUD.

Cada componente individual do HUD pode ser movido, redimensionado ou completamente excluído. Não gosta da sua saúde na parte superior da tela? Mova para o fundo. Minimapa muito grande? Encolha. Não gosta dos avisos que surgem quando você está com a saúde baixa? Desligue-os completamente. Embora eu pessoalmente não tenha tido problemas com o HUD padrão, acho que a quantidade de controle que você tem sobre a personalização é incrivelmente legal.

Uma missão pode ser concluída de várias maneiras.

Há pelo menos uma missão, se não mais, que pode ser concluída de duas maneiras diferentes. Não vou estragar qual missão é ou o que você precisa fazer para conseguir a outra, mas os resultados foram radicalmente diferentes. Um caminho ofereceu uma longa cena, fornecendo uma tonelada de informações da história, enquanto o outro caminho levou a uma brutal luta contra três arsenais por mim mesmo e apenas pulou o material da história. Essa é a única missão que conheço que permite que você faça isso, mas fique de olho em mais dessas oportunidades.

Referências:

Twin Finite, Nintendo Enthusiast, Nintendo Blast, wikipedia.

Wargroove

Wargroove é um jogo eletrônico de estratégia por turnos desenvolvido e publicado pela Chucklefish Games. Ele foi lançado para Microsoft Windows, Nintendo Switch e Xbox One em 1 de fevereiro de 2019, com uma versão para PlayStation 4 previsto para ser lançado em uma data posterior.

Jogabilidade

Wargroove é um jogo eletrônico de estratégia por turnos no qual os jogadores exploram mapas e inimigos de batalha. Os jogadores podem escolher assumir o controle de um dos doze comandantes, cada um com sua própria campanha, motivações e personalidade.

O jogo suporta multijogador local e online, incluindo jogador contra jogador e modo cooperativo. O jogo apresenta ferramentas de edição de campanha que permitem aos jogadores criar seus próprios mapas. Há também um editor do mundo superior para conectar diferentes missões; Isso permite que o jogador crie caminhos de ramificação e defina missões para desbloquear sob certas condições.

Foco em obter acessos críticos

Cada unidade em Wargroove tem a capacidade de atingir um acerto crítico, que causa um dano massivo. Se você usar essa habilidade, a maioria das unidades poderá derrotar certos inimigos em um único golpe. Porém, nem todas as unidades são iguais. Cada um tem requisitos diferentes para executar um ataque crítico.

Por exemplo, espadachins só podem fazer um ataque crítico se o comandante estiver diretamente ao lado deles. O trebuchet de longo alcance tem um pré-requisito mais difícil: ele precisa atacar um alvo no alcance máximo para atingir o mais forte.

Nosso melhor conselho para aprender todas essas condições é entrar no códice do jogo e ler sobre cada unidade. Cada membro do seu exército tem várias páginas de informações que explicam seus papéis-chave na batalha, estatísticas sobre o desempenho em relação a outras unidades e, mais importante, uma representação visual e escrita sobre como executar o ataque crítico.

Ataques críticos são essenciais para fazer um trabalho rápido de seus inimigos.

Unidades de escolha

Embora ataques críticos sejam a maneira mais forte de causar dano, você pode executar abates com um único golpe se atacar o tipo certo de inimigo.

Cada unidade do jogo é forte e fraca contra uma variedade de outros tipos de inimigos. A chave para manter seu exército vivo e derrotar seu inimigo rapidamente é combater as unidades de picking. Escolher soldados que tenham vantagens naturais contra qualquer coisa que seu inimigo tenha é essencial para sobreviver em Wargroove .

É fácil descobrir quais unidades escolher a qualquer momento. Ao acessar o painel de informações de uma unidade no campo de batalha, você verá um gráfico completo de informações. Na parte inferior de cada painel, há uma lista de suas vantagens e desvantagens em relação a todas as unidades possíveis. Embora essas informações não estejam especificadas em texto simples, você pode confiar nos recursos visuais para fazer suas escolhas.

Em cada lista, você verá um pequeno ícone que representa unidades diferentes. A lista “eficaz” mostra unidades fracas em relação à unidade que você está vendo, enquanto a lista “vulnerável” mostra unidades que têm uma vantagem em relação a essa unidade. Infelizmente, esta lista conta com pequenos ícones para exibir todas essas informações úteis. Uma atualização futura que facilite a compreensão deste gráfico pode estar chegando em breve, de acordo com o desenvolvedor do jogo .

Use essas informações para escolher quais soldados levar para a batalha. Sempre que seu inimigo convocar novas unidades, verifique imediatamente a tabela de vantagens e desvantagens para que você possa convocar as melhores unidades no próximo turno.

Isso é muito mais fácil no modo história, onde o comandante inimigo sempre escolhe uma certa seleção de unidades. Nos modos arcade e competitivo, isso será mais desafiador, mas, desde que você empilhe as probabilidades a seu favor pela contra-escolha, suas unidades terão uma chance de lutar. Se você fizer as escolhas certas e usar bem seus ataques críticos, poderá derrotar unidades em um ataque.

Use seus comandantes adequadamente

Em todas as batalhas que você joga em Wargroove , você controla um dos mais de 12 comandantes do jogo. Cada um atinge mais do que sua unidade média e tem mais saúde. Mas é o seu talento especial – ou Groove – que torna cada um único.

Depois de participar do combate por um tempo, cada comandante pode liberar sua habilidade especial. Alguns comandantes têm a capacidade de dizimar seus inimigos, enquanto outros podem curar suas unidades ou controlar o campo de batalha. Compreender como cada habilidade pode inclinar a balança é fundamental para dominar o estilo de jogo de cada comandante.

Mércia, a personagem principal do jogo, tem uma capacidade de cura que cobre uma vasta área. Se você a cercar com espadachins que ganham a capacidade de realizar ataques críticos se estiverem ao lado dela, ela pode curar alguns deles em um único turno quando sua habilidade especial estiver pronta. Seu talento a ajuda a permanecer no meio da batalha com suas unidades, tornando-a tão essencial para as tropas da linha de frente quanto o resto de seu exército. Por outro lado, comandantes como Greenfinger podem derrubar várias vinhas no campo de batalha, tornando-o um especialista em manter o inimigo à distância e usar unidades de longo alcance.

Pular para o códice fornecerá estratégias curtas para cada comandante. Nas várias páginas que detalham seus estilos de histórico e de batalha, você terá uma ideia de como usar cada uma de suas habilidades especiais com visualizações animadas delas em ação. Lembre-se disso quando escolher comandantes para os modos arcade e competitivo. Embora cada comandante tenha acesso às mesmas unidades, embora com designs diferentes, seus talentos especiais fazem com que se sintam únicos.

Controlando aldeas

Wargroove é tanto sobre combate quanto sobre gerenciamento de recursos. Em cada campo de batalha, espalhados entre as estradas, rios e montanhas, existem várias aldeias.

Capturar uma vila tem dois benefícios: As unidades podem curar em suas aldeias controladas e, a cada turno, cada vila que você controla oferece 100 de ouro.

Você precisará de ouro para convocar unidades, e controlar aldeias é a única maneira de conquistá-lo. Lembre-se de que quanto mais você controla, mais dinheiro ganha por turno. Você pode usar esse dinheiro para convocar mais unidades rapidamente ou obter acesso a unidades mais caras mais cedo do que faria normalmente.

Um dos seus principais objetivos para capturar essas aldeias rapidamente, mas você também deve estar ciente de que pode assumir o controle de qualquer aldeia que seu inimigo controle.

As aldeias capturadas agem como unidades, na medida em que podem contra-atacar quando uma unidade as atinge. No entanto, uma vez que uma vila é derrotada, ela se torna neutra e você pode capturá-la. Essa nova vila não apenas oferece mais 100 ouro por turno, mas seu inimigo não ganhará mais recursos dessa vila. Sugar todos os recursos do seu inimigo os colocará em séria desvantagem. Em breve, você poderá ter mais unidades no campo de batalha do que elas podem pagar.

Um dos aspectos mais interessantes de Wargroove é que não há vantagens ou desvantagens claras no início de cada luta. Cabe aos jogadores balançar a balança a seu favor usando uma mistura de ataques críticos, desvantagens de unidade e gerenciamento de recursos. Implementar todas essas estratégias em conjunto – enquanto tira proveito da habilidade especial de cada comandante – é importante para ter sucesso no Wargroove . Se você estiver se sentindo preso em uma missão de campanha ou lutando em uma batalha de arcade, volte para o básico. Depois de dominá-los, não deve haver uma batalha muito difícil de vencer.

Tem dinheiro? Gaste

Não faz sentido acumular dinheiro na Wargroove. Este é um jogo em que você precisa produzir unidades constantemente, pois se concentra em aumentar os números e as probabilidades para estar a seu favor. Mesmo que sejam meros grunhidos, você precisa dessa presença de tropas no campo de batalha, por uma boa razão …

Forragem de canhão

Sim, não se apegue a esses caras. Embora Wargroove tenha uma seleção justa de unidades exóticas, elas são caras e podem ficar impressionadas se forem esquecidas. Lembre-se, suas tropas terrestres estão lá para absorver danos e desviar o caminho da oposição. Eles são o posto que existe para ser seu escudo contra o inimigo, enquanto você posiciona unidades mais valiosas e poderosas atrás deles e prepara um contra-ataque. É estranho quando você pensa que a ideia de Zapp Brannigan de superar a munição inimiga realmente tem algum mérito em Wargroove.

Não faça em vão seus sacrifícios.

Misture!

Lembre-se, nenhuma unidade é a chave da vitória em Wargroove. O spam de um único tipo de infantaria ou artilharia abre seu exército a um ataque de unidades especializadas em interromper suas habilidades. Assim como qualquer outro jogo de estratégia que se preze, os melhores exércitos têm uma mistura de unidades. Soldados para manter a linha de frente, cavaleiros para reforçar e guardas florestais para aproveitar o bloqueio para ajudar a reduzir o lado oposto para baixo enquanto você move seus soldados para a matança.

Você também vai querer manter alguns xamãs à mão, não apenas por seu ataque antiaéreo, mas também por uma habilidade de cura útil que pode ser o fator decisivo entre vitória e derrota. Cada unidade tem um papel a desempenhar, com a soma de suas partes criando uma força assustadora.

Às vezes, a defesa é melhor que o ataque

Existe uma configuração de contrapartida para Wargroove: quando você ataca com um esquadrão, corre o risco de diminuir a capacidade de combate dessa tropa. Quando você coloca um esquadrão de força total contra outro, pode facilmente perder de 30 a 40% do poder da sua unidade nessa carga inicial. Entre os confrontos mais altos e mais baixos, esse risco pode ser maior ou menor.

Então, o que você faz com uma unidade que está doendo e pode ser nocauteada em um único ataque? Acredite ou não, eles ainda são incrivelmente úteis, como barreiras únicas entre você e o inimigo. Um sacrifício que pode ser movido pelo mapa, a última posição que uma unidade danificada pode oferecer tem o potencial de criar uma lacuna que o ajudará a longo prazo.

Em frente

Se você acha que Wargroove é o tipo de jogo em que você pode sentar e bombear algumas unidades antes de enviar uma grande força para a batalha, então você está tristemente enganado. Wargroove favorece os arrojados, pois todo o núcleo do jogo gira em torno de um cabo de guerra em qualquer mapa. Quanto mais território você controlar, mais oportunidades terá para estabelecer sua cabeça de praia e mantê-la constantemente reforçada, pegando o bloco de mapa por bloco sangrento à medida que avança para demolir uma fortaleza inimiga.

Vê um prédio? Pegue!

Ligando-se ao ponto acima, um dos seus principais pontos de foco no Wargroove deve estar na aquisição de edifícios. Você não apenas recebe um aumento extra de recursos, mas também um bastião temporário que pode combater os invasores. Os edifícios, uma vez capturados, são essencialmente unidades imóveis que exigem algum sacrifício de unidade para assumir o controle.

Mais do que isso, você não pode estacionar uma unidade em cima deles para interromper sua produção de receita, enquanto que, na verdade, ter alguns desses edifícios significa que você pode reforçar suas unidades em direção a limites mais altos de saúde, se tiver dinheiro. Isso também vale para os edifícios de produção de tropas, pois sua captura é essencial para criar linhas de suprimentos que podem fazer ou quebrar um mapa para você.

Não tenha medo de usar seus heróis

Embora não sejam indestrutíveis, os heróis de Wargroove ainda são mais do que capazes de causar um tremendo dano à oposição. Enquanto uma carga imprudente da brigada da luz pode matar um jogo, você deve dizer que a queda dos heróis, quando usados ​​corretamente, esses líderes do campo de batalha são forças a serem consideradas. Eles podem ser o fator decisivo para quebrar um impasse, um aríete que pode absorver punições e aumentar suas tropas com seus Wargrooves.

Usar cada um desses Wargrooves corretamente em uníssono com seu exército é a chave para a vitória. A festança de escudos de Ragna pode dizimar a saúde das tropas inimigas, Mércia pode dar um segundo tiro no seu exército e Valder é capaz de enviar spam para o campo de batalha com lacaios que podem bloquear rotas. Encontrar o herói, estratégia e caminho certos depende de você.

Verifique o alcance de ataque do seu inimigo antes de se mudar

Uma das estratégias mais básicas do Wargroove e uma informação incrivelmente importante. Selecione uma unidade inimiga e você verá seu alcance de movimento / ataque. Em Wargroove , quase nunca é uma boa ideia rebater ataques, a menos que você tenha forragem e apoio para canhão. Você deve sempre querer atacar primeiro e sacrificar apenas bucha de canhão para proteger suas melhores unidades. Sempre verifique o alcance do movimento do inimigo e deixe-o chegar até você.

Capture tudo o mais rápido possível para obter o máximo de ouro

Capturar aldeias é a única maneira de ganhar ouro, e o ouro é o que financia seu exército. Você precisará de um suprimento constante, portanto o primeiro objetivo de qualquer missão é capturar o maior número possível de aldeias. Vale a pena construir soldados forradores de canhão (100 Gold) e enviá-los para agarrar aldeias distantes, mesmo enquanto você estiver ocupado engajando uma grande força em outro lugar.

Melhor ainda, o inimigo adora atacar aldeias. Eles serão distraídos pelas aldeias e frequentemente os atacarão em vez de suas unidades. Aldeias ganham 10% de vida a cada turno, e aldeias podem ser usadas para reforçar suas tropas – curando-as se sofrerem perdas em troca de moedas / HP da aldeia.

Vagões são incrivelmente úteis | Transporte e bloqueio

Os vagões são uma das unidades mais úteis do jogo. Faz sentido construir um vagão muito cedo na maioria das batalhas – eles não apenas podem transportar tropas da sua base inicial para as linhas de frente rapidamente, mas também podem servir como uma unidade de bloqueio útil. Os vagões são muito rápidos e, se sofrerem danos, não perderão a funcionalidade como outras unidades. Até um vagão danificado pode se mover rapidamente e transportar tropas.

Os vagões podem transformar um exército lento em uma força de captura louca e rápida. Envie seu comandante direto para os quartéis distantes para uma captura rápida para ganhar terreno imediatamente em um oponente. Você pode até enviar uma força de ataque furtivo de lanceiros diretamente para uma fortaleza inimiga para um poderoso ataque crítico.

Cada unidade tem uma força, fraqueza e crítica

Eu continuo falando sobre ataques críticos – deixe-me explicar. Ataques críticos são ataques especiais com danos aprimorados que cada unidade pode realizar. Cada unidade deve atender a requisitos específicos para desencadear seus ataques atualizados. Por exemplo, a Cavalaria deve atacar unidades a 6 espaços de distância. A infantaria precisa estar adjacente a um comandante. Os lanceiros precisam estar adjacentes a outra unidade dos lanceiros. Trebuchets precisam atacar a partir do alcance máximo. Cada unidade tem um ataque crítico mortal, e cabe a você aprendê-las.

Florestas e montanhas são boas para defesa, mas o bônus diminui

Mover-se para certas peças aumentará ou diminuirá sua defesa. A água diminuirá sua defesa em -2 (-20%), enquanto as montanhas aumentam a defesa em +4 (+ 40%). As montanhas são difíceis de percorrer, mas oferecem excelente defesa para suas unidades. O problema é que, quanto mais fracas forem suas unidades, menos bônus defensivo você terá. Se a sua unidade estiver com 40% ou menos de sua saúde, eles registrarão um benefício muito menor com a defesa na floresta ou nas montanhas.

Ataques são apenas um pouco aleatórios | Deslocamento de 5%

Aqui está algo que o jogo realmente não explica. Todos os ataques são um pouco aleatórios . Antes de atacar uma unidade inimiga, você verá quanto dano é projetado para causar ao inimigo. Esse número é bastante preciso, mas é um pouco aleatório; o número pode mudar para cima ou para baixo.

Por exemplo, se você causar 65% de dano a um alvo – o dano real que você causar pode ser tão baixo quanto 60% ou tão alto quanto 70%. É uma pequena diferença que pode mudar tudo na batalha.

Os cães são escuteiros úteis – eles podem ver através das árvores!

Os cães não são apenas fofos, são batedores úteis. Em uma missão inicial, você é instruído a usar batedores para enxergar através do nevoeiro. Isso não é exatamente preciso. Cães e outros personagens têm linhas de visão muito semelhantes – mas os cães têm uma vantagem sobre qualquer outra unidade nos mapas nebulosos. Os cães podem “ver” através das árvores, localizando inimigos escondidos na floresta.

Os cães também são bastante úteis contra inimigos inimigos nos pés. Soldados, lanceiros, arqueiros e muito mais são bastante vulneráveis ​​à mordida de um cachorro. E os cães funcionam melhor quando têm inimigos cercados por mais cães.

Proteja suas unidades principais | Cavalaria, Magos, Trebuchets e mais

Algumas unidades são completamente dispensáveis. Você aprenderá rapidamente que lanceiros, infantaria e tropas mais baratas e fáceis de produzir não vão vencer nenhuma batalha. Não, você precisa de unidades que lhe proporcionem uma vantagem tática em combate. Estas são as suas unidades “centrais”, as unidades mais úteis que o ajudarão a vencer uma luta. O truque é usar essas unidades com sabedoria, preparar seus ataques críticos e dar o golpe final. Use unidades de forragem de canhão para proteger essas unidades!

As unidades principais incluem: Comandante, Arqueiros, Cavalaria, Magos, Trebuchets, Balista e Aeronautas.

As unidades principais são as unidades mais importantes do seu exército. Inevitavelmente, essas unidades serão derrotadas, mas elas são realmente verdadeiras quando se trata de vitória.

Referências:

Game Ranx, Critical Hit, Polygon, Wikipedia.

John Wick Hex

John Wick Hex é um videogame de estratégia e ação baseado nafranquia John Wick. Foi lançado em 8 de outubro de 2019 para Microsoft Windows e macOS. Aporta PlayStation 4 do jogo, lançada em 5 de maio de 2020. O jogo foi desenvolvido pelo estúdio britânico Bithell Games e é distribuído pela Good Shepherd Entertainment. O jogo serve como um prequel narrativo para a série de filmes. 

Gameplay

John Wick Hex é um jogo de estratégia da linha do tempo com elementos de gerenciamento de recursos, onde o jogador manobra o personagem titular através de um nível em uma grade baseada em hexadecimal, usando vários movimentos e ações para derrotar os inimigos e evitar ser atingido por seus inimigos.

Para o jogador, as ações de John Wick e dos inimigos visíveis são mostradas em uma linha do tempo semelhante às usadas no software de edição de vídeo , com ações que levam diferentes períodos de tempo. O jogador carrega comandos para John Wick seguir nesta linha do tempo, e o jogo será interrompido se o jogador não tiver adicionado mais ações à linha do tempo. Essas ações podem ser sobre ganhar uma posição melhor para disparar, tomar uma postura melhor que melhore as chances de John Wick de acertar, ou tomar ações defensivas e melhor cobertura dos inimigos.

Os jogadores também devem levar em consideração a munição limitada que John Wick possui, por exemplo, 15 balas na pistola, porque uma vez que o jogador recarrega sua arma, o jogador perde todas as balas deixadas na revista da arma. No entanto, John Wick é capaz de pegar armas dos inimigos, mas isso leva um tempo precioso, o que exige que o jogador pense em todas as ações possíveis antes de ser baleado pelos inimigos. Um fato interessante é que toda vez que um jogador escolhe atirar, John Wick dispara duas rodadas contra seu inimigo, porque John Wick bate duas vezes nos inimigos nos filmes. 

Inicialmente, o nível é coberto por um tipo de névoa de guerra que é revelada à medida que o jogador move John Wick ainda mais no nível. O jogo foi descrito como uma combinação de jogos táticos, como o X-COM, combinados com a rápida tomada de decisão do Superhot. Na conclusão de um nível, o jogo pode reproduzir uma repetição dos movimentos, sem esperar por nenhuma entrada do usuário, imitando um pouco da fluidez das cenas de ação dos filmes de John Wick.

Tempo é tudo

Há uma linha do tempo na parte superior da tela. O mais alto (ou o único se não houver inimigos por perto) é o de John. Quando você está pensando em sua próxima opção, a opção que você está passando o mouse e o tempo que leva para aparecer aparecem na linha do tempo de John. Por exemplo, mover um hexágono leva 0,4 segundos, e socar alguém leva 1,5 segundos.

O cartão que aparece quando você passa o mouse sobre uma ação mostra as etapas envolvidas. (O movimento não possui um cartão, apenas aparece na linha do tempo.)

A maioria das coisas exige preparação – como apontar ou terminar para dar um soco. Essa é a barra cinza-branca. A ação em si – socar ou atirar – é a barra rosa.

Interrompa seus inimigos com tempo cuidadoso

A maioria dos inimigos (todos, exceto os chefes) serão interrompidos se você os acertar com um ataque antes que eles o acertem – e John tende a ser mais rápido que seus inimigos. Geralmente, esse é o seu caminho para evitar danos.

Na imagem acima, John e seu inimigo estão planejando atirar um no outro. Você pode ver quanto tempo cada um deles levará para apontar e, em seguida, disparar em suas respectivas linhas de tempo. Mas como John atira primeiro, seu golpe (com sorte) bem-sucedido interrompe o inimigo, e o inimigo não consegue atacar.

Greves e remoções adicionam um elemento extra aos seus cálculos de tempo. Ambos atordoam seus inimigos por um período de tempo. Isso é indicado por um ícone de círculo de seis pontos e uma linha do tempo diagonalmente cortada. Durante esse período, esse inimigo não age, e você pode atacar um pouco mais livremente, mover-se ou voltar sua atenção para outra pessoa.

Parry também é útil para interromper (e apenas interromper) inimigos com os quais você está envolvido. É um ataque rápido, o que significa que você pode obtê-lo com frequência antes que um ataque chegue, mas não causa nenhum dano. Pare para interromper (e impedir) ataques e redefinir a linha do tempo de um inimigo para que você possa atacar primeiro, mas lembre-se de que não os matará com um desvio.

Linhas de visão também são tudo

A outra maneira de interromper (ou impedir) ataques é quebrar a linha de visão. Você não precisa calcular nada aqui – o nevoeiro de guerra do jogo deixa muito claro o que é visível para John.

Já que John leva apenas 0,4 segundos para mover um feitiço, e geralmente leva os inimigos a maior parte de um segundo para mirar, John pode se esconder atrás de algo para evitar danos.

Faça isso frequentemente. Mas tenha cuidado ao fazê-lo – você não terá certeza de que quebrou a linha de visão até que John termine de se mover. Mova e gire a câmera para ter certeza de que está se movendo da maneira certa e longe o suficiente.

Quebrar a linha de visão também redefine a ação de mira do inimigo. Portanto, se alguém está mirando em você e você não tem tempo para interromper, se esconda atrás de algo e saia imediatamente. A mira rápida de John (com a maioria das armas – veja abaixo) geralmente permite que você ataque antes de ser atingido.

Troque armas frequentemente

No início de cada local, John começa com sua pistola personalizada, 15 balas e um clipe extra (mais 15 balas após a recarga). Não há munição adicional para pegar, então você não terá escolha a não ser trocá-lo por outra arma.

Todas as outras armas que você carrega possuem uma arma que você pega de inimigos mortos. Quando você mata alguém, eles largam qualquer arma que estejam segurando (mais sobre isso abaixo) em um hexágono adjacente. Quando você fica nesse hexágono, você pode pegar a arma (mas leva tempo).

O número de tiros que cada arma tem aparece ao lado do ícone da arma. Basicamente, pense nisso como recarregar – você está apenas trocando armas.

Toda arma se comporta de maneira diferente

Toda arma dispara balas, de modo que a parte é sempre a mesma. Mas cada arma leva um tempo diferente para mirar (e qualquer outra coisa que aconteça entre o disparo) e dispara um número diferente de balas. Pense nisso como o período em que você está se comprometendo a filmar.

Você pode ver isso nas linhas do tempo e nos cartões de ação. O tempo de mira é listado primeiro – o branco-acinzentado 0,9 na imagem acima – e a quantidade de tempo que você gastará pressionando o gatilho (e quanta munição usará) são os números rosa subsequentes – cinco disparos em 0,2 segundos e mais um em 0,3 segundos.

Esta é uma consideração muito importante. Pegar o revólver de alto dano é tentador até você aprender que leva 1,6 segundos para mirar – dando aos inimigos muito tempo para atacá-lo primeiro. O rifle de assalto é rápido na mira, mas você dispara seis balas de cada vez, comendo sua revista e cada uma dessas fotos leva 0,2 segundos – o que significa que você gastará mais de 2 segundos em sua ação de tiro.

A pistola personalizada e as automáticas de 9 mm são as opções mais seguras. Eles são rápidos em apontar e disparam apenas dois tiros. Eles também são muito comuns em seus inimigos.

Jogue as probabilidades

Toda ação tem chance de ser atingida com sucesso. Você pode ver a probabilidade de aterrar seus vários ataques ao clicar em um inimigo. Coisas como a sua postura, se o inimigo está se movendo, e a distância deles de John afeta essa porcentagem.

Isso é importante por dois motivos ou considerações:

Seus ataques precisam ter sucesso para interromper seus inimigos (e impedir que eles o atacem).

Munição é preciosa. Não desperdice sua munição em um tiro de 40% e não confie em um tiro de 60% para interromper um ataque recebido.

É aqui que ataques, quedas e arremessos são úteis. Eles não apenas preservam sua munição preciosa, mas também têm (geralmente) 100% de chance de acertar.

Derrote inimigos com armas primeiro

Quando John avistar um novo inimigo e você clicar neles, verá suas estatísticas e armas. Leve tudo em consideração e pense agora em como esse inimigo atacará.

Por exemplo, lutadores corpo a corpo não podem atirar em você à distância, então eles são perigosos de perto, e alguém com uma espingarda ou revólver precisará de muito tempo para mirar.

Use isso para priorizar seus alvos – e decida com quem você deve quebrar a linha de visão. Um inimigo com uma arma (tentará) atirar em você assim que o ver, mas um brigão terá que se aproximar.

Use quedas e empurrões para sair da vista

Ataques como queda e empurrão terminam com John em um hex diferente do que ele começou. Use isso para sua vantagem. Você pode empurrar os inimigos enquanto se afasta de alguém mirando em você ou sair das quedas para se esconder.

Planeje com antecedência, mas seja flexível

Tudo o que dissemos até agora enfatiza ser metódico e planejar com antecedência – e esse é um bom conselho. Mas seu plano não vai durar muito tempo em um tiroteio. Os inimigos aparecerão em lugares diferentes ou entrarão inesperadamente na sua linha de visão. Esteja pronto para se adaptar e tente não fixar sua sobrevivência em tudo que estiver de acordo com o plano.

Leia tudo o que puder

John Wick Hex acerta muitas informações rapidamente. Embora você possa dar um passo de cada vez e esperar que o jogo o guie,  ainda há muitas informações a serem analisadas. A maior parte disso aparece quando você seleciona um inimigo ou tenta atacá-lo. O jogo fornecerá informações sobre a chance de acerto, bem como a chance de acertá-  los . Mais do que isso, ele lhe dirá quais fatores estão em jogo. Estar perto de um inimigo ou ter um foco extra aumentará sua eficácia. Leia o que está afetando você para entender melhor sua situação.

Não há problema em correr e se esconder

John Wick é atropelado. Isso faz parte do que o torna tão legal! Ele pode dar uma lambida e continuar correndo (ou pelo menos continuar andando). No entanto, você pode atenuar os danos causados ​​ao continuar se movendo. De fato, correr é muitas vezes a sua melhor opção – seja em direção ao perigo ou longe dele.

Mover-se e, principalmente, esquivar-se do rolamento reduz a porcentagem de chance de os inimigos atingirem você. Afastar-se dos inimigos é obviamente mais seguro. O jogo deixa claro que você pode quebrar a linha de visão dessa maneira. Mas se  aproximar dos inimigos o coloca no alcance para derrotá-los. Paradas em particular são super rápidas. Assim, enquanto estar de perto aumenta a precisão, você pode se esquivar e / ou atacar um inimigo de um ataque fechando a distância.

Agachar também afeta você

A linha de visão é uma grande parte do John Wick Hex . Agachar-se abaixo da cobertura baixa forçará os inimigos a perder de vista. No entanto, isso corta nos dois sentidos. Muitas vezes, você também não poderá vê-los. Às vezes é melhor apenas tirá-los rapidamente. Dessa forma, múltiplos inimigos têm menos chance de atacar você.

John é melhor em tudo

John Wick é um durão. Qualquer um que assistiu ao filme sabe disso de fato. John Wick Hex representa isso no jogo, dando-lhe mais saúde do que seus inimigos, porque isso é videogame, mas também lhe concede maior  velocidade . John costuma reagir mais rápido que seus oponentes e tem mais opções. Você pensaria que um lutador, por exemplo, teria vantagem em combate de perto. Não! John pode chutar suas bundas em um segundo (literalmente). Deixe que eles se aproximem de você e dê um soco, mas é bom.

O chicote de pistola personalizado

Você inicia cada corrida de níveis em John Wick Hex com a pistola especial do protagonista. Ele vem com a rara opção de recarregar e parece um pouco mais preciso do que a arma de algum idiota aleatório que você pega no chão. Você quer segurá-lo o maior tempo possível! Isso significa fazer uso liberal de habilidades corpo a corpo. Tudo bem, no entanto, porque você deve estar usando um combate corpo a corpo bastante. É tão letal quanto armas de fogo (no jogo de qualquer maneira) e economizará munição, não importa qual arma você esteja usando.

Eles simplesmente não param

Nem toda missão tem um número finito de bandidos. Alguns níveis – principalmente lutas contra chefes – começarão a gerar inimigos sem parar nas condições certas. Isso significa que você precisa equilibrar a conclusão do seu objetivo e manter os números baixos. É efetivamente um limite de tempo flexível. Se muitos bandidos se infiltram em torno de John, você está pronto. Ser descontroladamente superado em número por muito tempo é praticamente sua única fraqueza. Então preste atenção! Se parece que os inimigos simplesmente não param de aparecer em um nível, provavelmente significa que eles não irão até que você os faça.

Fique perto de uma arma ou três

Ao contrário de seus oponentes, a munição é bastante limitada em todo John Wick Hex . E você pode gravá-lo enganosamente rapidamente. No início (embora dependa da arma), John normalmente dispara duas balas por ataque. Isso significa que você está drenando as balas duas vezes mais rápido do que parece. Pegar uma arma leva tempo e não é algo que você  quer fazer no meio de um tiroteio. No entanto, muitas vezes é sua única opção. É por isso que você deve sempre tentar ficar perto das armas, se puder, durante a batalha. Ter a escolha é melhor do que não!

Você não pode fazer muito enquanto está agachado

Esta é uma extensão da minha dica anterior. John Wick Hex limita severamente seus movimentos quando você está agachado. Você não pode fazer corpo a corpo ou se mover normalmente. Quase tudo o que você pode fazer é abrir portas, rolar e pegar armas. Essa última opção é realmente bastante útil. Ele permite que você se esconda atrás de uma arma, quebre a linha de visão e obtenha uma arma recém-carregada. Esperar também costuma ser muito útil quando agachado. Inimigos, em particular Brawlers, tentarão levá-lo de volta à sua linha de visão. Ficar parado lhe dá a chance de emboscá-los. Ficar parado enquanto agachado permite emboscá-los  e fornece um bônus de precisão. Agachar-se é saber o que você pode ou não fazer.

Prepare Before Doors

Esta é uma das minhas menores dicas de John Wick Hex e outra extensão da anterior, mas pode ser importante. Não há muitas maneiras de se preparar para a batalha no meio de um nível. Mas você recebe alguns! Ataduras, recarregar o seu foco e apenas agachar são ótimas maneiras de se preparar. Você quer especialmente fazer isso na frente das portas. Eu diria que a grande maioria das portas que você abre sozinha neste jogo está escondendo pelo menos um inimigo diretamente atrás delas. Agachar lhe dará uma melhor chance de matá-los imediatamente. Considerando que mais foco e saúde o protegerão de qualquer atenção subsequente.

As armas atraem a atenção

John Wick Hex não é exatamente um jogo furtivo. No entanto, os inimigos permanecerão inconscientes de você se você se esconder atrás deles e não fizer confusão. Disparar uma arma definitivamente conta como um “tumulto”. Essa é mais uma razão para tentar enganar os idiotas cedo e frequentemente. Se o fizer, você economizará munição e evitará que inimigos próximos sejam contados até o ataque. Isso lhe dá mais tempo para se preparar.

Pink Means Go (Ahead and Shoot)

O jogo informa muito cedo que atenção hostil interromperá seu movimento. Isso é bom! Isso significa que você pode basicamente andar por aí sem medo de se surpreender. No entanto, existem outros elementos úteis da interface do usuário aos quais o jogo não chama tanta atenção, mesmo que eles ajudem. As mais óbvias são as divisas brancas e rosa que aparecem sobre as cabeças inimigas. Os brancos indicam que um inimigo está à sua vista, mas ainda não reagiu à sua presença. Enquanto rosa significa que eles estão prestes a tomar uma ação agressiva.

Pode haver todos os tipos de nuances de como você joga John Wick Hex . Na maioria das vezes, no entanto, você deseja priorizar os inimigos com ícones rosa. Atirar neles antes de atirar em você (se você puder) os interromperá, ganhando ainda mais tempo para lidar com aqueles que ainda desconhecem. Além da cor, também há um número indicando quanto tempo você tem até que cada ação seja executada. Tudo isso significa que você pode descobrir qual ordem interromperá os inimigos rapidamente, sem clicar em unidades individuais.

Pode também reorientar

É grátis reconstruir o seu foco: a ação em que John balança a cabeça e recupera um pouco de compostura. Tudo o que custa é tempo! Isso significa que este é um movimento muito arriscado no meio do combate, mas um completo e seguro se você tiver remotamente certeza de que os inimigos não estão por perto. Mesmo se eles estiverem próximos, desde que você inicie a ação antes que eles cheguem à linha de visão, geralmente você terminará o foco antes que eles possam reagir. O foco também é incrivelmente importante. Ele permite que você evite rolar e realize hits corpo a corpo. Ser pego sem ele pode ser uma sentença de morte. Você também pode reorientar (mesmo se o recurso estiver quase todo cheio) sempre que tiver a chance.

Stick and Move

Os chefes são de longe os inimigos mais perigosos de John Wick Hex . Isso é apenas senso comum! Mas o que os torna perigosos é como eles encolhem os projéteis até que você os submeta. Mas apenas dar um soco sem sentido para reduzir o foco de um chefe a zero raramente é a melhor opção! Mesmo reduzir o foco alguns pips os tornará vulneráveis ​​a danos reais. Se você tiver certeza razoável de que pode diminuir o HP dele, essa é geralmente a melhor escolha do que continuar lutando.

Existe um par de razões para isso. A primeira é que o chefe Focus se regenera automaticamente. Apenas danificar sua verdadeira barra de saúde permanece permanente. Claro, reduzir o foco deles ainda oferece uma janela mais longa para causar esse dano, mas é provável que você não possa usá-lo. Isso é devido ao segundo fator: inimigos aleatórios. Lembra como lacaios podem continuar a aparecer durante brigas de chefes? Bem, eles provavelmente irão forçá-lo a recuar e reposicionar um chefe. Isso significa que todo o dano de Foco que você causou desaparecerá de qualquer maneira, e você pode nem ter nenhum dano de HP para mostrar por isso.

É seguro matar o chefe

Às vezes você está apenas sem movimentos. Às vezes você simplesmente sabe que está prestes a ser morto por 30 caras ao seu redor com armas. Isso fede! Mas não é 100% necessariamente o fim. Enquanto você não pode usar uma saída de nível sob suspeita de inimigos próximos, você pode matar chefes dessa maneira. Conectá-los geralmente termina o nível e o protege da morte recebida – independentemente de quantos inimigos próximos, infinitamente geradores, possam estar prontos para conectá-lo de volta. Quando tudo mais falhar, basta ir à falência!

Referências:

Polygon, Fanbyte, wikipedia.

Final Fantasy VII Remake

Final Fantasy VII Remake (ファイナルファンタジーVII リメイク Fainaru Fantajī Sebun Rimeiku?) é um jogo eletrônico de RPG de ação desenvolvido e publicado pela Square Enix. Foi lançado em 10 de abril de 2020 para PlayStation 4, com exclusividade temporária de um ano. É uma recriação do Final Fantasy VII original, lançado em 1997 para  PlayStation, contando a história do mercenário Cloud Strife enquanto ele e o grupo de resistência AVALANCHE lutam contra a megacorporação corrupta Shinra e um antigo soldado desta, Sephiroth. A jogabilidade tem a intenção de ser uma fusão de elementos estratégicos e ação em tempo real similar a Dissidia Final Fantasy.

Rumores e pedidos para uma recriação de VII existiram por muitos anos, porém vários motivos foram dados sobre o porquê do projeto não estar sendo desenvolvido. Três membros da equipe original de produção retornaram para ajudar Remake: o desenhista de personagens Tetsuya Nomura voltou como diretor e para cuidar do redenho do elenco; o diretor original Yoshinori Kitase assumiu a produção de produtor, enquanto Kazushige Nojima novamente ficou como roteirista. A decisão de lançar o jogo em múltiplas partes foi tomada para que a equipe não precisasse cortar nenhum conteúdo original. Eles também decidiram adicionar novos elementos e histórias, além de reajustar os desenhos e projeto de personagens e mundo, a fim de encontrar um equilíbrio entre realismo e estilização.

Final Fantasy VII Remake foi bem recebido pela crítica, com elogios aos seus gráficos, jogabilidade, narrativa, música e fidelidade ao original. O jogo vendeu mais de 3,5 milhões de cópias nos primeiros três dias, tornando-se um dos jogos mais vendidos para PlayStation 4.

Jogabilidade

Final Fantasy VII Remake reconta a história do jogo original, seguind Cloud Strife, um ex-soldado da megacorporação Shinra, que se junta ao grupo ecoterrorista AVALANCHE como mercenário em sua luta contra a empresa, a qual está drenando a energia vital do planeta Gaia. Porém, o grupo acaba se envolvendo em algo muito maior. Diferentemente de conversões anteriores do original para computadores e outras plataformas de alta definição, Remake é uma recriação completa construída a partir do zero, possuindo gráficos totalmente poligonais contra os ambientes pré-renderizados do original.

Tanto a exploração, quanto as mecânicas de combate acontecem em tempo real, similarmente à Final Fantasy XV. Diferentemente do sistema “Active Time Battle” do original, Remake emprega um sistema de batalha em tempo real similar ao usado na série Kingdom Hearts, em que os jogadores podem controlar Cloud ou seus aliados livremente enquanto usam suas respectivas armas e habilidades para atacar inimigos. Os jogadores também poderão utilizar magias e convocações, com a barra do Limit Break, permitindo que os personagens realizem ataque poderosos uma vez totalmente carregada. O produtor Yoshinori Kitase aifrmou que, apesar do título possuir mais elementos em tempo real, ainda assim haverá partes estratégicas como a seleção de armas e magias para cada personagem empregar.

Combate

Não economize na ATB

Final Fantasy 7 Remake possui um único ataque básico que você pode usar indefinidamente, mas ele não vai levá-lo muito longe no jogo, já que vários inimigos são resistentes — ou mesmo totalmente imunes — a ele. Ao invés disso, faça uso dele apenas para manter seus oponentes ocupados e preencher a barra de ATB (Active Time Battle), a qual abre o acesso a várias outras habilidades, bem mais poderosas, o que nos leva ao ponto seguinte…

Use o personagem certo para o combate…

Diferentes personagens, diferentes propriedades. Como todo bom RPG, FF7 Remake não foge a essa velha lei do gênero. Entretanto, ao invés de se apegar em tradições ultrapassadas (mago branco não é combatente físico etc.), esse jogo visa estabelecer minúcias um pouco mais aprofundadas, que requerem um conhecimento do perfil de cada personagem e seus movimentos.

Cloud, por exemplo, é o clássico combatente de espadas, mais balanceado fisicamente. Tifa é a lutadora corpo-a-corpo, ideal para atordoar inimigos e abrí-los para danos maiores dos outros membros do grupo, enquanto Barret é o mais indicado para ser o “tanque”, absorvendo a maior parte do dano enquanto acerta seus oponentes distantes com seu braço-metralhadora. Aerith é a clássica curandeira, mas vem neste remake com ataques físicos que ajudam a controlar melhor grupos maiores de inimigos.

…mas não se apegue a padrões

Quando você ganhar acesso às Materias, orbes coloridas que lhe conferem o uso de magias e outras habilidades, o remake de Final Fantasy VII se abrirá como uma flor para você, permitindo que você atribua novas capacidades aos seus membros. Aqui, o sistema amigável de evolução de personagens permite que os membros do grupo assumam mais de um papel: Aerith, costumeiramente curandeira, pode se tornar uma feiticeira ofensiva, com magias que debilitam inimigos com status negativos, enquanto Barret pode ser o ladrão de mão cheia, roubando itens dos inimigos enquanto sustenta a maior parte do dano.+21

Troque de personagens constantemente

Com um simples comando no botão direcional do controle, você troca de personagem e acessa as habilidades de outros guerreiros. E você vai precisar disso: a barra de ATB se preenche conforme você acerta golpes ou mesmo com o tempo, mas personagens controlados pela inteligência artificial (IA) não vão executar movimentos mais poderosos sem que você os ordene.

Você ainda pode fazer isso sem trocar de personagens: segurando L2, você abre a janela de comandos dos outros guerreiros, escolhendo habilidades ali, mas o ideal é que você faça uma troca completa a fim de tirar o máximo de proveito de seus membros de equipe — até porque, em alguns momentos, Cloud não será o personagem controlável, então o hábito de usar qualquer guerreiro vem bem a calhar.

Aprenda a “bloquear” e não aposte em “esquivar”

O combate em tempo real de Final Fantasy 7 Remake vem com um comando para esquiva e outro para bloqueio. O último não impede que todo o dano lhe atinja, mas reduz drasticamente o impacto de golpes contra você (um golpe que tire 100 pontos de vida, passa a tirar 12, por exemplo). Já a esquiva anula todo e qualquer dano porque, bem, você saiu do caminho do golpe.

O problema: na maioria dos casos, a esquiva não será capaz de salvá-lo — especialmente contra chefões maiores, que possuem ataques de área ao invés de direcionados. O dano colateral facilmente atravessa o alcance de sua esquiva, então mesmo que você tenha o timing certo, ele ainda vai lhe acertar em cheio. Um bloqueio — mesmo que o derrube — ainda terá um dano mitigado. Saber qual usar de acordo com as situações é essencial para sobreviver aos combates.

AVALIE TUDO!

Ao longo do jogo, você receberá uma Materia amarela (que simboliza “comandos” ou “técnicas”) chamada “Assess”. Não confunda com “acesso”: o nome da Materia é uma tradução inglesa para “Avaliação”. Ela substitui a “Sense” do Final Fantasy VII original, oferecendo a mesma capacidade: visualizar as informações táticas de inimigos.

Ela permite que você conheça as fraquezas de seus oponentes e estabeleça estratégias que façam uso de todos os seus personagens para vencê-los. Por exemplo: um inimigo de metal pode ser fraco contra ataques elétricos, então faça Tifa atordoá-lo com um alto volume de ataques de base, enquanto Aerith dispara uma magia de trovão e finalize-o com Cloud e uma de suas várias técnicas de ataque concentrado, como “Braver” ou, mais à frente no jogo, “Infinity’s End”. Além disso, pelo menos duas quests opcionais são diretamente atreladas ao volume de uso da “Assess”, então quanto mais você usá-la, mais benefícios terá.

Stagger a vida toda!

A função “Stagger” serve para desequilibrar ou atordoar os inimigos e todos, sem exceção, podem sofrer com ela. Abaixo do indicador de vida dos oponentes há uma barra que, se preenchida, deixa o oponente nesse estado extremamente vantajoso (para você), fazendo com que ele tome um dano muito maior que o normal (pelo menos o dobro em ataques normais; três a quatro vezes mais em ataques que explorem suas fraquezas) e o melhor, SEM REAGIR até que a barra se esvazie. A dica é: faça volume com ataques rápidos (Tifa é ótima para isso) até atordoar o oponente e, uma vez feito isso, abuse de técnicas especiais para derrubá-lo de vez.

Abuse da expansão das Summons

As invocações — ou “Summons” — ganharam um papel mais aprofundado em Final Fantasy VII Remake: no original de 1997, elas apareciam e executavam um ataque pré-animado mais poderoso, para sumir em seguida. Aqui, elas não apenas se posicionam como membros temporários de sua equipe (uma inspiração de Final Fantasy XII), como suas habilidades, aplicadas via gasto da ATB, podem ser direcionadas por todos os personagens, e não apenas aquele que as invocou. Neste remake, são seis summons a serem encontradas no game (oito, se você comprou o jogo via pré-venda) e todas possuem habilidades extraordinárias de combate.

Priorize acessórios e armas que lhe concedam mais espaço para Materias

Sim, estamos pedindo para que você ignore os status de armas, já que eles remetem apenas ao ataque básico. As Materias são o cerne do combate em FF7 Remake e, quanto mais delas você tiver equipadas, mais habilidades e magias terá à disposição. Uma ideia comum é equipar todas as magias elementais + uma magia de cura (Materias verdes) e preencher qualquer excedente com habilidades de comando (Materias amarelas) ou “linkagens” que adicionem efeitos aos seus golpes físicos (Materias azuis). Até mesmo porque você precisará ter matérias verdes evoluídas ao máximo para uma quest específica ao final do jogo, então quanto antes equipá-las, mais rápido elas serão aprimoradas.

Exploração

Caixas e baús

Encontrar itens “pelo mundo” tornou-se algo mais realista em Final Fantasy VII Remake, já que todos os cenários contam com baús bem evidentes que simbolizam aquilo que você vai receber (amarelo para itens comuns, roxos para armas/acessórios equipáveis). Mais difíceis de serem percebidas, porém, são as “caixas Shinra”, que contém itens de base (poções e afins) e cristais mako para recuperar pontos de magia. O ponto é: explore cada cantinho do cenário. Viu caixas? Porrada nelas. Viu baús? Bom…abra todos.

Quests e mais quests

O remake de Final Fantasy VII conta com um minimapa que exibe diversos personagens secundários que podem lhe oferecer objetivos auxiliares. É primordial que você cumpra todos esses objetivos se quiser tirar o máximo em recursos e enredo. Geralmente, essas quests aparecem quando você está em algum grande centro urbano, tecnicamente em uma área “livre” para explorar. Elas são variadas, desde “derrube esse inimigo diferenciado” até “encontre essas crianças perdidas”, mas algumas conferem recompensas que você não verá em nenhum outro lugar, então não se acanhe em fazê-las todas.

Durma nos bancos de praças

Um recurso interessante de Final Fantasy VII Remake é a disposição ocasional de “bancos de praça”, facilmente reconhecíveis pela tonalidade azul que destoa do restante cinza de Midgar. Esses aparatos funcionam como pontos de salvamento automáticos, estabelecimento de pontos de checagem e, de quebra, restauram completamente a vida e pontos de magia do grupo todo.

É interessante que você encarne o “Bruno e Marrone” dentro de você e os use mesmo sem precisar, pois, ao estabelecer um ponto de checagem, caso você venha a enfrentar uma luta mais dura e morrer mais à frente, poderá retomar a aventura por esse local, ao invés de ter que atravessar todo o mapa novamente. Aliás, enquanto falamos em praças e sertanejos sofridos…

Não esqueça das vendinhas

Neste jogo, temos os costumeiros lojistas de itens, armas e Materias, mas também inaugurou-se aqui um recurso extra, no formato daquelas máquinas de salgadinhos que vemos em qualquer empresa mais contemporânea. Em Final Fantasy 7, tais vendinhas oferecem os itens de base a preços descontados (iluminados em amarelo, facilmente estocando Poções, Mega-poções e similares), além de algumas trazerem discos com a trilha sonora do jogo. Como os descontos são bem interessantes, ignorá-las seria um desperdício completo, então tire proveito de todas as que encontrar.

Cura também funciona fora das lutas

Ao contrário de Final Fantasy XIII, que curava 100% da sua vida após cada combate automaticamente, Final Fantasy VII Remake trava sua força vital onde quer que ela tenha parado durante a última luta. Se você não prestar atenção, pode entrar no próximo combate com menos “HP” do que o recomendado, o que obviamente o coloca em maus lençóis. Por isso, é importante que você se cure entre uma luta e outra: aperte “X” a qualquer momento para abrir o menu, selecione “Items” e escolha o seu item de cura. Para usá-los continuamente sem ter que abrir o menu repetidas vezes, segure o botão L1 até sua barra de vida ficar cheia de novo.

Mini-mapa, bússola, ou nada? Por que não os três

Nem todo mundo gosta de um mapa grosseiro e azulado exibido na tela e, convenhamos, ele atrapalha a admiração visual que podemos ter por Final Fantasy VII Remake. Então porque não se livrar dele? Ao apertar L2 durante a exploração livre, você alterna essa exibição entre o minimapa, uma bússola aos moldes de The Elder Scrolls: Skyrim ou nada. Teste todos e veja qual é o mais agradável para você.

Descobertas

Durante a exploração do mapa, você ocasionalmente vai se deparar com as “Discoveries”, pequenos objetivos que aparecem especificamente naquela situação. Eles são opcionais em sua maioria, mas trazem recompensas bem legais: em alguns casos, você verá uma Materia que está fora do seu alcance, então vale explorar outros caminhos para se chegar até ela. Noutras situações, você terá que explorar mais um pouquinho, acessando caminhos secretos para adquirir um item específico.

Miscelâneas e segredos

Chadley

Chadley é o jovem agente duplo que trabalha na Shinra, mas ajuda Cloud & cia. fornecendo desafios que resultam em novas Materias. É com ele que você obtém a “Assess” mencionada acima, além da maior parte das “Summons”. Por meio deste personagem, você acessa os “Combat Reports”, uma série de 20 missões auxiliares que envolvem desde “avaliar” um número específico de inimigos até se tornar mestre de todas as Materias verdes. São 20 ao todo e a recompensa mais impactante é a poderosa summon Bahamut.

Não venda Materias excedentes

Em se tratando de um RPG, é óbvio que você acabará com itens repetidos em seu equipamento. Quando falamos das Materias, não as venda, a não ser que elas sejam de fácil reposição (podem ser recompradas, por exemplo). Em Final Fantasy VII Remake, é do seu interesse ter mais personagens equipados com Materias iguais (a recomendação mais básica segue aqui: todos com magias elementais + cura) a fim de aprimorar suas capacidades de defesa ao mesmo tempo em que capitaliza fraquezas dos inimigos.

Você não precisa usar Materias para evoluí-las

A evolução das Materias em Final Fantasy VII Remake se dá por “ability points”, ou simplesmente “AP”. O bom é que, independente do seu uso de qualquer uma das Materias, você só precisa tê-las equipadas em seus equipamentos e armas para que elas já comecem a ganhar esses pontos. Em nossa segunda partida pelo jogo, não usamos a Materia “Raise”, que ressuscita um personagem derrubado, sequer uma vez, mas conseguimos evoluí-la ao máximo mesmo assim. Aliás…

Melhorando Materias rapidamente

Cada Materia tem sua quantidade específica de APs para evoluir, e o jogo lhe oferece duas formas de fazer isso: uma bem lenta, e uma “não tão rápida”. A primeira é, obviamente, equipando Materias e lutando. Nós, particularmente, pegamos as de AP mais baixo primeiro, para já tirá-las do caminho cedo (e termos acesso antecipado a magias elementais de alto nível, como Firaga, Blizzaga, Thundaga e Aeroga).

A segunda opção se abre no Capítulo 14, quando você obtém uma Materia chamada “Pedometer”. Basicamente, um contador de passos dos seus personagens: ande 5 mil passos (você vai terminar antes de perceber) e ela evoluirá para uma “AP Up”. Equipe-a em um slot conectado de seu equipamento (no menu, você vê a diferença: slots não linkados são círculos isolados, enquanto linkados têm um conector entre eles) e, na outra ponta, a Materia desejada para evoluir. Rapidinho, você vai ganhando mais níveis.

Armas e SPs

Ao contrário do jogo original de 1997, você não precisa vender armas que não esteja usando, já que elas evoluem junto com você. A graça disso é que você consegue aprender habilidades inerentes às armas específicas e, depois, voltar para aquela que você mais gosta ou que lhe for mais confortável para as lutas adiante. Assim sendo, a icônica Buster Sword de Cloud pode ser usada ao longo de toda a aventura, sem muito déficit de desempenho. Para evoluí-las, é simples: a cada nível que você ganha, também receberá um valor em SP. Use seus SPs para comprar novas habilidades para suas armas (dica: priorize o nódulo “Need More Materia” para ganhar novos slots para as Materias).

Suas decisões influenciam na sequência cross dresser de Cloud

Uma das sequências mais engraçadas de Final Fantasy VII retorna para o remake, com você tendo que travestir Cloud Strife, um soldado introvertido e duro na queda, com roupas femininas bufantes para satisfazer as vontades de um bandido tarado e machista local. A diferença é que essa missão é bem expandida no remake, possibilitando que você tenha várias opções de vestidos para “Cloudette”, Tifa e Aerith. Vale experimentar para descobrir todas elas.

Seleção de Capítulos

Após você terminar a sua partida, a opção de Seleção de Capítulos será aberta, lhe permitindo retornar a pontos específicos da história para, quem sabe tentar conduzir a trama de uma forma diferente, seja escolhendo outras opções de respostas em perguntas de múltipla escolha, obtendo summons, Materias e quests adicionais eventualmente perdidas ou buscando itens exclusivos.

Abrindo os Portões do Dragão

Você terá que esperar até o Capítulo 14 para isso: retorne ao Setor 5 e inicie a quest “Secret Stash”. Eventualmente, você vai ganhar uma chave para os três portões do Dragão. Abaixo, seguem as localizações de cada um:

Favela do Setor 5 (Sector 5 Slums)

Rodovia Destruída (Collapsed Expressway)

Esgotos (Sewers)

Destes, o terceiro portão é o mais complicado, por ser atrelado à história: após perseguir um monstrinho por todo o esgoto e enfrentar sua versão gigantesca, volte algumas telas, abra o portão, mas não entre. Siga avançando a história até encontrar uma alavanda que vai dragar o nível de água do local. Só então volte para o Portão.

Todos os três conferem itens exclusivos e extremamente valiosos.

Referências:

Canal Tech, wikipedia.

Age of Mythology

Produzido pela Ensemble Studios e distribuído pela Microsoft Game Studios, Age of Mythology, ou AoM, como é conhecido, é um jogo de estratégia em tempo real, lançado em 2002 para PC. O jogo é um spin-off do clássico Age of Empires, entretanto, ao contrário do AoE que é baseado em história real, o jogo é baseado na mitologia nórdica, grega e egípcia. Sua campanha segue um almirante atlante, Arkantos, que é forçado a viajar através dos territórios das três culturas do jogo, caçando um ciclope que está auxiliando Poseidon contra Atlântida.

Jogabilidade

Assim como outros jogos de estratégia, a jogabilidade de Age of Mythology é baseada em construção de cidades, coleta de recursos, criação de exércitos e, por fim, destruição de unidades e edificações inimigas. Sendo assim, os jogadores são capazes de combater e conquistar cidades e civilizações rivais. Os jogadores avançam suas tribos através de quatro idades, ou eras: começando pela Idade Arcaica, o jogador pode atualizar para a Idade Clássica, a Idade Heroica, e finalmente, a Idade Mítica. Cada atualização para uma era superior desbloqueia novas unidades e tecnologias para o jogador, fortalecendo sua colônia, contudo, a atualização requer certa quantidade de recursos a ser paga, e certas edificações a serem construídas.

Recursos

Há quatro tipos de recursos no AoM, Madeira, Ouro, Comida e proteção divina. Os recursos servem para treinar unidades, erguer edificações, fazer melhorias, etc. As unidades civis, são responsáveis por coletar recursos. Caçar animais, coletar frutos, pecuária, agricultura e pesca são os métodos para se conseguir comida. Para conseguir madeira, somente  derrubando árvores. O ouro é conseguido através de troca ou por mineração. Alguns recursos podem também ser obtidos através de poderes divinos especiais, como o poder “Abundância”.

O poder “Prosperidade”, concedido pela deusa egípcia Ísis, faz com que aumente a velocidade de produção de ouro. Então ele também tem um efeito indireto sobre o recolhimento de recursos. Cada civilização pode comprar atualizações que aumentam a taxa de recolhimento dos recursos. A proteção divina é conseguida de diferentes formas para diferentes civilizações: jogadores gregos ganham-na por ter aldeões rezando nos templos, jogadores egípcios ganham-na por construir monumentos que geram a proteção, e por fim, os jogadores nórdicos a ganham em combate, caçando ou por possuir heróis. O jogo também possui um mercado, no qual você pode vender, comprar ou trocar recursos.

Civilizações

Há três civilizações jogáveis em Age of Mythology: os gregos, os egípcios e os nórdicos. Cada civilização tem três deuses maiores. Para os gregos, Zeus, Hades e Poseidon; Ísis, Rá e Set para os egípcios; e Tor, Odim e Loki para os nórdicos. Antes do jogo começar, o jogador escolhe seu deus maior. Toda vez que um jogador avançar para a próxima idade, ele deve escolher um entre os dois deuses menores. Os deuses menores são relativamente menos significativos historicamente que os deuses maiores. Entre os deuses menores estão Bast, Afrodite, Atena, Hórus, Njord, Hera e Ártemis. Todos os deuses concedem ao jogador tecnologias únicas, unidades míticas e um poder divino único, uma habilidade especial que pode tanto beneficiar o usuário quanto prejudicar o oponente.

Gregos

Os gregos proporcionam ao jogador, bons batedores e podem treinar batedores aéreos Pégasos ou aquáticos, Hipocampos (Poseidon). Eles treinam suas unidades na Academia, nos Campos de Arqueiro e nos Estábulos. Suas unidades humanas são mais fortes que as das demais civilizações, mas são também mais caras. Seus heróis são poderosos heróis da mitologia grega, como Teseu, Héracles, Odisseu, Aquiles, Jasão, etc. Você só pode ter um de cada, mas caso ele morra, você poderá treinar outro. Os Gregos têm uma arma de cerco de mira na terceira idade, o Trabuco. Na quarta idade, eles podem treinar torres Helepolis. Possuem 2 poderes de destruição em massa (terremoto e tempestade de raios), respectivamente úteis contra edificações e unidades inimigas.

Egípcios

Um característica dos egípcios é que eles possuem uma civilização mais defensiva, com poderosas construções, bem como, muros e torres. Seu faraó é um herói livre que ressuscita ao morrer (Osíris pode conceder ao jogador um segundo Faraó e ainda transformá-lo no “Filho de Osíris”, um faraó mais poderoso mas que não pode ser curado). Ele pode “abençoar” construções para que estas aumentem suas produções (Os Sacerdotes de Rá também podem). Também é possível treinar sacerdotes que curam suas unidades e danificam unidades míticas inimigas. Suas armas de cerco são poderosas e eles também têm Elefantes de Guerra. Possuem dois poderes de destruição em massa (meteoro e tornado). Além deles apenas os gregos têm esse tipo de poder.

Nórdicos

Se falar de agressividade, é com os nórdicos. Eles podem treinar soldados já na primeira idade, além do que, é a infantaria que constrói, fazendo com que os coletores somente coletem recursos e posicionem fazendas. Os nórdicos podem treinar anões no centro da cidade, que são coletores especialistas em mineração. Ao contrário dos outros que constroem depósitos para armazenar recursos, os nórdicos podem treinar carros de boi a partir do centro da cidade, em outras palavras, eles são transformados em depósitos de recursos ambulantes, e todos os seus coletores podem ser transformados em infantaria por um pequeno custo. Seu herói, Hersir pode ser treinado na Casa Comunal ou no templo. Hersir geram proteção divina mesmo quando ociosos, podem ser criados mais de um Hersir, ganham o dobro de proteção ao lutar. O jogador pode transformar coletores em heróis pelo poder de Balder, Ragnarok.

Unidades

A maior parte do exército de cada civilização, são humanos. Você tem um número máximo de população em sua vila, a capacidade aumenta, a medida que, você constrói casas (tem um número máximo que pode construir), e Centro da Cidade, a construção principal do jogo. Cada unidade tem um custo de espaço, ou seja, você não poderá colocar unidade a mais do que a capacidade do local, no caso das casas, são dez. Cada tipo de unidade, pode ser melhoradas, tornando-as mais fortes. As unidades Míticas são poderosas, porém, não desequilibram muito o jogo, pois sua produção é limitada pelo recurso favor (proteção divina). Elas podem derrotar facilmente exércitos humanos, mas são vulneráveis a heróis, por exemplo.

Categorias

As unidades são classificadas em sete categorias, são elas; infantaria, arqueiros, cavalaria (que são geralmente classificadas como unidades humanas), armas de cerco, unidades navais e unidades míticas. O formato das batalhas, funciona como o conhecido método de pedra, papel e tesoura, ou seja, a infantaria causa dano extra para cavalaria, a cavalaria causa dano extra para os arqueiros, e os arqueiros causam dano extra para a infantaria, entretanto, ao mesmo tempo, cada um dos tipos de unidade tem uma “contra-unidade”.

Heróis

Os heróis são extremamente efetivos contra unidades míticas, que por sua vez, fazem grande dano a unidades humanas. Os heróis têm também a capacidade de coletar relíquias, que concedem ao jogador bônus adicionais militares ou econômicos, quando depositadas em um templo. Enquanto os heróis são geralmente mais poderosos que unidades humanas, eles geralmente não são tão rentáveis como usar unidades míticas ou outros humanos contra elas.

Edificações

Os edifícios são divididos em três categorias;  imóveis econômicos, edifícios militares e estruturas defensivas.  O imóvel econômico mais importante é o Centro da Cidade. Todas as unidades civis são treinadas no Centro da Cidade, com exceção de caravanas de comércio e navios de pesca, assim como, algumas outras tecnologias. Mais importante  ainda, os avanços da idade são pesquisados neste  edifício. O Centro da Cidade tem a capacidade de armazenar quinze unidades de população. As edificações são capazes de pesquisar melhorias tecnológicas, bem como disponibilizar recursos para o jogador. Com exceção dos civis, todas unidades são treinadas em edifícios militares. Além disso, os edifícios militares também são usados para pesquisar tecnologias específicas militares, como melhorias de armadura e ataque. No caso das construções defensivas, como torres e muros, não servem para treinar unidades, elas são usadas somente para fins de defesa.

Outro tipo de construção importante  disponível para os jogadores, é a Maravilha. Trata-se de um grande edifício que representa uma obra arquitetônica da civilização. Em alguns modos de jogo, a partir de quando um jogador construir uma maravilha, uma contagem regressiva de dez minutos começa. Se a maravilha ainda estiver de pé depois da contagem regressiva terminar, o jogador que construiu a maravilha ganha a partida.

Modo campanha

Age of Mythology, possui uma única campanha, com 32 etapas em que o jogador passa por todas as três civilizações. A campanha, intitulada ” A Queda do Tridente”, segue o general Atlante, Arkantos, passando por alguns mitos reais e outros criados para a campanha. Assim como todos os outros jogos, esse é o modo do jogo em que você  joga para zera-lo.

MultiPlayer

Através da  Ensemble Studios Online, ou via uma LAN direta ou uma conexão IP. Age of Mythology inclui uma conta multijogador grátis na ESO, que permite ao jogador jogar partidas assim como conversar com outros jogadores. Nos jogos multiplayer, há sete diferentes modos de jogo disponíveis: Supremacia – O modo de jogo padrão – inclui mapas gerados aleatoriamente; Conquista é similar à Supremacia, mas só consegue a vitória ao derrotar todos os demais jogadores; na Deathmatch, o jogo começa com altas quantias de recursos, mas o jogo é o mesmo da Supremacia.

Em “Lightning”, a jogabilidade também é idêntica à Supremacia, mas a velocidade é dobrada; no modo Nômade, os jogadores iniciam com uma unidade civil, e não têm Centro da Cidade, e precisam construir uma assentamento; o objetivo de Rei da Colina é controlar um monumento no centro do mapa por um determinado período de tempo; e em Morte Súbita, um jogador perde se seu Centro da Cidade for destruído, e ele falhar em reconstruí-lo dentro de determinado período de tempo (2 minutos).

Recepção

Age of Mythology obtivera ótima recepção crítica. O jogo vendeu 1 milhão de unidades em apenas 4 meses, como resultado, um sucesso comercial, chegando a platina quatro meses após seu lançamento. A recepção do jogo pela crítica foi em geral positiva: foi avaliado como 89% tanto pelo Game Rankings quanto pelo Metacritic. Os elementos de jogabilidade foram recebidos positivamente, apesar de alguns reviewers (avaliadores) terem criticado a campanha como extensa e repetitiva.

O que você acha desse grande jogo? Deixe aí nos comentários.

Referência:

Wikipedia.

Streets of Rage 4

Streets of Rage 4, conhecido no Japão e na Ásia como Bare Knuckle IV (ベア・ナックルIV?), é um jogo eletrônico no estilo briga de rua (beat ’em up) desenvolvido por Lizardcube e Guard Crush Games, como a quarta edição da série Streets of Rage, publicado pela DotEmu em associação com a empresa Sega Games, e a sequência de Streets of Rage 3 (1994), do videogame MegaDrive. Foi anunciado em agosto de 2018 e lançado em 30 de abril de 2020 para Microsoft Windows, Nintendo SwitchPlayStation 4 e Xbox One. O título está traduzido para o português.

Jogabilidade

Continuando com o estilo da jogabilidade de lançamentos anteriores, Streets of Rage 4 é um beat ’em-up de rolagem lateral no qual os jogadores lutam contra ondas de inimigos usando uma série de ataques e movimentos especiais. A novidade da fórmula de jogo é a capacidade de recuperar a saúde gasta usando um ataque especial, executando sucessivos ataques de acompanhamento. Os jogadores também são capazes de manipular os adversários uns contra os outros e paredes para combos estendidos. É possível coletar estrelas, permitindo que os jogadores realizem super movimentos poderosos. Os recursos desbloqueáveis ​​incluem personagens de jogos anteriores, apresentados em estilo de 16 bits, e faixas de música retrô de Streets of Rage e Streets of Rage 2.

O jogo também conta com multiplayer online para dois jogadores e multiplayer local para até quatro jogadores, pela primeira vez na série, além de um Modo de Batalha competitivo.

Use as paredes para construir combos

Streets of Rage recompensa mais pontos por combos mais altos, embora possam ser difíceis de manter quando você se depara com inimigos de várias direções. 

A chave para manter os combos altos é manobrar (ou usar arremessos) para que os inimigos estejam de um lado, antes de bater contra os lados da tela, o que permitirá que você acione mais acertos do ricochete. 

Isso também é especialmente útil em alguns encontros com chefes onde os acertos de aterrissagem são especialmente difíceis – então você deve sempre procurar esmagar inimigos nos parâmetros da tela sempre que possível. 

Pular irá salvá-lo de arranhões

Pode parecer óbvio, mas pular é a tática mais rápida e confiável para evitar golpes dos inimigos – especialmente quando você está cercado por todos os lados. 

Um dropkick de abertura nas lutas é um ótimo método para limpar o campo, embora esteja atento aos inimigos que podem prejudicar seus avanços se o tempo estiver fora do normal. 

Dependendo do personagem escolhido, a combinação de salto com os super movimentos de Cherry ou Adam Hunter também serve como excelente varredura para limpar grupos de inimigos. 

Lembre-se de que alguns movimentos não podem ser bloqueados

É importante lembrar que alguns movimentos não podem ser bloqueados ou interrompidos por inimigos, como o especial defensivo, jogadas de agarrar ou ataques especiais no ar.

Esses movimentos são especialmente úteis como manobras evasivas para combater ataques fortes em batalhas de chefes, com um rápido disparo de um especial defensivo durante ataques caseiros ou de varredura na tela, fornecendo um cobertor de segurança, caso você não consiga sair do caminho. 

O uso de armas como facas ou bastões também é uma maneira eficaz de bloquear e combater ataques, bem como repelir os inimigos.

Sempre verifique se há objetos destrutíveis

Em Streets of Rage 4, objetos destrutíveis costumam estar espalhados pela tela – embora nem sempre seja claro exatamente o que pode ou não ser aberto. 

É sempre melhor checar duas vezes, pois as caixas podem ser escondidas fora da vista, oferecendo a você saúde vital ou dinheiro que contribui para ganhar vidas extras. 

Mesmo que você não precise de itens de saúde também, eles contribuem para a sua pontuação – por isso, sempre vale a pena varrer os níveis para qualquer coisa que você possa encontrar, pois não poderá retornar mais tarde. 

Gravar movimentos especiais nem sempre é a melhor opção

Quando sua pontuação final é calculada, você recebe bônus adicionais por terminar níveis com grande quantidade de pontos de vida e por estrelas que você não usou em movimentos especiais. 

Em níveis posteriores, é tentador esconder seus movimentos especiais de estrelas para acabar com o chefe de nível e desencadear fúria – embora reter e simplesmente não usá-los irá render um grande impulso em pontos que afetam sua nota geral. 

Não é exatamente a maneira divertida de jogar Streets of Rage, mas oferece direitos extras de gabar-se nas tabelas de classificação. 

Encontre um personagem que combine com seu estilo de jogo

Há quatro personagens disponíveis quando você inicia o Streets of Rage 4, todos com habilidades e pontos fortes variados, projetados para diferentes estilos de jogo. 

Axel Stone é versátil, embora seus super combos longos e habilidades fracas de salto possam torná-lo complicado para escapadas rápidas. Blaze Fielding e Cherry Hunter são melhores opções de velocidade e versatilidade, embora este último tenha ataques especialmente fracos. 

Floyd Iraia é sem dúvida o mais difícil de usar devido à sua baixa velocidade e ataques de alta potência, embora ele possa ser mortal em um cenário de cooperação. 

Também existem outros personagens que você desbloqueia em Streets of Rage 4, por isso é importante descobrir quem combina melhor com seu estilo.

Trabalhe na sua estratégia

Dito isto, deixar um peru na tela pelo tempo certo é uma maneira muito boa de ganhar uma vida extra, sem acumular pontos importantes. Minha dica seria destruir todos os locais de recebimento (caixas, tambores, estátuas) o mais rápido possível por tela. Se houver um peru, é provável que você esteja prestes a ser atacado por alguns inimigos difíceis ou já o fez. Se você se mover dentro de um raio bastante curto do peru enquanto luta, poderá pegá-lo logo antes da morte para obter um grande impulso durante uma briga difícil.

Os fundos podem enganar

Os cenários desenhados à mão neste jogo são lindos, mas causam um pequeno problema de tempos em tempos: eles podem obscurecer o que é interativo e o que não é. Na maioria das vezes, é bastante claro quando um objeto pode ser atingido por dinheiro ou recuperação da saúde, mas não custa apenas se basear em outras coisas também. No primeiro nível, por exemplo, o carro que colide com um grupo de inimigos pode ser destruído no estilo Street Fighter 2 para jogadas especiais extras.

Você pode levar armas com você

Uma grande partida dos jogos anteriores de  Streets of Rage é o fato de que agora você pode levar armas com você entre as telas. As armas são bastante úteis, seja você balançando as cercas com um cano ou jogando um cutelo direto através de uma linha de tolos. Se houver uma nova arma lançada antes da tela mudar, basta pegar essa coisa e seguir em frente. Você pode até levar armas para brigas de chefes para obter uma boa vantagem logo de cara. Mais como bem  no bastão, amirite. Como você batendo em um cara com um bastão. Você sabe? Onde você vai?

Catch!

Você pode arremessar armas com B (em um controle do Xbox One), mas certas armas não desaparecerão depois que você se conectar com um arremesso, como canos, morcegos e espadas. Você pode pegá-los no rebote, criando algumas seqüências de ação cinética realmente incríveis, se você acertar o tempo. Na melhor das hipóteses, isso me lembra as lutas de Breath of the Wild com um bumerangue. Você pode realmente acumular dano rapidamente em uma tela cheia de inimigos com arremessos e capturas e pode criar alguma distância entre você e os grupos rapidamente dessa maneira!

Combos

Você recebe combos padrão que podem ser executados o tempo todo, mas uma das alegrias de  Streets of Rage é usar o tempo para maximizar o dano do combo. Bata dois golpes rápidos, depois faça uma pausa por um segundo, faça outros golpes rápidos, faça uma pausa, agarre-se, agarre duas vezes e atire. Esse é um exemplo de uma boa combinação improvisada que você pode dominar com muita facilidade, mas  Streets of Rage 4  pode levar esses combos off-the-book para o próximo nível …

Aprenda a fazer malabarismos

Malabarismo não é novidade para os fãs de jogos de luta, mas é relativamente novo para a  série Streets of Rage . Atingir inimigos no ar para obter dano extra antes que eles obtenham alguns quadros de invencibilidade enquanto se recuperam é a chave para dominar algumas lutas contra chefes e grupos de inimigos mais difíceis (especialmente em dificuldades mais difíceis). Embora os desenvolvedores tenham corrigido algumas combinações infinitas encontradas durante o período de revisão, você ainda pode causar danos muito significativos em um curto espaço de tempo (mesmo em chefes) se puder encurralá-los.

Piscando significa recuar

Alguns inimigos, mas principalmente chefes, piscarão antes de desencadear um ataque poderoso e ininterrupto. Mais vezes do que não, isso significa que você deve recuar. Salte logo antes do ataque para fornecer alguns quadros de segurança extra ao se retirar. Se um inimigo pisca em vermelho, significa que ele está prestes a tentar agarrá-lo agressivamente. Geralmente, o alcance das garras fica a apenas uma pessoa de distância; portanto, enquanto você mantiver alguma distância, deve estar seguro. Quando eles se aproximam para agarrar, é bom colocar alguns golpes para interrompê-los e cancelar a pegada. Observe que ataques intermitentes regulares normalmente não podem ser interrompidos e é melhor fugir e se aproximar novamente quando o ataque terminar.

Priorizar inimigos

Streets of Rage 4 tem muitos punks para punir, com alguns sendo muito mais perigosos que outros. 

Barras de vida inimigas revelam o nível de ameaça de um bandido. Se alguém tem uma barra de vida laranja, você pode diminuir rapidamente a saúde do criminoso. Os inimigos com barras de vida multicoloridas levam mais tempo para nocautear. Considerando o número de bandidos que preenchem a tela, você precisará eliminar os genéricos antes de se concentrar nas ameaças maiores.

Com isso dito, alguns inimigos básicos são extremamente irritantes, mesmo que não tenham muita saúde. Você deve priorizar qualquer pessoa com uma arma, como inimigos que atravessam a tela com uma faca estendida. Os inimigos sem camisa, com as mãos nos bolsos, gostam de tirar fotos baratas, então lide com eles rapidamente também.

Você terá que misturar sua estratégia durante as batalhas de chefe. Sua inclinação natural pode ser focar apenas no chefe. Em alguns casos, como o chefe do estágio 3, isso não é uma má idéia. Em outros casos, como o chefe do Estágio 2, você desejará dividir seu tempo entre o chefe e seus subordinados, pois esses peixinhos adoram cancelar seus ataques.

Alavancar riscos ambientais

Você pode virar a mesa contra os inimigos usando o ambiente para sua vantagem. Barris explosivos, fios elétricos soltos, resíduos radioativos e poços sem fundo estão disponíveis para você explorar. 

Quando se trata de barris explodindo, convém envolver o maior número possível de inimigos em sua posição. Depois de fazer, soco um barril e pular fora do caminho. Se feito corretamente, a força concussiva do cano matará ou ferirá gravemente qualquer pessoa por perto. De maneira semelhante, você pode persuadir os bandidos a pisar em fios elétricos e poças de lodo radioativas. Poços sem fundo são talvez o melhor risco ambiental, já que você pode pular e chutar a maioria dos inimigos neles.

Existem outros perigos no jogo, mas vamos deixá-lo sozinho. Lembre-se de que os perigos ambientais podem prejudicá-lo tanto quanto os bandidos; portanto, tenha cuidado.

Mantenha-se saudável

Assim como nas parcelas da série anterior, Streets of Rage 4 permite que você encontre maçãs e galinhas assadas que recuperam a saúde escondidas dentro de objetos quebráveis, como latas de lixo, cabines telefônicas e refrigeradores de água. As maçãs restauram uma quantidade moderada de saúde, enquanto as galinhas reabastecem uma quantidade maior. É importante lembrar que esses itens não desaparecem com o tempo. Se você encontrar uma maçã ou uma galinha e estiver com a saúde completa, é melhor acabar com os bandidos na tela e consumir os alimentos apenas quando necessário. Fazer isso prolongará significativamente a vida do seu personagem.

Executar um ataque especial exclusivo de um personagem torna uma parte da sua barra de vida verde. A seção verde representa uma potencial perda de saúde. No entanto, você pode recuperar a saúde aterrando combos. Se você for habilidoso o suficiente, poderá efetivamente fazer quantas promoções quiser, desde que não receba dano adicional dos inimigos. Se um inimigo ataca com sucesso enquanto você está no verde, essa parte da barra de vida desaparece.

Outro ótimo método para permanecer na luta é executar grandes combos. Quanto maior a sua contagem de combinações, mais pontos você ganhará. Depois de obter um certo número de pontos (como indicado por um alerta no jogo), você receberá uma vida extra. Os benefícios disso devem ser claros. Este é um excelente exemplo de como uma boa ofensa se traduz em boa defesa.

Pegue um Homie

Embora você possa ter um ótimo tempo jogando sozinho, Streets of Rage 4 é mais bem aproveitado com um amigo ou amigos. Você pode unir forças com alguém da sua lista de amigos ou com uma pessoa aleatória on-line para a ação de dois jogadores. A cooperativa de sofá (uma grande característica dos jogos originais da Sega Genesis / Mega Drive) é outra opção se você tiver amigos visitando. Este modo suporta até quatro jogadores. 

Brincar com alguém oferece benefícios óbvios. O principal é que os inimigos devem dividir sua atenção entre dois ou mais jogadores. Você também pode acumular combos enormes quando você e um amigo atacam simultaneamente inimigos de lados opostos. Se um jogador cai, os outros podem continuar a luta. Se você completar o nível, os jogadores abatidos poderão entrar novamente na briga.

Lembre-se de que você pode ativar ou desativar o fogo amigo. Desativar isso garante que você não derrote acidentalmente seus amigos durante brigas intensas. É uma maneira inteligente de jogar, mas se você busca mais desafios (além de aumentar a dificuldade), considere permitir um tiro amigável. Espaçar e sincronizar seus ataques de repente é muito mais importante, pois você precisará atacar os inimigos sem atingir um aliado. Além disso, e sejamos honestos aqui, às vezes é divertido lamentar os amigos apenas para mexer com eles.

Desbloquear vibrações retrô

Esta não é uma dica de combate, mas é uma  dica divertida , especialmente se você é fã das três primeiras parcelas de Streets of Rage.

Você pode dar imediatamente ao Streets of Rage 4 uma estética sonora de 16 bits mergulhando na configuração Áudio e selecionando Retro Soundtrack. Isso substitui as composições do jogo por faixas de títulos anteriores de Streets of Rage. E entrando na opção Post Effect na configuração Video, você pode fazer o jogo inteiro rodar com gráficos pixelados. Para torná-lo ainda mais retrô, você pode aplicar um filtro CRT.

Depois de atingir certas metas de pontos vitalícios, como 200.000 ou 500.000 pontos, você desbloqueia os personagens dos jogos originais. Embora os guerreiros treinem suas aparências clássicas em pixels de 16 bits, eles se encaixam muito bem com os cenários modernos. Eles até usam fio dental seus combos e especiais antigos. De fato, o movimento Star dos personagens de Streets of Rage 1 é o carro de polícia clássico que dispara um lançador de foguetes contra os inimigos.

Você encontrará armários de fliperama escondidos em alguns níveis também. Atacar alguém com um taser na mão desbloqueia uma parte do nível clássico dos jogos mais antigos. Por exemplo, o gabinete de arcade do Estágio 2 (localizado na delegacia) leva você a Streets of Rage 2, onde você luta contra o primeiro mini-chefe do jogo. Seu personagem fica pixelizado durante essas sequências, o que é uma explosão de se ver. Se você quer essa bondade retrô, então vai querer caçar esses armários de arcade.

Referências:

Fan byte, Ginx TV, PC Mag, wikipedia.

Luigi’s Mansion 3

Luigi’s Mansion 3 (ルイージマンション3 Ruīji Manshon Surī?) é um jogo eletrônico de ação-aventura desenvolvido pela Next Level Games e publicado pela Nintendo para o Nintendo Switch. É uma sequência dos títulos de 2001 e 2013 para Nintendo GameCube e Nintendo 3DS, respectivamente: Luigi’s Mansion e Luigi’s Mansion: Dark Moon, e o terceiro título da série Luigi’s Mansion, sendo lançado em 31 de outubro de 2019. O jogador assume o controle de Luigi que deve explorar um hotel assombrado, incorporando temáticas diferentes em cada andar, e resgatar seus amigos dos fantasmas que o habitam. O jogo obteve uma recepção positiva ​​da crítica e foi indicado a vários prêmios, vencendo na categoria de “Melhor Jogo para Família” no The Game Awards 2019. Até 31 de dezembro de 2019, o jogo havia vendido mais de 5,3 milhões de cópias em todo o mundo.

Luigi’s Mansion 3 conta com três modos multijogador, para você se divertir com outros jogadores.

Story Mode (Cooperativo)

Jogue com um amigo no papel de Gooigi em um modo Story cooperativo para 2 jogadores.

Essa opção fica disponível quando você obtém Gooigi do Professor E. Gadd no Story Mode (cerca de 1 hora de jogo).

Scarescraper:

Até 8 jogadores podem trabalhar juntos para escalar o Scarescaper jogando localmente sem fio ou online. Este modo permite 1-2 jogadores por console, até um máximo de 8 jogadores (4 consoles) no total.

Essa opção fica disponível quando você obtém Gooigi do Professor E. Gadd no Story Mode (cerca de 1 hora de jogo).

ScreamPark:

Alie-se a outros jogadores para competir em batalhas de minijogos! Este modo permite até 8 jogadores em 1 console.

Domine os controles

Uma das reclamações mais constantes dos jogadores, os controles de Luigi’s Mansion 3 realmente são um desafio à parte. Se você jogou Luigi’s Mansion: Dark Moon, talvez não sinta tanto esse estranhamento, mas os novatos podem achar as mecânicas um pouco travadas. O que ajuda muito, nesse caso, é analisar as opções de configuração dos controles e alterar alguns parâmetros. Para mim, por exemplo, é fundamental deixar marcada a opção de se mover mais facilmente enquanto usa a Poltergust. Outra boa dica é utilizar os gatilhos para executar determinadas ações e assim deixar a mão direita livre para o analógico.

Não tenha pressa

Sim, a sua missão é capturar fantasmas e libertar seus amigos, mas nada impede que você explore o ambiente atrás de itens secretos e, principalmente, dinheiro. É bem verdade que essa exploração é muito repetitiva em muitos momentos, mas o cuidado com os detalhes pelo ambiente e a possibilidade de completar todos os colecionáveis do jogo compensam. Além disso, ainda que no começo não pareça haver motivo para coletar tanto dinheiro assim, a sua conta bancária acaba sendo muito útil depois que o professor E. Gadd lhe oferece alguns itens para adquirir.

Diferentes fantasmas, diferentes estratégias

Assim como nos outros jogos da série, Luigi enfrenta aqui fantasmas com habilidades distintas. Por isso, em que pese o fato de que quase tudo pode ser resolvido na força bruta, entender a movimentação desses espectros ajuda muito na hora de capturá-los. Existem alguns que só podem ser sugados pelo rabo, enquanto outros utilizam escudos ou algum item para protegê-los. Sempre que os fantasmas possuem alguma barreira desse tipo, é necessário desarmá-los com o desentupidor de pia, e só então utilizar o flash e começar a sugar. Os boos, por outro lado, precisam ser revelados com a ajuda da Dark Light. Enfim, dominar essas mecânicas é realmente importante para capturar o maior número possível de inimigos.

Abuse do Slam

Um recurso interessante do Luigi, em relação aos outros jogos da série, é a habilidade do Slam. Com esse movimento você pode golpear os fantasmas no chão de um lado para outro, diminuindo a energia deles, e inclusive acertando outros que estão por perto. Isso é muito útil para capturá-los — o que acontece automaticamente sempre que a energia das criaturas chega a zero — e também para ajudar o jogador a sair de situações difíceis, em que se vê cercado por muitos inimigos.

Deixe o multiplayer para depois

Em Luigi’s Mansion 3 é possível acessar o multiplayer depois de apenas alguns poucos minutos de jogo. Acho importante dar essa opção ao jogador, mas não considero a decisão de encarar esse modo logo início muito recomendável. Em primeiro lugar, o único modo multiplayer que fica disponível desde o começo é o ScareScraper (para até quatro jogadores). Como o Gooigi não está disponível nas primeiras etapas da aventura os outros modos de multiplayer só são liberados depois de sua aparição. Ainda assim, no ScareScraper é possível utilizar o Gooigi e outras mecânicas que você vai aprender no decorrer do game.

Explicando um pouco esse modo, ele funciona da seguinte forma: são quatro jogadores (todos com Luigi, em cores diferentes) que precisam capturar todos os fantasmas de um determinado andar e assim subir para o próximo e depois para o próximo, até o final do desafio. Em cada andar, além dos inimigos, existe também o desafio do tempo. Por isso, é importantíssimo conhecer a estrutura dos mapas e dominar as técnicas utilizadas para capturar os fantasmas. Eu tentei jogar o multiplayer logo cedo, e confesso que mais atrapalhei do que ajudei a equipe, justamente por não saber como lidar com o ambiente e com as mecânicas do jogo (que são apresentadas de maneira adequada no singleplayer). Mas se você quiser se arriscar assim mesmo, aqui vão algumas dicas mais específicas:

Acompanhe sempre algum outro jogador. Dois jogadores capturam os fantasmas mais rapidamente e ainda podem salvar uns aos outros;

Preste atenção ao mapa e se direcione para os ambientes ainda não explorados. É bem provável que ainda existam fantasmas por lá;

Sugue tudo pelo caminho, pois o jogo entrega muitas corações para recuperação de vida;

Se estiver se sentindo perdido, acompanhe os outros jogadores pelo mapa e atue como médico, recuperando a vida deles em caso de algum dano mais grave.

Mesmo com essas dicas, vale o que já disse antes. Depois de avançar um pouco mais na história você vai se sentir mais confiante para o multiplayer, e sua contribuição será muito mais positiva.

Não esqueça de falar com E. Gadd

Em alguns momentos do jogo, você certamente vai se sentir preso, sem saber o que fazer. Nessas horas, vale muito a pena entrar na tela de pause e falar com E. Gadd. Como ele o acompanha do laboratório por toda a aventura, ele pode te dar dicas sobre o que fazer ou sobre como o ambiente e fantasmas se comportam. Não é o mesmo que entregar a solução dos puzzles. Portanto, não se preocupe: ainda vai ser necessário bater a cabeça para encontrar a resolução dos enigmas.

Valorize o Burst e o Suction Shot

O Burst é um movimento novo, que permite ao Luigi dar um pequeno salto afastando as coisas que estão por perto. É útil para afastar inimigos em situações complicadas, mas ainda mais necessário nos chefes, quando é preciso dominar o tempo de ataque para fugir de golpes específicos saltando (e nesse jogo a única forma de fazer isso é com o Burst).

O Suction Shot, por outro lado, possui a vantagem de uma mira automática. Então, o mais importante não é tanto saber atirar, mas sim identificar o que pode ser atingido. Nos mapas existem muitas barreiras aparentemente intransponíveis, e o Suction Shot ajuda o jogador a tirar objetos do caminho. Para objetos mais pesados, como um sofá, por exemplo, você precisa de dois desentupidores ao mesmo tempo, com Luigi e Gooigi atuando juntos. E falando nisso…

Aprenda a pensar em dupla

Mesmo jogando sozinho, em muitos momentos será necessário realizar ações conjuntas. Luigi’s Mansion 3 tem uma boa solução para isso. Quando acionamos o Gooigi, Luigi fica meio catatônico, mas ainda pode executar determinadas funções de maneira automática, como usar a Poltergust. Assim, às vezes você perceberá que é necessário poder dobrado para realizar determinadas ações. Por isso, lembre sempre de considerar a possibilidade de usar essa forcinha extra.

 Limpe Absolutamente Tudo

Além de estar cheio de mortos-vivos, este hotel assombrado é absolutamente imundo, quem vai tirar todo esse pó e mofo do caminho? Luigi, é quem. Também ajuda que a limpeza (que está apenas aspirando tudo à vista) é uma ótima maneira de descobrir segredos, encontrar mais dinheiro, farejar pedras preciosas e descobrir muitos divertidos pequenos ovos de Páscoa e mordaças.

Por exemplo, se você vir algo em uma parede, cartaz ou pintura, tente testar o aspirador antigo nele. Pode não ser importante, mas é possível que oculte algo que você deseja. Obter limpeza! Afinal, eu não estou pagando para você se divertir!

Passe essa mudança

Por alguma razão estranha e de outro mundo, fantasmas neste hotel estão cheios de dinheiro. Ele literalmente voa para fora de seus corpos transparentes! Você acumulará muitas moedas, barras de ouro, notas de dólar e pérolas ao longo do jogo. Eles podem ser usados ​​na loja do cientista louco Professor E. Gadd para obter itens que o ajudam a voltar à vida após a morte e encontrar itens secretos.

Quaisquer itens que o ajudem a localizar gemas, por exemplo, são incrivelmente úteis, pois é difícil encontrá-los em alguns níveis. Esse privilégio adquirível destacará as gemas para você, facilitando o rastreamento. Embora eles sejam um pouco caros e você precise comprar um para cada gema.

Não bata fantasmas imediatamente

A Mansão 3 de Luigi dá a Mario verde a capacidade de capturar fantasmas e jogá-los no chão, reduzindo consideravelmente seus pontos de vida. Se você está enfrentando um ghoul particularmente tanque, então não vai querer bater a presença assustadora no chão imediatamente.

Se você usar o vácuo no primeiro, mesmo após o ponto em que você é capaz de bater com força, você diminuirá ainda mais a saúde deles. Batê-los derruba seus pontos de vida em um grande pedaço antes de deixar o fantasma escapar de sua sucção. Então, desgastá-los um pouco mais de antemão torna cada luta um pouco mais rápida.

Tome seu tempo aterrorizante

Os níveis espalhados por todo o hotel são variados e emocionantes, tornando a revelação de cada uma delas algo pelo que esperar. É fácil pular a arma e correr de um nível para o outro. Em vez de ir a uma velocidade vertiginosa, não se apresse e explore todos os cantos de cada nível.

Pode ser difícil voltar e explorar os níveis anteriores após o fato, às vezes vale a pena gastar alguns minutos extras para encontrar jóias, Boos e todas essas coisas boas antes de passar para o hotel.

Faça capturas de tela abundantes

A última aventura de Luigi é cheia de piadas, memes e brincadeiras perfeitas para compartilhar. Tenha esse dedo instantâneo pronto para cenas, ovos de Páscoa e pequenos diálogos pelos quais a Nintendo é conhecida, valerá a pena. Estou jogando o jogo há algumas semanas e já sei que alguns momentos se espalharão pelas mídias sociais como um incêndio.

Pergunte a E. Gadd

Assim como a segunda aventura assombrada de Luigi no Nintendo DS, Dark Moon, o professor E. Gadd não cala a boca. Ele ainda está trocando mensagens com você, especialmente durante as primeiras horas do jogo. Mas ele também pode ser útil. Se você ficar preso, entre no menu e selecione a opção para falar com o professor. Ele pode ter uma dica para ajudá-lo. Além disso, ele está sozinho, então jogue um osso para ele!

Barras de ouro e fantasmas dourados

Existem duas formas de ficar rico mais facilmente em “Luigi’s Mansion 3”. A primeira é sugar tudo, literalmente TUDO que você puder, em cada sala para encontrar barras de ouro, que valem muito dinheiro. A primeira delas, por exemplo, você acha no andar B1 em uma prateleira assim que chega na lavanderia.

A segunda forma é capturando fantasmas dourados. Eles estão escondidos em cada andar, portanto vasculhe minuciosamente cada sala até achá-los. Geralmente encontram-se dentro de itens quebráveis. Ao vê-los, use o aspirador de fantasmas para derrotá-los. Ao longo da luta e depois dela, você será recompensado com moedas e barras de ouro. Dica: um desses fantasmas está em uma armadura do lado direito da porta do elevador no sexto andar.

Personagens

‘Luigi’s Mansion 3’ para Nintendo Switch  é composto por diferentes personagens que compõem seu elenco, então Luigi  não será o único que podemos ver nas mais de 10 horas de história que o título dura (sem contar os itens colecionáveis). Portanto, abaixo, você terá uma descrição de todos eles: 

Luigi: protagonista do jogo. Depois de ver como seus amigos foram presos por Rey Boo, ele terá que se equipar novamente com os Succionaentes para livrar o mundo dos fantasmas do Gritz Hotel. 

Professor Fesor: O criador de todos os aparelhos que Luigi usa e um especialista em atividades paranormais e psicotrópicas. Será o nosso apoio e guia durante o jogo.

Gomiluigi: Co-protagonista. É uma criação do Professor Fesor que podemos controlar, seja no Modo Cooperativo ou 1 Jogador. É capaz de passar por grades e áreas de espetos, mas se dissolve com a água.

Ectochucho: o animal de estimação de Luigi que o acompanhará na aventura. Às vezes, dá pistas para saber onde seguir.

Vilma Du Tel: Dono do Hotel Gritz e regente de todos os fantasmas que o habitam. Ele tem um grande interesse no rei Boo. 

Mario: O irmão de Luigi foi seqüestrado no início do jogo.

Peach: Princesa do Reino dos Cogumelos que é mais uma vez sequestrada. 

Sapo: 3 Sapo (nas cores azul, vermelho e amarelo) que acompanha a Princesa Peach e os encanadores em sua estadia no Hotel Gritz.

King Boo: O maior inimigo de Luigi. Regente do Boo e fantasmas. Ele busca vingança contra Luigi por suas derrotas anteriores. 

Referências:

Nintendo Suporte, Juego sadn, Nintendo Blast, GameMe, Uol, wikipedia.

Lords Mobile

Desenvolvido e publicado pela IGG, Lords Mobile do tipo MMO medieval onde seu forte é estratégia. Foi lançado em 26 de fevereiro de 2016, inicialmente para mobile, posteriormente, com tamanho sucesso, chegou aos PCs em 2019.

O jogo

O jogador deve construir e manter seu reino, melhorando estruturas, treinando exércitos, coletando e gerenciando recursos e se protegendo de ameaças. Ao mesmo tempo, o jogador deverá usar boas estratégias para atacar vizinhos, capturar heróis adversários. O jogo tem um cenário bastante competitivo. O jogo também conta com atividades cooperativas e os jogadores podem buscar aliados para criar ou participar de guildas.

Iniciando

Para se dar bem no jogo, você precisará de uma boa estratégia logo no início. Inicialmente, foque apenas nos recursos e construções necessárias para o começo. Use o espaço do seu reino de forma inteligente.

Recursos

A única forma de conseguir recursos, é construindo os edifícios apropriados que produzem cada um, são eles:

  • Fazenda – Produz comida. Usada para sustentar tropas.
  • Mina – Produz minério. Ele é usado para várias coisas, como melhorar outros edifícios ou fazer Pesquisas.
  • Serraria – Produz madeira. Usada, principalmente para treinar tropas.
  • Pedreira – Produz pedra. Você usará para fazer a melhoria de outros edifícios.
  • Mansão – Produz ouro. Ele é usado para aumentar a velocidade do treino das tropas.

Construa o necessário

Você verá, conforme joga, que tudo tem a hora certa para construir. Inicialmente, construa apenas os edifícios necessários para a primeira fase do jogo. Existem apenas 22 espaços para edifícios de recursos, então use os espaços com sabedoria, por exemplo; no começo, deixe a mansão de lado, você não precisará de ouro no início. Não se preocupe, conforme for preciso, você poderá destruir um edifício e colocar outro no lugar conforme necessidade. Vale a pena saber, que depois de um certo nível, você poderá pedir ou ajudar com recursos na sua guilda.

Edifícios táticos

Como no caso dos recursos, você precisará usar de estratégia para formar seu exército. São 18 espaços para você construir a parte tática, sendo um reservado para o cofre. Construa apenas uma Caserna, não é nada bom treinar grandes grupos de soldados ao mesmo tempo. Agora é a hora de você focar no ouro, construindo pelo menos 8 mansões. Alem de tudo, construa pelo menos 2 Enfermarias, ela que vai curar seus soldados machucados.

Tropas

Mais do essencial, os exércitos são de extrema importância no jogo. Treina-los com sabedoria e usar a estratégia correta, fará de você, o vencedor da batalha.

Tipos de tropas

No game, são 4 tipos de tropas; Infantaria, Atiradores, Cavalaria e Armas de Cerco. Cada uma delas tem também um nível que pode upar e, assim, aumentar os seus atributos. Colocando seus soldados no nível 4, você terá todo potencial da tropa, então, tenha isso como seu objetivo.

Você precisa saber

Com exceção as armas de cerco, que são fracas contra todas as tropas, porém, fortes contra construções, as demais funcionam como contra-ataque umas com as outras, ou seja, cada uma tem sua força e sua fraqueza. Abaixo está o básico que você precisa saber para começar:

  • Infantaria contra-ataca Atirador
  • Atirador contra-ataca Cavalaria
  • Cavalaria contra-ataca Infantaria
  • Armas de Cerco contra-ataca Muralha

Hora da guerra

A batalha é o coração do jogo. Nenhuma parte exige tanta estratégia quanto na hora da batalha. Tem vários tipos de ataques e defesas que você pode fazer para se sair bem. Antes de mais nada, confira em alguns fóruns do game, as melhores formas para se dar bem na guerra. São inúmeras estratégias.

Ataque e defesa

A melhor forma de atacar é usar apenas um tipo de tropa. Sonde seu inimigo antes, saiba qual tropa ele tem em maioria, e forme um exército que tenha vantagem sobre essa maioria. Não tem tropa específica que seja melhor em defesa, por isso, treine um pouco de cada para estar preparado para qualquer possibilidade.

Guildas

As guildas são um ponto importante no jogo, as guildas são nada mais que, o grupo que você participa. São essenciais para ajudar você crescer no jogo, então não demore, para formar ou entrar em uma. Na guilda, você poderá pedir apoio e também ajudar, bem como realizar algumas pequenas missões. Uma das coisas mais emocionantes e competitivas do jogos, é o Festival das Guildas.

Monstros

Pelo mapa de Lords Mobile você encontrará monstros de nível 1 a 5. O nível deles depende do level da categoria Monster Hunt na Academia. Vença esses monstros para conseguir bônus, bem como, experiências para seus heróis, além de brinde para a guilda.

Might

O might é o seu nível no jogo, ele que por exemplo, será analisado por outros jogadores ao pedir ingresso numa guilda. No entanto, sua Might não tem relação direta com seu poder de combate. De qualquer forma, é importante cumprir as quests, oferecer auxílio e realizar outras tarefas que contribuirão com sua might.

No PC

Como dito no começo, o Lords Mobile foi lançado também para PC apenas em 2019, se você é dos que iniciaram o jogo no mobile mas prefere jogar no PC, fique tranquilo, nenhum progresso seu será perdido. O Lords Mobile no PC, consegue resgatar os dados da sua conta através do login do Facebook, importando tudo que você já fazia no smart phone.

Conheça

Todos os jogos possui inúmeras coisas para se fazer. Pequenos detalhes que fazem a diferença. É importante saber bastante sobre o jogo, pesquisando, lendo, etc. Não se esqueça que, quanto mais se sabe sobre um assunto, melhor você ficará, e alcançará mais fácil seu objetivo.

Deixe nos comentários a sua opinião sobre esse grande jogo da IGG.

Referência:

Liga dos Games.

Cities: Skylines

Cities: Skylines é um jogo de construção de cidade singleplayer produzido pela Colossal Order e publicado pela Paradox Interactive, lançado em 10 de março de 2015 exclusivamente para PC (Microsoft Windows, macOS, Linux).

Os jogadores se engajam no planejamento urbano, controlando o zoneamento, a construção de estradas, a tributação, os serviços públicos e o transporte público da cidade. Os jogadores gerenciam ainda seu orçamento, população, saúde, felicidade, emprego, poluição (da terra, água e ruído), fluxo de tráfego e outros fatores. Há também em um modo sandbox com dois mods que vêm pré-instalados no jogo e que desbloqueiam a construção de certos prédios e fornecem dinheiro ilimitado ao jogador.

Organização das zonas da cidade

Ao iniciar um novo jogo, uma vez que você tenha um bom número de casas estabelecidas, a demanda por empregos aumentará, o que pode ser resolvido pelo zoneamento de novos distritos comerciais e industriais.

Residencial – onde moram seus “Cims” ou residentes.

Comercial – Lojas e empresas que trabalham com fábricas próximas para vender mercadorias aos moradores. Se eles não puderem vender bens ou trabalhadores suficientes, as propriedades acabarão fechando.

Industrial – Estas são as suas fábricas, utilizando materiais brutos ou renováveis ​​para produzir bens. Eles fornecem empregos e exigem zonas comerciais para comprar seus produtos. Se eles não conseguirem localizar uma loja adequada para fazer parceria, a indústria tentará exportar mercadorias para além da sua cidade.

Conforme você vai distribuindo o zoneamento de sua cidade, vale a pena observar algumas coisas no planejamento:

Zonas comerciais: criam poluição sonora que pode ter efeitos negativos nas casas próximas, mas é importante que os moradores desfrutem de acesso rápido às lojas.

Zonas industriais: devem estar localizadas a alguma distância das ruas residenciais para evitar problemas como cobrir as casas com poluição.

O objetivo é manter um equilíbrio saudável entre os 3 tipos de zonas.

Extra: É divertido planejar um novo bairro e observar as pessoas se mudando.

Procure também planejar as rotas de sua cidade desde o início de forma que o trânsito entre as zonas não se torne uma bagunça e os Cims possam se locomover com facilidade. E já que falamos em trânsito, vamos seguir com ele em nosso próximo tópico nas dicas de Cities Skylines.

Trânsito

Evitar engarrafamentos é um dos maiores desafios em Cities: Skylines, e a solução nem sempre é tão simples. Se você não se planejou muito bem no início, conforme sua cidade cresce você vai precisar desenvolver novas rotas e também meios de transportes que possam dar vazão a necessidade de seus habitantes.

Em uma cidade pequena, o transporte público não é vital, mas à medida que a cidade cresce e você começa a zonear por edifícios de alta densidade, um bom sistema para o transporte público é fundamental.

Você também deve considerar a proibição de veículos pesados nas áreas centrais, forçando os caminhões de carga a tomar outras rotas para chegar às fábricas. Seus cidadãos vão agradecer por isso.

O tráfego é determinante para o sucesso de sua cidade, porque, uma vez que o tráfego se torne um problema, você começará a ver os resultados na queda de suas receitas. Uma vez que suas receitas entram no vermelho, é hora de se preocupar.

Há muitas dicas de Cities: Skylines para mencionar quando se trata de tráfego. A primeira é gerenciar bem a principal malha de rodovias. Aquela que liga a sua cidade a outras.

Geralmente é nela onde a maioria de seus engarrafamentos começam. Portanto faça as devidas ligações às áreas de interesses principais e a partir destas ligações faça estradas menores que levarão ao subúrbio de sua cidade.

Pense como uma árvore que tem um grande tronco e dele vão saindo galhos menores. Outras dicas a serem observadas neste sentido são:

As estradas de sentido único ajudam muito no fluxo; cruzamentos são pontos de problemas e sempre que puder evite-os; os semáforos tendem a segurar o trânsito e deixar tudo mais lento.

Hoje com as novas atualizações você pode retirar os semáforos dos cruzamentos que você escolher e inclusive incluir placas de PARE onde achar necessário.

Tratamento da água

Os rios sempre se movem em uma direção. Portanto, você deve certificar-se de que suas bombas de água estão localizadas em direção contrária ao sistema de esgoto de sua cidade. E, claro, a uma distância segura.

Se você não fizer isso, suas bombas irão bombear água poluída à seus cidadãos que ficarão doentes e morrerão.

Lixo

Todo cuidado é pouco com o lixo em sua cidade. Você precisa de um plano efetivo de gerenciamento de lixo e você só tem duas saídas para se livrar dele – aterros sanitários, que se enchem rapidamente e incineradores. Ambos criam poluição.

Você precisa encontrar um bom lugar para colocar seus aterros sanitários e incineradores, de forma que eles não poluam sua água ou as regiões de seu interesse.

A localização precisa ser estratégica, considerando também que seus caminhões precisam atender todas as regiões de sua cidade. Não se esqueça de pensar no tráfego que eles irão encontrar pelo caminho.

Fique atento para a necessidade de alargar alguma rua

Quando for colocar um edifício importante como um hospital, um corpo de bombeiros ou uma delegacia de polícia ao lado de uma pequena rua de mão e contra mão, lembre-se que no futuro é capaz que você queira alargar essa rua.

Contudo, você não poderá fazer o melhoramento na rua se uma dessas construções estiver presente. A solução é mover um edifício inteiro pagando uma taxa. Com isso em mente, deixe sempre espaço ao lado, ou ao menos perto, para que possa movê-lo mais tarde. Assim poderá aumentar a rua que estava ao lado do edifício e trazer o prédio de volta futuramente. Mover um edifício irá custar a mesma quantidade, independente da distância que no mapa.

Densidade de zonas

Zoneamento é bastante simples. Selecione o tipo que você quer e pinte os quadrados ao lado da rua. Depois no jogo, é possível alterar as zonas para alguma de maior densidade, mas você terá que remover a seleção anterior, antes de colocar alguma zona de maior densidade.

Não é possível apenas inserir uma zona de maior densidade por cima. Remova primeiro para poder trocar depois. Quando você remover o zoneamento anterior, todos os edifícios que estiverem por lá serão removidos. Eles serão recolocados quando você inserir o novo zoneamento.

Água e eletricidade

Preste atenção ao seu sistema de distribuição de água. Para suprir sua cidade com água da forma mais barata possível, reduza custo de colocação de tubulação verificando sempre sua esfera de influência. Coloque os tubos em paralelo com as ruas e assuma sempre que você irá colocar mais ruas adjacentes. Logo, procure colocar os tubos paralelamente entre as duas pistas para cobrir o máximo de área.

As torres de energia (Pylons) são usadas apenas para transferir eletricidade por longas distâncias ou onde os edifícios não estão próximos um do outro. Você não precisa colocar as torres para ligar cada edifício. Desde que um edifício seja alimentado, os prédios ao lado também receberão eletricidade.

Represas hidrelétricas são caras para construir e também para operar. Caso construa uma, fique de olho aberto em quanto de dinheiro está sendo gasto. Você sempre poderá desligá-las, caso tenha energia suficiente vindo de outra fonte. Já os parques eólicos são ótimas fontes de energia limpa, mas apenas se certifique-se de colocá-los onde há vento.

Poluição

Quando colocar uma estação de tratamento de esgotos, certifique-se que a saída seja colocada distante do seu suprimento de água. Verifique as setas na água para saber para onde ela está fluindo. Não envenene as pessoas.

A poluição sonora afetará as zonas residenciais, então mantenha-as longe das zonas industriais. Reduza a poluição do som colocando árvores e parques, ou estradas com árvores ou barreiras de som.

Tenha em mente que os parques eólicos também causam poluição sonora, irritando os moradores. Além disso, poluição tóxica não viaja pelo ar no game, apenas pelo solo, para as áreas mais próximas.

Evite construir cruzamentos e priorize rotatórias

Conforme sua cidade cresce, é inevitável que o número de ruas aumente e o tráfego fique mais denso. Com o tempo você notará que ter muitos cruzamentos é prejudicial para o fluxo da sua cidade, já que os veículos precisam parar e esperar com muita frequência.

Para evitar esse problema mais na frente, tente priorizar a construção de rotatórias no lugar de grandes cruzamentos. Elas são a melhor forma de manter o bom fluxo no trânsito, já que os veículos não precisam parar e esperar.

Tenha em mente que o objetivo não é acabar com todos os cruzamentos. Eles ainda existirão em maior número que as rotatórias, mas tente visualizar as localizações mais propícias para cada uma. Entre as principais situações estão:

Na ligação entre ruas e estradas;

No acesso às zonas comerciais ou industriais onde veículos domésticos dividem a pista com veículos de carga;

Qualquer lugar onde as pistas se espalham para três ou mais direções.

Afaste seus cruzamentos uns dos outros

Para complementar a dica, evite construir cruzamentos muito próximos uns dos outros. Isso fará que com que o trânsito precise parar com muita frequência. Lembre-se que congestionamentos causam poluição sonora, desvalorizando a área e aumentando a insatisfação dos moradores, que podem decidir deixar a cidade.

Construa mais passarelas e menos faixas de pedestres

Essa dica é bem simples mas muito útil para iniciantes que tendem a construir o que é mais barato, sem pensar muito no futuro. Sempre que o dinheiro permitir, construa passarelas em vez de faixas de pedestres. Isso desafogará o trânsito, principalmente em ruas arteriais e centros comerciais, já que os carros não precisarão parar para os pedestres atravessarem.

Outra localização propícia para as passarelas é próximo de paradas de transportes públicos, onde sempre há um bom fluxo de pedestres.

O trânsito é um dos aspectos de Cities: Skylines que mais se modificam conforme sua cidade expande. É importante que você planeje com antecedência as ruas, cruzamentos, rotatórias, passarelas e tudo que se relacione com o tráfego. Dessa forma você evita o desperdício de dinheiro efetuando muitas modificações.

Reloque construções em vez de destruí-las

Em Cities: Skylines você pode simplesmente relocar construções. Essa é uma opção bem mais barata do que destruir a primeira e construir uma segunda em outro lugar. A função é extremamente útil para remodelar sua cidade, principalmente quando você precisar fazer upgrades em pistas, deixando-as mais largas (algo que acontecerá com muita frequência).

Identifique as estruturas criadoras de tráfego

Existem vários fatores que contribuem para a formação de congestionamentos em Cities: Skylines, e quanto mais rápido você identificá-los, melhor. Nesse sentido, saiba que o jogo é tão fiel à realidade que você não precisa ficar memorizando uma lista, mas apenas pensar logicamente.

Hospitais, escolas, construções, aeroportos, estações de trem, portos e paradas de transportes público são as principais estruturas que você precisa ter atenção. Se você parar pra pensar, cada uma delas tem seus próprios motivos para afogar o trânsito, seja o embarque e desembarque de passageiros, carga ou descarga de materiais, etc.

Para as estruturas mais centrais como escolas e hospitais, certifique-se de construí-las em ruas arteriais, o mais largas possíveis. Já aquelas responsáveis por trazer pessoas para a cidade como aeroportos e portos, a melhor opção é construí-los em locais mais isolados e se assegurar de conectá-lo ao centro com transporte público. Dessa forma as pessoas que saírem ou chegarem na cidade não precisarão usar carros.

Utilize a pausa com moderação

Se você é iniciante em Cities: Skylines, provavelmente vai passar muito tempo com o jogo pausado enquanto você edita sua cidade. Isso é normal. No entanto, é importante você se acostumar o mais rápido possível a administrar sua cidade sem pausar a partida. Isso porque, sempre que você pausa, você para de gerar recursos e deixa de ganhar dinheiro.

Sempre que editar sem pausa, tenha cuidado apenas na hora de modificar ruas e estradas ou o fornecimento de luz, água e esgoto. Se as alterações não forem feitas corretamente, ou se demorarem, podem causar sérias complicações na sua cidade.

Aproveite o jogo ao máximo: instale mods

Cities: Skylines está vinculado com a Oficina da Steam, onde você pode encontrar inúmeras opções de mods (modificações) para o jogo. Para quem não sabe, mods são pequenos arquivos que, quando inseridos na pasta do jogo, alteram a experiência de diversas formas.

Existem mods para todos os gostos em Cities: Skylines. São tantos (TANTOS) que é até difícil citar somente alguns. A título de exemplo, tem mod para ajudar no gerenciamento de trânsito, para instalar construções do mundo real (como IKEA), para adicionar novas opções de ruas, para sincronizar o tempo do jogo com a hora real, etc. Cheque a Oficia da Steam e personalize seu o jogo. 

Transporte público efetivo é a chave para o sucesso

A Colossal Order que é a produtora de Cities: Skylines também é a responsável por criar o Cities In Motion, portanto o sistema de transporte público do game é mega eficiente. Você tem a possibilidade de construir diversos meios de transporte e é você quem irá fazer as linhas e escolher os locais por onde o transporte irá passar. Para se ter um transporte público de qualidade é necessário colocar as paradas em locais distintos, ter um linha objetiva e rápida priorizando passar por avenidas, ter uma linha que saia da área residencial para a área industrial e jamais faça um linha que passe em centros de bairros de classe alta, pois os ricos não curtem muito o transporte público. Para cada linha inserida o gasto aumenta portanto verifique a sua renda antes de construir diversas linhas de transporte. Outro ponto importante é ter uma parada em frente a prédios público como escolas, hospitais e cemitérios. Com um transporte público eficiente o trânsito irá diminuir e sua cidade receberá bons pontos de felicidade.

Praças, construções especiais e atrações turísticas

Cada residência, comércio ou industria depende de valorização para evoluir e para conseguir essa valorização é necessário que você construa praças, ao contrário do SimCity 2013 as praças do Cities: Skylines são muito mais baratas e fáceis de se manter portanto abuse delas, outra importância é colocá-las nas zonas industriais para proporcionar lazer ao empregados já que todos no jogo possuem horário para o almoço (esse ideia também foi muito bem vinda), as construções especiais são desbloqueadas de acordo que você completa os objetivos necessários para desbloqueá-las. As construções especiais são primordiais para sua cidade, pois elas não geram gastos e trazem bons benefícios para as áreas onde elas são colocadas, entre esses benefícios estão melhor qualidade de vida, valorização de terreno, menor probabilidade de doença entre outras. As atrações turísticas são uma excelente forma de se ganhar dinheiro porém possui uma série de requisitos para que elas não deem prejuízo, para instalar um atração turística é necessário colocá-la em ruas que suportam grandes densidades, não colocá-las em áreas residencias, pois ela ocasionam muito barulho, ter um sistema de transporte público efetivo, ter uma boa renda e ter serviços de corpo de bombeiros, delegacia e hospitais. A partir do momento que você instalar essas estruturas no começo elas darão um prejuízo mais rapidamente começaram a gerar grandes lucros para sua cidade.

Analise os mapas de dados e o twitter do game

Cities: Skylines traz um riquíssimo conteúdo de informações para você, acessando a tela de mapas  você terá a possibilidade de ver qualquer informação da sua cidade, através dele poderá ver as áreas que estão mais poluídas, as ruas que estão com fluxo pesado de trânsito, os locais que estão necessitando de algum recurso, seja água, luz, segurança, educação, saúde ou lazer, o valor de cada terreno, o fluxo de turistas além de transporte público e outras informações. Analisando esses mapas corretamente você pode melhorar certas áreas, cortar gastos desnecessários e ter um panorama para as próximas construções. Outra ferramenta interessante é o twitter dentro do game, fica de olho nele e ler tudo o que seus habitantes estão postando pode ser de grande ajuda, pois podem indicar condições ruins de alguma área que pode estar passando despercebida por você.

Faça tudo para alcançar a metrópole

Chegando a parte final do nosso guia, tudo que você faz pela sua cidade é em busca da felicidade e nível, cada novo habitante funciona como um ponto de experiência que ao atingir um limite permite ao jogador evoluir sua cidade e desbloquear novas construções além de novas leis. Quanto mais habitantes você tiver maior será sua cidade, ao subir de nível também é permitido comprar novo lotes de terreno permitindo assim construir uma mega cidade. Outro ponto em que você deve focar é na felicidade de sua população, pois é ela que determina o sucesso da sua cidade e não se preocupe você irá iniciar mais de uma cidade até aprender todos os recursos do jogo.

Dicas rápidas que podem te ajudar