Vestaria Saga II: The Sacred Sword of Silvanister chega em julho no ocidente

A editora DANGEN Entertainment e a desenvolvedora Vestaria Project, anunciaram a data de lançamento de Vestaria Saga II: The Sacred Sword of Silvanister no ocidente. O título será lançado para PC via Steam em 28 de julho.

Sobre

📹 Trailer da data de lançamento | Reprodução Gematsu

O título, que anteriormente era chamado de Vestaria Saga Gaiden: The Sacred Sword of Silvanister, é um RPG de estratégia focado na história, onde posicionamento, movimento e armamento são fundamentais para o sucesso. Os jogadores poderão mover suas unidades fortemente armadas em torno de um mapa baseado em grade de estilo clássico e enfrentar piratas, rebeldes, monstros, soldados imperiais e qualquer outra pessoa que esteja em seu caminho. Enquanto Vestaria Saga I narra as batalhas que se seguiram na Guerra Solviano-Melediana, Vestaria Saga II se concentra nas aventuras adicionais de Zade, o herói do VS1, trazendo as histórias dele e de seus companheiros para um final emocionante e satisfatório. Em sua jornada épica, Zade encontrará aliados novos e antigos, enquanto também descobre mais mistérios por trás dos vis Margulites e seu plano de mergulhar Vestaria em uma nova era de escuridão.

História

📷 Vestaria Saga II: The Sacred Sword of Silvanister chega em julho no ocidente | Divulgação

Depois que um navio que transportava um diplomata imperial solviano foi incendiado por engano nas águas de Meledian, o imperador solviano Manneus declarou guerra ao reino da ilha. Liderados pelo famoso general Ajax, as forças imperiais de Solvia logo invadiram as costas de Meledian. Uma vez que Meleda sofreu uma derrota crítica na Batalha de Frist, o Império rapidamente se apoderou da capital real de Regina. Esmagado além de qualquer esperança de recuperação, Meleda foi forçada a assistir seus invasores varrer brutalmente 500 anos de história da face do mapa. E assim, um ano se passou… Uma vez considerada desaparecida, a jovem princesa Athol milagrosamente retornou à capital real e libertou seu povo através de uma batalha furiosa.

📷 Vestaria Saga II: The Sacred Sword of Silvanister chega em julho no ocidente | Divulgação

Quem lutou bravamente ao seu lado e ajudou a levá-la à vitória foi ninguém menos que Zadrian, o jovem herdeiro de Redessa. Meleda elogiou Zadrian como um herói nacional, cobrindo-o com fama e glória que excediam em muito o que eles haviam mostrado a seu irmão mais velho Zacarias, o melhor cavaleiro do reino. Zech não estava apenas noivo da princesa, ele também era o comandante interino do exército de Meledian… E o mais importante, ele era o irmão mais velho de Zade – o homem que Zade amava e respeitava mais do que qualquer outra pessoa. Sentindo que sua presença havia se tornado uma mancha na reputação de seu querido irmão, Zade decidiu deixar a capital e partiu em uma nova jornada para o Temenos de Vesta. Ele levou consigo em sua busca apenas um único companheiro de viagem: Accorte Roland, um aluno de Sphire’

O que você achou da novidade? Deixe aí nos comentários.

Referências:

Gematsu, Steam.

Fire Emblem Warriors: Three Hopes recebe novo trailer

A Nintendo e a Omega Force divulgaram um novo trailer de Fire Emblem Warriors: Three Hopes. No vídeo, podemos conhecer um pouco mais sobre a gameplay do jogo. O novo trailer é focado nos estudantes da Golden Deer, que é chamada de Golden Wildfire no spin-off. Eles são liderados por Claude. Confira:

📹 Trailer Aliança Leicester | Divulgação

Three Hope terá foco no mundo de ‘Fire Emblem: Three Houses‘, game exclusivo para o Nintendo Switch lançado em 2019, que se tornou um grande sucesso, com muitas cópias vendidas, além de bem avaliado pela crítica.

Sobre

Fire Emblem Warriors: Three Hopes recebe novo trailer

📷 Fire Emblem Warriors: Three Hopes recebe novo trailer | Divulgação

Fire Emblem Warriors: Three Hopes foi anunciado pela primeira vez em 09 de fevereiro de 2022 durante um Nintendo Direct. Ao contrário de Fire Emblem Warriors, seu antecessor que tinha personagens de vários jogos da série em um mundo totalmente novo, Three Hopes é focado apenas na história e ambientação de Fire Emblem: Three Houses. No game, o jogador assume o papel de Shez, enquanto conhece Edelgard, Dimitri, Claude e outros personagens de ‘Fire Emblem: Three Houses‘e luta pelo futuro de Fóblan, o cenário principal de Fire Emblem: Three Houses e onde se passa a história.

📷 Fire Emblem Warriors: Three Hopes recebe novo trailer | Divulgação

“Tenha um líder como aliado para construir e comandar um exército em batalhas estratégicas de 1 contra 1.000. A casa que escolher levará você a uma das três histórias emocionantes, cada uma com um final diferente. Cada personagem de Fire Emblem: Three Houses que você recrutar nessas jornadas tem um conjunto distinto de combos impressionantes e poderosos capazes de atravessar hordas de inimigos.”

Jogabilidade

📷 Fire Emblem Warriors: Three Hopes recebe novo trailer | Divulgação

Com batalhas em tempo real, você e seu exército enfrentam centenas de oponentes e usam elementos de Fire Emblem para maximizar sua estratégia. Dê comandos ao seu exército nas batalhas caóticas para completar missões e alcançar objetivos. Organize-se com antecedência e prepare-se para a batalha equipando armas, habilidades e classes para explorar as fraquezas dos inimigos. Além disso, atribua elementos de Fire Emblem: Three Houses, como brasões ou batalhões, a personagens para aprimorar ainda mais como você planeja a sua abordagem.

Fortaleça seus laços dentro e fora da batalha

📷 Fire Emblem Warriors: Three Hopes recebe novo trailer | Divulgação

Construa e desenvolva relacionamentos em batalha com outros personagens de Fire Emblem: Three Houses enquanto luta pelo futuro de Fóblan. Fortaleça os relacionamentos entre os personagens para obter uma vantagem tática no campo de batalha e ouvir os seus diálogos de apoio. Aproxime os personagens juntando-os na batalha ou passando tempo juntos no acampamento base. Desenvolva seu acampamento base e treine, equipe e prepare cada um dos membros de sua equipe antes de se jogar na batalha.

O jogador que comprar a versão digital do jogo, receberá visitas regulares de uma amigável coruja mensageira fora de seus aposentos. Ela lhe dará Owl Feathers (penas de coruja) que podem ser usadas para melhorar seu nível de suporte com outros personagens. Fire Emblem Warriors: Three Hope será lançado no dia 24 de junho para Nintendo Switch.

Você está ansioso pelo jogo? Deixe aí nos comentários.

Referências:

Nintendo, The Enemy, CinePOP.

Fishing Paradiso para Switch e PC em junho

A desenvolvedora Odencat anunciou o lançamento de Fishing Paradiso para Nintendo Switch e PC (via Steam). O game chega no dia 02 de junho com o valor de US $ 14,99. Fishing Paradiso foi lançado pela primeira vez para dispositivos móveis em maio de 2019.

História

Fishing Paradiso para Switch e PC em junho

📷 Fishing Paradiso para Switch e PC em junho | Divulgação

“Embora isso possa ser o paraíso, você ainda terá que procurar para encontrar seu próprio paraíso verdadeiro…”
A última coisa que você se lembra de ouvir após sua morte prematura são essas palavras misteriosas, ditas por um peixe gigante flutuando em meio a um mar de estrelas. Quando você desperta na vida após a morte, você se encontra em uma pequena ilha deserta no meio do oceano. Nada de portões perolados, nenhum coro de anjos para cumprimentá-lo – apenas algumas palmeiras e um passarinho irritante para lhe fazer companhia. Para um lugar chamado Céu, com certeza não parece o paraíso. Não há abrigo para protegê-lo dos elementos, nem mesmo comida para comer. Na verdade, a única coisa aqui parece ser uma velha vara de pescar deitada na praia.

📷 Fishing Paradiso para Switch e PC em junho | Divulgação


Parece que você vai ter que aprender a pescar.
À medida que a história avança, você encontrará um elenco diversificado de habitantes da vida após a morte, tanto do Céu quanto do Inferno, cada um com seus próprios problemas e bagagem emocional. Mas com seu skyPhone confiável e habilidades de pesca, você pode ajudar a resolver todos eles! Para ter certeza, provavelmente não será uma jornada agradável durante todo o caminho. Mas por que não embarcar em uma pequena aventura de qualquer maneira? Você pode descobrir o verdadeiro significado do paraíso.”

Sobre

📷 Fishing Paradiso para Switch e PC em junho | Divulgação

Fishing Paradiso é um RPG de pesca baseado em narrativa e spin-off do hit indie Bear’s Restaurant. No game, o jogador acorda na vida após a morte em uma pequena ilha deserta no meio do oceano, agora precisará se virar sozinho apenas com uma vara de pescar nas mãos. O título é projetado para ser terapêutico e envolvente com uma jogabilidade relaxante e sistemas de progressão. Quanto mais você pesca, mais o jogo se abre com novos ambientes para explorar, novos objetivos de história e novos personagens para conhecer e fazer amizade.

Principais mecânicas

📷 Fishing Paradiso para Switch e PC em junho | Divulgação

  • Mais de 90 espécies únicas de peixe de ecossistemas desconhecidos e fantásticos, indo de montanhas e mares até a Via Láctea – e o próprio inferno!
  • Um jogo de pesca… Com uma história?! Pode acreditar! Esta é uma experiência narrativa com um enredo comovente que você não vai encontrar em qualquer jogo de pesca por aí!
  • Fácil de aprender, difícil de jogar bem! No começo a jogabilidade é simples e tranquila… Mas vai ficando mais desafiadora e intrigante conforme a história avança!
  • Complete as missões secundárias para conhecer mais sobre a história de outros personagens, alguns inclusive de um outro jogo nosso, Bear’s Restaurant!
  • Decore sua casa com móveis e ornamentos especiais. Complete missões especiais para desbloquear mobília exclusiva e decore seu espaço como quiser!
  • Esta versão definitiva em tela cheia contém todo conteúdo que já foi lançado (e até mesmo algumas novidades!), além de trazer visuais melhorados, conquistas na Steam e suporte para controle!
  • Leve seus amigos para almoçar por meio do mais novo sistema de refeições, o Foodie Friends! Desbloqueie dezenas de eventos para aprofundar cada amizade que você fizer em sua jornada, experimentando todos os pratos do menu de Bear’s Restaurant!

O que você achou da novidade? Deixe aí nos comentários.

Referências:

Fishing Paradiso, Steam, NintendoBoy.

Zenless Zone Zero é revelado

No último dia 13, a HoYoverse (ex miHoYo), desenvolvedora famosa por Genshin Impact, publicou no YouTube um trailer de Zenless Zone Zero, seu próximo jogo. Caso seja de seu interesse, você pode se registrar para experimentar o beta fechado agora, dentro do site oficial.

📹 Bem vindo a New Eridu – Onde a humanidade ressurge | Trailer oficial | Divulgação

“A civilização contemporânea foi destruída por um desastre sobrenatural conhecido como “Hollows”. Eles crescem exponencialmente do nada, criando dimensões desordenadas onde monstros misteriosos apelidados de “Etéreo” vagam. New Eridu, a última civilização urbana que sobreviveu ao apocalipse, conseguiu prosperar adquirindo a tecnologia para extrair recursos valiosos dos Hollows. À medida que New Eridu se tornou a cidade do milagre e atraiu mais moradores reassentados, também iniciou a exploração massiva dos Hollows para sua expansão perpétua. Os Hollows então se industrializaram e monetizaram sob a administração da cidade, o que gradualmente levou à crescente tensão entre empresas monopolistas, gangues, conspiradores e fanáticos.”

Sinopse

Sobre

📷 Zenless Zone Zero é revelado | Divulgação

Zenless Zone Zero é um RPG de ação e fantasia urbana. O game promete uma história envolvente, personagens com estilos distintos, um estilo de arte em anime 3D com toques futuristas e um sistema de combate cinematográfico e focado na ação. Além disso, ele ainda trará uma mecânica roguelike que incentiva a exploração. Sua história se passa em um mundo devastado por um desastre sobrenatural, com criaturas misteriosas saindo de buracos dimensionais para causar caos e destruição. Os jogadores assumem o papel de um “Proxy”, um profissional especial que orienta as pessoas na exploração de Hollows. Muitas pessoas querem entrar nos Hollows por suas próprias razões, e os “Proxies” são seus parceiros indispensáveis. Os jogadores os ajudarão a explorar os Hollows, lutar contra seus inimigos, alcançar seus objetivos e, no processo, aprender mais sobre sua história.

Mais detalhes

📷 Zenless Zone Zero é revelado | Divulgação

Além da história envolvente, este título em estilo anime 3D apresenta um sistema de combate fluido e cinemático orientado para a ação. Enquanto lutam contra Ethereal, os jogadores podem assumir o controle de diferentes personagens para liberar habilidades eletrizantes e combos QTE ilimitados. O jogo também desenvolve um mecanismo de jogabilidade roguelike que oferece exploração.

Zenless Zone Zero será lançado para dispositivos móveis e PC. Por enquanto, ainda não tem previsão de lançamento. A HoYoverse também pretende disponibilizá-lo para mais plataformas.

📷 Zenless Zone Zero é revelado | Divulgação

Expetativa gigante. Esse é mais um título da enorme HoYoverse que está sendo aguardado, tanto pelos fãs da empresa, quanto pelos fãs de RPG.

Mas e você! O que espera do game? Está com boas expectativas? Conta aí para gente. Deixe um comentário.

Referências:

Zenless Zone Zero, Gematsu, Voxel, Jovem Nerd, Gamerview.

The Quarry: game promete 186 finais diferente

O próximo grande game da Supermassive já tem nome, The Quary que chega em 10 de junho. A desenvolvedora conquistou fama com o sucesso de Until Dawn e The Dark Pictures Anthology, sempre com um estilo de jogo narrativo e com múltiplos caminhos. Agora a Supermassive resolveu ir mais além, prometendo 186 finais diferentes para The Quarry.

Informações

📷 The Quarry: game promete 186 finais diferente | Divulgação

A informação foi dada pelo diretor do game Will Byles, que também dirigiu Until Dawn. Ele explica em entrevista concedida ao IGN que The Quarry já tem um script de mais de 1.000 páginas. Um filme para o cinema tem, normalmente, 100 páginas, segundo o próprio Byles. “Nós temos que gravar 50 páginas por dia, o que é algo nunca feito. É apenas uma quantidade insana de gravações.” Além disso, Byles também explica um pouco de como funciona a lógica de planejamento das narrativas pulverizadas de seus jogos. Ele diz que, primeiro, eles escrevem um script normal de 100 páginas, como se fosse um filme. Nesse primeiro documento são definidos os personagens, suas personalidades e estilos. Depois disso, eles começam a buscar nas páginas os momentos em que seria interessante haver um novo caminho para seguir e vão a partir dali pra completar outra narrativa. O processo vai sendo repetido até termos diversas opções para seguir.

Mais detalhes

📷 The Quarry: game promete 186 finais diferente | Divulgação

Ainda falando sobre Byles, o diretor diz que os 186 finais diferentes não se tratam somente de quem vive ou morre durante The Quarry. Ele explica que as histórias de cada personagem variam bastante e levam em consideração o que aconteceu durante a trama. “Realmente gostamos da ideia de dar contexto, então você pode ter a mesma conversa, mas, você sabe, aquela pessoa acabou de matar alguém e esse contexto muda totalmente”, explica. Para facilitar que o jogador consiga ter acesso a todos os finais diferentes, The Quarry terá um Modo Filme. Nele, o jogador pode assumir a cadeira do diretor e definir o destino dos personagens e suas personalidades, assistindo os resultados de forma semelhante a um filme de terror.

Sobre o jogo

📷 The Quarry: game promete 186 finais diferente | Divulgação

Em The Quarry, o jogador poderá controlar os nove adolescentes durante o jogo, e como indicado no texto e nos jogos anteriores da Supermassive, as decisões feitas terão impacto significativo (ou não) em momentos posteriores na trama. Assim como em The Dark Pictures: Anthology, que possui modos cooperativos, o game permitirá que os jogadores convidem até sete amigos para a sessão. Aparentemente, cada um terá uma função para exercer na narrativa, então será interessante ver como funcionará a dinâmica do grupo. Vale lembrar que, assim como em outras produções da casa, o título terá um elenco de atores e atrizes hollywoodianos, como David Arquette (Scream), Ariel Winter (Modern Family), Justice Smith (Detective Pikachu), Brenda Song (Dollface), Lance Henriksen (Aliens) e Lin Shaye (Insidious).

The Quarry será lançado para PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One, Xbox Series e PC em 10 de junho.

O que você achou da novidade? Deixe aí nos comentários.

Referências:

Voxel, Adrenaline.

Bugsnax 

Bugsnax é um videogame de aventura desenvolvido pelo estúdio de jogos independente Young Horses. No jogo, os jogadores exploram uma ilha misteriosa e tentam encontrar e capturar as criaturas homônimas meio inseto e meio lanche. O jogo foi revelado por meio de um trailer de anúncio mostrado durante o evento de revelação ao vivo do PlayStation 5 da Sony em 11 de junho de 2020. 

A banda indie pop britânica Kero Kero Bonito apresentou a música tema do jogo, que foi apresentada no trailer de anúncio. O jogo foi lançado em novembro de 2020 para PlayStation 4 e PlayStation 5, bem como Microsoft Windows e macOS através da Epic Games Store. Um pacote de expansão, Bugsnax: The Isle of Bigsnax foi anunciado em 27 de outubro de 2021 e lançado em 28 de abril de 2022, juntamente com o lançamento do jogo no Steam, Nintendo Switch, Xbox One e Xbox Series X/S.

Jogabilidade 

Bugsnax é um jogo de aventura em primeira pessoa, no qual os jogadores atravessam a Ilha Snaktooth tentando encontrar e capturar diferentes espécies de Bugsnax usando várias engenhocas. 100 espécies de Bugsnak estão disponíveis para captura. Uma vez capturado, o Bugsnax pode ser alimentado aos Grumpus locais, que transformam seus corpos com base nas propriedades de qualquer Bugsnak que eles comam.

Digitalize com o Snaxscope, leia a bugapedia

Seu SnaxScope permite escanear informações sobre seus arredores, incluindo Bugsnax, outros personagens e objetos importantes. Se você quiser capturar todos os Bugsnax do jogo, é essencial que você escaneie todas as criaturas que encontrar, porque escanear novas criaturas adiciona informações cruciais sobre elas em sua Bugapedia .

A Bugapedia detalha tudo o que você precisa saber sobre os Bugsnax que habitam a ilha. Ele divide cada bioma e mostra quantas criaturas você escaneou, quantas você capturou e o número de criaturas que você ainda precisa descobrir.

A varredura também revela informações sobre cada criatura, incluindo seu tipo, o que elas gostam e não gostam, bem como pistas sobre como você pode capturá-las.

Escanear uma criatura também revela seu caminho de movimento. Isso é especialmente útil ao capturar Bugsnax que exigem o uso de outras ferramentas para capturar, como o Trip Shot .

Você também deve usar seu SnaxScope para obter mais informações sobre cada personagem que encontrar. Analise cada novo Grumpus que encontrar para revelar alguns detalhes divertidos sobre eles. Você pode até escanear objetos no jogo, como as várias estátuas que encontrar, além de outros itens que podem ser úteis em sua jornada.

Como usar o snak trap

A Snak Trap é a principal maneira de capturar as criaturas Bugsnax . No começo, pode parecer meio complicado, especialmente porque tem sua própria física – pode ser derrubado, lançado ou até destruído por algum Bugsnax.

A maneira mais comum de usar seu Snak Trap é escanear um Bugsnak primeiro, para que você possa ver sua trajetória. Normalmente, um Bugsnak fugirá assim que o vir, mas se você o escaneou, sabe qual caminho ele seguirá. Coloque sua Snak Trap em seus trilhos e esconda-se a uma distância segura. Quando a criatura se sentir segura, ela retomará seu padrão de caminhada.

Quando o Bugsnak estiver no alcance de sua armadilha, a luz do seu relógio de pulso mudará de branco para azul e você ouvirá um ping para indicar o momento perfeito para ativar a armadilha. Uma vez que o bicho está em sua armadilha, uma contagem regressiva começa. Corra de volta para sua armadilha e colete-a antes que o tempo acabe e a cobra escape.

Atualize sua mochila snakpack

No início, você só pode carregar alguns Bugsnax na mochila de cada vez. À medida que avança no jogo, você pode querer segurar mais criaturas de uma só vez – especialmente se estiver trabalhando em uma missão que exige que você capture e alimente vários Bugsnax para um personagem em particular.

Para atualizar sua mochila, Gramble deve primeiro retornar à sua cidade. Você o encontrará em Simmering Springs . Depois que ele retornar, ele eventualmente pedirá que você faça uma missão chamada “Empty Nest”. Para completá-lo, doe seis Bugsnax para o celeiro dele. Depois de concluir a tarefa, seu Snakpack será atualizado, permitindo que você mantenha mais Bugsnax.

Continue doando mais Bugsnax para o celeiro e você continuará aumentando seu espaço de inventário.

Reabastecer o molho

Carregar seu Sauce Slinger com vários molhos é importante para capturar Bugsnax que exigem alguma persuasão para serem capturados. Na maioria dos casos, os molhos que você precisa estarão localizados em canteiros de flores perto do Bugsnax que os exigem. No entanto, nem sempre é assim. Além disso, pode haver momentos em que as plantas próximas simplesmente não tenham molho suficiente para suas necessidades.

Para obter mais molho, você sempre pode estocar na pequena fazenda que Wambus costuma fazer na cidade. Cada vez que você encontrar uma nova planta de molho, Wambus terá essa planta disponível em sua fazenda na próxima vez que você retornar. Crie o hábito de estocar todos os molhos disponíveis toda vez que visitar sua base.

Fale com todos

Depois de trazer um novo aldeão de volta à cidade, entreviste-o imediatamente. Essas conversas são importantes por vários motivos. Uma de suas principais missões envolve entrevistar todos na ilha, e completar essa tarefa também abre missões secundárias de cada personagem.

Depois que você levar um novo Grumpus de volta a Snaxburg, eles começarão a pedir que você participe de missões secundárias opcionais para aprofundar ainda mais suas histórias. Na maioria dos casos, essas missões menores não fornecem nada mais do que uma história extra sobre os moradores com quem você compartilha a ilha. Alguns deles – Chandlo, Cromdo, Snorpy e Wiggle – eventualmente levam a lutas contra chefes opcionais.

Sinais indisponíveis

Se você deseja capturar todos os Bugsnax, é provável que tenha alguns lugares vazios em sua Bugapedia à medida que avança. Seu guia mostra quantas criaturas existem em cada uma das regiões do jogo, mas nem sempre fica claro onde elas podem estar escondidas no mapa. Se você não conseguir encontrar uma criatura enquanto visita uma área do jogo, tente procurar por sinais dela.

Se uma criatura aparecer apenas durante certas horas do dia ou em condições especiais, como dias chuvosos, você encontrará vestígios dela perto de onde elas aparecerão.

Use seu SnaxScope nesses bits e peças para descobrir quando você deve retornar. A maioria dos Bugsnax pode ser encontrada o tempo todo, mas essas pistas reveladoras lhe dirão quando encontrar o Bugsnax mais indescritível do jogo.

As conquistas são muito fáceis

Se você está procurando um jogo fácil de platina, Bugsnax pode ser apenas isso. Muitos jogadores poderão coletar todas as conquistas sem nunca pegar um guia ou ter que se preocupar com uma segunda jogada. O jogo não tem nenhum requisito superior para suas conquistas.

Na verdade, é totalmente viável para os jogadores coletar todas as conquistas em uma longa sessão de jogo, se assim o desejarem.

É focado na história

Apesar do fato de o jogo parecer uma coleção de criaturas, na verdade é mais focado na história. Enquanto o bugsnax desempenha um papel no progresso do jogo, apenas capturar um número definido de criaturas não é o que desbloqueará novas missões ou mesmo a próxima área.

Para progredir, os jogadores precisarão interagir com os moradores da ilha e restaurar Snaxburg.

Não é só para crianças

Apesar do estilo de arte brilhante e borbulhante, a história é realmente bastante madura. Os personagens são realistas, têm relacionamentos realistas, e alguns dos temas mais sombrios podem ser difíceis para as crianças entenderem. Este é um ótimo jogo para brincar com as crianças sem sentir que é uma perda de tempo.

Apenas esteja avisado, algumas partes do jogo podem acabar dando pesadelos a alguns jogadores.

Analise seu ambiente

Quando os jogadores chegam à ilha, eles são apresentados a uma ferramenta que pode escanear bugsnax e dar-lhes informações sobre a criatura. Acontece que o scanner pode ser usado em uma ampla variedade de objetos, incluindo Grumpus, itens nas casas dos personagens e bagunças de lanches deixadas pelas criaturas.

As bagunças podem até ajudá-lo a determinar a que horas certos Bugsnax saem para jogar.

Atualizações de mochila

No início do jogo, os jogadores perceberão que seu espaço de inventário é incrivelmente limitado. Durante a primeira parte do jogo, a mochila de um jogador só poderá conter até seis bugsnaks. Sem nenhuma loja à vista, alguns jogadores podem simplesmente assumir que estão limitados a essa pequena quantidade de espaço.

Depois que os jogadores resgatarem Gramble Gigglefuny, eles poderão doar bugsnax para o rancho em troca de mais espaço no inventário.

Você não precisa armazená-los todos

Muitos jogadores estão cometendo o erro de tentar ter um de cada bugsnak ou doá-los para o rancho. Após a terceira atualização de inventário, não há necessidade de doar mais bugsnax. Os jogadores podem sobreviver com apenas o bugsnak solicitado em sua mochila.

Se o pacote ficar cheio, o jogador pode trocar seu novo bugsnak por um dos antigos.

Retroceder é uma necessidade

Quando você finalmente conseguir que um Grumpus volte para Snaxburg, a área em que ele está ficará vazia para que novas espécies de bugsnax possam se mudar. ver que novas criaturas estão correndo por aí.

Muitas vezes, haverá pelo menos dois novos tipos de cobras vagando por sua nova casa.

Existem chefes secretos

Muitos jogadores serão  pegos tentando encontrar a melancia gigante  no início, mas existem quatro chefes secretos que são desbloqueados através de missões no final do jogo. Esses chefes normalmente não aparecerão além dessas missões.

Os jogadores que estão perdendo alguns bugsnaks podem apenas precisar procurar o ícone de missão na cidade.

Os quebra-cabeças são simples

Uma das maiores coisas que os jogadores devem notar sobre o jogo é que os quebra-cabeças não são difíceis. É fácil ultrapassar completamente as soluções simples, especialmente para aqueles acostumados a jogar jogos com quebra-cabeças complexos. A maioria dos bugsnaks podem ser capturados usando métodos incrivelmente simples.

Referências:

Polygon, The Gamer, Wikipedia.

Batman: Arkham Knight

Batman: Arkham Knight é um jogo eletrônico de ação-aventura produzido pela Rocksteady Studios e lançado mundialmente 23 de Junho de 2015 pela Warner Bros. Interactive Entertainment para PlayStation 4, Xbox One e Microsoft Windows. Baseado no popular super-herói da DC Comics, Batman, é o sucessor do jogo de 2013 Batman: Arkham Origins, e o quarto e último jogo da série Batman: Arkham. Arkham Knight foi o primeiro da série que teve a classificação “M” (Maiores de 17 anos) atribuída pela ESRB. Estava planejada uma versão para os sistemas OS X e Linux, mas foi cancelada em fevereiro de 2016.

Escrita por Sefton Hill, Martin Lancaster e Ian Ball, a história acontece um ano depois dos eventos de Arkham City, em que Batman, no pico máximo das suas habilidades, tem de defrontar o super-vilão Espantalho, que criou um ataque a Gotham City causando a evacuação da cidade. Com a ajuda do misterioso Cavaleiro de Arkham, um personagem original criado pela Rocksteady para o jogo, Espantalho reúne os grandes inimigos de Batman, com o intuito de eliminar de uma vez o Cavaleiro das Trevas.

Arkham Knight é apresentado na perspectiva de terceira pessoa, com o principal foco nas habilidades de Batman. O jogo introduz o Batmóvel, que pode ser usado para transporte e combate. O arsenal de Batman foi expandido, com um maior número de engenhocas e ataques, incluindo o uso de parceiros. O jogo também apresenta uma maior estrutura de mundo aberto, permitindo uma melhor condução e que o jogador possa completar missões secundárias sem interferir com o enredo principal.

Ative a alternância para o Modo de Batalha dos Batmóveis

Depois de ter ido ao Departamento de Polícia de Gotham City pela primeira vez, aventure-se nas opções do jogo e ative o modo de tanque do Batmóvel. Um toque no pára-choques direito ou R1 agora alternará o trenó blindado da cidade do Batman entre os modos de condução e explosão, criando um esquema de controle mais sensato em geral. O canhão vulcano do tanque vai para o gatilho esquerdo e seu canhão primário vai para a direita, assim como o deus do tanque de videogame pretendia.

Antes dessa mudança, o Batmóvel se transforma em uma arma itinerante sempre que você segura o gatilho esquerdo – ou sempre que quiser frear o Batmóvel e estender erroneamente o canhão do Batman com prematuridade embaraçosa. Outro bônus com a alternância: o botão de deriva é mapeado para Quadrado ou X, tornando muito mais fácil lidar com curvas apertadas no Batmóvel. Não que você deva estar muito preocupado em atravessar becos: o carro do Batman pode suportar muitos arranhões sem perder velocidade, então não se preocupe com latas de lixo, bancos, árvores ou qualquer uma das tentativas inúteis de obscurecer a terribilidade de Gotham.

Você pode pegar a arma de choque assim que chegar ao GCPD

Você pode pegar a arma de choque, ou Carga Elétrica Remota no jargão do gadget, assim que chegar ao Departamento de Polícia de Gotham City pela primeira vez. Está trancado na sala de evidências, mas está protegido apenas por uma patética camada de vidro, pertence a você em primeiro lugar e – ah sim – VOCÊ É O BATMAN. Apenas pegue isso.

Ao sair da sala, você ouvirá os policiais considerarem e, em seguida, cancelarão rapidamente a ideia de interromper sua remoção improvisada de provas. Você pode marchar com confiança, sabendo que recebeu as primeiras opiniões sobre um dos gadgets mais úteis do jogo. É útil para resolver alguns enigmas de Charadas mais tarde, mas você realmente vai querer dispará-lo durante o combate (LT + Círculo ou LT + B), onde ele atordoará os inimigos, acionará suas metralhadoras em fogo indireto e removerá blindagem elétrica dos bandidos que você normalmente não pode socar.

Pegue as pessoas e soque-as NOVAMENTE

A maravilhosa cadência no combate de Arkham Knights faz você se debater entre vários capangas, entregando um biff aqui e um pow ali. Alguns inimigos são temporariamente derrubados, deixando você livre para lidar com os outros atrás de você, mas sua restrição misericordiosa está custando a você no medidor de combinação. Se você tiver uma chance, você pode pressionar RT + Círculo (ou RT + B) para levantar oponentes atordoados e empurrá-los de volta para a luta.

Por que caímos, capanga menor? Para que o Batman possa nos pegar, nos apimentar com socos e extrair aquele delicioso suco combinado. Um pummelfest bem cronometrado pode ajudá-lo a ultrapassar o multiplicador de 8x rapidamente, o que permite que você derrube instantaneamente um inimigo mais forte próximo.

Demolir Brutos com riscos ambientais

Brutes, os homens grandes e acolchoados que povoam todos os respeitáveis ​​​​menageries de lacaios de supervilões, podem realmente atrapalhar seu fluxo. Normalmente, você precisa atordoá-los com sua capa (você sabe, como você ficou atordoado e atordoado quando criança quando corria por lençóis no varal) e depois socá-los 15, 20 vezes enquanto contra-ataca por trás.

Para acelerar o processo, tente empurrar ou atrair Brutes para perigos ambientais, ativados com Quadrado + X ou X + A. Eles brilham em azul em uníssono com os inimigos que estão ao alcance e são indiscriminados em quem nocauteiam permanentemente – mesmo um Brute com a saúde completa não se levantará depois que você bater em uma caixa elétrica ou derrubar uma das muitas lâmpadas industriais de Gotham sobre eles. Os planejadores da cidade devem tê-los conseguido com aquele carregamento de gárgulas de pedra.

Atualize suas armas de tanque mais cedo ou mais tarde

Se você pretende completar a maioria das missões secundárias em Batman: Arkham Knight, haverá muitos pontos mais tarde para atualizar o traje, punhos e gadgets do Batman. No início, é melhor se concentrar em reforçar os canhões do Batmóvel. O Arkham Knight tem mais drones do que um armazém militarizado da Amazon, e tirá-los com menos tiros ajudará as batalhas a passarem e parecerão mais divertidas.

O amigo e inventor de Bruce Wayne, Lucius Fox, também oferecerá uma variedade de atualizações para o Batmóvel à medida que a história avança. O mais útil deles, que você deve obter o mais rápido possível, é o EMP, abreviação de Electro-Magnetic Pulse e ainda mais curto para Id like to destroy alguns drones enquanto eles estão imóveis e indefesos, muahahaha.

Complete algumas missões de história primeiro quando chegar a uma nova ilha

Como os planejadores urbanos queriam desesperadamente adicionar o afogamento debaixo de uma ponte à longa lista de coisas horríveis que você faz quando se muda para Gotham, a cidade é dividida entre três ilhas principais. Você começa na Ilha Bleake (sério, por que alguém mora aqui?), mas a partir daí você se aventura nas Ilhas Magiani e Founders enquanto rastreia o Espantalho e sua debilitante toxina do medo.

Seu impulso de videogame será limpar uma ilha de missões secundárias assim que você chegar a ela – e antes de seguir em frente – mas você encontrará muitos becos sem saída dessa maneira, especialmente para tarefas que exigem o Batmóvel. Para evitar perder tempo e buscar missões secundárias organicamente, sempre que quiser, jogue as missões da história até que seu amado mordomo Alfred abaixe a ponte para aquela ilha. Feito isso, o Batmóvel tem acesso às estradas e pode salvá-lo se você tiver problemas com drones. Também dá a Alfred algo para fazer além de ouvir Batman explicar cada coisinha que ele está fazendo. SIM, senhor, é claro que está usando o scanner de tecidos profundos. Eu entendo, faz sentido.

Se você atualizar o Batman, concentre-se em Fear Multi-Takedowns

O estilo predatório do Batman está mais refinado do que nunca em Arkham Knight, graças ao novo sistema Fear Multi-Takedown. Desde que você tenha eliminado inimigos suficientes em silêncio – apenas o suficiente para induzir um pouco de pânico no resto – você pode eliminar instantaneamente vários bandidos agrupados de costas, saindo de uma grade ou caindo do telhado.

Você só pode incapacitar três inimigos de cada vez no início, mas aumentar esse número para 4 e 5 por meio de atualizações da Waynetech torna as missões posteriores da história muito mais fáceis, especialmente quando a oposição está armada (mais: uma sequência de quedas de medo é garantida, a menos que você deixa de apontar a câmera para o próximo cara). Essa manobra é especialmente poderosa se você estiver frustrando assaltos a bancos Duas-Caras em Gotham, que devem ser concluídos antes que suas tropas fujam com todo o dinheiro. Com os alarmes do cofre abafando os sons de tiros e socos, a rapidez é melhor do que o silêncio.

Abuse desse disruptor

Batman normalmente entra em cena de um poleiro de gárgula elevado, então você também pode usar a visão do olho do morcego para causar alguma consternação. O gadget Distruptor retorna em Arkham Knight com uma variedade maior de maneiras de induzir o mau funcionamento das armas inimigas, então sempre considere usá-lo antes de mergulhar e começar a se debater.

Por exemplo, o Disruptor pode desabilitar os médicos inimigos antes de você entrar na luta, parando-os assim antes que eles acordem os bandidos que você já atropelou na próxima terça-feira. Você também pode definir caixas de munição para dar errado, dando a você um inimigo nocauteado antes que eles possam trazer uma arma para a luta. Na verdade, se você os colocar em uma armadilha e jogar um batarang na multidão de longe, eles entrarão em pânico e serão eletrocutados antes mesmo de você tocar o chão. Agora esse é o jeito clássico do Batman.

Deslize quando você não precisa dirigir

Mesmo que você adore a abordagem da bola de demolição do Batmóvel para viagens rápidas, planar ainda é o método preferido de viajar por Gotham. Embora muitas vezes você possa economizar tempo dirigindo por esgotos e outras passagens secretas, subir e percorrer a cidade é mais divertido, libertador e – entenda – informativo.

Os truques de contar histórias de Batman: Arkham Knights incluem o uso inteligente de pistas de áudio, algumas das quais você simplesmente não ouvirá sobre o ronco dos motores do Batmóvel. Ao percorrer a cidade, você ouvirá sinais de missões secundárias próximas, algumas das quais ainda não estarão disponíveis no menu de missões. Entre o leve tamborilar da chuva, você ouvirá um guincho medonho, música de ópera flutuando e até o bipe desagradável de uma mina à beira da estrada – todas pequenas distrações que levam a algo mais. Se você está jogando Arkham Knight dessa maneira, está fazendo certo.

Tome seu tempo, Mestre Bruce

Assumir a capa e o capuz é empoderador, então sempre há a tentação de mergulhar de cabeça na batalha e perseguir obstinadamente as missões da história até a conclusão.

Batman: Arkham Knight é um jogo para ser saboreado, e se você está negligenciando as missões secundárias, está perdendo algum conteúdo valioso e pontos de atualização vitais.

A paciência também é a chave para vencer praticamente todas as missões, e você deve sempre olhar antes de pular, examinando a área no Modo Detetive para identificar qual inimigo você deve ter mais cuidado e identificar partes do ambiente que podem ser usadas a seu favor.

E tente não apertar botões

Os jogos Arkham levam a arte do combate quase tão a sério quanto a Liga das Sombras. Eles recompensam o tempo e a precisão, e desaprovam o uso de botões.

O truque para dominar o combate de fluxo livre de Arkham Knight é cronometrar seus golpes, contra-ataques e manobras evasivas corretamente – assim você sairá da batalha com mais saúde e um aumento de experiência maior.

Se a oportunidade se apresentar, inicie combos do vôo usando a Batclaw, pois desferir uma série de golpes rápidos é a melhor maneira de entrar em uma briga.

Mire o médico primeiro

Se você achar que está tendo que derrubar a mesma gangue de inimigos mais de uma vez, provavelmente é porque há um médico irritante entre suas fileiras revivendo seus amigos derrubados.

Esta é outra razão pela qual é importante examinar a cena no Modo Detetive antes de chover nos Bams! e Kapows! Se você identificar um com antecedência, derrubá-lo deve ser sua prioridade número um.

Mais tarde no jogo, Batman adquire um dispositivo que desativa as capacidades de cura dos inimigos, mas antes disso você terá que fazer isso à moda antiga.

Economize esses pontos de upgrade

Imaginamos que muitos jogadores de Arkham Knight cometem o erro de novato de gastar um Ponto de Atualização assim que o ganham, e isso é compreensível, já que o jogo faz uma música e dança sobre entregá-los.

Há toneladas de upgrades que podem ser desbloqueados com um único ponto, mas muitos dos melhores bônus custam entre dois e oito, então segure esses pontos até saber quais irão beneficiar mais seu estilo de jogo.

Se há uma área que todos devem atualizar o mais rápido possível, é a armadura do Batmóvel. Os mísseis teleguiados de tanques inimigos irão destruí-lo em minutos se você enfrentar as últimas missões da história com sua blindagem padrão.

Use o Dispositivo de Hacking Remoto em todas as oportunidades

O Dispositivo de Hack Remoto é um dos itens mais versáteis do cinto de utilidades do Batman, e você deve tentar usá-lo em todas as oportunidades.

Ele pode ser usado para violar todos os tipos de itens eletrônicos, desde braços robóticos que assustam inimigos próximos até células de energia que emitem uma explosão elétrica quando hackeadas.

Tocar em drones é ainda mais gratificante. Ao selecionar um operador de drone e se aproximar o suficiente dele, Batman pode assumir o controle de sua aeronave e usá-lo para eliminar todos os inimigos na sala.

Fique de olho nas passagens subterrâneas

Stealth sempre foi seu aliado mais próximo na série Arkham , e isso nunca foi mais verdadeiro do que na última parcela.

Um novo recurso ambiental irá ajudá-lo a derrubar inimigos desavisados ​​em Arkham Knight – calhas nas paredes que levam a passagens subterrâneas de onde o Batman pode saltar para derrubar silenciosamente.

Estas são uma ótima maneira de ir de um ponto de vista para perto e pessoal com sua presa. Apenas lembre-se, você não é invisível quando está dentro desses espaços de rastreamento.

Referência:

Digital Spy, Games Radar, Wikipedia.

Prinny Presents NIS Classics Volume 3 é anunciado

A NIS America anunciou Prinny Presents NIS Classics Vol. 3, mais uma edição das coletâneas de clássicos desenvolvidos pela Nippon Ichi Software. A coletância incluirá Rhapsody: A Musical Adventure (PS/DS) e La Pucelle: Ragnarok (PSP). Prinny Presents NIS Classics Vol. 3 será lançado para Switch e PC durante o inverno de 2022

📹 Trailer de anúncio | Divulgação

“O pacote de valor está de volta com Prinny Presents NIS Classics Volume 3! Experimente La Pucelle: Ragnarok pela primeira vez na América do Norte e confira o que inspirou a famosa série Disgaea com Rhapsody: A Musical Adventure! Você não vai querer perder essa deliciosa dupla, dood!”

NIS América

La Pucelle: Ragnarok

📷 Prinny Presents NIS Classics Volume 3 é anunciado | Divulgação

La Pucelle: Ragnarok faz sua estreia na América do Norte. O título, que é um RPG cheio de ação, vem cheio de conteúdo extra, incluindo o cenário Overlord Prier. Você também pode recrutar Laharl, Etna, Flonne e Prinny para participar de suas aventuras. Personagens extras de DLC, como Rozalin, Cornet, Hero Prinny e Ellie também estão incluídos. Além das mudanças de qualidade de vida no fluxo do jogo, como pular cenas e girar a câmera durante a batalha, também há mais falas, músicas recém-gravadas e um novo recurso de viagem rápida. La Pucelle: Ragnarok conta a história de uma garota indisciplinada que luta em um esquadrão de caça a demônios em um mundo marcado por traição e enganação de todos os lados. Originalmente, o título foi lançado para PS2, mas a versão Ragnarok conta com uma enorme quantidade de conteúdo adicional, incluindo uma história com múltiplos finais mostrando o que acontece com a protagonista Prier após se tornar Overlord.

Rhapsody: A Musical Adventure

📷 Prinny Presents NIS Classics Volume 3 é anunciado | Divulgação

Rhapsody: A Musical Adventure promete trazer gráficos mais nítidos e otimização de imagem, deixando o jogo mais atual. Além disso, cada cópia física inclui a trilha sonora e o livro de arte no varejo. Rhapsody: A Musical Adventure é um RPG com uma pegada de musical de conto de fadas. O título conta a história de Cornet, uma jovem que conta com a ajuda de vários bonecos para viajar pelo reino em busca do seu verdadeiro amor.  Alguns dos eventos da jornada são cantados com uma trilha original. Vale destacar que o relançamento é baseado na edição de PS, que funciona com um sistema tático de combate e não possui alguns conteúdos extras adicionados na edição japonesa de DS que se relacionam às sequências nunca antes lançadas no Ocidente (Little Princess e Tenshi no Present).

Edição Limitada

As pré-encomendas para a Edição Limitada já estão disponíveis na NIS America Online Store por US$ 99,99 e inclui:

  • Prinny apresenta NIS Classics Volume 3: La Pucelle: Ragnarok / Rhapsody: A Musical Adventure game para Nintendo Switch™
  • “NIS Clássicos Vol. 3 Compêndio” Livro de arte de capa dura
  • “NIS Clássicos Vol. Trilha Sonora Original de 3 Antologias
  • La Pucelle: Suporte de acrílico Ragnarok com moedas de colecionador
  • Rhapsody: uma estante de acrílico de aventura musical com moedas de colecionador
  • Caixa de colecionador

O que você achou da novidade? Deixe aí nos comentários.

Referências:

NISA Online Store, Gematsu, Nintendo Blast.

Valkyrie Elysium é anunciado e chega em 2022

Valkyrie Elysium é o novo jogo de RPG da Square Enix. O título foi anunciado durante o State of Play, evento digital da Sony que ocorreu na última quarta-feira (9). Valkyrie Elysium é descrito como um jogo com “história épica, cenários lindos e novo combate rápido que incorpora os sistemas de combo e ataques especiais clássicos na série”. Confira o trailer:

📹 Trailer de anúncio | Divulgação

“O trailer fornece um primeiro vislumbre do protagonista do jogo, uma jovem Valquíria que é confiada com o destino do mundo pelo Pai de Todos, o maior dos deuses e governante de toda a criação. Ela enfrentará vários inimigos em sua missão e deve utilizar uma variedade de armas, magia e o poder de seus aliados para impedir Ragnarok – a destruição do mundo. Valkyrie Elysium invoca suas raízes com a música do regular Motoi Sakuraba enquanto dirige o A série avança em uma direção nova e nova com mecânicas de combate clássicas, como movimentos de finalização e sistemas de combinação, reimaginados para um RPG de ação. O jogo também apresenta designs de personagens de Yuya Nagai, da CyDesignation, Inc.”

diz o anúncio de Squeenix

Sobre

Valkyrie Elysium é anunciado e chega em 2022

📷 Valkyrie Elysium é anunciado e chega em 2022 | Divulgação

Valkyrie Elysium está sendo desenvolvido pela Soleil e será publicado pela Square Enix. O jogo faz parte da série de jogos Valkyrie Profile, popular no PlayStation no início dos anos 2000. Segundo a desenvolvedora, a sequência quer manter a tradição da franquia de oferecer um gameplay de RPG dinâmico e inovador, combinado a um mundo e história ricos, bem como a uma trilha sonora de alta qualidade. Apesar disso, Valkyrie Elysium se diferencia de seus antecessores ao oferecer combates em tempo real que misturam ataques físicos e magias em um sistema de combos dinâmico.

📷 Valkyrie Elysium é anunciado e chega em 2022 | Divulgação

“O sistema de combate dinâmico do game mistura elementos de toda a série, como movimentos de finalização e combos, com um novo sistema de combate em tempo real que recompensa reações rápidas e pensamento estratégico”

explica a Square Enix.

Mais detalhes

📷 Valkyrie Elysium é anunciado e chega em 2022 | Divulgação

Valkyrie Elysium é um RPG de ação com história épica, belas paisagens e um novo e dinâmico sistema de combate que combina estratégia, ação e um excelente sistema de combos que colocará à prova sua capacidade de raciocínio e reação. O jogo se desenrola em um passado distante, em um mundo onde o Ragnarok, o Fim dos Tempos, está prestes a destruir os reinos. Com o que lhe resta de força, o Pai de Todos cria uma emissária da redenção, uma valquíria solitária que pode vir a ser a esperança de salvação para o mundo condenado. Após descer até as terras desoladas, a brava guerreira encontrará muitos desafios… e descobrirá a verdade por trás da temida destruição iminente.

📷 Valkyrie Elysium é anunciado e chega em 2022 | Divulgação

A série Valkyrie teve sua estreia em 1999 no primeiro PlayStation com Valkyrie Profile, game que recebeu um relançamento para PSP em 2006 chamado Valkyrie Profile: Lenneth — no mesmo ano, o PlayStation 2 recebeu a sequência Valkyrie Profile 2: Silmeria. A franquia também conta com os capítulos Valkyrie Profile: Convenant of the Plume, para Nintendo DS, e Valkyrie Anatomia: The Origin, lançado para iOS e Android em 2016 no Japão.

Valkyrie Elysium chega para PC, PS4 e PS5, mas ainda não tem data definida. No PS5, a Sony promete que o jogo rode em resolução 4K a 60 fps.

O que você achou da novidade? Deixe aí nos comentários.

Referências:

Valkyrie Elysium, IGN, PSX Brasil, Adrenaline, Rock Paper Shotgun, PlayStation.Blog.

Goodbye Volcano High: uma aventura diferente

Goodbye Volcano High é uma aventura narrativa cinematográfica sobre o fim de uma era e o início de uma história de amor. O título foi desenvolvido e publicado pelo estúdio canadense KO_OP. O jogo foi anunciado em 11 de junho de 2020 no evento online “Future of Gaming” da Sony para o PlayStation 5. Estava programado para ser lançado em 2021, porém, foi adiado para 2022.

📹 Trailer de revelação | Divulgação

Situado em um mundo de personagens dinossauros antropomórficos, o jogo tem como personagens principais; Fang e sua melhor amiga Trish, Naomi e o irmão de Fang, Naser.

Sobre

📷 Goodbye Volcano High: uma aventura diferente | Divulgação

Em Goodbye Volcano High, o usuário deverá guiar o protagonista em uma narrativa cinematográfica interativa, fazendo escolhas que alteram as relações com outros personagens. Assim, é preciso avaliar bem qual curso tomar em decisões que podem significar um novo amor ou inimizade.

📷 Goodbye Volcano High: uma aventura diferente | Divulgação

“É o último ano do ensino médio, e a formatura aparece no horizonte. Os alunos do Volcano High terão tempo suficiente para se entender antes que tudo acabe? É tarde demais para dizer a sua paixão como eles se sentem? Eles estão mesmo prontos para o que vem a seguir? Goodbye Volcano High é um jogo narrativo cinematográfico sobre o fim de uma era e o início de uma história de amor.”

Personagens principais

VVORM DRAMA é a banda de Fang e Trish, e seu maior projeto. Fang escreve a maioria de suas músicas, além de ser o vocalista principal, mas Trish é a verdadeira força motriz por trás do sucesso da banda.

📷 Goodbye Volcano High: uma aventura diferente | Divulgação

  • Fang – Fang tem 18 anos e sua única preocupação é o sucesso da banda. Não faz novas amizades porque está feliz com a coisas do jeito que estão. Contudo, o futuro tem outros planos para ele e resta saber como Fang reagirá com isso.
  • Trish – Guitarrista e backing vocal da banda. Ela tem sido a melhor amiga de Fang, mas recentemente tem agido bem diferente. Será apenas o estresse do último ano, ou algo mais sério?
  • Naomi e Naser – Amigos insuportáveis e inseparáveis. Ela é uma sabe-tudo e presidente do conselho estudantil e ele seu idiota ajudante além de ser irmão do protagonista. Os dois representam tudo que Fang não quer ser.

Mais detalhes

Goodbye Volcano High: uma aventura diferente

📷 Goodbye Volcano High: uma aventura diferente | Divulgação

Seus gráficos são no estilo desenho animado em 4K e tem a promessa de uma narrativa que aposta na diversidade. Além disso, a desenvolvedora confirmou a existência de minigames cinemáticos e de ritmo, complementando assim, a natureza da história. Com relação a trilha sonora, ela fica por conta de Dabu, atuante em títulos como Winding Worlds e Dwarf Fortress. A parte vocal será executada pelo talento musical da cantora Brigitte Naggar.

Recursos

📷 Goodbye Volcano High: uma aventura diferente | Divulgação

  • Totalmente dublado e estrelado por Lachlan Watson (The Chilling Adventures of Sabrina)
  • Narrativa ramificada: navegue por escolhas difíceis com consequências de longo alcance
  • Impressionante arte desenhada à mão e animações de personagens – parece um desenho animado jogável
  • Escrito usando o mecanismo de narrativa que alimenta o Heaven’s Vault, 80 Days e Sorcery

Goodbye Volcano High está previsto para 2022 e será lançado para PlayStation 4, PlayStation 5 e PC, via Steam.

O que você achou da ideia do game? Deixe aí nos comentários.

Goodbye Volcano High, Steam, Pizza Fria.

Unpacking 

Unpacking é um videogame de quebra-cabeça desenvolvido pela empresa australiana Witch Beam e publicado pela Humble Bundle para Microsoft Windows, macOS, Linux, Nintendo Switch e Xbox One.

Jogabilidade

O jogo é dividido em fases nomeadas pelos anos em que elas acontecem, começando em 1997, 2004, 2007, 2010, 2012, 2013, 2015, 2018. A jogabilidade em cada fase consiste em desempacotar os pertences de uma personagem feminina das caixas em um novo habitação,representando eventos significativos da vida. O jogador tem a tarefa de encaixar cada item descompactado no espaço de vida, aprendendo a história de vida do protagonista através de seus itens e dos lugares em que vive.

A descompactação tem um estilo de pixel art de alta resolução e o design de som inclui mais de 14.000 efeitos foley, com vários efeitos sonoros de captação e posicionamento exclusivos para cada item. O jogo consiste em oito fases compostas por um total de 35 salas.

Planeje primeiro

Como quando desembalar caixas na vida real, há algumas pessoas que tendem a simplesmente mergulhar de cabeça, sem pensar no que estão fazendo ou onde estão colocando as coisas. Esta é uma abordagem mais agradável e menos estressante inicialmente, mas criará problemas mais tarde, que acabarão por fazer com que a tarefa demore consideravelmente mais.

Para evitar cair nessa armadilha, os jogadores do Unpacking devem levar algum tempo para dar uma olhada em toda a casa, abrir todas as gavetas e ter uma boa ideia de qual espaço eles têm para trabalhar antes mesmo de pensar em abrir sua primeira caixa.

Itens não podem ser colocados aleatoriamente

Seguindo o ponto anterior, os jogadores que optarem por se apressar e colocar itens ao acaso terão uma surpresa desagradável, pois muitos itens devem ser colocados em locais específicos, condizentes com sua função.

Uma vez que todas as caixas tenham sido abertas e todos os itens tenham sido colocados, os dispostos incorretamente piscarão em vermelho. Portanto, os jogadores devem reservar um tempo para inspecionar adequadamente cada item e pensar logicamente sobre onde a maioria das pessoas o colocaria em sua casa.

Os itens nem sempre são embalados na sala certa

Infelizmente, colocar os itens no lugar certo é mais fácil falar do que fazer, já que o protagonista nem sempre os embala em sua sala correspondente. Embora a maioria dos itens sejam embalados corretamente, às vezes pode haver um par de meias perdidas na cozinha ou um conjunto de canetas no banheiro.

Em vez de se esforçar, tentando desesperadamente descobrir onde colocar as meias na cozinha; considere se eles foram embalados incorretamente e procure o local designado em outro lugar.

Nem todos os pontos de economia de espaço são imediatamente aparentes

Um problema que os jogadores terão em todos os níveis é tentar encontrar espaço para tudo. Aqueles que não levam em consideração o espaço logo terão problemas, pois cada estágio tem pouco espaço para erros. Consequentemente, qualquer espaço disponível deve ser utilizado.

Um espaço que alguns jogadores sentirão falta é embaixo de cada travesseiro de cama, que oferece pontos escondidos úteis. Outra dica para economizar espaço é juntar escovas de dente e pasta de dente em uma caneca na pia do banheiro, economizando bastante espaço para os inúmeros cremes e produtos de cabelo do protagonista.

Sempre empilhar livros verticalmente

O protagonista de Unpacking parece gostar de ler e desenhar, pois possui uma enorme variedade de romances e livros de arte que precisam de um lar em cada casa. Basta dizer que é essencial que os livros sejam empilhados verticalmente, caso contrário, os jogadores terão um pesadelo tentando espremer tudo.

Além dos livros, o protagonista também tem DVDs e videogames que devem ser empilhados verticalmente, para evitar que estraguem toda a casa.

Preste atenção ao contexto

Considerando que Unpacking é marcado como um jogo de quebra-cabeça zen, combinado com a falta de cenas, muitos jogadores assumirão que não há história no jogo e que eles estão simplesmente recebendo uma seleção de salas aleatórias para resolver.

No entanto, há uma narrativa para Unpacking , e uma surpreendentemente emocional. Portanto, desde o início do jogo, os jogadores devem prestar atenção ao contexto de cada nível, pois há uma história coerente para, sem trocadilhos, descompactar.

Não perca de vista o propósito do jogo

Com espaço mínimo para trabalhar e itens embaçados que precisam ser colocados em locais específicos, alguns jogadores podem começar a ficar frustrados ao jogar Unpacking.

É importante lembrar o propósito do jogo neste momento – oferecer uma experiência zen e relaxante. Para tirar o máximo proveito do jogo, os jogadores devem fazer o possível para não ficarem frustrados e tentar abraçar o elemento calmante do jogo. Afinal, o jogo tem apenas algumas horas de duração , então não é necessário correr por ele.

Assista os créditos

Com a falta de cenas em mente, muitos jogadores assumirão que podem deixar o jogo com segurança antes que os créditos terminem, pois não é como se um jogo sobre desempacotar caixas estivesse prestes a ter uma grande reviravolta na história ou um teaser.

Embora não haja nenhuma cena no final, os jogadores podem se surpreender ao saber que há um bom momento da história na forma de uma imagem estática, que vale a pena esperar, pois fornece um final saudável ao jogo.

Há uma pequena história a seguir

Desempacotar é anunciado principalmente como um jogo de quebra-cabeça meditativo e calmo que consiste em selecionar caixas de móveis e bugigangas pessoais e organizá-los no quarto ou na casa para a qual estamos nos mudando. No entanto, à medida que você avança, você perceberá que essas pequenas bugigangas e fichas dão uma visão do personagem da pessoa para quem estamos desempacotando, revelando um aspecto surpreendentemente baseado na história do jogo.

Com exceção das pequenas entradas que vemos sendo escritas no diário de fotos depois que terminamos de desempacotar uma sala, o jogo não tem diálogo, mas é capaz de transmitir uma história tocante apenas por meio de nossas percepções sobre os itens que carregamos conosco. ao longo de vários movimentos, quais itens adicionamos à nossa coleção de coisas e quais perdemos.

Minutos se transformarão em horas

A premissa de Unpacking é bastante simples: desembale caixas de coisas nas salas disponíveis para você terminar um nível. Mas ao tirar cada item das caixas, você se verá preso em pequenos detalhes que trazem nostalgia, felicidade, tristeza e toda uma gama de emoções que você nunca pensou que poderia obter ao desempacotar uma sala virtual.

A mistura dos gráficos adoráveis ​​do jogo, bem como a atenção aos detalhes no departamento de som do jogo, também o envolverão na experiência de movimento. Colocar itens em diferentes superfícies cria sons diferentes, o pequeno byte de áudio da vitória quando você termina uma sala e a música relaxante geral do jogo é mais do que suficiente para mantê-lo desempacotando por horas.

As caixas não são perfeitas

Se você já teve que se mudar e fazer as malas, sabe que o processo de organizar seus pertences em caixas é uma experiência cansativa, mas também confusa. Por mais que tente, sempre haverá alguns itens perdidos em caixas que não pertencem.

Isso também é mostrado em Desempacotando, onde as caixas em cada sala consistem em itens dedicados principalmente a essa área, mas às vezes você encontrará um perdido. Seja um sapato singular, um tempero aleatório ou um teclado que definitivamente não deveria ter sido embalado com utensílios de cozinha, as pequenas misturas nas caixas adicionam uma nova profundidade de realismo e erro humano ao jogo.

Existem pontos “certos” e “errados”

O aspecto de quebra-cabeça do Unpacking só se mostra quando tudo é retirado de suas caixas e colocado em algum lugar do mundo. Com um sinal de áudio que marca o fim da sua sessão de descompactação, você passa para a seção de organização do jogo. Os itens piscarão em vermelho se não forem colocados em uma área que não esteja alinhada com a “lógica” predeterminada do jogo de onde os itens devem ser colocados.

Para alguns, este é um bom quebra-cabeça para descobrir exatamente onde o jogo quer que você coloque certas coisas, mas para alguns, isso é mais um aborrecimento. Se você quiser jogar o jogo sem se preocupar com o posicionamento “certo” ou “errado”, pode alternar facilmente a opção “permitir itens em qualquer lugar” para remover o elemento do quebra-cabeça e progredir como de costume.

Um pouco de um jogo de adivinhação

Uma das belezas do Unpacking é sua quantidade mínima de texto, o que significa menos leitura e mais atividades. Um resultado disso, no entanto, é que não há rótulos para os itens que você pega, então às vezes você ficará confuso com o que realmente é essa bolha de pixels que você acabou de pegar.

É aqui que o Unpacking se torna um pequeno jogo de adivinhação. Muitas vezes, você reconhecerá exatamente o que pegou, afinal, um computador dos anos 90 é bastante difícil de não reconhecer, mas às vezes você não será capaz de dizer. Nesses momentos, basta ter o item em sua mão e passar o mouse sobre diferentes superfícies, e às vezes a mudança de ângulo ou posicionamento será suficiente para que você saiba o que está segurando.

É tanto meditativo quanto estressante

À medida que você joga o jogo, você definitivamente entrará no ritmo à medida que se familiarizar com os itens que seu personagem carrega com eles. As estatuetas vão para a prateleira mais próxima, os livros são classificados por altura ou tipo e mais padrões que você começa a definir para si mesmo, o que dá uma sensação muito agradável de zen e calma quando você adquire esses hábitos.

No entanto, à medida que você se aprofunda no jogo, você terá mais e mais itens que precisa caber em sua casa e, às vezes, perceberá que realmente não há espaço suficiente para a grande quantidade de figuras e cadernos que Você tem. Eventualmente, você encontrará algumas ligações e momentos de estresse em que luta para descobrir onde exatamente você vai encaixar essa garrafa extra de lavagem facial , mas aumenta a diversão para quem gosta de ter um pequeno desafio ao jogos.

Curto e grosso

Com o elemento adicional de conquistas na forma de adesivos que dão uma visão extra do enredo do jogo, você pode viver o melhor dos dois mundos e desfrutar da satisfação de ver seu espaço de vida se tornar seu enquanto observa seu personagem crescer nos anos 90 e na década de 2010.

Em sua essência, Unpacked é um jogo que consiste em oito jogadas de casa de tamanhos e tempo variados, totalizando uma média de quatro horas e meia de tempo de jogo para jogar do início ao fim. É provável que você queira voltar e jogar pelo menos mais um salvamento para terminar sua coleção de adesivos e desbloquear todas as conquistas do jogo.

Referências:

The Gamer, Game Rant, Wikipedia.

EXP: War Trauma: indie brasileiro de terror psicológico

Com o passar dos anos, os jogos independentes começaram a crescer no mercado, tendo nos últimos anos uma crescente popularidade. Não só falando de títulos estrangeiros, mas também jogos brasileiros que tem ganhado força, como é o caso de EXP: War Trauma. O título está há quatros anos sendo desenvolvido por Vini Cortez. Apesar da produção de uma pessoa só, com a ajuda de outros desenvolvedores e artistas, o game já passou por diversas mudanças para chegar ao seu conceito atual.

Sobre

EXP: War Trauma: indie brasileiro de terror psicológico

📷 EXP: War Trauma: indie brasileiro de terror psicológico | Divulgação

EXP: War Trauma é um jogo de terror psicológico em primeira pessoa, extremamente imersivo. O game fala sobre traumas de um soldado na segunda guerra mundial. No game, o jogador controla Krieger, um soldado muito traumatizado com suas experiências na guerra. À medida que você avança no jogo, terá que desvendar enigmas, juntar pistas e descobrir mais sobre a história deste soldado e o que realmente o assombra. EXP: War Trauma tem fortes inspirações em clássicos como Resident Evil, Silent Hill e Outlast. No vídeo a seguir, você pode conferir essa inspiração, onde o conceito de loop é bem parecido com o P.T. (o teaser jogável de Silent Hills), game cancelado de Hideo Kojima.

Mais detalhes

📹 Demo Release Trailer | Divulgação

Você está completamente indefeso, sendo sua única arma sua inteligência e instintos. Explore um apartamento misterioso e estranho, desvende enigmas, e o mais importante de tudo, quando a contagem começar, seja rápido. De acordo com o desenvolvedor, o jogo final não será somente baseado nesse sistema. Ele promete elementos bem diferentes, incluindo uma área focada na linha de frente da Segunda Guerra Mundial, que tem como promessa ser uma das áreas mais assustadoras do game. E não para por aí!

Atenção

Ao entrar na página do jogo na Steam, você se depara com o seguinte aviso:

EXP: War Trauma

📷 EXP: War Trauma: indie brasileiro de terror psicológico | Divulgação

Atenção: Este game possui alto terror psicológico e sustos, não recomendado para pessoas com condições cardíacas. Ao prosseguir o jogador está por conta própria.

Não é pra menos, com uma gameplay em primeira pessoa e extremamente imersiva, EXP é uma experiência curta, mas extremamente detalhada e aterrorizante, um terror psicológico intenso.

Vale mencionar

“EXP” significa “Experience” que marca o início de uma série de jogos curtos, com diferentes temáticas, com o primeiro sendo “War Trauma”. Segundo Cortez, sua intenção é criar uma série com o título EXP, com cada jogo explorando uma experiência diferente, sendo esse primeiro game focado na guerra, por exemplo.

EXP: War Trauma

📷 EXP: War Trauma: indie brasileiro de terror psicológico | Divulgação

“It’s time for you to… Experience: War Trauma
Sendo um novo estilo de jogo, que traz uma experiência curta mas detalhada e atmosférica, com o intuito de trazer a maior imersão possível, que não seria possível de ser criado por Desenvolvedores Indies, se fosse em uma maior escala.”

📷 EXP: War Trauma: indie brasileiro de terror psicológico | Divulgação

EXP: War Trauma está sendo desenvolvido na Ureal Engine 5 já pode ser adicionado na lista de desejos da Steam. Além disso, você pode solicitar o acesso ao teste do jogo na plataforma.

O que você achou do game? Deixe aí nos comentários.

Referências:

EXP: War Trauma, Steam, Voxel.

Persona 4 Arena Ultimax recebe novo trailer

A Atlus e a Arc System Works revelaram no último dia 13, um novo trailer para Persona 4 Arena Ultimax. O título, que será lançado no dia 17 de março para PS4, Switch e PC, inclui todos os conteúdos das versões originais e melhorias gráficas.

📹 Trailer de Luta | Divulgação

O título contará com todo o conteúdo já lançado nas versões de fliperamas — exclusiva do Japão — e PS3, com a história original de Persona 4 Arena, além de episódios de P4, P3 e do policial Adachi (Persona 4). A publisher também promete um grande número de lutadores jogáveis, incluindo versões em “Shadow” para maior variedade de estilos de luta. A nova versão do game também traz as opções de áudio em inglês e japonês, permitindo aproveitar a pancadaria com vozes em ambos os idiomas. O título conta ainda com conquistas e cards da Steam.

Sinopse

Persona 4 Arena Ultimax recebe novo trailer

📷 Persona 4 Arena Ultimax recebe novo trailer | Divulgação

“Os heróis ainda estão procurando a força misteriosa por trás de tudo o que aconteceu. Enquanto a caçada continua, o Midnight Channel começa a ir ao ar mais uma vez na cidade de Inaba…! Agora ambientada no mundo real, a insanidade atingiu novos patamares! O P-1 CLIMAX está pronto para ser revelado!
Um Exército das Sombras está atacando… Quem poderia estar por trás de tudo isso?”

Persona 4 arena

📷 Persona 4 Arena Ultimax recebe novo trailer | Divulgação

A história se passa dois meses após os eventos de Persona 4. Uma sensação de terror percorre Inaba mais uma vez. Um novo programa, um torneio de luta chamado P-1 Grand Prix, começa a ser transmitido no Midnight Channel, e os membros da equipe de investigação começam a desaparecer. O protagonista e o que resta da equipe voltam ao mundo da TV para resolver o caso. Lá, eles se encontram participantes do P-1 Grand Prix, forçados a lutar contra seus próprios amigos. Felizmente, os Shadow Operatives, consistindo de Mitsuru, Akihiko e Aigis, também estão no caso e se juntam à batalha. Enquanto lutam, eles aprendem mais sobre as circunstâncias desse estranho torneio… Quem está por trás de tudo isso e com que objetivo? A provação da equipe de Investigação e dos Agentes das Sombras continua…

Persona 3

📷 Persona 4 Arena Ultimax recebe novo trailer | Divulgação

Os Shadow Operatives se reuniram para tentar descobrir quem estava por trás dos eventos recentes. Não havia pistas no banco de memória do Labrys resgatado, e a investigação parecia estar parada. Novas pistas, no entanto, parecem levar a um homem que deixou algumas cicatrizes dolorosas com eles… A conclusão os deixou surpresos, mas ao mesmo tempo houve uma presença de Sombra detectada em Inaba, e eles rapidamente se dirigiram para lá. Um pouco mais tarde, enquanto Junpei, Yukari e outros ex-membros do SEES estão vivendo suas vidas cotidianas, eles recebem notícias de que a equipe de Mitsuru desapareceu…! Eles se reúnem em Inaba como “Equipe Auxiliar Operativa das Sombras” para salvar seus amigos necessitados! Esse alguém está mesmo de volta!?

Persona 4

📷 Persona 4 Arena Ultimax recebe novo trailer | Divulgação

Alguns dias após a última batalha mortal, o General Teddie aparece novamente no Midnight Channel. Quando ele anuncia o “P1-Climax”, Inaba fica coberto por uma misteriosa névoa vermelha. Um palco sinistro aparece, onde Mitsuru, Akihiko, Fuuka e Aigis são mostrados crucificados. A Equipe de Investigação se dirige para resgatá-los, mas um enxame de Sombras entra em seu caminho. Não apenas isso, mas Tohru Adachi, que esteve intimamente envolvido no caso do ano passado, também está em cena. Qual é o motivo dele, e ele tem algo a ver com essa catástrofe? A equipe de investigação pode salvar seus amigos e encontrar a verdade por trás desses eventos misteriosos!?

Adachi

📷 Persona 4 Arena Ultimax recebe novo trailer | Divulgação

Desde o incidente em Inaba, Adachi passou um tempo na prisão. Mas um dia, ele se encontra no mundo da TV mais uma vez. Lá, ele encontra um menino ruivo… A história do Episódio Adachi é contada do ponto de vista de Adachi. Retrata o outro lado do P-1 Climax que os protagonistas nunca veem, aproxima o jogador da verdade.

O que você achou da novidade? Deixe aí nos comentários.

Referências:

Persona 4 Arena Ultimax, Voxel, The Enemy, Steam, MeuPlayStation.

Reverie Knights Tactics: Jogo brasileiro chega em janeiro

O jogo independente Reverie Knights Tactics finalmente recebeu uma data de lançamento oficial. O título estará disponível para PS4, Xbox One, Switch e PC (via Steam) a partir do dia 25 de janeiro de 2022.

📹 Anúncio da data de lançamento | Divulgação

Reverie Knights Tactics é uma produção brasileira da 40 Giants Entertainment, em coprodução com a Hype Animation e Jambô Editora.

“Usamos os últimos meses para ouvir bastante a opinião do público em relação ao game e fazer ajustes para deixar o jogo especial para os nossos jogadores e fãs de ‘Tormenta’. Estamos muito empolgados em lançar o jogo no início do ano que vem.”.

EdH Müller, diretor e ilustrador do projeto.

Sobre

Reverie Knights Tactics: Jogo brasileiro chega em janeiro

📷 Reverie Knights Tactics: Jogo brasileiro chega em janeiro | Divulgação

Reverie Knights Tactics é um jogo brasileiro que está em desenvolvimento há quatro anos. O título é um RPG tático com combate por turnos em uma grade isométrica 2D e sistema de escolhas, onde cada decisão pode alterar o rumo da história. O jogo é protagonizado por Aurora, sua melhor amiga Brigandine e outros personagens. A história do jogo é ambientada no mundo de Arton e revelada em um épico estilo de visual novel, com artes desenhadas a mão e coloridas digitalmente. Reverie Knights Tactics contará com customização de personagens, exploração profunda dos mapas, criação de itens e diversos outros elementos essenciais a qualquer RPG.

E mais

📷 Reverie Knights Tactics: Jogo brasileiro chega em janeiro | Divulgação

Em um mundo ilustrado à mão, você controlará uma equipe de até quatro heróis em uma expedição para encontrar Lenórienn, a cidade élfica perdida, ao mesmo tempo em que luta contra a ameaça goblinoide que espalha terror no continente. Reverie Knights Tactics utiliza personagens e cenários recorrentes do universo “Tormenta”. Criada em 1999 por Marcelo Cassaro, Leonel Caldela, Guilherme Dei Svaldi, Rogério Saladino e JM Trevisan, a série abrange romances, quadrinhos, jogos e outros produtos.

Disponibilidade

lançamento de janeiro

📷 Reverie Knights Tactics: Jogo brasileiro chega em janeiro | Divulgação

A pré-venda no Xbox One começa dia 11 de janeiro e no Nintendo Switch dia 18 de janeiro, ambos com um desconto de 15% se adquiridos de forma antecipada. O game estará disponível em inglês, alemão, japonês, russo, chinês simplificado e português. Vale mencionar que a distribuição mundial do jogo fica a cargo da publisher europeia 1C Entertainment. Enquanto o game não é lançado, você pode conferir a demo já disponível na Steam. A demo é um prólogo, que dá acesso à primeira hora do game com a protagonista Aurora que, com a ajuda de sua melhor amiga Brigandine, parte em uma jornada para encontrar seu pai adotivo que desapareceu em uma expedição.

Requisitos mínimos

lançamento de janeiro

📷 Reverie Knights Tactics: Jogo brasileiro chega em janeiro | Divulgação

Confira a seguir os requisitos mínimos para rodar o game no seu PC:

  • Requer um processador e sistema operacional de 64 bits
  • SO: Windows 7/8/10 64-bit
  • Processador: Intel Core i5-3570K
  • Memória: 4 GB de RAM
  • Placa de vídeo: Intel(R) HD Graphics 4000
  • DirectX: Versão 9.0c
  • Armazenamento: 9 GB de espaço disponível
  • Placa de som: Direct X compatible

O que você espera do jogo? É um fã de Tormenta? Deixe aí nos comentários.

Referências:

IGN, Steam, Nós Nerds.

Relayer: RPG de estratégia chega em março

Recentemente, Relayer ganhou um novo trailer revelando sua data de lançamento global, que será no dia 24 de março de 2022. O game será lançado para todo mundo no mesmo dia, inclusive no Japão, onde sua estreia estava prevista para outra data.

📹 Relayer: segundo trailer – PS4/PS5 | Divulgação

Além da data de lançamento, o anúncio trouxe também o preço do jogo. Por enquanto a edição standard custará US$ 60 e a digital premium US$ 75. A versão premium acompanha a trilha sonora digital, o Season Pass do game e um tema dinâmico para o PS4.

Sobre

Relayer: RPG de estratégia chega em março

📷 Relayer: RPG de estratégia chega em março | Divulgação

Relayer é um RPG de estratégia com mechas gigantes, estilo anime que remete a grandes lendas como Gundam e Code Geass. Está sendo produzido pela Clouded Leopard e desenvolvido pela Kadokawa Games.  Os combates em turno é estilo tabuleiro de xadrez e o jogo possui uma grande diversidade de robôs e personagens.  Os movimentos do gameplay ativam cutscenes para cenas de ação mais espetaculares de combate. Os mechas do game contam com opções de customização e equipamento, e a história avança no estilo visual novel. O game é considerado um sucessor de Starly Girls, jogo lançado para smatphones, que conta até com um anime na Crunchyroll. Analisando esses fatos, aparentemente o estúdio resolveu investir ainda mais e desenvolver um game focado em consoles, dando vida a Relayer.

Mais detalhes

Relayer

📷 Relayer: RPG de estratégia chega em março | Divulgação

A história se passa em um futuro bem distante, onde os humanos são ameaçados por uma raça alienígena chamada Relayer. Esses seres tem a intenção de aniquilar todo o universo e é nessa hora que os Starchildren finalmente despertam, se tornando a única coisa que separa a humanidade da total extinção. O título terá o sistema de batalhas por turnos chamado Stella Gear, onde cada unidade tem um papel específico nas lutas. Serão quatro tipos diferentes de Stellar Gears, os robôs de combate controlados pelos protagonistas, e cada uma delas tem seu próprio alcance de ataque, armamento e habilidades. Segundo Yoshimi Yasuda, um dos diretores, o jogo é uma “nova ópera espacial com o tema estrela x mecha x mitologia grega”.

Acesso antecipado e vantagens

Relayer

📷 Relayer: RPG de estratégia chega em março | Divulgação

O game por enquanto terá versões para PS4 e PS5, ainda sem previsão para outros consoles e plataformas. Haverá como atualizar a edição de PS4 para a de PS5 sem custos adicionais. O progresso na carreira, troféus e demais dados serão transferidos normalmente quando o upgrade for realizado. A pré-venda começará em 25 de janeiro e quem garantir o jogo de forma antecipada terá acesso a algumas vantagens:

  • Seis armas raras – Espada: Burning Saber, Espada Grande: Burning Blade, Metralhadora: Burning Machine Gun, Rifle: Burning Rifle, Bit: Burning Bit e Escudo: Burning Shield;
  • Armadura Especial Milky Way;
  • Chip de Dados de Batalha Terra;
  • Job Points para desbloquear habilidades;
  • Star Gold para comprar itens in-game;
Relayer

📷 Relayer: RPG de estratégia chega em março | Divulgação

O game terá Passe de Temporada e ele terá conteúdo de história adicional, itens diferenciados e robôs adicionais. As novidades só ficarão disponíveis na PS Store após o lançamento. Vale a pena dizer que, até então a localização em PT-BR não se encontra nos planos. As legendas de Relayer estarão em inglês, japonês, coreano e chinês tradicional, com as duas primeiras sendo as opções de áudio. Línguas adicionais serão adicionadas após a estreia do título.

O que você achou da novidade? Deixe aí nos comentários.

Referências:

Voxel, Geek Here, MeuPlayStation, The Game Times.

Terminator Dark Fate: Defiance chega em 2022

Exterminador do Futuro é uma franquia de sucesso, passando por diversos filmes e jogos. Mas novidade da vez é Terminator Dark Fate: Defiance, que deixa a perspectiva em primeira pessoa de lado e explora o gênero RTS. O título foi anunciado durante um evento online, organizado pela Slitherine, distribuidora de RTS, e já conta com um teaser. Confira:

📹 Teaser trailer | Divulgação

O jogo de estratégia para PC já tem página na Steam, e está com lançamento previsto para 2022, mas ainda sem data específica definida.

Sobre o jogo

Terminator Dark Fate: Defiance chega em 2022

📷 Terminator Dark Fate: Defiance chega em 2022 | Divulgação

Terminator Dark Fate: Defiance é um jogo de estratégia em tempo real para PC, que stá sendo desenvolvido pelo estúdio russo Cats Who Play, em colaboração com a Slitherine e a Skydance Media. Defiance encaixa-se no universo entre Dark Fate e o ano de 2042 controlado pelo Legion. Na campanha para um jogador, você assume o papel de um comandante da facção dos Fundadores e guia seu exército na tentativa de frustrar o plano de Legion de exterminar os últimos remanescentes da humanidade. Nos modos skirmish e multiplayer, jogue com três facções muito diversas: Founders, Legion e Resistance. A campanha é liderada pela narrativa, com estratégia em tempo real, que exige aos jogadores que tomem decisões importantes que os farão progredir na história. Embora a campanha se apresente como algo linear, existem algumas divergências dependendo das escolhas realizadas.

Parceria de peso

📷 Terminator Dark Fate: Defiance chega em 2022 | Divulgação

De acordo com Marco A. Minoli, diretor de marketing da Slitherine, essa é a “maior coisa” que eles fizeram.

“A nossa editora reparou que a maior parte da sua audiência que joga títulos de estratégia encontra-se na faixa etária dos 30 anos, e que cresceram com clássicos da ficção científica, fazendo com que este território se transforme em um terreno fértil para adquirirmos licenças e desenvolver jogos. No passado, já fizemos negócio com Battlestar Galactica e Starship Troopers, então Terminator nos pareceu um passo natural. Claro que a Skydance, nessa altura, estava se preparando para anunciar Dark Fate, então fez todo o sentido a criação dessa parceria. Neste jogo, a Slitherine está em colaboração com a Skydance e com o estúdio russo Cats Who Play para trabalhar em Defiance. É a maior coisa que já fizemos.”

Campanha

📷 Terminator Dark Fate: Defiance chega em 2022 | Divulgação

A campanha se passa logo depois do Dia do Julgamento, quando as máquinas se revoltaram contra os seres humanos. O jogador precisará juntamente com a humanidade, resistir e sobreviver a confrontos com Legions. Mas é preciso ter cuidado, as vezes a verdadeira ameaça podem não vir somente das máquinas, mas de outros sobreviventes humanos. Você será envolvido em várias batalhas complexas e realistas, onde suas decisões táticas são vitais para sua sobrevivência e vitória. A sua disposição, equipamentos militares, veículos e diversos tipos de munição.

E mais

📷 Terminator Dark Fate: Defiance chega em 2022 | Divulgação

Recrute outras pessoas, treine novas unidades, aumente seu exército, atribua novas habilidades e adquira novas armas e equipamentos para continuar a resistência. Misture e combine a composição de suas tropas para se adequar às suas táticas de batalha preferidas. Use unidades de infantaria, veículos militares blindados pesados, tecnologia de canhão de plasma, drones e outras unidades voadoras. E lembre-se! Use o campo de batalha a seu favor! A demolição de edifícios com base na física permite gerar um conjunto realista de consequências táticas, especialmente em áreas urbanas.

O que você achou da novidade? Deixe aí nos comentários.

Referências:

IGN, Steam, Voxel.

Uncharted: Legacy of Thieves Collection chega em janeiro

Finalmente, nesta terça-feira (07), a Sony Interactive Entertainment e a desenvolvedora Naughty Dog anunciaram o lançamento da coletânea. Uncharted: Legacy of Thieves Collection, que inclui versões remasterizadas de Uncharted 4: A Thief’s End e Uncharted: The Lost Legacy, será lançada em 28 de janeiro para PS5. Os PCs (via Steam e Epic Games Store), também receberão uma versão no próximo ano, mas a data ainda não foi revelada.

📹 Trailer de pedido antecipado | Divulgação

“Desafie o seu destino e deixe sua marca na história com UNCHARTED: Coleção Legado dos Ladrões. Descubra a emocionante narrativa cinematográfica e as maiores cenas de ação arrasa-quarteirão da franquia UNCHARTED, com toda a espirituosidade, astúcia e momentos inacreditáveis dos ladrões que você mais adora — Nathan Drake e Chloe Frazer.”

Já era de se esperar?

Uncharted: Legacy of Thieves Collection chega em janeiro

📷 Uncharted: Legacy of Thieves Collection chega em janeiro | Divulgação

Uncharted: Legacy of Thieves Collection, que foi anunciado em setembro de 2021, apareceu recentemente no órgão de classificação indicativa da Austrália. Além disso, recebeu classificação etária pelo Entertainment Software Rating Board (ESRB), órgão norte-americano responsável pelo processo. Vale mencionar que a coletânea apareceu na lista vazada do NVIDIA GeForce Now, que apontava que as remasterizações chegaria no dia 7 de fevereiro. Apesar da data errada, o anúncio da coletânea mostra que os títulos presentes naquele vazamento, não é tão difícil de acontecer, ou seja, podemos esperar mais jogos confirmados em breve.

Jogos inclusos

Uncharted coleção

📷 Uncharted: Legacy of Thieves Collection chega em janeiro | Divulgação

Uncharted: Legacy of Thieves Collection inclui duas aventuras que foram aclamadas pela crítica:

  • Uncharted 4: A Thief’s End – segue Nathan Drake em sua caça pelo tesouro perdido do Capitão Avery, seguindo para uma última aventura distante em meio às selvas de Madagascar para a perdida colônia pirata de Libertária.
  • Uncharted: The Lost Legacy – que mostra as aventuras próprias de Chloe Frazer ao mudar de rival amiga para heroína. Contando com a ajuda da renomada mercenária Nadine Ross, Chloe se aventura nos Gates Ocidentais da Índia para localizar a Presa Dourada de Ganesh.

Upgrade

Uncharted coleção

📷 Uncharted: Legacy of Thieves Collection | Divulgação

Os jogadores que possuem Uncharted 4, Uncharted: The Lost Legacy ou Uncharted 4: A Thief’s End + Uncharted: The Lost Legacy Digital Bundle poderão fazer upgrade para a coleção por apenas US$ 10 (cerca de R$ 56). Já a versão de Uncharted 4 da PS Plus não está inclusa no upgrade, além do modo multiplayer dos jogos Uncharted 4 e Uncharted: The Lost Legacy que não estará disponível na coletânea.

E mais

Uncharted coleção

📷 Uncharted: Legacy of Thieves Collection | Divulgação

No que se diz respeito aos gráficos, os jogadores contarão com três modos; o Fidelity Mode, que vai oferecer qualidade de vídeo 4K e 30 FPS; o Performance ativa o framerate de 60 FPS; por fim, Perfomance+ Mode, que reduz a qualidade para 1080p e sobe a taxa de quadros para 120 FPS. Vale mencionar que para a última opção, é necessário jogar em displays com taxa de atualização de 120Hz.

Vale ressaltar que as remasterizações vão ter telas de carregamento mais rápidas, Áudio 3D e suporte ao DualSense. No caso dos proprietários do PS4, os usuários deverão inserir o disco no P5 para baixar a coleção digital.

O que você achou da novidade? Deixe aí nos comentários.

Referências:

Uncharted: Legacy of Thieves Collection, Voxel, The Enemy.

Aftermath: game de sobrevivência e suspense psicológico é anunciado

A publicadora META Publishing juntamente com a desenvolvedora One-O-One Games, anunciaram o lançamento de Aftermath, um jogo de sobrevivência e suspense psicológico. Confira o trailer de revelação:

📹 Trailer de revelação | Divulgação

Vale mencionar que, anteriormente, Aftermath era conhecido como Gray – Survival Horror, cujo projeto trazia uma premissa semelhante, porém envolvia um cachorro-robô mecânico — elemento que parece ter sido eliminado da versão final.

Sobre o jogo

Aftermath: game de sobrevivência e suspense psicológico é anunciado

📷 Aftermath: game de sobrevivência e suspense psicológico é anunciado | Divulgação

Aftermath segue a história de Charlie Gray, uma engenheira e astronauta europeia. Gray tinha tudo aquilo que sempre desejara, graças a sua brilhante carreira. Porém, um dia se deparou com algo inesperado. Depois de tentar retornar à Terra e tudo dar errado, Charlie já não é mais a mesma. Agora ela está sozinha em um mundo deserto e fragmentado, enquanto sua vida atravessa um momento conturbado. Tudo o que ela sabe é que precisa encontrar a única coisa que ainda importa: Sammy.

Aftermath

📷 Aftermath: game de sobrevivência e suspense psicológico é anunciado | Divulgação

“Analise os arredores e utilize os recursos urbanos à disposição. Itens mundanos podem se transformar em ferramentas valiosas para enfrentar os seres insondáveis que ocupam a cidade. Estude as fraquezas dos alienígenas e decida a melhor abordagem para vencer aqueles que adorariam usar você como uma oferenda.”

Jogabilidade

Aftermath

📷 Aftermath | Divulgação

O jogador controla Charlie, que está sendo caçada por um adversário obscuro que parece ser invencível. Você precisa desvendar o mistério deste caçador além de usar seu arsenal para superá-lo e sobreviver. Além de se preocupar com seu adversário, Charlie precisa se manter saudável. Para isso, ela deve se alimentar bem, para manter a saúde física e mental em dia e assim ficar um passo a frente de seu inimigo. Aftermath usa a mente de engenheira e a abordagem científica de Charlie para conceber um sistema de criação inovador. Observe os arredores para inventar um diagrama, então encontre e combine as peças necessárias para se adaptar e prosperar.

Recursos

Aftermath

📷 Aftermath | Divulgação

  • Uma história poderosa – Como a humanidade se comporta diante de eventos extraordinários? Ela se une e fica mais forte ou se desintegra? Ficamos presos ao passado ou nos dedicamos a um futuro possível? AFTERMATH se debruça sobre as perguntas filosóficas e psicológicas, entre outras, que nos perguntamos quando estamos diante de uma situação impossível.
  • Estilo único – Desfrute de uma estética criada pela mente brilhante de Alessandro Bavari, o enigmático mestre italiano responsável pelo design de Alien: Covenant, de Ridley Scott, e de Suspiria.
  • Vida e morte são misteriosas – Charlie está presa em um pesadelo real. A explicação para o que está acontecendo é o principal mistério que assombra todos os momentos dela. Se a morte não é o fim, então o que seria?
  • Trilha sonora original – AFTERMATH oferece uma trilha sonora rica e variada, incluindo trabalhos originais de artistas como UNKLE, Planet Funk e muitos outros.

Aftermath tem lançamento planejado para 2022 e terá versões para PlayStation 5, Xbox Series, PlayStation 4, Xbox One e PC.

O que você achou do game? Deixe aí nos comentários.

Referências:

Steam, Voxel.

Wronged Us: survival em mundo aberto é anunciado

A desenvolvedora Delusional Studio, anunciou na última quarta-feira (24), Wronged Us, o mais novo jogo de terror e sobrevivência. Além do anúncio, o título também recebeu um vídeo de gameplay.  O teaser de gameplay mostra um pouco do mundo aberto no município, que lembra até cenários de The Last of Us. Além disso, criaturas bizarras aparecem para matar o protagonista. Confira:

📹 Teaser de gameplay | Divulgação

Segundo o site oficial, Wronged Us é inspirado em vários títulos conhecidos de diferentes maneiras. Por exemplo, as interações com NPCs são inspiradas em Dark Souls, as mecânicas em Resident Evil e a história e a ambientação em Silent Hill.

Sobre o vídeo

O vídeo que você conferiu acima, não é bem um trailer, mas um apanhado de momentos esparsos de gameplay, exploração e interação com NPCs.

Wronged Us: survival em mundo aberto é anunciado

📷 Wronged Us: survival em mundo aberto é anunciado | Divulgação

“O trailer foi feito a partir de diferentes versões do jogo”, explicou a Delusional Studio em referência a grande diferença de algumas cenas mal acabadas para outras melhor trabalhadas. “Como mencionado antes, ainda está no início do desenvolvimento, então coisas como modelos de personagens e ambientes são espaços reservados por enquanto e ficarão muito melhores mais tarde.”, continua.

Descrição oficial

Wronged Us

📷 Wronged Us: survival em mundo aberto é anunciado | Divulgação

“WRONGED US é um jogo baseado em uma história cinematográfica ambientado em uma pequena cidade. O jogador irá explorar uma cidade detalhada e abandonada, enfrentando horrores psicológicos, resolvendo quebra-cabeças e lutando contra monstros ao longo do caminho. Os jogadores serão livres para explorar diferentes partes da cidade, interagindo com vários NPCs ao longo do caminho.”

Sobre o game

Wronged Us

📷 Wronged Us: survival em mundo aberto é anunciado | Divulgação

Wronged Us é um jogo de terror e sobrevivência em terceira pessoa. Foi desenvolvido pela Delusional Studio, uma desenvolvedora independente, que possui apenas um dev. De acordo o Delusional Studio, Wronged Us está “ainda muito no início do desenvolvimento”. Ele está foi desenvolvido há um ano e meio por apenas uma pessoa e agora estão contratando uma equipe para concluir o projeto.

Inspirações

Wronged Us

📷 Wronged Us: survival em mundo aberto é anunciado | Divulgação

Como foi mencionado no começo, a Delusional Studio cita três games como inspirações para Wronged Us: Dark Souls, Silent Hill e Resident Evil. O primeiro serve como influência para a exploração e o design das missões. “Você não terá nenhuma interface do usuário informando para onde ir, se você começou, terminou ou falhou em uma missão secundária“, afirma. Já Silent Hill é uma inspiração para a história e atmosfera, enquanto a jogabilidade e as mecânicas são baseadas na franquia da Capcom.

Wronged Us será lançado em 2023. O desenvolvedor confirmou o game para PC, mas não especificou para quais consoles ele estará disponível em seu lançamento.

Você é um dos apaixonados pelo Survival Horror? O que achou do novo game? Deixe aí nos comentários.

Referências:

Wronged Us, Voxel, PSX Brasil, Arkade, MeuPlayStation.

Chrono Cross ganhará um remake?

Toda a história começou em outubro desse ano, quando um rumor sobre o possível remake de um clássico do PlayStation começou a circular. Esse rumor aponta uma nova versão de Chrono Cross, sucessor de Chrono Trigger. Vale mencionar que, por enquanto, a Square Enix não fez nenhum anúncio oficial. Contudo uma série de evidências apontam para essa possibilidade.

A origem dos boatos

Chrono Cros

📷 Chrono Cross ganhará um remake? | Divulgação

Chrono Cross foi um dos títulos não anunciados listados em um vazamento de banco de dados da NVIDIA em setembro. Essa lista, a empresa posteriormente admitiu ser real, mesmo que dissesse que os jogos não existiam necessariamente. No mês seguinte o site VideoGamesChronicle mostrou alegações de que a PlayStation anunciaria um remake de um “grande jogo” neste natal. O rumor surgiu de uma entrevista concedida pela cantora Éabha McMahon, que se apresenta como Ava, que disse à rádio irlandesa WLR FM que gravou um tema em irlandês para o jogo, que ainda não foi revelado.

Novas informações

Recentemente, durante um episódio do podcast XboxEra, Nick Baker, o fundador do programa diz ter recebido a confirmação da história, porém, o jogo que será revelado em dezembro, se trata de uma remasterização do clássico JRPG da Square e não de um remake.

📹 The XboxEra Podcast – Episódio 84 | Divulgação XboxEra

“Chrono Cross Remastered, eu acho, já estava na lista de vazamentos da NVIDIA, então o jogo não deveria ser uma surpresa. Mas me disseram que aquele artigo do VGC é sobre Chrono Cross Remastered.”

Não será exclusivo?

Embora as pessoas estejam falando ser um título exclusivo do PlayStation, esse não seria o caso. Baker comenta:

Chrono Cross

📷 Chrono Cross ganhará um remake? | Divulgação

“O que mais me disseram – porque todo mundo está trabalhando sob o pressuposto de que é um exclusivo do PlayStation – me disseram que não é. A única palavra usada foi ‘multiplataforma’ Agora, quando ouço JRPG e multiplataforma, presumo automaticamente PC, PlayStation, Switch, essa é a minha suposição. Não foi isso que me disseram, é apenas minha suposição. Tudo o que minha fonte me disse foi ‘multiplataforma’. Isso é o que eles disseram, eles me disseram que não era exclusivo do PlayStation”.

Baker continuou:

“mas acho que há confusão porque diz que o PlayStation está definido para anunciá-lo, então todos trabalham supondo que a PlayStation está anunciando algo que seria exclusivo, o que nem sempre acontece…”

Chrono Cross

Chrono Cross ganhará um remake?

📷 Chrono Cross ganhará um remake? | Divulgação

Chrono Cross é um JRPG desenvolvido pela SquareSoft (atual Square Enix) e distribuído pela própria Square no Japão e pela Square Electronic Arts nos Estados Unidos. Foi lançado em 1999 para o Playstation. A história de Chrono Cross é focada no adolescente chamado Serge e na temática de mundos paralelos. De cara com uma realidade alternativa na qual morreu ainda criança, Serge parte em busca da verdade em torno da divergência entre os dois mundos. Na época de seu lançamento, Chrono Cross foi aclamado pela crítica, ganhando a raríssima nota 10.0 no GameSpot e tendo o score agregado de 92.28% de acordo com o site GameRankings.

A PlayStation não tem eventos confirmados para o fim do ano até o momento.  Porém, teremos o The Game Awards 2021, que está marcado para acontecer em 9 de dezembro.

O que você acha do rumor? Você gostaria de um remake desse game incrível? Deixe aí nos comentários.

Referências:

PSX Brasil, Voxel, The Enemy.

Yu-Gi-Oh! Rush Duel: Dawn of the Battle Royale chega em dezembro

A Konami anunciou hoje (19) a data de lançamento de Yu-Gi-Oh! Rush Duel: Dawn of the Battle Royale. O título será lançado em 7 de dezembro para Nintendo Switch. Por enquanto, não há previsão de lançamento para as outras plataformas. Vale mencionar que essa data de lançamento é para às Américas, Europa e Oceania, pois o game já está disponível no Japão.

📹 Trailer de lançamento | Divulgação

Descrição oficial

Yu-Gi-Oh! Rush Duel

📷 Yu-Gi-Oh! Rush Duel: Dawn of the Battle Royale chega em dezembro | Divulgação

“Yu-Gi-Oh! Rush Duel: Dawn of the Battle Royale oferece uma maneira nova e empolgante de jogar Yu-Gi-Oh! Invoque monstros poderosos repetidamente para o conteúdo do seu coração, enchendo o campo com as suas cartas. Na sua próxima jogada, recoloque a mão completa de volta – não importa quantas cartas você jogou. O ritmo pode mudar a qualquer momento neste novo título elétrico do Yu-Gi-Oh!. Em um minuto você está no controle total, no próximo, de repente, o seu adversário tem a vantagem.”

E Mais

Yu-Gi-Oh! Rush Duel

📷 Yu-Gi-Oh! Rush Duel: Dawn of the Battle Royale chega em dezembro | Divulgação

Segundo a Konami, em Yu-Gi-Oh! Rush Duel: Dawn of the Battle Royale os jogadores podem descobrir uma história original com uma série de personagens novos e divertidos. E ainda:

  • Explorar uma campanha de jogador único completa na qual você pode aprimorar as suas habilidades de duelo
  • Criar o seu baralho a partir de uma enorme seleção de cartas
  • Duelar onde quer que você esteja com a funcionalidade multijogador local para até dois jogadores
  • Enfrentar os seus amigos e desafiantes em todo o mundo em duelos on-line para dois jogadores

Sobre

Yu-Gi-Oh! Rush Duel

📷 Yu-Gi-Oh! Rush Duel: Dawn of the Battle Royale | Divulgação

Yu-Gi-Oh! Rush Duel: Dawn of the Battle Royale é baseado na temporada Sevens do anime que alcançou bastante popularidade no Japão. Rush Duel é um conjunto de regras alternativas do Master Duel, que é o padrão usado no Yu-Gi-Oh! tradicional. Se você é daqueles que gosta mesmo é do estilo clássico, a opção que vale muito a pena é Yu-Gi-Oh! Duel Links, que traz um sistema bem semelhante ao da série original, além de contar com personagens e cartas clássicos. Essa nova maneira, permite o jogador invocar monstros poderosos repetidamente o quanto quiser, enchendo o campo com suas cartas. Na sua próxima jogada, você poderá recolocar a mão completa de volta – não importa quantas cartas você jogou. Esta mecânica visa mudar o ritmo das partidas a qualquer momento.

Yu-Gi-Oh! Rush Duel

📷 Yu-Gi-Oh! Rush Duel: Dawn of the Battle Royale | Divulgação

Yu-Gi-Oh! RUSH DUEL: Dawn of the Battle Royale será lançado para Nintendo Switch em 7 de dezembro, disponível através da Nintendo eShop. “Sinta a pressa e torne-se um Yu-Gi-Oh! Campeão RUSH DUEL!”

O popular Yu-Gi-Oh! TRADING CARD GAME está disponível em todo o mundo, com produtos distribuídos em mais de 80 países e 9 idiomas, para serem apreciados por fãs de todas as idades.

Yu-Gi-Oh! Rush Duel: Dawn of the Battle Royale chega em dezembro

📷 Yu-Gi-Oh! Rush Duel: Dawn of the Battle Royale | Divulgação

Yu-Gi-Oh! é daquelas franquias que nos causam bastante nostalgia. Cada título que sai, nos traz aquele sentimento de infância. Mas o que você achou do novo sistema? Gostou? Ou você é daqueles que preferem o estilo padrão? Deixe aí nos comentários a sua opinião.

Referências:

Konami, The Enemy, GameHall.

Jump Force sairá do ar em 2022

A Bandai Namco anunciou no último dia 10, que Jump Force sairá do ar em 2022. O título é um jogo de luta online que mistura vários personagens de anime.

O fim

Jump Force sairá do ar em 2022

📷 Jump Force sairá do ar em 2022 | Divulgação

No dia 7 de fevereiro, Jump Force já deixará de ser exibido nas lojas digitais. Posteriormente, no dia 24 de agosto, os servidores ficarão offline. Com isso, não será mais possível partidas multiplayer, ranqueadas, acesso aos clãs e a troca por recompensas. Vale mencionar que, durante esse período, DLCs, cosméticos e JF medals (moeda interna do jogo), também não poderão ser mais comprados. Se você é um fã do game e quer continuar jogando, restará apenas o jogo offline, isso é, modo campanha, lutas contra AI ou com outros jogadores no mesmo console.

Motivo

Jump Force

📷 Jump Force sairá do ar em 2022 | Divulgação

A produtora não revelou detalhes sobre a razão pelo fim dos serviços do game, contudo, não é muito difícil compreender. Todas estas franquias exigem várias permissões legais para estarem interagindo, principalmente para um game que já caminha para seus três anos de vida, imagina a quantidade de valor em licenciamento que eles teriam de pagar caso o game continuasse. Tudo isso envolve muitas pessoas e muito dinheiro, então não é muito difícil pensar que essa notícia chegaria mais cedo ou mais tarde.

O fracasso

Jump Force

📷 Jump Force sairá do ar em 2022 | Divulgação

Jump Force se destacou em em seu visual e por sua ideia de juntar personagens icônicos no mesmo jogo, contudo, a crítica caiu matando em diversos quesitos, principalmente em sua história ruim. A história do jogo é a mais clichê possível; “o mal pretende dominar o mundo, e acaba sobrando para os heróis acabarem com a bagunça”. Mesmo com belos traços, o enredo parece mais algo escrito por fãs que queria juntar todo mundo e ver no que dava. Vilões genéricos e diálogos rasos também podem ser anotados na sua caderneta. Agora, se for colocado na mesa o pior ponto negativo do jogo, com certeza o modo história apareceria. O modo simplesmente não tem coesão, principalmente no que se trata de narrativa.

Ponto positivo

Jump Force

📷 Jump Force sairá do ar em 2022 | Divulgação

O game não foi um completo fiasco, na verdade ele está bem longe de ser um game ruim. Apesar das duras críticas no modo história, o jogo é bem divertido e não se parece nada com um “simples jogo de anime”. Se for levar em consideração as lutas, os combates são extremamente bem feitos. O que falta na história, sobrou nas batalhas. Efeitos, jogos de câmera, apresentação das lutas, belos cenários e golpes incríveis são os diferenciais do game. Não podemos esquecer da jogabilidade, que também tem seus méritos.

Sobre

Jump Force

📷 Jump Force sairá do ar em 2022 | Divulgação

Jump Force foi desenvolvido pela Spike Chunsoft e publicado pela Bandai Namco. O jogo permitia confrontos entre vários personagens tradicionais de mangás e animes muitos deles. A lista inclui, por exemplo, Goku, Vegeta e Freeza (Dragon Ball); Luffy (One Piece); Seiya e Shiryu (Cavaleiros do Zodíaco); Sosuke (Bleach) e Naruto. O título é um “brawler 3D”, ou seja, um jogo de luta que se passa em uma grande arena 3D, sem muitas complicações. Na verdade, Jump Force é voltado para jogadores iniciantes e, por isso, tem jogabilidade bem básica. São golpes simples, defesas, ataques especiais com um botão e, claro, movimentação em 360 graus no enorme cenário, com alternância em trios, com seu grupo de personagens. Veja detalhes mais clicando aqui.

Jump Force foi lançado em fevereiro de 2019, para PC, PS4 e Xbox One. Posteriormente, uma versão para Nintendo Switch foi lançada em agosto de 2020.

Você gostava do jogo? O que achou da notícia? Deixe aí nos comentários.

Referências:

UOL, Gamerview, Voxel.

Starfield: Bethesda revela novos detalhes em vídeo

Starfield ganhou novos detalhes. A Bethesda divulgou um vídeo, onde é apresentado o universo do game. O novo trailer fala dos Settled Systems, os sistemas da galáxia que foram ocupados pelos seres humanos. Confira:

📹 The Settled Systems | Divulgação

Situado no ano de 2330, Starfield vai além de uma pequena porção da Via Láctea e estende a exploração espacial para aproximadamente 50 mil anos-luz de distância, alcançando os chamados Settled Systems

Descrição oficial

Starfield: Bethesda revela novos detalhes em vídeo

📷 Starfield: Bethesda revela novos detalhes em vídeo | Divulgação

“Starfield é o primeiro novo universo em 25 anos da Bethesda Game Studios, os criadores premiados de The Elder Scrolls V: Skyrim e Fallout 4. Neste RPG de próxima geração situado entre as estrelas, crie qualquer personagem que você quiser e explore com liberdade incomparável ao embarcar em uma jornada épica para responder ao maior mistério da humanidade.”

Detalhes sobre o vídeo

Starfield

📷 Starfield: Bethesda revela novos detalhes em vídeo | Divulgação

O novo vídeo é narrado por Emil Pagliarulo, diretor de design do game, que nos traz um pouco mais sobre a história e a ambientação de Starfield. Emil diz também que o game se passa huma época pacífica, mas que essa paz é frágil. Foi apresentado também duas facções importantes: United Colonies e Freestar Collective, que se enfrentaram na sangrenta Colony War, cerca de 20 anos antes da história do jogo. Atualmente, ambos estão em paz, porém não significa que os Settled Systems estão menos perigosos. Além dos dois grupos, você poderá encontrar outras ameaças em seu caminho, como os mercenários Eclipticos, os piratas da Crimson Fleet, os violentos Spacers e até mesmo os fanáticos religiosos da House Va’ruun.

Sobre o jogo

Starfield

📷 Starfield: Bethesda revela novos detalhes em vídeo | Divulgação

Como foi dito, não se tem muitas informações sobre o game. Sabemos que Starfield é um RPG de ficção científica completamente voltado para o single player e que jogador vive um novo membro de uma organização chamada Constellation, que tem como objetivo descobrir os mistérios ainda ocultos da galáxia. Além disso, sabemos que a empresa está trabalhando no jogo a mais de 10 anos. Durante o anúncio chocante do jogo na E3 2018, o chefe da Bethesda, Todd Howard, chamou Starfield de “nosso épico para um jogador da próxima geração.”

Relembre

Starfield

📷 Starfield: Bethesda revela novos detalhes em vídeo | Divulgação

Starfield foi anunciado em 2018, mas a crise mundial fez com que seu lançamento ficasse bastante incerto. Em seu trailer de anúncio, você pode conferir poucos detalhes. No pequeno teaser de um pouco mais de 1 minuto, você o sol nascendo em um planeta árido enquanto a câmera se move para uma estação espacial pairando acima, com painéis solares que curiosamente tomam a forma de uma estrela. Mas antes que possamos respirar, um flash de luz brilhante devora rapidamente o planeta e a estação espacial em segundos. Até hoje ainda não se tem muitos detalhes revelados sobre o game.

Após diversos rumores que o game seria exclusivo do Xbox, foi confirmado. Starfield está com previsão de lançamento para 11 de novembro de 2022 e será exclusivo para PC e Xbox Series. Segundo a Bethesda, não existem chances do game ser lançado para PS5.

O que você tem achado do game até agora? Deixe aí nos comentários.

Referências:

Starfield, IGN Brasil, Voxel.

Ghost Recon Frontline é anunciado

A Ubisoft anunciou no último dia 5, o game Tom Clancy’s Ghost Recon Frontline. Confira o trailer:

📹 Vídeo de anúncio completo | Divulgação


“Ghost Recon Frontline, de Tom Clancy, é um jogo de tiro PVP de ação tática e gratuito baseado no renomado universo Ghost Recon. Ghost Recon Frontline apresenta um sistema de classes avançado e um amplo conjunto de ferramentas de suporte tático, permitindo total liberdade no jogo estratégico, com várias maneiras de superar as equipes inimigas e vencer todas as lutas.”

Mais detalhes

Ghost Recon Frontline é anunciado

📷 Ghost Recon Frontline é anunciado | Divulgação

Ghost Recon Frontline terá tanto modos PvP como Battle Royale, ao contar com um mundo aberto que pode receber mais de 100 jogadores ao mesmo tempo no modo Expedição. O game será cross-platform e está sendo desenvolvido há mais de 3 anos pela Ubisoft Bucareste em colaboração com os estúdios da empresa em Belgrado, Craiova, Kiev e Odessa. Sobre o enredo, a história se passa na Ilha Drakemoor, que segundo o site oficial, era um lugar pacífico e cheio de belezas naturais até ser invadido por uma corporação corrupta do setor de mineração.

Liberdade tática desbloqueada

O jogador terá várias maneiras de vencer a partida. Usar o campo de batalha ao seu favor é uma delas. Chame reforços táticos, como torres automáticas mortais, drones de cortina de fumaça e barricadas maciças. Sempre há mais de uma maneira de vencer, e depende inteiramente do tipo de abordagem estratégica que você usará.

Esquadrões de classes

1hit games

📷 Ghost Recon Frontline é anunciado | Divulgação

Você poderá jogar com jogadores de todo o mundo, em todas plataformas disponíveis do game, ao utilizar de um sistema de classes onde cada uma delas é altamente especializada, para desempenhar papéis táticos distintos no campo de batalha. Avance no jogo por meio de um sistema de unidades, atualize e personalize cada contratante (nome das classes do game) para se adequar à sua estratégia e não deixe de escolher diferentes caminhos de habilidade, que são desbloqueadas dentro de cada classe. Combine isso às diferentes habilidades das classes de seus aliados e ajude-os a triunfar.

A ilha

1hit games

📷 Ghost Recon Frontline | Divulgação

A ilha Drakemoor é um mundo aberto, que possui diversos ambientes no centro do conflito. Anteriormente, o país era lindo e muito pacífico, porém agora foi invadido por uma corporação de mineração corrupta, o que faz com que aconteça um deslocamento forçado de comunidades locais e a poluição ambiental maciça. O local tem muito a ser explorado, diversos marcos e biomas distintos, com condições climáticas em constante mudança. Além disso, diversas montanhas, florestas densas e terras áridas implacáveis.

Modos de jogo

1hit games

📷 Ghost Recon Frontline | Divulgação

Tom Clancy’s Ghost Recon Frontline possui vários modos de jogo, desde rápido e casual até um altamente tático. Você poderá jogar com 100 jogadores em equipes de três, no modo de expedição. O modo inclui objetivos dinâmicos espalhados por todo o mapa aberto maciço, sem círculo convergente, onde os jogadores devem trabalhar juntos e utilizar suas habilidades combinadas para pedir Extração.
Ghost Recon Frontline ainda está em desenvolvimento. Os testes fechados começam dia 14 de outubro para usuários de PC que vivem na Europa. O título ainda não tem data de lançamento, mas já se sabe que será lançado para Xbox One, Xbox Series, PS4, PS5, PC, Stadia e Luna.

O que você espera do jogo? Deixe aí nos comentários.

Referências:

Ghost Recon Frontline, IGN Brasil, Voxel.

FIFA 22

FIFA 22 é um jogo eletrônico de simulação de futebol desenvolvido e publicado pela Electronic Arts. O jogo foi anunciado no dia 11 de julho de 2021 e lançado no dia 1 de outubro de 2021 para PlayStation 5, Xbox Series X/S, Google Stadia, Microsoft Windows, PlayStation 4, Xbox One e PC.

Você pode pular a história de ‘Bem-vindo ao FIFA’

Spoilers! O FIFA 22 começa com algo bizarro: uma história independente em que o jogador que você criou cruza com David Beckham e Eric Cantona, participa de um kickabout nas ruas de Paris e joga no Parc Des Princes ao lado de Kylian Mbappe e Thierry Henry . É bizarro, mas inofensivo, embora a maioria queira pular para começar a usar o FUT ou o modo carreira.

Infelizmente, faça uma pausa durante uma daquelas cutscenes e a história parece impossível de ser pulada: você simplesmente não tem a opção. Mas você ainda pode pular. O kickabout nas ruas e no gramado do PSG pode ser pausado como qualquer exercício regular do FIFA 22 – e neste ponto você terá as opções usuais, incluindo sair para o menu principal.

Criar um clube é brilhante

O modo carreira agora oferece a opção de criar seu próprio clube e adicioná-lo a qualquer liga do jogo – substituindo um time existente. E isso é ótimo! Você escolhe seu nome, rival, brasões e kits domésticos e externos. Este último é um dissipador de tempo brilhante, com 80 designs para escolher, feitos por fabricantes autênticos: Nike, Adidas, Umbro, Puma, Hummel e New Balance. Legal.

A parte principal para acertar durante a configuração inicial é a guia ‘Seu time’. Experimente os dois primeiros controles deslizantes de ‘classificação geral’ e ‘idade do time’ até ficar satisfeito com a lista de jogadores regenerados à direita – e observe que você pode mover o controle direito para ver uma lista das idades dos jogadores. Para o meu lado criado (Bath City), optei por ‘One Star / Very Young’ para um difícil desafio da League Two, mas se você está colocando o Carshalton Athletic na Premier League, precisa de um mínimo de Four Stars e Balanced desde o início.

Potencial é tudo

Gostaria de enfrentar um time estabelecido, em vez de fazer seu próprio clube? Então, o sucesso do modo de carreira de longo prazo tem tudo a ver com construir para o futuro. Teremos um guia mais detalhado em breve, mas por enquanto esses são os dez jogadores no modo carreira com o maior potencial. A primeira pontuação é sua classificação atual, a segunda, sua pontuação potencial geral.

1. Kylian Mbappe (PSG) – 91> 95
2. Gianluigi Donnarumma (PSG) – 89> 93
3. Erling Haaland (Dortmund) – 88> 93
4. Trent Alexander-Arnold (Liverpool) – 87> 92
5. Phil Foden (Manchester City) – 84> 92
6. Kai Havertz (Chelsea) – 84> 92
7. Jadon Sancho (Manchester United) – 87> 91
8. Matthijs de Ligt (Piemonte Calcio) – 85> 91
9. João Felix (Atlético Madrid) – 83> 91
10. Pedri (Barcelona) – 81> 91

BPM

O Método Pacote de Bronze, também conhecido como ‘BPM’, foi prejudicado pela decisão controversa da EA de remover pacotes de bronze padrão de 400 moedas do Ultimate Team. Em vez disso, você só pode comprar pacotes premium de 750 moedas. É travesso e dificulta o trabalho no mercado, mas ainda pode ser eficaz – você só precisa de paciência.

Depois de comprar um pacote, verifique a opção ‘Comparar Preço’ para cada jogador individual. Qualquer venda atualmente pelo preço de ‘descarte’ – 200 moedas – deve ser guardada em seu clube por enquanto. Mas aqueles cujo valor é superior a 200 podem ir direto ao mercado, a um preço comparável a outros cartões idênticos. [Ao percorrer os jogadores armazenados semanalmente, você pode escolher o momento certo para listá-los também.] Procure ganhar 1000 moedas em vendas por pacote e, eventualmente, grandes lucros serão garantidos.

Jogue fora suas cartas ouro de 75-81

Embora as cartas de prata e bronze com preço de descarte devam ser mantidas até que sejam necessárias para os Squad Building Challenges (SBCs), ouro classificado como 75-81 pode ser descartado no mercado de transferência imediatamente. Eles não vão render mega dinheiro – mas você vai receber tantos cartões dourados ao longo desta temporada, por meio de recompensas para Batalhas de esquadrão e Rivais de divisão, que simplesmente não há motivo para mantê-los.

Aplique uma regra diferente aos itens avaliados em 82 ou acima. Eles irão para quantias premium assim que os Icon SBCs chegarem – e então é melhor armazená-los por enquanto, a fim de obter o máximo de moedas mais tarde.

Toda La Liga é um bom caminho a percorrer

Uma dica final do Ultimate Team diz respeito à composição de sua equipe. A química é fundamental, e a maneira mais fácil de maximizá-la é montando uma escalação inicial composta por jogadores de uma única divisão. A tentação é ir com um time todo da Premier League para isso – mas milhões de outros jogadores estão fazendo o mesmo, aumentando o valor das cartas atribuídas àquela competição (ENG 1).

Em vez disso, aconselho a formação de esquadrões competitivos em torno das outras grandes ligas, por uma fração do custo total do EPL. Meu La Liga XI está ganhando jogos online e offline, mas apresenta mega-cards adquiridos a preços de pechincha. Está listado abaixo. Dê uma olhada por si mesmo e, em seguida, considere construir o seu próprio para essa liga ou para a Bundesliga (que é particularmente excelente para defensores de pechinchas).

GK: Jan Oblak (91) – 29.750 moedas
RB: Kieran Trippier (84) – 1.900
CB: Clement Lenglet (82) –
CB embalado : Gerard Pique (84) – 2.100
LB: Gaya (83) –
RM embalado : Gareth Bale ( 82) – 1.200
CM: Casemiro (89) – 15.750
CM: Toni Kroos (88) – 9.700
LM: Eden Hazard (85) – 8.400
ST: Alexander Isak (82) –
ST lotado : Luis Suarez (88) – 11.000

Tiros finos à distância são os primeiros meta

Goleiros aprimorados são um aspecto altamente agradável do FIFA 22. Você vê menos gols de rebote, eles são hábeis em situações de um contra um e se comportam de forma mais realista em geral, marcando cruzamentos e jogando a bola para fora ou para fora. Isso significa que antigas explorações de golos foram amplamente anuladas, mas isso não impediu a comunidade de procurar por novas.

Isso pode mudar quando o primeiro patch de jogabilidade chegar (provavelmente em novembro), mas a tática mais eficaz até agora é o chute de fora da área – passar de lado um curler em torno do goleiro e no canto superior. Para tentar fazer isso, mova a bola ao redor da borda do D até que você tenha uma linha limpa no gol, então segure o chute em conjunto com R1 (no PlayStation) ou RB (no Xbox). A prática leva à perfeição, é claro. Feliz netbusting.

Use rondos para aperfeiçoar seu passe

Em primeiro lugar, vamos começar com o básico. Sim, estamos dizendo para você voltar para a escola.

Não há maior habilidade em qualquer versão do FIFA do que segurar a maldita bola. O rondó pode parecer um exercício sem sentido para simplesmente dar um tique em um exercício de treinamento, mas quanto mais você passar, melhor ficará no jogo em geral. Não é nenhuma surpresa que Alex Hunter foi feito para fazer isso no camarim em The Journey – o próprio Barcelona costumava fazer rondos enquanto se trocava quando Pep Guardiola estava lá.

Acredite ou não, o FIFA é muito mais divertido quando você tem a bola do que sem ela. E para todos os movimentos extravagantes e movimentos de habilidade, nada se vangloria melhor do que jogar futebol vertical de um toque até a caixa. Passar é o ponto de partida antes de passar para o prato principal de todo o resto. É por isso que chamam de futebol de posse. E não atirar futebol ou cruzar futebol. 

O gatilho é executado

Os jogadores que participam da FIFA são vitais. Isso é o que cria o espaço para os outros jogadores se moverem. Você pode acionar corridas pressionando L1 / LB em seu controle e aprender como fazer isso é fundamental – aperte o botão ao passar para correr enquanto desvia a bola, por exemplo, para jogar passe e correr futebol.

Esta é a teoria fundamental por trás do jogo de ataque de qualquer lado. Seja você o Real Madrid ou o Rotherham, ninguém consegue colocar a bola na rede ficando parado em posição, certo? 

No entanto, é importante aprender quem acionar e quem não. Provocar uma corrida do lateral ou lateral pode ajudar a alongar a jogada – fazer o zagueiro correr para o espaço à frente dele deixará você com um homem a menos se perder a bola. 

Crie suas rotinas ou automatismos definidos

OK, então vamos combinar o que já aprendemos. Passar e correr é o que vai levar a bola mais longe no campo, certo? Bem, é aqui que entram os automatismos quando você está jogando fora da defesa.

Antonio Conte é um mestre do “automatismo”. Este é simplesmente um padrão definido de jogo – geralmente na defesa – que é ensaiado com perfeição. É bom ter alguns desses no FIFA . Por exemplo, se o goleiro joga uma bola para um lateral, ele pode querer passar para o CDM e continuar correndo; com o marcador da oposição agora voltado para o CDM pressionar, o CDM pode jogar a bola em uma dobradinha para o lateral. 

Não importa a frequência com que você faça isso – sua oposição geralmente cairá nessa. Isso apenas cria espaço e ajuda a progredir sua equipe.

Escolha o pé direito e o pé esquerdo com cuidado

Gareth Bale era lateral-esquerdo do Tottenham Hotspur, que precisava estar confortável com o pé esquerdo para jogar nesses ângulos específicos. No terço final do campo, porém, ele se tornou muito mais útil no lado direito, cortando aquela sua poderosa cavilha esquerda. 

A menos que seus jogadores tenham um pé fraco de cinco estrelas, você os quer nas posições que serão mais devastadoras. Pode ser Kevin De Bruyne na LCM – para que ele possa cortar e refinar as caixas superiores da bola – ou Alphonso Davies na lateral-esquerda para desviar para a linha lateral e jogar uma bola dirigida até Serge Gnabry. Use seus jogadores onde eles são melhores – isso é gerenciamento básico. 

Trabalhe em seu jogo de espera

Existem dois tipos de atacantes no jogo moderno. O tipo que corre além do defensor – pense em Werner, Vardy e Aubameyang – ou o tipo que segura a bola e coloca os outros em jogo – mais Kane, Benzema ou Firmino.

É difícil jogar com atacantes que se apoiam no ombro de um zagueiro no FIFA , então você vai precisar desenvolver seu jogo de hold-up com quem quer que seja o melhor. Isso significa segurar L2 / LT para proteger a bola quando você a receber. Você pode escolher alguém com mais força ou simplesmente ajustar sua formação para ter um corredor por perto, como Havertz ou Salah, para jogar a bola assim que seu atacante a pegar.

Quer você esteja jogando uma bola de futebol ou uma bola do Barcelona, ​​o atacante é uma parte fundamental da sua formação. Olhe para o Manchester City – Guardiola não foi vendido a Aguero até que ele melhorou esse lado de seu jogo. 

Nunca use um passe na área de grande penalidade

Através das bolas fica lindo no FIFA . Romper as linhas com um passe um pouco à frente de seu homem para correr e acertar a bola pode ser a coisa mais satisfatória possível. Mas você precisa abandonar o hábito de usá-los no terço final.

OK, há exceções, mas em geral, a caixa de 18 jardas que você está atacando é onde há menos espaço em campo. Não há espaço para você acertar o Triângulo / Y – então você terá que passar. Através das bolas, crie um espaço onde não há nenhum, mas a passagem terá muito mais precisão.

Sério – quantas vezes você viu Bruno Fernandes jogar na área na frente de Marcus Rashford? Não, ele joga para os pés quando não há espaço. Isso é algo simples, mas é vital manter em mente. 

Faça cruzamentos baixos em contra-ataques

… Seu atacante acabou de correr para a bola e você tem outro jogador à frente da linha defensiva no lado oposto do campo. E agora? 

Enquanto os times modernos dominam os jogos lançando bolas para a área – veja os laterais do Liverpool e os meio-campistas do Man City – há algo a ser dito sobre um corte – que ambos também dominaram. Perfurar a bola baixa é geralmente um método mais confiável de colocar a bola na caixa de forma rápida e eficiente. 

Use R1 / RB para golpear aquele cruzamento forte e baixo – especialmente em contra-ataques, porque um cruzamento regular flutuará no ar e dará ao defensor adversário a chance de correr para trás e atacar a bola.

Como atirar de qualquer lugar

Marcar gols é a coisa mais difícil de se fazer no futebol, quanto mais no FIFA. Se você for um contra um e o goleiro correu para encontrá-lo, é quando você faz o lance – e só então. Aperte o botão L1 / LB para isso. Segure os botões R1 / RB e L1 / LB se o goleiro não saiu da linha. Essa é a melhor maneira de perfurá-lo com um tiro baixo e forte.

Se você estiver em um ângulo e tiver uma visão clara do gol, vire e dobre a bola no canto – lembre-se do que dissemos sobre colocar um jogador em seu melhor pé. Finessing a bola usa os botões R1 / RB. Isso também é conhecido como chute de Mbappe ou chute de Henry – dois atacantes de pé direito que arremessam para a bola do lado esquerdo e abrem o corpo apenas para chutar através do goleiro. Funciona muito bem. 

E para qualquer uma dessas técnicas, toque no botão Círculo / B logo depois que o ícone cronometrado aparecer para um ‘Término cronometrado’. 

Não corra por causa disso

Provavelmente, a pior coisa que você pode fazer quando pega a bola é correr de cabeça para o vazio como um cachorro Husky perseguindo um pedaço de pau. Pergunte aos fãs de Aston Villa ou Middlesbrough sobre Adama Traore. 

Não, a melhor coisa a fazer é avaliar suas opções antes de jogá-lo no colo de um defensor adversário. É tentador manter o botão R1 / RB pressionado o tempo todo, mas, por favor, evite. Use o botão L1 / LB com a posse um pouco mais e você se verá segurando a posse enquanto protege a bola. Pense no Bayern de Munique, não no adolescente Traore. 

Vale a pena jogar Division Rivals, mesmo se você perder 

Este ano, a EA trouxe algumas mudanças em seu modo competitivo Ultimate Team online, Division Rivals. Agora, mesmo se você perder, você faz parte de um sistema de progressão sazonal que é redefinido de vez em quando, e você ganha recompensas apenas por jogar partidas e cumprir marcos. Com a adição de checkpoints onde você não pode ir mais longe a partir de um certo ponto, torna a dor da derrota de Division Rivals um pouco mais fácil e incentiva mais o salto para o jogo online em vez de apenas lutar contra a IA em Squad Battles. Esses pontos de qualificação também se somam.

Envolva-se com a personalização do seu estádio  

Isso não vai torná-lo um jogador melhor, mas a EA adicionou alguns novos ajustes ao sistema de personalização do estádio no Ultimate Team deste ano, e vale a pena aprofundá-los. Se você conseguir completar os desafios de desenvolvimento (que incluem marcar um chute de bicicleta que pode exigir uma bênção de Deus), você começará a desbloquear novas áreas do seu estádio para personalizar. Você também ganhará a capacidade de personalizar o corte do campo, a cor das linhas, o esquema de cores da rede, o objetivo de fogos de artifício e muito mais. 

Se você ama um determinado time, pode conseguir todos os bens para fazer seu próprio teatro de sonhos, completo com canções de greve e tifos absurdos. Da mesma forma que há tanta tensão em um derby da vida real, posso imaginar que seja bastante assustador para um jogador online chegar ao seu estádio e ver quanta pompa e fanfarra você tem. Vale a pena dar uma olhada apenas nos jogos mentais, mesmo que possa doer um pouco mais quando você está perdendo por 3 a 0 aos 40 minutos.

Referências:

Four Four Two, Tech Radar, Games Radar, wikipedia.

06 bons jogos por menos de R$10 no Steam

Se você é um daqueles gamers que acha que só os jogos caros são bons, está na hora de mudar seu pensamento. O Steam é uma plataforma cheia de ótimos jogos, desde muito caros até jogos gratuitos. Por isso, separamos 6 jogos muito bons que você pode ter, pagando menos de R$10 reais. Confira:

Dreaming Sarah (R$5,99)

06 bons jogos por menos de R$10 no Steam

📷 06 bons jogos por menos de R$10 no Steam | Divulgação

Dreaming Sarah, título inspirado pelo game de horror Yume Nikki, é um jogo de plataforma surreal com elementos de puzzle. Possui um cenário envolvente e um incrível e diverso elenco de personagens, e claro, a protagonista Sarah. Sarah esteve em um acidente e está em um coma. Cabe a você ajudá-la a acordar, explorando seu mundo dos sonhos enquanto coleta itens, fala com seres estranhos e explora o mundo ao redor dela!

She Sees Red (R$5,03)

Jogos baratos no Steam

📷 06 bons jogos por menos de R$10 no Steam | Divulgação

She Sees Red é um FMV, um live-action interativo rico em drama, violência, onde suas decisões serão o fator principal. O filme interativo chega aos 90 minutos de duração. No jogo, há um estranho assassino em uma boate. A detetive responsável pelo caso está fazendo o seu melhor para encontrar o assassino indescritível, que continua sua matança e deixando diversas provas por trás. Faça diferentes escolhas para afetar a trama principal e revelar todos os pedaços do quebra-cabeças.

Long Live the Queen (R$6,99)

Jogos baratos no Steam

📷 06 bons jogos por menos de R$10 no Steam | Divulgação

Em Long Live the Queen você tem 14 anos e terá que assumir o trono de sua mãe, que era rainha e teve um fim prematuro. Agora o poder está em jogo. Você pode ser a herdeira oficial, contudo, grande parte da nobreza do país adoraria roubar o trono para si. Vizinhos agressivos aproveitarão qualquer fraqueza para ampliar suas fronteiras às suas custas. E isso sem mencionar os perigos mágicos que estão à espreita.

A Bird Story (R$8,39)

Jogos baratos no Steam

📷 06 bons jogos por menos de R$10 no Steam | Divulgação

A Bird Story é do criador de To the Moon and Finding Paradise. O jogo é simples e sem palavras. O curta de 1 hora fala sobre um menino que encontrou um pássaro ferido, contado através de um borrão entre a realidade e a imaginação. O título é uma animação de pixel interativa com o único propósito de contar uma história simples. É uma narrativa autônoma, com seu próprio começo e fim. Vale mencionar que o jogo não é uma sequência de To the Moon, mas sim um pequeno projeto experimental.

The Miskatonic (R$2,29)

Jogos baratos no Steam

📷 06 bons jogos por menos de R$10 no Steam | Divulgação

Em The Miskatonic, você deve explorar a escola de ocultismo mais prestigiosa da América do Norte, a Universidade Miskatonic. O jogo é uma hilária comédia de humor negro ambientada após o cânone de Lovecraft, em que Innsmouth é demolida, Cthulhu fica perpetuamente imobilizada, a Inglaterra é invadida por canibais, a Antártica é saqueada e a maior ameaça para a humanidade são suas próprias ambições. Charlotte LeStrange, uma ex-membro do culto das bruxas Chesuncook, abençoada com olhos mágicos que alteram a mente, foi recentemente contratada pelo Miskatonic para realizar tarefas para o corpo docente mutante e patrulhar a ala de Ciências Ocultas da universidade.

The Beggar’s Ride (R$2,39)

Jogos baratos no Steam

📷 06 bons jogos por menos de R$10 no Steam | Divulgação

The Beggar’s Ride é um jogo de plataforma com puzzles. Enquanto explora uma terra estranha como um velho mendigo, você pode usar máscaras antigas para ver o mundo pelos olhos de um deus! Usando os poderes das máscaras você poderá resolver quebra-cabeças, alterando a própria estrutura do mundo! Em um mundo escondido do outro lado da chuva, prepare-se para explorar, pular e correr para salvar sua vida.

Você está disposto a conhecer essa lista? Vai lá conhecer os jogos citados e venha nos contar o que achou.

Referências:

The Enemy, Steam.

UNSIGHTED: jogo brasileiro sai em 30 de setembro

Mais um jogo brasileiro chegando e dessa vez é o UNSIGHTED. A publisher Humble Games revelou que o jogo brasileiro será lançado oficialmente em 30 de setembro. Confira o trailer:

📹 Trailer da data de lançamento | Divulgação

O game de ação ao estilo Metroidvania é um projeto do estúdio brasileiro Studio Pixel Punk, formado pela dupla de desenvolvedoras Tiani Pixel e Fernanda Dias.

Descrição oficial

UNSIGHTED: jogo brasileiro sai em 30 de setembro

📷 UNSIGHTED: jogo brasileiro sai em 30 de setembro | Divulgação

“A pouca vitalidade de Alma é drenada em tempo real, e é o fator que direciona a história de UNSIGHTED. Fique parada demais em um local, e você pode descobrir que NPCs importantes já se tornaram Unsighted antes de encontrá-los. Salve ou drene outros autômatos de sua anima para sua própria sobrevivência. A constante passagem do tempo pode resultar em finais completamente diferentes, e permite que campanhas futuras se mantenham novas e excitantes.”

Sobre o jogo

UNSIGHTED

📷 UNSIGHTED: jogo brasileiro sai em 30 de setembro | Divulgação

O jogador controla Alma, uma androide que deve explorar as ruínas da região de Arcadia em busca de Anima, a fonte de energia que dá consciência a todas as criaturas autômatas no mundo. Ela deve salvar seus amigos de virarem literais máquinas de matar sem moralidade (os Unsighted). Para isso, Alma deve explorar Arcadia em busca de recursos que possam ajudar na sua missão, desde armas e upgrades especiais até atalhos e caminhos alternativos para chegar mais rapidamente aos seus objetivos. Com essas armas e upgrades, é possível customizar Alma para combater inimigos e evoluir da forma que jogadores acharem melhor e mais úteis, dependendo do estilo de jogo.

Inovação

UNSIGHTED

📷 UNSIGHTED: jogo brasileiro sai em 30 de setembro | Divulgação

Em uma entrevista para o IGN Brasil, as produtoras disseram que a intenção é trazer para o jogo, um spin mais único na fórmula dos metroidvanias, a começar pela perspectiva do jogo, top-down. Tiani comenta:

“muitos jogos indie até hoje tentam emular jogos como Super Metroid e Symphony of the Night, então tentamos quebrar com muitas das convenções que esses jogos colocaram e tentar criar algo realmente único, misturando com outras influências de dentro e fora dos games”.

Inspiração

UNSIGHTED

📷 UNSIGHTED | Divulgação

Se for falar da história, claramente vemos forte inspiração em animes sci-fi focados em narrativa, como Ghost in the Shell e Cowboy Bebop e também em grandes títulos indie como Transistor e Undertale. Ainda para o IGN Brasil, as meninas dizem gostar muito dessa nova onda de cartoons feitos por mulheres, como Steven Universe e She-Ra.

Principais características

UNSIGHTED

📷 UNSIGHTED | Divulgação

  • Explore os caminhos interconectados de Arcadia para descobrir seus atalhos e segredos.
  • O tempo é sempre limitado, não deixe sua Anima (ou a de mais ninguém) acabar.
  • Resolva quebra-cabeças, obtenha novas habilidades e ferramentas para superar os obstáculos.
  • Várias opções de armas para se adequar ao seu estilo de jogo, variando de corpo a corpo a longo alcance.
  • Precisa de mais vigor? Use a grande variedade de chips disponíveis para melhorar seus atributos.
  • Não linear e com alta rejogabilidade. Tente encontrar o caminho mais rápido até seus objetivos.
  • Modo cooperativo disponível.

UNSIGHTED será lançado para PC, PS4, Xbox One e Nintendo Switch, e estará disponível logo no seu lançamento no catálogo do serviço Xbox Game Pass.

O que você espera do jogo? Deixe aí nos comentários.

Referências:

IGN Brasil, Steam, The Enemy,

Dream Cycle: novo jogo do criador de Lara Croft

A Gamescom 2021 estreou repleta de novidades e uma delas foi o anúncio de Dream Cycle, um jogo inédito desenvolvido pelo estúdio Cathuria Games e publicado pela Raw Fury. O título conta com o talento de um grande conhecido no mundo dos games, Toby Gard, designer responsável pela criação do personagem Lara Croft. Confira o trailer revelação:

📹 Trailer revelação | Divulgação

Descrição oficial

Dream Cycle: novo jogo do criador de Lara Croft

📷 Dream Cycle: novo jogo do criador de Lara Croft | Divulgação

“Descubra a próxima evolução das aventuras de ação com o Dream Cycle, um portal em constante expansão para o desconhecido trazido a você pelo criador de Lara Croft, Toby Gard. Preso em uma dimensão destruída, você assume o papel de Morgan Carter, uma aprendiz arcano dos dias modernos. Derrote os habitantes corrompidos das Dreamlands para quebrar a maldição. Use discrição, armadilhas, feitiços e ilusões para limpar o caminho silenciosamente ou desafiar os inimigos de frente, explorando suas fraquezas com armas convencionais. Somente destruindo esses oponentes sem alma você pode se aventurar mais fundo nas Dreamlands, descobrir a verdade de sua história e talvez … apenas talvez … encontrar uma saída.”

História

Dream Cycle

📷 Dream Cycle: novo jogo do criador de Lara Croft | Divulgação

Dream Cycle apresenta uma história original baseada na série de HP Lovecraft de mesmo nome. No jogo, a aprendiz arcana Morgan Carter está presa nos Reinos dos Sonhos à beira da morte, isso depois de sua essência ser roubada por um parente há muito perdido. Com os Reinos destruídos e corrompidos, ela deve rastrear seu Tio Randolph Carter para retomar seu poder, frustrar seu plano de se tornar um Deus e trazer luz para Dreamlands, limpando a corrupção do reino.

Uma aventura infinita

Dream Cycle

📷 Dream Cycle: novo jogo do criador de Lara Croft | Divulgação

Diferente de muitos, Dream Cycle não é um jogo estático. Ele possui uma história cada vez maior de mistério e aventura. Com as atualizações, novos reinos surgirão, além de novos biomas, capítulos de história adicionais, armas, inimigos, habilidades e poderes. É preciso desenvolver e adaptar seu personagem conforme as diversas extensões que se abrirão com o tempo.

Estilo de jogo

Dream Cycle

📷 Dream Cycle | Divulgação

O jogador terá algumas opções para construir seu personagem de acordo com o que achar melhor. Poderá dominar a espada em combates corpo a corpo; treinar sua mira para usar armas no modo primeira pessoa; ou usar a velha e boa magia. Com oito slots de magia disponíveis o tempo todo e um sistema de vantagens altamente flexível, você pode se tornar o aventureiro ocultista que deseja.

Sobre Gard

Dream Cycle

📷 Dream Cycle | Divulgação

O designer criou a personagem Lara Croft em 1995 enquanto trabalhava na Core Design. Seu trabalho no jogo incluiu construir e animar a maioria dos personagens do jogo (incluindo Lara), animar as cenas do jogo, fazer o storyboard dos FMVs e gerenciar os designers de níveis. Toby Gard saiu do estúdio em 1997, pois a Core não estava mais dando a Gard a liberdade criativa que ele tinha originalmente. Posteriormente, Gard voltou para Eidos (então editora e detentora dos direitos autorais da série Tomb Raider) para trabalhar com a Crystal Dynamics em uma reinicialização da franquia Tomb Raider, começando com Tomb Raider: Legend.

Dream Cycle será lançado para PC via Steam com acesso antecipado no dia 7 de setembro.

O que você achou da novidade? Deixe aí nos comentários.

Referências:

Steam, The Enemy, Adrenaline.

Castlevania: Grimoire of Souls é ressuscitado

A Konami anunciou nesta sexta-feira (13), o retorno do jogo Castlevania: Grimoire of Souls, para Apple Arcade. O título foi anunciado em 2018 para mobile, teve seu lançamento em 2019, mais foi descontinuado em 2020. Veja o trailer:

📹 Trailer oficial | Divulgação

O game poderá ser jogado no iOS, tvOS e Mac. Uma data de lançamento ainda não foi divulgada, mas de acordo com a Konami isso acontecerá “em breve”.

Entenda

Castlevania: Grimoire of Souls é ressuscitado para Apple Arcade

📷 Castlevania: Grimoire of Souls é ressuscitado para Apple Arcade | Divulgação

Castlevania: Grimoire of Souls foi anunciado pela primeira vez em 17 de abril de 2018. O jogo então passou por um estágio beta fechado e estava programado para ser lançado na plataforma iOS. O beta fechado terminou em 22 de maio de 2018 e de acordo com a Konami, também estaria disponível em dispositivos Android e seria lançado mundialmente em 2019. Ainda em 2019, quando o jogo estava em desenvolvimento um trailer oficial do jogo foi repentinamente lançado sem qualquer anúncio prévio. Naquele mesmo mês, o jogo foi finalmente disponibilizado na Google App Store apenas no Canadá e na Ásia no dia 20. Em 9 de setembro de 2020 o jogo foi descontinuado sem sequer se lançado para o mundo.

Descrição oficial

Castlevania

📷 Castlevania: Grimoire of Souls é ressuscitado para Apple Arcade | Divulgação

“Castlevania: Grimoire of Souls” é um jogo de ação side-scrolling completo. Experimente um jogo com quantidades épicas de conteúdo, incluindo 60 níveis, uma grande variedade de equipamentos, missões diárias e semanais e muito mais! Passado em um mundo depois que Drácula foi selado, as páginas de uma nova história que reúne heróis do passado começaram a virar…”

Sobre o jogo

Castlevania

📷 Castlevania: Grimoire of Souls | Divulgação

Em Castlevania: Grimoire of Souls, o jogador assume o papel de Alucard, agora Genya Arikado, após receber uma carta afirmando que, mesmo depois de todas as batalhas que aconteceram ao longo dos séculos, Drácula irá mais uma vez ressuscitar. No game, os jogadores podem enfrentar muitos dos personagens mais populares da série para a batalha, em mais de 60 níveis diferentes, enquanto testam seu poder contra chefes no modo História e no Multijogador On-line. O título também marca a volta de Ayami Kojima à série. Além disso, temos a estreia de vários modos de jogo na franquia.

Enredo

Castlevania

📷 Castlevania: Grimoire of Souls | Divulgação

Depois de receber uma carta de Lucy Westenra, Arikado se aventura no Edifício Elgos. Neste local, Lucy fala com ele sobre os Grimórios, livros mágicos que contêm informações sobre todos os eventos passados ​​de Castlevania, que estão transbordando de poder das trevas e além de seu controle e com isso precisada ajuda de Arikado para restaurar a ordem neles. Então, com a magia apropriada criada por Elgos, Arikado deve entrar nos Grimórios e derrotar os monstros inscritos neles para que o poder das trevas se dissipe, principalmente os Monstros do Núcleo que têm controle sobre os Grimórios.

Genya Arikado

Castlevania

📷 Castlevania: Grimoire of Souls | Divulgação

Persona de Alucard, atribuído a uma secreta agência governamental japonesa, cuja existência é conhecida apenas por alguns. Características incrivelmente marcantes, mas constantemente perplexo com as complexidades das interações sociais.

Gostou da novidade? Deixe sua opinião nos comentários.

Referências:

Castlevania: Grimoire of Souls, Castlevania Wiki | Fã-clube, Observatório de Games, IGN Brasil.

Digimon Survive é adiado novamente

Digimon Survive é talvez um dos jogos mais aguardado pelos fãs da série. Não é por menos, todo material divulgado mostrou um grande potencial. Relembre o trailer:

📹 Trailer de anúncio | Divulgação

De acordo com o último relatório financeiro da TOEI Animation, Digimon Survive teve a sua janela de lançamento adiada para 2022. No documento é possível ver o título listado na data “terceiro trimestre do ano fiscal de 2022 ou além”, ou seja, teremos que esperar bastante.

Descrição oficial

Digimon Survive é adiado novamente

📷 Digimon Survive é adiado novamente | Divulgação

“Comemorando o 20º aniversário da franquia, Digimon Survive é um RPG tático com foco em narrativas e batalhas por turnos. Takuma Momozuka parte em um acampamento escolar e acaba sendo transportado para um mundo misterioso cheio de monstros e perigos. Junte-se a Takuma e Agumon enquanto cria sua história e luta para voltar para casa em Digimon Survive.”

O anúncio

Digimon

📷 Digimon Survive é adiado novamente | Divulgação

Digimon Survive foi anunciado em 2018, como maneira de celebrar os 20 anos do anime de Digimon. A princípio era esperado que o jogo fosse lançado em 2019, mas sofreu adiamento para 2020 e depois 2021. No último adiamento, o produtor Habu Kazumasa não mencionou a pandemia do COVID-19 como um dos fatores do atraso, mas deu a entender que esse seja o motivo, pois a palavras usadas foram que os “atuais eventos no mundo” os forçaram a empurrar o lançamento para o próximo ano.

“Agradecemos a todos pela sua contínua paciência enquanto trabalhamos para criar um RPG tático divertido e engajante juntamente com uma história memorável para os fãs de Digimon. Compartilharemos novidades animadoras sobre Digimon Survive no segundo trimestre de 2021, então fiquem ligados para mais informações”, declarou Habu em outubro de 2020.

Gameplay

Digimon

📷 Digimon Survive | Divulgação

As escolhas dos jogadores influenciam a direção da história, incluindo o processo de digivolução do Digimon. Múltiplos playthroughs podem resultar em caminhos diferentes e digivoluções diferentes. O jogo terá vários finais e, caso escolhas erradas sejam feitas, os personagens serão mortos. O jogo é dividido em vários tipos de jogabilidade, como “Drama Parts”, “Search Action”, “Free Action” e “Free Battle”. Durante “Drama Parts”, o jogo prossegue como uma aventura em texto para contar a história. Em “Ações de Busca”, o jogador busca uma forma de sobreviver. Em “Ação Livre”, o jogador escolhe para onde ir e com quem falar durante um período de tempo limitado. Durante a “Batalha Livre”, o jogador pode entrar em certas áreas para treinar seus Digimon e coletar itens.

Principais características

Digimon

📷 Digimon Survive | Divulgação

  • História envolvente – Experimente uma narrativa no estilo anime repleta de dramas emocionantes, cenas animadas e um elenco único de personagens projetados por Uichi Ukumo.
  • O poder é seu – Suas escolhas afetam dramaticamente a jogabilidade por meio de múltiplos finais. Desde a criação de aliados estratégicos até Digivolutions Digimon, cada decisão conta!
  • Trilha sonora original – Desfrute de uma trilha sonora incrível com mais de 15 músicas produzidas pelo compositor de renome mundial Tomoki Miyoshi.
  • Jogabilidade emocionante e estratégica – Derrote seus oponentes no clássico combate tático baseado em turnos.
Digimon

📷 Digimon Survive | Divulgação

Digimon Survive é um RPG de estratégia e sobrevivência desenvolvido pela Witchcraft e publicado pela Bandai Namco Entertainment. A aventura tem versões previstas para PC (via Steam), Nintendo Switch, PS4 e Xbox One, funcionando na próxima geração apenas através da retrocompatibilidade.

Você também está ansioso pelo jogo? Deixe aí nos comentários.

Referências:

BANDAI NAMCO, Voxel, The Enemy, Wikipedia.