Abandoned: exclusivo do PS5 é anunciado

Abandoned é a novidade da Blue Box Game Studios. O título é um FPS de terror e sobrevivência cinematográfico situado em um ambiente de mundo aberto altamente detalhado e favorece uma abordagem realista para a sobrevivência.

História

Abandoned 1Hit Games

📷 Abandoned: exclusivo do PS5 é anunciado | Divulgação

A história se passa em uma floresta e tem como protagonista Jason Longfield. Jason acorda nesta floresta, abandonado e sem lembrar de nada. Com o decorrer do tempo, ele descobre que foi sequestrado e levado para lá com um propósito obscuro. Seu objetivo é lutar pela sobrevivência e conseguir escapar. A desenvolvedora divulgou um teaser de anúncio, porém, ele mostra muito pouco do jogo, mas da para se ter uma ideia do ambiente, confira:

📹 Teaser de anúncio | Divulgação

Realismo

Abandoned 1Hit Games

📷 Abandoned: exclusivo do PS5 é anunciado | Divulgação

Uma das promessas do game, é que ele ofereça uma experiência de jogo exclusivamente pessoal, que pareça realista. Cada acontecimento poderá influenciar diretamente seu personagem. Se Jason ficar sem fôlego após correr (ou com medo), sua precisão de tiro será prejudicada. Uma diferencial do jogo também é que, ao contrário dos títulos de ação, o disparo de armas em Abandoned será lento, para dar mais realidade ao jogo. Seja tático para sobreviver!

Segundo a desenvolvedora

“Nosso estúdio está focado em criar um estilo cinematográfico, uma história em primeira pessoa. Este não é um jogo de tiro rápido em que você apenas corre, aponta e atira. Abandonado exige que você se esconda e planeje cada tiro antes de puxar o gatilho. Queremos que você fique nervoso a cada encontro com o inimigo. Estar ciente de que um movimento errado pode ser o fator decisivo entre sobreviver ou não a um cenário de combate.”

Destaque para o Dualsense e audio 3D

Abandoned 1Hit Games

📷 Abandoned | Divulgação

A desenvolvedora ainda fala sobre a participação importante do DualSense e o áudio 3D. O DualSense fará com que o jogador sinta cada interação durante o jogo, como ser atingido por uma bala. Puxar o gatilho em uma arma carregada ou descarregada terá uma sensação diferente. Já o Áudio 3D ajudará a moldar suas decisões e táticas, usando o posicionamento preciso de tiros na selva para ajudar a decidir seu próximo movimento.

Aproveitando o poder do PS5

A empresa menciona o processo de captura de movimento de alta qualidade, sendo rodado em 60 FPS e renderizado em uma resolução nativa de 4K. O foco é que a qualidade ambiental seja a mais próxima possível da realidade e com resultado, gráficos realistas, animações de personagens suaves e telas de carregamento mínimo.

Rumores desmentidos

Abandoned: exclusivo do PS5 é anunciado

📷 Abandoned | Divulgação

Alguns dias atrás, foi anunciado um projeto em que Hideo Kojima estava trabalhando. Pelo fato da Blue Box Game Studios ser praticamente desconhecida, levou as pessoas a acharem que Abandoned seria seu projeto secreto. Essa informação foi desmentida pela propria empresa.

“Recebemos vários emails sobre o rumor de Hideo Kojima. Não temos qualquer associação com Hideo Kojima nem afirmamos ter nem foi a nossa intenção fazer tal declaração. Somos um pequeno grupo de criadores a trabalhar num título apaixonado em que queríamos trabalhar há muito tempo.”

Abandoned é um jogo exclusivo para a PlayStation 5. Será publicado no último trimestre de 2021, mas o dia de lançamento em concreto ainda não foi revelado. A desenvolvedora prometeu trailer de gameplay e mais informações em breve.

O que achou da novidade? Deixe aí nos comentários.

Referências:

PlayStation.Blog, The Enemy, VídeoGamer.

O veloz Razer Viper 8KHz

O grande lançamento da Razer foi o veloz Razer Viper 8KHz. Mouse gamer considerado o mais rápido do mundo. O modelo conta com a tecnologia HyperPolling, o acessório tem taxa de atualização de 8 kHz (8.000 Hz), ou seja, é oito vezes mais rápido em relação aos modelos atuais disponíveis, que são de 1000 Hz.

Melhor desempenho

📹 O veloz Razer Viper 8KHz | Divulgação

Os fabricantes se concentraram em tornar seus mouses mais precisos e responsivos ao longo do tempo, contudo, pouca importância foi dada à frequência com que os dados de clique e posição do cursor são transmitidos ao PC. Com computadores cada vez mais rápidos e monitores com taxas de atualização mais altas, os polling rates maiores podem eliminar travamentos inconvenientes. Como resultado, melhora significativamente o desempenho do gameplay, especialmente quando uma fração de segundos faz a diferença no game. Os jogadores de FPS que o diga!

O que é HyperPolling?

mouse gamer Razer Viper 8KHz 1hit games

📷 O mouse gamer mais rápido do mundo | Divulgação

HyperPolling é uma tecnologia da empresa Razer, que aprimora o controlador USB do Viper 8KHz para que seu polling rate atinja nada menos que 8.000Hz. Em outras palavras, isso quer dizer que o novo periférico é capaz de enviar comandos para o computador 8.000 vezes por segundo. Dessa forma, reduz efetivamente o atraso de input de 1 milissegundo para apenas 1/8 de milissegundo.

Melhor experiência

Alvin Cheung, vice-presidente sênior da unidade de negócios de periféricos da Razer, disse:

“A latência é uma parte importante do gameplay e afeta significativamente a experiência geral do jogo. Ainda assim, é esquecida por muitas empresas que têm investido bastante tempo em aumentar o DPI. Ao contrário do DPI, a latência mais baixa beneficia a todos, de jogadores casuais a profissionais, reduzindo importantes milissegundos do tempo de reação geral”

Inovações

Além da tecnologia HyperPolling, ele trará também mais duas inovações que o tornam o mouse gamer mais rápido do mundo:

  • Optical Mouse Switch de 2ª geração – é uma atualização radical dos botões de mouse mecânicos tradicionais usados ​​em jogos, com atuação instantânea e durabilidade incomparável para oferecer uma vantagem competitiva.

📹 Optical Mouse Switch | Divulgação

Como funciona: Quando um clique é feito, o botão do mouse óptico Razer abre o obturador para permitir a passagem de um feixe de luz infravermelha. É assim que um sinal elétrico é enviado ao computador. A atuação é alcançada na velocidade da luz, gerando o tempo de resposta mais rápido em jogos a 0,2 milissegundos – 3 vezes mais rápido do que os interruptores mecânicos tradicionais.

  • Sensor óptico Razer Focus + – o mais recente sensor de mouse tem as especificações mais altas do mercado, com uma resolução de 99,6% de precisão para o melhor desempenho da classe.
mouse gamer Razer Viper 8KHz 1hit games

📷 O mouse gamer mais rápido do mundo | Divulgação

Preço

O Razer Viper 8KHz já está disponível no exterior, com um preço razoável de US$80, trazendo um ótimo custo-benefício. No Brasil, o mouse chega em março pelo preço sugerido de R$ 799.

Ficha técnica do Razer Viper 8KHz:

mouse gamer Razer Viper 8KHz 1hit games

📷 Razer Viper 8KHz | Divulgação

  • Taxa de atualização real de 8000Hz (0.125ms)
  • Sensor óptico Focus+ de 20.000 DPI reais
  • Até 650 polegadas por segundo (IPS)/ 50 G de aceleração/ maior precisão de resolução da indústria, de 99.6%
  • Switches ópticos Razer de 2ª geração para mouse com resistência a 70 milhões de cliques
  • Design verdadeiramente ambidestro com alças laterais de borracha integradas e ultra duráveis
  • Patins (pés) de mouse 100% em PTFE
  • Botão de rolagem tátil para jogos
  • Ajuste de sensibilidade instantâneo (estágios padrão: 400/800/1600/2400/3200)
  • Armazenamento em nuvem híbrido e memória on-board (perfis 4 + 1)
  • Iluminação Razer Chroma™ RGB com 16,8 milhões de opções de cores personalizáveis
  • 7 + 1 botões programáveis
  • Personalização avançada de decolagem/ distância de pouso
  • Habiltado ao Razer Synapse 3o
  • Cabo Speedflex de 1,8 m
  • 12,67 cm (comprimento) X 5,76 cm (largura) X 3,78 cm (altura)
  • Peso aproximado: 71 g excluindo o cabo)

O que você achou desse lançamento? Deixe aí nos comentários!

Referências:

Voxel, Razer, TudoCelular.com, Última Ficha, TechTudo.

Cat Quest

Cat Quest é um videogame RPG de ação desenvolvido pela equipe The Gentlebros de Cingapura e publicado pela PQube. O jogo foi lançado em 2017 para Nintendo Switch, PlayStation 4, Android, Microsoft Windows, Mac OS e recebeu críticas geralmente positivas dos críticos profissionais.

Gameplay 

Cat Quest é um videogame RPG de ação jogado de uma perspectiva de cima para baixo semelhante ao Dragon Quest , no qual este jogo é baseado. O jogo se passa em um reino de mundo aberto chamado Felingard. O jogador assume o controle de um gato antropomórfico que embarca em uma missão para resgatar sua irmã sequestrada. O jogo apresenta combate em tempo real, rastreamento de masmorras e progressão de equipamentos.

Jogue como um RPG de verdade

Embora o jogo pareça fofo e tenha um gato como personagem principal, mas isso não significa que, este jogo não é um RPG real. Este jogo é um RPG com sua alma e você deve respeitá-lo porque o jogo também é muito difícil. O jogo tem um grande mapa e você deve explorar o jogo completo. Há muito para ver no jogo.

Mesmo se você for muito longe de lugares, ainda encontrará algo útil que mostra o quanto os desenvolvedores encorajaram a exploração deste jogo. Conforme você explora o mapa, você encontrará muitas masmorras com itens e tesouros escondidos dentro delas. Explorar e encontrar novos saques e tesouros é essencial para a sobrevivência neste jogo.

Além de explorar o mapa, você também deve completar todas as missões secundárias do jogo. Completar apenas as missões principais da campanha o deixará faminto por ouro e experiência, então se você quiser cultivar mais ouro e experiência, você deve encontrar e completar missões secundárias.

Isso vai lado a lado com a exploração, quanto mais você explorar o jogo, mais missões paralelas você encontrará e mais recompensas serão suas. As missões secundárias também são muito divertidas, então você definitivamente deve encontrá-las e concluí-las.

Outro elemento importante como outros bons RPGs é que Cat Quest tem muitos equipamentos e itens que você pode equipar para mantê-lo seguro no mundo e parecer sofisticado enquanto o faz. Quando você explorar o mapa, eventualmente encontrará mais itens, que geralmente serão armas e outras coisas úteis.

Sempre procure por melhores equipamentos e equipamentos e eles são um requisito se você quiser se manter vivo no jogo. O equipamento é muito diversificado no jogo e cada item terá qualidades específicas de aumento de estatísticas, então escolha o certo, adequado ao seu estilo de jogo.

Evite a morte a todo custo!

O jogo tem um gato como personagem principal, mas isso não significa que o jogo vá fácil para o gato. O jogo é absolutamente duro com você e você deve estar pronto para lutar o tempo todo. Esteja equipado com os melhores equipamentos e itens de cura para que você possa se curar após cada encontro com o inimigo.

Explorar o mundo significa que você sairá na selva, então esteja pronto para encontrar todos os horrores que o jogo joga em você. Se você morrer no jogo, não importa quanto progresso, o jogo terminará para você. Portanto, você deve sempre estar muito vigilante quando se trata de receber danos. Evite sofrer danos a todo custo ou equipe equipamento que permita proteção máxima contra ataques inimigos.

Outra coisa boa para evitar ser atingido é que nunca se precipite para atacar o inimigo, mantenha-se firme e espere que eles ataquem primeiro. Quando eles atacarem você, aprenda seus padrões de ataque e lute contra eles planejando uma estratégia.

Este não é um jogo onde você pode simplesmente apertar o botão de ataque e hackear e cortar seu caminho para a vitória. Você deve fazer uma estratégia de combate adequada ao enfrentar seus inimigos.

Encontre a Chave de Ouro

Golden Key é uma chave universal no Cat Quest e é usada para abrir todas as missões que você encontrará espalhadas pelo mundo. Você deve encontrar esta chave dourada o mais rápido possível para que possa abrir todos os baús dourados que encontrar e obter todas as incríveis recompensas escondidas neles. Esta chave dourada é simples de encontrar. Vamos explicar o processo aqui.

Para obter a Chave de Ouro, você deve avançar na campanha da história até chegar a Pawt City. Aqui você deve completar todas as missões da história. Depois de terminar com eles, você pode iniciar as missões, que envolverão matar dragões e aprender a andar sobre as águas.

Depois de aprender a andar sobre a água, volte para a área onde você começou o jogo. Uma vez lá, alcance o corpo d’água e comece a caminhar sobre ela até chegar a um navio naufragado.

Uma vez lá, leia a nota falando sobre a ilha ao sul e comece a caminhar para o sul. Depois de um pouco de caminhada, você finalmente chegará à Ilha do Fundador. Nesta ilha, encontre uma pequena vila com o nome de Gentle Town e aqui, você precisa iniciar uma missão no tabuleiro de missões ‘The Golden Key’.

Comece e vá em direção à masmorra, você está encarregado de matar cinco Mimics. Esses Mimics são muito difíceis, então vá preparado. Depois de retirá-los, a Golden Key será sua.

O feitiço mais importante

Sem dúvida, o feitiço mais importante no jogo é, surpreendentemente, o feitiço inicial: ‘Flamepurr’. Este feitiço incendeia os alvos, causando uma quantidade significativa de dano ao longo do tempo.

Também diminui as defesas dos alvos, permitindo que você cause ainda mais danos a eles usando seus outros feitiços. Portanto, não ignore este feitiço apenas porque é o que está começando. Se você usá-lo corretamente, pode causar sérios danos aos inimigos.

A exploração é o seu melhor amigo

Felingard, o mundo de Cat Quest, é um lugar grande com muitos segredos e tesouros para descobrir. Não tenha medo de se desviar do caminho batido, você nunca saberá o que pode estar escondido no canto mais escuro. Pode ser uma pilha de ouro ou uma caverna secreta para conceder poderes além da imaginação.

As missões secundárias são sua erva-de-gato e manteiga

Ganhar ouro e experiência é difícil, e às vezes essas coisas são difíceis de conseguir, então coloque suas patas auxiliares e comece a salvar alguns gatos! Cada missão paralela é uma história paralela por si só e revelará mais sobre seu mundo e os gatos que vivem nele. Porém, tenha cuidado, pois as coisas nem sempre são tão brilhantes e alegres quanto parecem …

Flamepurr faz seu gato rugir

Seu objetivo principal é colocar fogo nos inimigos. Além de sofrer danos graduais com o tempo, as chamas também enfraquecem as defesas do inimigo, permitindo que você aumente ainda mais os danos. Você pode até combinar isso com outros feitiços ou ataques também.

Falando em Combos …

Feitiços e ataques são projetados para funcionar bem uns com os outros. Tente congelar um inimigo para desacelerar seus movimentos e, em seguida, correr para obter mais alguns golpes antes que o inimigo consiga acertar um ataque. Com tantos outros feitiços como Lightnyan, Cattrap e Purrserk (só para citar alguns) , as possibilidades de combos são infinita.

Nem todos os gatos têm nove vidas

A saúde é uma estatística importante no Cat Quest , perca tudo e o jogo acaba. O mundo também é um lugar implacável, com monstros poderosos em cada esquina. Pise com cuidado, nunca saia da cidade sem um feitiço de cura e certifique-se de tirar cochilos com frequência. Usar uma armadura com um forte aumento de HP também pode ser uma boa ideia para sobreviver por mais tempo no Felingard. Só não se esqueça de seu outro equipamento também.

Use aqueles itens que aumentam a experiência

Como mencionado em nosso guia de nivelamento, você pode ganhar mais pontos de experiência equipando itens do tipo Soldado em seu personagem principal. Isso inclui armas, armaduras e capacetes que têm a denominação “Soldado Gato” ou “Soldado Cão”.

O importante a observar é que seu companheiro controlado por IA nunca coleta o ouro e as fichas de experiência que os inimigos deixam cair. Somente o jogador pode fazer isso. Além disso, se o seu companheiro de equipe de IA for aquele que está usando o equipamento para aumentar a experiência, os bônus não se aplicarão ao seu personagem assim que você pegar os tokens.

Para Pawt City

A primeira coisa que você precisa fazer é alcançar a linha de missões de Pawt City e completar a série de missões da história principal lá. Se você já passou desse ponto, fique à vontade para pular para a próxima seção em negrito abaixo. Caso contrário, esta missão se abre depois que você derrota o segundo dragão de Drakoth: você será informado que lutar contra o próximo dragão exigirá a habilidade de andar sobre as águas e alguém em Pawt City pode ter esse conhecimento.

O nível recomendado para a primeira missão Pawt City – “I. Path to Water Walking – é o nível 20. A missão final nesta linha -” IV. The Miracle “- recomenda o nível 27. Depois de terminar todas as quatro missões e aprender a andar na água, você estará pronto para a próxima etapa.

Nota: certifique-se de abrir a parte IV da missão antes de passar para a etapa abaixo. Você aprenderá a andar na água no meio da missão e poderá correr livremente enquanto a missão ainda estiver ativa. Entregue-o ao governador no cais para que você não tenha nenhuma missão secundária ativa.

Para a ilha

Assim que puder andar sobre a água, você poderá acessar a missão paralela que lhe dará a chave mestra. Isso pode ser feito a qualquer momento após a missão de caminhada na água, mas é melhor fazê-lo imediatamente para que você tenha acesso aos baús de tesouro dourados o mais cedo possível no jogo.

Vá para a área onde o jogo começou, seu navio meio afundado na costa de Felingard. Se você for para Catpital (onde o Rei mora) e seguir para sudoeste, você logo entrará na pequena vila de Mewtown. Continue para sudoeste e você alcançará os destroços. (Se você estudar os destroços, ele mencionará “uma ilha estranha bem ao sul daqui …”, embora você não precise ver esta mensagem para prosseguir.)

Do naufrágio, siga diretamente para o sul. Você estará em mar aberto sem nada por perto por alguns segundos, mas após cerca de 14 passos você alcançará uma ilha. (Ampliar o mapa no naufrágio deve mostrar apenas a ponta da ilha para dar uma ideia de sua distância.)

Esta é a Ilha do Fundador e contém uma pequena vila chamada Gentle Town. Se você falar com os gatos da cidade aqui, você descobrirá que eles são encarnações felinas dos desenvolvedores, Os Gentlebros.

Cuidado com os sinais do inimigo

Combat se move muito rápido no Cat Quest, e é fácil ser dominado pelos inimigos. A coisa mais importante a fazer em cenários de combate intenso é prestar atenção ao que seu inimigo está fazendo.

Se o seu oponente estiver preparando um feitiço ou ataque, um círculo ou quadrado vermelho aparecerá no local onde o ataque vai cair. Role ou corra para fora da área vermelha para evitar sofrer danos. Conforme você se familiariza com cada inimigo, será capaz de cronometrar essas jogadas com muito mais cuidado.

Não tenha medo de combinar classes profissionais

Uma das coisas legais sobre Cat Quest é que você não escolhe um “trabalho” de RPG tradicional, por si só. Em vez disso, as habilidades do seu personagem são determinadas pelas magias que você aprende e pelo equipamento que você seleciona. Você pode ser um tradicionalista se assim escolher, e optar por um mago puro ou um personagem puro guerreiro.

No entanto, Cat Quest dá a você a oportunidade de misturar e combinar para chegar a combos interessantes. Experimente ou mude as coisas com base no inimigo atual que você está enfrentando. Isso mantém as coisas frescas e divertidas.

Não se esqueça de fazer as missões secundárias

Pode parecer um RPG de pequena escala, mas Cat Quest é na verdade um jogo de mundo aberto. Certifique-se de completar o maior número possível de missões secundárias para preparar seu personagem para as missões principais mais difíceis e ganhar algum ouro paralelamente. Fale com todos que você encontrar e certifique-se de verificar as placas nas cidades para missões extras.

Masmorras não são o que parecem

Para o olho que não percebe, uma masmorra pode ser apenas um layout semelhante a um labirinto de caminhos ramificados, inimigos e saques, mas olhe com mais cuidado e você poderá encontrar caminhos invisíveis. Esses caminhos sempre levam a baús contendo itens incríveis, então certifique-se de verificar cada canto e cada parede para esses caminhos secretos.

O equipamento é mais impressionante do que você pensa

Você se acha em um nível muito baixo para uma missão ou uma luta de chefe? Usar armaduras e armas mais fortes às vezes pode preencher a lacuna, permitindo que você derrube oponentes muito mais fortes. Você não está causando danos suficientes? Tente equipar a lâmina do assassino para mais danos. Mas esteja avisado, o melhor equipamento geralmente vem com algumas desvantagens, então tome cuidado com o que você veste.

Volte para onde tudo começou …

Em um determinado ponto da missão principal, você poderá finalmente andar sobre as águas. Com essa habilidade, você pode querer voltar para onde toda a sua aventura felina começou e ver os segredos que pode encontrar. Acredite em nós, isso o levaria a uma jornada que você não esquecerá tão cedo.

Referências:

We Gamers, Segment next, 148 Apps, Heavy, Pocket Gamer, PC Invasion, wikipedia.

Pyre

Pyre é umvideogame RPG de ação de 2017 desenvolvido e publicado pela Supergiant Games. Foi lançado para Microsoft Windows, Linux, macOS e PlayStation 4, lançado em julho de 2017. Elementos de jogos de esportes foram incorporados à jogabilidade do título. Foi o terceiro jogo desenvolvido pela Supergiant após Transistor (2014) e o jogo recebeu críticas geralmente positivas após o lançamento.

História e jogabilidade 

O jogo se passa em um cenário de alta fantasia. A história é contada por meio de passagens narrativas na tela que incluem um sistema tipo hiperlink usado pelo personagem do jogador para explorar mais a história. Além de guiar os exilados durante “Ritos” que lembram um jogo esportivo, o Leitor deve determinar como ajudar a apoiar ou melhorar a festa, realizando atividades como catar suprimentos, aprender mais sobre a tradição mundial ou orientar os exilados para melhorar suas habilidades.

Através da terra, o grupo encontra outros grupos de exilados, dando início aos Rites, o sistema de combate do jogo que foi descrito por Marty Silva do IGN como uma mistura de Defense of the Ancients, Rocket League e o jogo anterior do Supergiant, Transistor. Os ritos acontecem em um campo com duas colunas de chamas, ou piras, em extremidades opostas e os três exilados enfrentando três oponentes em uma perspectiva de cima para baixo. Cada equipe tenta destruir a pira adversária lançando um único orbe brilhante nela, o que reduz gradualmente sua saúde. O jogador controla apenas um personagem por vez, passando o orbe entre os três. Um personagem viajando com o orbe é vulnerável a ser banido temporariamente dos Ritos se a aura de um inimigo o tocar, o que deixaria o orbe cair a seus pés. Os diferentes personagens possuem várias habilidades que os auxiliam nos rituais, como traços ou projéteis de longo alcance. Cada um dos personagens do jogador também tem diferentes habilidades passivas, como uma que pode se mover rapidamente pela arena, mas causa poucos danos à pira do oponente.

O jogo inclui um modo multijogador local que permite que dois jogadores controlem times separados para competir. Supergiant não tinha certeza se seria capaz de incluir o modo multijogador online a tempo para o lançamento do jogo e optou por manter este modo em partidas locais e também entre jogador e computador para o lançamento.

Use um controlador

Esta dica é certamente mais benéfica para jogadores no PC, mas não pode ser esquecida. Existem três esquemas de controle principais que você pode escolher como linha de base no PC, um usando o mouse para se mover, um usando WASD para mover e um usando o mouse para mover, mas contando com QWER para fazer quase todo o resto, semelhante a como um MOBA funciona.

Dito isso, todos esses esquemas de controle empalidecem em comparação com o controlador. Mesmo que você possa re-mapear cada tecla em Pyre , ainda não há como superar o que o controlador pode trazer para a mesa. Temos um guia mais aprofundado sobre o remapeamento dos botões do controlador (o que fizemos na imagem acima), mas a principal lição é que você pode mapear Sprint para L3, o que significa que você precisa essencialmente de apenas um botão para mover e sprint, enquanto todos os outros esquemas de controle requerem dois toques de botão.

E não se preocupe se você se perder durante o remapeamento. As dicas de ferramentas fornecidas pelo Pyre serão alteradas com base em qualquer que seja o seu esquema de controle atual.

Você pode reiniciar os rituais em qualquer ponto

Pyre oferece uma mecânica rara no que diz respeito à progressão. Em vez de tentar vencer um encontro, falhar e tentar novamente até acertar, o Pyre simplesmente manterá o jogo em movimento depois que você falhar em um encontro.

Esses encontros, chamados de Rites, são a principal oferta de jogabilidade do jogo e são extremamente divertidos. Mas, eles também podem ser um desafio difícil, especialmente se você jogar em uma dificuldade maior (o que eu recomendo fortemente para qualquer pessoa com experiência em videogames).

Se você sente que está prestes a perder, mas não quer enfrentar a música e descobrir o que acontece se você falhar naquele Rite, basta apertar o botão de pausa e usar o botão sofisticado “Reiniciar Rite”. Isso lhe dará um mulligan sem amarras que pode ser repetido uma quantidade infinita de vezes. Portanto, se você é um perfeccionista, vá em frente.

Você pode ver as estatísticas de seus oponentes

Em Pyre, você controla três personagens (chamados Exilados) em qualquer um de seus Ritos – a principal forma de jogo. No entanto, você terá acesso a mais do que o dobro dessa quantia em apenas algumas horas de jogo, e escolher sua lista pode ser um desafio estratégico e emocional.

Se você escolher um Exílio muito lento e o time inimigo tiver caras pequenos e velozes, você provavelmente terá problemas. Da mesma forma, você pode ter problemas se seu time inimigo tiver uma presença geral maior, porque eles serão capazes de ultrapassá-lo, por assim dizer.

Dito isso, na verdade não é uma aposta cega como eu pensava que ia para a Pira . Assim que o Rito começar, você pode clicar em um botão no canto inferior direito da tela que permite ver as estatísticas de seus oponentes. Você pode dizer o quão rápido eles são, quanto dano eles podem causar à sua pira, quão grande é a Aura deles e quanto tempo levará para reaparecer. Você pode usar esse conhecimento para, em essência, “contra-atacar” seus oponentes durante a campanha, e isso tornará muito mais fácil sair vencedor.

Ter conversas opcionais

Em seu tempo ocioso, você terá a oportunidade de examinar a carroça, o meio de transporte para seu bando de Exilados. Neste Vagão, você verá coisas que permitem mudar a música, equipar seus Exilados com itens diferentes, praticar partidas de treino e muito mais.

De vez em quando, porém, você terá a oportunidade de falar com um dos Exilados em seu grupo. Como alguém que tem estado por aí com jogos como este, pensei que os avaliei apropriadamente como um preenchimento de histórias infrutífero que eu poderia pular se me encontrasse com falta de paciência.

Cara, eu estava errado. Acontece que essas opções de conversas irão frequentemente (embora nem sempre) conceder ao Exílio com quem você falou um bônus temporário para o próximo Rito. Embora isso geralmente seja apenas um aumento modesto de estatísticas, caso contrário, é dinheiro na mesa, e você pode sempre se apressar no diálogo se ele realmente não conseguir prender sua atenção.

Exilados podem aprender apenas quatro masteries

Todos nós já vimos árvores de habilidade antes. Você ganha experiência fazendo as coisas do videogame, essa experiência é inserida em uma barra de nível e você pode desbloquear novas habilidades (chamadas de Masteries em Pyre) cada vez que sobe de nível. Para um jogo tão pouco convencional, Pyre parecia estar tomando o caminho mais percorrido neste caso específico.

Mas, olhe mais de perto e você revelará uma verdade terrível. Os exilados começam no nível um sem nenhuma habilidade desbloqueada, e sua barra máxima é o nível cinco. Isso significa que você só será capaz de desbloquear quatro Masteries de um total de oito. Pior ainda, esses oito Masteries são divididos em duas árvores. Isso significa que, se você desbloquear o Mastery de segundo nível em uma árvore, nunca será capaz de desbloquear o Mastery de terceiro nível na outra árvore.

Portanto, antes de olhar para cada Maestria de nível um, descubra o que é Maestria de nível três e decida qual você deseja mais. Depois disso, desbloqueie Masteries na árvore que corresponde ao seu Mastery de nível três mais desejado. Isso permite que você desbloqueie a Maestria de primeiro nível em cada árvore e ainda tenha flexibilidade, mas depois de desbloquear a Maestria de segundo nível em qualquer Árvore, você está comprometido com aquela Árvore.

Continue trocando

Você só pode controlar um personagem por vez nos Ritos, então é fácil escorregar e usar apenas um jogador para passar pelo inimigo. Isso pode funcionar para as primeiras batalhas, mas você vai querer quebrar esse hábito assim que puder. Preste muita atenção em onde todos os corpos estão no campo e esteja pronto para passar rapidamente o orbe ou trocar de personagem conforme necessário. Você quer que o inimigo exagere em sua ofensiva para deixar sua própria pira desprotegida, enquanto se certifica de que você não caia na mesma armadilha. A única maneira de fazer isso é administrar cuidadosamente as posições de cada pessoa em sua equipe.

Divulgue a experiência

Cada membro de sua caravana compartilha o mesmo objetivo final: escapar do purgatório do lado negativo. Mas assim que eles saem, eles vão embora para sempre – tanto da história quanto da ação do jogo. Você será forçado a escolher entre seus personagens de nível mais alto, então distribuir uniformemente a experiência é essencial. Você não quer investir todo seu tempo em um único personagem apenas para ser forçado a perdê-los.

Jogar a bola

Depois de pegar a bola, pode ser tentador entrar de cara na pira inimiga. Afinal, é satisfatório pular para um gol, é mais fácil do que alinhar um lance e causa um dano adicional. Mas esses benefícios têm um custo, já que o jogador que pontuou será banido durante a próxima rodada, deixando você lutar uma batalha 2v3. Fique para trás e tente passar pelas defesas do inimigo jogando a bola – a menos que seja hora de acabar com eles, caso em que você pode se sentir livre para apagar a pira com estilo.

Lembre-se de seus limites de habilidade

Cada personagem pode aprender até quatro habilidades, e cada uma das duas árvores de habilidades disponíveis para eles oferece quatro opções. A matemática é muito simples – se você deseja a opção mais poderosa na árvore, precisa seguir esse caminho até o fim. Tentar ser um pau para toda obra acabará limitando as habilidades às quais você tem acesso.

Você não precisa vencer, mas também não precisa perder

Toda a missão de Pyre é projetada de forma que, quer você ganhe ou perca, a história continua se movendo e reflete o resultado da batalha. Mas se você quiser manter um registro perfeito, certamente poderá. Pausar no meio da partida permite que você reinicie o Rite a qualquer momento, dando a você quantas chances você precisa para ter sucesso. As coisas podem ser mais satisfatórias se você deixar as cartas caírem como podem, mas se você não aceitar a derrota como resposta, e o inimigo estiver se aproximando do gol da vitória, você ainda está coberto.

Verifique a oposição

A tela de seleção pré-Rite permite que você verifique as estatísticas do seu grupo antes de enviá-los para a batalha – mas não se esqueça que você pode verificar o inimigo também, graças a um ícone facilmente esquecido no canto inferior direito. Dessa forma, você pode ter certeza de que não está, digamos, enviando um trio pesado de destruidores contra um bando de inimigos rápidos que podem correr em círculos ao redor deles.

Tenha Em Mente Quem Você Deseja Desistir

Sem estragar muito, às vezes você será solicitado a remover permanentemente um membro de seu partido de suas fileiras. Você só pode escolher entre seus personagens de nível mais alto, e eles nunca mais voltam. Você provavelmente não quer desistir de seu melhor membro do grupo, então sugiro gastar um tempo para aumentar o nível de personagens de que você não gosta necessariamente, para que eles possam ser abandonados. A vocação “treinar um membro do grupo” funciona bem para isso, dando a eles 1000 pontos de iluminação, mesmo que você nunca os use em um rito.

Divulgue Sua Iluminação O Máximo Possível

A melhor maneira de se preparar para a perda de um membro do partido é manter todos equilibrados. Isso não só permitirá que você escolha entre a maioria dos membros do seu grupo quando tiver que desistir de um, mas também significa que o resto do seu grupo não ficará muito fraco para sobreviver após a perda.

Organize Os Personagens Em Classes E Tente Manter Pelo Menos Um De Cada Classe

Em geral, os personagens podem ser classificados em três “classes” diferentes. Os atacantes se destacam em colocar o orbe na pira inimiga de maneira rápida e eficiente. Os defensores usam suas auras e habilidades para ajudar a proteger sua pira e metade do avanço do inimigo. Finalmente, disruptores são bons em banir o inimigo, permitindo que seus atacantes marquem pontos. Qual personagem se encaixará em qual classe depende inteiramente dos talentos que você dá a eles e dos talismãs com os quais os equipa. Independentemente disso, tente manter pelo menos um personagem de cada classe por perto para que você possa estar adequadamente preparado para qualquer coisa que vier em seu caminho.

Máximo De Dois Personagens E Mantê-Los

Quando a maior parte do seu grupo estiver em um nível alto o suficiente, escolha seus dois personagens principais e fique com eles. Maximize-os para que aprendam uma de suas magias definitivas. Do meio ao final do jogo, você usará esses dois personagens e o personagem do qual eventualmente desistirá na maioria dos rituais. Se tudo correr bem, você nunca terá que desistir de nenhum de seus dois melhores personagens.

Sempre Verifique A Caravana

Se a caravana tiver um símbolo “…”, entre e verifique ao redor. Na pior das hipóteses, você encontrará alguns novos elementos de história no Livro dos Ritos. Na melhor das hipóteses, você terá uma conversa com um dos membros do seu grupo que aumenta temporária ou permanentemente uma de suas estatísticas. Você também revelará sua história de fundo, o que por sua vez abre novas conversas que levantam ainda mais estatísticas. Você também pode encontrar itens espalhados pelo chão e pelas paredes da caravana às vezes. Basicamente, não há razão para não verificar a caravana sempre que possível.

Não Ignore A Convocação De Sandra

De vez em quando, um membro do grupo será chamado para a caravana para participar de um mapa de desafio três-contra-um exclusivo. Concluir este desafio dá a você acesso a um acessório exclusivo para o personagem que participou.

Min-Max Com Talismãs

Seu primeiro instinto provavelmente será usar o talismã único de cada personagem com aquele personagem, mas nem sempre é assim. Em geral, você deseja usar talismãs que aumentam a glória de seus atacantes, talismãs que aumentam a esperança de seus defensores e qualquer talismã que dê um buff para habilidades especiais ou cooldowns para seus disruptores. Muitos acessórios exclusivos se enquadram nessas classes, mas vários não, portanto, experimente.

Talismãs exclusivos são vendidos por um bom dinheiro, então se você não os estiver usando, venda-os o mais rápido possível. Além disso, cada um desses talismãs é bloqueado para uso com um personagem e apenas um personagem. Se você desistir desse personagem permanentemente, não há razão para não vender suas coisas para equipar o resto do seu grupo.

Fique De Olho Nos Registros De Volfred

Os registros de Volfred controlam muitas coisas, incluindo seus registros de vitórias e derrotas, registros de vitórias e derrotas de outras equipes, classificações atuais, classificações de jogadores individuais e muito mais. Resumindo, é um portfólio de esportes. Em essência, Pyre é um jogo de esportes. Cada ritual é um jogo e você jogará várias temporadas, ao final das quais terá que desistir de um personagem. Você pode alterar os times que enfrenta jogando jogos específicos e ganhando ou perdendo para ajudar ou prejudicar o recorde do time adversário. Ninguém vai ficar com raiva se você jogar um fósforo.

Referências:

Gamepedia, Game Revolution, Game Crate, wikipedia.

Secret of Mana

Secret of Mana (Seiken Densetsu 2, como é chamado no Japão), é um jogo eletrônico de RPG lançado para SNES em 1993. O jogo é o segundo título da série Mana (Seiken Densetsu). Secret of Mana, se passa em um universo de alta fantasia. O jogo gira em torno de três heróis que tentam evitar o império de conquistar o mundo com o poder de uma antiga fortaleza voadora de guerra. Várias vezes, os heróis são confrontados por Thanatos, um feiticeiro maligno.

Os personagens

Secret of mana snes rpg 1hit games

O herói é habilidoso com armas e possui grande poder físico. A menina é curandeira, lança magias de restauração e apoio. O Duende lança magias ofensivas. Na versão original do SNES, os três personagens não possuem nomes, embora seus nomes apareçam no manual de lançamento japonês. No game, o jogador tem a opção de nomear os personagens que ele deseja.

  • O herói – um jovem rapaz, é adotado pelo chefe da Vila de Potos depois que a mãe do garoto desaparece antes do início do jogo. Porém, quando a espada de mana é revivida pelo garoto, monstros começam a invadir sua vila por causa do poder da espada e os moradores decidem expulsar o garoto de sua vila natal.
  • A menina – namorada de um guerreiro chamado Dyluck, que foi encomendado pelo rei para atacar o castelo de Elinee. Irritada com as ações do rei, e pela tentativa de seu pai para organizar seu casamento com um nobre local, a garota deixa o castelo do rei para salvar Dyluck e acompanhar o herói também.
  • O duende – O duende ganha a vida enganando pessoas em um show de horrores realizada por anões. Ele não se lembra de nada sobre seu passado e então decide se juntar à equipe para tentar recuperar suas memórias.

História

Secret of mana snes rpg 1hit games

A história se passa num mundo fictício, que contém uma fonte de energia etérea chamada Mana. Uma antiga civilização explorou Mana com o objetivo de construir um “Fortaleza de mana”, um navio de guerra voador. O episódio enfureceu os deuses, que enviaram bestas gigantes para batalhar contra a civilização. O conflito foi tão grande, que quase se esgotaram os sinais de mana do mundo. Um dia, um guerreiro usou o poder da espada de mana para destruir a fortaleza e o mundo começou a se recuperar em paz. Quando o jogo se abre, um império procura oito Sementes de Mana, que quando “seladas” irá permitir que o império as utilize para restaurar novamente a Fortaleza de Mana.

Em busca dos 8 templos

Secret of mana snes rpg 1hit games

No início de Secret of Mana, um jovem revive a sagrada espada de mana, contudo, ela já perdeu sua força. Para revigora-la, o jovem precisa visitar os 8 templos de manas do mundo. Ele passa a ser acompanhado por uma garota e um duende. Ao longo de suas viagens, o trio é perseguido pelo império. O imperador e seus subordinados estão sendo manipulados por Thanatos, um feiticeiro antigo que espera criar um “novo mundo pacífico”.    

Jogabilidade

Secret of mana snes rpg 1hit games

Secret of Mana, assim como a maioria dos RPGs da era 16 bits, exibe uma visão de cima para baixo. Andar pelo mundo, coletar itens, subir de nível e enfrentar Chefões também fazem parte do pacote. Contudo, ele traz um sistema de batalha em tempo real. Esse sistema, o difere desses RPGs da época, que estavam populares, onde as batalhas eram feitas por turno.

Menu de comandos

Secret of mana snes rpg 1hit games

Secret of Mana possui um sistema de menu de comando anel único. Esse sistema, faz com que o jogador possa fazer uma pausa na ação, e dessa forma, tomar decisões no meio da batalha. Além disso, o jogador pode decidir controlar cada um dos personagens a qualquer momento. Quando um personagem for escolhido, os demais serão controlados pela máquina.

Barra de energia e Pontos de experiência

Secret of mana snes rpg 1hit games

Localizada na parte inferior da tela está uma barra de energia, um medidor que determina a quantidade de dano causado a um inimigo durante o ataque. Carregar uma arma faz com que o medidor esvazie e recarregue rapidamente, permitindo que o personagem ataque com força total. Após uma batalha o personagem ganha pontos de experiência. Quando o personagem ganha pontos de experiência suficientes, ele aumenta de nível e assim, aumenta seus atributos.

Armas

Secret of mana snes rpg 1hit games

O grupo possui 8 tipos de armas diferentes, espada, lança, arco, machado, bumerangue, luva, chicote e dardo. Cada arma, pode ser atualizada 8 vezes. O uso repetido de uma arma, aumenta sua habilidade para um máximo de 8. Em cada nível, a arma desbloqueia um ataque especial. As armas são atualizadas com Weapon orbs, que são encontradas em masmorras ou ganhas ao derrotar certos chefes.

Recupere seus pontos de vida

O trio pode descansar na cidade. Isso faz com que seus pontos de vida se recuperem. As outras opções são, comprar itens e/ou equipamentos restauradores.

Aprendendo magias

Secret of mana snes rpg 1hit games

Para aprender magias, o grupo deve resgatar espíritos, conhecidos como elementais. Os 8 elementais representam diferentes elementos, tais como; água, terra e fogo. Além disso, cada um deles fornece ao jogador magias específicas. As magias tem níveis de habilidade semelhantes a armas, porém o uso de mágica custa pontos de magia para lançar.

Flammie e o modo 7

Secret of mana snes rpg 1hit games

No começo de Secret of Mana, o grupo precisa atravessar um campo infestado de inimigos. A viagem pode ser agilizada através do canhão gigante, que arremessa os personagens para longas distancias. Posteriormente, o grupo tem acesso a Flammie, um mini dragão que é controlado pelo jogador. Ele é capaz de voar livremente em todo o mundo, representado por um mapa superior. Essas sequências usam a capacidade do Modo 7 do SNES. O modo 7 cria um fundo giratório, dando a ilusão de que o solo abaixo de Flammie é processado a três dimensões.

Chefões

Como todo bom jogo de RPG, em Secret of mana, você também encontrará diversos chefões para enfrentar no decorrer do jogo. Uns mais fáceis, outros mais difíceis. Confira a seguir, os chefes que você encontrará no jogo.

Mantis Ant

Secret of mana bosses Mantis Ant 1hit games

Perto dos outros chefes, a formiga louva-Deus é moleza, ainda mais se tiver com a bandana equipada. Ainda que a batalha é quase impossível de perder, é necessário jogar com inteligência. Tome cuidado com o Míssil Gem e a tempestade de ácido, esses ataques poderão tirar bastantes HP do herói. A outra formiga que você encontra é a Metal Mantis. Embora possa parecer difícil, a Formiga Louva-a-deus revestida de aço não é nada disso. Ele apenas tem mais ataques do que Mantis Ant.

Tropicallo

Secret of mana bosses Tropicallo1hit games

Tropicallo, basicamente dança ao redor da arena, cavando por baixo da terra e com isso, aparece na esquerda, direita ou no centro da arena. Enquanto está embaixo da terra, pode enviar videiras para diminuir e envenenar ambos os membros do grupo. Quando ele aparecer, não ataque a casca dele, isso não adiantará. Espere que cabeça apareça, então ataque-o usando uma arma carregada. Posteriormente, mais para frente do jogo, você encontrará um parente de Tropicallo, o Boreal Face. Para enfrenta-lo, você precisará estar com os personagens pelo menos no Lv 25. O Face Boreal, é resistente à Água, Terra e Vento. Isso significa que você precisará de armas para vence-lo. Cuidado com as bombas de abóboras e seus feitiços de nível 4.

Spiky Tiger

Secret of mana bosses Spiky tiger 1hit games

A dificuldade aumenta um pouco com Spiky Tiger. O Tigre tem ataques devastadores. Pula o tempo todo na arena, deixando pouco espaço para você agir. Spiky deixa o alvo inconsciente rolando como uma bola. Possui sopro de fogo, e por fim, ele pode enfraquecer o personagem, usando o ataque Buquê de fogo. Para derrota-lo a estratégia é simples. Se ele pular no chão, ataque-o com uma arma branca carregada. Se ele saltar para uma das duas plataformas elevadas, faça-o explodir com um tiro de míssil. Fique fora de seu caminho e se cure quando necessário. Posteriormente, você enfrentará Blue Spiky, o parente de Spike Tiger. Ele é bem mais fraco que seu antecessor. Use a mesma estratégia que usou em Spiky Tiger.

Tonpole

Secret of mana bosses Tonpole1hit games

O jogador lutará com um total de quatro Tonpoles no decorrer da história: um na Caverna de Ondine e três no Palácio de Gelo. Eles não grandes ameaças, muito pelo contrário, são bem fáceis de passar. Use armas de curta distância, essa é a única forma de conseguir dar dano neles.

Biting Lizard

Secret of mana bosses biting lizard1hit games

Esta batalha é bem mais fácil que a do tigre, porém com alguns toques de aborrecimentos. Quando você o encontra, existe apenas um, contudo, depois que o Tonpole evoluir, vira festa. Essa criatura é capaz de engolir qualquer coisa que sua língua toque e sim, inclusive membros do seu grupo. Quando isso acontecer, enfie uma arma nele, para fazer com que ele regurgite. Quando ele está bem fraco, ele se cura. Bata nele até cair. Após isso, cure quem precisar pois outra luta acontecerá. Snap Dragon se assemelha ao Biting Lizard. Não o subestime, certifique que suas armas foram atualizadas e suas magias devem ser pelo menos nível 6-7. Ele é fraco contra fogo. Se caso ele te engolir, espere ele receber 400 de dano que ele cospe você de volta.

Gigas

Secret of mana bosses fire gigas 1hit games

No decorrer do jogo, você enfrentará 3 chefes Gigas; O Fire Gigas, Frost Gigas e por fim, Thunder Gigas.

Fire Gigas é to tipo fogo. Ele possui os poderes; Fireball , Exploder e Lava Wave, além de sopro de fogo. Além disso ele pode se transformar em um redemoinho estonteante de bolas de fogo para impedir que o grupo o atinja. Use o sabre de gelo e jogue umas bolas freeze em seu caminho. Frost Gigas é especializado no tipo água. Seu ataque mais irritante é sua respiração congelada. O que ele geralmente faz é se materializar, soprar o Freeze Breath em alguém e então desaparecer novamente. Quando ele se materializar, faça com que Popoi lance um Exploder ou Fireball ou Lava Wave. Thunder Gigas possui uma dificuldade maior que os demais. Blitz Breath será definitivamente o seu pior pesadelo nesta luta, esse ataque causa mais de 400 danos a um único personagem. Use Earth Slide frequentemente e use a curandeira para curar todos os Blitz Breath que você receber.

Wall Face

Secret of mana bosses Wall face 1hit games

Wall Face não se moverá até que seus olhos de câmara sejam abatidos, mas ainda pode atacar o grupo com sua magia de água. Ele também pode usar o feitiço de madeira Revivificador para prolongar a luta. Evite faze-lo se mover, se isso acontecer o jogador terá 15 segundos até ser esmagado e a luta acabar.  A maneira mais rápida e fácil de sair é definir um atalho para um dos feitiços do Gnome para o duende e acorrentar o mais rápido possível no olho central. Faça a curandeira curar conforme necessário enquanto o herói ataca. Posteriormente, você enfrentará Doom’s Wall. Ela é semelhante a Wall Face, só que mais robusta e com feitiços mais poderosos. Doom’s wall lança thunderbolts em você, então mantenha seu HP alto. Este chefe é fraco contra magia leve, mas você não tem nenhuma, então você terá que atacá-lo com magias de um elemento diferente

Kilroy

Secret of mana bosses Kilroy 1hit games

Kilroy não é difícil, porém é irritante. Você precisará ter ervas medicinais com você, caso ele faça caretas. Basicamente, ele tenta te atacar a todo momento com seu martelo. Quando você causa dano suficiente nele, ele rolará e se moverá mais rápido. Evite ficar perto dele. Posteriormente, você enfrentará Kettle Kin. Nada para se preocupar aqui, ele tem pouco HP. Alguns feitiços Burst podem acabar muito rápido com ele. A Lucid Barrier impedirá que qualquer dano físico passe, então é melhor você se limitar a magia para esta luta.

Jaberwocky

Secret of mana bosses Jaberwocky1hit games

Personagens Lv 15, armas atualizadas e Cobra bracelets de Pandora, podem deixar essa luta um pouco mais fácil. Entõ, certifique-se que esses três quesitos estejam de acordo. Quando ele acerta o personagm com uma de suas cabeças, o personagem poderá ficar paralizado, tome cuidado ocom isso. Seu ataque mais irritante é o Poison Breathe que envena todos os personagens, lembra do Cobra Bracelets? Ele não deixará os personagens serem envenenados. Use Earth Slide com o duende, se cure com a menina e use espada ou lança nv 3 com o herói. Mais para frente, você enfrentará Hydra. Ela não é muito difícil. Parecida com Jaberwocky, contudo, se regenera com mais frequência. Use um lança para ataca-lo com o herói. Usando o duende, Exploder, Lava Wave, Fireball, Fire Bouquet e Blaze Wall são ótimas contra Hydra.

Spring Beak

Secret of mana bosses Spring Beak 1hit games

Todos os feitiços de Spring Beak são multi-alvos. “Silence” impedirá um personagem de lançar magia e inverter seus controles por um curto período de tempo. “Balloon” é semelhante ao efeito “Parar” em Final Fantasy. Tudo que você precisa fazer para derrota-lo, são três boas conjurações do feitiço Deslizamento da Terra de nível 2 do duende. Posteriormente, você enfrentará Axe Beak. Ele é como Spring Beak, só que baseado no fogo. Escolha o elemental Ondine para o duende. Os movimentos dos cabelos de Axe, indicam com quais poderes ele te atacará. Movimentos para frente e para trás significam que ele lançará Buquê de Fogo ou Bola de Fogo, ou se o cabelo estiver em pé, você levará uma Onda de Lava. Use a menina para curar quem se ferir.

Great Viper

Secret of mana bosses Great Viper 1hit games

Esteja no Lv 21 e tenha o Midge Mallet para esta luta. Great Viper é muito móvel, então você pode ter que persegui-lo para atacá-lo fisicamente. Se você chegar muito perto dele, ele engolirá você e depois o cuspir. Se isso aocntecer, use o Midge Mallet para se curar. Ataque a víbora com o Thunderbolt do duende. Se precisar, use a menina para curar o HP dos personagens. Essa não é uma luta muito difícil. Apesar dela ter bastante HP, tem baixa defesa física em comparação com os chefes anteriores. Posteriormente, você enfrentará Dragon Worm. Ele é basicamente a Great Viper, só que mais forte e com mais ataques. Sua fraqueza são as magias de vento. Com isso, abusa de Thunderbolts ou Air Blasts.

Mech Rider

Secret of mana bosses mech rider 1,2,3 1hit games

Esse chefe é difícil de lidar. Ele fica avançando de um lado do campo de batalha para o outro aleatoriamente. Atacá-lo faz com que ele lance nível 3 de Aceleração em si mesmo. A dica é, Use o duende para atacar qualquer feitiço. O herói precisar ter pelo menos uma espada nv 4 para usa-la. Use Cure Water com a menina quando necessário. Mais para frente, você enfrentará Mech Rider 2.

  • Mech Rider 2.

Nada de diferente do primeiro. Ataque até que ele morra, com qualquer coisa, pois esse chefe não tem fraquezas. Um é pouco, dois é bom, três é demais. Mais pra frente no jogo, você enfrentará Mech Rider 3.

  • Mech Rider 3

Ele possui aceleração de nível 5 e ataques de carga, que podem paralisar você. Mas ele também tem parede. Com isso, O Duende tem que lançar “Dispel Magic” para se livrar dela. Cada vez que você o acertar fisicamente, ele irá contra-atacar com Speed ​​Up nível 5, e se sua parede estiver ativada, ela irá saltar sobre um dos membros do seu grupo. Se livre da parede e depois solte o feitiço que quiser. Continue atacando até que a batalhe termine.

Minotaur

Secret of mana bosses Minotaur 1hit games

Minotaur pode ser uma luta difícil, mesmo quando você tem a magia do vento. Seu Earth Slide pode causar até 100 pontos de dano ou mais a um personagem. Felizmente, ele não possui muito HP. Use Cure Water com a menina, pra curar os deslizamentos de terra. Alguns feitiços de Raios e Thunderbolts do Duende já eliminarão o Touro bravo. Posteriormente, você enfrentará Gorgon Bull. Basicamente é uma revanche do Minotauro. Porém, Gorgon Bull tem um Earth Slide nível 8. Se você comprou a armadura de Gold City, ele mal vai arranhar você. Seu ataque de carga pode te paralisar, entretanto, tome cuidado. Use o feitiço Thunderbolt nível 4 ou 5 do Duende para causar grandes danos.

Vampire

Secret of mana bosses Vampire 1hit games

Você enfrentará o Vampiro logo após a luta com Doom’s Wall. Vampiros não gostam da luz, contudo, você ainda não possui magias de luz. Então precisará usar outros tipos de magias. O vampiro tem muito HP, então você pode ficar aqui por um tempo. Ele também gosta de colocar as pessoas para dormir, sendo assim, tome cuidado. Mais para o fim do jogo você enfrentará Buffy, o outro vampiro. Ele é tão fácil quanto, porque agora você tem feitiços de luz. A menina é o personagem escolhido nesta batalha. Faça com que ela lance constantemente feixes de luz de nível 8 no chefe. Cuidado com os ataques do chefe e seus feitiços. O Duende pode ajudar a menina lançando qualquer magia elemental, exceto Sombra, de preferência Dríade.

Lime Slime

Secret of mana bosses Lime slime 1hit games

Lime Slime pode ser um incômodo. Seu ataque de bolha de limo pode causar veneno, gelo ou engolfar. Fora isso, você precisa se preocupar com Dark Force e Evil Gate . Não lance magia de sabre, pois ele pode lançar Dispel Magic para tirá-los imediatamente. Para matá-lo, faça com que o Duende lance Exploder nível 4 ou nível 5 repetidamente até que ele seja derrotado. A menina deve usar Cure Water de nível 4 ou 5 se o HP estiver baixo e Fire Bouquet para causar algum dano extra de fogo. Posteriormente, como um dos últimos chefes, você enfrentará Dread Slime.

  • Dread Slime

Dread Slime é o que possui mais HP do jogo. Seu principal ataque é Acid Storm , o que não é nada demais. No entanto, se o Duende lançar um feitiço nele, Dread Slime começará a lançar um feitiço desse mesmo elemento. Ele copiará todos os elementos, exceto a magia Luna e a magia Sombra, contra as quais ele é fraco. Outro detalhe sobre ele é que, se a menina lançar Wall no grupo, a magia do Dread Slime será refletida de volta para ele para mais danos. Ao contrário do Lime Slime, Dread Slime fica maior à medida que sofre danos e, com isso, seus personagens ficarão presos em um ponto, tornando impossível atacá-lo fisicamente. Sua escolha principal para a batalha é o feitiço Dark Force do Duende. Além disso, a menina precisa lançar um Wall de nível 8 ou Cure Water para defesa.

Dark Stalker

O Dark Stalker é o único chefe em Secret of Mana que mais tarde reaparece como um inimigo normal. É uma forma usada por Sheex para furtividade e batalha. Aqui, você deverá usar a menina curandeira. O Dark Stalker ataca forte com sua espada, joga shuriken, lança Dispel Magic no grupo e Ice Saber em si mesmo, e desaparece nas sombras para se teletransportar, mas não importa como você lute, ele oferece poucos problemas. Certifique-se de que a magia de luz dela esteja no nível 7 e faça com que ela lance Lucent Beam e a luta acabou. Você ganha. Mesmo em um nível mais fraco, Lucent Beam pode se livrar dele com alguns golpes.

Shadow

Secret of mana bosses shadow 1hit games

Shadow 1, 2 e 3 são chefes encontrados no teste de coragem. Você deve encontrar a coragem para enfrentar seu pior inimigo: vocês mesmos. Ataque-os até que morram, simples assim. Não há detalhes específicos para essa batalha. Basta lembrar que Shadow 1 (o menino herói) tem mais HP.

Aegagropilon

Secret of mana bosses Aegagropilon 1hit games

Aegagropilon é a verdadeira forma do Sheex. É um chefe muito difícil, então prepare-se com sabedoria. O egagropilon é irritante por dois motivos. Ele usa Wall, que reflete sua magia de volta para você e o Sleep Flower que te faz dormir. Se caso algum personagem dormir, use o remédio de nv 7. O chefe geralmente lançará Wall logo de cara, então espere para lançar feitiço até que ele lance Wall. Então, faça com que o Duende lance uma Dispel Magic para se livrar da parede. Assim que a parede for removida, você estará livre para lançar qualquer feitiço que desejar. Tenha em mente que ele sempre pode reformular a Parede. Use bastante a menina para curar.

Hexas

Secret of mana bosses Hexa 1hit games

Hexas é a verdadeira forma de Fanha. Toda magia deve estar no nível 7 e as armas devem ser atualizadas. Seus níveis devem estar em torno de 50+. Ela gosta de encolher as pessoas com seu ataque Midget, então apenas contra-ataque com o Midge Mallet. Durante a luta, preste atenção na cor de sua cauda. Dependendo da cor, ela lançará feitiços diferentes. Se estiver azul, ela usará Freeze ou Acid Storm . Marrom significa que você será atacado com a magia Gnome . Vermelho significa que queimar está vindo em sua direção, por feitiços Lava Wave e / ou Fireball , e rosa significa que ela está usando o vento contra você. Ela não possui fraquezas. Use o Duende para lançar magias, o herói para atacar e a menina para curar.

Dragons

Secret of mana bosses dragons 1hit games
  • Snow Dragon – é o primeiro dos três chefes de dragão. Sopram feitiços Freeze Breathe. Eles também irão te golpear com suas caudas se você estiver perto de suas caudas pontiagudas, sendo assim, fique longe. Use o Duende para lançar magias de fogo.
  • Red Dragon – este seria o dragão número 2 da lista. O Dragão Vermelho tem as habilidades opostas do Dragão da Neve. Ou seja  você precisará lançar a magia da água para vencê-lo rapidamente. A respiração do fogo engolfará um alvo, então tome cuidado com isso. Fora isso, se você derrotou o Dragão da Neve sem problemas, essa batalha também será fácil.
  • Blue Dragon – este é o último dragão. Basicamente, essa luta será semelhante à luta com Thunder Gigas. Você enfrentará Blitz Breath novamente, mas desta vez está enfraquecido. Os raios também podem vir voando em sua direção, então fique atento a eles. É a segunda rodada para o Gnome, então o Duende precisa mais uma vez lançar o nível 7 Earth Slide ou Gem Missile para rapidamente colocar este chefe de lado.

Dark Lich

Secret of mana bosses dark lich 1hit games

Esse chefe é quase impossível de vencer sem mágica. Dark Lich pode lançar alguns feitiços maldosos; Petrify Beam, Leaden Beam, Freeze Beam, Dark Force nível oito e Evil Gate. Quando ele cai no chão, se ele cerrar os punhos e você se aproximar, fica inconsciente. Ele então se move e atinge você, causando mais de 100 de dano até que você morra. Ele também bloqueia a maioria dos seus ataques físicos, fazendo com que eles causem zero de dano. Para derrubá-lo, fique longe o suficiente para que seus ataques normais não machuquem você e lance seus feitiços de nível mais alto. Coisas que você pode lançar em cadeia, como Lava Wave. Certifique-se de que sua saúde nunca caia abaixo de 200 também. Mantenha a menina curada sempre.

Mana Beast

Secret of mana bosses mana beast 1hit games

O Mana Beast é o último boss de Secret of Mana e possui apenas três ataques básicos. O menino herói é o único que pode danificar seriamente a besta. O herói precisa ter o Dragon Buster (a espada de nível 8) equipado. O jeito mais rápido e fácil para derrotar está em um feitiço: Moon Energy. Você precisa fazer com que a menina e o Duende lançem nível 8 de Mana Magic no herói. Quando a besta está no fundo da tela, faça com que a menina lance um nível 8 de Energia da Lua no herói. Agora, cada golpe que você fizer deve causar 999 de dano à Besta de Mana. Não se preocupe em carregar, espere até 100% do poder e ataque para 999 de dano. recarregue e repita. Se você for rápido o suficiente, o Mana Beast morrerá na primeira rodada de combate.

Recepção

Secret of Mana recebeu elogios consideráveis para seus gráficos coloridos, lote expansivo, sistema de menus de comando anel único, e sistema de batalha em tempo real inovadora. Os críticos também elogiaram a trilha sonora e as configurações personalizáveis de inteligência artificial (IA) para aliados controlados por computador. A revisão do site GameRankings listou Secret of Mana como o 13º melhor jogo do SNES. No ranking do site IGN de “Top 100 Jogos de todos os tempos” classificou o jogo no número 48 em 2005, o número 49 em 2006, e número 79 em 2007. Por fim, o IGN O CLASSIFICOU no 11º na lista de melhores jogos do Super Nintendo.

O que você acha do Secret of Mana? Deixe aí nos comentários.

Referências:

Wikipedia, Fandom.

Killing Floor 2

Killing Floor 2 é um jogo eletrônico de tiro em primeira pessoa e sobrevivência cooperativa desenvolvido e publicado pela Tripwire Interactive. É uma sequência do jogo Killing Floor de 2009. Uma versão em acesso antecipado foi lançada para Microsoft Windows em abril de 2015 e o jogo foi lançado oficialmente em novembro de 2016 para o Windows, Playstation 4, e Xbox One. O jogo utiliza uma versão altamente modificada da Unreal Engine 3 da Epic Games. O jogo está previsto para ser lançado para Linux e SteamOS.

Jogabilidade

Killing Floor 2 é um jogo eletrônico de tiro em primeira pessoa, que pode ser jogado sozinho ou cooperativamente com até seis jogadores. O jogo é baseado nos eventos de Killing Floor, onde um surto mortal da empresa de biotecnologia Horzine criou Zeds (criaturas semelhantes a zumbis) que se espalharam rapidamente pela Europa, paralisando a resposta da União Européia. Em Killing Floor 2, que acontece um mês após os eventos do primeiro jogo, o surto se espalhou para além da Europa, fazendo com que os governos entrassem em colapso e os sistemas de comunicação falhassem.

A jogabilidade consiste em jogadores que lutam através de ondas contra Zeds. À medida que as ondas passam, a contagem de inimigos aumenta dependendo do número de jogadores, e diferentes tipos de inimigos são introduzidos até a a onda final que culmina em uma luta contra um chefe. O personagem do chefe será determinado aleatoriamente no início da última onda, com cada chefe possuindo estratégias diferentes para derrotá-lo. Os jogadores estão equipados com armas corpo a corpo e armas de fogo, uma seringa de cura e um soldador usado para bloquear passagens. Armas aleatórias, munições e armaduras podem ser encontradas explorando o nível, embora os jogadores tenham uma quantidade limitada de peso que possam transportar.

Quando os jogadores matam um Zed, eles ganham dinheiro e pontos de experiência no jogo. Conseguindo realizar certos tipos de mortes, como um tiro na cabeça, fará com que o jogo entre em um “zed time”, um período de segundos onde todas as ações do jogo para todos os jogadores são mais lentas, o que para os jogadores pode ser usado para mirar cuidadosamente o próximo tiro ou iniciar um curso de ação diferente. O jogador pode sofrer danos dos Zeds, e podem ser regenerados utilizando sua própria seringa médica em si mesmos ou possuir outro personagem usando o deles, entre outros itens de cura. Uma vez que a saúde de um jogador é drenada, o personagem do jogador morrerá e eles não irão reaparecer até o final da onda atual; Se caso todos os jogadores estiverem mortos simultaneamente, a missão falha. Os jogadores ganham um bônus monetário por sobreviver a uma rodada, que podem ser usados para comprar e vender armaduras corporais, munições e armas em uma loja que só está aberta por um tempo limitado entre as rodadas. As partidas do jogo podem ser configuradas com base no número de rodadas antes da luta contra o chefe e em quatro níveis de dificuldade. Um patch lançado no início de 2016 incluiu uma opção de dificuldade dinâmica, onde um “Controlador de Jogo” do computador poderá alterar a força de ataque das ondas subsequentes, tornando-as mais fáceis ou difíceis, com base no desempenho atual dos jogadores.

Antes de iniciar uma partida no jogo, o jogador pode selecionar um dos vários perks que representam classes básicas de combate (como “médico de campo”, “comando” ou “suporte”) que possuem várias habilidades distintas, como melhores danos com tipos específicos de armas, curando outros personagens ou soldando portas de forma mais eficaz. No meta-jogo, os jogadores ganham pontos de experiência para o personagem obter níveis de experiência em qualquer um dos perks, bastando que eles realizem ações relacionadas a classe do perk específico; Por exemplo, curar outros jogadores resultará em ganho de experiência em “médico de campo”, mesmo que o jogador não use o perk de “médico de campo”. A maior parte da experiência é obtida utilizando armas específicas para tais classes, como armas explosivas para a classe de “demolições”. Cada nível aumenta as estatísticas de habilidades básicas do personagem do jogador quando eles usam o perk, enquanto a cada cinco níveis, o jogador pode habilitar uma das duas habilidades específicas em seu personagem. Elas consistem em uma combinação de habilidades passivas e ativas, incluindo algumas que podem beneficiar os outros membros da equipe. Os jogadores também têm a capacidade de configurar seu personagem no jogo através de uma série de pessoas pré-fabricadas e opções para coloração e acessórios de roupas, embora estes não tenham impacto na jogabilidade.

Um patch de abril de 2016 adicionou um modo de jogador versus jogador, no qual um ou mais jogadores assumiram o papel de um Zed para matar os jogadores mercenários. Os jogadores baseados em Zed são capazes de utilizar as habilidades dos Zeds como estão apresentadas no jogo, como, por exemplo, um Stalker Zed que permanece invisível enquanto não está atacando.

Primeiros passos

O menu principal de Killing Floor 2 apresenta algumas opções para você selecionar o tipo de partida que vai entrar, personagem, classe e cenário. Nele, é possível selecionar o modo single player, escolher salas ou entrar em alguma partida em andamento.

Na aba “Privilégio”, você pode selecionar a classe que utilizará no game (Brutamontes, Comando, Suporte e Médico de Campo), além de poder escolher quais skills serão ativadas.

Conforme você avança no game, consegue destravar cada vez mais skills para o personagem. É importante que você escolha uma classe que melhor se adapte ao seu jeito de jogar. Na aba “Itens”, você pode escolher qual é o personagem, além de personalizar o visual.

O modo “Sobrevivência” tem como objetivo durar as várias ondas de inimigos que surgem pelo cenário. Matando os inimigos, você vai acumular experiência e dinheiro. Ao final de cada rodada, sinalizadores indicam o caminho até uma loja, onde você pode comprar munição, novas armas e coletes para se proteger.

Número de rodadas

Nas configurações do jogo existem a opção de quantas ondas queremos enfrentar em nossas partidas, temos as curtas que duram até 4 rodadas, na média 7 rodadas e na larga que são 10 rodadas.
A cada rodada o número de inimigos aumentam e novos tipos de Zeds são acrescentados, a partir da 5° o jogador recebe o primeiro Large Zed chamado de Scrake e na 6° ele aparece com seu grande amigo Flesh Pound e nas rodadas em diante eles aparecem em maior número.

Escolhendo a dificuldade

Existem quatro dificuldades, Normal, Hard, Suicidal e Hell on Earth

Cada dificuldade o número de Zeds aumentam, além de seus status, ou seja, se um Zed tem 50 de HP no Normal na dificuldade Hard ele terá 120 e por ai vai. Mas também devido ao aumento do número de jogadores nas partidas, além do número de Zeds aumentam seus status também aumentam, elas ficam mais fortes e tem mais vida para aguentar até 6 jogadores, principalmente os Large Zeds.

No jogo existem Perks que seriam as classes de personagem no jogo e cada classe possui seu level, portanto, cada dificuldade é recomendada para um level especifico, é obvio que jogadores mais experientes podem usar classes de níveis baixos nas dificuldades mais difíceis, mas isso não acaba funcionando direito devido que a classe por ser fraca demais não consegue atender a demanda para a sua equipe. Mesmo que use as armas mais fortes, ela não fará o mesmo dano que a mesma classe num nível mais alto consiga fazer e por ser mais fraca também, morre pelos monstros mais fortes ou até médio com poucos golpes, o que acaba complicando ainda mais o trabalho da equipe.

Montando seu grupo

Uma boa maneira de conseguir sucesso durante as partidas é montar um bom grupo, nas duas primeiras dificuldades não é tão necessária um Field Medic e um Berseker (isso, se os jogadores jogarem muito bem como equipe), mas a partir das duas últimas essas duas classes são mais que obrigatórias, um time dificilmente dura até o chefe sem essas duas classes. Mesmo assim é muito bom ter um time bem diversificado para poder agir de modo mais fácil, com cada um mantendo a sua função. Como o game tem um ótimo elemento cooperativo, é essencial uma boa comunicação e sem brigas durante as partidas, senão o resultado é morte eminente.

Rotação

A rotação do jogo também é um fator bastante útil e importante para o game, o time deve se espalhar e ficar em todas as áreas possíveis da área que eles estão, é basicamente estupidez ficarem se movendo porque os monstros irão ficar surgindo de todos os quantos e isso não serve. Como pode ser ver na imagem é necessário ficar em um espaço com cada membro olhando cada direção e cada jogador também precisa respeitar o espaço do colega para não ocorrer nenhuma trava. Lembre-se: É inimigo que vai até o jogador, e não ao contrário.

Os únicos motivos para se quebrar uma rotação é quando realmente vocês perderem território para os Zeds e precisam se reagrupar em outro lugar, vale lembrar também que em momentos que aparecem os Large Zeds é importante um (apenas um mesmo) ficar segurando os Zeds menores para não atrapalhar os que cuidam dos grandões. Existem também localizações especificas que eu posso apelidar de locais Você não vai passar onde os jogadores fazem uma filha e encaram os Zeds de cara, onde um Berserker fica na frente cuidando do time e o Field Medic fica curando ele.

Uma ajudinha monetária

Pressionando o botão “B” o jogador joga um maço de dinheiro (50 dosh cada maço) que podem servir para ajudar aos companheiros, algumas classes são mais favorecidas a esse aspecto, como os Berserkers que não precisam de muito equipamento e com isso podem doar montanhas de dinheiro para seus colegas quando necessário.

Além do dinheiro, também é possível jogar as armas dos aliados caídos para salvar para eles (Botão “BackSpace”).

Um ombro amigo

Um item que todas as classes possuem é uma seringa de médico sem necessitar da ajuda do mesmo que serve tanto para curar de maneira rápida (Pressionando “Q”) ou curar os aliados, porém é necessário que o mesmo esteja parado para o item funcionar.

Itens pelo mapas

Durante as partidas existem os itens que são colocados no mapa de maneira aleatória em pontos especificos dos mesmos, geralmente são itens báscios de algumas classes (Commando, Support, Berserker e Neutral, nada mais avançado que passe do primeiro tier, fora itens como caixa de munição, colete, katana e a pistola básica (lembrando que pegar duas pistolas iguais você carrega as duas ao mesmo tempo).

Os itens duram uma rodada apenas, caso você não pegue até o final do intervalo para a próxima rodada provavelmente ele irá sumir (isso se ele não tiver sido colocado para a próxima rodada em questão).

Munição durante combate contra chefes tem alto indice de reaparecer.

Press F for “Sai do pé chulé”

Uma nova mecânica colocada no jogo é um empurrão (apertando o botão “V” de forma padrão), que podem ser usadas em todos os Zeds, é meio obvio que Zeds pequenos e de tamanho médio podem ser empurrados normalmente, dando alguns segundos de vantangem e possível até matar

O que poucos sabem é que os Large Zeds como Scrake e o Fleshpound podem levar um empurrão também. Existem duas diferenças nesse caso, o Scrake pode levar até três empurrões, entretanto caso ele defenda um desses empurrões essa ação é cancelada e não pode ser usada e no Fleshpound é apenas uma vez (iguais aos chefes).

Vale lembrar que o dano é baseado referente ao peso da arma.

Portas e soldagem

Uma coisa muito útil para se fazer em altas dificuldades e também em rodadas aonde os números de Zeds ultrapassam fácil o número 100 é soldar algumas portas, além de servir como uma barreira temporaria para fazer um controle do número de Zeds na área em que seu time está, podendo soldar e tirar a soldagem a hora que quiser ou ficar perto reforçando para a soldagem cada vez mais continuar a força e controlar os monstros que estão do outro lado, é interessante ressaltar que caso um Field Medic jogue sua granada na porta, pode ser muito útil para acabar com os monstros do outro lado sem a necessidade de abrir a porta. Vale ressaltar que quanto mais tempo você mantem a porta soldada sempre reparando, terá uma hora que a mesma não vai aguenta e irá estourar fazendo com as criaturas invadam.
Todas as portas do jogo começam de maneira padrão abertas, caso ninguém queira soldar as portas logo de cara, manter a porta fechada pode também dar um segundo de tempo de vantagem para o time, caso você esteja correndo de uma horda de Zeds, uma estratégia ideal para atrasar ele por um pouco é fechar a porta no momento em que se cruza ela, isso, sem a necessidade de olhar para trás, apenas passe por ela e aperte o botão “E” para atrasar os Zeds por um segundo.

Uma coisa que vale se notar é que caso uma porta seja destruida, ela não poderá mais ser soldada novamente e nem funcionará normalmente. Na foto a esquerda podemos ver como uma porta automática é normalmente e a foto a direita podemos ver os detalhes que mostram que ela não está mais disponível como faiscas que ficam saindo em volta dela. Já as portas tradicionais já é mais notável:

Reparando portas

Sendo essas uma habilidade totalmente exclusiva do Support. Ele tem a capacidade de restaurar uma porta ao seu estado original. Ou seja, se uma porta que foi soldada (pode ser tanto automática como manual) pode ser reparada por ele. É um processo bastante demorado e a melhor maneira de se fazer é após o termino de qualquer onda.

Vale ressaltar que o Support não ganha XP.

É armadilha

Se o Support consegue reparar as portas, o Demolitionist pode mandar ela pros ares. Sua habilidade particular permite que ele faça uma armadilha onde a luz da soldagem fica em vermelho, fazendo que quando a porta seja derrubada uma armdilha aconteça e ela exploda os Zeds do outro lado. Poupando o custo de usar as C4.

Vale ressaltar que o Demolitionist só irá receber XP pelas mortes causadas.

Após o final de cada onda, um trader automáticamente abre em algum lugar do mapa e o jogadores precisam ir até lá para: Comprar novas armas, grandas, munição e armadura. Da mesma foram que eles podem vender também suas armas compradas.

Podendo também reabastecer a munição totalmente ou comprando por pentes separados. Uma boa estratégica econômica é o que permite que você tenha um resultado mais eficientes nas partidas, num inicio de jogo é fácil calcular o tanto que você precisa para atingir a uma certa quantidade de dinheiro para poder comprar uma arma mais poderosa contra mais criaturas ou o Scrake e Fleshpound.

Administrando a sua economia

Para ter uma economia decente nas partidas, é necessário entender as seguintes coisas:

Saber primeiramente o perk que está jogando e da maneira que vai jogar.

Essa é a principal coisa para se fazer, entender muito bem seu papel no seu time já vai te ajudar a ter uma base de como você precisa gastar seu dinheiro, para isso é necessário entender como você vai jogar.

Exemplo: Jogar de Field Medic. Ele é uma classe totalmente voltada para a cura dos personagens, portanto seu objetivo principal é curar, nunca causar dano. Portanto, logo é necessário que ele precise chegar rapidamente ao seu rifle, pois ele contem mais seringas e velocidade de recarga do que as outras armas do mesmo perk, após isso é necessário que ele tenha as suas granadas ao invés de munição, pois seu dano é muito fraco e com isso ele não vai conseguir ser eficiente contra alguns Zeds (mesmo os pequenos) de maneira eficiente. Após isso ele precisa se preocupar em manter seu estoque de granadas e armadura para ele, sua munição será bem barata, portanto não irá dar tanto prejuizo até ele ter dinheiro suficiente para comprar a escopeta que é similar a pistola, tendo o mesmo número de seringas para disparar, mas recarrega mais rápido e por último para completar o seu buy ele pode achar tanto a pistola pelo cenário ou comprar, após isso a sua única preocupação será em reabastecer os equipamentos, podendo dar dinheiro para os companheiros.

Esse é o primeiro pensamento que precisa ser feito, outro exemplo pode ser falando de um Support que quer apenas limpar a rotação em volta para ajudar o time. Ele pode esperar mais para usar a AA-12 Automatic Shotgun do que outros Supports que preferem causar dano aos Scrakes.

Leveling

Assim como qualquer jogo que possui levels, o game tem um leveling bastante complicado (realmente demora bastante) para conseguir subir em um level. A cada cinco levels passado, o jogador destrava um tier com duas skills para escolher. De certa forma não é nada muito complexo como em um RPG, por exemplo.

Nota: Lembrando que o níveis para desbloquear as skills são: 5 – 10 – 15 – 20- 25 Os outros níveis aumentam apenas os bônus das classes

O leveling do jogo funciona da seguinte forma: Ao causar dano em um inimigo você ganha XP com a arma do Perk usado. Ou seja, você pode ser um Commando que pegou uma arma de um colega Firebug, caso você apenas desfere um pouco de dano em algum inimigo e finalizar com sua arma de Commando o XP é do Firebug, pois quem desferiu o primeiro dano é que ganha o XP com aquele Zeds em questão (então sem briga com “roubar kill”).

Aguardar para comprar um Kevlar 

As primeiras rodadas de um jogo médio (7 rounds) são uma oportunidade para construir a economia e se familiarizar com a sua equipe. Um Médico pode manter seis pessoas remendadas durante essas ondas iniciais sem se preocupar. Ao atrasar a compra de um colete, você está salvando, pelo menos, US $ 300, dinheiro que provavelmente irá permitir que você atualize sua arma principal de uma rodada anterior.

Você também não quer deixar escapar a possibilidade de pegar armadura livre que é gerada no nível. E com a vantagem do Médico atual, Médicos de nível 10 podem restaurar uma pequena quantidade de armadura cada vez que cura. De graça. Não compre a armadura tão cedo.

Corpo a Corpo é gratuito

Se você está realmente focado em vencer, use sua arma corpo a corpo, tanto quanto possível durante as ondas de início para economizar dinheiro. Tal como acontece com armas de fogo, dar tiros na cabeça. Não se preocupe em tomar alguns danos como resultado: se machucar pode realmente ajudar a equipe. Médicos ganham grana (e XP) por cura, dinheiro que pode compartilhar com o resto do elenco.

Malabarismos de cura.  Em grandes lutas, um médico deve rapidamente alternar entre as armas para curar companheiros de equipe o mais rápido possível. Armas não empunhadas recarregam sozinhas. Por esta razão, eu não recomendaria a venda da pistola do Médico, pois pode lhe ser útil. 

Luzes acesas

Muitas áreas do mapa tem iluminação que granadas e combate geral podem destruir, e como você enfrentará mais ondas, iluminação torna-se um fator em tiroteios. Considerando o quanto ênfase KF2 dá em fazer headshots (especialmente nas dificuldades mais difíceis), ser capaz de ver claramente as cabeças dos inimigos é essencial.

Mesmo se você não tem uma necessidade imediata de luz, considere que o seu colega de equipe pode ter; lanternas não rendem apenas para você, seus companheiros de equipe podem usar sua iluminação também. Algumas armas principais, como pistola de classe do Médico, ou as armas de combate que o Berzerker carrega, não tem uma lâmpada ligada. A maioria das armas inclinam para cima quando a recarrega, mas você pode apontar para baixo, deixando a luz para seus parceiros.

Espere para solda 

“Por que você não quer reduzir o número de entradas que os inimigos têm?” Mas ao contrário do primeiro Killing Floor, portas agora têm um valor HP escondido. Assim, mesmo se sua porta é soldada em 100% de força, eventualmente, os zeds vão rompê-la. Se você soldar cedo, e desnecessariamente, você está, na verdade, enfraquecendo uma porta que você pode usar em ondas posteriores. Salve portas em áreas valiosas para as ondas que vão vir depois.

Outras dicas também são:

Não comprar armadura antes da onda do Scrake, pois você não precisará de redução de dano tão rapidamente.

Evitar usar granadas de maneira desnecessárias e usar em momentos de emergência, assim como a pistola 9MM.

Não dar Dosh para companheiros que recem entraram na partida recente enquanto você estiver fazendo seu buy ou você precisando reabastecer primeiro.

Referências:

Game Detonado, Steam Community, wikipedia, techtudo.

Octopath Traveler

Octopath Traveler é um jogo eletrônico de RPG de aventura desenvolvido pela Square Enix e Acquire e publicado pela Square Enix e Nintendo. Ele foi lançado exclusivamente para Nintendo Switch em 13 de julho de 2018.

Jogabilidade

Octopath Traveler é um RPG de aventura que é apresentado em uma estética chamada de “HD-2D”, que mistura sprites de 16 bits para texturas e personagens com ambientes poligonais e efeitos de alta definição. Há oito personagens jogáveis com suas próprias jornadas e caminhos a serem seguidos. Cada personagem possui um comando único que pode ser usado ao interagir com personagens não jogáveis; por exemplo, o guerreiro Olberic pode desafiar outros para um duelo, enquanto a dançarina Primrose pode atrair outros a seguirem-na, permitindo que eles participem de batalhas ao seu lado.

O combate ocorre em rodadas e o jogador pode utilizar diferentes tipos de armas e ataques, além de habilidades e itens. Os personagens jogáveis recebem pontos de impulso, que podem acumular até cinco, podendo serem usados em sua rodada para atacarem mais de uma vez, aumentarem sua defesa ou potencializarem o efeito de alguma habilidade. Inimigos possuem um contador que diminui a medida que sofrem ataques desferidos por uma arma ou elemento contra a qual são fracos. Quando esse contador é zerado, eles ficam tonteados, perdem uma rodada e podem sofrer mais dano.

Escolha bem o seu protagonista!

O grande diferencial de Octopath Traveler é exatamente a oportunidade de explorar a história de oito protagonistas diferentes. Por isso, pode ser um choque saber que quando você começa o jogo, ele te força a escolher um único protagonista.

Não se preocupe, não importa quem você escolha, será possível jogar toda a história de todos os personagens. Entretanto, o seu “protagonista” nunca poderá deixar o seu time até que seja concluída a sua história. Isso acaba te forçando a terminar sua história primeiro para ter mais liberdade no jogo.  Então, além de pensar no personagem com a história mais interessante, é importante pensar também naquele que se encaixa melhor em qualquer time.

Apesar disso ser bastante pessoal, existem alguns personagens que são mais fáceis de lidar do que outros. Therion é bastante útil fora de combate, podendo roubar NPCs e arrombar baús, o que o torna um bom candidato para ficar preso na sua party pelo resto do jogo. Ophelia pode ser uma péssima escolha para o começo do jogo, devido ao fato de que todas suas habilidades consomem bastante SP e que ela funciona melhor como suporte, ou seja, com uma equipe completa.

Cyrus e H’aanit, por outro lado, são bastante úteis não só no começo do jogo, mas também ao longo dele, devido aos seus talentos. No começo de uma batalha, Cyrus revela uma fraqueza de cada inimigo, tornando assim mais fácil a destruição de suas defesas e consequentemente a sua derrota. Ele também tem acesso a diversos ataques elementais que o tornam bastante flexível, mas não tanto quanto H’aanit.

Graças ao seu talento de captura, ela pode se adaptar a praticamente qualquer situação ofensiva. Começar com ela é ainda mais interessante, pois isso te permite capturar adversários desde o começo, ampliando sua lista de summons. Por sorte, os dois personagens ficam perto um do outro, então se você quiser, pode começar com qualquer um deles e ir correndo convocar o outro.

Use Path Actions sempre que puder

Quando se trata de RPGs, há uma série de “boas práticas” que são importantes de se ter em mente. Sempre salve o jogo. Mantenha mais de um save por segurança. Recupere a vida da sua equipe antes de enfrentar um chefe. Atualize sempre seus equipamentos para um melhor desempenho em batalhas. Pare de jogar um pouco para salvar sua vida social. Só há uma recomendação vital que eu adicionaria a essa lista quando se trata especificamente de Octopath Traveler: sempre use suas Path Actions.

Path Actions são ações especiais que cada personagem pode realizar quando interage com um NPC. Elas têm efeitos variados e todas têm uma outra de efeito equivalente, de modo que é possível ter sempre uma de cada tipo na sua equipe. Olberic, H’aanit, Ophelia e Primrose não possuem ações tão relevantes em um contexto mais amplo, mas a dos outros personagens te ajudarão a estar sempre preparado.

Olberic e H’aanit possuem respectivamente Challenge e Provoke. A ação desafia o NPC para uma batalha mano-a-mano. Pode ser útil quando um NPC está bloqueando a entrada de algum lugar ou para completar algumas side quests, mas definitivamente não vale a pena desafiar qualquer pessoa para um duelo.

Ophelia e Primrose possuem respectivamente Guide e Allure. Essa ação pode seduzir alguns NPCs para que eles te sigam. Eles podem te ajudar se forem convocados durante um combate, mas fora deles só serve para resolver algumas side quests.

Cyrus e Alfyn já são mais interessantes. Eles conseguem extrair novas informações de NPCs usando, respectivamente, Scrutinize e Inquire. Essas informações, além de serem chave para solucionar side quests mais peculiares, também podem revelar itens escondidos que acabam se provando muito úteis.

Por fim, Tressa e Therion são de longe os mais úteis fora de batalha. Eles conseguem adquirir itens diretamente dos NPCs. Tressa compra os itens por valores justos usando Purchase, mas Therion não é limitado pela moral e simplesmente os rouba com Steal. É possível adquirir várias armas super fortes usando essa ação e é a melhor forma de atualizar seu equipamento. Não há nenhuma desvantagem em roubar, além da penalidade ao falhar cinco vezes. Uma pequena taxa em dinheiro, que pode ser evitada salvando antes de tentar roubar coisas difíceis e resetando quando falhar. Então, meus amigos, a dica é: roubem bastante.

Complete seu time com classes secundárias

Apesar de existirem oito personagens jogáveis, cada um com sua própria classe, só é possível levar quatro por vez no seu time. Pode até parecer um problema, mas isso não quer dizer que você ficará limitado a suas classes iniciais se você liberar classes secundárias.

Escondidos pelo mapa do jogo existem altares secretos que guardam as habilidades de cada classe. Quando uma classe secundária é liberada nesses altares, você pode equipá-la em qualquer personagem na sua party, mas apenas um por vez. É possível trocar de classe a qualquer momento no menu principal, sem qualquer penalidade.

Só essa combinação entre classes principais e secundárias já permitem cerca de 150 times diferentes. Quando se adicionam as habilidades passivas à equação, as possibilidades se multiplicam exponencialmente. Todas as habilidades passivas desbloqueadas de uma classe são mantidas pelo personagem, então você pode combinar habilidades passivas com classes diferentes para criar um personagem verdadeiramente único.

Para saber que time é melhor para você, é importante levar em consideração os talentos de cada personagem, que não são adquiridos pelas classes secundárias. Cyrus, por exemplo, revela uma fraqueza de cada inimigo ao começar uma batalha, enquanto Alfyn pode combinar dois ingredientes em diversas poções bastante úteis. Na hora de montar o seu personagem, tenha sempre mente quais são as suas fraquezas e que classe secundária poderia neutralizá-la.

Saiba a hora certa de quebrar a guarda

Se você quer se dar bem nas batalhas desse jogo, é preciso dominar bem o sistema de quebra de defesa. A ideia é bem simples: cada inimigo tem um número de defesa que é reduzido por golpes que tenham vantagem contra ele. Quando esse número chega a zero, ele fica mais vulnerável a ataques e perde o turno. É um sistema bem intuitivo e você consegue usar ele bem sem pensar muito, mas dá para aproveitar melhor tanto a vulnerabilidade quanto o seu turno extra ficando atento a uns certos detalhes.

Primeiramente, pense bem antes de gastar seus BP. Boost Points te dão ataques extras que podem ser exatamente o que faltava para quebrar a defesa daquele chefe difícil, mas, por favor, resista a tentação sempre que puder. Ataques extras podem tirar tanta vida com inimigos com a guarda baixa que é quase um crime desperdiçar para quebrar defesa. Tirando casos em que sua equipe precisa de um turno para recuperar vida ou quando um boss está preparando um ataque devastador e você precisa quebrar a guarda urgentemente, guarde os seus Boost Points para quando os inimigos estiverem vulneráveis.

Outro ponto super importante é ficar sempre de olho na timeline. Bem no topo da tela fica uma barrinha que te informa a ordem que cada personagem vai se mover no turno atual e no próximo turno. Quando a defesa de um inimigo quebra, ele perde sua vez em ambos os turnos. Tendo isso em mente, se um inimigo já atacou neste turno, pode ser mais vantajoso esperar para quebrar sua defesa no turno seguinte. Desse modo, você pode garantir que ele perca dois ataques, te dando uma singela vantagem que pode ser crucial contra os bosses mais impiedosos.

Fique atento as sidequests 

Side quests são um elemento bem divisivo em Octopath Traveler. A grande maioria simplesmente exige um conhecimento mínimo das suas Path Action. Saiba qual usar e em qual NPC e a missão se resolve sozinha. Já outras são bem mais trabalhadas e contam até com uma narrativa interessante.

Entre essas side quests mais elaboradas, existem aquelas que te levam a dungeons opcionais. São bem menores que as dungeons da história e até podem ser encontradas explorando o mapa, mas durante essas side quests elas terão algum item ou inimigo único. Esses inimigos podem servir tanto como chefes extras para aqueles que procuram um bom desafio, como de summons únicos para quem ousar capturá-los com a H’aanit. De qualquer maneira, vale a pena ficar ligado.

Amplie suas chances de ganhar experiência

Grinding é sempre um tópico complicado em JRPGs. Não tem jeito: ou você ama ou você odeia. Muita gente reclama que essa é uma tática barata para estender artificialmente a duração de um jogo, enquanto outros alegam que é uma parte essencial para que eles sintam que seu personagem está evoluindo. Qualquer que seja seu lado nessa história, grinding é uma parte de Octopath que pode ficar mais fácil com alguns truques simples.

É preciso depender um pouco da sorte, mas você sabia que pode dobrar, quintuplicar ou até centuplicar a experiência que você ganhar em uma batalha? Para isso, basta utilizar a habilidade Bewildering Grace, da Primrose. Essa é uma habilidade que qualquer dançarino pode aprender que resulta em algum efeito aleatório, entre eles o bônus de XP. As chances de melhorar seu XP são ínfimas, mas é possível aumentar suas chances aumentando o número de danças.

Usando um clérigo que saiba Aelfric’s Auspices, uma habilidade divina, é possível dobrar o número de danças por três turnos. Se você ampliar a dança com três BPs, juntando com o suporte, Primrose faria oito danças em um turno. Para depender da dança para evoluir mais fácil, a chave é sempre pensar em novos meios para agilizar e manter esse processo. Fique a vontade para me contar nos comentários outros jeitos de melhorar essa tática.

Além dela, também é possível caçar Caits. Essas criaturas raras também aparecem na sorte, mas são bem mais comuns em Northern Wellspring Sands e Quicksand Caves. Eles são bem traiçoeiros e vão fugir nos primeiros turnos, então é importante que o derrotem rapidamente. Eles têm uma esquiva muito alta, então não economize BPs quando ver esse pequeno. Arrowstorm, de um caçador, pode derrotá-lo sem muita dificuldade.

Prepare-se para a caça

Um dos talentos mais divertidos e versáteis do jogo é a captura da H’aanit. É a sua chance de ser o mais novo Mestre Pokémon de Osterra. Com ele, a caçadora pode domar praticamente qualquer fera e chamá-lo para um ataque especial em uma batalha futura. Funciona como os summons de outros JRPGs e podem ser especialmente úteis no começo da aventura.

Duas feras bastante úteis no primeiro capítulo de H’aanit são Giant Boar e Mossy Meep. Gian Boar é força bruta, causando um dano considerável de lança a um inimigo. Já o Mossy Meep cura 500 HP de algum membro do seu time. Obviamente vai curar a própria H’aanit em seu primeiro capítulo quando ela está sozinha e também em duelos. Ambos são encontrados nos arredores de S’warkii.

Além deles, o já citado Cait é bem útil como suporte. Sua habilidade, Luck of the Cait, buffa seus aliados e debuffa os inimigos, o que pode virar a batalha a seu favor quando as coisas apertam. Se você quiser destruir seus inimigos com um golpe elétrico, procure The Hollow Throne (Lv. 25) perto de Noblecourt. Lá você encontra o Thunder Revenant, um monstro super difícil de matar, mas que quando invocado causa um dano elétrico insano em todos inimigos.

Reestoque ingredientes para suas poções

Se a H’aanit é incrivelmente flexível no quesito ataque, Alfyn é no quesito suporte. Seu talento, Concot, permite que ele crie as mais diversas poções combinando apenas dois ingredientes como um verdadeiro alquimista. O melhor é que ele nem gasta mana com isso, podendo reviver sua equipe inteira sem nem suar.

O problema é que para isso ele precisa ter os ingredientes e os melhores podem ser incrivelmente difíceis de se obter, o que acaba afastando alguns jogadores. Não seja mais um a desperdiçar todo potencial dessa máquina de curar. A solução para estocar com agilidade é simples: ponha o Therion para roubar.

A maioria dos materiais pode ser comprado em lojas espalhadas pelo jogo. Noxroot, Essence of Grape, sementes e pós estão na maioria das lojas. Diversos tipos de “Soothing” e “Injurious” estão a venda nas cidades dos capítulos 1 e 2. Já as variações de “Purifying” e “Ruinous” estão nas cidades dos capítulos 4. O resto pode ser roubado de certos adversários.

Spleepweed pode ser roubada de Cliff Birdian II e Hermit Crabs em Rippletide. Addlewort pode ser roubada de Egglings e Hatchlings em Bolderfall. Essense of Plum, de Army Ants e Lizardmen em Sunshade Sands. Essence of Pomegranate, de Marmots e Meeps em S’warkii. Por fim, Curious Bloom pode ser roubada de qualquer tipo de morcego. Usando a habilidade divina de Primrose, Sealticge’s Seduction, é possível roubar de todos inimigos de uma vez, o que agiliza o processo.

Sempre melhore seus equipamentos

Em “Octopath Traveler”, os seus equipamentos são importantíssimos para sobreviver às batalhas mais complicadas. Até mesmo no início, é importante manter seus equipamentos na melhor qualidade possível para garantir que não ocorra nenhum acidente.

Assim que tiver acesso a um novo personagem, ou chegar em uma nova cidade, corra até a loja mais próxima e compre os itens que vão melhorar os atributos do seu grupo. Mesmo os mais baratinhos servem para melhorar bastante a sua condição no campo de batalha.

Entendendo o Sistema de Batalha

O sistema de batalha de “Octopath Traveler” é um pouco confuso a princípio, mas com o tempo se torna bem simples. A primeira coisa que você precisa saber é que os inimigos possuem fraquezas, que são mostradas embaixo da sua imagem na tela. A princípio, as fraquezas estarão escondidas, e cabe a você testar com diferentes armas e magias o que pode funcionar melhor. Um dos personagens do jogo, Cyrus, tem a capacidade de revelar a fraqueza dos inimigos no início da batalha, o que é bem útil.

O segundo passo é compreender o sistema de “Break”, que permite quebrar a guarda do inimigo. Ao lado dos ícones de fraquezas, está um ícone que representa um escudo com um número dentro. Esse número representa a quantidade de ataques contra a fraqueza que esse inimigo pode aguentar antes de ter sua defesa quebrada.

Ao quebrar a defesa do adversário, você não só conseguirá causar mais dano, como também impedirá que ele ataque no próximo turno. Seu foco deve ser sempre quebrar a guarda dos inimigos.

Inimigos mais poderosos, como os chefes do jogo, podem utilizar ataques em área que são perigosos e demoram um turno para carregar. Você saberá que ele está para chegar ao ver essa aura roxa no inimigo. Se você conseguir quebrar a guarda dele antes do próximo turno, ele não dará o ataque. Se não conseguir, use a defesa, porque o dano vai ser significativo para o seu grupo.

Por último, é preciso entender o que é o “Boost”. A cada turno os seus personagens acumulam energia, que fica visível nas esferas amarelas logo abaixo dos nomes. Cada esfera dessa significa que você poderá dar mais um ataque comum no mesmo turno ou potencializar uma habilidade de alguma forma.

Pressione “Q” no PC ou “R” no Joycon do Switch para escolher o número de esferas que quer utilizar por turno.

Use as informações exibidas na tela 4

Na tela do jogo é possível conseguir varias informações vitais para sobreviver. Assim que você entrar em uma nova área por exemplo, no canto inferior esquerdo da tela será indicado o nível de perigo deste local. Se ele for maior que o do seu grupo, o ideal é virar as costas e ir para outro ponto.

O seu minimapa, embora não tão detalhado como em outros jogos, indica algumas coisas interessantes. Em verde ele vai indicar para onde ir durante as missões, já em laranja ele vai indicar as sidequests na cidade. Ainda há icones para os altares onde você salva o jogo e cidades. Se estiver em dúvida de onde ir, siga o minimapa.

Use as habilidades únicas dos personagens

Cada personagem do jogo tem a sua habilidade única, que pode ser utilizada nas cidades para interagir com os NPCs que moram no local. A Tressa, por exemplo, pode negociar com qualquer NPC, o que garante alguns itens valiosos por preços mais acessíveis que nas lojas.

Você será apresentado a cada uma dessas habilidades ao completar o prólogo dos personagens, e depois fica a seu critério quando usá-las. Abuse do que puder para conseguir melhorias para o seu grupo.

Habilidades de Suporte

O sistema de classes de “Octopath Traveler” tem uma camada de profundidade a mais, as habilidades. Na aba chamada “Skills” você pode utilizar pontos de batalha, conseguidos naturalmente ao lutar pelo mundo, para desbloquear novas habilidades poderosas.

Nessa aba você também encontrará as habilidades e suporte (“Support Skills”), que são habilidades passivas desbloqueadas ao comprar habilidades ativas com pontos de batalha. Mas lembre-se que não basta apenas liberá-las, é preciso equipá-las no menu de cada personagem nessa mesma aba.

Se você não lembrar de conferir suas habilidades de tempos em tempos, pode complicar bastante a vida do seu grupo durante a jornada.

Explore cada cantinho, procure tesouros

Durante a sua jornada, serão inúmeras as cavernas e territórios onde tesouros interessantes estarão escondidos. Os de cor prata guardam itens mais simples, como ervas e frutas, mas os dourados escondem armas e itens valiosos para venda.

Todos os tesouros ficam em caminhos opostos à direção normal do local, geralmente escondidos atrás de alguma parede que à primeira vista não pode ser atravessada. Procure por entradas secretas e vasculhe cada mapa para encontrar todos. Nos capítulos mais avançados seu grupo irá agradecer.

Salve sempre que possível

Nunca se sabe quando um inimigo poderoso vai aparecer, ou mesmo quando seu grupo vai ser pego de surpresa, o que pode render vários ataques inimigos sem que você tenha chance de se defender ou fugir.

Por isso é importante manter a vida do grupo sempre alta e, se possível, salvar o jogo. Para isso basta interagir na pilastra com um livro. Como “Octopath Traveler” é das antigas, um “game over” pode significar muito tempo de jogo perdido.

Use as sementes (Nuts)

Quando chegar o momento de enfrentar os inimigos mais poderosos nos capítulos mais avançados, pode acontecer de por conta de pouco preparo e especialmente equipamentos fracos, que seu grupo tenha problemas. E ainda é possível que mesmo com bons itens e nível, falte algo e você vai passar perrengue. A saída são as sementes.

Alguns jogadores acabam esquecendo que elas existem e deixam dezenas delas paradas no inventário. Elas servem para melhorar atributos específicos dos personagens, e com o uso correto podem significar um ganho exponencial de dano ou defesa para determinadas classes.

Não é preciso usar uma semente imediatamente quando recebê-la, nem focar todas em um único personagem, mas de tempos em tempos é bom utilizá-las para um ganho expressivo.

Referências:

Wikipedia, Uol, Nintendo Blast.

Forza Horizon 4

Forza Horizon 4 é um jogo de corrida em mundo aberto desenvolvido pela Playground Games em colaboração com a Turn 10 e publicado pela Xbox Game Studios, que na época do lançamento ainda era conhecida como Microsoft Studios. É o quarto da franquia Forza Horizon e o décimo primeiro da edição Forza. Foi lançado em 02 de outubro de 2018 exclusivamente para Xbox One e Windows 10. Os donos da versão Suprema do jogo têm acesso antecipado de 04 dias.

Em 11 de junho de 2018, a Microsoft anunciou que o supercarro esportivo McLaren Senna, que homenageia Ayrton Senna, será capa do jogo.

Primeiros passos, primeiras curvas

Ação, liberdade e contemplação são alguns dos conceitos que exemplificam bem a totalidade da experiência de Forza Horizon 4, que prova seu ótimo ritmo de jogo desde os primeiros minutos, quando somos colocados no controle de um esportivo de luxo em alta velocidade.

A maior das novidades dá as caras sem muita encenação: o sistema de estações do ano. Em pouco mais de cinco minutos, temos direito a experimentar um pouquinho do que cada uma das quatro estações do ano tem a oferecer em questão de visual e de condições de dirigibilidade.

Eventos

A variedade de atividades e eventos disponíveis em Forza Horizon 4 vai até cansar os menos dedicados e aficionados por jogos de corrida, mas é sempre bom lembrar que muito do conteúdo oferecido é opcional.

Os eventos vão muito além das corridas propriamente ditas, englobando gravações de cenas cinematográficas, radares fotográficos de alta velocidade, eventos de exibição (showcase), exploração de vias com bloqueios de trânsito, campanhas de publicidade e muito mais.

Os eventos de exibição são certamente um espetáculo à parte justamente por usar tão bem o conceito de setpiece. Colocando automóveis comerciais contra veículos exageradamente incomuns, esse tipo de atividade procura valorizar o melhor de dois mundos: corridas frenéticas em ambientes alternativos e tomadas cinematográficas de ação — um conjunto que eleva tanto o conteúdo audiovisual como o controle dos carros a um novo patamar.

Para os pilotos de longa data, há diversos tipos de provas mais tradicionais: corridas off-road, competições de rua (os famosos “rachas”), desafios em tempo real — que oferecem mais diversão durante longos trajetos e inibem o uso excessivo do recurso de viagem rápida —, percursos de resistência contra dano ao veículo, entre outros.

Pontuando em todos os quesitos

Uma das maneiras de se jogar Forza Horizon 4 é contemplar o game de uma forma mais descomprometida e casual (arcade) durante os eventos oferecidos. Para isso, você pode se arriscar em manobras perigosas, abusar de sua sorte em alta velocidade, destruir grande parte dos elementos do cenário e procurar áreas do mapa ainda não visitadas (durante o modo livre).

As possíveis interações com elementos estáticos e dinâmicos do mundo oferecem muitas recompensas.

Há diversos medidores de experiência e pontuações, cada um com propósitos diferentes. Os pontos de influência regulam nosso progresso em determinada temporada e nos permitem avançar para a próxima estação do ano durante as primeiras horas.

Os pontos Forzathon (que mistura as palavras Forza e maratona) são recebidos ao final de eventos multiplayer online — e são usados para adquirir conteúdo semanalmente rotativo.

Se você está interessado em aumentar e melhorar sua frota de carros, certamente deve atentar-se em coletar créditos — que pode ter multiplicadores e bônus concedidos dependendo das configurações de dificuldade escolhidas. Mas se a sua praia é investir apenas em poucos carros com o máximo de desempenho deles, a melhor forma é coletando pontos de habilidade — esses obtidos pelo uso contínuo do carro por meio de derrapagens, destruição do cenário, boa conduta na direção e muito mais.

Por último, são concedidos pontos aos jogadores que assistem a partidas e corridas pela plataforma Mixer — desde que o jogador conecte sua conta do Xbox ao serviço de transmissão de conteúdo. Essa estratégia da Microsoft certamente impactou positivamente na divulgação do produto e fez crescer ainda mais a comunidade online.

Roleta Horizon

Você ganha o direito de girar a roleta de tempos em tempos. Há o giro normal da Wheelspin ou a Super rodada, com prêmios consideravelmente mais atraentes. Não são raras as vezes em que aparecem coisas como prêmios de 250 mil créditos ou carros extremamente caros.

Apenas não quebre o controle se você passar raspando naquele prêmio de milhões e acabar caindo em uma roupa sem graça para o seu avatar. Acontece, bastante.

Note que você não será notificado todas as vezes em que puder usar o Horizon Wheelspin, então fique de olho no número ao pausar o jogo e acesse o menu para usar suas chances a qualquer momento do game.

Participe de Aventuras Online

Aventuras online estão entre as atividades mais divertidas de Forza Horizon 4, e são também uma das formas mais eficientes de enriquecer seus cofres no jogo. Invista seu tempo disputando as corridas e fazendo os deslocamentos para subir de nível e receber premiações cada vez mais gordas.

Ao final de cada período você receberá a recompensa relativa a seu desempenho e dedicação, que inclui itens raros, carros valiosos e pacotes de créditos (o dinheiro do Forza Horizon 4) para gastar no game.

Faça parte de uma equipe

Assim como diversos jogos online, Forza Horizon 4 tem um sistema próprio de grupos, onde jogadores de todo o mundo podem se unir para realizar atividades do game e ganhar prêmios adicionais.

Mesmo que não tenha conhecidos jogando Horizon 4, é possível encontrar clãs abertos para a entrada de novos jogadores. Também é possível se comunicar com os jogadores para agendar corridas e aventuras.

Avance pela campanha do game

A campanha principal de Forza Horizon 4 está presente por todo o mapa, com eventos que são desbloqueados depois que você alcança metas de popularidade. Além de te guiar para o fim do jogo, esses eventos também rendem boas quantias de créditos.

Sempre que encontrar eventos da campanha, não deixe de jogá-los para desbloquear mais opções, que têm valores cada vez melhores para vitórias. Você também pode ganhar carros e outros itens para sua conta.

Aumente o nível de dificuldade das corridas

Conforme joga as corridas de Horizon 4, você se acostumará mais com a jogabilidade e mecânicas do game. Isso permitirá que você aumente aos poucos o nível de dificuldade do CPU e diminua as assistências de pilotagem.

Quanto mais difíceis as partidas, mas dinheiro você receberá ao final delas, podendo conseguir mais de 100% extra a cada corrida. Mantenha-se ajustando a dificuldade para ganhar cada vez mais créditos e garantir um bom nível de desafio.

Venda carros em leilões

A Auction House de Forza pode ajudar você a ganhar dinheiro de duas formas: ou com a economia ao comprar um novo veículo que você precise para competir, ou com a valorização de um dos seus carros, vendido realmente para fins de conseguir créditos.

Os leilões de carros são uma das opções mais legais e viciantes de Forza Horizon 4 já que com algum esforço e conhecimento do mercado do jogo você poderá lucrar muito comprando e vendendo carros para outros usuários a preços mais elevados.

O truque aqui é ter um pouco de conhecimento de mercado, ver quais são os carros mais raros, as flutuações de preço e manter a paciência para conseguir transformar investimentos muitas vezes pequenos em grandes pilhas de dinheiro. Tem que saber negociar.

Leve em conta situações como carros mais raros e valiosos e use tunagem e personalização a seu favor para tornar suas ofertas mais atraentes. Fique de olho em boas ofertas e venda os veículos na hora certa para ganhar muito dinheiro.

Complete desafios da Vida Horizon

Tarefas simples como ultrapassar oponentes fazer drifts por curvas e detonar árvores podem te render prêmios em créditos. Acesse o menu Minha Vida Horizon para conferir uma lista com todos os tipos de atividades que podem te dar dinheiro e itens do jogo como premiação e lembre-se de realizá-las enquanto faz longas viagens pelo mapa.

Entre na simulação

Assim como em alguns jogos da série Dirt, em Forza Horizon 4 você recebe uma bonificação de pontos por cada assistência que desativa (a exemplo do controle de tração e assistência de frenagem). Ao mudar as opções de jogo você verá um círculo de Bônus de créditos marcando entre 0 e 100% de adicional.

Desligar a opção de retroceder também traz um adicional significativo, bem como subir o nível de dificuldade dos Drivatars. É possível ajustar os seguintes itens:

Dificuldade do Drivatar;

Dificuldade das Assistências de Pilotagem;

Frenagem (ABS);

Direção;

Controle de Tração;

Controle de Estabilidade;

Câmbio;

Linha do Traçado;

Danos e Desgaste dos Pneus;

Retroceder.

Minha Vida, Meu Horizon

A central Minha Vida Do Horizon concentra todo o seu progresso no jogo, mostrando status de campanha e os próximos passos. É importante verificar essa tela sempre que subir de nível para verificar os prêmios e também para consultar os desafios que estão ativos. Muitos deles rendem grana e podem ser completados enquanto você trafega pelo mapa de uma região à outra.

E falando sobre a sua vida no Horizon, chame os amigos. As atividades em equipe também costumam render boas quantidades de crédito, além de serem uma ótima fonte de diversão para você jogar sem se estressar com o tempo.

O Método Malandro (utiliza bug!)

Abaixo vamos disponibilizar alguns guias em formato de vídeo (tanto em português quanto em inglês), mas você precisa estar disposto a recorrer a bugs e também a fazer uma extensa configuração. Reforçamos também que o glitch pode ser corrigido pela Microsoft a qualquer instante – muitos outros métodos já foram utilizados, sempre sendo bloqueados pela desenvolvedora em seguida.

Também não nos responsabilizamos por qualquer sanção que a desenvolvedora possa aplicar à sua conta de jogador da Xbox Live, portanto esteja atento.

Algumas dicas que podem facilitar a busca pelas corridas utilizadas são mudar a configuração de unidades de métrica para imperial e procurar pelas corridas nos eventos personalizados mais disputados nos últimos dias. Há imensas chances de eles estarem listados.

Estações

Verão

Sob o sol do meio-dia de verão, as condições são perfeitas para pisar fundo nas autoestradas mais velozes do Reino Unido ou rasgar as areias douradas da costa norte além do Castelo de Bamburgh. Você pode encontrar a ocasional chuva de verão, mas na maior parte do tempo o tempo estará seco.

Se você tomar um atalho por meio dos campos, atravessará grama alta e flores com facilidade. Não se preocupe com árvores e cercas de arame, arbustos ou muros secos de pedra. Tanto faz se você está dirigindo, se estiver indo rápido o suficiente eles se quebrarão sem danificar seu carro. Carros menores e mais leves perderão muito mais velocidade do que veículos maiores e mais pesados, quando você estiver passando por esses obstáculos.

Quando o verão Horizon chega, bem como todas as estações, fique atento aos eventos, desafios e recompensas do gameplay sazonal, que expiram no final da estação.

Você vai perceber que os eventos de verão sempre tiram vantagem das condições perfeitas de direção, para apresentar carros mais velozes em estradas mais rápidas e pavimentadas.

Outono

O outono é, talvez, a mais bela e colorida das estações para explorar as arborizadas e sinuosas estradas do Lake Country britânico a bordo dos maiores carros de rua do mundo ou para enfrentar o 4×4 Adventure Park, um playground lamacento para os fãs do fora de estrada.

Essa época é depois da colheita. Assim, os campos que no verão estavam cheios de grama alta, agora estão arados e repletos de terra fofa e lamacenta que diminuirão um pouco a sua velocidade. Esses campos estão salpicados com novos obstáculos na forma de grandes e pesados fardos de feno, que definitivamente vão atrapalhar você, caso você acerte um deles. Choverá mais no outono do que no verão e as estradas ficarão um pouco mais escorregadias no molhado, por isso você vai precisar agir um pouco antes nas curvas mais difíceis.

Quando o outono chegar, fique de olho no inventário sazonal de carros — cada estação revela um clássico para descobrir e restaurar, mas você vai querer encontrá-lo antes que a estação mude novamente.

Inverno

Com o sol fraco brilhando entre as árvores sem folhas em uma paisagem gelada, você pode estar preocupado que irá derrapar por todo lugar. Não se preocupe, todos os pneus são bons para todas as estações do ano e serão suficientes para mantê-lo nas pistas, se você se lembrar de frear — e virar — nas curvas. Caso você queira mais aderência na neve e no gelo, você poderá equipar seu carro com pneus cravejados para inverno na loja de upgrade. Qualquer carro já equipado com pneus de rali ou de off-road mudarão automaticamente para pneus cravejados.

As condições climáticas devem variar de clara para rajadas leves ou para nevascas ocasionais. As áreas mais altas do norte terão neve mais elevada do que as regiões mais baixas do sul. As praias continuam arenosas e, as autoestradas e as ruas da histórica cidade de Edimburgo, bem como outras rodovias maiores, estarão cobertas de gelo e neve. No inverno, você pode alcançar áreas até então inacessíveis, como uma ilha no meio de um lago profundo, para procurar por placas-bônus ou encontrar carros de celeiro. E, quando você estiver em um lago congelado, não importa o que você esteja dirigindo ou que tipo de pneus você tem, você vai derrapar muito — algo que, por si só, é uma grande diversão.

Fique de olho nos homens de neve também. Esmagá-los é divertido e renderá pontos de habilidade combinados para você. Os eventos sazonais certamente testarão sua coragem no gelo escorregadio, mas tenha certeza de que ainda há estradas limpas para conquistar.

Primavera

Depois de um inverno gelado, a paisagem britânica novamente desperta para a vida em cores vibrantes. E de uma coisa você pode ter certeza: haverá muito mais chuva no caminho, mas bastante sol também. Ou como eles costumam dizer muito no Reino Unido durante a primavera: “Se você não gosta de como está o tempo, espere alguns minutos.”

De todas as estações do ano, provavelmente a primavera é uma das que têm as mais variadas condições climáticas. Antes secos ou rasos, os leitos dos rios se tornam profundos, com correnteza rápida, e podem arrastar carros leves e supercarros baixos. Mas esses rios não são ameaça para veículos fora de estrada, como SUVs, trophy trucks e bugies. Se acontecer de você subir ao pico de uma montanha no norte, ainda encontrará bolsões de neve para brincar.

Assim como no outono, os eventos de primavera podem trazer mais elementos de rali pesado com pistas de superfícies mistas, para atender a condições variadas. Seja em um novo e resistente Subaru WRX Sti, ou em um clássico monstro de rali do Grupo B dos anos 1980, você certamente descobrirá alguns eventos em carros construídos para enfrentar todo o asfalto, cascalho e lama que encontrará aos montes na primavera.

Dicas

Use o Mixer: a cada cinco minutos que você assiste alguém no Mixer ou a cada dois minutos que você transmita a sua jogatina, você ganhará bônus no jogo. Sua conta do Mixer tem que estar vinculada com a da Xbox Live para obter tais benefícios.

Forza Horizon 4 Demo: existe uma versão de demonstração gratuita na loja para que você possa provar do jogo.

Suporta Dolby Atmos: esta tecnologia de som que permite aos jogadores explorarem ainda mais as nuances sonoras, oferecendo para uma imersão no conteúdo de maneira muito mais fiel.

No lançamento, serão 460 carros já disponíveis no jogo para serem desbloqueados ao longo das corridas. Mais veículos virão em atualizações ou DLCs ao longo dos meses.

72 jogadores online em um mundo compartilhado. Forza Horizon funcionará offline, mas caso você esteja online não terá mais contato com os “Drivatars”, mas agora conta com jogadores reais. Não se preocupe, eles não poderão atrapalhar suas corridas caso não sejam participantes delas, somente os seus amigos poderão bater em você. Com jogadores reais, os rachas deverão ficar mais competitivos.

Estações dinâmicas. O jogo conquta com estações climáticas verão, outono, inverno e primavera. Tudo isso vai interferir significamente na corrida. Qual será a sua estação preferida?

No Xbox One X, o jogo terá um modo 1080p/60FPS ou 4K/30FPS. De acordo com o Digital Foundry, está impecável o desempenho e o nível de fotorrealismo está alto, principalmente do terreno. Um jogo em mundo tão aberto e tão bonito alcançar os 60 FPS é um grande feito.

O jogo se passará numa mistura entre Escócia, Inglaterra, Irlanda e todo o território do Reino Unido. Prepare-se para ambientes variados e belos que toda essa região pode oferecer.

100 horas de gameplay. Sem contar com as possibilidade de jogar online competitivo.

Referências:

News Microsoft, Windows Club, Blog 2AM Gaming, Show Me Tech, Wikipedia, Techtudo.

Dragon Age: Inquisition

Dragon Age: Inquisition é um jogo eletrônico de RPG de ação desenvolvido pela BioWare e publicado pela Electronic Arts. Sendo o terceiro jogo principal da franquia, Dragon Age: Inquisition é uma sequencia de Dragon Age: Origins e Dragon Age II. O jogo foi lançado mundialmente em novembro de 2014 para Microsoft WindowsPlayStation 3PlayStation 4Xbox 360 e Xbox One. Após o seu lançamento, Dragon Age: Inquisition foi amplamente aclamado pela crítica, com alguns o considerando um dos melhores RPGs já feitos na história.

Crie seu Inquisidor 

Quem você se tornará? Use a ferramenta robusta de criação de personagem do Dragon Age: Inquisition para explorar sua imaginação e moldar seu Inquisidor ou Inquisidora.

Lidere a Inquisição 

Recrute uma equipe de guerreiros lendários e lidere-a contra um mal ancestral que ameaça destruir o mundo.

Explore um vasto mundo 

O mundo de Thedas é enorme! Percorra florestas densas, orlas castigadas pelo vento, desertos áridos, pântanos assustadores e muitos outros ambientes.

Suas escolhas importam 

Alianças serão forjadas, inimigos serão feitos e você é quem está no controle. Como Inquisidor, você enfrentará muitas decisões e suas escolhas moldarão o mundo à sua volta.

Alguém disse dragões? 

Será que você consegue derrotar o maior predador de Thedas? Se conseguir, os espólios dessa batalha podem ajudar a Inquisição. Se falhar, vai acabar virando carne de churrasco.

Fabrique itens exclusivos 

Junte matérias-primas valiosas e planos de fabricação para criar novas armas e armaduras poderosas. Você também pode nomeá-las. Então, se quiser chamar seu malho de duas mãos cheio de pinos com +30 de dano a demônios de “Fifi”, fique à vontade!

Aventure-se com os amigos 

Entre on-line e participe de grupos de até quatro agentes da Inquisição no modo multijogador. Escolha seu caminho e a facção inimiga e batalhe por espólios e pontos de experiência para tornar seus agentes uma força temível.

Modo single player separado do multiplayer

Você não vai ver seus amigos surgindo na tela pra ajudar em uma quest. O modo multiplayer de Inquisition funciona separadamente. Na campanha… Você está por conta própria, meu caro.

Você controla quatro inquisidores

Apesar de você construir um personagem específico, durante sua jornada você controla quatro personagens e pode dar a eles diretrizes básicas de ataque.

A Visão Tática

Um dos recursos mais interessantes nas batalhas de Dragon Age é a sua Visão Tática. Para quem desconhece, trata-se de um recurso que congela toda a tela e mostra uma visão do alto, mostrando todo o terreno, inimigos e aliados. Enquanto ativa, a Visão Tática permite ao jogador coordenar ataques, visualizar atributos de inimigos e realizar estratégias a cerca da batalha.

Embora a função seja muito bem apresentada durante o combate, utilize-a para coordenar ataques antes que o inimigo veja você e o seu grupo. Por exemplo, há um bando de demônios em seu caminho, mas eles ainda não os viram. Ative a Visão Tática e comande ao seu grupo para flanquear o inimigo, se movimentando sorrateiramente. Caso queira uma tática mais agressiva, pode comandar aos arqueiros para dispara a distância em monstros menores, enquanto os guerreiros e os ladrões podem abater mais rapidamente um inimigo maior.

Visualize os atributos do inimigo para saber se eles são fortes demais ou não. Para isso, basta selecionar o inimigo e verificar sua energia. Deixe os inimigos mais poderosos para aqueles que podem absorver e causar muito dano, como guerreiros ou magos bem evoluídos.

Dragon Age Keep

Pra importar as escolhas feitas nos dois primeiros games da série, você precisa logar com sua conta da Origin no Dragon Age Keep. A aplicação gratuita também serve pra você, que não jogou os games anteriores, pré-determinar os rumos de sua história em Inquisition. 

Terceira história na linha do tempo

Inquisition se passa 10 anos depois de Dragon Age: Origins e alguns meses após os eventos de Dragon Age II.

Chantria

Na trama, Chantria é a organização religiosa dominante em Thedas e se originou dos ensinamentos da profetiza Andraste. O objetivo da Chantria é espalhar esses ensinamentos por todo o mundo e para todas as raças. Seus membros acreditam que todos os não humanos precisam de salvação, pois estão ainda mais afastados do Criador.

As raças de Dragon Age Inquisition

É importante conhecer um pouco do contexto que envolve as raças de Inquisiton e suas relações, por isso, lá vai:

Qunaris: Os qunaris são uma raça de gigantes chifrudos que seguem um rígido texto religioso chamado KÍÛN. Os que abandonaram esses princípios são conhecidos como Tal-Vashoth, e geralmente trabalham como mercenários.

Anões: Os anões são baixos e troncudos e a maioria passa a vida toda no subterrâneo. Aqueles que vivem em exílio na superfície geralmente são mercadores ou contrabandistas. Eles adoram uma entidade conhecida como “a Pedra”.

Elfos: Historicamente, os elfos são um povo oprimido, caracterizado por sua união e suas as orelhas pontudas. Ainda que a maioria sobreviva nas periferias mais pobres das cidades humanas, outros vivem como nômades e são conhecidos como dalishianos. Eles veneram o Panteão Élfico.

Humanos: Os humanos são a raça mais numerosa e poderosa em Thedas. Também são politicamente os mais divididos e parecem propensos a conflitos.

Magos e templários

As duas facções estão em Guerra. O conflito começou quando Anders, um mago apóstata, destruiu a Capela de Kirkwall com o grande clérigo ainda lá dentro. O motivo?

Tradicionalmente, os magos são controlados pelos templários, mas em Kirkwall os templários abusavam desse poder — não são os mesmos de Assassin’s Creed, ok? Anders era frequentemente possuído por um espírito de Justiça e não deixou barato ao ver os maus tratos dados aos magos da região.

A Revolta dos Magos de Kirkwall

Hawke, o protagonista de Dragon Age II, tenta impedir o conflito de magos e templários em Kirkwall. O Primeiro Encantador Orsino e a Comandante-Cavaleira Meredith são mortos. Isso faz com que a Chantria entre em colapso e as duas facções se enfrentem abertamente. No início de Inquisition, líderes dos dois lados estão se reunindo para chegar a um acordo, porém… Algo inesperado acontece.

Varric Tethras

Varric é o ladrão que narra os eventos de Dragon Age II, enquanto a Investigadora Cassandra Pentaghast, sob a autoridade da Divina, chega a Kirkwall e o interroga sobre Hawke. Varric é um dos links mais fortes com os dois jogos anteriores da série, pois ele está no seu grupo e você pode pedir que ele conte histórias dos eventos que ocorreram antes de Inquisition.

Os Criassombrias e a Podridão

Os Criassombrias são uma raça de criaturas humanoides que costuma morar na área subterrânea de Thedas. Quando eles descobriram um dos Deuses Antigos, acabam o maculando e o transformando em um Arquidemônio, que os leva a atacar a superfície várias vezes. Esses ataques são chamados de “Podridão”.

Os Guardiões Cinzentos

São uma ordem de guerreiros presente em praticamente todas as nações de Thedas e que se dedicam a lutar contra o Criassombrias. Não são tão numerosos, mas têm sido de importância vital pra lutar em cada uma das Podridões, impedindo a destruição das raças da superfície. 

O Imaterial e o Véu

O Imaterial é uma região metafísica, uma dimensão paralela e mágica, que faz parte de Thedas, mas que é separada por uma barreira transcendente conhecida como o Véu. O Véu não pode ser visto ou tocado, e é uma espécie de metáfora para explicar a interação entre a realidade física e a sobrenatural. 

Os magos têm acesso direto ao Imaterial, o que acaba fazendo com que eles estejam mais vulneráveis a serem possuídos por demônios. Isso faz com que as pessoas tenham medo dos magos. 

Consiga uma montaria rapidamente

O mundo de Thedas é gigantesco e percorrer os campos, desertos e planicies a pé pode ser cansativo e demorado. Para ajudar nessa tarefa, há diversas montarias espalhadas pelo mundo e uma delas pode ser rapidamente acessada. Basta investigar e procurar por uma Side Quest – missões secundárias do jogo – chamada “O Mestre dos Cavalos”, na parte mais Oeste do mapa. Ao falar com o mestre dos cavalos e aceitar sua missão, você será recompensado com um belo cavalo Fereldan.

Evolua seus companheiros

Embora o foco da história seja você, o Arauto de Andraste, nenhuma história é feita sozinha. Durante suas mais árduas missões, um grupo de guerreiros o acompanhará para ajudar na difícil tarefa de salvar o mundo. Eles possuem poderes, características e atributos únicos, mas todos eles necessitam de uma mesma coisa: evoluir.

Assim como você evolui os atributos principais de seu personagem, seus companheiros também necessitam disso. Fique atento ao aviso de passagem de nível de todos os heróis de sua party e os evolua fazendo o mesmo processo de evolução de seu herói.

Ataque a Fenda

No mundo de Dragon Age: Inquisition, uma fenda apareceu nos céus de Thedas, fazendo com que demônios e outros monstros saiam por ela e assolem o mundo. Também espalhados pelos campos de batalha há fendas menores que possuem a mesma propriedade. Se não for fechada rapidamente, novos monstros sairão dela, dificultando a continuação da missão.

Ao perceber que no campo de batalha há uma fenda, utilize a Visão Tática para fazer com que seus amigos atrasem os monstros enquanto você fecha a fenda, uma vez que só você possui tal poder. Você precisará de alguns momentos de concentração para fechá-la, então, tenha certeza que não há ninguém em volta.

Faça missões secundárias

Elas são tão importantes quanto fazer as missões da campanha. É necessário faze-las para adquirir mais XP e também conseguir vários itens como novas armas e armaduras e até acessórios pra ajudar na sua jornada.

Prepare uma equipe personalizada

É muito importante que você tenha uma equipe equilibrada e que você conheça bem os golpes que eles irão executar. Mude as configurações de acordo com sua habilidades. Lembre-se que seus companheiros tem que suprir no que seu personagem é fraco, seja força, magia, ataque a distância ou armadilhas.

Explore Tudo

É muito importante que explore todos os mapas, pois novas missões serão desbloqueadas e você a chance de desbloquear mais informações sobre os personagens, itens únicos de quest e as vezes até alguma ajuda para a Inquisição.

Sempre atualize seu equipamento

Você passa a maior parte do jogo explorando e pegando itens, e isso se torna tão comum que você pega itens e nem vê o que pegou ou pra que serve. Então a cada fim de missão passe na Fortaleza do Céu e veja se tem novos itens para fabricar ou upgrades novos disponíveis em seus armamentos. Fazendo assim o jogo se torna mais fácil com certeza!

Não deixar de coletar itens dos mapas

Se você gosta ou tem paciência para explorar mapas você já tem um ponto a seu favor no game, agora se você não gosta ou não tem paciência para a exploração, sinto em dizer que você saíra perdendo e MUITO.

Dragon age possui muitos itens espalhados pelo cenário como: ervas, materiais de fabricação, receitas, armas e armaduras, porém, cada mapa possui tipos de itens diferentes, então você terá que explorar cada recanto de cada mapa… e sim colher TUDO o que encontrar pela frente, pois de alguma forma eles serão úteis. Com os materiais de fabricação você poderá construir armas e armaduras e com as ervas você ira “tunar” as suas poções. No caso de armas e armaduras prontas você encontrará itens bons a até raros más também itens bem “podrinhos” mas que servirão para você vender e ganhar dinheiro.

Aprenda a usar a CRIPTA

Na fortaleza do céu do lado direito do trono do inquisidor você terá uma sala chamada CRIPTA! Acreditem será o lugar aonde vocês passaram muitas horas até o fim do game.

É nesse local que você utilizará todos os itens colhidos em mapas. Na cripta você poderá abastecer e “tunar” as suas poções, fabricar e personalizar suas armas e armaduras, fabricar runas, mudar a cor das armaduras e personalizar a Fortaleza do céu.

Não sabe usar a cripta? Tem alguma dificuldade? Pode ficar tranquilo que na descrição do vídeo tem o link com a explicação completa para você saber usar a tão importante CRIPTA.

Não deixe de usar runas e marcas nas sua armas e armaduras

Runas e marcas são pedras mágicas criadas por uma arcanista. Porém você só terá acesso as runas e as marcas quando fizer a missão “Encontre a Arcanista” que abrirá logo após você chegar a Fortaleza do Céu. Com a missão concluída Dagna ficará na cripta e já abrirá o seu acesso para a construção das runas.

As runas servem para aprimorar suas armas e as Marcas para aprimorar sua armadura dando a elas um dado maior a um tipo específico de inimigo e habilidades extras, por tanto cuidado para não desperdiçar material e fabricar justo o que você não utilizará.

Os materiais para criação de runas são pedra branca (que você encontra com um comerciante em Orlais) e matéria prima de fissuras que você coleta logo após fecha-las.

Lembrando que quando você utiliza uma runa em uma arma ela não poderá ser reutilizada, pois se você arranca-la da arma ela automaticamente será destruída.

Junte dinheiro

Em DA dinheiro é importante pelo menos no começo.

No inicio do game você precisará de dinheiro para comprar itens melhores para seus personagens, afinal você não terá nem as receitas e muito menos o material para fabricar itens. Mas é claro tudo será muito caro e você usa 4 personagens na sua party, ou seja,… AJA GRANA.

A forma mais fácil de adquirir dinheiro é vendendo seus itens que você não utiliza mais, como eu disse anteriormente ser lixento só te ajudará.

Mais para frente no game quando você tiver acesso aos benefícios da inquisição você conseguirá vender e comprar itens com melhor preço e assim juntar cada vez mais grana!

Benefícios da Inquisição

Na mesa de guerra além de você fazer missões cronometradas e abrir mapas você poderá adquirir os Benefícios da Inquisição, que darão vantagens para você durante o game.

Você adquiri esses Benefícios através de pontos de influencia que você ganha quando completa missões, recruta agentes para a inquisição ou conclui alguma das requisições da inquisição.

Ganhar Experiência e Wyvern Scales

Quando adquirir um level 13 ou nível maior que seja suficiente para lidar com coisas mais poderosas, vá até o local chamado Hissing Wastes. Continue o caminho até o oaseis que se encontra bem a oeste do mapa. Derrote os inimigos que encontrar pelo caminho e recolha as wyvern scales. Lá poderá vendê-las por cerca de 4000G, mas tudo lhe custará menos de 10 minutos.

Como escalar facilmente

Parece bobo, mas é bem complicado escalar alguns lugares. Para evitar este problema, você poderá alterar de personagens, uma vez que seus companheiros podem subir muito mais facilmente enquanto estão sob controle do computador.

Referências:

Jogos Internauta, Miah Joga, EA, Game For Fun, Voxel, Techtudo, Wikipedia.

Sekiro: Shadows Die Twice

Sekiro: Shadows Die Twice é um jogo eletrônico de ação-aventura desenvolvido pela FromSoftware e publicado pela Activision. Foi lançado em 22 de março de 2019 para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One. O jogo se passa em uma versão mágica e fictícia do período Sengoku no Japão, e segue um shinobi que tenta se vingar de um clã samurai que o atacou e sequestrou seu lorde.

A jogabilidade é focada em furtividade, exploração e combate, com ênfase especial em batalhas contra chefes. Embora a maior parte do jogo ocorra em áreas fictícias, algumas áreas são fortemente inspiradas em edifícios e locais do mundo real no Japão. O jogo também faz fortes referências à mitologia e filosofia budista. Enquanto criava o jogo, o diretor Hidetaka Miyazaki queria criar uma nova propriedade intelectual (IP) que marcasse um ponto de partida da série de jogos Souls, também feita pela FromSoftware, e buscou inspiração em séries como Tenchu.

Sekiro foi aclamado pela crítica, que comumente compararam e contrastaram com os jogos da série Souls. Enquanto seu alto nível de dificuldade recebeu algumas críticas, os elogios foram direcionados para sua jogabilidade, história e cenário. Dentro de dez dias de seu lançamento, o jogo vendeu mais de dois milhões de cópias em todo o mundo.

Jogabilidade

Sekiro: Shadows Die Twice é um jogo eletrônico de ação-aventura jogado a partir de uma perspectiva em terceira pessoa. Embora comparado com a série Souls, da FromSoftware, o jogo não apresenta elementos de RPG, como criação de personagens, classes e upgrades de equipamentos, além de não ter elementos multiplayer. Em vez de atacar para reduzir os pontos de vida de um inimigo, o combate em Sekiro gira em torno de uma katana para atacar seu equilíbrio, o que eventualmente leva a uma abertura que permite um único golpe mortal. O jogo também possui elementos furtivos, permitindo que os jogadores eliminem imediatamente inimigos se eles puderem ficar no alcance sem serem detectados. Além disso, o personagem do jogador tem a habilidade de usar várias ferramentas para ajudar no combate e exploração, como um gancho e uma tocha. Se o personagem jogador morrer, ele terá a opção de ser revivido no local sob certas condições, em vez de reaparecer em pontos de checkpoint anteriores.

Treine muito no início

Sekiro tem como base uma das mecânicas que geralmente é reservada para os jogadores mais veteranos e hardcore, o chamado “Parry” ou aparar. Essa técnica consiste em pressionar o botão de defesa no exato momento em que o golpe do inimigo acerta o seu personagem. Em Sekiro, aparar quebra a postura dos inimigos e permite um golpe mortal.

Não bastando a dificuldade de dominar essa técnica, o jogo ainda conta com diversas melhorias para seu braço shinobi, dezenas de habilidades escondidas e várias outras técnicas fundamentais como desviar e pular. Dominar tudo isso direto no campo de batalha seria muito frustrante e é por isso que a From Sofware colocou pela primeira vez uma espécie de modo treino dentro do jogo.

Logo no início da aventura você será apresentado ao Hanbei, o Imortal, um NPC que como o nome diz não pode ser morto. Ele fornece lições sobre cada uma das técnicas apresentadas no início do jogo e adiciona outras assim que seu personagem for aprendendo novas habilidades no decorrer do jogo. A qualquer momento você pode desafiá-lo para um combate ou repassar as lições. Como o jogo pode ser muito frustrante em alguns momentos, treinar para melhorar suas habilidades é o melhor caminho para superar os desafios.

Guarde suas moedas em bolsas

Em “Dark Souls”, sempre que o seu personagem morre as almas são perdidas. Em Sekiro isso acontece com seus pontos de habilidade e moedas. Os pontos de habilidade não têm como serem protegidos e dependem da sorte para serem preservados, já as moedas podem e só exigem uma pequena porcentagem do seu montante.

Moedas guardadas em bolsas não são perdidas após morrer. A forma de fazer isso é comprando as bolsas de moedas dos vendedores pelo caminho. A bolsa pequena guarda 100 moedas, já a grande guarda 500 moedas e uma maior ainda guarda até mil moedas. O custo da bolsa pequena é 10 moedas, da média 50 e da grande 100 moedas, já a grande guarda 500 moedas e uma maior ainda guarda até mil moedas. O custo da bolsa pequena é 10 moedas, da média 50 e da grande 100.

Ao usar a bolsa no seu menu ou vendendo para um comerciante as moedas voltam para você e a bolsa se perde, portanto só use-as no momento em que for comprar algo importante.

Use a furtividade e a verticalidade

Uma das grandes novidades de Sekiro é a mecânica de furtividade, que permite executar os inimigos mais fracos com um único golpe desde que o Lobo não tenha sido notado. Esse abate pode ser feito por trás, pelos lados e também pelo alto, bastando pular na direção do inimigo e pressionar R1/RB no momento em que um círculo vermelho aparecer nele.

Isso é especialmente importante para conseguir vencer os inimigos mais fortes, chamados de “mini boss”, que exigem dois golpes mortais para serem finalizados. Quase sempre existe um caminho que leva até as costas deles e garantem que um golpe mortal seja executado antes mesmo da luta começar, facilitando muito a sua vida difícil pelo Japão Feudal.

Outro uso da furtividade é para passar por áreas inteiras sem ter de lutar com ninguém. Principalmente quando se faz uso da verticalidade. O seu personagem é equipado com um gancho que garante acesso aos telhados das casas e construções, fazendo a travessia pelos cenários rápidas e seguras, além de oferecer uma gama de locais propícios para abates silenciosos.

Lembre-se de coletar as moedas e itens

Uma das grandes pegadinhas de Sekiro é precisar pressionar quadrado no PS4 ou X no Xbox para coletar as moedas e itens deixados pelos inimigos depois de vencê-los. Ao limpar uma área, lembre-se sempre de passar perto dos corpos pressionando o botão para coletar tudo.

Use o Pause

Finalmente podemos pausar a ação em um jogo recente da From Software e isso tem muito significado em Sekiro. É possível trocar as melhorias do seu braço Shinobi, alterar os itens de seleção rápida e claro, dar uma respirada no meio de um combate tenso.

Como a estratégia para cada adversário é diferente e exige trocas de equipamentos, lembre sempre de usar o botão de pause para fazer o preparo ideal antes e durante as lutas, inclusive para alterar qualquer estratégia que tenha dado errado e experimentar novas ideias.

Repita áreas para coletar experiência

Embora não exista um sistema de nível parecido com “Bloodborne “ou “Dark Souls’, Sekiro fornece diversas árvores de habilidades para melhorar o seu combate. As habilidades passivas, por exemplo, podem melhorar a sua guarda contra inimigos com espada ou causar mais dano a guarda dos adversários quando você executar um “parry” e ainda melhorar sua furtividade, evitando que inimigos te ouçam quando agachado.

Para liberar as habilidades é preciso comprá-las com pontos de habilidade nos santuários. Esses pontos são ganhos sempre que a barra azul no canto superior direito da sua tela é preenchida, que por sua vez precisa que você elimine inimigos para ser completada. Nada melhor então do que repetir algumas áreas para comprar aquela habilidade necessária, especialmente porque após atingir um nível na barra, ele não volta mais atrás até ser gasto, mesmo morrendo.

Lembre-se de orar nos santuários

Os santuários não ficam salvos para viajar e repousar quando você os vê pela primeira vez, é preciso sentar e orar neles. Eles são também responsáveis pelo checkpoint, garantindo que você volte ali no caso de morrer. Portanto nada de passar reto por eles.

Compre Cabaças

A Cabaça Curativa não é a única do jogo. Os vendedores têm diversas outras que podem ser utilizadas para curar e se fortalecer contra efeitos negativos como terror, veneno e fogo. Elas custam 1800 moedas e podem ser conseguidas em diferentes vendedores pelo mundo.

Com a cabaça púrpura por exemplo, você conseguirá finalmente enfrentar os chefes decapitados ou espectrais. O mais legal é que assim como a cabaça de cura, essas outras são reabastecidas ao repousar em um santuário.

Explore os cenários e enfrente os mini chefes

Os itens disponíveis no jogo, de açúcares dos monges à cinzas, podem decidir a sua batalha. Embora vários deles possam ser encontrados ao derrotar inimigos, muitos estão espalhados pelo mapa, esperando somente você chegar para pegá-los. Além desses itens mais comuns, também é possível encontrar as sementes de cabaça escondidas por aí, que garantem mais uma cura para usar durante o jogo.

A importância de explorar não para por aí, diversos vendedores e NPCs com quests estão te esperando em locais escondidos e o contato com eles pode render melhorias essenciais para enfrentar os chefes do jogo.

No meio do caminho também estão os mini chefes, que são difíceis de derrotar mas garantem duas coisas. A primeira é um bom desafio que serve como treinamento para melhorar no jogo, a segunda são os colares de conta, que servem para melhorar a sua vitalidade e postura. Embora seja tentador deixá-los para trás, tente sempre vencer os que encontrar no caminho para não passar dificuldade nos chefes mais avançados do jogo.

Observa e Ataca

Se já és um jogador veterano de Dark Souls, pode ser tentador aproximares-te de cada situação a pé à medida que as encontras. Desta feita, uma vez que Sekiro apresenta ambientes mais abertos, é bom saberes que existe mais do que uma opção de abordares uma determinada situação. Por exemplo, se te deparares com três inimigos numa área relativamente pequena, podes sempre procurar por um local mais alto, ter uma melhor noção do território e ver se existem outras tácticas que te permitam separar os inimigos.

Em Sekiro, vais descobrir que os níveis possuem uma certa verticalidade e ela existe por uma razão. Usa os telhados e bermas com o teu gancho para teres acesso a áreas secretas, descobrir bordas que te permitem executar ataques silenciosos, entre outros. Isto funciona especialmente bem quando estás a defrontar oponentes com capacidades de longo alcance: desde que investigues os teus arredores, poderás facilmente encontrar uma estratégia que te permite eliminá-los de forma silenciosa e regressa às sombras.

Itens são significativamente mais importantes agora

Durante as tuas aventuras em Sekiro: Shadows Die Twice, vais frequentemente encontrar itens específicos ou candies que irão melhorar certos atributos, desde aumentar o teu potencial ofensivo que permite que os teus passos sejam mais silenciosos. Isto não é nada particularmente novo – especialmente quando comparados com outros títulos da From Software – contudo, a potência destes itens é aumentada.

Como resultado, se tiveres a oportunidade de enfrentares um miniboss equipado com alguns upgrades, fá-lo! Os itens estão no jogo para serem usados, e não armazenados. Nos termos mais simples: se o item for útil para determinada situação, usa-lo. O aumento da eficácia dos itens significa que definitivamente terás uma melhoria durante um pequeno período de tempo e frequentemente serão a diferença entre a vida e morte.

Descida

Durante a maioria do tempo, irá usar esta mecânica para investigar o território, usando o gancho para subir para andares mais altos e investigares os teus arredores – mas serás também capaz de desferir um golpe poderoso quando saltares e aterrares em cima de um inimigo.

Isto pode ser um pouco difícil de perceber, mas torna-se mais fácil assim que assimilares o timing. Quando fizeres lock a um inimigo e saltares de uma borda acima deles, a retícula deles ficará vermelha – nesta fase, deverás premir o botão de ataque para lançares um ataque de execução devastador que eliminará a maioria dos inimigos de baixo nível. Irás também tirar um bom pedaço de saúde a Bosses e Minibosses. Só terás uma oportunidade para o fazeres e, se fores mal-sucedido, ficarás à mercê da lâmina do teu inimigo.

Mantém-te escondido o máximo de tempo possível

Apesar de ser furtivo poder parecer uma táctica óbvia num jogo onde estás a jogar como um Shinobi, pode ser fácil cair de volta nos velhos hábitos Soulsborne. Evita mergulhar em combates abruptamente com a espada erguida, com todos os itens e a pensares que és invencível. Descobrirás frequentemente que os inimigos gostam de se aglomerar à tua volta, e que eles podem surpreender-te se se encontrarem em esconderijos do nível enquanto exploras. Portanto, é melhor dividi-los um pouco. Utiliza a mecânica de agachamento, encontra locais de cobertura na erva alta ou solta-te das bordas para derrubá-los.

Isto permite-te matar muitos inimigos de baixo nível com um ataque stealth bem cronometrado (novamente, quando a retícula do alvo ficar vermelha), e também permitirá que, lentamente, reduzas o número de inimigos para um valor um pouco mais agradável. Se conseguires manter esta estratégia, podes até ser capaz de passar por um nível inteiro sem ser visto. As sombras podem morrer duas vezes, mas os teus inimigos só morrem uma.

Seja cuidadoso quando ressuscitar

Ressurreição é uma nova mecânica em Sekiro que permite-te reavivares a tua personagem depois de seres abatido por um inimigo, e será particularmente útil quando derrubares bosses ou minibosses difíceis. Só podes usá-la uma vez depois de teres descansado, no entanto, o que significa que não deverás premir simplesmente o botão de ressuscitar imediatamente depois dele aparecer.

É melhor esperar. Imediatamente após caíres, os inimigos vão-se dispersar um pouco, permitindo que tenhas um pouco mais de espaço antes do teu contra-ataque. Se planeaste o teu ataque antes de morreres, então serás capaz de atacar o inimigo já com pouca energia novamente e ter a vantagem; ou, escolhe uma abordagem diferente e tenta recuar depois de seres abatido a primeira vez. Ele também permite-te usar um Idol de regresso a casa para levar-te para a área de descanso mais próxima, se estás realmente a ter dificuldades. Se o usares precipitadamente, no entanto, podes muito bem estar a caminhar em direcção à tua “morte” – e perder tudo.

Procure outros caminhos

Se estás a ter dificuldades numa determinada área ou boss, tenta verificar os outros caminhos disponíveis que podes seguir, pois isso pode levar-te a uma área diferente um pouco mais direccionada para as tuas habilidades. Encontra um local mais adequado para derrotares inimigos de níveis mais baixos e poderás voltar com alguns equipamentos novos e brilhantes para derrubares aquele inimigo particularmente problemático.

Além disso, outros caminhos podem conter NPCs ou itens que poderás trazer de volta ao Dilapidated Temple, permitindo-te desbloquear um pouco mais da história e dos segredos obscuros do jogo. Por outras palavras, vale sempre a pena conferir outras opções em Sekiro antes de seguires a toda a velocidade. Lembra-te de fazer uma pausa e verificar os teus arredores.

Não tenha medo de correr

Sim, sabemos que dissemos anteriormente que o devias evitar mas, inevitavelmente, vais-te sentir sobrecarregado e, nesse ponto, manter a pressão sobre os teus inimigos não é uma opção sensata. Uma vez que Sekiro é muito mais rápido que os seus precursores Soulsborne, terás muitas mais oportunidades de recuar quando precisares – e o teu maior trunfo quando se trata de fuga será o Gancho. Se conseguires chegar perto de um ponto que podes agarrar, é provável que também haja outro que te permitirá fugir com rapidez e segurança.

Há também uma penalidade bastante alta pela morte em Sekiro, incluindo um mecânico que, sem estragar nada, tornará a tua vida ainda mais difícil quantas mais vezes morreres. Se quiseres manter todas as tuas coisas, o melhor mesmo é correres – pode ser difícil para o teu orgulho mas certamente irá ajudar-te a longo prazo.

Domina os básicos de Posture

Posture é uma das mecânicas mais importantes para assimilares no que diz respeito ao combate em Sekiro. É representada pela barra abaixo da barra de saúde de um inimigo, ou a grande barra no topo de um boss, sendo que a tua se encontra na parte inferior do ecrã. Basicamente, ela diz quantos mais confrontos com espada um inimigo pode aguentar quando ambos estão presos num duelo.

Ela vai também ajudar-te a perceber quando deves atacar, esquivar, saltar e recuar. Desviar um ataque inimigo também vai ajudar a quebrar o impasse do duelo. Assim que um inimigo tenha o seu medidor de postura totalmente preenchido, poderás fazer um ataque crítico e matá-lo num único golpe. Muito do combate de Sekiro depende de uma compreensão do sistema de postura e dos ataques críticos, por isso, certifica-te que praticas durante as primeiras fases do jogo – domina as habilidades logo no início, mesmo quando achares que não vais precisar delas no futuro.

Parry e Ripostar

Como explicado acima, a postura tem um impacto significativo no fluxo do combate: pressionando o botão de defesa antes do ataque do teu inimigo vai permitir que te desvies e, imediatamente, dar-te a oportunidade de ripostares. O contra-ataque causará algum dano, mas tem cuidado caso o teu inimigo tenha outro ataque, já que poderás ficar preso no meio de um combo.

Os inimigos vão levar as tuas defesas em conta e, com bastante frequência, encontrarás uma sequência de ataques da qual terás de te desviar perfeitamente para conseguires fazer um contra-ataque. Felizmente, a janela para te defenderes é bastante misericordiosa, e rapidamente estarás a desviar ataques em rápida sucessão. Não te esqueças de praticar esta técnica no Dilapidated Temple contra Hanbei the Undying e, assim que perceberes o timing, estarás pronto para enfrentar o resto do jogo.

Visita o templo

Se fizeres questão de verificar todas as áreas que exploras, encontrarás muitos NPCs espalhados pelo mundo, que frequentemente concedem itens úteis que podes usar durante o resto do jogo. Alguns deles são incrivelmente eficazes, como um Mysterious Bell que poderás oferecer ao santuário.

Não há nenhum mal em fazer uma pequena pausa também – ou lutar contra Hanbei, que te deixar-se-á ser golpeado até à morte para poderes praticar as tuas habilidades de Shinobi ou Próteses à medida que as obtiveres. Em geral, também é útil esgotar todos os diálogos dos NPC antes de progredires, pois encontrarás muitas dicas úteis que podem levar a uma descoberta ao explorares áreas do jogo.

Domina o combate

Com alguns inimigos em Sekiro: Shadows Die Twice, encontrarás um Red Kanji que aparece acima das sua cabeças durante os ataques. Isso indica que o inimigo em breve fará um ataque que não pode ser bloqueado, então terás apenas uma fracção de segundo quando se trata da forma como terás de o abordar. Felizmente, é apenas um caso de pedra, papel e tesoura.

Se o inimigo estiver a aproximar-se de ti, terás de cronometrar um desvio e um contra-ataque. Se o inimigo tentar capturar-te, deverás esquivar-te para a esquerda ou para a direita e saíres do caminho. Se o inimigo estiver prestes a fazer um ataque de varredura, deves saltar para trás e para fora do caminho do perigo. Felizmente, descobrimos que esses ataques geralmente são bem telegrafados, e só precisas de seguir as acções do inimigo e reagir de acordo. Simples o suficiente – em teoria, pelo menos!

Pegue o loot dos corpos

Mesmo com o game lembrando de fazer isso logo no começo, você acaba esquecendo. Diferentemente de outros jogos da From, alguns itens não vão automaticamente para o seu inventário. Para coletar itens, dinheiro e mais, você precisa pressionar e segurar o botão de interação (Quadrado no PS4 e X no Xbox One) para “sugar eles para você. Ao limpar uma área, não se esqueça de fazer isso.

Conte com os pedaços de cerâmica para distração

Embora você colete muitos deles, eles são eficientes, mas podem ser complicados de usar. Por mais que dê para acartar na cara deles para distraí-los e conseguir passar sem um combate seja relativamente fácil, os inimigos vão lentamente tentar procurar você e, na posição certa, você consegue dar um golpe fatal. É bom para separar uma dupla de adversários.

Cuidado com o gancho

O gancho é muito útil para ir de ponto a ponto, principalmente no alto. Inimigos não podem acartar você, embora eles possam jogar coisas. Não fique no mesmo ponto, vá mudando para despistá-los ou se prepare antes de voltar ao combate, como consumir uma cabaça antes. Lembre-se que você pode ser visto durante os seus pulos.

Use os Ídolos do Escultor para comprar itens

Eles são parecidos com a fogueira de Dark Souls, já que salvam o game e recuperam sua vida, além de permitir viagem rápida. Mas você pode comprar certos itens para ajudar na jornada. Você pode comprar emblemas para usar habilidades do braço prostético. Mesmo que você receba esses itens ao eliminar alguns inimigos, nunca é demais comprar esses itens.

Itens extras não são perdidos

Você pode carregar um número limitado de itens. Os que você pegar acima desse limite são enviados aos Ídolos do Escultor. Caso no meio do caminho você se veja sem itens, vale a pena voltar par a pequena estátua para reabastecer

Há mais de uma árvore de habilidades

No começo, você pode ficar desapontado quando o Escultor dá a Árvore de Artes Shinobi pois parece que só vamos ter aquilo. Mas outras árvores de habilidades podem ser encontradas ao usar os textos exotéricos. Alguns são dados ao ajudar outros personagens, mas algumas estão em locais secretos.

Ataques perigosos nem sempre são bloqueáveis

Alguns inimigos quando atacam, mostram um kanji vermelho sobre a cabeça, indicando um ataque forte. Eles são de três jeitos: horizontais, para a frente e agarrões. Você precisa entender qual será e qual o melhor modo de evitá-los. Defender não é possível, mas você pode Refletir no momento certo. Ainda dá para esquivar ou pular sobre os inimigos.. Desbloqueando o contra-ataque Mikiri, você usa o botão de esquiva para parar os ataques. Cuidado com os agarrões, pois não há nenhum contra-ataque indicado para eles.

Regeneração de postura

A postura de Lobo volta mais rápido depois de um ataque quando ele está com a vida cheia do que quando ele está machucado. Essa barra aparece abaixo do personagem e se enche na cor amarela. E o mesmo vale para os inimigos. Chefes, por exemplo, podem precisar ter a postura quebrada para serem eliminados, mas se sua vida estiver baixa, eles vão levar mais tempo para isso, o que é uma vantagem. Caso você precise recuperar a sua postura, lembre-se que ela se recupera mais rápido se você estiver se defendendo. Só não fique segurando o botão de defesa enquanto estiver sendo atacado ou a postura será quebrada.

Golpes mortais podem recarregar a ressurreição

Como você bem sabe, Lobo pode ressuscitar no game. No começo, você pode fazer isso uma só vez, mas há uma segunda chance se você matar inimigos. O modo mais fácil é fazendo execuções, inclusive execuções furtivas. Há. também a estátua Bundled Jizo, que permite voltar à vida mais uma vez.

Você pode deixar o game mais difícil

Mesmo sendo um game difícil, você pode deixar mais difícil — quem assim quiser, claro. Logo cedo no game, ao vencer o Ogre Acorrentado nos arredores de Ashina, você pode deixar de enfrentar o samurai e ir para a direita para encontrar um templo amaldiçoado. Usando o ganho, você pode chegar até uma caverna. Lá, você pode pegar o Sino Demoníaco, que está no Templo Senpou, no Monte Kongo. Ao tocar o sino, você obtém este item que faz os inimigos causarem mais dano em você, ao mesmo tempo que vão dar loot melhor.

Nem todos sub-chefes bloqueiam o progresso

Este é simples. Você sabe que não é obrigado a eliminar os inimigos em Sekiro. Você pode passar por eles, até mesmo por sub-chefes. Alguns bloqueiam o caminho com uma “neblina” nas portas e você precisa vencê-los. Mas outros não exigem isso e basta passar por eles. Lembre-se apenas que fazer isso evita o ganho de XP e de outros itens.

Sub-chefes têm fragilidades

Sim, e as mesmas que inimigos normais. Então, use a furtividade e pegue eles pelas costas para tirar uma barra inteira de vida. Só que você só vai poder fazer isso uma vez.

Reconheça o ambiente ao seu redor

Um dos fatores inovadores nos games Souls Like foi a introdução da jogabilidade stealth. Como a maioria dos jogos furtivos, vale a pena passar algum tempo para escanear a área, para descobrir rotas alternativas e saber com quantos inimigos o jogador está lidando. Depois de analisar o terreno, é possível traçar estratégias de ataque, ou até de fuga. Por ter elementos stealth, o jogador pode também alcançar inimigos pelas costas, o que garante morte instantânea de certos inimigos, e a perda de uma das vidas do boss (que exigem duas para serem derrotados).

Diminuir a vitalidade do inimigo

Parece meio óbvio, mas ao contrário do que se imagina, diminuir o life do inimigo não é a única maneira de derrotá-lo. Um elemento essencial que está presente na jogabilidade, tanto nos inimigos quanto no personagem controlado pelo jogador, é a postura. Quando a postura de alguém é quebrada, o mesmo fica vulnerável a sofrer um golpe letal. A postura é diminuída quando se defende, ou quando sofre um ataque (neste caso, diminuída em maior quantidade).

Porém não é fácil abalar a postura do oponente. E isso exige que o jogador esteja a todo momento atacando o adversário, pois, se parar de sofrer ataques, a postura do inimigo volta a se estabilizar.

Pensando nisso, utilizar a velha tática de acabar com a vida do oponente pode ser o mais indicado. Inevitavelmente, é uma tática de batalha mais segura, pois não é preciso estar não perto do oponente por tanto tempo. É possível trabalhar a batalha para soltar um ou dois ataques antes de se defender ou se afastar. Gradativamente, os ataques irão reduzir a vitalidade do adversário até a morte.

Farmar nunca é demais

A árvore de habilidades em Sekiro: Shadows Die Twice é bastante peculiar nos jogos Souls Like. Em Sekiro, pontos de experiência obtidos podem ser gastos em uma variedade de habilidades, desde diferentes tipos de defesa a diferentes movimentos baseados em próteses (ferramenta de ataque do personagem principal).

E a melhor maneira de ganhar experiência e melhorar seu personagem é voltando até aquela área com poucos inimigos, onde o jogador consegue matá-los com facilidade. É de bastante utilidade passar determinado tempo matando um grupo fácil de cinco ou seis inimigos na mesma área. Assim, o jogador obtém o xp necessário para ganhar um ponto de experiência e upar as habilidades do personagem.

Não tenha vergonha de fugir

Em Sekiro, pode acontecer de o melhor ataque ser fugir (momentaneamente) de uma luta. Quando o jogador deixa uma área de batalha, ou até se esconde em um ponto cego para os inimigos, eles vão parar de persegui-lo e voltar para as suas posições originais. Essa tática é bastante útil para áreas que possuam algum mini-boss ou boss junto a outros inimigos.

Com isso, a melhor maneira de atacar é limpando um ou dois inimigos por vez, esperar que o restante perca o jogador de vista, e matar mais um ou dois, até que o mini-chefe ou chefe seja o último oponente na área de combate. Essa tática é bem mais efetiva se praticada com certo nível de furtividade.

Às vezes, o bloqueio é a melhor opção

Se o combate direto for a única opção, e não der para fugir como citado na dica acima, o bloqueio é uma importante arma de ataque. Isso mesmo, de ataque! No início do game, o jogador é instruído a aprender os elementos básicos de combate, e o bloqueio (ou parry, em inglês) é de extrema importância para a jogabilidade em Sekiro.

Três opções são muito eficazes ao bloquear ataques inimigos. A primeira e mais básica delas é somente segurar o botão de bloqueio (LB), para resistir a uma série de ataques e deixar seu inimigo cansar, para então partir para o ataque. Mas cuidado, que defender demais tira a postura do jogador, abrindo a possibilidade de o rival lançar um ataque poderoso.

A segunda é aprender a, a partir do bloqueio, desviar a ofensiva inimiga, o que dá uma abertura ampla para um contra-ataque fácil e potente. E por último, habilidades de defesa podem ser adquiridas pelos pontos de experiência, e uma delas é extremamente útil contra oponentes que atacam de lanças com investidas. A habilidade é o contra-ataque Mikiri, que permite que jogador pise na lança inimiga, gerando assim uma oportunidade de realizar um contra-ataque mortal e matar o oponente, ou tirar uma vida do boss.

O jogo tem uma área de treinamento onde é possível treinar todas as táticas de defesa e ataque, initerruptamente.

O que você perde ao morrer e como amenizar essa perda

Morrer em Dark Souls é um pesadelo. Você perde seus itens e suas almas (que são os pontos de experiência para subir de nível), sendo que é possível recuperar tudo voltando até onde você morreu e coletando a chama que fica no local onde estaria seu corpo. Em Sekiro as regras são diferentes, basicamente menos tensas.

Em Dark Souls, voltar ao local onde você morreu nem sempre é moleza. É preciso enfrentar o mesmo percurso novamente, e não pode morrer antes de chegar lá, caso contrário você perde tudo que deixou para trás. Isso cria uma tensão terrível as vezes, especialmente quando morre muito distante de um ponto de renascimento, ou em algum chefe. Em Sekiro não tem essa de voltar para recuperar os itens do corpo. Morreu, já era.

A diferença em Sekiro é que nem tudo se perde ao morrer. Morrer lhe faz perder metade da barra de experiência e metade de seu dinheiro. Não é tanto quanto pode parecer. E existem algumas dicas para contornar essa penalidade da morte. Primeiro é que existe uma mecânica que sempre lhe dá uma segunda chance: ao morrer você sempre pode renascer no mesmo local uma vez. A morte só é permanente se você morrer após já ter ressuscitado.

Morreu em um percurso até um chefe? Você pode voltar ao Ídolo do Escultor (que são como as Fogueiras de Dark Souls) e reiniciar área. Isso trará os inimigos mortos de volta a vida, mas também irá recuperar toda sua vitalidade e sua habilidade de ressuscitar. Essa segunda chance é uma flexibilidade gigantesca em relação ao que não se pode fazer em Dark Souls.

Voltar ao Ídolo só é impossível em alguns casos, como nas batalhas contra certos chefes. Aí nesse caso não tem jeito: morrer faz parte do processo para aprender seus movimentos e golpes. Para poder ver os momentos de atacar e se defender. E em situações assim você pode se precaver de perder seus pontos de experiência e o dinheiro ao tomar alguns cuidados.

Primeiro o dinheiro: é possível comprar bolsas de dinheiro que não são perdidas ao morrer. Dá para trocar 110 moedas por um saco de 100 moedas. Você perde um pouco de dinheiro nesse processo, mas ganha a garantia que esse dinheiro não será perdido ao morrer. Vendedores espalhados pelo jogo podem lhe vender estas bolsas, que são limitadas, mas o suficiente para que você sempre tenha uma reserva necessária de dinheiro. Além disso, sempre use o dinheiro para comprar itens essenciais que estes vendedores possuam. Não fique andando por aí com quantias significativas de dinheiro. Compre bolsas ou gaste a grana com coisas úteis.

Quanto a experiência, é preciso entender que não se perde experiência quando a barra da mesma se encher e se tornar um ponto de habilidade. Exatamente! Chegou perto de uma área que você acha que é um chefe e sua barra de experiência está mais de 70% cheia? Retorne a uma área mais inicial, gaste uns 10 minutos matando inimigos mais fracos e garanta esse ponto de experiência. Aí vá para o chefe com essa barra vazia. Assim você não perde nada.

Pronto, dinheiro em bolsas ou parcialmente gasto, barra de experiência vazia. Vá para o chefe e morra quantas vezes for necessário. Sem uma perda significativa. Sim, morrer demais infecta as pessoas do jogo e lhe prejudica o Auxílio Oculto – a qual não explicarei aqui -, mas depois de vencido o chefe você pode comprar um item que cura essa praga de todo mundo. Moleza.

Aumentando sua Vitalidade, Postura e Ataque

Essa dica é mais uma explicação do que uma ajuda em si. Mas nas primeiras horas de Sekiro é normal o jogador querer entender isso logo e o jogo só lhe explicar um pouco mais adiante. A experiência ganha batalhando não lhe garante mais vitalidade, postura ou melhor ataque. A experiência serve para ganhar pontos que são gastos em uma árvore de habilidades. Esta árvore contém novos movimentos, habilidade passivas e melhorias de combate, mas não lhe dá mais status nos atributos mencionados aqui.

Vitalidade e postura se consegue aumentar ao derrotar os mini chefes do jogo. Cada chefe lhe dará uma conta de oração. Ao se juntar quatro destas contas um colar é criado e isso lhe permite ir até um Ídolo e aumentar ambos os atributos. Por isso é importante batalhar contra estes mini chefes. Eles detém um item essencial para ficar mais resistente contra os inimigos mais à frente da jornada.

Nas horas iniciais de Sekiro o jogo irá lhe dar uma área inicial e uma memória do passado para explorar. Intercale sua jornada entre ambos os lugares, tentando bater ambos os mini chefes desse lugares. Isso lhe dará mais contas de oração para quando chegar aos chefes finais das respectivas áreas. E não se assuste: a área da memória é muito mais difícil que a área inicial. Não é impossível, mas é complicada.

Quanto ao poder de ataque. Este só é adquirido ao vencer os chefes de cada área do jogo. Então não é algo que você deve entrar em desespero por não estar melhorando seu ataque. Nesse sentido o jogo até que é bem balanceado. Quebrar a postura acaba sendo mais importantes do que o dano que seu ataque causa a barra de saúde dos adversários. Uma boa dica contra os chefes é adquirir o contra ataque Mikiri e depois seu upgrade da mesma árvore a qual o movimento se encontra.

Mais importante ainda, talvez sejam as sementes da Cabaça curativa. Procure encontrá-las. Assim como as próteses para seu braço. A área da memória detém algumas próteses importantes. Então não deixe para explorar essa área muito tarde no game. Vou dizer que não me envergonho de ter pesquisado no YouTube as localizações das sementes e das próteses. Perder estes itens, por não enxergá-los ao passar por tais áreas, pode realmente deixar o game mais difícil conforme for progredindo na aventura. Fora que a diversão está realmente em usar os recursos do braço e nas estratégias para quebrar a postura dos mais diferentes inimigos.

E é isso. Espero que estas dicas sejam úteis para aqueles que estão iniciando no jogo, ou até mesmo naqueles pensando em adquirir o mesmo. Sekiro: Shadows Die Twice não é tão punitivo quanto Dark Souls. Mas, não se engane, o título ainda é bem difícil e tem todo esse estilo que a FromSoftware se orgulha tanto de ter. Entretanto sua porta de entrada é bem acessível. É um jogo que qualquer um – que se dedicar – consegue progredir e se sentir recompensado após desafios que realmente testam sua agilidade e destreza.

Referências:

Portallos, Arena Xbox, Br Ing, Uol, Eurogamer, Wikipedia.

World of Warcraft

World of Warcraft (também conhecido pelo acrônimo WoW) é um jogo on-line do gênero MMORPG, desenvolvido e distribuído pela produtora Blizzard Entertainment e lançado em 2004. O jogo se passa no mundo fantástico de Azeroth, introduzido no primeiro jogo da série, Warcraft: Orcs & Humans, lançado em 1994.

É considerado o mais popular MMORPG de todo o mundo, tendo chegado a ter 11 milhões de jogadores ativos no ano de 2010. Em 2016, contava com 5 milhões de jogadores regulares.

Joga-se com um programa cliente ligado a uma rede de servidores. Existem servidores para atender Estados Unidos, Oceania, Europa, Rússia, China, Coreia do Sul, Taiwan, Sudeste Asiático, Brasil e América Latina. O acesso aos servidores requer uma chave original e é pago mensalmente, mediante assinatura com dinheiro real ou com ouro conquistado dentro do jogo. A partir de julho de 2011, o jogo também passou a ser distribuído sem custos por meio da versão Starter Edition, que pemite ao jogador ir até o nível 20 de personagem dentro do jogo.

A Criação do Herói

Ao entrar no jogo pela primeira vez, você precisa criar um personagem. Ele será seu avatar no mundo de World of Warcraft. Primeiro você deve escolher uma raça (que determina a aparência do seu personagem) e então uma classe (que determina o que o seu personagem pode fazer).

Qualquer que seja sua espécie, é possível escolher entre personagens masculinos ou femininos, e então determinar qual será sua classe entre as opções disponíveis para cada herói. Bruxos, magos e druidas são mais indicados para os jogadores que curtem utilizar bastante magia, enquanto Guerreiros são a opção padrão para embates de curta distância.

A Barra de Ações

Para que seu personagem faça coisas legais, você precisa usar a Barra de Ações, na parte inferior da tela. Cada espaço da barra padrão corresponde a uma tecla. Para ativar uma habilidade, pressione o botão correspondente no teclado. Simples!

O Grimório

O Grimório ajuda você a controlar suas habilidades. Acesse seu grimório pressionando a tecla P. Agora você pode ver todos os feitiços e habilidades do personagem e arrastar habilidades do Grimório para a barra de ações para facilitar o acesso. 

Tipos de Recursos

Usar habilidades tem um custo para o seu personagem. No jogo, isso se reflete no fato de que as habilidades gastam o recurso que seu personagem tem para usar com feitiços e habilidades. Entender bem o recurso específico do personagem e saber como conduzir os ataques é o que distingue veteranos de novatos. Por exemplo, Magos têm um recurso chamado Mana. Cada feitiço que lançam custa Mana, e, quando o recurso acaba, o Mago tem que esperar até que ele seja reabastecido. Ladinos usam energia em vez de mana. Energia é restaurada rapidamente, mas também se gasta depressa, o que dá ao combate dos ladinos um ritmo todo próprio. Guerreiros usam raiva para energizar ataques especiais. A raiva aumenta à medida que o guerreiro causa e recebe dano, e algumas habilidades de guerreiro geram mana em vez de consumir. Experimente classes diferentes para se acostumar com os tipos de recursos!

Iniciando Missões

Ao entrar no mundo, você encontrará outros personagens com um “!” amarelo em cima da cabeça. Sempre que vir um personagem assim, significa que ele precisa da sua ajuda com uma missão! Fale com ele clicando com o botão direito no personagem. Ele oferecerá uma ou mais missões no diálogo de missões. Se você clicar em Aceitar, a missão será acrescentada ao Registro de Missões do seu personagem.

Rastreamento de Missões: Você tem uma novo amigo de infância. O nome dele é M, e ele é a tecla que você pressiona para fazer surgir o mapa. Suas missões ativas serão destacadas no mapa; se você clicar em um dos destaques, ela ficará marcada no minimapa. Isso significa que você verá uma bússola apontando para o objetivo mais próximo E as regiões relevantes para sua missão ficarão em destaque. Muito conveniente!

Entregando Missões: Depois de completar todos os objetivos da missão, você deverá entregá-la e coletar sua recompensa. Veja a descrição da missão no Registro de Missões quando for entregá-la. Muitas vezes você terá que falar de novo com o personagem que lhe deu a missão, mas algumas exigem que você viaje para terras remotas e viva novas aventuras.

Como chegar ao seu destino

Você vai notar que, quando o nível do seu personagem chegar ali na “adolescência”, as missões vão começar a mandar você para lugares completamente novos. Com tanta viagem prum lado e pro outro, conhecer Azeroth como a palma da mão vai economizar bastante tempo.

Usando o mapa: Seu mapa é muito útil nas missões, mas também é uma mão na roda para a orientação em geral. Sempre que se perder e não souber para onde ir, pressione M para ver a sua localização. Você pode encolher a janela do mapa para mantê-la aberta enquanto se anda por aí. Bem útil! 

Pedras de Regresso: Cada personagem começa sua aventura com uma Pedra de Regresso no inventário. Use-a para se teleportar de volta para a base de operações. Onde é que fica sua base? Bom, se você estiver em uma cidade com uma estalagem, fale com o estalajadeiro. Ele pode definir a sua posição como base para que, da próxima vez que usar a Pedra de Regresso, você volte para lá.

Rotas de Voo: Não há melhor maneira de viajar que pelos ares. Os maiores povoados são ligados por uma grande rede de rotas de voo. Tudo o que você precisa fazer para se deslocar entre dois lugares conectados pela mesma rota de voo é falar com um Mestre de Voo e selecionar seu destino. Por um pequeno preço, ele permitirá que você voe aonde desejar.

Segue o barco: Se você pretende viajar entre continentes, não há nada melhor que ir de navio. A Aliança oferece passagens regulares para portos em Kalimdor, Azeroth e Nortúndria.

Zepelins goblínicos: Zepelins Goblínicos conectam algumas cidades da Horda da mesma maneira que os barcos. A vista é mais bonita, mas não é recomendável sair do zepelim antes de ele atracar em segurança no terminal (a não ser que você esteja de paraquedas, claro).

Portais: Portais são a melhor maneira de ir do ponto A ao ponto B. Ah, não precisa ter medo. É só um punhado de energia arcana rasgando o tecido do espaço-tempo e da própria realidade para economizar umas horas de viagem. O que poderia dar errado? Magos e engenheiros podem aprender a criar portais para locais específicos, e algumas cidades também são conectadas por portais.

Localizador de Masmorras

No nível 15, você ganha acesso ao Localizador de Masmorras, que permite entrar na fila para a masmorra de sua escolha. O Localizador de Masmorras reúne você e outros jogadores na fila para a mesma masmorra, forma um grupo e manda vocês para lá. Não existe maneira mais rápida de encontrar um grupo de masmorra que com o Localizador.

Elites e Chefes

Os monstros nas masmorras são mais resistentes do que os bichos que você encontra por aí. É preciso trabalhar em equipe para matá-los, então vá com uma. Você também encontrará chefes nas masmorras. Esses monstros são MUITO mais fortes e costumam exigir estratégia para serem derrotados (por acaso, esses monstros também deixam os melhores tesouros).

Regras da Masmorra

Eis algumas regras simples para ter sucesso numa masmorra.

Verificação de missões: Certifique-se de que todos tenham as missões certas e compartilhe as missões quando necessário.

Chamada de funções: Todos precisam estar cientes de suas funções (ver anotação sobre funções acima). Se você não souber o que deve fazer, pergunte.

Tanques: Espera-se que você inicie os combates. O ideal é que ninguém ataque os monstros antes de você.

Curadores: Avise ao Tanque quando você precisar sair de combate para recuperar mana.

Causadores de Dano:  Espere os Tanques começarem o combate antes de atacar.

Mantenha a calma: Masmorras podem ser difíceis. Se todos em um grupo morrerem (o que chamamos de derrota ou “wipe”), não se culpe (e, mais importante, também não culpe os colegas). Erros acontecem. Basta ressuscitar e tentar de novo.

Jogador x Jogador