EarthBound

EarthBound, ou Mother 2 (como é chamado no Japão), é um jogo eletrônico de RPG. Foi co-desenvolvido pela Ape e Hal Laboratory, sendo publicado pela Nintendo. O jogo é o segundo título da série Mother. Foi lançado no Japão em Agosto de 1994 para SNES. Posteriormente, em 1995, chegou na América do Norte. O jogo gira em torno de Ness (o protagonista da série), que juntamente com seus amigos, precisam viajar pelo mundo para coletar melodias de 8 Santuários e dessa forma, conseguir derrotar Giygas, a “representação de todo o mau do mundo”

História

201008 EarthBound 1hit games

EarthBound se passa no ano de 199X, logo após os eventos de Mother. Ness, o protagonista da série, investiga a queda de um meteorito que cai próximo a sua casa. Ele, juntamente com seu vizinho Pokey precisam encontrar Picky, o irmão de Pokey. Em meio a investigação, eles descobrem que uma força alienígena, chamada Giygas envolveu e consumiu o mundo com ódio, e consequentemente transformou seres humanos, animais e objetos em criaturas maliciosas.

Objetivo

201008 EarthBound 1hit games

Um inseto do futuro, parecido com uma abelha, veio junto com o meteoro. Ele instrui Ness para que ele colete melodias da Pedra do som de 8 Santuários, e assim, conseguir parar essa força maligna. Em visita aos 8 Santuários, Ness conhece Paula (uma garota psíquica), Jeff (um inventor excêntrico) e Poo (um artista marcial), formando assim, um grupo. O Grupo sai em grandes aventuras pelo mundo. Armadilhas, batalhas e viagens no tempo. Por fim, descobre-se que Pokey, o vizinho de Ness, estava ajudando Giygas todo esse tempo. Pokey escondia um dispositivo onde estava armazenado Giygas. Pokey o libera, assim, forçando o grupo a Lutar contra a força do mau. Nas cenas pós créditos, Ness que está vivendo uma vida normal, após a derrota de Giygas, recebe um bilhete de Pokey (que ficou desaparecido). O bilhete desafia o herói ir procura-lo.

Jogabilidade

201008 EarthBound 1hit games

O jogo apresenta algumas características tradicionais dos jogos de RPG. O jogador controla um grupo de personagens que viajam pelo mundo bidimensional do jogo, composto por vilas, cavernas, masmorras. Os personagens batalham com diversos inimigos e dessa forma, recebem pontos de experiências pelas vitórias.

Subindo de nível

201008 EarthBound 1hit games

Quando alcançado o número de pontos de experiência necessários, o personagem sobe de nível. Isso faz com que os atributos do personagem aumentem, e assim, fiquem cada vez mais fortes. Os atributos são; ataques, defesas, pontos máximos de vida (HP) e pontos psíquicos (PP).

Algumas Diferenças

201008 EarthBound 1hit games

Diferente da maioria dos jogos de RPG da época, onde usa-se uma tela de mapa do mundo superior, o mundo de EarthBound é contínuo, em outras palavras, sem diferenciação entre as cidades e o mundo exterior. Outra diferença, é que o jogo usa projeção oblíqua, ao contrário da maioria dos RPGs 2D, que usa visão de cima para baixo em grade ou perspectiva isométrica.

Mecanismo de batalha

201008 EarthBound 1hit games

Ao contrário do seu antecessor, EarthBound usa encontros aleatórios. Quando ocorre o contato entre o personagem e um inimigo, uma tela especial de batalha aparece. Os personagens e os inimigos possuem uma quantidade X de pontos de vida. A medida que, vão recebendo golpes, esses pontos de vida vão diminuindo. Sendo assim, quando os pontos de vida se esgotam, o personagem perde a batalha. Alguns inimigos em específico, quando derrotados, faz como que o personagem ganhe itens.

Ações

201008 EarthBound 1hit games

Na batalha, o jogador pode escolher ações específicas para seus personagens. Essas ações incluem ataques, cura, espionagem (que revela fraquezas e forças do inimigo), espelhamento e fugir. Os personagens também podem usar ataques especiais que requerem PP. Quando o personagem recebe um comendo, eles excutam as ações em uma ordem definida, que variam de acordo com a velocidade de cada personagem. Conforme o HP do personagem abaixa, o jogador poderá usar a cura, se não o fizer, e o HP zerar, o personagem ficará inconsciente. Quando todos personagens ficam inconscientes, uma tela de continue surgirá e você poderá voltar ao jogo.

Vantagens táticas

201008 EarthBound 1hit games

Como as batalhas dos jogos não são aleatórias, o jogador poderá obter vantagens táticas. Por exemplo, se o jogador contatar um inimigo por trás, o jogador receberá prioridade no primeiro ataque. É válido para o inimigo também. Se ele contatar o personagem pelas costas, ele terá prioridade no primeiro ataque. Ao contrário dos outros RPG, ao ser derrotado, os inimigos não são mortos, e sim domesticados, com exceção do Giygas.

Dinheiro

201008 EarthBound 1hit games

No decorrer do jogo, a medida que o grupo vence uma batalha, o pai do Ness, deposita dinheiro em sua conta. Cada vez que o grupo vence uma batalha, o pai de Ness deposita dinheiro em uma conta que pode ser sacada em caixas eletrônicos. Nas cidades, os jogadores podem visitar várias lojas onde armas, armaduras e itens podem ser comprados. Armas e armaduras podem ser equipadas para aumentar a força e a defesa do personagem, respectivamente. Além disso, os itens podem ser usados ​​para vários fins, como cura. As cidades também contêm várias outras instalações úteis, como hospitais onde os jogadores podem ser curados mediante o pagamento de uma taxa

Recepção

201008 EarthBound 1hit games

A princípio, Os críticos iniciais deram poucos elogios ao EarthBound nos Estados Unidos, onde vendeu metade das cópias do Japão. Os críticos atribuíram isso a uma combinação de seus gráficos simples, bem como uma campanha de marketing satírica e falta de interesse do mercado no gênero. No entanto, nos anos seguintes, uma comunidade de fãs dedicadas se espalhou, defendendo o reconhecimento da série. Começando com a primeira parcela em 1999, Ness tem aparecido como um personagem jogável em cada entrada do Super Smash Bros serie, que ajudou a popularizar EarthBound . Na década de 2000, o jogo tornou-se “sagrado” entre os conhecedores dos jogos”. Por fim, com várias pesquisas de leitores e críticos classificam-o como um dos melhores jogos de todos os tempos.. Seguiu-se a sequência Mother 3 apenas no Japão para o Game Boy Advance em 2006.

Jogos e música (curiosidades)

201008 EarthBound 1hit games

Shigesato Itoi, diretor e designer da série, é um grande fã dos Beatles. Com isso, o jogo possui pequenas referências com relação a uma das maiores bandas de todos os tempos. Depois de dormir em um hotel, é possível escutar as primeiras notas de “Good Morning, Good Morning”. Quando Ness sai de casa, para verificar o Meteoro que caiu, a percussão remete a Strawberry Fields Forever”.  Além das referências com as músicas, o submarino amarelo como meio de transporte é uma referência direta ao Yellow submarine da banda.

Referências:

Wikipedia, Nintendo Blast.

Paper Mario: The Origami King

Paper Mario: The Origami King (ペーパーマリオ オリガミキング Pēpā Mario: Origami Kingu?) é um jogo eletrônico de RPG desenvolvido pela Intelligent Systems e publicado pela Nintendo. É o sexto título da série Paper Mario e foi lançado em 17 de julho de 2020, exclusivamente para Nintendo Switch, como aniversário de 20 anos da série Paper Mario.

Fique de olho nos movimentos do inimigo para vencer em combate 

Paper Mario: The Origami King apresenta um novo sistema de batalha, que se parece muito com um alvo de dardos interativo. Antes que você possa atacar um inimigo, o primeiro estágio de uma batalha verá você ter que reorganizar seus inimigos para colocá-los na melhor formação para você causar danos graves. Você está mirando em uma linha de quatro inimigos para poder pisoteá-los com suas botas ou uma pilha de 2×2 para os derradeiros golpes de martelo. 

Mas, aqui vai uma dica. Antes que os inimigos se embaralhem para você, eles estarão na posição correta. Preste atenção na forma como eles se movem, pois então é só você inverter seus movimentos girando ou deslizando os segmentos. Isso é particularmente útil quando as coisas ficam muito mais complicadas.  

Não tenha medo de pedir aos Sapos para torcer por você para ajudá-lo a vencer uma luta

Se você está lutando para arranjar inimigos durante uma luta, nunca tenha medo de pedir ajuda aos Sapos. Como parte de sua tentativa de novo reinado, o Rei Olly fez o possível para esconder todos os Sapos. Você os encontrará transformados em várias criaturas de origami, como insetos ou peixes, ou escondidos em buracos ou entre livros, entre outros lugares, portanto, mantenha os olhos abertos. Quanto mais você se liberta conforme avança pelo Mushroom Kingdom, mais eles poderão ajudá-lo na batalha.

Você pode pedir a ajuda deles na batalha pressionando Y durante a seção de organização. Quanto mais tempo você pressiona Y, mais dinheiro você gasta chamando os Toads para obter ajuda. A ajuda deles vem de várias formas, desde mover inimigos em melhores posições, ou curar você, até simplesmente espalhar vários itens no campo de batalha para causar um pouco de dano aos seus inimigos. Pague até que o número fique dourado para a ajuda do estágio 1 ou continue até que fique vermelho para obter o máximo de assistência. 

Lembre-se de reabastecer seu arsenal entre os mundos ou quando as armas quebrarem

Tal como acontece com as entradas da série Paper Mario anteriores, você começará com duas armas básicas na forma de suas botas e martelo. Felizmente, eles são inquebráveis, mas não serão tão eficazes contra inimigos mais resistentes. Conforme você avança no jogo, você terá acesso a armas cada vez mais poderosas, como botas de ferro para atacar inimigos com espinhos ou martelos reluzentes que causam mais danos. No entanto, essas armas vão quebrar, então certifique-se de que você tem bastante no bolso para mantê-lo em cada seção do mundo do jogo. 

Você pode reabastecer seu arsenal nas várias lojas de armas espalhadas pelo mundo, e você também as encontrará escondidas! blocos, entre outros locais escondidos. Lembre-se também de adicionar novas armas e substituir as quebradas em seu arsenal para usar na batalha. Você pode fazer isso pressionando + para acessar o menu e, em seguida, selecionando as armas. Lá você verá todas as armas que estão equipadas e as que não estão, tornando super fácil de gerenciar seu arsenal.

Descanse em bancos regularmente para melhorar sua saúde 

Junto com suas armas, você também vai querer ficar de olho na saúde de Mario. Seu nível de saúde é constante, o que significa que qualquer dano que você sofrer na batalha ou ao navegar pelo mundo, será mantido. Você pode melhorar sua saúde comprando e comendo cogumelos ou animando os sapos na batalha, mas enquanto estiver no mundo, mantenha os olhos abertos para um banco. Estes pequenos espaços de paz não só permitem que você descanse e converse um pouco com Olivia, mas também recarregue sua saúde de graça quando quiser.  

Acerte tudo com seu martelo para não perder nenhum item escondido 

Enquanto você está vagando por aí em Paper Mario: The Origami King, tentando desfraldar as serpentinas que prendem o castelo de Peach como refém, certifique-se de acertar em tudo que puder com seu martelo. Estou falando de árvores, personagens, flores, arbustos, objetos inanimados, estranhos buracos redondos … tudo. Não é apenas uma ótima maneira de estocar moedas, mas você também descobrirá que há sapos escondidos em qualquer lugar. Quanto mais você quebra as coisas, mais recompensas encontrará à espreita em cada canto e fenda. 

Compre novos acessórios assim que puder para aumentar as habilidades de Mario 

Se você está procurando descobrir todos os segredos que o mundo de Paper Mario: The Origami King tem a oferecer, compre todos os novos acessórios que estiverem disponíveis o mais rápido possível. Eles são muito caros (é por isso que esmagar tudo que você pode com todas as moedas é muito útil), mas eles desbloquearão uma infinidade de atualizações úteis para usar na exploração, bem como na batalha. 

Eles variam de um conjunto de sinos que você pode equipar para alertá-lo sobre sapos escondidos nas proximidades ou! blocos, a uma variedade de bônus de batalha que, por exemplo, aumentam sua saúde em batalha, reduzem a quantidade de dano que você recebe ou simplesmente dão a você mais tempo para organizar os inimigos. Muito prático para ter no bolso. 

Ouça os anúncios tannoy para aprender sobre novos equipamentos

Com folga, quaisquer novos acessórios ou outras atualizações muito úteis para os vários fornecedores serão sempre anunciados através do sistema de tanques do jogo. Fique atento aos anúncios, que vêm com um som Doo Daa Dee Daa muito distinto e um banner azul no canto superior direito da tela. 

Lembre-se: você não será capaz de completar um mundo imediatamente

Às vezes, Paper Mario: The Origami King não sabe que gênero é. Estratégia para batalhas, ação-aventura para narrativa e exploração, com um pouco de metroidvania adicionada para uma boa medida. Vale a pena ter em mente que se você está procurando 100% de uma área, pode não ter as ferramentas ou habilidades para descobrir tudo que uma área tem a oferecer em uma primeira passagem.  

Fique atento aos cenários para encontrar segredos

As áreas de Paper Mario: The Origami King escondem inúmeros itens, como blocos de interrogação invisíveis, dinheiro e Toads. Boa parte destas coisas ficam em locais nada óbvios, e algumas delas só são reveladas depois de resolver pequenos enigmas. Confira algumas estratégias para encontrar os segredos:

Objetos no chão podem indicar possíveis locais com blocos de itens ocultos. Experimente pular em trechos com padrões no solo ou bata em buracos e desenhos com o martelo;

O martelo é capaz de abrir gavetas e mover obstáculos, o que permite alcançar novos locais. Sendo assim, acerte tudo que for suspeito;

Às vezes baús e outros itens aparecem em locais supostamente inalcançáveis. Normalmente há alguma  maneira de chegar até eles nas redondezas. Sendo assim, preste atenção em locais obscurecidos pela câmera para encontrar caminhos ocultos;

Os inimigos e objetos dos cenários podem esconder círculos mágicos de ativação da técnica 1,000-Fold Arms, o que, em alguns casos, permite encontrar itens ou passagens secretas. Tentou encontrar um caminho para um objeto e não conseguiu? Experimente derrotar inimigos ou bater em coisas próximas;

Avisos aparecerão quando todos os segredos de determinada categoria daquela área forem encontrados. Também é possível ver as porcentagens de completude no menu.

Sempre tenha confete

Muitas partes dos cenários de Paper Mario: The Origami King apresentam buracos ou estruturas incompletas que impedem o avanço ou escondem segredos. Para arrumá-los, Mario utiliza confete, que pode ser obtido de objetos (como árvores) ou de inimigos derrotados. Lembre-se de manter o medidor deste item próximo do máximo, pois isso facilitará a exploração e diminuirá a necessidade de voltar em locais anteriormente visitados. Um detalhe importante é que o confete só é consumido quando ele é utilizado próximo de estruturas que podem ser consertadas.

Salve todos os Toads

Uma das maldades de King Olly foi atacar os simpáticos Toads. Alguns deles foram dobrados em diferentes origamis, já outros foram presos pelos cenários em formas diversas (amassados, enrolados, grudados em paredes e mais). Mario, naturalmente, quer salvar todos os Toads que encontra pelo caminho.

Os Toads estão em todos os cantos e assumem diferentes formas. Viu uma borboleta estranha? Alguma coisa enrolada dentro de um buraco? Um desenho diferente em uma janela? Um pato de origami na água? Tudo isso são Toads disfarçados. A maioria exige uma batida de martelo para voltar ao normal, outros precisam ser puxados, já alguns só podem ser libertados após resolver algum enigma. Não se esqueça de olhar em lugares não óbvios, como atrás de placas ou em cima de árvores.

Salvar os habitantes do Reino dos Cogumelos tem inúmeras funções úteis pelo jogo. Certos Toads abrem lojas pelo mundo, alguns dão itens valiosos (como corações que aumentam a vida máxima de Mario), já outros cedem alguma informação (ou falam alguma coisa divertida). Além disso, eles podem ajudar no combate (ao custo de algumas moedas). Por fim, os Toads resgatados dão pontos que podem ser utilizados para desbloquear conteúdo no museu.

Compre o Toad Alert assim que possível

O Toad Alert é um sino que soa quando um Toad está por perto, o que facilita bastante na busca pelos habitantes dobrados, principalmente aqueles escondidos em locais nada usuais. Este acessório pode ser adquirido na lojinha na frente do templo do Earth Vellumental, mas é necessário primeiro salvar um Toad dentro da caverna do templo.

Não tenha receio de gastar dinheiro

Em The Origami King, as moedas têm diversos usos. Além de serem utilizadas como pagamento para comprar itens ou adquirir informações, elas também podem ser gastas no combate para pedir ajuda aos Toads ou aumentar o tempo de resolução dos puzzles.

Acontece que as moedas são abundantes no jogo e podem ser encontradas em grandes quantidades pelos cenários ou ao vencer batalhas em um único turno. Sendo assim, sempre que possível, compre vários itens de recuperação e armas. No combate, use o dinheiro quando necessário — nas batalhas contra os chefes, em especial, as moedas serão valiosas para deixar as coisas um pouco mais fáceis.

Domine os puzzles do combate

Durante o combate em The Origami King, Mario é cercado por todos os lados e precisa manipular elementos da arena para agrupar inimigos. O foco dos embates é resolver o puzzle de posicionamento: colocar os oponentes nos locais corretos aumenta o ataque do encanador, e vencer em um único turno garante mais recompensas. As batalhas são bem simples no começo da aventura, mas ficam progressivamente mais complicadas. Confira algumas estratégias para dominá-las:

No começo do combate, verifique quantos movimentos estão à disposição para poder pensar na solução do puzzle. Todos os enigmas podem ser resolvidos, logo tente movimentos diferentes (como mudar os inimigos de raia ao invés de girar um anel) caso a primeira abordagem não dê certo;

É possível desfazer qualquer movimento ao apertar B, o que permite corrigir erros ou testar opções. Só tome cuidado: o turno avança automaticamente quando você executa a última ação disponível;

Na hora de resolver os puzzles, tente agrupar inimigos por tipo (uma linha de Goombas ou um grupo de Koopas, por exemplo) para encontrar a possível solução. Outra opção é se concentrar em juntar aqueles com um balão vermelho em cima da cabeça, pois eles indicam a provável resposta — estes são mais perigosos, pois farão algum ataque mais forte a seguir;

Em algumas batalhas os inimigos começam o embate alinhados e depois se movimentam, o que revela a solução do puzzle. Essa dica vale mais para o início da aventura, pois a partir do segundo mundo os oponentes já começam o combate em posições diferentes;

Não está conseguindo resolver o puzzle? Gaste dinheiro para conseguir ajuda. Ao segurar o botão + é possível comprar mais tempo para pensar na solução do enigma. Já o botão Y pede auxílio aos Toads, e quanto mais moedas doadas, melhores os efeitos — com altas quantias eles resolvem completamente o puzzle e ainda jogam itens para Mario;

Sempre tenha diferentes armas e itens de ataque, como Iron Boots, pois certos inimigos só podem ser derrotados com armamentos específicos. Fique de olho também na durabilidade dos equipamentos: uma faixa vermelha no ícone indica que o item está novo, já um X cinza significa que ele logo quebrará. As armas podem ser equipadas durante o combate, basta apertar + na hora de agir. 

Detone tudo nas batalhas contra os chefes

Já nos embates contra os imensos chefes, as mecânicas mudam. O mestre fica no centro da arena e Mario precisa manipular painéis no chão para andar e agir, e é essencial fazer as ações corretas para explorar as fraquezas dos oponentes. Confira detalhes importantes para dominar essas batalhas:

Sempre comece cada turno movendo uma seta para perto de Mario, caso contrário ele não sai do lugar e não faz nada;

Cuidado com painéis de ação (um círculo com uma luva), pois Mario para completamente ao chegar neste espaço. Caso esteja muito distante do chefe, o encanador não consegue atacar;

Um dos itens presentes nas arenas durante as batalhas contra chefes são envelopes com um desenho de interrogação. Estes objetos dão dicas de pontos fracos dos grandes monstros, logo é importante coletá-los para montar melhor a estratégia;

Você não necessariamente precisa atacar em todos os turnos. Caso necessário, gaste um turno para coletar corações e recupere sua vida ou então use uma ação para utilizar itens;

Dois painéis dão vantagens temporárias: o +1 azul dá uma ação adicional, já o x2 vermelho aumenta o dano em 50%. Tente colocá-los no caminho de Mario sempre que possível, lembrando que é necessário terminar o caminho em um painel de ataque para utilizar seus efeitos;

Lembre-se de ligar os círculos mágicos ao passar por cima do painel ON. Estes espaços permitem usar técnicas especiais, como 1,000-Fold Arms;

Assim como nos combates normais, o dinheiro pode ser utilizado para obter mais tempo ou ajuda. O auxílio dos Toads é um pouco diferente nas batalhas contra os chefes: eles marcam o caminho que Mario fará, o que facilita visualizar a rota. Não tenha receio algum em gastar moedas, elas serão muito úteis, especialmente para comprar mais segundos — às vezes é difícil montar o caminho no tempo padrão disponibilizado.

Dicas básicas de luta

Acerte-os primeiro! Antes de iniciar as batalhas, sempre tente pular ou martelar o soldado de origami para obter um acerto bônus no início da batalha.

Duplique as armas! Todas as armas, exceto as botas normais e o martelo, quebram após vários usos. É sempre uma boa ideia manter um par extra de botas de ferro para lidar com os inimigos com espinhos!

Laboratório de batalha. Depois de desbloqueá-lo, o laboratório Toad Town Battle terá vários dispositivos que ajudam na batalha e eles são gratuitos para usar! Confira nosso guia de Picnic Road para saber onde resgatar o operador do Battle Lab. Saiba mais sobre o Battle Lab clicando aqui.

Accessorize! Certos acessórios também podem ajudar na batalha. Você deve equipá-los entre as batalhas. Há uma variedade de acessórios que podem ajudá-lo, aumentando seu HP, reduzindo os danos ou dando-lhe tempo extra para organizar os inimigos durante a fase de movimento.

Dicas para a fase de movimento

A esquina é a pedra angular . Sempre olhe para o canto superior direito da tela para ver quanto tempo você tem e quantos movimentos você pode fazer.

Tempo é dinheiro. Pressionar e segurar o botão + permite que você use suas moedas para ganhar mais tempo! A cada 10 moedas, você ganha um segundo extra no relógio. Você pode fazer isso várias vezes por batalha, desde que tenha moedas para isso.

Veja de uma nova perspectiva . Se você estiver tendo problemas para ver onde um certo inimigo está parado, pressione o R-stick para alternar uma visão aérea do campo de batalha.

Use o Toads para ajudá-lo! Durante a fase de movimento, pressione e segure o botão Y para pagar os sapos para torcer por você. Os sapos podem fazer uma variedade de coisas, como curar o Mario, causar danos aos inimigos, simplificar a colocação dos inimigos e dar itens ou mesmo armas ao Mario. Você pode usar a torcida apenas uma vez por rodada. Quanto mais moedas você usa, maior o impacto que elas terão. A borda ao redor da contagem de moedas acenderá de amarelo – vermelho – roxo. O roxo só é alcançado com a quantidade máxima de elogios de 999 moedas. Essa torcida pode resolver o quebra-cabeça e até mesmo lhe dar armas.

Time Plus. Este acessório dá a você mais tempo para organizar os inimigos durante a fase de movimento.

Dispositivos do Battle Lab . Conforme você avança no jogo, você desbloqueará o Time Extender e o Puzzle Solver do Battle lab. Para usá-los, você deve ativá-los no menu Configurações.

Treine seu cérebro. Use a máquina de treinamento de anel no Battle Lab para jogar vários desafios de quebra-cabeça de anel sem se machucar por ataques inimigos. Ao cumprir todos os desafios, você ganha um troféu!

Dicas para a fase de ação

Não tenha pressa . Ao contrário da fase de movimento, a fase de ação não tem um limite de tempo.

Quantas ações? Olhe para o lado esquerdo da tela para ver quantas ações você tem disponíveis para esta rodada.

Escolha o seu alvo. Conforme você rola para selecionar uma arma, o jogo geralmente define como alvo automático a linha de inimigos que corresponde àquela arma. Isso é bom, mas quando há várias escalações e inimigos mais fortes, você pode querer escolher um alvo diferente para atacar. Use esquerda / direita no L-stick para escolher qual seção do anel você deseja atacar. O alcance da arma é mostrado em vermelho abaixo dos inimigos.

Guarde suas armas. À medida que avança no jogo, você sabe quantos golpes podem ser necessários para derrotar um determinado inimigo. Se suas botas / martelo normais podem fazer o trabalho, sempre use-os sobre os consumíveis. Se um inimigo sobreviver ao primeiro ataque de seu Martelo Brilhante, provavelmente não terá muita saúde. Para o segundo ataque, use seu martelo normal para conservar o brilhante.

Tempo é tudo. Ao atacar, pressionar A no momento imediatamente antes do ataque lhe dará uma notificação Excelente, que aumenta o dano que você causa. Para as botas, pressione A enquanto Mario está pulando de um inimigo – como você faria se estivesse jogando um jogo de plataforma. Para os Martelos, espere até que o centro brilhante do círculo apareça para obter um golpe Excelente. Use o equipamento do Battle Lab para ajudá-lo a trabalhar no seu tempo! Na verdade, é muito útil!

Equipe armas em batalha . Embora os acessórios precisem ser equipados fora das batalhas, suas armas podem ser equipadas durante a fase de ação pressionando +. Isso não conta como uma ação, portanto, se uma arma quebrar, basta pressionar + para equipar uma nova.

Os itens são úteis. Durante a fase de ação, você pode escolher se deseja usar uma arma ou pressionar L / R para selecionar um item. Os itens de ataque funcionam de forma semelhante às suas armas. A maioria age como Boots (Fire Flower) ou Hammer (Tail). Alguns itens, como o Bloco POW, atingirão todos os inimigos no campo de batalha.

Tudo bem para curar . Lembre-se de que você pode usar itens de cura, como cogumelos, como uma ação em vez de atacar.

Dicas de batalha de chefe

Paper Mario: The Origami King

Comece com o pé direito . Para o anel externo, você sempre precisará de uma seta ao lado de Mario. A seta pode apontar para qualquer uma das três direções (sentido horário, anti-horário, em direção ao centro). Mario continuará viajando nessa direção até encontrar outra seta (ou determinados ícones de ação).

Ligue a magia. Caminhar sobre um ícone LIGADO ativa todos os Círculos Mágicos no campo de batalha. Os Círculos Mágicos permanecerão ativados entre as rodadas se nenhum Círculo Mágico foi usado na rodada atual. Assim que um Círculo Mágico for usado, todos os Círculos Mágicos serão desativados e você terá que usar outro ícone LIGADO para ativá-los novamente.

A ação interrompe o movimento. Quando Mario pousa em um ícone de ação, ele pára seu movimento.

Pegue coisas. Os baús fazem mais moedas, corações, buffs, etc. aparecerem nos anéis. Infelizmente, é aleatório e, como você já programou seu movimento antes de abrir o baú, nem sempre é útil. As notas dão dicas sobre como derrotar o chefe, mas você já está neste wiki, então, em vez disso.

Obtenha buff. Caminhar sobre um ícone + azul adicionará uma ação adicional para Mario neste turno. Andar sobre um ícone x2 vermelho dobra o dano do ataque de Mario. Esses buffs estão em vigor apenas para a rodada atual. Eles só são eficazes quando Mario termina seu turno em um ícone de ação normal. Se Mario terminar o turno em um Círculo Mágico, os buffs não terão efeito.

Deixe os sapos aplaudirem. Você ainda pode pagar Toads to Cheer durante Boss Battles. Eles curam Mario e também podem gerar novos ícones no anel.

Confira o exemplo na imagem abaixo para ter uma ideia de como a mecânica do chefe funciona.

Mario pisa no local do anel externo imediatamente à sua frente. Esse local tem uma seta apontando no sentido anti-horário. Isso faz com que Mario caminhe no sentido anti-horário e o mantém no anel externo.

Conforme ele se move no sentido anti-horário, Mario passará por um ícone azul +1. Este ícone adiciona uma ação extra (ataque ou uso de item) para Mario usar neste turno.

Depois de passar sobre o ícone +1, Mario continuará caminhando no sentido anti-horário até alcançar a seta apontando para o centro. Isso faz com que Mario mude de direção e caminhe em direção ao centro do ringue.

Conforme ele se move em direção ao centro, ele passa por um ícone x2 vermelho. Este ícone multiplica a força do ataque pelo número mostrado (x2 neste caso).

Depois de passar pelo Ícone x2, Mario passa pelo Coração, que o cura imediatamente.

Mario termina seu movimento no ícone de ação próximo à perna do chefe. Agora ele pode escolher seu martelo para atacá-lo. Seu ataque terá um aumento de x2 e Mario terá outra oportunidade de atacar porque ele pegou o ícone +1 durante este turno.

Você pode fazer o movimento tão simples quanto você gostaria – como mostrado na imagem abaixo. Aqui, Mario caminha até a seta apontando para o centro e continua caminhando para o centro até chegar ao Ícone de Ataque na frente da cabeça, que o permite atacar a cabeça.

Referências:

Games Radar, Nintendo Blast, ING, wikipedia.

Comente abaixo sobre sua experiência em Paper Mario: The Origami King!

Roblox

Roblox (anteriormente estilizado como ROBLOX) é um MMORPG e MMOSG baseado em mundo aberto, multiplataforma e simulação do multiverso, que permite jogadores criarem seus próprios mundos virtuais (places) e projetar seus próprios jogos dentro da plataforma digital.

Roblox possui mais de 500.000 criadores de jogos e 100 milhões de jogadores ativos mensais, os quais já registraram mais de 300 milhões de horas de jogo. O grupo de desenvolvimento do jogo, a Roblox Corporation, emprega mais de 200 pessoas em Califórnia.

No entanto, em 2019, o Roblox se tornou o jogo mais popular no mundo.

Jogabilidade

Nos jogos Roblox, os jogadores exploram mundos em 3D. Atividades no mundo do jogo incluem explorar, crafting (produção) de itens, recolha de recursos e combate. Alguns jogos mais famosos são: Work At a Pizza Place (Trabalhe em uma Pizzaria), Jailbreak (Fuga dos Prisioneiros), MeepCity (Cidade Meep), Mad City (Cidade Louca), Adopt Me (Adote Me), Phantom forces(Forças fantasmas), etc..

Os jogadores podem personalizar seus personagens virtuais com vários chapéus, faces customizadas, formas de cabeça, formas de corpo, roupas e artes. Os jogadores podem criar suas próprias vestimentas. No entanto, a venda de itens de roupas e itens de coleção criados por jogadores requerem uma assinatura premium no Builders Club, mas os jogadores que não são premium ainda podem ainda criar t-shirts, que são decalques anexados à frente do tronco de um jogador. Os jogadores podem coletar e trocar itens, especialmente itens de colecionador de edição limitada.

Interação social

Os jogadores podem adicionar outras pessoas que encontram nos jogos à sua lista de amigos. Desde 2011, essa ação somente é possível enquanto joga. Em 04 de fevereiro de 2015, foi introduzida uma nova atualização para substituir o sistema de amigos e melhores amigos, sendo agora denominado de “amigos e seguidores”. Esta atualização permite um máximo de 200 amigos, com seguidores infinitos. Os jogadores também têm a opção de participar de grupos comunitários. Depois de se juntar, os jogadores podem então anunciar o seu grupo, participar em relações de grupo e definir o seu grupo principal.

Aprendendo o básico

Use as ferramentas “Click” (Clicar), “Copy” (Copiar) e “Delete” (Deletar). É com elas que você interage com o mundo. Ao explorar o local, será possível achar objetos, que podem ser clicados, copiados ou deletados. A ferramenta “Click” movimenta o objeto, a “Copy” fará uma réplica dele e a “Delete”, a apagará.

Defina o estilo de câmera. As duas opções disponíveis são o modo “Classic” (Clássico) e “Follow” (Seguir). No primeiro, a câmera não se movimenta, sendo fixada em um ponto ao menos que o jogador ajuste-a manualmente. O ponto de vista é alterado, mas ao segurar o botão direito do mouse e arrastá-lo enquanto no “Follow”, a câmera gira junto ao personagem à medida que se move para a direita e esquerda.

Clique no botão de menu no canto esquerdo superior para mudar o modo de câmera.

”Reinicie” seu personagem teclando “R”. Ao ficar preso em uma parede ou ver que ele perdeu um braço, basta teclar “R” para reaparecer em um ponto de reinício novinho em folha.

Pressione “Esc” e selecione “Leave Game” (deixar jogo) para sair do jogo. Caso queira parar de jogar ou mudar de mundo, basta entrar no menu no canto esquerdo superior da tela e pressionar L. Uma janela aparecerá com a pergunta se você realmente deseja sair.

Pressione a tecla “/” para entrar no chat. Uma janela de chat será aberta, permitindo que o jogador converse com todos que estão no servidor. No entanto, o criador do mundo pode desabilitá-la caso não queira permitir que os outros conversem. Outra maneira é clicando na janela de chat, onde está escrito “Click Here” (Clique Aqui), se a opção não tiver sido desligada.

Entrando no jogo

Antes de começar o game é preciso se conectar ao servidor. Se você ainda não tem um usuário e uma senha, clique em “Cadastrar-se” para criar o seu perfil. No cadastro serão solicitados alguns dados pessoais, como data de nascimento, nome de usuário, gênero do jogador (masculino ou feminino) e uma senha;

Depois de criar o usuário e a senha, você irá para o menu inicial. Nele você terá a opção de editar o seu avatar, conversar com os amigos no chat, ver seu inventário, além de selecionar um mundo para iniciar o jogo.

Escolhendo um cenário

Para encontrar um mundo e jogar é preciso estar no menu principal e selecionar a aba “Jogos”. Nela é possível utilizar o campo de pesquisa ou escolher algum dentre os mais populares ou aqueles com as melhores notas. Depois de selecionar um mundo, basta clicar na seta verde para entrar no servidor. Depois disso aparecerá a opção “Jogar”.

Jogando nos mundos

Cada mundo tem suas regras e objetivos próprios. Um dos mais populares é o “Trabalhe em uma pizzaria”. Nele, você começa na função de entregador. Para completar o tutorial, é preciso pegar as pizzas no balcão, entrar em um carro e entregá-las nas casas indicadas pelas setas amarelas. As outras funções, como fornecedor, caixa e cozinheiro, vão sendo desbloqueadas depois do tutorial ser concluído;

Outro mundo famoso é o “Hide and Seek”, que corresponde a brincadeira de “Esconde-esconde”. Ao entrar no jogo você tem cerca de 30 segundos para se esconder até que o perseguidor comece a procurar. Você precisa aguentar pouco mais de 3 minutos sem ser pego para ganhar a partida e garantir pontos.

Comandos

Independente do mundo escolhido, os comandos para controlar o personagem são os mesmos. Na parte inferior esquerda da tela do seu celular estará o analógico digital para movimentar o personagem. Na parte inferior direita está o botão de pulo. Para movimentar a câmera basta mexer na metade de cima do seu celular.

Ganhe itens e moedas

Cada mundo tem suas próprias missões e objetivos. A conclusão de cada objetivo dá ao jogador a recompensa em “Roblux”, a moeda do jogo. No mundo “Trabalhe em uma pizzaria”, por exemplo, a cada missão concluída é possível ganhar dinheiro e itens para personalizar sua casa.

Personalize seu avatar

Também é possível utilizar os roblux para comprar roupas e acessórios para personalizar seu avatar. Estão disponíveis óculos, gravatas, chapéus, ternos, camisetas e outros itens.

Chame os amigos para jogar

O game permite a criação de grupos de amigos. Com isso, é possível ingressar em um mundo com os colegas para que todos joguem juntos. Os cenários também têm um chat para que os jogadores conversem enquanto tentam concluir os objetivos.

Crie seus mundos

Roblox tem uma ferramenta de criação de cenário onde é possível imaginar toda a concepção dos desafios e a estética do local. Alguns mundos são baseados em personagens famosos da cultura pop, incluindo desenhos animados e super-heróis.

Entenda os itens

Os itens englobam qualquer coisa que um jogador de Roblox criou; cada mundo permite itens diferentes, dependendo do estilo de jogo que o dono do mundo quer enfatizar. Armas de curto alcance e de longo alcance, explosivos, itens para facilitar a navegação, melhoramentos, instrumentos musicais, itens sociais, ferramentas de construção e de transporte são alguns dos tipos.

Entre no menu de itens clicando sobre o ícone representado pela mochila no canto esquerdo superior da tela. Uma janela mostrando o conteúdo da mochila será mostrado dependendo dos objetos acumulados no jogo. Clicar sobre o ícone da mochila permitirá que o jogador organize as coisas no inventário.        

Coloque os equipamentos em teclas de atalho

É possível escolher os equipamentos que aparecerão nas teclas de atalho, localizadas no canto esquerdo superior da tela, com uma série de números representando quais os números que ativam certos equipamentos. É possível modificar livremente as teclas de atalho entrando na mochila novamente e arrastando os itens para um dos espaços disponíveis. 

Ganhe emblemas

Existem vários emblemas que o usuário pode adquirir no jogo para demonstrar como melhorou em algo, como emblemas de combate ou ao visitar uma certa quantidade de mundos de outros jogadores.

Dicas

Não é preciso ter uma conta para jogar Roblox, mas se quiser ter seu próprio mundo, fazer amigos e criar um avatar, é preciso se registrar.

Compre o “Builders Club” (Clube dos Construtores) para receber 10 locais, 15 Robux por dia e mais outros benefícios.

Não tenha receio em ir até a página 15 ou além dos jogos públicos; é assim que o jogador pode encontrar bons mundos.

Não irrite os outros jogadores ou mate-os logo que “nascerem” no mundo. “Nascer” no mundo é o momento em que o personagem entra no mundo e sequer tem tempo de reagir. Isto é algo extremamente mal-educado e ninguém gostará disso.

Muitas pessoas ameaçarão hackeá-lo. Não há como entrarem no sistema de contas do Roblox, mas não as provoque, porque você só se passará por bobo na frente das outras pessoas no servidor.

Caso alguém oferece a compra do “Builders Club” para você, não aceite. Se isso ocorrer via código do jogo, um e-mail será enviado para os administradores do Roblox com o código, obtendo controle sobre sua conta; caso seja por cartão de crédito, dar a sua senha é dar o controle da conta ao vigarista.

Quando os hackers do Roblox obtêm a senha de um jogador, eles saberão como derrotá-lo em batalha e poderão roubar suas informações pessoais.

Além disto, os hackers poderão até bani-lo por terem controle de sua senha. Nunca a dê para ninguém.

Escolha um nome de usuário que você gostará por muito tempo. Isso é importante, já que é necessário pagar 1.000 Robux para mudá-lo.

Lembre-se de ler todas as regras ou você poderá ser banido sem saber.

Comportamentos também podem ser inapropriados

Por ser uma comunidade plural, com pessoas de todas as faixas etárias, é preciso cuidar também com os comportamentos individuais. A desenvolvedora tem um extenso rol de recomendações para seus jogadores. Entre as condutas consideradas como proibidas ou reprováveis estão aquelas envolvendo:

Discursos ou atos discriminatórios

Assédio virtual

Imitação e difamação

Exposição de criança à situação de risco

Ameaças e automutilação

Busca de encontros amorosos ou parceiros para encontros amorosos

Conteúdo sexual

Conteúdo excessivamente violento

Atividades perigosas, antiéticas e ilegais

Cada tipo de violação aos termos de uso tem um efeito diferente, de acordo com a gravidade. Infrações leves podem resultar em advertências ou suspensões temporárias da conta. Já aquelas consideradas como graves podem acarretar suspensão permanente, banimentos, exclusão de conta e do programa DevEx, entre outros.

É importante destacar que o titular da conta é o responsável direto por tudo aquilo que é realizado nela. Por isso pede-se atenção especial para os pais que liberam as contas para que os filhos joguem. É importante estar atento aos conteúdos acessados e às atitudes tomadas neste mundo online.

Cheats?

Muita gente se utiliza de aplicativos modificados e códigos estranhos a Roblox, sob a alegação de que, por ser uma plataforma para criação, isso seria permitido. A realidade é que os desenvolvedores não aprovam nenhuma modificação que não tenha partido da própria empresa. 

Segundo as palavras da própria Roblox Corp, “A exploração ou trapaça é injusta para todos os jogadores do Roblox e cria uma experiência ruim para todos. Essas ações são uma violação dos Termos de Uso da Roblox e levarão à exclusão de uma conta”.

Ou seja: quem for pego trapaceando pode tomar um belo banimento e ter sua conta apagada, sem segunda chance. 

Aos que acreditam que a medida é pesada demais, há uma explicação: pessoas mal intencionadas podem se utilizar da promessa de uma exploração ou vantagem para induzir outras pessoas a baixarem vírus, keyloggers e outras espécies de malwares, podendo inclusive roubar dados pessoais e de contas bancárias. 

Caso você veja alguém tentando aplicar um golpe ou direcionando usuários a links suspeitos, a atitude indicada pela empresa é acionar o botão “Denunciar abuso”, disponível no site e em todos os menus de Roblox. 

TWEETROBLOX – Mascote do Twitter. Item para ombro.

$ILOVETHEBLOXYS$ – Chapéu no formato de balde de pipoca

GAMESTOPPRO2019 – Chapéu de faraó egípcio

*HAPPY2019ROBLOX* – Chapéu promocional de ano novo

KINGOFTHESEAS – Boné do filme “Aquaman”

TARGET2018 – Cartola de metal

EBGAMESBLACKFRIDAY – Gravata em luz neon cor azul

!HAPPY12BIRTHDAYROBLOX! – Bolo de aniversário de 12 anos do Roblox

RASSICWORLD – Óculos do filme “Jurassic World”

FINDTHEKEYS – Capacete do filme “Jogador Nº 1”

ONEMILLIONCLUB! – Chapéu em formato de dinossauro

GOLDENHEADPHONES2017 – Fone de ouvido dourado

ROBLOXROCKS500K – Óculos escuros

SXSW2015 – Chapéu estilo fedora

WEAREROBLOX300! – Visor azul

200kTWITCH – Capuz de inverno

KCASLIME – Asas feitas de meleca

MLGRDC – Fones de ouvido da MLG

HOTELT2 – Manto do filme “Hotel Transilvânia 2”

ROADTO100KAY! – Item para ombro do BLOXikin

Referências:

Geek Ninja, 2am Gaming, wiki how, techtudo, wikipedia.

Mundial de Teamfight Tactics vai ter vaga para o Brasil!

O primeiro torneio mundial de TFT: Galáxias vem aí! O Mundial de Teamfight Tactics vai ter vaga para o Brasil e vai acontecer ainda este ano. O Brasil entrará na qualificatória regional.

Mundial de Teamfight Tactics vai ter vaga para o Brasil!

O chamado Teamfight Tactics Galaxies Championship foi anunciado no último dia 13 de abril e terá uma bela premiação: 200 mil dólares!

Serão oito qualificatórias regionais ao redor do mundo. Regiões: América do Norte, Europa, Turquia, China, Coreia, Japão, América Latina e Brasil.

Vamos trazer este título para o Brasil?

Mundial de Teamfight Tactics vai ter vaga para o Brasil!

Vamos ficar atentos! Teremos duas vagas na final mundial, a grande decisão que irá reunir os dezesseis melhores jogadores do mundo!

E a data do torneio? Ainda não foi definida. Então, ficaremos no aguardo.

Mundial de Teamfight Tactics vai ter vaga para o Brasil!

O TFT já recebeu competições oficiais promovidas pela Riot Games: O Invitational Ascensão dos Elementos, o torneio durante o All-Star 2019 e também o Evento das Galáxias.

A Riot vem com mais esta novidade para os gamers brasileiros! Sem contar outro game e absoluta febre mundial League of Legends.

E aí? o que achou desta notícia? Você joga TFT? Participe nos comentários!

Mundial de Teamfight Tactics vai ter vaga para o Brasil!
Mundial de Teamfight Tactics vai ter vaga para o Brasil!

Fonte: Versus Esports

Ei, conhece os nossos Destaques do Mês? É uma divisão da nossa página Métricas onde mostramos o game que mais se destacou em cada mês, você não perde por conferir, aproveite!

E não fique só nessa, navegue também pelas nossas páginas das Produtoras de Videogames! Nesta página está as maiores delas, deixe o seu comentário!

Street Fighter

Street Fighter (ストリートファイター Sutorīto Faitā?), popularmente abreviado para SF, é uma popular série de jogos de luta na qual o jogador controla lutadores de diversas partes do mundo, cada qual com seus golpes especiais. A série é propriedade da empresa de jogos Capcom e teve seu primeiro jogo lançado em agosto de 1987. Algumas séries são integradas à SF, como por exemplo Final Fight e Slam Masters.

O primeiro jogo de luta foi Heavyweight Champ, lançado pela SEGA para os arcades em 1976. O próximo só apareceria vários anos depois, em 1984, com o jogo Karate Champ da DataEast. Este é considerado o primeiro jogo de luta para dois jogadores, apresentando dois controles. Seguindo seus passos, a Konami lançou Yie-Ar Kung Fu, em 1985 com gráficos impressionantes (para a época) e cheio de detalhes nos cenários. Vendo o sucesso de ambos os games, a Capcom decidiu lançar seu próprio jogo que tivesse características de ambos os jogos. Assim nasceu Street Fighter.

Não se pode dizer que Street Fighter inventou totalmente o gênero dos jogos de luta, até porque em 1979, Victronics’ Warrior, já tinha dado o grande começo do estilo. Tudo bem que não se pareça nada com o que vemos hoje, porém, já mostrava o confronto de dois cavalheiros em gráficos bizarros. Alguns anos depois veio Karate Champ de 1985, e só tivemos o que chegasse mais próximo de Street Fighter em 1985 com Yie-Ar Kung Fu da Konami, que já contava com ótimos gráficos para epóca e com cenários e personagens bem detalhados.

História

O começo de tudo Chega a ser difícil de acreditar, mas a jornada de sucesso de “Street Fighter” teve início com um título que quase ninguém jogou e que apenas os mais aficionados reconhecem. Influenciada por jogos como “Karateca” e “Karate Champ” e buscando pegar carona na popularidade de filmes sobre artes marciais, a Capcom decidiu apostar na ideia do produtor Takashi Nishyama de desenvolver um jogo que colocaria lutadores de diversos estilos um contra o outro em uma arena digital.

Em 1987, nascia “Street Fighter”, e com ele conceitos que ditam as regras do gênero dos games de luta até hoje, tais como as barras de energia, a ativação de golpes especiais mediante movimentos específicos (os golpes clássicos hadouken, shoryuken e tatsumaki senpuu-kyaku foram criados aqui), colocar dois jogadores para lutar entre si, o modo arcade, as fases bônus, etc. Mas se todas as ideias estavam presentes desde o início, o mesmo não se pode dizer da qualidade: essa ficou para as continuações.

Contando apenas com Ryu e Ken como personagens jogáveis, “Street Fighter” tinha comandos imprecisos, que resultavam em um gameplay sofrível. Enfrentar Sagat, o grande chefão do jogo, era uma loteria: mais que jogar, cabia ao jogador torcer para que seus comandos fossem lidos corretamente e para que a máquina computasse os golpes.

Devido a esses problemas e a ausência de uma versão para o Nintendinho (NES), console mais popular da época, o jogo não causou grande comoção, chamando mais atenção pelo carisma dos personagens (além de Ryu, Ken e Sagat, o game original apresentou figuras como Adon, Eagle, Gen e Birdie — para ficar nos que voltaram a aparecer nas sequências) e pela temática, calcada na violência urbana, que viria a influenciar outra franquia famosa da Capcom, o saudoso “Final Fight”.

Jogabilidade

Street Fighter causou pouco impacto quando foi lançado. Entretanto, possui um sistema de controle que envolve um joystick e dois botões hidráulicos, que ao pressionar permite o personagem chutar ou dar um soco, em três níveis variados (fraco, médio ou forte). Muitas destas máquinas, por causa da tendência dos jogadores a bater os botões com muita força e danificar os controles, voltaram a usar botões mais tradicionais, dando lugar a joysticks com seis botões que seria o padrão de todos os jogos de Street Fighter. Além disso, introduziu movimentos especiais como o Hadouken, Shoryuken e Tatsumaki Senpuu Kyaku entre outros.

Street Fighter fez pouco impacto em seu lançamento. Porém seus controles eram inovadores, com 1 joystick e 2 botões hidráulicos, que dependendo da força davam potência diferente ao golpe. Como geralmente se batia com muita força, foram trocados pelos 6 botões que se tornaram tradição na série.

O game acompanhava Ryu ou Ken, duelando com dez lutadores de 5 países. O game introduziu os golpes especiais da Punho Ondulante (Fireball, Hadouken, 波動拳), Punho do Dragão Ascendente (Dragon Punch, Shoryuken, 昇龍拳), e Chute Furacão (Hurricane Kick, Tatsumaki Senpuukyaku, 竜巻旋風脚), que ficariam com Ryu e Ken pelo resto da série. Sagat, ainda sem a cicatriz no peito, é o chefe final do jogo. Os demais personagens são Eagle, Lee, Joe, Gen, Geki, Retsu, Adon, Mike e Birdie.

Round 1, Fight!

O primeiro Street Fighter surgiu nos arcades japoneses em 1987. Neste jogo você controlava o karateka Ryu, que viajava pelo mundo enfrentando os dois melhores lutadores de cada país, sempre procurando por oponentes mais fortes até encontrar o campeão tailandês Sagat. Como podemos ver, muda o chefão, mas o enredo se repete até hoje. Mesmo assim, não se engane: essa “busca pelo mais forte” é um dos poucos elementos que se manteve constante nos últimos 25 anos – ainda bem, pois a estreia da franquia estava longe de ser um sucesso.

Para entender o fracasso do primeiro jogo, precisamos lembrar que a indústria era bem diferente em 1987. Nesta época já havia games de luta, mas a maioria era de progressão lateral cooperativa, como no clássico Double Dragon. Competir no fliperama era basicamente sinônimo de escolher um game e batalhar pela pontuação mais alta, com os jogadores se alternando no controle.

A disputa mano a mano entre dois jogadores, grande inovação do primeiro Street, colocava o segundo player no comando do americano Ken, idêntico a Ryu, mas com outra paleta de cores. A novidade causou curiosidade, mas esbarrou em um defeito terrível para qualquer jogo de luta: a jogabilidade. Os comandos eram bastante complexos se comparados aos títulos de luta da época (como Yie Ar Kung Fu, por exemplo). Para piorar, os personagens andavam saltitando e os controles respondiam mal, o que comprometeu o sistema de execução de golpes baseado na combinação de movimentos com o joystick + algum botão de ataque: executar um simples hadouken era mais uma questão de persistência do que habilidade.

Here comes a new challanger!

Quando a continuação chegou, em 1991, o jogo havia sido repaginado. Agora você podia escolher o seu personagem, e o rol de lutadores era bem extenso para os padrões da primeira metade dos anos 1990: oito competidores, com estilos bem diferentes, que mudavam totalmente a forma de encarar as lutas. Para completar, a Capcom foi muito feliz ao definir o elenco. Seus personagens iniciais foram (e são até hoje) os mais carismáticos já vistos em um game do gênero.

A jogabilidade manteve o mesmo layout, com três botões de soco e três de chutes, de velocidade e intensidade variáveis, mas agora os comandos estavam muito melhores. Você finalmente se sentia no controle do seu lutador, e os golpes especiais saiam de forma intencional, ainda que com alguma dificuldade para mãos destreinadas.

O jogo apresentava 10 personagens de 5 países diferentes, sendo 8 inimigos e os protagonistas Ryu e Ken. A temática de Street Fighter é sempre mantida ao decorrer dos jogos, adicionando oponentes de vários países diferentes e cada um com características e “histórias” novas. Basicamente sua história com Ryu é vencer seu primeiro campeonato e orgulhar seu mestre, Gouken, e pela cronologia da série Ryu vence esse desafio tendo como inimigo final Sagat, que na epóca era “O melhor lutador de Muay-Thai do planeta”, porém, com um Shoryuken no peito ele vê que na verdade tem que treinar muito seu “Tiger Robocop” para vencer o mendigão do Ryu! A trama não termina aí e, sim, com a volta de Ryu para o Japão e a descoberta que seu mestre foi morto e agora ele precisa descobrir quem fez isso com ele.

Personagens

O original Street Fighter conta com 12 personagens: 2 selecionáveis e 10 oponentes controlados apenas pelo CPU, Sagat retorna na sequência Street Fighter II, outros personagens como Adon, Birdie, Gen e Eagle retornaram na série Alpha.

O fato é que todas franquias tem um início, seja ele um ótimo pontapé inicial, um grande erro ou talvez até um início que seja esquecido até hoje para quem gosta dessa série que vou abordar nessa matéria. Que nada mais é do que: Street Fighter! Sim, a mais famosa franquia dos games de luta, onde pode ser a grande causadora de brigas entre amigos, dúvidas de qual é o nome correto da magia usada pelo personagem e diversas outras bizarrices possíveis e imagináveis. Em 1987, quando os jogos de arcade se baseavem em atirar com uma nave e, também, pular sobre um barril e salvar uma princesinha, chegava um jogo que apresentava um estilo muito raro de se ver na epóca, que eram os de luta.

Curiosidades do jogo

Os acontecimentos do game se passam em 1987;
O game foi dirigido por Takashi Nishiyama e planejado por Hiroshi Matsumoto, que após o “grande” sucesso do game se mandaram para a SNK;
Existem ports para Arcade, TurboGrafx-CD, DOS, Commodore 64, ZX Spectrum, Windows, PS2 (coletânea) e PSP (coletânea);
Hadouken, Shouryuken e Tatsumaki Sempuukyaku existiam, porém, com nomes de Ball of Fire, Dragon Punch e Huricane Kick;
Provavelmente hoje todos saibam como executar o Hadouken, Shouryuken, mas na epóca nada disso foi divulgado, apenas uma cartilha mostrando o que chutava e socava;
Além de só saber chutar e dar socos, você tinha 30 segundos para derrotar seu inimigo ou deixar ele com a vida menor que a sua, caso não conseguisse perderia a luta, nada de segundo Round;
Ryu, Ken, Sagat, Adon, Gen, Retsu, Geki, Mike, Lee, Birdie e Eagle são todos os lutadores de SFI;
Em sua primeira aparição, Birdie era branco e em SF Alpha ele está negro e a desculpa da Capcom foi a que ele estava doente em sua primeira vez no torneio;
O nome Fighting Street do port foi dado para que evitassem a ligação com o jogo de Arcade;
Mesmo não tendo aquele sucesso tão gigantesco entre os jogadores da época, a Capcom não desistiu da ideia e aproveitou o número de fãs do primogênito para que em 1991 tivesse sua continuação e seu grande sucesso.

Referências:

Forum Outerspace, Uol, Terra, Techtudo, Wikipedia.