Lost in Random

Lost in Random é um videogame de ação e aventura desenvolvido pela Zoink e publicado pela Electronic Arts. Parte do programa EA Originals, o jogo foi lançado para Microsoft Windows, Nintendo Switch, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One e Xbox Series X e Series S em setembro de 2021.

Gameplay 

Lost in Random é um jogo de ação e aventura jogado de uma perspectiva de terceira pessoa . O combate acontece em arenas que parecem um tabuleiro de jogo. Os jogadores devem rolar Dicey para progredir e Even só estará seguro quando atingir a peça final do tabuleiro. Em combate, o jogador pode usar o estilingue de Even. Embora não causasse dano aos inimigos, os oponentes atingidos por seu estilingue soltariam cubos de energia que abasteceriam Dicey. Assim que o Dicey estiver totalmente abastecido, os jogadores podem lançar os dados e o tempo será interrompido temporariamente. Durante este período, os jogadores podem selecionar a carta que desejam usar, que é a única maneira de causar danos aos inimigos. Existem cinco tipos diferentes de cartas (arma, dano, defesa, perigo e fraude), oferecendo diferentes vantagens de jogabilidade e habilidades de combate. Por exemplo, uma das cartas transforma Dicey em um cubo explosivo, enquanto outra permite que os jogadores coloquem armadilhas. Os cartões podem ser obtidos através da coleta de moedas. À medida que os jogadores progridem, novas cartas são ganhas e eles recuperam os pips perdidos de Dicey, o que permitiria a Even rolar números mais altos durante o combate. 

O jogo também apresenta elementos de RPG leves. Quando Dicey e Even estão explorando o Reino de Random, eles vão encontrar vários personagens não jogáveis . O jogo possui uma roda de diálogo que permite aos jogadores selecionar opções de diálogo enquanto conversam com NPCs.

Encontrando a Dificuldade

Na tela de inicialização, os jogadores podem mexer em várias opções, como botões de remapeamento no controlador. Existe uma opção adicional que não aparecerá até que os jogadores realmente comecem o jogo, que seria o nível de dificuldade.

No início, existe apenas a dificuldade Fácil ou Normal. Fácil basicamente faz com que Even possa levar mais golpes sem perder saúde. Felizmente, este medidor pode ser alterado a qualquer momento, portanto, brinque com ele e encontre a zona mais confortável.

Cartões de danos e perigos até o fim

Há uma loja em Lost in Random onde os jogadores podem comprar novas cartas. Comprar cartas também aumenta um medidor que, quando cheio, dará bônus aos jogadores. Um dos primeiros é chamado de Pin, que será explicado mais tarde. A cada vez, os jogadores também poderão escolher um booster para reabastecer a loja de Mannie Dex.

Os dois pacotes que devem ser comprados com freqüência são baralhos de danos e baralhos de perigo. O ataque é a melhor defesa neste jogo. Como uma observação extra, este lojista tem uma classificação elevada como o Merchant de Resident Evil 4.

Compreendendo os Rolos de Dados e Cartas

Ter um jogo de plataforma com rolagens de dados e cartas aleatórias em batalha pode ser muito para entender, então aqui estão os fundamentos. Os jogadores irão atirar nos pontos fracos do inimigo para soltar joias. Essas joias vão encher o amigo de Even, Dicey. Quanto mais vezes seu medidor subir, mais cartas ele desbloqueará. Quando os jogadores lançam os dados, eles podem primeiro obter um resultado de um ou dois. Isso vai aumentar com a história.

Se um jogador rolar um dois, isso significa que ele pode jogar duas cartas de um poder ou uma de duas cartas de poder. Existem maneiras de jogar três cartas de poder no início por meio de pinos. Colocar um alfinete em um cartão permitirá que os jogadores invocem aquele cartão posteriormente, depois que o custo diminuir por várias rodadas. A arma mangual, por exemplo, é uma carta de três poderes que vale a pena esperar.

Cuidado com as corujas

O dinheiro, como na maioria dos jogos, pode ser usado para uma coisa e apenas uma coisa: comprar cartas. Ele até diz isso na descrição ao receber recompensas em dinheiro. O dinheiro pode ser obtido por meio de batalhas ou enfrentando missões paralelas para obter as recompensas mencionadas.

Há também estátuas de corujas com olhos azuis brilhantes em todo o jogo. Fique de olho neles e atire neles com o estilingue. A quantia é pequena, mas acumulará Dicey. Além disso, fique atento às grelhas nas quais Dicey pode rolar.

Concluir cidades antes de seguir em frente

Os jogadores progridem em Lost in Random linearmente de cidade em cidade. Cada local leva em média duas a três horas para terminar tudo. Como não há viagens rápidas em um mundo aberto, é recomendável explorar todos os cantos e recantos de uma área antes de prosseguir.

As missões paralelas geralmente são simples e às vezes podem ter recompensas maiores do que apenas dinheiro. O mundo está cheio de caprichos, então não fazer tudo privaria o jogador dos melhores recursos deste jogo.

Fatos da escada

Existe um botão de execução em Lost in Random como é padrão para a maioria dos jogos. No PS5, seria o botão L1 no controlador. O que os jogadores podem não saber é que isso também pode ser usado para subir escadas. Descê-los também aumentará a velocidade.

No geral, o botão de execução não é tão rápido quanto os jogadores desejam. Even é um pouco desajeitada de controlar, como se fosse feita de chumbo em vez de madeira. É bom saber que existem maneiras de acelerar a exploração, mesmo que apenas um pouco.

Prepare-se para um começo lento

No que diz respeito à velocidade, o início de Lost in Random é um começo lento. Demora cerca de uma hora para o jogo realmente começar. É quando Even vai escapar de sua cidade natal e encontrar Dicey, onde o combate é iniciado. É bom saber o que esperar ao iniciar um jogo.

Role quando sua mão estiver cheia

Você pode jogar Dicey sempre que tiver energia suficiente para comprar até mesmo uma única carta. Se a primeira carta que você terminar for necessária, você poderá se livrar dela, mas geralmente é melhor esperar até que sua mão esteja cheia antes de rolar. Isso vale o dobro se você tiver qualquer cartão que forneça números extras grátis. Isso se tornará menos necessário à medida que Dicey se torna capaz de rolar números cada vez mais altos.

Cartas de armas são as melhores

Claro, você pode usar as cartas de perigo e trapaça para levar a melhor sobre os inimigos, mas em termos de utilidade, elas simplesmente não podem ser comparadas a armas. A maça, a lança e o arco explosivo sempre serão sua melhor aposta para o DPS. Quase nenhuma das cartas de perigo ou dano que você usa será capaz de ferir um inimigo tanto quanto uma carta de arma. Também é uma boa ideia empilhar cartas de arma, já que você pode jogar uma segunda carta idêntica enquanto mantém a primeira ativa para torná-la ainda mais prejudicial. Isso torna a maça uma ameaça massiva absoluta para os inimigos que podem destruí-los em nenhum momento.

Você terá o suficiente para cada carta com sidequests

Não tenha medo de gastar essa moeda. Contanto que você esteja fazendo sidequests em  Lost in Random , você terá muito dinheiro o tempo todo. Se quiser um cartão, vá em frente e pegue-o. Ao final do jogo, você poderá pagar até a última carta e mais algumas. Até então, porém, não há mais nada para comprar. Meu ponto é que você nunca deve sentir a necessidade de ter cuidado com seu dinheiro, pois simplesmente não há razão para isso. Eu direi que você deve escolher o pacote de reforço de armas em vez dos outros quando ele aparecer na loja de Mannie, no entanto.

Ex-spear-ience

Os inimigos com lança são facilmente os mais desagradáveis. Você não pode atingi-los tão facilmente quanto os outros e eles atacam rapidamente. No entanto, eles só são capazes de atacar em linha reta. Você nem mesmo precisa se esquivar ao lidar com eles. Quando eles estiverem carregando, simplesmente caminhe para o lado e eles simplesmente não conseguirão atingir você. Eles são vulneráveis ​​apenas por uma breve janela e você não quer tentar entrar em conflito com eles, então apenas desvie e ataque conforme o fluxo da batalha permitir.

Como montar seu baralho

Você pode ganhar cartas completando missões ou comprá-las de Mannie Dex usando suas moedas. Você pode encontrar moedas quebrando vasos com seu estilingue.

É possível obter cinco tipos de cartas: Trapaça, Dano, Defesa, Perigo e Arma.

Arma: a arma padrão da Even é um estilingue, que é ótimo para quebrar vasos e cristais, mas não tão bom para causar dano aos inimigos. Você precisa equipá-la com uma carta de Arma para isso. Invoque uma arma, como uma espada ou um arco e flecha, que a Even possa usar contra os inimigos.

Dano: cause dano de outras formas, invocando, por exemplo, perigosos icosaedros para espalhar o caos pela arena. Você pode até fazer o Dicey explodir perto de inimigos (não se preocupe, vai ficar tudo bem com ele). Cuidado. Algumas dessas cartas também podem machucar a Even se ela estiver perto demais.

Defesa: cure e proteja a Even usando elixires e escudos. É bom ter cartas de Defesa na manga para quando os inimigos estiverem chegando perto ou sua saúde estiver ficando baixa.

Perigo: adiciona à arena recursos como armadilhas que causam dano, enfraquecem, diminuem a velocidade ou interferem de outras maneiras com seus adversários, virando o jogo contra eles. Você pode colocar canhões para atacar inimigos ou invocar o temido Bloob para quebrar seus cristais.

Trapaça: vire o jogo a seu favor com efeitos especiais, como os que diminuem os custos das cartas ou concedem mais fichas. Cartas de Trapaça podem te ajudar a fazer combos mais rapidamente, mover a peça jogadora mais longe e acumular mais cartas drenando energia.

Você pode ter até 15 cartas no seu baralho ao mesmo tempo. Cartas não utilizadas serão guardadas no seu inventário.

Como batalhar

O combate é sobre dar tudo de si. Entenda todas as possibilidades de virar a balança a seu favor e conquistar a vitória!

O combate acontece em arenas que funcionam como tabuleiros de jogos. Você pode, por exemplo, acumular energia para comprar cartas, jogar o Dicey e jogar as cartas.

Arenas de jogos de tabuleiro

Você irá lutar contra inimigos, como os minions mecanizados da Rainha, em arenas de jogos de tabuleiro gigantes, onde uma grande peça jogadora se moverá em direção a diferentes espaços baseada no número que você tirar no Dicey.

Se você tirar um dois, a peça jogadora se moverá dois espaços. Como o Dicey não tem todos os seus pontos no começo do jogo, o avanço da peça jogadora será mais lento e fácil de prever nas primeiras batalhas do que nas posteriores, em que você poderá tirar qualquer número entre um e seis.

Os efeitos serão ativados dependendo do espaço em que parar a peça jogadora. Estes efeitos podem ajudar ou atrapalhar suas chances de vencer. Jogar um dois pode significar diminuir a velocidade do inimigo ou uma cura, ao passo que um três pode significar que mais inimigos surgirão.

Cada batalha tem um objetivo a ser atingido para que a vitória seja alcançada, e geralmente este objetivo é levar a peça jogadora até o fim do caminho.

Acumulando energia e comprando cartas

Para que você consiga comprar cartas do baralho para a sua mão, vai precisar acumular energia.

Para acumular energia, quebre os cristais que estão nos corpos dos inimigos com seu estilingue. Os cristais se converterão em cubos de energia para o Dicey coletar.

Quando você mandar o Dicey pegar cubos para acumular energia, cartas aleatórias serão adicionadas automaticamente do baralho para a sua mão. Você pode ter até cinco cartas na sua mão ao mesmo tempo.

Jogando o Dicey

Quando você tiver ao menos uma carta na mão, poderá rolar o Dicey. O número em que o Dicey cair irá determinar quantas fichas você tem para gastar nas cartas, além de determinar quantos espaços a peça jogadora poderá se mover na arena.

No começo do jogo o Dicey não tem todos os seus pontos. Por isso, você só poderá tirar números baixos. Coletar os pontos do Dicey pelas missões permitirá que você role números maiores e use cartas mais caras.

Jogando as cartas

Quando você acumula energia, as cartas são compradas automaticamente do seu baralho e adicionadas à sua mão. Você poderá jogar as cartas na sua mão quando tiver fichas suficientes para pagá-las, e você consegue as fichas rolando o Dicey.

Contanto que a carta esteja na sua mão, e você tenha fichas suficientes, é possível jogá-la, mas às vezes é bom segurar uma carta na mão até que se tenha mais de uma para poder combiná-las. Por exemplo, você poderia combinar uma carta de Arma como a Arco para Um, com uma carta de Dano como a Toque do Homem Sombra, para adicionar um efeito de veneno às flechas disparadas pelo seu arco. Ou poderia combinar uma Perigo como a Arranque Dadimensional, com uma carta de Dano como a Lapidado, para juntar todos os inimigos com um vórtex antes de fazer picadinho deles. Descubra mais combos para criar uma estratégia única para você.

O combate em Random é um jogo de tabuleiro, um jogo de dados, um jogo de cartas e um jogo de luta pela sobrevivência, tudo misturado. Somente quem tem mais coragem consegue fazer a aleatoriedade trabalhar a seu favor. Arrisque tudo. Vença o jogo.

Referências:

EA, PC Invasion, Game Rant, Wikipedia.

Lost in Random ganha trailer gameplay

Na última quinta-feira (22), durante a EA Play Live, a Eletronic Arts divulgou o primeiro trailer de gameplay do jogo Lost in Random. Confira:

📹 Trailer de gameplay oficial | Divulgação

O título foi desenvolvido pela Zoink  e apesar de não estar sendo tão comentado no momento, Lost in Random chamou a atenção pelo seu mundo macabro de fantasia gótica a la Tim Burton e gameplay que mistura elementos de ação e aventura.

Descrição

Lost in Random ganha trailer gameplay

📷 Lost in Random ganha trailer gameplay | Divugação

“Este é o mundo de Random, um reino sombrio em que o futuro de cada pessoa é determinado pela jogada dos dados. Você deixará o seu destino te derrotar ou aceitará o caos para usá-lo a seu favor? Embarque em uma jornada com Even e seu companheiro Dicey para arriscar tudo e quebrar a maldição de Random.”

História

1hit games

📷 Lost in Random ganha trailer gameplay | Divugação

Governado por uma rainha perversa, o Reino de Random é dividido em seis reinos sombrios onde a vida é ditada por dados pretos amaldiçoados. Viajando como Even, os jogadores caminharão pelas misteriosas ruas de paralelepípedos da terra, encontrarão seus moradores imprevisíveis e farão missões corajosas para salvar sua irmã, Odd, das garras de Sua Majestade. Ao longo do caminho, eles se juntarão a Dicey, um pequeno e estranho dado vivo, e juntos descobrirão um conto milenar com uma mensagem surpreendentemente moderna não tipicamente explorada em jogos: a aleatoriedade no mundo não é algo a ser temido ou controlado, mas um poder que pode ser aproveitado abraçando-o e aprendendo a rolar com seus golpes.

Um pouco da jogabilidade

1hit games

📷 Lost in Random | Divugação

Aleatoriedade é um princípio embutido na jogabilidade. As moedas que são ganhas pela Even, serão usadas para aprender novos ataques, bem como habilidades e muito mais. Você poderá até usar o estilingue do seu personagem para atacar inimigos e arrancar cubos de energia que dão energia a Dicey. Uma vez carregado, você pode jogar Dicey para congelar o tempo e assim liberar sua magia. Saiba que você terá que adaptar sua estratégia rapidamente, às vezes, morrendo para as arenas dos jogos de tabuleiro em evolução.

1hit games

📷 Lost in Random | Divugação

“Um aspecto complicado com o qual tivemos de lidar foi determinar como seria a jogabilidade – queríamos que o tema e a jogabilidade girassem em torno dos dados, mas tínhamos que considerar o que era aleatório demais e o que era aleatório o suficiente. Sentimos que tudo se desenvolveu naturalmente a partir dessa ideia central.”

Olov Redmalm, diretor de criação e redator principal.

Visão geral

1hit games

📷 Lost in Random | Divugação

  • Aceite missões para quebrar a maldição de Random – Viajando pelas misteriosas ruas de paralelepípedos do reino, encontre e interaja com habitantes estranhos e imprevisíveis de Random. Embarque em missões corajosas que lhe ajudarão em sua jornada. Só tome cuidado com as enormes aranhas mecânicas.
  • Rebele-se contra as forças da Rainha – Em Random, o combate é sobre dar tudo de si. Acumule energia e role o Dicey. Depois, vá adaptando sua estratégia ao batalhar em gigantes arenas tabuleiros em constante evolução.
  • Embaralhe a seu favor – Colecione cartas em sua jornada para construir um baralho formidável. Cada carta contém novas técnicas, habilidades e mais. Aprenda a liberá-las para conseguir o melhor efeito ou combine cartas para combos poderosos.

Lost in Random será lançado em 10 de setembro para Nintendo Switch, PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series e PC.

Você está animado com o jogo? Deixe aí nos comentários.

Referências:

Lost in Random, Joystick Brasil, Polygon, Adrenaline, Voxel.