Xenoblade Chronicles X

Xenoblade Chronicles X, chamado no Japão de Xenoblade X (ゼノブレイドクロス Zenobureido Kurosu?), é um jogo eletrônico de RPG de ação desenvolvido pela Monolith Soft e publicado pela Nintendo. Foi lançado exclusivamente para o Wii U em abril de 2015 no Japão e em dezembro no resto do mundo. Ele faz parte da metassérie Xeno e é um sucessor espiritual de Xenoblade Chronicles de 2010, porém não possui nenhuma conexão narrativa com títulos anteriores. A jogabilidade tem navegação em um mundo aberto, missões paralelas relacionadas com personagens coadjuvantes e um sistema de batalha em tempo real.

A história se passa no desconhecido planeta Mira. A espécie humana escapou da destruição da Terra depois de uma guerra entre duas espécies alienígenas, porém poucas naves sobreviveram. Em uma dessas naves estava a colônia de Nova Los Angeles, que consegue escapar por pouco e cai no planeta Mira. O personagem principal é um avatar customizável que é resgatado da hibernação por uma mulher chamada Elma e recrutado como parte da BLADE, força que protege Nova Los Angeles e está em busca da Vida, uma parte da nave vital para sua sobrevivência, ao mesmo tempo que enfrenta os ataques dos alienígenas ganglions.

O desenvolvimento de Xenoblade Chronicles X começou logo depois da finalização de Xenoblade Chronicles. Vários membros da equipe original retornaram, como o diretor Koh Kojima, o diretor executivo e co-roteirista Tetsuya Takahashi, o co-roteirista Yuichiro Takeda, o produtor Shingo Kawabata e os artistas Kunihiko Tanaka e Kouichi Mugitani. A equipe enfrentou o desafio de criar um mundo vasto para ser explorado sob um orçamento limitado. A implementação de um modo multijogador online foi um problema pela inexperiência da equipe, forçando uma reescrita da história e mudança de protagonista. A música foi composta por Hiroyuki Sawano.

O jogo foi anunciado pela primeira vez em 2013 para ser lançado no ano seguinte, porém posteriormente foi adiado até 2015. A localização foi feita pela Nintendo Treehouse e 8-4, com mudanças de conteúdo sendo implementadas para seu lançamento ocidental. Xenoblade Chronicles X foi um sucesso comercial e foi muito bem recebido pela crítica, que elogiou a exploração, combate, gráficos e funções multijogador, porém criticaram sua narrativa e estrutura de missões. A motor de jogo e fundação estabelecidas no título foram depois empregados no próximo jogo da série Xeno, Xenoblade Chronicles 2 de 2017.

Jogabilidade

Xenoblade Chronicles X é um RPG eletrônico de ação em que o jogador controla um avatar customizável; é possível ajustar o gênero, características faciais, tamanho e características do corpo e voz do personagem. O avatar trabalha a partir da base central de Nova Los Angeles (NLA) e pode explorar os cinco continentes que formam o mundo aberto do planeta Mira, isto acompanhado por um grupo de companheiros. Missões são divididas em missões de história que avançam a narrativa principal, missões de afinidade que fortalecem os laços entre o avatar e seus companheiros, missões de pequena escala que tem como recompensa dinheiro e elementos adicionais e missões paralelas dadas pelos cidadãos de NLA. As missões acessíveis são limitadas a partir do quanto de Mira foi explorado, algo que está ligado a porcentagem de conclusão da narrativa principal. Finalizar missões e enfrentar inimigos concede ao jogador vários tipos de pontos de experiência; pontos normais aumentam a vida e estatísticas gerais do personagem, enquanto Pontos de Classe aumentam a determinada classe do avatar.

O avatar pode assumir diferentes papéis dentro da BLADE, cada uma das quais concede benefícios diferentes e específicos: desbravadores liberam o acesso a novos locais, interceptores defendem equipes de pesquisa de formas de vida hostis, devastadores por sua vez procuraramativamente por formas de vida hostis, recuperadores vão atrás de destroços da nave Baleia Branca, curadores exploraram novos locais e coletam dados para a BLADE, prospectores coletam recursos raros, abastecedores desenvolvem equipamentos e mediadores solucionam conflitos entre os habitantes de NLA. O avatar inicialmente explora Mira a pé, porém mais adiante no jogo adquire acesso a mechas transformáveis depois de realizar um conjunto específico de missões. Esses mechas, chamados de Skells, possuem um modo de caminhada bípede e também um modo de veículo. Cada Skell tem uma quantidade de combustível limitada, não podendo ser usado caso fique sem combustível, a menos que seja reabastecido. Os mechas ficam mantidos em um hangar especial na NLA, onde podem ser customizados e equipados com novas armas ou emprestados a outros membros do grupo. Existem três tipos de Skell, com qualidade de armadura e capacidade de combustível cada vez maiores, permitindo maior autonomia e eficiência em batalha. Os mechas também possuem um “seguro”, que pode ser usado para concertar e manter as máquinas em funcionamento. Vários modelos de Skells podem ser comprados e melhorados no decorrer do jogo.

Além dos inimigos normais oriundos da força antagonista, também é possível enfrentar as formas de vida nativas de Mira. Algumas criaturas são dóceis até serem atacadas, enquanto outros atacam ao visualizar o jogador. Cada personagem ataca automaticamente com seu conjunto designado de armas em um ritmo constante; cada membro da equipe possui pontos de vida e pontos de tensão, com um medidor de moral determinando sua eficiência em combate. A força do ataque varia dependendo da posição de cada personagem. Curar membros da equipe em batalha pode ser feito por meio de Artes, porém é feito principalmente com quick time events conectados ao sistema de Voz da Alma, um conjunto de comandos que aciona um Desafio da Alma, que cura toda a equipe ou concede outros efeitos positivos. A moral da equipe aumenta caso um Desafio da Alma seja completado bem sucedidamente. Membros derrotados serão reavivados e a equipe recuperará pontos de vida caso uma batalha seja vencida. O avatar, caso seja derrotado, pode ser teletransportado para um local seguro ou reavivado por outros membros da equipe, contanto que derrotem todos os inimigos restantes em trinta segundos.

O grupo é formado pelo avatar e até outros três membros controlados pela inteligência artificial. Cada personagem possui uma arma branca, uma arma de distância e um conjunto de habilidades chamadas de Artes. Novas Artes são desbloqueadas após aumentar o nível de um personagem a partir do ganho de pontos de experiência, com Artes baseadas em classes sendo desbloqueadas ao aumentar o patamar da classe. Porções de pontos de experiência também podem ser usadas a fim de fortalecer Artes. As Artes possuem habilidades diferentes, indo desde ataques normais ou poderosos, apoio ao grupo e até infligir ou remover condições negativas. Cada Arte possui um período de recarregamento depois de ser usada que varia depende daquela que foi usada. Um tempo secundário de recarregamento é ativado quando a habilidade fica disponível novamente, acionando efeitos adicionais se o medidor chegar ao fim. Pontos de tensão aumentam a cada ataque normal e são usados para acionar artes especiais, que incluem ataques poderosos e reavivar companheiros caídos. Um personagem entra em “Overdrive” se seus pontos de tensão ficam altos o suficiente, algo que aumenta a força dos ataques e diminui o tempo de recuperação. Mecânicas de batalha com os Skells são idênticas a aquelas a pé, com habilidades adicionais incluindo aumentar a defesa de membros da equipe que não estão usando Skells. Um mecha derrotado é evacuado para NLA a fim de ser consertado, com a situação da equipe e do Skell sendo determinados por um último quick time event acionado no final de uma batalha mal-sucedida; uma performance perfeita nesse evento concede vantagens adicionais para o grupo.

Xenoblade Chronicles X, além da campanha para um jogador, possui também um elemento multijogador. Os jogadores podem emprestar seu avatar para os grupos de outros jogadores online, formando assim unidades chamadas de esquadrões. Estas podem ter até 32 jogadores e permitem o compartilhamento de relatórios e a participação ativa em batalhas nos mundos de outros jogadores. Esquadrões podem participar de “tarefas”, missões randômicas de tempo limitado em que jogadores coletam determinada quantidade de recursos dos ambientes de Mira. As recompensas são itens e equipamentos. Algumas missões multijogador colocam equipes contra o Nêmesis Global, um monstro especialmente poderoso. Opções de viagem rápida são desbloqueadas quando novas áreas são descobertas, acessadas por meio de assentos vermelhos especiais no ambiente e postos da BLADE. Funções relacionados ao mapeamento de Mira, pontos de viagem rápida, ajuste do equipamento do personagem e mensagens dos elementos um jogador e multijogador são lidadas por meio do Wii U GamePad. O jogo também é compatível com a função Off-TV Play do console.

Noções básicas sobre combate

As lutas no Xenoblade Chronicles X ocorrem em tempo real, e você vai batalhar inimigos em um campo de batalha interativo enquanto confiando seus ataques principais e secundários. Seu ataque principal é bastante de fácil acesso, e seus ataques secundários estão localizados na parte inferior da tela. A maioria dos inimigos que você vai encontrar no início do jogo são pequenos, mas em breve ficarão mais difíceis.

Em primeiro lugar, não se envolva com difíceis inimigos em combate, pelo menos inicialmente. Se você ver um personagem de nível 55, não queira começar uma briga com ele, a menos que você esteja absolutamente pronto. Caso contrário, sua party de batalha será abatida. Deixe esses caras em paz até você subir de nível adequadamente – e não se preocupe com a chegar lá, o mundo da Mira é grande o suficiente e você terá muitas oportunidades.

O próximo é a capacidade de escolher a sua classe. Lá não é uma escolha errada em si, mas sim um que define seu estilo de jogo. Com cada classe que você selecionar, há uma árvore de habilidade que cresce com cada nível que você aumenta. Por exemplo, nível 10, você pode abrir o número de opções disponíveis.

Classes

Abaixo estão algumas das classes que você terá disponível no jogo e o estilo de jogo que são mais adequados.

Atacante: Essa classe é ideal para o corpo a corpo. Se você prefere atacar inimigos por perto, você vai querer essa classe, como você vai aumentar seu poder de ataque e a contagem de bônus de HP com cada encontro que você entrar. As armas padrão para essa classe envolvem uma espada e um rifle de assalto, mas obviamente você pode abrir sua gama com novas artes e habilidades que aprendeu com cada nível adicional, incluindo o mergulho de poder, lâmina Tornado explosão furiosa, entre outros. Existem várias rotas que você pode tomar para você classificar-se, incluindo escudo Trooper e Samurai Gunner, então não se esqueça de olhar em cada um e ver o que eles têm para oferecer.

Commando: Este aqui é mais para a precisão, como Commando vai te ensinar o básico quando se trata de encontrar boas manobras durante uma luta. Você terá duplas espadas e armas para esta classe, com melhorias que podem ser feitas em termos de precisão e evasão. Também tem seu próprio sistema de classe, com diferentes níveis disponíveis para escolher como você classificar-se, incluindo Viper alado e Full Metal Jaguar, entre outros.

Enforcer: Esta classe em particular é mais sobre o suporte do que investida, como você vai ser capaz de fazer escolhas mais decisivas com seu grupo de batalha. Como tal, suas armas são provavelmente os mais fracos do grupo com essa classe, com apenas um Raygun e faca para escolher. Dito isto, se você se tornar um mestre, você tem escolhas disponíveis mais tarde sobre, como ser capaz de desativar os inimigos com o Psycorruptor e carregando armas de grande energia com explosão  com Esgrimista.

A escolha é sua, e lá não é um mau disponível, mas não se esqueça de experimentar. Você pode aprender um novo estilo de jogo favorito, se você tomar um caminho diferente do que o que você está acostumado.

Utilizando vozes da alma

Como uma lâmina operativa, você terá opções quando se trata de batalha – mas o aaque você não quer ignorar é a voz da alma. Esta é uma opção de diálogo que pode fornecer uma ajuda secundária sempre que entrar em combate, oferecendo uma quantidade extra de dano,

Nós iremos quebrar as vozes de alma ainda mais em um próximo artigo, mas estas podem fornecer um número de vantagens em batalha, dependendo de qual opção de diálogo você faz. Alguns oferecem dano adicional, enquanto outros reduzem seu período de cooldown.

Você vai eventualmente ser introduzido as vozes conforme o jogo prossegue, então não se preocupe sobre tornar-se oprimido por eles. Às vezes a melhor escolha de conversa será melhor na batalha.

Construindo o esquadrão certo

Falando de membros da party, você vai correr em diferentes personagens ao longo de Xenoblade Chronicles que ajudarão a adequar seu estilo de jogo. Cada um desses personagens fornecem duas artes de assinatura, você será capaz de adicionar ao seu estilo de batalha e quanto mais você trabalhar com com eles, a melhor afinidade que você vai construir com eles, criando mais de uma ligação como resultado.

Existem 18 membros diferentes para escolher, cada um trazendo algo novo para a mesa. Por exemplo, Alexa é uma classe partidária Eagle Plus com poderosas habilidades de Overclock e tensão máxima, bem como aleatórias artes e habilidades que podem ser aplicadas em batalha.

Novamente, experimentação pode ir um longo caminho com esses personagens, como você pode ver quem será útil ao longo do jogo e criar afinidade para ajudar a tornar a sua party de batalha ainda mais completa.

Salvar algumas missões secundárias para mais tarde 

O mundo de Mira contém cinco continentes diferentes que oferecem sua parcela de desafios e side quests. Dito isto, você deve tomar o tempo para olhar ao redor e ver o que é oferecido antes de saltar em missões.

Na verdade, você pode salvar algumas das missões e inimigos para mais tarde, quando você é mais adequadamente equipado para o trabalho ou fazer uma party que pode lidar com inimigos maiores. Indo contra as criaturas de nível mais alto, por exemplo, é como assinar uma sentença de morte, se você não está preparado.

Por todos os meios resolver as quests principais, desde que eles ajudarão você subir de nível com eficiência e introduzir os personagens que você pode adicionar a sua festa. Novamente, estas farão toda a diferença conforme você melhora e eventualmente lida com alguns dos mais perigosos inimigos no jogo.

Nunca é demais para obter mais informações 

Com o vasto mundo apresentado em Xenoblade Chronicles X, nunca é demais para buscar mais informações, como você pode usá-los sua vantagem quando se trata de localizar quests secundárias, bem como locais escondidos onde você pode encontrar itens para seu personagem.

Para fazer isso, visite a todos os distritos na área e converse com quem você se deparar. Há um número de pessoas com informações essenciais para ajudá-lo a seguir em frente, mesmo se é algo tão pequeno como como derrotar um monstro.

Também nunca é demais para tomar notas devido o grande volume de informação no jogo. Isso é uma coisa boa, embora, como você vai ser capaz de localizar algumas das melhor side quests e prepare-se para um desafio monstro bom quando a situação pedir isso.

Coletar, coletar, coletar

Finalmente, você será capaz de encontrar colecionáveis em todo o mundo, que você pode colocar em seu Collectopedia. De lá, você pode visitar lugares nas cinco províncias e ver quais são mais raras.Também, certifique-se do estoque de pedras azuis, porque isto vão vir a calhar como você vem através de missões de afinidade no jogo. Por ter uma ampla coleção de estas, você será capaz de terminar a maioria destas missões sem nenhum problema e ter outros a participar do seu grupo imediatamente, em vez de moagem para ganhar a confiança deles.

Existem muitos colecionáveis, e você será capaz de adquirir, incluindo Vegs, frutos, flores, animais, insetos, natureza, peças e outros itens estranhos. Há uma tonelada ao longo de Mira e Nova Los Angeles, então não se sinta mal se você perder alguma coisa – você sempre pode voltar e continuar procurando sem penalidade.

Através da recolha de todos os itens em uma determinada linha ou categoria, você ganhará recompensas, incluindo uma arma especial e/ou o tipo de armadura que você pode equipar seu personagem. Certamente vale a pena olhar em volta e ver o que você pode encontrar, só para completar a sua coleção e aumentar o seu arsenal.

Mate monstros com nível equivalente ao seu nível

Assim como em Xenoblade Chronicles, lançado originalmente para Wii em 2012, é preciso caçar muitos monstros para adquirir equipamentos, armas melhores e, consequentemente, subir de nível.

No entanto, o hostil ecossistema do RPG é perigoso o bastante para abrigar criaturas colossais de level superior. Em vista disso, não tenha medo de fugir dos confrontos contra monstros poderosos, que podem acabar com o protagonista com um único golpe.

Antes de iniciar a batalha, atente-se ao nível do oponente sinalizado logo acima de sua posição exata no cenário. Caso o seu alvo de missão esteja próximo a outra criatura mais forte, procure atrair o objeto de interesse com disparos de longa distância.

Descubra novas localidades

Assim como em qualquer outro RPG, é de extrema importância explorar os cenários de Chronicles X de forma minuciosa para descobrir localidades inéditas. O desbloqueio de bases aliadas garante mais recursos para sustentar a cidade de New Los Angeles e, é claro, facilita a locomoção pelo mapa graças ao recurso de viagem rápida – é bom lembrar que você só pode ser transportado após ter visitado e descoberto a área desejada.

Além disso, todos os locais do jogo escondem segredos enigmáticos, como novos NPCs, missões, inimigos e matérias-primas. Durante o período de exploração no planeta Mira, ainda é possível descobrir baús escondidos repleto de ferramentas, itens e acessórios indispensáveis.

Combine arts e classes diferentes

As Arts, bastante conhecidas dos fãs da série, são habilidades especiais que podem ser usadas durante os embates. Enquanto os personagens executam investidas automáticas, é necessário gerenciar as Arts para que certas combinações poderosas de ataque sejam concebidas.

A partir do nível 10, você será capaz de alterar as especialidades dos personagens, deixando de ser apenas um Drifter, ou seja, um jovem aprendiz de Mira. É possível criar heróis com atributos equilibrados, que sabem lidar razoavelmente bem com qualquer tipo de armamento, e grupos capacitados para armas únicas.

Pretende priorizar o corpo a corpo ao invés de ataques a distância, por exemplo? Saiba que você pode fazer isso a qualquer momento a partir da aba de skills no menu.

Cuidado onde pisa 

Não são apenas as criaturas do planeta alienígena de Mira que podem dificultar a vida de sua equipe de sobreviventes. Por contar com um ecossistema ameaçador, constituído por uma incrível diversidade de fauna e flora, os ambientes de Xenoblade Chronicles X também são capazes de acabar com a sua longa jornada.

Seja um pântano envolto em veneno ou superfícies rochosas banhadas em lava vulcânica, saiba que você pode morrer facilmente para os elementos do cenário. Procure ficar sempre de olho onde pisa para não perder a viagem por fatores evitáveis.

Encontre a equipe ideal

Para que novos aliados sejam recrutados para o seu grupo de combatentes de Mira, é preciso concluir determinadas missões de afinidade. Não hesite em fazê-las, pois são elas que vão apresentar personagens importantes para completar o time.

Uma boa dica é nunca reunir heróis com a mesma especialidade. Tente montar a equipe com peças-chave diversificadas, que variam entre guerreiros especializados em armas diferentes e soldados com pleno domínio de habilidades de cura.

Tenha paciência para dominar o sistema de combate

O tático sistema de batalha é complexo, profundo e requer bastante estratégia. Lembre-se de sempre apertar o botão “R” durante os encontros para focar no inimigo pretendido. Se você ainda não foi avistado pelo alvo, mantenha o “R” pressionado e segure “X” para surpreendê-lo com um poderoso ataque surpresa.

Embora o combate seja tático e cadenciado, movimentar-se é uma necessidade, uma vez que investidas executadas pela lateral do inimigo, por exemplo, causam mais dano. Fique bem atento, pois certas habilidades só funcionam quando reproduzidas de ângulos específicos.

Outro fator que deve ser levado em consideração durante os confrontos é o tempo de resfriamento da skill. Cada Art leva um tempo para recarregar depois de ser usada, então é necessário estudar a movimentação do inimigo para saber o momento exato de utilizá-la.

Consulte o manual

Pode até parecer algo estranho nos dias de hoje, mas Xenoblade Chronicles X exige que os usuários menos familiarizados com a série consultem o manual digital com frequência, já que o jogo não faz questão nenhuma de esclarecer como as mecânicas funcionam.

Do mesmo modo que era comum ter os manuais em mãos para conseguir decifrar os segredos dos clássicos RPGs da década de 1990, em Xenoblade Chronicles X, você também terá que abrir o guia (no caso, digital) para entender todas as funcionalidades. Infelizmente, o conteúdo explicativo está limitado ao inglês, o que pode acabar dificultando o aprendizado de quem não domina o idioma.

Referências:

Game Detonado, Wikipedia, techtudo.

Deixe seu comentário: