The Order: 1886

The Order: 1886 é um videogame de ação-aventura em terceira pessoa produzido pelo estúdio Ready at Dawn com a colaboração do SCE Santa Monica Studio. Foi publicado pela Sony Computer Entertainment em exclusivo para a PlayStation 4 a 20 de Fevereiro de 2015. The Order: 1886 foi anunciado durante a conferencia de imprensa da Sony na Electronic Entertainment Expo em Junho de 2013.

A história fala de um grupo de cavaleiros conhecidos como A Ordem (The Order, no original) – uma força de indivíduos dedicados, fundada há séculos pelo Rei Artur para confrontar criaturas hostis. A ação decorre em 1886 numa realidade alternativa, em que Sir Galahad é um dos mais respeitados cavaleiros da Ordem. Sir Galahad e três dos seus mais leais parceiros, irão precisar de toda a ajuda para lutar contra os rebeldes e outras ameaças que espreitam Londres neo-vitoriana.

The Order: 1886 teve uma recepção mediana por parte dos críticos. Nos sites de criticas agregadas GameRankings e Metacritic tem a pontuação 64.65% e 65/100, respectivamente. Os críticos foram consensuais ao afirmarem que o ponto forte do jogo são os aspectos gráficos, o mundo fantástico, os níveis de produção e o desempenho técnico, com alguns mesmo a referir ser o melhor que viram numa consola, mas que no entanto o jogo tem demasiados erros, difíceis de superar, incluindo a longevidade e a excessiva utilização de quick time event’s (QTE) e de elementos cinematográficos, alienando o jogador da experiência.

The Order: 1886 foi distinguido com o prémio “Efeitos Especiais numa Produção em Tempo Real”, atribuído nos Visual Effects Society Awards de 2016.

Jogabilidade

The Order é um jogo de tiro em terceira pessoa simples. Os comandos respondem de forma excelente e sem transtornos. A curva de aprendizado é bastante curta e não exige muitas habilidades do jogador. O sistema de cobertura também é eficiente e atende bem as necessidades.

Durante o gameplay é possível andar, andar em um passo mais acelerado e correr. Entretanto, o jogador não tem total controle sobre suas ações. Em determinados momentos só é possível andar, o que torna o passar do tempo bastante lento. Além disso, Gallahad também pode se pendurar, realizar saltos mas, assim como dito anteriormente, esses movimentos só estão disponíveis em partes específicas, onde o jogo obriga o jogador a realizá-los.

Outro ponto de destaque são os quicktime events. Eles são partes constantes do jogo e fazem parte da experiência do enredo. Em determinados momentos o jogador deve apertar um botão, seja para finalizar um inimigo, completar uma ação ou para prosseguir adiante. Não existe nenhum problema técnico nesses momentos, todavia eles são muitos repetitivos e acabam por quebrar o clima do jogo.

Seguindo neste sentido, podemos dizer que o gameplay às vezes pode ser “esticado” mas, em alguns casos, o jogador não tem a sensação de “jogar” o game de fato.

Até as esperadas batalhas contras os lobisomens são inteiramente moldadas em “aperte um botão na hora certa”. Este fato acabou por ser o grande desapontamento da obra, uma vez que o próprio estúdio havia ressaltado que os combates com estes “seres” seriam impressionante.

Apesar do ritmo mais cadenciado, em certas partes o game se mostra bastante intenso com muitos tiroteios, explosões  e inimigos. São esses momentos que mostram o verdadeiro potencial do título. Mesmo que a variação de inimigos seja quase nula, é possível se divertir e experimentar uma boa variação de armas.

Enredo

Durante os séculos XVII e XVIII, alguns humanos começaram a sofrer um tipo de mutação. Muitos foram, de alguma maneira, atingidos por este surto e com isso iniciou-se uma guerra entre as pessoas saudáveis e os modificados – chamados de mestiços.

Os humanos eram liderados por ninguém menos que o Rei Arthur em companhia dos cavaleiros da Távola Redonda. Arthur por muito tempo se viu em desvantagem de força, apesar da superioridade numérica. A guerra estava sendo perdida quando o Rei encontrou um misterioso líquido que continha poderes regenerativos. Chamado de Blackwater, o elixir possibilitou que a Ordem equilibrasse os combates e conquistasse algumas vitórias.

A era Vitoriana

O game se passa no mesmo período da Revolução Industrial (Séc. XIX), no entanto os avanços econômicos e tecnológicos de The Order: 1886 são muito diferentes da história que conhecemos. Máquinas voadoras, tecnologias futuristas, comunicação sem fios e diversos outros recursos estarão fortemente presentes no título.

As engenhocas e equipamentos são de responsabilidade de Nikola Tesla, um importante inventor da época. Tesla, a princípio, contribui cientifica e tecnologicamente com seus conhecimentos em engenharia, mas com o desenrolar da trama o personagem recebe um papel de destaque.

O título explora uma Londres alternativa, muito ao estilo Steampunk. Um mundo composto de máquinas, robôs e muita ficção científica. Filmes e animes como: Van Helsing, A Liga Extraordinária e Full Metal Alchemist já exploraram essa temática.

Neste ambiente, a Ordem, uma entidade militar de elite diretamente descendente dos cavaleiros de Arthur, ainda combate os mestiços. Contudo, os cavaleiros devem cuidar de outros assuntos também complexos.

O game coloca o jogador no papel de Sir Gallahad, um dos mais respeitados cavaleiros da Ordem. Gallahad é acompanhado por Sir Percival, Lady Igraine e o Marquês de Lafayette. Todos eles são pessoas que tentam zelar pela soberania e integridade do Reino, entretanto uma revolução ameaça dissolver a sociedade e uma guerra civil deve ser evitada a qualquer a custo. Além disso, os mutantes são uma ameaça constante.

A narrativa se mostra como uma premissa muito interessante e é neste ponto que o game apresenta sua maior controvérsia. Durante o gameplay, vários são os momentos onde o jogador assiste a vários minutos de cut-scenes, quicktime events, diálogos tediosos, vagos e pouco explicativos. Existem capítulos inteiros onde nada acontece, forçando o player a somente assistir sem nenhuma ação ou interação. Este tipo de abordagem é muito frustrante àqueles que esperavam uma experiência um pouco mais interativa.

Apesar da história nos colocar em um ambiente extremamente interessante, a Ready at Down cuidou para que o jogador, na maior parte do jogo, fosse um mero expectador. O sistema de exploração também contribui de forma significativa para o sentimento de impotência do jogador. Os cenários, apesar de belos, não têm muitas possibilidades de exploração. As opções se resumem apenas a analisar fotos e coletar arquivos de áudio, nada além disso.

The Order: 1886 é um game 100% linear. Não possui caminhos alternativos, escolhas e a tomada de decisões está longe dos domínios do jogador. Como exposto, a trama se desenrola de forma lenta, quase arrastada, o que contribui para afastar os mais sedentos por ação.

Visual

The Order: 1886 se destaca em seu visual. Cenários, personagens, armas, ambientes etc são incrivelmente detalhados. Podemos afirmar, sem medo de errar, que se trata de um dos jogos mais bonitos de todos os tempos.

Não são raras as vezes onde ficamos simplesmente contemplando o espetáculo visual. Os personagens principais são muito fiéis aos seres humanos reais. A Ready at Dawn realmente produziu um verdadeiro jogo de nova geração.

The Order:1886 é aquele jogo que você coloca como exibição em sua casa para impressionar as pessoas e mostrar a elas o quanto os vídeo games evoluíram nos últimos anos.

Outro aspecto importante é qualidade técnica do título. Não existe delay de renderização, sendo que é praticamente impossível diferenciar uma cena de computação gráfica com um gameplay. Além disso, o game é perfeito do ponto de vista técnico. Não encontramos bugs, nem personagens atravessando paredes, falhas, ou queda na taxa de quadros por segundo. Em uma geração marcada por problemas, a Ready at Dawn mostrou que é possível criar um jogo sem os gigantescos pacotes de correções.

O jogo não conta com modo multiplayer

Em Fevereiro de 2014 foi divulgado que The Order não terá modo multiplayer. Essa notícia acabou deixando a maioria dos fãs decepcionados, isso porque no Modo campanha o protagonista é acompanhado por seus três companheiros: Marquis de Lafayette, Sir Percival e Lady Igraine.

Então a falta de um modo multiplayer não faz muito sentido.

Classificação

Como foi dito no preview do The Order: 1886, o jogo é classificado para maiores de 18 anos por conta da alta violência e nudez. Mas não é só nudez feminina não, além de peitos, teremos também pênis na tela.

Quem confirmou isso foi o Órgão de Classificação Etária dos EUA, o ESRB. Segundo eles, no jogo poderemos ver nudez explicita em bordeis e cenas parciais de sexo entre os personagens.

Não julgue The Order: 1886 sem jogá-lo

Uma coisa é fato, você não deve se basear totalmente na opinião de uma pessoa (ou site) para decidir se vale ou não a pena comprar um certo jogo. E o diretor criativo de The Order: 1886, Ru Weerasuriya nos lembrou isso quando as criticas de The Order começaram a surgir na internet.

Algumas dessas pessoas que tiveram acesso antecipado ao título, dizem que o jogo te coloca em situações inesperadas às vezes após algumas cutscenes. São os famosos quick time events, onde você deve apertar uma sequência de botões para dar continuidade a cena. Essas pessoas dizem que os eventos são totalmente inesperados porque as cutscenes do jogo são muito cinematográficas, assim ficando fácil se distrair ou até mesmo achar que é CG e baixar a guarda.

Dublagem em português

Foi revelado na Brasil Game Show de 2013 que o jogo será legendado e dublado em português brasileiro, assim como os demais exclusivos de porte da Sony como InFamous: Second Son e Killzone: Shadow Fall.

Sempre use a cobertura

O sistema de cobertura é um dos pilares da jogabilidade de The Order. Muito similar ao que é visto em games como Gears of War, o recurso é extremamente importante para um bom desempenho.

Durante qualquer combate, é essencial que você pressione Bola próximo a uma parede ou obstáculo. Isso fará com que o personagem se esconda, dificultando muito a mira dos adversários.

Experimente diferentes armas

Durante a campanha, não é difícil que você se acostume a usar apenas uma das armas do game, simplesmente ignorando as outras opções. Apesar da suposta praticidade, você perderá muito poder de fogo.

Além disso, não deixe de experimentar as diversas armas disponíveis, que podem se adaptar muito bem as diferentes situações.

Fique de olho na munição

Ficar sem munição durante uma batalha tensa pode ser fatal em The Order. Então, é importante que você mantenha seu estoque sempre abastecido.

Sempre consulte o número de balas disponíveis no canto da tela. Não deixe também de coletar a munição deixada pelos oponentes mortos.

Mire na cabeça

Entre as grandes qualidades de The Order, o jogador encontra um sistema de mira muito  preciso. Com isso, você poderá dar tiros certeiros com as mais diversas armas.

Procure sempre mirar na cabeça dos oponentes. Assim, você os derrotará mais rapidamente e ainda economizará muita munição.

Fique atento aos quick time events

Durante a campanha, você passará por diversas cenas de corte interativas, onde será necessário pressionar uma sequencia de botões para que o personagem realize ações variadas.

Essas quick time events podem ser um tanto repentinos. Então, esteja sempre alerta para não perder o tempo das ações.

Sempre opte por mortes silenciosas

Uma das melhores maneiras de evitar confrontos contra dezenas de oponentes, é ser extremamente silencioso em suas mortes. Para isso, ande vagarosamente e procure abater os inimigos com golpes de faca pelas costas.

Outra dica é sempre usar a cobertura, mesmo antes de ser visto. Isso garantirá que você não seja visto.

Armas

Lance de indução de arco –arma de longo alcance que usa arcos de eletricidade como munição. Ele sempre salta para o inimigo mais próximo de onde você estava apontando, então você só precisa apontar em sua direção geral.

Triple Barrel Shotgun – como um barril de duplo padrão, com um cano extra. 30% mais poder destrutivo. Qualquer um que deflagrou é um rei do próximo trimestre. Não visando necessário qualquer – apenas correr para seu adversário e aperte.

M2 Auto Falchion-Rifle-Lycans são vulneráveis à sua explosão de concussão.

Rifle de termite-dispara uma nuvem de poeira de termite, que pode ser inflamada pelo foguete (que é o fogo alternativo para este rifle). Basicamente, funciona como um lança-chamas de ação retardada e é ótimo para inimigos protegidos por cobertura.

Granadas-ótimo para confundir seus inimigos. A única coisa que pode ser vista através da fumaça são clarões, que permitirão que você determine aproximam locais dos seus inimigos e atirar/soco-los antes que eles cheguem a seus sentidos.

Granadas – todas as granadas no jogo explodirem quatro segundos depois de puxar o pino. Tenha isso em mente ao tentar cozinhá-los, então eles não explodiram na sua mão. 

Quedas de corpo a corpo – abordagem seu inimigo furtivamente e pressione triângulo. Bastante útil em situações de um contra um, especialmente se você estiver olhando para despachar alguém discretamente. Todos a letalidade com nenhum do ruído.

Combates

Furar a tampa –  Cada tiro que você tomar é um grande revés.Colocar objetos sólidos entre você e seu inimigo é uma coisa boa. O jogo ainda permite que você dê tiros trás capa, embora estas raramente funcionam para fora. Pressione L2 para espreitar para fora e objectivo. Pressione-o novamente para mergulhar em. Inclinando o direcional analógico esquerdo e pressione círculo permitirá que você saltar de uma capa a outra.

Espere o seu tempo – quando lutando empunhando arma adversários, esperá-los ao fogo, em seguida, usar o tempo de inatividade entre as fotos de Primavera da cobertura e ter a sua vingança.Lento e firme ganha a corrida.

Respire fundo – quando o que está sendo demitido na, profundidade de campo é alterado, a fim de tornar mais difícil com o objetivo. Seu primeiro instinto será lutar sua maneira fora de uma situação ruim, mas não. Protejam-se, esperar que seus sinais vitais voltar ao normal e seu objetivo é constante. Em seguida, atire.

Blacksight – permite-lhe tempo lento e executar seus tiros com precisão adicionado. No flipside, você não pode usá-lo o tempo todo. Guarde para quando você realmente precisa dele.

Diversificar – não dependem de uma arma só. Combine as armas, granadas e ataques corpo a corpo para a melhor estratégia de combate.

Referências:

Meu PS, Game For Fun, Game Detonado, wikipedia, techtudo.

Deixe seu comentário: