Fate/Grand Order

Fate/Grand Order (Japonês: (フェイト/グランドオーダー Feito/Gurando Ōdā?)) é um RPG eletrônico para celular online gratuito, desenvolvido pela Delightworks usando Unity, e publicado pela Aniplex. O jogo é baseado na franquia Fate/stay night da Type-Moon e foi lançado no Japão em 29 de julho de 2015 para Android, e em 12 de agosto de 2015 para iOS. As versões em inglês para iOS e Android ocorreram em 25 de junho de 2017 nos Estados Unidos e no Canadá, e uma versão em coreano foi lançada em 21 de novembro de 2017. Uma versão arcade intitulada Fate/Grand Order Arcade foi lançada pela Sega no Japão em 26 de julho de 2018.

O jogo é centrado em combates baseado em turnos, onde o jogador, que assume o papel de “Mestre”, convoca e comanda familiares poderosos conhecidos como “Servos” para combater inimigos. A narrativa da história é apresentada em um formato de romance visual, e cada Servo tem seu próprio cenário que o jogador pode explorar.

Fate/Grand Order faturou $982 milhões em 2017, tornando-se o sexto jogo para celular com maior venda do ano. Em 2018, Fate/Grand Order arrecadou $1.2 bilhões, tornando-se o sétimo jogo gratuito para jogar de maior venda do ano. Em 13 de março de 2019, o jogo arrecadou mais de $ 3 bilhões em todo o mundo.

O que é “Fate”?

Fate/Grand Order é inspirado na série de animes conhecida como “Fate”. A animação, por sua vez, foi criada com base em um jogo muito antigo chamado de Fate/Stay Night. O enredo central apresenta magos que lutam em uma batalha milenar por um único prêmio: o Santo Graal, item capaz de conceder qualquer desejo ao seu portador. Para vencer os outros magos, cada participante controla um Servo.

O Servo é um guerreiro lendário vindo de outra época da história da Terra, ou seja, figuras históricas reais. A série Fate é recheada de personagens que realmente existiram, ou de mitos e lendas de contos famosos da humanidade. Rei Arthur, Joana D’arc, Medusa, Gilgamesh, Hércules, Alexandre O Grande, Nero, Francis Drake, Drácula e até Buda estão presentes.

Assim, a série Fate se desenvolveu ao longo de vários anos e hoje possui outros animes spin-offs e também jogos. O próprio Fate/Grand Order já recebeu uma adaptação animada, disponível no Brasil na plataforma Crunchyroll, que conta os fatos do game em desenho. Além disso, há games disponíveis no PlayStation 2, PSP, Nintendo Wii, Nintendo Switch e PC, atualmente.

No geral, trata-se de uma série que, apesar de não ser muito conhecida no Brasil, faz um enorme sucesso no exterior, principalmente no Japão, onde um novo anime da franquia é lançado anualmente.

Onde posso jogar?

Fate/Grand Order está disponível para Android e iOS, mas não se encontra oficialmente nas lojas brasileiras da App Store ou Google Play. Contudo, é possível baixar o game trocando a região de sua conta, o que possibilita que muitos brasileiros aproveitem o título – que está apenas em inglês e japonês – sem travas de região.

Como funciona o jogo?

Fate/Grand Order é mais um game que segue o clássico estilo de “gacha”, ou seja, personagens e itens são tratados como prêmios aleatórios para os jogadores. Há também elementos de estratégia e RPG. As batalhas são em turnos e os personagens podem combinar ataques para formar combos, além de golpes especiais. Contudo, o foco está na coleção que o jogador faz ao invocar os Servos para construir um exército.

Cada vitória ou passo importante dentro do jogo te dá mais pontos para tentar invocar Servos de maneira aleatória. É possível conseguir Servos comuns ou raros de acordo com o tipo de investimento em pontos feito e também conforme sua sorte favorece. Assim você pode avançar na história, em fases mais difíceis, e conquistar mais pontos conforme luta, usando a estratégia e poder.

Jogabilidade

Fate/Grand Order é um RPG tático baseado em turnos. O jogador assume o papel de “Mestre” e comanda um grupo de indivíduos chamados “Servos”, que são tipicamente figuras históricas, literárias e mitológicas de várias culturas. O jogador comanda um grupo composto por até 6 Servos em cada batalha, 3 membros ativos e 3 membros da reserva. Em cada turno, o jogador recebe um conjunto de 5 Cartas de Comando e pode usar até 3 delas para atacar. Cada servidor tem 5 cartas que o jogador pode usar; as cartas de todos os servos em campo são embaralhadas e distribuídas ao jogador a cada turno. As cartas têm três tipos: Buster (um ataque pesado), Arts (um ataque médio que cobra um medidor pelo “Noble Phantasm” do Servo) e Quick (um ataque leve que gera Estrelas Críticas que aumentam a probabilidade de acertos críticos no próximo turno). Se três cartas semelhantes forem usadas em um turno, elas criarão uma “Corrente” que dará um bônus com base nas propriedades das cartas. Se três cartas, todas correspondendo ao mesmo servidor, forem selecionadas, uma “Corrente Valente” será seguida, resultando em um ataque extra, mais poderoso, sendo adicionado ao final. Cada servidor também possui habilidades que podem ser usadas antes de sacar cartas de comando; cada habilidade produz efeitos na batalha, bem como um cartão de comando especial chamado “Noble Phantasm” que aparece quando o medidor está cheio. O “Mestre” também tem um conjunto separado de habilidades e habilidades especiais chamadas “Feitiços de Comando”. Feitiços de Comando têm uma variedade de efeitos e recarga com base no tempo do mundo real.

Os servos são obtidos através de uma mecânica gacha. O Saint Quartz, uma moeda do jogo obtida tanto com o jogo quanto com compras no aplicativo com dinheiro real, é usado para convocar novos Servos e adquirir “Essências de Ofício”, que dão efeitos adicionais quando equipadas a um servidor. Essa invocação é aleatória, com alguns servidores disponíveis normalmente e outros raramente. Outra moeda é “Friend Points”, que são adquiridos com mais facilidade, mas só podem adquirir Servos comuns com eles. Se várias cópias do mesmo servo forem adquiridas, o poder desse servo será ligeiramente aumentado. Fate/Grand Order foi criticado por ter uma taxa de queda fraca em seus raros servos, sendo extremamente caro adquiri-los com segurança.

 Jogue em outros modos além do modo História

Completar o modo História é essencial para liberar personagens, mas ele não é o único que você pode usar para evolui-los. As Missões Diárias, os Interlúdios (histórias individuais) e as Missões de Ranking são excelentes para adquirir cards de experiência e materiais, fortalecer o seu time e desbloquear habilidades. Confira os outros modos.

Use cartas duplicadas para fortalecer personagens

Como todo “gacha game”, em Fate/Grand Order você é estimulado a colecionar heróis, mas vai chegar um momento em que você terá muitas cartas de personagens fracos repetidos, enquanto tenta invocar os mais fortes e raros. Essas cartas ainda podem ser usadas para fortalecer a carta original, selecionando-a como material de melhoria, permitindo inclusive que o NP (a habilidade especial) seja carregada a até 200%.

Consiga mais Friend Points (FP)

Os FPs são uma moeda gratuita para invocar personagens de 1 a 3 estrelas. No entanto, você pode acumular mais delas se você selecionar um personagem de outro jogador como um suporte para seu time antes de uma batalha ou um de seus próprios. No entanto, usar heróis de outros jogadores rende muito mais pontos. Então, seja sociável.

Troque Mana Prisms (MP) por tickets de invocação especial

Os heróis de 4 e 5 estrelas só podem ser invocados usando Saint Quartz, a moeda premium de Fate/Grand Order, que entre outros métodos, é preciso comprar com dinheiro real para conseguir. No entanto, você pode trocar 20 Mana Prisms (MP), a segunda moeda gratuita do jogo, que é mais rara do que os FP por um ticket de invocação especial, disponível na Da Vinci Workshop. É um método mais demorado, porém menos custoso de se conseguir os melhores personagens do jogo.

Você pode conseguir Saint Quartz em eventos, completando missões ou como prêmio ao entrar no jogo todos os dias, ainda que em uma quantidade muito pequena.

Controle a sua carteira

Assim como Azur Lane e Mario Kart Tour, Fate/Grand Order é um “gacha game”, um jogo gratuito com mecânicas para estimular o jogador a colecionar itens e um sistema de roleta, onde cada tentativa de conseguir novos heróis é aleatória. É um sistema similar ao das caixas de loot e, como tal, também pode fazer o jogador gastar dinheiro.

Alguns itens e personagens podem inclusive ser temporários, o que força o jogador a abrir a carteira desesperadamente atrás de novas chances de conseguir os heróis através das invocações, que nada mais são do que uma roleta. É possível curtir o jogo sem gastar um tostão, mas se você tem filhos, implemente controles para evitar gastos.

Escolhe os servos corretos

Verifique-se que escolheu os servos melhores e mais poderosos de acordo com as habilidades e não as estrelas. Há alguns servos mais comuns que não são muito poderosos.

As cartas certas irão conduzir-lhe a vitória

Para afetar e danificar consideravelmente a vida do seu adversário você deve escolher os cartões “BUSTER” também conhecido como um ataque pesado.

Cria uma cadeia

Use a mesma carta três vezes de uma vez para criar uma “Cadeia” para conseguir cartões bónus.

Cadeia Brava: Entretanto este é usando o mesmo servo três vezes em seguida. Isto torna a sua personagem mais forte e poderosa.

Sistema de batalha

(Para aqueles que não estão lendo as partes visuais do romance, a opção pular cena é o botão no canto superior direito. Como você sabe, haha. Além disso, algumas dessas coisas só acontecem após as primeiras batalhas tutoriais, se você está se perguntando por que ainda não apareceu.)

Portanto, nos mapas principais, você verá dois tipos de batalhas disponíveis. 

Missões Principais

Serão indicadas com um ícone dourado “NEXT”. Eles progridem na história principal e estão em caixas azuis.

Você não necessariamente recebe um Saint Quartz a cada batalha. Um de cada um desses pequenos marcadores de flechas vazios é preenchido a cada batalha concluída. Quando todos os três estiverem preenchidos, você receberá o quartzo ou qualquer que seja a recompensa mostrada na caixa. Às vezes, a recompensa também é um item diferente.

Missões Livres

Que são indicadas no mapa por um número com um círculo laranja. Eles estão em caixas verdes.

Depois de lutar o número necessário de batalhas, você receberá um quartzo. Nesse caso, concluí uma das três batalhas necessárias. Você pode obter esse item apenas uma vez – sem repetir o nível mais fácil para moer quartzo.

As missões de interlúdio 

São outro tipo de missão. Eles são desbloqueados à medida que você obtém e aumenta o nível de servidores. Na imagem acima, eu subi Hyde o suficiente para poder fazer o interlúdio dele, mas não fiz o mesmo com Mefistófeles, então o interlúdio dele está acinzentado. Interlúdios também ocorrem em locais fixos, então você também terá que progredir o suficiente nas missões da história para poder fazer interlúdios. 

As recompensas incluem história extra, bem como quartzo ou um upgrade de habilidade / PN (que é indicado por essa espada + imagem de disco de ouro). 

Também existem missões de fortalecimento , que podem dar novas habilidades aos servidores ou melhorar muito as habilidades antigas. Estes são lançados periodicamente pela DW. Eu acho que em todos os casos, você deve ter ascendido o máximo a seu servo antes de poder fazê-lo.

Para obter informações sobre interlúdios específicos e missões de fortalecimento, acesse o reddit etc.

Membro de suporte 

Depois de escolher uma missão e passar pelo diálogo, você escolherá um membro de equipe, que será o sexto servidor da sua equipe. Cinco dos slots são sempre seus próprios servidores, enquanto o último para o membro de suporte é sempre o servidor de um jogador on-line aleatório ou de alguém da sua lista de amigos.

Observe também – o número do nível no canto superior esquerdo é o nível recomendado para a batalha, enquanto os ícones de classe à direita indicam quais classes são os inimigos, para ajudá-lo a formular a estratégia.

Você pode navegar entre os servidores de seus amigos (e alguns randoms) para obter esse suporte, todos classificados por classe com os oito botões acima. (A opção de classe “all” pode incluir servidores que são governantes, Vingadores, Shielder e qualquer outro tipo.) O botão retangular azul mostra a tela do triângulo de classe / arma. Você também pode classificar a ordem em que os servidores são listados por crescente e decrescente, de acordo com o último login, nível, HP e ATK. Apertar o botão azul à direita em cada slot de jogador mostrará a lista completa de jogadores.

O pequeno ícone de bandeira à direita significa que o servidor está disponível durante uma batalha principal da história. Esses servidores aparecerão no topo da lista, independentemente de qual classe você está assistindo, e geralmente têm altos níveis de PN e habilidades. O ícone verde do aperto de mão significa que o jogador está na sua lista de amigos.

Você também ganha pontos de amigo após cada batalha bem-sucedida

Um aleatório lhe dará 10, um amigo lhe dará 25 e um servo da história lhe dará 200. (FP são usados ​​para convocar EXP, servo e CE de nível inferior, a 200 FP por rolo.)

Um CE especial disponível através de uma certa cópia da revista Type-Moon oferece 75 FP adicionais por batalha se você usar um criado equipado com ele. (Você não pode receber o dobro por meio de sua própria cópia e de um amigo.) Se alguém usar seu criado com o cartão equipado, você receberá 75 FP adicionais.

Se o torcedor não for de alguém da sua lista de amigos ou do enredo, também conhecido como não há ícone de bandeira ou aperto de mão, você não poderá usar o Noble Phantasm (ele ficará acinzentado). Se alguém usar seu Servo em batalha,  

você receberá 10 pontos se ele não estiver na sua lista de amigos e 25 pontos se estiver.

Referências:

Kairosity, Apowersoft, Tecnoblog, wikipedia, techtudo.

Friday the 13th: The Game

Friday the 13th: The Game é um jogo eletrônico de gênero survival desenvolvido pela IllFonic, e publicado pela Gun Media. É baseado na franquia de filmes de mesmo nome de propriedade da Paramount Pictures. Foi lançado em 26 de maio de 2017 para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One.

O jogo possui um modo multijogador assimétrico, colocando até sete jogadores para controlar monitores do Acampamento Crystal Lake contra um jogador que controla Jason Voorhees. Funciona como o mais conhecido pique e pega, pois precisam ser astutos e engenhosos para fugir de Jason ou como Jason pegar os conselheiros antes que fujam. Ele possui um mapa semi-aberto, no qual os jogadores são capazes de explorá-lo ainda mais.

Originalmente, o jogo estava sendo desenvolvido sob o título Slasher Vol. 1: Summer Camp pela IllFonic em meados de 2015. A Gun Media estava em negociações com o diretor da franquia Sexta-Feira, Sean S. Cunningham, para obter uma licença e iniciar o desenvolvimento do jogo. Depois de uma série de reuniões, a empresa conseguiu obter os direitos para o projeto. Então, o jogo evoluiu para Friday the 13th: The Game e os financiamentos do Kickstarter e BackerKit aumentaram em aproximados US$1.095.143,40, tornando-se o 124º projeto mais bem-sucedido de todos os tempos. É também o primeiro jogo IllFonic a utilizar o Unreal Engine 4 após desistirem da CryEngine que seguiu com o Projeto Advena.

Sem história

Friday the 13th: The Game não tem um enredo. O jogo foi criado para ser multiplayer e apenas via conexão online. Um modo de história pode ser adicionado no futuro, via atualização ou expansão, mas, por ora, ele foi lançado sem isso. Contudo, sabemos que a premissa básica é a mesma de sempre: um grupo de adolescentes tenta passar a noite em Crystal Lake, mas são surpreendidos com os ataques repentinos do vilão Jason, que pretende matar todos que vê pela frente.

Modos de Jogo

No modo de “Jogo Rápido”, é possível jogar como Monitor (sobrevivente) ou com o próprio Jason (assassino). Como monitor, seu principal objetivo será fugir e sobreviver. Jogando como Jason, seu papel será o de matar os sobreviventes e impedir que eles fujam.

No modo “Jogo Fechado”, o jogador pode criar um lobby e aguardar que os outros entrem ou convidar os amigos para jogar. Estes dois modos citados são totalmente online.

Além destes, existe ainda um terceiro modo o “Jogo Offline”. Ele é subdividido nos modos: “Cabana Virtual” onde é possível conhecer algumas curiosidades da franquia; um “Modo de Robôs” onde o jogador enfrentará alguns bots na partida; e, por último, um modo de desafios extras.

Para jogar o modo principal, acesse “Jogo Rápido” no menu e aguarde que o game encontre os servidores dedicados e também os outros jogadores. Após finalizado esse processo, no lobby do servidor, você poderá escolher e personalizar seu Monitor ou seu Jason.

Ao escolher a opção de personalização de seu Monitor, por exemplo, você poderá trocá-lo por outro monitor que esteja disponível ou apenas adicionar bônus ao seu personagem atual e melhorar suas habilidades.

Single player

Os jogadores poderão controlar Jason Voorhees por novos objetivos além do mero fato de assassinar adolescentes desesperados que tentarão lutar por suas vidas.

Teremos uma série de desafios diferentes, como utilizar uma única arma durante toda a partida, ou acabar com a vida dos monitores apenas de uma forma específica. Haverá também a necessidade de furtividade e utilização de elementos do cenário. Ao seu favor, todas as habilidades de Jason se mantêm, como a capacidade de teletransporte e hipervelocidade por alguns minutos.

Jogando como Monitor

Ao jogar como Monitor, como mencionado anteriormente, seus principais objetivos são: fugir de Jason e sobreviver. Para isso, será necessário coletar o máximo de recursos e sempre prestar atenção para não ser notado pelo assassino. Para ter uma maior taxa de sucesso e sobreviver, é necessário seguir algumas regras básicas:

Controle o medo do personagem acendendo a lanterna sempre que estiver em um local escuro;

Evitar correr para todos os lados ajudará a administrar a estamina e, por consequência, poderá te salvar num possível encontro com Jason;

Para ganhar tempo, preste atenção aos consertos que foram feitos por outros jogadores;

Compense a falta de determinada habilidade de cada personagem equipando bônus pontuais antes de iniciar cada partida;

Não fuja do local sozinho ou com itens importantes. Caso isso aconteça, o jogo se tornará mais difícil para os outros sobreviventes. Lembre-se que este é um jogo de sobrevivência cooperativo;

Não coloque armadilhas em portas abertas, pois elas poderão atrapalhar outros sobreviventes que estejam fugindo do Jason;

Sempre que entrar ou sair de um local, feche todas as portas e mantenha o máximo de janelas abertas possível.

Jogando como Jason

Ao assumir o papel de Jason, você terá que assassinar os monitores e evitar que eles fujam da área. Para isso, esteja atento a todo e qualquer movimento que eles façam. Veja abaixo algumas táticas básicas para ter mais sucesso nessa missão.

Pegue todas as facas que encontrar pelo caminho. Elas o ajudarão no momento que estiver correndo atrás de alguém;

Coloque armadilhas em carros, cabines telefônicas e atrás de portas fechadas. Isso aumentará as chances de você ferir e matar os outros;

Quebre todas as janelas e disjuntores que encontrar. As janelas quebradas impedem que os sobreviventes passem por elas sem se machucar. Quebrar os disjuntores irá apagar as luzes e dificultar a visão dos monitores, te ajudando a pegá-los de forma mais furtiva;

Faça o teletransporte para alcançar locais mais distantes com facilidade antes que os sobreviventes fujam, consertem o carro ou chamem a polícia.

Friday The 13th The game é um jogo bastante divertido, mas aterrorizante e violento ao mesmo tempo. Uma ótima opção para tomar sustos e dar boas risadas jogando com amigos. Com partidas rápidas de aproximadamente 20 minutos, é possível ganhar muita experiência, subir de nível rapidamente e adquirir mais personagens, habilidades e customizações. Os gráficos não acompanham os jogos de última geração, mas o carisma do protagonista (Jason) tornou o game um grande sucesso entre os fãs da franquia.

Não corra

É essencial que você não corra como um maníaco durante o jogo, porque Jason ouvirá o som e saberá onde você está. Sim, uma vez que localizo você, é melhor correr, mas quando ainda não sei onde você está, é aconselhável ir devagar para tentar encontrar objetos que permitam que você se defenda e escape totalmente do jogo.

Estas são as três melhores maneiras de escapar de Jason e sobreviver

Para isso, você deve se preocupar com a correção. Por um lado, você tem o telefone e, por outro, os veículos na forma de barco e carro.

Para consertar o telefone, você precisa encontrar o fusível, geralmente ele fica perto da cabine. Você pode encontrá-lo em casas ou cercas. Lembre-se de que, depois de fazer a ligação, você ainda não está seguro, pois você precisa esperar 5 minutos para que a polícia chegue e siga na estrada principal, e Jason estará esperando por você.

Se você deseja consertar o carro, você deve encontrar a bateria de gasolina e as chaves espalhadas aleatoriamente no mapa. Para consertar o carro, você deve executar um botão e pressionar o minijogo, mas se você fizer errado, terá que esperar para tentar novamente se Jason ouvir que ele poderia procurá-lo se você for cuidadoso e executar bem o minijogo. Existem 2 veículos, um azul que pode acomodar até 4 ocupantes e o outro azul que pode acomodar até 2 ocupantes. Observe que Jason pode bloquear seu carro e você precisará iniciá-lo novamente.

Você também tem a opção de consertar o navio encontrando a gasolina e as hélices espalhadas aleatoriamente pelo mapa.

Explore as casas

Isso tornará sua vida muito mais fácil (e salvará) se você tiver um bom inventário. Nas casas, você pode encontrar o walkie-talkie, o kit de primeiros socorros e outros objetos úteis que lhe permitirão sair vivos dos confrontos com Jason.

Obtenha experiência para subir de nível rapidamente

Você não deveria estar de pé, mas também não deveria estar correndo como um louco. Toda ação que você faz no jogo oferece experiência. Você pode vender upgrades, derrubar objetos e portas, instalar a bateria do carro, consertar o telefone e o melhor de tudo: terminar os jogos repetidamente. Acima de tudo, este último lhe dará muita experiência para ter cada vez mais vantagens em futuros confrontos.

Use armas com grande atordoamento para atacar Jason

Armas mais fracas quebram facilmente, por isso recomendamos que você encontre a espingarda, machado e facão o mais rápido possível.

Ligar para Tommy Jarvis

Para que isso aconteça, você precisa dos seguintes requisitos:

Uma das vítimas deve ter morrido ou escapado;

Antes de encontrar o grande rádio e chamá-lo;

Uma vez que você o tenha, ele aparecerá com uma espingarda, com estatísticas melhores que as outras e você terá mais tempo de sobrevivência devido à sua ajuda.

Fuja de Jason se ele te agarra

Você só tem duas maneiras de escapar de Jason quando ele a agarra e antes que ele cruelmente termine sua vida delicada:

Com a faca secreta, se você já fez isso antes;

Pressionando um certo botão antes de Jason.

Como consertar melhor

Tem personagens que não são bons de conserto, como a Tiffany, o seu reparo é ruim, por isso seu mini jogo é o mais difícil. Quando você pega aquele reparo grande e demorado, pois você pode trocar ele. Quando não gostar do seu mini jogo inicial recomeçando o puzzle, tipo retirar e colocar a bateria do carro até aparecer um mini jogo menor e mais rápido.

Quebrar portas

Muitas pessoas cometem o mesmo erro, que é quebrar a porta normalmente, segurando o botão de ataque. A melhor forma de quebrar a porta é modo combate, assim é mais rápido e pode matar o monitor mais cedo.

Como arrancar a máscara mais facilmente

Retirar a máscara de Jason não é uma tarefa fácil, então precisamos de um truque para isso também, já que vamos retirar sua máscara, corremos riscos de morte, sabe quando Jason vai na janela para a quebrar, como um facão ou qualquer arma vá a janela fique em modo de combate (não é obrigatório) e quando ele estiver quebrando a janela ataque ele, assim Jason vai tomar mais Dano.

Como matar Jason

Primeiro você deve pegar o suéter da mãe de Jason, localizado na cabana onde ele nasce. Jason será alertado assim que você chegar lá e devido ao fato de que ele pode teleportar-se para qualquer lugar do mapa, é bom ser rápido.

Este suéter deverá ser usado mais adiante por uma conselheira (mulher). Se for um conselheiro (homem), não causará o efeito desejado.

Após estar com o suéter, um conselheiro precisa morrer para renascer como Tommy Jarvis. Para de que para isso aconteça, um dos jogadores deve chamar por ajuda antes usando o Radio de Banda Cidadão (Radio CB), localizado na casa com a torre de transmissão branca e vermelha com uma antena no topo.

Depois que Jarvis aparecer, ele deve se desfazer de sua arma, pegar uma machete e atacar Jason até que sua máscara caia.

Em seguida, a supervisora com o suéter deve usá-lo como faria com qualquer outro item, o que irá atordoar Jason. Nesse instante, Tommy deve matar Jason com a machete. Qualquer outro conselheiro atacando ele com esta arma não desferirá o golpe fatal.

Como Jason é muito forte, a chance de você acabar morrendo é alta, ainda mais se Jason estiver ciente do que seus amigos e você estão planejando.

Então nada de ficar tristinho quando morrer, levanta a cabeça (se ele ainda não tiver cortado) e vá para a luta.

Dicas rápidas

Andar em floresta e evitar rios;

Um dos melhores lugares para por trap é na frente da casa central e nas pontes que dão a o outro lado do mapa;

Ande em grupo (um grupo ajuda a sua porcentagem de sobrevivência;

Não tente ir para cima do Jason sozinho (Apenas com um grupo);

Não corra ou faça barulho dentro de uma casa, motivo: Se você não fizer nenhum barulho você não aparece dentro de uma casa por isso também temos que optar por stealth;

Ande de olho no chão para ver se tem traps, lembrando as traps ficam com uma cobertura de folhas em cima, então tome cuidado!

Referências:

Boca do Inferno, 3 Djuegos, Steam Comunnity, Amino apps, Game for fun, wikipedia, techtudo.

Vainglory

Vainglory é um jogo eletrônico do gênero multiplayer online battle arena desenvolvido pela Super Evil Megacorp e publicado pela Rogue Games para dispositivos Android, iOS, Windows e MacOS.

O jogo é uma versão simplificada do seu gênero onde duas equipes adversárias de três ou cinco jogadores lutam para destruir a base inimiga, controlando os caminhos entre as bases, que é alinhado por torres e protegido por criaturas inimigas controladas por IA. Fora do caminho, os jogadores lutam por pontos de controle que fornecem recursos extras. O jogo foi lançado para iOS em novembro de 2014, e após um ano e meio, a versão para Android foi lançada em julho de 2015, em 2019 foram lançadas as versões para Windows e MacOS.

O desenvolvimento do jogo começou em 2012 com a formação da Super Evil Megacorp. O jogo foi revelado no evento de anúncio do iPhone 6 da Apple, em setembro de 2014, para demonstrar a interface de programação de aplicações de gráficos da plataforma. O intuito da Super Evil Megacorp era fazer um jogo que iria entreter os jogadores por horas e incentivar as pessoas para experiências em multiplayer semelhantes a uma partida de LAN.

Vainglory recebeu críticas geralmente favoráveis. Os críticos elogiaram os gráficos, personagens e o seu level design, mas também criticaram sua falta de ferramentas de comunicação entre as equipes. Demais avaliações também discordaram sobre o grau de acessibilidade do jogo para novatos, atualmente existem vídeos explicativos e tutoriais dentro do jogo, para o melhor entendimento do mesmo, sendo parte da razão pelo qual recebeu críticas mistas.

Porém em 2018, Super Evil Megacorp lançou sua mais nova versão,um modo de batalha 5v5. O novo modo 5v5 já vinha tendo muita repercussão dentro da comunidade do jogo para uma possível aproximação dos MOBA concorrentes,com o novo mapa,novos heróis e novas mecânicas, Vainglory salta novamente para o topo das melhores especulações dentro da gaveta de jogos móveis,já que possui um dos melhores motores gráficos,o jogo agora roda em até 120 FPS,com qualidade intensa além de trazer o tão amado recurso “névoa de guerra”,sendo um dos primeiros MOBA mobile a atingir tal perfeição.

Em 2019 a Super Evil Megacorp anunciou que recebeu mais de 10 milhões de dólares em investimentos para produzir seu novo jogo chamado Project Spellfire que será lançado em 2020. Em 2019 a SEMC também anunciou que não ficará mais responsável pela publicação do Vainglory e que a partir de agora a responsável pela publicação do jogo será a Rogue Games

Jogabilidade

Vainglory é um jogo do gênero multiplayer online battle arena que segue o mesmo estilo de MOBAs populares como League of Legends e Dota 2, mas que foi projetado para smartphones e tablets. Como padrão do gênero, duas equipes opostas lutam para alcançar e destruir a base adversária ao mesmo tempo em que defendem a sua própria em um cabo de guerra para o controle dos 3 caminhos conhecido como “lanes”, que ligam as bases. Além disso, existem duas “selvas” entre as lanes que contém criaturas que podem ser mortas ou capturadas para obter vantagens sobre a equipe adversária.

Em Vainglory, cada equipe é composta por cinco jogadores que controlam um avatar, conhecido como “herói”, de seu próprio dispositivo. Os personagens mais fracos são controlados por computador, chamados de “minions”, que são originados nas bases e seguem as lanes para a base da equipe oposta, lutando contra inimigos e torres nas rotas. As torres repelem o fluxo de minions e heróis inimigos. O objetivo do jogador é destruir as torres inimigas e o “Vain Crystal” na base da equipe inimiga.

Existem dois modos de jogador contra jogador em Vainglory, em que todo o mapa está disponível, e o Battle Royale, onde a progressão é mais rápida e a batalha é limitada apenas às lanes. Os jogadores podem jogar o modo Standard classificados para aumentar o seu ranking no jogo, ou os modos casuais, onde a sua classificação não é afetada. A duração de uma partida classificada no jogo é listada como de 25 minutos, enquanto a de modos casuais é de 20 minutos.

Em setembro de 2016, já existiam 27 opções de heróis. Os desenvolvedores do jogo adicionaram continuamente novos heróis, cada um com habilidades diferentes e balanceados para o fairy play. Por exemplo, um heróis pode ter um dano alto, mas a mobilidade lenta, ou fortes habilidades corpo a corpo, mas nenhum ataque à distância. Os jogadores escolhem entre três habilidades que atualizam através de uma árvore tecnológica comum. Há um número definido de heróis que são livres para serem utilizados no jogo, uma vez que esta lista de heróis disponíveis é atualizada a cada semana. Existem dois tipos de moeda entro do jogo para compras no aplicativo: a Glory, que pode ser obtida por meio de batalhas, e outra que pode ser comprada com dinheiro chamada Immensely Concentrated Evil (literalmente, “Mal Imensamente Concentrado”) e abreviada como ICE. Os jogadores também podem optar por desbloquear permanentemente qualquer personagem do jogo por uma determinada quantidade de Glory. A partir da atualização 1.18.0, os jogadores são capazes de obter ICE em cestas.

Vainglory oferece dois modos principais de comunicação no jogo: emoticons da equipe e pings estratégicos nos mapas.

Princípios básicos

Como em qualquer MOBA, Vainglory tem objetivos que devem ser concluídos em conjunto com seus aliados. Não há motivo para jogar um game do gênero se não for para cooperar em equipe. Por isso, tenha em mente que o “fair play” é sempre algo muito relevante não só em MOBAs, mas em títulos online em geral.

Por conta disso, já avisamos que Vainglory é jogado em equipes de três jogadores para cada lado. O objetivo é destruir a base inimiga, enquanto lida com tropas e torres pelo caminho.

Movimentação

A movimentação em Vainglory é feita com simples toques na tela, na direção desejada. Não há um “direcional digital” como em jogos mobile mais tradicionais. Basta tocar onde quer o personagem e ele irá até lá.

Caso tenhamos algum obstáculo pelo caminho, é claro que isso vai impedir o movimento. Se um inimigo passar pelo personagem, ele também será atacado livremente e pode ser abatido sem aviso.

Ataque

Para atacar inimigos, tropas ou torres, seguimos o mesmo conceito da movimentação: toque no alvo e o personagem fará o resto. O ataque é automático e ele sempre vai mirar outro alvo que esteja mais próximo, caso o atual seja eliminado.

Também é possível usar as habilidades dos personagens nos ataques, basta tocar em qual deseja ativar para lançá-la contra o inimigo ou, caso seja uma habilidade de suporte, ajude aliados que estão em batalha.

Loja

A loja de dentro das partidas oferece itens que vão fortalecer o personagem em combate. Eles estão divididos em categorias e podem ser comprados com o ouro obtido ao derrotar inimigos ou tropas adversárias.

A loja sugere os itens mais propícios ao seu personagem e ao tipo de atacante ou defensor que ele é. Porém, o jogador é livre para explorar as possibilidades e, navegando pelos botões laterais, comprar o que for necessário.

Comprar personagens

Assim como em outros MOBAs, Vainglory permite comprar personagens, gastando o “dinheiro gratuito”, obtido nas partidas, Glory, ou o que é comprado com dinheiro real, o Ice. Ambos servem, mas com custos diferentes.

Para comprar, basta ir na loja do game e selecionar o personagem desejado. O custo é sempre exibido na parte inferior da tela, e o preço não é reembolsável. Portanto, estude bem o personagem que deseja adquirir.

Perfil

Seu perfil é muito importante no jogo, pois ele mostra o resumo geral de tudo que é feito na sua conta: pontos obtidos, dinheiro somado, nível de experiência, apelido, temporada em que participa, entre outros.

Vainglory também tem um interessante sistema de cartas, que pode ser conferido nos seus detalhes. As cartas obtidas somam não apenas dinheiro, mas ainda “pedaços” de skins de personagens, que podem ser unidos para desbloqueio posterior.

Amigos

A lista de amigos e parte social de Vainglory é extremamente importante. É nela que você acompanha amigos adicionados – para marcar jogos posteriores em grupo – ou as guildas, que são basicamente os “clãs” do jogo.

Isso facilita o processo de encontrar partidas, já que é bem mais fácil combinar com alguém que você conhece do que depender de aliados desconhecidos e anônimos. O mesmo vale para embates competitivos.

Battle Royale

Aqui é para quem curte jogar partidas rápidas, de no máximo 10 minutos, com o diferencial de já começar com o nível avançado e com algum ouro. Ideal para iniciantes, por conta da facilidade de alcançar poderes avançados. Aqui não há acesso ao mapa completo, apenas na “lane” principal, com as torres.

Padrão

O combate padrão de Vainglory, onde as partidas duram até meia hora, por alto. Mantém o padrão de embate de equipes com três jogadores cada e acesso ao mapa completo, com direito a acesso para os monstros que ficam na floresta e servem de melhoria à equipe.

Grupo

Esta opção serve, basicamente, para formar grupos com amigos, ou amigos de amigos, e jogar as partidas Padrão ou Battle Royale. Facilita a comunicação e acesso.

Prática Individual

O lugar ideal para praticar com um personagem novo, conferir suas habilidades em combate, saber se ele é bom contra outro, treinar estratégias e definir caminhos específicos pelo mapa. Apenas sozinho e com o mapa completo.

Vá em frente!

Vainglory é um MOBA com sua própria complexidade, ainda que seja exclusivo de celulares e tablets, o jogo não faz feio e não deve em nada a outros do gênero – graças ao sistema de combate estratégico e melhorias compradas ao longo das partidas.

Tenha em mente a duração de cada partida, reserve um tempo para jogar sem precisar se desconectar, aumente o nível e passe a disputar as partidas rankeadas, que contam pontos e podem conceder benefícios no futuro, ao fim de cada temporada.

Conheça a função do seu herói

Em qualquer game MOBA que você experimente, todos os heróis assumem uma função especifica no time. É muito importante que você saiba qual é a função do personagem que escolheu antes da partida, para deixá-lo ainda melhor e para escolher os itens e talentos apropriados para o seu objetivo.

Em Vainglory só existem três funções:

Carries ou laners: heróis que ficam nas trilhas.

Capitães: heróis que se movimentam pelo mapa, participando de combates em todos os pontos.

Junglers: heróis que farmam na jungle.

Invada a jungle inimiga

Em Vainglory, minions não aparecem até o primeiro minuto de partida, então você não precisa partir imediatamente para as lanes. Assim, reúna seu time e aproveite o primeiro minuto para invadir a jungle inimiga e procurar oponentes sozinhos. Obviamente, fique atento para não ser vítima da mesma estratégia.

Equilíbrio da lane: entenda o Minion Capitão

Com relação às ondas de minions, Vaiglory tem uma diferença crucial comparado a outros MOBAs: o Minion Capitão. Esse minion especial aparece a cada quatro ondas, substituindo o minion de cerco.

Sempre que um Minion Capitão estiver na lane, os minions do seu time receberão menos dano dos minions e torres do time rival. Esse buff causa muito impacto no equilíbrio da lane, pois, assim como em outros MOBAs, não é bom que você avance na lane de forma descontrolada.

Por exemplo: se você matar o Minion Capitão oponente, sua onda de minions deverá vencer a onda oponente e avançar na lane. Assim, o próximo combate provavelmente será sob o alcance de uma torre rival, o que confere muita vantagem ao time oponente, que vai conseguir farmar com muito mais facilidade.

Portanto, sua escolha de matar ou não o Minion Capitão depende do que você quer fazer na lane. Se você quiser pressionar o oponente com minions para sair da lane por um tempo, então mate o Minion Capitão. Se você quer trazer a luta para sua torre, deixe-o vivo o máximo possível.

Siga a correnteza do rio

Existem dois rios que saem do meio do mapa em direção à lane superior e à inferior. Se você seguir por eles no sentido certo, seu personagem ganhará um boost de velocidade muito útil, possibilitando ganks ou suportes efetivos.

Melhore sua noção de mapa e se comunique de direito

Sempre, SEMPRE olhe para o minimapa. Um oponente desaparecido provavelmente está preparando um gank, então sempre esteja atento para reagir da melhor forma. Além disso, comunique-se o máximo possível com as ferramentas de sinalização que o jogo disponibiliza. Avise sobre oponentes desaparecidos, oportunidades de avanço, peça ajuda, etc.

Fique atento aos dragões

Fique atento ao Asa Fantasma e ao Garra Negra. Os dragões aparecem no mapa, respectivamente aos 6 e 15 minutos e garantem buffs únicos para o time que os derrotar. O Asa Fantasma concede uma barreira que regenera vida e energia quando o herói está fora de combate. O Garra Negra se torna seu aliado e avança pela trilha do meio.

É importante que seu time tenha visão sobre os dragões. Assim, mantenha Scout Cams na região para ver quando o time oponente irá atacá-los. Nesse momento, você pode contestar o dragão, tentando roubar a kill para o seu time, ou mesmo aproveitar que o time oponente está sem vida e energia para matar todo mundo.

Entre em uma guilda

Vainglory conta com um sistema de busca de guildas que você pode usar para encontrar jogadores do mesmo nível, ou que joguem nos mesmos dias e horários que você. Isso facilitará muito sua evolução, pois diminui as chances de você entrar em times com trolls ou pessoas que saem no meio das partidas.

Treine antes de jogar em equipe

Antes de entrar em partidas públicas com outros jogadores, é muito importante que você experimente os heróis e as mecânicas do game em partidas de treino ou contra bots.

Como não existem outros heróis para você se preocupar, essa é a forma ideal para aprender as habilidades do herói escolhido, a sua velocidade de ataque e a quantidade de dano causado. Assim que estiver bem familiarizado com o game e com os heróis, está na hora de se juntar aos outros jogadores.

Cuide do seu karma

Sempre que você abandona uma partida a meio, o sistema de karma vai te dar pontos negativos. Logo, evite desistir, a não ser que não tenha outra escolha.

O seu karma vai determinar os pontos de glória que recebe como recompensa, os quais podem ser utilizados para comprar novos heróis e skins.

Não saia correndo para as minas

Uma das características que difere Vainglory de outros games do mesmo gênero, é a possibilidade de ocupar minas para melhorar os seus lacaios com bônus.

Embora seja realmente útil ter acesso a lacaios mais fortes, isso pode fazer com que os seus inimigos enriqueçam mais rápido. Isto porque quanto mais fortes forem os lacaios, mais dinheiro eles dão ao morrerem. Por isso, considere as possibilidades antes de sair correndo para capturar as minas.

Não viaje até à base se pode visitar a loja da jungle

Em Vainglory, você precisa estar perto de uma loja para poder comprar os seus itens. Normalmente, a loja está na sua base, mas a partir de um certo momento na partida, uma loja vai ficar liberada também na jungle.

Não perca o seu precioso tempo se teletransportando até à base, pois todos os itens disponíveis lá também estão acessíveis na loja do centro do mapa.

A importância do Kraken

Se a sua partida chegar aos 15 minutos, vai sair um gigante Kraken da mina de ouro. Esse poderoso lacaio pode ser capturado para ajudar o seu time a destruir a base adversária. O seu dano massivo e alto HP vão dar uma grande ajuda à sua equipe e poderão até decidir o destino da partida.

Porém, você tem de estar pronto para a possibilidade dos seus inimigos conseguirem eliminar o kraken e, consequentemente, ganhar uma grande quantidade de XP e ouro.

Diversifique sua Build de Itens

Ao matar minions e heróis, você recebe dinheiro para comprar itens. Há uma grande quantidade de itens diferentes disponíveis em Vainglory. Alguns podem tornar os seus ataques mais fortes, enquanto outros podem fazer seu herói se mover mais rápido ou até curar sua vida. Diversificar nestes itens pode pegar os seus oponentes de surpresa e o item certo usado na hora certa pode garantir a vitória.

As torres podem causar bastante dano. Sempre tenha cuidado com elas.

Toque no mapa e segure para ver outras áreas

Olhar várias áreas no mapa para ver o que está acontecendo pode ser essencial em um MOBA. Em Vainglory o cenário de selva permite que sejam feitos ataques surpresa em diversos locais. Ao tocar no mapa e segurar, você poderá ver no topo direito da tela outras áreas do mapa ou enviar o seu herói para longe ao tocar no chão naquela área do mapa.

Referências:

Mobile Gamer, Jogos Enternauta, Ligados Games, techtudo, wikipedia.

Middle Earth: Shadow of War

Middle Earth: Shadow of War é um jogo de RPG de ação ambientado no universo da saga “O Senhor dos Anéis” do autor J. R. R. Tolkien, desenvolvido pela Monolith Productions e distribuído pela Warner Bros. Interactive Entertainment. É uma sequência do jogo Middle-earth: Shadow of Mordor de 2014 e foi lançado para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One em 10 de outubro de 2017.

Shadow of War foi bem recebido pelos críticos, com elogios com relação ao gameplay e melhorias no sistema de jogo, embora alguns elementos da história e mudanças nos personagens provocaram reações negativas, assim como a inclusão de microtransações.

Estude o inimigo

O exército de Sauron é composto por muitos capitães e seus Uruk’s subordinados. Os subordinados são inimigos mais fracos, que podem ser derrotados facilmente. Já os capitães são Uruk’s promovidos, que possuem poder de ataque e resistência muito maior aos de outros Uruk’s. Não obstante, esses capitães possuem também fraquezas e forças únicas que você precisa saber antes de enfrentá-los.

Ao marcar um capitão, ronde os arredores e procure por documentos que informem mais detalhes dele. Um outro caminho mais fácil de obter tais informações é interrogando delatores. Para saber quem são, basta ativar a visão espectral e procurar pelos inimigos de silhueta verde. Inimigos comuns podem também saber informações sobre os capitães, mas muitas vezes não é o suficiente.

Modo Furtivo

O modo furtivo é a sua melhor tática para se dar bem no começo do jogo. A medida que avança na campanha, você poderá evoluir Talion para lutar bem contra grandes quantidades de inimigos, contudo, no início da campanha é bom evitar o combate contra muitos Uruk’s.

No modo furtivo, Talion pode matar inimigos e se locomover sem ser notado pelos outros. Este modo também é útil quando se deseja despistar inimigos que estão lhe perseguindo. Quando encontrar mato alto, você pode se ocultar nele e atrair inimigos para que os derrote rapidamente.

Evolua ao seu modo

Com elementos RPG muito bem visíveis, em Shadow of Mordor você deverá evoluir Talion para que ele possa melhorar em combate. A cada level evoluído, novos pontos de habilidade serão dados para que você desbloqueie novas habilidades.

A dica aqui é evoluir o guardião no seu modo de jogo. Por exemplo: se você foca no combate corpo a corpo, evolua técnicas de finalização ou de montaria em Caragors; se você prefere ser mais furtivo, melhore seus atributos de dano a distância, morte furtiva e movimentação mais rápida.

Equipe-se bem

Ao derrotar um capitão, lhe é concedido uma Runa para que você possa equipar em sua espada, arco ou adaga. Essa Runa lhe dará vantagem em batalha, como melhorar seu ataque crítico, aumento de energia e/ou velocidade de ataque. Para desbloquear um novo espaço de Runa é necessário gastar Mirians – dinheiro do jogo -, além de precisar ter level mínimo em alguns casos.

Aproveite o jogo

Shadow of Mordor é um jogo com mapas gigantescos, com ricos detalhes e referência a cultura Tolkiana. Há dezenas de missões secundárias para fazer, itens para coletar, vilões para derrotar e conquistas para desbloquear.

Segundo o site How Long to Beat, Shadow of Mordor conta com 11 horas de jogo de campanha principal, e mais oito horas de conteúdo adicional, como Side Quests e desafios. Como se não bastasse, há dezenas de apêndices sobre detalhes sutis da história do jogo, que renderão mais algumas horas de entretenimento.

Cuidado: morrer deixará os inimigos mais fortes

A morte traz consequências mais impactantes do que você imagina em Middle-earth: Shadow of Mordor. Os guerreiros orc da região em que você foi assassinado acabam ficando mais fortes por meio do “sistema de nêmesis”, que acaba promovendo os soldados de baixo escalão e aumentando ainda mais a força dos inimigos mais poderosos.

Não é apenas o adversário que matou Talion que leva o crédito, mas sim todos aqueles que sobreviveram à briga. Portanto, pense duas vezes antes de enfrentar um pelotão de forma despreparada — ou eles vão acabar se tornando uma grande dor de cabeça para você depois de um tempo.

Seja cuidadoso com a sua vida

Há poucas formas de recuperar a vida em Middle-earth: Shadow of Mordor, mas a principal delas é buscar pelas pequenas plantas e ervas que crescem pelos cenários. No entanto, não fique tão confiante ao ver elas reaparecendo pelo mapa, pois dentro das fortalezas elas não irão crescer novamente caso sejam utilizadas.

Cuidado é crucial nessas horas, ou seu destino não será muito agradável.

Corra quando precisar

Se você já passou pela primeira dica, vai se lembrar o quão importante é se manter vivo para não dificultar ainda mais as coisas. Portanto, se sua vida começar a ficar muito baixa, não tenha medo de correr. Seguir para os pontos com ervas para recuperar a saúde talvez seja a opção mais indicada para não encontrar Boromir de uma forma cruel.

É bem provável que os orcs te provoquem pela sua manobra “estratégica”, mas talvez eles não fiquem tão animados assim quando você voltar preparado para uma segunda rodada.

Procure aumentar a sua vida

Ok, já sabemos que a cabeça de Talion é colocada em risco constantemente, então nada mais justo do que aumentar a barra de vida para deixar as batalhas um pouquinho menos perigosas, não?

Em Middle-earth: Shadow of Mordor é possível aumentar alguns atributos coletando Mirian a partir das missões marcadas em branco pelo mapa. Maximizar a vida do nosso protagonista será uma sábia escolha para aguentar as incansáveis hordas de orcs que vão te acompanhar pela Terra Média.

Habilidades de Ranger podem salvar sua pele

Outros upgrades para Talion incluem aprimorar suas habilidades nas classes “Ranger” e “Wraith”. Como a primeira influencia diretamente no seu combate corpo-a-corpo, é bem aconselhável seguir por ela para aumentar seu leque de opções durante as brigas — principalmente no começo do jogo.

Maximizar uma determinada habilidade também é aconselhável para deixar o jogo mais fácil.

Não se preocupe muito com os artefatos

Há pequenas missões em Middle-earth: Shadow of Mordor que consistem em procurar artefatos únicos, garantindo uma quantia bônus de pontos de experiência. Apesar de parecer bem tentador, a XP extra não compensa tanto assim por conta do tempo investido, então só se preocupe com elas se você quiser conhecer um pouco mais sobre a Terra Média.

Fique de olho nas runas amarelas

As armas podem ser aprimoradas por meio de runas especiais para aumentar o dano que você causa ou ainda diminuir o tempo de recarga. No entanto, há uma classe específica de runas que podem chamar muito mais a sua atenção: as “Epic Runes”, que contam com um brilho dourado ao redor delas.

Infelizmente, não espere que seja fácil encontrar por elas, afinal elas só poderão cair de orcs de alto escalão e uruk-hais. Você pode seguir para eles assim que sentir que suas habilidades estão à altura dos desafios, sendo mais aconselhável enfrentá-los depois de desbloquear uma das habilidades que garantem uma qualidade melhor para os itens encontrados.

Cuidado com os caragors

Caragors são animais ferozes que percorrem pelos cenários, mas com o tempo você poderá domesticá-los para que eles te ajudem nas missões. Até lá, tome cuidado para que você não se transforme em uma refeição, ainda mais quando encontrá-los pelos cenários no início do jogo.

Sua presença também pode ser muito estratégica, principalmente quando você conseguir libertar uma dessas feras de uma jaula em meio à um acampamento orc. Deixe que ela faça o trabalho sujo, pelo menos por agora…

Desvie e contra-ataque na hora certa

Middle-earth: Shadow of Mordor apresenta uma mecânica de defesa muito similar a da série Batman Arkham, possibilitando entrar em combate e desferir um golpe fatal mesmo quando o inimigo estiver pronto para atacar.

A possibilidade para isso aparecerá como um comando na cabeça do orc atacante, então é bom praticar para manter a ofensiva sempre presente durante os combates.

Mesmo assim, alguns ataques não podem ser bloqueados ou contra-atacados — então você deverá desviar no tempo certo para não sofrer danos. O esquema continua o mesmo: quando um ataque estiver prestes a ser desferido, um botão aparecerá no adversário informando que o momento de fugir está perto.

Muito cuidado com veneno e armas de longo alcance

Se você for entrar em uma fortaleza, faça questão de matar os arqueiros primeiro, assim não terá que lidar com eles durante toda a expedição. Além disso, é essencial tomar conta contra os ataques venenosos, principalmente vindo de orcs de elite. Evitar estes dois problemas irá manter sua vida fora da área de perigo.

Descubra o medo dos seus inimigos

Alguns orcs deixam marcas verdes depois de morrerem, sendo possível descobrir algumas informações interessantes sobre os inimigos mais poderosos. Eles também revelam o maior temor deles, como medo de fogo, de ser atacado por um caragor ou de ser traído por um guarda-costas.

Assim que você descobrir este ponto fraco, é hora de trabalhar para deixar seu inimigo de frente com esta vulnerabilidade e facilitar o seu trabalho.

Mate os guarda-costas primeiro

Enfrentar um chefe guerreiro é sempre complicado. Além da sua força incrível, ele conta com a ajuda de mais alguns orcs de elite, então sempre tenha cuidado para não acabar cercado e sofrer uma morte com essa situação.

Um meio de superar esse desafio é eliminar primeiro os guarda-costas e aos poucos deixar o combate mais tranquilo. Mas não respire tão levemente assim, afinal o chefe ainda te espera para um difícil confronto.

Esperamos que, depois de tantas dicas, sua aventura pela Terra Média fique um pouco mais fácil — e temos certeza que você conseguirá matar tantos orcs que deixarão um certo anão enciumado pela sua contagem superar a dele.

Retirada estratégica

Embora Talion seja bastante poderoso, até o herói pode ter grandes dificuldades contra vastos números de oponentes – e acreditem em nós, vão ter situações com mais de 10 inimigos ao mesmo tempo. Com um pouco de sorte e habilidade, podem sair vitoriosos até das situações mais complicadas, mas não fiquem cercados. Se pressionarem no botão de desvio podem ganhar alguns metros aos oponentes, e isso oferece a oportunidade para usarem o arco para abaterem rapidamente alguns adversários. Tenham atenção ao cenário, e se virem um barril explosivo, tentem atrair os orcs para perto antes de o rebentarem. Se mesmo assim estiverem em dificuldade, fujam. Podem simplesmente ignorar a situação, ou se quiserem voltar a atacar, esperem por uma oportunidade para atacarem de forma furtiva.

Aproveitem-se do sistema Nemesis

Não entrem cegos numa batalha contra uma personagem do sistema Nemesis. Tentem encontrar um Orc informador, ou outras formas de conseguir informações, para descobrirem as vantagens e desvantagens de cada oponente. Se souberem tirarem vantagem desta informação podem facilitar imenso a vossa tarefa. Com o avançar do jogo vão descobrir que os inimigos têm menos fraquezas para explorarem, mas existe sempre uma maneira. Também é muito importante evitar os pontos fortes do adversário. Se atacarem de uma certa forma podem causar raiva ao inimigo, por exemplo, o que vai dificultar imenso o objetivo. Tenham ainda em atenção o facto de alguns inimigos fugirem, por isso estejam preparados para isso – perder minutos a tentar matar um capitão, para depois o deixar fugir, pode ser muito frustrante.

Esta é a função primária do sistema Nemesis, mas quando começa o segundo ato, terão a hipótese de construir um exército. Vão colocar os vossos capitães em confronto com os adversários do sistema Nemesis, o que também tem os seus pontos de interesse. Também existem novas batalhas em arenas, onde os inimigos lutam entre si. Aprendam as particularidades de cada classe, e aproveitem-se disso mesmo, seja comandando o vosso exército, ou em combate direto.

Dominem as Feras

Com tudo o que há para fazer, é fácil deixar com que a capacidade para usar montadas caia no esquecimento. Podem montar Caragors, Graugs, e Drakes, cada um oferecendo diferentes vantagens estratégicas. Os inimigos do Nemesis têm também atributos relacionados com estas criaturas – alguns ficam furiosos quando vêm um, outros ficam apavorados, e outros dominam-nos. Usem-nos para ganharem vantagem nos combates, mas também como meio de transporte. Os Caragors são rápidos, ideias para cobrirem grandes distâncias, e ainda podem usar flechas quando estão montados. Os Graugs são resistentes e fortes, ideais para combates a curta distância, mas a sua lentidão não os validam como meio de transporte. Os Drakes têm o encanto de voarem, mas são a montada de que gostámos menos. Ainda assim, a perspetiva que oferecem do campo de batalha é fantástica.

Apontem às pernas

Uma flecha em cheio na cabeça é um tiro crítico garantido, mas se acertarem na perna vão ter outras vantagens estratégicas. Se o fizerem, seu oponente vai ficar parado no lugar, exposto para explorarem fraquezas. Isto será particularmente útil contra inimigos Nemesis que não sejam imunes a flechas. Esta tática é também excelente para parar inimigos em fuga que não queiram matar, como os Orcs informadores.

Ao vencedor, os espólios

Para Shadow of War a Monolith remodelou por completo o sistema de espólios (ou loot, se preferirem). Agora vão receber otipos de armas, peças, e gemas durante a aventura, com diferentes graus de raridade e qualidade. Enquanto os itens mais comuns só incluem estatísticas, as variedades rara e épica costumam trazer várias vantagens ou efeitos secundários. O segredo aqui não está em tentar arranjar as melhores armas e descartar as outras, mas antes em guardar armas capazes de causar efeitos diferentes. Como os inimigos têm vários tipos de fraquezas, convém adaptar o armamento e a armadura a preceito.

Outra componente nova são as gemas que podem equipar, itens que normalmente são largados por uns orcs especiais com uma marca branca em cima da sua cabeça. Sempre que virem um destes orcs, tentem matá-lo, porque vão precisar de todas as gemas que conseguirem mais próximo do final do jogo. As gemas mais poderosas podem ter um efeito esmagador no desempenho de Talion, como aumentar o dano causado ou a saúde em 30%, por exemplo. So passadas 30 horas de jogo conseguimos criar a nossa primeira gema de qualidade máxima, o que implica que terão de investir a sério na procura destas gemas. Prestem atenção ao mini-mapa, onde estes Orcs são também identificados por setas brancas.

Habilidades

Perfect Counter: Depois do Execution – que é extremamente útil sem dúvida, procura desbloquear o Perfect Counter bem cedo também. É essencial ao enfrentar hordas de inimigos, ser capaz de os imobilizar tempo suficiente para te focares num Captain ou para aplicar uma execução no chão. Eventualmente esta pode ser melhorada para recuperar ammo ou para matar instantaneamente grunts mais frágeis.

Wraith Chain: Na Predator Skill Tree, terás de desbloquear umas quantas habilidades até chegar à Wraith Chain – mas assim que o conseguires, as missões furtivas serão muito mais simples. Utilizando Focus, podes teleportar a tua forma wraith para inimigos nas redondezas, eliminando múltiplos oponentes em cascata, algo muito útil quando não podemos mesmo ser identificados ou quando queremos invadir uma fortaleza sem ser detetados.

Bird of Prey: Na árvore Ranged praticamente todas as habilidades são úteis, mas de início, a Bird of Prey é a mais importante. Permite-te abrandar o tempo e focar o disparo em pleno ar. Combinado com o Shadow Strider, podes saltar e executar um duplo salto, mudando de direção no enquadramento do teu alvo, antes de abrandar o tempo para desencadear uma chuva de setas num grupo, ou marcar um barril para explodir mesmo antes de aterrares no meio deles e limpar as sobras.

Ice Storm: Na árvore Wraith está uma das habilidades mais úteis para desbloquear desde cedo, Ice Storm. Quando estás a enfrentar demasiados Orcs ou um Captain poderoso, o Ice Storm permite-te congelar um alvo, prendendo-o no mesmo sítio e deixando-o fora da batalha, ou para usar um ataque flurry e acumular might rapidamente.

Call Caragor: Finalmente, a “Skill tree” Mounted é sempre útil para abusar das fraquezas dos inimigos, sendo que nada é mais útil que invocar um Caragor quando a necessidade aperta. Esta habilidade é especialmente adequada quando enfrentamos um Captain que tem medo ou é especialmente sensível a beasts – É inclusive possível invocar um Caragor no interior da sala de um Commander durante o assalto a uma fortaleza.

Não te esqueças de realizar o upgrade à habilidade para invocar outros tipos de beast e capitalizar as fraquezas dos teus oponentes.

Referências:

Game Reactor, Voxel, ING, techtudo, wikipedia.

Cyber Hunter

Cyber ​​Hunter é um videogame chinês de ficção científica battle royale de 2019 para celulares e plataformas de PC desenvolvido e distribuído pela NetEase. Foi lançado em 26 de abril de 2019.

Gameplay 

A jogabilidade consiste no formato tradicional de battle royale com tema futurista e alguns elementos distintos, como jogadores (referidos no jogo como Wanderers), são jogados em hoverboards a jato, que ajudam no desembarque antecipado de armas sofisticadas, como armas de microondas, veículos armados, vertical escalada, parkour, planando pelo ar usando dróides que são robôs de inteligência artificial, construindo várias estruturas de defesa, personalização detalhada de personagens etc.

Introdução

Cyber ​​Hunter é um jogo de mundo real de battle royale com uma combinação única de elementos de jogo, incluindo sobrevivência, tiro e exploração. Qualquer superfície vertical no mundo do Cyber ​​Hunter é escalável e os jogadores podem deslizar de baixo para cima.

Equipado com armas legais, armas criativas e veículos que voam e flutuam, você pode explorar histórias de justiça contra o mal, novas lutas antigas e conservadorismo afastando o radicalismo.

Espaço 3D

O jogo é muito mais do que uma arena de 6 por 6 km e pode ser um mundo fascinante, onde você pode tocar o céu e mergulhar no fundo do mar, com recursos básicos, incluindo escalada e planagem.

Batalha Vertical

os jogadores podem experimentar uma batalha vertical em uma variedade de terrenos e estruturas. Além disso, eles podem melhorar suas capacidades de combate vertical através de descobertas no jogo, como descobrir luvas táticas que melhoram a velocidade de escalada.

Livre e Justo

Os jogadores podem desbloquear diferentes tipos de habilidades de sobrevivência gratuitas, à medida que ganham experiências e sobem de nível.

As habilidades de sobrevivência do jogo incluem

Atirando, ocultando, monopolizando o inimigo, detectando o sinal do inimigo, protegendo, curando, ficando invisível, usando medpack, ressuscitando, usando o Safety Ring, dissolvendo itens, planando, construindo barricadas, carros, torres de superervação ou fortes.

Os jogadores podem dissolver uma construção ou um instrumento para ganhar energia droid, ou usar um drone Detector para espionar seu inimigo. Os jogadores também podem usar um anel de segurança para se proteger fora da zona segura ou ressuscitar um companheiro de equipe, fornecendo uma combinação de habilidades para os jogadores sobreviverem.

Efeitos diversos

Você pode ter uma espingarda cujos tiros curam quando atingem um companheiro de equipe, ou um lançador de granadas que destrói edifícios com alta eficiência, ou uma granada congelada que pode congelar a água. Além disso, quando as armas no Cyber ​​Hunter são atualizadas com um Enhance Core, novos poderes ou até novas habilidades serão desbloqueadas.

Saiba onde aterrissar

Conhecer o mapa é um dos passos mais importantes em qualquer Battle Royale, Cyber Hunter incluso. Cada partida reúne 100 jogadores, em times ou solo e, como sempre, a missão é eliminar os inimigos e permanecer vivo. Reconhecer o terreno é obrigatório.

Pousar em áreas urbanas é uma boa para quem deseja adquirir equipamentos bons logo de cara, mas as chances de entrar em confronto (e ser eliminado de início) são maiores. Por outro lado, pousar em uma região afastada pode ser mais seguro ainda que fique perto da barreira, que vai encolhendo e reduzindo a área de combate.

No mais, saiba usar o glyder para chegar ao chão o mais rápido possível.

Selecione bem seu equipamento

Outra dica básica, é importante gerenciar o espaço em seu inventário para dar lugar a itens importantes, como medikits, armaduras (capacetes, botas, luvas, etc.) e armas mais poderosas (submetralhadoras, rifles, rifles de precisão, espingardas e armas pesadas), conforme você avança no confronto.

Claro que ao chegar a ordem é pegar o que conseguir primeiro, mas como seu espaço é limitado, troque itens e armas fracas por versões mais fortes conforme explora o mapa.

Cuidado ao usar veículos

Dirigir um veículo é uma excelente opção para encurtar distâncias e chegar a um ponto do mapa mais rápido, mas todo recurso tem seus prós e contras. Neste caso, você estará anunciando a seus adversários, em alto e bom som, que está passando perto deles, se tornando assim um alvo fácil se estiver sozinho.

Jogando em grupo a coisa muda, seus amigos podem reagir bem mais rápido do que o motorista. Sendo assim, um carro pode ser uma ferramenta útil para cobrir terreno.

Faça bom uso das habilidades especiais

O principal diferencial de Cyber Hunter para outros títulos de Battle Royale, as habilidades especiais, são fornecidas pelo droid auxiliar. No início, você tem acesso a um número limitado delas, podendo desbloquear mais conforme evolui no jogo.

É possível equipar até três habilidades por partida, que variam entre uma parede de proteção, um item de cura, um veículo para se deslocar mais rápido e outras. Saber quais são as mais úteis é um passo importante para a vitória.

Fique de olho no mapa

É importante estar sempre atento ao ícone do mini mapa no canto superior direito, tanto para saber onde você e os membros do seu time estão, quanto para identificar de onde os tiros estão vindo quando você entrar em combate. Estando atento aos seus arredores, será mais fácil preparar emboscadas, se proteger ou mesmo dar no pé.

Esteja sempre em movimento

Como em todo Battle Royale, ficar parado é um convite tanto para virar uma peneira, quanto para ser pego pela redução do mapa. Esteja sempre em movimento rumo ao centro da zona de combate, mas use de vantagens que Cyber Hunter tem, graças à temática futurista.

Seu personagem é capaz de escalar superfícies sem nenhum tipo de acessório, além do droid servir como um planador (aperte o botão de pulo duas vezes de uma superfície alta). Assim você pode cobrir distâncias ou pular de um prédio de maneira bem fácil.

Habilidades dos Andarilhos de Cyber Hunter

Conforme os Andarilhos sobem de nível, eles desbloqueiam diferentes habilidades, como detectar o sinal inimigo, invisibilidade e construir barricadas. Os Andarilhos também podem dissolver uma construção ou um item para obter energia droide ou usar um drone Detector para espionar seus inimigos. Apesar de o Círculo de Segurança proteger os Andarilhos quando estão fora da zona de segurança, eles também podem ressuscitar um colega de equipe.

Veículos 

Há muitos veículos para os Andarilhos viajarem pelo mundo. Com veículos de até cinco lugares, eles podem ser classificados em terrestres, aquáticos e versáteis. Diferente dos veículos normais, os veículos do Cyber Hunter também podem fazer coisas incríveis. Por exemplo, o Cerberus pode se transformar em um meca de batalha, o Ventaneiro pode se transformar em um avião e o Alvorada possui uma roda destruidora.

Gêneros diversos: Terrestre, aquático e versátil + com um assento, dois lugares, quatro lugares e cinco lugares.

Personalização 

O jogo permite que os Andarilhos personalizem seu personagem desde o cabelo, a cor dos olhos e o tamanho do rosto até a maquiagem dos lábios e das sobrancelhas. Além disso, os Andarilhos podem criar seus próprios personagens usando as várias roupas da moda, movimentos personalizados, pinturas para armas e para veículos.

Como identificar as melhores armas facilmente

Antes de dizer quais são as melhores armas de Cyber Hunter, existe um jeito muito simples de identificar as melhores armas do jogo.

Os rifles e snipers do game são classificados por nomes bem diferentes do senso comum. Não há padrão de cores.

Contudo, quando o jogo informa que um rifle é “básico”, ele está na categoria das armas “comuns”.  Quanto mais extravagante for o nome, melhor a arma.

As melhores submetralhadoras em Cyber Hunter

Submetralhadoras, seriam aquelas armas de disparo automáticas de curto alcance. Armas que em outros jogos seriam Vecto, Uzi e etc.

A melhor submetralhadora do jogo é a Sentinela.

Veja uma tabela com as submetralhadoras da melhor para a pior:  Sentinela, Foxtrot, Omega.

O melhor Rifle de Assalto de Cyber Hunter

Os Rifles de Assalto seriam o equivalente a rifles como Scar-L, M4 e AKM. São armas multifuncionais que podem servir tanto para o tiro em longa ou curta distância.

Em Cyber Hunter os rifles são muito parecidos entre si. São armas com capacidade de dano quase idênticas.

O que vai diferenciar é o fato de você encontrar ou não um fragmento no mapa. Esse fragmento, que parece um cubo permite “turbinar” o seu rifle, deixando ele muito mais letal.

Veja a lista dos melhores rifles do jogo: Filho dos Céus, Detona-dragonetes, Confronto Direto, Delta, Liberdade Alfa.

O melhor Sniper de Cyber Hunter

Cyber Hunter agrupa os rifles semi-automáticos e Snipers em uma mesma categoria. Aqui, temos os rifles que atiram uma única bala por vez, ou dão rajadas de uma única vez.

Apesar do “Flamingo” e “Ladrão de almas” serem os mais procurados, a verdade é que Cyber Hunter é um jogo em que os personagens tem “muita vida”, e podem se entrincheirar e recuperar a saúde com facilidade.

“Flamingo” é procurado pelo seu dano alto que é aumentado pelo Núcleo. Já o “Ladrão de almas” tem uma característica bem peculiar. Com o Núcleo, ele mostra a posição de inimigos já vistos no mapa.

Em Cyber Hunter, Não existe uma AWM que mata inimigos com um único tiro. O mais próximo disso é o Flamingo equipado com Núcleo.

Na minha opinião, o melhor rifle sniper do jogo é o “Caixão Vazio”. Como as partidas são rápidas, não dá tempo de procurar mira 8X+Núcleo para o “Flamingo” e “Ladrão de almas”.

Na grande maioria dos casos, você se vira com o “Caixão Vazio” que dispara vários tiros de uma única vez e já vem com mira 4X. Essa arma tem dano de 50%, mas é muito fácil acertar mais de 4 tiros no inimigo em 2 segundos.

Veja uma lista dos melhores snipers de Cyber Hunter pela capacidade de dano: Flamingo (maior dano), Caixão Vazio (o melhor na minha opinião, seria o equivalente a uma mini14 com 4x), Ladrão de almas (o melhor para camperar), Valquíria.

As melhores espingardas de Cyber Hunter

Embora seja uma categoria geralmente descartas em muitos Battle Royale, as espingardas são armas bastante peculiares em Cyber Hunter.

No campo ofensivo, o grande destaque é a “Vórtice”, uma espingarda de raios que não exige que você mire no oponente. Ao disparar próximo dos inimigos ela se encarrega do resto. Excelente em curtas distâncias naquele momento que o inimigo fica “dançando” na sua frente.

Lista com as melhores Espingardas do Cyber Hunter: Vórtice, Baleia Assassina, Nightingale (se você tiver outra arma), Tiburo.

As melhores armas pesadas (especiais)

Cyber Hunter tem uma categoria especial de armas chamadas apenas de “Armas Pesadas”.

Nessa categoria estão armas exóticas como o “Zero Absoluto”. Uma arma que permite congelar inimigo. O dano dela é pequeno, mas excelente para ser usada numa partida em equipe.

A “Estrela Cadente” e o “Destroier” são lança granadas que permitem destruir não só os adversários, mas também objetos.

A melhor arma pesada do jogo é o “Destroier”. Com o núcleo, ele permite atirar 3 mísseis teleguiados. Mais apelação impossível.

Como instalar Cyber Hunter em um PC utilizando o aplicativo

Faça download do Bluestacks e instale em seu computador;

Clique duas vezes no aplicativo da Google Play Store dentro do emulador;

Procure na barra de pesquisa por “Cyber Hunter”;

Clique em “instalar”, na página do aplicativo na Google Play Store para fazer download do jogo;

Ao completar o download, vá até a tela inicial do emulador e clique duas vezes no ícone do jogo;

Pronto! Basta seguir as instruções na tela e se divertir com Cyber Hunter no seu computador.

Requisitos Mínimos

Para jogar a versão de PC de Cyber Hunter você vai precisar.

Core I3 ou superior

4GB de RAM

Intel HD Graphics 4000 ou superior

Pelo menos 5 GB de espaço no computador

Mais leve ou mais pesado ?

Como é de se esperar, Cyber Hunter é mais leve do que emulador o jogo por emuladores do Android como o Tencent Game Buddy ou Bluestacks.

O jogador pode usar a mesma conta que utiliza antes no Android ou iOS.

E o pareamento como fica?

O pareamento de Cyber Hunter vai ficar igual a games como Rules of Survival, Creative Destruction e outros jogos da NetEase.

Quando houver um membro no time no celular ou tablet, a partida será pareada com outros jogadores que também estão em equipes mistas (PC e Celular).

Quando um time estiver todo jogando pela versão de PC, ele será pareado apenas com outros jogadores de PC.

Referências:

Mobile Gamer, Cyber Hunter, tecnoblog, Torcedores, Wikipedia, techtudo.