The Order: 1886

The Order: 1886 é um videogame de ação-aventura em terceira pessoa produzido pelo estúdio Ready at Dawn com a colaboração do SCE Santa Monica Studio. Foi publicado pela Sony Computer Entertainment em exclusivo para a PlayStation 4 a 20 de Fevereiro de 2015. The Order: 1886 foi anunciado durante a conferencia de imprensa da Sony na Electronic Entertainment Expo em Junho de 2013.

A história fala de um grupo de cavaleiros conhecidos como A Ordem (The Order, no original) – uma força de indivíduos dedicados, fundada há séculos pelo Rei Artur para confrontar criaturas hostis. A ação decorre em 1886 numa realidade alternativa, em que Sir Galahad é um dos mais respeitados cavaleiros da Ordem. Sir Galahad e três dos seus mais leais parceiros, irão precisar de toda a ajuda para lutar contra os rebeldes e outras ameaças que espreitam Londres neo-vitoriana.

The Order: 1886 teve uma recepção mediana por parte dos críticos. Nos sites de criticas agregadas GameRankings e Metacritic tem a pontuação 64.65% e 65/100, respectivamente. Os críticos foram consensuais ao afirmarem que o ponto forte do jogo são os aspectos gráficos, o mundo fantástico, os níveis de produção e o desempenho técnico, com alguns mesmo a referir ser o melhor que viram numa consola, mas que no entanto o jogo tem demasiados erros, difíceis de superar, incluindo a longevidade e a excessiva utilização de quick time event’s (QTE) e de elementos cinematográficos, alienando o jogador da experiência.

The Order: 1886 foi distinguido com o prémio “Efeitos Especiais numa Produção em Tempo Real”, atribuído nos Visual Effects Society Awards de 2016.

Jogabilidade

The Order é um jogo de tiro em terceira pessoa simples. Os comandos respondem de forma excelente e sem transtornos. A curva de aprendizado é bastante curta e não exige muitas habilidades do jogador. O sistema de cobertura também é eficiente e atende bem as necessidades.

Durante o gameplay é possível andar, andar em um passo mais acelerado e correr. Entretanto, o jogador não tem total controle sobre suas ações. Em determinados momentos só é possível andar, o que torna o passar do tempo bastante lento. Além disso, Gallahad também pode se pendurar, realizar saltos mas, assim como dito anteriormente, esses movimentos só estão disponíveis em partes específicas, onde o jogo obriga o jogador a realizá-los.

Outro ponto de destaque são os quicktime events. Eles são partes constantes do jogo e fazem parte da experiência do enredo. Em determinados momentos o jogador deve apertar um botão, seja para finalizar um inimigo, completar uma ação ou para prosseguir adiante. Não existe nenhum problema técnico nesses momentos, todavia eles são muitos repetitivos e acabam por quebrar o clima do jogo.

Seguindo neste sentido, podemos dizer que o gameplay às vezes pode ser “esticado” mas, em alguns casos, o jogador não tem a sensação de “jogar” o game de fato.

Até as esperadas batalhas contras os lobisomens são inteiramente moldadas em “aperte um botão na hora certa”. Este fato acabou por ser o grande desapontamento da obra, uma vez que o próprio estúdio havia ressaltado que os combates com estes “seres” seriam impressionante.

Apesar do ritmo mais cadenciado, em certas partes o game se mostra bastante intenso com muitos tiroteios, explosões  e inimigos. São esses momentos que mostram o verdadeiro potencial do título. Mesmo que a variação de inimigos seja quase nula, é possível se divertir e experimentar uma boa variação de armas.

Enredo

Durante os séculos XVII e XVIII, alguns humanos começaram a sofrer um tipo de mutação. Muitos foram, de alguma maneira, atingidos por este surto e com isso iniciou-se uma guerra entre as pessoas saudáveis e os modificados – chamados de mestiços.

Os humanos eram liderados por ninguém menos que o Rei Arthur em companhia dos cavaleiros da Távola Redonda. Arthur por muito tempo se viu em desvantagem de força, apesar da superioridade numérica. A guerra estava sendo perdida quando o Rei encontrou um misterioso líquido que continha poderes regenerativos. Chamado de Blackwater, o elixir possibilitou que a Ordem equilibrasse os combates e conquistasse algumas vitórias.

A era Vitoriana

O game se passa no mesmo período da Revolução Industrial (Séc. XIX), no entanto os avanços econômicos e tecnológicos de The Order: 1886 são muito diferentes da história que conhecemos. Máquinas voadoras, tecnologias futuristas, comunicação sem fios e diversos outros recursos estarão fortemente presentes no título.

As engenhocas e equipamentos são de responsabilidade de Nikola Tesla, um importante inventor da época. Tesla, a princípio, contribui cientifica e tecnologicamente com seus conhecimentos em engenharia, mas com o desenrolar da trama o personagem recebe um papel de destaque.

O título explora uma Londres alternativa, muito ao estilo Steampunk. Um mundo composto de máquinas, robôs e muita ficção científica. Filmes e animes como: Van Helsing, A Liga Extraordinária e Full Metal Alchemist já exploraram essa temática.

Neste ambiente, a Ordem, uma entidade militar de elite diretamente descendente dos cavaleiros de Arthur, ainda combate os mestiços. Contudo, os cavaleiros devem cuidar de outros assuntos também complexos.

O game coloca o jogador no papel de Sir Gallahad, um dos mais respeitados cavaleiros da Ordem. Gallahad é acompanhado por Sir Percival, Lady Igraine e o Marquês de Lafayette. Todos eles são pessoas que tentam zelar pela soberania e integridade do Reino, entretanto uma revolução ameaça dissolver a sociedade e uma guerra civil deve ser evitada a qualquer a custo. Além disso, os mutantes são uma ameaça constante.

A narrativa se mostra como uma premissa muito interessante e é neste ponto que o game apresenta sua maior controvérsia. Durante o gameplay, vários são os momentos onde o jogador assiste a vários minutos de cut-scenes, quicktime events, diálogos tediosos, vagos e pouco explicativos. Existem capítulos inteiros onde nada acontece, forçando o player a somente assistir sem nenhuma ação ou interação. Este tipo de abordagem é muito frustrante àqueles que esperavam uma experiência um pouco mais interativa.

Apesar da história nos colocar em um ambiente extremamente interessante, a Ready at Down cuidou para que o jogador, na maior parte do jogo, fosse um mero expectador. O sistema de exploração também contribui de forma significativa para o sentimento de impotência do jogador. Os cenários, apesar de belos, não têm muitas possibilidades de exploração. As opções se resumem apenas a analisar fotos e coletar arquivos de áudio, nada além disso.

The Order: 1886 é um game 100% linear. Não possui caminhos alternativos, escolhas e a tomada de decisões está longe dos domínios do jogador. Como exposto, a trama se desenrola de forma lenta, quase arrastada, o que contribui para afastar os mais sedentos por ação.

Visual

The Order: 1886 se destaca em seu visual. Cenários, personagens, armas, ambientes etc são incrivelmente detalhados. Podemos afirmar, sem medo de errar, que se trata de um dos jogos mais bonitos de todos os tempos.

Não são raras as vezes onde ficamos simplesmente contemplando o espetáculo visual. Os personagens principais são muito fiéis aos seres humanos reais. A Ready at Dawn realmente produziu um verdadeiro jogo de nova geração.

The Order:1886 é aquele jogo que você coloca como exibição em sua casa para impressionar as pessoas e mostrar a elas o quanto os vídeo games evoluíram nos últimos anos.

Outro aspecto importante é qualidade técnica do título. Não existe delay de renderização, sendo que é praticamente impossível diferenciar uma cena de computação gráfica com um gameplay. Além disso, o game é perfeito do ponto de vista técnico. Não encontramos bugs, nem personagens atravessando paredes, falhas, ou queda na taxa de quadros por segundo. Em uma geração marcada por problemas, a Ready at Dawn mostrou que é possível criar um jogo sem os gigantescos pacotes de correções.

O jogo não conta com modo multiplayer

Em Fevereiro de 2014 foi divulgado que The Order não terá modo multiplayer. Essa notícia acabou deixando a maioria dos fãs decepcionados, isso porque no Modo campanha o protagonista é acompanhado por seus três companheiros: Marquis de Lafayette, Sir Percival e Lady Igraine.

Então a falta de um modo multiplayer não faz muito sentido.

Classificação

Como foi dito no preview do The Order: 1886, o jogo é classificado para maiores de 18 anos por conta da alta violência e nudez. Mas não é só nudez feminina não, além de peitos, teremos também pênis na tela.

Quem confirmou isso foi o Órgão de Classificação Etária dos EUA, o ESRB. Segundo eles, no jogo poderemos ver nudez explicita em bordeis e cenas parciais de sexo entre os personagens.

Não julgue The Order: 1886 sem jogá-lo

Uma coisa é fato, você não deve se basear totalmente na opinião de uma pessoa (ou site) para decidir se vale ou não a pena comprar um certo jogo. E o diretor criativo de The Order: 1886, Ru Weerasuriya nos lembrou isso quando as criticas de The Order começaram a surgir na internet.

Algumas dessas pessoas que tiveram acesso antecipado ao título, dizem que o jogo te coloca em situações inesperadas às vezes após algumas cutscenes. São os famosos quick time events, onde você deve apertar uma sequência de botões para dar continuidade a cena. Essas pessoas dizem que os eventos são totalmente inesperados porque as cutscenes do jogo são muito cinematográficas, assim ficando fácil se distrair ou até mesmo achar que é CG e baixar a guarda.

Dublagem em português

Foi revelado na Brasil Game Show de 2013 que o jogo será legendado e dublado em português brasileiro, assim como os demais exclusivos de porte da Sony como InFamous: Second Son e Killzone: Shadow Fall.

Sempre use a cobertura

O sistema de cobertura é um dos pilares da jogabilidade de The Order. Muito similar ao que é visto em games como Gears of War, o recurso é extremamente importante para um bom desempenho.

Durante qualquer combate, é essencial que você pressione Bola próximo a uma parede ou obstáculo. Isso fará com que o personagem se esconda, dificultando muito a mira dos adversários.

Experimente diferentes armas

Durante a campanha, não é difícil que você se acostume a usar apenas uma das armas do game, simplesmente ignorando as outras opções. Apesar da suposta praticidade, você perderá muito poder de fogo.

Além disso, não deixe de experimentar as diversas armas disponíveis, que podem se adaptar muito bem as diferentes situações.

Fique de olho na munição

Ficar sem munição durante uma batalha tensa pode ser fatal em The Order. Então, é importante que você mantenha seu estoque sempre abastecido.

Sempre consulte o número de balas disponíveis no canto da tela. Não deixe também de coletar a munição deixada pelos oponentes mortos.

Mire na cabeça

Entre as grandes qualidades de The Order, o jogador encontra um sistema de mira muito  preciso. Com isso, você poderá dar tiros certeiros com as mais diversas armas.

Procure sempre mirar na cabeça dos oponentes. Assim, você os derrotará mais rapidamente e ainda economizará muita munição.

Fique atento aos quick time events

Durante a campanha, você passará por diversas cenas de corte interativas, onde será necessário pressionar uma sequencia de botões para que o personagem realize ações variadas.

Essas quick time events podem ser um tanto repentinos. Então, esteja sempre alerta para não perder o tempo das ações.

Sempre opte por mortes silenciosas

Uma das melhores maneiras de evitar confrontos contra dezenas de oponentes, é ser extremamente silencioso em suas mortes. Para isso, ande vagarosamente e procure abater os inimigos com golpes de faca pelas costas.

Outra dica é sempre usar a cobertura, mesmo antes de ser visto. Isso garantirá que você não seja visto.

Armas

Lance de indução de arco –arma de longo alcance que usa arcos de eletricidade como munição. Ele sempre salta para o inimigo mais próximo de onde você estava apontando, então você só precisa apontar em sua direção geral.

Triple Barrel Shotgun – como um barril de duplo padrão, com um cano extra. 30% mais poder destrutivo. Qualquer um que deflagrou é um rei do próximo trimestre. Não visando necessário qualquer – apenas correr para seu adversário e aperte.

M2 Auto Falchion-Rifle-Lycans são vulneráveis à sua explosão de concussão.

Rifle de termite-dispara uma nuvem de poeira de termite, que pode ser inflamada pelo foguete (que é o fogo alternativo para este rifle). Basicamente, funciona como um lança-chamas de ação retardada e é ótimo para inimigos protegidos por cobertura.

Granadas-ótimo para confundir seus inimigos. A única coisa que pode ser vista através da fumaça são clarões, que permitirão que você determine aproximam locais dos seus inimigos e atirar/soco-los antes que eles cheguem a seus sentidos.

Granadas – todas as granadas no jogo explodirem quatro segundos depois de puxar o pino. Tenha isso em mente ao tentar cozinhá-los, então eles não explodiram na sua mão. 

Quedas de corpo a corpo – abordagem seu inimigo furtivamente e pressione triângulo. Bastante útil em situações de um contra um, especialmente se você estiver olhando para despachar alguém discretamente. Todos a letalidade com nenhum do ruído.

Combates

Furar a tampa –  Cada tiro que você tomar é um grande revés.Colocar objetos sólidos entre você e seu inimigo é uma coisa boa. O jogo ainda permite que você dê tiros trás capa, embora estas raramente funcionam para fora. Pressione L2 para espreitar para fora e objectivo. Pressione-o novamente para mergulhar em. Inclinando o direcional analógico esquerdo e pressione círculo permitirá que você saltar de uma capa a outra.

Espere o seu tempo – quando lutando empunhando arma adversários, esperá-los ao fogo, em seguida, usar o tempo de inatividade entre as fotos de Primavera da cobertura e ter a sua vingança.Lento e firme ganha a corrida.

Respire fundo – quando o que está sendo demitido na, profundidade de campo é alterado, a fim de tornar mais difícil com o objetivo. Seu primeiro instinto será lutar sua maneira fora de uma situação ruim, mas não. Protejam-se, esperar que seus sinais vitais voltar ao normal e seu objetivo é constante. Em seguida, atire.

Blacksight – permite-lhe tempo lento e executar seus tiros com precisão adicionado. No flipside, você não pode usá-lo o tempo todo. Guarde para quando você realmente precisa dele.

Diversificar – não dependem de uma arma só. Combine as armas, granadas e ataques corpo a corpo para a melhor estratégia de combate.

Referências:

Meu PS, Game For Fun, Game Detonado, wikipedia, techtudo.

Mad Max

Mad Max é um videojogo de acção-aventura focado em combates com veículos num ambiente em mundo aberto pós-apocalíptico, baseado na série de filmes Mad Max. Oficialmente revelado em Junho de 2013 durante a conferencia de imprensa da Sony na E3, Mad Max foi produzido pelo estúdio sueco Avalanche Studios e publicado pela Warner Bros. Interactive Entertainment em Setembro de 2015 para PlayStation 4, Xbox One, e PC (Linux e Microsoft Windows).

Controles básicos: cuidado

Os controles básicos em Mad Max são um pouco atrapalhados, pois fogem do padrão de muitos games de ação em terceira pessoa. Para fazer Max correr, o jogador deve segurar um dos gatilhos traseiros do controle (o R2 no PS4, por exemplo), enquanto o salto é ativado com o outro botão do estilo. Apesar de pouco prática, essa é uma questão de costume.

O controle para atirar também pode confundir bastante. Para mirar, usa-se uma das teclas superiores da frente (como L1/LB) e atira-se com o gatilho de trás (R2/RT). O jogo ensina os movimentos básicos, mas só a prática vai fazer de você um craque.

Sistema de luta

O sistema de luta de Mad Max se assemelha a outros títulos da Warner, como Sombras de Mordor e Batman Arkham Knight. O combate é feito com apenas dois botões básicos: golpe e contra-ataque, com algumas variações em outras teclas, como a esquiva localizada no R1/RB.

Para brigar da forma certa, pressione o botão de soco continuamente por alguns segundos a mais do que o normal. Assim, você irá aplicar o golpe com mais eficácia nos inimigos. Preste atenção ao marcador em cima da cabeça dos adversários e pressione triângulo/Y para bloquear o ataque e contra-atacar corretamente.

Beba água e coma

Mad Max é um título mais difícil de sobreviver do que outros jogos de aventura e mundo aberto. Quando o protagonista sofre danos, o herói não recupera a vida automaticamente ao descansar, a não ser que volte para a base. Para se curar, é preciso achar comida ou água.

Água e comida são facilmente encontrados em acampamentos inimigos, mas o personagem vai sempre precisar beber e comer para se manter saudável. Com isso, o que era simples pode se tornar uma missão árdua. Para recuperar vida, basta parar por um tempo e se alimentar.

Dirigindo

Ao contrário dos controles para mover Max, os comandos para dirigir o carro, felizmente, são intuitivos, práticos e funcionam muito bem.

Não se preocupe em sair da pista, pois não há uma divisão clara. Na verdade, o que acontece é que o veículo fica mais lento fora da trilha indicada, porém não é nada que realmente atrapalhe tanto no desempenho do carro.

Fuce todos os restos

No universo de Mad Max, tudo é aproveitável. Qualquer objeto pode se tornar uma adição ao possante ou uma nova arma. O jogo oferece restos de itens destruídos, chamados de sucatas, mas que servem como a moeda do título. Por isso, não tenha dúvidas: colete tudo o que estiver destacado em amarelo na tela.

As sucatas permitem melhorar o veículo, armas e até as habilidades de Max. Com isso, é importante lembrar que praticamente tudo deixa entulho, desde inimigos derrotados a torres derrubadas ou outros carros destruídos. Tente não deixar nada para trás.

Melhorando o carro

O Magnus Opus, novo carro de Max no jogo, é o coração da jogabilidade e também um forte elemento na mitologia da saga. Mais do que cuidar de Max ou renovar as armas, é preciso adicionar melhorias ao carro constantemente.

O veículo representa a vida em Mad Max, de certa forma. Andar pelo deserto sem o possante seria suicídio, então é melhor não fugir dos investimentos no Magnus. O mais divertido é que o carro é bastante personalizável, e, por isso, o usuário dificilmente vai se cansar de modificar detalhes.

Combate em quatro rodas

O que seria de Mad Max se não fosse pelos combates em quatro rodas? Quem já assistiu ao filme mais recente sabe bem que os carros são parte importante do enredo. As batalhas entre veículos estão presentes desde o primeiro longa-metragem da franquia, mas ganham força em “Mad Max: Estrada da Fúria”.

No game, será necessário lutar com diversos tipos de inimigos e veículos. Então, use sem medo o turbo do carro, assim como manobras e armas para destroçar inimigos. Se o protagonista for muito prejudicado, tente parar por alguns segundos até que o carro seja recuperado.

Gasolina

A gasolina é outro item valioso em Mad Max. Assim como o herói precisa de água, o veículo necessita de combustível com frequência.

Mas não se preocupe: a gasolina acaba lentamente, porém, para carregar mais, é preciso encontrar galões em acampamentos e bases de adversários.

Economize munição

Acabar com war boys usando sua arma pode ser muito legal, nós concordamos, mas especialmente no começo do jogo munição não é algo que se encontra em todos os cantos. É melhor guardar para situações em que você realmente esteja em apuros.

Não se esqueça da sua lanterna

Não é preciso dizer que lanternas funcionam melhor em ambientes escuros, mas é fácil se esquecer de sua existência nas primeiras horas de jogo. A lanterna é ativada automaticamente durante a noite, mas ao entrar em locais escuros durante o dia ela não faz o mesmo. Ver bem por onde anda é essencial para evitar armadilhas e ataques surpresa.

Domine os campos

É uma boa ideia sempre visitar todos os campos de exploração de petróleo e outros materiais ao chegar em uma nova área. Além de ser uma experiência divertida, após conquistados, os campos lhe dão uma grande soma de sucata periodicamente, o que sem dúvida vai ajudá-lo.

Use entradas alternativas

Falando em campos, a maioria deles possui mais de uma entrada, e nem sempre a porta da frente é a melhor opção. Conversar com NPCs pelo deserto pode lhe informar das entradas secretas, ou você pode descobri-las por si mesmo — elas geralmente ficam marcadas com tinta amarela ou um punhado de madeira.

Colete todo o loot

É bem simples coletar toda a sucata na maioria dos lugares em que você visita, apenas fique atento a escadas amarelas, espaços abaixo de rampas e caminhos alternativos. Se você está procurando por um último ponto de sucata em determinada zona, na maioria das vezes você está pensando demais e está bem debaixo do nariz. Investigue cada canto e refaça seus passos.

Construa grupos de limpeza

Sucata é o principal recurso em “Mad Max”. Você usa as peças para aprimorar o carro e o próprio Max. Você encontra sucata em vários pontos do mapa, explorando ruínas, abatendo inimigos ou coletando caixas em tempestades de areia. Sempre que você destrói um carro inimigo, sucata voa pela estrada e você perde um tempão parando o carro, descendo e recolhendo o lixo. Para facilitar a vida, assim que entrar no forte de um novo aliado, procure pelo grupo de limpeza e reúna as partes de projeto necessárias para montá-lo. Esse grupo recolhe automaticamente a sucata deixada pelos inimigos na estrada – mas só no território do aliado! Por isso, repita o processo sempre que entrar em um forte novo.

Construa grupos de sucata

Os grupos de sucata devem ser construídos nos fortes aliados. Localize o projeto e vá atrás das partes necessárias. Uma vez montado, o grupo de sucata coleta peças nos acampamentos que você tomar dos inimigos, mesmo nas horas em que você não está jogando. Isso aumenta bastante o seu ganho de sucata em cada partida. Atenção: Se você joga no PS4 ou no Xbox One, não deixe o jogo suspenso! Encerre o game antes de desligar o console, ou o tempo não vai passar e você vai deixar de ganhar muita sucata!

Evolua o arpão

O Magnum Opus possui algumas armas, mas a mais versátil delas é o arpão. Sempre que desbloquear uma nova evolução para ele, instale o mais rápido possível. Com um arpão de nível alto, você consegue derrubar todo tipo de espantalho, arrancar pedaços de armadura dos carros mais fortes e outras peripécias. É uma ferramenta com muitas utilidades!

Melhore a suspensão do Magnum Opus

Você pode mexer em muitas partes do Magnum Opus, o novo carro de Max, mas sempre que puder, evolua a suspensão. Isso vai deixar o veículo mais fácil de manobrar. Participar de provas de corrida é uma atividade opcional, exceto por dois eventos que fazem parte da história principal. Vencer essas provas envolve muito mais controle preciso do que alta velocidade, por isso, aprimore a suspensão sempre que puder!

Veja quais desafios completar

No menu Lenda, você vê uma série de desafios que pode completar enquanto joga, como atropelar 15 inimigos ou explodir 10 carros, por exemplo. Sempre que você completa um deles, ganha tokens para usar com Griffa, o místico que faz o papel de psicólogo para Max e evolui vantagens passivas do personagem. Você vai completar vários desafios por acaso, apenas jogando, mas se ficar de olho nas atividades que estão próximas da conclusão e trabalhar ativamente para isso, vai ganhar tokens de Griffa bem mais rápido!

Visite Griffa com regularidade

O jogo vira e mexe avisa quando Griffa está na área e você pode localizar o místico se guiando pelo símbolo dele no mapa e pelas pedras com pinturas aborígenes onde ele se esconde. Vá até ele para gastar os tokens e melhorar habilidades passivas. Lembre-se apenas que você deve gastar todos os pontos em cada visita. Certas escolhas são óbvias, como aumentar a vida máxima e melhorar a absorção de comida. Outras, como armas corpo-a-corpo mais resistentes ou ganho extra de sucata, variam em importância conforme o seu estilo de jogo.

Sempre que sobrar um token, use em Adaptação

A habilidade Adaptação faz com que Max economize combustível e durante boa parte do game, é meio inútil: o Magnum Opus é bem econômico. Porém, quando você libera a opção de instalar lança-chamas no carro, tudo muda. Essas belezinhas consomem doses cavalares de gasolina. Para diminuir o gasto, lembre-se de investir um ou dois tokens na habilidade Adaptação quando visitar Griffa.

Tenha sempre um galão de gasolina para os balões

Enquanto joga, fique sempre de olho nos balões, seja no símbolo do mapa ou quando avistar um no cenário. Se o balão estiver sem combustível, você vai precisar levar um galão até ele ou até o gerador. Suba com o balão até conseguir enxergar boa parte da área com os binóculos e assim marcar pontos de interesse e perigos. Os balões, assim como acampamentos e fortes, servem como pontos para viagem rápida depois de você tomar um novo caminho.

Use Chum para localizar campos minados

Você precisa do cachorro para encontrar as minas e desarmá-las, mas vamos admitir: procurar campos minados no buggy é muito ruim, afinal você não tem as armas do Magnum Opus. O melhor é ficar atento aos alertas do mecânico Chumbucket sobre os campos minados e esperar que ele marque o local no mapa. Só então pegue o buggy e volte até o ponto com o buggy.

Sempre elimine o motorista

Durante os combates na estrada com war boys, compensa muito mais eliminar o motorista e seguir seu caminho do que explodir seu carro. Pode até ser divertido, mas conforme avança, os veículos ficam mais resistentes e no fim das contas não dão muita sucata.

Projetos nas fortalezas

Reserve um tempo para completar os projetos nas fortalezas. Gasolina, água e principalmente munição garantidas são coisas que não podem ser ignoradas em Mad Max. As peças para construir as fortalezas podem ser marcadas no mapa, e não é difícil encontrá-las.

Resolva no braço!

Inicialmente, vale mais a pena focas nas habilidades de combate corpo-a-corpo de Max, ao invés de focar em armas. Situações de pancadaria são cada vez maiores, então é melhor garantir que as habilidades de pugilista estejam em dia.

Fazer curvas nunca foi tão fácil

Se precisar fazer uma curva bem fechada em alta velocidade, pode usar o botão de investida (Quadrado ou X + a direção que você deseja virar) para uma transição suave.

Conheçam o novo Boss, igual ao anterior

Existem vários Bosses espalhados pelo mundo de Mad Max, que são normalmente os últimos inimigos que vão enfrentar quando querem conquistar uma base adversária. Por regra, podem procurar conselhos de sobreviventes sobre a melhor forma para derrubar estes inimigos, mas depois de conquistarmos algumas bases, deixamos de o fazer.

Estes Bosses vão iniciar a batalha ativando lança-chamas, com o propósito de vos manter presos na área, mas esta sua ação é também o seu maior erro. Esperem junto do fogo por uma carga do Boss, desviem-se, e depois ataquem-no de forma a fique junto do fogo durante algum tempo. É uma ‘batota’ que acaba por acelerar o que é por norma um processo muito repetitivo. Assim que derrotarem o Boss, aproveitem os materiais extra que ganharam.

Dicas finais

Scrap é bastante importante ao longo do jogo e é a moeda que é usada para quase tudo. Destrua todos os acampamentos que encontrar ao longo do seu caminho, com o intuito de conquistar o máximo de moedas possível.

Conduzir contra coisas poderá danificar o seu veículo. Portanto, se precisar de repará-lo, simplesmente deixe o seu veículo ou aguente o d-pad, quando ele não estiver em movimento.

Qualquer alimento que encontre no seu trajeto em Wasteland poderá ajudá-lo imenso. Se verificar que não precisa de aumentar a sua saúde no momento em que encontrar comida, então guarda-a e consuma somente quando realmente precisar dela.

Reabasteça a sua água sempre que possível e procure fontes de água através do seu mapa, quando não tiver o seu pote cheio. Dessa forma, garante que a sua saúde se mantém estável ao longo do seu percurso.

As munições são mercadorias bastante raras. Colecione-as a partir dos seus inimigos e evite desperdiçar as munições para caprichos. Utilize-as somente para enfrentar alvos difíceis e sempre que necessitar de matar.

Utilize o arpão para retirar as pessoas dentro dos veículos dos inimigos. Poderá entregar os veículos dos seus inimigos numa fortaleza para acrescentá-los à sua coleção

Sempre que estiver a lutar de pé, vire a câmara na direção do inimigo para evitar ser atingido pelas costas. Pode ser fatal!

Utilize os locais para desbloquear pontos de interesse em determinadas regiões e obter acesso rápido em viagens.

Referências:

Mais Tecnologia, Gamelogia, Game Reactor, Blog Playstation, Uol, Br Ing, techtudo, wikipedia.

Hitman 6

Hitman é um jogo eletrônico de stealth. O sexto jogo da série Hitman, foi produzido pela IO Interactive e publicado pela Square Enix para PlayStation 4, Xbox One, e PC (Linux e Microsoft Windows) em formato episódico. A versão completa para consoles com todos os episódios foi lançada em 31 de janeiro de 2017 com o nome Hitman: The Complete First Season. O prólogo do jogo serve como antecedente para a série, no entanto a história principal acontece sete anos depois dos eventos de Hitman: Absolution.

Jogabilidade

Hitman é um jogo de ação-aventura com elementos furtivos (stealth), e tal como os anteriores da série, é jogado numa perspectiva de terceira pessoa. Os jogadores controlam o Agent 47, um assassino treinado, à medida que este percorre o mundo para matar os seus alvos. Hitman encoraja a criatividade, visto que é dado aos jogadores várias maneiras de completar os objetivos. Por exemplo, podem ser utilizadas armas de longo alcance, como os rifles de precisão (sniper), usar explosivos diretamente nos alvos ou o uso de armas de corpo-a-corpo, como machados, facas e katanas. Também se podem criar distrações, disfarçando o assassino, fazendo crer que a morte foi acidental. Uma vez imobilizados os inimigos, os jogadores podem se disfarçar, usando a sua roupa, podendo assim aceder mais facilmente a áreas restritas. Dependendo do seu desempenho em cada missão, são dados bônus aos jogadores, como novas ferramentas. Algumas missões têm limite de tempo e apenas aparecem uma vez; se os jogadores não as conseguirem completar dentro do tempo limite, já não têm uma segunda oportunidade. As ações dos personagens não-jogáveis (NPC) têm impacto no jogo. Por exemplo, os jogadores podem obter mais informações sobre o alvo se ouvirem os noticiários locais.

Os níveis têm uma estrutura similar a Hitman: Blood Money, em oposição ao desenho linear de Hitman: Absolution. Todos os níveis são um pequeno “mundo aberto”, que pode ser explorado pelos jogadores. Também são maiores, visto que cada mapa é “seis a sete vezes maior que os maiores níveis de Absolution”. Cada um dos níveis tem mais de 300 NPC’s, cada um com a sua própria rotina e reagindo de maneira diferente às ações do jogador. Por exemplo, se um dos NPC vir uma mina deixada pelo Agente 47, pode desarmá-la e levá-la para uma área segura. Ou se o jogador deixa uma arma no chão, se um civil a vir, pode fugir e avisar um guarda, este por sua vez apanha a arma e leva-a para outro lugar. Uma jogabilidade que não está predestinada e a que a IO Interactive chamou de “emergente”. O sistema de pontos de controle (checkpoint) de Absolution também foi eliminado; os jogadores podem salvar o seu jogo em qualquer altura durante as missões.

O modo Contracts regressa em Hitman. Os jogadores podem criar cenários e alvos para assassinar, que podem posteriormente serem partilhados com outros jogadores. O modo Instinct, introduzido em Absolution, também está incluido, mas mais simplificado.

Uma mecânica nova, e que manteve o jogo ativo por bastante tempo foi o modo Alvo Elusivo. Nele, um alvo novo é posto em algum mapa por tempo limitado. O alvo também fica fora do minimapa do jogo e não aparece no modo Instinto, ficando por conta do jogador localizar o alvo e encontrar a melhor forma de eliminá-lo. Geralmente essas novas missões dão itens exclusivos e/ou raros aos que conseguem completá-la, estimulando os jogadores a se manterem ativos por bastante tempo no jogo para receber os itens.

Suspender ao redor

Bordas estreitas e janelas para o exterior podem ser escaladas e usadas para atravessar áreas íngremes. Agente 47 tem as mãos muito fortes. Você pode usar bueiros e bordas para passar através dos guardas… As pessoas muito raramente olham para cima.

Mas tenha cuidado ao entrar em janelas: se você estiver manchado, um alarme será gerado.

Becos Escuros

As pessoas ao seu redor estão constantemente transformando suas cabeças. Seus campos de visão são bastantes amplos e eles estão bem conscientes da maioria das coisas que acontecem à luz em quase qualquer distância na frente de seus rostos.

Se alguém está olhando para você e se perguntando sobre o seu comportamento, uma seta suspeita branca aparecerá perto do Agente 47. O jogo explica isso para você, mas nem sempre faz você na pista para os melhores maneiras de escapar de uma situação em que você está sob suspeita. Se você vê esta seta, responda em conformidade. Se você estiver em uma área restrita e sem disfarces, vá para uma área pública. Se alguém começa a segui-lo, você tem uma escolha a fazer: se apresentar, executar ou correr.

Alguns guardas não tentam uma parada completa e simplesmente exigem que você os siga. Geralmente basta segui-lo até a saída e te deixarão em paz.

Por outro lado, às vezes você está com pressa. Se isso acontecer, você pode fazer uma corrida para ele. Isso muitas vezes compromete o seu disfarce, e você vai precisar mudar de roupas.

Por outro lado, você pode querer tentar caminhar rapidamente para uma área fora do caminho, atraindo-os para seguir e, em seguida, eliminar, escondendo o corpo fora da vista. Você só vai ter um curto espaço de tempo para fazer esse tipo de jogada.

Também esteja ciente de que as pessoas podem ouvir bastante bem, às vezes até mesmo através de portas fechadas e paredes. Seja cauteloso com o barulho que você faz.

Armas

Armas do ambiente são maravilhosas. O tutorial ensina-lhe que as armas improvisadas, como pés de cabra e chaves tem mais usos do que apenas esmagar crânios. Não se esqueça que pés de cabra podem abrir portas trancadas e as chaves podem ajustar (e quebrar) algumas máquinas. Mas também podem usar alarmes de incêndio e alarmes de vidro quebrado para induzir pânico, fazer confusão e criar distrações.

Você também vai encontrar itens úteis espalhados por todo o mapa, como a chave mestra no porão de Paris. Pegue no início da infiltração.

Moedas

As moedas são uma maneira fantástica de atrair os inimigos longe de seus postos e nas sombras. Elas são quase essencial para a passagem de determinados postos de guarda. O tutorial menciona moedas, mas tirar o máximo proveito delas exige precisão cuidadosa.

O som de uma moeda caindo é muito barulho em uma área tranquila. Estando escondido em uma sombra e jogando uma moeda para a escuridão nas proximidades, você pode atrair uma pessoa curiosa fora de sua área de patrulha e obter uma imagem clara em suas costas.

Para organizar isso, agache em uma sombra protegida por uma parede ou um pedaço de cobertura de frente para outra área escura que oferece nenhum obstáculo entre o guarda e onde você vai colocar a moeda. Jogue e depois espere a pessoa a andar completamente por você, em seguida, rapidamente se levante e ataque, assim que eles abaixarem para pegar a moeda.

Usando seus instintos

Seus instintos lhe permitem ver através das paredes, pisos e tetos, alvos de identificação, pessoal passivo ameaças de alerta. Segurar R1 permite que você pare e de uma olhada cuidadosa. Hitman mostra isso no tutorial, mas a utilidade generalizada dessa capacidade não pode ser exagerada.

É um poder extremamente útil que deve sempre ser ativado antes de abrir qualquer porta fechada. Se você furtivamente passar em uma área segura, muitas vezes você vai encontrar portas fechadas com os guardas esperando além, voltado para fora. Abrir uma porta irá alertá-los para a sua presença. Também é muito útil quando você tiver sido detectado, o que lhe permite ver se os caçadores estão se aproximando.

Isto é extremamente benéfico, pois sem seus instintos é quase impossível saber se você deve abrir a porta ou se você está bem e verdadeiramente preso o suficiente para considerar uma corrida de desespero.

Planejar sua fuga

Acertar o alvo é apenas metade do problema. Você também precisa saber como fugir. No momento em que o inimigo vai para baixo, os guardas nas proximidades são propensos a reagir, tentando colocar buracos através de seu corpo.

Há várias saídas do barco e do palácio, e é útil para explorar a sua rota de fuga de antemão.

Não tenha medo de quebrar o contato e correr. Enquanto o Agente 47 é um combatente capaz, mesmo um punhado de pessoal de segurança pode arma-lo em campo aberto. Há muita cobertura para se esconder. Se a sua abordagem falhar, recue e replaneje.

Mantenha a compostura

Durante as missões, é possível roubar as roupas de vários inimigos, mas é bom lembrar onde a primeira troca foi efetuada e onde você deixou o terno com que iniciou a fase. Largar a roupa jogada por aí resulta em uma bela multa da sua agência.

Mãos limpas

Com exceção da penúltima missão, na qual escolher uma arma de fogo é essencial, recomendamos que você inicie as demais apenas com o básico. Acredite: o careca consegue causar um belo estrago só com seringas de sedativos e venenos. Sem falar no implacável fio de náilon capaz de estrangular todo mundo.

Não deixe pistas

Não deixe nenhum corpo em locais visíveis, procure jogá-los em lugares afastados ou escondê-los em caçambas de lixo e baús. As armas também podem implicar em multas no final da missão; jogue-as em lugares onde ninguém vai passar.

A pressa é inimiga da perfeição

Disfarces de nada adiantam se você der bandeira. Lembre-se de que uma pessoa correndo sempre levanta suspeitas. Quando cometer um assassinato de maneira discreta, passe pelos guardas devagar, como se nada tivesse acontecido.

Calma

Se chegar a algum local e seu alvo tiver acabado de sair, tenha paciência e espere um pouco. Todos os personagens do jogo se movimentam em ciclos predefinidos e sempre retornam para cumprir suas rotinas.

Contratos

Os contratos podem ser acessados do menu e não precisam que o jogador entre em alguma fase da história antes. Vá na opção correspondente navegando pelos botões superiores (R1 e L1 no PS4, por exemplo).

Dentro desta opção, escolha entre criar um contrato ou verificar os que foram criados e enviados por outros jogadores, em campos como “Contratos em destaque” e “Últimos contratos”. 

Uma lista completa com os contratos disponíveis em Hitman aparecerá, já com o nome que o jogador definiu e alguns detalhes iniciais da missão. Escolha o seu e aguarde o carregamento prévio.

Briefing

Com o contrato selecionado, confira o briefing, ou seja, a explicação da missão que deve ser feita naquela fase. Verifique os alvos e os objetivos opcionais, além de condições especiais que podem somar mais pontos à performance.

Planejamento

No planejamento, verifique os equipamentos iniciais disponíveis ao Agente 47 no início daquela missão. Também há outras informações, como a entrada principal do local e os itens de contrabando levados para a fase.

Criar contratos

O jogo também te permite criar contratos. No menu de Contratos, basta selecionar esta opção e seguir o guia que o game fornece para escolher os objetivos, lidar com os desafios e definir quais serão os alvos. Após concluído, o contrato será enviado para a rede e qualquer outro jogador poderá aproveitar.

“Ser uma garça dentre as garças”

Em Hitman, tudo pode ser usado a seu favor no cenário. Você pode, inclusive, eliminar pessoas de interesse e roubar e usar as roupas delas para se aproximar do alvo da missão – cuidado para não assassinar pessoas inocentes! 

Quando estiver devidamente trajado, não se esqueça de esconder os corpos e, depois agir dentro dos conformes, “se misturando no ambiente” e atuando conforme o personagem de quem roubou os trajes. 

Isso pode evitar que algum segurança levante suspeitas do Agente 47. Caso isso aconteça, obviamente é possível contornar a situação. Você pode sair do recinto quando o segurança exigir ou ainda o atrair para um beco escuro e eliminá-lo de uma vez. 

Ainda assim, você pode ganhar tempo e terminar a missão com uma maior pontuação se apenas agir conforme uma garça dentre as garças e fingir ser, de fato, o dono das roupas roubadas. Isso evitará suspeitas e, de tabela, você não precisará de outro disfarce.

“As pessoas raramente olham para cima”

Hitman é um jogo de stealth, logo, é preciso evitar chamar atenção. Se agachar, andar com cautela, se esgueirar, dentre outros; são ações cruciais para sobreviver.

É também possível se esgueirar em diversos locais altos, sejam estes bueiros ou… Bordas de prédios. Tire vantagem se pendurando em superfícies do gênero, sempre que possível.

Os seguranças e transeuntes raramente olham para cima – assim como as pessoas na vida real. Só tome cuidado ao entrar em algumas janelas específicas para não ativar o alarme.

“Vale tudo no amor e na guerra”

As armas improvisadas estão entre os melhores recursos que Hitman pode oferecer. Isso porque você pode usar praticamente tudo que está no ambiente a seu favor, como já dito anteriormente.

Então, além de usar armas de fogo e seus próprios punhos, pode-se ainda usar objetos para atrair a atenção de pessoas de interesse (moedas são uma boa pedida neste caso) e/ou, claro, usar itens espalhados pelo cenário de diversas outras maneiras, inclusive, como armas.

Pés de cabra, por exemplo, podem ser usadas para atacar inimigos, claro, mas também podem abrir portas trancadas, além de quebrar janelas para ativar alarmes e assim, criar uma distração.

“Conheça a si mesmo e conheça seu adversário”

Preste atenção nas instruções das missões para saber mais sobre os alvos do Agente 47. Entenda quem são as pessoas de interesse no cenário para roubar as vestimentas delas e conseguir uma aproximação efetiva; ou ainda bisbilhote conversas para extrair mais informações.

Lembre-se ainda que, dependendo do local da missão, algumas figuras podem reconhecê-lo quando estiver disfarçado; então talvez seja mais difícil se passar por um policial, por exemplo, uma vez que os oficiais geralmente já conhecem uns aos outros.

Dependendo de quem for o alvo, há também a possibilidade de conversar com ele e descobrir mais sobre a figura. Use e abuse do carisma do Agente 47 para enganá-lo. Assim, será mais fácil atraí-lo para um local seguro e executá-lo.

Além de conhecer o alvo e as pessoas que o protegem (e como as driblar); também estude o mapa e planeje sua fuga. Os cenários são enormes e oferecem variadas saídas. É crucial saber como e por onde você pode sair de cena quando finalizar sua missão. 

“Nunca desista, confie em seus instintos”

O Instinto do Agente 47 retorna diretamente de Hitman: Absolution. Essa ferramenta lhe permitirá ver brevemente através das paredes.

Isso lhe ajudará a ver o tamanho do recinto logo adiante, qual a espécie do piso, pessoas de interesse, transeuntes passivos e outros tipos de ameaça como alarmes, por exemplo.

A ferramenta também é uma ótima pedida para quando você precisar fugir, pois o Instinto vai ajudar a ver os inimigos se aproximando. 

Referências:

The Enemy, Game Detonado, Uol, techtudo, wikipedia.

Sniper Elite 4

Sniper Elite 4 é um videojogo de stealth e tiro táctico em terceira pessoa, desenvolvido e publicado pela Rebellion Developments. Sequela directa de Sniper Elite III, o jogo foi lançado em 14 de fevereiro de 2017 para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One.

Sniper Elite 4 decorre em Itália em 1943, logo depois dos eventos ocorridos em Sniper Elite III, mas antes dos de Sniper Elite V2. A história segue Karl Fairburne, que vai lutar com os seus homens da Resistência Italiana para libertar o país do fascismo.

Pesquise todos

Não apenas passeie pelos corpos dos inimigos abatidos. Se você conseguir se prolongar um pouco mais, você pode manter sua munição etc recarregada se você pesquisar o corpo. Se houver algo lá, será indicado com um ícone de mão flutuando acima do corpo. Também vale a pena ficar de olho nos oficiais abatidos que muitas vezes estarão segurando o Duty Roster em uma área do nível. Isso significa que todos os seus soldados são imediatamente marcados por seu prazer de atirar.

Importante, este é um dos lugares que os códigos para cofres de missão vital estão escondendo. Se você não souber o código para isso, terá que usar uma taxa de mochila para abrir as coisas (literalmente) e isso fará com que todos saiam correndo em sua direção. Encontre o código e você estará rindo até as informações preciosas e, muitas vezes, uma coleção de munição reprimida.

Mantenha os olhos abertos para documentos

Quem sabia que os franco-atiradores se importariam tanto com a papelada? Existem documentos espalhados por todos os níveis. Em carteiras, em tendas e em corpos, estes incluem cartas de e para casa e as pungentes últimas cartas de soldados. Você pode ver no final de cada missão quantas colecionáveis ​​você tem e, claro, há troféus em oferta para aqueles com o maior número de itens colecionáveis.

Confira as estatísticas das armas

Sempre que um inimigo morre, ele provavelmente desistirá de sua arma. Embora muitos jogos não lhe dêem nenhuma informação sobre se seria bom ou ruim atualizar, o Sniper Elite mostra as estatísticas completas da arma em questão. Passe o mouse sobre as armas soltas e você verá todas as informações sobre a arma no chão, com barras vermelhas e verdes claras informando se a troca do seu fiel rifle é realmente algo que você quer fazer. Existem algumas grandes pistolas por aí, então fique de olho.

Use a tela de carregamento

Pode parecer uma dica tola, mas use sua tela de carregamento. Karl pode realmente começar um nível com um lote duplo de munição suprimida que vem a sério enquanto você está se acomodando. Você terá que ganhar pelo menos $ 4 para cada lote, mas isso lhe dará uma grande vantagem se você começar em cada uma. área com uma opção silenciosa. Lembre-se de que você também tem munição de pistola suprimida e também rifle. Use o aviso de munição alternativo da roda da arma para carregar para essas balas sujas, da mesma forma que com o rifle. Infelizmente não há opções silenciosas de SMG …

Enquanto no assunto de seu loadout, confira suas opções de atualização de arma e peles. Selecione sua arma e você poderá ver as diferentes maneiras de desbloquear upgrades para o dispositivo de sua escolha de morte. Alguns virão naturalmente e outros você precisará sair do seu caminho para – 20 coração mata alguém?

Mantenha os olhos de águia

Como você deve ter reunido, há mais do que alguns colecionáveis ​​escondidos em cada nível. No topo dos documentos, há várias águias de pedra escondidas em cada mapa. Se você identificar esses Alvos Deadeye pelo seu escopo, atire neles para marcar sua lista, mas lembre-se de usar munição suprimida ou esperar por um ruído ambiental para mascarar sua foto. Você não quer um mísero colecionável dando o jogo fora.

Conheça o seu radar

Fique de olho na cor do seu radar. O círculo ao redor do mapa mostrará seu status. Se a barra estiver amarela e os inimigos se tornarem pontos amarelos, isso significa que eles são suspeitos e pesquisam, mas não sabem sua localização. No entanto, se o mapa estiver vermelho e os inimigos estiverem convergindo, eles saberão exatamente onde você está e é hora de dar o fora da esquiva. Um triângulo aparecerá se você foi ouvido ou visto e indicará seu último local conhecido, então mude rapidamente para uma posição diferente e talvez você possa lançar uma granada enquanto os inimigos investigam seu último ponto conhecido. Além disso, se você tiver tempo, tente equipar os corpos dos inimigos com minas, de modo que, se você estiver deixando para trás um cadáver, os soldados que verifiquem qualquer sinal de vida podem perder seus próprios no processo.

Oculte os sons dos disparos

A principal arma de Sniper Elite 4 também é uma das mais barulhentas do game. Isso significa que, por mais que a precisão e força dos disparos permita que uma missão possa ser resolvida com um único tiro, também significa que todos os inimigos saberão onde você está no momento em que o gatilho for pressionado.

O mundo do jogo possui diversas maneiras de esconder o som. De tempos em tempos, aviões passarão nos céus, enquanto, nas cidades costeiras, barcos estarão o tempo todo navegando. Isso significa que os sons de seus motores poderão ser ouvidos à distância, que servem de camuflagem para o barulho dos disparos. Fique de olho no indicador de ruído, na parte superior da tela, e entre em ação quando ele estiver ativo.

O ideal é ser oportunista e paciente. Encontrou o alvo de uma missão? Mantenha a mira travada e aguarde a passagem de um veículo para realizar o disparo sem ser detectado. É possível, também, usar geradores que estão espalhados pelo cenário, mas fique atento, pois ativá-los fará com que alguns inimigos verifiquem o que está causando tanto barulho.

Use o ambiente a seu favor

Para um franco-atirador, posicionamento é tudo, e em Sniper Elite 4 não poderia ser diferente. O mundo aberto do game traz diferentes possibilidades e caminhos para se completar o mesmo objetivo, que, muitas vezes, podem ser concluídos à distância ou por proximidade. Cabe ao jogador escolher o melhor jeito de fazer isso.

Caso prefira a abordagem sniper, procure por colinas e lugares altos, com ampla vista para o cenário, mas que, ao mesmo tempo, possua coberturas onde se esconder caso o personagem seja visto. Use e abuse de motores espalhados pelo cenário, que farão barulho e permitirão o uso do rifle para limpar as áreas de inimigos ou completar missões de assassinato.

No caso de uma ação de proximidade, escolha áreas estreitas e com muitos arbustos, de onde é possível usar a pistola para matar os soldados sem ser localizado. Utilize os cadáveres dos inimigos como isca para atrair mais deles, e mesmo de perto fique de olho nos indicadores de som, pois também será possível usar o rifle.

Explodir barris vermelhos não é a única opção que “Sniper Elite 4” dá na hora de usar o cenário contra os inimigos. Existem diversas bugigangas e equipamentos dos inimigos que pode ser utilizados para uma abordagem não convencional.

É possível, por exemplo, destruir roldanas e derrubar caixas pesadas quando oficiais estiverem embaixo delas. Dependendo do momento, essa pode ser uma saída para não entregar a sua posição.

Quanto às explosões, além do poder destrutivo, elas também podem ser utilizadas como uma forma de evasão em caso de perigo. Assim que for detectado, exploda barris à distância para confundir os inimigos e troque de posição. Esse é um meio eficiente de se manter intocável.

Saiba usar o kit médico

Apesar de a munição ser abundante no mundo de Sniper Elite 4, os itens de cura não são. Você normalmente começará as fases com dois deles, e poucos poderão ser encontrados nos cenários. Ser visto e alvejado significa morte na certa, já que o protagonista é pouco resistente a balas.

Os kits médicos podem dar uma sobrevida para Karl, mas é importante parar para usá-los, pois isso recuperará a barra de energia completamente. Fazer isso andando diminui a eficácia do item, e deve ser apenas sua última opção para evitar a morte. Muitas vezes, vale mais a pena voltar ao checkpoint, mesmo com o sistema de saves automáticos do game, do que gastar um item de cura.

Programe-se

Uma das novidades de Sniper Elite 4 é um sistema de inteligência artificial adaptativa, o qual o mundo reage às suas ações. Seja visto por soldados algumas vezes, por exemplo, e perceba um movimento maior de guardas ao redor de seu alvo principal em uma missão. Dispare com o rifle sem usar sons para ocultar os tiros e note que o objetivo passará a permanecer sempre em áreas fechadas, dificultando um assassinato a distancia.

Em outros mapas, franco-atiradores inimigos também estarão posicionados, sendo capazes de localizar e alvejar o jogador a distancia, enquanto operadores de rádio poderão chamar mais reforços caso a presença de Karl seja detectada. O ideal é acabar com os inimigos primeiro, seguindo, depois, para as missões de assassinato.

Deixe liberações de postos de controle ou a localização de refúgios rebeldes por último, pois eles normalmente estarão em áreas com mais oponentes, onde será mais fácil ser detectado. Já tendo resolvido os outros objetivos que exigem mais furtividade, você fica livre para agir aqui, e até mesmo cometer alguns deslizes.

Use o binóculo para tomar decisões

Ser um sniper de elite não é para qualquer um: o cara precisa passar horas no ninho, analisando o ambiente e escolhendo os melhores alvos e movimentos para não ser detectado. “Sniper Elite 4” simula esse ambiente arriscado e te obriga a ter paciência.

Para evitar ser detectado e, especialmente, não morrer, é preciso verificar o máximo de abordagens possíveis antes de escolher a melhor opção. O melhor meio para isso é utilizar o binóculo para marcar inimigos, explosivos, caminhões, e até mesmo alvos de missões secundárias.

Com toda informação do ambiente, fica bem mais fácil decidir como agir e quais alvos eliminar primeiro.

Melhore o seu equipamento completando desafios

Antes de cada missão é possível escolher qual equipamento vai ser levado para o combate. São diversos rifles, fuzis, pistolas e outros itens, como bombas e curativos. Nesse momento também é possível comprar novos equipamentos com seus pontos de reconhecimento e também conferir os requisitos para melhorar suas armas.

Cada arma tem aprimoramentos de atributos e também visuais. Para conseguir desbloquear a melhoria é preciso completar desafios específicos da arma, como matar inimigos à distância ou com tiros em partes específicas do corpo.

Sempre que trocar o equipamento, vá até essa parte do menu de preparação para descobrir quais os desafios de melhoria.

Quando no chão, fique sempre em movimento

Toda vez que você disparar ou fizer barulho, o estado dos inimigos vai mudar, podendo ir de patrulha até perseguição, quando descobrirem a sua posição. Muitas vezes eles deduzem a sua posição pelo barulho e vão até onde acham que você está escondido para verificar.

Por conta desses fatores, é importante estar sempre em movimento se você estiver no nível de altura dos inimigos. O primeiro motivo, mais óbvio, é evitar ser encontrado, mas o melhor mesmo é utilizar dessa mecânica para plantar armadilhas.

Assim que os inimigos adivinharem a sua posição, coloque uma armadilha no local e vá para um ponto com boa linha de tiro, e de preferência um arbusto para esconder. Alguns inimigos Alguns inimigos vão morrer na explosão da armadilha, enquanto você finaliza os outros com seu rifle de um local seguro.

O jogo de gato e rato é constante, e você precisa ser mais esperto que os adversários para se dar bem nas missões.

Limpe você mesmo

Pode soar como uma tarefa irritante, mas se você eliminar um inimigo em uma área onde seu cadáver possa ser visto na rota de patrulha de outros, pegue o corpo se puder e o mova para fora da vista para evitar a detecção. Você pode içá-los por cima do ombro e soltá-los onde quiser, mas se quiser uma maneira rápida de despachar inimigos sem a limpeza depois, tente a próxima dica.

Seja um Assassino

É hora de estar em sintonia com a natureza e pular na folhagem para algumas quedas fantasmas. Espreite-se em um arbusto e depois mude da distração da rocha para o apito em sua roda de armas, seguindo o aviso apropriado. Quando um inimigo passar, assobie e ele virá. Melee-los mortos e você vai escondê-los instantaneamente no mato. Bom trabalho, Assassino. Você pode adotar uma abordagem semelhante enquanto estiver pendurado em uma saliência, se um inimigo estiver acima – assobie para atraí-los em sua direção e, em seguida, um rápido ataque corpo a corpo irá despachá-los pela borda. Ezio Auditore ficaria orgulhoso.

Use munição suprimida

Então aqui está a coisa, acontece que tiros de grande volume matam você como um franco-atirador. Munição suprimida, por outro lado, significa que você pode matar com facilidade. Enquanto os inimigos perceberão se um amigo cair morto ao lado deles, sua posição não será doada. Quando você encontrar munição suprimida, traga a roda da arma e selecione munição alternativa para carregá-la em seu rifle. Isso significa que você não precisa esperar que outros sons encobrem seu disparo. Lembre-se, porém, que a munição silenciada ainda pode fazer barulho no impacto, por isso, se você ataca um inimigo com um rifle sniper ou uma pistola silenciada de perto e eles estão usando um capacete, o ruído vai chamar a atenção de inimigos próximos. Você pode evitar isso, indo para mortes de tiro do corpo. Atirou no coração e tudo mais.

Corra em silêncio

Não serão poucos os momentos em que o jogador será visto em Sniper Elite 4. E com uma inteligência artificial apurada, e até um pouco desleal, praticamente todos os inimigos do cenário serão alertados para sua posição no momento exato em que isso acontecer. Mesmo na hora da fuga, entretanto, ainda valem os princípios de furtividade que servem para o restante do jogo.

O título sempre vai marcar sua última localização, e é para lá que os oponentes vão. Por isso, ao ser localizado, mate alguns inimigos para limpar o caminho e saia de lá. Use sempre a pistola, pois ela possui silenciador, e evite ao máximo o rifle e, principalmente, a metralhadora, pois eles gerarão atualizações em seu posicionamento para os soldados inimigos.

Além disso, evite correr em pé e prefira o sprint agachado. Apesar de mais lento, ele gera menos barulho e não vai revelar seu caminho para os soldados. Se esconder nas proximidades, em arbustos ou estruturas próximas ao local de detecção, também não é uma boa ideia, pois após não encontrarem o jogador na área original, os inimigos passarão a busca-lo por perto.

Em alguns casos, fugir para longe pode até criar uma boa oportunidade. Com todos os adversários juntos e em campo aberto, o rifle de franco-atirador pode ajudar, principalmente se uma fonte de barulho também estiver pelos arredores

Ganhe uma medalha de ouro no campo de tiro

Antes de você sair para punir as patrulhas Nazistas, porque não ir ao campo de tiro para praticar? Você não apenas poderá testar qualquer uma das armas disponíveis no jogo, mas terá o desafio de ganhar medalhas, uma por arma.

Granadas

Todos os itens têm funções alternativas e a Stick Grenade não é exceção. Mudar seu uso corriqueiro de “Normal” para “Sticky” a fará grudar no primeiro alvo que encostar! Inimigos poderão correr o quanto quiserem, mas se a granada os acertar primeiro, não há escapatória.

Falando nisso, tente mirar nas granadas saindo das linhas inimigas para obter incrivelmente satisfatórios abates múltiplos. Espere uma patrulha com muitos inimigos se aproximar para maximizar o efeito!

Consiga um “Longshot” de rank máximo

Cada nível tem um alcance máximo para tentar conseguir um abate, com diferentes distâncias para cada nível de dificuldade. Tiros são ranqueados em C, B, A e S, em ordem ascendente — tiros de rank S são alguns dos mais distantes do jogo, talvez da própria série!

Aceite o desafio

Após completar uma missão pela primeira vez, uma lista de cinco novos desafios irá aparecer para futuras partidas. Esteja avisado, eles não foram criados para serem completados em uma única sessão, então eles podem ser bem complicados e exigirão muito planejamento e habilidade.

Dicas Finais

É possível matar com um único tiro em disparos no coração, figado e até rins. Não é necessário mirar sempre na cabeça.

É possível atirar em granadas na roupa dos inimigos para matar mais de um inimigo de uma vez.

É possível atirar nas suas próprias granadas para explodi-las antes do tempo normal

Usar armadilhas em cima dos corpos é mais eficiente e rápido que escondê-los.

Existem poucos silenciadores no jogo, mas há munições que não fazem barulho para serem usadas no lugar deles. Abuse delas para ser um fantasma.

Após matar inimigos, vasculhe seus corpos para ganhar munições e possíveis documentos de missões secundárias e colecionáveis.

Referências:

Playstation Blog, GameMe, Uol, techtudo, wikipedia.

The Surge 2

The Surge 2 é um jogo de RPG de ação desenvolvido pela Deck13 Interactive e publicado pela Focus Home Interactive para Microsoft Windows , PlayStation 4 e Xbox One . É a sequela de The Surge de 2017.

Gameplay 

The Surge 2 é um jogo de role-playing de ação jogado de uma perspectiva de terceira pessoa. O jogo apresenta um criador de personagem que permite aos jogadores personalizar as aparências e o sexo do avatar do jogador.  Os jogadores podem utilizar uma variedade de armas brancas para derrotar os inimigos, cujos membros podem ser alvejados e removidos individualmente. Os jogadores também podem evitar e desviar de ataques, o que exige que os jogadores angulem adequadamente suas armas equipadas.  Drones de combatee consumíveis como bio-sensores também podem ser implantados. Quando os jogadores matam ou desmembram seus oponentes, eles podem coletar e equipar as armas, aprimoramentos de armadura ou tecnologia deixados por eles. A cidade de Jericó, o cenário do jogo, oferece caminhos alternativos que os jogadores podem explorar livremente. No jogo, os jogadores encontrarão diferentes personagens não jogáveis e terão que fazer escolhas diferentes que afetarão o mundo e a história do jogo. Os jogadores também podem deixar mensagens de graffiti no mundo do jogo para outros jogadores verem. 

Use o drone de combate

Logo de cara, o segundo jogo da série introduz um recurso muito bem-vindo: o drone de combate. Com ele, é possível atirar nos inimigos de longe, sem tanto alarde, o que garante uma boa dose de estratégia e concede uma liberdade maior na hora de formular a melhor abordagem.

Mantenha o estoque de omnicélulas (a munição do game) sempre cheio e priorize o uso do robô para quando houver um grande número de criaturas num mesmo ambiente. Assim você se mantém longe de ataques corpo a corpo, por exemplo, e ganha tempo com uma distração para recuperar a barra de saúde. Definitivamente, o drone é o grande salvador em momentos críticos.

O Contra-ataque faz a diferença

Uma das grandes novidades de The Surge 2 é a sua dinâmica de parry, que consiste em revidar ataques rivais com investidas fulminantes. Embora o contra-ataque seja um tanto arriscado e tenha uma lenta curva de aprendizado, você certamente ficará em vantagem na batalha ao conseguir executá-lo com maestria.

Se você estiver jogando no controle, seja de PS4 ou Xbox One, pressione o botão de bloqueio e utilize o analógico direito para manipular a arma em posição de defesa. Para realizar um contra-ataque devastador, é preciso posicionar o armamento do personagem no mesmo ângulo de ataque do adversário, no tempo certo. Saiba que o jogo não permite aparar ataques de qualquer inimigo, então é importante saber com quem você está lidando antes de se arriscar.

Desmembre inimigos

Assim como no jogo anterior, o sistema de personalização é todo baseado na mecânica de desmembrar inimigos. Você pode focar em diferentes partes do corpo e utilizar golpes de finalização para decepar o componente desejado e obter matéria-prima. Corte a cabeça do alvo, por exemplo, e ganhe peças para criar novas proteções de cabeça.

Caso você queira aprimorar uma arma, o ideal é focar no braço do inimigo que esteja munido com o equipamento almejado para cortá-lo. Fique atento também às partes das criaturas robóticas, já que há uma grande chance de o loot conceder implantes extras.

Implantes são essenciais para sobreviver

Os implantes são itens equipáveis que servem para complementar e conceder efeitos especiais ao traje. Conforme o personagem sobe de nível, novos espaços de implantes são desbloqueados e podem ser gerenciados em campo, eliminando a dependência de um Medcentro.

Alguns implantes consomem potência de núcleo – a barra em azul alocada no centro da tela -, portanto fique de olho nela para não gastar o estoque todo de uma vez. Lembre-se de que os implantes também podem ser aprimorados para aumentar a quantidade de pré-cargas – o item que restaura vida – a serem feitas durante os embates.

Morreu? Corra para recuperar a sucata

Como é de praxe nos jogos inspirados na fórmula masoquista de Dark Souls, o personagem deixa seus recursos no local da morte depois de ser derrubado pelo oponente. Em The Surge 2, a situação é mais crítica, já que há um cronômetro para indicar o tempo que o jogador tem de resgatar a sucata até que ela expire para sempre. Quando você morrer, preste atenção ao contador e corra ao local da morte para não perder nada.

O Medcentro é o seu local seguro

Os Medcentros funcionam como as fogueiras de Dark Souls, ou seja, são locais seguros onde é possível salvar o progresso, subir de nível, criar e melhorar itens e equipamentos. Tenha em mente que, ao morrer, o personagem vai ressurgir no último Medcentro encontrado, então considere procurá-los o quanto antes assim que uma nova área for descoberta.

Evolua o personagem

Se você não quer sofrer mais que o necessário com a dificuldade acima da média, certifique-se de evoluir seus atributos nas estações de Medcentro, no módulo do núcleo de energia. Obtenha pontos de módulo ao coletar sucata de inimigos abatidos para distribuir entre as três opções disponíveis: vida, vigor e bateria.

Todos os atributos são igualmente valiosos no decorrer da jornada, mas o vigor deve ser prioridade na lista de quem está começando a desbravar o game agora. A saúde aumenta a barra de vida, enquanto o vigor possibilita um número maior de ações durante as batalhas, significa ter mais resistência. Por outro lado, fortalecer a eficiência da bateria eleva a reposição de vida a cada uso de injeção – algo que não é tão relevante no início tendo em vista o modesto nível e poder de ataque dos inimigos.

Faça upgrades

Em comparação ao jogo anterior, pouca coisa mudou no sistema de upgrades de itens. A mecânica de montagem funciona de forma bastante simples: use sucata e componentes para subir o nível de armas e armaduras. Todas os itens são criados inicialmente no Grau I (GQ I) e recebem novos atributos e status à medida que são melhorados no Medcentro.

Procure acompanhar o progresso das armas pelo menu de pausa para saber se algum de seus equipamentos já pode ser evoluído com as peças obtidas. É realmente difícil sobreviver às ameaças da cidade de Jericho e progredir na história sem desbloquear o potencial total dos equipamentos, então concentre-se em evoluir todos os encaixes.

Busque vingança e seja recompensado

Se você estiver online e conectado ao servidor do jogo, saiba que é possível vingar a morte de outros jogadores reais para ganhar bônus de sucata e peças extras de montagem. O oponente passível de revanche possui um ícone de caveira alocado em sua barra de vida, como um indicador, sendo facilmente detectável. Ao avistá-lo, não hesite em iniciar o confronto, pois a recompensa que será concedida vale o desafio.

Um boa (e intrigante) história

“The Surge 2” não deixa o jogador às escuras quando o assunto é a sua história. De cara você fica sabendo que encarna um sobrevivente de um acidente de avião que foi parar na cidade de Jericho. Para deixar as coisas mais legais, o jogo permite que você defina aparência, gênero e história do personagem.

A cidade, em si, encontra-se em convulsão social depois dos acontecimentos do primeiro game. Breve resumo com spoilers: um enxame de nanorobôs criados para recuperar o equilíbrio ecológico da Terra foi liberado na atmosfera acabou se tornando uma doença capaz de deixar os usuários de implantes mecânicos – muita gente, no mundo do jogo – e máquinas completamente fora de controle.

No decorrer do game, além de receber pílulas de tudo o que ocorreu por meio de arquivos de áudio, o jogador também tem acesso a missões paralelas que expandem a trama.

O resultado é que, em vez de ter uma narrativa misteriosa, “The Surge 2” traz uma história palpável e que mantém o jogador interessado, especialmente quando colocado diante de algumas reviravoltas que dão diferentes propósitos à jornada.

O mapa do jogo, que concentra a ação em poucas localidades, mas com diversas áreas e atalhos a serem localizados, também evita que os jogadores fiquem perdidos tentando descobrir onde ir.

Sistemas de jogo que funcionam

“The Surge 2” não se afasta de suas origens quando falamos de sistema básico de jogo. Temos as tradicionais barras de saúde e vigor, bem como o sistema de “alto risco, alta recompensa”: andar por aí carregando uma grande quantidade de sucata (que é a moeda do jogo, usada para evoluir o personagem, armas e aprimoramentos e também comprar determinados itens) garante recompensas melhores ao matar inimigos. Se você for derrotado, porém, terá um tempo limitado para retornar ao local e reaver seus itens.

Isso abre uma possibilidade estratégica, uma vez que quando você está perto do seu local de morte, sua barra de saúde se regenera. E, uma vez que você coleta a sucata perdida, você recupera totalmente sua saúde. Sendo assim, morrer para aquele chefão complicado pode ser a saída para ter um ponto de recuperação de saúde no meio da luta e tornar o embate mais favorável.

Já quem é avesso a riscos pode armazenar sua sucata em um dos med-centros, que estão para “The Surge 2” como as fogueiras estão para “Dark Souls”.

Além disso, conforme você ataca os inimigos e dá parry nos ataques, você acumula cargas de bateria. Essas cargas servem não apenas para você usar um item recarregável que recupera sua saúde, mas também permite que você use o sistema mais atrativo do game: as execuções.

Funciona assim: conforme você trava o alvo em um inimigo, é possível escolher qual parte do corpo irá atacar. São seis delas, sendo braços, pernas, corpo e cabeça. Uma vez que cada uma delas recebe dano suficiente, é possível usar uma carga de bateria para decepar a parte escolhida.

Além de finalizar os oponentes instantaneamente, esse “fatality” também permite que você adquira as armas dos inimigos, bem como esquemas de suas armaduras para que você as construa posteriormente.

Por fim, há mais dois elementos. Os implantes, que são uma espécie de “perks” que dão características específicas ao personagem – como recuperar saúde após uma finalização – e o drone, que acumula modos de operação distintos.

Dar prioridade à Vida, Vigor e Eficiência da Bateria

Isto é mais uma opinião pessoal. Na prática, não sei se é o melhor, mas foi o que fiz e resultou até ao momento. Inicialmente, investi a minha sucata sempre na Vida e Vigor e um pouco menos na Eficiência da Bateria. Só passado algumas vezes de ter evoluído estes aspetos, é que comecei a melhorar equipamentos. Fica ao vosso critério, mas acho mais importante ter mais vida e poder atacar mais vezes, mesmo que os ataques sejam mais fracos ou tenhamos menos defesa.

Matar inimigos com caveira na cabeça

Existem inimigos no terreno, os quais até já podem ter morto anteriormente, mas agora têm uma caveira vermelha sob as suas cabeças. Isto significa que esse inimigo matou um jogador humano. Ao derrotar este inimigo, irão obter materiais para criar equipamentos ou fazer melhoramentos. Sempre que os avistarem, não hesitem em defrontá-los.

Levar sucata para as lutas com bosses

Por norma, noutros jogos do género, todos tentamos ir sem qualquer tipo de sucata (almas/ecos de sangue) para as batalhas com os bosses. Porém, The Surge 2 muda um isso e é aconselhado a terem um pouco de sucata convosco. Ao morrer em combate com um boss, a vossa sucata estará lá à espera para ser recuperada, mas com a particularidade que também recuperam vida. Ou seja, o ideal é deixar a sucata no campo durante um bocado e quando já tiverem pouca vida, aproximem-se para a apanhar e ganhar uma barra de vida cheia novamente.

Enfrentar bosses com Eficiência da Bateria no máximo

Ainda no seguimento das batalhas com os bosses, é altamente aconselhável entrar em combate com os mesmos com a vossa barra da Eficiência da Bateria algo preenchida. Isto irá permitir que possam usar essa energia para recuperar vida. Para tal precisam ter ativos os implantes “Regenerador Celular” e “Circuito Medivoltaico”.

Seja Agressivo!

Em The Surge 2, você pode se curar com seu estoque de energia e cargas apenas de energia quando atacar com sucesso um inimigo. O ataque é a melhor defesa! Tente gerar o máximo de energia possível para se manter melhor.

Abandone o implante de auto-recuperação

Também ajuda a abandonar o implante inútil Auto-Heal. Este implante cura automaticamente quando você está prestes a morrer. Pode parecer útil, mas na verdade você não vai adiantar nada se for um veterano do Dark Souls. Livre-se dele e encaixe-o em um implante diferente o mais rápido possível.

Cuidado com as desvantagens da engrenagem da classe Golias

Equipar o equipamento com a maior defesa pode parecer uma ótima idéia, mas você também encontrará sérias desvantagens. O equipamento da classe Golias, que é o mais pesado e oferece a maior defesa, geralmente concede uma penalidade de resistência ou torna seus ataques mais lentos. Alguns até diminuem a quantidade de energia que você gera por ataque. É melhor ficar com uma armadura mais leve para evitar ataques, em vez de absorver mais danos.

Se você é iniciante, tente usar a lança

Lanças são uma classe de arma que é bastante ideal para iniciantes. Eles são rápidos em atacar, têm bom alcance em seus inimigos, e existem algumas lanças incríveis para encontrar, mesmo no início do jogo. Caso contrário, você vai querer usar armas rápidas, como as Lâminas de 1 Mão ou Punhais. Quanto mais rápido você puder atacar, mais fácil poderá escapar de situações ruins.

Aprenda quando desencadear ataques cobrados

Ataques cobrados são movimentos poderosos que todas as armas podem desencadear. Eles levam um momento para carregar (naturalmente), mas o dano extra que eles fazem vale a pena esperar. O truque da maioria dos encontros é apenas encontrar uma boa oportunidade para desencadear um ataque carregado, eles também são ótimos em quebrar armaduras. Uma vez que a armadura é destruída em um inimigo, o resto da luta pode ser trivial.

Troque armas constantemente – você as encontrará em todos os lugares

Ao contrário de Dark Souls, onde você pode ficar com a mesma arma por muito tempo, The Surge 2 incentiva você a trocar. Algumas armas são simplesmente melhores do que outras. Abandone as armas antigas e adote as novas.

Explorar as fraquezas dos inimigos para facilitar a vida

Muitos inimigos têm fraquezas únicas que você pode explorar e trata-se de qual parte do corpo você ataca. Por exemplo, quando você chega ao Jardim e precisa lidar com os robôs aqui, pode atacar uma variedade de diferentes partes do corpo para enfraquecê-los. Atirar na cabeça deles com o seu drone interromperá o ataque a laser. Atacar suas pernas pode imobilizá-las completamente.

Explorar, Explorar, Explorar

Cada área é um labirinto de passagens e corredores e é importante explorar todos os cantos e recantos que puder. Você pode abrir muitos atalhos que facilitam muito as viagens futuras por essas áreas. E há itens, armas e implantes que você não vai querer perder.

Há onde melhorar

Mas “The Surge 2” também traz alguns tropeços. Um deles, ao menos na versão de avaliação, diz respeito ao desempenho do game em si.

Jogando no Xbox One X, por diversas vezes enfrentei quedas bruscas no FPS, mesmo com o jogo no modo “desempenho” (que sacrifica parte da qualidade gráfica em prol de manter os quadros estáveis).

Nenhuma dessas quedas ocorreu durante combates (felizmente), mas sim enquanto eu explorava os cenários. Considerando que esse é o tipo de falha que mais me irrita em um game, passei muito perto de perder a paciência.

Outro ponto a ser melhorado é a variedade de chefões. É curioso que o jogo comece com um boss inovador, com mecânicas específicas – que são bastante satisfatórias quando descobertas pela primeira vez -, mas acabe perdendo parte desse fôlego conforme progride, apostando mais no tamanho e na dificuldade da encrenca do que em fazer o jogador usar o cérebro.

Esses erros, no entanto, não apagam o avanço que “The Surge 2” representa em relação ao seu antecessor. Inclusive, fica aqui a dica: se você quiser se aventurar na franquia, pode ignorar o primeiro jogo e partir de cara para esse, já que a história é bem contextualizada e o game, em si, é muito melhor.

Referências:

Huf Games, The Pixel Glitch, Uol, techtudo, wikipedia.