FIFA 19

FIFA, também conhecido como FIFA Football ou FIFA Soccer, é uma série de videojogos de futebol, lançados anualmente pela Electronic Arts (EA) sobre a chancela EA Sports. Apesar de não haver grande concorrência quando a EA lançou os primeiros títulos das séries Madden NFL e NHL, os jogos de futebol como Sensible Soccer, Kick Off e Match Day já estavam a ser produzidos desde os finais de 1980 e já eram competitivos no mercado quando a EA anunciou um jogo de futebol em adição à marca EA Sports.

Quando a série começou em 1993, tornou-se notável por ser o primeiro jogo que tinha uma licença oficial da FIFA, o organismo que coordena o futebol mundial. Os mais recentes títulos da série contém várias ligas nacionais licenciadas de todo o mundo, incluindo a Bundesliga e a 2. Bundesliga da Alemanha, a Premier League e a Football League da Inglaterra, a Serie A e a Serie B da Itália, a La Liga e a La Liga 2 de Espanha, a Primeira Liga de Portugal, a Ligue 1 e a Ligue 2 da França, a Eredivisie da Holanda, o Campeonato Brasileiro Série A do Brasil, a Liga MX do México, a Major League Soccer dos Estados Unidos, a K-League da Coreia do Sul, a J1 League do Japão, a Saudi Professional League da Arábia Saudita, a A-League da Austrália, a Süper Ligda Turquia, a Superliga Argentina e o Campeonato Nacional do Chile, permitindo o uso de ligas reais, clubes, nomes e aparência de jogadores reais nos jogos. Em adição, é incluindo outros clubes populares, incluindo equipas do campeonato grego e da África do Sul, isto sem as ligas completas dessas nações.

A série principal tem sido complementada com jogos baseados num único torneio, tal como o FIFA World Cup, UEFA European Football Championship e a UEFA Champions League, bem como uma série de títulos de gestão desportiva e outra de futebol de rua.

Desde FIFA 13, que o futebolista Lionel Messi é a face da série, aparecendo em todas as capas do jogos, em ações de promoção e publicidade. Substituiu Wayne Rooney, que foi a face desde FIFA 06 até FIFA 12.

Em 2011, a série FIFA estava localizada em 18 línguas e disponível em 51 países. Já foram vendidas mais de 260 milhões de cópias, fazendo da série a mais bem sucedida dentro do género desportivo, e uma das séries de videojogos mais vendidas de sempre. FIFA 12 mantém o recorde “o jogo de desporto que mais rapidamente vendeu” com mais de 3.2 milhões de cópias vendidas, gerando um lucro de $186 milhões na primeira semana.

O FIFA 17 foi lançado em Outubro de 2016, que incluiu pela segunda vez na série futebol feminino, representado através de 12 equipas nacionais

O FIFA 18 foi lançado no dia 29 de Setembro de 2017 e contou com o astro português na capa, Cristiano Ronaldo, e é atualmente o jogo mais vendido da série, com mais de 24 milhões de cópias vendidas.

FIFA 19

Conta com dezenas de comandos que executam diferentes movimentos durante as suas partidas, e, além das opções mais comuns, também esconde algumas técnicas mais avançadas e eficientes que podem ajudar muito no seu desempenho.

Condução com a cabeça erguida

Técnica ideal para aqueles que têm um estilo de jogo mais calmo e cadenciado, e buscam opções de passe e lançamentos em defesas fechadas. Segure R2+L2 no PS4 ou RT+LT no Xbox One para fazer com que seu jogador levante a cabeça e conduza a bola lateralmente, com toques curtos. Assim você garante mais precisão na sua jogada, além de tornar desarmes bem mais difíceis.

Cruzameto direto

Cruzamentos diretos são bolas mais baixas e fortes, que têm como objetivo chegar ao alvo o mais rápido possível, dificultando a ação dos defensores, seja com interceptações ou posicionamento. Para fazê-los, segure o R1 no PS4 ou RB no Xbox One e pressione o botão de lançamento mirando na área do oponente.

Pedir infiltração

Esse comando é extremamente útil para aqueles que usam bolas enfiadas para deixar os seus atacantes na cara do gol. Direcione o analógico esquerdo para o jogador desejado e pressione L1 no PS4 ou LB no Xbox One duas vezes rapidamente. O atacante em questão iniciará uma corrida de infiltração para receber um passe em profundidade.

Explosão de velocidade

Precisando de um pouco mais de fôlego para vencer uma corrida contra o zagueiro e chegar na cara do gol? Pressione o botão de corrida (R2 no PS4 ou RT no Xbox One) rápida e repetidamente para fazer com que seu jogador adiante a bola e acelere sua velocidade. Isso funciona especialmente bem com atletas mais velozes, e também pode ser usado para mudar rapidamente de direção enquanto acelera para outro lado. Note que isso consome a energia dos seus atletas mais rapidamente.

Cancelar

Diversas vezes os jogadores usam comandos acidentalmente, como chutes e passes sem direção, após pressionar o botão errado enquanto o atleta se direcionava para a bola. É possível cancelar completamente esses comandos errados pressionando R2+L2 no PS4 ou RT+LT no Xbox One.

Passe manual

Algumas situações de jogo do FIFA 19 exigem passes especialmente precisos e direcionados, capazes de criar excelentes chances de gol. Caso precise de uma dose extra de controle sobre um passe, segure R1+L1 no PS4 ou RB+LB no Xbox One e carregue a força do toque selecionando a direção exata com o analógico esquerdo.

Disputa corporal

Em FIFA 19 as tentativas de ultrapassar defensores com velocidade estão bem mais complicadas, já que os zagueiros costumam ganhar as divididas com seu porte físico. Para se livrar desses choques, segure o L2 no PS4 ou LT no Xbox One quando um zagueiro estiver emparelhado com o seu atacante. Seu jogador usará seus atributos físicos para bloquear o defensor e continuar com a posse da bola.

Mover goleiro manualmente

Chutes colocados nos cantos do gol são uma arma perigosíssima em FIFA 19, e o posicionamento manual dos goleiros é uma das formas mais eficientes de evitar esse tipo de batidas. Clique e mantenha o analógico direito pressionado (R3 no PS4 ou RS no Xbox One) e mova-o para fazer com que o seu goleiro se posicione no gol. Caso você só segure o botão, ele trocará de lado no gol, para cobrir a trave oposta.

Paradinha nos pênaltis

Cobranças de penalidades não são moleza em FIFA 19, e a paradinha é um dos recursos para enganar os goleiros na hora da batida. Enquanto o seu jogador corre em direção à bola, toque rapidamente o L2 no PS4 ou LT no Xbox One para que ele hesite por um segundo.

As finalizações calibradas do FIFA 19

As Finalizações Calibradas do FIFA 19 podem ser incríveis mas são complicadas de pegar o jeito: primeiro, você precisa carregar o chute para força e, depois, é preciso dar um segundo toque no micro segundo certo para conseguir o chute perfeito. Uma linha ténue entre o grito de alegria e o de frustração divide o sucesso de conseguir acertar o tempo entre os dois.

A melhor maneira de praticar é ativar o Treinador, selecionar o modo Movemento & Mecânicas e desligar todas as ajudas exceto a barra de Finalizações Calibradas. Assim, ao chutar, você verá uma barra colorida em cima da cabeça do jogador, que dará feedback sobre o melhor momento para apertar o chutar novamente (quando estiver totalmente verde, chute!)

Uma outra forma de se acostumar é baixar o nível de dificuldade em que você normalmente joga e partir para os amistosos. Os defensores serão mais lentos ao tentar tomar a bola, o que lhe dará mais tempo para testar os chutes.

Mas não exagere

Quando perceber que já consegue executar as Finalizações Calibradas, você vai querer usá-las a toda hora, porém lembre-se que é arriscado. Se falhar, pode perder a oportunidade de marcar um gol que podia ter conseguido sem arriscar usar a novidade. Deixa esta funcionalidade para momentos em que precise de um disparo especial, e não para quando estiver cara a cara com o goleiro.

Também é bom ter cuidado nos momentos em que a bola está meia perdida na área. Quando só precisar chutá-la na rede, pode ser tentador pressionar o botão chutar e esperar que a bola entre. Atenção, isso pode ativar o modo de Finalizações Calibradas e, em vez de mandar a bola de forma certeira, pode acontecer dela ir para bem longe do gol.

“Onde conseguiu tanta habilidade?”

A EA adicionou uma série de novos dribles e movimentos que os fãs do jogo bonito podem passar horas para aperfeiçoar, contudo há um movimento muito simples que qualquer um pode usar facilmente.

Ao pressionar o analógico direito (R3), independentemente do local onde a bola esteja em relação ao corpo de um jogador, fará com que ele a lance no ar. Aperte novamente e ele tentará mantê-la no ar. Combine o truque com os movimentos do analógico esquerdo e você será capaz de fazer o tipo de manobras de que deixaria Ronaldinho Gaúcho orgulhoso.

Posse de bola

As batalhas físicas entre jogadores agora vão além de apenas ver quem é mais forte. Uma apertada do analógico esquerdo pode fazer maravilhas quando tentar ganhar ou manter a posse de bola.

Se ela estiver em posse e um zagueiro adversário estiver perto demais, use o corpo do jogador para proteger a bola e aperte o analógico esquerdo para o manter fora, enquanto procura alguém para tocar. Apenas lembre-se que você não tem o dia todo.

Isto pode funcionar bem no ar também. Colocar a cabeça na bola primeiro está normalmente relacionado com quem aproveita melhor o momento, e um puxão rápido no analógico esquerdo pode ajudar a superar seu adversário.

Não abuse da sorte

A mudança na maneira como as batalhas 50/50 funcionam, combinada com o sistema de Toque Ativo, afeta a forma como a bola se comporta, o que significa que há possibilidade de um retorno ou um ricochete desajeitado lhe deixar exposto na parte defensiva. Isto significa que nem sempre vale a pena se arriscar em uma bola que não é certa. Por isso, às vezes, considere manter sua posição e proteger o espaço em vez de tentar alcançá-lo à frente do seu adversário.

E não seja tímido na hora de resolver. Mesmo que você acredite que não será possível roubar a bola, às vezes basta apenas um toque nela para atrapalhar a jogada adversária.

Olha o cruzameeeeeento

É bem capaz de você ter desistido de cruzar a bola no FIFA 18. A menos que fosse a única opção disponível, era uma completa perda de tempo e era preciso (muito, mais muito mesmo) para seu atacante conseguir acertá-lo. Agora, o jogo virou (viu o que fizemos aqui?) e passes e cruzamentos foram ajustados para melhor no FIFA 19.

Cruze cedo e confie nos seus companheiros, pois eles estarão lá quando a bola chegar. Ah, não esqueça que as Finalizações Calibradas podem ser usadas em cabeceios e voleios!

Tire o dedo do acelerador

Os jogadores mais rápidos do FIFA 18 costumavam deixar as defesas na saudade, como se estivessem em modo fast forward, mas o ritmo foi reduzido no FIFA 19, por isso, não confie muito em todas as arrancadas. E isso é bom!

Os jogadores também parecem ficar bem mais cansados quando correm durante longos períodos de tempo, o que afeta a sua eficiência. Por isso, cuidado com as arrancadas!

Tenha paciência na defesa

Fazer gols todo mundo sabe. Defender, entretanto, infelizmente é a fraqueza de muitos jogadores no FIFA. Desde que o sistema de Defesa Tática foi implementado, é complicado dar os botes e carrinhos na hora certa. Uma vantagem do FIFA 19 é que esse sistema está mais muito simples de ser dominado. Ainda assim, mantém-se a premissa de que ter paciência é o melhor negócio em defender.

Não tenha pressa em roubar a bola do adversário. Se você perdeu a posse da redondinha, recue o time e vá cercando o oponente. Tente pressionar em todas as zonas, contudo sem precipitações. Até vale a pena permitir que o outro time se aproxime um pouco da sua intermediária, se isso lhe der mais chances de retomar a posse de bola.

Aqui a leitura de jogo é muito importante. Tente identificar o estilo de jogo adversário. Perceba se ele joga mais pelas laterais do campo ou se tentará uma infiltração pelo meio. Assim facilita o bote no momento certo. E o bote precisa ser dado em pé, de preferência, portanto evite o carrinho. Tudo que você não precisa é cometer uma falta na entrada da área ou mesmo dentro dela.

Uma última dica quanto à defesa é deixar os zagueiros no lugar. Um sistema de defesa coeso e eficiente usa os zagueiros apenas como última opção. Opte por defender progressivamente: primeiro com os atacantes, depois com os meias e por último apenas com os homens da zaga, caso não haja mais alternativa.

Saiba quando fazer passes curtos e quando fazer passes longos

Aprender o timing certo de fazer os passes não é exclusividade do FIFA 19. Nesse último título em particular, no entanto, ter essa habilidade é fundamental. Como você já deve saber, o sistema defensivo está mais inteligente. Tanto os defensores quanto os primeiros homens do meio se antecipam com frequência para interceptarem a bola adversária.

Ao mesmo tempo, o famoso “jogo de corpo” também foi aprimorado. Os jogadores maiores e mais fortes agora conseguem vencer os que têm menos físico. A partir disso, é necessário ter noção e timing quase perfeito de passe. Saiba quando cabe melhor o passe curto e rápido entre jogadores mais próximos. Assim co o deve saber quando é melhor arriscar o passe longo.

Varie a forma de atacar

Até ficar cara a cara com o goleiro há um longo caminho pela frente, com pelo menos dez adversários. Agora que você já sabe defender e trocar passes corretamente, é preciso aprender a atacar. No FIFA 19, atacar exige estratégia. Pense no gramado como um grande tabuleiro de damas, em que cada movimento seu tem a intenção de deixar um oponente para trás.

Tendo isso em mente, é traçar sua estratégia pensando em dois tipos diferentes de ataque: contra-ataque e ataque posicional. O contra-ataque se baseia em jogar no erro do adversário. É roubar a bola no seu campo de defesa ou mesmo no meio de campo e partir rapidamente para a área adversária.

O problema do contra-ataque é que ele só funciona em equipes que tenham jogadores muito velozes. Além disso, a tática tem que favorecer esse tipo de estratégia. Como FIFA 19 trouxe um gameplay mais lento e que até mesmo pune com cansaço quem corre demais, talvez a estratégia que deve prevalecer seja a do ataque posicional.

Esse tipo de ataque é basicamente tocar a bola de um lado para o outro do campo. Porém faça isso com objetividade. Tenha paciência, mas busque o gol. Uma hora o oponente irá abrir uma brecha na defesa e você conseguirá se aproximar do seu gol. Apenas tome cuidado para não errar o timing do passe. Isso pode dar ao adversário uma oportunidade de contra-atacar.

Drible como Ronaldinho, não como Neymar

Todo brasileiro gosta do futebol Joga bonito, praticado pelo lendário Ronaldinho Gaúcho e atualmente por Neymar Jr. Mas há uma diferença entre esses dois estilos de dribladores. O primeiro quase sempre driblou buscando o gol ou o passe para um companheiro. O segundo, no entanto, muitas vezes dribla apenas por driblar.

Isso faz toda a diferença no FIFA 19. Você tem mais de uma dezena de dribles e fintas diferentes que pode fazer. Esses toques de classe estão no jogo a seu favor, portanto use-os com inteligência. Drible apenas quando necessário, e apenas se for para ir em direção ao gol. Driblar para trás não só é improdutivo, como pode causar na perda da bola e em um contra-ataque adversário.

Não se esqueça que estamos falando do FIFA 19, não do FIFA Street. O futebol é trabalho em equipe, não um esporte individual.

Aproveite as bolas paradas

As bolas paradas são sempre um trunfo no FIFA. Uma cobrança de falta bem batida pode significar uma vitória nos acréscimos de uma partida importante. Assim como um escanteio pode render gols quando o jogo está muito truncado e difícil de jogar com a bola no chão.

Todo time tem seu jogador de excelência na hora de cobrar uma falta, um escanteio ou uma penalidade. Descubra qual é o da sua equipe e treine muito com ele. Além do mais, jogadores top de linha, como Messi, CR7 e Bale tem estilos de cobrança de falta diferentes. Às vezes ser bom com um não significa ser bom outro. Portanto treine sempre e com todos que puder.

Domine os arremates

Todo mundo já chegou na cara do gol e mandou a bola para fora do estádio ao jogar o FIFA 19. A presença do Timed Finishing veio nessa edição do FIFA ou para facilitar ou para dificultar a vida dos atacantes. Portanto é indispensável que você domine os arremates para marcar gols.

Além de apertar o botão para definir a força do chute, é preciso dar mais um click no momento certo para que o chute vá com perfeição. Além disso, é claro, você precisa direcionar a bola, de modo que ela não vá para qualquer lado. Parece muita coisa para pensar nessa hora tão decisiva, mas é tudo questão de treino.

Por fim, não saia chutando de qualquer lugar e por qualquer motivo. Às vezes quem menos chuta, mais marca.

Substitua os jogadores cansados

Até mesmo o Messi e o Cristiano Ronaldo cansam depois de muito tempo em campo. É muito importante saber a hora de fazer as substituições, pois um jogador exausto é como um jogador a menos. Conheça sua equipe e saiba de antemão quem é que cansa mais rápido.

Isso facilita tudo, já que no FIFA 19, assim como no 18, dá para programar as substituições. Portanto nem é preciso pausar para efetuar as trocas. O próprio jogo vai sugerir a troca quando o momento chegar.

Retorne aos cruzamentos

Algo que deixou muitos fifeiros felizes foi o fato de a EA ter melhorado a mecânica que envolve os cruzamentos. No FIFA 18 era praticamente impossível levar a bola para a linha de fundo, cruzar e fazer a bola entrar na rede. Agora, no FIFA 19 os gols de cruzamento voltaram com tudo e são uma boa opção de jogo.

Portanto não abra mão desse recurso. Assim como os escanteios podem abrir um jogo que estava truncado, os cruzamentos com a bola rolando podem salvar uma partida perdida. Ainda mais se você tiver em sua equipe alguns dos jogadores mais altos do FIFA 19.

Referências:

Redbull, Ligadosgames, wikipedia, techtudo.