Cris Tales é o jogo grátis da semana na Epic Games Store

Toda semana, a Epic Games Store tem a tradição de anunciar o seu jogo gratuito, para que os jogadores possam baixá-los e deixá-los em sua biblioteca. Depois de distribuir os títulos Yooka-Laylee and the Impossible Lair, Windbound e Brothers – A Tale of Two Sons, o game desta semana é Cris Tales.

Em janeiro, a Epic distribuiu os jogos: Gods Will Fall, Galactic Civilizations III, Relicta e DAEMON X MACHINA. 

Os jogadores de Cris Tales terão o papel da feiticeira Crisbell, que, junto com seus companheiros, deve impedir que a poderosa Imperatriz do Tempo implemente seus planos insidiosos. Os jornalistas acharam o projeto relativamente legal: de 69 a 79% no Metacritic.

🎥 Cris Tales trailer | Divulgação

Sobre Cris Tales

Cris Tales é uma linda homenagem independente aos JRPGs clássicos, trazendo uma nova perspectiva ao gênero. Analise o passado, aja no presente e observe como suas escolhas mudam dinamicamente o futuro — tudo isso em uma só tela enquanto você joga! Animações 2D lindamente desenhadas à mão dão vida a um mundo em que suas escolhas mudarão o presente e o futuro em mais de 20 horas de jogo.

Descrição do jogo na pagina da Epic Store

Cris Tales é um game baseado em turnos com elementos de RPG, com um visual totalmente inspirado nos famosos JRPGS como Chrono Trigger, Final Fantasy VI e Persona 5. Possui animações em 2D e garante cerca de 20 horas de gameplay ao jogador. O jogo, que foi lançado em julho de 2021, é considerado um Japanese role-playing game, além de ação e aventura. Temos aqui todas as informações sobre como jogar.

📷 Cris Tales, jogo grátis da semana na Epic Games | Divulgação

Cris Tales poderá ser resgatado gratuitamente até o dia 3 de março de 2022, as 13h no horário de Brasília. Os interessados pelo jogo podem acessar o aplicativo da Epic Games Store ou realizar o resgate diretamente do site oficial da loja. É necessário uma conta na plataforma para concluir o processo.

📷 Cris Tales, jogo grátis da semana na Epic Games | Divulgação

Requisitos mínimos e recomendados

Confira abaixo as especificações mínimas e recomendadas, indicadas pela própria desenvolvedora do game.

Requisitos mínimos

  • Sistema operacional: Versão do sistema operacional: Windows 7
  • Processador: Intel Core de 2,5 GHz ou AMD equivalente
  • Memória: 4 GB
  • Armazenamento: 6 GB
  • DirectX 11
  • Placa de vídeo: NVIDIA GeForce GTX 650 Ti (2 GB) ou equivalente

Requisitos recomendados

  • Sistema operacional: Versão do sistema operacional: Windows 10
  • Processador: Intel Core de 2,7 GHz ou AMD equivalente
  • Memória: 8 GB
  • Armazenamento: 6 GB
  • DirectX: 12
  • Placa de vídeo: NVIDIA GeForce GTX 750 Ti (4 GB) ou equivalente
Cris Tales

📷 Cris Tales, jogo grátis da semana na Epic Games | Divulgação

Além do PC, Cris Tales está disponível para PlayStation 4Xbox Series S|X, Google Stadia, Xbox OneNintendo Switch e PlayStation 5.

O que achou do game distribuído essa semana pela Epic Games Store? Você pretende experimentá-lo? Participe nos comentários com a sua opinião!

Referencias:

Adrenaline, Jovem Nerd, Games Rant, Tudo Celular.

CLASSES DE RPG: Conheça as principais e entenda mais sobre elas

É verdade que o universo de RPG pode ser bastante complicado á primeira vista. Afinal, tanto de tabuleiro ou online, possuem regras, mapas, cenários e dados que podem ser muito confusos. Igualmente, as classes de RPG também podem deixar qualquer iniciante nesse universo bastante perdido.

 É certo que cada jogo tem seu próprio estilo e características, mas com o passar dos anos a maioria dos RPG, sejam eletrônicos ou de tabuleiro, guardam muitas similaridades com relação às classes.

O que são Classes de RPG?

 As classes são um conceito inventado por jogos de RPG mais antigos para se imaginar o papel do personagem. Hoje, vários jogos utilizam as Classes de RPG como um indicativo para a interpretação.

O nome “Classes” pode mudar de um jogo para o outro, mas estão presentes para definir quais tipo de personagens podem ser utilizados em determinado RPG, como um indicador para se nivelar o RPG, sem que ele fique sem sentido.

CLASSES DE RPG

📷 Badges classes de rpg

Principais classes de RPG

Guerreiro ou Cavaleiro

O Guerreiro é um humano que usa armas e armaduras com maestria. São os famosos “Tanks”, que fazem a linha de frente de qualquer batalha. Para quem busca combate corpo a corpo os guerreiros são uma das classes mais indicadas. 

Eles podem carregar instrumentos como, por exemplo, machados, armaduras, escudos e etc. No entanto, com tantos equipamentos assim eles podem ficar mais lentos, perdendo alguns pontos em agilidade.

Arqueiro, Caçador e Ranger

A típica classe que ataca de longe. Em alguns jogos, Arqueiros, Caçadores e Rangers são evoluções de uma mesma. O alto dano que essas classes aplicam a seus inimigos pode ser um indicativo do porque elas estão entre as principais e mais escolhidas. Eles são o típico DPS (danos por segundo) a longa distância, assim eles utilizam armaduras e armas leves, muitas vezes com algum atributo especial como flechas especiais de gelo ou fogo. 

Assassino, Ladino, Ladrão

Consideradas as classes mais furtivas do jogo, geralmente causam dano absurdo e instantâneo. Podem aparecer como evoluções da mesma classe em alguns jogos. Além disso, sua altíssima taxa de esquiva os tornam perfeitos para literalmente, assassinar e sair sem levar um golpe sequer.

Costumam aniquilar classes frágeis como Arqueiros e Magos e podem ter sua jogabilidade focada em combos.

Mago, Bruxo e Elementalista

Indispensáveis em qualquer RPG, são capazes de controlar os elementos (fogo, gelo, terra, raios, sombra, etc). para usá-los de forma ofensiva ou defensiva. Sempre atacam de longe e evitam estar perto do perigo. Costumam ser indispensáveis em grupos pela capacidade insana de dano, mas também possuem alta dependência por outras classes, já que possuem baixa resistência.

Clérigo, Curandeiro e Sacerdote

Clérigos, Sacerdotes e Curandeiros são as famosas classes de suporte e suas habilidades são voltadas para o grupo como curas, buffs, expurgos de debuffs e ressurreições. No entanto, não são fáceis de se jogar. 

Por não possuírem um dano alto e ter uma resistência muito baixa, eles são muito dependentes de um grupo. O que faz com que eles tenham que estar com o grupo em grande parte da aventura.

Feiticeiro e Necromante

São variações de Magos e Bruxos, mas costumam usar magias sombrias ou de sangue, em vez das magias elementais. Por esse motivo, suas habilidades podem envolver roubos de vida ou mana, invocações de seres do mal, transformação em demônios, poderosos debuffs que inutilizem os inimigos ou maldições que causam dano com o tempo. Podem ter um nível maior de dependência do que os Magos por terem habilidades de auto-cura.

Monge e Lutador

Classes de RPG

São classes de RPG que misturam combate corporal com o uso de magias. Geralmente, a principal fonte do seu dano são os ataques físicos, enquanto as magias são acessórias e situacionais. Conhecidos por seus vários combos de ataque, que pode causar muito dano. Porém não são classes que possuem uma defesa sólida. Às vezes podem atacar de longe através de energia psíquica, mas seu foco principal é sempre corpo a corpo.

Referências:

Liga dos games, Multiverso, RPG next.

Tales of Arise

Tales of Arise é um próximo jogo de ação role-playing desenvolvido e publicado pela Bandai Namco entretenimento para Microsoft Windows, PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One, e Xbox Série X / S. A décima sétima entrada principal dasérie Tales, foi originalmente planejado para ser lançado em 2020 apenas para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One, mas foi adiado para setembro de 2021 devido a problemas internos de qualidade e a capacidade de lançar o jogo simultaneamente no PlayStation 5 e Xbox Series X / S, além de suas plataformas originalmente direcionadas. O jogo segue duas pessoas dos mundos opostos de Dahna e Rena.

Desenvolvido por uma equipe composta por veteranos e novatos da série, o objetivo era revitalizar a série Tales. Minoru Iwamoto, um dos vários artistas que trabalharam em Tales of Zestiria e Tales of Berseria, retorna como designer de personagens e diretor de arte. O jogo é construído usando o Unreal Engine 4.

Gameplay 

Como os jogos anteriores da série, Tales of Arise é um RPG de ação, embora sua jogabilidade tenha passado por alterações não especificadas como parte de seus objetivos de desenvolvimento, mantendo o sistema básico de batalha Tales , apelidado de Linear Motion Battle System. O jogo terá um grande foco em evasão e contra-ataque, com Tales of Graces, uma entrada de 2009 elogiada por seu combate, citado como inspiração. Ao contrário de muitos dos títulos anteriores da série, o jogo não contará com multijogador, com a equipe de desenvolvimento decidindo se concentrar em várias interações entre personagens em combate, incluindo a adição do recurso “Boost Strike”, permitindo que vários membros do grupo executem ataques destrutivos juntos sob certas condições. 

Controles básicos de combate

Como Tales Of Arise é um JRPG, você terá que passar por muitas lutas para sobreviver e seguir suas missões. Portanto, a primeira coisa que você precisa aprender é como lutar adequadamente com o básico do sistema de combate. Ao lutar contra os inimigos, você poderá usar ataques normais, evasão e artes.

Ataque normal

No início, concentre-se em usar ataques normais que podem cambalear rapidamente os inimigos, dando-lhe uma abertura para desencadear ataques mais pesados.

Você pode encadear até três ataques normais juntos. Mas, ao aprender certas habilidades, esse limite pode ser aumentado.

Existem dois tipos de ataques normais: ataques ao solo e ataques aéreos.

Pressione [R1] para executar um ataque normal.

Ataques terrestres e aéreos

Usar ataques terrestres contra inimigos baseados no solo e ataques aéreos contra inimigos voadores também contribuirá muito para alcançar a vitória. Ataques aéreos podem ser executados no ar após o salto.

Artes

Artes são ações especiais realizadas com o gasto de parte do seu AG (Medidor de Artes).

Existem artes marciais e artes arcanas, todas acionadas instantaneamente. As artes arcanas são mais poderosas e mais intensivas em AG do que as artes marciais.

Embora o AG seja restaurado gradualmente de forma automática, ele será restaurado mais lentamente durante o ataque.

Pressione [Triângulo], [Quadrado] ou [Cruz] para usar a arte atribuída a cada botão.

Você pode personalizar seu painel artes no menu Artes.

Evasão

Em Tales of Arise você não pode guardar, você só pode fugir. E é sempre uma boa ideia evitar ataques inimigos sempre que possível, criando distância entre você e seu atacante. Mesmo se um ataque tiver um alcance amplo, uma evasão perfeita na hora certa pode garantir que você saia dele ileso, permitindo que você evite receber qualquer dano.

Aperte [L Stick] e pressione [L1] para escapar de um ataque inimigo.

Recuperação

Quando um personagem é atingido por um ataque, seu HP diminui e se chegar a 0, ele é Nocauteado. Durante a luta, você pode restaurar HP com artes de cura, como primeiros socorros ou até mesmo itens, como Apple Gel. Da mesma forma, Ressurreição e Garrafas de Vida podem ser usados ​​para reviver membros nocauteados.

Mudança de alvo

Como você frequentemente enfrentará vários inimigos em uma única luta, terá que priorizar ou focar em alvos específicos.

Aperte [L Stick] enquanto mantém pressionado [L1] para alterar seu alvo atual. Você também pode alternar rapidamente para o alvo mais próximo simplesmente pressionando [L1].

Ataques de impulso

Você pode convocar aliados em combate para usar seus Ataques de reforço exclusivos. Quando o Boost Gauge (BG) estiver cheio, pressione a direção do pad correspondente para executar. Esses movimentos podem ser seguidos com mais ataques depois e também restaurar o AG quando usado.

O Boost Gauge aumenta automaticamente ao longo do tempo, e pode ser preenchido mais rápido lançando ataques e Counter Edges nos inimigos.

Boost strikes

Boost Strikes são ataques de morte de um golpe realizados em conjunto com outros aliados.

Quanto menor o HP do inimigo, menos acertos em um combo são necessários para iniciar um Boost Strike. Além do alvo, Boost Strikes também podem causar dano a inimigos próximos ao redor do alvo.

Ao ver a palavra “STRIKE” aparecer na tela, pressione o pad para acionar um Boost Strike e acabar com o sofrimento.

Dificuldade de combate

Se as batalhas parecerem muito difíceis para você, considere diminuir o nível de dificuldade. Ao tentar novamente uma luta, você pode alterar a dificuldade por meio da tela do Sistema no Menu Principal, permitindo que você faça outra tentativa com as chances mais a seu favor.

Familiarize-se com as sequências básicas de ataque

Uma boa sequência a seguir em termos de ataque é ataques normais → artes → ataques de aumento. Comece seu ataque usando ataques normais até acumular o suficiente do seu medidor de artes (AG). Em seguida, use artes terrestres ou aéreas, dependendo do tipo de inimigo que você está lutando. Uma vez que você tenha esgotado seu AG, use ataques de impulso até que você seja capaz de realizar artes novamente.

Encadeie vários ataques em um combo para acionar ataques de impulso

Tente juntar o máximo de golpes que puder nos inimigos para aumentar as chances de desencadear ataques especiais chamados de impulsos. Esses são movimentos incrivelmente poderosos que matarão instantaneamente inimigos regulares e causarão enormes quantidades de dano aos chefes. Observe que os ataques de impulso também podem ser ativados após você ter reduzido a saúde de seus oponentes, agindo como uma espécie de golpe final e encerrando a batalha de forma espetacular.

Evite enviar spam para os mesmos ataques mais de quatro vezes

Usar os mesmos ataques ou artes contra inimigos quatro vezes seguidas resulta em menor penetração e reduzirá a eficácia do movimento. Misture sua ofensiva e use outros ataques ou artes ao encadear vários golpes em um combo.

Força os inimigos a um estado de quebra

Acertar o máximo de acertos possível nos inimigos irá gradualmente esgotar sua barra de “quebra”. Uma vez que tenha acabado, o inimigo entrará em um estado de “pausa” desamparado, fazendo com que fiquem temporariamente indefesos e abertos a ataques subsequentes. Use ataques de impulso ou tenha personagens com alto poder de penetração para forçar os inimigos a entrarem no estado de quebra mais facilmente.

Enquanto isso, grandes inimigos como gigants e alguns bosses podem entrar em colapso mirando constantemente em seus pontos fracos. Cuidado com os pontos brilhantes em seus corpos e concentre todos os ataques neles para torná-los indefesos durante a batalha.

Fuja de batalhas aleatórias desnecessárias

Você pode fugir dos inimigos durante a batalha abrindo o menu (touchpad no PS4 e PS5) e selecionando a opção mais à direita para escapar. Observe que você precisará que o medidor de escape se esgote antes de poder sair da batalha.

No entanto, não é possível escapar de alguns encontros relacionados à história, especialmente lutas de chefes. Tente organizar sua festa e preparar o equipamento com antecedência para essas situações.

Apontar para os pontos fracos ao enfrentar gigantes, chefes e outros grandes inimigos

Concentre-se em atacar os pontos fracos de grandes inimigos, especialmente gigantes e chefes, para desgastá-los e, eventualmente, deixá-los em um estado abatido. Você pode então prosseguir com ataques mais devastadores para acumular ainda mais danos sem ter que se preocupar com contra-ataques até que seu inimigo se recupere.

Ative Acima do limite

Executar evasões perfeitas ou sofrer danos irá desencadear um estado de poder chamado Acima do Limite. Enquanto estiver neste modo, seu personagem será capaz de usar artes sem gastar AG por um breve período. Você também pode executar Artes Místicas enquanto estiver em Acima do Limite, tornando-se uma boa oportunidade para descarregar em inimigos difíceis momentaneamente. O medidor Acima do Limite esgota-se gradualmente com o tempo, então tente aproveitá-lo ao máximo durante a batalha.

Use Mystic Artes antes que a barra de Overlimit acabe

Mystic Artes são técnicas poderosas que permitem que seu personagem cause danos massivos aos inimigos, mas só podem ser usadas no modo Overlimit. Ao realizar uma Arte Mística, todo o seu medidor Overlimit é gasto. Por causa disso, tente cronometrar no momento certo quando seu Overlimit enviando spam para o máximo de artes que puder antes que o medidor acabe.

Referências:

Bandainamcoent, Samurai Gamers, Wikipedia.

Granblue Fantasy Versus

Granblue Fantasy Versus é um jogo de luta 2.5D desenvolvido pela Arc System Works para o PlayStation 4. É baseado no videogame RPG Granblue Fantasy e foi lançado no Japão e na Ásia pela Cygames e pela TSS Ventures (Tencent, Square Enix e Sega) respectivamente em 6 de fevereiro, 2020 e América do Norte pela Marvelous’ X seed Games em 3 de março de 2020. Microsoft Windows o lançamento foi oficialmente anunciado para 13 de março de 2020, para comemorar o 6º aniversário da série.

Gameplay 

Granblue Fantasy Versus é principalmente um jogo de luta onde o objetivo é eliminar o oponente usando uma combinação de ataques para esvaziar a barra de vida de seu personagem o suficiente para vencer a partida. Cada personagem tem habilidades especiais chamadas “Skybound Arts”, que correspondem às habilidades que o personagem é capaz de usar no jogo Granblue Fantasy principal. Na tentativa de tornar o jogo mais acessível aos novos jogadores, cada Artes Skybound pode ser acionado com um toque simples botão, mas o jogador terá que esperar por um curto cooldown período antes que eles possam usá-lo novamente. No entanto, se o jogador usar uma combinação mais avançada de movimento e botões pressionados para lançar o ataque, o tempo de espera da habilidade será reduzido.

O jogo também contém um modo de história chamado Modo RPG. Ao contrário do modo de jogo principal, Modo de RPG é mais de um side-scrolling, beat-‘em-up, a ação do jogo role-playing. O modo de história inclui chefes e lacaios exclusivos para a batalha, configuração de grades de armas e um modo cooperativo.

Jogue o tutorial

Não é perfeito, mas o tutorial Granblue Fantasy Versus é a melhor maneira de começar a jogar como um novato no gênero de jogos de luta. Essas lições irão transmitir conhecimentos importantes, desde coisas básicas, como realizar combos simples, até estratégias situacionais mais complexas. Também estão incluídas maneiras de lidar com táticas específicas do personagem. Versus não tem um elenco enorme, mas eles são diferentes o suficiente para que seja importante reconhecer suas habilidades únicas e como neutralizá-las. Sentar para estudar um jogo pode parecer um trabalho árduo quando tudo o que você quer fazer é dar um soco na cara de algumas pessoas, mas a base que o tutorial fornece é inestimável para o sucesso e o prazer no futuro.

As entradas fáceis

O que torna Granblue um jogo tão bom para entrar no gênero de jogos de luta é devido à sua mecânica de entrada “fácil”.

Esta mecânica conecta o movimento especial de um personagem a um botão no D-Pad. Em vez de forçar os jogadores a fazer um movimento de movimento especial, o jogador tem a opção de simplesmente pressionar um botão. Essa mecânica tem um custo, isso se deve aos longos resfriamentos conectados ao movimento depois de usar a entrada fácil. Fornece aos jogadores um forte motivo para usar a mecânica e também para aprender as entradas associadas ao movimento especial. Fazer os movimentos sem entrada fácil permite que os jogadores façam o ataque novamente sem a necessidade de esfriar.

O título também vem com uma variedade de combos ou correntes “automáticos”. Isso é feito pressionando um botão várias vezes para obter uma sequência de ataques. Ao pressionar o ataque leve três vezes, os jogadores receberão uma sequência de três ataques que pode ser seguida por um ataque especial. O mesmo pode ser feito pressionando o ataque pesado três vezes. Isso fornece aos novos jogadores a oportunidade de marcar grandes danos sem a necessidade de longas e difíceis rotas de combinação.

O jogo oferece aos jogadores poderosos movimentos EX. Esses movimentos EX são versões mais fortes dos movimentos especiais que um jogador tem à sua disposição. Esses movimentos tendem a causar mais danos e têm maior versatilidade ao custo de longos tempos de espera. Portanto, seja sábio ao usar esses ataques, pois se abatidos por abandono imprudente, eles não serão mais utilizáveis ​​por um longo período de tempo.

M + H é um overhead dedicado

Isso é uma coisa pequena, mas lembro-me de ter ficado surpreso que o tutorial tocou apenas brevemente em overheads. Cada personagem em Granblue Fantasy Versus pode realizar um ataque aéreo pressionando Médio e Pesado ao mesmo tempo. Os ataques por cima devem ser bloqueados em pé, o que os torna uma parte importante da competição de jogos de luta, pois funcionam como um contra-ataque direto ao bloqueio pelas costas. Esses ataques também têm propriedades aerotransportadas, o que significa que evitam agarramentos. Overheads normalmente não podem ser usados ​​em combos, mas são vitais para quebrar a guarda do oponente, especialmente quando você os tem bloqueados no canto.

Use o botão de bloqueio

O Granblue Fantasy Versus inclui duas maneiras diferentes de bloquear: o botão de bloqueio mais tradicional e um botão de bloqueio dedicado. Embora os jogadores de jogos de luta com um pouco de experiência possam pensar que o primeiro é bom o suficiente, sugiro verificar e usar o último. O botão de bloqueio não é apenas mais intuitivo para iniciantes, mas também evita que você seja cruzado. Isso elimina a necessidade de tomar qualquer decisão durante uma mixagem esquerda-direita, deixando você livre para se concentrar em se deve bloquear alto ou baixo. Não há absolutamente nenhuma desvantagem em usar o botão de bloqueio, então use-o!

Comece com Gran ou Katalina

Há uma razão simples para Gran e Katalina serem os dois primeiros personagens Granblue Fantasy Versus que você desbloqueia no modo RPG: eles são ótimas opções para implementar o básico que você aprendeu no tutorial. Claro, existem opções muito mais legais no jogo, mas a natureza pau-para-toda-obra dos conjuntos de ferramentas de Gran e Katalina permite que os novatos experimentem vários estilos de jogo com apenas um lutador. Experimente um ou ambos os personagens para ter uma ideia melhor de como as partidas Versus se desenrolam sem se atolar nos arsenais mais complicados dos personagens avançados.

Encontre um personagem que você ame

Depois que você termina de brincar com Gran e Katalina, o verdadeiro trabalho de decidir sobre um personagem começa. Você precisa encontrar um lutador Granblue Fantasy Versus com o qual se conectar. Isso pode significar muitas coisas. Você pode gostar da maneira como um certo personagem joga ou de um de seus ataques ser realmente agradável de usar. Você pode apenas apreciar sua atitude ou aparência. É importante que você crie algum tipo de apego ao personagem que usa. Mais do que qualquer outro gênero, os jogos de luta permitem que os jogadores personalizem sua experiência dependendo do personagem que eles levam para a batalha. Torna-se sua identidade, de certa forma. Isso também ajudará você a se conectar com a comunidade em geral e a colaborar com pessoas que usam o mesmo personagem.

Fazendo a escolha

Embora pequena, a lista de Granblue  é preenchida até a borda com personagens únicos e interessantes. Cada um preenchendo um “arquétipo” de jogo de luta com seu estilo de jogo e personalidade únicos.

É importante entender como cada personagem opera e quais os pontos fortes que eles possuem. A lista a seguir detalha os pontos fortes e fracos de cada personagem:

Gran : Gran é todo o elenco. Tendo semelhanças com o mascote do  Street Fighter  , Ryu, Gran é um bom personagem para escolher para iniciantes. Ter um kit de ferramentas bem versado no qual ele é um pau para toda obra e mestre em nada. Este personagem é uma escolha essencial para aprender os meandros de  Granblue

Katalina : Semelhante à Gran, Katalina é outra personagem bem arredondada. Com mais alcance do que o seu homólogo masculino, Katalina é uma excelente escolha para uma jogadora que pretende um estilo de jogo equilibrado.

Charlotta : Um monstro ofensivo, Charlotta não tem fraquezas gritantes. Sendo uma máquina de confundir e possuindo algumas das melhores ferramentas do jogo, Charlotta é um pesadelo para lutar, mas uma arma poderosa nas mãos do jogador certo.

Lancelot : um personagem “rekka”, Lancelot possui movimentos que podem ser acorrentados várias vezes para ofensiva poderosa. Lancelot se encaixa no molde para jogadores que desejam um estilo de jogo poderoso dirigido pela ofensiva.

Ferry : Destacando-se no jogo de “manter distância”, Ferry é um personagem que se destaca em manter seu oponente afastado. Usando um poderoso chicote e uma variedade de movimentos especiais orientados para zoneamento. O ferry é uma escolha sólida para jogadores que desejam manter os inimigos longe deles.

Lowain : Lowain é o homem selvagem do grupo. Um personagem de “grupo” por ter uma variedade de movimentos heterodoxos e supers estranhos, mas eficazes, Lowain é um personagem difícil, mas extremamente poderoso de dominar.

Ladiva : O grappler do elenco, Ladiva é um poderoso lutador corpo a corpo. Seu arsenal de arremessos único e extremamente perigoso a torna um personagem de pesadelo quando no canto e com permissão para se conectar.

Percival : Um poderoso lutador de longo alcance, Percival usa seu alcance superior para manter seus inimigos afastados. Um poderoso monstro de pressão que se destaca em frustrar seus inimigos, levando-os a cometer erros.

Metera : Metera é o zoner dedicado do elenco. Hospedando uma variedade de ataques de arco e flecha, abordar esse personagem pode ser um pesadelo quando jogado corretamente.

Zeta : Zeta é outro personagem do estilo “manter distância”. Hospedando uma variedade de ataques de facada poderosos, sua lança de longo alcance a torna um personagem excelente para manter seus inimigos fora.

Vaseraga : O personagem final do elenco, Vaseraga é o “garotão” do plantel. Possuindo ataques enormes, mas lentos, Vaseraga requer um jogador paciente para utilizar com eficácia.

Use as redes sociais

Pode ser intimidante entrar em uma nova cena. Acredite em mim, eu sei. Mas as coisas estão muito melhores hoje em dia do que antes, quando dependíamos dos fliperamas, devido à prevalência das mídias sociais. Mesmo que você não interaja com outros jogadores do Granblue Fantasy Versus diretamente, é muito fácil pesquisar informações sobre o personagem de sua escolha usando uma série de hashtags do Twitter e um quadro Trello. Há também um wiki disponível no site da comunidade de jogos de luta Dustloop que está sendo atualizado constantemente, mas infelizmente a maioria das estratégias e combos acabam nas redes sociais. Pode ser frustrante tentar acompanhar todos os desenvolvimentos em um jogo, já que há tão poucos locais centrais para dados de jogos de luta, mas este é o melhor que temos por enquanto. Nunca hesite em pedir ajuda!

Não fique online imediatamente

A pior coisa que você pode fazer enquanto aprende Granblue Fantasy Versus é se jogar de boa vontade no moedor de carne que é o jogo online. Embora você eventualmente tenha que sucumbir às perdas repetidas vezes, essa não deve ser uma de suas primeiras experiências com o jogo. Confira o tutorial, jogue no modo RPG e descubra alguns combos básicos e estratégias situacionais para o personagem escolhido antes de levar uma surra. Quando você sentir que está pronto, o jogo o colocará à prova com uma série de partidas, cinco contra a CPU e duas contra oponentes reais, antes de permitir que você procure por partidas online por conta própria. Isso garante que você seja colocado em uma classificação apropriada para fins de combinação contra aqueles que estão no seu nível de habilidade ou próximo a ele.

Além disso, considere investir em um adaptador de LAN se você não conseguir conectar o console ao roteador diretamente. Isso garante que as correspondências sejam o mais estáveis ​​possível ao usar o código de rede baseado em atraso inferior do jogo.

Defesa

Muito parecido com a maioria dos jogos de luta modernos, você na direção oposta do atacante para bloquear. Então você bloqueia alto ou baixo dependendo do que seu oponente faz. O GBVS também tem isso, mas também há a opção do botão de bloqueio. Então, para jogadores acostumados ao estilo de bloqueio de Mortal Kombat, existe essa opção. Deve-se notar, entretanto, que no momento, segurar o botão de bloqueio irá bloquear automaticamente os cross-ups, o que eu acredito não ser pretendido e pode ser removido no patch de março.

Para acompanhar isso, existe o Just Guard. Esta é uma mecânica semelhante à mecânica de bloqueio instantâneo do Guilty Gear. Isso é feito bloqueando um pouco antes do ataque estar prestes a acertar. Isso concede a você vantagens adicionais, como construir um super medidor extra.

Combos precisam ser usados ​​com sabedoria

Uma das partes fascinantes da mecânica de luta em GBF versus são os movimentos especiais. Eles não estão ligados a entradas complexas como em outros jogos. Você pode fazer isso pressionando R1 com algumas combinações de botões diferentes, tornando-os extremamente fáceis e divertidos.

Cada vez que você usa um movimento extraordinário, você aciona um cronômetro de resfriamento. Isso será exibido no topo da tela de luta, então a chave para isso neste jogo é menor sobre o uso de combos mais elaborados. É uma questão de cronometrar o uso deles para ficar de olho no medidor do seu oponente, e se você acionar o combo certo na hora certa, você pode vencer lutas nos momentos mais cruciais.

Se você não fizer isso com cuidado e não tiver tempo para esfriar o sistema para seus movimentos especiais, poderá se ver exposto a um contra-ataque inimigo. 

Dicas do modo RPG

O melhor lugar para dominar as habilidades do iniciante neste jogo e descobrir as diferentes personalidades que estão jogando é o modo RPG. Funciona de uma maneira um pouco diferente do que os lados padrão segurando se tornam um jogo. Trabalhe em vários estágios que começam bem simples e podem rapidamente ensinar você a se tornar um veterano em jogos de luta. Não vou dar a vocês uma análise detalhada completa do modo RPG, pois nunca fiz um por revelar muitos spoilers e tutoriais; no entanto, direi que, ao escolher uma arma, certifique-se de que ela preenche todo o seu HP e aumentos de ataque.

Olhando para o menu do modo PG, existem algumas missões bônus que oferecem a você a oportunidade de realizar algumas tarefas de conquista trabalhando no seu caminho por meio dessas recompensas bem liberadas, que abrirão novos movimentos e armas. Se você quiser, pode pegar um guerreiro de carteira e comprar novas armas na loja, mas essa decisão depende exclusivamente de você.

Complete a prática de habilidades e a prática de combinação para seu personagem

Depois de escolher um personagem como principal, volte ao menu Mission Training. Acima, você encontrará as guias “Prática de Habilidade” e “Prática de Combinação”. Cada recurso contém lições para personagens específicos e, a partir daí, você deve encontrar seu personagem e passar pelo treinamento.

A Prática de Habilidades vai te ensinar os movimentos especiais do personagem. É muito simples e é algo que você pode fazer no Treinamento Gratuito. Mas você tem a satisfação de receber uma nota pelo seu desempenho. É apenas uma boa maneira de aprender os movimentos especiais do personagem sem ter que navegar por uma lista de comandos.

A prática de combinação é um pouco mais útil em termos de realmente aprender como o moveset de seu personagem flui. É uma lista bem curta de combos para cada personagem, mas pode gerar algumas idéias de combinação. Você também pode usá-los como seus combos de pão com manteiga. Independentemente disso, a prática de combinação ajuda a realmente aprender seu personagem.

A partir daqui, acho que entrar no Treinamento Grátis é definitivamente um bom caminho a seguir. Pratique o que você aprendeu e torne-se mais consistente ou pense em alguns de seus próprios combos.

Modo Arcade e Match-Ups

Depois de praticar seus movimentos, é hora de colocar suas habilidades à prova. Embora haja uma variedade de modos que permitem que você faça isso, o Modo Arcade e o Modo Versus são os melhores do grupo. Não há nada de especial neles, mas dá a você a oportunidade de testar tudo o que aprendeu em um ambiente controlável.

O que eu gosto no modo Arcade é a possibilidade de escolher a dificuldade após cada partida. Por exemplo, você pode começar com dificuldade normal. Depois de completar a partida, três opções aparecerão. Cada opção mostrará o próximo oponente e em que dificuldade ele será definido. Nesse caso, as três opções seriam a dificuldade normal, assim como um degrau acima e abaixo da dificuldade selecionada.

Outra opção que o ajudará em situações mais específicas é a guia Match-Ups no Mission Training. Semelhante à prática de combinação, haverá uma lista de objetivos que o desafiarão a punir, defender ou manobrar movimentos específicos do personagem. Isso é sólido se você perceber que está tendo problemas para passar pelos ataques de um determinado personagem.

Fique de olho nos resfriamentos

A outra mecânica única de Granblue Fantasy Versus é que os movimentos especiais não são amarrados com entradas de combinação complexas, em vez disso, eles são executados pressionando R1 com vários botões e entradas direcionais, tornando-o incrivelmente fácil de realizar movimentos chamativos.

Cada movimento especial está vinculado a um cronômetro de resfriamento exibido na parte superior da tela. Isso significa que se trata menos de executar combos elaborados, mas de liberá-los no momento certo, e é por isso que ficar de olho nos medidores é uma dica essencial para saber quais movimentos estão disponíveis para você em momentos cruciais.

Caso contrário, você pode se encontrar totalmente aberto para um ataque inimigo quando estiver tentando utilizar um movimento que ainda não pode ser usado.

É hora de ficar online e jogar contra pessoas reais

Agora que você tem uma noção sólida do que esperar de uma partida, pode ser hora de enfrentar jogadores reais online. Lutar contra um CPU só pode levar você até aí, especialmente quando as lutas de CPU no Granblue Fantasy Versus são muito fáceis, mesmo na maior dificuldade. É aqui que você realmente testará seus conhecimentos e habilidades. Muito provavelmente, você ainda terá muito o que aprender; Eu sei que ainda amo.

Se há um conselho que posso lhe dar aqui, não tenha medo de perder. Sim, pode ser frustrante. Você praticou tudo que podia e ser esmagado é uma sensação terrível. Mas absorva tudo e aprenda com esses erros. Onde estavam seus erros mais cruciais? Em quais armadilhas você estava caindo? Você é realmente consistente com suas contribuições? Todas essas são perguntas que você pode fazer a si mesmo. Você pode realmente olhar os replays para ver exatamente o que fez de errado.

Divirta-se

A única maneira de você melhorar em jogos de luta é se estiver se divertindo. Às vezes, isso exige uma mudança de personalidade ou atitude. Perder sempre será sua culpa, não importa o que você pense sobre como seu oponente jogou. O impulso para o crescimento recai inteiramente sobre seus ombros. Assista a uma repetição de suas partidas para identificar onde você errou. Como estão seus anti-aéreos? Você está indo para combos ideais? Você precisa de mais experiência jogando contra o personagem que o derrotou?

Ao contrário de, digamos, League of Legends ou Counter-Strike , não há ninguém para culpar a não ser você mesmo por cada derrota que leva. Na pior das hipóteses, os jogos de luta são um trabalho frustrante de estudo e repetição, mas, na melhor das hipóteses, são mágicos. O crescimento pessoal é uma coisa realmente linda, mesmo dentro dos limites de um videogame bobo, então mantenha isso em mente.

Referências:

Gacha Zone, Rice Digital, Ginx, Dual Shockers, Kotaku, Screen Rant, Wikipedia.

Sakuna: of Rice and Ruin

Sakuna: of Rice and Ruin é um japonês ação role-playing video game de simulação desenvolvido pela Edelweiss e publicado pela Marvelous. Foi lançado pela primeira vez na América do Norte em 10 de novembro de 2020 para o Nintendo Switch, PlayStation 4 e PC através do Steam. Foi lançado no Japão em 12 de novembro de 2020 e na Europa e Austrália em 20 de novembro de 2020.

Gameplay 

Os jogadores controlam a deusa Princesa Sakuna, que tem a tarefa de explorar e limpar a Ilha dos Demônios de monstros, enquanto também cuida de um pequeno grupo de personagens humanos. O jogo é dividido entre dois estilos de jogabilidade distintos: níveis de hack e slash side scrolling que são gradualmente revelados em um mapa da ilha conforme os jogadores completam os objetivos, e um simulador de agricultura onde o jogador deve cultivar arroz em um pequeno arrozal no vilarejo onde Sakuna e os humanos vivem. Os níveis de deslocamento lateral empregam uma perspectiva 2.5D, enquanto explora a aldeia e a maioria das tarefas de cultivo de arroz são feitas usando uma perspectiva de terceira pessoa por trás do jogador.

Nos níveis de deslocamento lateral, os jogadores exploram e reúnem recursos e usam as ferramentas agrícolas de Sakuna para lutar contra animais demoníacos. Os jogadores também podem agarrar-se a superfícies e usar um “traje divino”, uma faixa mágica Sakuna veste que pode se estender a grandes comprimentos. O jogo apresenta um ciclo dia / noite, com os inimigos se tornando mais poderosos e perigosos quando a noite cai. No final do dia, Sakuna pode retornar ao vilarejo e sentar para jantar com os humanos, comendo uma refeição feita com ingredientes que o jogador reuniu anteriormente. A refeição restaura a saúde e resistência de Sakuna, e dependendo dos pratos servidos, ativa certas habilidades e fornece vários buffs temporários às estatísticas de Sakuna para o dia seguinte. Sakuna também pode pedir aos humanos para ajudá-la a reunir recursos, preservar ingredientes para consumo futuro e criar ferramentas agrícolas e itens de vestuário atualizados.

Os jogadores cultivam arroz por meio de um processo extensivo que ocorre ao longo de várias temporadas no jogo, com uma temporada consistindo de 3 dias no jogo. O cultivo de arroz requer várias etapas apresentadas na forma de vários minijogos que incluem arar o campo, plantar o arroz e adicionar fertilizante e controlar os níveis de água e ervas daninhas antes de colher o arroz e descascá-lo. Cada colheita de arroz aumenta permanentemente as estatísticas de Sakuna, e os jogadores podem aumentar ainda mais suas estatísticas melhorando a qualidade do arroz colhido por meio do gerenciamento cuidadoso de sua colheita. Enquanto Sakuna pode economizar tempo pedindo a um dos humanos para completar cada tarefa de cultivo de arroz para ela, eles farão isso com menos habilidade, enquanto fazê-lo ela mesma irá eventualmente desbloquear novas habilidades para tornar o processo mais rápido e eficiente.

Como salvar

Você pode salvar em qualquer lugar carregando o menu principal e navegando até a guia do sistema. Sakuna: Of Rice and Ruin tem 29 slots de salvamento manual e um slot de salvamento automático.

Como aumentar a classificação de exploração

Você pode aumentar sua classificação de exploração completando objetivos de exploração em diferentes áreas. Eles são exibidos para você antes de viajar para qualquer local no mapa. Eles vão desde alcançar a área mais interna até a mineração uma certa quantidade de vezes e até mesmo alguns objetivos relacionados ao combate.

Fertilizantes

Certifique-se de recolher estrume de trás da casa e colocá-lo na cova de fertilizante para garantir que você tenha um bom fertilizante para seu arroz. Preste atenção aos incentivos de adição de itens ao preparar o fertilizante também.

Onde fica a área de prática

A área de prática é o Centro de Treinamento em Sakuna: De Arroz e Ruína. Você pode acessá-lo quando viajar para Casa próximo à entrada. No Salão de Treinamento, você pode definir posições inimigas, números, movimentos e ver tutoriais.

Como criar armas melhores

Depois de desbloquear o ferreiro nas primeiras horas do jogo, você pode falar com Kinta para criar armas melhores.

Como criar uma armadura melhor

Depois de desbloquear o tecelão, você pode pedir a Yui para fazer chapéus, roupas e muito mais para você assim que tiver os materiais necessários. Mais é desbloqueado ao longo da progressão da história.

Cultivo

Muitas habilidades e habilidades em Sakuna: Of Rice and Ruin aumentam de nível ou melhoram quanto mais você as usa. Durante o cultivo, tente posicionar as mudas de maneira uniforme e com bom espaçamento. Quando você estiver lavrando o solo, certifique-se de fazê-lo uniformemente. Embora você possa se safar apenas com o mínimo, você investe muito tempo na agricultura para obter os melhores retornos possíveis.

O cultivo de arroz envolve alguns estágios diferentes. Depois de plantar as mudas, você precisa esperar que cresçam. Depois de colher o arroz, é necessário deixá-lo secar e garantir que esteja bem seco antes de colocá-lo. Depois disso, é necessário polir. Você pode polir para virar arroz branco ou deixá-lo marrom. Ambos têm suas próprias vantagens.

Como desbloquear novas áreas

Você pode desbloquear novas áreas para explorar e progredir na história completando objetivos e aumentando sua classificação de exploração. Você também desbloqueia áreas alcançando as profundezas de certas áreas e encontrando certos tesouros nas áreas indicadas pelos objetivos.

Dicas de combate

Acostume-se com a vestimenta divina para combate e exploração. Ele permite que você lute contra inimigos, superfícies e é uma grande vantagem durante a exploração. Continue usando suas habilidades e esteja atento ao seu SP que se enche com o tempo. Lembre-se de comer bem na noite anterior para obter buffs durante o combate e se curar mais rápido. Tente e espere alguns inimigos chegarem perto de você antes de usar suas habilidades mais poderosas para conservar SP.

Como equipar e usar habilidades

Conforme você aprende novas habilidades, você precisa equipá-los com botões de face específicos ou combinações de botões para usar. Você pode fazer isso na seção de habilidades do menu do jogo.

As habilidades que você desbloqueia aumentam em poder quanto mais você as usa. Depois de usá-los o suficiente para cruzar um certo limite, eles sobem de nível. Continue usando as habilidades com frequência para que você as eleve rapidamente.

À medida que você derrota mais inimigos e mina mais, certos equipamentos terão poderes desbloqueados que você pode liberar. Faça isso na guia de equipamentos no menu do jogo. Vale a pena verificar isso após algumas corridas de combate para que você seja o mais poderoso possível no próximo.

Como viajar rápido

Você pode viajar rapidamente acessando o menu do jogo e pressionando o botão do mapa mundial (exibido no canto inferior direito da tela). Você pode até fazer isso durante um encontro de combate se estiver perto da morte para se salvar. 

Comer refeições dá a você incentivos em combate 

Ao limpar as áreas, você obtém muitos materiais que podem ser usados ​​nas refeições. Certifique-se de falar com Myrthe e processar os ingredientes para que não estraguem.

Como progredir na história quando preso

A história principal tem seus próprios objetivos em Sakuna: Of Rice and Ruin. Fique de olho na parte das missões do menu do jogo para saber o que fazer a seguir na história. A história principal envolve cultivo de arroz, combate, exploração e muito mais.

Evite a noite

A noite tem inimigos muito mais fortes. Assim que escurecer, volte rapidamente para casa, a menos que esteja preparado para enfrentar inimigos muito difíceis. É útil enfrentá-los ou experimentá-los quando você tiver um equipamento muito melhor.

Mantenha sua fazenda limpa

Existem muitas pedras, caracóis, sapos e muito mais ao redor da fazenda. Quando você estiver andando no hub (casa), se vir um ponto de exclamação no chão, vá perto dele e colete o item.

Processe toda a sua comida extra para armazenamento

Alimentos e plantas coletados podem estragar rapidamente se você deixá-los durante a noite, desperdiçando muitos dos recursos que gastava tempo catando. Antes da refeição da noite, converse com Myrthe perto da lareira e ela processará todos os seus recursos comestíveis em alimentos armazenáveis. Ela conserva as plantas que você colheu, seca a carne e cria caldo de sopa que irá durar até o inverno. Os alimentos armazenados também o ajudarão nos dias em que você não saiu para buscar suprimentos. 

Peça conselhos a Tauemon

Ele não é muito bom com uma lâmina, mas seu olho para o cultivo de arroz é muito afiado. Quando você precisa de um conselho rápido, Tauemon sempre sabe a coisa certa a dizer. Ter uma segunda opinião sobre os níveis de água e quando passar para a próxima etapa do processo de cultivo é de grande ajuda e ele sempre o esclarecerá com seus insights. 

Use fertilizante todos os dias

Ponha esse cocô em uso! As safras de arroz florescem quando plantadas em solo rico, e adicionar fertilizantes todos os dias ao arrozal é uma obrigação. Reúna os resíduos do banheiro externo e carregue-os para a cova de fertilizantes, certificando-se de adicionar os recursos coletados para tornar o fertilizante mais potente. 

Mesmo quando as safras forem colhidas no outono, certifique-se de manter o solo rico até a primavera, para que as novas mudas tenham um lindo canteiro para crescer. Adquira o hábito de reabastecer o fertilizante todas as manhãs, antes de sair para a limpeza. 

Acariciar o cachorro

Um pouco mais no jogo, uma linda shiba inu decide se juntar à sua família e pode ser encontrada passeando pela fazenda. Ao ser abordado, você pode acariciar o cão, mas não só isso, você pode pegar o filhote e carregá-lo. Repito: você pode pegar o pupper e carregá-lo. São pequenas patas e uma cauda flutuante que vai pular para cima e para baixo enquanto você corre. Adorável.

Referências:

The Mako Reactor, PC Gamer, Wikipedia.

Dragon’s Crown

Dragon’s Crown é um RPG de ação de 2013 desenvolvido pela Vanillaware para PlayStation 3 e PlayStation Vita. Foi publicado no Japão e na América do Norte pela Atlus e nas regiões PAL pela NIS America. Uma versão para PlayStation 4, Dragon’s Crown Pro, foi lançada pela Atlus em 2018. Os jogadores navegam pelos ambientes de uma perspectiva de rolagem lateral , escolhendo entre seis classes de personagens para lutar no estilo de um beat ‘em upe obter itens por meio da exploração repetida de masmorras. A história segue os aventureiros enquanto eles viajam através de Hydeland e se envolvem na busca pela Coroa do Dragão mágica.

O diretor e artista principal George Kamitani originalmente planejou Dragon’s Crown como uma sequência do Dreamcast do título da Sega Saturn de 1997, Princess Crown . Após os sucessos de Vanillaware com Odin Sphere e Muramasa: The Demon Blade , Kamitani reiniciou o projeto. Definido originalmente para ser publicado pela UTV Ignition Entertainment, a saída desta empresa do mercado do jogo levou a Atlus a aceitar o projeto. Após o lançamento, os jornalistas elogiaram sua jogabilidade e estilo de arte, enquanto a história e os elementos repetitivos atraíram críticas. Também gerou polêmica por seus designs de personagens exagerados e personagens femininas sexualizadas. Dragon’s Crown foi um sucesso comercial, vendendo mais de um milhão de cópias em todo o mundo em 2017.

Gameplay

Dragon’s Crown é um bidimensional (2D) side-scrolling ação role-playing game em que os jogadores assumem o papel de um aventureiro a explorar masmorras no reino de Hydeland. A base do aventureiro é uma cidade no coração do reino. Lá, os jogadores interagem com diferentes estabelecimentos povoados por personagens não-jogadores amigáveis (NPCs); a Guilda dos Aventureiros, onde as missões são aceitas e o jogador pode desbloquear novas Habilidades; Morgan’s Magic Shop, onde o equipamento pode ser reparado e atualizado; O Templo Canaã, onde os jogadores podem pagar para ressuscitar pilhas de ossos encontradas em masmorras e receber bênçãos por correr nas masmorras; e Lucain’s Tower, que documenta a magia rúnica desbloqueada pelo jogador.

Fora da cidade, os jogadores podem explorar nove ambientes de masmorras nas terras vizinhas; cada masmorra tem dois caminhos, um desbloqueado após a primeira corrida e áreas escondidas. Masmorras são alcançadas através de um portal mágico chamado de Portão, ou após um certo ponto usando os estábulos por uma taxa. Os jogadores são sempre acompanhados nas masmorras por dois NPCs; o ladrão Rannie que destranca baús e portas de tesouro, e a fada Tiki que ajuda a apontar tesouros escondidos. Enquanto exploram as masmorras, os jogadores se movem constantemente da esquerda para a direita, lutando contra os inimigos padrão e os chefes no final de cada fase. Todos os personagens têm o mesmo conjunto de movimentos básico de ataque, esquiva e salto, semelhante aos jogos clássicos de beat ‘em up. Durante o modo single-player, os jogadores podem encontrar pilhas de ossos nas masmorras e pagar para ressuscitá-los na cidade, recrutando-os como companheiros de luta controlados por IA. Durante a exploração de algumas masmorras, os jogadores podem pacificar e montar animais maiores com sua própria saúde e ataques.

Após a primeira metade de Dragon’s Crown, os jogadores podem continuar em uma masmorra aleatória após terminar uma corrida, o que desencadeia um minijogo de culinária onde o jogador usa ingredientes e temperos para produzir refeições que aumentam as estatísticas do personagem. Depois de completar cada masmorra pela primeira vez, uma missão secundária é desbloqueada para aquela região. Alguns deles são essenciais para chegar ao chefe final, com batalhas de chefes posteriores incluindo limites de tempo que os jogadores devem vencer para obter o item necessário para o progresso. O saque na forma de equipamento e armas é encontrado em baús dentro das masmorras, e recebe uma classificação por letras; as classificações variam do “S” mais alto e depois de “A” ao “E” mais baixo. Depois de retornar ao centro da cidade, os jogadores podem gastar ouro para avaliar o item, o que dá a ele um valor de venda alterado em comparação ao seu estado não avaliado. Durante as masmorras, os jogadores podem ativar runas, habilidades mágicas desencadeadas por meio de sequências de três símbolos, até dois dos quais podem estar ocultos no ambiente local.

O aventureiro é escolhido entre uma das seis classes de personagens, separadas pelo nível de habilidade necessário aos jogadores. O Cavaleiro para todos os jogadores, a Amazona e o Anão para jogadores de nível médio de habilidade e o Elfo, Mago e Feiticeira para jogadores de alta habilidade. O Cavaleiro é um lutador corpo a corpo com armadura baseado em ataques de espada. O anão é semelhante, mas com maior força e mais opções de ataque desarmado. A Amazon é uma classe de combate corpo a corpo complexa com pouca saúde, mas os ataques ficam mais fortes e mais rápidos à medida que ela continua atacando. Todas as classes de combate corpo a corpo podem lançar uma poderosa área de ataque de efeito, perdendo sua arma por um curto período de tempo. A Elfa de alta velocidade usa uma mistura de arco e flecha e ataques corpo a corpo de curta distância, reabastecendo suas flechas ao derrotar os inimigos. O Wizard e a Sorceress são classes baseadas em ataques mágicos movidos por Mana, precisando repor Mana usando ataques normais ou carregando seu medidor de Mana enquanto está parado. Todas as classes femininas (Amazona, Elfa e Feiticeira) têm uma estatística de sorte alta, dando aos jogadores a chance de encontrar itens mais valiosos. Cada personagem pode desbloquear habilidades adicionais, divididas em dois tipos de árvore de habilidades; melhorias gerais e habilidades específicas da classe.

Dragon’s Crown suporta multijogador cooperativo; PlayStation 3 (PS3), PlayStation 4 (PS4) e PlayStation Vita têm multiplayer online, mas o modo cooperativo local é exclusivo para as versões de console doméstico. O multijogador online é desbloqueado depois que os jogadores completam a primeira metade da campanha da história, quando as rotas alternativas mais difíceis de masmorras são desbloqueadas no jogo. Além dos modificadores de dificuldade baseados em classe, existem três configurações de dificuldade. [10]O jogador começa o jogo na dificuldade normal e, após completar a campanha principal, a dificuldade pode ser elevada para “Difícil”. Após uma segunda corrida, a dificuldade pode ser aumentada novamente para “Inferno”. Cada dificuldade tem um limite de nível, com a dificuldade Inferno atingindo o máximo no nível 99, e a dificuldade “Ultimate” superior no nível 255. Após completar o jogo, uma masmorra de décima geração processual chamada de Labirinto do Caos é desbloqueado. Uma arena de batalha jogador-contra-jogador pode ser desbloqueada, acomodando até quatro jogadores. Um décimo primeiro calabouço apelidado de Tower of Mirage é desbloqueado na dificuldade Ultimate.

Prepare-se para uma batalha

Embora siga muitas tradições estabelecidas por lutadores de arcade clássicos, Dragon’s Crown não é um jogo curto. Não espere terminar em uma única sessão; para subir de nível, completar missões e obter os itens necessários da história, espera-se que você repita os nove níveis (e seus caminhos ramificados) várias vezes. A repetição pode ser demais para alguns, mas não é insuportável, desde que você saiba que a espera.

Ore e repare

Sempre que você se preparar para a batalha, deve fazer duas coisas na cidade. Primeiro, vá para a loja de magia e conserte os itens de seus personagens. Segundo, vá ao templo e selecione “orar”, escolhendo uma das orações disponíveis (todas são benéficas). Essas duas etapas devem apenas fazer parte da sua rotina sempre que você estiver se preparando para um nível. Eles não são caros e não levam muito tempo, e eles apenas tornam as coisas melhores para você.

Não avalie tudo

No final de uma fase, todos os seus despojos são agrupados, mas você não consegue ver todas as suas estatísticas. Em vez disso, você precisa pagar por uma avaliação para ver informações como danos, armadura e outras habilidades especiais. No entanto, se você avaliar cada item, vai desperdiçar uma tonelada de dinheiro; você geralmente perde mais dinheiro na avaliação do que ganha com a venda de um item avaliado que não deseja. O truque é olhar para as informações que o jogo fornece sem uma avaliação; tipo de arma, quem pode equipá-la, o nível mínimo necessário e a classificação (E a ​​S), tudo isso é mostrado gratuitamente. Usando esses dados, você pode decidir se vale ou não a pena arriscar a avaliação em um item. Se for um item de baixa classificação, você provavelmente pode simplesmente vendê-lo e ganhar dinheiro sem se preocupar em aprender suas propriedades específicas.

Evasão e upgrade

Com todas as habilidades legais para comprar, um upgrade em sua habilidade de evasão pode não parecer tão importante. No entanto, fugir é crucial para sair de situações ruins em Dragon’s Crown. É especialmente importante para classes de combate corpo a corpo, mas cada jogador deve integrar o comando evade em seu repertório. Quando você atende aos requisitos, colocar alguns pontos na habilidade (aumentando o número de vezes que você pode escapar consecutivamente) é uma ótima ideia e compensa muito.

Mantenha o controle das runas

Depois de jogar por alguns estágios, você desbloqueia a magia rúnica de Dragon’s Crown. Isso permite que você crie efeitos especiais e buffs usando combinações de pedras que você compra e entalhes nas paredes dos ambientes. Ao destacar as três runas corretas, você lança feitiços como “Poder e durabilidade”, “Gêiser de moeda encantada” e “Tapete voador de Salomão”. Cada runa corresponde à primeira letra de cada palavra no nome do feitiço, mas o jogo não fornece uma lista para referência quando você está jogando através do nível (embora você possa ver uma lista na cidade). Isso resulta em muitas tentativas e erros, portanto, evite problemas e use o antigo método de caneta e papel para manter o controle das combinações de runas para sua referência.

Os conjuradores devem se especializar

Se você está jogando com um mago ou feiticeira, pode ficar tentado a comprar todos os feitiços disponíveis no menu de habilidades. Evite esse desejo e, em vez disso, concentre-se em comprar e aprimorar um número menor de magias. Os personagens têm espaço limitado no inventário e esses feitiços ocupam um espaço de bolsa. Depois de equipar suas armas e armaduras, você só tem espaço para dois ou três feitiços, e é melhor garantir que esses feitiços sejam tão poderosos e úteis quanto possível.

Faça as missões no início

Para a primeira parte do jogo, uma nova missão é aberta após cada nível. Essa missão leva você de volta ao nível que acabou de terminar. Embora possa parecer enfadonho jogar o mesmo nível duas vezes seguidas, é melhor não deixar essas missões se acumularem. Você eventualmente chega a um ponto ao selecionar qual estágio deseja jogar (em vez de apenas ser jogado em um aleatoriamente) custa dinheiro, então aproveite sua janela para jogar e repetir essas áreas para missões enquanto ainda é gratuito.

Aprenda as regras do modo cooperativo O Dragon’s Crown tem um modo cooperativo

Mas também tem algumas restrições estranhas sobre como e quando você pode se conectar com amigos online. Se todos estiverem jogando localmente em um único console, quatro pessoas podem jogar juntas desde o início. No entanto, se você deseja cooperar com amigos online, precisa jogar por várias horas (basicamente até ter vencido todos os nove níveis uma vez) antes de desbloquear a opção. Além disso, embora o jogo esteja disponível para PS3 e Vita, ele não suporta cross-play. Isso significa que você não pode jogar com ninguém que não esteja usando o mesmo console que você.

Subindo de nível

No início de Dragon’s Crown, subir de nível parece ocorrer no mesmo ritmo das aventuras em que você se encontra. Conforme você avança, no entanto, fica claro que para sobreviver, você precisará fazer um pouco de trituração aqui e ali. 

Então, quais são as melhores maneiras de nivelar o mais rápido possível?

Em primeiro lugar: seu nível de dificuldade. Sua pontuação final no final de cada nível tem uma influência direta em quanta experiência você obtém. Sempre certifique-se de jogar na maior dificuldade com a qual você se sinta confortável. Não seja ambicioso demais. Afinal, se você não consegue superar o nível, não ganha nenhum ponto!

Em seguida, não se esqueça de visitar o clero local! Isso é mais do que apenas um bom conselho no domingo: seu templo tem uma oração que lhe renderá bônus em sua pontuação final, o que só vai ajudá-lo a se fortalecer muito mais rápido.

Finalmente, não ignore o fundo! Se você estiver prestando atenção ao cruzar os níveis, notará diferentes partes brilhantes. Use sua tela de toque para flutuar e selecionar aquele brilho, e BOOM! Saque em abundância! Bem, às vezes. A chave é nunca ignorar a oportunidade de obter mais itens. Loot = score = um você maior e mais poderoso.

Usando Runas

Este pode parecer um pouco óbvio para alguns de vocês, mas com uma introdução tão vaga à magia rúnica, é muito fácil passar pelo jogo ignorando as runas se você não prestar atenção em como elas são usadas. 

No plano de fundo de muitas das salas que você visita em suas aventuras, você poderá ver runas esculpidas na rocha, paredes ou vários itens. Geralmente há dois, e se você não tiver certeza se está olhando para a coisa certa, coloque o cursor sobre a runa questionável. Se você tiver uma runa, ela deve brilhar.

A chave para usar runas é comprar quantas runas você puder do mago Lucain na cidade e experimentar as diferentes runas que você encontrar nos ambientes de seu nível. Você não precisa necessariamente colocar as runas na ordem certa para ativar suas habilidades! Portanto, preste atenção e não tenha medo de sentar e resolver as runas como um quebra-cabeça. A combinação certa pode render tesouros, armas e até desbloquear diferentes lugares no nível!

Escolhendo Seu Personagem

Há uma variedade de personagens diferentes para escolher no Dragon’s Crown Pro, e tomar a decisão certa para o seu estilo de jogo vai fazer uma grande diferença na sua experiência.

Se você é um espremedor de botões direto, considere começar com o lutador, o anão ou a amazona. São personagens sólidos e resistentes que podem aguentar e causar muitos danos enquanto você aprende as cordas do combate.

Se você está procurando uma luta um pouco mais estratégica, considere o Elfo como um ponto de partida. Ela é rápida, tem habilidades realmente únicas e oferece ótimos ataques de mísseis sem sacrificar completamente seu combate corpo a corpo.

Somente quando você estiver totalmente confortável com o estilo do jogo, você deverá usar o Wizard ou a Sorceress. Embora ambos tenham poderes inspiradores, eles são verdadeiros canhões de vidro se forem mal utilizados. Isso vale o dobro se você estiver planejando ir sozinho no jogo.

Estatísticas

Cada estatística está diretamente ligada a habilidades específicas. Cada classe aumenta suas estatísticas conforme sobem de nível. No entanto, cada classe começa com uma classificação de estatísticas que permite que você saiba como eles são justos, sem buffs adicionais de equipamentos e habilidades. Essas estatísticas são classificadas de E a S, com E sendo a pior. Se uma classe tem uma classificação de estatísticas baixa, você não deve se concentrar na habilidade associada a essa estatística ou tentar encontrar armas, armaduras e habilidades que ajudem a aumentar as estatísticas para equilibrar o personagem.

Força (STR)

O stat de força mede a eficácia de ataques físicos. Isso inclui tudo, desde os ataques de espada e machado do Lutador até os ataques de chute do Elfo. Quanto maior a estatística, mais dano um personagem infligirá com cada ataque físico.

Constituição (CON)

A defesa física de cada personagem está diretamente relacionada à sua estatística de constituição. Quanto mais alta a constituição de um personagem, menos dano ele receberá de ataques físicos. No entanto, isso não tem impacto sobre os ataques baseados em magia. Se uma classe tem uma classificação de constituição baixa, tente lutar à distância ou obtenha uma armadura com altas classificações defensivas ou estatísticas de constituição aumentadas.

Inteligência (INT)

A estatística de inteligência governa a habilidade de ataque mágico de um personagem. Quanto maior esta estatística, mais poderosos são os ataques baseados em magia do personagem. Esta estatística é importante para o Wizard e a Sorceress, mas também é útil para o Elfo.

Resistência mágica (MGR)

A resistência à magia está diretamente relacionada à defesa à magia. Quanto maior a estatística de resistência à magia do seu personagem, melhor equipados eles estarão para se defender contra ataques baseados em magia. Nos níveis iniciais, a maioria dos inimigos usa ataques físicos, mas conforme você avança no jogo, encontrará mais inimigos que dependem de ataques baseados em magia. Isso se torna uma estatística importante mais tarde no jogo, então certifique-se de segurar o equipamento que aumenta a resistência à magia, apenas no caso de você ter dificuldade com alguns dos inimigos mais poderosos baseados em magia.

Destreza (DEX)

A destreza de um personagem basicamente controla quanto dano é infligido com sua arma. Todas as armas têm uma classificação de dano que varia. Por exemplo, a espada de um lutador pode exibir uma classificação de dano de 1-9. Isso significa que toda vez que você atinge um inimigo com a arma, ela inflige de um a nove pontos de dano (além de outros fatores que aumentam o dano de uma arma, como a estatística de força). Quanto mais alto for o seu atributo de destreza, maior será a probabilidade de sua arma causar o máximo de dano.

Sorte (LUC)

Sorte é essencialmente sua taxa de acerto crítico. Um acerto crítico causa mais dano do que você normalmente conseguiria com seus ataques. Quanto maior a estatística de sorte, maior a probabilidade de você acertar um golpe crítico. Na maioria dos casos, esta é a estatística menos importante. No entanto, se você tiver uma estatística de alta força e uma arma com alto dano, acertar alguns acertos críticos pode encerrar um encontro muito rapidamente. Isso se torna mais importante conforme você avança no jogo.

Missões paralelas em Dragon’s Crown

Finding Guild Members – Esta é a primeira missão que você recebe do Guild Hall e não pode ser perdida. Você precisará derrotar as Ruínas do Templo Antigo e recuperar os ossos nas ruínas. Eles se projetam como um polegar dolorido conforme você avança pelas Ruínas do Templo Antigo.

Ajude os abutres de mel – Há uma porta nas ruínas do antigo templo que Rannie pode abrir se você rolar sobre ela. Lá dentro, você encontrará os orcs que precisa matar. A porta está na sala com os inimigos cobra.

Beastmaster – Esta missão é feita na Velha Capital e você deve ir sozinho porque a IA apenas matará os monstros que você deseja montar. A primeira criatura que você pode montar é a Dente de Sabre e ele está na primeira área. Derrube-o até que ele se ajoelhe, então monte nele e mate todos os inimigos que puder. A Sabertooth pode ir com você para outras salas também. É fácil conseguir 10 mortes, apenas atropele os escorpiões e eles morrem com um golpe. Se você receber muito dano na Dente de Sabre, ela morrerá e se morrer antes de você matar 10 na metade do nível, há uma criatura parecida com um velociraptor que você pode montar. Este realmente cospe fogo e pode eliminar vários inimigos de uma vez. Depois de obter as 10 mortes, você pode sair ou apenas bater o nível para ganhar exp bônus e ouro.

The Stolen Scepter – Esta é uma missão principal e não pode ser perdida. Após vencer o nível da Antiga Capital, você obterá o item para isso e deverá transformá-lo no castelo.

Entrega de delicadeza – você precisará coletar 10 esporos do labirinto subterrâneo de Wallace. Eles podem ser encontrados em qualquer um dos fungos que crescem do solo, bata nele e os esporos irão sair. Você pode precisar fazer duas viagens para pegar todas, mas há algumas na sala do chefe.

Reclamation Of Honor – Na Fortaleza Subterrânea de Bilbaron, você chegará a uma sala com um dragão trancado em uma gaiola. Naquela sala há duas portas e a segunda porta tem um baú dentro com orcs dormindo. Entre na sala e caminhe até o baú e evite derrubar a tocha ou então os orcs irão acordar. Coloque Rannie no baú e a missão será concluída, desde que você não acorde os orcs.

Dicas básicas para Dragon’s Crown

A forma como o loot funciona é esta – é instanciada. Se você abrir um baú, terá a chance de descobrir um item “classificado” até o nível “S”. O item não aparece realmente no campo – ele é adicionado automaticamente ao seu arsenal no final do estágio. A mesma coisa vale para pontos de experiência – você não recebe sua recompensa de XP até o término do estágio.

No início, você pode realmente dizer o quão poderosos são os itens saqueados pós-estágio antes de avaliá-los. Por exemplo, se o item listar? – ?? como a linha de estatísticas de uma arma, você sabe que o dano final varia de 1-9 (?), enquanto o dano final varia de 10-99 (??). Use isso para evitar pagar a mais por avaliações de lixo.

Embora possa parecer que você precisa avaliar os itens imediatamente, você pode realmente embolsá-los e identificá-los mais tarde na Loja de Itens Mágicos do Morgan para economizar dinheiro.

Se você se sentir incapaz de derrotar um chefe e seu grupo de NPC estiver lentamente fazendo a contagem regressiva para a destruição (nesse ponto, se você não os comprar de volta, eles irão embora para sempre), você pode pressionar start e sair do nível para corte suas perdas.

Sempre ore no Templo Canaã antes de uma missão. Mesmo que seja um aumento irrisório de 200 moedas, você pode economizar mais frequentemente do que não, e você precisa rezar novamente quando voltar para a cidade.

Esteja atento às caixas de madeira (ou objetos de madeira em geral) e ossos para os membros do grupo Wizard e Sorceress respectivamente. Os magos criam golens de madeira e as feiticeiras podem criar esqueletos de pilhas de ossos. Não esmague todas as caixas que encontrar se tiver um mago em seu grupo e se não precisar pegar ossos, deixe uma feiticeira ficar com eles.

Se você quer ter certeza de que salvou seu jogo – vá muito para a pousada. A Coroa do Dragão salva automaticamente toda vez que você altera os dados de alguma forma após deixar a pousada.

Faça todas as missões quando você as conseguir, e mesmo que você as adie e “as supere”, faça-as mais tarde. Só porque uma missão inicial pode ter uma recompensa de XP baixa que será inútil para um personagem de nível superior, lembre-se de que completar as missões dá a você um ou mais pontos de habilidade. Observe que você deve “entregar” as missões à guilda depois de concluí-las para ganhar a recompensa.

Se um inimigo te agarrar ou agarrar você (geralmente ocorre uma mordida), tenha em mente que além de um membro do grupo te libertar, você também pode esquivar-se do cancelamento de alguns bloqueios.

Você só pode armazenar uma quantidade limitada de ossos NPC. Certifique-se de enterrar alguns para evitar perder uma pilha de ossos particularmente boa enquanto estiver no campo. Para agilizar esse processo, ressuscite os que deseja, vá para a opção enterrar e pressione Quadrado para “enterrar o resto”. O mesmo vale para NPCs “contratados” – você precisa liberar alguns de vez em quando.

Falando em NPCs, se você está tendo problemas com companheiros de IA morrendo com muita frequência, tente construir um grupo composto por três Amazonas, Anões ou Lutadores em qualquer ordem. Dessa forma, eles serão mais resistentes a ataques e não morrerão com tanta frequência quando estiverem no fogo ou caindo em armadilhas.

Se você estiver na cidade, pressione start e selecione o menu de opções – procure por “HP Gauge” e selecione “display”. Esta é a única maneira de ver medidores de saúde para inimigos que não sejam chefes e o ajudará a identificar inimigos mais fracos no meio das coisas. A desvantagem é que a tela pode parecer um pouco mais confusa.

Observe que você pode apontar as armas do campo de batalha. Basta pressionar para cima ou para baixo ao atirar em uma besta para mirar em uma certa altura. Para mirar as balistas, mantenha a posição quadrada e olhe para cima ou para baixo. Isso será útil para algumas das lutas contra chefes posteriores.

Volte para o castelo ocasionalmente após vencer o jogo. Você obterá missões únicas que renderão uma tonelada de ouro apenas por passar de nível.

Se estiver jogando com NPCs de Dragon’s Crown em vez de jogadores reais, você pode conduzi-los para fora do perigo, de armadilhas e muito mais. Por exemplo, se você se precipita ou corre, eles geralmente o seguem – isso é especialmente útil quando o solo está caindo. Você também pode “capturar” uma tela para lutar que não tenha armadilhas, já que a câmera segue principalmente o jogador hospedeiro.

Você não pode pausar o jogo em uma masmorra, mas pode usar a função “pausar / inativo” do Vita para colocá-lo no modo de espera após pressionar o botão liga / desliga uma vez. Observe que se você estiver conectado ao jogo online, isso irá cancelá-lo até que você o reative na cidade.

Referências:

Destructoid, Game Informer, Gamers Heroes, Prima Games, Game Skinny, wikipedia.

O que você acha deste game? Comente aqui sobre Dragon’s Crown!

Death’s Gambit

Death’s Gambit é um jogo de ação e plataforma desenvolvido pelo estúdio americano White Rabbit e publicado pela Adult Swim Games. O jogo foi lançado para Windows PlayStation 4 em agosto de 2018.

Gameplay

Death’s Gambit é um jogo de ação elementos role-playing. O jogo é apresentado com computação gráfica 2D com uma estética de pixel art.

Escolha sua classe com sabedoria

Cada uma das sete classes em Death’s Gambit tem pontos fortes e fracos únicos que serão o ponto crucial de como você joga no jogo. O Solider, Assassin e Wizard são seus arquétipos básicos, mas o resto são visões quase alternativas para o papel. Além de ter diferentes equipamentos e armas iniciais, eles também tendem a ter habilidades únicas. O Sentinel pode equipar equipamentos com metade do requisito de estatísticas, onde o Acólito da Morte pode reconstruir estátuas quebradas.

Brinque com o talento único de sua classe

Cada classe tem uma maneira única de conceder a você um bônus de energia da alma. A energia da alma é usada para lançar habilidades, por isso é importante que você a tenha em abundância. Para o Blood Knight, isso significa ser atingido por ataques. Para o nobre, isso significa usar itens. Cada um é diferente e é importante saber qual é o seu, para que você saiba como jogar quando estiver em apuros.

Você pode equipar qualquer arma, mas ainda assim deve se concentrar

Muitas armas exigem uma quantidade mínima de estatísticas antes de serem equipadas. As armas também aumentam em eficácia com força ou sutileza. Você não precisa se comprometer com apenas um tipo de arma, mas provavelmente deve se comprometer com a força ou a sutileza como sua estatística de dano primária, o que lhe dará um grupo de armas para pairar ao redor.

Não se esqueça da resistência

Como é muito tentador apenas despejar fragmentos para aumentar seu status de dano o mais rápido possível, é importante investir em sua resistência também. Com a maioria das ações custando muito caro, você precisará de uma reserva sólida para permanecer no jogo. Além disso, pense em jogar alguns pontos em Haste, o que aumentará sua regeneração de resistência, entre outras coisas.

Fale com todos

Você encontrará um grande número de NPCs em Death’s Gambit que terão muito a dizer a você. Quando eles querem conversar com você, é importante fazê-lo. Os que estão no Santuário terão alguns itens para vender ou algumas habilidades para ensinar a você. Ambos valem o investimento em fragmentos.

Cuidado onde você balança sua arma

NPCs podem ser feridos por suas armas, então não vá balançando descontroladamente em lugares onde eles podem estar. Você não quer provocá-los ou matá-los acidentalmente.

Verifique os produtos da loja com frequência

Nem todo mundo que pode vender algo para você tem uma lista de itens que pode crescer ou mudar. Alguns sim, por isso é importante checá-los com bastante frequência. Alguns até vendem itens importantes que o ajudarão a progredir para certas partes bloqueadas do jogo.

Respeite seus inimigos

Cada inimigo no Gambito da Morte irá matá-lo se você der a oportunidade. Do grunhido mais humilde à abominação mais ameaçadora, todos eles têm apenas um objetivo: arrancar seu rosto. Trate cada um deles como se eles pudessem destruir você.

Fantasmas são ruins, mas fáceis de lidar

Você notará que existe um monstro em particular que simplesmente não parece sofrer danos, não importa que tipo de arma você use. A magia também não parece funcionar. Não se preocupe, porque há uma solução muito fácil para torná-los vulneráveis: Pedras do Sol. Eles são itens jogáveis ​​que lançam um pouco de luz onde quer que você os deixe cair, bons para iluminar espaços escuros. Mas se você jogar um em um fantasma, o fantasma se solidificará e poderá ser morto por meios convencionais. Pedras-do-sol caem de inimigos aleatórios, mas também podem ser compradas no carrinho de Jaco no Santuário por um preço barato.

Aproveite ao máximo suas penas

As penas fazem mais do que apenas curar. Algumas penas adicionam força ou reduzem os danos sofridos em uma certa quantidade. Algumas penas curam mais ou mais rápido. É importante descobrir como as novas penas podem afetar sua rotação para fornecer alguns ajustes de mudança de jogo.

Você também pode sacrificar algumas penas em Ídolos da Morte para dar a si mesmo um buff de força permanente, desde que permaneçam sacrificados. Isso deve ser aproveitado para obter o máximo de sua produção de dano contra chefes ou monstros difíceis.

Use seus items

Você encontrará muitos itens utilizáveis ​​no Gambito da Morte e ficará enrijecido se não trabalhar com eles em seu plano de jogo. As bombas de cristal são uma grande fonte de danos contra grupos de monstros. Olhos Abissais ajudam você a explorar a área à frente em busca de ameaças e segredos. Aproveite essas ferramentas.

Mantenha seus olhos abertos para segredos

Existem segredos EM TODA PARTE. Os becos sem saída costumam dar lugar a corredores misteriosos. Baús sofisticados são enfiados nos cantos e exigem plataformas habilidosas para serem alcançados. Sempre verifique as estradas menos movimentadas em busca de oportunidades para encontrar segredos.

Escolha sua classe inicial de acordo com as habilidades

Semelhante aos jogos Soulsborne, as classes iniciais em Death’s Gambit afetam apenas seu equipamento inicial e, neste caso, suas habilidades de personagem também. No entanto, só porque você começou o jogo como um mago, não significa que você não pode criar um personagem que use uma espada grande para causar um grande dano físico. Por causa disso, você desejará examinar todas as habilidades de cada classe inicial, bem como as estatísticas com as quais elas começam.

O Sentinel consegue empunhar qualquer arma com metade das estatísticas exigidas, enquanto o Nobre consegue um comerciante adicional para comprar itens no Santuário. Geralmente, você vai querer escolher a classe com a habilidade que melhor se adapta ao seu estilo de jogo, ou aquela que você acha que pode lhe dar um tempo mais fácil durante o jogo. Ao mesmo tempo, não negligencie as estatísticas iniciais se você já tiver uma construção específica em mente e quiser fazer o mínimo-máximo desde o início do jogo. Para iniciantes, o Sentinel e o Noble são escolhas decentes porque um recebe um aumento na Vitalidade enquanto o outro recebe um pequeno aumento na Resistência. Acólito da Morte é outra boa escolha, já que essa classe vem com a habilidade de restaurar ídolos da morte destruída, o que dá a você checkpoints extras para descansar.

Anote onde estão os baús

Conforme você avança pelo mundo em Death’s Gambit, você ocasionalmente encontrará baús dourados e escuros. Eles contêm itens muito valiosos que irão ajudá-lo em sua jornada e definitivamente vale a pena obtê-los. No entanto, existe um truque para realmente abri-los. O baú dourado só abrirá se você o alcançou sem usar um item de cura de seu último checkpoint, enquanto os baús escuros se abrirão se você puder causar dano suficiente enquanto ele regenera saúde.

Esses baús geralmente ficam escondidos em lugares de difícil acesso, e você pode precisar fazer um pouco de plataforma leve para chegar até eles, mas as recompensas valem a pena.

Explore além da sua zona de conforto

Death in Death’s Gambit funciona de forma bem diferente do que você esperaria em um jogo do tipo Souls. Em vez de perder todos os seus pontos de experiência ao morrer, você perderá um item de cura. Você receberá penas de pluma para recuperar a saúde e deixará cair uma pena no local em que morreu. Você pode voltar lá para pegá-lo ou apenas gastar alguns fragmentos em um ponto de descanso para recuperá-los. É impossível perder todas as penas permanentemente, já que você simplesmente terá que pegar várias penas onde morreu se você as deixou cair todas.

Com isso em mente, a exploração não deve ser tão assustadora. As penas podem ser apanhadas facilmente quando você morrer, e mesmo se você não quiser voltar, pode gastar cacos. Observe, no entanto, que a quantidade de fragmentos necessários para recuperá-los aumentará conforme seu nível aumenta. Sempre explore a área o máximo que puder e tente seguir caminhos que voltem na direção de onde você veio; as chances são de que você provavelmente encontrará um atalho que abre um novo caminho de volta ao Santuário.

Se acontecer de você morrer com uma tonelada de fragmentos, você sempre pode aproveitar esta oportunidade para subir de nível antes de voltar para recuperar suas penas.

Pegue o Enchanter o mais rápido possível

Alguns spoilers leves aqui se você quiser entrar completamente novo e não quiser saber como atualizar seu equipamento. Mas se você estiver lutando, é bom saber disso.

Em Death’s Gambit, NPCs no Sanctuary venderão itens, mas eles não comprarão seu lixo. Eles não atualizarão suas armas também; você precisa encontrar um encantador para isso. Se você estiver jogando como a classe Nobre, há um NPC à direita do ídolo da morte do Santuário que lhe venderá uma alabarda +5, sem perguntas. Mas para o resto de nós, o feiticeiro é sua única esperança.

Para chegar até ele, vá para o canto superior esquerdo do Santuário. Continue subindo e à esquerda, onde você lutará contra o chefe da Fênix, então continue à esquerda no Vale Obsidian. Esta área está cheia de armadilhas com espinhos, portanto, fique de olho no solo e no teto, pois eles causam muitos danos. Depois de encontrar os dois NPCs presos em gaiolas, faça seu caminho para cima e para a direita até chegar a um chifre com o qual você possa interagir, então volte para o início do Vale Obsidian e suba a escada que acabou de descer. Siga o caminho, derrote o chefe Tundra Lord e vá para a esquerda para desamarrar um NPC. Este é o seu feiticeiro e ele estará no Santuário na próxima vez que você o visitar. Ele desencantará seu equipamento indesejado com pedras da alma, que podem ser usadas para obter mais fragmentos ou ajudar a atualizar suas outras armas.

Classe: Soldado

Talento único : bloquear ataques inimigos concede energia à alma

Equipamento inicial :

Espada Larga de Aldwynn

Cabo do Conscrito

Escudo Vados

Lucent Plume

Esta é a sua aula básica e completa que não se destaca em nada.

Se você quiser começar com uma espada que não tem uma animação de ataque maluca para aprender, o Soldier é uma classe básica aceitável , mas há opções muito melhores. Quase todas as outras classes têm algo melhor em termos de estatísticas e habilidades únicas.

Classe: Assassino

Talento único : esquivar-se de ataques inimigos concede energia da alma

Equipamento inicial :

Lâminas de ladrão

Cabo do Conscrito

Madeira Targe

Lucent Plume

Este especialista em combate de longo alcance precisa chegar bem perto para ganhar a energia da alma e ativar habilidades especiais.

Para os viciados em adrenalina com foco no corpo a corpo , isso pode ser uma classe inicial aceitável. No entanto, tenha em mente que o Acolyte Of Death tem uma Finesse inicial elevada e uma habilidade única melhor.

Classe: Wizard

Talento único : cura premia a energia da alma

Equipamento inicial :

Casting Tome

Cabo do Conscrito

Escudo Vados

Lucent Plume

Ao contrário de muitos jogos de estilo RPG, o mago não aniquilará grandes grupos de inimigos com explosões gigantes de energia direto do morcego.

Ficar vivo como o mago é bastante difícil aqui, então troque para um arco o mais rápido que puder para atacar à distância em vez de usar uma espada.

Uma vez que a capacidade de abrir o peito gira inteiramente em torno de evitar a cura, este também é um dos piores talentos únicos para ganhar energia.

Classe: Sentinel

Talento único : Parrying premia energia da alma

Capacidade única : equipar armas e escudos com metade das estatísticas necessárias

Equipamento inicial :

Vados Longsword

Cabo do Conscrito

Escudo Vados

Lucent Plume

Quando você é bom em aparar ataques , o Sentinel pode ser uma das melhores classes para escolher por causa da habilidade única de equipar qualquer coisa com metade das estatísticas necessárias.

Você não precisará investir nenhum ponto em Finesse ou Inteligência para usar as melhores armas e feitiços que existem.

O talento da alma não é tão bom quanto o Acólito da Morte, mas por outro lado esta é uma das opções de classe mais fortes .

Classe: Nobre

Talento único : usar itens premia a energia da alma

Capacidade Única : Obtenha acesso a um comerciante exclusivo

Equipamento inicial :

Aldwynn Halberd

Capuz do Magister

Cabo do Conscrito

Escudo Vados

Lucent Plume

Dragonberry

Sangue de Gaia

Crow Plume

Embora você comece com vários itens extras para fazer uso da habilidade especial de alma do Nobre, em todos os outros aspectos, esta é uma das classes mais fracas . 

Simplesmente não há nada aqui para tornar esta classe mais atraente do que as outras, a menos que você realmente goste de usar itens e queira experimentar algumas opções de itens exclusivas.

Classe: Cavaleiro de Sangue

Talento único:  receber dano concede energia da alma

Habilidade única : recupere uma parte da saúde perdida ao lidar com danos com retaliações rápidas

Equipamento inicial :

Vados Machado

Cabo do Conscrito

Escudo Vados

Lucent Plume

Esta classe oferece uma maneira muito diferente de jogar, já que se trata de um combate altamente agressivo e imprudente . Você quer ser atingido e imediatamente revidar com a maior freqüência possível.

Isso é um anátema para o seu jogo típico do Souls , então se você quer algo fora do normal, experimente esta classe. No entanto, para novos jogadores, você pode optar por outra coisa.

Classe: Acólito da Morte

Talento único : matar inimigos concede energia à alma

Capacidade única : restaurar pontos de salvamento quebrados

Equipamento inicial :

Foice Acólito

Cabo do Conscrito

Escudo Vados

Lucent Plume

A foice inicial tem um amplo alcance de ataque e grande animação de movimento para frente, o que pode ser muito útil em algumas situações, mas é difícil de dominar em combate normal.

Se você não preferir o estilo de ataque da foice, mude para uma arma diferente, como adagas ou feitiços de livro baseados em inteligência.

A capacidade de restaurar estátuas de salvamento quebradas é na verdade menos útil do que você imagina, pois há apenas alguns pontos no jogo em que isso significa menos retrocesso para retornar a um chefe difícil.

Ganhar energia da alma por meio de mortes diretas é onde a classe Acólito da Morte brilha , e a coloca um ponto acima do resto. Você estará absolutamente nadando em energia.

Quando usada de forma eficiente, esta é facilmente a melhor classe inicial, pois você pode ativar habilidades constantemente.

Referências:

Gamepedia, Game Skinny, Twinfinite, wikipedia.

E aí, o que acha deste game? Comente sobre Death’s Gambit.