Luigi’s Mansion 3

Luigi’s Mansion 3 (ルイージマンション3 Ruīji Manshon Surī?) é um jogo eletrônico de ação-aventura desenvolvido pela Next Level Games e publicado pela Nintendo para o Nintendo Switch. É uma sequência dos títulos de 2001 e 2013 para Nintendo GameCube e Nintendo 3DS, respectivamente: Luigi’s Mansion e Luigi’s Mansion: Dark Moon, e o terceiro título da série Luigi’s Mansion, sendo lançado em 31 de outubro de 2019. O jogador assume o controle de Luigi que deve explorar um hotel assombrado, incorporando temáticas diferentes em cada andar, e resgatar seus amigos dos fantasmas que o habitam. O jogo obteve uma recepção positiva ​​da crítica e foi indicado a vários prêmios, vencendo na categoria de “Melhor Jogo para Família” no The Game Awards 2019. Até 31 de dezembro de 2019, o jogo havia vendido mais de 5,3 milhões de cópias em todo o mundo.

Luigi’s Mansion 3 conta com três modos multijogador, para você se divertir com outros jogadores.

Story Mode (Cooperativo)

Jogue com um amigo no papel de Gooigi em um modo Story cooperativo para 2 jogadores.

Essa opção fica disponível quando você obtém Gooigi do Professor E. Gadd no Story Mode (cerca de 1 hora de jogo).

Scarescraper:

Até 8 jogadores podem trabalhar juntos para escalar o Scarescaper jogando localmente sem fio ou online. Este modo permite 1-2 jogadores por console, até um máximo de 8 jogadores (4 consoles) no total.

Essa opção fica disponível quando você obtém Gooigi do Professor E. Gadd no Story Mode (cerca de 1 hora de jogo).

ScreamPark:

Alie-se a outros jogadores para competir em batalhas de minijogos! Este modo permite até 8 jogadores em 1 console.

Domine os controles

Uma das reclamações mais constantes dos jogadores, os controles de Luigi’s Mansion 3 realmente são um desafio à parte. Se você jogou Luigi’s Mansion: Dark Moon, talvez não sinta tanto esse estranhamento, mas os novatos podem achar as mecânicas um pouco travadas. O que ajuda muito, nesse caso, é analisar as opções de configuração dos controles e alterar alguns parâmetros. Para mim, por exemplo, é fundamental deixar marcada a opção de se mover mais facilmente enquanto usa a Poltergust. Outra boa dica é utilizar os gatilhos para executar determinadas ações e assim deixar a mão direita livre para o analógico.

Não tenha pressa

Sim, a sua missão é capturar fantasmas e libertar seus amigos, mas nada impede que você explore o ambiente atrás de itens secretos e, principalmente, dinheiro. É bem verdade que essa exploração é muito repetitiva em muitos momentos, mas o cuidado com os detalhes pelo ambiente e a possibilidade de completar todos os colecionáveis do jogo compensam. Além disso, ainda que no começo não pareça haver motivo para coletar tanto dinheiro assim, a sua conta bancária acaba sendo muito útil depois que o professor E. Gadd lhe oferece alguns itens para adquirir.

Diferentes fantasmas, diferentes estratégias

Assim como nos outros jogos da série, Luigi enfrenta aqui fantasmas com habilidades distintas. Por isso, em que pese o fato de que quase tudo pode ser resolvido na força bruta, entender a movimentação desses espectros ajuda muito na hora de capturá-los. Existem alguns que só podem ser sugados pelo rabo, enquanto outros utilizam escudos ou algum item para protegê-los. Sempre que os fantasmas possuem alguma barreira desse tipo, é necessário desarmá-los com o desentupidor de pia, e só então utilizar o flash e começar a sugar. Os boos, por outro lado, precisam ser revelados com a ajuda da Dark Light. Enfim, dominar essas mecânicas é realmente importante para capturar o maior número possível de inimigos.

Abuse do Slam

Um recurso interessante do Luigi, em relação aos outros jogos da série, é a habilidade do Slam. Com esse movimento você pode golpear os fantasmas no chão de um lado para outro, diminuindo a energia deles, e inclusive acertando outros que estão por perto. Isso é muito útil para capturá-los — o que acontece automaticamente sempre que a energia das criaturas chega a zero — e também para ajudar o jogador a sair de situações difíceis, em que se vê cercado por muitos inimigos.

Deixe o multiplayer para depois

Em Luigi’s Mansion 3 é possível acessar o multiplayer depois de apenas alguns poucos minutos de jogo. Acho importante dar essa opção ao jogador, mas não considero a decisão de encarar esse modo logo início muito recomendável. Em primeiro lugar, o único modo multiplayer que fica disponível desde o começo é o ScareScraper (para até quatro jogadores). Como o Gooigi não está disponível nas primeiras etapas da aventura os outros modos de multiplayer só são liberados depois de sua aparição. Ainda assim, no ScareScraper é possível utilizar o Gooigi e outras mecânicas que você vai aprender no decorrer do game.

Explicando um pouco esse modo, ele funciona da seguinte forma: são quatro jogadores (todos com Luigi, em cores diferentes) que precisam capturar todos os fantasmas de um determinado andar e assim subir para o próximo e depois para o próximo, até o final do desafio. Em cada andar, além dos inimigos, existe também o desafio do tempo. Por isso, é importantíssimo conhecer a estrutura dos mapas e dominar as técnicas utilizadas para capturar os fantasmas. Eu tentei jogar o multiplayer logo cedo, e confesso que mais atrapalhei do que ajudei a equipe, justamente por não saber como lidar com o ambiente e com as mecânicas do jogo (que são apresentadas de maneira adequada no singleplayer). Mas se você quiser se arriscar assim mesmo, aqui vão algumas dicas mais específicas:

Acompanhe sempre algum outro jogador. Dois jogadores capturam os fantasmas mais rapidamente e ainda podem salvar uns aos outros;

Preste atenção ao mapa e se direcione para os ambientes ainda não explorados. É bem provável que ainda existam fantasmas por lá;

Sugue tudo pelo caminho, pois o jogo entrega muitas corações para recuperação de vida;

Se estiver se sentindo perdido, acompanhe os outros jogadores pelo mapa e atue como médico, recuperando a vida deles em caso de algum dano mais grave.

Mesmo com essas dicas, vale o que já disse antes. Depois de avançar um pouco mais na história você vai se sentir mais confiante para o multiplayer, e sua contribuição será muito mais positiva.

Não esqueça de falar com E. Gadd

Em alguns momentos do jogo, você certamente vai se sentir preso, sem saber o que fazer. Nessas horas, vale muito a pena entrar na tela de pause e falar com E. Gadd. Como ele o acompanha do laboratório por toda a aventura, ele pode te dar dicas sobre o que fazer ou sobre como o ambiente e fantasmas se comportam. Não é o mesmo que entregar a solução dos puzzles. Portanto, não se preocupe: ainda vai ser necessário bater a cabeça para encontrar a resolução dos enigmas.

Valorize o Burst e o Suction Shot

O Burst é um movimento novo, que permite ao Luigi dar um pequeno salto afastando as coisas que estão por perto. É útil para afastar inimigos em situações complicadas, mas ainda mais necessário nos chefes, quando é preciso dominar o tempo de ataque para fugir de golpes específicos saltando (e nesse jogo a única forma de fazer isso é com o Burst).

O Suction Shot, por outro lado, possui a vantagem de uma mira automática. Então, o mais importante não é tanto saber atirar, mas sim identificar o que pode ser atingido. Nos mapas existem muitas barreiras aparentemente intransponíveis, e o Suction Shot ajuda o jogador a tirar objetos do caminho. Para objetos mais pesados, como um sofá, por exemplo, você precisa de dois desentupidores ao mesmo tempo, com Luigi e Gooigi atuando juntos. E falando nisso…

Aprenda a pensar em dupla

Mesmo jogando sozinho, em muitos momentos será necessário realizar ações conjuntas. Luigi’s Mansion 3 tem uma boa solução para isso. Quando acionamos o Gooigi, Luigi fica meio catatônico, mas ainda pode executar determinadas funções de maneira automática, como usar a Poltergust. Assim, às vezes você perceberá que é necessário poder dobrado para realizar determinadas ações. Por isso, lembre sempre de considerar a possibilidade de usar essa forcinha extra.

 Limpe Absolutamente Tudo

Além de estar cheio de mortos-vivos, este hotel assombrado é absolutamente imundo, quem vai tirar todo esse pó e mofo do caminho? Luigi, é quem. Também ajuda que a limpeza (que está apenas aspirando tudo à vista) é uma ótima maneira de descobrir segredos, encontrar mais dinheiro, farejar pedras preciosas e descobrir muitos divertidos pequenos ovos de Páscoa e mordaças.

Por exemplo, se você vir algo em uma parede, cartaz ou pintura, tente testar o aspirador antigo nele. Pode não ser importante, mas é possível que oculte algo que você deseja. Obter limpeza! Afinal, eu não estou pagando para você se divertir!

Passe essa mudança

Por alguma razão estranha e de outro mundo, fantasmas neste hotel estão cheios de dinheiro. Ele literalmente voa para fora de seus corpos transparentes! Você acumulará muitas moedas, barras de ouro, notas de dólar e pérolas ao longo do jogo. Eles podem ser usados ​​na loja do cientista louco Professor E. Gadd para obter itens que o ajudam a voltar à vida após a morte e encontrar itens secretos.

Quaisquer itens que o ajudem a localizar gemas, por exemplo, são incrivelmente úteis, pois é difícil encontrá-los em alguns níveis. Esse privilégio adquirível destacará as gemas para você, facilitando o rastreamento. Embora eles sejam um pouco caros e você precise comprar um para cada gema.

Não bata fantasmas imediatamente

A Mansão 3 de Luigi dá a Mario verde a capacidade de capturar fantasmas e jogá-los no chão, reduzindo consideravelmente seus pontos de vida. Se você está enfrentando um ghoul particularmente tanque, então não vai querer bater a presença assustadora no chão imediatamente.

Se você usar o vácuo no primeiro, mesmo após o ponto em que você é capaz de bater com força, você diminuirá ainda mais a saúde deles. Batê-los derruba seus pontos de vida em um grande pedaço antes de deixar o fantasma escapar de sua sucção. Então, desgastá-los um pouco mais de antemão torna cada luta um pouco mais rápida.

Tome seu tempo aterrorizante

Os níveis espalhados por todo o hotel são variados e emocionantes, tornando a revelação de cada uma delas algo pelo que esperar. É fácil pular a arma e correr de um nível para o outro. Em vez de ir a uma velocidade vertiginosa, não se apresse e explore todos os cantos de cada nível.

Pode ser difícil voltar e explorar os níveis anteriores após o fato, às vezes vale a pena gastar alguns minutos extras para encontrar jóias, Boos e todas essas coisas boas antes de passar para o hotel.

Faça capturas de tela abundantes

A última aventura de Luigi é cheia de piadas, memes e brincadeiras perfeitas para compartilhar. Tenha esse dedo instantâneo pronto para cenas, ovos de Páscoa e pequenos diálogos pelos quais a Nintendo é conhecida, valerá a pena. Estou jogando o jogo há algumas semanas e já sei que alguns momentos se espalharão pelas mídias sociais como um incêndio.

Pergunte a E. Gadd

Assim como a segunda aventura assombrada de Luigi no Nintendo DS, Dark Moon, o professor E. Gadd não cala a boca. Ele ainda está trocando mensagens com você, especialmente durante as primeiras horas do jogo. Mas ele também pode ser útil. Se você ficar preso, entre no menu e selecione a opção para falar com o professor. Ele pode ter uma dica para ajudá-lo. Além disso, ele está sozinho, então jogue um osso para ele!

Barras de ouro e fantasmas dourados

Existem duas formas de ficar rico mais facilmente em “Luigi’s Mansion 3”. A primeira é sugar tudo, literalmente TUDO que você puder, em cada sala para encontrar barras de ouro, que valem muito dinheiro. A primeira delas, por exemplo, você acha no andar B1 em uma prateleira assim que chega na lavanderia.

A segunda forma é capturando fantasmas dourados. Eles estão escondidos em cada andar, portanto vasculhe minuciosamente cada sala até achá-los. Geralmente encontram-se dentro de itens quebráveis. Ao vê-los, use o aspirador de fantasmas para derrotá-los. Ao longo da luta e depois dela, você será recompensado com moedas e barras de ouro. Dica: um desses fantasmas está em uma armadura do lado direito da porta do elevador no sexto andar.

Personagens

‘Luigi’s Mansion 3’ para Nintendo Switch  é composto por diferentes personagens que compõem seu elenco, então Luigi  não será o único que podemos ver nas mais de 10 horas de história que o título dura (sem contar os itens colecionáveis). Portanto, abaixo, você terá uma descrição de todos eles: 

Luigi: protagonista do jogo. Depois de ver como seus amigos foram presos por Rey Boo, ele terá que se equipar novamente com os Succionaentes para livrar o mundo dos fantasmas do Gritz Hotel. 

Professor Fesor: O criador de todos os aparelhos que Luigi usa e um especialista em atividades paranormais e psicotrópicas. Será o nosso apoio e guia durante o jogo.

Gomiluigi: Co-protagonista. É uma criação do Professor Fesor que podemos controlar, seja no Modo Cooperativo ou 1 Jogador. É capaz de passar por grades e áreas de espetos, mas se dissolve com a água.

Ectochucho: o animal de estimação de Luigi que o acompanhará na aventura. Às vezes, dá pistas para saber onde seguir.

Vilma Du Tel: Dono do Hotel Gritz e regente de todos os fantasmas que o habitam. Ele tem um grande interesse no rei Boo. 

Mario: O irmão de Luigi foi seqüestrado no início do jogo.

Peach: Princesa do Reino dos Cogumelos que é mais uma vez sequestrada. 

Sapo: 3 Sapo (nas cores azul, vermelho e amarelo) que acompanha a Princesa Peach e os encanadores em sua estadia no Hotel Gritz.

King Boo: O maior inimigo de Luigi. Regente do Boo e fantasmas. Ele busca vingança contra Luigi por suas derrotas anteriores. 

Referências:

Nintendo Suporte, Juego sadn, Nintendo Blast, GameMe, Uol, wikipedia.

Albion Online

Albion Online (AO) é um MMORPG de fantasia medieval desenvolvido pela Sandbox Interactive, um estúdio baseado em Berlim, Alemanha. Durante os estágios beta de desenvolvimento, os jogadores puderam comprar “Founder’s Packs” para obter acesso aos testes beta fechados que foram executados de forma intermitente pela Sandbox Interactive, geralmente após um intervalo de alguns meses de desenvolvimento. Esses pacotes do Founder não estão mais disponíveis desde o lançamento do jogo completo. O Albion Online removeu seu modelo free-to-play por várias razões em 30 de dezembro de 2015.

Desde o seu lançamento em 17 de julho de 2017, Albion online agora oferece uma seleção de “Starter Packs”, que concedem aos jogadores acesso ao jogo e oferecem uma quantidade variável de ouro para começar. Depois que um jogador compra qualquer um dos pacotes iniciais, ele terá acesso ilimitado ao jogo, sem taxas obrigatórias extras. Os jogadores também podem comprar a associação por um período limitado, sem os benefícios dos pacotes iniciais. A partir de 10 de abril de 2019, o Albion Online passou a ser gratuito para jogar .

O caminho das pedras:

Em algum lugar dos confins do continente oriental de Albion, num lugar desolado de paz oprimido pelas disputas políticas, as histórias de um novo começo se tornam realidade. Era a hora de escrever a história de um novo herói.

Bem-vindos, Aventureiro. Você chegou ao lugar certo — e ao jogo certo. Albion Online é um MMORPG medieval da Sandbox, projetado inteiramente com o objetivo de proporcionar uma vivência equilibrada e desafiadora. Do desenho de animação simplista, mas cheio de impacto, até a abordagem minimalista do estilo de arte esteticamente agradável, o jogo exige atenção.

Dito isso, estou aqui hoje para fornecer-lhe algumas orientações sobre a linha de conduta inicial ao dar os primeiros passos no mundo de Albion. Comecemos com a primeira coisa que se pensa naturalmente ao conectar no jogo: o Painel do Destino.

O Painel do Destino: ponto central da progressão

Ao entrar no jogo pela primeira vez, você notará que não há ninguém para dar uma missão nem NPCs para direcionar a sua jornada. Não se preocupe: isso é intencional. Em Albion Online, você escreve a sua história e determina o próprio caminho. No entanto, o Painel do Destino está disponível como um sistema de apoio para ajudar a definir melhor quem você deseja se tornar como jogador. A primeira coisa que você deverá fazer é abrir o Painel do Destino; para isso, aperte a tecla de atalho “N”.

Sim, a princípio, o painel do destino parecerá muito complexo, mas não desanime: só serão necessários alguns momentos para perceber que se trata de algo mais coerente do que parece. Ele será o seu guia tácito da progressão de personagem em Albion, acessível a qualquer hora e de qualquer lugar. Você começará a progressão no painel do destino assim que se conectar. Depois de fechar o painel do destino, veja a parte inferior central da tela. Lá estarão as tarefas iniciais do painel do destino que você deverá concluir para começar a sua jornada. 

Agora que você já compreendeu o estilo básico de progressão e começou a sua jornada em Albion, falemos sobre as primeiras tarefas em que você deverá se envolver.

O começo da jornada

Ao chegar às praias da costa de Albion, você poderá se direcionar a três lugares: o Cruzamento Oeste, o Cruzamento Central ou o Cruzamento Leste. Se você planeja começar a sua jornada com um acompanhante, a viagem entre cada cidade inicial é um processo bem simples. Para isso, fale com o Planejador de Viagem localizado nas docas de cada cidade inicial. É possível viajar entre cada cidade inicial… por uma pequena quantia, é claro (achou que ia sair assim, de graça?).

Antes de fazer alguma coisa, abra o correio, localizado na parte superior da tela. Além de itens de vaidade que o Pacote de Fundador lhe dá, você encontrará também um cavalo e um boi que facilitam o deslocamento pelo mundo de Albion. Porém, atenção: se você entrar nas Zonas Vermelhas e alguém o matar, você poderá ficar sem os seus itens de Fundador, inclusive as montarias.

Como dito anteriormente, a primeira tarefa se localiza na parte inferior central da tela na lista de verificação do painel do destino. Comece a coletar as pedras e troncos iniciais e mate os inocentes coelhinhos para o seu bel-prazer! Não se esqueça de saquear os pelegos de coelho depois de matá-los. É bem útil conseguir mais dos recursos que você coletar, pois cada um deles é útil de alguma maneira.

Depois de concluída a tarefa inicial de coletar recursos, é hora de criar os primeiros itens: ferramentas de coleta e armas. Vá até o primeiro NPC que você encontrar no jogo, no meio do mapa, que lhe fornecerá a bancada necessária para criar os equipamentos e as ferramentas iniciais. Comece as suas primeiras criações!

Produção ilimitada

Agora que você está com os recursos no inventário, poderá fazer suas primeiras ferramentas e armas. As ferramentas de coleta são um componente imensamente importante do sistema de produção de Albion Online, pois elas permitem coletar recursos de grau mais elevado que produzem, portanto, armas e armaduras mais fortes.

Os recursos são apresentados em oito graus. Cada grau é gradativamente mais difícil de encontrar no mundo aberto, pois a escassez de recursos é um fator muito tangível no mundo de Albion. Só o melhor dos melhores conseguirá manter o grau mais alto de equipamentos, portanto vale ressaltar que se trata de um mundo bem competitivo. Será necessário ter as ferramentas do grau adequado para coletar recursos do mesmo grau. Dito isso, tenha sempre as ferramentas à mão se você planeja coletar e produzir o próprio equipamento. Tendo em mente que você planeja ser o melhor dos melhores, comece a criar suas ferramentas de grau 1. Esse será o seu primeiro passo para atingir o objetivo máximo de desbloquear o grau 8. Com suas ferramentas à mão, colete madeira, pedra e pelegos (ou use os adicionais que você coletou anteriormente) para criar as primeiras armas e armaduras em Albion.

Sistema sem classes: você é o que você usa

Para produzir a espada, o escudo e a armadura de couro, vejamos novamente o painel do destino. Embora você esteja empunhando uma espada e um escudo no momento, é importante notar que, assim que você adquirir fama o suficiente (leia-se “experiência”) para progredir para armas e armaduras de grau 2, suas opções de equipamentos tornam-se ilimitadas. Isso porque a abordagem de Albion Online quanto à progressão de personagem não confina o jogador a uma função específica, ao contrário: ela lhe permite criar o personagem e o estilo de jogo de sua preferência.

Em poucas palavras: você é o que você usa. Um dia você pode jogar como um mago de fogo que usa roupas de tecido e ataques pirofóricos que incendeiam os inimigos. Outro dia, no entanto, você pode ser um tanque totalmente blindado com armadura para proteger os aliados de levas de mortos-vivos nas masmorras de Albion. Tudo isso é possível com um personagem.

Alinhada com a natureza simples do design de Albion está a simplicidade do sistema sem classes. Quando você se equipar com uma armadura ou uma arma, notará que, do lado direito da tela, novas habilidades estarão presentes. Se você se equipar com um tipo diferente de armadura ou arma, verá que essas habilidades mudaram. Exatamente: você é o que você usa. O uso dos três tipos de armadura resultará em diferentes habilidades e um estilo de jogo totalmente novo e revigorante em cada mudança. Isso abre uma porta para a infinita teoria da produção. O único fator limitante é o grau de inventividade que você se permitirá, criando assim um estilo de jogo que define você como jogador.

Agora que estamos num ponto em que você começou a entender o painel do destino, a progressão e o sistema sem classes de Albion Online, é hora de pegar no correio o seu equipamento exclusivo de grau 3 e também o cavalo ou o boi — se estiverem incluídos no seu Pacote de Fundador — e partir para a aventura em mundo aberto.

Olhe por onde anda

Como novo jogador, é importante compreender que novos desafios se apresentam ao longo do caminho. Há uma curva de aprendizado para sobreviver em Albion Online, pois trata-se de uma das características essenciais do jogo. Daremos algumas dicas para garantir que você tenha uma vivência memorável e agradável.

Para começar, é importantíssimo entender o sistema de zonas de Albion Online. Há quatro tipos de zona, cada um com novos desafios e oportunidades desafiadoras. Para reconhecer cada tipo de zona, aperte a tecla de atalho “M” e abra o mapa múndi. Elas se coordenam por cor com base no tipo de zona e, portanto, dos riscos envolvidos.

Variação de zonas: risco x recompensa

Zonas verdes

A primeira das quatro é a zona verde. É o tipo de zona em que você se encontra — a única zona totalmente segura em Albion. Nessas zonas encontram-se recursos de grau 1 a 4.

Você estará seguro portando seu equipamento e suas montarias de fundador por essas zonas, pois há muito poucos perigos além dos primeiros mobs que matará em mundo aberto. Se você morrer numa zona verde, não se desespere, pois você só cairá momentaneamente e sofrerá uma perda de durabilidade em vez de realmente morrer e perder todo o equipamento.

As zonas verdes são lugares perfeitos para começar as primeiras aventuras PvE (jogador contra o ambiente) em Albion, portanto use o seu tempo para aprender os detalhes de combate e coleta de recursos nessas zonas. Se você vier a morrer nas zonas verdes, não se preocupe! Os espectadores rirão com você no processo.

Zonas amarelas

A seguir, temos as zonas amarelas. Lá encontram-se recursos de grau 3 a 5, além de uma pequena quantidade de grau 6. Será a primeira zona em que poderá realmente encontrar PvP (jogador contra jogador) em Albion Online. No entanto, assim como nas zonas verdes, se você morrer numa zona amarela, cairá momentaneamente e sofrerá uma perda de durabilidade em vez de soltar todos os itens. Portanto, você se sentirá relativamente seguro se portar o equipamento de Fundador por zonas amarelas.

A única diferença é que, nelas, você deverá ficar de ouvido em pé e preparar-se para ocasionais jogadores furtivos que tentem matá-lo. Isso é possível se você sinalizar PvP. Para sinalizar-se como hostil, clique no ícone de “escudo” próximo à barra de pontos de vida. Só se sinalize se realmente estiver procurando PvP. Se você ficar sem sinalização, terá um bônus de amigável que ajudará a defender-se dos que possam atacá-lo.

Seja você um pacifista ou um matador, é importante manter-se alerta e preparado para os poucos perigos que uma zona amarela oferece.

Zonas vermelhas

Em terceiro, as zonas vermelhas. Nessas zonas, espera-se encontrar recursos de grau 4 a 6. É aí que a adrenalina começa a correr, quando se percebe que a relação entre risco e recompensa começa a fazer a diferença no jogo.

Se você morrer numa zona vermelha, não há como voltar: todos os itens do personagem cairão como espólios ao vencedor. Se você planeja entrar nas zonas vermelhas, aconselho depositar num banco os itens de Fundador, inclusive o cavalo e o boi, pois com certeza você não quer ver esses itens saqueados tão cedo no jogo! Nessas áreas não há bônus de jogador amigável: todos estão dispostos a jogar em PvP.

Se você entrar mesmo em zonas vermelhas, esteja totalmente ciente dos riscos e recompensas que o aguardam. Se você matar um jogador, todo o saque é seu — e vice-versa, caso algum jogador o mate.

É importante ter em mente que Albion Online apoia todos os que quiserem jogar individualmente. Quando houver mais de 10 inimigos próximos numa zona vermelha, eles aparecerão no minimapa como bolinhas vermelhas. É um alerta de perigo certo, um sinal que pode ser a oportunidade para você escapar de uma luta indesejada a menos, é claro… que você queira ser o herói!

Zonas pretas

Por fim, temos as zonas pretas. Lá os jogadores encontrarão recursos de grau 5 a 8. É o ômega de todos os tipos de zonas e, de longe, a mais perigosa (e recompensadora) de todas. Como nas zonas vermelhas, se você morrer numa zona preta, soltará todos os itens do inventário, inclusive os equipados. Não há bônus de jogador amigável e nenhum indicador de perigo no minimapa, nem nada que o ajudará além de coragem e mérito. Quando você chegar ao ponto de entrar em zonas pretas, estará pronto para o mais alto nível de competição em mundo aberto que Albion tem a oferecer. 

Tenha em mente que diferentes graus de mobs estarão presentes pelo mundo de Albion! Da mesma forma que ocorre com os graus de itens, os mobs em Albion funcionam de forma semelhante. Eles se apresentam em oito graus progressivos de dificuldade e raridade. Os mobs mais fáceis estarão nas zonas verdes e os mais desafiadores nas zonas pretas. 

Ao compreender os diversos tipos de zona e a proporção entre risco e recompensas em cada uma, você terá um entendimento sólido de quando e como se aproximar de cada zona, sabendo dos riscos que você está disposto a enfrentar. Mesmo depois de ter chegado tão longe, ainda precisamos falar de um assunto importantíssimo. É o assunto que testará toda a sua dedicação, integridade e experiência geral no Albion Online: entrar numa guilda.

Guildas e disputa por território

Embora seja possível jogar individualmente em Albion Online, recomendamos entrar numa guilda que se alinhe com seus objetivos e aspirações no jogo. Fazer parte de uma guilda aumenta em muito o prazer de jogar Albion Online. A maior parte da ação em Albion ocorre entre guildas rivais que buscam dizimar as adversárias. Você pode se perguntar: como as guildas podem se enfrentar fora do mundo aberto PvP? A resposta nos leva ao próximo tema: batalhas Guilda contra Guilda.

Guilda x Guilda

Guilda x Guilda (GvG) em Albion Online é onde os mais corajosos se enfrentam em disputas de 5 x 5 por controle de território. É um sistema complexo. Em poucas palavras, as guildas podem reclamar o domínio de territórios e acumulam grandes quantidades de terra no mundo de Albion. Nos territórios adquiridos, as guildas podem edificar uma grande variedade de construções para refinar materiais, produzir equipamentos, cultivar a terra e ter acesso a mais armazenamento. Uma guilda rival pode desafiar a guilda ocupante, roubar-lhe a terra e reivindicá-la como sua, inclusive a infraestrutura nela construída.

Se você jogou algum MOBA recentemente, estará familiarizado com a natureza da competição GvG em Albion e não terá problemas em participar e sair-se bem na disputa! É um destaque no PvP em Albion com muita adrenalina envolvida. É um excelente motivo para fornecer conteúdo de transmissão para seus espectadores.

Quanto aos nossos jogadores solo e em pequena escala, não se preocupem! Vocês ainda poderão ter um pedaço de terra em Albion Online sem o medo de perdê-lo para uma guilda mais forte. Trata-se do nosso sistema de Ilha do Jogador.

Ilhas de jogador: terra para todos

Em Albion Online, as Ilhas do Jogador foram projetadas como uma transição para a propriedade de terras, mas os menos capazes de manter territórios conquistados! Por um preço módico, todos podem comprar uma ilha de jogador em qualquer uma das cidades principais de Albion. É possível aprimorar a ilha do jogador em 6 graus, cada um com mais espaço de terra que o grau anterior. Claro, quanto mais espaço de terra, mais lotes para construir.

O principal é que a Ilha do Jogador é totalmente particular e acessível somente para o proprietário e para os visitantes autorizados. A ilha não pode ser conquistada. Ela pertence e sempre pertencerá ao jogador.

Para o alto e avante!

Se você chegou até aqui no nosso guia, está pronto para transitar pelo mundo de Albion Online num ambiente descontraído. Há muito conhecimento para adquirir durante o jogo, mas não se desanime! À medida que você faz a sua história no mundo aberto, tudo passará a fazer sentido. Siga o painel do destino, determine o seu estilo de jogo, fique atento à sua localização e — o mais importante — entre numa guilda! Lembre-se: Albion é um jogo projetado para ser simples, mas com todos os detalhes necessários para oferecer uma vivência inesquecível!

Economia conduzida por jogadores

O jogador constrói o próprio destino!

Seja um conjunto de armadura poderoso, um bastão mágico ou um conjunto de ferramentas robusto – todos os itens são forjados pelos jogadores, assim como a economia é conduzida pelos mesmos!

Além disso, o jogo possui ainda um sistema de ilha pessoal, que fica fora do mundo, ou seja, na costa de Albion onde você pode construir e manter uma fazenda, inclusive com cultivo e animais e um conjunto totalmente novo de construções.

Assim você pode gerar comida e abastecer os esforços de guerra da sua guilda ou vende-los no mercado para obter lucro!

Personalização do personagem

Para criar o personagem perfeito, você precisa conhecer os diversos caminhos pelos quais seu destino pode levá-lo. É aí que entra em cena o Painel do Destino! Ele mostra tudo o que você é e o que poderia ser — e não é pouca coisa!

Durante o seu progresso você pode mudar de ideia e reaver suas escolhas! O que torna todo o processo por si só muito divertido e abre margem para bastante experimentação!

Esqueça o que conhece de outros MMOs. Não há classes em Albion Online, ou seja, não há restrições de equipamentos. Experimente projetar e criar seu próprio estilo — no Albion Online, você é o que usa! (Frase está que foi usada como marketing do jogo!)

Uma base de jogadores robusta

Com aproximadamente 30.000 usuários ativos por mês jogando em um único servidor gigante, o mundo de Albion está em constante estado de movimento. Com uma ampla gama de atividades em grupo disponíveis, seu próximo mergulho em masmorras, ataque avançado ou batalha de mundo aberto está sempre à mão.

Conteúdo sazonal

No ano passado, foi introduzido as temporadas GvG e o Desafio do Aventureiro mensal. Estes oferecem recompensas exclusivas, desde montagens poderosas a roupas e móveis exclusivos, até Fama e Prata.

Referências:

Albion Online, Gamers News, wikipedia,

Hitman 6

Hitman é um jogo eletrônico de stealth. O sexto jogo da série Hitman, foi produzido pela IO Interactive e publicado pela Square Enix para PlayStation 4, Xbox One, e PC (Linux e Microsoft Windows) em formato episódico. A versão completa para consoles com todos os episódios foi lançada em 31 de janeiro de 2017 com o nome Hitman: The Complete First Season. O prólogo do jogo serve como antecedente para a série, no entanto a história principal acontece sete anos depois dos eventos de Hitman: Absolution.

Jogabilidade

Hitman é um jogo de ação-aventura com elementos furtivos (stealth), e tal como os anteriores da série, é jogado numa perspectiva de terceira pessoa. Os jogadores controlam o Agent 47, um assassino treinado, à medida que este percorre o mundo para matar os seus alvos. Hitman encoraja a criatividade, visto que é dado aos jogadores várias maneiras de completar os objetivos. Por exemplo, podem ser utilizadas armas de longo alcance, como os rifles de precisão (sniper), usar explosivos diretamente nos alvos ou o uso de armas de corpo-a-corpo, como machados, facas e katanas. Também se podem criar distrações, disfarçando o assassino, fazendo crer que a morte foi acidental. Uma vez imobilizados os inimigos, os jogadores podem se disfarçar, usando a sua roupa, podendo assim aceder mais facilmente a áreas restritas. Dependendo do seu desempenho em cada missão, são dados bônus aos jogadores, como novas ferramentas. Algumas missões têm limite de tempo e apenas aparecem uma vez; se os jogadores não as conseguirem completar dentro do tempo limite, já não têm uma segunda oportunidade. As ações dos personagens não-jogáveis (NPC) têm impacto no jogo. Por exemplo, os jogadores podem obter mais informações sobre o alvo se ouvirem os noticiários locais.

Os níveis têm uma estrutura similar a Hitman: Blood Money, em oposição ao desenho linear de Hitman: Absolution. Todos os níveis são um pequeno “mundo aberto”, que pode ser explorado pelos jogadores. Também são maiores, visto que cada mapa é “seis a sete vezes maior que os maiores níveis de Absolution”. Cada um dos níveis tem mais de 300 NPC’s, cada um com a sua própria rotina e reagindo de maneira diferente às ações do jogador. Por exemplo, se um dos NPC vir uma mina deixada pelo Agente 47, pode desarmá-la e levá-la para uma área segura. Ou se o jogador deixa uma arma no chão, se um civil a vir, pode fugir e avisar um guarda, este por sua vez apanha a arma e leva-a para outro lugar. Uma jogabilidade que não está predestinada e a que a IO Interactive chamou de “emergente”. O sistema de pontos de controle (checkpoint) de Absolution também foi eliminado; os jogadores podem salvar o seu jogo em qualquer altura durante as missões.

O modo Contracts regressa em Hitman. Os jogadores podem criar cenários e alvos para assassinar, que podem posteriormente serem partilhados com outros jogadores. O modo Instinct, introduzido em Absolution, também está incluido, mas mais simplificado.

Uma mecânica nova, e que manteve o jogo ativo por bastante tempo foi o modo Alvo Elusivo. Nele, um alvo novo é posto em algum mapa por tempo limitado. O alvo também fica fora do minimapa do jogo e não aparece no modo Instinto, ficando por conta do jogador localizar o alvo e encontrar a melhor forma de eliminá-lo. Geralmente essas novas missões dão itens exclusivos e/ou raros aos que conseguem completá-la, estimulando os jogadores a se manterem ativos por bastante tempo no jogo para receber os itens.

Suspender ao redor

Bordas estreitas e janelas para o exterior podem ser escaladas e usadas para atravessar áreas íngremes. Agente 47 tem as mãos muito fortes. Você pode usar bueiros e bordas para passar através dos guardas… As pessoas muito raramente olham para cima.

Mas tenha cuidado ao entrar em janelas: se você estiver manchado, um alarme será gerado.

Becos Escuros

As pessoas ao seu redor estão constantemente transformando suas cabeças. Seus campos de visão são bastantes amplos e eles estão bem conscientes da maioria das coisas que acontecem à luz em quase qualquer distância na frente de seus rostos.

Se alguém está olhando para você e se perguntando sobre o seu comportamento, uma seta suspeita branca aparecerá perto do Agente 47. O jogo explica isso para você, mas nem sempre faz você na pista para os melhores maneiras de escapar de uma situação em que você está sob suspeita. Se você vê esta seta, responda em conformidade. Se você estiver em uma área restrita e sem disfarces, vá para uma área pública. Se alguém começa a segui-lo, você tem uma escolha a fazer: se apresentar, executar ou correr.

Alguns guardas não tentam uma parada completa e simplesmente exigem que você os siga. Geralmente basta segui-lo até a saída e te deixarão em paz.

Por outro lado, às vezes você está com pressa. Se isso acontecer, você pode fazer uma corrida para ele. Isso muitas vezes compromete o seu disfarce, e você vai precisar mudar de roupas.

Por outro lado, você pode querer tentar caminhar rapidamente para uma área fora do caminho, atraindo-os para seguir e, em seguida, eliminar, escondendo o corpo fora da vista. Você só vai ter um curto espaço de tempo para fazer esse tipo de jogada.

Também esteja ciente de que as pessoas podem ouvir bastante bem, às vezes até mesmo através de portas fechadas e paredes. Seja cauteloso com o barulho que você faz.

Armas

Armas do ambiente são maravilhosas. O tutorial ensina-lhe que as armas improvisadas, como pés de cabra e chaves tem mais usos do que apenas esmagar crânios. Não se esqueça que pés de cabra podem abrir portas trancadas e as chaves podem ajustar (e quebrar) algumas máquinas. Mas também podem usar alarmes de incêndio e alarmes de vidro quebrado para induzir pânico, fazer confusão e criar distrações.

Você também vai encontrar itens úteis espalhados por todo o mapa, como a chave mestra no porão de Paris. Pegue no início da infiltração.

Moedas

As moedas são uma maneira fantástica de atrair os inimigos longe de seus postos e nas sombras. Elas são quase essencial para a passagem de determinados postos de guarda. O tutorial menciona moedas, mas tirar o máximo proveito delas exige precisão cuidadosa.

O som de uma moeda caindo é muito barulho em uma área tranquila. Estando escondido em uma sombra e jogando uma moeda para a escuridão nas proximidades, você pode atrair uma pessoa curiosa fora de sua área de patrulha e obter uma imagem clara em suas costas.

Para organizar isso, agache em uma sombra protegida por uma parede ou um pedaço de cobertura de frente para outra área escura que oferece nenhum obstáculo entre o guarda e onde você vai colocar a moeda. Jogue e depois espere a pessoa a andar completamente por você, em seguida, rapidamente se levante e ataque, assim que eles abaixarem para pegar a moeda.

Usando seus instintos

Seus instintos lhe permitem ver através das paredes, pisos e tetos, alvos de identificação, pessoal passivo ameaças de alerta. Segurar R1 permite que você pare e de uma olhada cuidadosa. Hitman mostra isso no tutorial, mas a utilidade generalizada dessa capacidade não pode ser exagerada.

É um poder extremamente útil que deve sempre ser ativado antes de abrir qualquer porta fechada. Se você furtivamente passar em uma área segura, muitas vezes você vai encontrar portas fechadas com os guardas esperando além, voltado para fora. Abrir uma porta irá alertá-los para a sua presença. Também é muito útil quando você tiver sido detectado, o que lhe permite ver se os caçadores estão se aproximando.

Isto é extremamente benéfico, pois sem seus instintos é quase impossível saber se você deve abrir a porta ou se você está bem e verdadeiramente preso o suficiente para considerar uma corrida de desespero.

Planejar sua fuga

Acertar o alvo é apenas metade do problema. Você também precisa saber como fugir. No momento em que o inimigo vai para baixo, os guardas nas proximidades são propensos a reagir, tentando colocar buracos através de seu corpo.

Há várias saídas do barco e do palácio, e é útil para explorar a sua rota de fuga de antemão.

Não tenha medo de quebrar o contato e correr. Enquanto o Agente 47 é um combatente capaz, mesmo um punhado de pessoal de segurança pode arma-lo em campo aberto. Há muita cobertura para se esconder. Se a sua abordagem falhar, recue e replaneje.

Mantenha a compostura

Durante as missões, é possível roubar as roupas de vários inimigos, mas é bom lembrar onde a primeira troca foi efetuada e onde você deixou o terno com que iniciou a fase. Largar a roupa jogada por aí resulta em uma bela multa da sua agência.

Mãos limpas

Com exceção da penúltima missão, na qual escolher uma arma de fogo é essencial, recomendamos que você inicie as demais apenas com o básico. Acredite: o careca consegue causar um belo estrago só com seringas de sedativos e venenos. Sem falar no implacável fio de náilon capaz de estrangular todo mundo.

Não deixe pistas

Não deixe nenhum corpo em locais visíveis, procure jogá-los em lugares afastados ou escondê-los em caçambas de lixo e baús. As armas também podem implicar em multas no final da missão; jogue-as em lugares onde ninguém vai passar.

A pressa é inimiga da perfeição

Disfarces de nada adiantam se você der bandeira. Lembre-se de que uma pessoa correndo sempre levanta suspeitas. Quando cometer um assassinato de maneira discreta, passe pelos guardas devagar, como se nada tivesse acontecido.

Calma

Se chegar a algum local e seu alvo tiver acabado de sair, tenha paciência e espere um pouco. Todos os personagens do jogo se movimentam em ciclos predefinidos e sempre retornam para cumprir suas rotinas.

Contratos

Os contratos podem ser acessados do menu e não precisam que o jogador entre em alguma fase da história antes. Vá na opção correspondente navegando pelos botões superiores (R1 e L1 no PS4, por exemplo).

Dentro desta opção, escolha entre criar um contrato ou verificar os que foram criados e enviados por outros jogadores, em campos como “Contratos em destaque” e “Últimos contratos”. 

Uma lista completa com os contratos disponíveis em Hitman aparecerá, já com o nome que o jogador definiu e alguns detalhes iniciais da missão. Escolha o seu e aguarde o carregamento prévio.

Briefing

Com o contrato selecionado, confira o briefing, ou seja, a explicação da missão que deve ser feita naquela fase. Verifique os alvos e os objetivos opcionais, além de condições especiais que podem somar mais pontos à performance.

Planejamento

No planejamento, verifique os equipamentos iniciais disponíveis ao Agente 47 no início daquela missão. Também há outras informações, como a entrada principal do local e os itens de contrabando levados para a fase.

Criar contratos

O jogo também te permite criar contratos. No menu de Contratos, basta selecionar esta opção e seguir o guia que o game fornece para escolher os objetivos, lidar com os desafios e definir quais serão os alvos. Após concluído, o contrato será enviado para a rede e qualquer outro jogador poderá aproveitar.

“Ser uma garça dentre as garças”

Em Hitman, tudo pode ser usado a seu favor no cenário. Você pode, inclusive, eliminar pessoas de interesse e roubar e usar as roupas delas para se aproximar do alvo da missão – cuidado para não assassinar pessoas inocentes! 

Quando estiver devidamente trajado, não se esqueça de esconder os corpos e, depois agir dentro dos conformes, “se misturando no ambiente” e atuando conforme o personagem de quem roubou os trajes. 

Isso pode evitar que algum segurança levante suspeitas do Agente 47. Caso isso aconteça, obviamente é possível contornar a situação. Você pode sair do recinto quando o segurança exigir ou ainda o atrair para um beco escuro e eliminá-lo de uma vez. 

Ainda assim, você pode ganhar tempo e terminar a missão com uma maior pontuação se apenas agir conforme uma garça dentre as garças e fingir ser, de fato, o dono das roupas roubadas. Isso evitará suspeitas e, de tabela, você não precisará de outro disfarce.

“As pessoas raramente olham para cima”

Hitman é um jogo de stealth, logo, é preciso evitar chamar atenção. Se agachar, andar com cautela, se esgueirar, dentre outros; são ações cruciais para sobreviver.

É também possível se esgueirar em diversos locais altos, sejam estes bueiros ou… Bordas de prédios. Tire vantagem se pendurando em superfícies do gênero, sempre que possível.

Os seguranças e transeuntes raramente olham para cima – assim como as pessoas na vida real. Só tome cuidado ao entrar em algumas janelas específicas para não ativar o alarme.

“Vale tudo no amor e na guerra”

As armas improvisadas estão entre os melhores recursos que Hitman pode oferecer. Isso porque você pode usar praticamente tudo que está no ambiente a seu favor, como já dito anteriormente.

Então, além de usar armas de fogo e seus próprios punhos, pode-se ainda usar objetos para atrair a atenção de pessoas de interesse (moedas são uma boa pedida neste caso) e/ou, claro, usar itens espalhados pelo cenário de diversas outras maneiras, inclusive, como armas.

Pés de cabra, por exemplo, podem ser usadas para atacar inimigos, claro, mas também podem abrir portas trancadas, além de quebrar janelas para ativar alarmes e assim, criar uma distração.

“Conheça a si mesmo e conheça seu adversário”

Preste atenção nas instruções das missões para saber mais sobre os alvos do Agente 47. Entenda quem são as pessoas de interesse no cenário para roubar as vestimentas delas e conseguir uma aproximação efetiva; ou ainda bisbilhote conversas para extrair mais informações.

Lembre-se ainda que, dependendo do local da missão, algumas figuras podem reconhecê-lo quando estiver disfarçado; então talvez seja mais difícil se passar por um policial, por exemplo, uma vez que os oficiais geralmente já conhecem uns aos outros.

Dependendo de quem for o alvo, há também a possibilidade de conversar com ele e descobrir mais sobre a figura. Use e abuse do carisma do Agente 47 para enganá-lo. Assim, será mais fácil atraí-lo para um local seguro e executá-lo.

Além de conhecer o alvo e as pessoas que o protegem (e como as driblar); também estude o mapa e planeje sua fuga. Os cenários são enormes e oferecem variadas saídas. É crucial saber como e por onde você pode sair de cena quando finalizar sua missão. 

“Nunca desista, confie em seus instintos”

O Instinto do Agente 47 retorna diretamente de Hitman: Absolution. Essa ferramenta lhe permitirá ver brevemente através das paredes.

Isso lhe ajudará a ver o tamanho do recinto logo adiante, qual a espécie do piso, pessoas de interesse, transeuntes passivos e outros tipos de ameaça como alarmes, por exemplo.

A ferramenta também é uma ótima pedida para quando você precisar fugir, pois o Instinto vai ajudar a ver os inimigos se aproximando. 

Referências:

The Enemy, Game Detonado, Uol, techtudo, wikipedia.

Sniper Elite 4

Sniper Elite 4 é um videojogo de stealth e tiro táctico em terceira pessoa, desenvolvido e publicado pela Rebellion Developments. Sequela directa de Sniper Elite III, o jogo foi lançado em 14 de fevereiro de 2017 para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One.

Sniper Elite 4 decorre em Itália em 1943, logo depois dos eventos ocorridos em Sniper Elite III, mas antes dos de Sniper Elite V2. A história segue Karl Fairburne, que vai lutar com os seus homens da Resistência Italiana para libertar o país do fascismo.

Pesquise todos

Não apenas passeie pelos corpos dos inimigos abatidos. Se você conseguir se prolongar um pouco mais, você pode manter sua munição etc recarregada se você pesquisar o corpo. Se houver algo lá, será indicado com um ícone de mão flutuando acima do corpo. Também vale a pena ficar de olho nos oficiais abatidos que muitas vezes estarão segurando o Duty Roster em uma área do nível. Isso significa que todos os seus soldados são imediatamente marcados por seu prazer de atirar.

Importante, este é um dos lugares que os códigos para cofres de missão vital estão escondendo. Se você não souber o código para isso, terá que usar uma taxa de mochila para abrir as coisas (literalmente) e isso fará com que todos saiam correndo em sua direção. Encontre o código e você estará rindo até as informações preciosas e, muitas vezes, uma coleção de munição reprimida.

Mantenha os olhos abertos para documentos

Quem sabia que os franco-atiradores se importariam tanto com a papelada? Existem documentos espalhados por todos os níveis. Em carteiras, em tendas e em corpos, estes incluem cartas de e para casa e as pungentes últimas cartas de soldados. Você pode ver no final de cada missão quantas colecionáveis ​​você tem e, claro, há troféus em oferta para aqueles com o maior número de itens colecionáveis.

Confira as estatísticas das armas

Sempre que um inimigo morre, ele provavelmente desistirá de sua arma. Embora muitos jogos não lhe dêem nenhuma informação sobre se seria bom ou ruim atualizar, o Sniper Elite mostra as estatísticas completas da arma em questão. Passe o mouse sobre as armas soltas e você verá todas as informações sobre a arma no chão, com barras vermelhas e verdes claras informando se a troca do seu fiel rifle é realmente algo que você quer fazer. Existem algumas grandes pistolas por aí, então fique de olho.

Use a tela de carregamento

Pode parecer uma dica tola, mas use sua tela de carregamento. Karl pode realmente começar um nível com um lote duplo de munição suprimida que vem a sério enquanto você está se acomodando. Você terá que ganhar pelo menos $ 4 para cada lote, mas isso lhe dará uma grande vantagem se você começar em cada uma. área com uma opção silenciosa. Lembre-se de que você também tem munição de pistola suprimida e também rifle. Use o aviso de munição alternativo da roda da arma para carregar para essas balas sujas, da mesma forma que com o rifle. Infelizmente não há opções silenciosas de SMG …

Enquanto no assunto de seu loadout, confira suas opções de atualização de arma e peles. Selecione sua arma e você poderá ver as diferentes maneiras de desbloquear upgrades para o dispositivo de sua escolha de morte. Alguns virão naturalmente e outros você precisará sair do seu caminho para – 20 coração mata alguém?

Mantenha os olhos de águia

Como você deve ter reunido, há mais do que alguns colecionáveis ​​escondidos em cada nível. No topo dos documentos, há várias águias de pedra escondidas em cada mapa. Se você identificar esses Alvos Deadeye pelo seu escopo, atire neles para marcar sua lista, mas lembre-se de usar munição suprimida ou esperar por um ruído ambiental para mascarar sua foto. Você não quer um mísero colecionável dando o jogo fora.

Conheça o seu radar

Fique de olho na cor do seu radar. O círculo ao redor do mapa mostrará seu status. Se a barra estiver amarela e os inimigos se tornarem pontos amarelos, isso significa que eles são suspeitos e pesquisam, mas não sabem sua localização. No entanto, se o mapa estiver vermelho e os inimigos estiverem convergindo, eles saberão exatamente onde você está e é hora de dar o fora da esquiva. Um triângulo aparecerá se você foi ouvido ou visto e indicará seu último local conhecido, então mude rapidamente para uma posição diferente e talvez você possa lançar uma granada enquanto os inimigos investigam seu último ponto conhecido. Além disso, se você tiver tempo, tente equipar os corpos dos inimigos com minas, de modo que, se você estiver deixando para trás um cadáver, os soldados que verifiquem qualquer sinal de vida podem perder seus próprios no processo.

Oculte os sons dos disparos

A principal arma de Sniper Elite 4 também é uma das mais barulhentas do game. Isso significa que, por mais que a precisão e força dos disparos permita que uma missão possa ser resolvida com um único tiro, também significa que todos os inimigos saberão onde você está no momento em que o gatilho for pressionado.

O mundo do jogo possui diversas maneiras de esconder o som. De tempos em tempos, aviões passarão nos céus, enquanto, nas cidades costeiras, barcos estarão o tempo todo navegando. Isso significa que os sons de seus motores poderão ser ouvidos à distância, que servem de camuflagem para o barulho dos disparos. Fique de olho no indicador de ruído, na parte superior da tela, e entre em ação quando ele estiver ativo.

O ideal é ser oportunista e paciente. Encontrou o alvo de uma missão? Mantenha a mira travada e aguarde a passagem de um veículo para realizar o disparo sem ser detectado. É possível, também, usar geradores que estão espalhados pelo cenário, mas fique atento, pois ativá-los fará com que alguns inimigos verifiquem o que está causando tanto barulho.

Use o ambiente a seu favor

Para um franco-atirador, posicionamento é tudo, e em Sniper Elite 4 não poderia ser diferente. O mundo aberto do game traz diferentes possibilidades e caminhos para se completar o mesmo objetivo, que, muitas vezes, podem ser concluídos à distância ou por proximidade. Cabe ao jogador escolher o melhor jeito de fazer isso.

Caso prefira a abordagem sniper, procure por colinas e lugares altos, com ampla vista para o cenário, mas que, ao mesmo tempo, possua coberturas onde se esconder caso o personagem seja visto. Use e abuse de motores espalhados pelo cenário, que farão barulho e permitirão o uso do rifle para limpar as áreas de inimigos ou completar missões de assassinato.

No caso de uma ação de proximidade, escolha áreas estreitas e com muitos arbustos, de onde é possível usar a pistola para matar os soldados sem ser localizado. Utilize os cadáveres dos inimigos como isca para atrair mais deles, e mesmo de perto fique de olho nos indicadores de som, pois também será possível usar o rifle.

Explodir barris vermelhos não é a única opção que “Sniper Elite 4” dá na hora de usar o cenário contra os inimigos. Existem diversas bugigangas e equipamentos dos inimigos que pode ser utilizados para uma abordagem não convencional.

É possível, por exemplo, destruir roldanas e derrubar caixas pesadas quando oficiais estiverem embaixo delas. Dependendo do momento, essa pode ser uma saída para não entregar a sua posição.

Quanto às explosões, além do poder destrutivo, elas também podem ser utilizadas como uma forma de evasão em caso de perigo. Assim que for detectado, exploda barris à distância para confundir os inimigos e troque de posição. Esse é um meio eficiente de se manter intocável.

Saiba usar o kit médico

Apesar de a munição ser abundante no mundo de Sniper Elite 4, os itens de cura não são. Você normalmente começará as fases com dois deles, e poucos poderão ser encontrados nos cenários. Ser visto e alvejado significa morte na certa, já que o protagonista é pouco resistente a balas.

Os kits médicos podem dar uma sobrevida para Karl, mas é importante parar para usá-los, pois isso recuperará a barra de energia completamente. Fazer isso andando diminui a eficácia do item, e deve ser apenas sua última opção para evitar a morte. Muitas vezes, vale mais a pena voltar ao checkpoint, mesmo com o sistema de saves automáticos do game, do que gastar um item de cura.

Programe-se

Uma das novidades de Sniper Elite 4 é um sistema de inteligência artificial adaptativa, o qual o mundo reage às suas ações. Seja visto por soldados algumas vezes, por exemplo, e perceba um movimento maior de guardas ao redor de seu alvo principal em uma missão. Dispare com o rifle sem usar sons para ocultar os tiros e note que o objetivo passará a permanecer sempre em áreas fechadas, dificultando um assassinato a distancia.

Em outros mapas, franco-atiradores inimigos também estarão posicionados, sendo capazes de localizar e alvejar o jogador a distancia, enquanto operadores de rádio poderão chamar mais reforços caso a presença de Karl seja detectada. O ideal é acabar com os inimigos primeiro, seguindo, depois, para as missões de assassinato.

Deixe liberações de postos de controle ou a localização de refúgios rebeldes por último, pois eles normalmente estarão em áreas com mais oponentes, onde será mais fácil ser detectado. Já tendo resolvido os outros objetivos que exigem mais furtividade, você fica livre para agir aqui, e até mesmo cometer alguns deslizes.

Use o binóculo para tomar decisões

Ser um sniper de elite não é para qualquer um: o cara precisa passar horas no ninho, analisando o ambiente e escolhendo os melhores alvos e movimentos para não ser detectado. “Sniper Elite 4” simula esse ambiente arriscado e te obriga a ter paciência.

Para evitar ser detectado e, especialmente, não morrer, é preciso verificar o máximo de abordagens possíveis antes de escolher a melhor opção. O melhor meio para isso é utilizar o binóculo para marcar inimigos, explosivos, caminhões, e até mesmo alvos de missões secundárias.

Com toda informação do ambiente, fica bem mais fácil decidir como agir e quais alvos eliminar primeiro.

Melhore o seu equipamento completando desafios

Antes de cada missão é possível escolher qual equipamento vai ser levado para o combate. São diversos rifles, fuzis, pistolas e outros itens, como bombas e curativos. Nesse momento também é possível comprar novos equipamentos com seus pontos de reconhecimento e também conferir os requisitos para melhorar suas armas.

Cada arma tem aprimoramentos de atributos e também visuais. Para conseguir desbloquear a melhoria é preciso completar desafios específicos da arma, como matar inimigos à distância ou com tiros em partes específicas do corpo.

Sempre que trocar o equipamento, vá até essa parte do menu de preparação para descobrir quais os desafios de melhoria.

Quando no chão, fique sempre em movimento

Toda vez que você disparar ou fizer barulho, o estado dos inimigos vai mudar, podendo ir de patrulha até perseguição, quando descobrirem a sua posição. Muitas vezes eles deduzem a sua posição pelo barulho e vão até onde acham que você está escondido para verificar.

Por conta desses fatores, é importante estar sempre em movimento se você estiver no nível de altura dos inimigos. O primeiro motivo, mais óbvio, é evitar ser encontrado, mas o melhor mesmo é utilizar dessa mecânica para plantar armadilhas.

Assim que os inimigos adivinharem a sua posição, coloque uma armadilha no local e vá para um ponto com boa linha de tiro, e de preferência um arbusto para esconder. Alguns inimigos Alguns inimigos vão morrer na explosão da armadilha, enquanto você finaliza os outros com seu rifle de um local seguro.

O jogo de gato e rato é constante, e você precisa ser mais esperto que os adversários para se dar bem nas missões.

Limpe você mesmo

Pode soar como uma tarefa irritante, mas se você eliminar um inimigo em uma área onde seu cadáver possa ser visto na rota de patrulha de outros, pegue o corpo se puder e o mova para fora da vista para evitar a detecção. Você pode içá-los por cima do ombro e soltá-los onde quiser, mas se quiser uma maneira rápida de despachar inimigos sem a limpeza depois, tente a próxima dica.

Seja um Assassino

É hora de estar em sintonia com a natureza e pular na folhagem para algumas quedas fantasmas. Espreite-se em um arbusto e depois mude da distração da rocha para o apito em sua roda de armas, seguindo o aviso apropriado. Quando um inimigo passar, assobie e ele virá. Melee-los mortos e você vai escondê-los instantaneamente no mato. Bom trabalho, Assassino. Você pode adotar uma abordagem semelhante enquanto estiver pendurado em uma saliência, se um inimigo estiver acima – assobie para atraí-los em sua direção e, em seguida, um rápido ataque corpo a corpo irá despachá-los pela borda. Ezio Auditore ficaria orgulhoso.

Use munição suprimida

Então aqui está a coisa, acontece que tiros de grande volume matam você como um franco-atirador. Munição suprimida, por outro lado, significa que você pode matar com facilidade. Enquanto os inimigos perceberão se um amigo cair morto ao lado deles, sua posição não será doada. Quando você encontrar munição suprimida, traga a roda da arma e selecione munição alternativa para carregá-la em seu rifle. Isso significa que você não precisa esperar que outros sons encobrem seu disparo. Lembre-se, porém, que a munição silenciada ainda pode fazer barulho no impacto, por isso, se você ataca um inimigo com um rifle sniper ou uma pistola silenciada de perto e eles estão usando um capacete, o ruído vai chamar a atenção de inimigos próximos. Você pode evitar isso, indo para mortes de tiro do corpo. Atirou no coração e tudo mais.

Corra em silêncio

Não serão poucos os momentos em que o jogador será visto em Sniper Elite 4. E com uma inteligência artificial apurada, e até um pouco desleal, praticamente todos os inimigos do cenário serão alertados para sua posição no momento exato em que isso acontecer. Mesmo na hora da fuga, entretanto, ainda valem os princípios de furtividade que servem para o restante do jogo.

O título sempre vai marcar sua última localização, e é para lá que os oponentes vão. Por isso, ao ser localizado, mate alguns inimigos para limpar o caminho e saia de lá. Use sempre a pistola, pois ela possui silenciador, e evite ao máximo o rifle e, principalmente, a metralhadora, pois eles gerarão atualizações em seu posicionamento para os soldados inimigos.

Além disso, evite correr em pé e prefira o sprint agachado. Apesar de mais lento, ele gera menos barulho e não vai revelar seu caminho para os soldados. Se esconder nas proximidades, em arbustos ou estruturas próximas ao local de detecção, também não é uma boa ideia, pois após não encontrarem o jogador na área original, os inimigos passarão a busca-lo por perto.

Em alguns casos, fugir para longe pode até criar uma boa oportunidade. Com todos os adversários juntos e em campo aberto, o rifle de franco-atirador pode ajudar, principalmente se uma fonte de barulho também estiver pelos arredores

Ganhe uma medalha de ouro no campo de tiro

Antes de você sair para punir as patrulhas Nazistas, porque não ir ao campo de tiro para praticar? Você não apenas poderá testar qualquer uma das armas disponíveis no jogo, mas terá o desafio de ganhar medalhas, uma por arma.

Granadas

Todos os itens têm funções alternativas e a Stick Grenade não é exceção. Mudar seu uso corriqueiro de “Normal” para “Sticky” a fará grudar no primeiro alvo que encostar! Inimigos poderão correr o quanto quiserem, mas se a granada os acertar primeiro, não há escapatória.

Falando nisso, tente mirar nas granadas saindo das linhas inimigas para obter incrivelmente satisfatórios abates múltiplos. Espere uma patrulha com muitos inimigos se aproximar para maximizar o efeito!

Consiga um “Longshot” de rank máximo

Cada nível tem um alcance máximo para tentar conseguir um abate, com diferentes distâncias para cada nível de dificuldade. Tiros são ranqueados em C, B, A e S, em ordem ascendente — tiros de rank S são alguns dos mais distantes do jogo, talvez da própria série!

Aceite o desafio

Após completar uma missão pela primeira vez, uma lista de cinco novos desafios irá aparecer para futuras partidas. Esteja avisado, eles não foram criados para serem completados em uma única sessão, então eles podem ser bem complicados e exigirão muito planejamento e habilidade.

Dicas Finais

É possível matar com um único tiro em disparos no coração, figado e até rins. Não é necessário mirar sempre na cabeça.

É possível atirar em granadas na roupa dos inimigos para matar mais de um inimigo de uma vez.

É possível atirar nas suas próprias granadas para explodi-las antes do tempo normal

Usar armadilhas em cima dos corpos é mais eficiente e rápido que escondê-los.

Existem poucos silenciadores no jogo, mas há munições que não fazem barulho para serem usadas no lugar deles. Abuse delas para ser um fantasma.

Após matar inimigos, vasculhe seus corpos para ganhar munições e possíveis documentos de missões secundárias e colecionáveis.

Referências:

Playstation Blog, GameMe, Uol, techtudo, wikipedia.

Prey

Prey é um jogo eletrônico de tiro em primeira pessoa e sobrevivência desenvolvido pela Arkane Studios e publicado pela Bethesda Softworks. Foi lançado mundialmente em 5 de maio de 2017 para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One. A história se passa no futuro em uma história alternativa e acompanha Morgan Yu, um pesquisador na estação espacial Talos 1 que precisa combater os alienígenas hostis Typhoon depois deles escaparem de seu confinamento. O jogador tem a sua disposição várias armas, itens e habilidades que lhe permitem combater os alienígenas e explorar o mundo aberto da estação espacial.

O título não tem relação com o jogo Prey de 2006, desenvolvido pela Human Head Studios, sendo considerado uma reimaginação da propriedade intelectual com uma narrativa totalmente nova. Prey 2, uma sequência do jogo original, começou a ser desenvolvida pela Human Head, porém enfrentou diversas dificuldades depois dos direitos terem sido comprados pela Bethesda em 2011, acabando por ser cancelado em 2014. A Arkane assumiu o projeto, porém não usou nenhum trabalho feito anteriormente, apenas incorporando o nome e a temática geral do protagonista ser perseguido por alienígenas. Este Prey foi desenvolvido como um sucessor espiritual de System Shock, oferecendo ao jogador diversos meios de progredir pelo jogo.

Não se deixe enganar pelo fôlego

O fôlego é uma ferramenta que a jogabilidade insere para deixar a experiência mais difícil, limitada e realista. Não se deixe enganar pela barrinha que guia o fôlego do personagem: ele tem mais do que parece. Basta manter sob controle para não gastar tudo de uma vez e não ficar cansado frente a um inimigo.

O fôlego é gasto quando se usa armas de combate corporal ou quando se corre, então não é algo tão constante. Além disso, habilidades e melhorias fazem com que o fôlego seja um problema ainda menor. Basta saber administrar e você não terá problemas com isso ao longo do jogo.

Modifique a sensibilidade do controle

Seja no joystick ou no teclado e mouse, a sensibilidade padrão do controle de Prey é muito alta, tanto na vertical quanto na horizontal. Qualquer “toque” para o lado e o personagem se movimenta de forma bem rápida, mais do que o necessário.

Para deixar a experiência mais dinâmica, vá ao menu de opções do jogo e selecione as modificações de controle. Reduze em um ou dois níveis a sensibilidade e o resultado já vai ser bem mais aceitável do que o padrão.

Jogue com a tela mais clara

Outra dica que envolve as configurações no menu está no brilho padrão do jogo. Se for possível, aumente um pouco um brilho, sem que atrapalhe sua experiência ou prejudique a atmosfera de tensão que Prey carrega.

Isso por um motivo simples: alguns cenários são escuros demais e escondem inimigos, que também são escuros e saem dos cantos mais inesperados. É claro que usar a lanterna é uma altetnativa, mas ela tem bateria escassa e demora para recarregar. Vá ao menu de configurações e tente aumentar um pouco o brilho, mas só um pouco.

Salve o jogo sempre que possível

Essa dica parece óbvia, até por conta de o jogo ter um sistema de salvamento semiautomático, mas acredite, não é tão óbvia quanto parece. No meio da tensão e da ação, o jogador pode esquecer de salvar facilmente e morrer, obrigando-o a retornar muito no cenário – e você vai morrer bastante, dada a dificuldade do game.

O salvamento pode ser feito no menu básico de pause do jogo, mas não pode ser feito duas vezes seguidas. A principal dica é salvar em “salas seguras”, locais onde você sabe que não há inimigos e onde se pode parar para respirar um pouco.

Não atire tanto

Como em todo jogo de terror e tensão, em Prey a munição é escassa, mais do que se imagina, já que algumas armas nem mesmo usam balas. Algumas você vai encontrar pelo caminho, enquanto outras podem servir como tiros rápidos, apenas para desacelerar inimigos.

As armas funcionam mais como ferramentas do que como itens de destruição, com exceção de uma ou outra. Por isso, use-as sempre com inteligência, sem ficar com o dedo pressionado direto no botão de tiro.

Gaste bem os Neuromods

Os Neuromods permitem que o personagem principal seja melhorado, mas também define quanto menos humano ele fica, ao longo das modificações genéticas que entram no seu corpo. Porém, a principal dica é que você economize os Neuromods que conseguir no início da aventura.

Gastar os Neuromods no início pode ser um grande desperdício, principalmente porque ganhamos eles em muita quantidade nas primeiras horas de jogo, quando ainda não temos muitas ameaças. Tenha paciência que, pouco depois disso, eles serão mais valiosos e mais uteis. Junte-os para gastar melhor depois desse período.

Gloo: a melhor arma

A arma Gloo é uma das melhores e mais uteis do jogo – e ela não mata inimigos, ao menos não sozinha. A Gloo serve para paralisar alvos por um determinado tempo, ou no mínimo reduz seu avanço e permite uma escapada rápida. O ideal com a Gloo é imobilizar inimigos para depois usar uma arma mais pesada e abatê-los com apenas um tiro.

Não ignore os corpos

Os humanos vivos em Prey são poucos. A maioria que você vai encontrar estão mortos ou morrendo. Não deixe de parar por alguns segundos e coletar os itens de cada um deles, pode-se surpreender com o que será encontrado.

Para vasculhar os itens, pressione o botão de ação próximo dos corpos. É possível coletar tudo de uma vez ou só os itens que desejar, dado o espaço disponível na bagagem do personagem. O importante é nunca deixar nada útil passar – e são muitos os itens úteis, seja para reparo da armadura ou para melhorar o personagem.

Vasculhe absolutamente tudo

Quando digo para vasculhar tudo, é literalmente tudo que é possível interagir no cenário, desde lixeiras a armários e gaveteiros. Muitas vezes há itens valiosos como kits médicos, munição de escopeta e kits de reparo do traje em locais que você menos espera. Até mesmo itens mais comuns como qualquer tipo de comida ou materiais que você poderá reciclar mais tarde podem ser um mão na roda.

Além disso, esses containers podem servir de armazém pessoal caso seu inventário esteja relativamente cheio e você está longe de uma máquina recicladora. Só não esqueça em qual móvel deixou seus itens!

Vidros foram feitos para serem quebrados

Ao longo de Prey você encontrará grandes painéis de vidro, intitulados Looking Glass. Neles, você verá vídeos importantes para a trama, mas depois que assisti-los, é uma boa ideia quebrar essa superfície com sua fiel chave inglesa, pois muitas vezes há caminhos e salas escondidas por detrás. Sabe-se lá que tipo de cofre você pode encontrar, não é?

E não se preocupe em não poder mais assistir aos vídeos, pois é possível reparar os painéis, normalmente utilizando comandos em um PC próximo.

Recicle armas também

Além de mandar para o reciclador todas as tralhas que achar pela Talos I, é possível também colocar armas sobressalentes na máquina, resultando em materiais. Toda vez que encontra mais um Canhão Gloo dando sopa por aí, saiba que pode ser uma excelente ideia reservar um espaço no seu inventário para reciclá-lo depois.

Isso é especialmente efetivo pois a maioria das armas resulta em materiais minerais, utilizados na confecção de kits médicos, munição e Neuromods — ou seja, algo que você vai usar bastante.

Torretas são suas amigas

Diferente de Portal, em Prey as torretas são aliadas valiosas, especialmente no início do jogo. Sim, vale muito a pena carregar uma delas para novos ambientes que, muito provavelmente, estarão repletos de mímicos e outros inimigos. Elas atiram automaticamente em qualquer alienígena em seu campo de visão e, muitas vezes, podem limpar uma sala inteira sozinhas.

Mais tarde no game, elas passam a ser menos efetivas conforme você descobre e enfrenta tipos diferentes de aliens, mas em grandes quantidades ainda podem ser muito úteis. Em determinados pontos, elas serão inimigas, caso estejam sob controle de um Tecnopata.

Leia todos os emails

Se você é como eu e não suporta ver sua caixa de entrada com emails não lidos, essa dica é redundante. Mas saiba que inspecionar cada estação de trabalho e cada computador da Talos I pode resultar na obtenção de senhas para cofres ou portas.

É importante vasculhar tudo para adquirir senhas e também novas missões opcionais. Eu recomendaria que você lesse os emails, pois há histórias e anedotas interessantes sobre o dia-a-dia da Talos I.

Priorize habilidades que auxiliem na exploração

É completamente entendível dar prioridade ao combate, principalmente num jogo em que os inimigos aparentam ser muito mais fortes que você e podem se esconder em qualquer lugar. Porém, em função de ficar mais forte, a exploração é imprescindível.

Ao encontrar os primeiros Neuromods – pequenos aparelhos oculares que injetam agulhas diretamente no seu cérebro; funcionam como os pontos de experiência em Prey – você se depará, inicialmente, com três variações da sua árvore de habilidades. Nessas habilidades, há três essenciais que, caso opte pela exploração extensiva, são essenciais:

Hacking: acessar computadores e portas trancadas sem senhas e cartões de acesso pode ser a coisa mais útil e aliviante de se fazer em Prey. Para ter esse tipo de acessibilidade, será necessário investir na habilidade de hacking – com ela, como dito acima, você poderá acessar computadores (ler emails, autorizar acessos etc) e abrir portas trancadas com senhas que podem te levar a recompensas e recursos interessantes.

Repair: como o nome sugere, essa habilidade te auxiliará a consertar máquinas de craft, computadores e portas eletrônicas no geral. Ao consertar esse tipo de equipamento, você conseguirá ter acesso aos objetivos de sidequests – sendo que algumas dependem exclusivamente dessa habilidade para serem concluídas.

Leverage: talvez a mais útil dessas três, essa habilidade concede uma espécie de ”super força” ao protagonista, sendo possível levantar itens pesados para criar passagens, abrir atalhos, descobrir lugares secretos, abrir portas emperradas e usar itens do cenário como armas.

Lembre-se que com a exploração você poderá posteriormente investir em habilidades que te deixam mais poderoso, deixando tudo mais fácil.

Desbloqueie a habilidade “Mimic” assim que possível

No começo do jogo, você estará limitado apenas a habilidades humanas (skills azuis). Prosseguindo na história e fazendo missões principais, Morgan vai ter acesso às skills dos aliens abordo da estação espacial, os Typhons. E a primeira habilidade essencial dessa nova árvore na variação “Morph” é a skill Mimic.

Usando o Mimic você é capaz de se transformar em objetos do cenário, desde uma caneca a um rolo de papel higiênico. Sabe aquela porta barricada que tem apenas um espacinho de baixo? Se transforme numa banana e passe por de baixo. Essa habilidade será um complemento do seu potencial de exploração, te deixando ainda mais livre para encontrar segredos no jogo.

Desligue o marcador da missão principal

Não sei se enfatizei isso o bastante, mas Prey é um jogo de exploração. Por mais tentador que seja seguir na história e desvendar os segredos da Talos I e os envolvidos no incidente na estação, se faça um favor e desligue o indicador da missão principal. Dessa forma você ficará menos preso a um único objetivo e mais a vontade para explorar melhor áreas que você não esteve e/ou explorou pouco.

Graça ao bom senso dos desenvolvedores, isso pode ser feito facilmente indo no menu de Objetivos e simplesmente desmarcando o indicador principal da missão.

No combate vale tudo

Quando eu digo tudo, é exatamente isso o que quer dizer. Ou quase tudo. Vários inimigos – principalmente os que aparecem mais para frente – podem ser um desafio que beira a frustração se você ligar o modo “automático” de simplesmente correr pra cima deles e apertar o botão de atirar. Além de gastar bala à toa, a eficiência desse combate simplório vai te deixar na mão muitas vezes.

Combine seus poderes, explore a possibilidade das suas armas e do ambiente. Cada área da estação possui algo que você pode usar como arma ou combinar para realizar execuções poderosas: arremessar móveis, eletrônicos e tudo que achar pela frente nos inimigos – quanto mais pesado o objeto, mais dano irá causar. Imobilize primeiro os inimigos com a Gloo Canon e bata neles com sua wrench, e assim por diante. A imaginação é o limite.

A dificuldade padrão é o bastante

Esse tópico pode ser um pouco polêmico – principalmente caso se considere como um ótimo jogador de FPS e adora um desafio. Dificuldades mais altas parecem ser tentadoras e um padrão para esses jogadores, mas eu aconselharia tomar um pouco mais de cuidado aqui. Prey não é o típico run and gun como Doom, e sim um jogo onde o racionamento de recursos e tomada de decisão são fatores cruciais.

No início da sua jornada é onde as coisas são mais difíceis. Sem poderes alienígenas, sem armas com upgrades, sem saber no que investir e inventário limitado. Os inimigos batem forte e muitas vezes correr vai ser a opção mais sensata, então, não se acanhe de começar o jogo na dificuldade padrão. Quando você se sentir mais familiar, dificuldades mais altas (inclusive a dificuldade Nightmare) são desafios a serem considerados.

Toda a abertura

Claro, que a gente tá dando uma roubadinha com essa dica, mas a sequência de abertura espetacular de Prey como já é suficiente para te deixar vidrado no jogo. Como um novo funcionário da TranStar Corporation, Morgan Yu te leva por um passeio de helicóptero através de uma deslumbrante paisagem urbana com o objetivo de passar por testes de rotina em uma instalação operada por seu irmão.

Mas como você bem sabe, a “rotina” não é bem uma garantia duradoura, e logo a própria natureza da vida e da memória de Morgan é posta em questão. A Arkane criou essa sequência inteira com bastante cuidado, introduzindo uma variedade de features para a mecânica do jogo, enquanto preparava um cenário para uma história arrebatador.

Até o mapa aberto tem informações importantes para você

A história ambiental é uma ferramenta inestimável para desenvolvedores de games, e a equipe da Arkane tem alavancou esse features ainda mais em sua recente campanha. Morgan pode invadir terminais e ler segmentos de e-mail privados que revelam eventos-chave na catástrofe da estação espacial Talos I. O museu da estação esboça a história da construção, completa ainda com iluminação dramática e placas iluminadas.

Até mesmo os próprios corpos, congelados e retorcidos em agonia, ajudam a criar a terrível história de TranStar e o que está em jogo logo ali na Terra.

Construa suas próprias plataformas (BYOP)

A dica do gameplay de Prey? Empoderar você com tantas escolhas quanto possível. Essa filosofia é exemplificada no GLOO Cannon, um dispositivo que aciona uma cola de rápida expansão. Você pode usar isso para desacelerar os inimigos e diminuir a distância de um ataque corpo a corpo ou para construir plataformas até áreas difíceis de alcançar. Ou você também pode ignorar o Cannon completamente.

Só depende de você

0451

A lendária sequência numérica já vista em títulos como System Shock, Deus Ex, e inúmeros outros é totalmente mostrada aqui no game. Prey se inspira em seus antecessores.

Os imitadores

Talos I está sendo consumido por uma infestação alienígena Typhon. Essas ameaças perigosas e fantasmagóricas assumem muitas formas. Literalmente. O Imitador, uma pequena criatura com velocidade assustadora, pode assumir a forma de quase qualquer objeto na estação. Agora cada caneca descartada ou objeto pequeno poderia ser algum perigo disfarçado.

Morgan, como você ainda vai descobrir, pode destravar essas habilidades… mas tudo tem seu preço.

Economize Neuromods para comprar as skills certas

Essa é bem subjetiva, mas vai te ajudar a aguentar mais facilmente o tranco do game depois de um tempo. Como havia dito, é necessário sim que você colete muita coisa no jogo e, também, se comportar como um urubu carniceiro checando todo bendito cadáver que aparecer no caminho para coletar itens melhores. Primeiro, invista na skill Necrópsia. Com ela, você coletará ainda mais material exótico dos Typhons que detonar pelo seu caminho te ajudando a fabricar bons itens sem se preocupar em esgotar esse material rapidamente. A outra skill recomendada para dedicar seus preciosos neuromods é a de expansão de inventário. Novamente isso tudo é relacionado com a dica anterior.

Há jeitos melhores de tirar itens pesados do seu caminho

Mais uma vez, Prey insiste que o jogador pense fora da caixinha. Não serão raras as vezes que você se deparará com objetos pesados que impedirão seu percurso em algum momento. O jeito mais óbvio e contraindicado é queimar neuromods para comprar a skill de força física. Porém, é bem mais inteligente usar as ferramentas que o cenário te oferece. Há diversos explosivos espalhados na Talos-1. Portanto, use-os a seu favor. Leve esses objetos perto das coisas que barram o caminho e simplesmente meta um tiro para explodir tudo. Te livrará dor de cabeça e ainda te permite comprar habilidades melhores.

Use as benditas Torretas

Facilmente outra habilidade que indico para melhorar sempre que possível é a de hacking. Como disse, Prey é difícil (às vezes, desnecessariamente difícil), mas há as boas maneiras de contornar essa característica ingrata ao gamer casual: as torretas. Seja as terrestres ou os robôs aéreos que te caçam na primeira olhada, o jeito é hacker tudo o que for possível. Esses pequenos robôs voadores te ajudarão em pouco tempo a limpar o cenário já que vagam incessantemente por aí. Já as torretas terrestres, é bom transportá-las para locais que você sabe que encontrará inimigos mais poderosos.

Também é só seguir uma receita de bolo. Posicione suas torretas em locais estratégicos, já seguros. Depois, atraia seus inimigos até a sala com os robôs e os congele com o Canhão Gloo, Voiláa! Desse modo você consegue se livrar de muitos Fantasmas rapidamente a quase nenhum custo de esforço. Lembre-se sempre de levar ao menos uma enquanto perambula pela Talos-1 principalmente em áreas grandes como o Lobby que sempre terão inimigos novos te aguardando.

É importante ressaltar isso porque muitos jogadores podem subestimar o desafio que eles oferecem. Acredite, essas criaturas são pequenas, rápidas e, quando em grupos de 3 ou 4, conseguem te matar rapidinho. Portanto, fique atento. Ao desconfiar de um objeto, já prepare o Canhão Gloo para congelá-lo (ao menor contato, é revelado se é um alien ou não). Caso for, prepare sua chave inglesa ou 9mm é acabe com a raça do maldito.

Referências:

Nos Bastidores, Jogazera, Blog Playstation, Br Ing, wikipedia, techtudo.