Disco Elysium

Disco Elysium é um jogo eletrônico de RPG desenvolvido e publicado pela ZA/UM. Foi lançado para Microsoft Windows em 15 de outubro de 2019, com um lançamento para PlayStation 4 e Xbox One planejado para 2020. O jogo é inspirado nos jogos de RPG da Infinity Engine (como Baldur’s Gate e Planescape: Torment) e nos jogos de RPG de Mesa, sendo escrito e projetado pelo romancista estoniano Robert Kurvitz. O jogo foi aclamado pela crítica, com alguns citando-o como um dos melhores jogos de RPG de todos os tempos.

Um degenerado lutando contra as vozes da própria cabeça

A arte de Jenny Saville é uma das influências de Disco Elysium. A amnésia é uma muleta, um recurso de linguagem bastante saturado em roteiros, seja nos filmes ou nos games. E também é o ponto de partida de “Disco Elysium”.

Você não tem controle sobre o passado do policial protagonista, mas age ativamente daquela manhã em diante. Acorda de cuecas, cara no chão, gravata no ventilador. De onde veio e o que está fazendo ali? É o que vamos descobrir — se essas vozes na sua cabeça deixarem.

São vozes dentro da mente do policial lutando pelo holofote dos sentidos expositórios. Elas surgem como caixas de texto, como se fossem um típico personagem. Mas quem está falando? Devo ouvir ou pular fora?

Cada voz na cabeça do policial seria algo como a personalidade de um diferente mestre neste RPG da vida real? É uma forma de se pensar.

Substâncias ilícitas podem entrar na equação, afetando o resultado das conversas com efeitos reais, não só pontuais. É como se Arthur Conan Doyle desafiasse Shakespeare para uma disputa de braço de ferro, com tapa de luva de pelica e tudo.

Não subestime as palavras

Em “Disco Elysium” você vai ser soterrado por textos —até o momento, sem tradução para o português brasileiro. Mas não é um texto qualquer, cozinhado em três minutos para preencher missões.

O texto tem peso, as respostas transitam entre o mais puro fascismo grotesco e o ultra-liberalismo desmedido num mundo de ficção versus realidade. E nem pense em sair pulando diálogos, ou então é melhor nem começar o jogo. O impacto de uma caixa de texto vertical, e não horizontal, carrega valores de Rembrandt, Ilya Repin e, em especial, Jenny Saville.

Como num RPG tradicional, você ganha XP, distribui pontos e conceitos básicos de psiquê e força física, por exemplo. Você é testado, rolando “dados virtuais” que aparecem na tela, como se rolassem em uma mesa. Falhas e acertos dependem desses testes, mas o sistema de jogo não impõe barreiras.

Os NPCs são profundos e marcantes, assim como criptozoologia

Com exceção de um ou outro morador de rua bêbado demais para articular mais do que um par de linhas de raciocínio, todo e qualquer NPC em Disco Elysium é complexo o suficiente para ganhar seu próprio espaço no caderninho de anotações. E não só do excepcionalmente resoluto Kim Katsuragi, seu parceiro policial.

Criar qualquer tipo de vínculo com o dono da banquinha de jornais pode dizer muito mais sobre você mesmo. O policial, ora ingênuo, ora filosófico, pode derrubar paredes metalinguísticas irreversíveis. Afinal de contas, o cadáver não vai desfazer o nó da forca sozinho, as crianças não pretendem deixar de lado suas compulsões pelo mórbido e a senhorinha cadeirante, cujo marido é estudioso da arte da criptozoologia, não vai esquecer tão cedo (por mais que ela diga o contrário) do encontrão atrapalhado, com direito a câmera lenta e dois dedos do meio direcionados ao barman.

Não há cães para acariciar em Disco Elysium, mas você pode despejar toda essa ternura na caixa de correios (evidentemente que chutá-la também é opção).

O seu Forgotten Realms particular

“Planescape: Torment” é considerado por estudiosos da era de ouro dos RPGs de computador o manifesto do refinamento em texto, narrativa, roteiro, e do que esse tipo de mídia foi e seria capaz de criar.

Disco Elysium é condensado e formulado com os mesmíssimos fundamentos, mas a mensagem foge do medieval fantástico —o momento de karaokê bêbado não me deixa mentir.

Saúde física e mental precisam andar em dia, e aí entra o uso de substâncias psicotrópicas, ilícitas ou não. Para ganhar dinheiro, você precisa coletar garrafas para reciclá-las. Ao menos, é uma tentativa de fazer o mundo melhor.

Atitude de punk-rock estoniano: anárquico, caótico

Se David Lynch tirou inspiração para finalizar seu “Eraserhead” de uma citação bíblica (e jamais saberemos exatamente qual), as mentes pulsantes por trás de Disco Elysium consumiram punk-rock de sua terra-natal o suficiente para que o vírus do inconformismo anarquista fosse companhia constante, assim como os livros de Dungeons & Dragons ou o movimento Avant Garde russo.

Disco Elysium é um jogo nascido de cenário de RPG de mesa que virou novela para, então, ser concebido no formato de videogame – ou seja, estamos falando de criadores mais acostumados ao analógico que ao digital.

ZA/UM, o estúdio responsável pelo jogo, nasceu tão de garagem quanto as bandas ouvidas durante a adolescência tumultuada, dentro e fora de casa. E talvez fosse isso que o mercado de games estivesse precisando com tanta urgência para trazer um ar de novidade.

Nem sempre confie nos seus instintos

A cabeça de um detetive é um emaranhado de ideias, suposições e raciocínios. Em “Disco Elysium”, esse instinto é parte importante do gameplay. Dependendo de quais atributos você for melhorando ao ganhar níveis, diferentes áreas da sua mente vão entrar em ação na hora dos diálogos pelo mundo.

Lógica, retórica, drama e diversos outros conhecimentos vão te ajudar a descobrir mais sobre as intenções dos interrogados e alertar sobre locais escondidos e possíveis armadilhas. No entanto, assim como na realidade, nem sempre o raciocínio do seu detetive vai estar correto.

Desconfie especialmente de habilidades que estiverem com poucos níveis ou que tiverem vencido apenas testes fáceis para dar uma dica. Pensamentos que têm relação com a vontade do seu personagem de se acabar em bebedeira e drogas também não dão conselhos muito produtivos.

Respostas ruins ou que irritem o seu interrogado podem fechar opções de diálogo, dificultar desafios de rolagem de dado e até mesmo causar algo trágico, como o fim de uma sidequest ou mesmo a morte do seu personagem graças a uma reação desmedida.

Recicle para fazer dinheiro

Em Revachol, o dinheiro é para poucos. Um detetive que recebe quase nada e gasta o que tem com bebidas também não vai ter sucesso para pagar o seu quarto de hotel, quanto mais comprar bons itens para ajudar nas missões.

Um meio de fazer uma grana extra é reciclando garrafas. Para isso você vai precisar de uma sacola que fica próxima a dois veteranos na parte sul do primeiro cenário. Com essa sacola você pode recolher garrafas por todos os lados e trocar por dinheiro na loja de conveniência próxima ao hotel onde você dorme. Não é muito, mas ajuda a comprar aquele item em que você estava de olho.

Faça missões secundárias

Missões secundárias são a melhor forma de ganhar experiência. Há dezenas delas espalhadas pela cidade só esperando a sua ajuda para uma resolução. Algumas demandam que você encontre alguém em um momento exato do dia, outras pedem que você use algum dos seus atributos para investigar alguma coisa. A recompensa é sempre uma boa quantidade de experiência e, quem sabe, algum dinheiro ou item.

Para conseguir missões secundárias é preciso conversar com todo mundo, já que elas não ficam marcadas no mapa. Tente sempre esgotar as opções de conversa, e fique atento porque algumas delas estão escondidas embaixo de várias camadas de diálogo com NPCs.

Visite o mapa regularmente

O seu inventário em Disco Elysium é bem útil durante a jornada. Na parte chamada de ‘Journal’ você tem acesso a duas abas importantes. A primeira, de ‘Tasks’, mostra todas as missões ativas no momento, tanto principais quanto secundárias. Além das descrições, ela mostra qual o seu último passo e o que fazer a seguir. Com tantas missões, é bom voltar aqui regularmente para garantir que não esqueceu nada.

Na segunda aba está o mapa do jogo. Além de uma visão geral de Revachol, você conseguirá ver onde está cada local importante nesse mundo, inclusive pessoas com quem você pode ter alguma pendência ou algum desafio de dado não concluído. Basta ir descendo a barra para encontrar quem você estava procurando e qual a perícia que ele exige para completar um desafio.

Use ‘Tab’ sempre

O cenário de Disco Elysium é sempre bem carregado. Em áreas abertas isso dificulta identificar todos os objetos passíveis de interação, e em áreas fechadas algo sempre acaba ficando escondido. Para não te deixar na mão, o jogo colocou uma opção bem tradicional de RPGs isométricos: contornar tudo com o que você pode interagir.

Para ativar esse contorno, basta pressionar ‘Tab’. Sempre que chegar em um novo local ou suspeitar de algo, utilize o botão. Com algumas perícias ainda é possível descobrir objetos escondidos e entradas secretas.

Itens e roupas ajudam nos desafios

Vários dos desafios de rolagem de dados podem ser refeitos. Quanto maior a sua perícia no atributo que o desafio pede, maior a sua chance de conseguir executá-lo. Para te ajudar a conseguir mais pontos, você pode modificar as roupas do seu personagem. Cada peça de roupa conta com vantagens e, às vezes, desvantagens em algum atributo. Equipe as que você precisa e tente novamente.

Para um bônus ainda maior, você pode utilizar substâncias que causam dano à sua moral e saúde, mas melhoram algum atributo. Bebidas, cigarro e drogas são exemplos do que você pode conseguir pela cidade. Mas tome cuidado com a quantidade de usos, que pode complicar a vida do seu personagem.

Vida após as 21h

O seu parceiro Kim Kitsuragi vai estar durante todo o dia ao seu lado. Na maior parte do tempo ele é calado e não interfere muito nas suas atitudes, mas por vezes pode te impedir de fazer algo, como roubar uma bota de um cadáver.

Se você vai ser do tipo policial corrupto e prefere fazer essas coisas sem a presença do Kim, existe um meio. A partir das 21 horas é possível ir para o hotel e dormir. Assim que você entrar no seu quarto, o seu parceiro vai dar boa noite e ir para o quarto dele. Nesse momento é possível sair do seu quarto e abusar da noite na cidade, livre do olhar julgador do Kim. Só tome cuidado para não fazer nada de que vá se arrepender depois.

Como dormir em Disco Elysium?

Os desenvolvedores deste jogo nos fizeram algumas sugestões, porque eles nos dizem que é idéia ir com Roy para a loja de penhores, então podemos vender alguns objetos com ele recolher dinheiro, por outro lado, é importante continuar com a exploração, porque alguns recipientes às vezes contêm dinheiro, há também uma outra opção e é que Joyce pode dar algum dinheiro que ele está na doca, para isso acontecer é importante passar um cheque em branco de Volition.

Enquanto isso, outro lugar onde podemos obter dinheiro no contêiner fechado do porto, não é necessário fazer uma verificação, além de ter em conta o seguinte:

É importante ter tempo a nosso favor, então se o tempo for antes das 23.00 horas podemos equipar o saco de tara amarelo, então é necessário recolher a tara e vendê-la para Frite, por outro lado se for antes das 22.00 horas podemos passar um cheque com Sell e assim pedir dinheiro, então, recolher dinheiro suficiente é necessário com Garte no Whirling e cancelar o quarto de hotel porque desta forma podemos dormir em Disco Elysium.

Por outro lado, se você chegar às 2.00 da manhã e nós não conseguimos obter dinheiro se você voltar a um problema, uma vez que não podemos dormir e isso é uma desvantagem, e, por acaso, você não pode executar as operações relacionadas recentemente para levantar dinheiro, se esse caso for apresentado, basta recarregar a gravação de 23,00 e siga os passos acima.

Como ganhar dinheiro no Disco Elysium

Você precisará de muito dinheiro no Disco Elysium. Assim como na vida real, viver não é barato.O dinheiro é necessário para colocar um teto sobre sua cabeça, comprar comida para curá-lo e outras bugigangas que podem ou não ser úteis para suas investigações. Infelizmente, não é fácil conseguir dinheiro no Disco Elysium, mas há algumas coisas que você pode fazer para tentar obter mais.

A moedausado no Disco Elysium é chamado r & eacute; al. Se você quiser fazer alguma coisa –como obter um mapa –você precisará descobrir uma maneira de se tornar real. De fato, depois de acordar, você descobrirá que sua conta de hotel é uma gritante quantia de 130 r, significativamente mais do que seu saldo atual de zero.

Também vale a pena notar isso, a menos que você tenha um lugar livrepara dormir, você precisará pagar 20 dólares por dia para dormir no Whirling-in-Rags.Não apenas você precisará tentar avançar com a investigação todos os dias, mas também precisará descobrir uma maneira de obter mais dinheiro.

Coletando moedas

A primeiramaneira de obter r & eacute; tudo é simplesmente pegá-lo do chão. Espalhadas pelo mundo do Disco Elysium estão pequenas pilhas de moedas. Estes costumam chegar a alguns centavos, mas é melhor que nada. De fato, é provável que você encontre 50 centavos ímpares fora do seu quarto de hotel. Comece bem!

Venda itens para a casa de penhores

Outra maneira de ganhar dinheiro rápido no Disco Elysium é vender itenspara a loja de penhores. Você pode encontrar a casa de penhores ao sul de Whirling-in-Rags. Esta loja é administrada por um sujeito interessante que tem um leve vício químico. Traga a ele qualquer coisa interessante que você encontrar e você pode fazer algo real.

Os tipos de coisas que você pode penhorar para r & eacute; todos são: a caneta chique que Kim lhe dá, fotografias que você encontra, uma caneca quebrada. Basicamente, tudo o que você acha que não precisa pode ser vendido.A única coisa que o dono da loja de penhores não compra é a sua roupa, e ele absolutamente não compra a sua gravata.

Caridade de estranhos

Finalmente, a última maneira de conseguir dinheiro no Disco Elysium é literalmente implorar a estranhos por sua caridade. Embora nem todos os NPCs possam receber uma apostila, há alguns em que a opção está disponível.

Há uma mulher bastante próspera em um barco à esquerda de Martinaise chamado Joyce Messier. Depois de conversar um pouco com ela, você pode pedir uma apostila. Se você pedir uma quantia razoável, é provável que você a consiga. Uma boa idéia é pedir 130 r & eacute; al, apenas para cobrir os danos que você causou antes de começar a jogar.

Conseguir dinheiro no Disco Elysium é difícil.Não há muito o que encontrar no mundo, mas existem maneiras de ganhar dinheiro.Não se envergonhe de pegar garrafas para reciclagem, vender itens para a loja de penhores e até pedir um folheto a estranhos. Você precisará usar todas as avenidas se quiser manter o teto sobre sua cabeça ou seus medidores de saúde e moral cheios. Para obter mais cobertura do Disco Elysium, você já está no lugar certo.

Referências:

Joy Stick Brasil, Xbox Play, Uol, Wikipedia.

Sea of Thieves

Sea of Thieves é um jogo eletrônico de ação-aventura produzido pela Rare e publicado pela Xbox Game Studios exclusivamente para Xbox One e Windows 10, sendo lançado em 20 de março de 2018.

O jogo contem elementos de jogabilidade na primeira pessoa e utiliza conteúdo gerado pelos usuários, em que os jogadores tem a possibilidade de criar as suas próprias historias usando as ferramentas disponibilizadas pelo jogo. Num cenário de piratas, em Sea of Thieves os jogadores podem jogar cooperativamente num ambiente multijogador em mundo aberto.

Tudo começa na Cantina

Uma vez passado tela do lobby , escolhido o modo de jogo que deseja, seja na tripulação ou sozinho com um pequeno barco, apareceremos na cantina. Embora o local sugira que terá um papel maior na versão final, por enquanto, é apenas o ponto de partida da nossa aventura, e um lugar para relaxar, recarregando nossa jarra cheia de cerveja gratuitamente. Se você jogar com os amigos, ou usando a função de matchmaking do jogo, espere até que todos os seus companheiros apareçam.

Lojas, as empresas piratas e o cais

Do lado de fora da cantina, podemos ver uma série de edifícios de madeira, dentro dos quais podem ser empresas comerciais ou lojas próprias. Na versão atual, encontraremos algumas lojas de objetos puramente cosméticos, e apenas uma empresa pirata, a dos caçadores de tesouros. No início do jogo, não temos moeadas, teremos que ir à empresa comercial para comprar nossa primeira missão. Não tenha medo, a primeira é gratuito, e depois você poderá comprar outras missões. Além do dinheiro, a empresa nos recompensará com níveis de prestígio, o que nos permitirá acessar missões mais complexas e lucrativas.

Navegação, primeiros passos no barco

A navegação em Sea of Thieves é o elemento principal, um bom navegador ou uma equipe combinada irá cumprir suas missões de forma mais rápida e segura. Existem dois tipos de barco, um pequeno para um ou dois piratas, e o grande barco para tripulações de até quatro piratas. Seja qual for o nosso barco, terá alguns instrumentos básicos de navegação.

A primeira coisa que devemos fazer ao embarcar no navio é ir para a cabine do capitão, sempre acessível a partir do convés, propor a missão ou as missões que compramos e votar na mesa do capitão para a missão que queremos realizar. Todos os piratas votam para escolher a missão lá.

Uma vez que uma missão foi aceita, teremos um ou vários pergaminhos acessíveis em um menu radial que aparece enquanto pressionamos o RB. Para os caçadores de tesouros existem dois tipos de pergaminhos, mapas de tesouros e trilhas de piratas. Enquanto com os mapas devemos examinar o mapa do navio para encontrar uma ilha que corresponda à do desenho, nos pergaminhos teremos que ir para a ilha indicada, ele terá as “charadas” de onde o tesouro está escondido, e assim você vai chegando perto, novas dicas vão aparecendo no pergaminho.

Uma vez que o destino foi decidido, alguém deve estar no leme (volante), e o resto da tripulação deve ser dividida entre o mapa na cabine do capitão onde o timoneiro deve ser informado sobre onde ir e o restante manuseia as velas.

Manejar corretamente as velas é essencial para capturar as correntes do vento e usá-las para nossa vantagem e manobrar com o barco em momentos difíceis.

Quando quisermos “estacionar”, devemos abaixar a âncora, que estará no convés, ou ao lado do leme dependendo do tamanho do barco. Navegue e vá para a ilha, sempre tendo o cuidado de evitar ilhotas e rochas que possam estar no seu caminho, se você não quer acabar afundado.

Quando você chega ao destino, recomendo que você se aproxime com as velas a meio mastro para evitar bater na ilha e, finalmente, ancorar o mais próximo possível da costa.

A caça ao tesouro

Uma vez que você está desembarcado, é hora de procurar o baú do tesouro, para isso e de acordo com a missão, você terá que se guiar através da ilha com a ajuda da bússola (acessível no menu radial que aparece pressionando LB), seguindo as pistas ou procurando o lugar marcado com uma cruz vermelha em seu mapa da missão. Quando você acredita que está no ponto indicado, tire a pá do menu radial de objetos (LB) e desenterre tesouros. No começo, pode ser um pouco confuso, e você falhará algumas vezes, mas logo você perceberá que não é complicado. Busque por madeira na ilha (para tapar buracos no navio), munição e bananas (regeneram a sua vida)

Na sua busca, muitos inimigos poderão aparecer, sejam jogadores reais ou figuras do próprio jogo. Depois leve o tesouro para o barco, alguns tem maldições, então fique de olho neles. Leve o tesouro para o ganancioso que te dá missões.

Na volta, você com muitos tesouros, evite tretas, mas se não tiver como sair: aproveite o vendo, use a âncora para fazer drift, meta bala nos inimigos sem pena, entre no canhão e se atire no navio deles, se eles te acertarem vá tapar os buracos e tirar a água com o balde. O legal é no meio da confusão, ir no navio inimigo, não matar ninguém e levar o ouro deles nas caladas.

Sempre que possível, jogue acompanhado

Explorar e desbravar os sete mares ao lado de outros jogadores é, de longe, uma experiência muito mais agradável. Além disso, as missões ficam mais fáceis quando se está acompanhado, já que o seu navio estará mais seguro com outros homens a bordo.

A desvantagem ao iniciar sozinho, com um barco mais frágil e compacto, é que você ficará mais exposto e não terá a ajuda caso tenha a embarcação invadida por outros grupos. Sempre que possível, jogue acompanhado para acumular ouro mais rápido.

Conserte o navio

Independentemente da embarcação a ser escolhida, saiba que todas podem afundar ao serem danificadas. Fique de olho em alguns sinais do navio, pois você poderá perder ouro ao vê-lo naufragar.

Use o balde para tirar a água em excesso, que fica na área inferior ao convés, e utilize madeira para fechar os buracos de colisões ou disparos inimigos. Em barcos maiores, procure distribuir as tarefas de restauração entre os seus aliados.

Pegue missões antes de partir

Antes de partir para uma viagem, certifique-se de ter ao menos três jornadas ativas em seu inventário – de preferência, uma de cada facção para progredir igualmente. Para ativá-las, fale com os mercadores nos postos avançados e defina o objetivo.

É importante ressaltar que, conforme o progresso, solicitações de missões passam a ter um custo em ouro. Portanto, escolha com atenção e foque em objetivos mais simples, caso você esteja sozinho, ou que dão mais trabalho, se você estiver com os amigos – eliminar hordas de caveiras, por exemplo, é um ótimo objetivo para se cumprir em equipe.

Você pode ativar qualquer uma das três jornadas disponíveis em seu inventário dentro do próprio navio, a partir da mesa de missões – que fica alocada na mesma área do mapa.

Caso a jornada não esteja ativa, você não conseguirá visualizar o seu objetivo, assim como o mapa do destino a ser descoberto. Se a jogatina for em modo cooperativo, os seus companheiros ainda podem votar se desejam ou não seguir com a proposta de aventura.

Preparação é fundamental

O sistema de navegação é, sem dúvidas, um dos pontos mais altos de Sea of Thieves. Embora seja um pouco complexo à primeira vista, o processo de preparação se torna natural à medida que o jogador progride e faz novas viagens.

Antes de explorar os sete mares, lembre-se de içar as velas e posicioná-las estrategicamente para que o barco navegue de acordo com a maré. Outro ponto importante é prender e soltar a âncora antes de embarcar ou chegar a um novo local.

Colete recursos pelos cenários

É importante coletar madeira e outros tipos de matéria-prima para reabastecer o estoque do navio. Explore os cenários de forma minuciosa e colete recursos em baús, caixas e outros objetos de interação posicionados nas ilhas.

Entenda a roda de itens antes de explorar o mundo

Sea of Thieves é escasso em explicações e tutoriais, mas de forma proposital justamente para estimular o jogador a descobrir sozinho seus objetivos e atividades pelo mundo. Isso fica claro assim que o personagem desperta em uma ilha sem qualquer tipo de instrução.

Por conta disso, é altamente recomendável dar uma atenção especial aos recursos disponíveis na roda de itens. Dedique-se a aprender as funcionalidades de itens essenciais, como o binóculo, a bússola, enxada, lanterna e até dos itens consumíveis – comer banana, por exemplo, restabelece a barra de vida.

Entregue o ouro em segurança

A dinâmica de jogo é bastante simples, porém pode causar confusão por não trazer muitas explicações. Ao aceitar jornadas em uma das três facções de mercadores, nos postos avançados, cumpra o objetivo e leve o baú de tesouro ao mercador que lhe ofereceu a missão.

Caso você não volte com o baú, o prêmio em dinheiro não será concedido. Tenha em mente que quem abre a arca para entregar o ouro é o mercador, então transportar o item em segurança até ele é uma das partes mais importantes do loop de missão. Apenas tome cuidado para não ser atacado por um Kraken ou piratas rivais durante o percurso.

Escolha seu pirata

Assim que o jogo iniciar, você terá a opção de escolher o seu personagem. O jogo não possui um editor específico e sim um gerador automático de piratas. Utilize-o para gerá-los a vontade, até achar um com o qual você se identifique. Você pode salvar os piratas de que gostar clicando na opção Favoritos, assim não perde o modelo enquanto vai experimentando com as criações aleatórias da Rare.

Monte uma tripulação

Em “Sea of Thieves”, você encontrará um mundo repleto de lugares secretos, enigmas, tesouros e claro, outros jogadores prontos para afundar seu navio. A decisão de como explorar tudo isso é sua. Assim que abrir o jogo, você poderá definir o número de pessoas que aceita em sua tripulação, que pode ter no máximo 4 jogadores.

Você até pode jogar sozinho, mas é bastante recomendável pelo menos mais um tripulante: a experiência de jogo foi pensada para partidas cooperativas, seja na exploração das ilhas de “Sea of Thieves” ou na hora de conduzir a embarcação de forma eficiente.

Caso você não tenha nenhum amigo para jogar no momento, pode utilizar o ‘matchmaking’ do próprio jogo e montar sua equipe com outros jogadores que encontrar online. Como todos os assinantes do Xbox Game Pass receberam “Sea of Thieves” no catálogo, gente procurando outros jogadores não vai faltar!

Tudo para ser lendário

Seu objetivo em Sea of Thieves no final do jogo, se é que podemos dizer que o game tem um final, é se tornar um pirata lendário. Isso traz uma série de benefícios como um barco todo elegante, vestimentas, armas e muito mais do que um jogador que está neste nível merece. Os produtores do game acreditam que outros jogadores vão ficar intimidados ao ver este pirata lendário ou vão querer se juntar a ele, já que ele tem acesso a mapas com tesouros mais raros e valiosos.

O mundo do game também não deve esquecer as façanhas deste pirata lendário. Chegar nesse status vai dar um esconderijo próprio, que os outros jogadores não terão acesso. Uma das vantagens é ali ser o seu ponto de respawn, seja morrendo em uma aventura, seja começando o game novamente. A ideia, segundo os desenvolvedores, é fazer com que o mito de um lugar desconhecido e acessível se espalhe pela comunidade.

Para chegar lá, você vai ter muito trabalho realizando missões e trabalhos, comércio, descobrir tesouros, enfrentar esqueletos e monstros, além de outros jogadores.

Conversar bastante… E escutar também

Por ser totalmente online, Sea of Thieves tem chat por voz como um dos melhores recursos para se comunicar com seus companheiros de navegação ou até explorando o mundo sozinho.

Como em qualquer “party”, você consegue conversar com seus colegas em qualquer lugar, o que ajuda a ver quem vai mover as velas para pegar velocidade, quem vai tirar água do porão, quem vai cuidar dos canhões e quem vai pegar no leme.

Mas há um recurso bem interessante. Quando você se aproxima de piratas que não estão em seu grupo, você começa a escutar suas vozes ao longe. Quando entra no navio deles, por exemplo, consegue escutar tudo. Depois de uma batalha com muitas mortes, todos se encontram em um barco fantasma e lá também dá para conversar. Já imaginou qual é o papo nesses momentos?

Tesouros especiais dos esqueletos

Imagine você navegando pelo final da tarde, aquele sol bonito, mar calmo e uma brisa suave quando, de repente, você dá de cara com uma nuvem em forma de caveira no horizonte. Ela chama a sua atenção e logo você parte com a promessa e a expectativa de que há algo bom ali.

E há algo bom! Os maiores tesouros do game estão nesses QGs dos esqueletos, que aparecem aleatoriamente no mapa. Só que, por ter coisas valiosas, todos os piratas do jogo vão para o local e, além de ter que eliminar os esqueletos para carregar o seu navio de tesouros, você terá que enfrentar uma dezena de jogadores. Tem coragem e habilidade?

Kraken(s)

Você vai navegar bastante em Sea of Thieves mas tudo bem. O mar é belíssimo assim como os cenários. E mesmo que existam ilhas no mapa, há muito que não aparece nas cartilhas de navegação. Por isso, surpresas vão aparecer… Boas ou ruins.

Uma dessas surpresas é o Kraken (ou seriam Krakens). Ele aparece quando você menos espera e ataca o seu navio, levando tudo o que você deixou nele. Já pensou em voltar de missões carregado e se deparar com seus tentáculos gigantes? Ele é forte, mas acho que é possível derrotar ele. Essa derrota do Kraken certamente vai ser uma história muito contada pela comunidade.

Crie sua própria história

Por mais que você tenha um mundo enorme pela frente, a história de Sea of Thieves quem faz é você. Todas as suas conquistas sozinho ou com amigos, todos os acontecimentos e os encontros, se tornam uma história de piratas a ser contada — eu mesmo já estou aumentando as coisas que acontecem comigo: já naveguei bêbado de rum e ajudei um companheiro a não ser comido por dois tubarões por conta da minha boa mira.

Ainda mais se você alcança o posto de pirata lendário, poderá acessar o tal esconderijo secreto e muito mais.

Hora de zarpar!  

Você já tem uma tripulação e seu navio, agora é hora de começar a aventura pirata. Aí vem a parte mais interessante do jogo, a navegação. No início é normal ficar meio perdido com os controles, mas com pouco tempo as coisas fluem naturalmente e você terá uma experiência agradável vagando pelos mares. Entenda como navegar de forma fácil:

Âncora: O primeiro passo para fazer seu navio “andar” é erguer a âncora. Próximo a popa (parte de trás do navio), existe uma engenhoca que você e sua tripulação podem rodar para subir a âncora. Para parar o navio basta abaixar a âncora novamente. Na corveta, um jogador sozinho pode subir e descer a âncora facilmente. Já no galeão, o ideal é que pelo menos dois jogadores executarem a tarefa para não demorar muito.

Velas: Nas laterais do barco estão os suportes onde as velas são amarradas. Elas podem ser içadas e abaixadas por algum membro da tripulação a qualquer momento. Logo atrás dessa amarra, existe uma roldana que permite movimenta-las, para ficarem na melhor posição em relação ao vento, gerando assim mais velocidade ao barco. O segredo aqui é sempre ficar atento as bandeirinhas instaladas em cima do mastro: elas balançam para o lado que o vento estiver apontando.

Então, basta virar a vela para a mesma direção das bandeiras e o barco terá um impulso extra para chegar ao destino ou escapar de alguma emboscada.

Timão: Você está navegando, então alguém precisa controlar o navio. Esse jogador ficará responsável pelo timão, que é o volante da embarcação. O controle é bem simples, ao girar o timão para a direita ou para a esquerda o barco fará uma curva para a direção desejada. Assim que estiver no rumo certo, basta centralizar a engenhoca novamente e você chegará ao seu destino. Para não ficar perdido, fique de olho na bússola ao seu lado.

Canhões: Entre krakens e navios inimigos, vira e mexe você precisa defender a embarcação de alguma coisa. Para isso existem fileiras de canhões em ambas as laterais do navio.

O primeiro passo para usá-los é colocar munição, que você pode levar no inventário ou pegar na parte de suprimentos do navio. Munição para os canhões também é encontrada nas ilhas e em navios naufragados. Após carregar o canhão, um pavio aparecerá para indicar que ele está pronto para o uso. A partir daí é como em qualquer jogo de tiro: mire e atire!

Mesa de Missões: É aqui que o grupo de piratas decide o que vai fazer durante a partida. Cada jogador pode carregar uma missão e é preciso escolher uma delas para fazer. Todos colocam as missões na mesa e votam naquilo que querem fazer primeiro. Aquela que receber mais votos será considerada a missão ativa. Os piratas são uma sociedade democrática!

Mapa: Assim que a missão for escolhida, cada jogador receberá um ou mais mapas indicando onde estão os tesouros, suprimentos ou inimigos a serem destruídos. Cada mapa contém o desenho de uma ilha que você deve achar no mapa global, que fica numa mesa grande em seu navio. Use o mapa global para achar as ilhas e marcá-las, ver a posição do seu barco, ajudar o capitão a guiar o navio e encontrar outras locações que podem aparecer pelo caminho da embarcação.

Tenha sempre suprimentos!

Existem 3 suprimentos principais que podem ser guardados no navio. Eles podem ser encontrados nas ilhas ou em barcos naufragados. Quase todos ficam guardados em barris no andar mais baixo da sua embarcação. São eles:

Bolas de canhão: Esse em especial fica na parte superior do navio, próximo a porta da cabine. Nada mais são que a munição dos seus canhões. Você pode levar algumas com você, afinal existem canhões nas ilhas também e você pode usá-los para defendê-la de invasores e deixar as outras no barril para usar sempre que precisar

Madeira: Durante o combate, navegando por tempestades ou em acidentes na direção, seu barco fatalmente será danificado. Para consertar os buracos e evitar que seu navio afunde, use uma madeira. Basta chegar próximo ao buraco com uma equipada e apertar o botão indicado para efetuar o conserto.

Bananas: Não é só o navio que se danifica nessa jornada. Seu personagem pode entrar em combate de espadas com caveiras amaldiçoadas, trocar tiros com outros jogadores ou mesmo cair de um penhasco. Para recuperar a sua barra de vida, basta comer uma banana. Tenha sempre algumas com você e quantas possíveis no seu navio.

Itens e armas

Um bom pirata precisa de muito mais do que uma perna de pau e um tapa olho para conseguir seus tesouros. Para isso o jogo te oferece uma vasta seleção de itens e armas para levar nas suas aventuras. Confira os mais importantes:

Pá: Necessária para cavar os tesouros escondidos debaixo da terra. Sempre que achar que está sobre o X do mapa, use-a para tentar achá-los.

Bússola: O jogo não tem aqueles indicadores que mostram exatamente o que fazer em cada missão ou onde estão enterrados os tesouros, então nada de GPS. Para chegar ao local desejado e achar onde está o X dos mapas, é necessário usar a bússola para se guiar.

Relógio: O jogo tem um sistema de dia e noite e um contador de tempo interno. Certas missões precisam ser executadas antes que o tempo acabe, para isso fique sempre atento ao seu relógio de bolso para saber que horas são.

Balde: Se seu navio estiver furado, ou enfrentando uma tempestade, ele vai começar a se encher de água de baixo para cima. Para evitar que ele afunde ou perca velocidade, use o balde para retirar a água acumulada.

Acordeon: A princípio ele serve somente para animar as viagens com cantigas piratas e comemorar algum feito, mas existem missões que precisam do seu uso para serem completadas.

Caneca: Após completar as missões, ou mesmo durante elas, afinal você é um pirata, não pode faltar o rum. Só tome cuidado para não ficar muito bêbado.

Luneta: Essencial para avistar terra, barcos inimigos e observar gaivotas voando quando não se tem o que fazer, acredite é mais legal do que parece.

Lanterna: Como dito acima, o jogo tem um sistema de noite, que fora do navio dificulta muito a sua visão. Tenha sempre a lanterna com você para esse tipo de missão.

Armas: Todo pirata pode carregar 2 armas. Uma delas é a sua fiel espada, enquanto a outra, de longo alcance, você pode escolher. Existe uma versão que se compara a pistola, outra a uma escopeta e uma com mira de longo alcance. Independente da que achar melhor, não esqueça de carregar suas balas no navio, próximo a mesa do mapa.

Missões, facções e outposts!

Um dos lugares mais importantes do jogo são os outposts. Nessas ilhas é possível pegar novas missões, comprar itens para o seu personagem, encontrar outros jogadores nas tavernas e ainda customizar o seu navio. Mas cuidado, se seu navio estiver carregado de tesouro, o outpost é um lugar perigoso, pois está sempre repleto de outros jogadores que definitivamente vão te roubar. Tente esconder o seu navio em torno da ilha, abaixe as velas e desligue as lanternas se estiver a noite. Caso estiver de dia, deixe alguém tomando conta dos tesouros enquanto os outros vão vendendo.

As missões podem ser obtidas de 3 facções diferentes, cada uma com seu foco. A medida que você vai às completando, sua reputação com cada uma das facções vai aumentando, possibilitando que você pegue missões mais desafiadoras e até mesmo as chamadas grandes viagens, uma espécie de conteúdo endgame. Confira abaixo as facções:

Mercadores: Os mercadores querem sempre recursos para usarem nas suas vendas. Para isso eles vão te pedir para procurar animais raros pelas ilhas, suprimentos básicos e avançados e outras surpresas mais. As missões deles vêm sempre com tempo para serem cumpridas, então fique atento ao relógio.

Acumuladores de tesouros: Essa facção está sempre atrás de ouro e tesouros enterrados. Suas missões envolvem pegar um ou mais mapas com alguma ilha desenhada e um x marcado e ir atrás do tesouro perdido. Quando for evoluindo sua reputação com essa facção, algumas missões se tornarão enigmas que precisam ser desvendados para achar o tesouro.

Ordem das almas: Os integrantes da ordem das almas são envoltos em misticismo e buscam caveiras de antigos piratas mortos-vivos para seus rituais. Basicamente as missões envolvem combate com chefes escondidos em ilhas distantes. Ao destruir esses esqueletos mortos-vivos, você poderá pegar sua caveira e trazer de volta para sua recompensa em ouro.

Dicas importantes!

Agora que você sabe tudo que precisa para começar sua aventura, fique ligado nessas dicas especiais para se dar bem no jogo:

Esconda bem seus tesouros: Com tantas missões ao mesmo tempo, é normal que o navio fique com vários tesouros e suprimentos. Guarde eles na parte mais baixa do seu navio, ou mesmo no topo do seu mastro. Outros jogadores podem roubar o seu tesouro num momento de vacilo, então dificulte a tarefa deles.

Navegue sem lanternas ligadas: Se você quer evitar o combate durante as longas noites de SoT, navegue com as lanternas desligadas. Fica bem mais difícil de ser visto a distância e facilita que você chegue ao seu destino em segurança.

Comunicação é a chave: Durante a navegação todos precisam saber o que fazer, para isso é muito importante usar o chat do jogo. Se não for possível usar um microfone, use as frases prontas na roda de chat, isso facilitará a comunicação. Saber a nomenclatura das partes do navio como proa e popa, ajuda na comunicação e faz a experiência ficar mais real também.

Armas podem ser usadas debaixo d’água: Algumas missões ou mesmo explorações aleatórias podem envolver entrar em um navio naufragado e consequentemente mergulhar. Tome cuidado com os tubarões que te atacam, você pode usar suas armas debaixo d’água para matá-los.

Homem ao mar!: Em algum momento da sua aventura, algum de seus tripulantes pode acabar caindo no mar, ou mesmo você! Pela minha experiência até agora, não compensa virar o barco para o resgate. É isso mesmo. Mas não se preocupe, assim que o barco tomar certa distância, uma sereia aparecerá e você terá a opção de teletransportar de volta para a embarcação.

Drift na água: Você pode fazer uma espécie de “drift” no barco para girar ele na direção do barco inimigo, ou mesmo parar próximo a uma ilha. Para isso basta descer sua âncora ainda em movimento acelerado e girar o o timão para esquerda ou direita.

A morte é só mais um passo!: Você vai morrer varias vezes durante o jogo e acabar parando em um barco assustador digno de piratas do caribe, com um capitão morto-vivo navegando para o além. Use a porta que irá se abrir para voltar novamente ao seu barco.

Referências:

Windows Club, Uol, Br Ing, techtudo, wikipedia.

Rage 2

Rage 2 (estilizado como RⒶGE 2 ) é um videogame de tiro em primeira pessoa desenvolvido pela Avalanche Studios em conjunto com a id Software e publicado pela Bethesda Softworks. O jogo é a continuação do jogo Rage, de 2011. O jogo foi lançado para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One em 14 de maio de 2019. Recebeu críticas mistas dos críticos, com elogios por seu combate, mas críticas por sua história, personagens e jogabilidade em mundo aberto.

Gameplay 

Rage 2 é um jogo de tiro em primeira pessoa . Os jogadores assumem o controle de um ranger chamado Walker, que é livre para explorar o mundo aberto de ficção apocalíptica do jogo . Os jogadores têm controle sobre alguns dos atributos de Walker, como gênero, habilidades ou vestuário. Walker é capaz de usar várias armas de fogo e ferramentas para lutar contra os inimigos, incluindo o retorno de armas, como a asa de asa. Os jogadores podem desenvolver as habilidades de Walker com poderes baseados em Nanotrite. Através de um modo chamado Overdrive, as armas de Walker causam mais dano, os inimigos perdem mais energia e são curados constantemente – proporcionando aos jogadores uma maneira agressiva de derrubar os inimigos. Nanotritos do primeiro jogo, que agem como poderes especiais e habilidades, também podem ser usados ​​para aumentar a eficiência do combate. O jogo também apresenta combate veicular, incluindo caminhões, buggies e girocopters, com o jogador sendo capaz de dirigir qualquer veículo no mundo do jogo. 

Seja agressivo e não fique parado

Contrariando as tendências do mercado de implementar mecânicas de furtividade aos jogos de tiro atuais, Rage 2 aposta em um combate dinâmico e frenético. Para sobreviver, é necessário partir para cima dos inimigos variando entre armas de longa e curta distância e usando habilidades desbloqueáveis.

A habilidade de esquiva, por exemplo, é essencial, uma vez que os inimigos são inteligentes e atacam com rapidez e precisão, além de nunca ficarem parados esperando uma ação do jogador. Ser agressivo também contribui para acumular combos que, consequentemente, liberam um golpe de finalização devastador conhecido como Sobremarcha.

Vá atrás de Arcas

As arcas são abrigos criogênicos que armazenam poderes experimentais e armas de alta tecnologia. É por meio delas que o protagonista consegue ampliar seu arsenal de armas e ficar mais forte com novos recursos de batalha. No começo da aventura, o ideal é buscar todas as estações indicadas no mapa para progredir nas missões da história com o personagem devidamente evoluído.

Os abrigos são sinalizados no minimapa por um ícone azul e ainda garantem uma boa quantia de dinheiro como prêmio. Quando descobertas, as arcas fortalecem as Operações dos aliados e ajudam a avançar na missão principal do Projeto Adaga.

Fortaleça o seu veículo

Assim como em qualquer outro jogo em mundo aberto, boa parte da aventura de Rage 2 se passa na estrada, no caminho entre uma atividade e outra. Contudo, o mundo pós-apocalíptico é hostil e não perdoa jogadores mais fracos. Aprimorar e fortalecer o veículo com novas peças e armas é a única forma de sobreviver.

Há diversos carros a serem desbloqueados no decorrer da aventura. Você pode adquirir peças novas diretamente dos comerciantes das cidades e ainda ganhar novos veículos como recompensa por vencer corridas no deserto. Também é preciso saber o momento certo de fugir – faça bom uso do nitro -, pois há comboios de nível superior circulando desde o início.

Explore o mapa

Há um propósito maior para se explorar o imenso mundo de Rage 2. A economia do jogo gira em torno de componentes que podem ser encontrados pelo mapa. Com feltrita, por exemplo, é possível aumentar taxas de dano, cadência e manuseio das armas, enquanto o dinheiro é usado para obter peças de comerciantes locais.

Você também pode encontrar acelerador de nanotritos para comprar vantagens de habilidades que já estão desbloqueadas. Abra o minimapa e procure por ícones marcados com um ponto de interrogação, que geralmente são pontos de interesse com recompensas satisfatórias.

O lixo é valioso

Enquanto estiver explorando, você vai encontrar muitos componentes indesejados que não vão servir para absolutamente nada. Deixe-os armazenados em seu inventário e vá ao comerciante mais próximo para vendê-los. O limite de armazenar lixo é de 1 mil, então lembre-se de se desfazer dele com regularidade.

Mantenha o estoque de itens sempre cheio

Antes de invadir uma base inimiga, certifique-se de que os estoques do seu inventário estão abastecidos. Infusão de saúde, por exemplo, que é o item usado para restabelecer a saúde, não pode faltar em momentos críticos. Você pode criar e aprimorar itens secundários a partir da aba “Inventário” do menu.

Por fim, é igualmente importante manter o estoque de Wingsuit, Granada e Drone de Torreta, visto que são itens essenciais para complementar o caos instaurado nos combates.

Parte da vida regenera sozinha

Você ainda precisa coletar itens de cura para recuperar sua vida, mas saiba que parte dela se auto-regenera. Então, na hora do aperto, procure algum lugar para se esconder e aguarde alguns segundos para regenerar pelo menos um pouco da sua vida.

Não poupe nenhuma caixa

As caixas de suprimentos em “Rage 2” são essenciais: trazem dinheiro, minérios, itens de cura, munição e materiais de criação. Existem milhares delas pelo jogo, e o ideal é que você nunca deixe de quebrá-las ou abri-las. As rosas ou metálicas são as mais importantes. Se o jogo indicar que existem algumas delas no local onde você está, pode investir seu tempo procurando por elas.

Use e abuse da Sobremarcha

Depois que você mata um determinado número de inimigos, é possível utilizar essa habilidade. Ela é extremamente útil pois aumenta consideravelmente seu dano e ainda por cima regenera sua vida.

Ajude o Marshall primeiro…

Quando você ganhar acesso ao mapa, terá três objetivos principais pela frente. O recomendado é que você primeiramente siga até o ponto de encontro com o Marshall, pois a missão dele lhe dá acesso à Escopeta de Combate, uma das melhores armas do jogo.

… depois vá até o Dr. Kvasir

Depois de ajudar o Marshall para obter a Escopeta de Combate, o ideal é que você siga para o local do Dr. Kvasir. Ao abrir a árvore de projetos dele, você consegue obter duas habilidades de Rastreamento que permitem descobrir com muito mais facilidade onde estão escondidos os Datapads e Contêineres de Suprimentos.

Não esqueça de “upar” suas habilidades e armas

Com tanta ação ininterrupta, pode ser que você esqueça de melhorar suas armas, itens e habilidades. Então, depois de algumas horas jogando, é sempre bom dar um pulinho no menu e ver aquilo que você melhorar com os recursos que obteve.

Apenas seu carro pode ser “tunado”

Embora existam vários veículos no jogo, somente aquele com o qual você começa tem a possibilidade de receber melhorias. Mas então por que ir atrás de outros carros? É mais para conseguir peças para serem utilizadas no seu veículo principal, já que nenhum dos demais transportes sobre rodas chega aos pés dele.

Colecionáveis não rendem troféus/conquistas

Diferentemente da maioria dos jogos, você não precisa se preocupar com os itens coletáveis caso seu objetivo seja obter um determinado troféu ou conquista, pois nenhum deles fornece isso em “Rage 2”.

Evolua as habilidades estrategicamente

Depois de destravar a Skill Tree das habilidades, preocupe-se em primeiro lugar com o cooldown, o tempo de recuperação necessário até que você possa utilizá-la de novo.

Evoluindo esse aspecto primeiro ficará bem mais fácil de colocar os ataques especiais em prática. Consequentemente, você aprenderá os melhores momentos para utilizar cada uma delas mais rápido, integrando-as ao seu estilo de jogo.

Use o modo Overdrive

Utilizar as habilidades em combate vai lentamente preenchendo a sua barra de Overdrive. Uma vez ativado, esse modo melhora temporariamente todos os seus nanotritos, fazendo com que os ataques causem mais dano. Além disso, sua vida passará a se regenerar de acordo com a lista abaixo:

Nível 1 – Regeneração com fator de 100%

Nível 2 – Regeneração com fator de 110%

Nível 3 – Regeneração com fator de 120%

Nível 4 – Regeneração com fator de 130%

Saltando como um louco

Rage 2 não é o seu típico “Cover shooter”, como Gears of War e tantos outros que forçam o jogador a adotar uma posição mais defensiva, em constante busca por abrigo. Pelo contrário, ele foi projetado para fazer com que os players ataquem os inimigos de frente, sem pararem para pensar sequer por um instante.

Por isso uma das habilidades mais importantes é o dash (Passada), uma esquiva rápida essencial para não ser atingido pelas ondas de inimigos. A habilidade é especialmente útil contra Authority Sentries e Cyber Crushers.

Todos de uma vez

Aproveitando o embalo dos pulos, é obrigatório dominar a mecânica de salto gravitacional. Muito além de uma forma de desviar dos ataques alheios, ela pode ser usada como uma ferramenta de ataque em conjunto com a habilidade Enterrada (Slam), que faz o seu personagem descer pelos céus furiosamente até esmagar o chão e tudo aquilo que estiver acima dele. Quanto mais do alto você vem, mais forte fica o golpe.

Inimigos atingidos diretamente pelos seus punhos serão transformados em geleia de sangue. O impacto gerado afeta todos ao seu redor, fazendo voar alguns dos monstros mais leves. Essa é a oportunidade perfeita para brincar de tiro ao alvo. Entre no modo de mira e mande bala!

O Slam também tem outra função importante, que é a de anular o dano recebido por quedas muito altas. Na dúvida, se você pulou de um penhasco e está com medo de perder vida, mande ver na habilidade. 

Não seja louco de encarar o comboio…

… Sem a devida preparação! Dizemos isso porque o Phoenix (sempre ele!) é uma verdadeira máquina de guerra, tendo um enorme arsenal à disposição daqueles que quiserem fazer os upgrades. Algumas das opções incluem:

Blast: um pulso que desativa as defesas alheias e revela pontos fracos nos veículos alheios

Cruise Missile: Míssil teleguiado que vai em cheio rumo ao ponto fraco do veículo inimigo

20MM Cannons: Metralhadoras giratórias automáticas com munição de 20mm, perfeitas para complementar os mísseis guiados

Hellfire Mortar: uma chuva de morteiros que trará a morte de cima. Basta disparar e guiar em direção ao comboio

Se quiser mergulhar de verdade na briga, use o comando Ram do Phoenix. É como um Dash para o seu carro, perfeito para bater nos outros e jogar aqueles chatos direto para o penhasco. Depois de equipar o Phoenix com tudo o que listamos, vai sobrar poder de fogo para explodir qualquer comboio.

O freio de mão é seu aliado

Para fecharmos a lista, uma dica mais básica: não se esqueça de utilizar o freio de mão. Ele é a ferramenta perfeita para manobras rápidas e curvas fechadas. Em situações de combate, principalmente, uma guinada bem realizada pode tirar um caçador da sua cola e deixá-lo na posição perfeita para o contra-ataque.

Começando na Wasteland

Encontre todas as Arks espalhadas pelo mapa. São vitais para se obter todas as armas e habilidades no jogo. Você pode encontrar a localização das Arks falando com pessoas nas cidades, encontrando pistas nos data pads, ou apenas esbarrando nelas enquanto explora.

Passe bastante tempo com suas armas. Todas as armas podem ser melhoradas, ganhando funções adicionais, e muitas também possuem um segundo modo de tiro.

Rage 2 é sobre combate agressivo de linha de frente. Não se trata de um jogo de tiro de cobertura tradicional. Velocidade, agressão e violência reinam aqui. Entre na luta com as mãos sujas de sangue.

Junte Feltrite como se sua vida dependesse disso, já que vai acabar dependendo. Feltrite pode ser encontrado em caixotes pelo mundo, nos inimigos e em, meteoritos que caíram na Terra. Gaste Feltrite para melhorar suas armas e habilidades.

Gaste seus pontos de projeto! Tudo que faz no mundo te dá favor com um de três personagens principais. Conforme sobe de nível com eles, juntará pontos de projeto que podem ser gastos em melhorias adicionais. Aumentar a capacidade de munição é bastante útil, assim como poderes que o ajudam a encontrar data pads e baús.

Compre receitas dos vendedores pelo mundo para melhorar seus itens de arremesso como os Wingsticks, Granadas e Turret Drones.

Não se esqueça de vender seu lixo. Lojas em Wellspring, Gunbarrel, Oasis, Lagooney e Dreadwood comprarão todo o lixo que está carregando em troca de grana.

Enfie o nariz em todo canto do mapa. Nunca se sabe o que vai encontrar escondido por aí.

Seja criativo! Nem toda missão precisa ser resolvida com uma bala. Algumas vezes pode fazer um pouco de reconhecimento antes de iniciar um objetivo secundário, e acabar encontrando um botão que resolve todos os seus problemas.

Em algum lugar por aí, existe uma cadeira bem especial. Saberá quando a encontrar. Encontre a cadeira. A cadeira é vida. A cadeira é amor.

Trapaçear é divertido. Rage 2 coloca uma camada das antigas em cima de toda a diversão com um sistema de Cheats, o que quer dizer que sua ação insana vai ficar ainda mais… estranha. Use Cheats para dar um tempero (e risos) à sua jornada. (Nota: Troféus são desabilitados quando se usa Cheats.)

Veículos

Viu um veículo que curtiu na estrada? Roube e traga de volta à garagem em uma cidade como Wellspring, Gunbarrel, Lagooney ou Dreadwood para torná-lo seu. Uma vez que for dono de um veículo, pode chamá-lo a qualquer hora da aba do menu.

Não se preocupe se não puder encontrar seu veículo. Além de poder chamar qualquer um deles da aba Vehicles, também pode manter sua roda de armas abertas e chamar a Phoenix de lá.

Use o freio de mão. É seu melhor amigo quando estiver navegando as ruas de Rage 2.

Aprenda como usar a função de aríete da Phoenix. É divertido demais, não só para empurrar os outros para fora da estrada, mas também quando for enfrentar um comboio.

Falando nisso, não tente enfrentar um comboio antes de melhorar as armas e armadura da sua Phoenix.

A melhoria Ejector Seat para Phoenix é essencial. Quando estiver na velocidade máxima em sua Phoenix, segure o botão de saída e será lançado para fora do carro como um herói. Use um SLam depois para criar um combo estiloso.

Priorize a descoberta de Ark tek

Os Arks são o que você pensa que são: clãs intergalácticos que oferecem aos exploradores do deserto um eon de loot e também são os melhores power-ups e armas do jogo. Alguns deles podem ser encontrados através da campanha principal, enquanto outros tek só podem ser descobertos através da exploração, com o Junker’s Pass e a Dank Catacomb sendo o lar de Nanotríos e obras-primas de armeiros, como o Firestorm Revolver, Grav-Dart Launcher e Hyper-Cannon Railgun. Apenas certifique-se de explorar cada arca com cuidado, já que suas paredes são geralmente cheias de lixo que pode ser vendido para os comerciantes.

Confie no rosa, sempre

Rosa é uma cor proeminente em Rage 2, usada para indicar objetos interativos no terreno baldio. Baús, escadas, válvulas e interruptores de porta são pintados em neon rosa e manter os olhos abertos por uma pitada de cereja pode ajudar quando o assunto é navegar em missões secundárias ou campos de checklist e esconderijos. Fique sempre atento.

Mãos a obra

Rage 2 não é um jogo de tiro de cobertura. Ele pode ser tratado como um, porém como qualquer novo título do id Software, o game usa uma IA que é igualmente inteligente e cruel para derrubá-lo através de das paredes de tijolos para tirá-lo da sua zona de conforto. Então, em vez disso, não perdoe ninguém e parta para cima. Ao unir as 11 diferentes habilidades de Nanotrite (Slam ou Shatter, por exemplo) e seu medidor de Overdrive, você derrubará os enxames inimigos e forças opostas com facilidade, enquanto permanece no combo de sprint, slide e dash que pode ajudá-lo a sobreviver nos ambientes. Se os ataques corpo-a-corpo falharem, faça novas granadas e seja agressivo. E não se esqueça dos Wingsticks.

Melhore seu dano

Em outras palavras, reforce seus brinquedinhos com o máximo de status. O cyber doc – Doc Karl – da Wellspring é capaz de instalar implantes que permitem “re-especificar” seu Ranger e atualizar permanentemente sua saúde, Overdrive e dano universal. O custo para tanto são recursos mais valiosos que podem ser difíceis de encontrar, mas aumentam a quantidade de dano causado. Isso é bem importante, pois permite que você enfrente multidões e mutantes com facilidade e sem ter que alterar a dificuldade do jogo.

Compre todos os esquemas

A criação de itens em Rage 2 é uma bagunça. Materiais como Componentes Eletrônicos e Componentes Explosivos são necessários para granadas, Wingsticks e Infusões de Saúde, porém você também precisa dos esquemas correspondentes para criá-los. Felizmente, eles podem ser comprados de comerciantes e fornecedores em todo o deserto e, cada vez que você fizer isso, eles desbloquearão um novo nível de criação e aplicarão automaticamente os diferentes upgrades e benefícios em seus próximos níveis.

Torne-se um colecionador de veículos

Semelhante a Mad Max (2015), o deserto de Rage 2 permite tomar qualquer veículo (de trabalho) que encontrar. Rollas, Nippas, Pulverizadores e similares podem ser encontrados no lado da estrada ou em acampamentos de bandidos e Arks e todos os itens acima podem ser armazenados em sua garagem e convocados via menu. Quando você encontrar um veículo, basta levá-lo de volta a uma das cidades centrais – como Wellspring, Gunbarrel e Dreadwood – até que seja solicitado que você guarde sua nova carona.

Use cheat codes

Lembre-se do Game Shark ou Game Genie? A Avalanche e id Software certamente lembram. Cheat codes podem ser comprados e ativados via menu através de um NPC conhecido como Mangoo The Unborn – o mago do deserto. Sua cabana e três balões verdes podem ser encontrados em vários locais em The Wilds, Broken Tract e Sekreto Wetlands e seus destraváveis incluem aliados, pacotes de voz e impulsos mais proeminentes para Feltrite, Overdrive e Wingstick. Eles desativam temporariamente troféus e conquistas, mas não há sentimento melhor do que ouvir Danny Dyer (do EastEnders e do Human Traffic) e o locutor do NBA Jam te chamar de “muppet” enquanto você atravessa hordas de mutantes do deserto. Por isso, invista nas trapaças sem dó!

Referências:

Blog 2am gaming, Blog Playstation, Red Bull, techtudo, wikipedia.

Need for Speed: Underground 2

Need For Speed Underground 2 é um jogo de corrida arcade da série Need for Speed, o oitavo jogo da franquia lançado em 2004 pela Electronic Arts (uma versão para Nintendo DS foi lançada em 2005). O jogo traz novos recursos em relação ao anterior, o maior sendo uma cidade virtual para percorrer livremente em busca das corridas e lojas, Modo de Exploração (Free Roam). Além disso, há mais veículos (29), opções de tuning, novos modos de corrida e a adição de alterações climáticas.

História

A história começa quando o protagonista conduz um Nissan Skyline GTR R-34 modificado azul, o mesmo que fora usado para derrotar Eddie em Need for Speed: Underground.

Uma noite, depois de uma corrida, ele recebe um telefonema de um homem que lhe oferece um lugar em sua banda. Ryan concorda. Quando ele dirige para o ponto de encontro, Samantha o chama dizendo que o assunto é quente e que as pessoas querem ver sua estrela e que ele chega em breve. Quando o protagonista chega ao ponto de encontro, um Hummer H2 acende os faróis para cegar Ryan e ele pressiona o pedal do freio completamente, mas ele colide e quebra seu carro. Mais tarde, um homem com uma tatuagem em sua mão (que depois disso, em um fórum revela-se que o cara que estava dentro do SUV é um cara chamado Caleb Kane que naquele momento é o líder supremo de uma organização oculta de corridas de rua chamada Imperial League que reúne os melhores pilotos do mundo, incluindo o próprio Ryan Cooper), abaixa a janela do Hummer H2 e chama a dizer que ele teve que cuidar de um “problema”. Caleb, que depois de ter causado o acidente, assume toda Bayview (uma cidade perto de Rockport) (Need for Speed: Most Wanted).

Seis meses depois do que aconteceu, Ryan Cooper voa para Bayview para derrotar Caleb e recuperar a cidade. No avião, ele encontra uma nota de Samantha (a “instrutora” de NFSU) e as chaves do carro da amiga Rachel Teller (Brooke Burke). Ao pousar, Ryan encontra o Nissan 350Z verde de Rachel.

Então Rachel instrui Ryan e pede-lhe para levar seu carro para a concessionária. De qualquer forma Ryan também pode fazer algumas três corridas opcionais (dois circuitos e um sprint. A segunda corrida de circuito está escondida em um beco) que há no começo.

Em seguida, entre no revendedor e selecione um carro. Depois de comprar um carro, o GPS se auto-localizará para a garagem de Rachel. Após uma cinemática, aparecem corridas, uma de cada jogabilidade, que mostra tutoriais para superá-las. Ao completar todas as corridas, a área de Beacon Hill é desbloqueada. Uma mensagem de Rachel irá informá-lo.

Quando você entra em qualquer corrida depois de desbloquear essa área e ganhar, vários patrocinadores mostrarão suas ofertas de contrato. Você precisará fazer 3 corridas de patrocinadores, 3 corridas de URL (5 em Heigths, 7 em Coal Harbour East e 9 em Coal Harbour West) e completar mais inúmeras corridas, tudo isso para desbloquear toda BayView e ganhar recompensas para vencer Caleb. Tudo isso é repetido até a última área do mapa. A corrida final contra Caleb ocorre no circuito “BayView International” com 5 voltas. Na corrida final, Caleb usa um Pontiac GTO preto.

Tipos de corridas

Nissan 350Z prestes a ultrapassar um Infiniti G35 em um circuito.

Retornantes

Drift: Derrapadas que te dão pontos. O jogo adiciona drifts quando desces montanhas, fazes curvas, nos quais tens de fazer mais pontos que os outros adversários.

Drag: Corrida de arrancada, a marcha do teu carro é manual, obrigatoriamente.

Circuit: Corrida em circuito, com certo número de voltas, dependendo da extensão da pista.

Sprint: Corrida de um ponto da cidade para o outro ponto da cidade.

Novas

Outrun: Rachas no meio da cidade, após convidares o teu oponente. Chega o mais longe que conseguir.

Street X: Corridas com outros a 90 oponentes em circuitos curtos, similares aos do Drift. O objetivo é aplicares técnicas de curva e derrapagem.

Underground Racing League (URL): Corridas em circuitos fechados fora da cidade, seguindo a vitoria.

GUIA ESTRATÉGICO

CIRCUIT RACING

Uma boa dica para o modo circuito, é guardar o máximo de NOS possível para a volta final. Assim, caso precise, você terá um impulso final para a linha de chegada.

Procure utilizar os atalhos, mas não os use sempre. Em algumas corridas, os atalhos são mais longos que as pistas normais, ou possuem curvas estreitas que irão fazer com que sua velocidade seja perdida.

SPRINT RACING

Nas corridas Sprint, certifique-se de permanecer perto às curvas e longe do tráfego, pois isto poderá lhe custar a corrida. Também, não fique acanhado em tirar os seus concorrentes da pista.

Esta dica funcionará em qualquer corrida que permite usar NOS. Assim que a corrida iniciar, durante a contagem regressiva, aperte rapidamente o NOS. Isto dará com que você ganhe alguns Style Points e abasteça seu NOS com algum extra.

DRAG RACING

Quando estiver em uma corrida de Drag contra o computador, veja os movimentos dele durante a corrida se eles estiverem em sua frente. Eles saberão onde estão os obstáculos e o tráfego.

Se estiver em primeiro lugar na corrida de Drag e o adversário logo atrás de você, ele certamente irá querer ultrapassá-lo. Para evitar isso, você deve olhar para trás frequentemente, e se o adversário mudar de pista, feche-o!

Se não conseguir acabar a corrida por explodir o seu motor, tente alterar a barra do Final Drive Ratio perto do Top Speed. (Performance Tuning > Tune settings > Drivetrain).

Para quem utiliza o PC para jogar, se possível, utilize um volante ou joystick, ou qualquer coisa que tenha um controle de acelerador analógico. Isto fará com que se obtenha mudanças perfeitas para a 1ª e 2ª marcha, algo que com certeza fará muita diferença.

Para aqueles que tem problemas com a explosão do motor quando utiliza o NOS, tente o seguinte: Se estiver com o 4º nível de transmissão, faça uma mudança de marcha curta, desta forma, a seta se abaixará no 5º nível. Agora você pode usar o NOS antes de explodir seu motor e continuar queimando o asfalto. Em certa parte do jogo, mais à frente, você irá precisar de um carro com transmissão de 6 marchas para evitar a explosão do motor.

Em uma das corridas de Drag, quando estiver no segundo nível de patrocínio, haverá bastante tráfego, tornando quase impossível a finalização da corrida. Para tal, apenas siga devagar, os outros carros irão trombar e você poderá passar por eles sem problemas.

Quando estiver no modo Quick Race, ou Multiplayer Online, após habilitar todos os aprimoramentos de performance, o melhor caminho para conseguir a vitória é permanecer atrás do primeiro oponente e tentar ficar bem próximo à ele. Assim, você irá ganhar Style Points e consequentemente obter NOS extra para o seu carro. Durante a corrida, a mais ou menos metado ou 3/4 da linha de chegada, acione o NOS ou mantenha-o pressionado até o final.

DRIFT RACING

Escolher o carro certo é essencial quando for se preparar para uma corrida de Drift. As performances dos carros serão diferentes dependendo da tração que o carro utiliza (4×4, Dianteira ou Traseira).

Se você conseguir controlar o seu carro excepcionalmente bem, então vá fazer algumas alterações para perder a dianteira de modo moderado ou então para perder a tração facilmente e na parte traseira, para perder o máximo que conseguir. Faça o teste em alguma pista para ver qual alteração será mais compatível com o seu carro e obter drifts mais facilmente, mas sempre conseguindo manter o controle. Uma outra observação válida vai para o freio de mão, no qual deve ser usado de forma econômica devido ao deslocamento excessivo e redução de velocidade.

Caso esteja usando um carro com tração traseira com bastante potência, mantenha-se a 30 ou 40 km e então acelere tão logo a curva iniciar. Isto será mais efetivo que puxar o freio de mão, mas se quiser manter o movimento, então faça o zigue zague. Esta dica funciona muito bem com o Audi TT e todos os aprimoramentos mais altos instalados. Se estiver com uma alta performance, então você poderá achar difícil de terminar em tempo, mas a pontuação se encarregará de sua vitória.

Se em alguma situação você se encontrar perdendo o controle do seu carro e indo se chocar com a parede ou tráfego, freie o carro com os dois freios ao mesmo tempo e mantenha-os pressionado até ver seus pontos bem guardados. Geralmente os pontos são guardados antes que o carro pare completamente ou bata no muro.

Em corridas de curso aberto, onde tem que se virar pela estrada, você poderá visualizar no seu mapa uma estrada separada que leva à estrada principal com uma conexão. Siga o caminho, deslize ao redor e volte para a estrada principal para conseguir um Insane Drift.

Nas corridas de Drift normais, tente cruzar a linha de chegada por último. Se você cruzar em primeiro, então você estará dando chance aos outros competidores de ganhar alguns pontos a mais, que o irá fazer perdê-lo na pontuação final.

STREET X

Uma dica para as corridas de Street X é certificar-se ce acertar os outros carros para fora da pista. Acerte-os como se estivesse esquivando deles e acerte-os bem no canto de seus carros, fazendo com que eles rodem na pista.

Você pode tirá-los do caminho batendo no canto de seus carros ou pode tentar tomar a parte de dentro curva em cada uma delas. Isto fará com que faça o percurso de modo mais rápido e também previne que os oponentes tentem fazer você rodar.

Para conseguir grandes performances em corridas Street X, faça um ajuste fino na em sua marcha para ajustar a aceleração. Então, todas as barras devem ficar ajustadas para uma ótima aceleração, deixando você sempre à frente dos adversários.

Uma outra maneira é manter seu dedo no freio de mão ao invés de usar os freios convencionais. O freio de mão fará com que a sua velocidade bruscamente e pode fazer com que seu carro vire, enquanto o freio regular irá reduzir a velocidade gradativamente. Use o freio de mão no exato momento do início da curva, se chegar atrasado na curva, não os use.

Então, use os freios convencionais para assegurar a liderança. Isto fará com que a aceleração se mantenha de certo modo. Enquanto estiver no final da primeira virada, pressione o acelerador e os freios convencionais alternadamente e rapidamente. Não deixe a aceleração cair abaixo de 45 mph em qualquer ponto da corrida. Mantenha-se longe do conflito entre os outros carros.

URL RACING

Quando estiver correndo em uma corrida URL, certifique-se de encher o seu NOS o máximo que puder através das manobras, volta mais rápida, liderança e Power Slides (drift), mas sem exageros com o Power Slides. O NOS pode ajudar a chegar em primeiro lugar, criando e mantendo um intervalo. Dependendo da resistência dos oponentes você poderá manter um intervalo de 3 a 4 segundos e se tiver sorte, até mesmo de 12 segundos.

Quando estiver no início, coloque o giro mais alto que puder para conseguir um bom ponto de combustão completa (Burnout). Então mantenha até alcançar entre 500 e 900 pontos, dando NOS o suficiente para as próximas duas voltas se souber usar de forma econômica nas saídas das curvas para ganhar aceleração e grandes retas.

Em algumas corridas URL, há curvas estreitas após uma longa reta. O melhor a se fazer é não brecar, mas simplesmente deixar que o muro vire o seu carro. Desta forma, você poderá se manter a 120mph frequentemente (dependendo da velocidade que você estiver quando entrar na curva) ao invés de diminuir a velocidade para 80 ou 90mph.

OUTRUN RACING

Para vencer um oponente, o caminho mais rápido é chegar bem perto dele e alcançar quase a velocidade total, então, quando estiver bem próximo pressionar o botão para iniciar a corrida. Ele irá voar sobre seu carro ou será atingido pelo lado e você irá ganhar em alguns segundos.

Quando a corrida está sendo efetuada nas auto-estradas, tudo será mais fácil, mas não aceite a corrida até que esteja bem próximo ao oponente, assim você poderá fazê-lo rodar e vencer quase sempre com 10 ou 12 segundos, ao contrário do normal que levaria de 2 a 3 minutos. Isto não irá funcionar sempre, mas na maioria do tempo sim. Nos níveis 1 e 2, funciona muito bem!

Se estiver distante o suficiente à frente do seu adversário e na curva da auto-estrada tiver um bloqueio, você pode atirá-lo na rampa, isso fará com que ele demore um bom tempo para se recuperar.

Quando estiver correndo em uma Outrun, chegue o mais próximo que puder antes de iniciar o desafio. Assim que iniciar a corrida, use o NOS e tente acertá-lo pelo lado fazendo-o perder o controle e bater. Outra dica legal quando estiver correndo, é tentar ir em direção à um lugar onde você pode fazer uma curva em “U”, se o fizer certo, então você irá conseguir uma boa liderança enquanto ele tenta fazer o retorno.

Mais uma forma de se vencer facilmente uma Outrun, é no meio das cinco fontes no centro da cidade. Precisará praticar um pouco para conseguir fazê-lo, mas quando conseguir pegar o jeito, ficará mais fácil e se oponente provavelmente irá bater tentando seguí-lo. Se estiver à frente de seu oponente, utilize os atalhos. Seu oponente pode não usar o atalho, mas se ele usar, provavelmente irá bater.

Para recarregar o NOS rapidamente, dirija para trás até alcançar o máximo RPM e então faça o retorno para direita, ou esquerda. Fazendo esta manobra em “J”, ganhará 500 pontos. Uma manobra fácil de executar nas auto-estradas.

ESTRATÉGIAS GERAIS

Para abastecer o seu NOS, faça um 360 para ganhar pontos. Utilize também a suspensão hidráulica do carro para ganhar pontos.

No modo Carreira, se você não tiver nenhuma corrida para competir no World Map, então vá para as lojas (Body, Paint/Vinyl) e adicione mais personalizações para elevar sua classificação visual. Alterando a classificação visual do carro, você irá habilitar novas corridas.

Quando estiver no modo de Carreira, coloque como prioridade máxima a Performance. Certifique-se de aprimorar as partes de performance antes que seu dinheiro acabe sendo gastado em Rodas, Spoilers e outras coisas só para deixar seu carro bonito.

Todos os oponentes iniciam com modos de performance similar ao seu. Se você não conseguir ganhar a corrida, vá para a garagem e diminua a qualidade, ou até mesmo remova todas as alterações. Isto lhe dará algumas chances a mais. Se estiver entrando em uma corrida de Drag, pegue o carro com melhor aceleração e velocidade máxima sem as modificações, isto lhe dará uma vantagem sobre o oponente. Isso é válido também para outras corridas como Street X por exemplo, mas nesta corrida você terá que buscar o carro com melhor direção.

As hidráulicas não estão no jogo apenas por estar, elas possuem uma função imprescindível para alcançar a liderança na largada. Em um Circuito, Sprint, ou corridas URL, durante a contagem regressiva, pressione o salto hidráulico e acelere ao mesmo tempo. Isto fará com que seu carro inicie com um salto à frente, e quando a corrida começar, acione o nitro e se o tempo estiver correto, você conseguirá uma grande arrancada.

Quando estiver em uma corrida (exceto Drag) e se encontrar na velocidade máxima em direção à uma curva fechada, ao invés de usar o muro para fazer a curva, use o carro que está competindo contra você, ou um carro qualquer para fazer a curva. Deste modo, você fará com que seus oponentes batam e você poderá fazer a curva facilmente., exceto na parte onde você escorrega contra o carro de seus oponentes.

Geralmente, completando qualquer corrida escolhida através do World Map impede você de ganhar qualquer ponto ou dinheiro, no entanto, no modo Carreira, escolha as corridas para competir no World Map, então selecione aquela que irá correr. Entre 2 e 3 segundos na corrida, cancele e reinicie a corrida, onde será avisado que perderá todos os detalhes da corrida, mas tudo bem. Após completar a corrida, volte para o Explore Mode, não a garagem, assim você irá assegurar de ganhar algum dinheiro extra.

Sempre mantenha os olhos nas corridas que não aparecem no mapa. Não as ignore, pois elas geralmente são curtas e possuem dinheiro mais consideráveis do que as que aparecem no mapa. Você irá encontrar todo o tipo de corrida, exceto URL.

Para encontrar as lojas escondidas, procure pelas assinaturas coloridas nas ruas. O quadrado verde indica a loja Body, a triângulo vermelho são as lojas Graphic, os círculos azul claro as lojas de carro, o quadrado azul escuro são as lojas de Perfomance e o triângulo e quadrado amarelo são as lojas de Speciality.

Certifique-se de estar com o NOS cheio até a vazante, então, siga para o anel da auto-estrada ao redor de City Centre. Para ganhar em menos de 20 segundos, faça o oponente rodar e quando ele estiver em 90º com o seu carro, aceite o desafio e saia queimando tudo com o seu nitro. Isso geralmente funciona muito bem. No entanto, é uma dica que pode sair pela culatra, então, tome cuidado!

Como jogar NFSU2 e tipos de corrida

O título inaugura novos tipos de corrida que não existiam nas versões anteriores. São sete ao todo, para que o piloto não se canse dos desafios que os oponentes impõem. A primeira é o Circuito, uma corrida tradicional com número de voltas predeterminado pelo jogo. A Drag é a corrida de arrancada. Quem se sair melhor durante a arrancada ganha a disputa.

Já no Drift, o sistema de inteligência artificial do game adiciona derrapadas (drifts) à base das montanhas. Cabe ao piloto enfrentar os obstáculos e obter um mínimo de pontos previamente definido. Em Outrun, há rachas alucinantes no meio da cidade, depois de convidar um dos oponentes. 

A Sprint é uma corrida na qual os pilotos devem percorrer um trecho de circuito. Em Street X, o jogador enfrenta três oponentes em uma corrida de circuito curto com adição de derrapadas, semelhante às do modo Drift. Já o Underground Racing League (URL) consiste de corridas em circuitos fora da cidade, seguindo a trama proposta pelos criadores do jogo.

Solta o som, DJ

A trilha sonora merece atenção especial. A playlist é composta por faixas escolhidas a dedo para que o usuário tenha uma imersão no mundo da alta velocidade que a EA Games propõe. Algumas músicas são eletrizantes, para momentos de muita adrenalina, enquanto outras têm o ritmo certo para um passeio pela cidade, observando o cair da noite.

Aproveite para baixar Need for Speed Underground 2 e divirta-se com carros, músicas e tudo que envolve esse clássico de corrida de rua no seu PC.

Carros

São ao todo 29 latas em cada versão, 26 carros de passeio e 3 SUVs

Carros de passeio

Acura RSX Type S: se equipá-lo bem é um bom carro.

Audi A3: os iniciantes são fã desse carro.

Audi  TT: precisa de prática do jogador para fazer um bom uso do carro.

Ford Focus ZX3: não faz muito sucesso entre os jogadores.

Ford Mustang GT: ótimo carro, mas demora para destravar.

Honda Civic Si: o melhor carro inícial.

Hyundai Tiburon V6: muito bom, mas não é tão famoso.

Infiniti G35 Coupé: famoso entre os iniciantes.

Lexus IS300: Corre tanto quanto um carro inicial, de tão ruim.

Mazda MX-5: Um conversível que não dá para abrir a capota, fator que o deixa de lado.

Mazda RX-7: corre muito.

Mazda RX-8: Um carro que só é bom em Drift.

Mitsubishi 3000GT VR-4 GTO: passa a sensação de ser pesado, então muitos jogadores o deixam de lado.

Mitsubishi Eclipse GSX: O melhor carro do jogo para todas as corridas

Mitsubishi Lancer Evolution VIII: corre bastante e tem boa estabilidade.

Nissan 240SX: segundo melhor carro inicial.

Nissan 350Z: Carro muito bom, talvez o melhor, serve para qualquer corrida.

Nissan Sentra SE-R Spec-V: Iniciantes se dão bem com esse, mas não é dos melhores.

Nissan Skyline GT-R R34: Melhor carro do jogo, mas só dá para destravar aos 99,9% do jogo completado, mal dá para correr com ele.

Peugeot 206 GTI: Carro inicial ruim, mas corre bastante.

Pontiac GTO: ruim em curvas, mas é ótimo para drags.

Subaru Impreza WRX STi: não chama muita atenção dos jogadores.

Toyota Celica: Carro que ninguém usa por ser estranho.

Toyota Corolla GT-S AE86: carro inicial mais lento, mas depois que modifica o motor, ele fica bom. Ele é o melhor carro inicial para drift.

Toyota Supra: É o Corvette da Toyota. Mas nesse jogo parece que cortaram metade do motor fora.

Volkswagen Golf GTI: Um carro que ninguém entende por que não é inicial. SUVs

Isso mesmo. Nesse jogo tem o típico carro de rapers americanos. São 3, mas todo mundo sempre escolhe a Hummer H2.

Cadillac Escalade: corre mais que as outras 2.

Hummer H2: É a que tem mais Dirigibilidade das 3, mas é a mais lenta das três.

Lincoln Navigator: pior das 3.

Conclusão

A série Need for Speed começou a tomar novos rumos quando o primeiro “Underground” foi lançado. Com o NFS Underground 2 a produtora Electronic Arts quis manter o alto padrão de diversão e novidades, mas muitos dizem que não atingiram o mesmo patamar. Ainda assim, o game diverte.

Ao contrário do primeiro Underground, a sequência modifica um pouco o estilo de jogo. Agora, as coisas estão mais para o lado de mundo aberto, em que o jogador busca suas missões pela cidade.

A “tunagem” dos carros, por exemplo, melhorou bastante, com novos elementos de modificação para os jogadores e apaixonados por carros. Opções de direção, rodas, pintura e muito mais fizeram sucesso entre a galera que curte essas possibilidades, ainda mais em um game de uma série tão famosa quanto NFS.

Referências:

Voxel, Desciclopedia, wikipedia, techtudo.

Fallout 4

Fallout 4 é um jogo eletrônico do gênero RPG de ação ambientado em mundo aberto produzido pela Bethesda Game Studios, sendo o quinto título principal da série Fallout. O game foi lançado para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One no dia 10 de Novembro de 2015 pela Bethesda Softworks.

O jogador assume um personagem referido como “Sole Survivor” (“sobrevivente solitário”), que emerge da Vault 111 (traduzido como “refúgio”), um abrigo nuclear subterrâneo. Após o personagem testemunhar a morte do seu cônjuge e o sequestro do filho, o “sobrevivente solitário” viaja pela Commonwealth de Massachusetts, nas áreas ao redor de Boston. O jogo é baseado em sistema de RPG, de modo single player, com exploração de mundo aberto. Fallout 4 é o primeiro jogo da franquia em que o protagonista tem voz.

Fallout 4 foi um sucesso de vendas e de crítica, com muitos elogiando a profundidade do mundo do jogo, a liberdade dada ao jogador, a quantidade de coisas para fazer, a história, sistema de profissões, as personagens e a trilha sonora. A qualidade gráfica, contudo, não foi unânime e os problemas técnicos foram criticados. O jogo vendeu mais de 12 milhões de unidades e faturou 750 milhões de dólares nas primeiras 24 horas de lançamento.

A história

Os jogos da franquia Fallout colocam você em um futuro distópico, em que a humanidade entrou em guerra por causa de recursos. Os combates só foram encerrados depois de um verdadeiro holocausto nuclear que dizimou quase toda a população mundial. Algumas pessoas, no entanto, sobreviveram por terem se abrigado a tempo em fortes subterrâneos, os chamados Vaults. É de um deles, o Vault 111, que sai o protagonista de Fallout 4, que se passa em sua maior parte 200 anos após o fim da guerra nuclear, mais precisamente em 2277 – o mesmo ano de Fallout 3. E, enquanto o abrigo do jogo anterior estava perto de Washington, o do novo se situa em Boston e é rodeado por um ambiente retrô e, ao mesmo tempo, futurista, que promete ser do tamanho do mapa de The Elder Scrolls V: Skyrim.

É do Vault 111, que sai o protagonista de Fallout 4, que se passa em sua maior parte 200 anos após o fim da guerra nuclear, mais precisamente em 2277 – o mesmo ano de Fallout 3

A história toda será narrada pelo ator Ron Perlmann, que fez Hellboy, e o protagonista, pela primeira vez, não será mudo. Mais de 13 mil linhas de diálogo foram gravadas para Fallout 4, o que é mais que Fallout 3 e Skyrim combinados. A trama também continuará depois que o jogo for finalizado, e será possível terminar tudo sem matar personagens.

O combate

O terceiro game da série pós-apocalíptica deixou de lado a visão isométrica e os combates por turno dos dois anteriores. No lugar, os desenvolvedores da Bethesda incluíram um estilo mais próximo do tiro em primeira pessoa que continuará em Fallout 4. O jogador poderá mirar a seu bel-prazer, mas também poderá contar com um recurso chamado de V.A.T.S., ou Vault-Tec Assisted Targeting System. O sistema desacelera o tempo e mostra em que parte do corpo os tiros darão mais dano, o que deve tornar as coisas um pouco menos difíceis no mundo devastado por bombas nucleares e repleto de animais e humanos mutantes. Inimigos mortos (e missões, é claro) renderão pontos de experiência, que virarão níveis e serão transformados em mais habilidades para usar em combate ou fora dele.

Shooter ou combate tático? Você decide

Em Fallout 4, as mecânicas de tiro foram nitidamente aperfeiçoadas em comparação a Fallout 3 e New Vegas, tanto na visão em primeira quanto em terceira pessoa. A câmera pode ser alterada a qualquer momento do gameplay, mas a opção em primeira pessoa continua ideal para explorar os ambientes em busca de equipamentos, armas e recursos.

Quem é novato na série Fallout ainda não deve conhecer muito bem o incrível sistema tático V.A.T.S, no qual o jogador pode desacelerar o tempo para acertar com mais precisão pontos específicos do corpo do oponente. O V.A.T.S pode ser acessado pelo do botão L1, no joystick do PlayStation 4, ou usando o LB, um dos gatilhos alocados do lado esquerdo do controle de Xbox One.

Especialmente no início da jogatina, o recurso de mira assistente da Vault-Tec é indispensável, pois os equipamentos são de baixa qualidade e há poucas munições à disposição. Por isso, o V.A.T.S é uma ótima forma de iniciar bem a aventura, os acertos precisos certamente vão salvar a sua vida e, é claro, poupar muitos de seus recursos escassos.

Assim como nos outros games da franquia, o desempenho do jogador ao utilizar o sistema V.A.T.S depende do tipo de arma utilizada e dos atributos aplicados. Ao focar na habilidade “Percepção”, por exemplo, você poderá visualizar os pontos fracos do inimigo, enquanto a “Inteligência” aprimorada consegue destacar o oponente mais próximo. Além disso, qualidade “Sorte” também pode ser de grande ajuda, já que eleva consideravelmente as chances de dano crítico.

Se você ainda prefere utilizar o sistema de mira aberta, saiba que guardar a arma em momentos pontuais do combate pode ajudá-lo a escapar de inimigos mais fortes, pois o personagem vai ficar mais ágil e, consequentemente, conseguirá correr com maior rapidez. Para armazenar o armamento principal, pressione e segure o botão quadrado/X no joystick.

Sempre que possível deixe Dogmeat, o parceiro canino do protagonista, avançar sobre o oponente. Isso vai fazer com que a criatura rival se distraia e tenha bastante trabalho para lidar com as investidas do cachorro. Aproveite os momentos de distração para descarregar o pente de balas no adversário.

Atenção à radiação

Basicamente, a cidade de Boston de Fallout 4 é um mar de radiação. Ser afetado pela radioatividade diminui a sua saúde máxima, deixando, assim, o personagem mais vulnerável a ataques. Os alimentos, por exemplo, quando estão crus, devem ser cozidos em uma estação para serem devidamente esterelizados.

Fique atento também aos monstros que têm ataques radioativos, pois as investidas corpo a corpo deles conseguem diminuir consideravelmente a sua barra de vida. Não se desespere com a radiação, afinal existem materiais no jogo com a finalidade de desintoxicar o sobrevivente, como os itens RadAway e Rad-X.

Outros componentes medicinais imprescindíveis na terra desolada são os Stimpaks. Há grande variedade deles espalhados pelo extenso mapa do jogo, que variam de acordo com a eficácia. Um Ultra Stimpak, por exemplo, é capaz de reconstituir praticamente todos os pontos de vida do personagem, enquanto o item comum regenera apenas 30% do total.

Vez ou outra você, inevitavelmente, vai ficar sem recursos medicinais para restabelecer os pontos de vida. Quando isso acontecer, vasculhe residências em busca de camas ou colchões para dormir, já que descansar também restaura o HP. Outra opção é fazer uma viagem rápida para relaxar em algum local seguro, como o Santuário ou Diamond City.

Favorite itens 

Assim como em todo RPG, o personagem de Fallout 4 necessita de alguns recursos essenciais para sobreviver à cidade desolada. Para evitar ter que abrir o Pip-Boy – o acessório de gerenciamento de recursos do game – a todo momento com os botões “círculo” ou “B”, destaque os itens favoritos no inventário rápido, acessível por meio dos direcionais do joystick.

Abra o Pip-Boy, acesse as abas de consumíveis e armas para favoritar os objetos desejados pressionando os botões “R1″/”RB”. Em seguida, basta posicionar os itens no menu rápido da forma que bem entender. Procure deixar mais de um tipo de armamento no inventário para quando o personagem ficar sem munição, bem como Stimpaks, RadAway e outros artigos que regeneram o HP e amplificam habilidades.

 Salve o jogo com frequência

Embora Fallout 4 seja uma das maiores franquias single player dos games, não há como negar que ela tem um passado bastante conturbado em relação a problemas de salvamento e bugs.

Por isso certifique-se de utilizar a opção “Salvar rápido” – disponível ao pausar o título –  sempre que possível, porque será a partir daquele ponto que o personagem vai renascer depois de morrer (esteja ciente de que é você o responsável pelos checkpoints). Antes de desligar o console ou PC, salve mais uma vez por precaução em um slot diferente na opção “Salvar”.

Você pode guardar itens nas mesas de fabricação de itens

Cada região com uma mesa de fabricação de itens é uma central de armazenamento de itens em potencial. Você pode depositar suas tralhas por lá sem medo de perdê-las posteriormente. Melhor ainda, todas as mesas de fabricação de uma mesma região são conectadas: Se você colocar seus itens em uma mesa de fabricação de armas, eles estarão disponíveis na mesa de fabricação de armaduras ou de poções.

Isso é muito útil no complexo sistema de fabricação de Fallout 4, que exige que você acumule itens constantemente para construir e arrumar equipamentos. Use o recurso de viagem rápida entre seu workshop favorito e a área que você está explorando para não deixar nenhuma bugiganga para trás.

Você pode reconstruir Sanctuary para conseguir itens bacanas

Usando suas habilidades de fabricação, você pode destruir as casas velhas de Sanctuary (não se esqueça de saqueá-las antes) e colocar novas construções bacanas no seu lugar. Fazendo camas, abrigos e cumprindo missões do Minutemen, você terá um belo vilarejo em breve.

Isso, por sua vez, vai atrair mercadores que vão tentar trocar um monte de itens bacanas com você, inclusive algumas armas poderosíssimas. Você também pode subir de nível só reconstruindo a sua cidade. Isso é muito bacana.

A Power Armor fica onde você a deixou

A sua Power Armor fica onde você a deixou, então se você quer economizar Fusion Cores não tenha medo de deixá-la para trás… só não se esqueça do lugar onde você está fazendo isso.

Assim que ganhar sua primeira Power Armor vai ter vontade de a usar o tempo todo, mas se fizer isso irá gastar os Fusion Core com rapidez. A maioria está espalhada ao longo da Wasteland, e por vezes até terá de invadir outros Vaults para recolher alguns (a não ser que tenham um carisma elevado).

Prefira guardar a armadura no Sanctuary, reservada para situações particularmente difíceis ou para explorar zonas muito contaminadas. Já agora, se encontrarem um inimigo montado numa Power Armor, lembrem-se que elas também usam Fusion Cores. Tentem esgueirar-se do alvo e roubar o núcleo antes que se apercebam da sua presença.

Construa um sino

Conforme você ganha seguidores, você vai perceber que eles tendem a sumir nos arredores de seu vilarejo caso não estejam te acompanhando. Você pode perder muito tempo procurando por eles, então é uma boa ideia construir um sino. Basta tocá-lo para que todos venham até você.

Vasculhem bem os arredores

Esta dica é válida assim que começam a dar os primeiros passos no Vault 111, mas aplica-se a todo o jogo. Procurem bem cada edifício e estrutura que encontrarem, porque nunca se sabe onde podem encontrar uma banda desenhada, uma revista, ou figuras. São itens valiosos que podem ser facilmente ignorados, mas garantem efeitos duradouros ao jogador.

Mais dano para as armas, maior agilidade, melhores técnicas de negociação, e outras vantagens semelhantes, é o que vos espera se recolherem estes objetos, por isso estejam atentos.

Já agora, outra pequena dica. Ao explorarem os edifícios e estruturas da Wasteland, que por vezes são enormes, podem perder um pouco a direção. Se for o caso, considerem ativar a habilidade V.A.N.S. da árvore de talentos de Inteligência. Assim podem consultar o V.A.T.S. – fora de combate – e receber indicações para o próximo objetivo.

Alimentação saudável

Enquanto exploram as ruínas de Boston, vão encontrar muita comida e bebida, mas nem todas estão em condições para serem digeridas. Aliás, a maioria da comida e da bebida que vão encontrar está contaminada com radiação, e se comerem demasiado, isso terá efeitos muito negativos na saúde do jogador. Em vez de comerem carne crua, aconselhamos que experimentem as várias estações de culinária espalhadas pelo mapa. O processo remove a radiação e aumenta a saúde restaurada pelo alimento.

Algumas receitas até incluem vantagens temporárias para o jogador, como a capacidade de transportar mais equipamento, ou maior resistência a dano. A forma mais segura e rápida de ganhar saúde passa pelo uso de Stimpacks, mas sugerimos que os guardem para alturas de pânico, ou em caso de um dos membros ficar danificado.

Em boa companhia

Os companheiros de Fallout 4 desempenham um papel importante no jogo, e podem ser uma ajuda preciosa para o vosso combate. Também podem fornecer outro tipo de serviços, como a capacidade para fazerem hack a terminais, dependendo do companheiro. A relação também vai evoluído, permitindo desbloquear ainda mais vantagens com o tempo.

Cada companheiro tem uma personalidade única, e se prestarem atenção aos seus comentários, vão aprender que tipo de atitudes aprovam ou desaprovam por parte do jogador. Se a personalidade do jogador e do companheiro for muito díspar, talvez seja boa ideia procurar um parceiro que partilhe as mesmas convicções. Até podem avançar para uma aventura romântica com o companheiro, o que desbloqueará outras vantagens, mas essas vão descobrir sozinhos.

Materiais

O sistema de construções de Fallout 4 requer muitos recursos, especialmente devido ao amontoado de objetos que precisam de colecionar para terem os itens necessários para construírem algo. Isso significa que pode ser difícil acompanhar o recurso necessário, sobretudo quando estão a pesquisar uma gaveta com balas a voar por todo o lado.

Aconselhamos a “marcar” os objetos que querem construir através do menu de construções, já que todos os itens com as partes necessárias serão assinalados com um pequeno ícone. Isso facilitará a recolha de materiais específicos, mas quando começarem a vossa aventura, não se acanhem e apanhem tudo o que não estiver pregado ao chão. Isto pode dar um bom arranque ao jogador quando finalmente decidir começar a construir.

Donos do comércio

Além de servirem como o local perfeito para construírem a vossa casa de sonho, as pequenas aldeias também podem ser uma boa forma de ganhar algum dinheiro. Se construírem lojas perto dos acampamentos e convencerem a população a habitá-las, vão começar a receber caricas (o dinheiro de Fallout 4) na nossa estação de construção. Esta é uma função que pode passar despercebida ao jogador, mas se quiserem recolher o dinheiro, carreguem em “Transfer”, e depois na categoria “Misc.” Passados alguns dias podem voltar para levantarem mais caricas.

Retirada estratégica

Não há vergonha nenhuma em assumir a derrota, sobretudo numa situação complicada. Se a saúde estiver em baixo, se não tiverem Stimpacks, e o vosso parceiro estiver indisponível, têm duas escolhas: lutar até ao último suspiro, ou fugir. Alguns jogadores podem sentir-se tentados a ignorar a segunda opção, mas não devem fazê-lo. Isto é um RPG, e vão acontecer situações em que podem encontrar inimigos de nível superior.

Nestes casos, o melhor mesmo é fugir e tentar subir mais alguns níveis, antes de regressarem mais tarde para o tira-teimas. Já agora, fica outro conselho. Se um combate parecer mais trabalhoso do que se calhar vale a pena, podem tentar ignorá-lo. Os robôs de segurança são particularmente duros, e raramente terão recompensas pelo vosso trabalho, por isso tentem agir de forma sorrateira para evitar os combates.

Melhorem suas armas

Em Fallout 4 podem melhorar as vossas armaduras e armas, e devem fazê-lo, mas não exagerem de início e não melhorem cada arma que apanham. Esperem por armas lendárias, que são normalmente largadas por inimigos especiais devidamente assinalados. Já agora, estes inimigos costumam sofrer mutações, o que na prática significa que terão de os combater duas vezes.

Estas armas lendárias costumam ter características fantásticas logo à partida, e se forem melhoradas tornam-se em ferramentas essenciais para distribuírem a vossa fúria por toda a Wasteland.

Ataquem primeiro (de preferência sem o inimigo perceber)

Sempre que possível, sobretudo com inimigos mais duros, tentem ser os primeiros a atacar. Melhor ainda, façam-no a partir da posição furtiva, o que duplica o dano causado no ataque inicial. Isto é particularmente verdade com as Sniper Rifle: um tiro certeiro na cabeça é vitória quase garantida. Mas se não puder ser, uma boa cacetada com um taco cheio de picos também costuma resultar.

Para estes ataques sorrateiros, aconselhamos a utilização da mira manual, que pode ser imprecisa à distância. O V.A.T.S. também tem ataques críticos, que podem ser ativados manualmente, mas estes disparos devem ser guardados para situações críticas.

Dicas

Carregando corpos e objetos

PS4: Segurar o X, Xbox One: Segurar o A, PC: Segurar o E.

Bom comando para “limpar” os settlements de corpos de inimigos ou para decorá-lo. E não é tão intuitivo – no Fallout: New Vegas, o atalho de teclado para segurar e carregar as coisas é Z.

Esperar / wait

Use o T (PC) quando estiver sentado (a) em uma cadeira ou sofá qualquer. Uma mensagem no jogo te mostrará o botão de atalho para esperar.

Lanterna e mudar a cor da interface/Pip-boy

Segure o botão correspondente ao pip-boy para ativar a lanterna. Ela te torna mais facilmente detectável por inimigos, e, por padrão, é verde.

Trocar itens com o Dogmeat sem ele correr de você

Você vai tentar trocar itens com o seu cachorro, e ele sai correndo. É mais fácil dar primeiro um comando “go” para ele chegar mais perto e depois ativar o diálogo para troca de itens.

Local Leader: Conecte seus settlements (nível 1) e tenha lojas (nível 2)

Com a perk Local Leader, no nível 6 de Charisma, você pode usar um settler para viajar entre 2 settlements e conectá-los. Use a visão do workshop, olhe para o settler e aperte Q (PC) para escolher para onde ele vai. Isso significa que os junk itens deles serão compartilhados. Só os junk + crafting itens, e não armas, armaduras, etc. Água e comida são divididos caso um dos settlements esteja com fome/sede.

No nível 2 você pode começar a construir lojas. Cada loja precisa de um settler trabalhando nela para funcionar, e de tempo em tempo vai gerar bottlecaps, que serão armazenados no seu workshop.

Se você tem um settlement X conectado ao settlement Y, conectar qualquer supply line ao settlement X também te dará acesso aos junk items de Y. 

Atenção: Conectar TODOS os settlements a um lugar só (como Sanctuary Hills) pode ser um problema mais tarde no jogo, pois toda vez que você visitar o local ele estará cheio de caravanas.

Adesivo

Item importante para a modificação de armaduras, ele costuma ficar em falta.

Uma solução é ir na cooking station e fazer vegetable starch, com corn + tato + mutfruit + purified water. Rende 5 adesivos.

A defesa dos settlements

Para minimizar a quantidade de invasões nos seus settlements, mantenha o número de defesa acima da soma de água + comida. Se você tem 5 de água e 5 de comida, a defesa deve estar em 10+.

Cada settler pode tomar conta de 3 postos/guard posts, com cada posto gerando 2 pontos. Turrets também aumentam sua defesa. Você também pode colocar os turrets em cima de telhados, na beira; ou em locais onde os inimigos teriam dificuldade para chegar neles a pé.

Equipando os settlers

Troque equipamentos com eles para aumentar as defesas dos personagens. As armas de fogo iniciais deles costumam ser pipe pistols, bem fracas.

Caso você dê a eles uma arma com outro tipo de munição, também é necessário equipar neles 1 bala do novo tipo de munição (basta 1 bala e eles terão munição infinita.)

Nota: Já seus followers consomem as balas que você der para eles. Se as balas de todas as armas deles acabarem, eles voltam a usar a arma padrão deles, que tem munição infinita.

Guardar a arma

Segure o botão para recarregar. Essa é conhecida para os jogadores de Fallout, mas vale a menção.

Como funciona o stealth

Quando você está em modo furtivo, alguns indicadores aparecem no topo da tela, como [Hidden], [Detected] e [Danger]

Quanto mais próximos os colchetes estiverem da palavra no centro, mais próximo você está do próximo nível – ou seja, os colchetes se fechando em “hidden” indicam que você está próximo (a) de ser detectado. Da mesma maneira, ir para um canto seguro e não chamar a atenção por um tempo “afrouxa” os colchetes caso tenham te visto.

Não correr e não usar a lanterna minimizam sua chance de ser detectado (a).

Usando o sistema de cobertura/cover

Sabe quando os inimigos miram em você por trás de uma parede? O (a) Sole Survivor pode fazer isso também: Encoste na parede que quer usar como cover, próximo ao canto, então use o botão de mira.

Roubaram sua power armor?

É isso mesmo, NPCs podem pegar a sua power armor caso ela esteja parada em algum lugar que não seja uma das estações amarelas. Tire o fusion core delas para que o NPC não tenha interesse nela.

Nomeando suas armas e armaduras

Você pode dar nomes novos aos equipamentos nas estações de crafting de armas de fogo e armaduras. Elas também podem receber certos tipos de formatação html, como <u>NOME</u> para o texto aparecer grifado, <i>NOME</i> para itálico e <b>NOME</b> para negrito.

Guarde todos os Overdue Books que encontrar

Estes itens podem ser trocados por tokens e prêmios em terminais pelo Commonwealth.

Montando novos settlements rapidamente / coletando junk

O ideal é conectar o novo settlement imediatamente com outro, assim você tem acesso a mais junk items para montar os turrets e outros recursos locais, sem precisar sair por aí coletando coisas. Se não tiver um settler disponível para criar uma supply line, construa primeiro um gerador e uma estação de rádio que chama novos settlers.

Memorize os itens que geram o tipo de scrap que você precisa para construir os settlements. Exemplo: precisar de muita cerâmica, borracha e cobre, por exemplo (para fazer os geradores, estações e turrets), então pegue o costume de coletar canecas, cinzeiros, chaves inglesas, etc. Não custa nada pegar fontes de óleo também, como sabão e isqueiros.

Para fazer mods em armaduras, pegue todas as fontes de adesivo que encontro, assim como fontes de ballistic fiber, que são bem raras (military ammo bag e military duct tape.)

Referências:

Game Reactor, Terra, Bichos Geek, Br Ing, Wikipedia, Techtudo.