Pillars of Eternity II: Deadfire

Pillars of Eternity II: Deadfire é um videogame RPG desenvolvido pela Obsidian Entertainment e publicado pela Versus Evil. É a sequência de Pilares da Eternidade de 2015 e foi lançado para Microsoft Windows, Linux, macOS em maio de 2018 e para PlayStation 4 e Xbox One em janeiro de 2020. Ele será lançado para o Nintendo Switch em uma data posterior. O jogo foi anunciado em janeiro de 2017 com uma campanha de crowdfunding na Fig, onde atingiu sua meta de financiamento em um dia.

Gameplay

Pillars of Eternity II: Deadfire é um videogame RPG jogado de uma perspectiva isométrica. Ambos os companheiros e novos companheiros estão disponíveis, dependendo das escolhas feitas pelo jogador, que desempenham um papel opcional na história do jogo. Deadfire concentra-se na navegação marítima e na exploração de ilhas por meio de um navio. Tripulações também podem ser contratadas para cuidar deles e auxiliar no combate aos navios. A jogabilidade baseada em classe retorna, com cada classe tendo pelo menos quatro subclasses opcionais com habilidades únicas. Um novo recurso do Deadfire em comparação com o original são as subclasses.

Nível de dificuldade – qual devo escolher para minha primeira jogada?

O nível de dificuldade Classic é a melhor escolha para sua primeira jogada. Aqui, você deve preparar seu grupo para a maioria dos encontros com monstros ou para lidar com seus ataques incomuns, mas, ao contrário dos próximos níveis, não oferece um grande desafio. Esta dificuldade perdoa todos os pequenos “erros” cometidos durante a escolha dos membros do grupo ou cometidos durante o processo de desenvolvimento de seu personagem. A exceção é quando você não jogou o primeiro jogo ou não se lembra muito bem. Se for assim, pense em escolher o nível de dificuldade Relaxado, pelo menos nas primeiras horas da campanha.

A capacidade de alterar seu nível de dificuldade atual em qualquer ponto é uma característica importante de Pilares da Eternidade 2 Deadfire. Esta opção é útil quando, por exemplo, você não consegue vencer uma luta apesar das inúmeras tentativas. A dificuldade pode ser alterada no menu de opções. Lembre-se de que essas mudanças afetam apenas um desafio oferecido por inimigos gerados no mapa explorado atualmente. Outras mudanças, por exemplo, número de inimigos, são ativadas em novos mapas. Nota – Mudar seu nível de dificuldade logo após iniciar o jogo pode bloquear o acesso a algumas das conquistas!

Como importar seu progresso do Pilares da Eternidade 1

Pillars of Eternity II: Deadfire permite que você importe suas escolhas da primeira parcela e seus pacotes de missão White March. Existem três maneiras de fazer isso:

Importar um jogo de salvamento de Pilares da Eternidade 1 – Esta é a melhor solução, se você só tiver seus salvamentos da parcela anterior e quiser que o mundo do jogo na segunda parcela reflita essas escolhas.

Use um dos seis Histories (a imagem acima) – Esta é a melhor solução se você não tiver nenhum salvamento ou simplesmente quiser fazer um início rápido. É melhor escolher uma das variantes mais neutras. O mais extremo é o sexto Histórico, porque ele assume o pior dos cenários possíveis (escolher finais de missões “ruins”; causar a morte de membros do seu grupo, etc.). Não escolha este se esta for sua primeira vez com Deadfire.

Escreva sua própria história – você pode fazer isso no menu principal. Existem muitas opções para escolher e eles podem, por exemplo, determinar como terminaram missões importantes, quem você ajudou, quem morreu, o que aconteceu com os membros restantes do grupo, etc. Esta é uma boa solução se você jogou a primeira parcela, mas você não tem nenhum salvamento.

Nota adicional – todos os eventos ou opções de diálogo resultantes das escolhas feitas em Pilares da Eternidade 1 são marcados com um ícone especial (um algarismo romano com fundo azul).

Herói e festa – como planejar seu jogo?

O processo de criação do personagem é extremamente importante em Pillars of Eternity II: Deadfire. Criar um personagem fraco ou difícil de gerenciar pode aumentar o nível de dificuldade. Decida se você deseja jogar como um personagem de uma ou várias classes durante sua primeira jogada. Um personagem multiclasse oferece uma variedade e opções maiores, mas também é mais fácil cometer erros que podem tornar seu personagem mais fraco. Se você jogou os primeiros Pilares da Eternidade então você pode pensar em criar um personagem multiclasse, mas tente escolher classes menos complicadas (por exemplo, lutador + ranger) que são fáceis de desenvolver. Se esta é sua primeira vez com a série, então fazer um personagem de classe única é sua melhor escolha. Graças a isso, será mais fácil tomar decisões enquanto sobe de nível e escolhe novas habilidades ou estatísticas.

Escolher os membros do seu partido é igualmente importante. Seu grupo em Pillars of Eternity II: Deadfire só pode consistir em cinco personagens (o primeiro jogo permitia que os jogadores tivessem seis membros do grupo). Esta é uma das razões pelas quais interpretar um personagem multiclasse é tão atraente. Ter apenas personagens de classe única oferece menos opções. Depois de encontrar um membro potencial do grupo, você pode escolher sua classe (o jogo propõe duas classes regulares e um único item para um personagem multiclasse). Tente fazer uma festa onde as classes principais (guerreiro, mago, sacerdote, ranger etc.) tenham pelo menos um representante. Outras decisões, como se você deseja lutar em combate corpo-a-corpo ou usar feitiços, dependem de você.

Auto-Pause – quando usar?

A pausa é parte integrante de quase todas as batalhas em Pillars of Eternity II: Deadfire. Este elemento deve ser familiar para você se você jogou o primeiro jogo ou qualquer outro RPG clássico. Usar a pausa automática é igualmente importante – ela é ativada automaticamente ao atender a certas condições. A pausa automática pode ser ajustada nas opções (a imagem acima). As configurações recomendadas para ativar a pausa automática são:

Inimigo localizado. Isso é quase um must-have. A pausa automática pode protegê-lo de correr entre inimigos e da necessidade de fazer algumas reações rápidas. Além disso, esta opção é útil se você jogar como um personagem furtivo, porque você pode começar a planejar seu ataque furtivo mais cedo (ou pode decidir contornar um inimigo mais resistente). Nota – Lembre-se de definir Parar Movimento do Grupo se decidir usar esta opção e as duas seguintes. Isso diminui a chance de um de seus companheiros correr perigo grave.

Início do combate. Esta é uma extensão da opção descrita acima. Mesmo que você não precise fazer preparações adicionais para uma luta em particular, ainda existem situações (por exemplo, um ataque furtivo do inimigo ou uma conversa que termina com uma luta) em que esta opção é muito útil.

Armadilha detectada. Outro cenário muito importante. Você encontrará inúmeras armadilhas ao longo do jogo. A maioria deles pode esgotar a saúde do membro do seu partido em um piscar de olhos e também podem causar ferimentos. Nota importante – Nem todas as armadilhas podem ser detectadas automaticamente pelo seu grupo. Isso depende do nível de percepção. Cuidado, especialmente dentro das masmorras. Você pode tentar aumentar o zoom o mais próximo possível e examinar você mesmo as salas recém-visitadas – as armadilhas geralmente podem ser detectadas a olho nu (por exemplo, fileiras de pequenos orifícios no chão).

Baixa saúde. Este é um cenário muito melhor do que aquele em que o jogo pausa automaticamente após a morte de um membro do grupo (derrubado no chão). Restaurar uma barra de saúde é muito mais simples do que trazer alguém de volta à vida. Além disso, ser derrubado causa lesões que deixam o personagem mais perto da morte definitiva.

Objeto oculto encontrado. Os esconderijos são marcados em roxo. Esta configuração é útil quando você deseja visitar locais. Sem ele, você pode facilmente perder uma mensagem sobre se deparar com um objeto oculto, especialmente quando a câmera não está centrada na festa naquele momento.

Arma ineficaz. Esta e outras configurações semelhantes são úteis em níveis de dificuldade mais altos, pois você encontrará mais inimigos com resistência parcial ou total a certos tipos de dano. Essas configurações não são necessárias em níveis de dificuldade mais baixos, mas ainda podem ajudá-lo a detectar problemas mais rapidamente.

Nota adicional – Além da pausa automática, você também pode usar o sistema de controle de velocidade de combate. Isso permite que você, de certa forma, reduza o tempo para ter mais controle sobre o que está acontecendo. Quanto a lutas fáceis, você pode acelerá-las. Para saber mais, consulte o capítulo intitulado Combate.

XP – como subir de nível mais rápido?

Completar missões principais e secundárias é a melhor fonte de XP em Pillars of Eternity II: Deadfire. Tente desbloquear todos eles. Você recebe XP independentemente de como a missão foi concluída.

Outros métodos de obter XP são descobrir novos locais e adicionar novas entradas de inimigos ao bestiário. Uma informação importante é que no caso de batalhas com monstros, apenas aquelas batalhas que envolvem adicionar uma entrada completamente nova ao bestiário ou atualizar as entradas já adicionadas são levadas em consideração. Em outros casos (incluindo lutar com pessoas), você não receberá nenhum ponto.

Stealth – vantagens de permanecer nas sombras

Confiar na furtividade em Pillars of Eternity II: Deadfire é recomendado – use-o sempre que puder. As maiores vantagens de se esgueirar são:

A possibilidade de aproximar-se furtivamente dos inimigos que lhe permite preparar melhor a sua equipa ou atacá-los de surpresa (por exemplo, de um flanco ou por trás).

Uma chance de contornar inimigos mais fortes. Isso é especialmente útil no início da campanha, quando seu grupo não consegue lidar com alguns inimigos de “elite” ao mesmo tempo.

A possibilidade de roubar itens de baús e carteiristas. Ambos os métodos podem lhe dar saques valiosos, mas lembre-se de ser cauteloso – ser pego pode reduzir seus pontos de reputação em um determinado local e / ou levar a uma luta.

Furtividade e prestidigitação (furto de carteiras) são algumas das habilidades que você deve começar a desenvolver desde o início do jogo. Você também deve usar a ajuda oferecida pelo jogo – o círculo cinza que indica o quão longe um personagem pode ouvir; o triângulo vermelho que mostra o campo de visão de um NPC, e pequenos círculos exibidos no chão ao redor de seus personagens que informam o quão perto eles estão para serem detectados.

Observação importante – Pillars of Eternity II: Deadfire usa um sistema de detecção de roubo bastante exclusivo. Você não será pego nem punido com reputação negativa por invadir um baú (mesmo se usar lockpicks para fazer isso). Você pode dar uma olhada em um contêiner e dar uma olhada no que está dentro (e até mesmo ler documentos!), clicando em RMB. Só tirando um item do baú existe o risco de ser pego. No entanto, isso só é válido para os itens que foram marcados em vermelho na janela de conteúdo.

Viajando pelo mundo – mapas locais e mundiais

Viajar pelo mundo de Pillars of Eternity II: Deadfire é semelhante à forma como era feito no jogo anterior. No entanto, a sequência tem alguns recursos novos e importantes. Existem quatro aspectos de viajar pelo mundo do jogo:

Mapas locais – incluem cidades, vilas, masmorras e outros locais que têm seu próprio mapa e onde você pode ver todos os membros do seu grupo e a interface do usuário em sua versão completa. Cada mapa local tem uma ou algumas “saídas” – elas podem levar a sublocações (por exemplo, masmorras sob ruínas) ou a um mapa de cidade / mapa mundial.

Cidades – locais maiores no jogo podem receber mapas da cidade, onde os distritos foram delineados (por exemplo, porto, comércio). Você pode viajar entre esses distritos, onde chegar a outro distrito geralmente leva de 1 a 2 horas do tempo de jogo.

Mapas mundiais: viajando a pé – é assim que você descobre novas partes das ilhas ou outras áreas que estão em terra. Você pode escolher livremente seus destinos (o tempo passa mais rápido quando você está viajando). Graças a este método, você pode alcançar novos locais nos mapas ou pode examinar locais menores (encontrando suprimentos, participando de uma interação com script, etc.).

Mapas do mundo: usando um navio – Este é um novo recurso muito importante adicionado ao jogo. Usar um navio é a única maneira de chegar a ilhas e outros locais distantes. O tempo passa mais rápido e você pode escolher a direção, como faz quando viaja a pé. Graças ao seu navio, você pode chegar às ilhas (procure os ícones de ancoragem), vá direto para os mapas locais, mas também pode examinar locais opcionais. Além disso, seu grupo pode encontrar outros navios – você pode decidir se deseja atacá-los ou evitá-los.

Salve seu jogo antes de começar a examinar uma nova área ou ilha. Isso pode protegê-lo de encontros com oponentes poderosos, uma interação programada (que pode ser “falhada” devido a más decisões) ou uma batalha marítima com um navio inimigo. No entanto, você não deve evitar explorar novos lugares porque visitar um novo mapa pela primeira vez dá XP.

Mais informações sobre como explorar o mundo podem ser encontradas nos capítulos Exploração e interação com o meio ambiente e Viagem de navio, que contém várias dicas, por exemplo, sobre como criar uma tripulação de navio, reunir suprimentos ou derrotar outros navios em batalhas navais.

Itens que são úteis durante a exploração do mundo

Usar passagens alternativas, graças a certos itens, e alcançar tesouros únicos foi possível nos primeiros Pilares da Eternidade. Deadfire também tem essa opção. Um dos itens mais importantes são os lockpicks. Eles permitem que você abra portas ou baús, desde que o pool de Party Assist for Mechanics seja ligeiramente mais baixo do que o de uma fechadura (por exemplo, uma fechadura de nível 4 e 3 pontos de Party Assist em Mechanics). Infelizmente, os lockpicks não podem ser usados ​​quando o nível de uma fechadura é muito maior do que o nível de Mecânica de todo o grupo. Por exemplo, lockpicks não estarão disponíveis se um lock estiver no nível 10 enquanto seu grupo tiver apenas 5 pontos em Mecânica.

Além de lockpicks, existem outros itens que oferecem interações exclusivas com o ambiente (e possíveis novas passagens alternativas). Esses itens são Corda e Grappling gancho, martelo e um formão, picareta e prybar.

Todos esses itens podem ser comprados de fornecedores ou encontrados no mundo todo. Tente sempre ter pelo menos uma unidade de cada item em seu inventário. Eles são todos descartáveis. Salve seu jogo antes de usar qualquer um deles, caso o resultado não seja satisfatório para você. Quando isso acontecer, você pode simplesmente recarregar o seu salvamento anterior e deixar esse valioso “gadget” para mais tarde.

Missões – o jogo não mostra um caminho exato para o gol

Assim como na edição anterior, Pillars of Eternity II: Deadfire não segurará sua mão durante as missões. Aqui você pode encontrar algumas informações importantes sobre missões:

Fale com todos os NPCs porque os geradores de missões não são marcados pelo jogo. Procure personagens com nomes únicos, há uma grande chance de você conseguir falar com eles. Lembre-se sempre de usar todas as linhas de diálogo (ou pelo menos usar aquelas que estão disponíveis graças às suas estatísticas atuais e habilidades de grupo). Pular uma missão pode diminuir sua diversão, mas também custa muito XP ou itens como recompensa.

Verifique seu diário para ler uma descrição de cada missão. O jogo não marca nenhum local relacionado a missões no mapa (por exemplo, uma cabana que pode ser examinada, um NPC que pode ser interrogado). Você tem que descobrir tudo isso sozinho. Preste atenção às partes do texto em negrito. Eles geralmente informam sobre locais ou personagens importantes relacionados a uma determinada missão.

A maioria das missões em Pillars of Eternity 2 Deadfire não são lineares. Essa não linearidade é evidente principalmente em conversas com NPCs e interações com objetos do ambiente. Algumas linhas de diálogo ou maneiras de se comportar só estão disponíveis quando você atende a certos requisitos (por exemplo, uma alta diplomacia ou ter um personagem de uma determinada raça em seu grupo). Você também pode precisar fazer uma escolha – há situações em que certas ações são mutuamente excludentes. Salvar antes de cada decisão importante é uma boa ideia. Ao fazer isso, você tem a chance de voltar e escolher uma linha diferente.

Nota – A informação importante, em relação às missões, é que o jogo informa sobre a dificuldade potencial. Isso é representado por crânios no diário ao lado do nome da missão. Quanto mais crânios, mais difícil é a tarefa. Deixe todas as missões mais difíceis para um momento posterior e concentre-se nas que correspondem à experiência do seu grupo.

Nosso guia para Pillars of Eternity 2 Deadfire contém um passo a passo para todo o jogo. Verifique se você tiver problemas ou dúvidas. Tentamos nosso melhor para incluir tantas variantes quanto possível e para informá-lo sobre as consequências de realizar certas ações.

Efeitos de status positivos e negativos – como entendê-los?

Os status são um elemento importante da jogabilidade em Pillars of Eternity II: Deadfire. Eles podem determinar o quão bons (ou ruins) os membros do seu partido são no cumprimento de seus pedidos. Eles também podem afetar seu estado de saúde atual. Os status são divididos em positivos e negativos. Os positivos geralmente são criados por feitiços, bênçãos ou efeitos causados ​​por ataques AOE. Status negativos podem ser causados ​​por um ataque único ou uma armadilha ativada.

Os status são marcados por pequenos ícones próximos aos retratos dos membros do seu grupo, que são exibidos no canto inferior esquerdo. Mova o cursor do mouse sobre eles para aprender sobre um determinado status. Status negativos podem ser anulados, por exemplo, beber poções, antídotos ou lançar feitiços de cura.

Muitos dos status duram apenas uma batalha. Aqueles que duram mais ou são “permanentes” (por exemplo, o status da imagem acima que dá estatísticas de bônus se um companheiro animal estiver perto daquele personagem) podem ser verificados na ficha de personagem. Lesões são uma categoria separada e são marcadas com gotas de sangue que são exibidas ao lado do retrato de um membro do partido (à esquerda). Mais sobre eles na próxima subseção deste capítulo.

Salvar o jogo e a morte de um personagem

Por padrão, Pillars of Eternity 2 Deadfire permite que você crie um número ilimitado de salvamentos. Você pode usar salvamentos rápidos ou manuais. Além disso, o jogo sempre cria um salvamento automático sempre que você entra em um novo local. A exceção é quando você escolhe o modificador Trial of Iron no início do jogo. Neste modo, você tem que vencer o jogo em um único slot de salvamento que é excluído após a morte de todo o seu grupo. Não tente jogar neste modo se não tiver concluído o jogo pelo menos uma vez. Este modo requer que você saiba tudo sobre a mecânica do jogo e tenha conhecimento sobre possíveis ameaças em um determinado local. Salve seu jogo antes de começar a explorar um mapa desconhecido ou antes de cada batalha. Salve ANTES de se aproximar dos inimigos, ou seja, antes que eles percebam seu grupo.

Em Pillars of Eternity 2 Deadfire, um membro do grupo que foi nocauteado não morrerá imediatamente. Esse personagem pode ser ressuscitado por outro companheiro durante a mesma luta ou ele se levantará após uma batalha (vitoriosa). Infelizmente, você não pode confiar nesse método sempre que quiser. Cada situação em que um personagem é derrubado causa uma lesão. O seu estado atual de saúde pode ser verificado a qualquer momento do jogo. Essas lesões são marcadas com gotas de sangue vermelhas exibidas à esquerda do retrato de um personagem – o personagem na foto acima tem três lesões (três gotas). A quarta queda significa que esse personagem morrerá permanentemente. Recarregar um salvamento anterior é uma boa opção aqui. No entanto, os ferimentos podem ser removidos:

Visitar uma pousada e alugar um quarto é uma ideia melhor. O descanso elimina lesões e todos os outros status, mesmo se você usar a variante básica (aquela que não lhe dá nenhum bônus de estatísticas).

Uma forma alternativa é fazer um acampamento. Este método só é útil quando você está longe de uma aldeia ou qualquer outro local que ofereça um local de descanso e seu personagem tiver três ferimentos e estiver perto de morrer. Aqui, os ferimentos só podem ser removidos com alimentos.

Nota importante – Lesões podem ser causadas não apenas durante as lutas, mas também após pisar em uma armadilha. Tenha muito cuidado ao examinar locais desconhecidos, especialmente masmorras. Isso reduzirá a chance de ativar uma armadilha. Depois de descobrir um, você pode tentar desarmá-lo ou contorná-lo. Lembre-se de que armadilhas de alta qualidade podem não ser descobertas automaticamente por seu grupo. Percepção é o atributo que determina o quão bons seus personagens são em encontrar armadilhas.

Testes de assistência de grupo – pontos de habilidade de todo o grupo podem combinar

Pillars of Eternity 2 Deadfire apresenta um sistema onde as habilidades de seu personagem principal podem ser fortalecidas pelas mesmas habilidades de outros membros do grupo. Como isto funciona na pratica?

Por exemplo – o personagem principal escolhe uma ação que requer a habilidade Diplomacia (isso ocorre durante uma conversa). A habilidade de diplomacia dos membros do grupo é assim: Personagem principal – 3 pontos de Diplomacia

Aloth – 4 pontos de Diplomacia

Xoti – 5 pontos de Diplomacia

Pallegina – 2 pontos de Diplomacia

O personagem principal tem 3 pontos de Diplomacia, mas também recebe um bônus de seu grupo: 4 + 5 + 2 = 11. Isso dá 5 pontos de Diplomacia adicionais – seu personagem recebe 8 pontos de Diplomacia durante esta ação.

Construa uma festa completar

Não – não queremos dizer cinco bffs que saltam por aí dizendo uns aos outros o quanto eles amam aquela nova couraça, ou como a espada bastarda que eles estão usando realça a cor de seus olhos. Para sobreviver aos muitos desafios de Pillars of Eternity II: Deadfire, você precisa compor um grupo de classes que complementam as habilidades umas das outras. Vaguear com um grupo formado exclusivamente por conjuradores de membros esguios é procurar encrenca, e o mesmo vale para guerreiros desajeitados que nem sabiam soletrar ‘magia’, quanto mais manejá-la.

Em vez disso, é melhor equilibrar suas classes de acordo com seus pontos fortes e fracos relativos. O equilíbrio preciso está aberto à experimentação – e na verdade, isso é metade da diversão – mas se você estiver chegando aos Pilares, e talvez até mesmo RPGs isométricos, novamente aqui está um modelo básico: dois tanques, um revendedor DPS (corpo a corpo ou à distância) , um curandeiro e um utilitário.

Como o tamanho do grupo diminuiu de seis para cinco desde o primeiro jogo dos Pilares, a composição do partido não pode ser traduzida exatamente entre os dois, mas os princípios permanecem os mesmos. Os dois tanques estão lá para tirar todo o dano de quem você está lutando, porque eles inevitavelmente terão mais saúde e resistência. Guerreiros, Bárbaros, Paladinos, Monges e até mesmo Chanters podem funcionar bem em uma parceria de tanques juntos, especialmente se receberem bônus que atraem a atenção do inimigo para eles e, portanto, para longe dos membros mais fracos do grupo.

Nos negociantes DPS – a ênfase aqui é lidar com o dano máximo por segundo ao invés de absorvê-lo. Barbarian, Monk, Cipher, Rogue e Wizard são adequados para o trabalho, e você pode até decidir sacrificar um tanque por dois deles – dividi-los em um corpo a corpo e um à distância torna mais difícil para os inimigos se posicionarem adequadamente para anular eles. Atrás deles está o seu curador – um sacerdote ou druida – cujo trabalho principal é melhorar a saúde de todos e mantê-los vivos. Depois, há a sua utilidade – qualquer uma das classes mágicas, como Wizard, Chanter ou Druid – que aumenta os amigos e enfraquece os inimigos para os tipos de ataque dos outros membros do grupo.

Você saberá que encontrou uma composição decente quando, ao pausar o jogo, descobrir que a ação padrão de cada membro do grupo é aproximadamente o que você gostaria – ou seja, duas pessoas absorvendo o dano, a maioria lançando ataques e um ou dois no dever de polimento.

Entenda o sistema de saúde

Este foi um elemento confuso nos primeiros Pilares: saúde e resistência são ambas esgotadas quando você sofre dano em combate, mas suas consequências e curas variam significativamente. A resistência pode ser reabastecida facilmente usando feitiços e itens, e ficar sem ela completamente em combate derrubará um personagem. A saúde, por outro lado, só pode ser reabastecida com descanso. Se você perder toda a saúde de um personagem uma vez, ele será derrubado e retornará em 1HP com um status de ‘mutilado’ permanente, o que significa que na próxima vez que perder toda a saúde, ele morrerá. Para sempre. Foi. Kaput.

Dadas as apostas altas e o fato de que esses dois sistemas não são muito explícitos no jogo original, isso provou ser um dos maiores obstáculos para os iniciantes. Portanto, ele foi ligeiramente remodelado para o Pilar II. Há apenas uma barra que determina como, hã, os membros do seu grupo estão vivos e, se estiver esgotada, eles perderão 25% do HP até o próximo descanso. Se eles forem abatidos quatro vezes sem descansar, eles estão mortos. Então, você sabe, descanse seus membros feridos do partido.

Preste atenção ao posicionamento

Pode não parecer a princípio, mas onde os membros do seu grupo estão em relação uns aos outros e seus oponentes tem uma grande influência no resultado de cada luta.

No exemplo mais simples possível, colocar seu tanque na frente de uma porta irá preencher essa lacuna para que outros oponentes não possam entrar na sala e flanquear você. Da mesma forma, colocar o tanque na frente do grupo significa que eles estão mais aptos a realizar tarefas como essa. Não entre com feiticeiros fracos encabeçando sua formação, tipo, nunca.

Quando os bônus começam a ser distribuídos para ataques furtivos e de flanco, as coisas ficam realmente interessantes. Seus feiticeiros podem imobilizar oponentes perigosos para que um Ladino possa se manobrar para desferir o golpe mortal. Ou seu DPS melee pode aproveitar uma oportunidade, já que seu tanque mantém um inimigo engajado na frente, para lançar um ataque de flanco. A tecla de pausa é sua amiga aqui, então use-a para reagir ao inimigo enquanto ele tenta manobrar você.

Fique atualizando com a história

Esta sequência é uma continuação direta dos eventos do primeiro jogo – você até joga o mesmo personagem, o Observador. Se você pulou Pillars, mas não quer sentir que as conversas estão passando por cima da sua cabeça, aqui estão as notas do penhasco.

O Vigilante viaja para o alcance oriental de Eora em busca de um trabalho de aventura honesto. Suas humildes ambições são prejudicadas quando uma tempestade mata seu grupo de viajantes e, enquanto buscam abrigo em uma caverna próxima, eles testemunham um horrível ritual de coleta de almas – que, aliás, dá ao Observador o poder de ler almas e reviver suas memórias. Prático.

Ansioso para entender suas visões perturbadoras, o Vigilante encontra Lord Raedric em Dyrwood, que lhes fala sobre a praga Hollowborn – pessoas nascidas sem alma, que são subsequentemente penduradas em uma árvore no meio da cidade. Animancers são os principais suspeitos, mas, como o Watcher descobre durante suas investigações, o culpado é na verdade um sujeito chamado Thanos. Ele é o único do ritual de coleta de almas na caverna, ao que parece.

Rastreando Thanos até seu covil, O Vigilante descobre que os deuses que governam seu mundo são, na verdade, invenções de animancers, colocadas em prática para manter a sociedade sob controle. Thanos é o último da ordem que criou os deuses, e ele tem usado a magia de colheita de almas para permanecer vivo e cobrir seus rastros o tempo todo. O Vigilante o mata, mas como o resto da história termina depende de suas ações anteriores. É possível transportar essas consequências e personagens para Pilares da Eternidade II , que chega ao PC em 8 de maio, mas se você está lendo isso, achamos que isso não será um fator.

Traga um mago e um sacerdote

Eles não podem receber muitos golpes, mas quando sobem de nível, eles oferecem a maior variedade de feitiços que são devastadores no ataque e oferecem a variedade mais tática para você. Os magos oferecem opções que os lutadores simplesmente não podem. Além disso, não tenha medo de usar alguns feitiços que têm efeitos de status em vez de dano direto. Prender os inimigos no chão com teias de aranha pode ser muito mais importante do que assá-los com fogo às vezes.

Quando suas tripas estiverem sendo roídas por carniçais, você ficará grato por ter esses arautos dos deuses para expulsá-los e colocar aqueles fluidos vitais tão importantes de volta dentro de você. Eles podem ser surpreendentemente bons no ataque se você também os especificar.

Divulgue suas habilidades em seu grupo

Durante suas viagens, às vezes você terá que verificar suas habilidades. Pode ser para blefar em uma situação ou para perceber certas coisas sobre a situação em que você está. Em Pillars Of Eternity II, o grupo pode acumular habilidades como um grupo. Então, se seu personagem principal tem 3 na diplomacia e outro tem 2, o grupo terá 5 na diplomacia para verificações de grupo. É muito útil ter isso em mente ao escolher habilidades conforme você sobe de nível.

Coma suas ervilhas e descanse

Quando você descansa em Deadfire, você tem a oportunidade de comer parte da comida que você pilhou ou cozinhou. Comida e descanso vão lhe dar incentivos bastante significativos que podem levá-lo a uma situação complicada.

Referências:

Cultured Vulture, PCGAMESn, Game Pressure, wikipedia.

Secret of Mana

Secret of Mana (Seiken Densetsu 2, como é chamado no Japão), é um jogo eletrônico de RPG lançado para SNES em 1993. O jogo é o segundo título da série Mana (Seiken Densetsu). Secret of Mana, se passa em um universo de alta fantasia. O jogo gira em torno de três heróis que tentam evitar o império de conquistar o mundo com o poder de uma antiga fortaleza voadora de guerra. Várias vezes, os heróis são confrontados por Thanatos, um feiticeiro maligno.

Os personagens

Secret of mana snes rpg 1hit games

O herói é habilidoso com armas e possui grande poder físico. A menina é curandeira, lança magias de restauração e apoio. O Duende lança magias ofensivas. Na versão original do SNES, os três personagens não possuem nomes, embora seus nomes apareçam no manual de lançamento japonês. No game, o jogador tem a opção de nomear os personagens que ele deseja.

  • O herói – um jovem rapaz, é adotado pelo chefe da Vila de Potos depois que a mãe do garoto desaparece antes do início do jogo. Porém, quando a espada de mana é revivida pelo garoto, monstros começam a invadir sua vila por causa do poder da espada e os moradores decidem expulsar o garoto de sua vila natal.
  • A menina – namorada de um guerreiro chamado Dyluck, que foi encomendado pelo rei para atacar o castelo de Elinee. Irritada com as ações do rei, e pela tentativa de seu pai para organizar seu casamento com um nobre local, a garota deixa o castelo do rei para salvar Dyluck e acompanhar o herói também.
  • O duende – O duende ganha a vida enganando pessoas em um show de horrores realizada por anões. Ele não se lembra de nada sobre seu passado e então decide se juntar à equipe para tentar recuperar suas memórias.

História

Secret of mana snes rpg 1hit games

A história se passa num mundo fictício, que contém uma fonte de energia etérea chamada Mana. Uma antiga civilização explorou Mana com o objetivo de construir um “Fortaleza de mana”, um navio de guerra voador. O episódio enfureceu os deuses, que enviaram bestas gigantes para batalhar contra a civilização. O conflito foi tão grande, que quase se esgotaram os sinais de mana do mundo. Um dia, um guerreiro usou o poder da espada de mana para destruir a fortaleza e o mundo começou a se recuperar em paz. Quando o jogo se abre, um império procura oito Sementes de Mana, que quando “seladas” irá permitir que o império as utilize para restaurar novamente a Fortaleza de Mana.

Em busca dos 8 templos

Secret of mana snes rpg 1hit games

No início de Secret of Mana, um jovem revive a sagrada espada de mana, contudo, ela já perdeu sua força. Para revigora-la, o jovem precisa visitar os 8 templos de manas do mundo. Ele passa a ser acompanhado por uma garota e um duende. Ao longo de suas viagens, o trio é perseguido pelo império. O imperador e seus subordinados estão sendo manipulados por Thanatos, um feiticeiro antigo que espera criar um “novo mundo pacífico”.    

Jogabilidade

Secret of mana snes rpg 1hit games

Secret of Mana, assim como a maioria dos RPGs da era 16 bits, exibe uma visão de cima para baixo. Andar pelo mundo, coletar itens, subir de nível e enfrentar Chefões também fazem parte do pacote. Contudo, ele traz um sistema de batalha em tempo real. Esse sistema, o difere desses RPGs da época, que estavam populares, onde as batalhas eram feitas por turno.

Menu de comandos

Secret of mana snes rpg 1hit games

Secret of Mana possui um sistema de menu de comando anel único. Esse sistema, faz com que o jogador possa fazer uma pausa na ação, e dessa forma, tomar decisões no meio da batalha. Além disso, o jogador pode decidir controlar cada um dos personagens a qualquer momento. Quando um personagem for escolhido, os demais serão controlados pela máquina.

Barra de energia e Pontos de experiência

Secret of mana snes rpg 1hit games

Localizada na parte inferior da tela está uma barra de energia, um medidor que determina a quantidade de dano causado a um inimigo durante o ataque. Carregar uma arma faz com que o medidor esvazie e recarregue rapidamente, permitindo que o personagem ataque com força total. Após uma batalha o personagem ganha pontos de experiência. Quando o personagem ganha pontos de experiência suficientes, ele aumenta de nível e assim, aumenta seus atributos.

Armas

Secret of mana snes rpg 1hit games

O grupo possui 8 tipos de armas diferentes, espada, lança, arco, machado, bumerangue, luva, chicote e dardo. Cada arma, pode ser atualizada 8 vezes. O uso repetido de uma arma, aumenta sua habilidade para um máximo de 8. Em cada nível, a arma desbloqueia um ataque especial. As armas são atualizadas com Weapon orbs, que são encontradas em masmorras ou ganhas ao derrotar certos chefes.

Recupere seus pontos de vida

O trio pode descansar na cidade. Isso faz com que seus pontos de vida se recuperem. As outras opções são, comprar itens e/ou equipamentos restauradores.

Aprendendo magias

Secret of mana snes rpg 1hit games

Para aprender magias, o grupo deve resgatar espíritos, conhecidos como elementais. Os 8 elementais representam diferentes elementos, tais como; água, terra e fogo. Além disso, cada um deles fornece ao jogador magias específicas. As magias tem níveis de habilidade semelhantes a armas, porém o uso de mágica custa pontos de magia para lançar.

Flammie e o modo 7

Secret of mana snes rpg 1hit games

No começo de Secret of Mana, o grupo precisa atravessar um campo infestado de inimigos. A viagem pode ser agilizada através do canhão gigante, que arremessa os personagens para longas distancias. Posteriormente, o grupo tem acesso a Flammie, um mini dragão que é controlado pelo jogador. Ele é capaz de voar livremente em todo o mundo, representado por um mapa superior. Essas sequências usam a capacidade do Modo 7 do SNES. O modo 7 cria um fundo giratório, dando a ilusão de que o solo abaixo de Flammie é processado a três dimensões.

Chefões

Como todo bom jogo de RPG, em Secret of mana, você também encontrará diversos chefões para enfrentar no decorrer do jogo. Uns mais fáceis, outros mais difíceis. Confira a seguir, os chefes que você encontrará no jogo.

Mantis Ant

Secret of mana bosses Mantis Ant 1hit games

Perto dos outros chefes, a formiga louva-Deus é moleza, ainda mais se tiver com a bandana equipada. Ainda que a batalha é quase impossível de perder, é necessário jogar com inteligência. Tome cuidado com o Míssil Gem e a tempestade de ácido, esses ataques poderão tirar bastantes HP do herói. A outra formiga que você encontra é a Metal Mantis. Embora possa parecer difícil, a Formiga Louva-a-deus revestida de aço não é nada disso. Ele apenas tem mais ataques do que Mantis Ant.

Tropicallo

Secret of mana bosses Tropicallo1hit games

Tropicallo, basicamente dança ao redor da arena, cavando por baixo da terra e com isso, aparece na esquerda, direita ou no centro da arena. Enquanto está embaixo da terra, pode enviar videiras para diminuir e envenenar ambos os membros do grupo. Quando ele aparecer, não ataque a casca dele, isso não adiantará. Espere que cabeça apareça, então ataque-o usando uma arma carregada. Posteriormente, mais para frente do jogo, você encontrará um parente de Tropicallo, o Boreal Face. Para enfrenta-lo, você precisará estar com os personagens pelo menos no Lv 25. O Face Boreal, é resistente à Água, Terra e Vento. Isso significa que você precisará de armas para vence-lo. Cuidado com as bombas de abóboras e seus feitiços de nível 4.

Spiky Tiger

Secret of mana bosses Spiky tiger 1hit games

A dificuldade aumenta um pouco com Spiky Tiger. O Tigre tem ataques devastadores. Pula o tempo todo na arena, deixando pouco espaço para você agir. Spiky deixa o alvo inconsciente rolando como uma bola. Possui sopro de fogo, e por fim, ele pode enfraquecer o personagem, usando o ataque Buquê de fogo. Para derrota-lo a estratégia é simples. Se ele pular no chão, ataque-o com uma arma branca carregada. Se ele saltar para uma das duas plataformas elevadas, faça-o explodir com um tiro de míssil. Fique fora de seu caminho e se cure quando necessário. Posteriormente, você enfrentará Blue Spiky, o parente de Spike Tiger. Ele é bem mais fraco que seu antecessor. Use a mesma estratégia que usou em Spiky Tiger.

Tonpole

Secret of mana bosses Tonpole1hit games

O jogador lutará com um total de quatro Tonpoles no decorrer da história: um na Caverna de Ondine e três no Palácio de Gelo. Eles não grandes ameaças, muito pelo contrário, são bem fáceis de passar. Use armas de curta distância, essa é a única forma de conseguir dar dano neles.

Biting Lizard

Secret of mana bosses biting lizard1hit games

Esta batalha é bem mais fácil que a do tigre, porém com alguns toques de aborrecimentos. Quando você o encontra, existe apenas um, contudo, depois que o Tonpole evoluir, vira festa. Essa criatura é capaz de engolir qualquer coisa que sua língua toque e sim, inclusive membros do seu grupo. Quando isso acontecer, enfie uma arma nele, para fazer com que ele regurgite. Quando ele está bem fraco, ele se cura. Bata nele até cair. Após isso, cure quem precisar pois outra luta acontecerá. Snap Dragon se assemelha ao Biting Lizard. Não o subestime, certifique que suas armas foram atualizadas e suas magias devem ser pelo menos nível 6-7. Ele é fraco contra fogo. Se caso ele te engolir, espere ele receber 400 de dano que ele cospe você de volta.

Gigas

Secret of mana bosses fire gigas 1hit games

No decorrer do jogo, você enfrentará 3 chefes Gigas; O Fire Gigas, Frost Gigas e por fim, Thunder Gigas.

Fire Gigas é to tipo fogo. Ele possui os poderes; Fireball , Exploder e Lava Wave, além de sopro de fogo. Além disso ele pode se transformar em um redemoinho estonteante de bolas de fogo para impedir que o grupo o atinja. Use o sabre de gelo e jogue umas bolas freeze em seu caminho. Frost Gigas é especializado no tipo água. Seu ataque mais irritante é sua respiração congelada. O que ele geralmente faz é se materializar, soprar o Freeze Breath em alguém e então desaparecer novamente. Quando ele se materializar, faça com que Popoi lance um Exploder ou Fireball ou Lava Wave. Thunder Gigas possui uma dificuldade maior que os demais. Blitz Breath será definitivamente o seu pior pesadelo nesta luta, esse ataque causa mais de 400 danos a um único personagem. Use Earth Slide frequentemente e use a curandeira para curar todos os Blitz Breath que você receber.

Wall Face

Secret of mana bosses Wall face 1hit games

Wall Face não se moverá até que seus olhos de câmara sejam abatidos, mas ainda pode atacar o grupo com sua magia de água. Ele também pode usar o feitiço de madeira Revivificador para prolongar a luta. Evite faze-lo se mover, se isso acontecer o jogador terá 15 segundos até ser esmagado e a luta acabar.  A maneira mais rápida e fácil de sair é definir um atalho para um dos feitiços do Gnome para o duende e acorrentar o mais rápido possível no olho central. Faça a curandeira curar conforme necessário enquanto o herói ataca. Posteriormente, você enfrentará Doom’s Wall. Ela é semelhante a Wall Face, só que mais robusta e com feitiços mais poderosos. Doom’s wall lança thunderbolts em você, então mantenha seu HP alto. Este chefe é fraco contra magia leve, mas você não tem nenhuma, então você terá que atacá-lo com magias de um elemento diferente

Kilroy

Secret of mana bosses Kilroy 1hit games

Kilroy não é difícil, porém é irritante. Você precisará ter ervas medicinais com você, caso ele faça caretas. Basicamente, ele tenta te atacar a todo momento com seu martelo. Quando você causa dano suficiente nele, ele rolará e se moverá mais rápido. Evite ficar perto dele. Posteriormente, você enfrentará Kettle Kin. Nada para se preocupar aqui, ele tem pouco HP. Alguns feitiços Burst podem acabar muito rápido com ele. A Lucid Barrier impedirá que qualquer dano físico passe, então é melhor você se limitar a magia para esta luta.

Jaberwocky

Secret of mana bosses Jaberwocky1hit games

Personagens Lv 15, armas atualizadas e Cobra bracelets de Pandora, podem deixar essa luta um pouco mais fácil. Entõ, certifique-se que esses três quesitos estejam de acordo. Quando ele acerta o personagm com uma de suas cabeças, o personagem poderá ficar paralizado, tome cuidado ocom isso. Seu ataque mais irritante é o Poison Breathe que envena todos os personagens, lembra do Cobra Bracelets? Ele não deixará os personagens serem envenenados. Use Earth Slide com o duende, se cure com a menina e use espada ou lança nv 3 com o herói. Mais para frente, você enfrentará Hydra. Ela não é muito difícil. Parecida com Jaberwocky, contudo, se regenera com mais frequência. Use um lança para ataca-lo com o herói. Usando o duende, Exploder, Lava Wave, Fireball, Fire Bouquet e Blaze Wall são ótimas contra Hydra.

Spring Beak

Secret of mana bosses Spring Beak 1hit games

Todos os feitiços de Spring Beak são multi-alvos. “Silence” impedirá um personagem de lançar magia e inverter seus controles por um curto período de tempo. “Balloon” é semelhante ao efeito “Parar” em Final Fantasy. Tudo que você precisa fazer para derrota-lo, são três boas conjurações do feitiço Deslizamento da Terra de nível 2 do duende. Posteriormente, você enfrentará Axe Beak. Ele é como Spring Beak, só que baseado no fogo. Escolha o elemental Ondine para o duende. Os movimentos dos cabelos de Axe, indicam com quais poderes ele te atacará. Movimentos para frente e para trás significam que ele lançará Buquê de Fogo ou Bola de Fogo, ou se o cabelo estiver em pé, você levará uma Onda de Lava. Use a menina para curar quem se ferir.

Great Viper

Secret of mana bosses Great Viper 1hit games

Esteja no Lv 21 e tenha o Midge Mallet para esta luta. Great Viper é muito móvel, então você pode ter que persegui-lo para atacá-lo fisicamente. Se você chegar muito perto dele, ele engolirá você e depois o cuspir. Se isso aocntecer, use o Midge Mallet para se curar. Ataque a víbora com o Thunderbolt do duende. Se precisar, use a menina para curar o HP dos personagens. Essa não é uma luta muito difícil. Apesar dela ter bastante HP, tem baixa defesa física em comparação com os chefes anteriores. Posteriormente, você enfrentará Dragon Worm. Ele é basicamente a Great Viper, só que mais forte e com mais ataques. Sua fraqueza são as magias de vento. Com isso, abusa de Thunderbolts ou Air Blasts.

Mech Rider

Secret of mana bosses mech rider 1,2,3 1hit games

Esse chefe é difícil de lidar. Ele fica avançando de um lado do campo de batalha para o outro aleatoriamente. Atacá-lo faz com que ele lance nível 3 de Aceleração em si mesmo. A dica é, Use o duende para atacar qualquer feitiço. O herói precisar ter pelo menos uma espada nv 4 para usa-la. Use Cure Water com a menina quando necessário. Mais para frente, você enfrentará Mech Rider 2.

  • Mech Rider 2.

Nada de diferente do primeiro. Ataque até que ele morra, com qualquer coisa, pois esse chefe não tem fraquezas. Um é pouco, dois é bom, três é demais. Mais pra frente no jogo, você enfrentará Mech Rider 3.

  • Mech Rider 3

Ele possui aceleração de nível 5 e ataques de carga, que podem paralisar você. Mas ele também tem parede. Com isso, O Duende tem que lançar “Dispel Magic” para se livrar dela. Cada vez que você o acertar fisicamente, ele irá contra-atacar com Speed ​​Up nível 5, e se sua parede estiver ativada, ela irá saltar sobre um dos membros do seu grupo. Se livre da parede e depois solte o feitiço que quiser. Continue atacando até que a batalhe termine.

Minotaur

Secret of mana bosses Minotaur 1hit games

Minotaur pode ser uma luta difícil, mesmo quando você tem a magia do vento. Seu Earth Slide pode causar até 100 pontos de dano ou mais a um personagem. Felizmente, ele não possui muito HP. Use Cure Water com a menina, pra curar os deslizamentos de terra. Alguns feitiços de Raios e Thunderbolts do Duende já eliminarão o Touro bravo. Posteriormente, você enfrentará Gorgon Bull. Basicamente é uma revanche do Minotauro. Porém, Gorgon Bull tem um Earth Slide nível 8. Se você comprou a armadura de Gold City, ele mal vai arranhar você. Seu ataque de carga pode te paralisar, entretanto, tome cuidado. Use o feitiço Thunderbolt nível 4 ou 5 do Duende para causar grandes danos.

Vampire

Secret of mana bosses Vampire 1hit games

Você enfrentará o Vampiro logo após a luta com Doom’s Wall. Vampiros não gostam da luz, contudo, você ainda não possui magias de luz. Então precisará usar outros tipos de magias. O vampiro tem muito HP, então você pode ficar aqui por um tempo. Ele também gosta de colocar as pessoas para dormir, sendo assim, tome cuidado. Mais para o fim do jogo você enfrentará Buffy, o outro vampiro. Ele é tão fácil quanto, porque agora você tem feitiços de luz. A menina é o personagem escolhido nesta batalha. Faça com que ela lance constantemente feixes de luz de nível 8 no chefe. Cuidado com os ataques do chefe e seus feitiços. O Duende pode ajudar a menina lançando qualquer magia elemental, exceto Sombra, de preferência Dríade.

Lime Slime

Secret of mana bosses Lime slime 1hit games

Lime Slime pode ser um incômodo. Seu ataque de bolha de limo pode causar veneno, gelo ou engolfar. Fora isso, você precisa se preocupar com Dark Force e Evil Gate . Não lance magia de sabre, pois ele pode lançar Dispel Magic para tirá-los imediatamente. Para matá-lo, faça com que o Duende lance Exploder nível 4 ou nível 5 repetidamente até que ele seja derrotado. A menina deve usar Cure Water de nível 4 ou 5 se o HP estiver baixo e Fire Bouquet para causar algum dano extra de fogo. Posteriormente, como um dos últimos chefes, você enfrentará Dread Slime.

  • Dread Slime

Dread Slime é o que possui mais HP do jogo. Seu principal ataque é Acid Storm , o que não é nada demais. No entanto, se o Duende lançar um feitiço nele, Dread Slime começará a lançar um feitiço desse mesmo elemento. Ele copiará todos os elementos, exceto a magia Luna e a magia Sombra, contra as quais ele é fraco. Outro detalhe sobre ele é que, se a menina lançar Wall no grupo, a magia do Dread Slime será refletida de volta para ele para mais danos. Ao contrário do Lime Slime, Dread Slime fica maior à medida que sofre danos e, com isso, seus personagens ficarão presos em um ponto, tornando impossível atacá-lo fisicamente. Sua escolha principal para a batalha é o feitiço Dark Force do Duende. Além disso, a menina precisa lançar um Wall de nível 8 ou Cure Water para defesa.

Dark Stalker

O Dark Stalker é o único chefe em Secret of Mana que mais tarde reaparece como um inimigo normal. É uma forma usada por Sheex para furtividade e batalha. Aqui, você deverá usar a menina curandeira. O Dark Stalker ataca forte com sua espada, joga shuriken, lança Dispel Magic no grupo e Ice Saber em si mesmo, e desaparece nas sombras para se teletransportar, mas não importa como você lute, ele oferece poucos problemas. Certifique-se de que a magia de luz dela esteja no nível 7 e faça com que ela lance Lucent Beam e a luta acabou. Você ganha. Mesmo em um nível mais fraco, Lucent Beam pode se livrar dele com alguns golpes.

Shadow

Secret of mana bosses shadow 1hit games

Shadow 1, 2 e 3 são chefes encontrados no teste de coragem. Você deve encontrar a coragem para enfrentar seu pior inimigo: vocês mesmos. Ataque-os até que morram, simples assim. Não há detalhes específicos para essa batalha. Basta lembrar que Shadow 1 (o menino herói) tem mais HP.

Aegagropilon

Secret of mana bosses Aegagropilon 1hit games

Aegagropilon é a verdadeira forma do Sheex. É um chefe muito difícil, então prepare-se com sabedoria. O egagropilon é irritante por dois motivos. Ele usa Wall, que reflete sua magia de volta para você e o Sleep Flower que te faz dormir. Se caso algum personagem dormir, use o remédio de nv 7. O chefe geralmente lançará Wall logo de cara, então espere para lançar feitiço até que ele lance Wall. Então, faça com que o Duende lance uma Dispel Magic para se livrar da parede. Assim que a parede for removida, você estará livre para lançar qualquer feitiço que desejar. Tenha em mente que ele sempre pode reformular a Parede. Use bastante a menina para curar.

Hexas

Secret of mana bosses Hexa 1hit games

Hexas é a verdadeira forma de Fanha. Toda magia deve estar no nível 7 e as armas devem ser atualizadas. Seus níveis devem estar em torno de 50+. Ela gosta de encolher as pessoas com seu ataque Midget, então apenas contra-ataque com o Midge Mallet. Durante a luta, preste atenção na cor de sua cauda. Dependendo da cor, ela lançará feitiços diferentes. Se estiver azul, ela usará Freeze ou Acid Storm . Marrom significa que você será atacado com a magia Gnome . Vermelho significa que queimar está vindo em sua direção, por feitiços Lava Wave e / ou Fireball , e rosa significa que ela está usando o vento contra você. Ela não possui fraquezas. Use o Duende para lançar magias, o herói para atacar e a menina para curar.

Dragons

Secret of mana bosses dragons 1hit games
  • Snow Dragon – é o primeiro dos três chefes de dragão. Sopram feitiços Freeze Breathe. Eles também irão te golpear com suas caudas se você estiver perto de suas caudas pontiagudas, sendo assim, fique longe. Use o Duende para lançar magias de fogo.
  • Red Dragon – este seria o dragão número 2 da lista. O Dragão Vermelho tem as habilidades opostas do Dragão da Neve. Ou seja  você precisará lançar a magia da água para vencê-lo rapidamente. A respiração do fogo engolfará um alvo, então tome cuidado com isso. Fora isso, se você derrotou o Dragão da Neve sem problemas, essa batalha também será fácil.
  • Blue Dragon – este é o último dragão. Basicamente, essa luta será semelhante à luta com Thunder Gigas. Você enfrentará Blitz Breath novamente, mas desta vez está enfraquecido. Os raios também podem vir voando em sua direção, então fique atento a eles. É a segunda rodada para o Gnome, então o Duende precisa mais uma vez lançar o nível 7 Earth Slide ou Gem Missile para rapidamente colocar este chefe de lado.

Dark Lich

Secret of mana bosses dark lich 1hit games

Esse chefe é quase impossível de vencer sem mágica. Dark Lich pode lançar alguns feitiços maldosos; Petrify Beam, Leaden Beam, Freeze Beam, Dark Force nível oito e Evil Gate. Quando ele cai no chão, se ele cerrar os punhos e você se aproximar, fica inconsciente. Ele então se move e atinge você, causando mais de 100 de dano até que você morra. Ele também bloqueia a maioria dos seus ataques físicos, fazendo com que eles causem zero de dano. Para derrubá-lo, fique longe o suficiente para que seus ataques normais não machuquem você e lance seus feitiços de nível mais alto. Coisas que você pode lançar em cadeia, como Lava Wave. Certifique-se de que sua saúde nunca caia abaixo de 200 também. Mantenha a menina curada sempre.

Mana Beast

Secret of mana bosses mana beast 1hit games

O Mana Beast é o último boss de Secret of Mana e possui apenas três ataques básicos. O menino herói é o único que pode danificar seriamente a besta. O herói precisa ter o Dragon Buster (a espada de nível 8) equipado. O jeito mais rápido e fácil para derrotar está em um feitiço: Moon Energy. Você precisa fazer com que a menina e o Duende lançem nível 8 de Mana Magic no herói. Quando a besta está no fundo da tela, faça com que a menina lance um nível 8 de Energia da Lua no herói. Agora, cada golpe que você fizer deve causar 999 de dano à Besta de Mana. Não se preocupe em carregar, espere até 100% do poder e ataque para 999 de dano. recarregue e repita. Se você for rápido o suficiente, o Mana Beast morrerá na primeira rodada de combate.

Recepção

Secret of Mana recebeu elogios consideráveis para seus gráficos coloridos, lote expansivo, sistema de menus de comando anel único, e sistema de batalha em tempo real inovadora. Os críticos também elogiaram a trilha sonora e as configurações personalizáveis de inteligência artificial (IA) para aliados controlados por computador. A revisão do site GameRankings listou Secret of Mana como o 13º melhor jogo do SNES. No ranking do site IGN de “Top 100 Jogos de todos os tempos” classificou o jogo no número 48 em 2005, o número 49 em 2006, e número 79 em 2007. Por fim, o IGN O CLASSIFICOU no 11º na lista de melhores jogos do Super Nintendo.

O que você acha do Secret of Mana? Deixe aí nos comentários.

Referências:

Wikipedia, Fandom.

Dragon Quest XI: Echoes of an Elusive Age

Dragon Quest XI: Echoes of an Elusive Age (ドラゴンクエストXI 過ぎ去りし時を求めて Doragon Kuesuto Irebun: Sugisarishi Toki o Motomete?) é um jogo eletrônico de RPG desenvolvido e publicado pela Square Enix. É o décimo primeiro título principal da série Dragon Quest e foi lançado em julho de 2017 no Japão para Nintendo 3DS e PlayStation 4 e mundialmente em setembro de 2018 para PlayStation 4 e Microsoft Windows. Uma edição melhorada do jogo, chamada de Dragon Quest XI S: Echoes of an Elusive Age – Definitive Edition foi lançada em Setembro para o mais recente console da Nintendo, o Switch. A mesma, adiciona percursos novos para as histórias dos Personagens Jogáveis além de adições menores, como Roupas Especiais novas para os PJs. Essa mesma edição foi anunciada para o PlayStation 4, Microsoft Windows, e, pela primeira vez na história, para Xbox One. Dragon Quest XI S: Echoes of an Elusive Age – Definitive Edition será lançado para os consoles ditos anteriormente em dezembro de 2020.

Jogabilidade

Dragon Quest XI mantém a jogabilidade dos jogos anteriores da série, no qual os jogadores têm que explorar mundos e lutar contra vários monstros, incluindo a capacidade de explorar áreas altas. A versão Nintendo 3DS apresenta um estilo diferente do que a versão PC, Nintendo Switch e PlayStation 4, apresentando gráficos em 3D na tela superior e 2D na tela inferior. Antes de entrar em batalha, os jogadores também podem alternar entre os estilos de gráficos 3D e 2D. De acordo com a revista Jump, os grafismos 3D e 2D não estarão presentes em ambas as telas durante todo o jogo, mas apenas durante as fases de abertura do jogo; em vez disso, os jogadores terão de escolher em que estilo querem jogar, mas será possível alternar entre os dois estilos a qualquer momento. O sistema de batalha do jogo vai ser o sistema de batalha baseado em turnos já tradicional da série.

Organizando

Conforme sua jornada se estende pelos confins de Erdrea, você logo se verá acompanhado por vários membros do grupo, cada um com suas próprias habilidades exclusivas. Há um total de oito membros do grupo disponíveis no jogo, mas como você só tem quatro slots ativos para preencher durante o combate, escolher a composição de equipe certa pode fazer ou destruir o próximo encontro. Embora os membros da equipe disponíveis para você possam mudar dependendo da parte da história em que você está, uma boa regra ao construir seu esquadrão é mirar em dois personagens corpo a corpo e dois mágicos. Ao fazer isso, você pode garantir que todas as bases sejam cobertas tanto nas frentes mágicas quanto nas físicas, garantindo que, se algo acontecer a um membro de qualquer vocação, sempre haverá alguém pronto para fazer o trabalho. As melhores pessoas para usar para isso seriam o herói (o personagem principal), Erik, Rab e Serena. Quando você finalmente desbloquear o oitavo e último membro do grupo, eles devem ser trocados para substituir Erik, pois também desempenham o papel de tanque.

Sobre o assunto de tanques, o jogo contém uma dica de ferramenta escondida em uma das muitas mensagens da tela de carregamento informando que o membro do grupo no primeiro slot da equipe estará sujeito a mais ataques do que o resto do grupo. Embora eu não tenha conseguido confirmar ou negar com segurança que o aumento da ameaça era significativo o suficiente para que valesse a pena me preocupar, percebi que o personagem herói parecia ser atingido muito mais do que seus companheiros. Como tal, vale a pena investir em saúde e equipamento de defesa no herói, quando possível.

A maneira mais fácil de cultivar XP

Enquanto Dragon Quest XI faz um ótimo trabalho em manter sua equipe devidamente nivelada ao longo da história, há um punhado de seções que aparentemente apresentam dificuldade, forçando você a passar um tempo trabalhando em alguns níveis para ter uma chance melhor de vencer a luta. Quando isso acontece, o jogo pode parecer lento demais, mas felizmente há uma maneira de tornar a rotina um pouco mais automatizada.

A primeira etapa é certificar-se de que toda a sua equipe esteja configurada para “Lutar com sabedoria” no menu de táticas. Ao fazer isso, você entrega os controles à IA assim que clica em lutar, deixando o jogo decidir o melhor curso de ação durante a batalha. Isso não apenas significa que você tem menos menus para navegar, mas também significa que você geralmente pode esperar lutar com mais eficiência, pois o jogo frequentemente trapaceará com conhecimentos que não deveria. Isso é mais aparente quando um lançador faz um ataque corpo a corpo de 7-10 de dano em um inimigo em vez de lançar um feitiço, porque ele secretamente sabe que pode escapar impune. Independentemente de qual inimigo você está cultivando para obter experiência, a IA faz um ótimo trabalho em manter todos vivos e com energia enquanto você avança. Se uma batalha terminar antes que seus curandeiros consigam preencher as barras de saúde de todos,

Eventualmente, sua equipe começará a ficar sem reservas de MP, e há tantos monstros que você pode acabar antes de correr o risco de um membro do grupo morrer. Para combater isso, você deve tentar ter certeza de encontrar a fogueira mais próxima de onde os monstros de nível apropriado podem ser encontrados. Ao ficar perto de uma fogueira, você garante que pode recarregar sempre que alguém ficar baixo, bem como ter acesso a uma estátua para reviver membros do grupo caídos, removendo condições como veneno e salvando seu progresso depois de atingir o nível desejado.

Você pode encontrar o Colete Arriviste e o Colete Elevatório em suas viagens, que oferecem um bônus de experiência e ouro ganho em batalha. Embora esses itens possam parecer que podem fornecer um impulso lucrativo, eles são, na verdade, bastante falhos como ferramentas agrícolas. Embora o Colete Arriviste forneça um aumento de 10% na experiência de toda a sua equipe, desde que alguém do grupo ativo o esteja usando, esse bônus é limitado a um máximo de 75 experiência por pessoa, o que significa que se você derrotou um inimigo que vale 800 experiência, você só receberia um total de 875 experiência dessa batalha. Restrições semelhantes são colocadas no Colete Elevante, que também fornece aproximadamente 10% de ouro extra por batalha, mas isso é limitado a 15 ouro no total. A menos que você tenha obtido esses itens de um código de edição de colecionador,

Compreendendo a árvore de habilidade

À medida que seu grupo sobe de nível, eles começam a acumular SP, que pode ser gasto para desbloquear uma série de habilidades passivas e ativas da árvore de habilidades. Cada personagem tem uma ala separada para suas armas equipáveis, bem como uma das duas asas exclusivas que concedem habilidades especiais com base em seu histórico. Embora possa não parecer a princípio, essas árvores de habilidades se expandirão ao longo do jogo, com alguns membros ganhando asas totalmente novas após certos eventos.

A coisa mais importante a entender quando se trata de construir um membro do partido é que você terá dificuldade se tentar estendê-los para cobrir várias categorias. Por exemplo, Erik é um ladino que tem acesso a espadas, bumerangues, facas e sua própria astúcia de árvore. Se você tentar colocar pontos em todas essas quatro alas, Erik terá acesso a um punhado de habilidades de iniciante para os três tipos de armas, mas suas estatísticas gerais e força de ataque seriam menores do que alguém que se especializou em apenas um ou dois dos as asas. As habilidades mais poderosas e úteis estão quase sempre escondidas nas asas da respectiva árvore de habilidades também, então é melhor você escolher uma única arma que funcione para sua composição e focar nela ao invés de tentar ser um pau para toda obra.

Tirando o máximo proveito dos poderes Pep e Pepper

Conforme você batalha em Erdrea, os membros ativos do seu grupo regularmente começam a cair em um estado de vitalidade, o que aumenta passivamente suas estatísticas principais e dá a eles acesso a poderosos movimentos combinados que podem ser executados ao lado de outros membros da equipe. Pep não dura para sempre, mas você pode aproveitá-lo ao máximo enquanto ele está ativo, se for esperto sobre suas ações durante esse período.

O impulso, claro, é usar um Pep Power sempre que estiver disponível, mas você deve tentar evitar isso sempre que possível. não está claro quanto tempo Pep deve durar, embora eu tenha descoberto que geralmente dura cerca de quatro a cinco voltas em média. Para aproveitar ao máximo seu estado estimulado, em vez de consumir instantaneamente o poder, tente usar seus aumentos de estatísticas para causar dano extra com ataques normais e feitiços por dois ou três turnos antes de ativar seu poder estimulante. Ao fazer isso, você extrairá um pouco de dano extra de seu estado temporário, o que às vezes pode fazer toda a diferença durante uma batalha difícil.

Como ganhar tokens no casino

Ao chegar a Puerto Valor, você poderá cruzar o cassino, que abriga várias armas e peças de armadura interessantes e um pouco mais poderosas. O problema é que esses itens só podem ser adquiridos ganhando moedas de cassino, seja comprando-as ou ganhando-as nos vários jogos disponíveis. Felizmente, há uma maneira de ganhar moedas de forma consistente com a ajuda dos slots Slime Quest. Essas máquinas caça-níqueis específicas são um pouco diferentes das normais, pois mesmo que você falhe em uma curva, seu progresso continua na próxima curva, o que acabará garantindo um pagamento com tempo suficiente.

Para iniciar esse processo, primeiro você precisa comprar 200 tokens do atendente na recepção. A partir daqui, vá para o lado onde estão as 10 máquinas Slime Quest e fale com o atendente à direita delas. Após uma conversa inicial, fale com ela novamente e ela mostrará o status atual das máquinas. Tente encontrar uma máquina Slime Quest de 1 slot que seja considerada “quente” ou que tenha um bônus de pagamento ativo. Se não houver nenhuma máquina que se destaque, basta escolher qualquer uma delas e começar a jogar nela. Depois de pular em uma máquina, aperte o botão de execução automática e deixe a máquina automatizar as próximas 100 voltas. Com 1 moeda por jogada, isso lhe dá 200 chances de marcar qualquer número de pagamentos, e quanto mais a máquina paga, mais chances você terá de ganhar ainda mais bônus. Repita isso até atingir cerca de 4000 moedas e, em seguida, passe para as máquinas Slime Quest de 10 slots e repita o processo. Com tempo suficiente, você poderá acumular quantas moedas precisar para qualquer um dos prêmios da loja.

Aproveitando ao máximo a Fun-Size Forge

O Fun-Size Forge é obtido bem no início, mas você provavelmente não encontrará muito uso para ele até muito mais tarde no jogo. Embora possa permitir que você crie qualquer número de itens, a maioria deles está prontamente disponível no mundo do jogo para serem comprados, encontrados em baús na selva ou como itens descartados de inimigos. A menos que você esteja desesperado por uma peça específica de equipamento ou esteja atrás de vários do mesmo equipamento, não há realmente muita razão para começar a criar.

Isso não significa que a forja seja totalmente inútil, pois ela também pode ser usada para aprimorar equipamentos além das estatísticas originais que eles fornecem. Isso não só pode ser feito para equipamentos artesanais, mas também funciona na maioria dos itens comprados e encontrados, com apenas um punhado de exceções únicas que são isentas de aprimoramento. No entanto, os aprimoramentos exigem pérolas perfeccionistas para serem concluídos, que podem ser obtidos tanto pela confecção de equipamentos quanto pela compra de um punhado de vendedores, sendo o mais facilmente acessível o lojista ao lado da pousada em L’Académie de Notre Maître des Médailles.

Não se esqueça de usar suas sementes

Ao longo do jogo, você pode encontrar várias sementes consumíveis que concedem aumentos permanentes a várias estatísticas, além de dar pontos de habilidade grátis para gastar na árvore de habilidades. Esses itens podem ser facilmente esquecidos, mas você faria bem em usá-los sempre que os encontrar, pois os pequenos solavancos nas estatísticas logo começarão a aumentar. A única semente que você deve segurar é a Seed of Skill, pois ela pode ser usada como um backup se um dos membros do seu grupo estiver sentado com vergonha de alcançar uma nova habilidade em sua árvore de habilidades.

Onde encontrar quatro mini medalhas fáceis

Conforme você procura em baús escondidos durante o jogo, você pode se encontrar na posse de uma Mini Medalha. Esses tokens aparentemente sem importância podem ser trocados por uma pessoa específica na L’Académie de Notre Maître des Médailles por algumas peças decentes de equipamento. Embora não haja nada de jogo em oferta aqui, trocar as Mini medalhas por um equipamento essencialmente gratuito deve ser motivo suficiente para visitá-lo de vez em quando. Se você quer se dar uma pequena injeção de Mini medalhas, há uma maneira fácil de ganhar pelo menos quatro na própria academia sem muito esforço.

O primeiro passo é falar com a garota barulhenta perto da árvore à esquerda da entrada da academia. Ela o incumbirá de fazer um Chicote da Rainha +1, sendo a recompensa três Mini medalhas inteiras. O chicote em si é bastante simples de fazer, exigindo um Orbe Verde, Pedra Espelho e Narspicious que podem ser adquiridos no vendedor próximo ao estalajadeiro dentro da própria academia. The Mirrorstone e Narspicious podem ser encontrados em um ponto de encontro no Champs Sauvage, localizado na área diretamente a leste da academia. Assim que tiver os ingredientes, vá até uma fogueira e forje o chicote antes de coletar suas preciosas medalhas.

A quarta Mini Medalha não está realmente localizada na própria academia, mas há uma pista sutil sobre seu paradeiro desenhada no quadro-negro atrás da sacerdotisa salva dentro da academia. Aqueles com uma memória afiada devem reconhecer que o desenho é do campo de trigo localizado entre o Warrior’s Rest Inn e as ruínas de Zwaardurst. Para encontrar a medalha, vá para o centro do campo e continue apertando o botão de ação até que você eventualmente a pegue.

Entregue-se à Grind

O jogo começa bastante fácil, então você não verá o impacto da moagem até mais tarde no jogo, mas é bom adquirir o hábito de fazer algumas batalhas extras aqui e ali. Usar a habilidade de traço para contornar os inimigos e chegar ao próximo local é tentador, mas certifique-se de reservar um tempo para lutar contra monstros de todo tipo. Os inimigos podem soltar ingredientes essenciais para a fabricação, e manter seu nível alto irá ajudá-lo a longo prazo, especialmente em termos de desbloquear habilidades poderosas.  

Dito isso, haverá momentos em que você terá que ser conservador em masmorras com quantos vilões você batalha, então não exagere a ponto de drenar todo o seu MP. Para aqueles que estão se perguntando quando é um bom momento para entrar em algumas batalhas extras, eu recomendo sempre que você vir uma fogueira e usar isso a seu favor, pois você pode salvar e curar seu grupo de graça. 

Aproveite ao máximo seus poderes estimulantes 

Quando seu personagem fica animado, ele entra em um estado de defesa aprimorada e ataques mais fortes. É mais provável que você acerte críticos neste estado, por isso é importante mantê-lo funcionando o máximo possível. Você também tem a opção de usar “Pep Powers”, que são habilidades e vantagens poderosas que só podem ser ativadas neste estado. No entanto, quando você seleciona o uso de um poder estimulante, todas as vantagens são encerradas, mesmo para os personagens estimulados incluídos no ataque combinado. Para maximizar os bônus, eu recomendo gastar algumas rodadas (cerca de três é uma aposta segura) antes de liberar um Pep Power. Se a batalha exigir isso, use o Pep Power antes disso, mas na maioria das vezes não seja tão rápido para ativá-los. É super tentador e algo que tive que aprender a equilibrar, adaptando-me à batalha em questão. 

As missões secundárias que valem o seu tempo

O conteúdo lateral não é bom no Dragon Quest XI; espere muitas missões de busca tediosas que às vezes não valem o esforço. Felizmente, você sempre pode ver qual será a recompensa ao obter uma missão. Os que eu recomendo fazer são aqueles que oferecem novas receitas para a elaboração. Você deseja atualizar constantemente seu equipamento por meio da forja de tamanho divertido e essas missões secundárias costumam ser a chave para isso. Além disso, procure missões que fornecem materiais que você não precisa para completar essas receitas. Vale a pena o esforço, enquanto as missões que simplesmente fornecem itens de suporte extra para a batalha não são tão necessárias.

Explore

Esse sempre foi o mantra da série, mas é algo que vale a pena repetir. Fazer algumas explorações extras geralmente traz recompensas, como armas melhores ou ingredientes de fabricação. Dragon Quest XI é bastante linear, então é fácil puxar o mapa e ver onde você pode sair do caminho batido. Além disso, se você vir um monstro que pode montar em campo aberto, é provável que haja um lugar escondido para voar ou uma parede para quebrar que contém um baú de tesouro ou materiais raros. Como mencionei anteriormente, o artesanato é uma grande parte deste jogo, e ter os ingredientes à mão ao desbloquear uma nova receita torna tudo melhor. Explorar e coletar constantemente garante que você encontre as melhores coisas que puder, especialmente em termos de descoberta de min medalhas que você pode trocar por grandes recompensas.   

Preste atenção aos NPCs e vasculhe suas estantes de livros

Dragon Quest não segura sua mão. Faz você trabalhar para descobrir os maiores segredos de seu mundo. Isso significa ser um pouco mais meticuloso do que você pode ser ao interagir com NPCs e procurar cantos e recantos. Eu recomendo conversar com todos e qualquer um, pois eles geralmente dão dicas sobre tesouros extras ou chefes. Mesmo se você se perder, um NPC pode ser sua luz-guia. Alguns dos NPCs são marcados para missões secundárias e como ajudantes de história, mas outros não – você apenas os encontra escolhendo se envolver com eles ao visitar uma cidade. Recomendo anotar suas pistas, pois às vezes existem algumas etapas específicas para colher as recompensas. Fora dos NPCs, toda vez que você vir uma estante de livros em uma casa, você deve verificar se consegue ler um livro nela (os que podem ser lidos são em vermelho vivo). Os livros contêm mais da tradição mundial, mas também contém receitas de artesanato e dicas de tesouro. Nem é preciso dizer para aqueles que estão familiarizados com a série, mas seja cuidadoso ao pesquisar cidades; quebrar potes, abrir armários e procurar itens em telhados.

Revisitar destinos anteriores

Viajar rápido é tão simples quanto usar o feitiço Zoom de 0 MP e, fora de alguns casos relacionados à história, pode ser usado na maioria dos pontos do jogo. Usá-lo para curar quando estiver perto da morte é uma dádiva de Deus, mas você também deseja reservar algum tempo de vez em quando para revisitar destinos anteriores. Ao retornar aos locais anteriores, novas missões secundárias aparecem junto com recompensas de pessoas-chave por seus esforços. Em alguns casos, você encontrará até novas batidas de história. Isso se torna especialmente importante na última parte do jogo. Portas especiais (cheias de tesouros) não podem ser abertas antes de prosseguir para certos pontos da história, então sempre volte quando obtiver as chaves. 

Ganhe aquelas corridas de cavalos

Achei as corridas de cavalos a melhor atividade paralela para o investimento de tempo e recompensas, de longe, já que cruzar a linha de chegada primeiro fornece alguns materiais essenciais para a elaboração que você definitivamente deseja mais tarde no jogo. Siga para Gallopolis para enfrentar esses desafios depois de abri-lo ao longo da história. Para obter uma vantagem e ganhar taças, certifique-se de manter o seu traço sempre alto. Você o recarregará na hora, passando por vórtices de energia em redemoinho e pulando rampas, de modo que nunca ficará sem nitrogênio se seu jogo for apertado. Seu cavalo também tem um botão de drift, bem como Mario Kart, e use-o sempre que estiver fazendo uma curva difícil.

Verifique em seu mapa constantemente

Seu mapa faz algumas coisas para ajudá-lo. Há uma caixa de texto útil no canto superior direito que lhe dará algumas orientações rápidas sobre onde ir em seguida, enquanto você continua em sua busca para salvar o mundo. E você pode ver as áreas adjacentes enquanto descobre para onde está indo.

Você também pode virar a câmera enquanto olha para o mapa. É fácil se virar no mundo superior de Dragon Quest 11 . A seta “você está aqui” no mapa mostra para que lado você está apontando, portanto, olhando para o mapa e girando a câmera, você pode ter certeza de estar apontado – e permanecer apontado – na direção certa.

O mais importante, porém, é que você pode destacar todos os pontos brilhantes da área. Esses pontos são locais de abastecimento onde você recolherá o que vai para a sua Fun-Size Forge (mais sobre isso abaixo).

Há uma tonelada de informações nos menus

Entre os 400 monstros, 200 armas, 100 materiais, 44 missões secundárias e dezenas de locais e poderes estimulantes, há apenas uma tonelada para acompanhar enquanto joga Dragon Quest 11 . Na maioria das vezes, você não vai se preocupar ou mesmo ter que pensar sobre todas essas coisas – até que você precise de um item específico ou precise fazer um movimento específico.

Seu menu lhe dará muitas respostas que você está procurando (ou as respostas que você esqueceu em suas muitas horas de jogo). No menu, os atributos permitem que você veja as estatísticas atuais de cada membro do grupo. Se você selecioná-los, poderá percorrer todos os seus feitiços, habilidades, habilidades e – o mais importante para essas poucas missões secundárias – seus poderes de vitalidade e os requisitos para ativá-los.

A opção Diversos em seu menu é onde você encontrará o resto das informações úteis. As Dicas de Viagem permitem que você revisite os princípios básicos dos controles e da mecânica do jogo. Você também encontrará o Catálogo de Missões aqui para ajudá-lo a manter o controle das tarefas que escolheu durante suas viagens. Em Informações, você encontrará algumas informações gerais dos bastidores sobre o seu jogo, como A História até agora ou uma lista dos monstros que você lutou e derrotou, junto com uma Lista de Itens.

Use sua fun-size forge constantemente

Sempre que você descansar perto de uma fogueira no mundo superior, poderá usar sua Fun-Size Forge – a mecânica de criação do jogo. Você usa as receitas que aprendeu nas estantes de livros para misturar os materiais de artesanato que você pegou em locais brilhantes e casas em marcha. Há um pouco de minijogo envolvido, mas o aspecto do jogo envolve apenas a qualidade – vanilla +1, +2, +3 – do item, não sua criação.

Você vai usar muito o Forge. O uso mais óbvio é fazer equipamentos melhores para sua festa. Como dissemos sobre as estantes de livros acima, o Forge vai lhe dar acesso a equipamentos melhores do que você pode comprar no início do jogo. Mas mesmo depois disso, há motivos para continuar produzindo itens de baixo nível. Cada item que você forjar bem – você está procurando que as coisas saiam “brilhantes” ou “realmente bem” quando avaliado no menu do Forge – você ganhará Pérolas de Perfeição. Essas pérolas podem ser usadas no Forge para, efetivamente, reproduzir o minijogo e (com sorte) melhorar a qualidade de um item. Isso funciona para coisas que você mesmo fez, bem como para coisas que você compra nas lojas (que são sempre de baunilha, qualidade +0).

Mais tarde no jogo, quando o que você compra nas lojas se iguala ou supera o que você sabe fazer, o Forge ainda é útil. Além de conseguir pérolas de perfeição para melhorar as coisas que você já tem (ou que comprou), você pode vender as coisas que fabrica – para ter dinheiro para comprar as coisas novas e brilhantes.

Referência:

Paste Magazine, Game Informer, Polygon, wikipedia.

Albion Online

Albion Online (AO) é um MMORPG de fantasia medieval desenvolvido pela Sandbox Interactive, um estúdio baseado em Berlim, Alemanha. Durante os estágios beta de desenvolvimento, os jogadores puderam comprar “Founder’s Packs” para obter acesso aos testes beta fechados que foram executados de forma intermitente pela Sandbox Interactive, geralmente após um intervalo de alguns meses de desenvolvimento. Esses pacotes do Founder não estão mais disponíveis desde o lançamento do jogo completo. O Albion Online removeu seu modelo free-to-play por várias razões em 30 de dezembro de 2015.

Desde o seu lançamento em 17 de julho de 2017, Albion online agora oferece uma seleção de “Starter Packs”, que concedem aos jogadores acesso ao jogo e oferecem uma quantidade variável de ouro para começar. Depois que um jogador compra qualquer um dos pacotes iniciais, ele terá acesso ilimitado ao jogo, sem taxas obrigatórias extras. Os jogadores também podem comprar a associação por um período limitado, sem os benefícios dos pacotes iniciais. A partir de 10 de abril de 2019, o Albion Online passou a ser gratuito para jogar .

O caminho das pedras:

Em algum lugar dos confins do continente oriental de Albion, num lugar desolado de paz oprimido pelas disputas políticas, as histórias de um novo começo se tornam realidade. Era a hora de escrever a história de um novo herói.

Bem-vindos, Aventureiro. Você chegou ao lugar certo — e ao jogo certo. Albion Online é um MMORPG medieval da Sandbox, projetado inteiramente com o objetivo de proporcionar uma vivência equilibrada e desafiadora. Do desenho de animação simplista, mas cheio de impacto, até a abordagem minimalista do estilo de arte esteticamente agradável, o jogo exige atenção.

Dito isso, estou aqui hoje para fornecer-lhe algumas orientações sobre a linha de conduta inicial ao dar os primeiros passos no mundo de Albion. Comecemos com a primeira coisa que se pensa naturalmente ao conectar no jogo: o Painel do Destino.

O Painel do Destino: ponto central da progressão

Ao entrar no jogo pela primeira vez, você notará que não há ninguém para dar uma missão nem NPCs para direcionar a sua jornada. Não se preocupe: isso é intencional. Em Albion Online, você escreve a sua história e determina o próprio caminho. No entanto, o Painel do Destino está disponível como um sistema de apoio para ajudar a definir melhor quem você deseja se tornar como jogador. A primeira coisa que você deverá fazer é abrir o Painel do Destino; para isso, aperte a tecla de atalho “N”.

Sim, a princípio, o painel do destino parecerá muito complexo, mas não desanime: só serão necessários alguns momentos para perceber que se trata de algo mais coerente do que parece. Ele será o seu guia tácito da progressão de personagem em Albion, acessível a qualquer hora e de qualquer lugar. Você começará a progressão no painel do destino assim que se conectar. Depois de fechar o painel do destino, veja a parte inferior central da tela. Lá estarão as tarefas iniciais do painel do destino que você deverá concluir para começar a sua jornada. 

Agora que você já compreendeu o estilo básico de progressão e começou a sua jornada em Albion, falemos sobre as primeiras tarefas em que você deverá se envolver.

O começo da jornada

Ao chegar às praias da costa de Albion, você poderá se direcionar a três lugares: o Cruzamento Oeste, o Cruzamento Central ou o Cruzamento Leste. Se você planeja começar a sua jornada com um acompanhante, a viagem entre cada cidade inicial é um processo bem simples. Para isso, fale com o Planejador de Viagem localizado nas docas de cada cidade inicial. É possível viajar entre cada cidade inicial… por uma pequena quantia, é claro (achou que ia sair assim, de graça?).

Antes de fazer alguma coisa, abra o correio, localizado na parte superior da tela. Além de itens de vaidade que o Pacote de Fundador lhe dá, você encontrará também um cavalo e um boi que facilitam o deslocamento pelo mundo de Albion. Porém, atenção: se você entrar nas Zonas Vermelhas e alguém o matar, você poderá ficar sem os seus itens de Fundador, inclusive as montarias.

Como dito anteriormente, a primeira tarefa se localiza na parte inferior central da tela na lista de verificação do painel do destino. Comece a coletar as pedras e troncos iniciais e mate os inocentes coelhinhos para o seu bel-prazer! Não se esqueça de saquear os pelegos de coelho depois de matá-los. É bem útil conseguir mais dos recursos que você coletar, pois cada um deles é útil de alguma maneira.

Depois de concluída a tarefa inicial de coletar recursos, é hora de criar os primeiros itens: ferramentas de coleta e armas. Vá até o primeiro NPC que você encontrar no jogo, no meio do mapa, que lhe fornecerá a bancada necessária para criar os equipamentos e as ferramentas iniciais. Comece as suas primeiras criações!

Produção ilimitada

Agora que você está com os recursos no inventário, poderá fazer suas primeiras ferramentas e armas. As ferramentas de coleta são um componente imensamente importante do sistema de produção de Albion Online, pois elas permitem coletar recursos de grau mais elevado que produzem, portanto, armas e armaduras mais fortes.

Os recursos são apresentados em oito graus. Cada grau é gradativamente mais difícil de encontrar no mundo aberto, pois a escassez de recursos é um fator muito tangível no mundo de Albion. Só o melhor dos melhores conseguirá manter o grau mais alto de equipamentos, portanto vale ressaltar que se trata de um mundo bem competitivo. Será necessário ter as ferramentas do grau adequado para coletar recursos do mesmo grau. Dito isso, tenha sempre as ferramentas à mão se você planeja coletar e produzir o próprio equipamento. Tendo em mente que você planeja ser o melhor dos melhores, comece a criar suas ferramentas de grau 1. Esse será o seu primeiro passo para atingir o objetivo máximo de desbloquear o grau 8. Com suas ferramentas à mão, colete madeira, pedra e pelegos (ou use os adicionais que você coletou anteriormente) para criar as primeiras armas e armaduras em Albion.

Sistema sem classes: você é o que você usa

Para produzir a espada, o escudo e a armadura de couro, vejamos novamente o painel do destino. Embora você esteja empunhando uma espada e um escudo no momento, é importante notar que, assim que você adquirir fama o suficiente (leia-se “experiência”) para progredir para armas e armaduras de grau 2, suas opções de equipamentos tornam-se ilimitadas. Isso porque a abordagem de Albion Online quanto à progressão de personagem não confina o jogador a uma função específica, ao contrário: ela lhe permite criar o personagem e o estilo de jogo de sua preferência.

Em poucas palavras: você é o que você usa. Um dia você pode jogar como um mago de fogo que usa roupas de tecido e ataques pirofóricos que incendeiam os inimigos. Outro dia, no entanto, você pode ser um tanque totalmente blindado com armadura para proteger os aliados de levas de mortos-vivos nas masmorras de Albion. Tudo isso é possível com um personagem.

Alinhada com a natureza simples do design de Albion está a simplicidade do sistema sem classes. Quando você se equipar com uma armadura ou uma arma, notará que, do lado direito da tela, novas habilidades estarão presentes. Se você se equipar com um tipo diferente de armadura ou arma, verá que essas habilidades mudaram. Exatamente: você é o que você usa. O uso dos três tipos de armadura resultará em diferentes habilidades e um estilo de jogo totalmente novo e revigorante em cada mudança. Isso abre uma porta para a infinita teoria da produção. O único fator limitante é o grau de inventividade que você se permitirá, criando assim um estilo de jogo que define você como jogador.

Agora que estamos num ponto em que você começou a entender o painel do destino, a progressão e o sistema sem classes de Albion Online, é hora de pegar no correio o seu equipamento exclusivo de grau 3 e também o cavalo ou o boi — se estiverem incluídos no seu Pacote de Fundador — e partir para a aventura em mundo aberto.

Olhe por onde anda

Como novo jogador, é importante compreender que novos desafios se apresentam ao longo do caminho. Há uma curva de aprendizado para sobreviver em Albion Online, pois trata-se de uma das características essenciais do jogo. Daremos algumas dicas para garantir que você tenha uma vivência memorável e agradável.

Para começar, é importantíssimo entender o sistema de zonas de Albion Online. Há quatro tipos de zona, cada um com novos desafios e oportunidades desafiadoras. Para reconhecer cada tipo de zona, aperte a tecla de atalho “M” e abra o mapa múndi. Elas se coordenam por cor com base no tipo de zona e, portanto, dos riscos envolvidos.

Variação de zonas: risco x recompensa

Zonas verdes

A primeira das quatro é a zona verde. É o tipo de zona em que você se encontra — a única zona totalmente segura em Albion. Nessas zonas encontram-se recursos de grau 1 a 4.

Você estará seguro portando seu equipamento e suas montarias de fundador por essas zonas, pois há muito poucos perigos além dos primeiros mobs que matará em mundo aberto. Se você morrer numa zona verde, não se desespere, pois você só cairá momentaneamente e sofrerá uma perda de durabilidade em vez de realmente morrer e perder todo o equipamento.

As zonas verdes são lugares perfeitos para começar as primeiras aventuras PvE (jogador contra o ambiente) em Albion, portanto use o seu tempo para aprender os detalhes de combate e coleta de recursos nessas zonas. Se você vier a morrer nas zonas verdes, não se preocupe! Os espectadores rirão com você no processo.

Zonas amarelas

A seguir, temos as zonas amarelas. Lá encontram-se recursos de grau 3 a 5, além de uma pequena quantidade de grau 6. Será a primeira zona em que poderá realmente encontrar PvP (jogador contra jogador) em Albion Online. No entanto, assim como nas zonas verdes, se você morrer numa zona amarela, cairá momentaneamente e sofrerá uma perda de durabilidade em vez de soltar todos os itens. Portanto, você se sentirá relativamente seguro se portar o equipamento de Fundador por zonas amarelas.

A única diferença é que, nelas, você deverá ficar de ouvido em pé e preparar-se para ocasionais jogadores furtivos que tentem matá-lo. Isso é possível se você sinalizar PvP. Para sinalizar-se como hostil, clique no ícone de “escudo” próximo à barra de pontos de vida. Só se sinalize se realmente estiver procurando PvP. Se você ficar sem sinalização, terá um bônus de amigável que ajudará a defender-se dos que possam atacá-lo.

Seja você um pacifista ou um matador, é importante manter-se alerta e preparado para os poucos perigos que uma zona amarela oferece.

Zonas vermelhas

Em terceiro, as zonas vermelhas. Nessas zonas, espera-se encontrar recursos de grau 4 a 6. É aí que a adrenalina começa a correr, quando se percebe que a relação entre risco e recompensa começa a fazer a diferença no jogo.

Se você morrer numa zona vermelha, não há como voltar: todos os itens do personagem cairão como espólios ao vencedor. Se você planeja entrar nas zonas vermelhas, aconselho depositar num banco os itens de Fundador, inclusive o cavalo e o boi, pois com certeza você não quer ver esses itens saqueados tão cedo no jogo! Nessas áreas não há bônus de jogador amigável: todos estão dispostos a jogar em PvP.

Se você entrar mesmo em zonas vermelhas, esteja totalmente ciente dos riscos e recompensas que o aguardam. Se você matar um jogador, todo o saque é seu — e vice-versa, caso algum jogador o mate.

É importante ter em mente que Albion Online apoia todos os que quiserem jogar individualmente. Quando houver mais de 10 inimigos próximos numa zona vermelha, eles aparecerão no minimapa como bolinhas vermelhas. É um alerta de perigo certo, um sinal que pode ser a oportunidade para você escapar de uma luta indesejada a menos, é claro… que você queira ser o herói!

Zonas pretas

Por fim, temos as zonas pretas. Lá os jogadores encontrarão recursos de grau 5 a 8. É o ômega de todos os tipos de zonas e, de longe, a mais perigosa (e recompensadora) de todas. Como nas zonas vermelhas, se você morrer numa zona preta, soltará todos os itens do inventário, inclusive os equipados. Não há bônus de jogador amigável e nenhum indicador de perigo no minimapa, nem nada que o ajudará além de coragem e mérito. Quando você chegar ao ponto de entrar em zonas pretas, estará pronto para o mais alto nível de competição em mundo aberto que Albion tem a oferecer. 

Tenha em mente que diferentes graus de mobs estarão presentes pelo mundo de Albion! Da mesma forma que ocorre com os graus de itens, os mobs em Albion funcionam de forma semelhante. Eles se apresentam em oito graus progressivos de dificuldade e raridade. Os mobs mais fáceis estarão nas zonas verdes e os mais desafiadores nas zonas pretas. 

Ao compreender os diversos tipos de zona e a proporção entre risco e recompensas em cada uma, você terá um entendimento sólido de quando e como se aproximar de cada zona, sabendo dos riscos que você está disposto a enfrentar. Mesmo depois de ter chegado tão longe, ainda precisamos falar de um assunto importantíssimo. É o assunto que testará toda a sua dedicação, integridade e experiência geral no Albion Online: entrar numa guilda.

Guildas e disputa por território

Embora seja possível jogar individualmente em Albion Online, recomendamos entrar numa guilda que se alinhe com seus objetivos e aspirações no jogo. Fazer parte de uma guilda aumenta em muito o prazer de jogar Albion Online. A maior parte da ação em Albion ocorre entre guildas rivais que buscam dizimar as adversárias. Você pode se perguntar: como as guildas podem se enfrentar fora do mundo aberto PvP? A resposta nos leva ao próximo tema: batalhas Guilda contra Guilda.

Guilda x Guilda

Guilda x Guilda (GvG) em Albion Online é onde os mais corajosos se enfrentam em disputas de 5 x 5 por controle de território. É um sistema complexo. Em poucas palavras, as guildas podem reclamar o domínio de territórios e acumulam grandes quantidades de terra no mundo de Albion. Nos territórios adquiridos, as guildas podem edificar uma grande variedade de construções para refinar materiais, produzir equipamentos, cultivar a terra e ter acesso a mais armazenamento. Uma guilda rival pode desafiar a guilda ocupante, roubar-lhe a terra e reivindicá-la como sua, inclusive a infraestrutura nela construída.

Se você jogou algum MOBA recentemente, estará familiarizado com a natureza da competição GvG em Albion e não terá problemas em participar e sair-se bem na disputa! É um destaque no PvP em Albion com muita adrenalina envolvida. É um excelente motivo para fornecer conteúdo de transmissão para seus espectadores.

Quanto aos nossos jogadores solo e em pequena escala, não se preocupem! Vocês ainda poderão ter um pedaço de terra em Albion Online sem o medo de perdê-lo para uma guilda mais forte. Trata-se do nosso sistema de Ilha do Jogador.

Ilhas de jogador: terra para todos

Em Albion Online, as Ilhas do Jogador foram projetadas como uma transição para a propriedade de terras, mas os menos capazes de manter territórios conquistados! Por um preço módico, todos podem comprar uma ilha de jogador em qualquer uma das cidades principais de Albion. É possível aprimorar a ilha do jogador em 6 graus, cada um com mais espaço de terra que o grau anterior. Claro, quanto mais espaço de terra, mais lotes para construir.

O principal é que a Ilha do Jogador é totalmente particular e acessível somente para o proprietário e para os visitantes autorizados. A ilha não pode ser conquistada. Ela pertence e sempre pertencerá ao jogador.

Para o alto e avante!

Se você chegou até aqui no nosso guia, está pronto para transitar pelo mundo de Albion Online num ambiente descontraído. Há muito conhecimento para adquirir durante o jogo, mas não se desanime! À medida que você faz a sua história no mundo aberto, tudo passará a fazer sentido. Siga o painel do destino, determine o seu estilo de jogo, fique atento à sua localização e — o mais importante — entre numa guilda! Lembre-se: Albion é um jogo projetado para ser simples, mas com todos os detalhes necessários para oferecer uma vivência inesquecível!

Economia conduzida por jogadores

O jogador constrói o próprio destino!

Seja um conjunto de armadura poderoso, um bastão mágico ou um conjunto de ferramentas robusto – todos os itens são forjados pelos jogadores, assim como a economia é conduzida pelos mesmos!

Além disso, o jogo possui ainda um sistema de ilha pessoal, que fica fora do mundo, ou seja, na costa de Albion onde você pode construir e manter uma fazenda, inclusive com cultivo e animais e um conjunto totalmente novo de construções.

Assim você pode gerar comida e abastecer os esforços de guerra da sua guilda ou vende-los no mercado para obter lucro!

Personalização do personagem

Para criar o personagem perfeito, você precisa conhecer os diversos caminhos pelos quais seu destino pode levá-lo. É aí que entra em cena o Painel do Destino! Ele mostra tudo o que você é e o que poderia ser — e não é pouca coisa!

Durante o seu progresso você pode mudar de ideia e reaver suas escolhas! O que torna todo o processo por si só muito divertido e abre margem para bastante experimentação!

Esqueça o que conhece de outros MMOs. Não há classes em Albion Online, ou seja, não há restrições de equipamentos. Experimente projetar e criar seu próprio estilo — no Albion Online, você é o que usa! (Frase está que foi usada como marketing do jogo!)

Uma base de jogadores robusta

Com aproximadamente 30.000 usuários ativos por mês jogando em um único servidor gigante, o mundo de Albion está em constante estado de movimento. Com uma ampla gama de atividades em grupo disponíveis, seu próximo mergulho em masmorras, ataque avançado ou batalha de mundo aberto está sempre à mão.

Conteúdo sazonal

No ano passado, foi introduzido as temporadas GvG e o Desafio do Aventureiro mensal. Estes oferecem recompensas exclusivas, desde montagens poderosas a roupas e móveis exclusivos, até Fama e Prata.

Referências:

Albion Online, Gamers News, wikipedia,

Vainglory

Vainglory é um jogo eletrônico do gênero multiplayer online battle arena desenvolvido pela Super Evil Megacorp e publicado pela Rogue Games para dispositivos Android, iOS, Windows e MacOS.

O jogo é uma versão simplificada do seu gênero onde duas equipes adversárias de três ou cinco jogadores lutam para destruir a base inimiga, controlando os caminhos entre as bases, que é alinhado por torres e protegido por criaturas inimigas controladas por IA. Fora do caminho, os jogadores lutam por pontos de controle que fornecem recursos extras. O jogo foi lançado para iOS em novembro de 2014, e após um ano e meio, a versão para Android foi lançada em julho de 2015, em 2019 foram lançadas as versões para Windows e MacOS.

O desenvolvimento do jogo começou em 2012 com a formação da Super Evil Megacorp. O jogo foi revelado no evento de anúncio do iPhone 6 da Apple, em setembro de 2014, para demonstrar a interface de programação de aplicações de gráficos da plataforma. O intuito da Super Evil Megacorp era fazer um jogo que iria entreter os jogadores por horas e incentivar as pessoas para experiências em multiplayer semelhantes a uma partida de LAN.

Vainglory recebeu críticas geralmente favoráveis. Os críticos elogiaram os gráficos, personagens e o seu level design, mas também criticaram sua falta de ferramentas de comunicação entre as equipes. Demais avaliações também discordaram sobre o grau de acessibilidade do jogo para novatos, atualmente existem vídeos explicativos e tutoriais dentro do jogo, para o melhor entendimento do mesmo, sendo parte da razão pelo qual recebeu críticas mistas.

Porém em 2018, Super Evil Megacorp lançou sua mais nova versão, um modo de batalha 5v5. O novo modo 5v5 já vinha tendo muita repercussão dentro da comunidade do jogo para uma possível aproximação dos MOBA concorrentes, com o novo mapa, novos heróis e novas mecânicas, Vainglory salta novamente para o topo das melhores especulações dentro da gaveta de jogos móveis, já que possui um dos melhores motores gráficos, o jogo agora roda em até 120 FPS, com qualidade intensa além de trazer o tão amado recurso “névoa de guerra”, sendo um dos primeiros MOBA mobile a atingir tal perfeição.

Em 2019 a Super Evil Megacorp anunciou que recebeu mais de 10 milhões de dólares em investimentos para produzir seu novo jogo chamado Project Spellfire que será lançado em 2020. Em 2019 a SEMC também anunciou que não ficará mais responsável pela publicação do Vainglory e que a partir de agora a responsável pela publicação do jogo será a Rogue Games.

Jogabilidade

Vainglory é um jogo do gênero multiplayer online battle arena que segue o mesmo estilo de MOBAs populares como League of Legends e Dota 2, mas que foi projetado para smartphones e tablets. Como padrão do gênero, duas equipes opostas lutam para alcançar e destruir a base adversária ao mesmo tempo em que defendem a sua própria em um cabo de guerra para o controle dos 3 caminhos conhecido como “lanes”, que ligam as bases. Além disso, existem duas “selvas” entre as lanes que contém criaturas que podem ser mortas ou capturadas para obter vantagens sobre a equipe adversária.

Em Vainglory, cada equipe é composta por cinco jogadores que controlam um avatar, conhecido como “herói”, de seu próprio dispositivo. Os personagens mais fracos são controlados por computador, chamados de “minions”, que são originados nas bases e seguem as lanes para a base da equipe oposta, lutando contra inimigos e torres nas rotas. As torres repelem o fluxo de minions e heróis inimigos. O objetivo do jogador é destruir as torres inimigas e o “Vain Crystal” na base da equipe inimiga.

Existem dois modos de jogador contra jogador em Vainglory, em que todo o mapa está disponível, e o Battle Royale, onde a progressão é mais rápida e a batalha é limitada apenas às lanes. Os jogadores podem jogar o modo Standard classificados para aumentar o seu ranking no jogo, ou os modos casuais, onde a sua classificação não é afetada. A duração de uma partida classificada no jogo é listada como de 25 minutos, enquanto a de modos casuais é de 20 minutos.

Em setembro de 2016, já existiam 27 opções de heróis. Os desenvolvedores do jogo adicionaram continuamente novos heróis, cada um com habilidades diferentes e balanceados para o fairy play. Por exemplo, um heróis pode ter um dano alto, mas a mobilidade lenta, ou fortes habilidades corpo a corpo, mas nenhum ataque à distância. Os jogadores escolhem entre três habilidades que atualizam através de uma árvore tecnológica comum. Há um número definido de heróis que são livres para serem utilizados no jogo, uma vez que esta lista de heróis disponíveis é atualizada a cada semana. Existem dois tipos de moeda entro do jogo para compras no aplicativo: a Glory, que pode ser obtida por meio de batalhas, e outra que pode ser comprada com dinheiro chamada Immensely Concentrated Evil (literalmente, “Mal Imensamente Concentrado”) e abreviada como ICE. Os jogadores também podem optar por desbloquear permanentemente qualquer personagem do jogo por uma determinada quantidade de Glory. A partir da atualização 1.18.0, os jogadores são capazes de obter ICE em cestas.

Vainglory oferece dois modos principais de comunicação no jogo: emoticons da equipe e pings estratégicos nos mapas.

Princípios básicos

Como em qualquer MOBA, Vainglory tem objetivos que devem ser concluídos em conjunto com seus aliados. Não há motivo para jogar um game do gênero se não for para cooperar em equipe. Por isso, tenha em mente que o “fair play” é sempre algo muito relevante não só em MOBAs, mas em títulos online em geral.

Por conta disso, já avisamos que Vainglory é jogado em equipes de três jogadores para cada lado. O objetivo é destruir a base inimiga, enquanto lida com tropas e torres pelo caminho.

Movimentação

A movimentação em Vainglory é feita com simples toques na tela, na direção desejada. Não há um “direcional digital” como em jogos mobile mais tradicionais. Basta tocar onde quer o personagem e ele irá até lá.

Caso tenhamos algum obstáculo pelo caminho, é claro que isso vai impedir o movimento. Se um inimigo passar pelo personagem, ele também será atacado livremente e pode ser abatido sem aviso.

Ataque

Para atacar inimigos, tropas ou torres, seguimos o mesmo conceito da movimentação: toque no alvo e o personagem fará o resto. O ataque é automático e ele sempre vai mirar outro alvo que esteja mais próximo, caso o atual seja eliminado.

Também é possível usar as habilidades dos personagens nos ataques, basta tocar em qual deseja ativar para lançá-la contra o inimigo ou, caso seja uma habilidade de suporte, ajude aliados que estão em batalha.

Loja

A loja de dentro das partidas oferece itens que vão fortalecer o personagem em combate. Eles estão divididos em categorias e podem ser comprados com o ouro obtido ao derrotar inimigos ou tropas adversárias.

A loja sugere os itens mais propícios ao seu personagem e ao tipo de atacante ou defensor que ele é. Porém, o jogador é livre para explorar as possibilidades e, navegando pelos botões laterais, comprar o que for necessário.

Comprar personagens

Assim como em outros MOBAs, Vainglory permite comprar personagens, gastando o “dinheiro gratuito”, obtido nas partidas, Glory, ou o que é comprado com dinheiro real, o Ice. Ambos servem, mas com custos diferentes.

Para comprar, basta ir na loja do game e selecionar o personagem desejado. O custo é sempre exibido na parte inferior da tela, e o preço não é reembolsável. Portanto, estude bem o personagem que deseja adquirir.

Perfil

Seu perfil é muito importante no jogo, pois ele mostra o resumo geral de tudo que é feito na sua conta: pontos obtidos, dinheiro somado, nível de experiência, apelido, temporada em que participa, entre outros.

Vainglory também tem um interessante sistema de cartas, que pode ser conferido nos seus detalhes. As cartas obtidas somam não apenas dinheiro, mas ainda “pedaços” de skins de personagens, que podem ser unidos para desbloqueio posterior.

Amigos

A lista de amigos e parte social de Vainglory é extremamente importante. É nela que você acompanha amigos adicionados – para marcar jogos posteriores em grupo – ou as guildas, que são basicamente os “clãs” do jogo.

Isso facilita o processo de encontrar partidas, já que é bem mais fácil combinar com alguém que você conhece do que depender de aliados desconhecidos e anônimos. O mesmo vale para embates competitivos.

Battle Royale

Aqui é para quem curte jogar partidas rápidas, de no máximo 10 minutos, com o diferencial de já começar com o nível avançado e com algum ouro. Ideal para iniciantes, por conta da facilidade de alcançar poderes avançados. Aqui não há acesso ao mapa completo, apenas na “lane” principal, com as torres.

Padrão

O combate padrão de Vainglory, onde as partidas duram até meia hora, por alto. Mantém o padrão de embate de equipes com três jogadores cada e acesso ao mapa completo, com direito a acesso para os monstros que ficam na floresta e servem de melhoria à equipe.

Grupo

Esta opção serve, basicamente, para formar grupos com amigos, ou amigos de amigos, e jogar as partidas Padrão ou Battle Royale. Facilita a comunicação e acesso.

Prática Individual

O lugar ideal para praticar com um personagem novo, conferir suas habilidades em combate, saber se ele é bom contra outro, treinar estratégias e definir caminhos específicos pelo mapa. Apenas sozinho e com o mapa completo.

Vá em frente!

Vainglory é um MOBA com sua própria complexidade, ainda que seja exclusivo de celulares e tablets, o jogo não faz feio e não deve em nada a outros do gênero – graças ao sistema de combate estratégico e melhorias compradas ao longo das partidas.

Tenha em mente a duração de cada partida, reserve um tempo para jogar sem precisar se desconectar, aumente o nível e passe a disputar as partidas rankeadas, que contam pontos e podem conceder benefícios no futuro, ao fim de cada temporada.

Conheça a função do seu herói

Em qualquer game MOBA que você experimente, todos os heróis assumem uma função especifica no time. É muito importante que você saiba qual é a função do personagem que escolheu antes da partida, para deixá-lo ainda melhor e para escolher os itens e talentos apropriados para o seu objetivo.

Em Vainglory só existem três funções:

Carries ou laners: heróis que ficam nas trilhas.

Capitães: heróis que se movimentam pelo mapa, participando de combates em todos os pontos.

Junglers: heróis que farmam na jungle.

Invada a jungle inimiga

Em Vainglory, minions não aparecem até o primeiro minuto de partida, então você não precisa partir imediatamente para as lanes. Assim, reúna seu time e aproveite o primeiro minuto para invadir a jungle inimiga e procurar oponentes sozinhos. Obviamente, fique atento para não ser vítima da mesma estratégia.

Equilíbrio da lane: entenda o Minion Capitão

Com relação às ondas de minions, Vaiglory tem uma diferença crucial comparado a outros MOBAs: o Minion Capitão. Esse minion especial aparece a cada quatro ondas, substituindo o minion de cerco.

Sempre que um Minion Capitão estiver na lane, os minions do seu time receberão menos dano dos minions e torres do time rival. Esse buff causa muito impacto no equilíbrio da lane, pois, assim como em outros MOBAs, não é bom que você avance na lane de forma descontrolada.

Por exemplo: se você matar o Minion Capitão oponente, sua onda de minions deverá vencer a onda oponente e avançar na lane. Assim, o próximo combate provavelmente será sob o alcance de uma torre rival, o que confere muita vantagem ao time oponente, que vai conseguir farmar com muito mais facilidade.

Portanto, sua escolha de matar ou não o Minion Capitão depende do que você quer fazer na lane. Se você quiser pressionar o oponente com minions para sair da lane por um tempo, então mate o Minion Capitão. Se você quer trazer a luta para sua torre, deixe-o vivo o máximo possível.

Siga a correnteza do rio

Existem dois rios que saem do meio do mapa em direção à lane superior e à inferior. Se você seguir por eles no sentido certo, seu personagem ganhará um boost de velocidade muito útil, possibilitando ganks ou suportes efetivos.

Melhore sua noção de mapa e se comunique de direito

Sempre, SEMPRE olhe para o minimapa. Um oponente desaparecido provavelmente está preparando um gank, então sempre esteja atento para reagir da melhor forma. Além disso, comunique-se o máximo possível com as ferramentas de sinalização que o jogo disponibiliza. Avise sobre oponentes desaparecidos, oportunidades de avanço, peça ajuda, etc.

Fique atento aos dragões

Fique atento ao Asa Fantasma e ao Garra Negra. Os dragões aparecem no mapa, respectivamente aos 6 e 15 minutos e garantem buffs únicos para o time que os derrotar. O Asa Fantasma concede uma barreira que regenera vida e energia quando o herói está fora de combate. O Garra Negra se torna seu aliado e avança pela trilha do meio.

É importante que seu time tenha visão sobre os dragões. Assim, mantenha Scout Cams na região para ver quando o time oponente irá atacá-los. Nesse momento, você pode contestar o dragão, tentando roubar a kill para o seu time, ou mesmo aproveitar que o time oponente está sem vida e energia para matar todo mundo.

Entre em uma guilda

Vainglory conta com um sistema de busca de guildas que você pode usar para encontrar jogadores do mesmo nível, ou que joguem nos mesmos dias e horários que você. Isso facilitará muito sua evolução, pois diminui as chances de você entrar em times com trolls ou pessoas que saem no meio das partidas.

Treine antes de jogar em equipe

Antes de entrar em partidas públicas com outros jogadores, é muito importante que você experimente os heróis e as mecânicas do game em partidas de treino ou contra bots.

Como não existem outros heróis para você se preocupar, essa é a forma ideal para aprender as habilidades do herói escolhido, a sua velocidade de ataque e a quantidade de dano causado. Assim que estiver bem familiarizado com o game e com os heróis, está na hora de se juntar aos outros jogadores.

Cuide do seu karma

Sempre que você abandona uma partida a meio, o sistema de karma vai te dar pontos negativos. Logo, evite desistir, a não ser que não tenha outra escolha.

O seu karma vai determinar os pontos de glória que recebe como recompensa, os quais podem ser utilizados para comprar novos heróis e skins.

Não saia correndo para as minas

Uma das características que difere Vainglory de outros games do mesmo gênero, é a possibilidade de ocupar minas para melhorar os seus lacaios com bônus.

Embora seja realmente útil ter acesso a lacaios mais fortes, isso pode fazer com que os seus inimigos enriqueçam mais rápido. Isto porque quanto mais fortes forem os lacaios, mais dinheiro eles dão ao morrerem. Por isso, considere as possibilidades antes de sair correndo para capturar as minas.

Não viaje até à base se pode visitar a loja da jungle

Em Vainglory, você precisa estar perto de uma loja para poder comprar os seus itens. Normalmente, a loja está na sua base, mas a partir de um certo momento na partida, uma loja vai ficar liberada também na jungle.

Não perca o seu precioso tempo se teletransportando até à base, pois todos os itens disponíveis lá também estão acessíveis na loja do centro do mapa.

A importância do Kraken

Se a sua partida chegar aos 15 minutos, vai sair um gigante Kraken da mina de ouro. Esse poderoso lacaio pode ser capturado para ajudar o seu time a destruir a base adversária. O seu dano massivo e alto HP vão dar uma grande ajuda à sua equipe e poderão até decidir o destino da partida.

Porém, você tem de estar pronto para a possibilidade dos seus inimigos conseguirem eliminar o kraken e, consequentemente, ganhar uma grande quantidade de XP e ouro.

Diversifique sua Build de Itens

Ao matar minions e heróis, você recebe dinheiro para comprar itens. Há uma grande quantidade de itens diferentes disponíveis em Vainglory. Alguns podem tornar os seus ataques mais fortes, enquanto outros podem fazer seu herói se mover mais rápido ou até curar sua vida. Diversificar nestes itens pode pegar os seus oponentes de surpresa e o item certo usado na hora certa pode garantir a vitória.

As torres podem causar bastante dano. Sempre tenha cuidado com elas.

Toque no mapa e segure para ver outras áreas

Olhar várias áreas no mapa para ver o que está acontecendo pode ser essencial em um MOBA. Em Vainglory o cenário de selva permite que sejam feitos ataques surpresa em diversos locais. Ao tocar no mapa e segurar, você poderá ver no topo direito da tela outras áreas do mapa ou enviar o seu herói para longe ao tocar no chão naquela área do mapa.

Referências:

Mobile Gamer, Jogos Enternauta, Ligados Games, techtudo, wikipedia.

Jump Force

Jump Force é um jogo eletrônico de luta desenvolvido pela Spike Chunsoft e publicado pela Bandai Namco Entertainment apresentando vários personagens de séries de mangá da Weekly Shōnen Jump. Foi lançado em 15 de fevereiro de 2019 para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One.

Jogabilidade

Jump Force é um jogo de luta de equipes 3 a 3, apresentando personagens de várias mangás e séries de anime da linha de revistas Weekly Shōnen Jump.

O título é um “brawler 3D”, ou seja, um jogo de luta que se passa em uma grande arena 3D, sem muitas complicações. Na verdade, Jump Force é voltado para jogadores iniciantes e, por isso, tem jogabilidade bem básica. São golpes simples, defesas, ataques especiais com um botão e, claro, movimentação em 360 graus no enorme cenário, com alternância em trios, com seu grupo de personagens.

História

Jump Force tem como principal característica o fato de misturar mundos de anime com o mundo real. É no “mundo real”, o nosso mundo, que os problemas começam, quando um exército maligno chamado Cenom invade o planeta. Para lutar contra a ameaça, vários heróis são convocados para formar a Jump Force, nome do jogo, para defender a Terra e as pessoas de mais esta ameaça.

Modos de jogo

Jump Force também tem certa simplicidade em seus modos de jogo. Além da história e de um modo de criação de personagens, te permitindo gerar um herói original da Jump, também será possível jogar batalhas online ou offline, além do treinamento.

No modo online, será possível jogar contra jogadores que usam personagens inéditos, criados pelos usuários, ou de maneira mais livre, sem se preocupar com limitações. Além disso, será possível participar de partidas online rankeadas, que valem rank e pontuação oficial.

Você não irá tão longe apenas apertando botões

O velho “button mashing” – apertar repetitivo de botões – funciona até certo ponto em Jump Force, mas quando você começa a enfrentar mais oponentes, será possível notar que as lutas se tornam mais difíceis de ganhar, principalmente se sua estratégia de ataque envolve apertar botões de ataque repetidamente na esperança de aterrissar combo após combo.

É necessário ser capaz de prever os movimentos do seu oponente e contra-atacar de acordo. Assim, ao analisar o estilo de jogo do seu rival ao longo de uma partida, você ficará um passo à frente dele. Ele constantemente tenta colocar alguma distância entre vocês, com objetivo de desferir um ataque de longo alcance? Esteja sempre pronto para bloquear ou dar um passo ao lado quando sentir que um ataque ou um dash está a caminho. Afinal, a diferença entre vitória e derrota pode estar na antecipação e execução perfeitamente cronometrada de um contra-ataque.

Tente acertar o primeiro golpe

Tentar antecipar o ataque do seu adversário assim que a partida começar pode fazer com que você receba um fluxo praticamente infinito de combos, o que certamente deixará sua barra de vida drenada antes mesmo de ter a chance de dar o primeiro golpe. E ninguém quer começar uma batalha em tamanha desvantagem.

Por isso, sempre tente acertar seu oponente primeiro – um golpe com sucesso pode lhe dar uma enorme vantagem em uma luta, o que transcende apenas o esgotamento da barra de vida de seu adversário. Isso pode lhe render um pouco de intimidação, que abre a possibilidade do inimigo querer adivinhar seus ataques ao longo da batalha, e facilita a distribuição de mais combos e golpes.

Vale a pena notar que os ataques nem sempre acontecem como planejado, então não custa nada estar sempre alerta.

Planeje quem são seus aliados

Na tela de seleção de personagens, será necessário selecionar uma equipe, que consiste em três personagens. É possível alternar entre eles durante uma luta e também chamar um deles como assistência.

Os aliados funcionam de forma semelhante ao visto na série Naruto Ultimate Ninja Storm: um membro da sua equipe atacará para apoiar seus esforços em batalha ao segurar L2 / LT.

As assistências podem ser a diferença entre uma vitória e uma derrota, porém embora possa ser tentador usá-los em momentos de pânico, é importante guardar esse auxílio apenas quando tiver um plano sólido, ou algum tipo de objetivo que você deseja atingir com seus reservas.

Por exemplo, se você precisa de uma oportunidade clara para um combo, então sua assistência pode servir como cobertura, o que lhe dará tempo suficiente para correr na direção do adversário e começar uma série de ataques. Se precisar carregar seu medidor de energia, uma assistência perfeitamente executada lhe dará tempo para isso.

Domine o sidestep

Jump Force permite que você escape de uma série de combos pressionando o botão de dash (L1 / LB), contudo fazer isso esgota completamente a resistência de seu personagem, o que o deixa indefeso por um período de tempo.

Para evitar pressionar esse botão em um momento de pânico, é recomendado aprender a coisa mais próxima – o sidestep (analógico esquerdo + R1 / RB). O sidestep é uma espécie de mini-dash, que permite seu personagem sair do caminho de um ataque recebido, se executado no momento correto. Faça isso cedo demais e seu oponente poderá acertar um golpe, todavia se executado tarde demais você provavelmente já está preso em um combo.

Timing é a chave para evitar um ataque com sucesso ao utilizar essa esquiva. Você precisa antecipar o ataque adversário para ter uma boa chance de cronometrar o momento ideal para um passo à direita, e se conseguir evitar um ataque com sucesso, você criará uma oportunidade ideal para lançar um contra-ataque.

Vale a pena mencionar que você não precisa tentar evitar todos os movimentos. Alguns ataques podem ser facilmente anulados com o botão de bloqueio (R1 / RB).

Gerencie sua barra de energia

Ataques especiais drenam seu medidor de energia, então use-os com sabedoria. Recarregar sua barra deixa o personagem vulnerável e, a depender de quanta energia é necessária, seu oponente terá uma boa janela para acertar vários golpes se você ficar desprevenido.

Em uma luta, não são criadas muitas oportunidades para recarregar seu medidor de energia, especialmente se o ritmo dela for bem frenético, então apenas use os ataques especiais quando tiver uma oportunidade clara. Um acerto bem sucedido lhe dará tempo razoável para reabastecer rapidamente a energia do seu personagem a tempo de um novo ataque.

Acrescente os ultimates aos seus combos

Como o nome já sugere, seu ataque final (ultimate) é o golpe mais poderoso de seu personagem. Então, seria lamentável se, depois de estar pronto para o momento de desferir seu maior poder e potencialmente terminar a batalha, seu oponente simplesmente esquivasse.

Para evitar isso, certifique-se de adicionar seus ultimates em combos. Com isso, será possível torná-los praticamente inescapáveis, o que aumentará suas chances de obter ainda mais vitórias.

Escolhendo o trio

“Cada partida é 3×3, então escolha seus três lutadores com sabedoria! Embora cada equipe seja composta por três membros, tenha em mente que o primeiro personagem que você escolher será o seu principal lutador. Você começará o jogo com este personagem em jogo.”

“No slot dois, recomendamos selecionar seu melhor personagem de assistência. Como você só pode chamar o próximo personagem para o que está em jogo no momento como seu auxiliar, o personagem no segundo slot atuará como o auxiliar do seu lutador principal. Para iniciantes, recomendamos colocar Vegeta no slot dois, pois ele fornece uma ajuda poderosa.”

Cuidado com os medidores

“Seu medidor de Capacidade está localizado sob o medidor de Saúde. O medidor de habilidade começa em 2 e preenche até um máximo de 5. Cada personagem tem seu próprio conjunto de habilidades para usar em combate, com cada habilidade usando uma certa quantidade de energia em seu medidor de habilidade. O medidor irá encher durante o combate enquanto você acertar sucessos com sucesso. Para preencher seu medidor de habilidade mais rapidamente, segure RT para Focus. Tenha em mente que você não será capaz de atacar ou defender enquanto estiver focando, então observe seu oponente cuidadosamente para determinar o melhor momento para focar.”

“Preste atenção ao contorno cinza em torno do ícone do seu personagem. Ele vai encher de amarelo à medida que você progride na luta. Quando estiver totalmente amarelo, pressione o botão direito do polegar para executar um Despertar, que desbloqueia ataques especiais para seu personagem. Se você esperar mais, o medidor ficará vermelho. Pressione o manípulo direito quando o manómetro estiver vermelho para executar um Despertar Completo, desbloqueando ataques ainda mais poderosos e chamativos!”

Crie seu avatar

Um personagem masculino ou feminino pode ser criado em JUMP FORCE. Seu estilo de luta pode ser baseado em um dos três heróis principais do jogo: Goku (artes marciais), Luffy (estilo de luta pirata) e Naruto (ninja acrobático). Após isso, você pode escolher entre diversas características físicas para deixar o seu avatar da forma que desejar e embarcar na aventura principal de JUMP FORCE.

Duelos locais 

Além do arco da história principal, você também pode criar confrontos dos sonhos usando os personagens do jogo. Vá até o Offline Battle Counter, escolha quem quiser e monte seu trio para duelar contra amigos ou o computador!

O básico

Assim que entrar nas lutas, lembre-se dos comandos básicos. Você move seu personagem com o analógico esquerdo e pula com o botão X/A. Pressione rapidamente [ ] / X para criar combos ágeis com ataques Rush ou segure-o para ativar um poderoso ataque Smash. Aperte /\ / Y rapidamente enquanto estiver no solo ou pressione-o para desferir um Heavy Blow. Você também pode ativar um Heavy Smash se segurar o botão. Vale lembrar que o seu trio divide a mesma barra de saúde e de habilidades.

Full power smashes

Se você carregar um Smash ou Heavy Smash até o máximo (segurando o botão por mais tempo), eles se tornam Full Power Smashes e quebram a defesa do oponente.

Tipos de ataque  

Cada ataque possui três atributos: Strike, Slash ou Special. Esses mesmos atributos são usados na resistência do personagem. Tenha em mente eles para tirar vantagem de fraquezas, como usar ataques Strike em oponentes com baixa resistência para eles. E é por isso que é tão importante…

Unir-se para lutar

Apesar de dividirem a mesmas barras de saúde e habilidades, é crucial ter o melhor personagem para contra-atacar aquele que o oponente estiver usando. Para trocar de lutadores, segure L2/LT e eles irão em direção ao adversário. Você também pode se aproveitar disso para estender combos. Quando o último golpe da sequência for desferido, troque de personagem e continue a provocar dano com outro membro do trio.

Habilidades únicas

Cada personagem principal de JUMP FORCE tem quatro habilidades únicas que são um deleite para os fãs já que replicam o que vemos nas páginas da Weekly Shonen Jump. Elas são ativadas ao segurar R2/RT e pressionando ao mesmo tempo um dos quatro botões principais do controle.

Melhore suas habilidades

Suas habilidades ganham força com Skills adicionais. Aumente a força das ofensivas e a resistência das defensivas. Você seleciona elas no menu Ability Setting e melhoradas no Upgrade Counter.

Cuide bem do seu avatar

Equipe J-Skills para aumentar o poder do seu avatar. Você ouve as vozes das quais obtém no Command Room. Lembre-se de melhorar elas ainda mais no Upgrade Counter.

Para vencer

Equipar J-Skills, Support Skills e Ability Skills melhoram sua performance e ocasiona em efeitos negativos para seu oponente. Eles podem ser a chave para sua vitória, então faça questão de ficar atento a eles.

Elementos

Algumas habilidades possuem um tipo elemental e categorizam elas em quatro grupos diferentes. Assim você consegue infligir grande dano em oponentes com fraca resistência a um determinado elemento. Isso pode ser alterado no menu Ability Settings para substituir atributos nas habilidades ofensivas.

Indo fundos nos ataques

Pressionar o analógico esquerdo para cima enquanto estiver atacando aciona o High Rush, uma série de golpes que lança o oponente no ar. Já se pressionar o analógico para baixo, há o Low Rush: golpes baixos que são difíceis de serem contra-atacados e acabam derrubando o adversário. Se decidir por lançá-los, aperte na direção desejada junto do botão de pulo ou ataque para perseguir seu inimigo.

“Combatendo fogo com fogo”

Smashes, Heavy Smashes e algumas habilidades podem impedir Rush Attacks. No entanto, tenha em mente que você ainda receberá um pouco de dano e está exposto a agarrões.

Saia daqui!

Pressione O/B para arremessar seus oponentes. É muito útil quando eles estão constantemente se defendendo ou carregando ataques Smash. Você também pode escapar deles pressionando o botão de arremesso assim que você for agarrado. Dessa forma, você retoma sua postura e evita qualquer dano.

A Defesa pode ganhar batalhas difíceis

Segure R1/RB para defender e reduzir o dano recebido. Mas tenha cuidado, uma vez que os arremessos não podem ser bloqueados desse jeito. Segurando o botão, você dar um passo rápido para diferentes direções e desviar de ataques.

Referências:

Anime 4 Play, Arena Xbox, wikipedia, techtudo.

Diablo III

Diablo III é um RPG de ação desenvolvido pela Blizzard Entertainment, o terceiro título da série Diablo. Sua produção foi revelada em 28 de junho de 2008, na Blizzard Entertainment Worldwide Invitational. O jogo foi lançado oficialmente em 15 de maio de 2012. A versão brasileira do jogo foi totalmente traduzida para o português. Em 2011, os vistantes do Disney California Adventure Park puderam dar uma espiadinha no jogo durante o evento Blizzard Holiday Party,com um segmento especial exibido no show World of Color.

Enredo

Diablo III segue a história de seu predecessor, Diablo II: Lord of Destruction, que superou expectativas. A história do novo jogo passa-se depois de vinte anos dos acontecimentos que marcaram o fim de Diablo II. Os guerreiros finalmente derrotaram o mal, mas quando um cometa cai na Terra exatamente no lugar onde Diablo foi confinado, os guerreiros são novamente convocados para defender a humanidade contra o novo inimigo.O estilo do jogo continua o mesmo (visão isométrica), mas desta vez utilizando os recursos das novas tecnologias reproduzindo um mundo totalmente em 3D e interativo, podendo até destruir cenários. Os jogadores poderão escolher entre cinco classes disponíveis (sete após expansões) e se aventurar num mundo mágico e ameaçador que Diablo III proporciona, porém desta vez, com novas habilidades e equipamentos e com um nível de personalização de personagem mais apurado.

Jogabilidade

Sendo um jogo de exploração, o mundo de Santuário nunca é igual: a cada novo jogo, troca de personagem ou mudança de dificuldade, os mapas, as localizações, vilas, eventos e entradas de masmorras se modificam completamente, como se fossem um quebra-cabeça com várias soluções possíveis. Mudam os lugares dos baús de tesouro, dos objetivos, e de monstros, fazendo com que cada jogo seja único, e você tenha que redescobrir o mapa a cada partida – apenas os locais seguros, como cidades, acampamentos e Marcos de Sendas (círculos de teleporte) não tem suas localizações modificadas.

Ao jogar com amigos, a dificuldade do jogo é ajustada de acordo com a quantidade de heróis na batalha, sendo que cada amigo a mais na equipe corresponde a monstros com mais vidas e ataques mais fortes – mas o saque de cada jogador continua como recompensa individual.

 Além de matar monstros loucamente (o que sem dúvida é mito divertido), em Diablo III também temos missões a cumprir, eventos para participar, mapas para abrir e explorar, vários easter eggs, um nível secreto que é bem… feliz, digamos, e objetivos para várias horas de jogo e diversão, especialmente em grupo. Tá esperando o quê pra se aventurar por Santuário?

Escolha seu herói

Em Santuário você pode lutar com heróis de 6 classes diferentes, sendo 5 da versão standard do jogo, mais um da expansão Reaper of Souls/Ultimate Edition: Arcanista, Bárbaro, Caçador de Demônios, Cruzado, Feiticeiro e Monge. Cada um deles tem vantagens exclusivas, seja uma habilidade maior de sobrevivência, dano corpo a corpo ou a distância, uso de magias ou força bruta. Vamos falar um pouco sobre cada classe aqui, para te ajudar em sua escolha:

Arcanista

Os Arcanistas são magos que usam o própio corpo para canalizar a energia arcana; logo, não dependem de nenhum catalizador externo para usarem seus poderes. São mestres em ataque à distância e em área, além de possuirem alguns feitiços protetores para emergências. Seu recurso é o Poder Arcano, que raramente acaba se usado com sabedoria.

Bárbaro

Bárbaros são mestres no combate pesado corpo-a-corpo. Grandes e brutos, manejam com facilidade armas grandes e pesadas – normalmente uma em cada mão. Têm uma capacidade altíssima de absorção de dano, os tornando os tanques ideiais para a frente de batalha, e se saem melhor em lutas em grupo. Seu recurso é a Fúria, que acaba rápido quando fora de batalha, mas é abastecido constantemente durante a luta; é a ação que alimenta o Bárbaro.

Caçador de Demônios

Os Caçadores de Demônios são especialistas em dano à distãncia com bestas e projéteis, além de dominar como ninguém a arte das armadilhas. Também possuem muitas habilidades de dano em área, mas são fracos se encurralados por muitos inimigos; por isso, também dispõe de pulos e rolamentos para se posicionar no lugar mais favorável em batalha. Possuem dois recursos: Ódio e Disciplina, que devem ser utilizados em equilíbrio para um melhor desempenho.

Cruzado

Classe exclusiva da expansão Reaper of Souls e da Ultimate Edition para consoles, o Cruzado é um defensor, que com suas investidas e armaduras pesadas tem como missão proteger toda Santuário dos demônios – ou, em menor escala, seu grupo. Usam a Furia dos Céus para derrotar demônios, e na batalha, assume a linha de frente com investidas e ataques corpo-a-corpo, mas também podem invocar a Luz Divina em ataques à distância.

Feiticeiro

Feiticeiros usam as forças dos mortos em sua luta – invocando pestes, pragas e zumbis, conseguem se proteger para lançar crânios em chamas e nuvens de veneno. Com suas habilidades de controle em massa, podem paralizar, dominar ou cercar inimigos, levando-os a armadilhas; dominam o combate à distância, mas também não fazem feio caso sejam alcançados pelos demônios. Tem a Mana como recurso.

Monge

Os Monges são especialistas em ataques de curto alcance, usando armas ou os próprios punhos e pernas. com socos e chutes – seu foco é a agilidade, não a força bruta. Canalizam a energia divina para aumentar seu poder, e possuem ondas curativas e mantras amplificadores de poder – o que faz com que causem um belo estrago a inimigos individuais ou em grupo e aumentem sua sobrevivência. Seu recurso é o Espírito.

Seguidores

Além de contar com os poderes de seu herói, em Diablo III você também conta com Seguidores. Ao longo de seu caminho você encontra o Templário, o Vigarista e a Sibila, que poderão te acompanhar em suas aventuras e colocam suas habilidades à seu dispor. Com o Templário você tem um poderoso tanque, com o Vigarista um habilidoso atirador à distância e com a Sibila, uma poderosa maga com ataques à distância e feitiços de suporte. Eles te acompanharão, um por vez, sempre que você não estiver jogando em grupo com outros heróis.

Níveis e Modos de Dificuldade

O nível máximo que seu herói pode alcançar em Diablo III é 70, com a Ultimate Edition. A cada nível ganho seu herói tem seus status básicos aumentados, e poderá progredir na aventura e nas diferentes dificuldades do jogo. Você pode começar jogando nas dificuldades Normal, Difícil e Perito. Ao fechar o jogo com um de seus heróis, você pode jogar novamente na dificuldade Mestre, e quando um de seus personagens atingir o nível 60, você pode selecionar o modo Suplício – em cada uma delas, a quantidade de vida dos monstros, experiência recebida e qualidade de saque é proporcional à dificuldade.  Você pode aumentar ou diminuir a dificuldade de seu jogo sempre que quiser, sem necessariamente ter que começar uma nova campanha.

Também existe o modo Hardcore – esse modo é definido no momento da criação do personagem, ou seja, é específico dos personagens que escolher. O modo Hardcore pode ser jogado em qualquer dificuldade, e ele tem apenas uma diferença em relação ao modo normal do jogo: se seu personagem morrer, ele morre para sempre, não existe ress, continue, nem nada do tipo. Esse modo é recomendado apenas para os realmente fortes.

Explore todo o mapa

Ao jogar o game você percebe que o mapa é revelado lentamente, de acordo com as suas viagens. Use o mapa então para se assegurar que tenha visitado todos os cantos de cada área. Não deixe de olhar por sob nenhuma pedra.

Diablo 3 é cheio de segredos, tesouros e eventos especiais que são bem fáceis de se perder caso esteja totalmente focado na sua missão principal. Então afie sua arma e saia desbravando o mundo de Santuário.

Pegue tudo, retenha o que é bom

Felizmente, apesar do incrível número de seres infernais presentes em Santuário, estes monstrinhos são recheados de itens e moedas. Porém, seu inventário é limitado, não permitindo carregar muitos itens.

Use então o “Portal da Cidade” para voltar até a última cidade visitada, independente da onde estiver. Use e abuse. Toda vez que tiver o inventário cheio, volte até a cidade para ou vender seus itens ou guardá-los em seu baú.

Você também poderá usar outros personagens seus como burros de cargas, já que cada um compartilha o mesmo baú. Esta opção é uma boa para aqueles que não querem desembolsar uma grana para ampliar seus baús. Pode demorar mais desta forma, mas é de graça.

Jogue com amigos

Jogar Diablo 3 sozinho é legal, mas a diversão acontece mesmo quando jogamos com outras pessoas. Junte então seus amigos para explorar todas as dimensões de Santuário. De acordo com o número de pessoas jogando junto em um mesmo grupo, o game automaticamente muda a quantidade e nível de dificuldade dos lacaios inimigos. Ou seja, quanto mais gente, mais diversão e monstros para detonar.

Além disso, o loot é individual, pelo menos na versão para PC. Ou seja, não precisa se esquentar com algum integrante se dando bem e pegando todas as moedas e itens largados pelos inimigos.

Comece já a upar o ferreiro e o joalheiro

Você poderá fabricar seus próprios itens poderosos ao invés de depender sempre de retirar algo da barriga de algum demônio feioso. As habilidades do ferreiro podem ser melhoradas através de treinamento, bem como a do joalheiro, que fabrica melhores pedras para melhorar os atributos de suas armas.

Depois de certo tempo, você perceberá que treiná-los exige mais do que apenas moedas. Mas não se desespere, com o tempo aparecerão os requisitos necessários para continuar treinando. De qualquer forma, seja do seu agrado ou não, fabricar itens sempre estará do seu lado.

Caso ataque de longe, segure shift

Este é um interessante recurso para quem joga no PC e usa uma das classes que atacam de longe como Arcanista e Caçador. Para evitar de quando errar um alvo, ter que arcar com o seu personagem andando para a linha de frente em um movimento suicida, segure a tecla “shift” enquanto ataca.

Esta tecla faz com que o seu personagem ataque parado, sem se mover, independente de onde ele esteja. Ou seja, nada de avançar para a linha de frente carregando uma varinha em uma mão e um livro na outra.

O que fazer caso se perca do grupo

Isto é bem comum quando se explora uma caverna, ou tem uma área grande para cobrir e descobrir para onde ter que ir. Geralmente a equipe se divide para achar uma ponte ou uma passagem e dar prosseguimento à história. Ou caso tenha voltado para o cidade usando o “Portal da Cidade” e queira logo se unir com os seus amigos em uma batalha.

Quando qualquer uma destas situações acontecer, basta voltar para a cidade usando o “Portal da Cidade” e depois clicar no estandarte do seu amigo, que aparece ao lado da onde surge usando o portal. Ao clicar nele, você será automaticamente transportado para o lado de seu amigo, então tenha cuidado caso ele esteja cercado de inimigos.

Evite acumular inimigos

Diablo 3 se baseia em matar demônios. É um jogo muito divertido, e apesar de sua espetacular história, o objetivo do jogo é matar monstros. Sendo assim, já dá pra imaginar o tanto de bichos e demônios você encontrará pelas regiões de Santuário. Então aí vai mais uma dica. Caso você se encontre no meio de uma galera doida para te acertar e você não sabe se vai conseguir dá cabo de todos, evite fugir passeando pelo mapa.

Caso você faça isto, perceberá que na verdade estará apenas aumentando a quantidade de inimigos na sua cola, o que pode piorar sua situação. Tente se esquivar ou usar alguma habilidade para empurrá-los para longe e use então o “Portal da Cidade” para sair da fria. Caso queira retornar para onde está, basta clicar novamente no portal quando estiver na cidade. Mas caso faça isto, certifique-se que esteja com bastante poções e com sua armadura consertada.

Seja amigo dos livros

Os livros que você acaba encontrando nos ambiente, seja em uma estante ou mesa dentro de um edifício, ou quando saem de baús, são valiosos não apenas pela história que eles contam. Apesar de você não dar a mínima para a Lore de Diablo 3, ainda é válido pegar estes livros porque eles valem pontos de experiência para você.

Matar todos os Globins

Eles são grandes ladrões de ouro e itens, uma dica muito boa é matar cada um deles que você encontrar no caminho, Se você derrubá-los irá conseguir recuperar algum item ou ouro, mas se você demorar muito vai abrir um portal eles fugiram.

XP Extra

Quebrar tudo que ver pela frente te fará ganhar experiência de forma mais rápida. Quando ver um local onde pode quebrar alguma coisa, entre e faça a quebradeira de uma maneira rápida.

Elective Mode

Para acessar este modo basta você escolher no menu opções o item Gameplay e selecionar o modo Elective. Esta opção de possibilita um número maior de magias e outras coisas.

Warriv

Quando você caminhar pela Old Tristram Road você irá ver próximo de um vagão em chamas alguns cadáveres, um desses cadáveres é o Wariv de Diablo II e ele poderá interagir com você.

Secret Level

O cenário é intitulado de Inferno de Desenvolvimento e está é uma área secreta no game Diablo III, No ato I enquanto você estiver fazendo a busca A coroa Quebrado, existem 3 áreas chamadas Crypt Defiled, você deve ir em um que tenha o objetivo Quest.

Nível de potência com GEMS

Se você quiser que seu personagem tenha estatísticas diferentes das normais possíveis para personagens de baixo nível. Basta você dar um tapa em alguma jóia de alto nível, você pode alcança até nível 60 de GEMS e ser praticamente inigualável. Se depois no game você precisar remover a jóia e colocar em alguma engrenagem, basta você remover com ouro ou removedor de gema.

CONTROLES DE COMBATE

O combate é o coração de Diablo III. Ao se aventurar por cemitérios mal-assombrados, desertos escaldantes e outros locais perigosos, você será perseguido por monstros que saltam das sombras, investem contra você aos enxames e se enterram no chão sob seus pés. Às vezes você ouvirá o ruído deles nas trevas antes de atacarem. Quase todos o perseguirão se você correr.

Use suas habilidades para matar os inimigos.

Ataque um monstro e seu herói automaticamente vai golpear ou disparar contra ele, dependendo do tipo de arma que você está usando. Para atacar, mova seu mouse sobre o monstro e clique nele (PC) ou pressione o botão de ataque quando o monstro estiver ao alcance (Console).

O dano que você causa ao monstro é baseado nas armas que você equipou. É possível ver o dano médio que você causa no painel Inventário. Basta usar a tecla “I” (PC) ou acessar o menu de personagem nos Consoles.

Ao atacar um monstro, você verá uma barra vermelha com o nome dele no topo da tela: essa é a vida do monstro, e mostra a quantidade de dano que ele vai aguentar antes de explodir ou tornar-se uma poça de sangue aos seus pés. Quando você esvazia a barra do monstro, ela passa de vermelho (cheia) a preto (vazia) e o monstro morre (se o torso do monstro rastejar na sua direção, as garras voltadas para a sua garganta, ele ainda não morreu.)

CONTROLES DE COMBATE DO CONSOLE

Travar alvo

Nos Consoles, é possível usar a função Travar Alvo para focar em um monstro específico — uma seta aparece sobre o alvo travado. Isso torna mais fácil atacar um monstro específico e diminuir a barra de vida dele.

Evadir

Os inimigos mais poderosos que você encontrará em Santuário dão golpes devastadores. Por sorte, heróis nefalem em Diablo III para Consoles podem usar um comando de esquiva especial para evitar ataques.

Barra de ação

A barra de ações indica a vida do seu herói, as habilidades ativas, os recursos da classe e outras informações vitais.

Na sua tela você verá uma barra de ícones pequenos. Essa é a barra de ações. Ela contém suas habilidades ativas, poderes específicos de classe que ajudam você a matar demônios mais depressa ou sobreviver por mais tempo. Também mostra poderosos itens de uso limitado; especificamente, poções de vida. Usar essas habilidades e itens com cuidado pode ser a diferença entre a vida e a morte nas batalhas difíceis. Durante jogos multijogador, barras de ação adicionais aparecem na tela para você monitorar o status dos seus aliados.

A barra de ação também exibe todos os efeitos positivos (bônus) e efeitos negativos (penalidades) no seu personagem, bem como a duração restante. Bônus ganhos com suas próprias habilidades exibem a duração restante em uma barra verde no topo do ícone da habilidade, enquanto bônus ganhos de passivas, membros do grupo ou itens exibem a duração na parte superior esquerda da barra de ação. As penalidades são exibidas no canto superior direito.

Use portais para voltar à cidade.

Portal da cidade: É possível ativar o portal da cidade usando a tecla “T” (PC) ou pressionando para a direita o controle direcional (Consoles). Isso evocará um portal que leva você de volta à segurança do seu acampamento ou cidade. O portal é uma via de duas mãos: quando terminar de resolver seus negócios na cidade, você pode voltar para os campos ou para a masmorra que deixou para trás. Você destravará a habilidade portal da cidade logo no começo do Ato I. Atenção: só é possível ativar apenas um portal de cada vez, e em certas áreas não é possível abrir um portal.

Habilidades: Você pode acessar o menu de habilidades usando a tecla “S” (PC) ou no menu de personagem no Console (PlayStation®3 e PlayStation®4: SELECT; Xbox 360 e Xbox One: BACK), onde é possível selecionar e visualizar suas habilidades. Informações adicionais sobre as habilidades podem ser
encontradas na seção Combate e Habilidades deste guia.

Inventário: Para ver seu inventário, aperte a tecla “S” (PC) ou acesse o menu de personagem no Console (PlayStation®3 e PlayStation®4: SELECT; Xbox 360 e Xbox One: BACK). O inventário guarda o saque que você conseguiu em sua jornada, tanto os itens equipados quanto os que você está carregando. Você pode encontrar mais informações sobre o inventário na seção Inventário deste guia.

Diário & Missões: Pressione o botão START no console ou clique no ícone do cálice no PC (tecla de atalho “J”) para abrir seu registro de missões, que contém uma lista das missões ativas e um diário descrevendo as criaturas e pessoas que você encontrou. Mais informações sobre o diário e as missões estão disponíveis na seção Mundo deste guia.

Menu do Jogo: Pressione o botão START no console ou clique no ícone do computador no PC (tecla de atalho “ESCAPE”) para abrir o Menu de Jogo, onde é possível verificar e modificar as configurações fora do jogo.

Atributos

Dica: para todos os atributos, quanto mais, melhor.

Cada herói do Diablo III possui imenso poder — músculos, velocidade, resistência ou astúcia — que lhe permite desafiar as trevas. Estas qualidades principais são chamadas de atributos, números que representam o quão forte um herói é em determinadas áreas. Segue uma breve explicação dos atributos heroicos no Diablo III:

Força: O atributo principal para Bárbaros e Cruzados. A Força aumenta o dano causado pelo Bárbaro e o Cruzado e aumenta a Armadura de todas as classes.

Destreza: O atributo principal para Caçadores de Demônio e Monges. A Destreza aumenta o dano causado por Caçadores de Demônio e Monges e aumenta a Armadura de todas as classes.

Inteligência: Atributo primário de Necromantes, Feiticeiros e Arcanistas. A inteligência aumenta o dano do Necromante, do Feiticeiro e do Arcanista, além de aumentar as resistências para todas as classes.

Vitalidade: Aumenta a Vida, a quantidade total de dano que você pode receber antes de morrer.

Robustez: A quantidade de dano que você pode receber dos ataques inimigos, derivado dos seus valores em Vida, Armadura, Resistências e Esquiva.

Dano: Indica a média de dano por segundo que você causa com seus ataques. Este atributo é derivado das armas que você está usando, dos seus atributos principais, velocidade de ataque e chance de acerto crítico.

Recuperação: A quantidade de Vida que você recupera por segundo. Sua taxa de recuperação incorpora vida restaurada por ataques, bônus de Globos de Vida, ou regeneração de Vida por Segundo constante.

Cada classe possui esses atributos, mas dependendo do seu estilo de jogo preferido você talvez se interesse mais por alguns atributos, e não por outros.

Por exemplo, se você costuma entrar e sair rapidamente de combate, atacando e se afastando em vez de encarar o inimigo em combate franco, será melhor aumentar o seu Dano causado que sua Vida, uma vez que nesse caso você seria atingido raramente.

Os atributos aumentam automaticamente à medida que o seu nível aumenta. Você ficará mais poderoso ao destruir seus inimigos e avançar no jogo. Além disso, muitos itens que você vai encontrar são encantados e dão bônus específicos a atributos quando você os equipa. Escolha o equipamento de forma a melhorar os atributos que considera mais importantes.

É possível ver seus atributos atuais a qualquer momento na página de Inventário.

Referências:

Diablo Brasil, Us Diablo, Wasd, Palpite Digital, Wikipedia, techtudo.

World of Warcraft

World of Warcraft (também conhecido pelo acrônimo WoW) é um jogo on-line do gênero MMORPG, desenvolvido e distribuído pela produtora Blizzard Entertainment e lançado em 2004. O jogo se passa no mundo fantástico de Azeroth, introduzido no primeiro jogo da série, Warcraft: Orcs & Humans, lançado em 1994.

É considerado o mais popular MMORPG de todo o mundo, tendo chegado a ter 11 milhões de jogadores ativos no ano de 2010. Em 2016, contava com 5 milhões de jogadores regulares.

Joga-se com um programa cliente ligado a uma rede de servidores. Existem servidores para atender Estados Unidos, Oceania, Europa, Rússia, China, Coreia do Sul, Taiwan, Sudeste Asiático, Brasil e América Latina. O acesso aos servidores requer uma chave original e é pago mensalmente, mediante assinatura com dinheiro real ou com ouro conquistado dentro do jogo. A partir de julho de 2011, o jogo também passou a ser distribuído sem custos por meio da versão Starter Edition, que pemite ao jogador ir até o nível 20 de personagem dentro do jogo.

A Criação do Herói

Ao entrar no jogo pela primeira vez, você precisa criar um personagem. Ele será seu avatar no mundo de World of Warcraft. Primeiro você deve escolher uma raça (que determina a aparência do seu personagem) e então uma classe (que determina o que o seu personagem pode fazer).

Qualquer que seja sua espécie, é possível escolher entre personagens masculinos ou femininos, e então determinar qual será sua classe entre as opções disponíveis para cada herói. Bruxos, magos e druidas são mais indicados para os jogadores que curtem utilizar bastante magia, enquanto Guerreiros são a opção padrão para embates de curta distância.

A Barra de Ações

Para que seu personagem faça coisas legais, você precisa usar a Barra de Ações, na parte inferior da tela. Cada espaço da barra padrão corresponde a uma tecla. Para ativar uma habilidade, pressione o botão correspondente no teclado. Simples!

O Grimório

O Grimório ajuda você a controlar suas habilidades. Acesse seu grimório pressionando a tecla P. Agora você pode ver todos os feitiços e habilidades do personagem e arrastar habilidades do Grimório para a barra de ações para facilitar o acesso. 

Tipos de Recursos

Usar habilidades tem um custo para o seu personagem. No jogo, isso se reflete no fato de que as habilidades gastam o recurso que seu personagem tem para usar com feitiços e habilidades. Entender bem o recurso específico do personagem e saber como conduzir os ataques é o que distingue veteranos de novatos. Por exemplo, Magos têm um recurso chamado Mana. Cada feitiço que lançam custa Mana, e, quando o recurso acaba, o Mago tem que esperar até que ele seja reabastecido. Ladinos usam energia em vez de mana. Energia é restaurada rapidamente, mas também se gasta depressa, o que dá ao combate dos ladinos um ritmo todo próprio. Guerreiros usam raiva para energizar ataques especiais. A raiva aumenta à medida que o guerreiro causa e recebe dano, e algumas habilidades de guerreiro geram mana em vez de consumir. Experimente classes diferentes para se acostumar com os tipos de recursos!

Iniciando Missões

Ao entrar no mundo, você encontrará outros personagens com um “!” amarelo em cima da cabeça. Sempre que vir um personagem assim, significa que ele precisa da sua ajuda com uma missão! Fale com ele clicando com o botão direito no personagem. Ele oferecerá uma ou mais missões no diálogo de missões. Se você clicar em Aceitar, a missão será acrescentada ao Registro de Missões do seu personagem.

Rastreamento de Missões: Você tem uma novo amigo de infância. O nome dele é M, e ele é a tecla que você pressiona para fazer surgir o mapa. Suas missões ativas serão destacadas no mapa; se você clicar em um dos destaques, ela ficará marcada no minimapa. Isso significa que você verá uma bússola apontando para o objetivo mais próximo E as regiões relevantes para sua missão ficarão em destaque. Muito conveniente!

Entregando Missões: Depois de completar todos os objetivos da missão, você deverá entregá-la e coletar sua recompensa. Veja a descrição da missão no Registro de Missões quando for entregá-la. Muitas vezes você terá que falar de novo com o personagem que lhe deu a missão, mas algumas exigem que você viaje para terras remotas e viva novas aventuras.

Como chegar ao seu destino

Você vai notar que, quando o nível do seu personagem chegar ali na “adolescência”, as missões vão começar a mandar você para lugares completamente novos. Com tanta viagem prum lado e pro outro, conhecer Azeroth como a palma da mão vai economizar bastante tempo.

Usando o mapa: Seu mapa é muito útil nas missões, mas também é uma mão na roda para a orientação em geral. Sempre que se perder e não souber para onde ir, pressione M para ver a sua localização. Você pode encolher a janela do mapa para mantê-la aberta enquanto se anda por aí. Bem útil! 

Pedras de Regresso: Cada personagem começa sua aventura com uma Pedra de Regresso no inventário. Use-a para se teleportar de volta para a base de operações. Onde é que fica sua base? Bom, se você estiver em uma cidade com uma estalagem, fale com o estalajadeiro. Ele pode definir a sua posição como base para que, da próxima vez que usar a Pedra de Regresso, você volte para lá.

Rotas de Voo: Não há melhor maneira de viajar que pelos ares. Os maiores povoados são ligados por uma grande rede de rotas de voo. Tudo o que você precisa fazer para se deslocar entre dois lugares conectados pela mesma rota de voo é falar com um Mestre de Voo e selecionar seu destino. Por um pequeno preço, ele permitirá que você voe aonde desejar.

Segue o barco: Se você pretende viajar entre continentes, não há nada melhor que ir de navio. A Aliança oferece passagens regulares para portos em Kalimdor, Azeroth e Nortúndria.

Zepelins goblínicos: Zepelins Goblínicos conectam algumas cidades da Horda da mesma maneira que os barcos. A vista é mais bonita, mas não é recomendável sair do zepelim antes de ele atracar em segurança no terminal (a não ser que você esteja de paraquedas, claro).

Portais: Portais são a melhor maneira de ir do ponto A ao ponto B. Ah, não precisa ter medo. É só um punhado de energia arcana rasgando o tecido do espaço-tempo e da própria realidade para economizar umas horas de viagem. O que poderia dar errado? Magos e engenheiros podem aprender a criar portais para locais específicos, e algumas cidades também são conectadas por portais.

Localizador de Masmorras

No nível 15, você ganha acesso ao Localizador de Masmorras, que permite entrar na fila para a masmorra de sua escolha. O Localizador de Masmorras reúne você e outros jogadores na fila para a mesma masmorra, forma um grupo e manda vocês para lá. Não existe maneira mais rápida de encontrar um grupo de masmorra que com o Localizador.

Elites e Chefes

Os monstros nas masmorras são mais resistentes do que os bichos que você encontra por aí. É preciso trabalhar em equipe para matá-los, então vá com uma. Você também encontrará chefes nas masmorras. Esses monstros são MUITO mais fortes e costumam exigir estratégia para serem derrotados (por acaso, esses monstros também deixam os melhores tesouros).

Regras da Masmorra

Eis algumas regras simples para ter sucesso numa masmorra.

Verificação de missões: Certifique-se de que todos tenham as missões certas e compartilhe as missões quando necessário.

Chamada de funções: Todos precisam estar cientes de suas funções (ver anotação sobre funções acima). Se você não souber o que deve fazer, pergunte.

Tanques: Espera-se que você inicie os combates. O ideal é que ninguém ataque os monstros antes de você.

Curadores: Avise ao Tanque quando você precisar sair de combate para recuperar mana.

Causadores de Dano:  Espere os Tanques começarem o combate antes de atacar.

Mantenha a calma: Masmorras podem ser difíceis. Se todos em um grupo morrerem (o que chamamos de derrota ou “wipe”), não se culpe (e, mais importante, também não culpe os colegas). Erros acontecem. Basta ressuscitar e tentar de novo.

Jogador x Jogador

Depois de provar que é capaz de derrotar monstros, dê uma olhada no conteúdo Jogador x Jogador (JxJ) de World of Warcraft. Lute em uma Arena pela glória e emoção da batalha, enfrente inimigos nos Campos de Batalha, onde estratégias e trabalho em equipe são tão importantes quanto reflexos rápidos e habilidade, ou procure um dos grandes locais JxJ do Mundo e espalhe um pouco de caos.

Comandos úteis e divertidos

Independente do personagem escolhido e de qual ponto do mapa começou sua aventura, é importante lembrar que as habilidades dos heróis em WoW Classic são ativadas por um sistema de cooldown, ou seja, cada golpe possui um período de tempo próprio até poder ser reutilizado. Na parte inferior da tela é possível ver quais são suas habilidades atualmente equipadas, e é preciso clicar nelas para ativá-las em combate.

Rode sua câmera e campo de visão segurando o botão esquerdo do mouse e deslocando o cursor para onde quiser olhar. Para iniciar uma luta, clique em um inimigo com o botão direito do mouse, mas certifique-se de estar em um ângulo onde os golpes possam acertá-lo, com um personagem de frente para o outro. Nos momentos de calmaria, você também pode se divertir apertando enter para abrir o chat, e então digitando comandos clássicos como “/dance” para fazer uma dancinha engraçada, ou então “/flirt” para cortejar outros personagens.

Dicas para subir de nível rapidamente

Como todo bom MMORPG, WoW Classic possui bastante grinding e é preciso gastar dezenas de horas subindo de nível para poder habilitar as missões mais desafiadoras e explorar os ambientes mais inóspitos. A boa notícia é que quase todas as suas ações no jogo são convertidas em pontos de experiência, desde matar inimigos até descobrir novas áreas no mapa. Na hora de grandes andanças, aperte a tecla “num lock” para fazer seu personagem andar automaticamente.

Converse com todos os personagens que tiverem um ponto de exclamação amarelo sobre suas cabeças, pois eles podem habilitar novas missões. Aceite as quests, pois completá-las rende valiosas recompensas. Não tenha medo de andar até locais ainda não explorados, e lembre que é possível apertar M para abrir seu mapa a qualquer segundo. É uma boa ideia fugir de feras com nível muito acima do seu, mas você pode vencer com relativa tranquilidade inimigos com um ou dois níveis acima do seu, então aproveite para ganhar muita experiência às suas custas.

Colha muito loot

Inimigos caídos pelo mapa emitem brilho quando estão carregando itens que podem ser colhidos por seu personagem. Aproxime-se de seus corpos e clique neles com o botão direito do mouse para abrir uma nova janela, que mostrará quais itens podem ser obtidos. É preciso clicar nos ícones dos itens na nova janela para colocá-los em seu inventário manualmente, então não esqueça de fazer isso.

Com o tempo, naturalmente seu inventário ficará cheio. Nessas horas, visite qualquer cidade que tiver encontrado em suas aventuras e interaja com os vendedores nas lojas. Lá, você pode abrir seu inventário e selecionar os itens que deseja vender apertando o botão direito do mouse. Use sua verba para comprar itens e equipamentos ainda melhores do que seu arsenal.

Quais são as Profissões no World of Warcraft

Precisando forjar alguma arma?

Ou talvez se especializar em poções mágicas, saber como escrever pergaminhos mágicos, fazer armaduras, cuidar de ferimentos… nada disso vem de mão beija no WoW.

Para se especializar nisso tudo, você vai precisar de um profissional. Confira abaixo as principais profissões em World of Warcraft.

As profissões estão separadas em duas classes, primária e secundária.

Profissões Primárias

Alfaiates: São os responsáveis por produzir roupas e trajes através de tecidos.

Alquimistas: Criam misturas mágicas e poções especiais, tais como invisibilidade, resistência elemental, restauração de mana entre outros.

Coureiros: Transformam couro de animais em peças de vestuários.

Encantadores: Podem desencantar itens mágicos que estejam sobrando e usar o resíduo para melhorar permanentemente um equipamento.

Engenheiros: Se valem de inventividade para criar uma imensa (e, muitas vezes, aleatória) variedade de itens muito úteis.

Escribas: Melhoram as habilidades dos heróis através de glifos.

Esfoladores: São os responsáveis por tirar a pele e o couro dos animais.

Ferreiros: Responsáveis pelas armas e armaduras dos heróis.

Herboristas: Os responsáveis por colher e cuidar das mais variadas plantas úteis e poderosas que podem ser encontradas mundo afora.

Joalheiros: Responsáveis por liberar o surpreendente poder das pedras preciosas, criando jóias e berloques muito potentes.

Mineradores: Dizem que são os que mais trabalham, pois são os responsáveis por abastecer o caixa da cidade, buscando minérios úteis e valiosos, extraindo-os diretamente da terra com suas picaretas.

Profissões Secundárias

Arqueólogos: São responsáveis por vasculhar o mundo em busca de respostas e reminiscências misteriosas do passado.

Cozinheiros: São os responsáveis em alimentar toda uma cidade. Adoram fazer experiências com os mais diversos ingredientes de Azeroth.

Pescadores: Não é apenas uma prática para relaxar, mas sim para prover alimentos através dos mares e lagos por toda a Azeroth.

Médicos: Uma das profissões mais importantes, já que são os responsáveis por salvar muitas vidas em Azeroth, utilizando bandagens e antídotos para neutralizar venenos.

Como fazer

A parte mais importante do jogo, já que você vai precisar fazer dinheiro para sustentar a sua campanha, certo?

Para isso, você vai precisar do serviço de mineração. Três profissões dependem da mineração: Ferreiro, Joalheiro e Engenheiro. Os minérios extraídos podem ser usados ou vendidos.

Para você localizar locais de extração é super simples: no minimapa basta escolher a habilidade “Localizar Minérios“.

Quanto mais você exercita essa função, mas as suas habilidades aumentam e, com a habilidade cada vez maior, há a possibilidade de conseguir minérios mais raros e caros.

Vale lembrar que para começar a mineração, a profissão requer uma Picareta de Mineração.

Para fundir os objetos, basta ir a qualquer forja, disponíveis através do mapa.

Os minérios podem ser encontrados em quase toda Azeroth, embora algumas áreas sejam mais ricas em minerais do que outras.

Então basicamente, o caminho para a mineração começa em ativar a habilidade, localizar minérios em qualquer lugar do mundo.

A seguir, quando achar um ponto de extração, basta clicar no veio para extrair minerais, com a sua picareta de mineração

Depois de coletar a porção, você pode fundi-los ou vendê-los em qualquer forja.

Como construir seu império (Guildas)

Algo muito procurado e que gera muitas dúvidas no WoW Brasil são as Guildas.

Guildas são associações de pessoas com os mesmos interesses e que visa proporcionar assistência e proteção aos seus membros.

Mas o que fazer?

Se juntar a uma guilda com muitos membros, com poucos membros ou criar a própria?

Os players se dividem com relação à isso, mas existem algumas coisas que você precisa saber a respeito.

Algumas guildas florescem e prosperam enquanto outras murcham e somem. O sucesso ou o fracasso se deve, no final das contas, à maneira de formar a base da guilda.

A questão então é: O que fazer para criar essa fundação e montar uma guilda que resista às provações do tempo?

Se você optar criar uma guilda do zero, você vai ter um pouco de trabalho, pois precisará manter tudo organizado para conseguir atrair o maior número de pessoas possível. Por isso seja sempre receptivo com novos membros.

Saiba também designar jogadores de segurança para sempre haver alguém disponível para recepcionar os novos membros e tirar dúvidas, isso gera uma confiança maior e faz a sua guilda ser comentada e procurada por novos jogadores.

Além de estar sempre atento aos jogadores e premiar os mais ativos e antigos, participe frequentemente de chats e sempre esteja atento para resolver problemas entre os membros e esclarecer dúvidas.

Mantenha sua guilda sempre organizada e fique de olho para que os jogadores presentes nela possam tirar o maior proveito do jogo possível.

Por outro lado, nada te impede de entrar em uma guilda pronta.

Para te ajudar na escolha correta de qual entrar, siga as dicas acima e veja se o moderador segue todos os tópicos.

Não escolha a guilda por maior número de membros ou por ser a mais famosa, esteja atento para que você possa desfrutar do jogo sem dor de cabeça.

Como Ganhar Dinheiro no World of Warcraft

Se você tem pontos de experiência nas profissões de herborista, médico, esfolador, coureiro ou correlatadas, experimente vender materiais que você possui da sua profissão.

Uma outra alternativa é em Ashenvalle, onde existe Rotting Slime que deixa tesouros com algum valor.

Experiência 

Para você conseguir experiência de forma fácil e rápida, você simplesmente deve descansar! Isto irá duplicar a experiência ao matar inimigos.

Aliança

A Aliança possui 7 raças diferentes: Humano, Anões, Elfos Noturnos, Draenei, Gnomo, Worgen e Pandaren.

Raça dos Humanos

São os chamados “mocinhos” e fazem parte da raça mais populosa de Azeroth, tendo seu trono na cidade de Ventobravo.

O ponto de partida para quem joga com os humanos é na Floresta de Elwynn.

As classes disponíveis para os humanos são:

Cavaleiro da Morte, Caçador, Mago, Paladina, Sacerdote, Ladino, Bruno e Guerreiro.

Raça dos Anões

Os anões são bravos, corajosos e destemidos.

São provenientes de Khaz Modan nos Reinos do Leste e possuem três clãs dentro do jogo: os Barbabronze, Martelo Feroz e Ferro Negro, cada um competindo pelo poder em Altaforja, local onde possuem o trono.O ponto de partida é em Dun Morogh.

As classes para os anões, são:

Cavaleiro da Morte, Caçador, Mago, Paladina, Sacerdote, Ladino, Xamã, Bruxo e Guerreiro.

Raça dos Elfos Noturnos

Imortais e misteriosos.

Os elfos noturnos são de uma raça antiga e vivem em Darnassus, situados nos ramos da árvore mundial.

Era uma raça desconhecida até ter a árvore mundial sacrificada para parar o avanço da Legião Flamejante.O ponto de partida dos elfos noturnos é em Teldrassil.

As classes disponíveis, são:

Cavaleiro da Morte, Druida, Caçador, Mago, Sacerdote, Ladino e Guerreiro.

Raça dos Draenei

Uma raça que foi praticamente dizimada durante a corrupção dos Orcs por Gul´dan, já que eles habitavam Draenor, terra natal dos Orcs.

Os Draenei são seguidores de Naaru e adoradores da Luz sagrada e, depois dos acontecimentos em Draenor, se estabeleceram em Azeroth. O ponto de poder dos Draenei é nas ruínas da nave Exodar.

O ponto inicial são Ilha Névoa Lazúli e Ilha Névoa Rubra.

Suas classes são:

Cavaleiro da Morte, Caçador, Mago, Paladina, Sacerdote, Xamã e Guerreiro.

Raça dos Gnomos

Os gnomos têm sua origem na Vila da Gambiarra e, pelo nome de onde vieram, já dá pra notar um pouco a respeito da raça.

Eles gostam muito de tecnologia e tranqueiras. Devido a destruição de sua terra natal por Grão-faz-tudo-Mekkatorque em uma tentativa de salvá-la em uma invasão de um exército de Troggs, eles agora residem em Altaforja.

O ponto inicial é em Dun Morogh.

Possuem as classes:

Cavaleiro da Morte, Mago, Sacerdote, Ladino, Bruxo e Guerreiro.

Raça dos Worgen

Uma mistura mortal de Homem e Worg.

Os Worgens surgiram depois de uma antiga maldição druídica sobre as pessoas de Guilnéas.

Depois de várias tentativas no desenvolvimento de uma cura, as pessoas infectadas de Gilneas conseguiram manter sua mente e consciência e foram empossados na Aliança para lutar contra a ameaça dos Renegados que devastam suas terras.

Alguns Worgens ainda vivem na capital de Guilnéas e outros no Carvalho Uivante em Darnassus. Seu ponto inicial é em Guilnéas.

Os Worgens possuem as classes:

Cavaleiro da Morte, Druida, Caçador, Mago, Sacerdote, Ladino, Bruxo e Guerreiro.

Raça dos Pandaren

Enigmáticos, famintos e amantes de uma boa briga. Essa é uma boa definição dos Pandaren.

São provenientes da Ilha Errante, onde são praticantes de artes marciais e lá também é o ponto inicial dos Pandaren no jogo.

Eles possuem as classes:

Caçador, Guerreiro, Ladino, Mago, Monge, Sacerdote e Xamã.

Horda

A horda também são está dividida em 7 raças, sendo elas: Orcs, Trolls, Elfos Sangrentos, Taurens, Goblins, Renegados e Pandarens.

Raça dos Orcs

Eram em sua origem uma raça de selvagens nobres até serem infectados com o sangue demoníaco de Mannooroth, o destruidor.

Fracassaram na Segunda Guerra e, após isso, tentam montar uma moradia em Azeroth. Eles residem atualmente em Orgrimmar, e o ponto de início das missões é em Durotar.

Possuem as classes:

Cavaleiro da Morte, Caçador, Mago, Ladino, Xamã, Bruxo e Guerreiro.

Raça dos Trolls

Existem diversas tribos de Trolls espalhados por toda Azeroth e seria impossível identificar todas, mas apenas uma tribo jurou fidelidade à horda, os Lançanegra.

Isso graças à ajuda que receberam do Orc Thrall, que os salvou de sua extinção. Eles atualmente vivem em Orgrimmar que também é seu ponto de início.

Suas classes são:

Cavaleiro da Morte, Druida/Caçador, Mago, Sacerdote, Ladino, Xamã, Bruxo e Guerreiro.

Raça dos Elfos Sangrentos

Não lembram nem um pouco os elfos que já conhecemos. Essa raça é arrogante e eles fazem parte da Horda.

Fazem parte de uma facção dos extintos elfos nobres, separados da sociedade élfica restante; eles são também sobreviventes do ataque de Arthas a Luaprata.

Sua capital é em Luaprata e o ponto de início dos Elfos Sangrentos é na Floresta do Canto Eterno.

Suas classes são:

Cavaleiro da Morte, Caçador, Mago, Paladina, Sacerdote, Ladino, Bruxo e Guerreiro.

Raça dos Taurens

Os Taurens são conhecidos pela forte ligação com a natureza e pelo xamanismo.

Eles residem em Penhasco do Trovão e começam suas missões em Mulgore.

Os Taurens possuem as classes:

Cavaleiro da Morte, Druida, Caçador, Paladina, Sacerdote, Xamã e Guerreiro.

Raça dos Goblins

Uma raça que sofreu com muitas perdas e mortes por causa de traições internas.

Apesar de possuírem Porto Borranquilha, os Goblins não possuem mais uma capital em sua cidade natal, já que ela foi totalmente destruída. E o ponto de início é em Kezan.

As classes dos Goblins são:

Cavaleiro da Morte, Caçador, Mago, Sacerdote, Ladino, Xamã, Bruxo e Guerreiro.

Renegados

Os renegados ou mortos-vivos fazem parte de uma das raças mais sofridas do jogo, todos em Azeroth pedem a sua destruição.

Após o término da Terceira Guerra, com o fim do controle do Lich Rei sobre seus vastos exércitos, um contingente de mortos-vivos se libertou da vontade férrea de seu mestre.

A liberdade parecia uma bênção, mas a memória dos horrores cometidos em nome do Flagelo logo ressurgiu para atormentar os outrora humanos.O ponto de início das missões dos Renegados é em Clareiras de Tirisfal.

As classes disponíveis são:

Monge, Cavaleiro da Morte, Mago, Sacerdote, Ladino, Bruxo, Caçador e Guerreiro.

Pandarens

Enigmáticos, famintos e amantes de uma boa briga.

Essa é uma boa definição dos Pandaren. São provenientes da Ilha Errante, onde são praticantes de artes marciais, e alguns de sua raça decidiram se unir a Horda.

Eles possuem as classes:

Caçador, Guerreiro, Ladino, Mago, Monge, Sacerdote e Xamã.

Desenvolver personagem

Se você é guerreiro ou paladino, una o útil ao agradável. Escolha o trabalho de ferreiro, isso vai aumentar seus pontos de experiência.

Assim como magos, bruxos, warlocks e xamãs escolherem habilidades de cura.

Referêncaias:

World of Warcraft, Tec8, Techtudo, wikpedia.

Mobile Legends: Bang Bang

Mobile Legends: Bang Bang é um jogo eletrônico para aparelhos móveis no estilo Multiplayer Online Battle Arena (MOBA) desenvolvido e publicado pela Moonton.

Jogabilidade

Mobile Legends: Bang Bang é um jogo designado para aparelhos móveis (mas também pode ser jogado no computador) do gênero Multiplayer Online Battle Arena em terceira pessoa. Ele possui alguns modos de jogo como: Clássico, Ranqueado, Rixa, VS A.I., Personalizado, Sobrevivência entre outros. Os dois times lutam para alcançar e destruir a base do inimigo enquanto defende sua própria base para o controle de um caminho, as três “lanes” conhecidas como “top”, “middle” e “bottom” que conectam as bases. Os jogadores competem em partidas que duram em média 10 a 20 minutos. Em cada modo do jogo, o time trabalha em conjunto para alcançar os objetivos e, consequentemente, a vitória. Existem também objetivos intermédios em cada modo do jogo que dão ao jogador e para a sua equipe vantagens em alcançar a vitória.

Em cada time, há cinco jogadores que controlam um avatar, conhecido como um “herói”, do seu próprio dispositivo. Em todos os modos de jogo, os jogadores controlam Heróis escolhidos ou atribuídos em cada partida, que possuem habilidades únicas. Personagens mais fracos controlados por computador, chamados de “minions”, aparecem nas bases e seguem as três “lanes” até a base do time adversário, lutando contra inimigos e torres. Os heróis começam cada partida com um nível baixo (nível um em Clássico, Ranqueado, VS A.I e Personalizado e nível três para Rixa), e, então, vão adquirindo experiência ao longo do jogo até alcançar o nível máximo. O herói, ao adquirir um novo nível na partida, permite que o jogador desbloqueie habilidades especiais do campeão. Os jogadores também começam cada partida com uma baixa quantidade de moedas (cerca de 300 delas), podendo ganhar moedas adicionais durante a partida de formas diferentes: por matar personagens não jogáveis, como minions e monstros, matando ou ajudando a matar os jogadores adversários, destruindo as torres inimigas, passivamente ao longo do tempo e através de itens ou habilidades do herói. Essa quantidade de moedas recebidas podem ser gastas durante o jogo para comprar itens que aumentam as habilidades de cada herói. A experiência do herói, a quantidade de moedas acumuladas e os itens comprados são específicos para cada jogo. Dessa forma, em cada nova partida, os jogadores começam com a mesma situação em relação a equipe adversária.

Mecânica do jogo

Quando você começa em Mobile Legends, será necessário passar por alguns tutoriais. E por mais que, muitas vezes, este processo pode ser chato, neste caso é uma boa ideia, especialmente os tutoriais de abertura. Já os outros não são tão úteis assim, mas se você tiver tempo, sempre é bom entender um pouquinho melhor sobre o funcionamento do game.

Um ponto bastante educativo de Mobile Legends são os pontinhos vermelhos. Eles significam, basicamente, que você tem algo para ajustar, checar ou coletar naquela determinada aba. Por isso, prestar atenção a eles é essencial para ter sucesso no game. Fique sempre de olho!

Modos de Jogo

Você pode acessar os Modos de Jogo clicando no centro do mapa. Cada Modo vai desbloquear um novo nível. No momento em que você atingir o nível 8, todos os Modos estarão disponíveis. E é claro, há um tutorial para cada modo no momento em que você o libera.

Os heróis

Nesta tela você vai encontrar todos os heróis disponíveis em Mobile Legends. Ao clicar em um, você recebe todas as informações a seu respeito de forma detalhada. Se você olhar para a parte central do topo da sua tela, verá uma lista. Na Loja há a opção de mostrar apenas heróis já obtidos. Caso você ainda não possua todos, basta adquirir na Loja. Lembre-se, no entanto, de checar as habilidades do herói que está pensando em comprar. O ideal é não gastar muito já de cara. Experimente alguns heróis antes de se decidir de vez com qual jogar. Ler sobre eles, apesar de uma tarefa talvez um pouquinho chata, é super recomendado. Um fator importante: você vai receber heróis através de recompensas.

Quando você clica no botão Guias, na parte inferior esquerda da tela do seu herói, você receberá informações específicas a seu respeito, inclusive com algumas recomendações acerca de itens e taxas, o que pode ser bastante útil.

Prep

No canto inferior esquerdo da tela principal, você encontrará o botão Prep (Preparações). É aqui que você organiza e configura seus Emblemas, Feitições, Equipamentos, Conversa e, também, onde você pode completar os tutoriais em busca de mais PB.

Emblemas

Emblemas maximizam algumas características dos seus heróis. Tudo vai depender do tipo de personagem que você escolher. Antes de começar uma batalha, é possível trocar qual configuração de Emblemas você usará. O game, automaticamente, já seleciona um Emblema para você, o que funciona muito bem, desde que você siga evoluindo. Trocá-lo, no entanto, fica a seu critério.

Você começa com um dois emblemas comuns: Físico e Mágico. Os outros sete são desbloqueados quando a sua conta atinge o nível 10. Feito isso, você poderá desbloquear grátis até três emblemas, então escolha com base nas funções que você joga mais. Melhore os emblemas (incluindo os gratuitos) com os recursos obtidos nos baús e atividades diárias. Eles afetam o gameplay positivamente, principalmente no começo da partida.

Habilidades

Nada mais são que habilidades desbloqueadas conforme você for subindo de nível. No Bluestacks, a tecla padrão é F. Você pode selecionar o Feitiço desejado antes de qualquer partida no botão Preps.

Mochila

Como em todos os games do gênero, Mobile Legends também oferece uma vasta listagem de itens a serem utilizados pelo seu personagem. Certifique-se de que está tudo certo neste quesito antes de encarar uma batalha.

Squad

Você encontra o botão referente à sua Squad no canto inferior direito da tela. Como o próprio nome já diz, Squad é um grupo de jogadores que concordaram em jogar junto. É como um time em definitivo que pode ter até 5 membros.

Observe (e utilize) o mini mapa

Não deixe de olhar o mini mapa. Nele, os adversários aparecem com os avatares circulados em vermelho, então se um ou mais inimigo estiver perto de você, recue. O mesmo vale quando os avatares adversários sumirem do mapa: eles podem estar armando uma emboscada, então recue ou avance com cuidado. Os avatares do seu time são circulados em verde. Um ou mais destes por perto é a garantia de apoio próximo.

Utilize também o sistema de ping. Ele permite que você marque no mini mapa chamadas como “atacar”, “recuar” e “reunir”, avisar sobre rotas onde estão os minions e/ou os adversários estão concentrados, ou muito avançados. O sistema de ping permite ainda mandar o seu time atacar o Líder ou o Senhor da Guerra.

Foco e paciência

As partidas em Mobile Legends são mais lentas se comparadas a Arena of Valor. Assim, ter paciência é um ponto importante. Saiba as horas de avançar e recuar, atacar torres e ajudar os colegas de time. Não ataque a selva se você não tiver equipamentos de caça e não ataque a torre sozinho, pois ela pode estar sendo guardada por mais de um adversário. Também é importante não atacar a torre sem minions, pois em Mobile Legends elas causam mais dano que em Arena of Valor.

Foque em atacar as torres, limpar as ondas de minions adversárias, atacar o Líder e o Senhor da Guerra. Entre nas team fights apenas se você tiver certeza que pode vencer ou salvar o colega de time. Você terá mais valor para o time se recuar e ficar vivo, do que morrer por ter entrado em uma briga tentando ser um herói.

Tipos de Heróis

Mobile Legends oferece uma boa quantidade de tipos de heróis, cada qual com suas características e, inclusive, alguns “híbridos”. Cabe a você estudar e compreender cada tipo de herói para se certificar de que, o seu, seguirá um caminho que lhe agrade.

Com esta guia você já tem, basicamente, tudo o que precisa para encarar a sua aventura em Mobile Legends, mais um game que oferece muito mais vantagens quando jogado via Bluestacks 3.0, com todo o conforto do seu PC.

Classes

Existem 6 classes que são usadas para definir o personagem, vou dar uma explicação básica sobre elas:

Tank: Tem mais vida e defesa, por isso normalmente vai na frente para receber todo o dano pelo time. Um posto bem difícil de se contentar, você quase nunca levará um MVP utilizando um desses.

Soldado: Acho que é um meio termo entre ataque e defesa, uma das classes mais utilizadas pelos jogadores, por ter muitas utilidades.

Atirador: “Dano é seu sobrenome”, normalmente focado nisso, as skills são em físico também, tem uma maior distância no ataque, mas tem pouca vida, o que da uma maior vantagem e desvantagem. O bom é que são fáceis de pegar MVP.

Assassino: Um atirador sem longa distância no ataque e que é mais focado nas skills que dão mais dano que seu ataque físico.

Mago: Tem o famoso dano mágico, o melhor para ajudar o time quando o time inimigo está sem tank. Eles também tem pouca vida, mas são como os assassinos, dano nas skills, diferenciado é que atiram de longe.

Suporte: Como o próprio nome já diz “Suporte” e é isso o que faz, ajuda o seu time nas lutas, normalmente com cura ou escudo.

Aproveite a rotação de Heróis

Em Mobile Legends: Bang Bang, você tem um conjunto variado de personagens para escolher. É normal que, no início, apenas poucos Heróis estejam disponíveis, mas rapidamente você junta gemas ou pontos suficientes para liberar os outros.

Cada um tem o seu próprio preço, mas antes de comprá-los você pode experimentar jogar com eles. Na verdade, todas as semanas, um novo grupo de Heróis fica gratuito para você pegar. Assim, você pode gastar os seus pontos ou gemas nos Heróis que tem a certeza que gosta.

Otimize seus equipamentos

Embora o jogo já sugira algumas builds recomendadas para cada personagem, sempre procure guias na internet para conhecer as melhores combinações de itens. Essas builds variam muito não só de acordo com o herói mas também com o seu estilo de jogo.

Por exemplo, se você for um jogador agressivo, não fique preso às builds recomendadas pelo jogo e procure os melhores itens para aumentar seu dano.

Você pode criar suas próprias builds e fixá-las para os itens aparecerem automaticamente para compra durante as partidas. Para isso, no menu principal, vá até a aba “Preparação” e depois “Equipamentos”. Clique nas opções de editar e coloque os itens que quiser.

Se especialize em poucos heróis

Mobile Legends conta com 78 heróis. É comum que jogadores novos busquem explorar o máximo de heróis possíveis na busca dos seus favoritos. Até aí tudo bem.

Acontece que alguns jogadores continuam jogando com muitos heróis por muito tempo e acabam não se especializando em nenhum. Lembre-se que conforme você avança de elo as partidas ficam bem mais difíceis e você não vai chegar longe enquanto não for um especialista em alguns heróis.

Acelere seu processo de escolha se perguntando:

Eu prefiro corpo a corpo ou distância? Dar dano, dar suporte ou ser tank? Eu prefiro passar mais tempo na jungle ou nas trilhas?

Essas são as perguntas básicas que você precisa responder para escolher seus heróis. Claro, é recomendável que você aprenda a jogar em todas as funções do jogo mas foque em poucos personagens.

Loja

Conforme você vai jogando vai ganhando um tanto de dinheiro que é chamado de “gold”, ele serve para comprar itens para ficar mais forte, existem itens de defesa/ataque/magia etc.

Normalmente com um tank usamos itens de defesa, em um atirador, ataque. Para coisas assim temos as “builds” que são um conjunto de itens que ficam no recomendado. Você pode personalizar a sua e testar variações delas.

Tarefas diárias

A primeira coisa que você deve fazer a cada dia ao entrar no jogo é completar a guia de recompensas “Eventos”.

Medal Chest – Medalhas que você ganha em partidas lhe dão pontos de medalha. Ganhe 10 pontos para desbloquear um baú de medalhas uma vez por dia.

Free Chest – Baús gratuitos disponíveis a cada 4 horas, empilháveis até 2 vezes. O que significa que você pode coletar um baú gratuitamente a cada 4 horas e não se preocupe em perder um deles quando estiver dormindo, pois poderá coletar dois baús de uma só vez depois de acordar.

Daily Rewards – Uma lista de tarefas que você pode fazer para ganhar experiência e pontos de atividade diários. Essas tarefas são redefinidas a cada 24 horas.

Ao terminar uma certa quantidade de tarefas diárias, você poderá reivindicar pontos de batalha extras e Baús de Atividades Semanais (que contêm várias recompensas mencionadas acima). Aqui está uma lista de tarefas recomendadas para maximizar seus pontos de atividade diários. Complete as tarefas principais e a opção um ou a opção dois para limitar os seus 130 pontos de atividade diária.

Principais tarefas

Share – Compartilhe o jogo 1 vez.

Aquecer – Complete 1 jogo.

Nunca Descansar – Complete 3 jogos no modo Rixa.

Brigão – Complete 1 jogo no modo Rixa.

Atacar e Vencer – Ganhe 1 jogo.

Assalto Vitorioso – Ganhe 2 jogos.

Eventos especiais