Cuphead

Cuphead é um jogo eletrônico de run and gun e plataforma feito pelos irmãos canadenses Chad e Jared Moldenhauer com o nome de Studio MDHR, desenhado no estilo dos desenhos animados da década de 1930. Como Cuphead, o jogador luta contra uma série de chefes para pagar uma dívida adquirida com o diabo. O jogo foi inspirado em animações década de 1930, como as do Fleischer Studios e procurou manter a obra em qualidades subversivas e surrealistas. Cuphead foi lançado em 29 de setembro de 2017 para Xbox One e Microsoft Windows.

Jogabilidade

Além dos gráficos extremamente detalhistas e fiéis aos velhos cartoons, o jogo chama a atenção pela particularidade, lembrando os jogos de plataforma dos anos 90 em 8 e 16 bit. É possível perceber referências a alguns desses jogos, como Contra, Mega Man X, Gunstar Heroes, Street Fighter III e Thunderforce (quando das fases aéreas). As fases são repletas de inimigos, que atacam das mais diversas formas: saltando em direção ao jogador, caminhando ou atirando projéteis. O jogo também possui fases aéreas, com o personagem pilotando um avião, onde o objetivo é destruir os inimigos atirando projéteis e bombas. Outra referência a jogos vintage está no sistema de navegação entre fases através de um mapa ao estilo Super Mario World e Donkey Kong Country.

Primeiro de tudo: ajuste seus controles

O jogo requer o máximo de precisão, e a configuração inicial dos controles do game simplesmente pode não ser a recomendável para você. Felizmente, “Cuphead” dá liberdade total para ajuste de controles para que o jogador encontre a forma mais confortável de jogar.

Recomendação: o tiro no botão “X” do controle do Xbox dificulta a movimentação rápida do personagem, então é altamente indicado trocar o botão do tiro para um gatilho de sua preferência. As outras alterações ficam por sua conta, mas só essa mudança já altera completamente o jogo.

Ficou preso? Procure atalhos

“Cuphead” é um jogo de chefes difíceis, que testarão sua coordenação motora e sua capacidade de reconhecimento de padrões de ataque. A tendência é que você fique preso em algum momento do jogo em algum chefe.

O game também tem uma mecânica peculiar, em que novos caminhos só são abertos quando você derrota algum chefe. Isso pode ser particularmente preocupante quando você está preso diante de um adversário.

Os desenvolvedores, no entanto, incluíram atalhos nas três ilhas que compõem o jogo, que são caminhos escondidos que dão acesso a áreas  bloqueadas do mapa. Isso vai te dar acesso a novas fases que estariam bloqueadas pelos caminhos normais, dando o tempo para refrescar sua cabeça com outros oponentes antes de voltar a encarar aquele monstro em que você havia ficado preso.

Alterne suas armas

Cada chefe em “Cuphead” tem suas próprias características, o que significa que não existe uma estratégia ideal que funcione contra todos os inimigos. Você precisa moldar sua estratégia para enfrentar cada adversário, e isso passa por escolher sabiamente suas armas.

Se o inimigo não te dá tempo para respirar, uma opção é usar a arma Chaser, que causa pouco dano, mas não depende de mira para acertar o adversário, permitindo que você cause dano constante enquanto se concentra em desviar dos ataques. Enquanto isso, se o adversário permite a aproximação, vale a pena trazer a arma Spread para o combate, que tem um alcance baixo, mas causa bom dano.

A arma Charger causa o maior estrago, mas tem uma cadência de tiro pequena. Ao segurar o botão de tiro, ela não dispara automaticamente, mas sim carrega o disparo para causar mais dano. Um tiro totalmente carregado gera o dano máximo nos inimigos, mas é necessário ter pontaria. Use com sabedoria em chefes que abrem uma janela mínima de ataque.

Faça as fases Run n Gun com atenção

Elas são opcionais, mas são fundamentais para a experiência completa de jogo. Além de divertidas, elas também trazem moedas que podem ser usadas na loja do Porkrind para comprar power-ups e novas armas para seus personagens.

É importante também ficar atento aos seus arredores enquanto faz essas fases. Há moedas escondidas que só vão ser percebidas se você estiver de olho no que acontece em volta do seu personagem.

Fique de olho no mapa também

As fases Run n Gun dão o maior número de moedas do jogo, mas para poder comprar tudo que está disponível na loja do Porkrind, você vai precisar de mais. As moedas estão escondidas pelo mapa, atrás de árvores, pedras e objetos do cenário em geral. Tente caminhar por trás de lugares que parecem inofensivos para ganhar todas as moedas, e fale também com todos os personagens que você encontra pelo cenário.

Compre a habilidade de dash invisível

“Cuphead” tem um quê de “Dark Souls” no sentido em que você está constantemente acuado e seu foco deve ser primeiro a defesa para esperar aberturas para o ataque. Isso fica muito mais fácil com a habilidade Invisible Dash, que torna o seu personagem invulnerável no instante em que você usa o movimento de esquiva. Quando você dominar esse movimento,  fugir de armadilhas sem sofrer dano fica bem mais simples, tornando a batalha menos complicada e permitindo uma pontuação melhor ao fim da fase.

Uma outra habilidade importante é a que dá mais corações. O problema desse recurso é que ele reduz bastante o dano médio da sua arma. Isso significa que você vai resistir a mais pancadas, mas a luta vai durar mais, o que pode anular a vantagem. Pense bem se vale a pena.

Domine o parry o quanto antes

No início do jogo, você dificilmente vai perceber o quão importante é esse recurso, mas as fases finais do jogo vão exigir que você domine esse movimento. Comece a treinar o quanto antes, pressionando o botão de pulo em objetos pintados com a cor rosa no momento correto.

O recurso pode servir simplesmente para desviar de um projétil disparado na sua direção, mas neste caso uma esquiva bem planejada permitiria evitar dano em boa parte dos casos. É a segunda parte do parry que é importante, que proporciona alcançar plataformas que não são alcançáveis com um pulo simples. As fases finais vão te cobrar isso, então domine o mais rápido possível.

Outra função importante do parry é aumentar instantaneamente sua barra de especial, permitindo que você use sua habilidade Super mais rapidamente. Isso também vai ser importante nos chefes mais complicados do fim do jogo.

Conheça seu Super e saiba a hora de usá-lo

Cada arma tem uma habilidade especial, mas o jogo tem três técnicas “Super” que independem da arma que você está usando. Você conquista essas habilidades com as fases de mausoléu; existe uma delas em cada ilha.

Você ganha acesso ao Super quando acumula cinco cartinhas no canto inferior esquerdo da tela. Se você tentar usar a habilidade especial antes de juntar cinco, você irá apenas disparar o especial da sua arma.

Cada habilidade tem uma utilidade especial. O Super I é o mais simples: é um disparo horizontal poderoso que causa altos danos, mas não funciona se o inimigo estiver acima de você; já o Super II torna o personagem invulnerável por alguns segundos.

O Super III permite controlar um fantasma poderoso, mas é o mais complexo de dominar. O fantasma se movimenta de acordo com a movimentação do seu personagem, então você precisa sincronizar o ataque da sua arma com o do espírito para maximizar o dano. A forma mais eficiente de fazer isso é travar a mira do seu personagem, o que permite controlar apenas a movimentação do especial sem precisar correr pelo cenário sem direção e correndo riscos.

Todas as técnicas são poderosas se você souber como usá-las, mas mais importante ainda é saber quando utilizá-las. Cada chefe tem várias etapas; isso significa que você pode ter mais facilidade ou dificuldade em diferentes momentos do mesmo oponente. Guarde seu especial para a etapa que mais lhe trouxer problemas, a menos que você tenha dominado a mecânica do parry, que permite encher o Super mais facilmente e proporciona mais disparos do seu especial. 

Aprenda com os erros

Assim que começar a jogar, você vai perceber que o game é extremamente difícil e que vai acabar morrendo várias e várias vezes. Antes de jogar o controle na parede, se acalme e tente ver o que está causando as suas falhas.

O jogo pode ser desafiante, mas ele é bem justo e tenta te ensinar a ser melhor a cada fase. Por isso, é bom ficar de olho nos padrões dos inimigos e como dominar os controles. Também tenha paciência, shooters de plataformas não foram feitos necessariamente para você sair correndo e atirando sem ver nada.

Colete todas as moedas

Ao longo das diversas fases, você encontrará moedas que pode coletar. Nossa recomendação é que sempre tente pegar todas, já que isso garante dinheiro suficiente para gastar nas lojas com upgrades e melhorias temporárias para seu personagem. Também não tenha medo de gastar as moedas, mas compre só aquilo que realmente for usar nas partidas.

Aprenda todos os comandos

Considerando que nas fases mais avançadas você terá que lidar com inimigos vindo de todos os lugares, é uma ótima ideia saber os comandos com maestria.

Logo no começo, você terá um tutorial sobre os controles. Nossa dica é que preste atenção neles, já que você terá que usar tudo com grande frequência e agilidade em todas as fases.

Não se mova se for desnecessário

Em pouco tempo, você perceberá que Cuphead é extremamente frenético e que é preciso se movimentar o tempo todo em diversas situações. Ainda assim, haverá muitos momentos que ficar parado te ajudará muito mais.

Há inimigos e chefes com posições fixas e que lançam ataques em projéteis, por exemplo. Em vez de ficar andando pela tela como um louco, você pode ficar em uma só posição e só pular ou agachar para desviar dos ataques enquanto também atira no inimigo.

Use seu dinheiro sabiamente

Existem 40 moedas ao todo em Cuphead, sendo que 30 delas você consegue jogando as fases exploráveis e as outras 10 fazendo o tutorial, conversando com outros personagens e até mesmo fuçando locais escondidos nos quatro mapas de Inkwell Isle.

No começo do jogo, você obtém 1 moeda no tutorial e mais 3 falando com o personagem sentado na ponte. Eu recomendo muito que a primeira coisa que você compre na loja de Porkrind seja a Smoke Bomb, pois com ela equipada você fica invencível durante o Dash, algo que te ajudará muito em diversas situações de aperto. Após isso, faça a fase Forest Follies, coletando todas as 5 moedas que estão bastante visíveis, volte até a loja e compre agora a arma Spread, que é uma das mais úteis graças ao seu disparo que alcança várias direções. Outras armas excelentes para você comprar são a Charge Shot, que pode não ter tiro automático, mas causa um tremendo estrago no adversário, e a Chaser, que lhe dá um disparo teleguiado.

Antes de lutar contra qualquer chefe, visite o Mausoléu do Mundo 1

Depois que você passar da fase Forest Follies, uma ponte surgirá. Atravesse-a e siga pelo mapa até chegar no Mausoléu. Lá dentro você precisará derrotar uma certa quantidade de fantasmas rosados para adquirir a Super Art Energy Beam, a mais útil do jogo. Além de ser um ótimo local para você treinar seu Parry, ter essa habilidade poderosa equipada antes de encarar os chefes é uma verdadeira mão na roda.

Lembre-se que você pode transformar seu avião

Os chefes de Cuphead que você enfrenta no avião requerem tremenda agilidade em muitos momentos para desviar de suas investidas. Muita gente esquece, no entanto, que o avião no seu formato normal é lento. O modo miniatura dele, embora seja péssimo para causar dano, tem uma mobilidade excelente. Portanto, caso veja que não está conseguindo se esquivar a tempo com sua aeronave de alguma investida do inimigo, transforme-a para fazer isso e depois volte ao normal para continuar atirando.

Após você se habituar a fazer essa troca, as batalhas aéreas ficarão muito mais fáceis.

Preste atenção nos ataques dos chefes

Embora os chefes tenham vários ataques e formas, a grande maioria segue um padrão. Fique atento aos ataques para entender a melhor maneira de se esquivar. O jogo lhe dá vidas infinitas porque a ideia é que você morra várias vezes mesmo, para aprender com seus erros e não repeti-los mais.

Converse com todos os personagens nos mapas

Os habitantes de Inkwell Isles lhe fornecem pistas sobre coisas que você pode fazer ou descobrir. Às vezes, falar com um deles depois de realizar uma determinada ação, como por exemplo encontrar um caminho escondido dentro do mapa, o fará lhe dar uma recompensa.

O que dá para fazer depois de zerar?

Como assim, terminou o jogo? Então meus parabéns! Depois que você chega ao fim do game existem cinco coisas que você pode fazer para continuar jogando.

Encontrar as moedas que faltaram

Conforme foi dito mais acima, há 40 moedas para você pegar e a chance de você não ter apanhado todas após finalizar o game é considerável. Se você coletou todas as trinta que estão nas seis fases exploráveis, a do tutorial e as três com o personagem na ponte do Mundo 1, faltarão apenas seis. Confira abaixo como consegui-las.

Moeda escondida no Mundo 1: Fale com o personagem com cabeça de machado após derrotar todos os chefes deste mundo, aí conseguirá pegar uma moeda nas árvores ao lado dele.

Moedas escondidas no Mundo 2: Vá até o local da fase Aviary Action e ande pelo caminho por trás dela, pelas montanhas, até chegar do outro lado. Depois disso, volte e converse com a garota com cabeça de pão de gengibre para que ela lhe dê a moeda.

Perto da fase do Dragão, converse com o malabarista depois de executar Parry 4x seguidas sem cair no chão e ele lhe dará uma moeda por seu esforço. Perto da saída para o Mundo 3 há uma carroça verde com outra moeda.

Moeda escondida no Mundo 3: Olhe atrás do estande perto da loja para achar a moeda.

Moeda escondida no Finale: Atrás dos dados vermelhos do lado de fora do casino, no lado esquerdo.

Dificuldade Expert

Vencer cada um dos chefes no novo nível de dificuldade Expert. Se você achava o jogo difícil, prepare-se, pois o Expert sim vai testar suas habilidades, com inimigos muitíssimo mais agressivos.

Dificuldade Expert + Nota S: Realizar o objetivo descrito acima, mas de maneira perfeita, derrotando cada chefe no Expert sem tomar dano, fazendo três parry e usando 6 cartas de ataque especial para ganhar a nota S. Vale ressaltar que você não precisa disso para obter uma Conquista. Faça apenas se gostou muito mesmo do jogo e está interessado neste grande desafio proporcionado por Cuphead.

Atualização: Descobri que o tempo também é um fator determinante para obter o S, embora às vezes você consiga essa nota mesmo demorando mais de 2 minutos para vencer o adversário, ou um tempo maior do que esse no caso do King Dice.

Modo Preto e Branco

Sua quarta opção do que fazer depois de zerar é desbloquear o modo Preto e Branco. Conforme o próprio nome do modo diz, ele permite que você jogue com visual monocromático, podendo também alterar o áudio do jogo para que fique ainda mais de época. Para habilitar isso, é necessário completar todas as seis fases exploráveis sem disparar um tiro sequer, o que também lhe dá uma Conquista. Quando tiver sucesso nisso numa fase, ganhará nela a nota P, de Pacifista.

Utilize Smoke Bomb de modo a desviar dos inimigos com mais facilidade ou então Twin Heart para ter 5 HP e aumentar suas chances de sobreviver sem atirar, lembrando que Parry está liberado, então use e abuse disso. Sua Super Art deverá ser Invincibility, que lhe dará alguns segundos preciosos de invulnerabilidade, os quais você deve usar nos momentos mais complicados. A exceção fica por conta da fase Forest Follies, onde vale mais a pena utilizar a Super Art Giant Ghost, manipulando seu fantasma perto da máquina Acorn Maker para que ele suma ao lado dela e você possa fazer uso do Parry no coração rosa que surge, para pular por cima deste inimigo. Dá também para passar dessa etapa da fase pegando impulso nos disparos rosa efetuados pelos cogumelos.

Terminando as fases sem atirar, fale com a tartaruga do Mundo 3 e pronto, poderá jogar o game em Preto e Branco.

Ferramentas de Evasão

Como na maioria dos jogos desse estilo, a evasão é uma estratégia chave se você quiser ir longe. Cuphead dá aos jogadores várias maneiras de evadir ataques, mas cabe a você saber quando usar essas habilidades. As duas principais habilidades que você deveria usar com freqüência são o dash e o agachar. Dash (Y no layout padrão do controle) pode ser feito no chão ou no ar. Seu personagem irá se mover a uma distância definida, portanto, certifique-se de que você não está se metendo em algo ruim. Depois de um dash, você pode executar outra ação, como um parry se você tiver feito dash no ar, ou simplesmente atacar imediatamente após um dash.

Dash é mais do que apenas uma outra maneira de se mover. Você pode fazer um dash em qualquer ponto durante o seu salto, o que significa que você pode usar o dash para parar seu salto ou para alterar sua trajetória, se você achar que está prestes a pular em um inimigo. O dash é muito rápido e pode tirar você de uma situação ruim quando cronometrado corretamente.

A maioria das pessoas negligencia a capacidade de agachar. Embora esta não seja uma nova habilidade por qualquer meio, seu personagem fica muito baixo no chão. Isso faz com que agachar seja extremamente útil para evadir ataques que você pode ter pensado serem inevitáveis. Você pode até atirar enquanto se agacha, tornando essa habilidade ainda mais útil. 

Batalhas de chefe

A maioria dos níveis do jogo são batalhas de chefe. Concluir essas batalhas épicas contra um ou mais inimigos às vezes desbloqueiam o acesso a novas áreas, por isso é importante não deixar qualquer nível para trás. As batalhas de chefe geralmente são divididas em múltiplas fases, com cada fase oferecendo um padrão de ataque diferente e geralmente ficando cada vez mais difícil com cada nova fase.

Enquanto muitos outros jogos têm batalhas de chefe com várias fases, os chefes em Cuphead são geralmente mais aleatórios do que os de outros jogos. Por exemplo, você pode conhecer o padrão de ataque de um chefe, mas a ordem dos ataques ou a velocidade em que as fases mudam podem mudar a cada vez que você joga. Você não pode apenas aprender um padrão e esperar ganhar em Cuphead.

Quando você derrota um chefe, você recebe uma letra com base no seu tempo de conclusão, pontos de vida restantes, número de vezes que você deu parry com sucesso, quantos ataques EX e Super Movimentos usou e o nível de dificuldade em que você jogou. Para obter um perfeito A + na maioria das batalhas de chefe, você não precisa tomar nenhum dano, da parry pelo menos três vezes, use pelo menos seis ataques EX ou dois Super Movimentos e completar a batalha na configuração de dificuldade Regular. Há também um limite de tempo específico que varia dependendo da batalha do chefe. Passe desse limite e você não ganhará uma nota A +.

Referências:

Olhar digital, Play Replay, Game Hall, Game Detonado, wikipedia.

Marvel vs. Capcom: Infinite

Marvel vs. Capcom: Infinite (em japonês: マーベル VS. カプコン:インフィニット ‘Māberu VS. Kapukon: Infinitto’?) é um jogo eletrônico de luta desenvolvido pela Capcom, lançado para o PlayStation 4, Xbox One e Microsoft Windows. Ele é o quinto título principal da série Marvel vs.Capcom; o jogador controla personagens dos universos da Marvel Comics e da Capcom em lutas de dois contra dois. Na história Ultron (Vilão dos Vingadores) e Sigma (Vilão de Megaman X) juntam as jóias do infinito e se tornam Ultron Sigma que junta as duas dimensões e desencadea um imenso confronto entre o Universo Marvel e o Universo Capcom.

Encontre o seu time

Em MvC:I tudo é possível, e existem possibilidades (quase) infinitas quando o assunto é combinar dois de seus personagens favoritos em um time. Assim, a melhor forma de começar é jogar com todo o elenco e encontrar aqueles que você mais gosta. Uma das melhores formas de fazer isso é terminar o modo história, já que você terá que jogar com (ou contra) praticamente todos, em momentos específicos do enredo. Caso contrário, jogue seu modo preferido (como arcade ou treino) e parta em busca dos seus melhores. Por exemplo, no modo história, tivemos combinações como Megaman X e Capitão América, assim como Chun Li e Capitã Marvel para iniciar os trabalhos. Você pode também montar times com temas, como robôs (Ultron e Zero), ou por jogos favoritos, como Darkstalkers (Morrigan e Jedah).

Já encontrou as gemas?

Depois de decidir qual time funciona para você, o próximo passo é encontrar a Gema do Infinito que cobre as fraquezas de seus personagens, como dar uma incrementada na força do Capitão América com a gema da do poder. MvC:I revisitou as mecânicas das Gemas do Infinito, trazendo-as de volta à série. Cada gema tem sua própria habilidade única, que pode ser ativada através de um botão, chamada de Infinity Surge. Os Infinity Surges dependem da pedra preciosa escolhida e liberam poderes como agarrar o oponente, teletransporte, sugar vida, criar um mini-vortex, lançar projéteis móveis e até rebater adversários na parede. É importante entender o propósito de cada gema, pois elas podem ser vitais em partidas, assim como também é bom notar qual gema seu oponente está escolhendo.

Tem uma tempestade a caminho

As Gemas do Infinito têm mais que a habilidade de surge; elas também tem um poder massivo conhecido como Infinity Storm. O acesso a esse poder é garantido ao lutar, levar dano ou utilizar seu Infitiny Surge. Quando a barra da gema estiver com 50 porcento, você será capaz de ativá-la. Cada tempestade invocada por sua gema é uma versão incrivelmente poderosa dos poderes menores, assim, há ocasiões que você pode escolher uma gema por seu poder máximo e não pelo surge. O Homem de Ferro, por exemplo, se beneficia bastante da Gema da Realidade, uma vez que ele terá muitos projéteis à sua disposição.

Cada gema oferecerá uma série de habilidades únicas quando você ativar seu poder especial; algumas permitirão cancelar seu poder mais rapidamente que antes, enquanto outras confinarão o inimigo em uma pequena caixa na tela, deixando-o sem mobilidade para escapar de seus combos. É até possível ressuscitar um aliado abatido com a Gema da Alma e atacar o oponente junto com ele. Há também o bônus onde qualquer gema pode ser cancelada, ao apertar os botões de Infinity Surge e Tag, para executar um super ataque de nível três de graça.

Entenda o sistema básico de combos

Se você for um total iniciante, é necessário que você experimente o sistema de combos. Ainda bem que Marvel vs Capcom: Infinite implementou a mecânica certa para você, os autocombos. Ao pressionar repetidamente o soco fraco, em rápida sucessão, você irá desferir um combo completo. Essa é uma boa forma de se familiarizar com seu conjunto de golpes e entender os combos básicos do jogo. Todos os autocombos começarão com alguns golpes terrestres, lançando o inimigo para os céus em seguida com uma série de ataques aéreos. Isso mostra que todos os lutadores têm um golpe para “lançar” o adversário para o alto e um “spike”, um golpe que tira o inimigo do ar, lançando-o ao solo. Por mais que não haja exceções, alguns personagens – como o Nova – terão seu golpe de lançar único. Por isso, conheça a lista de golpes e fique familiarizado com seus golpes únicos.

Um mutante em uma missão

Se o sistema de combos não lhe chamou atenção, então sua melhor aposta possa ser aventurar-se no modo missão. Aqui, você encontrará uma série rápida de tutoriais que vão ensinar os básicos do jogo, incluindo uma rápida introdução às gemas que citamos antes e uma série de 10 desafios/combos para cada personagem. Esses combos são bem mais incrementados, porém dão grandes exemplos de como alguns ataques interagem e expandem o sistema de autocombo. Há até vídeos de como eles funcionam – quando todos os movimentos são executados corretamente -, algo que pode ser bem útil para completar as missões do Strider… O modo missão é definitivamente válido e incentivamos que você gaste um bom tempo nele; você perceberá que alguns heróis estão utilizando as gemas e também verá alguns tag combos que pode querer experimentar, como o do Homem-Aranha com Frank West.

Está gostando? Vá além agora.

Quando você finalmente começar a entender os básicos da estrutura de combos e se arriscar em algumas missões, verá que cada um dos personagens tem seus ataques especiais únicos. Alguns desses movimentos podem rebater inimigos na parede, jogá-los ao chão ou até congelá-los no local atingido. Qualquer combinação desses ataques pode ser implementada em seu combo, para extender sua duração e aumentar o dano causado. Por isso, aventure-se, arrisque com novos golpes e incremente seu leque de ataques.

Aprenda a defender e a desferir o push block

É fácil falar, mas na prática não é fácil se defender. Com o ritmo as vezes frenético de Marvel vs Capcom: Infinite, você pode achar um pouco complicado se defender no início e o único jeito de ficar melhor é com a prática. Existem algumas dicas óbvias, entretanto, a mais vital de todas é aprender defesa avançada. Ela é fundamental para mudar o momentum de uma luta. Ao apertar dois botões enquanto você está defendendo um ataque, seu oponente será empurrado a uma distância considerável. Isso também concede alguns bônus, como a habilidade de refletir as esferas de energia de adversários como Ruy e Morrigan de volta para eles. Ao fazer isso, você transforma defesa em ataque, mas aprenda quais projéteis são possível de refletir para não ser pego de surpresa.

Torne-se um mestre na arte de tag

Como todo jogo de luta em times, a arte do tag é crucial em Marvel vs Capcom: Infinite. E dessa vez, saber quando mudar de um membro para outro de seu time pode ser mais importante que nunca. Anteriormente, executar o tag (a troca de personagem) tinha uma série de regras restritas e ainda custava uma barra de energia especial, ou precisava de um combo pra lá de eficiente. Esse não é mais o caso em Marvel vs Capcom: Infinite. Nessa obra, você pode executar uma troca quando e onde quiser, bastando apenas apertar o botão de tag e respeitar algumas regrinhas. Desde que seu personagem esteja vivo e não tenha sido trocado recentemente (tem uma rápida barra de esfriamento que precisa ser notada para efetuar uma nova troca), você pode cancelar um ataque e trazer seu companheiro para a luta. Todavia, lembre que qualquer personagem, ativo ou reserva, pode ser atingido durante a animação de troca e isso pode resultar em um baita prejuízo de dano. Então, tenha cuidado.

Prepare o aquecimento no modo treino

Pode não ser o modo mais empolgante para ficar melhor em um jogo de luta, mas o modo treino de MvC:I é o lugar perfeito para testar seus combos em um ambiente seguro. Você será capaz de ver a quantidade exata de dano que seus combos causam e se eles funcionam com todos os membros do elenco (não há nada pior que Rocket Racoon errar um belo combo por ser pequeno demais). É até possível configurar cenários específicos para treinar, como uma barra de energia e do Infinito cheias para tentar combos decisivos. Tem até como colocar um amigo para testar esses cenários com você para praticar com ainda mais fidelidade para futuras disputas online ou até para configurar um cenário que você não conseguiria sozinho.

Gerencie as barras de vida e energia

Como em qualquer jogo, gerenciamento de energia e vida são incrivelmente importantes. É obvio que se você ficar sem vida é fim de partida, mas a barra de energia é tão importante quanto. Ao estocar energia e saber quantas barras tem, você estará sempre preparado para utilizar um super golpe em equipe e tirar alguém de cima de você ou até usá-la para adicionar dano extra suficiente para acabar com a partida e não correr riscos.

Tão importante quanto reconhecer sua atual situação de energia é reconhecer os valores de vida. Em Marvel vs Capcom: Infinite há como recuperar vida. Na medida em que você leva dano, perceba que há uma barra residual vermelha, ela representa a vida que pode ser recuperada. Ao executar uma tag com seu outro herói, você vai recuperar a vida do personagem ferido lentamente, prolongando a luta. Essa barra vermelha pode ser removida se você for agarrado, então quando você tiver vida recuperável fique longe de jogadores que vão tentar correr para lhe derrubar. É igualmente importante que você reconheça que é possível executar uma troca de heróis no meio de um combo, ao custo de duas barras de energia, segurando o botão de tag, algo que os tutoriais e missões esquecem de mencionar.

Jogue com amigos

Você vai acabar fazendo isso de qualquer forma, mas em meio ao jogo você encontrar uma série de jogadores querendo se divertir. Essa é, provavelmente, a parte mais importante de MvC:I, encontrar os amigos para se divertir e jogar com gente do seu nível. Com o tempo, você e quem mais quiser enfrentar irão melhorar. E jogar com amigos pode ajudar a aprender melhor as mecânicas e até entender melhor suas derrotas do que online, pois eles podem apontar seus pontos fracos, como passaram de sua defesa e encontraram uma brecha para o ataque. Então chame a galera, prepare seu joystick ou arcade stick e mostre para eles como uma combinação de Jedah e Ultron pode ser letal (ou um Dante e Hulk – nossos favoritos).

Afinal, jogos de luta são divertidos, mas nunca fáceis de se dominar; eles precisam de muito tempo e prática para evoluir. Contudo, com dedicação, qualquer um pode crescer e até subir nas ranqueadas online. Assim, esperamos que essas dicas e detalhes tenham mostrado como esse novo game de luta pode ser a garantia de diversão por várias e várias horas. Prepare seu time e parta para o caminho da vitória.

Comandos básicos

É preciso começar do princípio e saber quais são os comandos básicos de Marvel vs. Capcom Infinite: soco fraco, soco forte, chute fraco, chute forte. Estes são os golpes mais simples e estão mapeados nos botões da face do controle, como por exemplo o X, quadrado, bola e triângulo, no PS4, ou equivalente no Xbox One.

Os botões superiores, L1, R1 ou LB, RB, servem para ativar a troca de personagem ou utilizar o poder da Joia do Infinito. Os gatilhos não possuem grandes funções, a não ser unir comandos, como soco forte e fraco ao mesmo tempo

Como trocar de personagem e atacar ao mesmo tempo

A troca de personagem é algo bem básico na série Marvel vs. Capcom e não é novidade. Com o pressionar de um botão, o jogador pode alternar entre os dois heróis disponíveis. Vale mencionar que o lutador substituto já entra no ringue atacando.

A novidade, porém, fica por conta da troca com contra-ataque. Para usá-lo, é preciso ter pelo menos duas barras de especiais cheias. A partir daí, enquanto seu personagem ativo estiver sendo golpeado pelo oponente, basta segurar o botão de troca (R1 ou RB) para realizar o contra-ataque.

Lançar ao ar

Todos podem lançar seu oponente ao ar. É uma ferramenta de luta muito útil, já que te permite iniciar combos enquanto o adversário está indefeso. Para jogá-lo para o alto, é preciso pressionar o botão de soco forte e o direcional para baixo ao mesmo tempo.

Também é possível fazer o arremesso a partir de combos automáticos. Inicie batendo no inimigo com o soco fraco (normalmente no botão quadrado ou equivalente) e continue até fazer o inimigo subir. Complete com um especial.

Especial automático

Ao pressionar os botões chute forte e soco forte ao mesmo tempo, o personagem lança um especial automático, chamado também de “Hyper Combo”. Ele exige pelo menos uma barra de especial completa para ser ativado.

Cada lutador possui pelo menos um, específico, e seu funcionamento varia bastante. O que importa é que o Hyper Combo serve para se livrar de enrascadas, apesar de ser fácil de evitar ou defender, portanto, não se garanta sempre nele.

Interromper um salto para continuar o ataque

É possível surpreender o inimigo em Marvel vs. Capcom Infinite interrompendo seu grande salto para encaixar um ataque. O salto duplo – realizado ao pressionar duas vezes para cima – permite alcançar uma boa altura no cenário, mas a ideia aqui é interrompê-lo no meio, de surpresa.

Para interromper um salto pressione para baixo no meio do segundo nível, assim seu personagem vai descer e acertar quem estiver embaixo. Na verdade, isso também pode ser feito durante o primeiro nível, mas é mais eficaz no segundo.

Defesa avançada

A defensa avançada é outro dos conceitos básicos de Marvel vs. Capcom Infinite e dominá-la é uma boa dica para vencer lutas. Pressionar chute e soco ao mesmo tempo enquanto estiver bloqueando faz com que o adversário seja empurrado e o personagem se recupere rápido para contra-atacar.

É possível fazer isso de várias formas, incluindo durante os treinos, onde é possível programar o lutador adversário. Domine a técnica e seja mais difícil de ser derrubado.

Melhores personagens para novatos

Esqueça personagens rápidos ou pesados demais para começar, com exceção do Hulk. O gigante verde da Marvel é uma boa opção por ter golpes versáteis e fáceis de encaixar. Outra boa opção é Ryu por ser já conhecido da série Street Fighter e ter golpes bem parecidos neste jogo. Essa é uma dupla que pode te ajudar bastante nos combates iniciais.

Para potencializar a variedade, combine Hulk com a Joia do Tempo e utilize sempre a Tempestade Infinita, tornando o gigante ainda mais rápido e mortal contra oponentes. Treine bastante com os dois antes de partir para os próximos lutadores.

Sistema de Batalha

Nota: os comandos exibidos aqui consideram o personagem voltado para a direita. Comandos laterais ficarão invertidos com o personagem voltado para a esquerda.

Sistema Básico

Movimentos Normais: Aperte qualquer botão de soco ou de chute para fazer um movimento normal.

O movimento realizado muda de acordo com o status do seu personagem e o botão apertado.

Movimentos Especiais: Certas combinações de botões de direção com botões de chute/soco disparam movimentos especiais.

Iniciar um comando de movimento especial durante um movimento normal, permite que você cancele o normal e faça rapidamente o movimento especial em seu lugar.

Hipercombo: Iniciar um comando especial apertando junto os dois botões de soco/chute dispara um hipercombo — um movimento poderoso que esvazia a barra de hipercombo.

Hipercombos Nv1 gastam uma barra, já os Hipercombos Nv3 gastam três barras.

Hipercombo Fácil: Apertar os botões de soco forte e chute forte ao mesmo tempo dispara um hipercombo fácil que gasta uma barra de hipercombo.

Salto/Super Salto: Aperte o botão de direção para cima para saltar.

Alguns movimentos e hipercombos só podem ser executados durante um salto. Para fazer um super salto, aperte para baixo e para cima logo em seguida. 

Guarda/Guarda Aérea: Aperte o botão de direção para o lado oposto ao do adversário para se defender, bloqueando os ataques dele. Uma guarda em pé bloqueia ataques altos e uma agachado bloqueia ataques baixos.

É importante saber qual guarda usar em cada situação. Você também pode fazer uma guarda aérea ao saltar para bloquear todos os ataques.

Guarda Avançada: Ao se defender de ataques corpo a corpo, aperte dois botões de ataque juntos para fazer uma guarda avançada e afastar o adversário.

Uma guarda avançada no momento certo pode desviar alguns ataques de projétil, como o Hadouken do Ryu, de volta ao adversário.

Arremesso/Fuga de Arremessos: Aperte o botão de direção para esquerda ou direita com o botão de soco forte pressionado perto do adversário para arremessá-lo.

Você também pode usar este comando para fazer uma fuga de arremesso se o adversário tentar arremessar você.

Combo Automático: Toque repetidamente no botão de soco fraco para fazer um combo automático (Nota: apenas se os ataques forem bem-sucedidos). O combo automático pode ser “desligado” nas configurações de controle.

Troca Ativa: Aperte R1 a qualquer momento, mesmo em movimento ou atacando, para chamar seu parceiro e fazer uma Troca Ativa. Ele entrará correndo na tela e atacará o inimigo. Por alguns segundos, os dois personagens continuam na tela durante uma Troca Ativa; nesse período, você não pode fazer outra Troca Ativa. 

Contragolpe de Troca: Você pode chamar seu parceiro ao bloquear ou sofrer dano, mas isso exige um aperto prolongado de R1. Um Contragolpe de Troca gasta duas barras da barra de hipercombo.

Nota: não pode ser usado enquanto seu adversário estiver em um hipercombo. 

Onda do Infinito: Aperte L1 para fazer uma ação especial — como um ataque poderoso ou uma corrida super-rápida — de acordo com a sua Joia do Infinito equipada.

Usar a Onda do Infinito enche a Barra de Joia do Infinito. 

Tempestade do Infinito: Quando a Barra de Joia do Infinito estiver com 50% ou mais de carga, aperte L1 e R1 juntos para disparar uma Tempestade do Infinito.

Isso libera todo o poder da Joia do Infinito equipada. Aperte L1 e R1 novamente durante a Tempestade do Infinito para executar um Hipercombo Nv3 e gastar toda a Barra de Joia do Infinito em vez da Barra de Hipercombo.

Referências:

Game Capcom, Red Bull, wikipedia, techtudo.

Civilization VI

Civilization VI é um jogo eletrônico desenvolvido pela Firaxis Games e pela 2K Games. É a sequência de Civilization V, apresentando diferenças tanto nos gráficos quanto na interface com o seu novo motor gráfico. Seu lançamento ocorreu em Outubro de 2016.

As Civilizações

As Civilizações são a princípio muito parecidas entre si. No entanto, cada Civilização tem uma habilidade de líder, uma unidade única, um prédio único, e uma habilidade especial diferente que as diferencia.

Alguns exemplos:

A Habilidade de Líder da Rainha Gorgo (Grécia) é ao matar unidades militares inimigas ganhar 50% do seu valor de combate em Cultura.

A Unidade Única dos Russos são os Cossacos, que substituem a cavalaria, são mais fortes e podem se mover depois de atacar.

O Prédio Único da Arábia é a Madrasa, que substitui a Universidade convencional, gerando mais ciência e podendo gerar fé através de bônus de adjacência.

Já a Habilidade Especial da Cítia é criar duas unidades por vez da cavalaria leve ou dos Arqueiros Montados Saka.

Um erro muito comum é achar que por você estar jogando de Inglaterra, por exemplo, você não pode construir as Pirâmides de Egito. Esse tipo de coisa não existe em CIV. Até o momento foram lançadas 20 civilizações: 18 no jogo base, os Astecas na versão deluxe, e a Polônia na mais nova DLC do jogo. Mas esse número vai crescer muito, no CIV V chegamos à 43 líderes, fora os diversos outros que foram criados pela comunidade.

Bárbaros e Cidades-Estados

As Cidades-Estados são controladas somente pelo Computador e têm políticas próprias e bônus para seus aliados. Algumas Civilizações têm maior afinidade para usá-las ao seu favor, outras buscam conquistá-las. Para influenciar uma Cidade-Estado é necessário enviar um emissário. A Civilização com maior número de emissários torna-se a a Suserana daquela Cidade-Estado e começa a receber bônus específicos. Por exemplo, o Suserano da Cidade-Estado de Bruxelas recebe bônus de 15% na construção das Maravilhas do Mundo. De tempo em tempo, as Cidades-Estados enviam missões aos jogadores, que podem ser o estabelecimento de uma rota comercial, o treinamento de uma unidade militar, a pesquisa de uma determinada tecnologia, etc. Ao completar a missão, o jogador recebe mais um emissário naquela Cidade-Estado.

Diferente da Cidades-Estados, os Bárbaros são uma espécie de civilização sem cidades. Seus acampamentos surgem em espaços vazios no mapa – onde não há territórios de civilizações ou unidades próximas – e sempre são hostis aos jogadores. Eles podem matar unidades, roubar trabalhadores/colonos e pilhar sua cidade e territórios. Eles servem para te lembrar de sempre ter defesas e impedem um crescimento exagerado sem suporte militar. Lembre-se de destruir os acampamentos bárbaros próximos às suas cidades e evite deixar os trabalhadores e colonos muito longe de unidades de combate. No caso dos colonos, ande sempre em formação de escolta com alguma unidade militar até fundar sua próxima cidade.

No CIV VI, os novos acampamentos bárbaros surgem com uma unidade de batedor e uma unidade corpo a corpo (acampamentos na costa podem produzir unidades navais). O maior perigo é o batedor. Ele irá procurar cidades e assim que avistar a primeira unidade, o batedor voltará ao acampamento mais próximo e fará surgir uma série de unidades para atacar essa cidade. Quando encontram uma cidade de algum jogador ou Cidade-Estado o batedor bárbaro ficará com um ícone de exclamação vermelha, indicando que está retornando para convocar reforços. É importante destruí-lo antes que ele consiga chegar ao acampamento.

Recursos

Comida: Impacta diretamente no crescimento populacional da sua cidade e manutenção dela. Quanto maior a população da cidade, mais cidadãos disponíveis para trabalhar e crescem o número de distritos permitidos. A principal fonte são as fazendas e zonas de pesca.

Ouro: É sua riqueza! Alguns prédios custam manutenção, assim como unidades militares. Além disso, você pode usar ouro para comprar unidades e prédios instantaneamente, para aprimorar suas unidades, comprar novos terrenos ou ainda, pode utilizar seu ouro na diplomacia com outras Civilizações. Você aumenta sua reserva através de rotas de comércio, zona comercial, acordos com outras civilizações e melhoramentos de terreno específicos.

Produção: É a capacidade produtiva da cidade, quase tudo se constrói com produção, de unidades a prédios. Você aumenta a produção principalmente com minas, alguns edifícios específicos ou com a zona industrial.

Ciência: Funciona como a produção, só que para pesquisas na árvore tecnológica. É fundamental para seu progresso no jogo e pode ser obtida no Distrito Campus e em territórios específicos.

Recursos Estratégicos: São recursos raros que dão uma vantagem e possibilitam a criação de unidades avançadas para aquela época. O primeiro é o cavalo, depois o ferro, nitro, carvão, petróleo, urânio e alumínio. Para ter direito ao recurso, é necessário melhorar o território onde ele está com um construtor.

Com exceção dos cavalos, os outros recursos só ficam visíveis no mapa depois de avanços científicos específicos.

Importante ressaltar que os recursos estratégicos são requisitos apenas para unidades militares, não para prédios. E ao todo é necessário ter apenas duas cópias de um recurso estratégico para construir um tipo de unidade, mas se a cidade onde a unidade estiver sendo construída possuir o distrito relevante (acampamento para unidades terrestres, porto para unidades navais e aeródromo para unidades aéreas), esse custo cai pela metade. Por exemplo, uma cidade com o distrito Acampamento apenas precisa ter uma fonte de Ferro para construir um Espadachim.

Recursos Bônus: São territórios que se melhorados geram recursos a mais, seja ele ouro, comida ou produção. Especialmente útil no começo do jogo para dar uma acelerada no crescimento da cidade.

Recursos de Luxo: Garantem um bônus para os hexágonos adjacentes e aumentam a felicidade das cidades ao gerarem amenidades depois de trabalhados por um construtor. Apenas uma fonte de um recurso de luxo específico gera o bônus para as quatro cidades da sua civilização que mais precisam. Por exemplo, se você possuir mais de uma fonte de Café, apenas a primeira estará gerando amenidades. A dica é utilizar o segundo café para trocar por algum recurso que você esteja precisando com outra civilização.

Serviços

Serviço é um dos conceitos básicos de Civilization VI que mudou bastante em relação aos outros jogos da franquia. Conforme uma cidade vai crescendo é necessário ter mais fontes de serviços para manter a população feliz, ou seja, produzindo e se reproduzindo. 1 serviço é necessário para cada 2 cidadãos, a partir do terceiro. Uma cidade feliz ganha um bônus em seu crescimento, podendo chegar a 20% se os cidadãos estiverem extasiados! Do contrário, uma cidade infeliz terá sua produção e crescimento comprometidos podendo até chegar ao ponto de rebeldes surgirem. Além disso, fadiga de guerra e falência diminuem os serviços da cidade. Lembrando que a fadiga de guerra aumenta a cada batalha e diminui não apenas os serviços, mas também a produtividade da sua civilização. Ou seja, evite entrar em guerras sem usar um casus belli.

Habitação

Todas as cidades possuem um limite de crescimento populacional, também conhecido como Habitação. Lembrando que são os cidadãos que trabalham os terrenos no entorno da cidade, então é muito importante manter esse número sempre crescendo. Quando o limite for atingido a cidade crescerá 75% mais devagar. É possível aumentar a capacidade por meio de edifícios, distritos ou melhorias no terreno.

As Cidades

Cidades são o principal elemento do jogo e é lá que você produz grande parte dos recursos, expande seu território e produz unidades.

Cidades podem ser criadas por uma unidade, o Colono, ou dominadas de adversários. A primeira cidade criada se torna a Capital, e é muito importante saber escolher onde colocá-la. Igual a história de nossas civilizações, cidades a beira de rios têm grande vantagem, isso por que o solo às margens de rios é mais fértil gerando mais comida, e consequentemente acelerando o crescimento da população, e o próprio rio concede bônus futuros para o edifício Moinho de Água.

O jogo ajuda indicando lugares propícios para criar uma cidade. Essas indicações levam em conta produção, comida e acesso a recursos de luxo. Para explicar melhor sobre o posicionamento das cidades precisamos falar dos recursos básicos e como eles influenciam no jogo.

Distritos

Uma novidade do CIV VI são os distritos, que são uma forma de Unstack (desempilhar) as cidades. Antigamente, a maior parte dos seus prédios ficava concentrada no hexágono da cidade, agora você constrói universidades, templos, acampamentos militares, Maravilhas e até bairros residenciais, que aumentam o limite de população, nos terrenos em volta da sua cidade.

Isso promove uma maior diversificação e especialização das cidades. Você não precisa construir todos os distritos em todas as cidades. Outro ponto importante são os bônus de adjacência. Templos, por exemplo, são beneficiados por estarem ao lado de montanhas, e assim como bairros em lugares de grande “apelo”, como perto do mar ou de Maravilhas. O “apelo” é utilizado para calcular os bônus aplicados em bairros residenciais, resorts litorâneos e parques nacionais.

Uma cidade deve expandir sua população antes de poder construir mais distritos:

1 de população para 1 distrito

4 de população para 2 distritos

7 de população para 3 distritos

Cada distrito adicional requer +3 de população

O Aqueduto e o Bairro Residencial, que são utilizados para aumentar a população, e qualquer distrito exclusivo da sua civilização ignoram esse requisito.

As Maravilhas

Um dos elementos mais importantes e mais legais do Civilization é a construção das Maravilhas. As Maravilhas são edificações únicas construídas nos hexágonos dentro do limite de uma cidade. Como cada Maravilha só pode ser construída apenas por uma Civilização durante o jogo e possui um requisito de terreno, terminar antes dos outros é uma verdadeira corrida e motivo de satisfação. Como falamos anteriormente, existem diversos tipos de vitória possíveis e algumas Maravilhas são essenciais caso os jogadores queira tentar vencer de alguma forma específica. Por exemplo, para uma vitória cultural as Maravilhas que dão bônus de cultura, como a Ópera de Sidney ou a Cidade Proibida, são fundamentais.

A construção de Maravilhas é um pouco mais difícil do que no CIV V por conta de algumas restrições. Por exemplo, a Pirâmide do Egito precisa estar num hexágono de deserto. Ou o Monte Saint-Michel que precisa ser construído em um pântano. O que equilibra um pouco o jogo já que deserto e pântano não são dos melhores tipos de terreno.

Os primeiros turnos

Você começará o jogo com um Guerreiro ou Batedor, dependendo da civilização, e um Colono. O primeiro passo é explorar em volta com suas unidades e encontrar um lugar adequado para sua primeira cidade. Terrenos colados em rios e próximos de recursos de luxo ou recursos bônus são a melhor opção. Evite ficar no meio de um deserto ou neve, será mais difícil fazer a cidade crescer nessas condições. Depois da cidade criada será necessário escolher a primeira construção, que poderá ser uma unidade ou um Monumento (com exceção dos Romanos que começam com esse edifício construído).

De maneira geral, é importante começar construindo um Batedor para explorar o mapa. Antes que o primeiro turno termine será preciso decidir qual tecnologia pesquisar. Leve em conta o terreno em volta da sua cidade para tomar essa decisão. Se houver muitas minas, melhor começar com Mineração, se houver muitos pastos, o melhor caminho é pesquisar Criação de Animais, por exemplo. Utilize seu Guerreiro para explorar, mas não o mantenha muito longe da cidade, pois os bárbaros que vagam pelo mapa farão você rapidamente se arrepender dessa decisão.

Continue explorando o mapa, faça um construtor para trabalhar os recursos em volta da sua cidade, tenha algumas unidades militares para defender sua cidade de bárbaros, para evitar alguma guerra ou até mesmo para dominar algum oponente mais fraco que estiver por perto.

Decida como você quer ganhar

Há múltiplas maneiras de ganhar em Civilization VI e se você não tem noção de qual rumo tomar, talvez você perceba apenas na metade do jogo que estava fazendo tudo errado! Uma única partida pode demorar muitas horas para terminar e você não vai querer reiniciar e perder todo seu progresso por falta de preparação, não é? Há cinco tipos de vitórias no jogo: Dominação, Ciência, Cultura, Religião e Pontuação.

A vitória por Dominação pode ser alcançada ao ter controle de todas as capitais originais das outras civilizações. No entanto, apenas o último jogador que detém controle de sua capital vai ganhar, ou seja, se há uma disputa acirrada por dominação e você perde a sua base para o inimigo, ele venceria.

Você pode vencer por Ciência de três maneiras: lançar um satélite, aterrissar na Lua ou estabelecer uma colônia em Marte. Lançar um satélite requer pesquisa em Tecnologia de Foguetes, a construção de um Porto Espacial e a conclusão de um projeto de Satélite Terrestre. Levar o homem à Lua requer pesquisa em satélites e conclusão do projeto Aterrissagem na Lua. Estabelecer uma colônia em Marte requer pesquisa em Robótica, Fusão Nuclear e Nanotecnologia, além da conclusão de cada respectivo módulo.

Para vencer por Cultura você deve ter um número total de turistas que exceda os visitantes domésticos de todas as outras civilizações da partida. Você pode alcançar isso estabelecendo múltiplas rotas de troca, compartilhar/conflitar outros governos, abrir as fronteiras, ter Grandes Obras, Relíquias, Sítios Sagrados, Parques Nacionais, Artefatos e maravilhas.

A vitória por Religião pode ser atingida ao converter cada outra civilização à sua religião, algo facilmente alcançável ao influenciar a maior parte das outras cidades, tendo um grande número de Apóstolos e Missionários.

A vitória por Pontuação é um tipo especial que pode ser obtido após o ano 2050 ou um turno selecionado previamente pelo jogador. É determinado pela pontuação de uma civilização, acumulada ao longo da partida pelo número de cidadãos, população, cidades, tecnologias, tecnologias futuras, maravilhas, conquistas militares, número de Grandes Personalidades e Crenças.

Escolha o líder certo

Como você acabou de ver, há diferentes maneiras de ganhar em Civilization VI e há vários líderes que podem facilitar sua estratégia para chegar à vitória. Cada um deles oferece bônus, unidades e construções únicas que permitem a sua civilização crescer de determinada maneira. Alguns líderes são mais voltados para vitória do que outros. Por exemplo, Frederico Barba-Ruiva tem os seguintes efeitos extras:

Cidades Imperiais Livres: Espaço adicional para política de governo militar. +7 de força de combate quando atacando cidades-estado

Imperador do Sacro Império Romano-Germânico: Cada cidade pode construir um distrito a mais do que o normal (excedendo o limite normal) baseado em população.

U-Boat: Unidade naval germânica exclusiva que substitui o Submarine Cheaper, oferece +1 visibilidade, +10 força de combate ao lutar no mar. É capaz de revelar outras unidades escondidas.

Hansa: Distrito único à Alemanha para atividade industrial. Substitui a Zona Industrial normal.

Como você pode ver, Frederico Barba-Ruiva é totalmente voltado para ações militares e grande expansão de distritos, considerando seus efeitos únicos e tipo de unidade. Isso significa que o líder de alemão é muito mais indicado para vitória por Dominação comparado a alguém como Péricles, cuja melhor maneira de vencer seria por Cultura.

Consiga Entretenimento o mais rápido possível

Garanta que sua quantidade de Comida e Residências estejam sempre em alta para que não ocorra a situação de ter pessoas de mais para recursos de menos. Além disso, você vai precisar de maneiras para entreter suas cidades. Por exemplo, focar em pesquisa sobre Jogos e Recreação dá a você uma rota fácil para lidar com baixo nível de Entretenimento. Outra maneira é possuir Recursos de Luxo como Marfim e Tabaco dentro do território das cidades. Tenha em mente que guerras e falência diminuem o Entretenimento em cada cidade de sua civilização.

Abrace o comércio!

O comércio é extremamente importante em Civilization VI pois dá a suas cidades recursos gratuitos, como Comida ou Ouro. Você geralmente tem um limite de rotas de troca que pode estabelecer, mas aproveitá-las ao máximo dará a você uma grande produção de recursos, algo importante para vencer. Uma dica é estabelecer trocas entre suas próprias cidades e ainda assim ganhar recursos.

Outro ponto importante sobre comércio é que você pode trocar e barganhar com outras civilizações. Ao clicar no ícone de personagem deles, você será levado ao menu diplomático, com diferentes opções como delatar, declarar guerra e mais. Se você escolher estabelecer uma rota de comércio com eles, é possível abrir as fronteiras entre as nações, o que torna mais fácil a movimentação pelo mapa, pois, caso contrário, outras civilizações podem não gostar que suas unidades tracem rotas por seus territórios.

Você pode trocar não só ouro e situação de fronteiras, como também Grandes Obras, mas estas custariam a você grandes quantidades de dinheiro ou itens de luxo. Isto é muito útil mais para frente no jogo, pois você terá muito mais dinheiro e a maior parte das civilizações terão Grandes Obras disponíveis para compra. Às vezes, elas não as vendem, e você precisará usar Espiões para roubá-las das civilizações! No entanto, comercializar é sempre mais fácil, então sempre tente comprar primeiro. Essas dicas vão ajudar qualquer um que deseja vencer por Cultura.

Dê atenção às Vilas Tribais

As Vilas Tribais podem ser encontrados logo no começo quando você está explorando o mundo em Civilization VI. Elas são como você imagina: pequenos locais que parecem vivos mas se misturam à paisagem facilmente. Quando você encontra uma (e por encontrar quero dizer quando uma delas entra em seu campo de visão ou do campo de visão de alguma das suas unidades), você será notificado da descoberta. É importante visitar estes pontos o quanto antes, pois a primeira e apenas a primeira civilização que passar pelas Vilas Tribais recebe bônus, que podem ser Colonos ou Mercadores, tecnologias ou melhorias de tecnologias, unidades militares, Fé, Ouro, Relíquias e mais. As Vilas são, essencialmente, recursos gratuitos que podem ser obtidos uma única vez, então não perca tempo!

Vitória por Dominação

A vitória por dominação é a mais óbvia e, em geral, mais simples de se conseguir quando a dificuldade do jogo está em níveis médios. De todas as condições de vitória, ela é a que pode ser alcançada mais cedo no jogo, no entanto, a conquista militar é demorada e, mesmo que tacapes rudimentares possam servir para derrotar as unidades inimigas, ainda assim terão se passado algumas eras até que seja possível explorar todo o mapa e acabar com todos os inimigos.

Não é necessário conquistar todas as cidades inimigas para chegar à vitória. Dominação é alcançada ao capturar todas as capitais do jogo. No entanto, é bom não ignorar as outras cidades encontradas pelo caminho. Capturá-las pode fornecer um novo posto avançado no qual os exércitos poderão se recuperar, além de ser mais uma cidade produzindo unidades para a sua grande máquina de guerra. Mas é preciso tomar cuidado. Cidade capturadas são cidades infelizes. Por muito tempo e, principalmente durante o período de guerra, mas cidades inimigas estarão extremamente improdutivas, provavelmente trazendo custos em ouro para a sua civilização.
E ouro é o maior inimigo de um grande exército. Não basta se preocupar apenas com os seus soldados e suas armas. Cada unidade militar tem uma taxa de manutenção que é descontada de seu tesouro todos os turnos. É preciso ter uma economia forte e produtiva para ir expandido os exércitos. O importante é saber quando parar de criar novas unidades e se concentrar em outros aspectos da civilização. Claro que você vai precisar de um exército poderoso, mas uma vez que tenha conseguido uma quantidade respeitável de unidades, talvez seja a hora de parar e pensar em fortalece-las.

É importante lembrar que suas unidades podem ser atualizadas. Focando-se em tecnologias militares, não é difícil conseguir novas ferramentas de morte antes de seus inimigos, desde que você não tenha ignorado completamente o ganho de Ciência, claro. O próprio uso de seus exércitos vai fazer com que seja mais fácil de pesquisar novidades. Assim que conseguir uma nova unidade militar, é uma boa ideia gastar o ouro que você conseguiu acumular para dar upgrade nas antigas, transformando seu antiquado em uma máquina de destruição que usa tecnologia de ponta. Esse vai ser o melhor momento para atacar, principalmente em grandes mudanças como a invenção da pólvora.

Vitória por Ciência

Este tipo de vitória não é algo que se consegue de uma hora para a outra. Necessariamente terão se passado vários turnos antes dela ser alcançada, mesmo por um jogador muito competente que consiga se focar exclusivamente nela. Para alcançar uma vitória por Ciência, é preciso conseguir o que ainda está no horizonte do progresso científico da humanidade: estabelecer uma colônia em Marte.

Para se sagrar campeão usando este tipo de vitória é necessário, obviamente, ter um enfoque no ganho de Ciência. Isto é conseguido principalmente através da construção de Distritos Científicos e suas subsequentes construções: bibliotecas, escolas, universidades, laboratórios e tudo mais que possa ajudar a desenvolver o conhecimento científico de sua civilização.

É importante também dar atenção aos Grandes Cientistas, conseguindo personalidades famosas para a sua civilização, como Einstein ou Newton, você poderá ativar momentos de “Eureka” para diminuir muito o tempo de pesquisa para uma série de tecnologias ou então ganhar tecnologias completamente de graça, o que avançará bastante o seu cronograma. Apesar do foco não ser Maravilhas, é bom ficar atento, pois algumas, como a Universidade de Oxford ou a Grande Biblioteca são importantíssimas para este tipo de vitória. Não absolutamente necessárias, mas você vai querer construí-las antes de seus inimigos.

E falando em construção, a verdade é que não basta pesquisa científica para conseguir esta vitória. Para conseguir criar sua colônia em Marte é necessária a construção de uma série de projetos. Primeiro construir um satélite e lança-lo ao espaço. Depois construir o projeto de fazer uma nave para pousar na lua, e então construir os módulos de reator, habitação e hidropônica, que são usados para efetivamente criar a primeira colônia marciana.

Todos eles demandam uma grande quantidade de produção, então é bom investir bastante em Distritos Industriais. É importante notar também que esses projetos só podem ser construídos em cidades que possuam espaço-portos. Portanto é uma boa ideia possuir pelo menos três cidades com espaço-porto, para poder construir os três módulos da colônia de uma vez só. Não fazer isso significa um atraso de dezenas de turnos em um momento em que possivelmente os inimigos já estarão se aproximando da vitória.

Vitória por Cultura

Outra vitória demorada de alcançar, e em geral considerada a mais difícil do jogo. Para conquistar a vitória por cultura é necessário gerar grandes quantidades de Cultura e Turismo para conseguir Turistas das outras civilizações. O seu triunfo final chegará quando você tiver mais turistas visitando a sua civilização do que a quantidade de turistas domésticos de todas as outras civilizações. Sendo turistas domésticos uma parcela da população que não está viajando para lugar nenhum, mas dentro dos limites de sua civilização.

O investimento básico para se alcançar uma vitória por cultura é óbvio. Construa teatros, anfiteatros, museus e tudo o mais que gere Cultura em todas as suas cidades. Além disto, sempre que puder faça maravilhas, elas também tem o potencial de atrair turistas para a sua civilização. Mas cuidado na hora de escolher, algumas maravilhas são melhores que outras para este tipo de vitória, como é o caso da Torre Eiffel e do Cristo Redentor. E cuidado pra não menosprezar as rotas comerciais. Ter rotas comerciais internacionais aumenta a taxa de turistas, podendo ser o diferencial para ganhar uma partida mais rápido.

O uso de grandes personalidades é mais importante aqui do que em outros tipos de vitória. Com o acúmulo de Cultura eventualmente você poderá recrutar um grande artista, podendo ser um escritor, um pintor ou um compositor. Estes grandes artistas podem ser usados para criarem obras de arte para a sua civilização, no entanto, é preciso primeiro ter locais para abrigar estas obras, como museus de arte. Cada museu possui uma quantidade de “espaços” para abrigar obras e os maiores – normalmente maravilhas – dão bônus na Cultura a depender da disposição das obras em padrões temáticos. É bom sempre tentar alcançar os temas.

Existe outro fator a se levar em conta. Quando conseguir desbloquear arqueólogos através da tecnologia apropriada, você poderá utilizar esta unidade para escavar sítios arqueológicos – um novo tipo de recurso que aparecerá no mapa. Estes sítios, quando escavados pelo arqueólogo, irão prover peças históricas que funcionam da mesma forma que obras de arte, sendo guardadas em museus e fornecendo mais cultura para a civilização. Outra coisa de importância vital é tentar construir resorts. Os resorts são aprimoramentos realizados pelos construtores que podem ser construídos apenas em locais específicos e que sejam muito atrativos. A recompensa vale a pena, no entanto, e juntos com a Torre Eiffel os resorts realmente são um investimento que dá uma grande ajuda neste tipo de vitória.

Vitória por Religião

A novidade no rol de vitórias. A vitória por religião consiste em fazer com que mais da metade da população de todas as civilizações sejam adeptos da religião criada por você. Isso pode ser conseguido em eras anteriores ao que seria a vitória por ciência ou por cultura, mas depende do quão agressivo na religiosidade o jogador vai ser – o que pode acabar trazendo uma série de vulnerabilidades.

Esta vitória segue a premissa básica das vitórias por cultura e ciência. Existe um recurso chamado fé, então você vai querer gerar o máximo disso que for possível. No início do jogo sua civilização não terá desenvolvido nem mesmo uma religião rudimentar. Isso mudará quando você conseguir juntar uma certa quantidade de fé, momento no qual será possível a criação de um panteão, algo como uma “pré-religião”. A religião propriamente dita, a coisa que você vai precisar pra começar a pensar em uma vitória por fé, necessita de que você consiga um Grande Profeta, usando a habilidade de uma dessas Grandes Personalidades, você poderá escolher os fundamentos (bônus para a civilização!) da sua religião.

A partir daí é necessário ir aumentando a quantidade de ganho de fé. A forma mais óbvia é a construção de um Local Sagrado, o distrito relacionado a coisas religiosas. Algumas cidades estados, Jerusalem e La Venta, dão bônus para o ganho de religiões e produzem alguns efeitos interessantes, sendo uma boa ideia tornar-se suserano delas. É claro que algumas maravilhas também vão ser do agrado de quem busca dominar o mundo com religião, como o Stonehenge e o Mont. St. Michel.

No entanto, apenas gerar fé não basta. É preciso usar esta fé para fazer produções massivas de Missionários e Apóstolos. Ambos podem ser utilizados para espalhar a palavra, usando a ação “espalhar religião” para promover a sua fé. No entanto, existe uma espécie de “guerra religiosa”, pois Apóstolos podem realmente entrar em combate com Apóstolos e Missionários de outras religiões, desta forma impedindo que os inimigos consigam converter as suas cidades e espalhar a própria fé. Em algumas circunstâncias, também é possível recrutar inquisidores, que são baratos e, assim como apóstolos, podem entrar em combate com religiosos inimigos. É importante lembrar que esta unidades são adquiridas se gastando o recurso da fé, cujo acúmulo será sua meta principal.

É através deste confrontos religiosos entre apóstolos e missionários e do uso da habilidade de “espalhar religião” que você irá pouco a pouco se aproximar da vitória.

Vitória por Tempo/Pontuação

Há de se convir que esta é mais um desempate do que uma vitória de verdade. Não há muito o que se dizer. Quando o jogo chegar ao ano de 2080, passados 500 turnos na duração média, será contabilizada a pontuação dos jogadores caso não haja nenhum vencedor real. Uma série de fatores são levados em conta, entre eles a construção de Maravilhas, o tamanho da população, e o quanto foi pesquisado nas árvores de tecnologia e cultura, em especial a tecnologia “Tecnologia Futura” que serve justamente para pontuar mais.

Referências:

O vicio, steam community, Br Ing, wikipedia.

Forza Horizon 4

Forza Horizon 4 é um jogo de corrida em mundo aberto desenvolvido pela Playground Games em colaboração com a Turn 10 e publicado pela Xbox Game Studios, que na época do lançamento ainda era conhecida como Microsoft Studios. É o quarto da franquia Forza Horizon e o décimo primeiro da edição Forza. Foi lançado em 02 de outubro de 2018 exclusivamente para Xbox One e Windows 10. Os donos da versão Suprema do jogo têm acesso antecipado de 04 dias.

Em 11 de junho de 2018, a Microsoft anunciou que o supercarro esportivo McLaren Senna, que homenageia Ayrton Senna, será capa do jogo.

Primeiros passos, primeiras curvas

Ação, liberdade e contemplação são alguns dos conceitos que exemplificam bem a totalidade da experiência de Forza Horizon 4, que prova seu ótimo ritmo de jogo desde os primeiros minutos, quando somos colocados no controle de um esportivo de luxo em alta velocidade.

A maior das novidades dá as caras sem muita encenação: o sistema de estações do ano. Em pouco mais de cinco minutos, temos direito a experimentar um pouquinho do que cada uma das quatro estações do ano tem a oferecer em questão de visual e de condições de dirigibilidade.

Eventos

A variedade de atividades e eventos disponíveis em Forza Horizon 4 vai até cansar os menos dedicados e aficionados por jogos de corrida, mas é sempre bom lembrar que muito do conteúdo oferecido é opcional.

Os eventos vão muito além das corridas propriamente ditas, englobando gravações de cenas cinematográficas, radares fotográficos de alta velocidade, eventos de exibição (showcase), exploração de vias com bloqueios de trânsito, campanhas de publicidade e muito mais.

Os eventos de exibição são certamente um espetáculo à parte justamente por usar tão bem o conceito de setpiece. Colocando automóveis comerciais contra veículos exageradamente incomuns, esse tipo de atividade procura valorizar o melhor de dois mundos: corridas frenéticas em ambientes alternativos e tomadas cinematográficas de ação — um conjunto que eleva tanto o conteúdo audiovisual como o controle dos carros a um novo patamar.

Para os pilotos de longa data, há diversos tipos de provas mais tradicionais: corridas off-road, competições de rua (os famosos “rachas”), desafios em tempo real — que oferecem mais diversão durante longos trajetos e inibem o uso excessivo do recurso de viagem rápida —, percursos de resistência contra dano ao veículo, entre outros.

Pontuando em todos os quesitos

Uma das maneiras de se jogar Forza Horizon 4 é contemplar o game de uma forma mais descomprometida e casual (arcade) durante os eventos oferecidos. Para isso, você pode se arriscar em manobras perigosas, abusar de sua sorte em alta velocidade, destruir grande parte dos elementos do cenário e procurar áreas do mapa ainda não visitadas (durante o modo livre).

As possíveis interações com elementos estáticos e dinâmicos do mundo oferecem muitas recompensas.

Há diversos medidores de experiência e pontuações, cada um com propósitos diferentes. Os pontos de influência regulam nosso progresso em determinada temporada e nos permitem avançar para a próxima estação do ano durante as primeiras horas.

Os pontos Forzathon (que mistura as palavras Forza e maratona) são recebidos ao final de eventos multiplayer online — e são usados para adquirir conteúdo semanalmente rotativo.

Se você está interessado em aumentar e melhorar sua frota de carros, certamente deve atentar-se em coletar créditos — que pode ter multiplicadores e bônus concedidos dependendo das configurações de dificuldade escolhidas. Mas se a sua praia é investir apenas em poucos carros com o máximo de desempenho deles, a melhor forma é coletando pontos de habilidade — esses obtidos pelo uso contínuo do carro por meio de derrapagens, destruição do cenário, boa conduta na direção e muito mais.

Por último, são concedidos pontos aos jogadores que assistem a partidas e corridas pela plataforma Mixer — desde que o jogador conecte sua conta do Xbox ao serviço de transmissão de conteúdo. Essa estratégia da Microsoft certamente impactou positivamente na divulgação do produto e fez crescer ainda mais a comunidade online.

Roleta Horizon

Você ganha o direito de girar a roleta de tempos em tempos. Há o giro normal da Wheelspin ou a Super rodada, com prêmios consideravelmente mais atraentes. Não são raras as vezes em que aparecem coisas como prêmios de 250 mil créditos ou carros extremamente caros.

Apenas não quebre o controle se você passar raspando naquele prêmio de milhões e acabar caindo em uma roupa sem graça para o seu avatar. Acontece, bastante.

Note que você não será notificado todas as vezes em que puder usar o Horizon Wheelspin, então fique de olho no número ao pausar o jogo e acesse o menu para usar suas chances a qualquer momento do game.

Participe de Aventuras Online

Aventuras online estão entre as atividades mais divertidas de Forza Horizon 4, e são também uma das formas mais eficientes de enriquecer seus cofres no jogo. Invista seu tempo disputando as corridas e fazendo os deslocamentos para subir de nível e receber premiações cada vez mais gordas.

Ao final de cada período você receberá a recompensa relativa a seu desempenho e dedicação, que inclui itens raros, carros valiosos e pacotes de créditos (o dinheiro do Forza Horizon 4) para gastar no game.

Faça parte de uma equipe

Assim como diversos jogos online, Forza Horizon 4 tem um sistema próprio de grupos, onde jogadores de todo o mundo podem se unir para realizar atividades do game e ganhar prêmios adicionais.

Mesmo que não tenha conhecidos jogando Horizon 4, é possível encontrar clãs abertos para a entrada de novos jogadores. Também é possível se comunicar com os jogadores para agendar corridas e aventuras.

Avance pela campanha do game

A campanha principal de Forza Horizon 4 está presente por todo o mapa, com eventos que são desbloqueados depois que você alcança metas de popularidade. Além de te guiar para o fim do jogo, esses eventos também rendem boas quantias de créditos.

Sempre que encontrar eventos da campanha, não deixe de jogá-los para desbloquear mais opções, que têm valores cada vez melhores para vitórias. Você também pode ganhar carros e outros itens para sua conta.

Aumente o nível de dificuldade das corridas

Conforme joga as corridas de Horizon 4, você se acostumará mais com a jogabilidade e mecânicas do game. Isso permitirá que você aumente aos poucos o nível de dificuldade do CPU e diminua as assistências de pilotagem.

Quanto mais difíceis as partidas, mas dinheiro você receberá ao final delas, podendo conseguir mais de 100% extra a cada corrida. Mantenha-se ajustando a dificuldade para ganhar cada vez mais créditos e garantir um bom nível de desafio.

Venda carros em leilões

A Auction House de Forza pode ajudar você a ganhar dinheiro de duas formas: ou com a economia ao comprar um novo veículo que você precise para competir, ou com a valorização de um dos seus carros, vendido realmente para fins de conseguir créditos.

Os leilões de carros são uma das opções mais legais e viciantes de Forza Horizon 4 já que com algum esforço e conhecimento do mercado do jogo você poderá lucrar muito comprando e vendendo carros para outros usuários a preços mais elevados.

O truque aqui é ter um pouco de conhecimento de mercado, ver quais são os carros mais raros, as flutuações de preço e manter a paciência para conseguir transformar investimentos muitas vezes pequenos em grandes pilhas de dinheiro. Tem que saber negociar.

Leve em conta situações como carros mais raros e valiosos e use tunagem e personalização a seu favor para tornar suas ofertas mais atraentes. Fique de olho em boas ofertas e venda os veículos na hora certa para ganhar muito dinheiro.

Complete desafios da Vida Horizon

Tarefas simples como ultrapassar oponentes fazer drifts por curvas e detonar árvores podem te render prêmios em créditos. Acesse o menu Minha Vida Horizon para conferir uma lista com todos os tipos de atividades que podem te dar dinheiro e itens do jogo como premiação e lembre-se de realizá-las enquanto faz longas viagens pelo mapa.

Entre na simulação

Assim como em alguns jogos da série Dirt, em Forza Horizon 4 você recebe uma bonificação de pontos por cada assistência que desativa (a exemplo do controle de tração e assistência de frenagem). Ao mudar as opções de jogo você verá um círculo de Bônus de créditos marcando entre 0 e 100% de adicional.

Desligar a opção de retroceder também traz um adicional significativo, bem como subir o nível de dificuldade dos Drivatars. É possível ajustar os seguintes itens:

Dificuldade do Drivatar;

Dificuldade das Assistências de Pilotagem;

Frenagem (ABS);

Direção;

Controle de Tração;

Controle de Estabilidade;

Câmbio;

Linha do Traçado;

Danos e Desgaste dos Pneus;

Retroceder.

Minha Vida, Meu Horizon

A central Minha Vida Do Horizon concentra todo o seu progresso no jogo, mostrando status de campanha e os próximos passos. É importante verificar essa tela sempre que subir de nível para verificar os prêmios e também para consultar os desafios que estão ativos. Muitos deles rendem grana e podem ser completados enquanto você trafega pelo mapa de uma região à outra.

E falando sobre a sua vida no Horizon, chame os amigos. As atividades em equipe também costumam render boas quantidades de crédito, além de serem uma ótima fonte de diversão para você jogar sem se estressar com o tempo.

O Método Malandro (utiliza bug!)

Abaixo vamos disponibilizar alguns guias em formato de vídeo (tanto em português quanto em inglês), mas você precisa estar disposto a recorrer a bugs e também a fazer uma extensa configuração. Reforçamos também que o glitch pode ser corrigido pela Microsoft a qualquer instante – muitos outros métodos já foram utilizados, sempre sendo bloqueados pela desenvolvedora em seguida.

Também não nos responsabilizamos por qualquer sanção que a desenvolvedora possa aplicar à sua conta de jogador da Xbox Live, portanto esteja atento.

Algumas dicas que podem facilitar a busca pelas corridas utilizadas são mudar a configuração de unidades de métrica para imperial e procurar pelas corridas nos eventos personalizados mais disputados nos últimos dias. Há imensas chances de eles estarem listados.

Estações

Verão

Sob o sol do meio-dia de verão, as condições são perfeitas para pisar fundo nas autoestradas mais velozes do Reino Unido ou rasgar as areias douradas da costa norte além do Castelo de Bamburgh. Você pode encontrar a ocasional chuva de verão, mas na maior parte do tempo o tempo estará seco.

Se você tomar um atalho por meio dos campos, atravessará grama alta e flores com facilidade. Não se preocupe com árvores e cercas de arame, arbustos ou muros secos de pedra. Tanto faz se você está dirigindo, se estiver indo rápido o suficiente eles se quebrarão sem danificar seu carro. Carros menores e mais leves perderão muito mais velocidade do que veículos maiores e mais pesados, quando você estiver passando por esses obstáculos.

Quando o verão Horizon chega, bem como todas as estações, fique atento aos eventos, desafios e recompensas do gameplay sazonal, que expiram no final da estação.

Você vai perceber que os eventos de verão sempre tiram vantagem das condições perfeitas de direção, para apresentar carros mais velozes em estradas mais rápidas e pavimentadas.

Outono

O outono é, talvez, a mais bela e colorida das estações para explorar as arborizadas e sinuosas estradas do Lake Country britânico a bordo dos maiores carros de rua do mundo ou para enfrentar o 4×4 Adventure Park, um playground lamacento para os fãs do fora de estrada.

Essa época é depois da colheita. Assim, os campos que no verão estavam cheios de grama alta, agora estão arados e repletos de terra fofa e lamacenta que diminuirão um pouco a sua velocidade. Esses campos estão salpicados com novos obstáculos na forma de grandes e pesados fardos de feno, que definitivamente vão atrapalhar você, caso você acerte um deles. Choverá mais no outono do que no verão e as estradas ficarão um pouco mais escorregadias no molhado, por isso você vai precisar agir um pouco antes nas curvas mais difíceis.

Quando o outono chegar, fique de olho no inventário sazonal de carros — cada estação revela um clássico para descobrir e restaurar, mas você vai querer encontrá-lo antes que a estação mude novamente.

Inverno

Com o sol fraco brilhando entre as árvores sem folhas em uma paisagem gelada, você pode estar preocupado que irá derrapar por todo lugar. Não se preocupe, todos os pneus são bons para todas as estações do ano e serão suficientes para mantê-lo nas pistas, se você se lembrar de frear — e virar — nas curvas. Caso você queira mais aderência na neve e no gelo, você poderá equipar seu carro com pneus cravejados para inverno na loja de upgrade. Qualquer carro já equipado com pneus de rali ou de off-road mudarão automaticamente para pneus cravejados.

As condições climáticas devem variar de clara para rajadas leves ou para nevascas ocasionais. As áreas mais altas do norte terão neve mais elevada do que as regiões mais baixas do sul. As praias continuam arenosas e, as autoestradas e as ruas da histórica cidade de Edimburgo, bem como outras rodovias maiores, estarão cobertas de gelo e neve. No inverno, você pode alcançar áreas até então inacessíveis, como uma ilha no meio de um lago profundo, para procurar por placas-bônus ou encontrar carros de celeiro. E, quando você estiver em um lago congelado, não importa o que você esteja dirigindo ou que tipo de pneus você tem, você vai derrapar muito — algo que, por si só, é uma grande diversão.

Fique de olho nos homens de neve também. Esmagá-los é divertido e renderá pontos de habilidade combinados para você. Os eventos sazonais certamente testarão sua coragem no gelo escorregadio, mas tenha certeza de que ainda há estradas limpas para conquistar.

Primavera

Depois de um inverno gelado, a paisagem britânica novamente desperta para a vida em cores vibrantes. E de uma coisa você pode ter certeza: haverá muito mais chuva no caminho, mas bastante sol também. Ou como eles costumam dizer muito no Reino Unido durante a primavera: “Se você não gosta de como está o tempo, espere alguns minutos.”

De todas as estações do ano, provavelmente a primavera é uma das que têm as mais variadas condições climáticas. Antes secos ou rasos, os leitos dos rios se tornam profundos, com correnteza rápida, e podem arrastar carros leves e supercarros baixos. Mas esses rios não são ameaça para veículos fora de estrada, como SUVs, trophy trucks e bugies. Se acontecer de você subir ao pico de uma montanha no norte, ainda encontrará bolsões de neve para brincar.

Assim como no outono, os eventos de primavera podem trazer mais elementos de rali pesado com pistas de superfícies mistas, para atender a condições variadas. Seja em um novo e resistente Subaru WRX Sti, ou em um clássico monstro de rali do Grupo B dos anos 1980, você certamente descobrirá alguns eventos em carros construídos para enfrentar todo o asfalto, cascalho e lama que encontrará aos montes na primavera.

Dicas

Use o Mixer: a cada cinco minutos que você assiste alguém no Mixer ou a cada dois minutos que você transmita a sua jogatina, você ganhará bônus no jogo. Sua conta do Mixer tem que estar vinculada com a da Xbox Live para obter tais benefícios.

Forza Horizon 4 Demo: existe uma versão de demonstração gratuita na loja para que você possa provar do jogo.

Suporta Dolby Atmos: esta tecnologia de som que permite aos jogadores explorarem ainda mais as nuances sonoras, oferecendo para uma imersão no conteúdo de maneira muito mais fiel.

No lançamento, serão 460 carros já disponíveis no jogo para serem desbloqueados ao longo das corridas. Mais veículos virão em atualizações ou DLCs ao longo dos meses.

72 jogadores online em um mundo compartilhado. Forza Horizon funcionará offline, mas caso você esteja online não terá mais contato com os “Drivatars”, mas agora conta com jogadores reais. Não se preocupe, eles não poderão atrapalhar suas corridas caso não sejam participantes delas, somente os seus amigos poderão bater em você. Com jogadores reais, os rachas deverão ficar mais competitivos.

Estações dinâmicas. O jogo conquta com estações climáticas verão, outono, inverno e primavera. Tudo isso vai interferir significamente na corrida. Qual será a sua estação preferida?

No Xbox One X, o jogo terá um modo 1080p/60FPS ou 4K/30FPS. De acordo com o Digital Foundry, está impecável o desempenho e o nível de fotorrealismo está alto, principalmente do terreno. Um jogo em mundo tão aberto e tão bonito alcançar os 60 FPS é um grande feito.

O jogo se passará numa mistura entre Escócia, Inglaterra, Irlanda e todo o território do Reino Unido. Prepare-se para ambientes variados e belos que toda essa região pode oferecer.

100 horas de gameplay. Sem contar com as possibilidade de jogar online competitivo.

Referências:

News Microsoft, Windows Club, Blog 2AM Gaming, Show Me Tech, Wikipedia, Techtudo.

Star Wars Jedi: Fallen Order

Star Wars Jedi: Fallen Order é um jogo eletrônico de ação-aventura desenvolvido pela Respawn Entertainment e publicado pela Electronic Arts, sendo ambientado no universo Star Wars logo após Episódio III – A Vingança dos Sith. Foi anunciado durante a E3 2018 e uma revelação mais detalhada aconteceu na Star Wars Celebration em abril de 2019. O jogo foi lançado em 15 de novembro de 2019 para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One.

Conheça seus inimigos

Esta dica pode ser aplicada em diversos títulos de aventura no qual o combate é tão decisivo para avançar na história, e em Fallen Order não poderia ser diferente. Quanto mais você entender como o seu inimigo se movimenta e ataca durante o conflito, melhor. Como alguns deles possuem muito mais tamanho e vida que Cal, é sempre uma boa treinar contra inimigos que causam dores de cabeça ao jogador, principalmente para utilizar a próxima dica.

Use ao máximo sua espada para defletir ataques

Seu sabre de luz pode defletir ataques inimigos e, ao fazer isso, você não só causa um bom dano ao inimigo que estiver enfrentando, como não perde nada da sua barra de bloqueio. Lembre-se: é possível defletir não só ataques de garras de monstros gigantes, como blasters vindo em sua direção. Alguns inimigos se paralisam ao serem defletidos, mas outros não – ou seja, eles podem contra-atacar imediatamente. Quanto mais entender seus ataques, melhor será para o jogo.

Mire primeiro em atiradores

Ao enfrentar mais de um inimigo durante uma luta, sempre enfrente primeiro aqueles que possuem armas à distância. Eles geralmente contam com uma defesa mais baixa e não possuem recursos contra corpo-a-corpo, por isso avance em qualquer um que dispare blasters, lança-chamas ou metralhadoras.

Utilize o cenário a seu favor

O cenário sempre é um fator ao seu favor se você sabe utilizá-lo. Por exemplo: o uso da força de Cal pode ser empurrada para jogar inimigos para fora de um penhasco ou plataforma – o que evita maior desgaste em um combate com dois inimigos ou mais.

Use a rolagem para salvar-se de apuros

Ao rolar, o jogador não perde vida nem pontos de força, e pode sempre usar o movimento para sair de situações complicadas. Para exemplificar, imagine que você está em uma batalha acirrada e o seu bloqueio está quebrado. Nesta caso, não é necessário se desesperar: basta rolar em direção oposta ao inimigo, respirar, e iniciar a luta novamente.

Use a morte como aliada

Ao morrer durante uma luta, temos que derrotar o detrator para recuperar os medidores de vida e força, além dos pontos de experiência. Essa é uma mecânica bem conhecida da comunidade que joga a série Souls. É uma oportunidade não só para enfrentar o inimigo de novo, com mais entendimento de seus movimentos, mas também de derrotá-lo antes de enfrentar chefes do jogo, para poder enfrentá-los com o máximo de stats possível.

Priorize a exploração

Lembre-se: SW Jedi: Fallen Order é um jogo de aventura com diversos planetas a serem explorados. É necessário obter melhorias para ir mais afundo e poder voltar a eles para descobrir seus segredos. No entanto, tenha sempre em mente que a exploração vai oferecer inimigos distintos e muito mais experiência. Por isso, vá, volte e certifique-se de verificar cada canto.

Invista em Força e Sobrevivência, inicialmente

Dependendo da dificuldade que você escolher, o jogo poderá apresentar um desafio considerável, principalmente durante o início, em que você ainda estará dominando as mecânicas. A árvore de habilidade divide-se em 3 status: Sabre de Luz, Força e Sobrevivência. Ataques especiais com o sabre de luz requerem Força, por isso, aumentá-la cedo irá te dar mais vantagem em combate e sobrevivência fará com que sua vida máxima aumente, permitindo que você sobreviva por mais tempo.

Você pode trocar a dificuldade quando quiser

Por mais que Jedi: Fallen Order inspire-se em Sekiro em alguns pontos, o jogo não é tão desafiador quanto parece, dependendo da dificuldade escolhida. Ao contrário de muitos jogos, a dificuldade em Fallen Order apenas influencia na velocidade que você terá para defender-se e no nível de agressividade dos inimigos. Além do mais, o jogo não conta com nenhum tipo de conquista/troféu atrelado à dificuldade, então, até mesmo aqueles que gostam de fazer 100% nos jogos não precisam jogá-lo no último nível de dificuldade.

Explore tudo e continue revisitando mapas explorados

Jedi: Fallen Order conta com diversos mapas para serem explorados e dependendo do local que você estiver, irá reparar que há caminhos bloqueados que você não poderá passar.

Por beber da fonte Metroidvania, isso significa que você deverá avançar na história para pegar habilidades novas que irão permitir que esses bloqueios sejam ultrapassados. Então, caso esteja fora da sua rota de história e acabe deparando-se com um caminho que você não consegue passar, não esquente sua cabeça: vá jogar a história até ganhar aquilo que você precisa. Nunca siga pelo caminho óbvio também, já que alguns desvios irão te recompensar com itens úteis ou até mesmo experiência bônus. Tenha calma e aprecie cada locação.

Star Wars Fashion Week

O jogo conta com opções cosméticas para Cal e seus itens, mudando seu visual e até de sua nave. Não perca seu tempo tentando entender qual a melhor roupa para ele ou qual pintura mais adequada para a nave, já que elas apenas irão mudar a aparência das coisas, sem influenciar em nada os status de suas habilidades. Até o sabre de luz de Cal pode ser customizado, mas essas opções também não darão nenhum tipo de bônus ao seu ataque. Então, a regra aqui é usar o que você achar mais legal e continuar sua aventura.

Medite sempre

Durante o jogo, você encontrará locais que irão servir para Cal meditar, funcionando de forma semelhante às fogueiras em Dark Souls. Ao interagir com elas, você irá descansar, recuperar seus status, upar sua árvore de habilidades e mais importante: salvar seu jogo e fazer o checkpoint. Então, sempre que ver um ponto de meditação, interaja com ele imediatamente, já que você voltará para lá assim que morrer.

A vingança nunca é plena…

Morrer não será difícil nesse jogo e a mecânica atrelada e quem jogou os jogos da série Souls estará muito familiar com a mecênica: você perderá toda a sua experiência e os inimigos mortos irão renascer, com você voltando ao último ponto salvo.

O inimigo que te matar ficará dourado, significando que você pode matá-lo e recuperar sua experiência perdida, mas um detalhe novo fará toda a diferença: matar aquele inimigo não dará somente a sua experiência de volta, mas também irá recuperar toda a sua vida e seu medidor de Força.

Em batalhas com chefe e inimigos juntos, é uma boa estratégia deixar um inimigo dourado que te matou na área para quando precisar, já que quando a situação apertar, você poderá se dar ao luxo de ter um recurso de emergência para salvar a sua pele. Então, segure um pouco a sua sede de vingança para matá-lo primeiro e analise o melhor momento para usar a mecânica ao seu favor.

Não lute feito um troglodita

Uma das principais armas de um Jedi é seu sabre de luz e todo cavaleiro que souber utilizá-lo adequadamente, representará uma verdadeira ameaça aos seus oponentes. Jedi: Fallen Order aproxima-se de Sekiro, em suas mecânicas de combate. Isso significa que usar o botão de ataque indiscriminadamente, irá te render um contra-ataque de seu oponente e quanto mais erros você cometer, mais rápido você irá morrer. Ao deparar-se com um inimigo, fique em guarda e analise os movimentos dele, pense antes de fazer qualquer coisa. Esperar o momento certo para desferir seus ataques é a melhor escolha e saber quando recuar também irá te recompensar. Apenas jogando e experienciando os diferentes tipos de inimigos, você irá aprender como movimentar-se em batalha.

BD-1 é seu melhor amigo

O robô que acompanha Cal em sua aventura irá te ajudar de diversas formas, desde abrir portas até dando dicas para eventuais quebra-cabeças ao longo das fases, mostrando itens importantes. Sempre fique atento a tudo que ele te mostrar e interaja com ele constantemente. Uma dica valiosa para situação de aperto: antes de pedir para que ele te cure, segure o botão de defesa para que ele te proteja de eventuais ataques. A cura será interrompida, mas você poderá pedir de novo, sem que Cal fique aberto a um ataque mortal.

Inimigo em vermelho? Desvie ou Ataque!

Caso você se depare com um inimigo brilhando em vermelho, significa que ele irá lançar um ataque pesado que NÃO pode ser bloqueado. A melhor forma de lidar com este tipo de ameaça é DESVIAR, mas devido a necessidade do ataque ser carregado, o oponente ficará aberto a levar um golpe rápido que você poderá tirar vantagem, até desferindo mais de um golpe e cancelar o ataque dele. Caso você queira jogar de forma mais segura, poderá usar a Força também para interromper seu ataque. O segredo é sempre manter a cabeça no lugar e jogar de forma inteligente.

Use a Força

A Força é um elemento primordial a todos os Jedi – e como não poderia ser diferente, ela também faz uma grande diferença nesse jogo. Por ela estar atrelada à uma barra, você poderá ficar com medo de usá-la e acabar ficando sem na hora que precisar, certo? Esqueça isso e não economize! Durante o combate, ela fará total diferença e acertar alguns poucos golpes em seus oponentes já será o suficiente para que ela encha constantemente. Use e abuse deste recurso para triunfar nas batalhas.

Retarde inimigos para recuperar a vida

Seu androide BD-1 conta com vários estimulantes de vida para trazer Cal de volta à ativa, mas pode ser complicado usá-lo em um combate acirrado. Por isso, use a Força ao seu favor e deixe os inimigos mais lentos do que o normal com a habilidade Freio, mantendo espaço para que você recupere sua vida mais facilmente.

Use seus pontos de habilidade com sabedoria

Utilizar seus pontos de habilidade assim que estiverem disponíveis é algo bem óbvio a se dizer. Mas vale a pena construir um personagem mais focado em habilidades de ataque a princípio, deixando embates mais fáceis ao longo do jogo. Dessa forma, as habilidades de resistência e vida podem ser reforçadas mais tarde.

Não se desespere

A regra de ouro para todos os combates de Jedi: Fallen Order. Eu sei, pode ser difícil não ficar com raiva quando você estiver morrendo para um chefe pela décima oitava vez, mas manter a calma e a atenção na hora de observar os ataques do seu inimigo é o melhor conselho para qualquer luta no jogo.

Como qualquer jogo inspirado pelos títulos da FromSoftware, atacar loucamente o inimigo é a pior estratégia possível. Vá com calma, observe seus oponentes e ataque no momento certo, e o caminho da vitória será seu.

O aparo é seu melhor amigo

Quando você aperta o botão de defesa (L1/LB) no momento em que será atacado, Cal apara o ataque do inimigo, desestabilizando sua defesa e abrindo o caminho para um contra-golpe.

Defender é algo obrigatório no jogo, mas aprender a aparar é ainda mais importante, pois pode fazer a diferença na hora de enfrentar inimigos mais resistentes aos poderes jedi, como os Purge Troopers (os soldados de roupa preta) e criaturas selvagens mais difíceis de cada planeta.

Na dificuldade padrão do jogo (Cavaleiro Jedi), a janela de aparo é bastante generosa, o que facilita o aprendizado dessa técnica. Para a dificuldade superior (Mestre Jedi), aparar torna-se fundamental para vencer.

Um bom tipo de inimigo para praticar o aparo são os Stormtroopers com blasters, já que o aparo na hora certa devolve o tiro para o oponente.

Use e abuse da Força

A Força é o seu maior diferencial na hora de combater o Império e criaturas selvagens dos planetas de Jedi: Fallen Order. Não hesite em utilizá-la. Boa parte dos inimigos mais fracos morrem com ao serem puxados com a força para perto de Cal, que desfere um golpe único com o sabre de luz. O poder de paralisar inimigos também é bastante útil para achar brechas nos movimentos de defesa e ataque do oponente.

Apenas tome cuidado com a barra da Força, que é consumida à medida que você utiliza estes poderes. Ela pode ser recarregada ao atacar os inimigos com o sabre de luz ou defender.

Fique de olho nos golpes indefensáveis

Quando um inimigo brilha na cor vermelha, isso significa que ele está perto de desferir um golpe indefensável. A reação natural é desviar ou se afastar, mas essa também pode ser uma oportunidade excelente para desestabilizar o inimigo.

Experimente atacar o oponente um pouco antes de ele desferir o ataque indefensável. A maioria dos inimigos “carrega” o ataque antes de desferí-lo, o que pode ser uma abertura para um ataque. Use o sabre de luz ou, especialmente, a Força para empurrar o inimigo e desestabilizá-lo.

Habilidades obrigatórias

No começo do jogo, Cal não tem muitas habilidades como Jedi – afinal, ele se afastou da Força nos anos posteriores à Ordem 66, que dizimou a Ordem Jedi pela galáxia. Você vai adquirindo novos golpes por meio de habilidades, e aqui escolhemos algumas que você precisa aprender o quanto antes:

Superior Blocking/Bloqueio Superior (1 ponto)

Dash Strike/Ataque de Arremetida (1 ponto)

Agile Deflection/Desvio Ágil (1 ponto)

Grasping Pull/Puxão de Controle (1 ponto)

Leaping Slash/Corte Voador (2 pontos): este golpe dá um hit extra no ataque forte (triângulo/Y), garantindo um ataque devastador.

Revisite cenários já vistos

Como todo bom metroidvania, Star Wars Jedi: Fallen Order tem em suas fases vários caminhos que só podem ser trilhados quando você obtém habilidades mais adiante na história. Normalmente, estes caminhos contém itens extras, então lembre-se de sempre voltar a planetas que já visitou para não perder nenhum colecionável.

Seja estratégico na hora de descansar

Assim como em outros jogos inspirados por Dark Souls, quando você descansa, os inimigos renascem. Portanto, seja estratégico: guarde os descansos apenas para quando você já explorou uma área por completo, e se certificou de que todos os itens daquele local foram obtidos.

Pegue o sabre de luz duplo mais cedo

No começo da história, você pode ir para o planeta Dathomir, terra dos zabrak (que tem em Darth Maul um de seus maiores expoentes). O planeta é bem difícil quando você não tem habilidades, mas há uma bela recompensa: lá, você pode pegar o sabre de luz duplo bem mais cedo. Caso você siga a história, o sabre de luz duplo só vem em Kashyyyk, quase na metade da campanha.

Para ir a Dathomir, você precisa escanear uma pintura em Bogano, na Oficina Abandonada, próximo à câmara onde Eno Cordova guarda sua mensagem escondida. Em Dathomir, o sabre de luz duplo pode ser obtido em uma mesa de aprimoramento que pode ser encontrada após uma rampa entre o Bastião dos Irmãos e a Aproximação Traiçoeira.

Converse com BD-1

Puzzles estão por toda parte em Fallen Order. Embora alguns sejam simples de se resolver, outros demandam um raciocínio lógico. Nem todos estão atrelados à campanha principal, mas para conseguir 100% dos itens coletáveis, quebra-cabeças ficarão no caminho.

Para ajudar em situações difíceis, o BD-1 vem à calhar. Aperte o botão direcional de baixo para chamá-lo. Cal Kestis e o robôzinho começarão a conversar, dando dicas de que habilidade da Força os jogadores devem usar.

Vá para Dathomir o mais cedo possível

Quem assistiu a série “Guerra dos Clones” sabe que Dathomir é um dos planetas mais perigosos no universo de Star Wars. Esta é a terra de Darth Maul, Asajj Ventress e das tribos Zabraks e Nightsisters. Em Fallen Order, Cal pode fazer uma visitinha ao lugar bem cedo no game.

Em Dathomir, os inimigos trabalham juntos para aumentar seus números e assim, cercarem o protagonista. As habilidades de Cal não são boas contra hordas, portanto, o jeito é correr sempre que possível.

Então por que se arriscar no planeta? Lá, pode-se encontrar um upgrade muito interessante para seu sabre de luz. Caso ache-o, o objeto passará a ter duas lâminas, em um design parecido pelo usado por Darth Maul, feito exatamente para lidar com muitos adversários.

Cuidado com as esquinas

A Respawn mostrou que teve um pouco de inspiração em Dark Souls. Não é raro um inimigo te surpreender de pontos invisíveis, principalmente de curvas. Portanto, todo cuidado é pouco ao avançar pelo cenário.

Use a mecânica de perda de XP

Quando o jogador morre em Fallen Order, todos inimigos renascem e sua experiência vai pro ralo. No entanto, o oponente que te matou aparecerá com uma aura dourada e, ao golpeá-lo novamente, todo XP perdido será recuperado.

Acontece que existe uma vantagem aí. Causar dano no seu carrasco também enche suas barras de vida e Força. Em outras palavras, se esse oponente estiver perto de um boss, ele pode servir praticamente como um médico.

Itens importantes no começo

Tem dois recursos bastante importantes escondidos no planeta Bogano (o primeiro que você visita) e que podem ser adquiridos bem cedo. Um deles é o sabre de luz de lâmina dupla e o outro é um baú amarelo (o tipo mais raro), que contém uma melhoria para o BD-1, que permite que ele carregue mais estimulantes, utilizados para recuperar sua vida em batalhas. Para acessá-los, é preciso concluir a primeira parte da história no planeta Zeffo. Evitando os spoilers, ao fazer isso, você irá liberar a habilidade de empurrar coisas utilizando a força – isso serve também para derrubar paredes e abrir passagens.

Após conseguir a habilidade, ainda em Zeffo, você encontrará uma mesa de melhoria derrubando uma parede no Weathered Monument (essa região fica logo depois dos moinhos de vento e das rampas de gelo, para uma melhor localização, veja o vídeo abaixo). Nessa mesa, você poderá consertar o pé do BD-1, permitindo que ele possa hackear fechaduras e conceder acesso a baús e portas antes inacessíveis.

Tendo conseguido a habilidade de empurrar e consertado BD-1, volte a Bogano. Ali, logo à frente de onde a nave Mantis é pousada, há um cômodo subterrâneo com um puzzle (mova a esfera de metal com a força até ela cair sobre o bocal). Isso irá abrir passagem até um baú amarelo, com um upgrade para os estimulantes. Aqui também tem um pet para a sua nave escondido atrás de uma parede, basta derrubá-la e ele irá correr e se abrigar na Mantis (não faz nada, mas é fofo, então tá valendo). O vídeo abaixo mostra onde o animalzinho se esconde, é nesse mesmo cômodo que está o puzzle da bola de metal:

Tendo aumentado o número de estimulantes, agora resta pegar o sabre de luz duplo, ainda em Bogano. Para isso, você precisa ir até a oficina abandonada (veja como chegar lá no vídeo abaixo). Após hackear a entrada com a ajuda do BD-1, você terá acesso a uma mesa de melhoria, que irá liberar essa função em seu sabre de luz. Ela é especialmente útil para lutar contra múltiplos inimigos, mas vale lembrar que causa menos dano do que o sabre convencional, então tenha isso em mente e pondere bem quando usar uma versão ou a outra ao longo do jogo.

Preciso dizer, no entanto, que o método acima é o método “fácil” de conseguir o sabre, mas exige que você avance um pouco mais na história. Mas, se você for impaciente e encarar um bom desafio, dá para conseguir o sabre duplo ainda mais cedo, antes mesmo de explorar Zeffo. Para isso, basta ir direto a Dathomir, passar por alguns inimigos – bem difíceis, devo ressaltar – e chegar até uma mesa de melhoria, que também libera a função do sabre. Cabe a você avaliar qual a melhor opção de acordo com suas habilidades. Abaixo segue mais um vídeo com a localização exata, dessa vez em Dathomir. Preciso dizer, no entanto, que fiz esse percurso específico e, por algum motivo, ao chegar na mesa, meu jogo bugou e não mostrou a animação do Cal fazendo a melhoria, por consequência não liberando o sabre duplo. Só consegui fazendo o método de Bogano, descrito acima (no entanto, acredito que foi apenas azar meu, pois muitos outros jogadores fizeram o método Dathomir e conseguiram sem problemas; e sim, o jogo está com alguns bugs e travamentos em telas de loading desde o lançamento, que a Respawn prometeu corrigir em um patch futuro).

Referências:

Jogazera, Meu PS4, The Enemy, Cromossomo Nerd, wikipedia, techtudo.