Top Gear

Desenvolvido pela Gremlin Graphics e publicado pela Kemco, Top Gear foi lançado em 1992 para o console Super NES. É o primeiro jogo do gênero para SNES, além de ser o primeiro da franquia.

Diferente do que muita gente pensa, Top Gear não foi inspirado em Rad Racer (NES / Famicom). As principais fontes de inspiração foram Pitstop (Epyx, 1983), Pole Position (Atari, 1982), Outrun (Sega, 1986) e principalmente Lotus Esprit Turbo Challenge (Amiga), com semelhanças notáveis — Brannan dividiu um escritório na Gremlin Graphics com o programador Shaun Southern, da desenvolvedora Magnetic Fields, enquanto este completava Lotus.

A princípio, Top Gear sairia para o NES, mas a Kemco, a pedido da Nintendo, o lançou para o então recém lançado Super Nintendo.

O jogo

O Jogo consiste em apostar corridas com outro jogadores, ou contra a máquina, passando por diversos países.
Você escolhe entre 4 carros, além também de escolher câmbio manual ou automático.
Recebe kits de turbo para usar quando precisar, eles duram pouco tempo, são usados para ultrapassar alguém com mais facilidade.

Se tiver acabando a gasolina do carro, é possível parar para abastecer nos box, se caso a gasolina acabar no meio da prova, você será desclassificado.
O jogo utiliza sistema de password para salvar o progresso e não precisar jogar tudo novamente.

Os carros

O jogo lhe dava a opção de escolher entre 4 carros;
O vermelho (Cannibal), branco (Sidewinder), azul (Weasel) e o xodó de todos, o roxo (Razor).

Além de escolher escolher os carros, você precisava escolher entre câmbio automático, ou manual, no caso do manual você mesmo tinha que mudar a marcha além de dirigir. A escolha dos carros era a parte que mais nos fazia pensar, escolho o que corre mais, ou que consome menos combustível. Garanto que a maioria não se preocupava com isso e escolhia o roxo por que era o mais bonito e mais exótico.

As pistas

As corridas passavam por diversas cidades de vários países, são eles; EUA, Brasil, Peru, México, Japão, Alemanha, Suécia, Dinamarca, Finlândia, Noruega, França, Italia e Reino Unido.

As dificuldades das pistas variavam de muito fácil a muito difícil e cada uma tinha seu tamanho e número de voltas.

Todos os países tinham um password, o sistema para salvar o seu progresso no game e não perder tudo quando o desligasse.

Jogabilidade

A jogabilidade consiste em simples comandos, um botão de aceleração, de freio, turbo ou nitro e dois direcionais para esquerda e direita. O jogo simula as pistas em perspectiva cônica e simula as curvas desviando a pista para a esquerda ou para direita. Independente da jogabilidade simples o jogo aumenta o nível de dificuldade no decorrer das partidas, com pistas com curvas acentuadas e com obstáculos. O carro fica sempre ao centro da tela e o cenário se move conforme os movimentos do carro. Além disso, o piloto tem de fazer o uso de estratégias, uma vez que há a necessidade de se entrar nos boxes para reabastecimento.

Bug

Apesar de muito querido, Top Gear está longe de ser o jogo perfeito.
Um bug muito conhecido do jogo era o que permitia você chegar em duas posições ao mesmo tempo, e para “melhorar” ainda mais, você marcava a pontuação das duas posições.


Para que o bug acontecesse, bastava você bater no meio do poste da linha de chegada, tanto o do lado direito quanto o do esquerdo. Se você tivesse em primeiro, também ganharia a segunda posição, se tivesse em segundo, também marcaria pontos a mais como terceiro.

Curiosidade sobre os carros

Os carros, não foram criados do zero especialmente para o jogo, eles são baseados em carros que existem na vida real, são eles:

O carro vermelho era inspirado na Ferrari 512 TR (Testarossa), o carro branco foi inspirado na Ferrari 288 GTO, o roxo era inspirado no igualmente exótico Jaguar XJR-15, e por último temos o carro azul, que era inspirado no lendário Porsche 959.

Vale a pena saber

Quando a o player não conseguia chegar em primeiro nas corridas, era comum ver um nome sempre vencendo, ou entre os primeiros nas corridas, o Ritchie!

Top Gear 2

Mas você o significado por trás desse nome?
Ritchie, ou Ritchie Brannan, foi o programador que liderou o desenvolvimento dos três primeiros jogos de Top Gear.

A foto misteriosa

Por muito tempo, os jogadores questionavam sobre a localização da foto de fundo do menu inicial.

Não há nada confirmado oficialmente, mas alguns jogadores pesquisaram através do Google Earth e encontraram o suposto endereço de onde a foto foi tirada, se trata de algum local entre a Washington boulevard com a avenida Jefferson em Detroit, Michigan, nos Estados Unidos. O endereço citado fazia parte do Detroit Street Circuit, o circuito de rua de Detroit. Nos anos 80, várias ruas da cidade de Detroit eram fechadas para a realização do GP de Fórmula 1.

Grande prêmio de Detroit de 1988

Ayrton Senna, nosso ídolo brasileiro já correu neste circuito e passou pela avenida da foto de Top gear.

Recepção

Embora Top Gear tenha ganhado o título de primeiro jogo de corrida para SNES, o jogo não é reconhecido internacionalmente como um clássico. O jogo teve grande repercussão no Brasil ao longo dos anos 90 e até hoje é reconhecido como uma das melhores franquias de jogos eletrônicos no país.

Comente aqui sua paixão por esse game. E também o que achou das curiosidades.

Referências:

Tech Tudo, Wikipedia.

Project CARS

Project CARS (Community Assisted Racing Simulator) é um jogo do género simulador de corrida desenvolvido pela companhia Slightly Mad Studios. Foi lançado para PlayStation 4, Xbox One e Microsoft Windows em 7 de maio de 2015, e para Wii U e SteamOS mais tarde em 2015. Project CARS seria originalmente desenvolvido para Microsoft Windows, Wii U, PlayStation 3 e Xbox 360, mas a 6 de Novembro de 2013, a Slightly Mad Studios anunciou que as versões para PlayStation 3 e Xbox 360 seriam canceladas. O jogo passou também por uma série de atrasos, e passou o seu lançamento de novembro de 2014 para maio de 2015.

O projeto foi financiado pela comunidade e pelos próprios desenvolvedores, sem o tradicional incentivo de um distribuidor. Através da compra de “pacotes”, jogadores puderam contribuir para o desenvolvimento em diferentes partes do projeto. Os membros têm alguns benefícios de acordo com o pacote que adquiriram, recebendo uma parte do lucro das vendas, gerados nos primeiros 2 anos após o lançamento, como recompensa pelo seu esforço, a ser pago trimestralmente. Os membros têm também acesso ao fórum privado da Slightly Mad Studios, o World of Mass Development.

A versão para Wii U foi oficialmente cancelada em 21 de julho de 2015.

Jogabilidade

Características: A Slightly Mad Studios tem como alvo um simulador realístico. Para diferenciar o jogo de líderes estabelecidos como Gran Turismo ou Forza Motorsport, o jogo tem à partida todos os carros desbloqueados e todas as provas da carreira desbloqueadas.

Física: O jogo utiliza o Madness Engine, que foi usado nos jogos Need for Speed Shift também e que foi modificado durante o desenvolvimento. O maior poder de processamento dos computadores atuais possibilitou a introdução de um modelo dinâmico de pneus, designado “SETA”, para ser usado no Project CARS, ao invés do modelo fixo baseado nas tabelas como foi usado em simuladores de gerações anteriores.

Alem da contribuição da comunidade, Slightly Mad Studios contratou os serviços do piloto Ben Collins, que também participou do programa Top Gear como “Stig”, Nicolas Hamilton, piloto no Campeonato Britânico de Carros de Turismo (BTCC) e irmão mais novo da estrela da Fórmula 1 Lewis Hamilton, Oli Webb, atualmente piloto na ELMS, René Rast, piloto no WEC, Christie Doran e William Tregurtha.

Conteúdo: Há mais de 70 carros licenciados e atualmente estão confirmadas mais de 110 pistas para estar no lançamento ou em pacotes DLC. Para além das pistas reais, como Spa-Francorchamps, por exemplo, e pistas de kart fictícias, há também duas pistas “ponto a ponto”, inspiradas em locais reais como Côte d’Azur, Costa Pacífica da Califórnia.

Realidade Virtual: A 26 de Agosto de 2012, o suporte para os óculos de realidade virtual Oculus Rift foi anunciado nos fóruns. O anúncio expôs que pelo menos um Kit de Desenvolvimento do Oculus Rift seria trazido. Membros do projeto podem seguir detalhes do desenvolvimento através de um link no fórum.

O jogo também tem suporte para os óculos de realidade virtual da Sony, o Project Morpheus.

O modo carreira

Na tela inicial do modo carreira, você deve incluir os seus dados, como nome e sobrenome, nacionalidade, número do carro e um apelido a ser usado em uma espécie de Twitter dentro do game.

Aqui, é possível notar que existem alguns objetivos que você pode querer completar no modo carreira. Três deles são relacionados a corredores reais, que começaram em divisões de base ou que iniciaram seu trabalho correndo com carros de elite.

Esse é talvez o passo mais importante do início da sua carreira em Project CARS. Aqui, você pode escolher em qual divisão irá começar a correr. Se quiser, pode iniciar com carros fórmula ou de turismo.

Se preferir, pode iniciar a sua carreira correndo com Karts e, conforme ganha campeonatos, pode evoluir e ser contratado por equipes de divisões superiores.

A sugestão que damos é que você tome esse rumo caso seja a sua primeira carreira no game.

Dessa forma, você poderá aproveitar melhor a evolução do seu corredor, além de poder conhecer todas as divisões de corrida do jogo. Isso também ajuda na hora de se adaptar a cada novo carro, em vez de simplesmente pegar uma máquina e não saber como controlá-la direito.

Na tela principal da sua carreira, você pode acompanhar as mensagens dos fãs em uma espécie de rede social, além de receber mensagens de seus chefes e engenheiros.

Também é possível configurar o seu carro do jeito que você deseja, buscando encontrar um equilíbrio para trazer mais desempenho para a corrida.

Na tela de calendário de corridas, você pode escolher os eventos em quais participará. Algumas divisões contam com várias corridas no mesmo dia, então, você deve selecionar as mais importantes ou que mais agradam para competir.

Feito isso, basta iniciar a preparação para a volta de qualificação e tentar o pódio da corrida. A cada competição, você acumula pontos para a temporada.

Ao fim de cada ano, caso você tenha mostrado um bom desempenho, receberá convites para novas equipes, divisões ou a opção para continuar onde está e continuar com o bom trabalho.

O game apresenta três opções

Uma mais fácil, em que o carro não recebe nenhum dano, e você tem vários controladores automáticos de freio e aceleração; um médio, em que o carro pode ser danificado, mas o resultado é puramente visual e o câmbio automático; e um mais difícil, em que todo e qualquer assistente do carro é desligado.

A tela inicial de Project Cars é assim:

Em Carreira, você cria um piloto e deve correr por equipes ao longo de temporadas. Aqui, você pode escolher começar correndo com carros mais potentes ou, se preferir uma evolução natural, iniciar a campanha atrás do volante de um kart, passando por todas as categorias disponíveis.

Em Solo, você participa de uma corrida comum. É possível escolher a pista e o tipo de carro que você deseja utilizar.

Em Treino livre, você pode aproveitar uma pista vazia para conhecer melhor o circuito, além de poder testar melhor os carros sem a pressão de chegar em primeiro lugar.

Em Online, você pode entrar em grupos de jogadores ao redor do mundo e participar de corridas criadas por outras pessoas. Caso deseje criar sua competição, existe a opção Criar no menu principal, assim como “Aleatório rápido”, em que o jogo te coloca em qualquer corrida disponível na rede.

Em Rede de Pilotos, você pode entrar em eventos semanais. Você pode competir com outros corredores para saber quem faz o melhor tempo.

Use o Engenheiro de Corrida

Os menus de afinação de Project CARS 2 fornecem uma opção de Engenheiro de Corridas que é bem útil, onde o jogo toma decisões baseadas na forma com que você quer ajustar o carro, utilizando suas decisões em respostas relacionadas à sua forma de dirigir e sua percepção do carro que está usando.

Em relação à frenagem, por exemplo, você pode constatar para o Engenheiro que o problema número um é que o carro não está parando a tempo para uma curva, ou que você está deslizando todas as vezes que freia. Para taxa de mudança de câmbio, é possível responder que o carro está muito lento no aceleramento ou que é impossível alcançar a velocidade máxima de uma pista em questão.

Se prestar atenção na forma com que o game está alterando as configurações de seu veículo, baseado na suas respostas, então você estará ganhando uma vasta quantidade de conhecimento que será possível utilizar quando você estiver confiante o suficiente para fazer os ajustes você mesmo. Apenas lembre-se se só fazer os ajustes depois de dirigir o carro que você está usando, para dar as respostas mais precisas possíveis.

Sempre escolha seus pneus manualmente

A forma mais direta e imediatamente óbvia de conseguir mais perfomance do seu veículo é escolher o pneu certo. As opções de pneus para pistas em Project CARS 2 incluem pneus lisos e molhados, enquanto os conjuntos alternativos para todo tipo de terreno e neve existem para superficies mais complicadas.

Em termos simples, você vai querer usar pneus lisos em pista seca e pneus molhados na chuva e/ou quando houver indicativo de chuva iminente. O próximo nível de escolhas envolve a dureza do pneus e ter a certeza de quando escolher pneus moles ou duros.

Os moles dão uma maior aderência e, com isso, podem levar a tempos melhores. De contrapartida, eles se desgastam mais rapidamente e em corridas mais longas você terá que ir com maior frequência para os boxes. Durante corridas mais longas é melhor equilibrar o uso de pneus duros e moles, trocando quando for aos boxes, dependendo da sua posição e número de voltas restantes.

Pra que ter um carrão se você não dá pra ajustar?

A taxa padrão de mudança de câmbio não funciona para todas as pistas

A taxa de mudança de câmbio dita quão rapidamente seu carro quer mudar entre marchas. Taxas mais rápidas providenciam uma arma para uma melhor aceleração, enquanto as longas mantêm você em uma marcha específica por mais tempo e entregam uma melhor velocidade máxima.

Essa configuração entrega diferentes resultados a depender do desenho da pista em que você está competindo. Se a pista tem muitas curvas apertadas, trocas mais rápidas são uma boa opção. Adicionalmente, muitas curvas significam muita frenagem e isso faz com que seja improvável que seu carro atinga a velocidade máxima. Para uma pista com retas longas e pouca frenagem, você deve escolher taxas maiores.

Essa regra básica muda a depender da configuração exata do seu veículo e onde você acha que suas habilidades ao volante estão precisando de mais ajuda, então certifique-se de testar antes de definir as taxas finais.

Como se aproximar do rallycross

A disciplina rallycross é bem diferente dos outros tipos de corrida de Project CARS 2, e ela requer um tipo diferente de configuração para tirar o melhor proveito do carro e de suas habilidades atrás do volante.

Você deve trazer o centro de gravidade do carro o mais para baixo possível, reduzindo o peso de sua suspensão. Quanto mais baixo o centro de gravidade, mais responsivo ele será nas curvas. No rallycross, você vai querer que as curvas sejam as mais responsivas possíveis, dada a frequência em que as curvas aparecem para você e o quão rápido você precisa emendar uma na outra – normalmente, entrando lateralmente.

Para isso, vá ao menu de ajuste de suspensão e configure o peso para diminuir a escala. Configure os pneus traseiros levemente mais altos que os dianteiros para exagerar na down force nos pneus dianteiros quando for virar em uma curva. São os dianteiros que entram primeiro, então eles precisam serem capazes de reagir instantaneamente aos comandos do volante.

O lado negativo de um carro com baixo peso é que ele está mais apto a bater sua parte traseira na pista. Para combater isso, vá aos ajustes de amortecedor e aperte a configuração de parada de colisão na dianteira e traseira. Um amortecedor mais firme reduz a quantidade máxima de compressão da suspensão e diminui o risco de pancadas. Na vida real, isso é bem desconfortável para quem dirige, mas aqui não temos que nos preocupar com isso.

Acelere o passo

Talvez você esteja tentado a sair rasgando na pista com o carro mais veloz da sua garagem, mas é mais importante aprender as linhas de corrida no começo. Está sentindo que não consegue pegar o ritmo de uma pista? A melhor solução é pegar um carro mais lerdinho. Ou dar uma segurada nas configurações do seu carrão. Obviamente, praticar leva à perfeição, mas outra dica seria tentar correr contra o fantasma de um jogador mais experiente, só para ver como ele dirige naquele circuito. Dessa forma, você aprende a melhor forma de dirigir em pouco tempo.

Pés no chão

Se você sentir que o seu carro está deslizando muito, tenha certeza que a temperatura dos seus pneus está no verde. Talvez eles estejam no azul, o que significa que estão frios demais, e você não vai ter uma boa tração para ter uma boa performance. Se eles estiverem no vermelho, significa que estão sobreaquecidos e também vão estragar a sua corrida, podendo até estourar. Você não quer dar essa passada extra no pitstop.

Encontre o melhor carro para você

Tem 74 carros em Project CARS e apesar dos carros de alta-performance serem tentadores, é mais importante encontrar um carro que se adeque ao seu estilo. Todo carro reage diferentemente: não tenha pressa para experimentar muitos carros e você vai ver como acabará encontrando o certo. O jogo tem uma mistura de motores com transmissões variadas, e performances muito diferentes. Tem carros velhos e novos também. Aprenda como esses carros se comportam nas curvas: enquanto um carro mais baixo segura com as rodas traseiras, alguns carros de tração dianteira boluda talvez precisem dar uma aliviada no acelerador e usar direito o breque.

As dicas Top Gear

Ouçam muito bem ao seu engenheiro de corrida, que é dublado por Ben Collins, do Top Gear. Ele não está lá só pra fazer barulho no fundo. Preste atenção quando ele te encoraja a pisar mais fundo numa volta, te informa sobre as diferenças no tempo dos corredores atrás de você e na sua frente e, talvez, ainda mais importantemente, te diz a situação do clima. Isso lhe ajudará a decidir se vale a pena trocar os pneus antes que seja tarde demais, e saber administrar paradas é essencial para ganhar vantagem na pista.

Não tenha pressa

Nenhuma corrida é ganha na primeira curva, nenhuma corrida é ganha na primeira volta. O máximo que você pode fazer é arruinar uma corrida inteira na primeira volta – só isso. Poupe os seus pneus na corrida para chegar pesado lá na frente. É fácil se precipitar e queimar os pneus rápido demais. Tenha mais paciência que os seus oponentes e tenha certeza que sairá com o troféu na mão.

Referências:

Red Bull, techtudo, wikipedia.

Mafia III

Mafia III é um jogo eletrônico de ação e aventura produzido pelo estúdio Hangar 13 e lançado pela 2K Games em 7 de outubro de 2016 para as plataformas Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One. É o terceiro jogo da série Mafia e o primeiro desenvolvido pela Hangar 13.

Os acontecimentos de Mafia III decorrem em 1968 no New Bordeaux, uma recriação fictícia de Nova Orleães, onde os jogadores assumem o papel de Lincoln Clay, um veterano da Guerra do Vietnã que procura vingar os seus amigos assassinados por mafiosos locais ao mesmo tempo que constrói uma nova organização criminosa.

Mafia III obteve uma recepção mista por parte da crítica especializada. Enquanto os gráficos, a recriação histórica da época, o enredo e a trilha sonora foram elogiados, as críticas recaíram principalmente sobre a estrutura repetitiva das missões, a pobre inteligência artificial e o elevado número de erros de design, com alguns críticos chamando o jogo de “funcional”. Ainda assim, foi um sucesso comercial, tornando-se o jogo que mais rapidamente vendeu na história da 2K Games.

Jogabilidade

Mafia III é um jogo de ação-aventura numa perspectiva de terceira pessoa, no qual os jogadores assumem o papel de Lincoln Clay, um veterano da Guerra do Vietnã que quer vingar os seus amigos assassinados pelos mafiosos locais. O jogo decorre em 1968 em New Bordeaux, uma recriação fictícia de New Orleans, que é um mundo aberto e pode ser livremente explorado pelos jogadores. Os jogadores podem completar os objetivos de vários modos. Por exemplo, podem usar armas, como revolveres e caçadeiras, para eliminarem os inimigos, ou alternativamente, podem utilizar uma abordagem mais furtiva em toda a missão sem que sejam notados pelos inimigos. A jogabilidade centra-se sobretudo sobre o jogo de armas. Como adição, também há a possibilidade de matar com movimentos que executam e através do combate corpo-a-corpo. Mafia III também tem um sistema de cobertura, que permite aos jogadores se esconderem por detrás de objetos para prevenirem ataques. Para completarem os objetivos, os jogadores também podem fazer interrogatórios a outros personagens para conseguirem obter informações.

Os jogadores podem atacar e controlar locais propriedade da máfia italiana, e responsabilizar pelo local um dos seus comandantes. Os comandantes disponíveis são Cassandra, Burke e Vito Scaletta.

Segundo Haden Blackman da Hangar 13, o jogo não tem multijogador porque a equipa de produção quer focar-se em desenvolver a personagem de Lincoln, as bases de cobertura e tiroteios da jogabilidade, mais a física da condução perigosa.

Bem-vindo a New Bordeuax

O novo Mafia 3 nos leva diretamente à New Berdeaux, uma cidade fictícia inspirada na região de New Orleans, mas com muitos aspectos que remetem à realidade da época. O local foi tomado pelo crime organizado, sobretudo após a chegada da máfia italiana ao local.

E esse contexto histórico é mais do que importante, pois é o que dá o tom a tudo aquilo que a 2K está fazendo. A década de 1960 é marcada pelo auge da Guerra Fria e os Estados Unidos estavam em sua caça aos comunistas. Enquanto o pensamento macarthista ocupava a cabeça dos políticos, as organizações criminosas tomavam conta de regiões menos “interessantes”. E é um pouco disso que o game retrata.

Tanto que o próprio protagonista é fruto dessa realidade. Lincoln Clay é um veterano da Guerra do Vietnã que, abandonado pelo seu país após voltar do conflito, vê seus amigos serem assassinados por esses mafiosos. E é esse desejo de vingança que faz com que ele acabe se envolvendo com gente tão perigosa quanto.

A demonstração de Mafia 3 apresentada nesta E3 focou bastante neste aspecto pessoal do game, mostrando que o estúdio fez um ótimo trabalho não apenas para ambientar o período, mas de criar personagens que explorem bem esse tipo de realidade. Mesmo não aprofundando muito a história, vimos um pouco do que Clay é feito e do que ele é capaz. E o que mais chama a atenção aqui é o quanto, mesmo em alguns poucos minutos de apresentação, foi interessante acompanhar os dilemas do protagonista.

E sua missão de limpar New Bordeaux desses mafiosos pode ser feita de diferentes maneiras. Cada região possui uma espécie de líder dentro da facção criminosa e o jogador precisa realizar uma série de pequenas tarefas para enfraquecer a sua influência naquela área, como destruir produção de drogas, acabar com orgias ou matar traficantes. Com isso, você chega cada vez mais perto do chefão daquele local e também de seu objetivo.

Ambientação

É interessante explorar a vida nos anos 60, a cultura e a música do local. Aliás, a trilha sonora está um show à parte. A cidade tem subúrbios e mansões, e você vai passar por vários cenários enquanto joga. Tantas opções que você não vai conseguir enjoar tão cedo.

Gerenciar um império do crime

O jogo possui um sistema de reuniões, onde você pode se sentar com os chefes do crime aliados e discutir estratégias. Conforme você vai dominando sessões da cidade, pode designar um sub-chefe para tomar conta dela, e eles dão sugestões de missões e outras ações que você pode fazer em cada parte. Você também precisa gerenciar a felicidade desses chefes, para que os resultados sejam ainda mais proveitosos.

Consequências

Tudo que você faz em Mafia III gera consequências, sejam elas boas ou, na maioria das vezes, ruins. Se você continuar não agradando um de seus sub-chefes, ele vai acabar te traindo e se tornando um inimigo. A ideia de um aliado se tornar inimigo faz você pensar muito bem antes de tomar uma atitude. Isso faz com que as ações que você toma sejam não apenas morais, mas práticas.

Carros

São os anos 60. O que significa que é o começo da era de muscle cars. Não se engane: os carros podem SIM ser rápidos. E você terá uma série de escolhas à sua disposição.

No alvo!

O mundo do crime é repleto de armas de fogo, então saber atirar corretamente é um requisito básico do “ofício”. Lidar com os inimigos exige muito trabalho naturalmente, então evite lutar contra a câmera também. Caso não consiga enxergar o que se esconde fora da visão do personagem, aperte o direcional analógico esquerdo para mudar o ombro de apoio da arma.

Acostume-se, também, a trocar rapidamente de arma, pois isso pode ser a diferença entre a vida e a morte durante os tiroteios mais intensos. Para alternar rapidamente entre as pistolas e armas pesadas que você tem equipadas, basta apertar L1 ou R1 no PS4, ou LB ou RB no Xbox One.

Guarde seus primeiros milhares de dólares e invista em melhorias para suas armas o quanto antes. Uma dica é começar melhorando sua pistola, pois com apenas US$ 5.000 já é possível fazer o melhor upgrade da arma, o que aumenta drasticamente a sua precisão durante os combates. No entanto, nada substitui os tutoriais de tiro, então complete-os com atenção.

De olho no mapa

O mundo de Mafia 3 é gigantesco e repleto de missões para cumprir, itens para coletar e pessoas para conhecer. É fácil se sentir intimidado pela fartura de opções, especialmente no começo da campanha. Por isso, lembre-se que o mapa é o seu melhor amigo.

Marcas verdes no mapa costumam indicar pontos de interesse, apontando a localização de dinheiro e componentes eletrônicos, necessários para interagir com as caixas de junção. Além disso, como Mafia 3 não indica automaticamente o melhor caminho até novas missões, crie o hábito de abrir o mapa e fazer suas próprias marcações para não se perder.

Auto escola

Apesar de também ser um sandbox sobre criminosos, não trate os veículos e trânsito de Mafia 3 como faria em GTA. É aceitável furar um ou outro sinal, mas cometer muitas infrações chamará atenção desnecessária para seu veículo e pode causar problemas com a polícia.

Além disso, como Mafia 3 é um jogo de época, todos os carros disponíveis estavam realmente circulando pelas ruas dos EUA em 1960. Logicamente, eles possuem as limitações de velocidade, peso e direção esperadas, então aproveite as primeiras horas de jogo para se acostumar com a jogabilidade dos veículos antigos.

Uma ajudinha da CIA

Não é muito útil focar sua atenção na busca por colecionáveis até a história chegar ao ponto em que Lincoln é chamado para cumprir sua primeira missão com a CIA. Afinal, só depois de completá-la será possível interagir com as caixas de junção espalhadas pelo mapa.

Há 89 caixas de junção espalhadas pelo gigantesco mundo de Mafia 3, mas não adianta apenas encontrá-las. Para ativar suas funções e revelar as localizações de itens e inimigos no mapa, é preciso, antes, coletar três fusíveis, então certifique-se de estar com o inventário completo antes de buscar as caixas.

Etiqueta de mafioso

Existem muitas formas de abrir uma porta em Mafia 3. Se você resolver arrombá-la com um chute, lembre que isso chamará muita atenção e alertará os inimigos. Curiosamente, a melhor opção para abrir silenciosamente uma porta trancada é usando um pé de cabra, método que permite a Lincoln entrar sorrateiramente em qualquer local.

Outra regra interessante do mundo de Mafia 3 diz respeito ao modo como civis enxergam os crimes. Se você atacar pessoas inocentes ou furtar em seu raio de visão, logo verá testemunhas acionando policiais. No entanto, civis não se importam caso você execute outros mafiosos no meio da rua, então tire proveito dessa vista grossa.

Mistério no Bayou

No centro do Bayou, exploradores intrépidos, dispostos a enfrentar os jacarés, encontrarão um velho navio pirata, chamado de Ghost Ship of Jean St. John.

Explore os Locais

Quase todo espaço onde há combate, incluindo os esconderijos, possui múltiplas entradas e pontos de acesso. Por exemplo, quando for resgatar Vito no cais, tente nadar até a doca mais próxima do restaurante em vez de atacar de frente. Quando for combater nos quintais ou becos de New Bordeaux, procure saídas de incêndio e outras maneiras de conseguir vantagem de altura, que é sempre uma vantagem tática contra seus inimigos.

Todos têm uma história

Todo chefe de esconderijo tem uma história, que você pode aprender detalhes coletando notas pelo mundo ou ouvindo conversas. Colocamos bastante histórias no ambiente pelo jogo todo, então basta olhar ao seu redor para achar pistas. Enquanto enfrenta criminosos em Barclay Mills, procure os capangas e descubra o terrível negócio de eliminação de corpos da máfia. Se conseguir chegar até o chefe de um esconderijo sem ser detectado, várias vezes consegue pegá-lo em flagrante…

Descanse em paz

Depois que Lincoln jura derrubar a máfia, é possível visitar o cemitério em Hollow para lembrar o quanto ele odeia Sal Marcano com tanta força… E um número surpreendente de membros da equipe de desenvolvimento parece estar enterrados em cemitérios pela cidade.

Pulando sobre telhados

Várias rampas estão escondidas pela cidade, incluindo algumas de terra. Algumas servem como atalhos para fugas rápidas da polícia, enquanto outras testam sua habilidade no volante. Nossas rampas favoritas são os tetos dos restaurantes Briar Patch. Uma franquia encontrada na cidade, o Briar Patch tem um design inspirado nos anos 60 e inclui um telhado inclinado que vai até o chão de um lado – criando uma rampa para se jogar por cima das ruas próximas.

Rampas de barco

Saltos acrobáticos não são apenas para os carros em New Bordeaux. Roube um barco e pilote entre as casas alagadas próximas do parque de diversão abandonado em Delray Hollow. Lá descobrirá que vários dos tetos podem ser usados como rampas.

Cruzeiros pelos canais

New Bordeaux é diferente da cidade que a inspirou de algumas maneiras importantes. Uma delas é uma rede de canais que passa por baixo da cidade fictícia. Estes canais podem ser acessados por portas de serviço nos becos, ou usando um barco. Explorar os túneis garante não apenas vários itens colecionáveis, como também revela entradas secretas para vários esconderijos da máfia italiana.

Corridas subterrâneas

Depois que descobrir a rede subterrânea, visite os túneis debaixo do porto de Tickfaw, acessíveis por carro e que inclui uma rampa que deixa você saltar sobre o canal norte da cidade.

O Expresso Lincoln

Uma antiga ferrovia vai do canto noroeste do Bayou até o sul dos pântanos, antes de correr para o leste e eventualmente acabar no canto nordeste do Bayou, no formato da letra U. Apesar da idade, a ferrovia está intacta e pode-se dirigir por ela de carro para uma vista diferente do Bayou.

Jacarés nos esgotos

Uma família de jacarés passou a morar no centro de filtragem de água próximo ao lixão em Barclay Mills. Jogue o corpo de um mafioso no tanque d’água, e verá os jacarés se alimentando. É possível alimentá-los em alguns outros lugares, pelo Bayou e na fazenda de jacarés da abertura do jogo.

Trocando suas armas

Você pode usar a roda de armas para mudar suas armas, mas a maneira mais fácil de trocar armas é pressionando os botões LB ou RB (ou L1 e R1). Isto irá alternar entre a Arma Pesada em seu compartimento direito, e a Arma Secundária em seu compartimento esquerdo.

Mudando a postura da sua mira

Como a maioria dos shooters em terceira pessoa, Mafia 3 a postura padrão da mira é sobre o ombro direito quando você mira com sua arma. Use o botão L3 (ou LS do Xbox) para mudar de lado em torno da mira.

Arrombando portas

Ao lidar com portas trancadas você pode chutá-las, ou destrancá-la silenciosamente. Chutar irá alertar a todos os inimigos próximos a sua presença, enquanto destrancar com um pé de cabra lhe permitirá aproximar silenciosamente. Escolha com cuidado, dependendo da situação, e sempre fique pronto para derrotar inimigos no caso de eles estarem esperando por você.

Usando seus Associados

Lincoln tem alguns amigos em lugares altos, e você vai querer ter certeza de que você está usando o máximo deles, conforme você passa o tempo explorando Nova Bordeaux. Há poucos tipos diferentes de Associados, mas, apenas lembre-se de fazer uso de seus serviços a qualquer momento em que precisar deles. Eles estão lá para ajudar, e derrubar os impérios criminosos vai exigir um pouco de apoio ao longo do caminho.

Como conseguir dinheiro

Coletando dinheiro dos esquemas no jogo você pode conseguir uma boa quantidade de dinheiro. Os seus subordinados controlam os esquemas e coletam dinheiro dele. Ao visitar eles você poderá pegar o dinheiro. É importante coletar sempre, pois há um limite de dinheiro que eles podem guardar, quando chega esse limite eles param de trazer dinheiro. Essa capacidade vai aumentando a medida em que o jogo progride.

Ao progredir na história e conseguir os três subordinados você irá desbloquear formas diferentes de conseguir dinheiro. Entretanto esses métodos não ficarão disponíveis até você encontrar Donovon em um banco em Barclay Mills.

Ao conseguir $140,000 você poderá desbloquear a habilidade de contratar alguém para coletar o dinheiro no seu lugar, te dando tempo para focar em outras formas de obter dinheiro.

Evite perder dinheiro

Todo dinheiro que você recebe pode ser armazenado dentro de um cofre. Antes de iniciar uma missão que você acha que pode morrer, sempre guarde o dinheiro, pois ao falhar em uma missão você perde metade do dinheiro na sua carteira.

Referências:

Blog nuuvem, Jogos Enternauta, Game Detonado, Canaltech, Blog Playstation, wikipedia, techtudo.

Asphalt 9: Legends

Asphalt 9: Legends é um videogame de corrida desenvolvido pela Gameloft Barcelona e publicado pela Gameloft. Lançado em 25 de julho de 2018, é a nona parcela principal da série Asphalt. Em comparação com entradas anteriores, existem vários recursos novos e aprimorados, como uma linha de carros de prestígio, novos esquemas de controle, incluindo o modo de piloto automático chamado Touch Drive e modos de corrida, e o “shockwave nitro” reimplementado de Asphalt 6: Adrenaline . Os gráficos também são considerados significativamente melhorados em comparação com seu antecessor de 2013, Asphalt 8: Airborne.

Gameplay 

A jogabilidade no Asphalt 9 é semelhante ao Asphalt 8: Airborne , com diferenças visíveis nos gráficos e no design. Havia 48 carros em destaque no jogo quando lançados suavemente, mas o lançamento mundial viu a introdução de quatro carros novos, levando a 52 carros. Atualmente, existem 84 carros em fevereiro de 2020. Como seu antecessor, cada um deles pertence a uma classe que apresenta progressivamente maior desempenho e raridade: D, C, B, A e S. O jogador começa com um carro da classe mais baixa (Classe D), o Mitsubishi Lancer Evolution X. Todos os carros do jogo agora precisam de “projetos” para serem desbloqueados e, em seguida, “arrancar”, com cada um deles entre 3 e 6 estrelas. Para cada nova estrela, a capacidade de desempenho do carro é aumentada (ao custo de uma quantidade menor de tanque de combustível). Cada carro também pode ser personalizado com o novo recurso de editor de carros. Ao desbloquear um carro, o jogador pode escolher entre algumas cores oficiais de estoque. Depois que o carro é estrelado pelo menos uma vez, o jogador pode criar cores personalizadas para o corpo, as jantes e as pinças de freio para a maioria dos modelos. Alguns modelos também permitem peças de carbono no capô, porta-malas e asas. Vários carros também são conversíveis (eles podem ser convertidos de teto fechado para teto aberto), como o BMW Z4 LCI E89 eMcLaren 570S . Introduzido na atualização de verão de 2019, vários carros como o Mercedes-AMG GTS poderiam ter pneus especiais, jantes e alterações na carroceria adicionadas ao carro. Também novos na série são os “clubes”, onde até 20 jogadores podem, de forma colaborativa, marcar “pontos de reputação” para obter recompensas. Quanto mais pontos de reputação a pontuação do clube, melhores recompensas, desde créditos a projetos de carros.

O jogo também apresenta “nitro shockwave”, retornando de Asphalt 6: Adrenaline e Asphalt 7: Heat . Quando o jogador tem uma barra nitro cheia e toca duas vezes no botão Nitro, um pulso roxo é liberado do veículo enquanto a velocidade do carro aumenta. Nas plataformas móveis, o Asphalt 9 possui três esquemas de controle: Inclinar para Dirigir, Tocar para Dirigir e o novo “Touch Drive”, no qual o jogador seleciona rotas e acrobacias deslizando para a esquerda e direita. Nos dispositivos Windows 10 , o Touch Drive e os controles manuais podem ser usados ​​com o teclado; ou com inclinação para dirigir, se o dispositivo tiver uma tela sensível ao toque e um acelerômetro.

No jogo, existem três modos de jogo: Carreira, Multijogador e Eventos. No modo carreira, o jogador completa “capítulos” para um jogador, cada um composto por várias séries de corridas focadas em uma determinada classe ou fabricante de carros. No Multiplayer, o jogador compete contra outros jogadores online em tempo real. Nos Eventos, o jogador participa de uma competição diária ou semanal para vencer o tempo de outros jogadores ou ganhar outros itens.

Existem 3 tipos de corrida no Asphalt 9. O modo de corrida “clássico” dos jogos anteriores voltou com novas corridas, “Time Attack” e “Hunted”. No Time Attack, o veículo precisa cruzar a linha de chegada antes que o tempo acabe. Em Hunted, o jogador deve escapar de uma perseguição policial em uma perseguição de carro sem bater ou ficar sem tempo.

O jogo apresenta várias pistas de corrida em novos locais: Cairo, Himalaia, Centro-Oeste dos EUA, Escócia e Caribe. Ele também traz de volta quatro locais dos jogos anteriores da série: San Francisco, Roma, Xangai e Osaka.

Use o nitro na hora certa

No modo de jogo padrão, Asphalt 9 Legends tem o nitro como uma das principais mecânicas nas corridas. Fique de olho na barra que se preenche na parte superior da tela, e segure o botão do lado direito para usar o nitro. Também é possível dar dois toques rápidos para usar uma versão ainda mais potente, que consome a barra rapidamente.

Jogue o modo Carreira

A carreira é o principal modo de jogo de Asphalt 9 Legends. Nele, jogadores encaram uma série de corridas em diferentes pistas e precisam vencê-las enquanto cumprem objetivos para desbloquear fichas e novos veículos. Não deixe de iniciar a jornada para garantir um progresso mais rápido no game de corrida.

Melhore os seus carros

Em Asphalt 9 Legends é possível turbinar os seus veículos melhorando atributos como velocidade máxima, aceleração, dirigibilidade e propulsão. Essas melhorias custam moedas, e garantem o aumento do nível geral dos carros, para que seja possível usá-los em torneios mais avançados do jogo.

Abasteça seus carros

Em Asphalt 9 Legends, depois de jogar algumas corridas, é necessário aguardar que os carros sejam abastecidos. Caso não queira esperar, é possível pagar a recarga imediata com fichas do jogo, ou assistir um anúncio patrocinado para reduzir o tempo em 100% . Fique de olho nos tempos mostrados e programe-se para aproveitar ao máximo suas partidas.

Desbloqueie novos carros

Ao terminar corridas e cumprir objetivos, você recebe fichas que desbloqueiam novos veículos em Asphalt 9 Legends. Gerencie os números de fichas restantes para liberar os veículos que você deseja e participe de provas específicas para acelerar a obtenção desses itens. Depois é só clicar para desbloquear e experimentar a nova máquina.

Colete fichas das missões

Ao final de cada corrida, uma tela mostrará o seu avanço nas diversas missões do Asphalt 9 Legends, e se você terminou alguma delas. Sempre que uma das barras se preencher por inteiro, você pode clicar no botão “Obter” para coletar as fichas, que serão somadas ao seu saldo. Quanto mais você jogar, mais rapidamente acumulará os itens.

Faça acrobacias para preencher a sua barra de nitro

Fique de olho para rampas e saltos posicionados nas pistas para fazer acrobacias com o seus carros e preencher a barra de nitro mais rapidamente. Você conseguirá acelerar ainda mais durante as corridas, e melhorará o seu desempenho, assim como saldo de fichas do Asphalt 9 Legends.

Impulsione-se

Impulsionar é uma das formas mais eficazes para obter uma vitória no Asphalt 9: Legends . Existem três tipos diferentes de impulso:

O impulso padrão que é feito com uma única pressão.

O segundo é pressionado na seção azul da barra para obter um impulso maior.

O impulso final que é feito através da realização de um duplo toque rápido quando você tem o medidor de impulso ao máximo.

Se você estiver dirigindo, você terá uma vantagem sobre o resto dos corredores. Desta forma, você pode obter uma vitória mais fácil.

Agressividade

Em Asphalt 9: Legends você deve pulverizar os outros pilotos para avançar. Use o impulso para acertar os outros carros e tirá-los da pista. Outra maneira é tocar o botão de deriva duas vezes para fazer um giro de 360 ​​graus que funciona para acertar os outros carros.

Skid

O skid é uma das mecânicas mais importantes deste jogo, além de recarregar o nitro para conseguir maior aceleração. Se você se tornar um especialista em derrapagens, não haverá ninguém que possa derrotá-lo em uma corrida. Aproveite os grandes sinais de néon e você verá como seu número de vitórias aumenta.

Depois de colocar estes três truques em prática, será muito mais fácil ganhar no Asphalt 9: Legends. Então você pode desafiar seus amigos e mostrar a eles que você é o verdadeiro rei do asfalto.

Uma fantástica coleção de carros famosos

Um dos aspectos mais chamativos do game é, sem dúvida, a fantástica coleção de supercarros que o jogo oferece.

São Ferraris, Porsches e Lamborghinis, apenas para citar algumas das montadoras mais famosas. A bordo deles você construirá a sua carreira.

A lista completa inclui mais de 50 carros, escolhidos em função do desempenho nas pistas.

Você terá que pilotar muito para conseguir forrar a sua garagem com todos eles. E o melhor de tudo é que é possível fazer isso sem precisar colocar a mão no bolso.

Tenha o controle de absolutamente tudo

Não basta apenas ter uma lista de possantes da sua garagem. Um bom jogo de carro que se preze permite ainda que os jogadores façam alterações mecânicas nos veículos. Isso é possível graças às ferramentas de tuning.

À medida que você avança no game, ganha pontos e dinheiro para desbloquear certos itens e deixar os veículos ainda mais potentes.

Há ainda a alternativa de pular etapas e comprar partes para tornar os carros mais velozes, mas fica a seu critério.

Gráficos seguem arrasadores

Uma das características mais tradicionais da franquia é a de apresentar um nível gráfico acima da média.

Em Asphalt 9: Legends não é diferente e esse conceito é levado ao extremo. Tanto é verdade que celulares intermediários podem ter dificuldade em rodar o jogo.

A nossa recomendação é que você invista em um smartphone mais potente de forma que seja possível rodar o game em sua plenitude.

Qualquer top de linha do mercado será capaz de rodar com tranquilidade o game que deve figurar na lista dos mais baixados do mês de agosto.

Torne-se uma lenda

Nem todo mundo gosta de simuladores quando se trata de jogo de carro. Muitos jogadores preferem colocar a diversão em primeiro plano, mesmo que isso custe um pouco do realismo.

Assim é a fórmula de Asphalt 9: Legends, que opta por um modo arcade, mais simples.

Trata-se do TouchDrive, um novo sistema de direção que permite ao jogador desfrutar da adrenalina que as corridas oferecem.

Os desenvolvedores prometem ainda mais diversão e sem as preocupações de ter que fazer curvas perfeitas ou de não tocar nos adversários.

A jornada do Modo Carreira conta com mais de 60 temporadas, totalizando nada menos do que 800 corridas.

No modo Multiplayer Online, é possível disputar partidas com até sete jogadores simultâneos, sejam eles do seu círculo de amizades ou não.

Crie a sua própria comunidade

Por fim, outra novidade presente em Asphalt 9: Legends e que promete fazer bastante sucesso é a possibilidade de criar comunidades com os seus amigos.

Nelas você pode reunir vários player dentro de uma equipe.

Juntos vocês podem disputar campeonatos e acumular pontos e itens evolutivos para todo o grupo, competindo com outras equipes.

Agora, para obter as posições mais altas no ranking você terá que apostar na força da união para alcançar os seu objetivos.

Rampas, Stunts e 360º

E o que mais temos em Asphalt 9: Legends são atalhos e rampas. E por consequência os tantos stunts e 360º que o jogo te induz a fazer para uma partida ainda mais “divertida”.

E até que fica realmente, mas imagino porque muitos fãs de jogos de corrida não recebam isso com um sorriso no rosto. A ênfase do jogo por vezes acaba sendo maior em tentar um giro no ar, em fazer drifts, para assim ir subindo sua barra de nitro e poder dar boost no seu carro o mais vezes possível durante o jogo. O que pode garantir a corrida.

Mas claro que habilidade de correr e virar na hora certa também entram em jogo, afinal é um jogo de corrida e ele trás isso com ele. Qualquer um que já jogou algum jogo do estilo estará familiarizado e pode correr sem muitas preocupações desde o começo. Você ainda vai se divertir correndo mesmo que não utilize as rampas e o nitro (mas você vai utilizar eles).

Em Asphalt 9: Legends, é muito mais sobre como você faz a corrida, do que basicamente correr. E isso é bem divertido.

O infame Touchdrive

Agora, se tem um item que eu realmente odiei do jogo, foi a função Touchdrive, que ele trouxe consigo das plataformas mobile.

No celular não há botões como num controle de console, por isso grande parte de jogos mobile são simples, com comandos simples. Pokémon perdeu seu RPG de turno com quatro ataques, mochila de itens, troca de monstrinhos, para um esquema de batalha de somente cliques e arrastar o dedo na tela em Pokémon Go. Mario Kart acelera automaticamente e você só preocupa em arrastar o dedo para baixo para soltar itens e para os lados para virar o volante.

Em Asphalt 9: Legend esse mesmo “piloto-automático” de Mario Kart se chama Touchdrive. Com ele você não precisa se preocupar em acelerar ou freiar o carro. Ele vai sozinho, você apenas deve escolher que rota ele deve ir. Se deve por exemplo, seguir reto, ou escolher a rampa. E é isso. Toda a diversão de acelerar, fazer a curva, tentar o melhor tempo foi embora com um clique.

Personalização total de tuning

Use a nova ferramenta de tuning do jogo para escolher a cor e as melhorias perfeitas. Você também pode escolher a cor dos aros e das pinças de freio para uma personalização completa.

Diversão árcade de primeira

Encha a barra de nitro e libere Ondas de Propulsão para quebrar a barreira do som. Dê dois toques nos freios para dar um 360 e nocauteie adversários no multiplayer em tempo real ou contra a máquina.

União faz a força

Pela primeira vez na franquia Asphalt, você pode criar sua própria comunidade de jogadores com a função de Equipe. Colabore com sua equipe para conquistar marcos, obter prêmios e subir no placar. Fazer parte de um club multiplayer online nunca foi tão divertido.

O jogo perfeito para quem gosta de corrida arcade, carros de alta velocidade, corrida com drift, gráficos 3D, explosões de nitro, tuning e muita competição multiplayer em tempo real.

Referências:

Droid NS, Bem Mais Seguro, ProjectN, Google Play, Wikipedia, techtudo.

State of Decay 2

State of Decay 2 é um videogame de sobrevivência de zumbis “indie” e mundo aberto, desenvolvido pela Undead Labs e publicado pela Microsoft Studios. É uma sequência do videogame de 2013 State of Decay. O jogo foi lançado em 22 de maio de 2018 para Windows e Xbox One. O objetivo do jogo é construir uma comunidade, gerenciar recursos e sobreviver contra a horda de zumbis.

Gameplay 

State of Decay 2 é um jogo de sobrevivência zumbi , com ênfase na busca de itens, nos quais a experiência de jogo é vista na terceira pessoa. O jogo se passa em um ambiente de mundo aberto e apresenta jogabilidade cooperativa com até três outros jogadores.

Objetivo do jogo

Diferente de muitos outros jogos do mesmo gênero, o State of Decay 2 tem um início, meio e fim para cada uma de suas comunidades. Após a conclusão do jogo, a comunidade em questão fica inacessível, todos seus recursos e itens serão excluídos e será necessário começar outra comunidade, que poderá ter os mesmos habitantes da anterior (caso você desejar).

Nós vamos falar sobre todos eles neste tutorial, mas como forma de apresentação geral, os objetivos são sempre esses: (1) Estabelecer sua primeira base; (2) Definir um líder; (3) Destruir todos os núcleos pestilentos de sua cidade; (4) Definir o seu legado.

A Morte é permanente

Como é de se supor, se você perder um personagem, não terá mais acesso a ele durante a campanha. Então, para se evitar perder desnecessariamente um personagem, deixo algumas dicas:

Diferente do primeiro jogo, aqui você não gasta influência para ter um seguidor, então ande acompanhado. O personagem controlado pelo jogo não é dos mais inteligentes e não usará nenhum consumível por conta própria, então fique atento a sinais de lesões ou doença.

Sempre leve em sua mochila itens para cura (bandagens ou analgésicos), acredite, por mais habilidoso que você seja, eventualmente precisará usá-los.

Assim que possível, ande com uma arma equipada e leve um cartucho reserva na mochila. Use as armas de longo alcance apenas quando necessário, do contrário opte por armas de corpo-a-corpo.

Você tem vigor limitado. Não adianta ir correndo como um louco para cima dos inimigos, porque você vai se cansar antes de perceber. Pondere sobre os golpes e alterne-os com tiros para permitir que o vigor se recupere, outra dica é levar lanches para recuperar imediatamente o vigor durante lutas mais longas.

Reconhecer um terreno antes de explorar

Esta técnica já foi apresentada no primeiro jogo da franquia, mas neste segundo jogo ela tem uma importância bem mais relevante. No seu mapa, desde o começo do jogo vão aparecer ícones de binóculos indicando diversos ponto de reconhecimento, podendo ser torres de celular, outdoors de publicidade, entre outros.

Jogadores iniciantes e experientes vão se beneficiar de reconhecer primeiro o terreno para direcionar melhor seus esforços na medida que os explorar, afinal, na maioria das vezes a nossa exploração não será mero fruto do acaso e estaremos buscando um recurso específico.

Recursos

A sua base é constituída por alguns recursos básicos, a saber: alimentos, remédios, munição, materiais para construção e combustíveis.

Todos os recursos são importantes para a sua base, alguns são mais em algum momento do jogo, outros menos. Eu considero os alimentos como o recurso mais importante, porque você precisa desde o começo do jogo e irá precisar até o jogo concluir, considerando o padrão de 1 unidade consumida por pessoa em um dia. Outro recurso vital são os materiais para construção, não apenas para expansão da sua base no começo do jogo, mas também para mantê-la durante todo o decorrer da campanha.

A sua base também conta com mão de obra disponível (para obras, reparos ou construções), além de camas para que todos tenham onde dormir. A disponibilidade destes recursos aparecem pouco abaixo dos recursos disponíveis na base.

O Sistema de loot é bem lógico

Pode não parecer, mas o sistema de loot do jogo é extremamente bem feito. Desde exemplos simples até coisas mais complexas, como por exemplo: Precisando de remédios? Visite uma farmácia ou o banheiro de uma residência. Necessitando de materiais de construção? Visite uma casa que estava em construção ou uma garagem. Precisando de adubos para melhorar a produção de seu jardim? Visite um celeiro ou uma loja de materiais para plantação. Depois de ter identificado no mapa os pontos de interesse da região, o próprio jogo mostra para você qual o possível recurso que você encontrará em certa construção.

Como é possível ver acima, o sistema é extremamente intuitivo e lógico, então tome proveito disso após identificar os pontos de interesse em uma região.

Habilidades

Neste jogo, todo o personagem tem quatro habilidades básicas: Cardio, Inteligência, Luta e Tiro. Assim como no TES V: Skyrim, aqui você melhora as habilidades usando-as (este efeito é potencializado quanto mais alta a moral de sua base). Todas as habilidades tem sete pontos, e assim que você chegar no sétimo ponto, você pode escolher uma especialização no menu de habilidades (por padrão a tecla U do teclado). Esta especialização então poderá ser nivelada novamente por mais sete pontos, melhorando ainda mais o seu efeito. Cada habilidade básica tem quatro especializações possíveis. As habilidades de especialização aparecem conforme a utilização, ou seja, se você usa muito armas brancas com lâminas, é extremamente provável que uma das opções de melhoria de luta deste personagem será esgrima, que é justamente a especialização de luta em armas brancas com lâminas.

Além das quatro habilidades básicas, todos os personagens podem ter uma quinta habilidade, chamada de habilidade da comunidade. Elas podem já vir com o personagem ou serem aprendidas através de livros disponíveis no jogo. São 8 habilidades de comunidade disponíveis: Computadores, Construção, Cozinhar, Jardinagem, Mecânica, Química, Medicina e Serviços Públicos. Todas as habilidades tem sete pontos, e assim que você chegar no sétimo ponto, você pode escolher uma especialização no menu de habilidades (por padrão a tecla U do teclado). Esta especialização então poderá ser melhorada novamente por mais sete pontos, habilitando opções únicas de construção e melhorias. Cada habilidade básica tem duas especializações possíveis, sendo que as especializações sempre vão aparecer ao alcançar o último ponto. As habilidades de comunidade também são niveladas por uso, ou seja, você precisará usar para nivelar, só que a utilização neste caso será por utilização em sua base (por padrão a tecla B no teclado), e não em tempo real no jogo.

Observações Importantes:

Alguns traços podem limitar o número de pontos disponíveis e não permitir a especialização. Para tal, verifique os traços dos personagens que aparecem logo acima das habilidades.

Algumas habilidades de comunidade possuem apenas um ponto, como música, costura, entre outras. Não é possível nivelar essas habilidades.

Note que com o lançamento da DLC Daybreak, é possível recrutar soldados de elite da Garra Vermelha. Todos eles contém uma habilidade de comunidade com apenas um ponto, só que elas representam habilidades totalmente niveladas já com especialização, não sendo possível alterá-las.

O Líder da Comunidade

Quando alguém é recrutado na sua base, ele é considerado um desconhecido, após ganhar um pouco de influência fazendo ações que ajudam a comunidade, ele será promovido a cidadão (note que os três primeiros membros do enclave já são considerados cidadãos), e ganhando uma quantidade considerável de influência ele será promovido a herói, liberando uma habilidade única e a possibilidade de ser promovido a líder. Existe uma barra de progresso que aparece na tela de habilidades do personagem (por padrão, é a tecla U do teclado).

Existem quatro tipos de heróis possíveis: xerife, líder militar, comerciante e construtor. Cada um deles tem vantagens exclusivas, tanto para o jogo que você está jogando (através de construções únicas), quanto para uma próxima comunidade, após o jogo ser concluído (chamado vantagens de legado). Lembrando que você pode ter até duas vantagens de legado em uma nova comunidade, após ter concluído com sucesso o jogo com estes líderes.

Xerife

Construções: Hospital de campanha (lote grande) – torna a enfermaria obsoleta e ganha a habilidade de curar infecções ou machucados de toda a comunidade de uma só vez; Salão (nível 3 – lote grande) – Melhora a velocidade com que os seus sobreviventes melhoram suas habilidades; Campo de Tiro (nível 2 – lote pequeno) – Libera a habilidade de melhorar a habilidade de tiro de todas as pessoas da comunidade.

Legado: Recebe uma pilhagem diária de velhos amigos, uma vez por dia.

Meus comentários: Durante o gameplay, o xerife é o líder que eu particularmente mais gosto, especialmente por causa do salão (nível 3), que permite o treinamento que melhora todas as habilidades de todo mundo, necessitando apenas de energia e mão de obra para realizá-lo. Falando do legado, eu particularmente não gosto muito, mas não é o que considero pior.

Líder Militar

Construções: Arsenal (lote grande) – permite a fabricação de qualquer tipo de munição, além de anexos de alta qualidade para as armas; Quartel Espartano (lote grande) – permite colocar oito camas no quartel, todavia com uma penalidade de moral; Academia de luta (nível 2 – lote pequeno) – Libera a habilidade de melhorar a habilidade de luta de todas as pessoas da comunidade.

Legado: Recebe uma pilhagem gigante de armas, munição e granadas quando você começar a sua primeira base.

Meus comentários: Durante o gameplay, eu considero o arsenal a construção mais apelona de todo o jogo, basicamente se você souber onde olhar, tem munição para as armas sem nenhum tipo de dor de cabeça, todavia as demais construções não me agradam. Falando do legado, considero o pior de todos, pois sabendo onde olhar, não demora muito para encontrar armas e munições.

Comerciante

Construções: Armazém (lote grande) – Gera influência todos os dias e permite chamar mercadores específicos que você pode comprar e vender itens com a sua influência. Fazenda (nível 3 – lote grande) – Aumenta a produção de alimentos ou remédios em 4 unidades por dia, comparando com o nível anterior. Alambique (nível 2 – lote pequeno) – Permite a fabricar bebidas de luxo, que podem ser vendidas por influência para outros mercadores.

Legado: Receba a visita de um comerciante amigo e 4.000 pontos de influência quando começar a sua primeira base.

Meus comentários: Durante o gameplay, é uma pena que a função do armazém é extremamente reduzida, já a fazenda é uma boa opção, apesar de eu substituí-la com frequência por duas hidroponias em meus jogos. Falando do legado, eu normalmente opto por esta opção, pois permite um crescimento mais rápido da comunidade (tomando postos avançados, indo para bases maiores mais rápido, entre outros).

Construtor

Construções: Torre do sniper (lote grande) – Funciona como uma torre de vigia e libera a habilidade de cobertura do sniper no rádio. Quartel de luxo (lote grande) – permite colocar cinco camas no quartel, só que um bônus significativo de moral. Gerador (nível 3 – lote pequeno) – Gera energia para a base usando 1 de combustível por dia, sem fazer barulho.

Legado: Água e energia para toda a base, sem custos e sem fazer barulho.

Meus comentários: Durante o gameplay, eu particularmente gosto do bônus de moral do quartel de luxo, e acho a torre um tanto quanto desnecessária, lembrando que lotes grandes são restritos e podem ser melhor aproveitados para outras funções. Falando do legado, é simplesmente o melhor de todos e ponto final, é um “must” em qualquer comunidade nova que eu faça.

Observação Importante: As construções únicas exigem a presença do líder no momento da construção, e apenas nesse momento, isso quer dizer que você pode promover alguém a líder, fazer tudo o que quiser daquele líder, exilar esta pessoa, promover outra e repetir o processo. Eu mesmo não faço isso, mas não deixa de ser uma opção interessante (principalmente com o líder militar).

Traças

Em cima das habilidades do personagem (por padrão pressionando U no teclado), você verá a seção de traços. Todos os personagens do jogo vão possuir em algum momento quatro traços distintos, sendo um traço associado a habilidade de comunidade e os outros três associados a personalidade da pessoa propriamente dita. Cada um dos quatro traços podem ter três características diferentes: Positivas (texto adicional em cor verde), negativas (texto adicional em cor vermelha) e neutras (sem texto adicional).

Conforme vamos discutir adiante, a sua comunidade tem um número limitado de habitantes, então não é interessante manter pessoas que estejam levando você para o buraco. Mantenha as pessoas apenas enquanto elas forem úteis, após isso, exile-as e continue procurando pessoas com características que realmente sejam úteis para o seu estilo de jogo.

Observação Importante: Antes de recrutar um novo sobrevivente não será possível ver os seus traços, mas será possível ver suas habilidades para que você escolha alguém adequado para o que você quer fazer em sua base. Se um personagem possuir no total um número inferior a 100 pontos de vida ou vigor, tenha certeza que é um personagem com traço negativo e muito provavelmente você não irá o querer em sua base. Outra informação relevante é que alguns sobreviventes, como os soldados da Garra Vermelha, possuem um traço que reduz as recompensas de prestigio. Apesar de ser um traço negativo, ele não dos piores, a única coisa ruim é que ele vai demorar mais para virar um herói da comunidade.

Limite de população

Apesar de não estar explícito em lugar algum, a sua base tem um limite máximo de habitantes, mesmo que você tenha camas e recursos disponíveis. Este número varia entre 9 à 12 habitantes.

Explicando: Quando você chegar a 8 ou 9 habitantes (dependendo de um código gerado pelo jogo, mas considere 8 como via de regra), ainda será possível recrutar membros para a sua comunidade através das missões locais, como por exemplo a missão “Sobrevivente em apuros”. Os recrutamentos normalmente limitam-se a 1 novo sobrevivente, mas raramente podem ser de 2 ou mesmo 3. No momento em que você possuir o número do gatilho inicial (8 ou 9) acrescido de pelo menos um, automaticamente nenhum outro sobrevivente se vai se voluntariar para entrar na sua base, mesmo os recrutas da Garra Vermelha na DLC Daybreak.

Por esta razão eu comentei que você não precisa ficar com pena de expulsar membros com traços ruins de sua base, pois no momento em que você ficar no número do gatilho ou inferior, será possível fazer o recrutamento novamente. Note que não é em toda missão que é possível recrutar, mesmo com o número abaixo do gatilho, por vezes você tem que fazer várias missões desse tipo para que o jogo permite o recrutamento novamente.

Destruindo núcleos pestilentos

Uma das principais missões do jogo é destruir os núcleos pestilentos de sua cidade, que normalmente são 12 gerados aleatoriamente no início do jogo (com exclusão do primeiro, que tem ponto fixo).

Para localizar os núcleos você pode localizá-los através dos pontos de observação, além de identificá-los visualmente por nuvem vermelha que paira sobre a construção, sendo sempre cercados por uma ou duas hordas de zumbis infectados.

Algumas dicas para os destruir:

Limpe a área em volta do núcleo, além da construção em que o núcleo está, destruindo as hordas e os inimigos especiais.

Evite armas corpo-a-corpo no núcleo pestilento, elas dão pouquíssimo dano e você ainda sofrerá um dano em área que irá o lesionar quando o núcleo estiver morrendo;

Explosivos e armas pirotécnicas são armas excepcionais contra eles. Apenas um explosivo C4 militar é suficiente para derrotar o núcleo (você pode fabricar bons explosivos com um químico com especialização em munições, tendo disponível uma oficina de nível 3 ou construção semelhante);

Leve com você um rifle ou escopeta automática, com dois pentes extras de munição e se possível coloque um freio ou redutor no bocal da arma. Evite armas lentas. Agora se não tiver jeito e você estiver apenas com aquela arma fraca e lenta, certifique-se que ela tem pelo menos dois pentes extras de munição, que ela está em perfeito estado de conservação, com um personagem com boa habilidade de tiro (preferencialmente com especialização em manuseio de armas), se possível coloque um freio ou redutor no bocal da arma, além de levar pelo menos 2 fogos de artifício ou outro mecanismo de distração.

Use e abuse de suas DLCS

Muitos jogos não oferecem vantagens significativas através de suas DLCs, não sei se por sorte ou azar, este não é o caso do State of Decay 2. As DLCs aqui realmente facilitam muito a sua vida, principalmente no começo do jogo.

A minha dica aqui é simples: Assim que você começar o jogo, peça todas as armas de DLC que você puder, assim como os pacotes de suprimentos e guarde-os em sua base. Não tenha medo de usá-los, pois você pode fazer isso em cada uma das comunidades que fizer. Em relação aos carros eu sou um pouquinho mais conservador, porque as bases iniciais tem apenas duas vagas, neste caso eu recomendo a pegar apenas um carro, particularmente eu gosto da caminhonete (Incinerador – DLC do dia da independência), pois tem 6 assentos, 6 lugares no porta-malas e é um carro bem rápido.

Informação Importante: Se você pedir um conteúdo de DLC e o perder, como um carro, por exemplo, terá que pagar 1.000 pontos de influência para pedir novamente, depois de um certo período de tempo. Isso aplica apenas para o mesmo gameplay, pois se você fizer outro, poderá pedir novamente sem custos.

Escolha os personagens certos

State of Decay conta com quatro duplas de personagens, que podem ser escolhidos ao início de cada campanha. Além do visual e carisma diferente, os sobreviventes também contam com habilidades específicas. Quando for iniciar sua primeira campanha, não deixe de observar qual das duplas tem habilidades que se encaixam com o seu estilo de jogo. Esses atributos poderão ser melhorados e tornarão sua vida mais fácil.

Seja silencioso

Correr atirando e derrubando itens sem se preocupar com os inimigos não é uma opção em State of Decay 2. No game, é importante fazer o mínimo barulho possível, para evitar encontros e duelos desnecessários contra zumbis. Tenha cuidado ao disparar ou até mesmo ao fazer buscas rápidas em caixas de itens, ou você pode terminar cercado.

Cuidado ao tomar decisões

Durante a história, é necessário tomar algumas decisões difíceis, que mudam completamente o rumo dos personagens. Preste atenção aos diálogos com seu parceiro e outros sobreviventes e tente absorver informações antes de fazer sua decisão, já que você não poderá voltar atrás depois disso.

Finalize zumbis no chão

Zumbis podem se arrastar no chão até você depois de serem derrubados, ou mesmo serem encontrados nesse estado durante a sua exploração. Nesse caso, aproveite e finalize-os rapidamente segurando RT e pressionando o botão de golpe. Essa é a forma mais eficiente de acabar com a ameaça sem chamar muita atenção.

Economize suas balas

Munição é um recurso escasso em State of Decay 2, e deve ser usada com extrema parcimônia. Guarde os seus disparos para momentos críticos, onde você deve enfrentar inimigos muito fortes, ou a longa distância. Atirando menos, você também atrairá menos atenção indesejada dos zumbis.

Gerencie bem o seu espaço para itens

As bolsas dos personagens de State of Decay 2 têm espaço bastante limitado para guardar itens, que deve ser usado com inteligência. Carregue somente o que você precisará nas suas aventuras, como armas e remédios, e deixe itens mais pesados guardados nos baús da sua base. Assim você sempre terá espaço para coletar itens sem ter que descartar nada.

Use carros

Principalmente no início do jogo, o seu espaço para guardar suprimentos, armas e o que mais encontrar enquanto explora é bastante limitado pelo tamanho da sua mochila. Outro problema é que você só pode carregar um saco de suprimentos por vez, o que além de ser pouco produtivo, gera um sobrepeso no seu personagem. Para resolver esse problema, use carros para transportar tudo no porta-malas. O espaço disponível neles é bem maior e caso você os estacione nas vagas da base, poderá transportar tudo para o seu armário automaticamente.

Gaste bem a sua influência

Não existe dinheiro como conhecemos em “SoD 2”. O que pode ser usado para comprar novos postos avançados e mercadorias de outros grupos é a sua influência, que é adquirida ao completar certas ações no jogo. No princípio do jogo você terá mais dificuldade de acumular influência, portanto gaste sabiamente. Ao invés de trocar por itens que você pode adquirir facilmente mais tarde, guarde para dominar os 2 postos avançados que você pode fazer logo de cara, garantindo assim algum tipo de recurso constante para a sua base.

Escolha bem o que construir

A sua base tem espaços limitados a princípio, enquanto que você terá várias opções de construções, que podem trazer água, energia, comida, medicamentos ou mesmo camas para os seus protegidos. Para maximizar o volume de coisas que você pode ter, tente primeiramente abrir postos avançados que garantam água e energia, economizando assim espaços para construir outras coisas para a sua base.

Ajude sobreviventes

Existem grupos de sobreviventes dentro do jogo que podem te ajudar. Alguns deles irão se mudar para a sua base, enquanto outros, que já t~em a deles, vão garantir trocas de itens por influência. Diversas vezes você receberá pedidos de ajuda desses grupos, requisitando algum tipo de suprimento. Tente sempre ajudá-los, utilizando os suprimentos que você tem na base (é possível empacotá-los de novo e carregá-los) para ajudar essas pessoas. No futuro eles te ajudarão de volta e será bom para você e sua base.

Satisfaça seus companheiros

Os membros da sua base têm vontades específicas e podem estar descontentes com a falta de alguma coisa. Fique sempre atento ao que eles desejam, através do menu da base e tente satisfaze-los. Isso trará bônus relevantes em diversas áreas necessárias para a aventura.

Leve companheiros para explorar

É sempre bom sair pra explorar o mundo pós-apocalíptico na companhia de algum membro da sua base. Além de obviamente ajudar no combate, caso seu companheiro pertença a algum grupo, eles poderão fazer trocas com você durante a exploração, garantindo que você venda seus itens desnecessários. Caso a quantidade de influência desse companheiro venha a acabar, basta chamar um novo de outro grupo. Só fique atento para o cansaço deles, caso eles se esgotem em campo, vão voltar para a base sem te avisar.

É possível pausar o jogo!

O jogo só não te deixa pausar por conta da opção de multiplayer ligada. Caso você estiver jogando em coop, realmente não existe como pausar. Mas se você estiver no modo para um jogador, basta desligar o multiplayer nas configurações do jogo e o pause voltará a congelar o tempo.

Estoque temporário no porta-malas

Aumentar o armazenamento da base não é um trabalho simples, além de custar muitos materiais para nivelar um armazém, também precisamos fabricar outros itens de armazenamento como frigobares, estantes, entre outros, em uma oficina nível 3 (ou equivalente), e isso normalmente demanda tempo. Colocar os itens no inventário para estragar ou ficar abrindo as bags pela interface do inventário também não ajudam muito em nosso objetivo, o que fazer então? Armazene as sacolas em lugares que você sabe que jamais vão estragar. Não estou falando de um armazém refrigerado ou coisas do tipo, estou falando de um lugar resistente a explosão onde o item jamais vão estragar, e este lugar é o porta-malas do seu carro… é sério, eu não estou brincando. Você pode explodir o carro que as bags ficam intactas. Então você já sabe, quando a sua base estiver com recursos excedentes, ache um furgão ou outro carro grande, coloque ele na sua base e use como armazenamento. Com 8 espaços no porta-malas e uma média de 5 unidades de itens por sacola, você tem o equivalente a 40 unidades de recursos guardados sem nenhum custo!

Referências:

Bruno Kit Sune, Uol, wikipedia, techtudo.