My Hero Academia: Ultra Rumble recebe novo trailer

A BANDAI NAMCO Entertainment divulgou no último domingo (16), as primeiras imagens de gameplay de My Hero Academia: Ultra Rumble por meio de um novo trailer. O jogo foi anunciado na mais recente edição da revista Weekly Shōnen Jump. O título é um Battle Royale free-to-play inspirado no anime de sucesso. O trailer mostra lutas entre vários personagens da saga no vídeo. Confira:

📹 Vídeo de introdução do jogo | Divulgação

Os heróis e vilões confirmados em My Hero Academia Ultra Rumble até o momento são 12; Izuku Midoriya, Katsuki Bakugo, Ochaco Uraraka, Shoto Todoroki, Tsuyu Asui, Cementoss, All Might, Mt. Lady, Tomura Shigaraki, Dabi, Himiko Toga e Mr. Compress.

Sobre

Ultra Rumble

📷 Os 12 personagens confirmados até agora | Divulgação

My Hero Academia: Ultra Rumble é um Battle Royale para 24 jogadores, baseado em equipes, onde os jogadores lutam para sobreviver até o amargo fim em uma partida de oito equipes com três jogadores por equipe. Cada personagem do game conta com diferentes habilidades que podem ser usadas em conjunto com os demais colegas de equipe para garantir a vitória. Além disso, outra distinção entre as equipes serão seus alinhamentos, com os heróis precisando resgatar cidadãos enquanto os vilões vão atacá-los

Utilize o “Quirk” de cada personagem

My Hero Academia: Ultra Rumble recebe novo trailer

📷 My Hero Academia: Ultra Rumble recebe novo trailer | Divulgação

Os pontos fortes de cada personagem – como ofensa, suporte e interrupção – são completamente diferentes dependendo de seu “Quirk”. Utilize seus pontos fortes e compense suas fraquezas para sobreviver à luta feroz. Os jogadores poderão coletar as cartas de habilidades espalhadas pelo mapa para fortalecer muito, suas habilidades únicas. Quais habilidades você melhora depende de você. As cartas de habilidades suportadas por cada personagem variam. Coletar as Skill Cards uns dos outros e fortalecer a equipe como um todo é a chave para a vitória.

E mais

Ultra Rumble

📷 My Hero Academia: Ultra Rumble recebe novo trailer | Divulgação

Ainda não se tem muitas informações sobre o game, mas o conteúdo divulgado nos entrega uma noção de como serão as batalhas e também das habilidades dos lutadores. Com o slogan “divirta-se e coopere”, a jogabilidade exibida tem os comandos de PlayStation aparecendo no canto direito da tela. Entre os dias 2 e 6 de fevereiro, o jogo passará por um beta fechado no PlayStation 4, porém, esse beta só acontecerá no Japão. As inscrições poderão ser feitas até o dia 28 de janeiro

Conheça

Ultra Rumble

📷 My Hero Academia: Ultra Rumble recebe novo trailer | Divulgação

My Hero Academia (Boku no Hero Academia) tem Izuku Midoriya como protagonista. Izuku é um garoto comum que nasceu sem habilidades especiais num mundo que é natural possuir algum tipo de poder. Ele tem como objetivo se tornar um grande herói e com o compromisso de suceder seu maior ídolo, o herói profissional All Might, Midoriya, por isso se ingressa no famoso Colégio U.A. e junto de outros alunos, ele inicia seu treinamento de herói enquanto enfrenta uma organização maligna formada pelos criminosos mais perigosos, a Liga dos Vilões. O mangá de autoria de Kohei Horikoshi é publicado no Japão desde julho de 2014, com 32 volumes disponíveis até o momento. Já no Brasil, o título é publicado pela Editora JBC.

Ultra Rumble

📷 My Hero Academia: Ultra Rumble recebe novo trailer | Divulgação

My Hero Academia: Ultra Rumble será lançado para PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch e PC, mas ainda não possui uma data de lançamento.

O que você achou do game? Deixe aí nos comentários.

Referências:

My Hero Academia: Ultra Rumble, MeuPlayStation, Voxel, Nintendo Blast, JBox.

Tales of Luminaria 

Tales of Luminaria é um jogo para celular desenvolvido pela Colopl. O jogo é publicado pela Bandai Namco Entertainment, para em iOS e Android

Mecânica de Gacha

Semelhante ao popular título para celular / console, Genshin Impact , Tales of Luminaria utiliza a mecânica de gacha como meio de ganhar dinheiro. Os jogadores podem usar uma moeda premium chamada PB-Stones para comprar itens aleatórios do que é essencialmente uma máquina de prêmios, e esses itens têm um efeito direto nos níveis de poder do personagem.

Também há um incentivo para comprar vários pulls de uma vez, pois as chances de obter itens mais raros aumentam. Embora os PB-Stones possam ser comprados em pacotes com dinheiro real, eles também podem ser ganhos no jogo completando missões específicas durante cada episódio.

Narrativa episódica com mudança de ponto de vista

A história de Tales of Luminaria é contada de uma maneira episódica e inconstante, com cada episódio enfocando um personagem principal diferente na narrativa geral do jogo. Ele coloca cada personagem no centro de seu próprio canto da história, dando aos jogadores a chance de se conectar com cada membro do grande elenco do jogo.

Vários episódios estão disponíveis agora, e o desenvolvedor confirmou que novos episódios serão adicionados a cada semana. Cada personagem está atualmente confirmado para ter oito episódios no total, o que traz a contagem de episódios finais para 168 episódios no total, uma vez que tudo seja lançado.

O combate está amarrado a um botão

Tales of Luminaria está estruturado para ser jogado no modo retrato, de forma que todo o jogo possa ser efetivamente jogado com uma mão. Para facilitar isso, toda a suíte de combate para cada personagem está ligada a um único botão na parte inferior central da tela.

Embora os personagens tenham armas e habilidades de combate diferentes, todos os movimentos, esquivas e ataques básicos são controlados por este único botão . Este é um grande afastamento do combate dos jogos anteriores da franquia, e a natureza multifuncional do botão causa entradas incorretas de vez em quando.

Múltiplos caminhos de progressão

Os personagens sobem de nível de maneira semelhante a outros RPGs, ganhando experiência para aumentar seu nível e aumentar seu nível de poder. No entanto, eles também obtêm aumentos de energia ao desbloquear novos equipamentos ou aumentar o nível de peças existentes.

Armaduras e armas só podem ser adquiridas usando os gacha pulls , que exigem uma moeda premium. Embora esse sistema não seja necessário para jogar o conteúdo da história do jogo, cada personagem também vem com um limite de nível que só pode ser aumentado com a obtenção de novos equipamentos.

A experiência só pode ser obtida em episódios

Cada personagem em Tales of Luminaria sobe de nível através do combate, com cada inimigo derrotado concedendo uma certa quantidade de experiência dependendo de quão difícil eles eram. As únicas batalhas que premiam experiência, entretanto, são aquelas dentro dos episódios.

Batalhas de desafio e chefes multijogador não ganham nenhuma experiência, e não há mundo aberto para os jogadores explorarem e treinarem seus personagens. A única maneira de treinar um personagem é repetir o (s) episódio (s) até que ele atinja o limite de nível.

Equipe os itens de cura primeiro

Tales of Luminaria é generoso, pois equipa automaticamente qualquer nova armadura ou arma para personagens aplicáveis, mas não faz o mesmo para itens de cura. E como o equipamento só pode ser alterado no menu principal, os jogadores precisarão equipar qualquer item de cura antes de iniciar um episódio.

Além do mais, os personagens têm pratos que gostam mais do que outros, e essas preferências influenciam a eficácia do prato. O jogo não verifica essas preferências ou se a comida pode ser usada para curar, então os jogadores verificam seus equipamentos antes de iniciar qualquer missão no jogo.

Armas e armaduras possuem habilidades atribuídas

Os jogadores de equipamentos recebem bônus de poder automaticamente para personagens associados, mas cada arma e conjunto de roupas também têm habilidades especiais chamadas Artes conectadas a eles. Essas artes variam de benefícios passivos a novos ataques poderosos.

Equipar cada peça de equipamento em slots diferentes muda a forma como essas habilidades são equipadas. A armadura sempre atribui a Arte Mística, um ataque poderoso que precisa ser carregado, enquanto as armas fornecem buffs passivos e Artes mais básicas que ainda podem dar um golpe.

Facções de personagem afetam o nível de poder

Aumentar o nível de poder de diferentes personagens também aumenta a força de outros personagens da mesma facção. Semelhante a jogos como The Elder Scrolls V: Skyrim, Tales of Luminaria apresenta facções em guerra presas em um conflito que vem ocorrendo em todo o continente há muitos anos.

Aumentar o nível dos personagens em cada facção fornece um pequeno impulso para todos os outros personagens da facção . É uma maneira adicional de os jogadores maximizarem o poder potencial de seu personagem favorito, mesmo que isso signifique gastar um pouco mais de tempo construindo personagens nos quais o jogador não está interessado em investir.

Multijogador é muito limitado

Muitos jogos para celular apresentam funcionalidade multijogador robusta, tanto de forma cooperativa quanto competitiva. Até mesmo jogos de exploração e narrativas intensas como Genshin Impact fornecem um meio para os jogadores trabalharem juntos para completar missões e explorar o mundo.

Tales of Luminaria , infelizmente, não tem um sistema tão robusto, relegando sua oferta multiplayer atual para uma batalha de chefe por tempo limitado que pode ser travada com até três outros jogadores. É possível que mais ofertas multijogador possam aparecer no futuro, mas por enquanto, isso é tudo que o jogo tem.

Moedas são usadas para alimentação

Tales of Luminaria tem duas moedas distintas, PB-Stones e Gald, e embora esteja claro para que PB-Stones são usados, não é tão claro onde os jogadores podem gastar seu Gald. Atualmente, Gald só pode ser gasto em uma coisa: comida.

Na aba ” Pratos ” do menu principal, os jogadores podem encontrar novas receitas disponíveis para compra, bem como ingredientes necessários para preparar qualquer uma das refeições do jogo. Alguns ingredientes podem ser encontrados durante a exploração de cada episódio, mas os jogadores precisarão gastar seu Gald com esses ingredientes se quiserem fazer comida em grandes quantidades.

Personagens

Como mencionamos há pouco, Tales of Luminaria gira em torno de um jogo baseado em uma história com vários personagens, cada um com oito episódios em seus arcos pessoais. A história é contada a partir da perspectiva de diferentes personagens, e os jogadores podem juntar os eventos gerais à medida que completam diferentes capítulos, bem como com a ajuda do recurso de cronologia do jogo.

Isso é apenas para dizer que, embora possa parecer um pouco confuso no início, a forma de jogar Tales of Luminaria é simplesmente selecionando os episódios do menu principal. Esta é sempre a primeira opção no menu, e abaixo dela você encontrará outros modos de jogo como os chefes multijogador, as missões diárias, as invocações e muito mais. E para facilitar a navegação, você sempre pode clicar no botão “Episódio” acima para visualizar apenas as missões da história principal. 

O botão de ação unificador e o sistema de combate

Agora, no que diz respeito à jogabilidade em si, Tales of Luminaria tem um sistema de combate interessante que gira em torno de batalhas em tempo real, onde os jogadores devem escapar, atacar e derrotar uma grande variedade de inimigos ferozes e poderosos. E enquanto isso é praticamente padrão no gênero, este jogo tem um botão de ação unificador que controla quase todos os aspectos do combate.

Para usuários móveis, Tales of Luminaria foi projetado para que todos possam jogar com uma mão e no modo retrato. Eles conseguiram isso usando um botão de ação unificador localizado na parte inferior central da tela. Este botão tem muitas funções diferentes, incluindo as seguintes:

  • Movimento do personagem: Clique e arraste na direção desejada para fazer seu personagem se mover.
  • Ataque: Toque no botão para fazer seu personagem atacar o alvo mais próximo.
  • Ataques carregados: segure o botão para fazer seu personagem atacar e lançar um ataque poderoso contra o inimigo mais próximo.
  • Esquiva: Deslize na direção desejada para fazer seu personagem executar uma jogada de esquiva para escapar dos ataques inimigos.

Este botão de ação é uma das melhores e piores partes de Tales of Luminaria. Por um lado, simplifica consideravelmente o combate. No entanto, o fato de você poder fazer tanto com apenas um botão leva a entradas erradas com bastante frequência, que é um dos aspectos mais fracos do jogo. Felizmente, você pode jogar Tales of Luminaria no PC com BlueStacks  e obter os melhores controles de teclado e mouse que o ajudarão a vencer todas as suas batalhas.

Exploração do mapa

Como dissemos acima, não há mundo superior em Tales of Luminaria. Em vez disso, toda a jogabilidade ocorre através dos estágios dos vários episódios, os quais podem ser bastante lineares e pequenos. No entanto, sempre vale a pena explorar cada canto e recanto dos estágios, já que você sempre encontrará itens de bônus e guloseimas espalhados, incluindo algumas PB-Stones, que é a moeda premium do jogo.

Sempre que estiver correndo, reserve alguns minutos para verificar cada caminho lateral e outras partes do mapa para descobrir todos os recursos ocultos nele.

Nível de personagem e limite de nível

Uma última coisa que você precisa saber como um iniciante em Tales of Luminaria é como funciona o nivelamento. 

Como na maioria dos RPGs existentes, você sobe de nível obtendo experiência suficiente, que pode ser obtida derrotando inimigos e completando missões. No entanto, você obtém experiência SOMENTE com as missões da história , então você deve repeti-las para moer e aumentar o nível de seus personagens.

No início, seus personagens são limitados ao nível 10, embora você possa aumentar esse limite de nível, como mencionamos acima, coletando certas peças de equipamento. O poder e o nível do seu personagem aumentam automaticamente conforme você obtém mais equipamentos, então você nunca precisa sair do seu caminho para equipá-los.

Relançar: é necessário?

Como mencionado, você não pode invocar personagens em Tales of Luminaria. O elemento gacha do jogo inclui todos os tipos de equipamentos e acessórios, como armas e fantasias. Por outro lado, relançar não é para todos. Na verdade, alguns jogadores detestam o ato e o rotulam como injusto, pois acreditam que é melhor ficar com qualquer equipamento ou personagem que você obtenha após a convocação e se divertir com o jogo. 

Mas, por outro lado, muitos jogadores também preferem jogar novamente e obter um novo equipamento preferencial. Portanto, se você decidir Rerolar, o que você deve buscar é uma fantasia de 5 estrelas. Essas fantasias tornam um personagem mais poderoso e ativam a habilidade Mystic Arte, aumentando seus danos em ataques e ataques especiais.

Se você decidir não rolar novamente e se limitar ao equipamento que lhe foi dado, digamos que você adquira um equipamento de 2 ou 3 estrelas, você deve ficar bem com o passar do tempo. Eventualmente, você terá muitas oportunidades de obter equipamentos de 4 ou 5 estrelas conforme joga. Muitas dessas oportunidades estarão sob seu controle, pois você pode decidir gastar suas moedas no jogo em convocações. 

Se você decidir Rerolar, observe que Leo e Celia são os dois personagens, você iniciará a primeira missão do jogo com, então sugerimos que você mire e tente conseguir uma roupa de raridade de 4 a 5 estrelas para eles. O mesmo deve ser feito para Alexandra e August, já que os dois são os primeiros personagens jogáveis ​​que você usará do Império Gilldlan, então você deve prepará-los para serem o mais poderosos possível e economizar EXP. 

Batalha

Tales of Luminaria oferece dois aspectos; Exploração e combate. Você pode explorar simplesmente pressionando e segurando em qualquer lugar da tela. O combate, por outro lado, é um pouco mais complicado do que a exploração. Como cada personagem tem seu conjunto de habilidades exclusivo, vamos nos concentrar no protagonista principal do jogo, Leo Fourcade, e usá-lo para dar dicas de batalha. 

Usando o ataque carregado:  para usar isso, tudo que você precisa fazer é manter pressionado o botão para executar um ataque de carga. Se você executá-lo em uma torneira, ele se tornará um ataque básico de alto dano. 

Contador:  para realizar um ataque, tudo que você precisa fazer é clicar em um botão de comando reacionário para iniciar um contador. 

Esquiva:  Para evitar ataques recebidos, simplesmente deslizar para qualquer direção permitirá que seu personagem evite qualquer ataque inimigo telegrafado rapidamente. 

Referências:

LDPlayer, Game Rant, Bluestaks, Wikipedia.

Elden Ring

Elden Ring é um jogo eletrônico de RPG de ação desenvolvido pela FromSoftware e publicado pela Bandai Namco Entertainment. O jogo é um projeto colaborativo entre o diretor do jogo Hidetaka Miyazaki e o romancista de fantasia George R. R. Martin, lançado para Microsoft Windows, PlayStation 4, PlayStation 5, e Xbox One e Xbox Series X/S em 25 de fevereiro de 2022.

Escolha e escolha suas batalhas

Os jogos Soulsborne até agora geralmente o levavam ao confronto direto com os inimigos, mas esse não é tanto o caso aqui. Embora nem sempre seja o caso, há muitos monstros e capangas inimigos no Elden Ring pelos quais você pode passar sem ter que lutar contra eles, como o acampamento dos bandidos na base do Stormgate. No entanto, isso não quer dizer que você não deva lutar contra eles – geralmente há alguma motivação para confrontar os inimigos, geralmente um baú ou item que os jogadores podem usar, ou apenas as runas obtidas ao matá-los.

Por esta razão, considere os prós e os contras de cada confronto, não apenas o desafio, mas os riscos – se você tem muitas runas armazenadas, você pode querer passar furtivamente pelos inimigos ou até mesmo voltar para um Local de Graça para gastá-los. O primeiro inimigo do jogo destaca isso, um chefe errante chamado Tree Sentinel que é muito difícil de derrotar, mas muito fácil de evitar.

Furtividade e patrulha são abordagens úteis

Elden Ring faz muito mais para lhe dar opções para pesquisar seus campos de batalha. A verticalidade e a liberdade de exploração são grandes negócios fora das masmorras, e isso significa que você pode circular uma área, verificar os inimigos envolvidos, contorná-los ou usar o ambiente a seu favor.

Claro, o outro elemento é o sigilo. Novamente, embora essa ideia existisse em jogos FromSoftware anteriores, ela era geralmente bastante vestigial (com exceção de Sekiro). Agora é muito mais viável com o design do ambiente, então chegar atrás dos inimigos para um backstab de alto dano é uma boa maneira de eliminar os oponentes. Mesmo que haja uma luta total, você pode eliminar muitos deles antes disso.

Sempre siga as trilhas douradas para encontrar áreas úteis e viagens rápidas

O jogo menciona isso no início, mas vale a pena repetir: as trilhas douradas etéreas que às vezes aparecem no ar sempre valem a pena seguir. Eles levam a pontos de verificação dos Sites de Graça que costumam estar ocultos ou não são óbvios, então vá até eles – especialmente se você não encontrar um por um tempo. À medida que você encontrar mais Sites of Grace, você construirá uma rede robusta de pontos de viagem rápida para usar, portanto, sempre persiga-os quando eles surgirem.

Concentre-se em pequenos objetivos para começar

É fácil ficar um pouco sobrecarregado com todas as possibilidades, caminhos e potencial, então aqui está a abordagem mais inteligente: encontre uma tarefa pequena e gerenciável e coloque tudo nesse sentido por um tempo. Seja derrotando um certo inimigo, subindo de nível ou dominando uma arma específica, conquiste tarefas menores para ajudá-lo a progredir em direção às maiores.

Lembre-se de onde você esteve e viaje rápido com frequência

Por causa do mundo não linear de Elden Ring, é útil lembrar onde você esteve antes. Por exemplo, você provavelmente encontrará o comerciante Kalé bem no início do jogo, mas antes que tenha runas suficientes para comprar qualquer coisa dele. Mas considerando que há um Site da Graça ao lado dele, você pode voltar a qualquer momento para examinar suas roupas e comprar itens, alguns dos quais são essenciais. Os Sítios da Graça têm, na verdade, rótulos na tela do mapa que marcam pontos de interesse e NPCs importantes próximos a eles, para que você possa verificar o que está ao seu redor e pode valer a pena revisitar.

A convocação pode ser feita online ou offline

Os benefícios de convocar outros jogadores são óbvios, mas Elden Ring também permite que você convoque várias formas de NPC e monstro com Spirit Summons / Spirit Ashes, itens que usam FP em troca da criação de criaturas aliadas. Kalé venderá alguns deles para você experimentar e, embora nem sempre sejam extremamente poderosos, são extremamente úteis como distrações. Por exemplo, as Cinzas do Lobo Solitário criam três lobos que mordem os inimigos, mas também chamam sua atenção. Então, enquanto um chefe pode não levar muito dano deles, você pode deixar os lobos atacarem aquele chefe enquanto você os esfaqueia com relativa segurança – descobrimos que você pode fazer um chefe ferir até a metade da saúde ao fazer isso. 

No entanto, você terá que estar perto de um Monumento do Renascimento para invocá-los, como você faria com qualquer outra invocação. O pequeno ícone do tablet à esquerda indicará se você está “dentro do alcance”, por assim dizer.

Esquivar é geralmente melhor do que bloquear

É uma generalização, mas é uma generalização que geralmente é verdadeira: é melhor sair do caminho de um ataque do que pegá-lo no escudo. Os escudos nem sempre reduzem totalmente o dano de um ataque – o Guarda Físico e estatísticas semelhantes no escudo mostram a porcentagem que eles retiram do topo – e mesmo se o fizerem, a penalidade para a resistência por ter seu escudo levantado é um pouco mais difícil do que apenas rolando para fora do caminho.

Isso não quer dizer que você não deva usar escudos – eles podem ser muito eficazes, especialmente se você puder aprender a habilidade Parry corretamente – mas você deve usá-los para parar os ataques que você não conseguiu esquivar em primeiro lugar, não apenas para rebote a cada ataque, ponto final.

Use Ashes com cuidado – eles não são apenas melhorias

Uma das grandes características do Elden Ring são Ashes of War, itens mágicos poderosos que podem ser anexados a equipamentos para impactá-los e dar-lhes novas habilidades. Algumas classes começam com Ashes já configuradas em seus equipamentos, mas é importante notar que Ashes of War não são melhorias diretas. Eles mudam as habilidades em vez de aumentá-las e melhoram algumas estatísticas enquanto reduzem outras. Você pode aplicá-los no Sites of Grace, mas verifique com antecedência para ter certeza de que vale a pena fazer tudo e que a habilidade que você está perdendo não é importante para você. Por exemplo, a maioria dos escudos pode aparar ataques, mas colocar Ashes of War neles pode remover isso e substituí-lo por algum outro efeito. Ainda assim, pode valer a pena, especialmente se você puder aumentar a escala do item para as melhores habilidades do seu personagem.

A cura costuma ser uma coisa arriscada de se fazer

Há muitas maneiras de curar no Anel de Elden, especialmente se você for uma classe baseada na Fé, mas muitas delas são … bem, não muito boas. O Frasco de Lágrimas Carmesins é a melhor maneira de se recuperar, mas os usos são limitados e mesmo assim ele retarda e deixa você indefeso. Enquanto isso, os feitiços de cura que existem são frequentemente lentos ou até exigem que você se sente e se concentre por um tempo, como o feitiço Cura inicial do Profeta. 

Se você realmente precisa se curar, tente colocar um espaço entre você e a ameaça primeiro – se você for se recuperar no meio de uma luta, há uma boa chance de você apenas se espatifar por ter suas defesas baixas. Esta é outra razão pela qual invocações são úteis: se chamarem a atenção de um inimigo, você terá a chance de começar a se curar sem ser interrompido.

Lute contra os inimigos individualmente, não como um grupo

Elden Ring, como todos os jogos Soulsborne, tem um sistema de mira que é muito bom para lutar contra um inimigo por vez, mas torna as coisas complicadas quando vários atacantes estão envolvidos. Isso é apenas parte do desafio – gerenciar seu caminho através de muitos inimigos diferentes é muito mais difícil do que lidar com um inimigo de frente. Por esse motivo, sempre tente configurar situações em que você esteja lutando contra o menor número de inimigos possível e, em seguida, passe por eles um de cada vez. 

Se você for cercado por muitos deles, recue e tente pelo menos mantê-los todos na sua frente. E se as coisas ficarem realmente ruins, considere apenas subir em seu cavalo e fugir da área se possível – você sempre pode voltar mais tarde quando as coisas esfriarem, especialmente se você tiver muitas runas em risco.

Escolha a classe Enchanted Knight ou Bloody Wolf

Se você é um novato e não tem certeza do estilo de jogo que deseja, recomendamos escolher o Cavaleiro Encantado ou o Lobo Sangrento das classes de Elden Ring. O primeiro combina dano corpo a corpo rápido e à distância com magia forte, enquanto o último tem uma espada pesada, uma ótima arma inicial que é fácil de aprender. Ambas as classes são escolhas sólidas para o desenvolvimento de uma compreensão mais profunda dos sistemas do jogo.

Felizmente, as classes no Elden Ring, como os jogos anteriores do FromSoftware, apenas determinam suas estatísticas e equipamentos iniciais e não o prendem em um caminho específico. Quando estiver mais equipado e com mais conhecimento, você pode mudar o estilo de jogo – se quiser – colocando níveis em atributos diferentes.

Invista em magia

Magic é muito, muito mais útil no Elden Ring do que em alguns dos jogos anteriores da FromSoftware. As animações fluidas significam que é mais fácil encadear a magia, enquanto o fato de seus frascos se reabastecerem depois de matar multidões de inimigos significa que é fácil restaurar sua energia mágica entre as batalhas. Mesmo se você estiver optando principalmente por uma construção focada em combate corpo a corpo, é altamente recomendável experimentar um pouco de magia para ampliar seu arsenal. A magia de Elden Ring é dividida em dois tipos diferentes, com uma longa lista de feitiços para adquirir.

Jogue em co-op

O jogo cooperativo é mais fácil do que nunca em Elden Ring, com uma guia multijogador dedicada que divide exatamente quais itens você precisa e como usá-los. Ter um ou dois amigos com quem jogar significa que vocês podem cuidar um do outro e trabalhar juntos em encontros, o que é particularmente útil quando enfrentam grandes grupos de inimigos ou chefes desafiadores.

Você pode até definir uma senha para ter certeza de que está chamando apenas as pessoas com quem deseja jogar. O jogo cooperativo, ou “cooperação alegre”, é uma tradição consagrada pelo tempo em Demon’s Souls, Dark Souls e Bloodborne, enquanto Elden Ring parece estar se tornando um foco maior do que nunca.

Preste atenção na hora do dia

Elden Ring apresenta um ciclo diurno e noturno, mas ao contrário de muitos jogos de mundo aberto, isso não é apenas para exibição. O ciclo muda o comportamento e a aparência de vários inimigos. Por exemplo, uma caravana ou chefe errante pode estar localizado em um local específico em uma hora da manhã, mas estará em um local completamente diferente à noite. Estude os padrões dos inimigos e descubra suas rotinas para planejar melhor suas rotas ao passar por várias áreas.

Obtenha a melhor armadura no teste de rede

Você pode adquirir facilmente a armadura mais pesada nesta área do Elden Ring na primeira hora de jogo. Armaduras pesadas podem fazer você pensar que vai ficar gordo rolando por todo o lugar, mas a carga de equipamentos no Elden Ring é bem generosa e aumenta a força, então com apenas alguns níveis você poderá equipar esta armadura e ainda tem uma carga de equipamento média.

O conjunto do Crisol é a melhor armadura no Teste de Rede, com estatísticas defensivas mais altas do que qualquer equipamento inicial (embora não seja um grande salto sobre o Cavaleiro Encantado). Também é fácil de encontrar e não será difícil de conseguir depois de ter seu corcel espectral.

Para pegar o conjunto do Crisol, vá para a parte leste de Limgrave e procure por uma carruagem sendo puxada por dois gigantes, com uma procissão de cavaleiros e mortos-vivos atrás dela. Você provavelmente não vai perder. Mate a procissão de alevinos primeiro, que não são uma ameaça real se você se mantiver firme em sua montaria e realizar ataques diretos. O único desafio real é o cavaleiro montado, então afaste-o da multidão primeiro para não ficar atolado. Depois de matá-los, volte para os gigantes e pacientemente apunhale suas pernas, esquivando-se após cada ataque para não ser pisoteado. O baú na parte de trás da carruagem ficará acessível, recompensando você com a armadura do Crisol.

Aprenda a usar o Contador de Guarda desde cedo

The Guard Counter é uma nova habilidade no Elden Ring que trivializa as lutas com inimigos básicos assim que você aprende como usá-lo. É muito mais fácil e menos arriscado do que um desvio, e, embora não completamente tão poderoso, ele ainda permite que você wallop o inferno fora de inimigos.

O Contador de Guarda é realmente fácil de executar: apenas segure seu escudo para bloquear um ataque e, assim que ele cair, pressione R2 imediatamente para desferir um contra-ataque poderoso. Blam! A chave para usar o Guard Counter com segurança é esperar até que um inimigo termine uma sequência de ataque. O Contador de Guarda não interromperá o ataque, então se eles estiverem vindo em sua direção com um combo de três golpes, espere pelo terceiro golpe antes de contra-atacar. Caso contrário, você ainda pode obter seu golpe poderoso, mas receberá danos no processo. Apenas espere pela sua abertura e você estará bloqueando quase todos os danos recebidos e, em seguida, destruindo os inimigos com segurança.

Armas de duas mãos para usar suas artes de armas

Se você se apressar no tutorial, pode acidentalmente não perceber que a maneira como você usa uma arma com as duas mãos é diferente dos jogos anteriores do FromSoftware. Você costumava simplesmente pressionar Y / Triângulo para alternar para uma empunhadura com as duas mãos, mas agora você precisa segurar Y / Triângulo e pressionar L1 ou R1 para usar as duas mãos em um equipamento. Se estiver usando uma espada ou outra arma branca na mão direita e um escudo na esquerda, você precisará fazer isso para usar a habilidade especial de cada arma. E deveria, porque alguns deles são realmente poderosos. Pratique um pouco, porque mudar de uma para duas mãos pressionando um botão extra é um pouco complicado no calor da batalha.

Outra dica: se você usar um catalisador milagroso na mão esquerda, poderá usar a arte da arma da sua mão direita sem usar as duas mãos. Apenas tome cuidado ao viver que nenhuma vida de escudo.

Encontre a caverna na ponta norte do Lago Agheel

Algumas das masmorras espalhadas pelo mundo aberto de Elden Ring são meio chatas, com nada além de alguns corredores e uma luta de chefe que você pode limpar em poucos minutos. A mina Limgrave Tunnels é facilmente a melhor delas, com um layout mais complexo e um pouco de narrativa passiva conforme você se aprofunda. É o mais divertido de explorar, e sua recompensa por matar seu chefe é uma espada muito doce, especialmente para construções de feitiçaria. 

Referências:

Windowns Central, PC Gamer, Games Radar, Wikipedia.

Digimon Survive é adiado novamente

Digimon Survive é talvez um dos jogos mais aguardado pelos fãs da série. Não é por menos, todo material divulgado mostrou um grande potencial. Relembre o trailer:

📹 Trailer de anúncio | Divulgação

De acordo com o último relatório financeiro da TOEI Animation, Digimon Survive teve a sua janela de lançamento adiada para 2022. No documento é possível ver o título listado na data “terceiro trimestre do ano fiscal de 2022 ou além”, ou seja, teremos que esperar bastante.

Descrição oficial

Digimon Survive é adiado novamente

📷 Digimon Survive é adiado novamente | Divulgação

“Comemorando o 20º aniversário da franquia, Digimon Survive é um RPG tático com foco em narrativas e batalhas por turnos. Takuma Momozuka parte em um acampamento escolar e acaba sendo transportado para um mundo misterioso cheio de monstros e perigos. Junte-se a Takuma e Agumon enquanto cria sua história e luta para voltar para casa em Digimon Survive.”

O anúncio

Digimon

📷 Digimon Survive é adiado novamente | Divulgação

Digimon Survive foi anunciado em 2018, como maneira de celebrar os 20 anos do anime de Digimon. A princípio era esperado que o jogo fosse lançado em 2019, mas sofreu adiamento para 2020 e depois 2021. No último adiamento, o produtor Habu Kazumasa não mencionou a pandemia do COVID-19 como um dos fatores do atraso, mas deu a entender que esse seja o motivo, pois a palavras usadas foram que os “atuais eventos no mundo” os forçaram a empurrar o lançamento para o próximo ano.

“Agradecemos a todos pela sua contínua paciência enquanto trabalhamos para criar um RPG tático divertido e engajante juntamente com uma história memorável para os fãs de Digimon. Compartilharemos novidades animadoras sobre Digimon Survive no segundo trimestre de 2021, então fiquem ligados para mais informações”, declarou Habu em outubro de 2020.

Gameplay

Digimon

📷 Digimon Survive | Divulgação

As escolhas dos jogadores influenciam a direção da história, incluindo o processo de digivolução do Digimon. Múltiplos playthroughs podem resultar em caminhos diferentes e digivoluções diferentes. O jogo terá vários finais e, caso escolhas erradas sejam feitas, os personagens serão mortos. O jogo é dividido em vários tipos de jogabilidade, como “Drama Parts”, “Search Action”, “Free Action” e “Free Battle”. Durante “Drama Parts”, o jogo prossegue como uma aventura em texto para contar a história. Em “Ações de Busca”, o jogador busca uma forma de sobreviver. Em “Ação Livre”, o jogador escolhe para onde ir e com quem falar durante um período de tempo limitado. Durante a “Batalha Livre”, o jogador pode entrar em certas áreas para treinar seus Digimon e coletar itens.

Principais características

Digimon

📷 Digimon Survive | Divulgação

  • História envolvente – Experimente uma narrativa no estilo anime repleta de dramas emocionantes, cenas animadas e um elenco único de personagens projetados por Uichi Ukumo.
  • O poder é seu – Suas escolhas afetam dramaticamente a jogabilidade por meio de múltiplos finais. Desde a criação de aliados estratégicos até Digivolutions Digimon, cada decisão conta!
  • Trilha sonora original – Desfrute de uma trilha sonora incrível com mais de 15 músicas produzidas pelo compositor de renome mundial Tomoki Miyoshi.
  • Jogabilidade emocionante e estratégica – Derrote seus oponentes no clássico combate tático baseado em turnos.
Digimon

📷 Digimon Survive | Divulgação

Digimon Survive é um RPG de estratégia e sobrevivência desenvolvido pela Witchcraft e publicado pela Bandai Namco Entertainment. A aventura tem versões previstas para PC (via Steam), Nintendo Switch, PS4 e Xbox One, funcionando na próxima geração apenas através da retrocompatibilidade.

Você também está ansioso pelo jogo? Deixe aí nos comentários.

Referências:

BANDAI NAMCO, Voxel, The Enemy, Wikipedia.

Elden Ring: relatório sugere lançamento apenas em 2022

A Kadokawa Corporation, grupo que integra a FromSoftware, sugeriu que Elden Ring deve ser lançado no começo de 2022, entre abril e maio. A notícia foi feita através de uma conferência da empresa com investidores.

Uma ponta de esperança

Elden Ring RPG 1Hit Games

📷 Elden Ring: relatório sugere lançamento apenas em 2022 | Divulgação

Nos últimos meses, insiders e analistas de imprensa divulgaram vários rumores sobre apresentações de Elden Ring que seriam disponibilizadas em breve. Contudo, o novo relatório compartilhado pela Kadokawa Corporation jogou um balde de água fria nos fãs, já que indica que essa primeira visão sobre o game pode demorar um pouco mais para ser revelada. Outra análise trimestral é aguardada para ser realizada nos meses seguintes e ainda há uma possibilidade da FromSoftware conseguir anunciar seu aguardado título para um futuro próximo, mas as chances são muito baixas.

Sobre o jogo

Elden Ring

📷 Elden Ring: relatório sugere lançamento apenas em 2022 | Divulgação

Elden Ring é um jogo do gênero RPG de ação desenvolvido pela FromSoftware e publicado pela Bandai Namco Entertainment. O título foi anunciado na Electronic Entertainment Expo de 2019. O jogo é um projeto colaborativo entre o diretor do jogo Hidetaka Miyazaki e o romancista de fantasia George R. R. Martin, o autor original de Game of Thrones. Será lançado para PC, PS4 e Xbox One. Relembre o trailer de anúncio:

📹 Trailer de anúncio | Divulgação PlayStation

Mais

Elden Ring: relatório sugere lançamento apenas em 2022

📷 Elden Ring | Divulgação

Em entrevista exclusiva ao IGN durante a E3 2019, Hidetaka Miyazaki disse que Elden Ring é um game de mundo aberto com mecânicas de gameplay similares as da franquia Dark Souls

“Na parte de gameplay, é fortemente baseado em Dark Souls. No entanto, isso não significa que tudo funcionará da mesma maneira. Com um ambiente mais amplo e vasto, o modo como o combate se desenrola torna-se fundamentalmente diferente.”

Jogabilidade

Elden Ring

📷 Elden Ring | Divulgação

De acordo com Miyazaki, o mundo de Elden Ring cria situações drasticamente diferentes na batalha e cria novas oportunidades de exploração, bem como narrativas. O personagem é customizável e com ele, o jogador será capaz de montar em um cavalo para viajar e encontrar inimigos. Além disso, Miyazaki informa que não haverá cidades ou paisagens urbanas com NPCs para interagir em Elden Ring, mas você pode esperar algumas ruínas de vilarejos.

“Criar um novo tipo de jogo é um grande desafio para nós. se nós adicionássemos cidades em cima disso, seria um pouco demais, então decidimos fazer um mundo aberto focado naquilo em que fazemos de melhor”.

O maior título da FromSoftware

Elden Ring

📷 Elden Ring | Divulgação

O diretor Miyazaki disse também em uma entrevista, que Elden Ring estará “maduro para exploração”. Ele confirma que acontecerá em um mundo aberto ao qual ele se refere como um grande campo aberto para jogar. Enquanto Dark Souls é relativamente irrestrito em como permite que você explore, parece que Elden Ring será ainda mais. Miyakazi também evoca alguns dos ambientes que podemos encontrar no grande campo aberto do Elden Ring. “Entre essas áreas, você também encontrará castelos com várias camadas de design intrincado e coisas assim.” De sua entrevista no IGN, Miyazaki disse que os jogadores podem esperar ruínas e outros ambientes semelhantes aos jogos anteriores do FromSoftware.

“Criar o mundo de ELDEN RING com Miyazaki-san e seu time foi maravilhoso! Os gráficos, o mythos e a jogabilidade de RPG de Ação entregarão uma experiência inesquecível. Mal posso esperar para que as pessoas descubram o que ELDEN RING tem para oferecer.”

George R.R. Martin

Você está ansioso pelo jogo? Conte para a gente nos comentários.

Referências:

FromSoftware, Wikipedia, Voxel, IGN Brasil, PC Gamer.

Elden Ring: Microsoft confirma que não haverá anúncio em março

Depois de muitos achismos e rumores estarem falando sobre a chegada de um evento próprio da Microsoft Xbox para o mês de março, na qual fontes da VentureBeat e VGC vindo por Jeff Grubb e Paul Thurott disseram que será uma espécie de ‘Whats Next for Gaming’, muitos boatos começaram a circular. Após isso, Microsoft confirma que não haverá nenhum anúncio em março de Elden Ring.

Se fala que o evento será uma espécie de Nintendo Direct, focado nos First-Party, e concentrado em falar sobre a inclusão da Bethesda Softworks e ZeniMax Media dentro da Xbox Game Studios e do Xbox como um todo, esclarecendo duvidas.

Elden Ring: Microsoft confirma que não haverá nenhum anúncio em março

📷 Elden Ring: Microsoft confirma que não haverá anúncio em março | Reprodução

O problema é que nos últimos dias, tal evento foi ligado a possíveis novas informações de Elden Ring, com outros rumores vindo de Jason Schreier, da Bloomberg, e do próprio Grubb, na qual ambos afirmam que haverão novidades sobre o antecipado título da FromSoftware no mês de Março.

📷 Aaron Greenberg | Twitter

“Isso não vai acontecer”, enfatizou Greenberg. “Sempre existem coisas em que estamos trabalhando, mas não há anúncios de games ou estreias como essa (trailer de Elden Ring).”

Apesar de ser uma negativa sobre Elden Ring, a publicação de Greenberg pode ser considerada um sinal verde sobre o evento da companhia. A Microsoft ainda não confirmou que realizará uma transmissão voltada para games em março, mas o executivo indicou que a empresa está preparando alguma coisa para o futuro.

Elden Ring: Microsoft confirma que não haverá nenhum anúncio em março

📷 Elden Ring: Microsoft confirma que não haverá anúncio em março | Reprodução

Os anúncios do Pokémon Day da Nintendo e os eventos digitais do PlayStation State of Play, fazia sentido que a Microsoft seguisse o exemplo. Com tanto conteúdo novo de seus principais concorrentes, faz sentido que a Microsoft se mova mais cedo ou mais tarde. Não houve nenhum evento apresentando jogos para o Xbox desde o Xbox Series X / S lançado em novembro de 2020.

A fonte desses rumores, anunciou em um episódio recente do podcast Games Beat Decides que acreditava que haveria algum tipo de evento digital. “Não sei se será um evento completo e direto, mas eles farão anotações sobre isso e falarão sobre isso extensivamente, explicarão o que significa para todos e falarão sobre o futuro imediato de ambas as empresas se tornarem uma só.”, disse Grubb.

Elden Ring: Microsoft confirma que não haverá nenhum anúncio em março

📷 Elden Ring: Microsoft confirma que não haverá anúncio em março | Reprodução

Elden Ring será mostrado “em breve”

Publicado pela Bandai Namco Entertainment, Elden Ring é um futuro RPG feito pela FromSoftware que será dirigido por Hidetaka Miyazaki e trará a colaboração de George R. R. Martin. O jogo foi anunciado na E3 2019 e, desde então, acabou sumindo do mapa.

Elden Ring: Microsoft confirma que não haverá nenhum anúncio em março

📷 Elden Ring: Microsoft confirma que não haverá anúncio em março | Reprodução

Em uma publicação no Twitter, o jornalista Jason Schreier disse que o projeto sofreu com alguns atrasos, mas teremos novidades sobre o game em um futuro próximo. “Existem fortes evidências que o game será mostrado relativamente em breve”.

Referências:

Adrenaline, Game Vicio, Geek is a Nation.

Little Nightmares II

Little Nightmares 2 (estilizado como Little Nightmares II) é um jogo eletrônico de aventura, terror e quebra-cabeça em plataforma que foi desenvolvido pela Tarsier Studios e produzido/publicado pela Bandai Namco Entertainment. Estará disponível para Microsoft Windows, PS4, Xbox One, Nintendo Switch, e posteriormente para a nova geração de consoles, por meio de update gratuito.

O jogo foi anunciado durante a Gamescom 2019 como sendo a sequência de Little Nightmares (2017), e apresentará um novo personagem, Mono, juntamente com a protagonista do jogo anterior, Six, como personagem controlada por computador.

O jogo teve sua data de lançamento adiada devido aos atrasos por conta da Pandemia do COVID-19, contudo, durante o evento de abertura da Gamescom 2020. A sequência do aclamado indie que já vendeu mais de 2 milhões de cópias ganhou uma data de lançamento: 11 de fevereiro de 2021.

Esteja ciente do volume

Little Nightmare 2, como muitos jogos de terror bem feitos, depende de sons e pequenas sensações. Os jogadores precisam estar atentos quando se trata dessas pistas sonoras.

Recomenda-se jogar este jogo com fones de ouvido para mergulhar totalmente no mundo do jogo. Além disso, sons e música geralmente ajudam nos quebra-cabeças. Além disso, Six costuma chamar Mono quando ela encontra algo ou se precisa de ajuda.

Aprenda a deslizar

Este jogo não é voltado para o combate, mas tem algumas sequências difíceis de escapar. Uma coisa que muitas pessoas só percebem depois de jogar por um tempo é a capacidade de deslizar.

Quando em combate, ou quando precisa escapar, agachar-se enquanto corre faz o personagem escorregar. Isso é importante porque os personagens são muito pequenos, então mover obstáculos ou escalar consome mais tempo do que simplesmente deslizar por baixo deles. Os jogadores também podem evitar golpes com deslizamento.

Esteja ciente do meio ambiente

Assim como o som, o ambiente também tem dicas sutis sobre as quais os jogadores devem ser cautelosos. Como o único monólogo em todo o jogo é quando Mono e Six se chamam, o jogo depende de pistas ambientais e sonoras.

O enredo e a narrativa são contados por meio de imagens e pequenos detalhes, então se os jogadores quiserem decifrar o significado do enredo, eles precisam estar atentos a essas pequenas dicas, como: por que os olhos estão por toda parte? Ou por que existem tantas máscaras e aparelhos de televisão?

Foque no Six

Six muitas vezes vagueia e explora o mundo por conta própria, descobrindo pistas e salas escondidas ou soluções de quebra-cabeças. Depois de um pouco de tempo ou uma pista da história, ela retorna para ajudar Mono a chegar à sua última descoberta.

Portanto, além de ser uma ajudante fofa que pode ajudar com quebra-cabeças que precisam de dois conjuntos de armas, ela também é um grande trunfo. Não subestime sua habilidade.

Ajude Six quando necessário

Às vezes, Seis precisa da ajuda de Mono quando ela luta. Fique de olho nela, porque ela também pode precisar da ajuda de Mono quando estiver com medo. Pode parecer um fardo estranho, mas adiciona tensão extra ao jogo.

Se isso acontecer, os jogadores podem segurar a mão dela e guiá-la pelas áreas assustadoras. Essa habilidade também pode ser útil durante o combate, para que eles não se percam.

Faça a varredura da área

Usando o botão direito, os jogadores podem controlar a câmera. Esta é uma ação bastante normal para muitos jogadores, mas neste jogo, é crucial examinar a área em busca de armadilhas e monstros à frente.

Existem alguns quebra-cabeças, especialmente no final do jogo, onde é importante planejar o movimento do personagem antes de mergulhar de cabeça.

Luta metódica

Em muitos jogos de combate, a luta é feita tendo-se reflexos ninja e agindo rápido quando surge uma oportunidade. Como Little Nightmares 2 não é um jogo voltado para o combate, a luta é feita de forma diferente.

Os jogadores devem ser mais metódicos ao planejar esses confrontos. Isso inclui examinar a área em busca de todas as rotas, usar a lanterna corretamente com um timing perfeito e estar ciente dos obstáculos. O Tiny Mono não consegue manobrar ou mover obstáculos maiores facilmente.

Não tenha medo de explorar

O mundo de Little Nightmares 2 depende de pequenas pistas ambientais. Isso não serve apenas para construir a história, mas também para ocultar ovos de páscoa e itens colecionáveis.

Existem muitas armadilhas, assim como oportunidades ocultas no jogo, então dedicar um tempo em cada sala para olhar ao redor pode tornar toda a experiência melhor. Os jogadores podem encontrar conquistas e chapéus colecionáveis em cada canto e recanto, então não descarte nada.

Tente interagir com tudo

Abrir uma geladeira pode ser uma conquista por si só, e deslizar uma caixa para o lugar certo pode abrir outro caminho que os jogadores não conhecem. Tente interagir com todos os objetos encontrados na sala para explorar caminhos e portas escondidas no caminho.

E se algo parece fora do lugar, geralmente significa que esse é um local especial com algumas pistas ocultas para encontrar.

Não tenha medo de morrer

Morrer é um efeito colateral natural no jogo de vez em quando. Às vezes, os jogadores se encontrarão em situações bastante desconfortáveis ​​das quais não podem sair. Se isso acontecer, pode ser melhor deixar o personagem morrer e começar de novo com uma nova perspectiva.

Em combate, ou em situações em que os jogadores precisam agir muito rápido, estar apenas por um segundo pode condenar o personagem, e os jogadores precisam começar de novo.

Procure por falhas, do tipo bom

O ambiente neste jogo é lindamente feito, então certifique-se de olhar ao redor e abrandar enquanto joga. Isso não é apenas para observar os detalhes brilhantes colocados ao longo do jogo, mas também porque você pode encontrar uma área escondida com restos de falhas. Se você pegar todos os restos de glitches em uma área, você ganha um troféu por essa área. Se você obtiver todos os restos de glitching ao longo de todo o jogo, você acessa um final alternativo.

O que resta são essas figuras sombrias de aparência infantil, escondidas durante o jogo. Quando você vê um, tudo que você precisa fazer para coletá-lo é entrar nele. Em seguida, parece se fundir com Mono, assumindo o controle por um momento com um som estático.

Enquanto você olha ao redor, você também pode encontrar os chapéus colecionáveis. Existem 12 chapéus no total. Com os restos de glitches e os chapéus, você pode usar o recurso de seleção de capítulo no menu principal para ver quantos em cada área você encontrou e quantos permanecem.

Objetos são seus amigos

Se você encontrar coisas que pode pegar, pode precisar desses itens para seguir em frente. Para resolver alguns quebra-cabeças, você precisará ativar uma armadilha para se salvar, apertar um botão ou quebrar uma parede com um dos objetos ao redor. Vale a pena pegar o item e carregá-lo um pouco para ver se precisa.

Se você estiver usando um item para ativar um botão, há outra dica útil que pode ajudá-lo. Quando Mono se aproxima o suficiente de um botão, ele levanta os braços um pouco mais alto, como se estivesse se preparando para lançar. É uma ótima dica visual para que você não perca tempo tentando encontrar o ponto ideal jogando muito para trás ou muito perto.

Use o botão direito para olhar à frente

Direito para controla a câmera, basicamente como em qualquer outro jogo.

Isso pode ser útil para ter uma ideia dos perigos que podem surgir à sua frente. Existem algumas seções no final do jogo, onde planejar seu movimento através de um segmento pode fazer a diferença entre a vida e a morte.

Fight

Embora Little Nightmares II tenha seu quinhão de cenários de combate, a jogabilidade depende fortemente de furtividade. Dado que Mono e Seis são duas pessoas minúsculas em um mundo (na maioria) superdimensionado, a luta deve ser feita de forma inteligente, não agressiva. Mono pode utilizar uma variedade de armas, mas seu tempo de golpe deve ser preciso. Antes de entrar em combate, certifique-se de examinar a área e mapear os obstáculos para evitar acidentes.

O tempo é tudo com as armas brancas do Mono

Eles são todos muito pesados ​​para seus braços frágeis, então depois de dar um golpe, leva alguns segundos para recuperar a energia para um segundo golpe, deixando-o vulnerável ao ataque. Você tem que ter certeza de acertar seu alvo todas as vezes, dessa forma, enquanto Mono se orienta, seu inimigo ainda está se recuperando do primeiro golpe e não pode contra-atacar. 

Mono é devagar

Mono é tão lento que, mesmo que você dê um passo em falso em uma fração de segundo, isso o impedirá de escapar e você falhará no nível. Não importa o quão rápido você se recupere após o erro, você provavelmente terá que reiniciar o nível porque o Mono se move como um caracol.

As sombras são suas amigas

Se Mono não estiver na ponta dos pés, inimigos ouvirão seus passos leves, mesmo se ele estiver no canto mais distante da sala. 

Você também pode usar os portais de TV a seu favor

Conforme explora as profundezas de Pale City, você encontrará portais de TV que pode usar para se teletransportar para diferentes locais para progredir no jogo. 

Dicas gerais

Embora Six não seja um personagem jogável, preste atenção para onde ela vai ou quaisquer movimentos que ela fizer. Ela é uma peça incrivelmente útil quando se trata de resolver quebra-cabeças neste jogo e, às vezes, ela aponta para alguma coisa ou indica a direção certa.

Quando se trata de combate, esteja preparado para Mono ter um atraso. Por ser tão pequeno, os objetos são muito mais pesados ​​para empunhar e, portanto, demoram mais para atingir os inimigos. Portanto, certifique-se de que o momento esteja certo.

Além de ficar quieto ou se esconder, certifique-se de ouvir atentamente o que está ao seu redor também. Existem alguns locais onde você terá que prestar muita atenção aos sons ao seu redor para resolver os quebra-cabeças.

Fique atento a quaisquer armadilhas ou gatilhos. Às vezes, eles ficam muito bem escondidos ou se misturam com o cenário.

Certifique-se de procurar nos armários ou atrás de quaisquer portas. Pode haver itens colecionáveis importantes escondidos atrás deles!

Se você perder Seis, sempre pode chamá-la e ela voltará para você. O mesmo vale para ela. Se ela encontrar algo útil ou te perder, você a ouvirá chamá-lo.

Se Seis ficar com medo, segure sua mão e conduza-o por certas áreas. Essa também é uma ótima maneira de manter um ao outro por perto enquanto está perto de chefes maiores.

Referências:

Laptomag, CBR, iMore, Windows Central, IGN, Game Rant, Wikipedia.

The Dark Pictures Anthology: Little Hope

The Dark Pictures Anthology: Little Hope, também conhecido simplesmente como Little Hope, é um videogame de terror de sobrevivência de drama interativo desenvolvido pela Supermassive Games e publicado pela Bandai Namco Entertainment. É o segundo de oito episódios planejados da série The Dark Pictures Anthology, após Man of Medan de 2019. O jogo foi lançado para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One em 30 de outubro de 2020. Um sucessor, House of Ashes, está planejado para lançamento em 2021.

Gameplay 

The Dark Pictures Anthology: Little Hope é um videogame de terror de sobrevivência jogado de uma perspectiva de terceira pessoa em que o jogador assume o controle de todos os 5 personagens que estão presos em uma cidade fantasma de Little Hope. Ao longo do jogo, o jogador precisa escolher diferentes opções de diálogo, que vão influenciar o curso da narrativa e as relações entre os protagonistas. O jogo pode ser jogado várias vezes, pois há vários finais e vários cenários com base nas decisões que os jogadores tomam. Dependendo das escolhas dos jogadores, todos os personagens podem ou não morrer no final da história. As sequências de ação apresentam principalmente eventos em tempo rápido, a maioria dos quais, se perdida, pode levar a consequências terríveis para cada personagem.

Semelhante ao Man of Medan, o jogo apresenta dois modos multiplayer. “História compartilhada” permite que 2 jogadores joguem co-op online e “Noite de cinema” permite que até 5 jogadores selecionem seus próprios personagens e os instrui a passar pelo controle a cada jogada. 

A história

Na trama, um grupo de jovens em uma excursão universitária acaba tendo o ônibus desviado para a cidade que dá nome ao game, um local abandonado cuja história remete a depressões econômicas e, séculos antes, ao fanatismo religioso que levou à caça às bruxas. O time, com destaque para Andrew (Will Poulter, de Black Mirror: Bandersnatch), deve descobrir como sair dali e, como em toda boa história de terror, se vê mais envolvido do que imaginavam com as tramas e os horrores deste lugar.

As escolhas importam e isso vale desde o início, na impactante cena que abre o título e em um momento no qual o jogador ainda não sabe ao certo como agir. A ideia da Supermassive é entregar uma narrativa como a da própria vida dos protagonistas, na qual uma decisão tomada no começo pode ter impacto significativo na miríade de finais disponíveis, mesmo que não seja possível inferir nada desde o começo. A ideia é que o jogador faça o melhor possível com as informações que possui e torça para que tudo dê certo, se é que isso é possível em um ensejo que envolve demônios, tramas religiosas, questões pessoais e uma cidade deserta e altamente inspirada em Silent Hill.

Jogue o personagem

Enredos interativos permitem ao jogador assumir muitos personagens diferentes, e às vezes eles são responsáveis ​​pelas decisões; alguns insignificantes e outros revolucionários. Isso pode ser bastante estressante, mas se o jogador se sentir perdido, muitas vezes é tão fácil quanto dar um passo para trás e se perguntar: “o que esse personagem faria?”

É importante dedicar seu tempo para conhecer cada personagem jogável: seus bons e maus. Entenda cada um deles e pense em quem tem mais probabilidade de assumir o comando e ficar com aquela arma ou se esse personagem seria rápido em apontar o dedo em vez de hesitar em acusar imediatamente.

Não jogue para ganhar

Muito parecido com o Até Dawn , The Dark Pictures Anthology não é um “videogame” tradicional. Às vezes, o jogador pode se sentir pressionado a tomar uma decisão “vencedora” que não parece muito certa, tudo para tentar alcançar o melhor resultado. Claro, sair de Little Hope com todos os personagens sãos e salvos é um grande objetivo, mas Little Hope  e sua história devem ser ditados pelos instintos do jogador ao invés de suposições sobre o futuro.

Embora possa ser difícil às vezes, jogar organicamente é mais satisfatório e proporcionará uma experiência mais “verdadeira” e personalizada / autêntica no final. Tente salvar a  busca pelo “final perfeito”  para o segundo ou terceiro jogo, pois o jogo deve ser jogado várias vezes.

Dê uma chance a todos

Todo mundo tem seus defeitos e em uma situação como a que Andrew e seus colegas estão enfrentando, o estresse e o medo podem facilmente iluminar esses defeitos. Faça uma pausa e lembre-se de quão tensa é a situação em que todos se encontram; qualquer um ficaria um pouco agitado se estivesse no lugar deles.

Pode ser fácil sabotar aquele personagem que está dando nos nervos de todos, mas tente não julgar muito rápido. Todos merecem uma segunda chance e, quem sabe, talvez o caminho para a redenção não seja muito longe para eles.

Jogar com amigos

Qual a melhor maneira de se relacionar com amigos do que compartilhar uma experiência angustiante com eles? Little Hope tem fãs e seus melhores amigos cobertos. Usando a opção “Don’t Play Alone”, os jogadores podem se divertir com os amigos; atribuindo a todos personagens específicos.

Além de experimentar o jogo em boa companhia, permitir que diferentes jogadores desempenhem certas funções ajuda na escolha de ser muito “homogêneo” e semelhante em todo o tabuleiro.

Leve os tutoriais a sério

As primeiras instâncias em que um QTE (evento em tempo rápido) aparece podem ser uma situação um pouco trivial. Talvez seja um pouco engraçado ver John bagunçar completamente seu jogo de dardos, mas pense duas vezes antes de cair fora completamente.

Esses primeiros QTEs são propositalmente triviais e mundanos, permitindo ao jogador se acostumar com os controles e QTEs para mais tarde no jogo quando realmente for importante. Em pouco tempo, você estará usando aquele tutorial de dardo frívolo para salvar a vida de alguém.

Respeite os tropos do terror

Little Hope não está imune a um bom tropo do terror aqui e ali, de tentar começar uma sessão de amassos no lugar errado e na hora errada para “ei, galera, vamos nos separar!”

É melhor tentar manter esses clichês vistos em filmes e jogos de terror em mente, já que relembrá-los de vez em quando pode ajudar o grupo a evitar os erros que todo protagonista de filme de terror não consegue resistir a cometer .

Aproveite e explore

É fácil passar por uma seção, tentando passar para uma área (espero) menos assustadora. No entanto, é importante lutar contra o medo e a inquietação e não se apressar em cada área explorável, pois reservar um tempo para inspecionar minuciosamente os arredores pode ajudar a dar corpo à história.

Cada seção onde o jogador pode vagar pode ser preenchida com muitos itens importantes, itens colecionáveis, dicas de texto e até imagens para desbloquear premonições vitais. Embora possa ser difícil se aventurar nas sombras para aquele item cintilante no fundo, pode valer a pena quando juntar as peças do mistério da cidade de Little Hope no final.

Refresque sua memória

As jogadas individuais não são para todos e, às vezes, após uma longa pausa, pode ser difícil lembrar onde tudo parou. É uma boa ideia verificar o menu, pois o jogador pode então revisar seus rumos (suas escolhas feitas até aquele ponto), quaisquer segredos descobertos, imagens (premonições) e a relação de seus personagens com os outros.

Repetir uma certa premonição pode ser a passagem para evitar rapidamente uma situação específica que pode ter levado à morte prematura (e evitável) de um personagem.

Jogar com legendas ativadas

Este pode ser um dado adquirido para alguns jogadores, mas neste jogo em particular, as legendas podem fazer uma grande diferença na compreensão da jogabilidade e da história. Com tantos personagens diferentes e variações diferentes desses personagens (também conhecidos como seus “dublês”), pode ser complicado fazer uma distinção rápida entre eles ou ordenar cada um de seus nomes.

Além de ajudar o jogador a não perder o ritmo do diálogo, as legendas indicam qual personagem está dizendo qual linha, tornando a distinção entre Mary e Megan ou Taylor e Tabitha muito mais fácil de reconhecer.

Enfrente seus medos para o bem maior

Sempre há força nos números, por isso é importante para Andrew e seus amigos colocarem suas diferenças de lado e darem o seu melhor para trabalhar em equipe. Esteja atento a todos e tente compreender a ligação entre cada um dos personagens.

Ajudar uns aos outros e fazer pequenos (ou grandes?) Sacrifícios pelo bem da equipe pode levar os jogadores longe com vínculos de caráter e relacionamentos (e talvez com a obtenção do melhor final também).

Traços

Cada personagem começará o jogo com duas características, e cada uma é uma característica de “cabeça” ou “coração”. O jogador precisará escolher entre essas opções ao tomar uma decisão em nome do personagem. As características iniciais do personagem estão listadas abaixo: 

Angela: Abrasivo, Entendimento

Daniel: Amável, defensivo

Andrew: Ansioso, Desapegado

Taylor: obstinado, sensível

John: Racional, arrogante

Fazer escolhas de diálogo ou ações com base nessas características pode ajudar um personagem a desbloquear características negativas que podem ser sua queda final. No final do jogo, os personagens serão julgados por quantos traços negativos bloqueados eles possuem e, como resultado, podem morrer nas mãos de seus demônios. Desbloquear traços negativos que um personagem possa ter e evitar novos traços negativos é a melhor estratégia que um jogador pode usar para manter um personagem vivo. 

Decisões

Uma boa maneira de progredir revelando características e evitar novas características negativas é através do diálogo. Certifique-se de que um personagem esteja cooperando com os outros tanto quanto possível e mantenha suas características em mente ao tomar decisões por ele. Por exemplo, John não deveria aceitar a oferta de Vince para uma bebida no início do jogo, pois isso rapidamente confere a ele uma característica bloqueada. 

Decisões maiores serão registradas nos Rolamentos de um personagem, dando aos jogadores uma ideia do que eles precisam para neutralizar. 

Armas

Os personagens podem pegar em armas durante o jogo, mas essas armas não afetarão o enredo. Embora isso dê ao personagem a oportunidade de lutar contra um demônio, não necessariamente dá a ele uma chance melhor de sobrevivência. Além disso, se um jogador pegar a arma e usar algumas de suas balas, isso pode causar um resultado negativo no final.

Andrew

Durante o capítulo Low Point, Andrew será confrontado com a decisão de ajudar Taylor ou Daniel quando eles forem atacados por Demônios. Ajude Taylor, pois Daniel pode cuidar de si mesmo. Durante o heróico QTE de Daniel na fábrica têxtil, Andrew também deve se oferecer para ajudá-lo a subir de volta usando o tubo enquanto Daniel está sendo atacado por seu demônio. 

Daniel

Dentro da fábrica de tecidos, Daniel caiu e agarrou um tubo que Andrew está tentando usar para puxá-lo para cima. Escolha a opção reconfortante de largar o cano e cair, deixando os outros correrem em segurança. Mais tarde, quando Daniel e Taylor estão separados, Daniel precisará usar o som para localizá-la e ajudá-la a lutar contra o demônio que a pegou. Continue a ajudá-la a fazer Daniel sobreviver até o fim.  

Dicas gerais

Crítica oficial – The Dark Pictures Anthology: Little Hope tem vários caminhos que se ramificam enquanto você explora uma cidade coberta de névoa cheia de segredos. Isso vale a pena? Vamos descobrir em nossa análise oficial.

Desbloqueando a seleção de cena, Curator’s Cut e recursos de bônus – Existem vários recursos de bônus para você desbloquear, e até mesmo uma narrativa renovada para o Curator’s Cut para maior rejogabilidade.

Passo a passo completo: Corte teatral – “Todos sobrevivem” – Cinco personagens, várias mortes possíveis. Você pode manter todos os seus personagens vivos?

O final e todos os finais – Little Hope tem vários finais relativos a vários arcos, orientações e decisões.

Obtendo todas as Premonições – Encontre todos esses cartões postais para aprender sobre possíveis situações de vida ou morte durante o jogo.

Explicando a 13ª e última premonição – A 13ª premonição em Little Hope é uma raridade e definitivamente se destaca.

Maneiras idiotas de morrer – Se você fizer as escolhas erradas ou se falhar em certos QTEs, você verá muitas mortes de personagens durante o jogo.

História e lenda: The Andover Witch Trials – Little Hope tem um passado sombrio relacionado à caça às bruxas no final do século 17 na Nova Inglaterra. Quais são essas visões? Quais são as motivações de seus personagens? Quem são esses seres que ficam te perseguindo? O que diabos há com esses finais? Explicamos isso em detalhes neste artigo de recurso.

O fim

Final 1:Se alguns ou todos os protagonistas sobreviventes, com exceção de Andrew, falharem em enfrentar a forma de monstro de seus ancestrais, todos eles morrerão um a um após serem emboscados. André, incapaz de salvá-los, então cai de joelhos em pesar e tristeza pela morte deles. Na manhã seguinte, ele se senta do lado de fora da casa. Vincent então se aproxima de Andrew. Se o jogador foi direto e não legal com Vincent, Andrew exige que Vincent vá embora e que ele tenha perdido tudo. Vincent então fica com raiva e diz a ele que ele não deveria ter vindo. A partir daqui, é revelado que Andrew é de fato o motorista do ônibus e Anthony de 1972. Vincent, que acredita que Anthony foi o responsável pela morte de Tanya junto com sua família e afirma que nunca o perdoará pelo que fez. Ele então vai buscar a polícia, que prende Anthony.

Final 2: Este é um final semelhante ao Final 1, mas se o jogador foi legal com Vincent, ele se aproximará de Anthony e diz que está ciente de que o incêndio na casa não foi culpa de Anthony e afirma que ambos sofreram por muitos anos. Ele então direciona Anthony para um telefone que funciona em uma lanchonete na estrada. Ele então diz a Anthony para nunca mais voltar, pois não há mais nada lá para ele. A partir daqui, Anthony pode superar as mortes de sua família ou continuar a se culpar.

Fim 3: O mesmo que o Fim 2, mas se Andrew encontrar a arma mais cedo e conseguir mantê-la até o fim, mas Anthony não for capaz de lidar com a morte de sua família, ele vai apontar a arma para a cabeça e se preparar para cometer suicídio. Megan então aparecerá e gritará, o que faz com que Anthony dê um tiro em si mesmo. Seu corpo é então visto fora de casa, morto.

Fim 4: O mesmo que o Fim 3, mas Megan impede Anthony de tirar sua própria vida, a partir daí, ele sobrevive.

Final 5: Se alguns ou todos os protagonistas sobreviverem até o final, na manhã seguinte, eles serão vistos caminhando pela estrada. Vincent se aproxima do grupo. Como no Final 1, se o jogador não foi amigável com Vincent, ele chamará a polícia e eles prenderão Andrew enquanto os outros assistem. O motorista do ônibus é então revelado como Anthony. No entanto, ele diz a seus amigos que ficará bem, antes que os outros protagonistas desapareçam. Mesmo depois de preso, ele aceita o fato de que a morte de sua família não foi sua culpa.

Final 6: semelhante ao Final 5, mas se o jogador for mais gentil com Vincent, ele se aproxima do grupo e diz a Andrew que o que aconteceu na noite do incêndio não foi culpa dele e diz a ele que há um telefone funcionando em uma lanchonete descendo a estrada e diz a ele para pedir ajuda e nunca mais voltar, pois não há mais nada lá para ele. Eles chegam ao restaurante e os cinco celebram sua sobrevivência. Andrew, então, pede desculpas a todos por tudo que ele os fez passar, e eles confortam Andrew e dizem que não foi culpa dele. Eles então desaparecem, mostrando que eram apenas alucinações. Andrew é então revelado como o motorista do ônibus, que também é Anthony de 1972. A partir daqui, Anthony pode finalmente deixar seu passado.

Referências:

The Dark Pictures Fandom, Game Rant, Canal tech, PC Invasion, Screen Rant, wikipedia.

Ni no Kuni II: Revenant Kingdom

Ni no Kuni II: Revenant Kingdom (二ノ国II レヴァナントキングダム Ni no Kuni: Revananto Kingudamu?) é um jogo eletrônico de RPG de ação desenvolvido pela Level-5 e publicado pela Bandai Namco Entertainment. O jogo é uma sequência de Ni no Kuni: Wrath of the White Witch, e foi lançado em 23 de março de 2018 para Microsoft Windows e PlayStation 4.

A história segue Evan Pettiwhisker Tildrum, um jovem rei que foi usurpado de seu castelo e se propõe a construir um novo reino. Os jogadores podem navegar livremente por Evan por todo o mundo do jogo, enquanto outros personagens do grupo podem ser livremente controlados em batalhas. Durante essas batalhas, os jogadores usam habilidades mágicas e são assistidos por criaturas elementares conhecidas como “Higgledies”, que são usadas para lançar feitiços e conceder outros bônus de combate. Ni no Kuni II: Revenant Kingdom recebeu uma recepção positiva da crítica e vendeu mais de 900.000 cópias em todo o mundo até maio de 2018.

Atualize os cofres do seu reino o mais rápido possível

Claro, você quer que seu novo reino seja um lugar de união e alegria, mas o dinheiro pode comprar felicidade em Ni no Kuni II: Revenant Kingdom. Felicidade, quartéis, fazendas e postos de guarda. Certifique-se de que sua prioridade número um no reino é nivelar seu reino e, em seguida, aumentar o tamanho de seus cofres. Os cofres enchem enquanto você está fora, e toda vez que eles enchem e você não está lá para cobrar – porque você se distraiu tentando ajudar uma rainha do mar louca, digamos – você está apenas jogando dinheiro no banheiro gigante de RPG.  

Siga sua cabeça, não seu coração, quando você está construindo

Claro, a ideia de ter seu próprio mercado de peixes Evermore é divertida e cria muitas oportunidades de trocadilhos, mas construir as propriedades certas no início do modo de Gerenciamento do Reino lhe dará uma vantagem. O jogo o levará em direção ao Higgledy Higglery e aos Evermore Outfitters, mas você vai querer obter os feitiços e os quartéis logo em seguida. Continue a desviar seus dólares para atualizá-los e pesquisá-los sempre que puder para garantir que sua armadura, armas, tripulação Higgledy, feitiços e exército estejam no topo de Ni no Kuni II: Revenant Kingdom. 

Trate bem seus Higgledies

Eles podem ser super fofos, mas seus Higgledies são mais do que apenas animais de apoio emocional. Trabalhe na criação de uma equipe central e ela se tornará uma parte essencial do seu esquadrão de batalha, especialmente quando você se depara com adversários maiores. Felizmente, o processo de treinamento é sem dor e envolve apenas a construção do Higglery nos primeiros dias de Evermore. O jogo irá guiá-lo para instalar a tia Martha e construir o Higglery, você só precisa verificar isso regularmente para alimentar o seu esquadrão Higgledy com seus alimentos favoritos, como cogumelos selvagens e bocados de creme. Relacionado: Como me inscrevo para ser reencarnado como um Higgledy? 

Comece a construir seu exército de escaramuça cedo

Aqui está uma lição que aprendi observando muitos soldados minúsculos morrer – aquelas missões de combate que começam a aparecer no mapa não estão lá apenas para decoração. Eventualmente, você atingirá um ponto na história principal em que seu pequeno exército é a chave para sua habilidade de continuar, e não é divertido se você não prestou atenção à sua pontuação de Força Militar desde as primeiras batalhas do tutorial. Você não tem que gastar horas nisso, mas faça algumas das coisas de nível inferior conforme você o encontra, construa o quartel no reino e mantenha-os bem equipados e atualizados, e você vai economizar muitos leões liderados por angústia de burro.

Você tem que captar cada brilho

Depois de atravessar o mapa por um tempo, você pode ficar um pouco cansado de sair do seu caminho para pegar outro item misterioso e brilhante, mas você precisa dele. Quanto mais o jogo, mais pessoas você precisará para querer itens aleatórios como parte das missões, mais Higgledies você poderá invocar dos santuários especiais espalhados pelo mundo (sem marcação, então é uma verdadeira dor de ovário para lembrar onde eles estão enquanto você sai para encontrar um cogumelo em particular) e então para aumentar o nível dos pequenos blighters. Sim, seus polegares estão cansados ​​e você prometeu destruir uma criatura contaminada, mas alguns passos extras em direção ao brilho vão valer a pena no final.  

Comece a construir seu exército de escaramuça cedo

Aqui está uma lição que aprendi observando muitos soldados minúsculos morrer – aquelas missões de combate que começam a aparecer no mapa não estão lá apenas para decoração. Eventualmente, você atingirá um ponto na história principal em que seu pequeno exército é a chave para sua habilidade de continuar, e não é divertido se você não prestou atenção à sua pontuação de Força Militar desde as primeiras batalhas do tutorial. Você não tem que gastar horas nisso, mas faça algumas das coisas de nível inferior conforme você o encontra, construa o quartel no reino e mantenha-os bem equipados e atualizados, e você vai economizar muitos leões liderados por angústia de burro.

Oh, e sim, você tem que captar cada brilho

Depois de atravessar o mapa por um tempo, você pode ficar um pouco cansado de sair do seu caminho para pegar outro item misterioso e brilhante, mas você precisa dele. Quanto mais o jogo, mais pessoas você precisará para querer itens aleatórios como parte das missões, mais Higgledies você poderá invocar dos santuários especiais espalhados pelo mundo (sem marcação, então é uma verdadeira dor de ovário para lembrar onde eles estão enquanto você sai para encontrar um cogumelo em particular) e então para aumentar o nível dos pequenos blighters. Sim, seus polegares estão cansados ​​e você prometeu destruir ma criatura contaminada, mas alguns passos extras em direção ao brilho vão valer a pena no final.  

Esperar pela sua vez é para os fracos

Os fãs de Ni No Kuni que estão de volta para jogar essa sequência vão perceber que Ni no Kuni II: Revenant Kingdom seguiu em frente, para um estilo de combate mais ativo e envolvente. Durante as batalhas, você terá que prestar atenção às animações dos inimigos, como também terá que controlar o espaço. Uma forma fácil de navegar nesse espaço é saber quando dar um rolamento, pois quando bem executado será possível atravessar o ataque adversário o que colocará você em uma situação onde será capaz de devolver o ataque sem levar nadinha de dano, como também é possível segurar o botão e parar o rolamento em posição de defesa.

Agora, se bloqueios e esquivas não são sua praia, você sempre pode partir para o ataque. Com o novo ‘sistema de carga de arma’ (weapon-charging system), você pode automaticamente configurar seu conjunto de três armas selecionadas para utilizar seus estados completamente carregados e liberar técnicas devastadoras, que podem até paralisar seus oponente e deixá-los abertos para os próximos ataques. Tudo é uma questão de gerenciamento de mana, além de ficar de olho na carga da arma. Há também algumas pequenas pistas nas imagens das habilidades, que indicam se a habilidade ataca de forma circular ou linear, então certifique-se de equipar os ataques corretos para controle de grupo e ataques de único alvo.

Uma espada por qualquer outro nome

Através do seu tempo em Ni No Kuni 2, você encontrará armas suficientes para completar uma multitude de armoriais. Na medida em que o equipamento aparece, você vai perceber que um grande número de itens têm o mesmo nome ou similares. A princípio, você pode pensar que esses não valem seu tempo, contudo, se olhar mais de perto, você verá que essas armas pode ser levemente mais raras ou até podem ter valores diferentes que poderão fazer uma baita diferença e poupar bastante tempo em Ni No Kuni 2. De um carregamento de ataque especial mais rápido a um pouquinho mais de dano, sempre tenha certeza que você esta com o melhor equipamento no seu time para garantir que você terá as melhores chances em batalhas.

Super social media

Como qualquer jovem rapaz, Evan é obrigado a estar colado com seu telefone, e mesmo em um mundo que existe sem as implicações de ser um millennial, smart devices têm a chave para informação fresquinha. Personagens como Heiden Goseeker irão dar algumas pequenas pistas de onde encontrar tesouros escondidos, enquanto outros participantes do Leafbook – o equivalente em Ni No Kuni 2 do Facebook – alertarão sobre novos Monstros Contaminados e outras curiosidades.

Ajuste, ajuste e ajuste novamente

Os batedores sempre foram sinônimo de preparação, e não importa qual a situação que possa surgir, eles sempre terão algum tipo de solução. Agora, imagine as habilidades dos batedores se eles fossem condensados em um aplicativo simples e você terá o Tactic Tweaker. Através do Tactic Tweaker, as chances poderão sempre estar a seu favor. Cada sessão do app permite ajustar seus pontos fortes e fraquezas. Se você precisar de um pouco mais de mana, você simplesmente ajusta a barra para todas as vezes que você ganhar nível e abracadabra, você gerará mais mana. Está com problemas com algum tipo específico de inimigo? Então você pode simplesmente ajustar a barra e sair na frente. Essas barras tornam-se vitais quando você fica cara a cara com Monstros Contaminados, uma vez que eles são inimigos únicos e facilmente identificáveis antes de entrar em uma batalha – é tão fácil como reconhecer seu tipo de inimigo e ajustar seu Tactic Tweaker.

O lixo de um é o tesouro de outro

Não há como negar que você vai acabar por coletar um monte de bobagens em suas viagens – de fato, você coletará mais do que realmente pode controlar. Em um ponto, você vai ficar com aquela pulga atrás da orelha de que precisa vender tudo, deixar o que não precisa para trás, ou ao menos esconder o que não precisa embaixo do tapete e esquecer lá. Mas é aqui que esta a coisa toda, talvez você não deva faze isso. Como diria o ditado inglês, “o lixo de um é o tesouro de outro”. Por exemplo, Mr Higglesworth é mestre nos seixos (pebbles, no jogo). Ele é apaixonado por eles. Para cada 10 seixos que você conseguir, Mr Higglesworth trocará eles por um doce que turbina alguns status permanentemente para qualquer personagem que você escolher. Semelhantemente, o Taskmaster também vai pedir que você consiga alguns itens ou complete algumas tarefas através de sua jornada e oferece símbolos como forma de gratidão por seus esforços. Esses símbolos podem ser trocados por itens ainda mais raros ou até novos residentes para o reino de Evermore. De fato, você pode até alimentar seu Higgledies com um monte desses itens para aumentar o nível deles ou usar esses itens raros para incrementar suas magias. Basicamente, cada item que você encontrar vale mais do que o dinheiro equivalente por sua venda, então pense bem antes de se livrar deles.

Roma não foi construida em um dia

Quando o assunto é construir uma cidade, isso é uma tarefa que leva tempo, e há muito mais esforço para tanto do que imaginamos. Dois dos fatores mais importantes para ser o reino mais procurado são riqueza e pesquisa, e ambos trabalham em tempo real em Ni No Kuni 2 – o que significa que a precisão do tempo é tudo. Ainda bem que Ni No Kuni 2 mostra quantos King Guilders você ganha por hora e quanto tempo aquela pesquisa em melhores lojas de comedia vai levar. Não importa o que você pesquise, isso sempre será revertido em um reino mais lucrativo, assim como você receberá alguns extras bem legais para você e seu grupo. Então, não seja tímido quando o assunto é preparar alguns novos alarmes no seu telefone, para lembrar que é hora de voltar para casa, pois o tempo é tudo. Quando o assunto é construir uma cidade, essa e uma tarefa que leva tempo e esforço – como você pode ver no vídeo abaixo.

Nenhum reino fica para trás

É fácil esquecer sobre um reino depois de trazê-lo à tona, mas há um mundo que ainda precisa ser unificado e fica sentado em Goldpaw não vai ajudar em nada. É importante lembrar dessas terras depois que você buscou posteriormente. Em todo o percurso de Ni No Kuni 2, esses reinos serão povoados com missões extra que trarão súditos bônus, e você pode acabar por receber a visita do Heiden Goseeker, que pode deixar um item raro escondido nas ruas do fundo.

Não se preocupe muito com os níveis

O sistema de combate de Ni no Kuni II é muito divertido, mas também pode ser um pouco fácil. A boa notícia é que, por ser fácil, você não terá dificuldade em lidar com inimigos cinco, oito ou até dez níveis acima de você. Entre cada capítulo, você verá grandes subidas de nível e, de repente, todos os inimigos que você está prestes a enfrentar terão nomes em vermelho claro ou escuro, o que significa que eles são muito mais altos do que você. Não se estresse por ter que ir trabalhar em algum lugar – você não vai. Você deve ser capaz de enfrentar inimigos muito acima do seu nível de pagamento e, mesmo que ainda não consiga, apenas um ou dois níveis podem fazer toda a diferença.

Não se preocupe com todos os itens também

Ni no Kuni II está cheio de itens, e conforme você avança, você vai colecionar centenas de objetos, desde seixos a couro e ovos. Gerenciar e classificar todos eles pode ser uma verdadeira dor, mas você não precisa se preocupar com isso. Apenas reúna tudo o que puder e preste atenção apenas no que você tem quando precisar. Não venda nada – você precisará de todos aqueles itens aleatórios para missões, atualizações e recrutamento – mas também não se preocupe em gerenciar muito seu inventário. Seja um colecionador.

Escolha três personagens e fique com eles

Você terá seis membros do grupo em todo Ni no Kuni II , e é impraticável tentar dominar todos eles. Cada personagem usa três armas ao mesmo tempo, e as armas se sobrepõem – Roland e Evan empunham espadas, por exemplo – então manter todos os seis personagens perfeitamente equipados pode ser uma tarefa árdua. Sua melhor aposta é escolher um grupo de seus três favoritos e ficar com eles.

Missões

As missões secundárias mais úteis são aquelas que dão a você novos cidadãos em Evermore. No menu lateral da missão, eles terão uma face à direita do nome da missão. Eles também terão retratos e fichas de personagem anexados, para que você possa ver quem você pegará no final da missão.

Faça quantas missões secundárias quiser: Só porque eles existem, não significa que você tenha que fazê-los. Se você não deseja entregar refeições em uma cidade ou ajudar alguém a descobrir como perdeu a carteira, não há mal nenhum em pular esses pontos de exclamação específicos. Mas voce devia…

Visite o Evermore sempre que puder

À medida que o tempo real passa, seus cidadãos irão gerar kingsguilder e itens, mas ambos são limitados. Se o seu pessoal juntou 50 itens e seu limite é 50, você não receberá mais, então você vai querer voltar para casa e coletar todos esses itens o mais rápido possível. Caso contrário, você estará apenas desperdiçando recursos preciosos. Você pode (e deve) aumentar esses limites por meio de pesquisas. Mesmo assim, no entanto, é uma boa ideia parar no Evermore entre cada missão que você faz.

Não negligencie seu exército, também

Há muitoc comentários sobre as desajeitadas batalhas do exército em tempo real e estratégia de Ni no Kuni II: Revenant Kingdom, mas no final do jogo seu exército precisa estar em torno do nível 20, então mesmo se você for como eu e pensar no todo sistema é entediante, jogue pelo menos algumas batalhas para ganhar força. Você também pode usar o Quartel do Evermore para aumentar suas habilidades durante as batalhas do exército.

Se especializar

Existem muitas opções no Evermore para você maximizar seu reino ao longo de uma jogada normal, então é melhor escolher algumas direções e ficar com elas. Continue atualizando sua loja de armas, obviamente – você precisa disso até o fim! – mas se você quiser se concentrar em Higgledies ao invés de feitiços, ou itens em vez de armaduras, isso é totalmente com você.

Referências:

Kotaku, Games radar, redbull, wikipedia.

O que você acha deste game? Comente aqui embaixo sobre Ni no Kuni II: Revenant Kingdom!

Tekken 7

Tekken 7 (鉄拳7?) é um jogo eletrônico de luta desenvolvido e publicado pela Bandai Namco Entertainment. É o nono jogo da série de luta Tekken, sendo o primeiro a utilizar o motor de jogo Unreal Engine 4. Sendo lançado no dia 2 de julho de 2016. Esta marca os vinte anos de Tekken. Sendo lançado para Xbox One e PlayStation 4 e e tento compatibilidade com o PlayStation VR. O produtor Katsuhiro Harada disse que o jogo será mais sombrio do que nunca, com o tom perto de Tekken 4 e ele servirá como uma conclusão da saga Mishima. Ele vai providenciar as respostas entre o conflito de Heihachi Mishima, Kazuya Mishima, Jin Kazama e Akuma, incluindo as origens do gene Devil, e outros mistérios da história de Tekken. Um trailer lançado em julho de 2014 introduziu a volta da esposa de Heihachi, Kazumi, que foi morta por Heihachi anos antes de começar o torneio. Em setembro de 2020, Katsuhiro Harada anunciou que Tekken 7 já tinha vendido seis milhões de unidades.

Jogabilidade

Tekken 7 concentra-se em batalhas 1-em-1. Dois novos mecanismos são introduzidos no jogo. O primeiro, Rage Art, permite ao jogador executar ataques críticos que causam aproximadamente 30% de dano, dependendo do personagem, uma vez que sua barra de saúde é crítica, em troca de inativar o aumento normal de poder de ataque. O segundo, Power Crush, permite ao jogador continuar seus ataques, mesmo sendo atingindo pelo inimigo, embora eles ainda receberiam ao dano causado pelos ataques do inimigo. O mecanismo também funciona apenas para absorver ataques de alta ou média. O sistema vinculado, que chacoalha um personagem para aumentar a oportunidade de sucessos adicionais, é substituído por Screw Attack, que faz o inimigo girar lateralmente quando são atingidos no ar, permitindo que o jogador inflige hits adicionais depois que eles atingem o chão. Ao contrário do limite, no entanto, Screw Attack não pode ser usado para fazer combos de parede. Com um novo sistema de exibição, o multiplayer do jogo permite que os jogadores escolham de qual lado da tela jogar. Movimento passou por algumas mudanças e agora é semelhante à mecânica do movimento encontrado em Tekken Revolution, mais notavelmente quando os personagens andam para trás.

A versão árcade apresenta a tradicional fase de playthrough, em que o jogador progride batendo cinco adversários diferentes, um por um, terminando com um penúltimo e último estágio final. Os jogos podem ser interrompidos se outro jogador se juntar ao jogo. O Modo Online está disponível para jogos locais e internacionais. A personalização do personagem é apresentada, permitindo que o jogador modifique as aparências dos personagens. Pela primeira vez na série árcade, o jogo apresenta um modo de prática, que permite aos jogadores treinar movimentos contra um adversário por um período de tempo limitado, bem como uma opção para coletar recompensas no jogo, principalmente itens de personalização, através de “Treasure Box”, ganhando suficientes partidas.

O Fated Retribution apresenta várias mudanças no jogo. O novo “Rage Drive” permite ao jogador capacitar certos ataques sacrificando seu Modo Rage. Rage Art também é ajustado para que a quantidade de dano infligido ao inimigo seja inversamente proporcional à barra de saúde atual do jogador. A atualização também adiciona uma característica específica de personagens, o EX / Super Medidor, que serve como um limitador para alguns ataques especiais. Este medidor é reservado para dois personagens: Eliza e o convidado do personagem de Street Fighter é o Akuma.

Encontre o seu lutador

Com mais de 30 lutadores para escolher em Tekken 7, você pode ficar confuso no início. Mas não se preocupe – cada lutador possui seu próprio estilo de luta, desde a mistura de Eskrima e kickboxing da recém-chegada Josie Rizal ao estilo de luta infame de Eddy Gordo, então haverá alguém para você com certeza.

Você poderia colocar diferentes personagens que chamaram sua atenção por seus passos no modo de arcade para um jogador, cheio de história, de Tekken 7 e obter uma visão de por que eles estão lutando. Ou você pode simplesmente escolher o lutador que parece mais legal, é claro.

Mantenha o dedo no botão

Tekken é conhecido por ter listas massivas de ataques e pode ser confuso e intimidador. Quando você está olhando para uma lista de 100 combinações e não tem que entender a diferença entre os botões de chute e soco, você precisará reduzir seu arsenal para um formato mais digerível.

Usar recursos como Tekken Zaibatsu e YouTube para descobrir quais são os principais ataques de seu personagem ajudará enormemente. Mesmo sabendo de algo tão simples como seus botões de partida de combinação de teclas, seu melhor ataque de baixo impacto e seu botão de ataque mais rápido o colocarão à frente da concorrência online. Não se esqueça de alterar o layout dos botões de acordo com seu gosto e tornar tudo o mais fácil possível de alcançar e executar, esteja você usando um stick ou um pad.

Aprenda a detalhar os danos

Depois de se familiarizar com os melhores ataques de seus personagens, você vai querer começar a distribuir danos. Cada personagem em Tekken tem um movimento conhecido como lançador. Pegar um lançador significa que seu oponente será lançado no ar, permitindo que você faça malabarismos para causar danos extras.

Depois de lançar um oponente, você pode fazer alguns ataques e combiná-los com a nova mecânica de ‘parafuso’ do Tekken 7, um ataque com propriedades especiais que lançará seu oponente em um estado de malabarismo girando pelo ar. Dominar uma combinação que começa com um lançador, misturar movimentos de malabarismo em um parafuso e terminar com um grande finalizador ajudará você a ganhar muito.

Tekken 7 até indica essas propriedades de movimento na lista de comando de cada personagem com símbolos especiais, então certifique-se de verificá-los e encontrar os movimentos que melhor se adaptam ao seu combo. Pratique os combos de amostra dessa lista para ter uma ideia do que é possível.

Fique à frente dos inimigos estalando o pulso

Embora a longa lista de ataques do Tekken 7 dê a impressão de que é a parte mais importante do jogo, você pode se surpreender ao saber que o movimento é tão importante quanto saber quais são seus melhores botões. Pegue o seu taco e aprenda: uma técnica que é reverenciada por toda a comunidade Tekken, o Korean Back Dashing (KBD), é essencialmente uma estratégia composta de ser capaz de se mover com eficiência.

Embora demore semanas de prática para se acostumar com essa técnica, um ponto importante a ser aprendido é que o movimento é poderoso. Mesmo algo tão simples como um único Back Dash quando você está cara a cara com um oponente pode deixar seu ataque completamente exposto e permitir que você o castigue. Para conseguir isso, você precisa basicamente cancelar seu Back Dash agachando-se e, em seguida, enxágue e repita, permitindo que você cubra mais distância em menos tempo – cada milissegundo conta em lutas frenéticas.

Então você também tem a capacidade de caminhar e evitar alguns movimentos, o que significa que as opções de movimento de Tekken são enormes. Simplesmente tocar duas vezes para cima ou para baixo fará com que seu personagem comece a andar e segurar qualquer uma dessas entradas fará com que seu personagem fique atrás do oponente e os deixe expostos.

Canalize sua raiva

Desde Tekken 6, a franquia implementou um sistema conhecido como Rage. A raiva permite que os jogadores distribuam dano extra quando estão com pouca saúde, mas Tekken 7 deu um passo adiante. Cada personagem em Tekken agora tem uma Rage Art e um Rage Drive.

A Rage Art é um ataque especial que envolve uma entrada complexa que pode ser mapeada para um único botão e permite aos jogadores realizar um ataque totalmente cinematográfico.

Rage Drives também exigem o pressionamento de botões complexos, permitindo que você estenda combos ou force seu oponente a bloquear seu próximo conjunto de ataques se eles bloquearem o Rage Drive. Graças ao sistema Rage, você nunca está realmente fora da luta, então o momento certo irá ajudá-lo a arrancar a vitória das mãos da derrota.

Não bloqueie com o rosto

Você não faria na vida real, não é? Ninguém aceita muito bem uma pancada no nariz – e quando você tem apenas um limite de vida para dar, provavelmente é melhor aprender a bloquear.

Todos os personagens em Tekken têm algumas sequências de ataques verdadeiramente elaboradas e você precisará bloquear para superar esses oponentes. A melhor maneira de aprender como bloquear ataques de personagens é ir para o modo de treinamento e configurar o personagem de IA para executar vários movimentos e aprender quando é melhor bloquear baixo ou até mesmo correr para fora do perigo.

É demorado, mas o modo de treinamento do Tekken 7 foi construído para permitir que você teste tudo o que você precisa, indo tão longe a ponto de permitir que você configure vários ataques diferentes e tenha a IA escolhê-los aleatoriamente.

Estude os dados

Lembra do bullet time de Matrix? É assim que você precisa começar a operar no Tekken se você realmente quiser ‘Git Gud’ e realmente entender o que está acontecendo.

Embora você não possa mudar a aparência real do jogo principal, você pode estudar os dados dos quadros (o número de quadros de tela para os quais cada movimento funciona) do Tekken online com a ajuda do RBNorway. Tudo no Tekken 7 tem um elemento estatístico, então cada ataque tem uma série de números que ditam suas propriedades.

Os movimentos pelos quais o atacante não pode ser penalizado quando bloqueado são chamados de ‘seguros’ e os movimentos pelos quais o oponente pode ser punido são conhecidos como ‘inseguros’. Ao estudar os dados do quadro, você poderá ver quais ataques apresentam riscos enormes quando bloqueados e responder com seus próprios ataques explosivos para garantir que seus rivais nunca tentem aquele ataque novamente.

Sempre se vista de acordo

Tekken 7 tem uma infinidade de diferentes opções de personalização disponíveis e, enquanto você joga, você desbloqueará itens e roupas especiais para seu personagem para torná-los únicos.

Só há uma coisa melhor do que vencer: vencer vestindo um terno chique, um equipamento de mergulho e um bolo no lugar de um chapéu. Você pode até adicionar um pouco de brilho à sua barra de saúde.

Bop com a batida

Tekken 7 tem uma trilha sonora incrível e pode ser a melhor de todos, mas isso não significa que seja a única opção. Tekken 7 oferece a você os meios de ouvir uma variedade de músicas e mudar sua música de fundo de todos os jogos da franquia. Se houver um determinado OST que acelera seu coração e o deixa pronto para a próxima batalha, coloque-o e faça algumas cabeças rolarem.

O bloqueio é essencial

Antes de atacar seu oponente, bloquear é o que você aprende primeiro. Existem três tipos de ataques no jogo – altos, baixos e médios. Você pode bloquear um ataque alto e médio enquanto está em pé e pressione o botão para baixo no D-pad para agachar e bloquear ataques baixos. No entanto, agachar demais não o ajudará, pois a maioria dos ataques em Tekken são ataques intermediários. Seu oponente pode facilmente lançá-lo no ar e infligir sérios danos se você ficar agachado com mais frequência.

Além disso, o arremesso de quebra é algo que você precisa aprender. Ao contrário das versões anteriores do jogo onde você tinha que identificar e quebrar um tipo de arremesso com uma determinada demanda, no Tekken 7 você pode simplesmente fazer isso pressionando os botões 1 ou 2 (soco direito e soco esquerdo). Você também pode lançar um ataque depois de aparar um movimento baixo de seu oponente, pressionando df 2 (para baixo para a frente 2 / triângulo / Y) na direção de seu oponente.

Mova-se para sobreviver

O movimento em Tekken é o que o diferencia do lote. Existem opções de traço para trás, traço da onda, contornar o jogo. Esquivar-se do movimento do oponente oferece uma grande vantagem. Por exemplo, a bola de fogo de Akuma pode ser facilmente evitada evitando-se (pressionando o botão para cima ou para baixo duas vezes no D-pad rapidamente). No entanto, esquivar-se não o ajudará a evitar ataques homing que rastreiam os movimentos dos jogadores. Por exemplo, o Jaguar Hook de King ou o ataque a laser de Devil Jin enquanto está no ar.

Com movimentos oportunos, você pode evitar o lançador ou movimentos básicos do oponente e se encontrar em uma posição melhor para atacar. O Wave Dash ainda é um movimento avançado que um iniciante só aprenderá com a prática, mas o Back Dash – simplesmente movendo o personagem para trás pressionando rapidamente o botão Voltar duas vezes – é algo que pode ser adaptado ao jogo facilmente. Além disso, você deve saber quando se abaixar e atacar, em vez de ficar na defensiva excessiva. Por exemplo, você não pode fazer nada enquanto está de pé defendendo o movimento 4,2,1 de Dragunov (enquanto pressiona o direcional para trás). No entanto, você pode se abaixar após o segundo movimento e usar seu movimento para interromper o ataque.

Tekken é um jogo em que apertar botões não funcionará para você. Vá para o modo de prática, abra a lista de movimento do personagem que você escolher e aprenda. Se não todos eles, pelo menos aprenda aqueles que são o pão com manteiga para o seu personagem. Por exemplo, se você quiser jogar com Asuka como eu, voltar 3 (chute de esquerda) e avançar 2 (soco de direita) são os iniciadores básicos que você precisa incorporar ao jogo.

Mas saber apenas seus movimentos não resolverá o problema. Você tem que identificar movimentos puníveis de diferentes personagens para lançar um contra-ataque. Por exemplo, se você defender o lançador avançado 2 de Asuka, poderá puni-lo com o lançador de seu personagem facilmente. Se você deseja participar de torneios Esports Tekken no futuro, também há dados de quadro que desempenham um papel importante em se seu personagem reage mais lento ou mais rápido após defender ou lançar um determinado movimento.

Conheça os arredores 

Não apenas com oponentes específicos, você deve saber como jogar em diferentes fases. Ao contrário da franquia Injustice, você não pode jogar coisas em seu oponente e fazer uso do ambiente. Em Tekken 7, você deve encontrar paredes fracas, pisos em um estágio que o ajudará a estender seus combos e infligir mais danos. Quando perto de paredes, seus combos mudam, assim como você tenta carregar seu oponente em direção à parede depois de lançá-los no ar. Além disso, os projetores de parede prendem seus oponentes na parede e basicamente os tornam seu saco de pancadas, ajudando você a usar combos para causar mais danos facilmente. Ao jogar em cenários como o Azure, onde não há paredes ou pisos fracos, você só precisa confiar na força do seu personagem para vencer a luta.

Combos e Juggles

Tekken trata de fazer malabarismos com um oponente. Um grande número de ataques no jogo leva à capacidade de fazer malabarismos com um oponente se ele acertar. Até mesmo sweeps ou outros ataques que não necessariamente lançam um oponente para o alto podem ser usados ​​para iniciar juggles. 

Se você é novo no Tekken ou nos jogos de luta em geral, os combos de malabarismo provavelmente não serão fáceis. O tempo pode ser muito rígido em alguns desses combos. É importante praticá-los repetidamente no Modo de Prática até que você os tenha gravado na memória. Não se preocupe se demorar um pouco para conseguir fazer um combo. Depois de entender como funciona o tempo, você terá muito mais facilidade com outros combos. Se você continuar a ter problemas, poste um comentário em nosso vídeo combo de exemplo acima e veremos se podemos ajudá-lo.

Paredes e superfícies quebráveis

Muitos dos estágios em Tekken 7 têm paredes que irão atordoar os oponentes e permitir um combo de acompanhamento. Uma vez que você tenha seus combos de malabarismo, você terá que aprender como alterá-los quando uma parede está próxima. Qualquer combo de ataque rápido ou seqüência de ataque geralmente funciona muito bem imediatamente após um oponente atingir a parede.

Algumas paredes e pisos em Tekken são quebráveis. Isso significa que se você acertar um oponente com um ataque poderoso, a parede ou o chão cederão e os dois personagens mudarão para uma nova área dentro do palco. Na maioria dos casos, o jogador que for atingido irá pular e o jogador ofensivo poderá fazer um pequeno combo de malabarismo. Mesmo que você consiga apenas alguns tiros, é importante tentar algo nesses casos, para que possa obter o máximo de dano possível.

Rage Arts e Power Crush

Rage Arts são um tipo de super movimento em Tekken 7. Assim que seu personagem sofrer muitos danos, sua barra de saúde começará a brilhar em vermelho. Isso indica que eles entraram no Modo Fúria. Enquanto estiver no Modo de Fúria, todos os ataques infligem danos adicionais, mas você também pode realizar um ataque de Arte de Fúria ou Impulso de Fúria. A Arte da Fúria é essencialmente um super movimento que passa por todos os ataques (embora você ainda tome dano desses ataques) e inflige muitos danos ao oponente se acertar. Um Rage Drive é um ataque semelhante que permite estender um combo ou infligir dano adicional.

Um ataque Power Crush é um movimento que possui uma armadura contra todos os ataques de alto e médio alcance. Isso significa que ele passará por todos os ataques altos e médios negando o dano. No entanto, para equilibrar este ataque, eles geralmente são muito puníveis se o oponente bloquear, e ataques baixos sempre os derrotarão. Esses movimentos podem ser encontrados na lista de movimentos do jogo com um ícone vermelho ao lado deles.

Atacando em Tekken 7

Depois de escolher o personagem que deseja focar como um iniciante, você precisa aprender os fundamentos do ataque em Tekken 7. O jogo segue um layout de ataque de quatro botões, cada um representando um membro do personagem. Em termos básicos, você tem dois botões, um para cada braço e dois botões, um para cada perna.

Como exemplo, os controles para PS4 são os seguintes:

Soco esquerdo – quadrado

Soco direito – Triângulo

Chute de esquerda – X

Chute direito – Círculo

Com isso em mente, você pode começar a socar e chutar seus oponentes. Tekken 7 tem três ataques básicos distintos, a saber, alto, médio e baixo. O ataque alto atingirá oponentes em pé, enquanto o ataque médio atingirá oponentes em pé e agachados. Por último, o ataque baixo acertará os oponentes em pé e agachados. Pressionar ou segurar os botões direcionais enquanto pressiona um dos botões de ataque também abre possibilidades para outros movimentos de ataque. Só não se esqueça de misturar as coisas. Nunca faça spam com o mesmo ataque básico repetidamente, pois essa é uma receita para o desastre.

Armado com o conhecimento básico de ataque, você pode entrar no modo de prática e começar a aprender alguns combos fáceis. Sugerimos que você aprenda os fundamentos do movimento em um espaço 3D.

Lançadores para a vitória

Lançadores em Tekken 7 é o ato de acertar seu oponente no ar e é uma habilidade extremamente importante para aprender desde o início. A razão para a importância dos lançadores é bastante simples: eles permitem que você faça combos enquanto seu oponente está com as defesas baixas. A maioria (mas não todos) dos personagens tem um lançador configurado para pressionar, avançar e socar. Há uma variedade de lançadores mais bem aprendidos para cada personagem no fantástico Modo de Prática do jogo. Veja o ponto final para mais informações.

Há uma infinidade de lançadores disponíveis no jogo e alguns Hopkicks também lançam seu oponente, permitindo a você encadear alguns ataques enquanto eles estão em um estado vulnerável. O aspecto mais importante a lembrar, entretanto, é que quase todos os movimentos podem ser contrariados ou interrompidos. Com isso em mente, você precisa entrar no modo de prática e aprender os detalhes de cada lançador. Por exemplo, se eles são médios ou altos e, portanto, qual deles usar, dependendo da posição do seu oponente. 

Modo de prática

Como em qualquer jogo de luta, a prática leva à perfeição. Portanto, é essencial que você entre no Modo de Prática do Tekken 7. Este modo permite que você pratique todos os pontos anteriores em nosso guia do iniciante Tekken 7 e muito mais. Você tem acesso a filas visuais para todos os combos, movimentos especiais e lançadores. O Modo de Prática também oferece uma variedade de opções e quais posições seu oponente deve tomar. Você pode até configurar seu oponente para imitar todos os seus movimentos.

É aqui que você realmente começa a entender as complexidades do jogo e como ele realmente é profundo. Você pode ir fundo em defesas de golpe, definir seu oponente para se proteger ou realizar certos ataques e muito mais. O modo de prática do Tekken 7 é um dos mais avançados que existe. Quando você pegar o jeito, poderá elevar seu jogo a um nível totalmente novo. Apenas não se sinta intimidado por todas as opções disponíveis no início e decida focar em um aspecto de cada vez.

Evasão e rastreamento

A maioria dos ataques em Tekken 7 segue para a esquerda ou direita. Se um ataque segue para a direita, você pode desviar para a esquerda para evitar o ataque. Da mesma forma, se um ataque segue para a esquerda, você pode desviar para a direita para evitá-lo. Esquivar-se é uma manobra defensiva fundamental em Tekken, mas você não pode simplesmente contornar aleatoriamente. Você precisa saber quando pode contornar e em que direção contornar.

Se você está enfrentando um jogador que está constantemente evitando seus ataques, você pode usar um movimento de rastreamento. Esses ataques são mostrados com um ícone azul com uma oval no meio na lista de movimentos do jogo. Esses ataques rastrearão ambas as direções e não podem ser evitados com um passo de lado.

Referências:

Ginx, Indiana Express, Prima Games, Red Bull, wikipedia.

Captain Tsubasa: Rise of New Champions

Captain Tsubasa: Rise of New Champions é um videogame de futebol desenvolvido pela Tamsoft e produzido pela empresa japonesa Bandai Namco Entertainment. É baseado no mangá e anime Captain Tsubasa (Super Campeões no Brasil). Foi lançado em 28 de agosto de 2020 no PlayStation 4, Nintendo Switch e Microsoft Windows.

O básico

Qualquer jogador teve que passar pela escolinha antes de se tornar o melhor do mundo, não é mesmo? Vejamos os controles básicos antes de qualquer coisa:

Chute: pressione o botão Y para um chute normal;

Superchute: segure o botão Y para realizar um chute mais poderoso, que irá drenar a energia do goleiro adversário;

Drible: quando um oponente tentar roubar a bola, pressione ZR para conseguir contorná-lo;

Barra de energia: é usada para executar certos movimentos, como superchutes, dribles e defesas especiais. Se ela estiver vazia, não será possível realizar certas jogadas;

Corrida: pressione R para correr mais rápido. A corrida irá drenar a sua barra de energia, mas é uma ótima forma de desviar dos carrinhos se usada no momento certo;

Ataque: pressione B para roubar a bola. Segure o botão B durante uma corrida para realizar um carrinho;

Superdefesa: quando um jogador do time adversário realizar um superchute, pressione ZL durante a animação especial para fazer uma superdefesa.

Quebre as regras

Esqueça toda a cordialidade e o espírito esportivo ao jogar Captain Tsubasa: Rise of New Champions, pois a ausência de regras e limites farão qualquer jogador profissional esquecer o fair play para partir ao ataque brutal até os últimos minutos do acréscimo. Caso você decida jogar de forma tradicional, já adianto que será frustrante, porque os adversários não terão piedade de fazer um carrinho por trás ou agredir a sua equipe.

Ficar tocando a bola até criar uma brecha na defesa adversária é perda de tempo neste jogo, então não tenha vergonha de quebrar e atacar com tudo o que puder. O gramado é um campo de batalha e apenas uma equipe sairá vencedora desta guerra; se você não pressionar a equipe antagonista, infelizmente ela que fará isso com você.

Não economize poder

Ao invés de criar estratégias ou tentar competir de forma tradicional, foque em usar todo o poder que os seus jogadores possuem. Não economize a barra de especial, porque é possível restaurá-la após um certo tempo de jogo. Além disso, o caminho para marcar um gol de placa consiste principalmente em enfraquecer o goleiro adversário — por isso, ataque-o sempre que possível. Confira a seguir algumas dicas práticas de como usar todo o potencial da sua equipe:

Todos os jogadores contam com uma barra de energia, ela serve para dar mais velocidade, efetuar dribles e superchutes (segurando B);

Deixe o jogador mais forte do seu time em áreas próximas ao gol e use-o sempre que surgir uma oportunidade para pontuar;

Não hesite em usar superchutes quando estiver na grande área, mesmo que seja um mero meio de campo com nenhum diferencial;

Realize dribles (apertando ZR) quando algum adversário tentar fazer um carrinho, pois, além de contornar o adversário, o truque lhe concederá um pouco mais de poder;

Após realizar dois dribles bem sucedidos, não hesite em carregar um superchute. Mesmo que seja durante uma situação complicada, lembre que o foco é atacar o goleiro sempre que possível;

É melhor cansar minimamente o goleiro do que ter a bola roubada;

Não tenha medo de perder a bola, pois é muito fácil recuperá-la.

Campeão da escola

Agora que já abordamos todos os pontos principais da jogabilidade, é hora de entrar em campo. Captain Tsubasa: Rise of New Champions não é apenas um jogo de futebol, ele conta com uma história inteira no modo single player. Cada capítulo é um estágio próprio e peculiar, com condições e desafios próprios — como ter que virar o placar ou jogar uma partida com Tsubasa machucado.

Embora o objetivo da história seja vencer o torneio escolar, o desafio é grandioso o bastante para te fazer suar a camisa. Se você quiser ter sucesso nesta jornada, não hesite em usar todas as técnicas deste guia, principalmente o ataque incessante. Captain Tsubasa: Rise of New Champions é praticamente um jogo de luta com a temática de futebol, por isso não se intimide diante dos adversários e bata de frente sempre. 

Barra de Spirit

Esta barra é usada quando você toma certas ações, como um golpe de rasteira em movimento, chutes especiais e defesas. Conforme a sua barra é gasta, você levará mais tempo para carregar golpes. Se estiver muito baixa, não poderá utilizar certas manobras. A barra de Spirit recarrega para todos os jogadores, mas se comporta de maneira diferente para goleiros.

Os goleiros usam sua barra de Spirit quando fazem defesas. Ao contrário dos outros jogadores, sua barra enche no intervalo, e apenas se eles perderam um gol. Tente guardar a sua barra de Spirit para cansar o goleiro oponente usando chutes até poder marcar um gol.  

Combos especiais

Fãs da série original vão ficar felizes em saber que podem usar seus golpes favoritos do anime nesse game. Há muitas combinações de jogadas que podem levar a combos de cair o queixo, então a nossa dica é: experimente, experimente, experimente! Enquanto isso, conheça alguns combos irados para você começar.

Se você tem Tsubasa e Misaki correndo juntos e um deles está com a bola, segure Triângulo até a barra encher para executar um Combo Pass Move que é extremamente difícil de contra atacar. Continue a pressionar Triângulo rapidamente para passar por todo o time oposto…

Se a bola está em uma área de pênalti e os irmãos Tachibana estão lá, segure o botão Quadrado para o golpe Skylab Hurricane, um golpe extraordinário como você jamais viu.

Se dois jogadores compatíveis estão próximos quando você carregar um golpe, eles vão combinar suas forças e chutar a bola ao mesmo tempo. Experimente quais personagens podem fazer isso.

Se Sano estiver na posição correta, mire lá do fundo com Jito para fazer um Hirado Combo. Sano mudará o caminho da bola com uma cabeçada, passando pelo goleiro!

Menos futebol, mais luta

Captain Tsubasa: Rise of New Champions pode até ser um jogo de futebol, mas essencialmente é um game de luta. Dito isso, seu aproveitamento ficará melhor o quanto antes você largar seus vícios trazidos de Pro Evolution Soccer ou Fifa.

Por ter mecânicas que se assemelham aos simuladores de futebol, somos levados ao pensamento lógico de trabalhar a bola até o gol adversário. Isso é perder tempo no jogo de Super Campeões.

Cuidado com a resposta

Você começa a pegar o estilo da jogabilidade de Captain Tsubasa: Rise of New Champions a cada partida disputada. Ainda assim, a mecânica fica um pouco engessada quando tentamos responder rapidamente à algum lance. Por exemplo: querer tocar rapidamente assim que já recebemos a bola. Às vezes, o comando não acontece. Ou seja, não tenha pressa em emendar um comando no outro. Você só vai apertar o botão do controle à toa.

É pra apelar mesmo

Ao invés de ficar tocando a bola coletivamente à procura de uma brecha na defesa adversária, não tenha vergonha de focar no seu principal personagem e apelar com ele para que você crie exatamente essa brecha. Privilegie o jogador mais forte do seu time o colocando próximo da área ou então nas pontas pelo setor ofensivo.

Em Captain Tsubasa: Rise of New Champions, volantes e meias abertos (normalmente na formação 4-4-2 losango) tendem a sumir no jogo – mesmo que você toque para eles e tente driblar todos os inimigos.

Limpe a defesa

Uma dica valiosa no game de Super Campeões é caçar os adversários em campo. De novo: é um jogo de luta, então use isso ao seu favor. Quando corremos com o personagem, ele rapidamente perderá energia (“garra”) e você facilmente fica exposto. Para otimizar sua investida, vá caçando os marcadores que estão à sua frente.

Dois dribles efetuados com sucesso aumentam a energia do seu personagem – o que te dá mais gás para continuar derrubando os adversários com sucessivas fintas. É mais seguro você chegar na cara do gol sem marcação, logo, o ideal é que você faça uma limpa na defesa antes do arremate. Faça uma fila de humilhados sem pensar duas vezes.

Fatiou, chutou

Assim que você efetua dois dribles em sequência, o personagem em questão ganha energia – e ficar mais forte. Dessa forma, ele fica propenso a ser mais ágil nos comandos. Então não pense duas vezes: assim que liberar a animação por causa do combo de fintas, emende com um chute especial. Ah, dica de ouro: não espere ao término da cinematic para apertar o botão; já pressione quadrado nos instantes finais da animação.

Canse o goleiro

Todas as dicas até aqui levam para o momento máximo do futebol: o gol. Os arqueiros contam com barras de energia que vão diminuindo a cada chute bem sucedido nosso. Por isso é mais eficaz termos um jogo agudo e que canse o goleiro com mais rapidez.

Com arqueiros mais poderosos, foque em sempre dar os chutes especiais (ou seja, encher não só a barrinha, mas também aquele slot) próximo da área. Com goleiros menos fortes, arriscar de longa distância é um bom recurso caso você sinta que não conseguirá avançar para mais próximo.

No mais, sempre chute quando a marcação estiver prestes a te vencer mesmo que o arremate esteja fraco – vale mais cansar o goleiro minimamente do que ter a bola roubada.

ZONAS-V

A cada ação realizada com sucesso, como dribles ou desarmes, a barra de energia do seu time intitulada Zona-V aumenta. Assim que ela ficar cheia, não espere por um melhor momento para usá-la. Quanto mais cedo você ativa uma Zona-V, mais rápido você pode habilitar o especial outra vez.

Ah, claro: só não use esse especial no final do primeiro tempo. O cronômetro da partida fica acelerado enquanto a Zona-V está ativada. Logo, nos acréscimos, o tempo se encerra antes mesmo de você usufruir do especial. E caso você esteja em vantagem no placar, é interessante ativar a Zona-V mais para o final da partida e não deixar que o inimigo pegue na bola. Assim o jogo acaba mais rápido e você evita que seja vazado.

Tudo junto e misturado

Em Captain Tsubasa: Rise of New Champions, não existe diferenciação entre zagueiros e laterais, entre volantes e meias, e entre pontas ou centroavantes. Nos setores de defesa e meio de campo, principalmente, não se preocupe tanto em encontrar quem é o volantão ou espere laterais rápidos para avançar (os laterais nesse jogo são bem coadjuvantes). Remeta à dica lá de cima: arme o seu time para otimizar o melhor personagem do elenco.

Dupla de outro

Verifique se no seu time existe uma dupla de ouro: aqueles jogadores que juntos liberam um chute especial em conjunto. Tsubasa e Huyga/Misaki (Japão), e Alberto e Carlos Santana (Brasil) são exemplos. Use a tática especial “Combo” para manter os atletas em questão jogando próximos, facilitando, assim, o arremate especial próximo da área.

São fases, não partidas

Outra vez: Captain Tsubasa: Rise of New Champions até pode ser um jogo de futebol, mas essencialmente é um game de luta. Com isso, o modo campanha é composto por fases – que, como qualquer jogo que se preze, você só avança em caso de vitória.

Ao longo dos acontecimentos de Episódio do Tsubasa e Episódio do Novo Herói, pela Jornada, você só perderá em uma única fase – o jogo-treino contra a Alemanha às vésperas do Desafio Mundial Juvenil é feito para que você perca.

No mais, nem empates salvam: você terá que vencer todas as partidas. Tenha isso em mente sempre. Inclusive, no terceiro confronto do Desafio Mundial Juvenil, quando enfrentamos Senegal – mesmo com o Japão classificado para o mata-mata, você é obrigado a vencer esse duelo.

Essa dica vale ouro já que boa parte dos jogadores são da escolinha Fifa ou PES, logo, está acostumada a se classificar contando com derrotas ou empates como tropeços durante uma etapa classificatória. Não tem tropeço no Super Campeões – e é muito frustrante você perder tempo outra vez naquela mesma partida.

Momentos-chave

Fique ligado nos acontecimentos da Jornada, pois em determinadas partidas a fase será voltada para um personagem em específico – existe enredo além de Tsubasa. Dessa forma, um evento é gerado se a bola chegar naquele personagem. Contra a Itália, por exemplo, tocar a bola para Hyuga é garantir um gol porque é a partida-chave na qual o personagem terá destravado o “Novo Chute do Tigre”. Cuidado que o mesmo vale para o time adversário.

Química entre jogadores

Dê atenção aos Vínculos de Amizade que o jogo te permite ter ao longo da Jornada. As cartas dos atletas permite que o seu personagem criado ganhe poderes básicos e especiais à medida que a química com aqueles determinados cards aumente. Sempre valorize um deck com jogadores que você atuará junto em algum momento da campanha.

Pule a história

Um dos pontos negativos de Captain Tsubasa: Rise of New Champions é que a campanha conta com diálogos extensos em diversos momentos, o que quebra totalmente com o ritmo em meio às partidas. É possível pular essas conversas.

Para isso, vá nas Opções e, dentro de Outras Configurações, troque para “Pular tudo” em “Pular História”. Você pode fazer o mesmo para “Eventos de Ligação”, mas aí você deixará de somar pontos de experiência importantes para o seu personagem.

Seleção brasileira

A seleção brasileira é um dos times secretos no jogo de Super Campeões, assim como os EUA. 

Como bloquear tiros

É essencial se você quiser ter sucesso em Captain Tsubasa: Rise of the New Champions que você tenha uma última linha de defesa sólida, pois essa pode ser a diferença entre a vitória e a derrota. É inevitável que haverá momentos em que você perderá a posse da bola e precisará fazer com que os zagueiros voltem a bloquear os chutes. Uma maneira eficaz de fazer isso é configurar a formação da parede final.

Para configurar a Formação da Parede Final, você precisa ir para ‘Gerenciar Equipe’ antes de entrar na partida e então selecionar a opção ‘Mudar Táticas’. Aqui você terá a escolha de quatro formações diferentes que podem ser atribuídas aos botões d-pad de seu controlador. Substitua um pela Formação da Parede Final e selecione um de seus defensores para atuar como bloqueador. Então, durante uma partida, basta pressionar o botão d designado em seu controlador para realizar a Formação da Parede Final e esperar por um tiro do outro time. Se o defensor que você selecionou estiver em posição, uma animação de bloco será mostrada e o tiro será interrompido ou consideravelmente enfraquecido.

Como usar o V-Gauge

Em Captain Tsubasa: Rise of New Champions você tem um V-Gauge, este é o medidor amarelo na parte inferior da tela que está posicionado diretamente abaixo da tela do personagem que você está controlando. O V-Gauge enche-se lentamente ao longo do tempo e também se enche quando executa ações como tackles, dribles ou chutes durante um jogo. Assim que o V-Gauge estiver completamente cheio, você pode usá-lo para realizar Super Salvar e ativar o V-Zone sempre que achar que vai beneficiar sua equipe. Para usar seu V-Gauge, pressione L2 no controle. O que são Super Salvar Quando seu V-Gauge estiver cheio, você pode ativá-lo pressionando L2 para realizar um Super Salvar que bloqueará o tiro de seu oponente. Um Super Save interrompe uma foto 100% do tempo e deve ser usado apenas nas situações mais importantes.

Como fazer Hidden Shots

Se você está lutando para marcar um gol no Captain Tsubasa Rise of New Champions com um tiro padrão ou mesmo um Super Shot, então você precisa pensar em fazer um tiro oculto, mas lembre-se de que nem todo jogador tem acesso a um tiro oculto.

Esses chutes começam da mesma forma que qualquer outro chute, segurando Square no controle para carregar o chute a gol. A única diferença é que você precisa pressionar e segurar L1 ao soltar o botão de carga. Quando você solta o botão do ombro esquerdo, você verá o nome do tiro mudar de um tiro carregado ou super tiro para um tiro oculto. Se você soltar o botão de ombro antes de soltar o disparo, não executará o disparo oculto.

Você pode descobrir quais personagens em Capitão Tsubasa Rise of New Champions possuem Hidden Shots indo para Ultimate Edit e então Character Edit. Aqui você poderá ver as habilidades e movimentos de cada personagem individual no jogo. As variações de Hidden Shot são indicadas por uma estrela no início do nome.

Como driblar os últimos defensores

Embora passar a bola para um colega de equipe muitas vezes o colocará na posição em que deseja estar no gol para chutar, haverá momentos em que você vai querer passar a bola sozinho pelo defensor ou pode não haver uma pista aberta para passar o bola. Quando você está nesta situação, você tem duas opções para escapar do ataque dos defensores e passar por eles. Você pode pressionar R1 em seu controle para simplesmente passar por eles com um sprint que você pode manter continuando a segurar R1 ou, alternativamente, se você tiver algum Espírito em excesso em seu medidor de Espírito, você pode usar o Movimento Drible de um personagem para escapar dos defensores enfrentar. Isso é feito pressionando o botão R2 em seu controlador.

Referências:

Super Cheats, ESPN, Nintendo Blast, Blog Playstation, Wikipedia.

Dragon Ball Z: Kakarot

Dragon Ball Z: Kakarot (ドラゴンボールZ カカロット Doragon Bōru Zetto Kakarotto?) é um jogo eletrônico de RPG de ação em mundo aberto desenvolvido pela CyberConnect2 e publicado pela Bandai Namco Entertainment. Baseado na franquia Dragon Ball, foi lançado em 17 de janeiro de 2020 para Microsoft WindowsPlayStation 4 e Xbox One

O criador de Dragon Ball, Akira Toriyama projetou Bonyū (ボニュー?), uma nova personagem original para o jogo. O jogo vendeu mais de 1,5 milhão de cópias em sua primeira semana de lançamento, tornando-se um grande sucesso.

Personagens de apoio

Sempre que você estiver jogando, tiver mais de um personagem no seu grupo e começar uma luta, não subestime seus aliados. Use-os por meio do botão R1/RB para que te auxiliem a derrotar os inimigos. Piccolo, por exemplo, é um ótimo personagem de apoio graças ao seu poder “Super Onda Explosiva”. Usar o apoio várias vezes também libera o “Combo Z”, que causa muito dano no oponente.

Animais dourados

Assim como itens vermelhos dão objetos raros, o mesmo vale para animais dourados. Caçá-los lhe garante sempre algum ingrediente bastante raro, geralmente usados em receitas mais avançadas. Também existe a chance de obter objetos de valor para vender nas lojas e ganhar bastante dinheiro.

Sugestões da Bulma

De vez em quando, Bulma lhe mandará avisos indicando, por exemplo, determinados itens em abundância em um certo local do mapa ou então descontos especiais nas lojas de uma das cidades. Sempre que puder, pare o que está fazendo e voe até esses pontos para conferir.

Faça os treinamentos

Os treinamentos são difíceis, porém fundamentais, já que eles garantem aos Guerreiros Z novas e poderosas habilidades que eles só conseguem obter dessa forma. Portanto, é bom não se esquecer de ir até esses pontos, marcados no mapa com um ícone verde em forma de braço, para treinar, sempre que você aumentar alguns níveis.

Guarde o Ki para ataques mais fortes

Essa dica poderia servir para qualquer jogo de DBZ, mas é especialmente útil para Kakarot. Não vale muito a pena desperdiçar sua energia, aquela barrinha azul embaix do HP, com poderes fracos.

Encha os adversários de golpes físicos, carregue o Ki ao máximo e use-o em super ataques. Assim você vai tirar muito mais dano dos oponentes por vez. Fora que ter a barra do Ki cheia mantém você preparado para quando aparecerem brechas de usar algum ataque tipo Kamehameha que seja só para finalizar a luta.

Tenha itens para recuperar a vida

Algo que já deve ter reparado é que Dragon Ball Z: Kakarot não explica muita coisa sobre como jogar. Você vai descobrindo as coisas na cara e na coragem! E uma das mais importantes que você talvez não saiba é que pode usar itens para restaurar energia durante as batalhas!

Afinal, Kakarot é um RPG, não um simples fighting game. Logo, sempre que for se preparar para uma batalha, ainda mais uma difícil, tente estar com os itens de recuperação de vida sempre prontos para serem utilizados. Isso vai manter você com maiores chances de vitória.

Compre ingredientes de vendedores locais

Alguns dos itens de recuperação de vida ou outros importantes precisam ser encontrados pelo mapa em suas explorações. O que faz você perder muito tempo, vamos combinar. Uma solução é comprar ingredientes, itens e outros objetos de vendedores locais das cidades que visita.

Uma boa forma de aquecer o comércio local e ainda ter tudo que precisa…

Cace, pesque e cozinhe

Assim como em Final Fantasy XV você pode cozinhar, em Kakarot essa é uma das atividades que fazem parte do gameplay. Há uma porção de receitas que podem ser preparadas, todas elas dando atributos nas batalhas.

Caso não queira cozinhar, há duas alternativas: pescar e caçar. Pescar pode ser bem relaxante e útil. Mas caçar é o mais legal, ainda mais se for um dinossauro, cuja carne é mesmo importante para melhor os stats de Goku!

Reúna as Esferas do Dragão

Um jogo de DBZ sem poder coletar as Dragon Balls não é um bom jogo! Em Kakarot elas estão disponíveis a partir da batalha contra Freeza. Elas se espalham pelo mapa, podendo ser encontradas facilmente se você seguir seu ícone.

Após reunidas, você vai invocar Shen Long e pedir 3 desejos. Pode pedir itens, Orbes e mesmo para lutar novamente contra um Boss já derrotado. Uma vez feito o pedido, as Esferas só voltam a aparecer no mapa 20 minutos depois.

Visite os Fóruns da Comunidade

Essa dica o jogo não vai lhe dar, portanto vamos a ela. Os Fóruns da Comunidade são uma seção do jogo e ela é mesmo importante. Esses fóruns são, na verdade, um tabuleiro. Nele você encaixa fichas das personagens, obtidas ao longo do gameplay.

Alguns tabuleiros vão dar maiores atributos nas batalhas. Outros reduzem preços em lojas. Há os que dão mais experiência nas lutas e os que dão boost nos efeitos das comidas. Cada ficha, na verdade, se encaixa melhor em um determinado fórum/tabuleiro.

Fichas de personagens que se dão bem na história podem ser colocadas lado a lado. Como Gohan e Piccolo. Isso aumenta os bônus dados por elas!

Não deixe nenhum Orbe Z especial para trás

Os Orbes Z são esferas coloridas que aparecem no mapa em todas as áreas navegáveis. São utilizados para desbloquear novos golpes. Outra forma de fazer isso é lutando contra inimigos e vencendo-os. Portanto colete todos os Orbes que vir, mas calma: se perder algum não precisa surtar!

Diríamos para se preocupar mais com isso quando forem Orbes Z especiais. Eles são aqueles que aparecem em círculos no ar, durante sua navegação pelo mapa. Ou aqueles que precisam ser coletados em um espaço “x” de tempo. Não deixe-os para trás, pois rendem ataques mais poderosos por serem Orbes mais raros.

Complete todas as missões secundárias que puder

As missões paralelas de Dragon Ball Z: Kakarot são importantes por vários motivos. Garantem mais experiência, além de apresentarem personagens queridas da franquia. Algumas que você talvez nem conheça ou nem lembre!

O mais importante mesmo é a questão da experiência. De Raditz para Vegeta e depois para Freeza e Cell a coisa só piora. Os Chefes são mesmo difíceis de serem derrotados se você não evoluiu. Portanto não adianta ter pressa de chegar ao fim da história: o jogo é um RPG e precisa ser jogado como tal!

Dê presentes aos seus companheiros de batalha

Seus companheiros de batalha ficam disponíveis em algumas lutas. Isso garante suporte em batalhas difíceis, o que é ótimo se você souber usar isso a seu favor. Escolha lutadores que tenham super ataques poderosos e que formem um bom par com seu estilo de combate.

Outra coisa: dar presentes para seus companheiros de batalha assegura que a relação de vocês em luta será mais eficiente. Os presentes são itens bem específicos e destinados a esses lutadores secundários. Melhoram bônus, a amizade e ainda podem ser usados nos Fóruns da Comunidade.

Desvio é melhor que bloqueio

Experimente apertar X/A momentos antes de levar um golpe físico e verá a personagem desviar do ataque. Isso é MUITO eficiente se você souber usar bem. Poderá mandar um contra-ataque furioso de imediato, além de economizar Ki ao não usar Burst ou Vanish.

Para quem não sabe, Burst cancela o ataque do oponente estando perto dele. Vanish teletransporta você para as costas do inimigo. Ambos queimam muito Ki de cara.

Compre mapas para achar colecionáveis

Caso não queira ficar procurando itens colecionáveis por aí, uma alternativa é comprar mapas que indicam suas localizações. Dá para comprar mapas para pesca, para caça, para depósitos de minério, para árvores de frutas, enfim: para tudo!

Eles costumam custar entre 10 mil a 12 mil Zeni cada. Uma opção mais barata é buscar NPCs que vendam eles por preços mais camaradas. Em cada região, por exemplo, há uma Vovó Uranai. Ela vende um mapa por 1 mil Zeni!

DICA: se olhar para o céu e houver vários passos sobrevoando uma determinada região é porque lá um item escondido!

Colete as Medalhas-D

Por fim, obtenha as Medalhas-D durante as missões principais e secundárias. Essas medalhas permitem a você tentar desbloquear os super ataques. Para isso, reúna várias e vá para os locais do mapa marcados por um punho. Lá passará por treinamentos que lhe ensinarão os golpes mais poderosos do jogo.

Como obter novos truques e habilidades

Obter novos golpes não provem unicamente do progresso na história ou missões secundárias. É essencialmente feito através das Z-Orbs que se encontram espalhadas no mapa. Estas têm diversas cores e correspondem a diferentes tipos de golpes e habilidades.

A maior parte das Z-Orbs são fáceis de encontrar, mas algumas cores são mais raras. Explorem sempre todo o mapa e os cantos mais escondidos para obter tudo o que precisam. É altamente aconselhado que, durante as primeiras horas, se concentrem um pouco nisto para poderem estar sempre mais fortes que os primeiros adversários.

Alguns truques estão bloqueados e só poderão ser obtidos através dos treinos. Para tal, precisam apanhar no mundo as “D Medals”. Alguns treinos exigem um determinado nível do personagem, logo nem todos estão disponíveis nas primeiras horas de jogo.

Ainda no que toca à Z-Orbs, quando tiverem acesso às bolas de cristal (esferas do dragão), podem pedir o desejo de receber Z-Orbs. Recebem cerca de 10 mil orbs das vermelhas, azuis, verdes e algumas das especiais também. Compensa muito mais do que andar pelo mapa a apanhar uma de cada vez.

Como obter itens de vida

Existem diversas lojas e cada uma é focada num determinado negócio. Um dos itens mais importantes que podem adquirir inicialmente são “frascos” de vida chamados “Vitadrinks”. Se há algo que ninguém gosta é perder um combate porque não tinha como recuperar vida a meio dele.

Estas lojas também vendem artigos para criar refeições e outras coisas mais gerais no jogo.

A importância das Comunidades e Soul Emblems

É durante as primeiras horas de jogos que nos é introduzida a mecânica das Comunidades e dos Soul Emblems. Estes últimos são obtidas através do progresso na história ou de missões secundárias.

Este sistema permite obter diferentes tipos de bónus, consoante a comunidade em que as inserem. Existem comunidades com bónus em combate, refeições, treinos, entre outras. Estas podem ser alteradas a qualquer momento, sem que sofram qualquer penalização. À medida que forem obtendo novos Soul Emblems, não hesitem fazer as alterações que quiserem.

A título de exemplo, na comunidade de combate, coloquem o Son Goku ao lado do Yamcha e do Krillin. Irão obter um bónus especial por fazerem isto, tal como colocar o Yamcha ao lado do seu companheiro Puar . Basicamente, pensem na relações dos personagens no anime e tentem aplicar no jogo.

Por último, quero destacar a importância dos “Gifts” (presentes) que irão receber com o progresso do jogo, os quais podem aplicar em certos Soul Emblems para as capacidades dos mesmos nas diversas Comunidades. Existem presentes específicos para cada tipo de Comunidade, mas basta ler a descrição para saber em qual se encaixam melhor. No caso da Playstation 4, ao carregar no touchpad, irá aparecer uma janela com combinações possíveis que facilita bastante na escolha dos Soul Emblems.

Dicas de combate

Nunca se esqueçam de ter sempre um item de recuperação de vida convosco. Algumas batalhas podem ser mais exigentes e ninguém quer perder um combate, por falta de um item de vida.

Tentem também ter sempre a barra do vosso Ki preenchida, de forma a poderem usar sempre os ataques especiais a qualquer momento. Por diversas vezes, tive uma abertura para executar um ataque especial, mas não o consegui fazer porque a minha barra de Ki estava vazia…

Outro ponto importante: Antes de entrar em combate, consumam diversos itens que podem dar boost temporário nas vossas habilidades ofensiva e defensivas.

No caso de dificuldade em alguns bosses, tentem estudar os padrões dos seus ataques, pois são facilmente perceptíveis. É errado tentar atacar constantemente os adversários quando, em determinados momentos, parece quase impossível defender alguns dos seus golpes. Algo que posso aconselhar também é a esquivarem-se ao invés de tentar defender. Na minha opinião, é mais eficaz em muitas situações, mas cabe a vocês perceberem esses momentos.

Ainda relativamente ao combate, enquanto exploram o mundo, irão aparecer diversos inimigos mas estes podem ser evitados. Basta carregar no analógico direito para tentar fugir ao combate.

Como obter dinheiro

O dinheiro não é fácil de aparecer e o progresso na história também não ajuda em nada. De forma a facilitar o processo, existem algumas coisas que podem fazer. Um delas é derrotar os os dinossauros que existem no mapa e vender os itens que eles deixam ao serem derrotados. Outra das formas é pescar nas zonas específicas e vender alguns deles, principalmente os peixes dourados.

Reunir as 7 bolas de cristal também é uma possibilidade, pois podem pedir um desejo relacionado com dinheiro, mas isto só fica disponível após a saga do Frieza.

Analise o padrão dos chefões

Se o Goku do anime pode, nós também podemos derrotar aqueles que parecem ser invencíveis! Dragon Ball Z: Kakarot não é o jogo de anime que estamos acostumados. Em vez disso, os chefões aqui usam ataques e padrões cuidadosamente cronometrados e será necessário observá-los para vencer. Se um chefe lhe acertar com uma enxurrada de ataques, não se esqueça de se defender ou esquivar. Espere o ataque acabar antes de entrar em seu próprio super para causar muito dano. A depender da situação, basta manter a defesa e observar o máximo que puder antes de fazer seu ataque. Caso contrário, você não vai longe demais – principalmente se o chefe estiver com muita vida…

Cronometre seus super ataques e transformações

Certifique-se de cronometrar seus super ataques. Caso contrário, o tempo que você usou para aprender os padrões de cada chefão será desperdiçado. Eles geralmente têm aberturas ao encerrar um ataque ou ao ficarem sem Ki após um golpe especial. Esta é sua hora de usar um super ataque. Outros super movimentos também são capazes de interromper os chefes no meio do combo e permitir que você cronometre o seu. Combine isso com uma transformação (se tiver Ki suficiente) e cause ainda mais dano, no momento certo.

Referências:

The Pixel Glitch, Bol, Ligados Games, Red bull, wikipedia.

Jump Force

Jump Force é um jogo eletrônico de luta desenvolvido pela Spike Chunsoft e publicado pela Bandai Namco Entertainment apresentando vários personagens de séries de mangá da Weekly Shōnen Jump. Foi lançado em 15 de fevereiro de 2019 para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One.

Jogabilidade

Jump Force é um jogo de luta de equipes 3 a 3, apresentando personagens de várias mangás e séries de anime da linha de revistas Weekly Shōnen Jump.

O título é um “brawler 3D”, ou seja, um jogo de luta que se passa em uma grande arena 3D, sem muitas complicações. Na verdade, Jump Force é voltado para jogadores iniciantes e, por isso, tem jogabilidade bem básica. São golpes simples, defesas, ataques especiais com um botão e, claro, movimentação em 360 graus no enorme cenário, com alternância em trios, com seu grupo de personagens.

História

Jump Force tem como principal característica o fato de misturar mundos de anime com o mundo real. É no “mundo real”, o nosso mundo, que os problemas começam, quando um exército maligno chamado Cenom invade o planeta. Para lutar contra a ameaça, vários heróis são convocados para formar a Jump Force, nome do jogo, para defender a Terra e as pessoas de mais esta ameaça.

Modos de jogo

Jump Force também tem certa simplicidade em seus modos de jogo. Além da história e de um modo de criação de personagens, te permitindo gerar um herói original da Jump, também será possível jogar batalhas online ou offline, além do treinamento.

No modo online, será possível jogar contra jogadores que usam personagens inéditos, criados pelos usuários, ou de maneira mais livre, sem se preocupar com limitações. Além disso, será possível participar de partidas online rankeadas, que valem rank e pontuação oficial.

Você não irá tão longe apenas apertando botões

O velho “button mashing” – apertar repetitivo de botões – funciona até certo ponto em Jump Force, mas quando você começa a enfrentar mais oponentes, será possível notar que as lutas se tornam mais difíceis de ganhar, principalmente se sua estratégia de ataque envolve apertar botões de ataque repetidamente na esperança de aterrissar combo após combo.

É necessário ser capaz de prever os movimentos do seu oponente e contra-atacar de acordo. Assim, ao analisar o estilo de jogo do seu rival ao longo de uma partida, você ficará um passo à frente dele. Ele constantemente tenta colocar alguma distância entre vocês, com objetivo de desferir um ataque de longo alcance? Esteja sempre pronto para bloquear ou dar um passo ao lado quando sentir que um ataque ou um dash está a caminho. Afinal, a diferença entre vitória e derrota pode estar na antecipação e execução perfeitamente cronometrada de um contra-ataque.

Tente acertar o primeiro golpe

Tentar antecipar o ataque do seu adversário assim que a partida começar pode fazer com que você receba um fluxo praticamente infinito de combos, o que certamente deixará sua barra de vida drenada antes mesmo de ter a chance de dar o primeiro golpe. E ninguém quer começar uma batalha em tamanha desvantagem.

Por isso, sempre tente acertar seu oponente primeiro – um golpe com sucesso pode lhe dar uma enorme vantagem em uma luta, o que transcende apenas o esgotamento da barra de vida de seu adversário. Isso pode lhe render um pouco de intimidação, que abre a possibilidade do inimigo querer adivinhar seus ataques ao longo da batalha, e facilita a distribuição de mais combos e golpes.

Vale a pena notar que os ataques nem sempre acontecem como planejado, então não custa nada estar sempre alerta.

Planeje quem são seus aliados

Na tela de seleção de personagens, será necessário selecionar uma equipe, que consiste em três personagens. É possível alternar entre eles durante uma luta e também chamar um deles como assistência.

Os aliados funcionam de forma semelhante ao visto na série Naruto Ultimate Ninja Storm: um membro da sua equipe atacará para apoiar seus esforços em batalha ao segurar L2 / LT.

As assistências podem ser a diferença entre uma vitória e uma derrota, porém embora possa ser tentador usá-los em momentos de pânico, é importante guardar esse auxílio apenas quando tiver um plano sólido, ou algum tipo de objetivo que você deseja atingir com seus reservas.

Por exemplo, se você precisa de uma oportunidade clara para um combo, então sua assistência pode servir como cobertura, o que lhe dará tempo suficiente para correr na direção do adversário e começar uma série de ataques. Se precisar carregar seu medidor de energia, uma assistência perfeitamente executada lhe dará tempo para isso.

Domine o sidestep

Jump Force permite que você escape de uma série de combos pressionando o botão de dash (L1 / LB), contudo fazer isso esgota completamente a resistência de seu personagem, o que o deixa indefeso por um período de tempo.

Para evitar pressionar esse botão em um momento de pânico, é recomendado aprender a coisa mais próxima – o sidestep (analógico esquerdo + R1 / RB). O sidestep é uma espécie de mini-dash, que permite seu personagem sair do caminho de um ataque recebido, se executado no momento correto. Faça isso cedo demais e seu oponente poderá acertar um golpe, todavia se executado tarde demais você provavelmente já está preso em um combo.

Timing é a chave para evitar um ataque com sucesso ao utilizar essa esquiva. Você precisa antecipar o ataque adversário para ter uma boa chance de cronometrar o momento ideal para um passo à direita, e se conseguir evitar um ataque com sucesso, você criará uma oportunidade ideal para lançar um contra-ataque.

Vale a pena mencionar que você não precisa tentar evitar todos os movimentos. Alguns ataques podem ser facilmente anulados com o botão de bloqueio (R1 / RB).

Gerencie sua barra de energia

Ataques especiais drenam seu medidor de energia, então use-os com sabedoria. Recarregar sua barra deixa o personagem vulnerável e, a depender de quanta energia é necessária, seu oponente terá uma boa janela para acertar vários golpes se você ficar desprevenido.

Em uma luta, não são criadas muitas oportunidades para recarregar seu medidor de energia, especialmente se o ritmo dela for bem frenético, então apenas use os ataques especiais quando tiver uma oportunidade clara. Um acerto bem sucedido lhe dará tempo razoável para reabastecer rapidamente a energia do seu personagem a tempo de um novo ataque.

Acrescente os ultimates aos seus combos

Como o nome já sugere, seu ataque final (ultimate) é o golpe mais poderoso de seu personagem. Então, seria lamentável se, depois de estar pronto para o momento de desferir seu maior poder e potencialmente terminar a batalha, seu oponente simplesmente esquivasse.

Para evitar isso, certifique-se de adicionar seus ultimates em combos. Com isso, será possível torná-los praticamente inescapáveis, o que aumentará suas chances de obter ainda mais vitórias.

Escolhendo o trio

“Cada partida é 3×3, então escolha seus três lutadores com sabedoria! Embora cada equipe seja composta por três membros, tenha em mente que o primeiro personagem que você escolher será o seu principal lutador. Você começará o jogo com este personagem em jogo.”

“No slot dois, recomendamos selecionar seu melhor personagem de assistência. Como você só pode chamar o próximo personagem para o que está em jogo no momento como seu auxiliar, o personagem no segundo slot atuará como o auxiliar do seu lutador principal. Para iniciantes, recomendamos colocar Vegeta no slot dois, pois ele fornece uma ajuda poderosa.”

Cuidado com os medidores

“Seu medidor de Capacidade está localizado sob o medidor de Saúde. O medidor de habilidade começa em 2 e preenche até um máximo de 5. Cada personagem tem seu próprio conjunto de habilidades para usar em combate, com cada habilidade usando uma certa quantidade de energia em seu medidor de habilidade. O medidor irá encher durante o combate enquanto você acertar sucessos com sucesso. Para preencher seu medidor de habilidade mais rapidamente, segure RT para Focus. Tenha em mente que você não será capaz de atacar ou defender enquanto estiver focando, então observe seu oponente cuidadosamente para determinar o melhor momento para focar.”

“Preste atenção ao contorno cinza em torno do ícone do seu personagem. Ele vai encher de amarelo à medida que você progride na luta. Quando estiver totalmente amarelo, pressione o botão direito do polegar para executar um Despertar, que desbloqueia ataques especiais para seu personagem. Se você esperar mais, o medidor ficará vermelho. Pressione o manípulo direito quando o manómetro estiver vermelho para executar um Despertar Completo, desbloqueando ataques ainda mais poderosos e chamativos!”

Crie seu avatar

Um personagem masculino ou feminino pode ser criado em JUMP FORCE. Seu estilo de luta pode ser baseado em um dos três heróis principais do jogo: Goku (artes marciais), Luffy (estilo de luta pirata) e Naruto (ninja acrobático). Após isso, você pode escolher entre diversas características físicas para deixar o seu avatar da forma que desejar e embarcar na aventura principal de JUMP FORCE.

Duelos locais 

Além do arco da história principal, você também pode criar confrontos dos sonhos usando os personagens do jogo. Vá até o Offline Battle Counter, escolha quem quiser e monte seu trio para duelar contra amigos ou o computador!

O básico

Assim que entrar nas lutas, lembre-se dos comandos básicos. Você move seu personagem com o analógico esquerdo e pula com o botão X/A. Pressione rapidamente [ ] / X para criar combos ágeis com ataques Rush ou segure-o para ativar um poderoso ataque Smash. Aperte /\ / Y rapidamente enquanto estiver no solo ou pressione-o para desferir um Heavy Blow. Você também pode ativar um Heavy Smash se segurar o botão. Vale lembrar que o seu trio divide a mesma barra de saúde e de habilidades.

Full power smashes

Se você carregar um Smash ou Heavy Smash até o máximo (segurando o botão por mais tempo), eles se tornam Full Power Smashes e quebram a defesa do oponente.

Tipos de ataque  

Cada ataque possui três atributos: Strike, Slash ou Special. Esses mesmos atributos são usados na resistência do personagem. Tenha em mente eles para tirar vantagem de fraquezas, como usar ataques Strike em oponentes com baixa resistência para eles. E é por isso que é tão importante…

Unir-se para lutar

Apesar de dividirem a mesmas barras de saúde e habilidades, é crucial ter o melhor personagem para contra-atacar aquele que o oponente estiver usando. Para trocar de lutadores, segure L2/LT e eles irão em direção ao adversário. Você também pode se aproveitar disso para estender combos. Quando o último golpe da sequência for desferido, troque de personagem e continue a provocar dano com outro membro do trio.

Habilidades únicas

Cada personagem principal de JUMP FORCE tem quatro habilidades únicas que são um deleite para os fãs já que replicam o que vemos nas páginas da Weekly Shonen Jump. Elas são ativadas ao segurar R2/RT e pressionando ao mesmo tempo um dos quatro botões principais do controle.

Melhore suas habilidades

Suas habilidades ganham força com Skills adicionais. Aumente a força das ofensivas e a resistência das defensivas. Você seleciona elas no menu Ability Setting e melhoradas no Upgrade Counter.

Cuide bem do seu avatar

Equipe J-Skills para aumentar o poder do seu avatar. Você ouve as vozes das quais obtém no Command Room. Lembre-se de melhorar elas ainda mais no Upgrade Counter.

Para vencer

Equipar J-Skills, Support Skills e Ability Skills melhoram sua performance e ocasiona em efeitos negativos para seu oponente. Eles podem ser a chave para sua vitória, então faça questão de ficar atento a eles.

Elementos

Algumas habilidades possuem um tipo elemental e categorizam elas em quatro grupos diferentes. Assim você consegue infligir grande dano em oponentes com fraca resistência a um determinado elemento. Isso pode ser alterado no menu Ability Settings para substituir atributos nas habilidades ofensivas.

Indo fundos nos ataques

Pressionar o analógico esquerdo para cima enquanto estiver atacando aciona o High Rush, uma série de golpes que lança o oponente no ar. Já se pressionar o analógico para baixo, há o Low Rush: golpes baixos que são difíceis de serem contra-atacados e acabam derrubando o adversário. Se decidir por lançá-los, aperte na direção desejada junto do botão de pulo ou ataque para perseguir seu inimigo.

“Combatendo fogo com fogo”

Smashes, Heavy Smashes e algumas habilidades podem impedir Rush Attacks. No entanto, tenha em mente que você ainda receberá um pouco de dano e está exposto a agarrões.

Saia daqui!

Pressione O/B para arremessar seus oponentes. É muito útil quando eles estão constantemente se defendendo ou carregando ataques Smash. Você também pode escapar deles pressionando o botão de arremesso assim que você for agarrado. Dessa forma, você retoma sua postura e evita qualquer dano.

A Defesa pode ganhar batalhas difíceis

Segure R1/RB para defender e reduzir o dano recebido. Mas tenha cuidado, uma vez que os arremessos não podem ser bloqueados desse jeito. Segurando o botão, você dar um passo rápido para diferentes direções e desviar de ataques.

Referências:

Anime 4 Play, Arena Xbox, wikipedia, techtudo.

SoulCalibur VI

SoulCalibur VI é um jogo de luta 3D desenvolvido pela Projeto Soul e publicado pela Bandai Namco Entertainment. Ele foi lançado para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One em 19 de outubro de 2018. De acordo com o produtor Motohiro Okubo, o jogo é uma comemoração do 20º aniversário da franquia.

Jogabilidade

Seguindo a tradição das versões anteriores, a jogabilidade de SoulCalibur VI envolve dois combatentes empunhando armas lutando entre si em um plano 3D. O jogo apresenta um novo mecanismo conhecido como Reversal Edge, que permite que os jogadores se defendam contra um ataque que se aproxima e rapidamente rebatem, ao lado de um efeito de câmera lenta. O mecânico segue a tendência bastante recente dos jogos de luta, introduzindo mais opções na defesa dos jogadores.

Os recursos ausentes na parcela anterior (a entrada spin-off do FP2 SoulCalibur: Lost Swords) também retornarão. Estes incluem arenas com toques, modo versus (contra outro jogador ou CPU), e modos multiplayer online.

Entenda o conceito de como os ataques funcionam

Quando você pega um game de luta para jogar, a primeira coisa que testa ao iniciar uma partida é, quais botões chutam, quais socam ou como você deve fazer para defender. Pois aí está uma das grandes diferenças da franquia que inclui o último Soul Calibur VI. 

No título você não tem botões de soco ou chute, mas sim, de ataque. Eles são três e não dividem-se dessa forma convencional. Há os ataques horizontais (A), os ataques verticais (B) e os ataques “desarmado’ (K). Para defender, o símbolo é (G). 

Conhecendo essa mecânica, bem como a simbologia de tais comandos, você conseguirá entender como deve proceder para realizar movimentos, como combos e golpes especiais.

Outra boa dica nesse sentido é usar e abusar da ferramenta de treinamento dentro do game. Além de você acostumar com a forma de “atacar” por aqui, você também terá acesso a uma verdadeira biblioteca de informações sobre o Soul Calibur VI.

Para acessar esse enorme compilado de dicas sobre o game, acesse as opções dentro do “modo treino” e vá até as configurações. Ali há uma infinidade de tópicos, como listas de golpes ou lições de combate, incluindo dicas básicas, medianas ou avançadas de cada personagem dentro do jogo.

SoulCalibur VI é dinâmico, não fique paradão!

Uma movimentação eficiente é um dos pontos chave para que você tenha um bom desempenho nos combates dentro do Soul Calibur VI. A importância disso dentro do game pode ser relativizada pelo seu sistema de deslocamento, no qual é possível ir em até oito direções diferentes.

Esse jeito de se mexer dentro das partidas é uma grande forma de manter uma defesa bem postada, pois com os “sidesteps” você consegue evitar a maioria dos ataques verticais que o seu oponente possa disparar.

Além disso, dentro da movimentação, é importante também lançar mão dos pulos de forma correta. Quem pula demais vira um alvo na maioria dos jogos de luta, mas usar os saltos de forma inteligente, pelo menos aqui no  Soul Calibur VI, pode lhe ser de grande ajuda. 

Pule com o botão de defesa pressionado para evitar ataques diretos e/ou abaixe-se logo em seguida para defender-se dos ataques altos. Combinar esses recursos pode ser de grande ajuda para conseguir evitar combos que podem ser decisivos na partida. 

Aprenda e aplique os combos dos personagens

Na primeira dica deste artigo, falamos não só da mecânica de ataques do Soul Calibur VI, mas também como acessar uma biblioteca com praticamente todo o conteúdo do game sobre os personagens e seus combos.

Acredite, para ir bem no Soul Calibur VI você vai ter que estudar um pouco essas combinações. Boa parte do jogo é baseada em combos, de forma que sem dominá-los você dificilmente vai masterizar o título.

Como uma dica para iniciantes, vale lembrar que a maneira mais fácil de começar uma combinação de golpes dentro do Soul Calibur VI é usar diagonal para baixo em direção ao oponente + Ataque Vertical (A).

Essa combinação simples irá desnortear seu adversário, arremessando-o para cima. Parece simples, mas seja rápido: seu oponente irá recobrar o domínio do personagem rápidamente e, no Soul Calibur 6, os jogadores são capazes de controlar o movimento aéreo dos lutadores. Logo, seja rápido, fazendo uma combinação curta, mas que cause bastante dano do seu inimigo. 

Aproveite como ninguém o “Reversal Edge”

Essa dica serve tanto para novatos da franquia, como também para os que já curtiam os outros games da série. Isso porque vamos falar um pouco de um recurso novo introduzido no Soul Calibur 6: o “Reversal Edge”.

A nova mecânica coloca os jogadores em uma “pausa cinemática” dentro das partidas. Para ativar o recurso, você deve pressionar “Ataque Horizontal (A)” + Defesa (K) quando estiver “absorvendo” um ataque do inimigo.

Isso colocará você e o seu adversário em uma espécie de minigame de “Pedra, Papel ou Tesoura”, por exemplo. Essa é a definição que tem sido utilizada em tutoriais pela internet e explica mais ou menos como o recurso funciona. 

Basicamente, você e o oponente escolherão o que fazer ao mesmo tempo, como se estivessem disputando o tradicional joguinho com as mãos. Você pode escolher o que quiser fazer, como apertar para dar um Ataque Vertical (A) ou defender (K) se abaixando, por exemplo. 

Há, também, maneiras de defender-se do recurso, até mesmo evitando-o. Você pode utilizar um “Sidestep” para desviar no momento correto ou, então, aplicar um ataque no momento em que perceber que o adversário vai utilizar o Reversal Edge. Você consegue perceber o momento exato quando a arma do seu inimigo ficar prateada e brilhante.

Dê início, isso parece mais um jogo de roleta em um cassino, mas, aos poucos, ao pegar o jeito, você passará a escolher o melhor momento para utilizar cada recurso do seu personagem, inclusive começando a emendar combos nessas situações únicas do Soul Calibur VI.

Use o Soul Gauge com sabedoria

Dentro do Soul Calibur VI, a medida que você recebe golpes ou detona ataques letais ao seu adversário, uma barra “dupla” chamada de Soul Gauge vai se enchendo. Quando completadas, elas permitem que você lance mão de dois artifícios dentro do jogo: os Soul Charges, que lhe dão um “boost” de energia e os Critical Edges, golpes super fortes que tiram muita energia do inimigo.

Quando a barrinha está cheia, a tentação de utilizar um golpe crítico no seu inimigo fica latente. No entanto, tenha calma e use com sabedoria essa energia. Isso porque o início de um desses ataques especiais pode ser facilmente cortado com um ataque rápido, fazendo você desperdiçar esse ótimo recurso dentro da luta.

Além de controlar a sua ansiedade, outro ponto-chave é conhecer os movimentos de Soul Charge dos personagens. Isso porque essa ferramenta coloca o seu personagem em um estado de poder, ganhando inclusive novos golpes únicos, inclusive com combos que só funcionam com este especial ativado.

Explore o elenco

Soulcalibur VI tem um elenco extenso e diversificado, que abrange toda a série. Cada personagem oferece habilidades únicas e mecânicas que se encaixam em um estilo de jogo. Embora seja possível jogar o elenco da maneira que você quiser, é importante observar que cada lutador tem seus pontos fortes e fracos. Por exemplo, Maxi é um monstro absoluto de perto e seus nunchakus perpetuamente cintilantes permitem algumas combinações complicadas e uma ofensa opressiva. Por outro lado, personagens como Kilik dominam lutas de meia distância, com ataques mais lentos e de alcance maior. Pode levar algum tempo para encontrar o ajuste perfeito, contudo quando você fizer isso, não haverá como ser parado.

Aprenda através da história com as Lições de Combate

Quando você finalmente tiver encontrado personagens dos quais goste, saiba mais sobre os recursos deles e a melhor forma de usá-los. É aqui que entram as Lições de Combate. Dentro do Museu Soulcalibur VI, você pode encontrar Lições de Combate que lhe darão um detalhamento de personagens, com conhecimentos para iniciantes e até os mestres. Como Soulcalibur VI não tem nada no caminho dos tutoriais de personagens individuais, estas lições serão uma dádiva dos deuses para as pessoas que estão por descobrir mais sobre seu personagem favorito.

Aprenda o básico e desenvolva suas habilidades

Não importa qual personagem você escolha, existem algumas opções que estão amplamente disponíveis para a maioria do elenco e compreender as entrelinhas envolve o trabalho de sempre. Usar sua sequência horizontal rápida (AA) sempre desafiará um oponente que esteja tentando contorná-lo e, normalmente, funciona como seu movimento mais rápido para testar se os ataques de um oponente serão ineficazes quando bloqueados.

Você pode impedir que os adversários caminhem para trás e tentem criar espaço com suas strings verticais (BB). Então, você terá os golpes com chute, e por mais que não sejam os mais populares para alguns personagens, alguns fazem um bom uso desses movimentos para evitar rasteiras ou ataques altos. E, finalmente, há ataques de quebra e ataques impossíveis de bloquear. Ambos os ataques superarão os bloqueios de seu oponente ou a margem de reversão. Suas entradas podem variar em todo o elenco, embora todos os personagens tenham um ataque de quebra genérico – realizado pressionando horizontal e vertical ao mesmo tempo (A + B) –, mas seus impressionantes efeitos visuais fogo / relâmpago são inconfundíveis.

Ao desenvolver suas habilidades, você encontrará o momento perfeito para usar esses movimentos e começar a limitar as opções do inimigo, além de colocá-los em situações de jogo arriscadas.

A liberdade de movimento é importante, principalmente online

Diferente do outro jogo de luta 3D da Bandai Namco, Tekken, os jogadores do Soulcalibur VI têm a capacidade de se mover em oito direções. Isso significa que é possível se mover para a frente e para a direita de um lutador, para trás e para a esquerda, e apenas para trás. Há muitas direções que você pode ir e correr para abrir a luta. Com essas opções a mais de movimento, também temos um conjunto complexo de anotações ao navegar um pouco mais o universo online. Isso significa que quando observar partidas online, pode haver uma falta de setas. Em vez delas, você será recebido com uma série de números baseados na anotação do teclado numérico do computador, isto é, cinco significaria que não há entrada direcional, já que esse número corresponde ao centro de um teclado numérico, e assim por diante.

Visite a Sala de Treinos

Como todos os bons jogos de luta, Soulcalibur VI tem uma sala de treinamento aprofundada para você testar suas habilidades. Dentro da sala de treinamento, onde é possível definir opções de oponentes para reagir aos seus ataques quando bloqueados ou quando eles acertarem, por exemplo. Também é uma boa oportunidade para conferir a lista de movimentos para descobrir e experimentar combos. A partir daí, você começará a construir seus próprios combos e configurações, e até ver quanto dano é possível causar.

O Guard Impact pode ser crucial

Uma das mecânicas mais exclusivas do Soulcalibur é o Guard Impact (GI). Os jogadores têm a capacidade de desviar ataques recebidos, pressionando para a frente e o botão de defesa. Alguns movimentos têm até a capacidade de impedir ataques que são representados por um flash verde. Ao obter sucesso com o Guard Impact contra um adversário, ele tem a oportunidade de proteger o impacto de volta, chamado de Reverse Impact (impacto reverso). Com todas essas opções, você descobrirá que há uma série complexa de jogos mentais que giram em torno do seu oponente para tentar fazer você reagir e depois puni-lo por isso. Além disso, há também três variedades diferentes de Guard Impact que dependem do ataque que você executa o GI e permitem diferentes aberturas para movimentos posteriores.

Esteja ciente dos ring outs

Uma coisa pela qual o Soulcalibur VI é famoso é seu ring out. Como no fogo da batalha o espaço aperta e você se aproxima dos limites do estágio, você está sempre à beira da derrota, não importa o quanto você tenha vida. Por isso, sempre esteja ciente do seu posicionamento e dos movimentos do seu oponente. Personagens como Zasalamel têm ataques que podem instantaneamente lhe derrubar da arena. Mesmo algo tão simples como um balão por trás pode ser letal. Então, quando seu inimigo estiver contra a parede, é interessante evitar suas apostas de escapar de um balão por trás, ao pressionar para trás e qualquer botão, mesmo que isso signifique levar um balão de tempos em tempos, desde que esteja ciente dos ataques que seu adversário pode querer lhe aplicar.

Fique de olho nos comandos precisos

De vez em quando, será possível ver você ou seu oponente brilhando em branco. Isso significa que algo foi realizado com um comando preciso (precise timing). Para personagens em ataque, isso significa que as propriedades desse ataque mudaram, devido a entradas muito precisas, e mudará como você deve responder se bloqueado ou adicionará uma carga de dano a um combo se você estiver com Nightmare, Maxi, Kilik, Zasalamel ou o resto do elenco.

Estes movimentos são frequentemente destacados na lista de movimentos com “precise timing”, entretanto nem todos eles deixarão isso claro – o que resulta em alguns movimentos secretos. Por outro lado, se você estiver bloqueando e seu personagem piscar em branco, isso significa que você executou uma Guarda Perfeita (PG). A Guarda Perfeita reduz o dano ao seu medidor de bloqueio e aumenta a quantidade de ganho do medidor ao bloquear um ataque. Enquanto executar uma PG pode ser complicado no início, isso logo se mostrará essencial para compensar dano extra e assegurar que você receba o mínimo de dano nas defesas.

Aprenda a usar seu medidor

Todos os jogos de luta que contam com o medidor têm algum tipo de gerenciamento de medidor como parte de sua meta e o Soulcalibur VI não é diferente. O elenco inteiro pode usar o medidor para executar as Critical Edges, o equivalente a um Ultimate em Soulcalibur VI, para causar dano extra ou para entrar em um estado de Soul Charged e destravar seu potencial máximo. Alguns personagens, como Yoshimitsu, podem até usar o medidor para melhorar seus ataques, semelhante à mecânica de Brave Edge do Soulcalibur V.

Encontrar o momento certo para usar esses ataques é um fator-chave em partidas de alto nível. Coisas como quebrar o padrão de ataque do seu oponente pelo Soul Charge no meio de uma batalha é uma ótima maneira de redefinir a situação e dar a si mesmo algum espaço para respirar. Como um bônus adicional você até recebe um Critical Edge grátis durante o Soul Charge. Alternativamente, é possível usar seu Critical Edge para acumular dano adicional em seus combos ou para punir um ataque incorreto. Há muita diversidade no uso do medidor e saber que você terá uma barra extra quando seu oponente estiver a uma rodada de vitória terá papel importante na maneira como você usa seus recursos.

Preveja os movimentos adversários com o Reversal Edge

Uma das adições mais interessantes no Soulcalibur VI, ao lado do Soul Charge, é o Reversal Edge. Um Reversal Edge bem aplicado absorverá qualquer ataque recebido e servirá de gatilho para um confronto cinematográfico. Nesse confronto, você poderá inserir uma infinidade de opções diferentes. Cada opção tem seus próprios benefícios, como A desferindo ataques laterais, B derrotando o oponente ao recuar, e se abaixando para desviar de A, e assim por diante.

Se você e seu oponente fizerem o mesmo ataque, todos serão lançados em uma segunda rodada, onde tudo acontece novamente, o que favorece o instigador do Reversal Edge. Felizmente, os Reversal Edges são muito lineares e lentos, o que significa que se você pegar um com um ataque rápido, ainda poderá andar ao redor dele. Aprender a melhor abordagem para utilizar os Reversal Edges se resume ao adversário, pois com tantas opções à sua disposição, nunca haverá uma resposta totalmente errada se você for atingido. É questão de antecipar os movimentos do outro jogador.

Quebre a defesa inimiga

Assim como dividimos os fundamentos absolutos do Soulcalibur, você também pode derrubar as defesas. Pouco a pouco, é possível notar que o medidor de vida do seu oponente começa a mudar de cor, capaz de chegar a um estado vermelho intermitente. Com cada erro de Guard Impact e Reversal Edge, é possível notará que o medidor ficará mais fraco. Quando isso acontecer, você poderá pressionar o ataque para quebrar a defesa adversária com uma série de ataques rápidos ou um dos seus muitos ataques de quebra, a partir daí é possível obter um combo massivo.

As armas são mais importantes que os lutadores

SoulCalibur é um jogo no qual os protagonistas são as armas e não os lutadores, e levar isso em conta também pode ajudar a vencer muitas partidas.

Um exemplo disto é a grande distinção entre lutar contra personagens extremamente diferentes como Taki, Siegfried ou o novato Azwel. Uma lâmina grande e pesada como a de Siegfried demora para desferir ataques, mas causa muito estrago. Por outro lado, adagas ninja como a de Taki podem pressionar o adversário com pequenos golpes até que sua barra de vida se esgote.

Bloquear não é a única maneira de se defender

O título da Bandai Namco é um dos games que conta com um botão próprio para defesa, mas apegar-se ao comando pode não ser a maneira mais eficiente de bloquear ou aparar ataques.

O game possui muitas mecânicas defensivas que podem ser exploradas ao mesmo tempo. Algumas são conhecidas pelos jogadores mais antigos, outras estão estreando na franquia.

Presente desde os primórdios, o Guard Impact continua mudando o rumo de muitas partidas, funcionando como uma boa maneira de anular ataques previsíveis do adversário.

Estreando na franquia, o Reversal Edge é uma das mecânicas feitas especialmente para lidar contra as maiores pressões do jogo. A função conta com armadura, que protege o usuário contra ataques ao mesmo tempo que pode mudar o ritmo do combate ou levá-lo de volta ao neutro (parte da luta onde nenhum dos competidores têm vantagem).

“Golpe letal: ele é um golpe e é letal”

Outra mecânica estreante em SoulCalibur VI é o Lethal Hit, ou Golpe Letal em português, uma espécie de contra-ataque que pode levar a um dano expressivo.

Os ataques que funcionam como Golpes Letais são distintos e específicos de cada personagem, sendo que refletem seu estilo de luta.

Saber aproveitar os Golpes Letais é fundamental para abusar dos erros do oponente. Da mesma forma, é importante conhecer o funcionamento destes ataques do personagem inimigo, de forma a evitá-los.

Os golpes que contam com o recurso e suas condições de ativação estão disponíveis nas listas de movimentos dentro do próprio jogo.

“Como ganha?”

Diferente da maioria dos jogos de luta, SoulCalibur não é um título onde os jogadores poderão punir os inimigos por usarem os ataques errados, mas sim uma disputa onde a vitória será de quem aproveitar melhor seus recursos.

Um reflexo disso é o Reversal Edge que, ao ser usado, coloca os jogadores em um duelo de escolhas, no qual cada comando derrtoa o outro. Isto pode ser visto durante todas partidas, de forma que uma série de escolhas certas e adaptações ao oponente são os fatores que mais garantirão vitórias.

Referências:

VS, Red Bull, 2AM Gaming, Wikipedia.

Code Vein

Code Vein (コードヴェイン Kōdo Vein?) é um jogo eletrônico de RPG de ação em desenvolvimento e a ser publicado pela Bandai Namco Entertainment para Playstation 4Xbox One e Windows em 2019. A história se passa em uma distopia pós-apocalíptica com temática vampírica, incluindo poderes oriundos do consumo de sangue e outras habilidades sobrenaturais. O jogo está sendo dirigido por Hiroshi Yoshimura e produzido pela mesma equipe da série God Eater.

Sobre o jogo

Em um futuro não tão distante, um desastre misterioso acabou com o mundo como o conhecemos. Arranha-céus imponentes, outrora símbolos de prosperidade, agora são túmulos inabitados do passado da humanidade perfurados pelos Espinhos do Julgamento. No centro da destruição, está uma sociedade oculta de Aparições, chamada Vein. Essa fortaleza final é onde os poucos que restaram lutam para sobreviver, abençoados com Dádivas de poder em troca das suas memórias e uma sede de sangue.

Ceda ao desejo por sangue completamente e arrisque-se virar um dos Perdidos, monstros cruéis desprovidos de qualquer humanidade. Vagando sem rumo em busca de sangue, os Perdidos não pararão por nada para satisfazer sua fome. Monte sua equipe e embarque em uma jornada aos confins do inferno para liberar o seu passado e escapar do seu pesadelo vivo em Code Vein.

O título souls-like da Bandai Namco promete trazer o melhor de ambos os mundos. Apostando em uma narrativa com formato anime, permite uma imersão em uma jornada por sangue em uma Terra dominada por vampiros.

Em um mundo onde o sangue é a fonte e o sustento da espécie que sobrevive e resiste. Muitos fãs apostam que a história chamará a atenção dos fãs de animes, e a jogabilidade será algo bem fluído de acordo com os trailers e vídeos de gameplay liberados.

Jogabilidade

Em Code Vein o jogador é uma “Aparição”, uma pessoa imortal, mas desprovida de toda a memória, em um ambiente pós-apocalíptico. Essa “troca” concede poderes, chamadas de “Dádivas”, e aqui reside um dos elementos que eu mais curti no jogo: na franquia Dark Souls, você acaba preso um pouco em determinada build que você acaba montando durante a sua progressão, e acaba sendo um pouco difícil consertar isso durante a própria progressão caso você queira mudar o seu estilo de jogo.

Já no Code Vein você simplesmente escolhe no menu uma dádiva, que concede habilidades específicas. As habilidades podem ser usadas com determinadas armas e dá ao jogador opções dele ser um melee, ou um caster. Só que pra usar habilidades é limitado, gastando de um “medidor de sangue” (não é a energia do personagem), e para encher esse medidor é necessário desferir ataques físicos diretos nos inimigos.

Da questão de jogabilidade, o jogo é bem similar a um “Souls-Like” em terceira pessoa, com habilidade de desviar, defender e um “backstab” onde o braço do jogador se transforma numa mão demoníaca e desfere um golpe mais poderoso. É um golpe de difícil execução (para quem não está tão acostumado) e nem sempre consegui fazer funcionar, e a defesa, apesar de reduzir o dano, não defende totalmente e você acaba tomando dano. A esquiva acaba sendo mais essencial, mas gasta um medidor de fôlego que pode fazer falta nas lutas contra os chefes. Mas como eles tem padrões de ataque, entender isso deixa bem mais tranquilo.

A progressão não é tão difícil inicialmente e o jogador pode, inclusive, ter um companheiro controlado pela IA que ajuda nos confrontos e tem um “reviver” que é bem útil em muitas situações, cada um com habilidades específicas e que tem “perks” com vantagens, como adicionar mais dano ou defesa. Só que ele pode acabar morrendo também durante as lutas (e aí você não terá como reviver quando acabar as poções de regeneração de energia).

Por ter recebido o jogo no PC para análise, não cheguei a testar o multiplayer na versão final, mas o Code Vein tem opção de “senha”, similar ao Dark Souls 3. Com isso será fácil os jogadores tentarem co-op juntos nos mapas, mas o sistema de multi ainda não estava habilitado no momento.

Cenário

Da questão dos cenários, por ser um ambiente pós-apocalíptico da era moderna, você começa o jogo em uma cidade toda destruída. O estilo gráfico acaba sendo um pouco sem graça da parte de cenários e poderia ser melhor trabalhado, mas isso vai mudando um pouco com a progressão, oferecendo locais mais variados esteticamente.

Agora se prepare para alguns dos cenários mais intrincados de mundo aberto: cada área é quase um labirinto e só depois de um pouco de progressão que você acaba “liberando” informações do mapa. O jogo também tem uma pegada de “souls-like/metroidvania” no sentido de você abrir atalhos nos mapas para encurtar a sua rota a partir de um checkpoint, que também é bem similar aos “bonfires”: nos “viscos” (uma espécie de planta branca que cresce em alguns pontos) você pode recuperar a energia, upar níveis, teleportar para outras áreas, adquirir/treinar as dádivas, etc.

Armas

As opções de armas são um pouco limitadas, desde espadas, lanças e uma baioneta (uma espécie de espingarda de cano longo), onde você pode equipar 2 delas no inventário, trocando durante os combates. Cada arma tem uma vantagem e desvantagem, e libera habilidades específicas das dádivas para você utilizar.

Criação de Personagem

O RPG também oferece um robusto sistema de customização/criação de personagens, com dezenas de opções de cabelos/penteados, cor de olhos, pele, cores de cabelo, e na comunidade muitos jogadores já compartilham as criações, com personagens baseados em outros animes. Só acho que poderia ter tido mais opções de roupas, já que nesse ponto teve poucas opções, mas pelo menos o jogador consegue customizar as cores das roupas, tirar acessórios extras, etc.

Além disso, ao chegar na “base” (um hub onde os personagens ficam, numa espécie de mansão) tem um espelho onde você pode customizar novamente o personagem quando quiser. Também tem alguns personagens onde você pode comprar itens, melhorar equipamentos, etc

Se você morrer

Para ajudar na exploração dos mapas (já que vai ser relativamente fácil se perder), o jogo marca com bastante precisão a sua rota (como se fosse pegadas na neve) e com isso você pode tentar se orientar para buscar as suas brumas caso você acabe morrendo em algum trecho. Ao derrotar inimigos você acumula brumas, que perde todas ao morrer: com isso você tem duas opções: a primeira é retornar ao local onde você morreu e recuperar todas, mas se morrer no meio do caminho você acaba perdendo aquelas brumas (similar aos jogos da série Dark Souls).

A segunda é usar uma “Fonte Termal”, onde os personagens retornam para relembrar os acontecimentos e não esquecer, e com isso você recupera metade delas (mas a outra metade de perde). É um lance bem interessante, já que dependendo da localidade e da quantidade de brumas, é mais viável na fonte, pegar metade das brumas que você perdeu para upar níveis (ou melhorar equipamentos) do que arriscar na raça.

“Me Ressuscite!”

Ter um parceiro em suas aventuras é muito útil, pois ele possui a habilidade de ressuscitá-lo em uma curta janela após você perder toda a sua vida, assim como você pode ressuscitá-lo também; mas a habilidade de ressurreição de ambos possui um tempo de recarga.

Quando estiver lutando contra chefes ou mobs, é imprescindível prestar atenção no ícone de seu parceiro, já que ele indica se eles podem ressuscitá-lo novamente. Se ainda estiver em tempo de recarga, talvez seja melhor voltar e ir com cuidado até que ele possa fazê-lo novamente.

Prepare-se Para a Próxima Batalha

Antes de entrar em uma luta contra um chefe, algumas preparações podem ser feitas para dar-lhe a vantagem que precisa no começo da luta. Antes de entrar no campo de batalha e iniciar a luta, examine quais gifts dão buffs que seriam vantajosos na luta, como fortificação adicional, ou ataques elementais em suas armas. Apesar de sua duração começar a cair do momento em que são aplicados, eles ainda estarão ativos quando você entrar na luta, o que te dá a chance de jogar agressivamente desde o começo.

Além disso, se você acertar um inimigo com um Drain Attack primeiro, você ganhará dois Ichors adicionais logo de cara, dando mais flexibilidade com mais oportunidades de uso de habilidades durante a batalha.

Doce Alívio

Para aliviar-se de condições negativas, você tem algumas opções. Usar um consumível é ma forma rápida de retirar uma mudança de status, apesar de ter um custo (a compra do item no shop). Além disso, um consumível irá apenas remover o status de você, deixando seu parceiro ainda afetado.

Alternativamente, você pode usar o Blood Code correto com o Gift apropriado para remover o status. Assim como Gifts que podem buffar seu personagem, existem Gifts que podem remover status negativos tanto em você quanto em seu parceiro.

Habilidades

Habilidades de Code Vein são muito importantes, porque dependendo de sua habilidade no campo sobreviver ou não fazer a diferença entre a vida ea morte. Jogando no Combate Blood Code como padrão, você tem acesso a um combo de três toques como uma das habilidades especiais, mas com certas armas pesadas.

Portanto, certifique-se de que você pode usar as habilidades que você tem equipado, caso precise de ajuda. Depois da masmorra do prólogo, você terá acesso a mais alguns códigos de sangue.

Suba para o mesmo nível no Code Vein

Embora existam diferentes maneiras de gastar seu Haze, a primeira coisa que você deve fazer é subir de nível, aumentar sua saúde máxima e, por sua vez, irá mantê-lo vivo por muito mais tempo.

Por outro lado, existem várias combinações de armas, códigos de sangue e habilidades, e nenhuma delas é particularmente melhor que as outras. Jogue com todas as diferentes coisas que você pode equipar, tendo uma idéia do combate básico no jogo. Então, se você quiser, pode combinar habilidades entre os códigos de sangue, se você dominá-los.

Esperamos que esta informação tenha sido muito útil para você. Fique atento às nossas publicações para mais artigos como este.

Códigos de Sangue e Dádivas

Os Códigos de Sangue funcionam basicamente como as classes em jogos de RPGs tradicionais, alterando os atributos básicos do seu personagem como resistência e força. Já as Dádivas são habilidades ativas e passivas que possuem efeitos variados.

Um dos grandes trunfos de Code Vein é a possibilidade de alterar a classe equipada a qualquer instante, permitindo assim que o jogador experimente outras maneiras de jogar sem nenhum tipo de penalidade.

Inicialmente, as Dádivas são vinculadas à Códigos de Sangue específicos e, além das habilidades iniciais, é possível comprar outras nos Viscos (o equivalente das bonfires de Dark Souls) utilizando Brumas, a moeda do jogo.

A grande maioria das Dádivas possui uma pequena barra de experiencia que, quando preenchida, permite que o jogador a equipe independentemente do Código de Sangue que está sendo utilizado, dando uma maior liberdade na hora de criar uma build que se adeque ao seu estilo de jogo.

Compre e evolua o máximo de Dádivas possível, assim você terá um leque maior de recursos para enfrentar chefes e áreas difíceis.

Existem vários Códigos de Sangue ao longo da jogatina. O interessante é que, ao dominar as Dádivas, é possível misturar e combinar habilidades e variações de status, transformando cada classe em uma configuração única. Portanto, à medida que seu repertório de Códigos cresce, há uma variedade considerável de habilidades para escolher.

Exploração e cautela

Os inimigos de Code Vein são cruéis e adoram emboscar os jogadores desavisados, tirando boa parte de suas vidas antes que haja tempo para reagir.

Avance calmamente pelos cenários e sempre espere por inimigos aparecendo de pontos cegos. 

Felizmente o jogo permite que o jogador tenha um companheiro ao seu lado na hora de explorar as áreas do game. Jogando online é possível ter a ajuda de outro jogador, mas, se preferir jogar desconectado, você pode escolher um dos NPCs controlados pela IA para lhe auxiliar em sua jornada.

Diferente da grande maioria dos games, aqui os companheiros são realmente úteis e pouco atrapalham seu progresso.

Outro ponto a se destacar é que os cenários estão repletos de itens escondidos, então às vezes vale a pena revisitar áreas para conferir se não deixou nenhum item importante para trás.

Fique de olho nos cenários para encontrar itens especiais escondidos como Vestígios (que são usados na obtenção de novas Dádivas) e Fatores de Extensão de Regeneração, que aumentam o número de itens de cura que seu personagem pode carregar.

Base de operações e persistência

De tempos em tempos, é sempre bom retornar a sua base de operações. Lá o jogador pode comprar itens e evoluir seus equipamentos com os vendedores.

Sempre converse com os NPCs, porque conforme você for avançando na história do game, eles lhe concederão seus próprios Códigos de Sangue, aumentando ainda mais o seu arsenal de Dádivas a serem usadas em combate.

Assim como jogos desse gênero, sempre que o jogador morrer, todo o seu estoque não gasto de Brumas será perdido e é necessário retornar ao local da morte para obtê-las novamente. Porém, na base, é possível visitar as Fontes Termais e assim recuperar metade das Brumas perdidas sem ter que voltar ao local de sua morte, mas para isso é necessário sacrificar a outra metade.

Abuse e use todos os benefícios de sua base de operações, evoluindo seus equipamentos e desbloqueando novos Códigos de Sangue.

Apesar dessas dicas, Code Vein continua sendo um jogo difícil, então é normal morrer por motivos bestas e perder um bom tempo apanhando para um chefe.

Por mais clichê que possa parecer, tenha paciência e persista. Sempre que empacar em um dos chefões, analise-o, aprenda seus movimentos e prepare-se antes. Como dito anteriormente, não há quaisquer penalidades em mudar de classe, então mude de estratégia quando for necessário.

A união faz a força

Os companheiros do jogo são fundamentais para sobrevivência. Caso o jogador morra, podem até ressuscitar seu personagem logo em seguida (a habilidade de restaurar a vida possui um tempo de recarga).

Nos confrontos contra chefes, fique sempre atento aos ajudantes. Caso eles estejam em “cooldown” é melhor recuar e aguardar o parceiro se recompor.

Companheiro na Batalha

Ter um companheiro na batalha também ajuda a aliviar a tensão. Uma das apostas e inovações de Code Vein está justamente nos personagens controlados pela IA, que possuem seus próprios Códigos de Sangue e estilos de combate. Já que não podemos controlá-los, achei melhor vê-los como um complemento da sua própria estratégia. Ao usar uma classe pesada, por exemplo, a companhia de Louis, que usa ataques rápidos e magia. Cabe a você descobrir a melhor maneira de tirar proveito de suas habilidades e do seu companheiro.

Ter um parceiro altera o fluxo de combate, geralmente para melhor, mas às vezes para muito, muito pior. A parte boa é que você vai lutar contra grupos de inimigos com uma certa frequência e ter um segundo personagem ao lado faz tudo parecer mais épico. Ao mesmo tempo, após pegar o jeito dos controles, grande parte destes confrontos torna-se menos estressante e mais confortáveis.

Uma vez que eles morrem, você provavelmente também morrerá sem o auxílio deles. Tudo isso significa que a sua capacidade de derrotar os chefões mais difíceis de Code Vein se resume a como o seu companheiro inconsistente vai se comportar em determinados momentos.

É possível jogar toda a campanha de Code Vein sem um companheiro, caso queira, mas isso torna o gameplay muito mais difícil e, por isso, acho que vale a pena mantê-los por perto.

Se você se importa profundamente com a história, eles vão manter você atualizado sobre o que está acontecendo, mesmo após longos períodos sem um grande acontecimento ou cena.

Táticas básicas de movimentação

Enquanto a história principal é composta por cutscenes, vários dos personagens são desenvolvidos por meio dos Ecos de Sangue, lentas sequências em que você caminha por corredores com imagens estáticas que são sincronizadas com registros de áudio. Não vejo problema neste tipo de narrativa secundária, mas algumas delas funcionariam melhor se fizessem parte da trama principal.

Você passa horas e horas explorando cavernas labirínticas e ruínas da cidade e enfrentando inimigos (chamados de Perdidos) no bom e velho estilo de um Souls Like. Se você conhece o gênero, então estará familiarizado com as seguintes características de Code Vein: há pontos de salvamento chamados de Visco que recarregam seus itens de cura; as fases possuem atalhos que permitem que você retorne um pouco mais rapidamente para o local onde morreu anteriormente; o combate exige muita precisão e cautela, é claro.

Com isso em mente, é importante entender que o gameplay de Code Vein vai muito além de aprender táticas básicas de movimentação. Seu personagem tem uma capacidade bastante variada de mudar o estilo de combate ao simplesmente alternar sua classe, chamada de Código de Sangue, em qualquer momento do game. Cada uma possui um perfil específico, com estatísticas que variam de acordo com o nível do personagem e com o tipo de arma que você está usando. O arsenal é variado e inclui desde espadas gigantes até armas de fogo. Cada classe também oferece um conjunto de habilidades especiais chamadas Dádivas.

Estratégias

Alterne suas estratégias, especialmente quando você está tentando descobrir como aplicá-las contra um chefe, pode ser muito difícil de entender. Geralmente, esse é um desafio que vale a pena superar. Acima de tudo, achei libertador que Code Vein oferece. Sem nenhuma penalidade, a possibilidade do jogador experimentar diferentes estilos de combate. Após morrer um bocado de vezes no duelo contra desses chefes, tente por uma classe de longo alcance que me permitiu combater à distância.

Referências:

Arena Box, Select Game, Feed Digno, XboxPlay, Jogazera, Meu PS4, Blog Br Playstation, Br Ing, Wikipedia.

Dragon Ball FighterZ

Dragon Ball FighterZ é um jogo da franquia Dragon Ball, desenvolvido pela Arc System Works é publicado pela Bandai Namco Entertainment para PlayStation 4, Xbox One e Microsoft Windows via Steam. Sua data de lançamento foi em janeiro de 2018.

Jogabilidade

A jogabilidade pega conceitos de vários outros jogos de luta, principalmente o esquema de controles do Marvel vs. Capcom com a mecânica da equipe, com três botões de ataque primários e um botão de ação exclusivo mais alguns outros. Os jogadores selecionam três personagens para formar uma equipe no estilo The King of Fighters. Um deles é controlado e pode ser trocado com um dos outros personagens a qualquer momento. Os jogadores também podem chamar um de seus outros personagens para executar um movimento “Assist” (assistência), permitindo ataques simultâneos e combos com toda a equipe. Os três personagens do oponente devem ser derrotados para vencer o jogo.

Os movimentos universais “Vanish” e “Dragon Rush” se assemelham ao sistema “Roman Cancel” encontrado nos jogos da Arc System Works, além de seus ataques também serem de Guilty Gear Xrds Dust (o jogo também funciona visualmente no mesmo motor gráfico e esquema como Xrd também), enquanto o movimento “Super Dash” se assemelha ao sistema Homing de Arcana Heart e é semelhante aos traços Homing vistos em outros jogos de luta Dragon Ball. Assim como nos jogos de luta clássicos “Dragon Ball”, os personagens podem usar a “carga de Ki” aumentar seu nível de poder se eles tiverem alguma distância do oponente.

Busque um tutor

Cada uma das áreas principais do lobby de Dragon Ball FighterZ tem seu próprio guardião (ou tutor), mas nenhum deles é mais importante que aquele do lado de fora da área de Tutorial. Isso deve-se principalmente por ele dar acesso à sala de treinamentos. Contudo, por mais que esses tutoriais possam parecer um pouco desanimadores no início, eles explicam as mecânicas básicas, enquanto permitem que você execute os comandos. Eles servirão como o alicerce do entendimento mínimo para que você obtenha sucesso nos modos Arcade e Story, assim como o início de sua jornada online. São tão importantes que talvez seja interessante fazê-los duas vezes, só para ter certeza – afinal, a melhor coisa que invocar Shenlong uma vez, é invocá-lo duas vezes.

Desafie-se

Como qualquer bom jogo de luta, Dragon Ball FighterZ tem uma vasta coleção de desafios de combos ao seu dispor. Eles estão disponíveis para todos os personagens do elenco e mostram os combos básicos, especiais e supers. Você pode até descobrir que seu personagem tem alguns ataques normais que não estão listados no menu de pausa, como a sequência de Cell com golpes médios. Por último, é uma ótima zona segura para que você experimente tudo desse eclético elenco de guerreiros, até encontrar os melhores para seu estilo.

Encontre seu time perfeito

Como qualquer outra grande sinfonia, todo o time em Dragon Ball FighterZ precisará de trabalho em equipe para encontrar as notas certas. Para ter certeza que seu time funciona bem, você precisa entender como seus personagens funcionam. Por exemplo, Freeza é bem forte quando o assunto é fazer os adversários manterem distância, com seus Death Saucers e Death Balls, porém quando o inimigo chega perto, ele pode passar por problemas. Para ajudá-lo com isso, Gohan pode ser a assistência perfeita na forma de um Dragon Punch. Com o apertar de um botão, Gohan voa e conecta um uppercut quase invencível, e cria espaço suficiente para você respirar. Há também assistências em disparos, como o Kamehameha de Goku, ou assistências de bloqueio, tais como a enxurrada de disparos do Ki-blast de Vegeta, que pode ajudar em uma variedade de formas. É uma questão de encontrar a combinação perfeita para seu estilo e pressionar com combos devastadores.

Jogue todos os modos

É natural convidar alguns amigos para lutar até a morte… err… se divertir em todo grande jogo de lutas, porém Dragon Ball FighterZ traz um modo Arcade desafiador e um modo Story que você vai se interessar em mergulhar até o final. Os jogadores que dominarem esses modos e espremerem até a última gota deles serão recompensados não apenas com Zeni para gastar na loja. Se você não aproveitou a promoção de pré-venda que liberava Goku e Vegeta SSJSS (modo Super Sayajin Deus, aqueles com cabelo azul vistos em Dragon Ball Super), é possível liberá-los ao vencer o modo Arcade Hard (os dois últimos percursos mais difíceis), desde que conquiste notas A ou S. E tenha certeza, essa não é uma tarefa nada fácil.

Torre seu dinheiro do jogo

Literalmente tudo o que você faz, dos desafios ao modo história, é recompensado com Zeni – a moeda dentro do jogo em Dragon Ball FighterZ. Ao acumular sua fortuna lentamente, você precisará investir em uma vasta quantidade de cápsulas da loja. Cada uma delas oferece uma chance de encontrar itens customizáveis raros do DBFZ. De itens básicos a extremamente raros, elas têm novas cores para seu personagem favorito, adesivos únicos e uma variedade de avatares “chibi” para o lounge do lobby online.

Não se estresse com o layout do seu controle

Dragon Ball FighterZ traz tanta utilidade com seu esquema de controles que pode parecer até um pouco intimidador. Com a habilidade de configurar seus botões da forma que desejar, seria bobagem não explorar as possibilidades. Cada função (Ki charge, Sparking Blast, Super Dash, Vanish e o Dragon Rush), com excessão das assistências, pode ser executada ao combinar botões (Fraco, Médio, Forte, e Ki). Isso quer dizer que, desde que você tenha todos os botões principais ao seu alcance, vale tudo – pode até contorcer sua mão a um ponto que nem você irá reconhecer.

Auto-combos são seus amigos

Combos podem ser complicados, tipo bem complicados, quando você acaba de pegar um novo jogo de luta. Ainda bem que Dragon Ball FighterZ tem um rico e envolvente sistema de auto-combo nos ataques fraco, médio e forte. Ao pressionar o ataque fraco repetidamente, você irá executar uma combinação furiosa de ataques terrestres que se transformarão em combos aéreos sem esforço. Todavia, se você atacar com golpes médios, irá executar um combo totalmente diferente que termina com um dos ataques especiais de seu personagem favorito (e consome uma barra de Ki, quando houver). Agora, imagine quando você tiver a prática e aprender a ligar um combo a outro, ou até com os ataques especiais certos. O céu é o limite.

Gerencie sua energia vital

A energia vital é, obviamente, uma parte bastante importante de qualquer game de luta, mas poucos deles pedem para você trocar entre três barras de vida enquanto ainda fica de olho no adversário. Não é possível esquivar de todos aqueles ataques voadores para sempre, então quando for atingido, é importante checar quanto de dano levou. Afinal, quando a grande barra vermelha se dissipar, você verá uma outra azul/cinza que representa a vida recuperável. Uma troca rápida com outro lutador permitirá recuperar energia vital, como você também pode utilizar seu Sparking Blast (aquele símbolo indicado abaixo da barra de vida) para recuperar vida sem ter que trocar de personagem (ou caso não tenha mais ninguém com quem mudar). Se puder ativar esse poder, além de expulsar um inimigo de perto de você, ele irá curar o personagem atual e quaisquer aliados ainda vivos mais rapidamente.

Ki Blast

O botão do ataque especial usa o Ki Blast da tua personagem. Geralmente, consiste em bolas de fogo pouco poderosas, que te permitem manter o teu opositor à distância. Com o timing certo, podes mesmo reflectir o Ki Blast do teu atacante, premindo os botões Back + Ataque Especial.

Cada personagem possui também um Special Move único. São normalmente activados girando o stick analógico um quarto de círculo (da posição inicial, terás de mover o stick para baixo e em seguida para a esquerda ou para a direita) juntamente com um dos quatro botões de ataque. Terás de experimentar para veres aquilo que cada personagem é capaz de executar.

Assistência 1 e Assistência 2 chama as outras duas personagens que escolheste para fazerem um único ataque. Cada personagem possui uma Assistência diferente e ainda um pequeno período de recarga. Se manteres a Assistência 1 ou 2 activada, uma personagem irá entrar na luta por completo. Isto dá à tua personagem actual a possibilidade de descansar e restaurar as partes azuis da barra da saúde e também poderá permitir-te mudar por completo o curso da batalha. Não te esqueças que as personagens que escolheste para Assistência podem ser atacadas assim que apareçam, pelo que deves ter cuidado. Saber o momento em que deves usá-las é a chave do sucesso.

Dragon Rush é o nome do movimento de arremesso em Dragon Ball FighterZ. Prime a combinação de botões listada acima para te aproximares do teu inimigo e atirá-lo. Isto não é “bloqueável”. Se vires um Dragon Rush a chegar, podes usar a mesma combinação de botões dentro de um tempo limitado para te libertares.

A combinação de botões para o Ki Charge pode ser usada para carregar o teu Super Meter. Quando mais tempo premires os botões, mais depressa o irás recarregar. Todavia, enquanto o estás a fazer, não podes atacar nem defender. Podes carregar o teu Super meter até 7 vezes. Cada personagem tem um conjunto de Super Moves que irá consumir uma ou três barras do Super Meter. Podes ver aqui a lista de Super Moves para as personagens de Dragon Ball FighterZ. Os Super Moves são activados movendo o stick um quarto do círculo e usando dois botões de ataque. (Muitos obrigam-te a usar dois botões de ataque específicos, mas outros requerem dois botões à tua escolha). Podes também usar partes da barra para executares ataques especiais EX, versões mais fortes dos teus ataques de comando.

Sparking Blast foi projectado de modo a permitir ao jogador regressar à luta. Se premires os quatro botões de ataque, irás derrubar o teu oponente, aumentar o dano dos teus ataques durante um pequeno período de tempo e recuperar a tua barra azul de saúde. Quanto menos personagens tiveres disponíveis, durante mais tempo o Sparking Blast durará.

Super Dash é a forma de te aproximares do teu oponente. Executa a combinação listada na tabela anterior e voarás em direcção ao teu inimigo a alta velocidade. Mas atenção: o Super Dash pode ser evitado se o teu opositor usar determinados ataques. Não te torna invencível. Podes também usá-lo para manteres o momentum dos teus combos, caso estejas em alta.

Finalmente, existe o Vanish. Estes ataques estão muito relacionados com a essência de Dragon Ball Z, onde as personagens usam frequentemente teletransporte para se posicionarem por trás dos seus inimigos. Ao activares um Ataque Vanish, irás teletransportar-te para trás do teu inimigo e infligir um único golpe. Isto custa uma barra do teu Super Meter mas, para além de negares ao teu oponente a oportunidade de executar combos, poderás jogá-los contra as paredes da arena.

Outros guias de Dragon Ball FighterZ

Existem alguns movimentos adicionais que deves saber antes de terminarmos. Um Guard Cancel Tag consiste em mudar de personagem enquanto bloqueias. Este método é igual à Assitência Normal – só tens de pressionar os botões das assistências que colocámos acima mas terás de o fazer enquanto bloqueias um ataque. Uma vez que esta é uma ocasião única, um Guard Cancel Tag custar-te-á uma barra do Super Meter. Premir para baixo ao mesmo tempo que executas uma Ataque Forte irá proteger-te dos inimigos que tentam atacar-te por cima, pelo ar. Mover a tua personagem para a frente juntamente com um Ataque Médio irá permitir-te atacar por cima de uma área que estejam a proteger, infligindo dano.

Não te esqueças que a opção para trocar de personagem é diferente das assistências, permitindo alterar o lutador com o qual está a jogar no momento por outro que se encontra à espera nas laterais.

Dragon Ball FighterZ possui um ritmo rápido e muito acontece dentro de uma única partida. A melhor opção será jogares o modo história de modo a aprenderes e treinares os diferentes combos e perceber como funcionam as lutas. Se fores devagar e com paciência, irás rapidamente tornar-te um mestre.

Descanse seu time

As lutas de Dragon Ball FighterZ são realizados em um esquema de três contra três, bem parecido com o da série Marvel vs. Capcom. Para vencer um combate, é preciso derrotar a equipe adversária.

A barra de energia é drenada a cada golpe, mas sua parcela na cor azul pode ser recuperada colocando o personagem para descansar em segundo plano. Para fazer isso, segure os botões de Assistência 1 e 2 a mesmo tempo.

Teleporte esperto

Como de praxe nas lutas de Dragon Ball, um bom teleporte é algo essencial para vencer. Neste game, fazer o movimento custa uma barra de super e pode ser ligado com um combo se bem realizado.

Basta apertar os botões de ataques médio e forte ao mesmo tempo para começar o teleporte, algo que deve ser bem treinado a fim de surpreender os seus inimigos.

Quebre a guarda

Outra boa forma de gastar uma barra de especial é usar o cancelamento de guarda, que deve ser feito enquanto o seu personagem estiver bloqueando. Ao sofrer um golpe, aperte para frente no direcional e então Assistência 1 ou 2.

Ao fazer isso, um personagem de suporte vai entrar em ação com uma super corrida. Tome cuidado com isso, pois o seu rival pode prever o movimento e acertar o herói que está entrando em ação!

Jogue os raios para longe

Uma forma inteligente e mais segura de impedir ofensivas rivais é por meio de deflexão de ataques Ki. Sempre que uma rajada partir em sua direção, segure para trás e use um especial.

Acertar o timing exato exige um pouco de treino, especialmente na hora de defletir super golpes especiais. Vale lembrar que isso não pode ser feito nem abaixado e nem no ar.

Solte rajadas também

Diferentemente de outros games de luta, Dragon Ball FighterZ torna bem acessível o uso de golpes especiais. Basta apertar o botão de ataque especial para soltar rajadas de Ki, o que pode ser feito sem moderação.

O segredo é não tentar causar muito dano desferindo magias de ki, mas sim utilizar as rajadas para quebrar o ritmo do rival. Dessa forma, você o deixará em dúvida se é melhor tentar defletir ou partir para cima de você.

Abuse da super corrida

Ao apertar o botão de ataque pesado e de especial ao mesmo tempo você realiza uma super corrida, que é um ataque teleguiado capaz de perseguir o oponente em qualquer lugar da tela.

Além disso, a super corrida também atravessa todos os projéteis que não forem super movimentos. Seu único cuidado deve ser com as defletidas explicadas anteriormente, já que elas são capazes de contra-atacar facilmente uma super corrida.

Faça arremessos agressivos

Mesmo depois de dominar todos os movimentos acima, é difícil vencer lutas mais avançadas sem treinar bastante os arremessos. Para atirar um oponente longe é preciso apertar ataques leve e médio ao mesmo tempo.

Se quiser causar ainda mais dano, logo no começo do movimento de arremesso você pode apertar o botão de assistência 1 ou 2, o que força uma troca de personagem ativo por parte do rival. Faça isso especialmente nos casos de o lutador secundário estar com pouca energia, pois assim você corta qualquer chance de ela ser restaurada.

Aprenda a nomenclatura de jogos de luta

Geralmente, quando estamos conversando com alguns amigos sobre um jogo, nós comentamos “ah, é só você apertar pra baixo e soco forte para fazer tal coisa”. Mas na internet escrever tudo isso dá muito trabalho, ainda mais quando estamos falando de combos. Por isso existem certos termos e abreviações que comentarei a seguir:

A principal nomenclatura usada para jogos de luta de anime, como BlazBlue, Guilty Gear e Under Night In-Birth, por exemplo, é substituir as direções do direcional por números, como a seguir:

789, 456, 123.

Onde o número 5 representa seu personagem em estado neutro, 2 ele agachado, 6 apertando para frente, e assim por diante.

Além das nomenclaturas para as direções em que apertar para efetuar certos comandos, há também uma certa nomenclatura para saber qual botão de ataque estamos falando. Isso acontece por FighterZ lançar para dois consoles que tem botões diferentes para o mesmo comando, tornando confuso uma pessoa falar com os botões do PS4 e outro com os do Xbox One. São eles:

Ataque Fraco = Quadrado (PS4) – X (XOne) = L

Ataque Médio = Triângulo (PS4) – Y (XOne) = M

Ataque Forte = “Bolinha” (PS4) – B (XOne) = H

Ataques de Ki = X (PS4) – A (XOne) = S

Então, caso você veja na internet o ataque 236S com Goku, significa meia lua pra frete + botão de ki. A princípio isso pode parecer confuso, mas com o tempo vai ficando mais natural, acredite.

Use o sistema de tag

Por ser um jogo de 3 vs. 3, muitas pessoas que jogam jogos de luta mais convencionais ou que jogam os jogos de anime de arena que a Bandai Namco costuma lançar acabam esquecendo que existe a possibilidade de você trocar de personagem no meio da luta.

Só o fato de você substituir um personagem pelo outro vai garantir algumas vitórias no começo do jogo. Afirmo isso pois quando você troca de personagem, o personagem que foi substituído começa a recuperar sua vida até, no máximo, completar a barra azul de vida que ele tem.

Então sempre que seu personagem estiver passando por apuros, lembre de que há outros dois no seu time para socorre-lo.

Cuidado com o Super Dash

“Como assim cuidado com o Super Dash? Ele me faz ir muito rápido na direção do inimigo, onde quer que ele esteja na tela, e ainda por cima tem como começar um combo com ele. É a melhor coisa do jogo!”

Concordo, o Super Dash é uma ferramente bem forte em Dragon Ball FighterZ. Ela é “safe” (não tem como punir mesmo se o oponente defender) e caso ele não defenda abre a possibilidade de diversas coisas. Mas existe uma forma extremamente simples de contra-atacar isso: apertando “baixo + ataque forte”, o famoso anti-aéreo universal.

Esse ataque é invencível na parte superior do corpo, e, caso conecte, permite que você use o seu Super Dash e puna o oponente por abusar dos Super Dashes aleatórios.

Fica a dica: Treine sua reação para dar anti aéreos nos Super Dashes e ganhe diversas partidas.

Use os auto-combos, mas não dependa deles

Dragon Ball FighterZ traz dois tipos de auto-combos, combos pré definidos em que basta apertar o botão de ataque leve, ou médio, e saem alguns combos simples, mas até que eficientes.

Para quem está começando, os auto-combos são de grande ajuda e conseguem tornar a experiência de aprender um novo jogo de luta bem menos frustrante do que, digamos, tentar aprender os combos de um Street Fighter ou Mortal Kombat.

Entretanto, os combos dos auto-combos não são nem um pouco otimizados, sendo possível, com um pouco de treino, criar outros combos que são ainda mais eficientes que eles. Mas para isso é necessário passar aquele bom e velho tempo no modo treino, e sei que muitos acham isso chato.

Então não tenha vergonha de usar o auto-combo, só não dependa tanto deles conforme for avançando no jogo, pois seus oponentes não dependerão.

Referência:

Jogazera, redbull, eurogamer, techtudo, wikipedia.