Middle Earth: Shadow of War

Middle Earth: Shadow of War é um jogo de RPG de ação ambientado no universo da saga “O Senhor dos Anéis” do autor J. R. R. Tolkien, desenvolvido pela Monolith Productions e distribuído pela Warner Bros. Interactive Entertainment. É uma sequência do jogo Middle-earth: Shadow of Mordor de 2014 e foi lançado para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One em 10 de outubro de 2017.

Shadow of War foi bem recebido pelos críticos, com elogios com relação ao gameplay e melhorias no sistema de jogo, embora alguns elementos da história e mudanças nos personagens provocaram reações negativas, assim como a inclusão de microtransações.

Estude o inimigo

O exército de Sauron é composto por muitos capitães e seus Uruk’s subordinados. Os subordinados são inimigos mais fracos, que podem ser derrotados facilmente. Já os capitães são Uruk’s promovidos, que possuem poder de ataque e resistência muito maior aos de outros Uruk’s. Não obstante, esses capitães possuem também fraquezas e forças únicas que você precisa saber antes de enfrentá-los.

Ao marcar um capitão, ronde os arredores e procure por documentos que informem mais detalhes dele. Um outro caminho mais fácil de obter tais informações é interrogando delatores. Para saber quem são, basta ativar a visão espectral e procurar pelos inimigos de silhueta verde. Inimigos comuns podem também saber informações sobre os capitães, mas muitas vezes não é o suficiente.

Modo Furtivo

O modo furtivo é a sua melhor tática para se dar bem no começo do jogo. A medida que avança na campanha, você poderá evoluir Talion para lutar bem contra grandes quantidades de inimigos, contudo, no início da campanha é bom evitar o combate contra muitos Uruk’s.

No modo furtivo, Talion pode matar inimigos e se locomover sem ser notado pelos outros. Este modo também é útil quando se deseja despistar inimigos que estão lhe perseguindo. Quando encontrar mato alto, você pode se ocultar nele e atrair inimigos para que os derrote rapidamente.

Evolua ao seu modo

Com elementos RPG muito bem visíveis, em Shadow of Mordor você deverá evoluir Talion para que ele possa melhorar em combate. A cada level evoluído, novos pontos de habilidade serão dados para que você desbloqueie novas habilidades.

A dica aqui é evoluir o guardião no seu modo de jogo. Por exemplo: se você foca no combate corpo a corpo, evolua técnicas de finalização ou de montaria em Caragors; se você prefere ser mais furtivo, melhore seus atributos de dano a distância, morte furtiva e movimentação mais rápida.

Equipe-se bem

Ao derrotar um capitão, lhe é concedido uma Runa para que você possa equipar em sua espada, arco ou adaga. Essa Runa lhe dará vantagem em batalha, como melhorar seu ataque crítico, aumento de energia e/ou velocidade de ataque. Para desbloquear um novo espaço de Runa é necessário gastar Mirians – dinheiro do jogo -, além de precisar ter level mínimo em alguns casos.

Aproveite o jogo

Shadow of Mordor é um jogo com mapas gigantescos, com ricos detalhes e referência a cultura Tolkiana. Há dezenas de missões secundárias para fazer, itens para coletar, vilões para derrotar e conquistas para desbloquear.

Segundo o site How Long to Beat, Shadow of Mordor conta com 11 horas de jogo de campanha principal, e mais oito horas de conteúdo adicional, como Side Quests e desafios. Como se não bastasse, há dezenas de apêndices sobre detalhes sutis da história do jogo, que renderão mais algumas horas de entretenimento.

Cuidado: morrer deixará os inimigos mais fortes

A morte traz consequências mais impactantes do que você imagina em Middle-earth: Shadow of Mordor. Os guerreiros orc da região em que você foi assassinado acabam ficando mais fortes por meio do “sistema de nêmesis”, que acaba promovendo os soldados de baixo escalão e aumentando ainda mais a força dos inimigos mais poderosos.

Não é apenas o adversário que matou Talion que leva o crédito, mas sim todos aqueles que sobreviveram à briga. Portanto, pense duas vezes antes de enfrentar um pelotão de forma despreparada — ou eles vão acabar se tornando uma grande dor de cabeça para você depois de um tempo.

Seja cuidadoso com a sua vida

Há poucas formas de recuperar a vida em Middle-earth: Shadow of Mordor, mas a principal delas é buscar pelas pequenas plantas e ervas que crescem pelos cenários. No entanto, não fique tão confiante ao ver elas reaparecendo pelo mapa, pois dentro das fortalezas elas não irão crescer novamente caso sejam utilizadas.

Cuidado é crucial nessas horas, ou seu destino não será muito agradável.

Corra quando precisar

Se você já passou pela primeira dica, vai se lembrar o quão importante é se manter vivo para não dificultar ainda mais as coisas. Portanto, se sua vida começar a ficar muito baixa, não tenha medo de correr. Seguir para os pontos com ervas para recuperar a saúde talvez seja a opção mais indicada para não encontrar Boromir de uma forma cruel.

É bem provável que os orcs te provoquem pela sua manobra “estratégica”, mas talvez eles não fiquem tão animados assim quando você voltar preparado para uma segunda rodada.

Procure aumentar a sua vida

Ok, já sabemos que a cabeça de Talion é colocada em risco constantemente, então nada mais justo do que aumentar a barra de vida para deixar as batalhas um pouquinho menos perigosas, não?

Em Middle-earth: Shadow of Mordor é possível aumentar alguns atributos coletando Mirian a partir das missões marcadas em branco pelo mapa. Maximizar a vida do nosso protagonista será uma sábia escolha para aguentar as incansáveis hordas de orcs que vão te acompanhar pela Terra Média.

Habilidades de Ranger podem salvar sua pele

Outros upgrades para Talion incluem aprimorar suas habilidades nas classes “Ranger” e “Wraith”. Como a primeira influencia diretamente no seu combate corpo-a-corpo, é bem aconselhável seguir por ela para aumentar seu leque de opções durante as brigas — principalmente no começo do jogo.

Maximizar uma determinada habilidade também é aconselhável para deixar o jogo mais fácil.

Não se preocupe muito com os artefatos

Há pequenas missões em Middle-earth: Shadow of Mordor que consistem em procurar artefatos únicos, garantindo uma quantia bônus de pontos de experiência. Apesar de parecer bem tentador, a XP extra não compensa tanto assim por conta do tempo investido, então só se preocupe com elas se você quiser conhecer um pouco mais sobre a Terra Média.

Fique de olho nas runas amarelas

As armas podem ser aprimoradas por meio de runas especiais para aumentar o dano que você causa ou ainda diminuir o tempo de recarga. No entanto, há uma classe específica de runas que podem chamar muito mais a sua atenção: as “Epic Runes”, que contam com um brilho dourado ao redor delas.

Infelizmente, não espere que seja fácil encontrar por elas, afinal elas só poderão cair de orcs de alto escalão e uruk-hais. Você pode seguir para eles assim que sentir que suas habilidades estão à altura dos desafios, sendo mais aconselhável enfrentá-los depois de desbloquear uma das habilidades que garantem uma qualidade melhor para os itens encontrados.

Cuidado com os caragors

Caragors são animais ferozes que percorrem pelos cenários, mas com o tempo você poderá domesticá-los para que eles te ajudem nas missões. Até lá, tome cuidado para que você não se transforme em uma refeição, ainda mais quando encontrá-los pelos cenários no início do jogo.

Sua presença também pode ser muito estratégica, principalmente quando você conseguir libertar uma dessas feras de uma jaula em meio à um acampamento orc. Deixe que ela faça o trabalho sujo, pelo menos por agora…

Desvie e contra-ataque na hora certa

Middle-earth: Shadow of Mordor apresenta uma mecânica de defesa muito similar a da série Batman Arkham, possibilitando entrar em combate e desferir um golpe fatal mesmo quando o inimigo estiver pronto para atacar.

A possibilidade para isso aparecerá como um comando na cabeça do orc atacante, então é bom praticar para manter a ofensiva sempre presente durante os combates.

Mesmo assim, alguns ataques não podem ser bloqueados ou contra-atacados — então você deverá desviar no tempo certo para não sofrer danos. O esquema continua o mesmo: quando um ataque estiver prestes a ser desferido, um botão aparecerá no adversário informando que o momento de fugir está perto.

Muito cuidado com veneno e armas de longo alcance

Se você for entrar em uma fortaleza, faça questão de matar os arqueiros primeiro, assim não terá que lidar com eles durante toda a expedição. Além disso, é essencial tomar conta contra os ataques venenosos, principalmente vindo de orcs de elite. Evitar estes dois problemas irá manter sua vida fora da área de perigo.

Descubra o medo dos seus inimigos

Alguns orcs deixam marcas verdes depois de morrerem, sendo possível descobrir algumas informações interessantes sobre os inimigos mais poderosos. Eles também revelam o maior temor deles, como medo de fogo, de ser atacado por um caragor ou de ser traído por um guarda-costas.

Assim que você descobrir este ponto fraco, é hora de trabalhar para deixar seu inimigo de frente com esta vulnerabilidade e facilitar o seu trabalho.

Mate os guarda-costas primeiro

Enfrentar um chefe guerreiro é sempre complicado. Além da sua força incrível, ele conta com a ajuda de mais alguns orcs de elite, então sempre tenha cuidado para não acabar cercado e sofrer uma morte com essa situação.

Um meio de superar esse desafio é eliminar primeiro os guarda-costas e aos poucos deixar o combate mais tranquilo. Mas não respire tão levemente assim, afinal o chefe ainda te espera para um difícil confronto.

Esperamos que, depois de tantas dicas, sua aventura pela Terra Média fique um pouco mais fácil — e temos certeza que você conseguirá matar tantos orcs que deixarão um certo anão enciumado pela sua contagem superar a dele.

Retirada estratégica

Embora Talion seja bastante poderoso, até o herói pode ter grandes dificuldades contra vastos números de oponentes – e acreditem em nós, vão ter situações com mais de 10 inimigos ao mesmo tempo. Com um pouco de sorte e habilidade, podem sair vitoriosos até das situações mais complicadas, mas não fiquem cercados. Se pressionarem no botão de desvio podem ganhar alguns metros aos oponentes, e isso oferece a oportunidade para usarem o arco para abaterem rapidamente alguns adversários. Tenham atenção ao cenário, e se virem um barril explosivo, tentem atrair os orcs para perto antes de o rebentarem. Se mesmo assim estiverem em dificuldade, fujam. Podem simplesmente ignorar a situação, ou se quiserem voltar a atacar, esperem por uma oportunidade para atacarem de forma furtiva.

Aproveitem-se do sistema Nemesis

Não entrem cegos numa batalha contra uma personagem do sistema Nemesis. Tentem encontrar um Orc informador, ou outras formas de conseguir informações, para descobrirem as vantagens e desvantagens de cada oponente. Se souberem tirarem vantagem desta informação podem facilitar imenso a vossa tarefa. Com o avançar do jogo vão descobrir que os inimigos têm menos fraquezas para explorarem, mas existe sempre uma maneira. Também é muito importante evitar os pontos fortes do adversário. Se atacarem de uma certa forma podem causar raiva ao inimigo, por exemplo, o que vai dificultar imenso o objetivo. Tenham ainda em atenção o facto de alguns inimigos fugirem, por isso estejam preparados para isso – perder minutos a tentar matar um capitão, para depois o deixar fugir, pode ser muito frustrante.

Esta é a função primária do sistema Nemesis, mas quando começa o segundo ato, terão a hipótese de construir um exército. Vão colocar os vossos capitães em confronto com os adversários do sistema Nemesis, o que também tem os seus pontos de interesse. Também existem novas batalhas em arenas, onde os inimigos lutam entre si. Aprendam as particularidades de cada classe, e aproveitem-se disso mesmo, seja comandando o vosso exército, ou em combate direto.

Dominem as Feras

Com tudo o que há para fazer, é fácil deixar com que a capacidade para usar montadas caia no esquecimento. Podem montar Caragors, Graugs, e Drakes, cada um oferecendo diferentes vantagens estratégicas. Os inimigos do Nemesis têm também atributos relacionados com estas criaturas – alguns ficam furiosos quando vêm um, outros ficam apavorados, e outros dominam-nos. Usem-nos para ganharem vantagem nos combates, mas também como meio de transporte. Os Caragors são rápidos, ideias para cobrirem grandes distâncias, e ainda podem usar flechas quando estão montados. Os Graugs são resistentes e fortes, ideais para combates a curta distância, mas a sua lentidão não os validam como meio de transporte. Os Drakes têm o encanto de voarem, mas são a montada de que gostámos menos. Ainda assim, a perspetiva que oferecem do campo de batalha é fantástica.

Apontem às pernas

Uma flecha em cheio na cabeça é um tiro crítico garantido, mas se acertarem na perna vão ter outras vantagens estratégicas. Se o fizerem, seu oponente vai ficar parado no lugar, exposto para explorarem fraquezas. Isto será particularmente útil contra inimigos Nemesis que não sejam imunes a flechas. Esta tática é também excelente para parar inimigos em fuga que não queiram matar, como os Orcs informadores.

Ao vencedor, os espólios

Para Shadow of War a Monolith remodelou por completo o sistema de espólios (ou loot, se preferirem). Agora vão receber otipos de armas, peças, e gemas durante a aventura, com diferentes graus de raridade e qualidade. Enquanto os itens mais comuns só incluem estatísticas, as variedades rara e épica costumam trazer várias vantagens ou efeitos secundários. O segredo aqui não está em tentar arranjar as melhores armas e descartar as outras, mas antes em guardar armas capazes de causar efeitos diferentes. Como os inimigos têm vários tipos de fraquezas, convém adaptar o armamento e a armadura a preceito.

Outra componente nova são as gemas que podem equipar, itens que normalmente são largados por uns orcs especiais com uma marca branca em cima da sua cabeça. Sempre que virem um destes orcs, tentem matá-lo, porque vão precisar de todas as gemas que conseguirem mais próximo do final do jogo. As gemas mais poderosas podem ter um efeito esmagador no desempenho de Talion, como aumentar o dano causado ou a saúde em 30%, por exemplo. So passadas 30 horas de jogo conseguimos criar a nossa primeira gema de qualidade máxima, o que implica que terão de investir a sério na procura destas gemas. Prestem atenção ao mini-mapa, onde estes Orcs são também identificados por setas brancas.

Habilidades

Perfect Counter: Depois do Execution – que é extremamente útil sem dúvida, procura desbloquear o Perfect Counter bem cedo também. É essencial ao enfrentar hordas de inimigos, ser capaz de os imobilizar tempo suficiente para te focares num Captain ou para aplicar uma execução no chão. Eventualmente esta pode ser melhorada para recuperar ammo ou para matar instantaneamente grunts mais frágeis.

Wraith Chain: Na Predator Skill Tree, terás de desbloquear umas quantas habilidades até chegar à Wraith Chain – mas assim que o conseguires, as missões furtivas serão muito mais simples. Utilizando Focus, podes teleportar a tua forma wraith para inimigos nas redondezas, eliminando múltiplos oponentes em cascata, algo muito útil quando não podemos mesmo ser identificados ou quando queremos invadir uma fortaleza sem ser detetados.

Bird of Prey: Na árvore Ranged praticamente todas as habilidades são úteis, mas de início, a Bird of Prey é a mais importante. Permite-te abrandar o tempo e focar o disparo em pleno ar. Combinado com o Shadow Strider, podes saltar e executar um duplo salto, mudando de direção no enquadramento do teu alvo, antes de abrandar o tempo para desencadear uma chuva de setas num grupo, ou marcar um barril para explodir mesmo antes de aterrares no meio deles e limpar as sobras.

Ice Storm: Na árvore Wraith está uma das habilidades mais úteis para desbloquear desde cedo, Ice Storm. Quando estás a enfrentar demasiados Orcs ou um Captain poderoso, o Ice Storm permite-te congelar um alvo, prendendo-o no mesmo sítio e deixando-o fora da batalha, ou para usar um ataque flurry e acumular might rapidamente.

Call Caragor: Finalmente, a “Skill tree” Mounted é sempre útil para abusar das fraquezas dos inimigos, sendo que nada é mais útil que invocar um Caragor quando a necessidade aperta. Esta habilidade é especialmente adequada quando enfrentamos um Captain que tem medo ou é especialmente sensível a beasts – É inclusive possível invocar um Caragor no interior da sala de um Commander durante o assalto a uma fortaleza.

Não te esqueças de realizar o upgrade à habilidade para invocar outros tipos de beast e capitalizar as fraquezas dos teus oponentes.

Referências:

Game Reactor, Voxel, ING, techtudo, wikipedia.

Pokémon Sword e Shield

Pokémon Sword e Pokémon Shield (ポケットモンスター ソード・シールド, Poketto Monsutā Sōdo・Shīrudo Pocket Monsters Espada e Escudo?) são jogos eletrônicos de RPG da série Pokémon, desenvolvidos pela Game Freak, publicados pela The Pokémon Company, e distribuídos pela Nintendo. Os jogos foram anunciados oficialmente pela Pokémon Direct no dia 27 de fevereiro de 2019. Os jogos foram lançados no dia 15 de novembro de 2019 Os dois jogos são da oitava geração e os segundos jogos da série principal de Pokémon para Nintendo Switch.

Jogabilidade

Pokémon Sword e Shield são jogos de RPG com jogos de aventura, baseados na região de Galar, vagamente baseada no Reino Unido, em terceira pessoa, perspectiva suspensa. O jogador controla um jovem treinador que vai em uma missão para capturar e treinar criaturas conhecidas como Pokémon e vencer batalhas contra outros treinadores. Ao derrotar Pokémon inimigo em batalhas por turnos, o Pokémon do jogador ganha pontos de experiência, permitindo que ele suba de nível e aumente suas estatísticas de batalha, aprenda novas técnicas de batalha e, em alguns casos, evoluir em Pokémon mais poderosos. Os jogadores podem capturar Pokémon selvagens, encontrados durante encontro aleatório, enfraquecendo-os em batalha e pegando-os com Poké Bolas, permitindo que eles sejam adicionados a sua equipe.

Abra as Configurações

Ao iniciar Sword & Shield, aperte o botão X e vá às configurações representadas pelo ícone de engrenagem. Lá é possível alterar diversas funções do game além do volume e controles de câmera. Há uma opção que facilita jogar com apenas um Joy-Con, pular cutscenes, definir seu estilo de batalha e mais. Deixe o jogo mais adequado ao seu estilo de gameplay e à sua paciência.

Velocidade de texto: Uma das funções na seção de Opções do jogo que eu, particularmente, acho prestativa é a possibilidade de aumentar a velocidade da exibição dos textos. Isso poupa tempo para os jogadores que têm uma velocidade de leitura em inglês mais elevada e permite que você não precise interromper a leitura porque o texto ainda não carregou. Acredite, é uma boa dica para todos.

Tutoriais

Sword & Shield oferecem alguns tutoriais básicos sobre o universo de Pokémon. As informações dão aos novos jogadores a oportunidade de conhecer mais sobre a franquia e como certas mecânicas in-game funcionam. Felizmente, para os veteranos, há possibilidade de pular esses tutoriais. Por exemplo, quem já está acostumado com Pokémon poderá evitar um monólogo explicativo sobre o que as criaturas são.

Captura

A captura de Pokémon Sword & Shield segue o mesmo padrão dos jogos anteriores da série. De início, você receberá PokéBalls básicas e, conforme progride, receberá bolas melhores como Great Balls e Ultra Balls. Há também bolas com maiores chances de captura para Pokémon ou características de ambientes específicas. A Net Ball, por exemplo, garante maior chance de captura em Pokémon de Tipos Água e Inseto.

Outro detalhe importante para se ter em mente é que a captura tem mais possibilidade de ocorrer quando a barra de HP do Pokémon alvo está menor. Quanto menor, melhor. O ideal é tentar levar a vida do monstrinho à cor vermelha para utilizar as Poké Bolas de preferência. No entanto, é preciso tomar cuidado para não nocautear o Pokémon, já que isso encerra o confronto e acaba com a possibilidade de captura.

Para aumentar ainda mais as chances de captura, tente aplicar um status ao Pokémon de interesse. É possível adormecê-lo (SLP), paralisá-lo (PAR), congelá-lo (FRZ) e outros. Tome cuidado com os status Burn e Poison porque esses gradualmente diminuem a vida do Pokémon e podem levá-lo ao nocaute.

Além disso, fique atento a outra preciosa dica de captura abaixo, na seção “Save manual ou autosave?”.

Entenda os Tipos de Pokémon

Pokémon Sword & Shield ocasionalmente mencionam que você aplicou um golpe super-efetivo em outro, porém não dá uma explicação detalhada sobre como o sistema de Tipos funciona — um erro persistente desde o lançamento dos primeiros Pokémon, Red & Blue, em 1996.

Para ter o melhor desempenho em combate, dando mais dano e tendo resistência ao oponente, é preciso ter conhecimento de como um interage com o outro. Por exemplo, Fire é super-efetivo contra Grass, enquanto Grass é super-efetivo contra Water e, por fim, Water é super-efetivo contra Fire. Pokémon Sword & Shield oferece 18 Tipos. Abaixo, você confere uma tabela completa do que afeta que Tipo e como esse afeta outros Tipos. Os listados à esquerda são super-efetivos contra o Tipo no centro e o do centro afeta os Tipos listados à direita.

Além disso, alguns Tipos não são afetados por outros. Steel, por exemplo, não sofre dano algum sequer consequências, como alterações de status, por golpes de Poison. Na tabela a seguir, você vê o desempenho exato de cada tipo para com os demais. “1x” (branco) é dano normal, “2x” (verde) representa um golpe super-efetivo, “0,5x” (vermelho) representa um golpe pouco efetivo e “0x” (cinza) significa que o golpe não tem efeito sobre o Tipo opositor. Considere que os Tipos da esquerda atacam os da listagem superior.

Outro detalhe para ficar atento são as combinações de Tipos em Pokémon. Com isso, um Tipo super-efetivo pode deixar de fazer efeito contra um monstro que normalmente faria. Por exemplo, Mawile é dos Tipos Fairy/Steel. Por ter o tipo Fairy, ele poderia tomar golpes super-efetivos de Steel e Poison, mas o fato dele também ser Steel, garante 0,5x menos dano de golpes de Tipo Steel e imunidade completo de golpes Poison. Para derrotá-lo, o jogador deve explorar as fraquezas dele enquanto Pokémon Steel, com a possibilidade de utilizar golpes Fire e Ground. Fighting seria super-efetivo apenas contra o lado Steel de Mawile, mas é 0,5x efetivo contra Fairy, então o Pokémon receberá dano normal.

Também é possível aplicar 4x dano em certos Pokémon. Pelipper, por exemplo, é dos Tipos Water / Flying. Ambos os Tipos tomam dano super-efetivo de Electric, portanto, o dano é quadruplicado quando esse monstrinho é atingido por um golpe do Tipo Electric.

Sword & Shield facilita um pouco a vida do jogador, mostrando como um golpe funcionará contra o oponente, caso você já tenha o registro de quem enfrenta na PokéDex — o que requer que você tenha o obtido por captura, troca ou breeding.

Entenda o básico do sistema de combate

O combate de Pokémon é bastante simples. Desconsideremos os Tipos, já amplamente descrito no tópico acima, e foquemos nas estatísticas e nos formatos de golpes.

Golpes físicos: Essa categoria faz com que o seu Pokémon ataque o oponente usando o próprio corpo. Os Golpes Físicos são representados in-game por uma estrela de oito pontas. A estatística Attack atua sobre a força dessa categoria de golpe. A estatística Defense é a que atua sobre a resistência a essa categoria de golpe.

Golpes especiais: Essa categoria faz com que o seu Pokémon ataque o oponente usando algum poder especial. Os Golpes Especiais são representados in-game por três círculos que parecem um alvo. A estatística Special Attack (Sp. Atk) atua sobre a força dessa categoria de golpe. A estatística Special Defense (Sp. Def) é a que atua sobre a resistência a essa categoria de golpe.

Golpes de Status: Essa categoria faz com que o seu Pokémon aplique algum status ao oponente, aumenta suas próprias estatísticas ou aplica um efeito no campo ou ao próprio Pokémon — esses não aplicam dano. Os Golpes de Status são representados in-game por um círculo dividido ao meio, que assemelha-se ao Yin-Yang.

Além do Atk, Def, Sp. Atk, Sp. Def, duas outras estatísticas são vitais a Pokémon. HP é a quantidade de vida que o seu monstrinho possui, enquanto Speed é a velocidade de movimento da criatura. Caso seu Speed seja maior do que o do oponente, você atacará antes na disputa por turnos. Caso contrário, seu adversário será favorecido.

É preciso prestar atenção também ao Accuracy dos golpes. O número apresentado representa a porcentagem de chance de acertar o Pokémon que você enfrenta. Em contraponto, há a taxa de evasão, conhecida como Evasiveness, que garante chances de um Pokémon desviar de um golpe. Por fim, os Pokémon têm habilidades inatas que aplicam efeitos in-game.

Seleção de golpes

“Quando eu sei que um golpe é melhor do que o outro?” Bem, determinar qual golpe é melhor depende da maneira como você quer que o seu Pokémon em questão atue em campo. Caso seu intuito é deixá-lo mais poderoso, procure golpes cujo dano é maior do que o que será substituído. Também leve em consideração qual estatística do seu monstrinho é mais desenvolvido: Atk ou Sp. Atk. Isso afetará o desempenho dos golpes.

Além disso, é preciso levar em consideração o Tipo do golpe em questão. Por exemplo, pode ser interessante dar um golpe Electric (caso seja compatível) a um Pokémon de Fire, já que seria um counter super-efetivo caso enfrentasse um Pokémon do Tipo Water.

Considere o seu estilo de gameplay. Caso você não seja um jogador meramente agressivo que quer derrotar todos os oponentes apenas com a bruta força e estudo de danos super-efetivos (cuja técnica foi descrita acima), invista um tempo para conhecer os Golpes de Status, que podem melhorar a maneira como você ataca, se defende e atua sobre o campo de batalha.

Saiba também que é possível fazer com que um Pokémon reaprenda golpes no NPC do lado da enfermeira do Pokémon Center. É gratuito e abrange os ataques que as criaturas podem aprender ao longo da jornada de nivelamento.

Wild Area

A Wild Area é uma das maiores e mais importantes adições de Sword & Shield à franquia Pokémon, mas pode ter um excesso de informações a processar. Por isso, detalhamos o que você pode e deve fazer nessa área de semi-mundo aberto.

Um dos pontos que mais chamam a atenção na Wild Area é a possibilidade de ver Pokémon selvagens andando. A dica básica para quem não derrotou todos os ginásios é: não tente capturar os Pokémon que andam fora das áreas de mato. Esses são mais poderosos e, sob a circunstância de não ter completado o jogo, é impossível capturar a maioria deles. Justamente por serem mais fortes, no entanto, esses monstros são bons alvos para batalhar tendo como meta treinar.

Nos matos há dois grupos diferentes de Pokémon que aparecem: os que são visíveis ao jogador, andando por lá, e os encontros aleatórios, representados por um ícone de exclamação. Todas as criaturas que aparecem na Wild Area estão sujeitas a serem “trocadas” dependendo do clima do momento. Por exemplo, em Watchtower Ruins, Glalie aparece somente se estiver nevando. Caso esteja chovendo, o Pokémon em destaque que ocupa o lugar de Glalie é Dusclops.

Além disso, fique atento aos dens, onde acontecem as Raids Dynamax. Mesmo que não emitam o raio mostrando que há uma raid ativa, interaja com o den caso esteja da cor vermelho. Isso concederá ao jogador uma quantidade de Watts, moeda de troca na Wild Area. Com os Watts, é possível comprar PokéBalls de diferentes tipos, golpes, Wishing Stars (que ativam Raids Dynamax em dens inativos) e outros itens. Outra maneira de adquirir Watts é realizando a corrida Rotom Rally, cujo começo é disponibilizado em NPCs vestidos de atletas, que usam boné, óculos de sol e um uniforme preto e branco com detalhes vermelhos.

Max Raids

As Raids Dynamax, conhecidas como Max Raids, são algumas das atividades mais divertidas de Sword & Shield e dão motivos de sobra ao jogador para ingressar nelas. Caso sejam concluídas com sucesso, as Max Raids rendem diversos itens, como golpes para ensinar aos seus Pokémon, berries e, o mais importante, Exp. Candies. Esses candies dão Exp. às suas criaturas, fazendo com que nivelem mais rapidamente. Isso pode facilitar a sua vida caso o treino por batalhas comuns já tenha sido exaustante o suficiente. Caso esteja preso em algum líder de ginásio por falta de nível, volte à Wild Area e participe de algumas Raids Dynamax para conseguir Exp. Candies.

Para ter o melhor desempenho nessas atividades, tente tirar vantagem do uso dos Tipos super-efetivos contra o Pokémon que vai enfrentar. Os Tipos do oponente aparecem antes do início da Raid, com tempo de sobra para trocar. Além disso, recomendo que faça as Raids de níveis mais altos sejam feitas em equipe com jogadores de verdade, já que esses podem ter o bom senso de enfrentar as criaturas Dynamax com Pokémon do Tipo mais adequado. Caso não consiga, o jogo oferece a ajuda de NPCs, mas há escolhas estranhas, como colocar um Pokémon do Tipo Fire contra um do Tipo Water. Pouco efetivo.

Tenha em mente também que, o quanto mais alto for o nível da Raid (representado por 1 a 5 estrelas), mais vezes um escudo de proteção circunda o oponente. Dependendo do nível da Raid, o escudo aparece em certos limites invisíveis de vida do oponente. Por exemplo, em Raids cinco estrelas, o primeiro escudo aparecerá quando você e seus companheiros tirarem aproximadamente 1/5 do HP do Pokémon. Os escudos também tem blocos de hits que devem ser quebrados. Cada golpe aplicado ao escudo quebra um bloco do total (que pode ir até cinco), e golpes Dynamax super-efetivos quebram dois.

Acampamento

Os acampamentos Pokémon podem ser iniciados em quase qualquer área do jogo que seja a céu aberto. No local, é possível interagir com os membros da sua equipe, brincando e cozinhado curry. Essa mecânica aumenta o laço de amizade entre você e seus monstrinhos, bem como os cura e ressuscita quem estiver desmaiado. O acampamento não costuma ser muito prestativo, mas pode auxiliar caso esteja explorando uma nova rota, sem itens de cura e não quer voltar porque já explorou demais para depois fazer o trajeto inteiro à pé novamente.

Itens

Itens são uma parte essencial de Pokémon. A dica é simples: leia e entenda o que os itens fazem e tente aplicá-los de maneira a melhor integrar o seu time e o desempenho individual de cada. Com os itens, é possível montar estratégias de combate, mudar golpes, dar buffs contínuos (enquanto o item estiver equipado) e muito mais.

Assim como os golpes, o item a ser utilizado vai depender da sua estratégia para abordar o mundo de Pokémon, mas fica mais fácil quando entende-se como os Tipos e como o sistema básico de combate funciona.

Há itens que aparecem brilhando em áreas abertas, bem como escondidos em cantos do mundo, tanto nas cidades quanto nas rotas e na Wild Area, então procure pelos cantos porque você vai, eventualmente, descobrir algo secreto.

Berries

Berries são itens que desempenham um papel secundário dentro da categoria, mas podem, ocasionalmente, salvar sua vida. Além disso, são itens essenciais para cozinhar curry no acampamento. Há diferentes tipos de berries com funções distintas, mas a regra para obtê-las é a mesma.

É possível encontrá-los soltos pelo mapa, em Max Raids e em árvores. Nas árvores há um truque para consegui-los. Você poderá chacoalhar a árvore quantas vezes quiser, até que desista ou que um Pokémon selvagem caia no seu rosto. Para conseguir o máximo de berries antes que o Pokémon te ataque, primeiro perceba que a árvore chacoalhará continuamente após o seu ato. Você deve continuar chacoalhando a árvore até que haja quase nenhum espaço entre os balanços do Pokémon na árvore — esse é um sinal de que ele está prestes a te atacar.

Assobio

É possível assoviar em Sword & Shield para atrair curiosos Pokémon. Isso serve para atrair criaturas que normalmente correriam ao te ver e também para conseguir a atenção de voadores que parecem fisicamente inalcançáveis. O assovio fará com que os monstrinhos se dirijam a você. Para isso, basta apertar o botão direcional do analógico esquerdo.

Converse com todo mundo

Isso é indispensável. Converse com todos os NPCs possíveis. Nem todos terão alguma consequência, mas esses personagens com diálogos prontos podem te dar itens, oferecer trocas de Pokémon que não podem ser obtidas por capturas normais, ter batalhas, e mais.

Uma cidade de Sword & Shield que possui diversas atrações ativadas por diálogos, por exemplo, é Circhester. No local gélido, há um hotel em que é possível acompanhar uma mini “side-quest”, encontrar personagens que são easter eggs, participar de uma desafiadora batalha de endgame e mais.

PokéJobs

PokéJobs é uma mecânica de Sword & Shield que pode ser prestativa. Você envia os Pokémon de sua escolha em trabalhos remotos por um período determinado por você. Os Jobs têm exigências de Tipos e estatísticas específicas. É possível ativá-los no computador localizado em todo Pokémon Center. O PC fica do lado esquerdo da enfermeira e há um Rotom acima do equipamento.

Esses PokéJobs garantem experiência aos seus Pokémon e podem ser facilitadores para fazer suas criaturas subirem de nível, caso não queira carregá-los na sua equipe. É preciso dizer que os Pokémon enviados aos Jobs não retornam naturalmente, então você precisará encerrar a jornada de trabalho deles manualmente.

Save manual ou autosave?

Pessoalmente, essa é uma das minhas dicas preferidas. Em Sword & Shield, o autosave foi implementado — o que é um avanço mais do que necessário à série. No entanto, o autosave impossibilita algumas gambiarras viabilizadas pelo save manual, conhecido como hard save.

Com o save manual, é possível salvar o progresso antes de alguma atividade importante (batalha, captura, Max Raid) e, caso não consiga cumprir seu objetivo, pode ir à tela inicial do Nintendo Switch, fechar o aplicativo do game e iniciá-lo novamente. Seu progresso estará exatamente onde salvou, antes da atividade a ser exercida.

Por exemplo, antes de encarar um Pokémon Lendário, é recomendado usar esse truque. Tendo em vista que é preciso reduzir o HP de um monstrinho para ter mais chances de capturá-lo, por vezes nos vemos derrotando o oponente acidentalmente. Com o save manual feito, basta reiniciar o jogo e tentar capturá-lo de novo.

Monte um time diverso

As batalhas de Pokémon funcionam como um pedra, papel e tesoura de luxo, em que cada monstrinho é de um tipo específico e tem vantagens e desvantagens contra os monstrinhos de outros tipos. Durante a jornada você enfrentará muitos treinadores e mestres de ginásio, que geralmente se dedicam a um tipo específico de Pokémon. Como não é sempre que dá para saber o que eles carregam nas suas pokébolas, o ideal é diversificar o seu time.

O primeiro ginásio do jogo é do tipo grama, por exemplo. Se sua escolha para Pokémon inicial foi o Scorbunny, ele sozinho dá conta do recado. Já os outros vão precisar da ajuda de outros monstrinhos para conseguir a insígnia. No caminho para o primeiro ginásio, capture o máximo de Pokémons que conseguir e monte um time já pensando nesse desafio. Essa deve ser uma prática constante, até você definir o time que vai levar até o final.

O jogo te ajuda

Uma novidade que veio do “Pokémon Let’s Go Pikachu/Evee” é o compartilhamento de experiência. Ao capturar um Pokémon ou vencer uma batalha, todos do seu time vão ganhar alguma quantidade de experiência. Mas isso é só uma parte da ajuda que a Gamefreak está dando para os mais novatos.

Uma mecânica que já vem desde o “Pokémon Sun e Moon” é descrever a efetividade do ataque contra monstrinhos que você já enfrentou. Após vencer um Pokémon pela primeira vez, você terá acesso aos seus dados na Pokédex. Por conta disso, sempre que você encontrá-lo novamente, será possível ver logo embaixo do seu ataque se ele é efetivo, pouco efetivo ou super efetivo com o oponente. Se você ainda não decorou o que é forte contra quem, essa é uma saída.

Faça Raids para ficar forte

As Raids Pokémon estão espalhadas pela Wild Area. Nesse pequeno mundo aberto você encontra diversos poços de energia, que podem ser coletados para servir como uma moeda secundária, que, por sua vez, pode ser trocada por itens poderosos com NPCs pelo caminho. Quando esses poços estiverem com um feixe rosa e enorme para o céu, significa que um Pokémon está ali.

Você pode iniciar essa luta com outros treinadores ou NPCs, formando um grupo de 4 mestres Pokémon. Esse número é o necessário para derrotar o monstrinho gigante que sairá do poço. Cada uma dessas batalhas tem um nível contado em estrelas, quanto mais estrelas, mais difícil é.

O motivo de fazer várias delas são as recompensas. Ao vencer uma batalha dessa, você ganhará diversos itens importantes para a progressão do jogo, como doces que dão experiência para os seus Pokémons.

Quanto mais dessas batalhas você fizer, mais recursos vai ter para deixar os seus Pokémons poderosos. Só tome cuidado para não deixar o jogo fácil demais, ou os seus comandados muito forte para o seu nível, já que eles podem não te obedecer. Confira o seu card da liga para saber até que nível você pode evoluir seus Pokémons sem perder o comando.

Para cada situação, uma Pokébola

No início do jogo capturar os monstrinhos é bem fácil. Basta deixá-los com a vida baixa e arremessar uma Pokébola comum e você irá ganhar um novo amigo. Com o passar do tempo as coisas vão ficando mais difíceis e monstrinhos mais poderosos vão dar trabalho na captura.

Para facilitar esse processo você pode escolher a Pokébola correta. Durante o jogo você encontrará mais de uma dezena delas. Algumas são apenas mais eficientes, enquanto outras são específicas para algum tipo de hora do dia, tipo do Pokémon a ser capturado ou até mesmo para o sexo do monstrinho. Usar a Pokébola correta aumenta muito as chances de capturar o membro que falta para a sua equipe.

Para fazer as coisas ficarem ainda mais tranquilas, tenha sempre um Pokémon com um ataque de efeito negativo, como colocar para dormir, paralisar ou envenenar. Pokémons que recebem esses efeitos ficam bem mais fáceis de serem capturados, especialmente se isso for combinado com uma Pokébola que casa com o efeito que você usou. Existe uma delas para capturar Pokémons dormindo, por exemplo. Use e abuse dessa mecânica para ter uma vida mais fácil.

Referêcias:

Br Ing, Uol, Wikipedia.

Tom Clancy’s Ghost Recon Breakpoint

Tom Clancy’s Ghost Recon Breakpoint (comumente referido como Ghost Recon Breakpoint) é um próximo on-line shooter tático jogo de vídeo desenvolvido pela Ubisoft Paris e publicado pela Ubisoft. Foi lançado mundialmente em 4 de outubro de 2019, para o Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One, e em novembro de 2019 para o Google Stadia. O jogo é a décima primeira edição da franquia Ghost Recon do Tom Clancy e é uma sequência narrativa do Tom Clancy’s Ghost Recon Wildlands um jogo de 2017.

O jogo é ambientado em um mundo aberto chamado Auroa, uma ilha fictícia no Oceano Pacífico. O jogador assume o papel do Tenente-Coronel Anthony “Nomad” Perryman, um Agente das Forças Especiais enviado à ilha para investigar uma série de distúrbios envolvendo a Skell Technology, uma Empresa militar privada em Auroa.

Conheça a Auroa!

Escolha entre milhares de combinações de personalização para criar seu Ghost perfeito. Todos os aspectos do Ghost são personalizáveis.

Então os jogadores se descobrem em uma ilha em um arquipélago remoto no meio do Oceano Pacífico, próxima ao polo sul, chamado Auroa. É lá que fica a Skell Technology, a gigante do Vale do Silício. É aqui que os jogadores ajustam seus Ghosts, desde a aparência até as habilidades. Há milhares de combinações disponíveis, incluindo equipamentos, armas que podem ser aprimoradas e um novo sistema de classes especializadas em furtividade, combate à distância ou assalto.

Você terá 20 províncias para explorar no lançamento, das alturas dos fiordes e picos nevados até as profundezas dos pântanos. Você conhecerá vários personagens e facções nessas províncias. Eles influenciarão sua missão para libertar de Auroa do controle dos Wolves.

Os Wolves, cujo líder é o antigo parceiro Coronel Cole D. Walker, são uma unidade letal do exército americano que se rebelou e está disposta a usar máquinas assassinas para erradicar os Ghosts. Os Wolves têm o mesmo treinamento e experiência dos Ghosts, e assumiram o controle de Auroa e do recurso mais importante da ilha: os drones.

Cuide de seus ferimentos

Faça bom uso do seu bivaque. Produza itens, ative melhores temporárias e viaje rapidamente para pontos de interesse. Prepare-se para sua próxima missão no bivaque.

Ajuste o carregamento de acordo com seu estilo de jogo.

Passe na Loja da Maria para obter ajuda com o progresso do personagem e para comprar armas, veículos e equipamentos. Acesse a Loja diretamente do bivaque.

Equipe as ferramentas necessárias na Roda de Itens, pelo menu de inventário.

Mova-se silenciosamente, proteja-se atrás de coberturas e fique de olho nos seus níveis de vida.

Experimente novas ferramentas e funções, como camuflagem com o solo e drones em miniatura para atirar em vários alvos ao mesmo tempo.

Escolha a ferramenta certa para cada situação. É mais fácil enfrentar um behemoth com uma PEM ou um lança-foguetes.

Conclua desafios para alcançar certos ranks, obter mais competências e aprender mais sobre sua classe escolhida.

E não se esqueça de que você pode vivenciar tudo isso cooperativamente!

Painel de objetivos

A campanha principal não esgota tudo o que pode ser feito em Auroa. Use o Painel de Objetivos para registrar suas metas atuais.

Bivaque

Acampe com parceiros de equipe, planeje missões, aperfeiçoe estratégias, e ajuste o equipamento, classe e armas no bivaque. Também é possível acessar veículos e usar Créditos Skell para comprar e vender itens na loja. Use os binóculos e drones para escanear e desbloquear mais bivaques e viajar rapidamente por Auroa.

Personalização

Criar seu personagem é o primeiro passo da personalização. Também é possível personalizar as armas no Armeiro.

Com o novo Armeiro e o sistema de armas, você vai perceber as mudanças trazidas por cada acessório e como a arma funciona. Os novos sistemas Mark e de desmonte de armas foram implementados para aprimorar essa experiência. Cada arma tem um sistema de progressão Mark vinculado a pequenas melhorias de estatísticas e passivas.

Este recurso dá mais profundidade para jogadores que queiram personalizar suas armas.

É possível salvar carregamentos diferentes para situações distintas e alternar entre eles para ajustar sua abordagem em cada missão.

A personalização das armas não se limita a definir acessórios. Você também pode escolher pinturas para cada acessório de arma.

Missões

Central Social

Erewhon é o ponto de partida para missões novas. É aqui que você visualiza as informações das missões, interage com outros Ghosts, e aprimora e compra novos equipamentos e armas.

Missões de facção

Você terá acesso a 14 missões de facção diárias a partir do lançamento. Estas missões oferecem vários objetivos para apoiar as facções conforme elas evoluem.

Classes

Você poderá desbloquear 4 classes disponíveis na Árvore de Habilidades no lançamento.

Assalto: Técnica da classe – Coragem Verdadeira:Redução de recuo e aumento de resistência a dano,eliminações, cura, e duração estendida.Item da classe – Granada de Gás:Dispositivo de controle de área lançado à mão,dano prolongado.Competências da classe:Saúde extra,  bônus com rifles de assalto e espingardas.

Atirador de Precisão: Técnica da classe – Romper Blindagem: Balas de alta penetração com bônus de dano e velocidade inicial. Item da classe – Lançador de Sensores: Dispositivo lançado que marca inimigos em uma área grande. Competências da classe: Prender a respiração por mais tempo ao mirar, bônus com fuzis de precisão e DMRs.

Pantera: Técnica da classe – Camuflar e Fugir: -Desapareça por trás de uma cortina de fumaça.Item da classe – Spray de Invisibilidade:Autoaplicável, deixa o usuário indetectável por drones.Competências da classe:Saúde bônus, aumenta a velocidade de movimento, supressores em armas de mão e submetralhadoras não reduzem o dano, bônus com rifles de assalto e espingardas.

Médico de Campo:  Técnica da classe – Drone de Cura:Cura e reanima membros da equipe.Item da classe – Kit Médico:Dispositivo de uso manual que cura ferimentos e concede saúde extra.Competências da classe:Reanimação mais rápida, carrega corpos mais rápido, pode se reanimar.

Modo Foto

Gostaríamos de anunciar que Tom Clancy’s Ghost Recon Breakpoint terá um modo foto disponível já no lançamento! Ative o modo foto para usá-lo. Vá para menu, opções, e configurações. Lá você encontrará as opções do modo foto.

Pressione F4 no computador ou L3+R3 nos consoles para alternar para o modo foto.

As fotos ficarão guardadas no disco rígido do console. Descubra mais informações sobre o modo foto nos guias dos consoles PlayStation®4 e Xbox One.

Colha todo o loot que encontrar

Independente de estar em uma missão principal, paralela, ou apenas explorando o mapa casualmente, crie o hábito de revistar todos os ambientes que encontrar, desde pequenos prédios a grandes fortes, pois neles é possível descobrir ótimo loot para melhorar seu personagem com novas armas, armaduras, itens e dinheiro. Fique de olho no mapa no canto inferior da tela, pois ele também indica visualmente a localização dos itens na área. Só saia de uma área depois de fazer a limpa nos itens.

Tenha a vantagem aérea

Ao invés de atacar os inimigos em linha reta vindo do chão, o que o torna naturalmente mais vulnerável, é uma boa ideia aproveitar seu paraquedas e cair em pontos estratégicos de surpresa. Ninguém espera um ataque vindo do céu, então vale a pena gastar seus pontos de experiência comprando a melhoria de habilidade do paraquedas bem cedo também, logo depois de investir no boost de experiência. Ataques sorrateiros vindos de cima são a melhor tática de abordagem de Breakpoint!

De olho no fôlego

Evite correr o tempo inteiro com seu soldado, pois o fôlego dos personagens não é infinito, e você pode precisar da energia para escapar de momentos mais tensos. Ao esgotar a barra de fôlego, seu herói ficará fadigado e a barra de fôlego cairá pela metade. Nessas horas, é preciso usar o seu cantil para se hidratar e recuperar a stamina, então tome o cuidado de preencher o cantil nos pontos de descanso em acampamentos ou em fontes de água potável sempre que passar por uma.

Invista na visão térmica

Além das habilidades de paraquedas e boost de XP, outra melhoria essencial para comprar o quanto antes é a visão térmica. Após equipar essa nova skill, seu soldado conseguirá ver os inimigos mesmo nos momentos de chuva forte, nevasca ou noite fechada, já que eles serão indicados por sua visão de calor, no melhor estilo Predador. Evite entrar em emboscadas noturnas antes de comprar essa valiosa melhoria.

Faça bom uso dos recursos de acampamento

Ao sentar para descansar em um bivaque você poderá executar uma série de ações. Será possível acessar a loja da Martha, que vende equipamentos e armas, passar o tempo para definir se você vai operar com ou sem sol, chamar veículos e até mesmo criar rações com os recursos que você encontra no mundo.

Além de todas essas opções, uma em especial deve ser sempre renovada, a preparação. Você pode escolher uma entre uma série da ações para garantir um bônus temporário. A nossa recomendação é escolher sempre a chamada “Recursos”, que garante um bônus de experiência muito bom por uma hora.

Use seu drone para encontrar novos locais e inimigos

O seu drone é importantíssimo em “Ghost Recon: Breakpoint”. Ele serve para várias atividades, especialmente após alguns upgrades na sua árvore de habilidades. Quando estiver explorando, procure um ponto alto e libere seu drone. Faça com que ele voe o mais alto possível e olhe ao redor para encontrar pontos de interesse. Alguns desses locais serão bases inimigas importantes que você terá que invadir mais tarde em alguma missão da campanha, outros serão locais com tesouros e documentos escondidos que servem para a sua progressão.

Planeje sua abordagem e priorize os tipos de inimigo

Jogo de tiro tático sem planejamento vira bagunça. Por isso é importante, mais uma vez, usar o drone para planejar suas ações. Com ele é possível marcar os inimigos nas bases, encontrar locais que possam ter informações e escolher os melhores locais para invadir. Essa estratégia é ainda mais importante para o modo cooperativo, onde comunicação e posicionamento importam, e informação é a palavra-chave.

Após marcar os inimigos e definir o percurso, escolha os alvos que devem ser abatidos primeiro. Os inimigos têm várias funções, e algumas delas podem estragar os seus planos ou piorar a sua situação. O Radialista, por exemplo, pode chamar reforços indesejados. Ninguém quer que tropas de Wolves cheguem para acabar com os planos, portanto lide com eles primeiro. Drones inimigos, snipers e fogueteiros vêm logo na sequência e devem ser eliminados o mais rápido possível.

Esconda os corpos

Durante as missões você deverá lidar com uma série de inimigos, já que dezenas deles ficam de guarda em cada uma das bases do jogo. Se o seu objetivo for permanecer escondido, pode preparar as costas para carregar os “tangos” e não deixar rastros.

Corpos expostos, se forem vistos, ativam o estado de alerta dos inimigos, que começam a patrulhar a área. Drones ficam mais agressivos e vão dificultar muito sua estratégia de não fazer barulho. Carregue os corpos e esconda em locais de difícil acesso ou que estejam fora do caminho normal dos inimigos.

Recicle e melhore suas armas constantemente

Seus pontos de equipamento têm uma certa importância em “Ghost Recon: Breakpoint” e servem para acessar os locais e missões mais difíceis do jogo. Para melhorá-lo será preciso sempre estar atrás de novos equipamentos de raridade mais alta e com melhor desempenho. O problema é que, como em todo jogo desse tipo, sua mochila vai ficando cheia de equipamentos inferiores que já não servem para muita coisa.

Então é possível desmontar as armas indesejadas na sua mochila e receber diversas peças que podem ser usadas para melhorar as atuais. Ao comprar todas as melhorias de uma arma – usando as peças das outras -, ela libera uma habilidade passiva que vai aumentar a sua eficiência em combate. Não fique com item dando bobeira na mochila: desmonte e consiga outros melhores.

Procure por informações e documentos…

Para liberar novas missões e informações importantes para completar as tarefas da campanha, será preciso explorar bem o mapa de Auroa, a ilha de “Ghost Recon: Breakpoint”. Nos locais secretos do mapa você encontrará diversos documentos que levam à conclusão de investigações no seu menu e liberam novas etapas das missões atuais.

Outras informações podem ser conseguidas com inimigos e civis. No caso dos inimigos, procure antes com o seu drone aqueles que vão ficar com o ícone de um “i” sobre a cabeça: eles podem ser interrogados para extrair informações importantes. Já os civis só pedem para que você não esteja em combate para contar o que sabem.

Fixe as missões para se localizar

O ponto alto de “Ghost Recon: Breakpoint” é o seu sistema de interfaces. O menu de edição de missões é muito intuitivo e é possível marcar somente as missões que você quer no canto esquerdo da tela. Após fixar as missões, será possível procurar os locais no mapa e também acessar as informações durante o jogo ao pressionar o botão que mostra a interface.

Como são centenas de missões de armas, acessórios, facção, secundárias e principais, marcar as que você vai fazer em determinada região é essencial para priorizar e economiza um bom tempo.

Sempre procure pelas caixas de armas

Auroa está repleta de armas e equipamentos a serem encontrados. Nem todas as armas são iguais e existem algumas que você pode priorizar, especialmente se quiser aumentar a letalidade do estilo de jogo. Fique atento também às várias caixas de armas escondidas pela ilha: elas geralmente podem ser encontradas em campos inimigos, perto de destroços militares e localizadas em áreas ocultas que exigem um olhar atento. Nem sempre é necessário eliminar inimigos para coletar sua carga com equipamento decente. Portanto, vasculhe o ambiente em busca de novas oportunidades de saques (e caia fora se a coisa apertar).

Você pode trocar entre as classes de Breakpoint a qualquer momento do jogo

Breakpoint permite que você alterne entre essas classes em tempo real. Portanto, não tenha medo de experimentar cada uma delas para ver qual combina com seu estilo de jogo. Você pode alternar entre cada uma das quatro classes ao descansar nos acampamentos do jogo, o que lhe dá muitas opções para enfrentar os obstáculos que estão à frente. No entanto, precisará de uma quantidade razoável de XP para desbloquear cada classe e suas vantagens, portanto, esteja preparado para dedicar o tempo necessário.

Desmonte os itens ao invés de vendê-los

Créditos Skell podem ser obtidos em caixas de espólios e inimigos por toda Auroa. Sendo assim, não venda seus equipamentos velhos na lojinha do game. Ao invés disso, desmonte-os e acumule peças e materiais para aumentar os níveis das armas. Melhorar uma arma de Mk1 até Mk3 concede bônus específicos que podem melhorar suas características como dano, precisão e controle.

Visite a Loja da Maria de uma em uma hora (pode ser acessada em qualquer bivaque)

Se estiver tendo dificuldades de sobreviver em alguma área se nível mais alto e não estiver encontrando equipamentos que melhorem a pontuação de equipamento (nível geral de força e resistência do protagonista, considere visitar a lojinha da Maria em Erewhon ou em qualquer bivaque em Auroa. A lojinha oferece opções de equipamentos de defesa e armas que podem ajudar a subir de nível de poder de equipamento rapidamente e gastando uma quantia satisfatória de créditos Skell. A lojinha é atualizada sempre de uma em uma hora, então faça visitas periódicas.

Priorize a furtividade ao menos para eliminar a maioria dos inimigos de um local

Embora Breakpoint permita que você escolha seu método de engajamento em combate, é válido ressaltar a importância da furtividade. Bases inimigas e locais diversos costumam estar sempre muito bem protegidos, e um combate direto é praticamente pedir para ser derrotado. Tenha paciência, use binóculo e drone para identificar inimigos, equipe um silenciador em suas armas e se esgueire pelos arredores de onde quer invadir. Elimine soldados desgarrados e duplas de inimigos. Tome cuidado para não abater ninguém em local aberto próximo de outros inimigos, pois corpos encontrados colocam toda a base/local em alerta.

Referências:

Ghost Recon, Game Blast, Uol, Red Bull, techtudo, wikipedia.

Red Dead Redemption 2

Red Dead Redemption 2

Red Dead Redemption 2 é um jogo eletrônico de ação-aventura desenvolvido e publicado pela Rockstar Games. É o terceiro título da série Red Dead e uma prequela de Red Dead Redemption, tendo sido lançado em outubro de 2018 para PlayStation 4 e Xbox One e em novembro de 2019 para Microsoft Windows e Google Stadia. A história se passa em 1899 em uma representação ficcional do oeste, meio-oeste e sul dos Estados Unidos e acompanha o fora da lei Arthur Morgan, que precisa lidar com o declínio do Velho Oeste e sobreviver à perseguição de forças governamentais, gangues rivais e outros adversários.

A jogabilidade é apresentada tanto em uma perspectiva em primeira quanto em terceira pessoa, com o jogador sendo livre para explorar e interagir com o mundo aberto. Elementos de jogabilidade incluem tiroteios, assaltos, caça, cavalgadas, interação com personagens não jogáveis e gerenciamento da honra do protagonista por meio de escolhas morais e atos. Um sistema de recompensa similar àquele presente na série Grand Theft Auto governa as respostas da polícia e caçadores de recompensa aos crimes cometidos pelo jogador. Um modo multijogador chamado de Red Dead Online estreou em novembro de 2018.

O desenvolvimento do título começou logo depois do lançamento de Red Dead Redemption em 2010 e foi compartilhado entre todas desenvolvedoras da Rockstar Games ao redor do mundo. A equipe se inspirou em locais reais, focando-se na criação de uma reflexão fiel do período temporal por meio dos personagens e do mundo de jogo. Red Dead Redemption 2 foi o primeiro jogo da Rockstar Games desenvolvido especificamente para os consoles da oitava geração. A trilha sonora original inclui músicas orquestrais compostas por Woody Jackson e várias faixas vocais produzidas por Daniel Lanois.

Jogabilidade

Red Dead Redemption 2 é um jogo de temática Western de ação e aventura em um ambiente mundo aberto. O jogo toma a perspectiva de terceira e primeira pessoa. O jogador controla o personagem Arthur Morgan, um fora-da-lei membro da gangue de Van der Linde. O jogo possui um modo campanha single-player e outro multiplayer online.

O jogo traz de volta e refina várias mecânicas do jogo anterior, como o combate, manuseamento de armas, o sistema de honra e outros. Também contém várias atrações a mais, incluindo a habilidade de portar duas armas ao mesmo tempo e outras atividades, como natação.

Segundo a desenvolvedora, o jogo possui uma história principal com ao menos 60 horas de duração, algo que requisitou da equipe de produção ao menos 100 horas de trabalho por semana.

Jogar sem pressa é o melhor para não se perder no mapa imenso

Tenha isso em mente: Red Dead Redemption 2 é enorme. Um dos maiores jogos já criados na história. Não tente correr, caso contrário você corre o sério risco de se perder, e citamos isso no sentido literal. Faça as missões com calma, leia tudo que está em sua tela, não precisa correr sempre. Red Dead 2 é um jogo para ser aproveitado nos mínimos detalhes e só ganhar com isso.

Cuidar muito bem do cavalo

Seu cavalo é sua vida, ou quase isso. Como principal meio de transporte durante o jogo, o cavalo do jogador precisa ser bem cuidado e aqui, ao contrário do game anterior, nos mínimos detalhes. É necessário criar um vínculo, dar alimento, fazer carinho, escovar, comprar acessórios – uma série de funções que são necessárias.

Não renegar a administração do acampamento

Seu acampamento de aliados é também muito importante. Melhorá-lo mais ainda! Não deixe de coletar itens úteis e que podem ser usados na melhoria dos acampamentos, que vão destravar viagens rápidas e outros benefícios em seu jogo. Além disso, até mesmo as festas podem render algumas novidades na campanha, como missões bônus ou incremento no relacionamento de Arthur com toda a sua gangue e aliados.

Salvar manualmente, pois o jogo te “engana” no salvamento automático

Red Dead Redemption 2 tem um sistema de salvamento automático, que funciona muito bem após cada missão. Porém, cuidado para não se enganar. Salve manualmente sempre que possível, no menu de pause, dentro do submenu de história. É melhor não arriscar a perder uma boa parte de alguma missão importante.

Cuidados com certos tipos de animais na caça

Nem todo animal é fácil de abater. Uma das primeiras missões do jogo coloca Arthur contra um urso. Ao mesmo tempo, é possível caçar coelhos, gambás e outros bichos mais “inofensivos”. Eles variam bastante na força e qualidade. Procure andar sempre com escopetas, que são armas que fazem um grande estrago, mesmo em ursos – apesar de serem extremamente barulhentas. Contudo, se a ideia é não chamar a atenção, tente abater os animais na caça com um arco e flecha, atirando na cabeça, para eliminar na maioria das vezes.

Dormir fora do acampamento

Quer dormir para restaurar vida ou passar o tempo e está com preguiça ou não tem como voltar para o acampamento? Saiba que as cidades costumam ter estalagens que abrigam Arthur, por alguns trocados, é claro. Dormir fora do acampamento, apesar de possível, não é tão recomendado assim, pois acontecimentos podem ser ativados enquanto você está longe.

Tentar sempre esconder os corpos

Após uma missão em que ocorreu um grande tiroteio e muitas pessoas morreram, é comum que vários corpos fiquem no local. Procure sempre escondê-los, ou sempre que possível, a maioria deles. Os corpos revelados podem chamar a atenção das autoridades, que vão caçar Arthur pelo mapa, até que ele consiga despistar a ameaça. Esconda corpos em matos, dentro de baús ou casas.

Não gastar dinheiro comprando armas, mas melhorando

Red Dead Redemption 2 permite comprar armas com o dinheiro, mas esqueça essa ideia no início do jogo – e por boa parte da campanha também. Vale muito mais a pena encontrar armas em corpos de bandidos e simplesmente roubar, do que gastar o dinheiro. Poupe e gaste com melhorias, estas, sim, importantíssimas, e farão diferença durante um tiroteio.

Fale com as pessoas para destravar missões e melhorar reputação

A reputação de Arthur conta bastante ao longo de sua aventura. Pode parecer demorado, ou chato, mas tente sempre falar com a maior quantidade possível de pessoas. Elas vão melhorar a reputação do personagem, de acordo com suas ações, e se você fizer pequenos favores. Isso também destrava mais missões, que por sua vez rendem outros benefícios.

Viaje usando a câmera de cinema, mas cuidado com bandidos e animais

A câmera de cinema é um dos recursos mais importantes do jogo, enquanto a viagem rápida não está disponível. Ela permite que Arthur, em cavalo ou pilotando algum veículo, possa andar sem que o jogador fique controlando. É útil em longas distâncias, mas deve ser usada com cuidado, pois se algum animal selvagem ou bandido atacar, é possível que Arthur e seus aliados fiquem vulneráveis demais. Não largue o controle por completo.

Leva sempre pelo menos um kit para reavivar cavalos

Se não queres ser forçado a matar a tua montada por piedade, deves sempre certificar-te de que transportas contigo um kit para reavivar o teu cavalo. Estes podem ser comprados em qualquer loja geral.

Se o teu cavalo se magoar, tens um tempo limitado para reavivá-lo com um kit para cavalo enquanto ele se deita no chão, a sangrar. Se não usares um kit destes, o teu cavalo desaparecerá para sempre, junto com o nível de vínculo que conseguiste construiu com o teu corcel.

Atualiza os alojamentos de Dutch o mais rápido possível

No teu acampamento, dirige-te ao livro de registos ao lado da caixa do dinheiro e usa-o para melhorar os alojamentos de Dutch. Vai te custar US $ 220.

Fazer isso inspira o resto dos membros do teu gang a contribuírem mais, tirando um pouco da pressão sobre ti. Isto significa que tens mais tempo para participar noutras actividades, como esfolar o traseiro de um coelho. Actualizar o acampamento também melhora a tua classificação de honra.

Obter o mapa para viagens rápidas

Depois de atualizar os alojamentos do Dutch, desbloqueará um novo upgrade: um mapa. Este mapa custa US $ 325, mas permite-te viajar rapidamente do acampamento.

Terás que viajar muito em Red Dead Redemption 2, e esta mecânica poderá ajudar a facilitar o processo – embora sejas ainda obrigado a viajar para o acampamento para usufruíres desta mecânica. Se tiveres dinheiro, podes também usar uma carruagem. Mas qualquer coisa que facilite o processo de viajar através do enorme mapa de Red Dead Redemption 2 será bem-vindo.

Completa a história para desbloqueares uma cerca e um coldre extra

Se estás interessado em penhorar bens roubados, terás de completar a história primeiro. Quando chegares ao fim irás, eventualmente, desbloquear uma cerca, onde podes vender ganhos ilícitos.

Também precisas de completar a história para desbloqueares um coldre extra. Com isto, poderás empunhar duas armas. Confia em mim quando digo isto: coloca uma espingarda numa mão e um revólver na outra.

Não vendas as tuas jóias

Portanto, desbloqueaste a cerca e estás pronto para amealhares uns trocos. Antes de o fazeres, considera isto: não o faças.

A cerca também pode criar talismãs – equipamentos especiais que desbloqueiam melhorias permanentes. A maioria delas exige jóias e uma parte de animal lendário. Certifica-te que verificas a lista antes de venderes qualquer uma das tuas bugigangas.

Nas caçadas, tenta sempre atingir as três estrelas

Então, queres aquela pele perfeita? Não só tens que usar a munição certa para uma caça perfeita, mas também precisas de ter a certeza de que o animal é de primeira qualidade.

Antes de disparares o tiro fatal, usa os binóculos na tua presa. Se eles tiverem uma classificação de três estrelas, obterás uma pele perfeita, desde que uses a munição certa e faças um disparo fatal.

Onde estou?

Para abrir o mapa com mais facilidade, é só segurar o botão start que ele será aberto na tela, sem a necessidade de navegar pelas opções. Aproveite as marcações para traçar as melhores rotas de um ponto a outro e use o índice para encontrar locais de interesse. Com R1 e L1, é possível navegar por diferentes abas que mostram pontos objetivamente, como as missões, por exemplo.

Há muitos ícones indicando locais no mapa. Tente decorar os essenciais (como lojas, hotel, saloon e correio/estação de trem) para tornar sua visualização mais certeira.

Uma alternativa na hora da pressa é cortar caminho por colinas e pastos — mas tome cuidado extra com encontros inesperados com pedras, árvores e precipícios. Se preferir optar pelas viagens rápidas, use trens, carroças ou aprimore o acampamento para liberar a opção para Arthur. Para isso, é necessário aprimorar a cabana de Dutch e depois do próprio Morgan. A viagem é só de ida — mas já ajuda significativamente.

A higiene é necessária

Não é de muita elegância estar em locais públicos maltrapilho, repleto de lama ou sangue. Ao entrar em lojas, no saloon ou mesmo no acampamento, os NPCs vão comentar sobre seu visual.

Para tomar um belo banho e melhorar sua aparência, basta se dirigir ao hotel da cidade e pedir a opção de banho no balcão. Depois, é só se encaminhar para o banheiro do local e curtir alguns minutos na banheira, apertando os botões indicados para esfregar pernas, braços e cabeça. Durante esse período, será oferecido um banho de luxo, que nada mais é que uma moça ajudando Arthur a se ensaboar — sim, é só isso mesmo. Fica a seu critério escolher esta opção ou não.

Se não estiver com paciência para ir até a cidade, saiba que um banho de rio ajuda a tirar a lama e o sangue dos trajes de Arthur.

Próximo a cama de Arthur no acampamento, há um barril com espelho, que serve para aparar a barba do personagem. Você pode escolher o comprimento de barba, cavanhaque e bigode e personalizá-lo como bem entender. Outra opção é se dirigir ao barbeiro da cidade e deixar que o profissional faça diferentes estilos com a barba e cabelos de Morgan.

Como recuperar seu chapéu

Se você participou de algum tiroteio ou entrou na porrada com alguém, seu chapéu já deve ter saído voando de sua cabeça.

Às vezes é fácil encontrá-lo no pós-briga, mas caso não consiga achá-lo é só montar em seu cavalo principal, acessar o menu (via L1/LB) e selecionar a opção no canto inferior direito, onde o jogador pode escolher colocar, remover e trocar o chapéu que está usando no momento.

Roubo rápido

Caso esteja vasculhando cacifos, cofres e baús em busca de itens valiosos e queira pegá-los mais rapidamente, basta apertar quadrado/X para acelerar a velocidade com que Arthur pega os objetos.

Mira em primeira pessoa

Se estiver na visão em primeira pessoa do jogo, e quiser uma mira melhor para combates inimigos, basta apertar o direcional para baixo para centralizar a arma na tela.

Peles lendárias perdidas

Caso tenha caçado um animal lendário, coletado sua pele e couro, mas perdideu pelo caminho, não se preocupe: se ela foi abandonada pelo jogador em um lugar ermo, o Armadilheiro irá pegá-la automaticamente.

Tiro de advertência

Se quiser dar um tiro para o alto para intimidar pessoas, segure L2/LT e aperte o botão direcional para cima antes de atirar – o que é sempre bom para acalmar testemunhas de crimes ou vítimas de algum roubo.

Ligue as legendas do nome dos oradores

São apenas meio milhão de linhas de diálogo em Red Dead Redemption 2. É contextual, então você geralmente estará no meio de algo enquanto ouve a fala dos personagens. É fácil perder alguma coisa na medida em que você anda com cuidado por um caminho estreito ou se esgueirando na direção de uma gangue rival.

Por isso, vá para o menu Configurações, Display (Tela), e ligue as legendas, e enquanto você está nisso, vá até a opção ‘Legendas Nome do Orador’ logo abaixo e ligue-a também. Há apenas 23 pessoas na gangue Van der Linde e essa é a melhor maneira de aprender os nomes de todos e associar cada voz a um personagem.

Não compre suprimentos médicos pessoais no armazém geral

Você pode comprar diferentes tônicos, bebidas alcoólicas e barras de chocolate na loja geral para aumentar sua saúde, resistência e os Olhos da Morte. Cada uma dessas estatísticas tem um medidor externo, que mostra quanto ainda resta, e um núcleo interno que afeta a rapidez com que eles são reabastecidos.

Se você for esperto, nunca precisará comprar nenhum desses itens pessoais. Eles são frequentemente encontrados espalhados pelo mundo, escondidos em gavetas ou armários, nas prateleiras, ou nos cadáveres dos homens que você mata. Guarde seu dinheiro para melhorias em seu acampamento ou suprimentos para seu cavalo, que são mais difíceis de encontrar.

Saqueie a tudo e a todos

Isso não pode ser enfatizado o suficiente, mas vamos tentar. Você vai entrar em diversos tiroteios, especialmente no início, com qualquer coisa entre 10 e 20 pessoas ao mesmo tempo. E depois da batalha, cada um dos cadáveres deles é saqueável. Mesmo que seus amigos digam para você se apressar, ignore-os. Aproveite o tempo para procurar nos bolsos de todo mundo. Você rapidamente estará transbordando de powerups e itens de saúde para não ter que gastar dinheiro com isso (como dissemos na dica acima).

Procure em todos os lugares se entrar em uma sala. Mesmo depois de limpar as prateleiras, pode haver um botão para procurar por um gabinete embaixo da prateleira, então certifique-se de fazer isso também. Se tiver sorte, uma dessas gavetas pode conter algo que pode ser vendido por uma boa quantia de dinheiro. Contudo, infelizmente não há como “pegar tudo”, porque Arthur pega um item de cada vez. Assim, continue sua busca até depenar o ambiente.

Além disso, geralmente há um segundo andar para cada área explorável, por isso não se esqueça de verificar o andar de cima – e verifique todos os lugares até encontrar uma escada para levá-lo até lá.

Guarde sua arma no coldre

É sério: este é um grande problema! E pode ser mais que um problema do que você imagina. Pressionar L1/LB fará com que Arthur pegue sua arma e a pressioná-lo novamente coloca a arma no coldre. Quando sua arma estiver no coldre, você pode interagir com as pessoas pressionando L2/LT. Já quando a arma está sacada, pressionar L2/LT fará com que você aponte-a a alguém ou alguma direção.

Sempre que você entrar em um bar ou em um lugar com pessoas inocentes, certifique-se sempre de que sua arma esteja guardada. Basta criar o hábito de verificar no canto superior direito da tela. Se você não o fizer, estará mirando na cabeça do estalajadeiro em vez de pedir-lhe um quarto. E essa é uma maneira rápida e fácil de ter a lei no seu encalço.

Além disso, fique longe do botão R2/RT até se familiarizar com os controles. Qualquer coisa além de um leve toque fará com que Morgan saque e atire no quadril de alguém. Novamente, esta não é uma boa maneira de começar uma conversa e uma excelente maneira de obter uma recompensa por sua cabeça.

Dados gerais

Dificuldade estimada dos troféus: Média/Alta

Troféus/Conquistas offiline: 34

Troféus/Conquistas online: 18

Tempo aproximado para a platina/100%: 250-300 horas

Número mínimo de jogadas: 1

Número de troféus/conquistas perdíveis: 4 (confira a seguir)

Troféus com glitches: Nenhum

Modo mais eficiente de se obter os troféus/conquistas

Troféus perdíveis, missões de história opcionais, se tornar honrável, medalhas douradas, desafios

O primeiro passo no game é jogar através da campanha principal (um total de 108 missões). Ao longo de sua jornada pelo faroeste, você precisa tomar cuidado com 4 troféus perdíveis do jogo.

Dando uma mãozinha (Conclua todas as missões opcionais de Honra do Modo História): algumas missões da história são extremamente fáceis de esquecer, portanto, explore o mundo do game o máximo que puder. A missão que mais se destaca por ser esquecida pelos jogadores é “Não busque por perdão” no Capítulo 6, que precisa de um nível de Honra 4/8 para ser jogada. Sendo assim é muito importante que você jogue honradamente desde o começo do game.

Amigo do peito (Conclua uma atividade com companheiros em cada acampamento): Para isso você precisa fazer uma missão aleatória de companheiro no acampamento durante os capítulos 2, 3, 4.

Doe aos pobres (Doe $250 à caixa de doações da gangue): A caixa de doações desaparece depois do Capítulo 4, portanto você deve fazer a doação antes disso.

Garoto de recados (Atenda a 5 pedidos de itens de companheiros do acampamento): Da mesma forma que as missões opicionais de acampamento você deve atender a esses pedidos entre os capítulos 2 e 4.

Se você fez algo desonroso, recarregue o último arquivo de game salvo imediatamente. Você pode ver seu nível de honra pressionando o direcional para baixo. Deve chegar a meio caminho do lado direito (cor branca) para ter acesso a todas as missões de honra opcionais.

No canto superior direito, você verá um chapéu de cowboy branco quando ganhar pontos de honra e um chapéu vermelho de bandido quando fizer algo desonroso.

Não se esqueça de roubar 4 Propriedades no início do game. A primeira chance é depois do início do Capítulo 2. Há domicílios limitados e alguns estão ligados a atividades complementares, enquanto outros podem ficar indisponíveis se você matar seus donos sem perceber.

Há também algumas armas que você deve ficar de olho. Felizmente, você só precisa de 48 de 62 armas para obter a platina/100%, então não há problema se você perder algumas.

Enquanto estiver trabalhando em Missões da História, tente as medalhas de ouro imediatamente para reduzir o número de replays. Elas são realmente mais fáceis em sua jogada principal, porque no replay você não tem tônicos e apenas armas básicas. O jogo não informa os requisitos da primeira partida, mas você já pode fazê-los se os conhecer.

Você também pode começar a trabalhar nos desafios. Existem 9 deles (cada um tem 10 tarefas, então 90 no total). Eles são todos necessários para completar 100% e são encontrados em Pausar Menu > Progresso > Desafios.

Faça uma gravação manual de tempos em tempos (menu Pausa > História > Salvar jogo). Caso você tenha perdido algo, ele permite que você pule para trás sem ter que começar um novo jogo do zero.

Por último, uma nota rápida sobre peles e estudo de cada animal. Existem alguns animais exclusivos para uma ilha no Capítulo 5 que você não pode voltar, mas eles não são necessários para os troféus!

Você só precisa dos animais do mapa principal. Então, se você perdeu os animais do Capítulo 5, você ainda pode ganhar os troféus, consulte as descrições dos troféus para mais detalhes.

Completar 100%

Depois de completar a história principal é hora de fazer a limpa em todos os outros elementos do game para atingir 100% de completude. Nesse caso, você terá que ir em busca dos 200 colecionáveis e fazer 90 desafios. Você pode verificar seu progresso através do menu de pausa em Progresso > Completude total.

Todos os animais

Curiosamente, apenas 50 dos 178 animais disponíveis no game são necessários para atingir os 100% de completude. Dessa forma, mesmo que você tenha completado o jogo, ainda vão existir 128 animais que você ainda pode estudar e esfolar.

Online

Os troféus on-line são diretos e virão naturalmente conforme você for em busca do nível 50. A única coisa que você deve ter em mente é economizar dinheiro para fazer um Bando Permanente (US$ 200), para encher 5 baias com cavalos (US$ 1700) e para comprar 5 upgrades de acampamento (US$ 250).

Você precisará de $ 2150 no total para esses três troféus, por isso não gaste dinheiro com coisas que você realmente não precisa. O dinheiro demora mais para ganhar no modo Multiplayer do que no Singleplayer. Fora isso, aproveite o Multiplayer da maneira que achar melhor.

Referências:

Show me tech, Redbull, eurogamer, Br Ing, The Enemy, wikipedia, techtudo.