Steam Deck: portátil da Valve chega em dezembro

Steam Deck: portátil da Valve chega em dezembro

A Valve anunciou essa semana, quando o seu console Steam Deck estará disponível para o público. Segundo Gabe Newell (fundador da Valve), o lançamento está marcado para dezembro deste ano.

De acordo com informações retiradas do site oficial do produto, o Steam Deck rodará todos os jogos disponíveis nas bibliotecas dos jogadores e existirá progresso compartilhado entre plataformas, no caso o portátil e PC.

Detalhes

Steam Deck: portátil da Valve chega em dezembro

📷 Steam Deck: portátil da Valve chega em dezembro | Divulgação

O aparelho rodará uma nova versão do SteamOS com suporte a Proton, além das características já conhecidas do serviço, entre elas o Steam Chat, Remote Play, saves na nuvem, comunidades, etc. Por ser de arquitetura RDNA2, (a mesma dos consoles da nova geração), o aparelho terá suporte a Ray Tracing, Variable Rate Shader e outras tecnologias. Quanto ao controle, além dos botões padrões de controles, ele tem quatro traseiros e dois touchpads que podem ser utilizados como mouse. A tela tem 7 polegadas, resolução 1280 x 800, 60hz LCD, um AMD APU customizado com 4 núcleos, CPU de 8 threads combinado com 8 unidades de RDNA 2 para a GPU e 16GB de LPDDR5 RAM.

Modelos e valores

Por enquanto, existem três modelos confirmados: 64GB, 256GB e 512GB. Veja as diferenças:

Steam Deck

📷 Steam Deck: portátil da Valve chega em dezembro | Divulgação

Steam Deck 64GB – US$399

  • Armazenamento interno de 64GB
  • Bolsa de transporte

Steam Deck 256GB – US$529

  • Armazenamento interno de 256GB
  • Armazenamento mais rápido
  • Bolsa de transporte
  • Bundle exclusivo de perfil na Steam Community

Steam Deck 512GB – US$649

  • Armazenamento interno de 512GB
  • Armazenamento mais rápido
  • Vidro premium anti-glare
  • Bolsa de transporte exclusiva
  • Bundle exclusivo de perfil na Steam Community
  • Tema exclusivo de teclado virtual

Dificuldade para definir o preço

Steam Deck

📷 Steam Deck: portátil da Valve chega em dezembro | Divulgação

Como falado, o Steam Deck estará disponível em três preços diferentes, e de acordo com Newell, a escolha do valor foi uma decisão difícil. Em uma entrevista para o IGN, Newell declarou:

“Eu queria jogar [no Steam Deck] e falar ‘olha, funciona, é rápido e tudo mais…’ e então o preço veio em segundo lugar, e foi difícil. Mas era claramente um aspecto decisivo. Mas o principal era o desempenho e a experiência, [que] eram as maiores e fundamentais limitações que impulsionaram seu desenvolvimento.”

Além disso, Shreya Liu, diretor de hardware da Valve destacou:

“Sabíamos que a faixa de preço seria muito importante, então […] desde o início mantivemos isso em mente e trabalhamos muito, muito duro para alcançar um valor coerente.”

Impressionando a concorrência

O anúncio do Steam Deck chamou atenção de todos no mundo dos games e um dos que se mostraram impressionados e não mediu elogios foi Tim Sweeney, CEO da concorrente Epic Games. Veja o comentário de Sweeney em seu Twitter:

Steam Deck

📷 Print do Tweet de Tim Sweeney falando sobre o Steam Deck

No tweet em questão, o CEO chama o lançamento de “jogada incrível”, além de ressaltar o fato de ser uma plataforma aberta que permitirá aos usuários instalar o software que quiserem. Vale ressaltar que o novo dispositivo da Valve tem a natureza aberta, que poderá rodar Epic Games Store entre outras lojas, isso permite que até mesmo a concorrência tem mais uma plataforma para crescer. Desta forma, não é de se entranhar a atitude de Sweeney.

Aos interessados

Steam Deck

📷 Steam Deck | Divulgação

Se for de seu interesse, você poderá reservar o Steam Deck com antecedência. Dessa forma, serão avisados quando o produto puder ser adquirido em pré-venda, mas existe uma taxa de garantia. De acordo com a Valve, essa taxa serve para reforçar o interesse real na aquisição do console portátil. Vale mencionar que a princípio as reservas valem apenas para quem mora nos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido e União Europeia.

Gostou da novidade? Vai garantir o seu? Deixe aí nos comentários o que você achou.

Referências:

Steam, Voxel, The Enemy.

Deixe seu comentário: