StarCraft II: Wings of Liberty

StarCraft II: Wings of Liberty é um jogo eletrônico para computador de estratégia e ficção científica militar, desenvolvido pela Blizzard Entertainment, um estúdio americano, como a sequência direta de StarCraft, jogo aclamado pela crítica e público. O jogo foi anunciado em 19 de maio de 2007 e, após 12 anos de espera desde o lançamento do original, foi lançado em 27 de julho de 2010 simultaneamente em vários países, dentre eles o Brasil, para Windows XP, Vista e 7 e Mac OS X. A história continua a partir do fim de Brood War, pacote de expansão do jogo original, trazendo personagens consagrados como James “Jim” Raynor, Kerrigan, Zeratul, além de novos personagens, e dando enfoque à raça dos terranos e suas organizaçãos, tais como os Saqueadores de Raynor e a Supremacia Terrana. StarCraft II foi projetado para ser lançado em formato de trilogia, sendo o primeiro capítulo Wings of Liberty, já lançado, e Heart of the Swarm e Legacy of the Void o segundo e o terceiro, respectivamente, cada qual dando enfoque em uma específica raça.

A sequência da franquia vendeu, um mês após seu lançamento, 3 milhões de unidades no mundo inteiro, sendo 1,5 milhões apenas nas 48 horas posteriores ao seu lançamento mundial, ratificando-a como o jogo que mais rápido vendeu cópias em seu gênero. No Brasil, país que teve o jogo traduzido e localizado para o português brasileiro, foram vendidas 4,5 mil cópias nas primeiras 24 horas após o lançamento. Dados específicos posteriores das vendas no país não foram divulgados.

O jogo tornou-se um sucesso de crítica, tendo agregado a pontuação de 93% pelo Metacritic, site que junta críticas e retira uma média aritmética ponderada da soma das notas dadas ao jogo analisado, e 92,67% pelo GameRankings, site semelhante ao anterior. Portais famosos como Eurogamer e IGN também analisaram o jogo, tendo ambos agregado a pontuação 9 de 10. De acordo com o site Starcraft 2 Rankings, que divulga estatísticas não-oficiais, a comunidade latino-americana possui aproximadamente 25 mil usuários, sendo a menor entre todas até o dia de 20 de setembro de 2010.

O StarCraft II: Wings of Liberty um dos jogos de estratégia mais vendido de todos os tempos, com mais de 3 milhões de cópias comercializadas no seu primeiro mês.

Na BlizzCon de 2017, foi anunciado que o StarCraft 2 seria feito free-to-play (gratuito para jogar) a partir deste ano. Isso liberou a campanha do Wings of Liberty, seu multiplayer e outros modos de jogo para todos os públicos, sem custos. A mudança estava na linha da nova visão da Blizzard para apoiar o jogo com microtransações. O resultado foi um aumento no número de jogadores no multiplayer e um maior retorno financeiro.

Jogabilidade

De acordo com os criadores, StarCraft II: Wings of Liberty foi projetado para ser um jogo de ponta no quesito de estratégia em tempo real, construído sobre o sucesso de seu predecessor. O jogo trará de volta as três raças presentes em StarCraft original, protoss, terranos (grafados originalmente como “terrans”) e os zergs; ao contrário do esperado, essas seriam as únicas raças disponíveis, entretanto, sites publicaram que a empresa cogitara a implementação de uma nova raça na franquia. O foco de StarCraft II é o modo multijogador, principalmente quando comparado ao original. As mudanças incluem melhoramentos no serviço online Battle.net, aonde jogadores disputam partidas, além de um novo sistema de ranking para jogos pontuados e um sistema de classificação que colocará jogadores de habilidades semelhantes juntos, de maneira que não haja grandes discrepâncias entre jogadores. Os conhecidos replays também sofreram melhorias.

StarCraft II: Wings of Liberty continuará a utilizar “cutscenes” no intervalo entre as missões para melhor desenvolver o enredo, ao mesmo tempo que permite o aumento de qualidade das “cutscenes” dentro do jogo. A empresa afirmou que o novo motor gráfico utilizado em StarCraft II permitirá criar cutscenes dentro do jogo com qualidades quase cinematográficas. O jogo também acrescenta uma melhora significativa no quesito de cenários, tendo um maior realismo e interação com o jogo.

Registro e instalação

Os primeiros passos são a instalação do jogo e o cadastro no site oficial da Battle.net. A seguir você poderá acessar os recursos e serviços da conta através da página inicial na opção de ‘Gerenciamento de Conta’.

Caso queira experimentar o jogo antes de comprá-lo, você poderá baixar a versão Starter Edition, que conta com:
– As quatro missões iniciais da campanha individual de StarCraft II: Wings of Liberty, incluindo 3 em Mar Sara e a opção de embarcar na primeira missão de Tychus ou Dr. Hansen.
– As duas primeiras missões de desafio: Comando Tático e Operações Secretas.
– Acesso à raça terrana em jogos personalizados e individuais vs. IA.
– Acesso aos seguintes mapas personalizados (esta seleção de mapas pode ser alterada com o tempo): Cavernas Xel’Naga, O Templo Destruído, Discórdia IV e Órbita Elevada.

O StarCraft II: Wings of Liberty completo custa R$105,00 e pode ser adquirido de dois modos: através de uma cópia digital, que lhe dará a opção de fazer o download do jogo logo após confirmado o pagamento; ou pela solicitação da mídia física (DVD).

Começando

As dicas encontradas abaixo e na seção “Alcançando o nível intermediário” são gerais e se aplicam para todas as facções do jogo. Se já conhece as táticas básicas, acesse as estratégias específicas de acordo com a facção escolhida: Terranos, Protoss, ou Zerg.

Conheça as facções, ou raças, do jogo. Os Terranos são humanos adeptos da defesa e da manobrabilidade. Os Zerg são alienígenas insetóides ótimos para ataques em larga escala. Os Protoss, uma raça de guerreiros avançados, são lentos e poderosos. Você precisa de uma unidade de combate Protoss para cada duas ou três unidades Zerg e Terranas para vencer uma batalha.

“Unidade” é o nome dado aos personagens que representam papéis no exército. Algumas unidades atacam enquanto outras, tem habilidades especiais que podem virar a batalha quando utilizadas no momento certo.

Raças disponíveis no StarCraft II: Wings of Liberty

Terranos, Protoss, e Zerg são as três raças disponíveis em StarCraft 2 e cada uma delas possui unidades, construções e mecânicas de jogo exclusivas. Ou seja, cada raça oferece uma dinâmica de jogo diferente, possibilitando estilos e estratégias diferenciadas. Conheça um pouco das três raças abaixo:

Terranos

Os terranos provam ser altamente preparados para o combate, mesmo estando atrasados tecnologicamente se comparados aos Protoss e Zerg.

A raça é relativamente nova no setor Koprulu. São descendentes de uma terrível expedição de colonização lançada da Terra séculos atrás. Os sobreviventes estabeleceram três colônias que se tornaram a base para os blocos de grandes potências no espaço terrano: a Confederação, a União Kelmoriana e o Protetorado de Umoja.

A Confederação foi derrubada pelo terrorista e revolucionário Arcturus Mengsk durante a invasão dos Zerg. Agora, a Supremacia dos Terranos emergiu das cinzas da velha Confederação como poder dominante, governado pelo próprio Imperador Arcturus I.

As principais características desta raça são sua alta mobilidade e adaptação, com a possibilidade de migrar suas naves de um local para outro decolando com bases completas, se for necessário, de forma imediata.

Características importantes

Habilidade de submergir ou de elevar os seus edifícios, criando barreiras ou permitindo que as suas unidades passem por locais inacessíveis para outros;

Capacidade de mover a sua base para um local mais estratégico, devido à habilidade de voo dos edifícios;

VCE’s podem reparar tanto os edifícios como as unidades mecânicas, o que permite uma defesa sólida enquanto mantêm a agressividade do seu exército;

Há a possibilidade de destruir bunkers e você recebe de volta o dinheiro gasto na construção;

Os seus helicópteros usufruem de invisibilidade.

Protoss

Os misteriosos e enigmáticos Protoss são altamente evoluídos tecnologicamente e durante milhares de anos eles usaram seus conhec para manter a ordem e a paz em sua parte da galáxia.

A raça se considerava como a mais poderosa da galáxia, porém na guerra contra os Zerg ficou provado que até o guerreiro mais forte não é capaz de superar sozinho os números impressionantes do inimigo. Esta foi uma dura lição para os Protoss, que foram obrigado a adotar a mudança para sobreviver.

Suas características principais são o alto poder tecnológico e a habilidade de se equipar com escudos de energia protetores. Porém, esses escudos possuem um limite de dano que podem aguentar antes de serem desativados. De qualquer modo, a raça continua se destacando por sua alta resistência.

Características importantes

Os edifícios não precisam ser construídos. Envie uma Sonda para ancorar as matrizes de teletransporte e depois envie-a para fazer outra tarefa. Assim, você poderá fazer várias construções em menor tempo;

Crie pilares energéticos e prismas fásicos e veja as suas unidades se teletransportarem para onde você quiser. Isso significa que as suas defesas estarão sempre em cima do acontecimento;

Todas as unidades e estruturas Protoss têm uma boa seleção de habilidades psiônicas, incluindo campos de força protetores.

Zerg

Os Zerg são altamente ardilosos e têm a necessidade de espalhar o terror pela galáxia por puro prazer. Liderados pela Rainha da Lâminas, eles têm o objetivo de consumir tudo o que estiver em seu caminho.

A história dos Zerg conta que quando eles chegaram pela primeira vez no setor Koprulu, foram unificados por sua obediência absoluta à sabedoria coletiva conhecida como Supermente. A Supermente dirigia as ações de cada criatura no Enxame, funcionando como uma grande unidade

Porém, embora a Supermente tenha sido, ao menos a princípio, conduzida por seu desejo de dominar os Protoss, ela encontrou valor na humana Sarah Kerrigan. Ambos se fundiram, desenvolvendo uma criatura nova e única: a Rainha das Lâminas. Após a destruição da Supermente pelos Protoss, a Rainha das Lâminas passou a controlar o Enxame.

As características dos Zerg são alta velocidade de multiplicação e formação de grandes exércitos, a capacidade de se esconder e se mover no subsolo e a possibilidade de entocar vermes traiçoeiros que percorrem rapidamente vastas distâncias através de túneis intestinais.

Características importantes

O sistema de larvas consegue que múltiplas unidades apareçam ao mesmo tempo permitindo que as suas forças estejam sempre a aumentar;

As suas unidades juntas conseguem fazer buracos no solo para criar ataques surpresa;

Utilize os túneis intestinais dos Nydus e envie os seus exércitos para onde você quiser rapidamente.

Utilize os trabalhadores para coletar minerais

Os minerais são utilizados na construção de estruturas, na criação de unidades e nos upgrades. No início de cada partida você receberá uma base com uma estrutura, quatro trabalhadores e cristais azuis (os minerais). Clique com o botão esquerdo em um dos trabalhadores e selecione um cristal com o botão direito para iniciar a coleta.

Os trabalhadores são as unidades que coletam minerais

Os nomes unidades variam de acordo com a facção, sendo conhecidos como VCE pelos Terranos, Zangões pelos Zerg e Sondas pelos Protoss.

Para selecionar diversas unidades, clique com o mouse e arraste o ponteiro sobre um grupo.

Treine trabalhadores na base. O nome da base também varia de acordo com a facção, sendo conhecida pelos nomes Centro de Comando Terrano, Incubadora Zerg e Nexus Protoss. Esses prédios centrais são utilizados no treinamento de trabalhadores e outras unidades. O processo dependerá da facção escolhida.

Terranos: clique no Centro de Comando, selecione a opção “Construir” no canto inferior direito e clique em “VCE”.

Protoss: clique no Nexus, selecione a opção “Construir” no canto inferior direito e clique em “Sondas”.

Zerg: clique em uma Larva rondando a Incubadora. Clique no botão “Construir” no canto inferior direito e selecione a opção “Zangão”.

Fique de olho nos recursos obtidos

Cada estrutura, unidade e upgrade tem um custo em minerais. Para visualizar os custos de produção, clique na base (ou em uma Larva caso esteja jogando com os Zerg), selecione a opção “Construir” e passe o cursor do mouse sobre a unidade desejada.

Os recursos são representados por três contadores no canto superior direito da tela: um para minerais, um para gás e outro para suprimentos, ou o número de unidades suportadas.

Expanda a base com mais estruturas

Além de coletar recursos, os trabalhadores também são capazes de construir estruturas que disponibilizam unidades mais poderosas, upgrades e outras coisas. A construção varia de acordo com a facção.

Terranos: clique em um VCE, selecione o botão “Construir” no canto inferior direito e escolha uma estrutura. Clique em um local vazio no mapa para posicionar a estrutura. Caso a silhueta da estrutura fique vermelha, não é possível construí-lo no local desejado.

Protoss: clique em uma Sonda, selecione o botão “Construir” no canto inferior direito e escolha uma estrutura. Os Protoss só podem posicionar estruturas dentro do círculo azul de força que emana dos “Pilares Energéticos”. A primeira estrutura a ser construída deve ser um “Pilar Energético”.

Zerg: clique em um Zangão, selecione o botão “Construir” no canto inferior direito e escolha uma estrutura. Os Zerg só podem posicionar estruturas sobre a região roxa e gosmenta nos arredores da Incubadora. Ao iniciar a construção, o Zangão se transformará na estrutura escolhida. Você perderá uma unidade, mas isso não é motivo de preocupação, pois elas são baratas.

As estruturas que podem ser construídas ficarão coloridas e exibirão os custos de construção. As estruturas cinzas não podem ser construídas por algum pré-requisito que não foi alcançado. Observe os pré-requisitos passando o cursor do mouse sobre a estrutura no menu “Construir”.

Extraia o gás vespeno

Ao redor da base central e dos minerais também devem existir gêiseres que emitem fumaças verdes (gás vespeno) que são utilizadas como moeda para a compra de estruturas, unidades e upgrades. Cada facção utiliza uma estrutura diferente para a coleta do gás.

Terranos: selecione um VCE, clique em “Construir” e selecione a opção “Refinaria”. Instale a Refinaria sobre o gêiser.

Protoss: selecione uma Sonda, clique em “Construir” e selecione a opção “Assimilador”. Instale o Assimilador sobre o gêiser.

Zerg: selecione um Zangão, clique em “Construir” e selecione a opção “Extrator”. Instale o Extrator sobre o gêiser.

Designe trabalhadores para a coleta do gás 

Após a construção da estrutura de coleta, selecione de quatro a cinco trabalhadores e clique com o botão direito no gêiser para realizar a coleta.

Conheça as ações de contexto. O clique com o botão direito realiza diferentes ações dependendo da unidade ou estrutura selecionada. Por exemplo, selecionar uma unidade e clicar com o botão direito no chão ordena que ela siga até aquela posição. Clicar com o botão direito em uma unidade inimiga inicia um ataque.

Construa uma estrutura para treinar unidades de combate 

Cada facção começa o jogo com uma estrutura capaz de treinar unidades de combate básicas. Para outras unidades, você precisará de outras estruturas.

Terranos: selecione um VCE, clique no botão “Construir” e escolha a opção “Quartel”. Instale o quartel em um local vazio da base. Após a construção, clique na estrutura e selecione a opção “Soldado” para criar uma unidade barata e que atira a curta distância. Treine várias unidades para criar um grupo grande de ataque.

Protoss: selecione uma Sonda, clique em “Construir” e selecione “Portal”. Instale o Portal dentro de um campo de força. Após a construção, clique na estrutura e selecione a opção “Fanático”. Os Fanáticos são lentos, mas causam muitos danos. Você precisará de dois ou três Fanáticos para atacar de quatro a seis unidades básicas Terranas e Zergs.

Zerg: selecione um Zangão, clique em “Construir” e selecione “Fosso da Desova”. Instale o Fosso em qualquer lugar sobre o solo roxo. Após a constrição, clique em uma das larvas ao redor da Incubadora, selecione a opção “Construir” e clique em “Zergnídeo”. Tratam-se de unidades muito rápidas e produzidas em pares. Crie um exército grande para superar os inimigos.

Aumente os suprimentos para construir mais unidades

Imagine os suprimentos como alimentos: os exércitos precisam de comida para funcionar. Confira os suprimentos no canto superior direito da tela, ao lado dos minerais e do gás vespeno. Como sempre, as facções coletam suprimentos de modos diferentes.

Terranos: selecione um VCE, clique em “Construir” e selecione a opção “Depósito de Suprimentos”. Construa o depósito em qualquer local vago.

Protoss: selecione uma sonda, clique em “Construir” e selecione a opção “Pilares Energéticos”. Os pilares geram campos de força e não precisam ser colocados dentro de um campo existente para funcionar.

Zerg: selecione uma larva próxima da Incubadora, clique em “Construir” e selecione a opção “Suserano”. Tratam-se de unidades móveis que não podem se defender, logo, elas não devem ser deixadas desprotegidas.

Avançando para o nível intermediário

Evite saturar demais os minerais. Como regra geral, designe no máximo dois trabalhadores para cada cristal e três para cada gêiser. Assim, enquanto um trabalhador faz a coleta, o outro leva os suprimentos para a base central. O excesso de trabalhadores causará um engarrafamento e prejudicará o fluxo da renda.

Monte defesas para proteger a base. Uma estratégia de ataque comum é avançar até a base de um oponente e atacar os coletores de minerais e gases. Todas as facções podem construir estruturas de defesa para proteger sua base.

Terranos: selecione um VCE, clique em “Construir” e selecione a opção “Bunker”. Os bunkers são capazes de abrir até quatro unidades de combate que podem atacar inimigos próximos sem riscos. Selecione quatro soldados e coloque-os no Bunker clicando na estrutura com o botão direito.

Protoss: selecione uma Sonda, clique em “Construir” e selecione a opção “Canhão de Fótons”. O canhão atirará automaticamente em inimigos próximos. Não se esqueça de posicionar o canhão dentro de um campo de força.

Zerg: selecione um Zangão, clique em “Construir” e selecione a opção “Lagarta Espinhosa”. As lagartas atacam automaticamente unidades inimigas. Lembre-se de que é preciso posicioná-la sobre o solo roxo.

Explore o mapa para localizar bases inimigas. Se você não encontrar os inimigos, pode ter certeza de que eles o encontrarão. Seja rápido e envie um ou dois trabalhadores como batedores no mapa. Não se preocupe caso eles morram; o sacrifício valerá a apenas após você localizar uma base inimiga.

Agrupe as unidades de combate com atalhos de teclado. Selecione um grupo de unidades com o mouse, segure a tecla “Ctrl” e pressione um número de um a nove no teclado numérico. O grupo será designado ao número; para selecioná-los, basta pressionar a tecla designada.

Estude as unidades e as estruturas

Sempre que treinar uma nova unidade ou construir uma nova estrutura, analise as habilidades e opções exibidas em uma janela no canto inferior direito na tela. As habilidades cinzas ainda não podem ser compradas, mas basta passar o cursor do mouse sobre elas para analisar o que falta para disponibilizá-las.

Construa novas bases para aumentar a captação de recursos

Com o tempo, os cristais e os gêiseres se esgotarão. Reúna uma equipe de combate e alguns trabalhadores e siga para uma área sem inimigos do mapa para coletar mais recursos. Ao encontrar fontes de suprimentos, monte uma base o quanto antes para proteger a região.

Mande um trabalhador construir uma nova base central no meio dos cristais e gêiseres para tornar o transporte de suprimentos mais rápido.

Durante a construção da base, faça com que outro trabalhador construa uma Refinaria, um Assimilador ou um Extrator sobre um gêiser.

Monte um perímetro de defesa para proteger a base durante a construção.

Após a construção, treine trabalhadores e continue trabalhando até esgotar as fontes.

Expanda seu império sempre que possível

Mais bases significam mais minerais e gases. Tome cuidado, entretanto, para não dar um passo maior do que as pernas: não avance para uma nova base a menos que tenha como defendê-la.

Gaste os recursos constantemente. Você nunca deve ter mais de 1000 minerais acumulados. Construa unidades e estruturas e faça upgrades para fortalecer seu exército.

Alguns Comandos

O game possui diversos outros controles que serão assimilados pelo jogador no decorrer da história do jogo e alguns comandos são exclusivos de certas raças. Abaixo você pode ver os principais atalhos do jogo e suas descrições.

Objetivo simplificado

O objetivo principal do jogo é comandar seu exército para conseguir o controle do campo de batalha e assim derrotar seus inimigos. Cada uma das três raças do jogo tem acesso a unidades exclusivas com papéis específicos no campo de batalha. Combinar diferentes unidades para formar exércitos versáteis é um dos muitos caminhos para a vitória.

Alguns truques

Os Cheat codes podem ser usados em modo de campanha single-player pressionando a tecla ‘Enter’ durante o jogo e digitando os códigos no console. Atenção: Utilizar cheats impedirá que você ganhe pontos adicionais até que seja iniciada uma nova campanha.

WhatIsBestInLife = Vitória instantânea

LetsJustBugOutAndCallItEven = Derrota instantânea

TerribleTerribleDamage = Ativa o modo Deus

SoSayWeAll = Permite o uso de toda a tecnologia disponível

IAmIronMan = Habilita todos os upgrades instantaneamente

HanShotFirst = Desativa cooldowns sobre Magias

NeverGiveUpNeverSurrender = Permite continuar o jogo depois de uma derrota

E aí, você joga este game? Comente o que você acha sobre StarCraft II: Wings of Liberty, abaixo nos comentários!

Referências:

Ligados Game, wikihow, wikipedia, techtudo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.