Sony compra Bungie, criadora de Halo, em oferta bilionária

A Sony anunciou, nesta segunda-feira (31/01), que chegou a um acordo para comprar a desenvolvedora Bungie, de títulos como Destiny, por um valor de US$ 3,6 bilhões. Após o fechamento do acordo, a Bungie será “uma subsidiária independente” da SIE, e a companhia será administrada por um conselho composto pelo atual CEO e presidente, Pete Parsons, e a atual equipe de gerência.

 Sony compra Bungie

📷 Sony compra Bungie | Reprodução

De acordo com o comunicado oficial, feito o presidente e CEO da Sony, Jim Ryan, falou sobre o assunto. De acordo com ele, esse negócio é um passo importante para que a gigante dos video games alcance um público ainda maior.

“Entendemos como a comunidade da Bungie é vital para o estúdio e esperamos apoiá-los enquanto eles permanecem independentes e continuam a crescer. Assim como a Bungie, nossa comunidade é fundamental para o DNA do PlayStation e nossa paixão compartilhada pelo jogador e em construir o melhor lugar para jogar agora evoluirá ainda mais”

Pete Persons, CEO da Bungie, também se pronunciou e disse que a SIE apoiou os objetivos duplos do estúdio de fazer entretenimento que abrange gerações, mantendo-se criativamente independente.

Na SIE, encontramos um parceiro que nos apoia incondicionalmente em tudo o que somos e que deseja acelerar nossa visão de criar entretenimento de geração, preservando a independência criativa que pulsa no coração da Bungie. Assim como nós, a SIE acredita que os mundos dos jogos são apenas o começo do que nossos IPs podem se tornar. Juntos, compartilhamos o sonho de criar e promover franquias icônicas que unam amigos em todo o mundo, famílias de gerações e fãs em várias plataformas e meios de entretenimento.

Sony compra Bungie

Destiny nao será exclusivo da Playstation

A informação de que os jogos da Bungie não serão exclusivos do PlayStation pegou muita gente de surpresa. Por isso, em uma FAQ, a Bungie abordou as preocupações da base de jogadores de Destiny 2 sobre o novo acordo, esclarecendo que:

  • “ Destiny 2 permanecerá em todas as plataformas atuais e se expandirá para novas plataformas”
  • “A Bungie mantém total controle criativo e independência de publicação do universo Destiny”
  • “Mesmo jogo, em todos os lugares – Todo jogador deve ter uma experiência incrível de Destiny, não importa onde você escolha jogar”

📷 Destiny nao será exclusivo da PlayStation | Reprodução

Eles acrescentaram tambem, que o acordo vale para os próximos jogos da Bungie. Inclusive, que já tem uma equipe trabalhando em um novo jogo de uma franquia completamente nova. Essa nova IP também será lançada para consoles Xbox e possivelmente PC.

Mais uma aquisição bombástica

A Sony compra a Bungie em um mês que foi bastante movimentado na indústria de jogos eletrônicos. Por causa de uma enxurrada de aquisições de estúdios e editores. No início de janeiro, a Take-Two (dona da Rockstar, desenvolvedora de GTA) anunciou a compra da Zynga por um valor de US$ 12,7 bilhões.

E a maior bomba do ano até agora: a Microsoft anunciou a compra da Activision Blizzard por US$ 68 bilhões. O valor astronômico fez com que a transação se tornasse a maior da história da indústria dos video games.

Referências:

TecMundo, Sony, Bungie, Polygon.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.