Riot anunciou mudanças nos campeonatos de Valorant

Nesta quinta-feira (28), A Riot Games anunciou mudanças nos campeonatos de Valorant, sobre as intenções para o cenário competitivo do Valorant em 2023.

A principal novidade envolve a criação de três ligas continentais nas Américas, na Europa e na Ásia. Por sinal, essa será a primeira vez que Brasil, LATAM (América Latina) e América do Norte terão uma liga única de Valorant e não separada, como ocorre atualmente.

📷 Riot anunciou mudanças nos campeonatos de Valorant | Valorant

As novas ligas contarão com jogos semanais, presenciais e com o público acompanhando toda a ação nas arenas, caso não haja qualquer tipo de impedimento que ponha em risco a saúde dos envolvidos.

Outra novidade serão as Ligas Regionais, que servirão como palco para novos talentos continuarem mostrando sua competitividade e suas habilidades para despertar atenção dos times que estão no Champions Tour.

📷 Riot anunciou mudanças nos campeonatos de Valorant | Youtube

O VALORANT Game Changers agora contará com sessões de treino para aspirantes a profissionais, além de dar continuidade ao Torneio Game Changers. Ao todo, mais de 40 eventos do projeto da Riot para o cenário feminino foram realizados.

A Riot também explicou que campeonatos fora do circuito oficial da Riot Games continuarão acontecendo. Os torneios de baixa temporada permanecerão recebendo suporte da desenvolvedora, com os times disputando campeonatos de VALORANT antes do retorno do VCT.

Em comunicado enviado à imprensa, Whalen Rozelle, Líder de Operações de Esports na Riot Games, falou sobre mais sobre as novidades para o ano que vem.

📷 Riot anunciou mudanças nos campeonatos de Valorant | Interface in Game

“Queremos fazer do VALORANT o esport mais emocionante dos dias atuais juntamente com as equipes mais ambiciosas, inovadoras e bem gerenciadas dessa indústria. Elaboramos nosso modelo de parcerias de longo prazo visando o crescimento dos negócios de nossos parceiros em paralelo ao crescimento dos esports do VALORANT”, disse.

E continuou: “Queremos firmar parcerias bem-sucedidas de longo prazo e, para alcançarmos isso, vamos isentar algumas organizações de qualquer taxa de inscrição ou de participação. O objetivo é permitir que nossos parceiros invistam seus recursos no apoio a seus profissionais e aumentem sua base de fãs por meio da criação de conteúdos de qualidade para os fãs”.

📷 Riot anunciou mudanças nos campeonatos de Valorant | IGN

A Riot dividiu em seis partes a estrutura do competitivo de Valorant em 2023:

  • Jornada para o cenário profissional: Haverá um novo modo competitivo no jogo, o qual dará a todos a chance de sentir como é competir profissionalmente. Os melhores times poderão se classificar para as ligas regionais;
  • Expansão das ligas regionais: Conexão das competições regionais ao novo modo de torneio dentro do jogo e criação de novas ligas locais ao redor do mundo;
  • Game Changers: continuação com maior nível dos torneios femininos ao redor do mundo e mais sessões de treino para aspirantes;
  • Torneios de terceiros: período aberto a campeonatos de terceiros durante a baixa temporada para times testarem novas escalações e novas estratégias ou pegarem mais ritmo de jogo;
  • Ligas internacionais: três grandes ligas que são o novo método de classificação para o Masters e o Champions (uma para América do Norte, América Latina e Brasil; uma para Europa, Rússia, Turquia e Oriente Médio/Norte da África; e uma para Sudeste Asiático, Coreia do Sul, Japão, Sul da Ásia e Oceania);
  • Torneios globais: manutenção do Masters e do Champions com expectativa por presença do público.

Referências:

The Clutch, Globo, Canal Tech, Techtudo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.