1HitGames

Monster Hunter: World

Monster Hunter: World é um jogo de ação desenvolvido e publicado pela Capcom. O jogo faz parte da série Monster Hunter, foi lançado em todo o mundo para o PlayStation 4 e Xbox One em janeiro de 2018, com uma versão para o Windows sendo agendada para o final do ano. No jogo, o jogador assume o papel de um Caçador, encarregado de caçar e matar ou atrapalhar monstros que vagam em um dos vários espaços ambientais. Se for bem sucedido, o jogador é recompensado através de pilhais constituídos por partes do monstro e outros elementos que são usados para fabricar armas e armaduras, entre outros equipamentos. O loop principal do jogo faz com que o jogador crie equipamentos adequados para poder caçar monstros mais difíceis, que por sua vez fornecem peças que levam a uma engrenagem mais poderosa. Os jogadores podem caçar sozinhos ou podem caçar em grupos cooperativos de até quatro jogadores através dos serviços on-line do jogo. 

Anunciado na E3 2017, Monster Hunter: World adotou as formulas de seus jogos antigos. Mudanças feitas no Monster Hunter: World inclui a criação de espaços ambientais totalmente conectados e a remoção das “zonas” que eram necessárias nos jogos para o PlayStation 2 e jogos portáteis, inteligência artificial e físicas dos monstros ficou mais avançados para criar ecossistemas aparentemente vivos que poderiam ser aproveitados durante caças, uma experiência cooperativa multiplayer mais persistente e um aprimoramento da interface do usuário do jogo, sistemas de menu e tutoriais para ajudar a trazer novos jogadores para a série. Essas mudanças levaram a Capcom a planejar o lançamento simultâneo do jogo em mercados japoneses e ocidentais, já que Monster Hunter, como uma série, geralmente definiu no Ocidente, em comparação com o Japão em parte devido a horários de lançamento diferentes. A Capcom também optou por apoiar o jogo online entre essas diferentes regiões geográficas por motivos semelhantes. O atraso para o lançamento do Windows foi atribuído à Capcom, procurando garantir que sua primeira incursão no mercado do Windows fosse otimizada para os jogadores nos computadores.

Monster Hunter: World recebeu elogios da crítica após a liberação do jogo, com críticas ao louvar como a Capcom conseguiu tornar o jogo mais acessível aos novos jogadores e aos mercados ocidentais, sem prejudicar os principais elementos da jogabilidade da série e dificuldades divertidas e aproveitar o plenamente capacidade computacional de consoles mais modernos para criar ecossistemas vivos. Dentro de algumas semanas do lançamento, o jogo tornou-se o jogo mais vendido na história da Capcom com mais de seis milhões de cópias enviadas. No momento, já são 7,5 milhões de copias vendidas no mundo todo, nas plataformas Xbox One e Playstation 4.

Novo Mundo

O game tem uma narrativa simples, que leva você por todas as regiões do Novo Mundo e sempre em busca da próxima criatura para abater ou capturar. Essa campanha dura entre 40 e 50 horas de jogo e serve, na prática, como um fio condutor para as suas caçadas e, durante boa parte do tempo, como um grande tutorial, ao longo do qual você ganha confiança nas suas habilidades e entende o que precisa para alcançar seus próprios objetivos – como, por exemplo, obter todos os ingredientes para forjar o conjunto de armadura dos seus sonhos.

Se você não se importa tanto com a história, “Monster Hunter World” pode ser bem divertido, especialmente ao lado de outros jogadores. Há vários pontos do game onde é possível se juntar a um grupo de caçadores ou chamar amigos, desde um lobby online até os painéis com as missões. Em última instância, se precisar de ajuda no meio de uma caçada mais violenta, é possível disparar um pedido de “SOS” e recrutar voluntários de última hora.

Em todo caso, “Monster Hunter World” é um jogo mais divertido para curtir ao lado de amigos em partidas cooperativas. Ainda assim, se você quer se tornar um caçador melhor, seja afiando suas habilidades ou preparando equipamentos superiores, é bom dedicar algumas horas para explorar sozinho as selvas, pântanos e desertos do Novo Mundo.

Pegue todas as pistas de monstros

Em toda missão de caçada, você é levado a pesquisar pistas até encontrar o monstro . São pegadas, arranhões em árvores ou em pedras, muco, penas, etc. Normalmente, basta investigar algumas pistas para achar o monstro, indicadas em verde brilhante. Ao coletar pistas suficientes, eles te indicam a posição do seu alvo.

Mesmo que você ache o monstro que está caçando, não pare de investigar seus rastros. Isso aumenta seu nível de pesquisa, o que pode desbloquear investigações, missões paralelas que garantem pedaços mais raros daquele monstro cujo set de armadura você está querendo completar.

Mantenha um foco

Boa parte do loop de gameplay de Monster Hunter consiste em coletar itens de monstros para montar um set de equipamentos, o que significa que você vai matar a mesma criatura várias vezes. Portanto, não se preocupe em ter todas as armaduras e armas do jogo. Escolha as que você mais gosta ou mais precisa, e mantenha o foco. Há muitos colecionáveis que valem a pena completar no jogo – as armaduras não são um deles.

Coma antes de cada missão

Em Monster Hunter, é possível fazer refeições para aumentar temporariamente seus pontos de vida, ataque e defesa. Você pode fazer isso na cantina, em Astera, ou nos acampamentos em cada um dos locais da missão. Não se esqueça de comer antes de cada missão para garantir pontos extras para seu personagem e seu Amigato.

Quer explorar o mapa? Vá em uma Expedição

A maior parte das missões de Monster Hunter – tanto as Designadas (main quest) quanto as Opcionais -, tem um limite de tempo. Se você não completar no tempo determinado, é obrigado a retornar à base.

Portanto, para explorar com calma os mapas, sua opção é a Expedição, na qual você pode perambular sem limite de tempo. Se você precisa obter itens que não vem de monstros – como pilhas de ossos, minérios, insetos ou plantas -, esse é o melhor jeito de conseguí-los com calma.

Fique de olho no Centro de Recursos

Logo na entrada de Astera, há um “altar” com três personagens. Este é o Centro de Recursos, onde é possível pegar missões paralelas como investigações, caçadas registradas ou entregas. São tarefas simples, como coletar uma quantidade de um item, ou matar um número específico de monstros.

Tudo isso é registrado automaticamente, independentemente se você estiver fazendo a missão ou não, e as recompensas são boas. Portanto, fique sempre de olho no Centro de Recursos.

Aprenda enquanto joga e experimente as armas

Eu apenas diria para não ficar muito vidrado em parar para ler muito sobre como jogar o jogo – nós incluímos tutoriais com vozes que são narradas enquanto você joga, então siga o fluxo inicialmente. Você pode não saber, em parte, o que está fazendo, mas saia e comece a caçar.

Se, por exemplo, você pegar uma arma em particular e a tirou da bainha pela primeira vez, o personagem do tutorial começará a falar em tempo real, lhe dizendo que tipo de arma é essa e o que ela pode fazer, então você realmente pode simplesmente sair pelo mundo e experimentar até encontrar a que melhor serve para você.

Claro, isso se você já não souber, existem 14 tipos de armas, então há muito o que explorar – apenas experimente todas elas, e veja do que você gosta. Se não gostar de uma, não sinta-se mal em deixá-la de lado, apenas experimente a próxima e encontre aquela que melhor funciona com você. E o mais importante, curta o jogo!

Experimente o arco e armas à distância

O que diria para os jogadores intermediários, nosso arco e armas à distância sempre tiveram um pouco de reputação ruim no passado. E nós levamos isso em consideração – se você as experimentou e não conseguiu descobrir o que fazer com elas anteriormente, então eu iria adorar se os jogadores intermediários dessem uma olhada nas armas que podem ter dispensado anteriormente. Os controles foram muito melhorados, especialmente com armas à distância, e elas podem ser uma experiência completamente diferente para eles.

Tente ativar os números opcionais de dano

Para outras ações, existem alguns truques para acelerar as coisas que já haviam antes, que as pessoas podem não ter se acostumado. O fato onde você pode dizer quanto de dano você está causando é um deles – as pessoas querem gostar do jogo, mas não podiam dizer se estavam indo bem ou não, com coisas do tipo: ‘Será que eu estou acertando esse monstro? Isso é efetivo? A cabeça está mas machucada que a calda? Essa arma é melhor que aquela?’.

Nós não queríamos colocar uma barra de vida lá, pois então tudo o que você faria seria observar a barra de vida descer, mas adicionamos – opcionalmente – números de dano. Se você não gostar deles, é possível desligá-los, porém deve ser bem mais fácil de ver agora, ‘Ok, estou causando um bom dano aqui, mas não aqui’, ou ‘a arma A é boa para esse monstro, arma B não aparenta ser eficaz’, e por aí vai. Isso é algo que pode, talvez, ajudar a retificar experiências ruins anteriores.

Experimente o auto-sheathing

Outro elemento semelhante é o auto-sheathing – ele está ativo por padrão, então, novamente, é com você; se você gostar dele, pode mantê-lo, se não gostar, desligue-o. O fato é que você tem dois estados de armas, sheathed (escondidas) e unsheathed (não-escondidas), e existem algumas coisas que você não pode fazer com a arma empunhada, como interagir com itens. Você tem primeiramente que saber guardá-la, e não havia uma forma amigável de dizer: ‘Ei, você não pode fazer isso agora porque sua arma está ativa’. Então, o auto-sheathing quer dizer que enquanto você não estiver ativamente em combate e estiver correndo ou fugindo, após alguns segundos o jogo irá entender que sua arma pode ser guardada com segurança. Isso torna mais fácil poder executar outras ações sem ter que parar para pensar sobre se você está em modo sheath ou não. Acho que esse é outro aspecto do jogo que as pessoas que deixaram de lado no passado ficarão felizes em descobrir que foi melhorado.

Familiarize-se com itens do tipo bomba de fumaça

Há algumas novas coisas que acho que eles vão se acostumar, algumas pequenas novidades – como os itens do tipo bomba de fumaça, que agora são disparadas com a sub-arma Estilingue, para deixá-las mais fáceis de usar, do que apenas jogá-las. Isso é algo novo que você deve se acostumar.

Customize os controles

Contudo, o meu conselho é que você pode customizar os controles bem mais do que você poderia imaginar. Nós demos uma atualizada nos controles para pessoas que estão mais acostumadas no geral, com padrões da indústria para jogos em terceira pessoa – seja correr com um clique do analógico esquerdo ou selecionar itens dessa forma – porém se você não gostar dessa configuração, ou se quiser jogar da maneira mais old school dos diabos e ficar com o que lhe trouxe até aqui, então explore esse modo nas opções.

Temos todos os tipos de coisas, seja para desligar a corrida no analógico esquerdo ou manter o seletor de itens como você quiser, ou até mudar a distância da câmera para deixar as coisas mais parecidas com os jogos anteriores.

Não deixe esses detalhes frustrarem você no início – apenas leve algum tempo e configure as coisas da maneira que preferir e acredito que você terá uma experiência muito mais leve ao pegar o macete das ótimas novidades de jogabilidade que irá descobrir.

Qual arma escolher?

Monster Hunter: World dá ao jogador a possibilidade de escolher entre 14 diferentes armas. E cada uma escolhida agrega uma jogabilidade totalmente diferente da outra. Muita opção pode atrapalhar, especialmente se você nunca jogou nada da série antes. A dica aqui é dar uma passada na Área de Treino e testar todas elas. É só falar com o Amigato, que trabalha como zelador, no seu quarto (há algumas entrada para o cômodo em Astera). No treinamento, você poderá explodir e destruir o que quiser sem custos de munição.

A segunda dica é não tentar jogar com todas as armas de uma vez, especialmente no começo. O interessante é escolher uma ou duas e se especializar nisso. Ao progredir no jogo será possível comprar novas armas e ainda aperfeiçoar as que você já tem. É claro que, para isso, será necessário dinheiro (que você ganha ao completar missões), coletar objetos pelo mundo e caçar monstros, às vezes o mesmo várias e várias vezes na esperança de conseguir aquela gema rara. A propósito, todos os itens que podem ser extraídos de criaturas são aleatórios e você precisará ter muita paciência até que a garra que precisa, por exemplo, apareça. Inclusive, paciência é algo que você irá exercitar muito nesse jogo.

Logo no início do jogo, quando chegar a Astera, você será levado ao seu quarto, onde poderá escolher uma arma. Lá, também existe uma sala de treinamento – para acessar, fale com o Amigato ao lado do baú. Neste local, você aprende o funcionamento básico de cada arma e alguns combos, o que será vital na hora de enfrentar os monstros.

Ao testar todas as armas, você pode descobrir qual delas combina mais com seu estilo de jogo – muitas vezes, pode ser com algum equipamento que você não imaginava.

Não se apegue às armaduras iniciais

O impulso inicial é quase sempre querer aperfeiçoar aquele primeiro ou segundo set de armadura ao máximo, certo? Não faça isso. Mas há uma explicação. Os sets de armaduras são divididos em dois grupos: ranking mais baixo (de raridades 1 a 4) e ranking mais alto (de raridades 5 a 8). Seu foco precisa ser nessa segunda opção, até porque sets de raridade baixa têm limite máximo baixo de aperfeiçoamento.

É claro que para chegar nesse grupo mais alto você precisa progredir na história e, principalmente, sobreviver até lá. A dica é sempre deixar ativa alguma Caçada para ganhar Esferas de Armaduras, itens usados para aperfeiçoar suas vestimentas. Em princípio, aparecerão esferas mais fracas, ideais para dar uma ajudinha na sua armadura inicial, mas use-as com moderação. Elas serão bem mais úteis em equipamentos melhores. Para registrar uma Caçada, basta ir ao Pátio do Comércio (no 1º andar) e ir até o Centro de Recursos. Conforme progredir na campanha, caçadas mais difíceis, e com Esferas de Armaduras mais poderosas, aparecerão.

Para desbloquear novas armaduras é indispensável progredir na campanha principal. No entanto, desbloquear significa apenas tê-la à disposição na Oficina (localizada no 2º andar). Agora é correr atrás dos recursos para forjá-las, além de ter o dinheiro necessário. Novamente, insira o exercício da sua paciência aqui.

Meu caçador não sobe de nível! O que houve?

A progressão de nível clássica, que faz parte da maioria dos jogos ditos ocidentais, onde é necessário matar inimigos e cumprir algumas tarefas para acumular XP (pontos de experiência), só funciona para seu Amigato. Seu personagem progride a partir de um sistema de ranking de caçador.

Em princípio, seu ranking vai subir conforme você progredir na história principal, somente. Não importa quantas vezes você voltar nesse ou naquele monstro para matá-lo ou capturá-lo. Até antes da última batalha da campanha será possível progredir até o nível 15. Assim que derrotar a última criatura, seu ranking será “destravado” e você poderá subir normalmente após completar, com sucesso, um contrato de captura (como missão designada). Para continuando subindo de ranking, será necessário completar missões disponíveis tanto com a Assistente (que geralmente está na Cantina, no 3º andar) quanto em algum dos Quadros de Missões, espalhados por Astera.

Seu Amigato, seu melhor amigo

Monster Hunter: World não se resume apenas à dor e sofrimento para conseguir o set de armas e armaduras dos sonhos. Ao longo de sua árdua jornada, seu principal escudeiro será um Amigato (Palico), Felynos que fizeram um pacto com os caçadores para ajudá-los em batalhas. Não se engane por sua carinha fofa e peluda. Amigatos são destemidos e muito úteis em batalhas, tanto para te ajudar a derrotar monstros quanto coletar itens extras, mas você precisa equipá-los para tal.

Vá até a Oficina e escolha a opção Forjar Equipamento de Amigato. Se você não tiver participado de nenhum evento ainda, como o que liberou a armadura especial de Horizon Zero Dawn para o Amigato, só aparecerá a opção Equipamento Padrão. A lista de armas e armaduras para seu Palico também será atualizada conforme progredir na campanha e você precisará de itens de criaturas para forjá-las. A única diferença aqui é que ao invés de dinheiro, tudo relacionado aos Amigatos é feito com pontos – conseguidos ao terminar missões e outras tarefas com sucesso.

Além de forjar armas e armaduras, é possível escolher o tipo de habilidade especial do seu Palico. Converse com ele, no seu quarto, e escolha a opção Mudar Equipamento de Amigato. Essas habilidades serão desbloqueadas conforme você encontrar outros grupos de diferentes Felynos pelo mapa, que também te ajudarão nas missões. A critério de curiosidade, é possível dispensar seu Amigato, em uma das opções ao conversar com o bichano. A questão é ter o coração gelado de fazer isso.

Leve apenas o necessário em sua bolsa

Existem centenas de recursos, espalhados pelo mapa, que podem ser combinados para criar vários itens. Desde as tradicionais poções de cura a bombas de barril e cápsulas de esterco, você terá à sua disposição inúmeras opções de customização, o que pode te levar a querer carregar tudo de uma vez na sua bolsa. Não faça isso. O espaço do seu inventário é limitado e, dependendo da arma que tiver escolhido, o item que você possivelmente está carregando é inútil e só ocupa espaço. O conselho também vale para os coletores compulsivos: você não precisa pegar vários recursos para munição se está usando uma espada, por exemplo.

A dica é otimizar sua bolsa levando itens já prontos para uso e deixar a maior parte das matérias-primas no seu baú pessoal (que pode ser acessado em vários pontos do mapa, inclusive dentro da sua barraca em missões ativas). Se você já souber o que te espera numa missão (qual monstro vai enfrentar e em que ambiente), priorize levar itens que te ajudarão a sobreviver mais tempo. Se for um contrato de captura de monstro, por exemplo, não deixe de levar alguma armadilha e bombas sedativas; você precisará dele vivo.

A propósito, antes de fazer qualquer missão, não deixe de visitar seu baú e ver se é possível criar novos objetos e, ainda, reabastecer o seu estoque da bolsa. Estar no meio da lava e só aí lembrar que esqueceu de pegar algumas bebidas geladas pode ser tarde demais, por exemplo. Também é interessante marcar os itens que mais usa para produção automática.

Como sobreviver à câmera do jogo nas batalhas

A câmera de ação de Monster Hunter: World, certamente, vai te estressar antes que qualquer monstro o faça. Especialmente se este é seu primeiro contato com algum título da série. Sabendo disso, o próprio jogo te permite fazer ajustes, como focar a mira em todos os monstros ou apenas nos grandes, direção de mira, velocidade da câmera e etc. Para acessar essas configurações, dentro do game, vá em Sistema, Opções, Câmera.

Não há uma fórmula mágica de melhor câmera a se usar. Tudo depende do seu estilo de jogo e até mesmo do tipo de arma que está usando. Vale testar algumas combinações e ver o que mais se adequa ao seu gosto. Ao todo, existem 16 opções de personalização para você. Divirta-se.

Como melhor se preparar para enfrentar um monstro

Além de organizar sua bolsa de itens, como dito anteriormente, antes de enfrentar uma criatura é muito importante saber mais sobre ela. Da primeira vez que encontrar um Anjanath, por exemplo, é bem capaz de você ter que enfrentá-lo às escuras, o que pode significar uma morte quase certa. Mas nem sempre precisa ser assim. A maioria dos monstros deixa rastros (pegadas, mucos, partes do corpo) e, um dos seus trabalhos como caçador, é coletar esses rastros para aprender mais sobre o seu alvo. Quando coletar rastros suficientes será possível visualizar o monstro no mapa.

Lembrando que é importante visitar o Chefe de Ecologia, que fica no Pátio do Comércio, para apresentar suas descobertas e, assim, desbloquear mais informações para o Bestiário. Este catálogo contém informações úteis, como: características dos monstros, habitats, pontos fracos, que efeitos eles sofrem e etc. Quanto mais rastros você coletar, mais informações serão desbloqueadas.

Dica de ouro: antes de sair para uma caçada, não deixe de passar na cantina para comer alguma coisa. Além de se manter mais ativo em batalha, você ainda pode ganhar bônus de comida.

Como conseguir itens para forjar armas e armaduras

Essa é a parte mais adoravelmente sofrida do jogo. O ponto alto do game é caçar monstros, por isso, se quiser aquele set de armadura ou arma de ranking 8 você terá que ir caçar… E muito! Entre no Quadro de Missões e escolha entre publicar ou entrar numa nova missão. Se sua intenção é conseguir algumas partes em específico, a melhor opção são os contratos de Investigações, que além dos itens normais recebidos ao completar a missão com sucesso, também dão matérias-primas extras.

Ativar os tickets diários, recebidos ao entrar no game, antes das missões também aumentam as chances de prêmios recebidos. Há sempre recursos extras que podem ser conseguidos enviando Amigatos para Safaris. Para isso, é só visitar o zelador em seu quarto quando o serviço estiver ativo.

Responder ao SOS de outros jogadores também é interessante, especialmente se filtrar sua busca pelo monstro que está procurando. A partir daí é pura loteria: você pode conseguir o item que precisa de primeira ou ter que refazer a mesma missão várias vezes até conseguir. E se estiver jogando em modo multiplayer, ainda tem o risco de passar quase 50 minutos numa caçada e, por azar, os jogadores excederem o número de desmaios (geralmente são 3) e a missão falhar. Procure não se desesperar. Mantenha o foco, você vai conseguir!

Dica de ouro: sempre que possível, capture um monstro ao invés de matá-lo. Capturas rendem mais itens. Durante a luta, espere aparecer a imagem de uma caveirinha em cima do ícone do monstro no mini mapa, e pare de bater nele (ou você irá matá-lo). Espere até que ele se arraste para o ninho e durma. Coloque uma armadilha bem próximo e, assim que ele cair nela, jogue duas ou três bombas sedativas nele. Também é possível capturar uma criatura antes de ela ir para o ninho, desde que apareça a caveirinha no mini mapa, mas a primeira opção é mais segura.

“It’s dangerous to go alone” (É perigoso ir sozinho)

Como um velhinho aconselhou Link, em The Legend of Zelda, a não enfrentar os perigos que estavam por vir sozinho, a melhor experiência de Monster Hunter: World é mesmo jogar com outras pessoas. Vale ressaltar que, em nenhum momento, o game te obriga a jogar em modo multiplayer. No entanto, por mais que você seja um lobo solitário, dê uma chance ao modo cooperativo. E o motivo é bem simples: cada jogador tem a possibilidade de complementar o outro em alguma estratégia, especialmente tendo 14 tipos de armas diferentes à disposição.

Jogar em grupo também te ajuda a respirar um pouco numa batalha, enquanto a atenção dos monstros está nos outros caçadores. Assim você pode, por exemplo, afiar sua arma, trocar o tipo de munição, beber uma poção, coletar alguma parte da criatura que caiu no chão, ou simplesmente descobrir onde a câmera resolveu focar dessa vez. De qualquer maneira, Monster Hunter: World é uma das experiências online mais satisfatórias dessa geração, basta apenas a Capcom resolver alguns probleminhas de sessões caindo de vez em quando.

Bônus: personalize seu poogie

Isso não vai mudar em absolutamente nada o seu gameplay e nem se encaixaria como uma dica de sobrevivência, mas é necessário ser dito: customize seu porquinho de estimação. Em Astera (o acampamento base do jogo), você verá perambulando pelo Pátio de Comércio um simpático porquinho de pijama.

Brinque com ele e resolva o mini game, que basicamente se resume a apertar um botão, na hora certa, ao final da música. Faça isso toda vez que chegar de uma missão (ou sempre porque ele é fofo). Em algum momento, ele pulará de felicidade e corações aparecerão sobre a cabeça dele. Pegue-o no colo e leve-o para passear no primeiro andar. Ao sentir o controle vibrar na sua mão coloque-o no chão. Seu poogie começará a cavar e pode encontrar itens para seu uso em batalhas, além de roupinhas para ele. Importante: não se esqueça de dar-lhe um nome!

Referências:

The Enemy, Uol, RedBull, Wikipedia, techtudo.

PC, PS4, Xbox One Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Subir ↑