1HitGames

Dauntless

Lançado em 21 de Maio de 2019, sendo produzido pela Phenix Labs e distribuído pela Epic Games para PCs, PlayStation 4 e Xbox One, Dauntless é o novo MMORPG “Free to Play” favorito da massa que tende a seguir uma linha similar ao Battle Royale e tão conhecido Fortnite.

É um RPG de ação cooperativa, que vem ganhando muitos fãs desde que foi liberado em versão beta, aberto de forma gratuita. Apesar das semelhanças com Monster Hunter, ele tem seu estilo único e vem garantindo cada vez mais espaço entre a comunidade gamer e os amantes do gênero RPG.

História

Não há uma história profunda e inovadora neste game, e vemos que este não é o intuito do jogo. Observa-se em Dauntless, um continente chamado de “Ihas Partidas” onde tudo é muito vivo e cheio de monstros gigantes chamados de Behemoths, o continente é entregue aos jogadores, para que o defendamos das ameaças. Contamos aqui com 6 classes e com a possibilidade de caracterização de personagem bem ampla.

Ao iniciar o game, vemos que nosso personagem é um principiante no quesito de caça e sobrevivência, nosso “char” cai na mata e segue instruções de seus superiores, após isso somos levados a cidade e iniciamos nossa aventura individual.

Jogabilidade

O jogo é uma mistura de Monster Hunter e Fortnite, e a jogabilidade é muito similar ao game de nossa parceira Capcom. Devemos cumprir objetivos, matar monstros e coletar materiais primas para aprimorar nossos itens, com isso, poderemos deixar nosso personagem do modo que queremos.

Os combates são lentos e longos, mesmo em equipe, a esquiva não responde de modo satisfatório e não há barra de “life” dos monstros, sendo assim, o player deve espancar o adversário até ele decidir cair e a falta de um mapa e a melhor colocação de alguns elementos na tela acabam deixando o jogador meio perdido e dificultando a jogatina.

Algo peculiar na jogabilidade do game é que cada monstro tem um elemento para realizar seus ataques, sendo assim, para que você possa ter ataques com melhores danos, é bom o jogador possuir armas com elemento que levem vantagem sobre o monstro, e sim, isto é bem interessante. O cross-play está presente aqui, podendo gerar equipes da caça de diferentes plataformas, fazendo assim, o game ter ainda mais usuários online.

Gráficos

Este é praticamente um Fortnite medieval, se na jogabilidade Dauntless é similar a Monster Hunter, nos gráficos, ele é a cópia do Battle Royale. Heróis e ambientes cartunescos, dando um ar de leveza ao jogo e disseminando algo que parece mais divertido.

Porém, a renderização do cenário é muito lenta, parece que estamos tentando rodar uma game muito “pesado” em um PC com menos memória RAM do que necessário, os pulos são estranhos, fazendo o jogo bugar e os movimentos do personagem não são nem um pouco fluidos, deixando a desejar ao menos neste início de vida do game.

Caçador valente

Dauntless tem a essência da franquia Monster Hunter: caçar poderosos monstros, chamados Behemoths, que assolam o mundo e, aproveitando o cadáver, forjar armas e equipamentos para seus personagens. No entanto, o game tem uma jogabilidade mais simples.

Há seis classes de armas; cinco melee e uma de dano à distância. As armas melee, em geral, possuem dois tipos de golpes, e cada classe tem o próprio leque de combos possíveis. Além disso, cada classe também possui um tipo de habilidade especial, mas para isto é preciso encher uma barra de energia ao golpear as criaturas.
Além disso, existem elementos no game. Por exemplo, para ter um bom desempenho contra um monstro de fogo, é recomendado usar uma arma que tenha o elemento gelo para aumentar o dano e armaduras com elemento fogo para reduzir o dano recebido.

O caçador também conta com uma lanterna, que pode oferecer habilidades adicionais variadas, de acordo com o monstro que foi usado para construí-la. Ao ativá-las, o jogador pode ganhar maior agilidade ou estamina, por exemplo. Outro elemento que garante habilidades passivas extras são os perks que podem ser infundidos em peças de armadura e nas armas.

Para construir ou melhorar os itens que quer utilizar nas futuras caçadas, é preciso caçar monstros específicos. Assim, é necessário fazer um pouco de “grinding”, ou seja, realizar a mesma missão repetidas vezes para conseguir todas as peças necessárias. No entanto, destaco que o jogo não exige tanto quanto Monster Hunter: World, mais recente título da franquia da Capcom.
Outro aspecto no qual Dauntless destoa de Monster Hunter são as próprias caçadas. Os mapas do jogo são consideravelmente menores e não há interação entre os monstros — normalmente, há apenas um disponível no modo e dois no modo Patrulha. Em Dauntless, você vai ao local, caça e mata os Behemoths em partidas de aproximadamente 10 a 20 minutos. Em termos de comparação, as de World normalmente duram de 20 a 50.

Oferece um leque considerável de criaturas. Eventualmente, algumas delas tornam-se repetidas, mas o fato do game contar com diversas atualizações nos garante mais e mais criaturas chegando para incomodar a humanidade neste mundo virtual.

Cross-tudo

Um dos principais pontos a se destacar no game é a iniciativa “One Dauntless”, que permite as funções cross-play e cross-progression. O jogo oferece a possibilidade de jogar com qualquer pessoa no PS4, Xbox One e PC, sem restrição de plataforma (destaque para o fato de Dauntless ser o primeiro título lançado com cross-play para PS4). É interessante observar a plataforma de cada jogador da sua equipe ao lado do nome. A Phoenix Labs revelou que 60% dos grupos formados em Dauntless são cross-play.
Também é possível jogar em qualquer uma das plataformas de acordo com seu gosto. Caso possua as três, é possível jogar um dia no console da Microsoft, outro dia no seu computador, e em outro no PlayStation. A sua conta Dauntless será a mesma, bem como o personagem, itens e equipamentos, todo o seu progresso é compartilhado. O game ainda será lançado para Nintendo Switch e dispositivos mobile em 2019, sem data definida por ora. Estas plataformas também serão incluídas na iniciativa “One Dauntless”.

Jogue agora e no futuro

Dauntless abraça o modelo de “jogo como serviço”, que significa que é um game online que receberá atualizações constantes para adicionar novos conteúdos e melhorar e balancear a jogabilidade. O game adota um “Passe de Caça”, que oferece itens cosméticos e moedas aos jogadores ao cumprir metas e subir de nível. Há o passe normal gratuito para todos os jogadores, que garante itens menos interessantes e em menores proporções quando comparado com o passe pago.
No entanto, é importante destacar que os itens são majoritariamente cosméticos e pouco influenciam no gameplay. Os jogadores não precisam se preocupar com o conceito de “pay-to-win” (pague para vencer, em tradução livre), já que as recompensas não afetam seu desempenho em jogo.

Do seu jeito

E por falar em itens cosméticos, há muito o que customizar em Dauntless. Para começar, o game oferece uma quantidade considerável de opções para a construção do seu personagem, com modelos pré-prontos e a possibilidade de modificar cabelo, olhos, detalhes do rosto e complementos como maquiagem e pintura. Contudo, o brilho em termos de personalização está nos equipamentos. As peças da sua armadura podem ter a cor alterada em duas instâncias (primária e secundária) com uma paleta de cores que é gradualmente desbloqueada.

Caso as habilidades da sua armadura sejam as melhores para o seu estilo de jogo, mas o visual não lhe agrada, você também pode modificar a aparência dele para que pareça com qualquer outra, contanto que você possua o equipamento que quer reproduzir e um item exigido. Você também pode esconder o capacete/elmo do personagem sem perder nenhuma das estatísticas adicionais, caso seja de seu agrado.

Melhorar armas e armaduras

Por se tratar de um game estilo RPG, uma dica muito importante para ter mais sucesso nas batalhas é, sem dúvida, melhorar suas armas e armaduras ao nível máximo antes de sair para caçada. Para melhora-las, vá até o Armeiro e certifique-se de ter todos os ingredientes necessários para elevar a arma escolhida até o nível máximo. Caso não consiga deixá-la no nível máximo, será necessário derrotar várias vezes o Behemoth associado àquela arma para adquirir o ítem que falta.

Gerenciar os recursos em batalha

Como em todo jogo cooperativo, nunca sabemos que tipos de jogadores irão nos acompanhar na jornada. Portanto, a menos que esteja jogando com um grupo de amigos e tenha certeza que a batalha será vencida, gerencie seus recursos e use somente o necessário nos primeiros momentos. Para recuperar vida, utilize a “fonte” que fica próxima do local do aparecimento do Behemoth e, se possível, só utilize poções de vida quando estiver em perigo ou quando perceber que todos estão com vida baixa e não haverá outra opção.

Uma estratégia sábia para usar seus recursos é analisar a batalha e só gastar as poções caso tenham certeza que a batalha vale à pena ser finalizada. O caso de estar numa caçada onde você está buscando um drop de um ítem específico para finalizar uma arma ou uma vestimenta, e percebe que já conseguiu extrair esse ítem do Behemoth, é um bom exemplo de situação ideal para usar seus elixires e poções. Caso não tenha conseguido o item que necessita ainda, guarde-as para a próxima oportunidade.

Ajudar aliados durante a batalha

É fundamental ajudar os aliados a se levantar caso eles estejam caídos. Lembre-se que o jogo é uma RPG cooperativo. Portanto, trabalhar em equipe é essencial para o sucesso da batalha. Além disso, quanto mais rápido você levantar seus aliados, menor é a chance da batalha entrar em estado crítico e mais fácil será derrotar o Behemoth.

Cuidados necessários com o indicador de perigo em batalha

No canto superior direito existe um indicador de perigo da batalha. Basicamente, quanto menor for o percentual apresentado, melhores serão as chances de vencer a luta. Caso o indicador chegue em 100%, a tela ficará com sombras vermelhas e não será possível levantar seus aliados (a menos que você derrote o Behemoth ou ele fuja da área). Além disso, o Behemoth terá dano aumentado enquanto estiver nessa situação.

Se você ficar muito tempo coletando ervas ou ficar sendo derrubado por muitas vezes, o indicador aumentará gradativamente. Caso demore muito a levantar seus amigos, ele também aumentará mais rapidamente. Portanto, seja rápido em batalha e eficiente ao acertar os golpes precisamente, tomando menos dano possível e levantando seus aliados o mais rápido que puder. Ações perigosas fazem o nível de perigo da batalha subir e aumentam as chances de fracasso na caçada.

Coletar plantas e recursos

Além de derrotar os Behemoths o mais rápido possível, será necessário coletar recursos (ervas, pedras e etc) enquanto estiver em busca do monstro. Basicamente, você precisa desses recursos para construir poções que o ajudarão em batalhas mais difíceis. Para criar elixir e outras poções, visite o Contramestre na área principal de Ramsgate.

É importante balancear o tempo e a quantidade de recursos que você irá coletar. Do contrário, isso poderá atrapalhar no andamento da batalha. Além disso, é bom citar que, caso você e seus amigos sejam derrubados e não tenham mais como se levantar, a batalha é finalizada e tudo o que você coletou é perdido. Colete o necessário e fique atento ao medidor de perigo.

Missões diárias e semanais

Para evoluir no game é essencial completar as missões diárias e semanais. No entanto, pode ser difícil cumprir todas as missões nas primeiras semanas de jogo. Não desista e complete todas as que forem possíveis. Dessa forma, você ganhará mais experiência e poderá melhorar seu nível de Slayer e também o nível de Alquimista. Este último permitirá que você construa poções e elixires melhores, facilitando assim o sucesso nas batalhas mais difíceis.

Veja esse e outros videos no nosso canal do Youtube.

Referências:

A casa do Cogumelo, ING, Techtudo.

MMORPG, Multiplataforma, PC, PS4, Xbox One Tags:, , , , ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Subir ↑