Dark Souls III

Dark Souls III (ダークソルⅢ Dāku Souru III?), é um jogo do gênero role-playing game de ação, o quarto da série Souls, desenvolvido pela FromSoftware e co-realizado por Hidetaka Miyazaki o criador da série. Dark Souls III foi lançado para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One no dia 24 de março de 2016 no Japão, e a 12 de abril de 2016 no resto do mundo.

Dark Souls III recebeu aclamação por parte da crítica especializada. Os elogios focarem-se sobretudo nos visuais e nas mecânicas de combate, fazendo lembrar o ritmo rápido de Bloodborne, o jogo anterior da From Software. No site de análises agregadas Metacritic a versão Microsoft Windows conseguiu a pontuação de 90/100, o que indica “aclamação universal”.

Comece como Cavaleiro

Em Dark Souls 3 existem várias classes diferentes de personagens, as quais cada uma delas oferece variações sobre um conjunto de atributos que complementam estilos de jogos diferentes.

Para os iniciantes, a melhor opção é começar com o “Cavaleiro” pois ele uma boa combinação de espada e escudo (a mais clássica e preferida), além de ter mais pontos em força e vigor, também é a mais resistente contra danos desde o início.

Em resumo, é uma classe bem equilibrada em todos os atributos, que conta com uma das melhores armaduras iniciais do jogo.

Invista em seu vigor

Na medida em que inimigos são derrotados, o jogador recebe almas que podem ser trocadas em pontos de habilidades e materiais.

Conforme “almas” forem conquistadas, opte por investir em “vigor”. Ele é uma das habilidades mais importantes do game. Quanto maior for sua quantidade, maior será a resistência ao dano recebido.

Rolagem é uma das melhores táticas em batalhas

Para se livrar dos ataques inimigos, considere sempre a opção “rolagem”. Se esquivar de investidas é sempre mais prudente do que depender de escudos. Mas, é necessário gerenciar a barra de resistência, evitando que ela fique baixa.

Vale lembrar que o sistema de rolagens deste novo capítulo é um pouco diferente dos jogos antecessores. Os movimentos serão divididos em rápidos e lentos, e não mais uniformes. Por isso, logo no início, aprenda a diferenciá-los.

Não se preocupe tanto com os atributos (build)

Conforme você progride e começa a compreender como os inimigos se comportam, como funcionam as distribuições de habilidades, é natural que ocorram investimentos errôneos em determinadas características. É comum acreditar que um determinado upgrade ajude, quando na verdade ele não contribui muito.

Portanto, não se arrependa! Em vários momentos é possível encontrar NPCs que permitem realocar pontos de atributos.

Não carregue equipamentos demais

Um dos erros mais comuns dos iniciantes é o desejo de carregar tudo o que for possível, muito em virtude da insegurança.

Mas, uma quantidade excessiva de bagagem certamente fará com que o personagem fique mais lento e com a agilidade comprometida. Com isso, as esquivas perderão a efetividade.

O ideal é escolher bem o que vai carregar, sem ultrapassar um limite de 70% da capacidade disponível.

Seja cauteloso e observador

Em hipótese nenhuma baixe sua guarda. Regra básica. Por vezes, um só segundo de distração pode ser fatal, fazendo com que a frase “You Died” seja o resultado final.

Mesmo que o local pareça calmo, com apenas um baú, fique atento. Este reluzente recipiente pode ser um disfarce para um tenebroso inimigo.

Para evitar ser pego de surpresa, ao se deparar com baús e paredes suspeitas, vale acertar um hit antes de se aproximar efetivamente. Se for um inimigo, você estará preparado para a batalha, se não for, não perderá nada por ser cauteloso!

Não acumule almas

Nunca enfrente inimigos poderosos ou mesmo saia explorando os cenários carregando grandes quantidades de almas. Escolha a categoria (de preferência vigor) e invista o mais rápido possível ao avistar uma fogueira. 

Confira sempre a quantidade de poções disponíveis

Estus Flask, poção que recupera HP, devem ser estocadas. Elas são reabastecidas a cada vez que o jogador visita uma fogueira. Considere sempre aumentar a quantidade deste item no seu inventário.

Outra poção importante para se manter em estoque é a Ashen Estus Flasks, responsável pela recuperação dos Focus Points, uma espécie de barra de mana. Aqueles que utilizam Piromancias e magias devem sempre manter estoque deste item.

Porém, tenha em mente de que é preciso equilibrar as Estus Flasks e as Ashen Estus Flasks, uma vez que o jogo não permite que você tenha muitas de cada uma delas, mas uma quantidade restrita. Use com sabedoria!

Observe e aprenda os comportamentos padrões

Apesar dos chefões terem “fases” diferentes, ou seja, tomam comportamentos alternados no meio das batalhas, eles seguem um padrão de combate. Atenha-se aos golpes especiais que são precedidos após combos rápidos.

Nem todos os inimigos devem ser enfrentados

No início da aventura, como em todos os jogos da série, seu personagem é extremamente vulnerável a quase todos adversários. E, mesmo no início, alguns inimigos são excessivamente fortes, sendo quase impossível derrotá-los. Portanto, fuga!

Isso não é covardia, de modo algum. Trata-se apenas de uma estratégia para que no futuro você tenha condições de vitória.

Como criar armas com almas de chefes em Dark Souls 3 

A Pedra de sinal vermelho, o primeiro item online concedido ao protagonista no início da jogatina, serve para criar um sinal de invasão hostil. Isso significa que o seu personagem poderá ser invocado como espírito sombrio a outro mundo para lutar em um confronto jogador contra jogador.

Ao invadir o mundo de outro jogador com a Pedra de sinal vermelho, você terá que exterminar o Hospedeiro das Brasas – o dono do mundo onde o seu personagem apareceu – para ganhar a força do fogo e acumular almas. A Pedra de sinal vermelho é considerada um item leal entre espíritos sombrios. Para usá-lo, selecione o item no inventário e pressione o botão de ação para gravar o símbolo no chão.

Pedra de sinal branco

A Pedra de sinal branco deve ser adquirida no Santuário do Elo de Fogo com a misteriosa comerciante que está sentada no corredor do Ferreiro. Diferentemente do sinal vermelho, a Pedra de sinal branco cria um ícone de invocação cooperativo. Ao colocar o sinal no chão, você será invocado para outro mundo como um fantasma para ajudar o jogador a derrotar o chefe da área.

Além das almas conquistadas ao eliminar o chefe, o ajudante ainda ganha força de chama para restaurar completamente o medidor de vida. A pedra de sinal branco é um item imprescindível, pois permite que os Inacesos se ajudem em momentos críticos.

Caso você queira jogar ao lado de um amigo da PSN, Xbox Live ou Steam, aperte o botão de pausa, vá em “Sistema” e “Rede” para permitir ou restringir pareamento de partidas entre diferentes regiões. Feito isso, defina uma senha em “Correspondência por senha” para tornar a partida privada. Coloque o sinal próximo à fogueira do local do boss e seja invocado.

Cristal negro da separação

O Cristal negro da separação é um amuleto concedido a Mortos-vivos banidos, ou seja, envia os jogadores invocados de volta a seus mundos (ou você de volta ao seu). O item fica disponível no inventário desde o início da jogatina.

Sinal para PvE e PvP

O sinal do louco, uma das grandes novidades do modo online de Dark Souls 3, permite que o jogador ajudante também consiga matar o hospedeiro do mundo, tornando a partida PvE e PvP simultaneamente.

Identificado como um sinal roxo no chão, o símbolo dos espíritos loucos só pode ser colocado enquanto o jogador estiver no Pacto dos Criadores de Montes, adquirido no Assentamento dos mortos-vivos. Ao equipar a vértebra do pacto dos Criadores de Montes, você se torna um espírito louco capaz de ser solicitado como cooperador ou invasor em uma mesma partida.

Sua classe inicial não é um grande fator

Na maioria dos grandes RPGs, você vai gastar muito tempo criando seu personagem. No entanto, a customização de personagem em Dark Souls III é bem simples. Você escolhe uma classe, um atributo “especial”, mexe um pouco nas opções de rosto e só.

Você vai mudar a maneira de jogar algumas vezes durante o jogo, seja por que encontrou uma espada mais forte ou uma magia nova para se usar. Não se prenda a sua classe inicial, pois você vai se deparar com almas suficientes durante o jogo, podendo criar um cavaleiro que também domina piromancia, por exemplo.

Invista em Vigor, Força e um pouco de Fé

Se você é um veterano em Dark Souls, então você sabe como distribuir os pontos no seu personagem. No entanto, se você é novo na franquia, você vai passar por uma fase bem difícil, pois ser atingindo em Dark Souls dói, e muito. Então, a dica aqui é investir inicialmente em Vigor, o que aumentará o seu HP. Se você não tiver no mínimo 12 pontos em Vigor, os chefes iniciais vão matá-lo em apenas dois hits.

Invista também em Força para aumentar o seu dano. Muito HP e mais dano no início deixa o jogo menos difícil – menos difícil, o que é bem diferente de mais fácil.

Além disso, se você é um guerreiro ou qualquer outra classe que faz o uso de armas, invista pelo menos 10 pontos em Fé para poder usar um milagre básico de cura.

Respeite unicamente cada inimigo

Em Dark Souls, não há inimigos fracos. Sim, há inimigos que você pode matar com apenas alguns golpes enquanto está fortemente blindado, mas se você não prestar atenção, você vai morrer. Enfrentar um inimigo de cada vez é bem tranquilo, mas enfrentar dois ou mais de uma só vez é desesperador.

Leve cada luta a sério, pois você nunca sabe quando outro inimigo está lhe esperando numa esquina para dar o golpe final e finalizar aquilo que os outros começaram.

Cada chefe conta suas fraquezas

Cada chefe vai demonstrar sua fraqueza, basta você observar atentamente e pacientemente. Entre em cada luta para morrer, pelo menos algumas vezes. Quanto mais você lutar contra um chefe, mais rápido você vai se acostumar com os seus padrões de luta. Não importa o quão brutal ou impossível um boss possa ser, ele sempre terá uma fraqueza. Geralmente, eles usam entre 3 a 4 tipos de ataque e depois de cada movimento, há um intervalo de tempo que você pode usar para atacar.

Qual a melhor classe para começar?

Mesmo que sua classe inicial não exerça aquele impacto fundamental no começo do jogo, os que estão começando agora podem se intimidar e ficar singelamente perdidos ao escolher a classe logo de cara, levando em conta o medo de morrer repetidamente no início e esquentar a cabeça com a famosa pergunta: “será que comecei errado?”. Então, deixando esse problema de lado e sendo o mais sucinto possível: as melhores classes no começo do jogo (e principalmente para iniciantes) são o Knight e Warrior. Explico as vantagens:

Knight: sua armadura completa, aliada à espada e ao escudo, são os ícones de Dark Souls. Essa classe oferece boa resistência a dano por conta de sua armadura robusta e relativamente leve (assim não afetando a velocidade ou rolamento de seu personagem). Por fim, o escudo oferece 100% de resistência contra dano físico. Os atributos são balanceados e sua vitalidade acentuada permite usar equipamentos mais pesados sem penalidades na agilidade de seu rolamento.

Warrior: portando um potente machado aliado ao seu atributo de Força alto, o Warrior é, no começo, a classe que possui maior dano no jogo. Oferece resistência a danos similar ao Knight e, ao utilizar a weapon art de seu machado, o dano causado consegue ser maior ainda. Esta classe é capaz de dilacerar seus inimigos com um único golpe, então considere-a uma forte candidata para a sua classe de início.

Explicando os atributos

Se tratando de um RPG em sua essência, os atributos que compõem o seu personagem são de fundamental importância ao definir o seu estilo de jogo. Aqui explicamos o que cada um significa e qual o peso de cada um deles na build do seu personagem. Nessa parte, você também encontra algumas dicas de como investir melhor suas Almas.

Attunement

Basicamente aumenta a barra azul, que é responsável por viabilizar o uso de magias ou habilidades especiais das armas (Weapon Arts), além de conceder mais slots de magia. Em uma build de Sorcerer ou Pyromancer, recomendamos 35 de Attunement — o equivalente a 280 de FP (focus ou mana points) ou 40 para alcançar os 6 slots de magia. Só aumente conforme for liberando as magias e obtendo as armas que escalam em pelo menos “A” nos atributos relacionados a sua build.

Endurance

Correr, esquivar, atacar, bloquear — praticamente todas as ações exigirão Endurance, como indicado pela barra verde. Esse atributo define a resistência total do seu personagem e a quantidade total de energia que ele possui, portanto é um atributo essencial para qualquer build. Recomendamos 24 pontos de Endurance, que equivalem a 120 de stamina; alternativamente, você também pode investir até os 40 pontos, para alcançar 160 de stamina.

Vitality

Você pode preencher o seu inventário com o que quiser, mas somente o que estiver equipado influencia no seu peso. Se o equipamento e armadura que você equipar ultrapassarem 70% da sua capacidade máxima de peso, você vai se mover bem mais devagar. A Vitality é um atributo que lida com essa questão, aumentando a capacidade de carregar mais peso, o que permite o uso de equipamentos mais pesados. Sugerimos aumentar conforme a sua necessidade. Além disso, aumentar a vitalidade ajuda com a defesa física e resistência ao veneno.

Strength

Quer usar uma espada gigante? Então você vai precisar de muita Strength. Cada arma, peça de armadura e escudo requer um certo nível deste atributo para ser usado adequadamente. Além disso, muitas armas têm seu poderio afetado por este atributo — ou seja, quanto maior a sua força, maior o dano desferido. Para builds que envolvam Strength, recomendamos parar no 40. O atributo de força também ajuda na sua resistência ao fogo.

Dexterity

Você pode ser capaz de empunhar uma arma de força bruta como um machado de batalha, mas é preciso um pouco mais de sutileza para assumir uma espada curva ou um arco, e é aí que vem a Dexterity. Assim como armas grandes e pesadas exigem força alta, armas mais especializadas e rápidas, como espadas duplas ou cimitarras, exigem alta destreza. Para builds que envolvam este atributo, recomendamos, no máximo, 40 pontos. O atributo também é importante para Sorcerers, Clerics e Pyromancers; a destreza alta também ajuda a reduzir o tempo para conjurar magias e reduzir o dano por queda.

Intelligence

O atributo primário para feiticeiros e piromantes. Intelligence é necessária para lançar feitiços mágicos. E, ao contrário das exigências de base relativamente baixas para armas, feitiços podem exigir números elevados, como 40 ou 50. Magias também apresentam atributos bônus, e a eficácia delas é ajustada conforme o nível de Intelligence. Ademais, a inteligência aumenta a defesa mágica. Recomendamos 40 pontos quando a finalidade é de ajustar o dano de uma arma elemental e 60 quando o foco é nas magias.

Luck

De longe, o atributo menos importante e mais aleatório, pois determina a chance de drop dos itens. Certamente não é o melhor atributo para novatos. São poucos itens que se beneficiam deste atributo. A sorte também é usada para aumentar as chances de causar sangramento ou veneno, e como existem muitos inimigos e chefes com alta resistência, o atributo só se torna relevante para builds focadas no PvP. Além disso, a Luck aumenta a resistência a curse, que também aparece bem pouco no jogo. Recomendamos não investir neste atributo.

Bons itens no começo do jogo

As armas são parte fundamental da sua jornada, e ter os equipamentos certos no começo do jogo podem fazer toda a diferença quando se está sofrendo naquele chefe ou naquela parte cheia de inimigos que “avacalham” o seu progresso.

Reunimos aqui algumas armas bem interessantes e que são relativamente fáceis de obter nas primeiras horas de sua jogatina. Cada link representa um vídeo mostrando a localidade exata de cada uma.

No Santuário, vá em direção à sua entrada e, olhando para a porta de saída, pegue à escadaria à sua esquerda. Ela levará à uma área externa, na qual encontra-se uma porta fechada, uma árvore seca e um telhado, aparentemente, inalcançável.

É possível, porém subir nele. Para isso, tire todas as partes de sua armadura e desequipe sua arma. Corra em direção à raíz da árvore e a use como plataforma. Completar o salto requer algumas tentativas. Seguindo o caminho no cenário, você chegará até vigas de madeira na parte interna do teto do Santuário. Há dois itens a serem pegos ali: o Anel da Serpente Prateada, que dá mais almas por inimigo derrotado, e um Fragmento de Estus, que permite aumentar o número de itens de cura carregados. 

Expresso para o Santuário

Após criar seu guerreiro – aqui, recomendamos que se escolha uma classe capaz de causar dano à distância, seja por meio de magias ou arco e flecha, o que pode ser mudado no decorrer do jogo – e iniciar o jogo, apenas ignore os primeiros inimigos. Corra em direção à primeira fogueira e a ative. Em seguida, parta rumo ao encontro do primeiro chefe, Iudex Gundyr.

A razão para isso é que esse primeiro inimigo não é exatamente forte e, como a primeira fogueira não permite evoluir o personagem, não há sentido em carregar almas nesse confronto. Uma vez derrotado o inimigo, siga diretamente para o Santuário do Elo do Fogo (foto), onde é possível melhorar suas armas, evoluir o personagem, viajar para outras áreas, definir a relação entre frascos de cura e de recarregamento de magias entre outras coisas. Chegar até ele é o primeiro passo para as demais ações a seguir.

Uma arma elegante

De volta ao Santuário, é hora de conseguir uma boa arma para se sobressair diante dos primeiros inimigos. Saindo pela porta principal do local, vire imediatamente à direita e siga o caminho. Tome cuidado com dois inimigos escondidos em uma escada à direita e siga, até chegar no local da imagem acima.

No topo da escadaria haverá um inimigo equipado com uma longa katana. Seus ataques são rápidos, porém fáceis de serem evitados com rolamento. Após derrotá-lo, o prêmio será 2 mil almas – que devem ser usadas para subir de nível no Santuário – e uma arma chamada “Uchigatana”. Mesmo que ela não possa ser utilizada da maneira ideal no início do game, ela possui atributos como dano por sangramento e certamente é forte contra os primeiros inimigos.

Hora de tocar o terror

Com as almas coletadas do primeiro chefe (passo 1), do inimigo da katana (passo 3) e do lagarto gigante (passo 4), é possível chegar próximo do nível 17, dependendo da classe escolhida. Nessa hora, o recomendável é voltar para a primeira fogueira e refazer o caminho desde o início do jogo, coletando itens e matando inimigos – a área ao redor do Santuário também possui vários caminhos alternativos. Com sorte, é possível conseguir almas para mais um ou dois níveis em cerca de 20 minutos de idas e vindas.

A evolução do personagem, porém, fica a cargo das preferências do jogador. Uma análise detalhada de cada atributo permite distribuir os pontos de forma a fazer com que o personagem se enquadre no seu estilo de jogo. Caso deseje, contudo, utilizar a katana obtida de maneira totalmente eficiente, recomenda-se que o atributo “Destreza” esteja com pelo menos 16 pontos.

Encare o jogo sem piedade

Temos uma certeza: “Dark Souls III” não tratará bem o jogador. Então não há porque abordar o jogo de forma convencional. Nesse sentido, há três dicas básicas. A primeira é não depender do escudo caso você não use uma classe pesada, já que rolar para longe dos inimigos tende a ser mais efetivo na hora de desviar dos ataques.

A segunda diz respeito a investir em uma arma de longa distância ou magia, o que permite atacar inimigos distantes separadamente e evitar ser cercado. Por fim, use a morte a seu favor: ao entrar em um novo cenário sem estar carregando almas, simplesmente corra e explore o ambiente, mapeando inimigos e descobrindo armadilhas e caminhos. Mesmo que você morra, isso evitará surpresas na hora de jogar “para valer” em uma nova área.

Dicas gerais

Separado por tópicos, confira algumas dicas gerais sobre como manejar sua jogatina para deixar as coisas um pouco mais fáceis:

Não venda nenhum item, a não ser que seja repetido. Alguns itens únicos podem fazer falta em algum momento.

Verifique se você está na forma Unkindled, que fornece um aumento de HP e a possibilidade de chamar ajuda. Para isso, use o item Ember e busque por sinais de invocação no chão perto de fogueiras ou chefes. Recomendo apenas invocar um jogador.

Chefões tem um aumento de HP em 50% para cada fantasma. Além disso, quanto mais fantasmas, maior a chance de ser invadido por outro jogador.

Recomendamos como gift inicial a Fire Gem, por aumentar consideravelmente o dano de sua arma no começo do game. Não só isso — a maioria dos inimigos no começo do jogo são fracos contra fogo. Mais à frente é possível remover o encantamento de fogo da arma com uma pedra apropriada para isso.

Sempre procure por dicas deixadas nas mensagens do jogadores. A maioria das vezes indicam passagens secretas, lugares onde se pode cair para chegar em um local específico, etc.

Tente explorar os mapas ao máximo com ajuda de fantasmas, mas lembre-se de fazê-lo antes de enfrentar o boss, pois uma vez derrotado, você não poderá invocar mais ninguém na área.

Explorar o mapa muitas vezes ajuda a encontrar atalhos. Isso facilita nas vezes em que se precisa, por exemplo, usar a fogueira e tentar chegar ao boss o mais rápido e com o maior número de Estus possível.

Fique de olho pelos itens que aumentam a intensidade da sua fogueira e o número de Estus que você carrega. Eles são, respectivamente, o Undead Bone Charm e os Estus Shards. Confira os vídeos nos links para saber onde conseguir todos eles.

Referências:

Jogazera, Jogos Click Gratis, Uol, Meu PS4, wikipedia, techtudo.

Deixe seu comentário: