Guitar Hero III: Legends of Rock

Desenvolvido pela Neversoft e publicado pela Activision, Guitar Hero III: Legends of Rock é um jogo eletrônico musical e de ritmo, onde o jogador usa um controlador para simular melodias de uma guitarra principal, rítmica ou um contrabaixo elétrico em canções de rock. O jogo foi  lançado mundialmente em outubro de 2007 para as plataformas PlayStation 2, PlayStation 3, Wii e Xbox 360. No final do mesmo ano, foi lançado também para PC, com a produção e desenvolvimento da Aspyr Media.

Jogabilidade

Guitar Hero III: Legends of Rock é semelhante aos primeiros jogos da serie. O ritmo das canções, são mostrados na tela em botões coloridos, o objetivo do jogador é apertar os botões da mesma cor sincronizadamente na guitarra, feita especialmente para o jogo, ou também, podendo ser o próprio controle do game. A diferença da guitarra para o controle, é que na guitarra você precisará palhetar na barra que simula as cordas da guitarra, já no controle, não é preciso.  O acerto das notas lhe dará pontos, quanto mais sincronizado, maior o ponto ganho. O erro das notas, fará seu medidor de desempenho ir abaixando, se abaixar até o fim, a música para e você perderá, recebendo diversas vaias.

As seções especiais, marcadas por notas com estrela, podem ser usadas para obter o “Star Power”. Este, quando ativado, dobra o multiplicar de pontuação, com o jogador inclinando verticalmente o controle de guitarra ou pressionando um botão específico no controle padrão. Enquanto o “Star Power” estiver ativado, o medidor de desempenho aumenta mais rapidamente quando uma nota correta é efetuada, e as notas erradas têm uma penalidade reduzida. Guitar Hero III: Legends of Rock contém quatro níveis de dificuldade: “fácil”, que usa três botões de traste; “médio”, que usa quatro; “difícil”, que usa todos os cinco; e “experto”, que não adiciona novos botões em relação ao anterior, mas aumenta o número de notas e a dificuldade geral.

Modo carreira

O modo carreira é jogado por um único jogador, esse modo possui 8 níveis, ao todo, somam 42 canções. Dentro de cada nível, o jogador precisará concluir um certo número de canções, dependendo do nível de dificuldade escolhido, antes de oferecerem uma performance extra de uma canção adicional. Para desbloquear o próximo nível, é preciso concluir o anterior. O game conta com chefes que você precisa vencer para progredir e também dinheiro virtual que você ganha quando conclui um música com sucesso. O dinheiro serve para desbloquear novos personagens, trajes, guitarras, finais, canções bônus e vídeos. Além disso, a conclusão de uma canção no modo carreira a desbloqueia para reprodução em todos os outros modos disponíveis no jogo.

Cooperação no modo carreira

Existem seis níveis que os jogadores completam da mesma maneira do modo de um jogador. Nesses níveis, dois jogadores usando o mesmo console podem participar por cooperação no modo carreira, ou seja, com um jogador na guitarra principal e outro no contrabaixo elétrico ou na guitarra rítmica, dependendo da canção.

Modo Multijogador

Nas versões para Xbox 360, PlayStation 3 e Wii, é apresentado um modo competitivo online, ou seja, um jogador pode competir contra outro, através do serviço de rede do console. Existem três modos de jogo online: Face Off, Pro Face Off e Battle. Os desafios de confronto são modos de ataque de pontuação introduzidos no título anterior, em outras palavras, dois jogadores tentam obter a melhor pontuação em uma determinada canção; no desafio padrão Face Off, os jogadores podem selecionar diferentes níveis de dificuldade, enquanto o Pro Face Off exige que os jogadores joguem na mesma dificuldade.

No modo battle, um jogador tem que fazer com que o outro falhe ou perca jogando com sucesso as sequências “Battle Power”, que substituem o “Star Power” da modalidade normal, para ganhar ataques que podem ser usados contra o oponente. Os jogadores podem armazenar até três ataques por vez. Os ataques tem alguns efeitos, por exemplo, dificultar a canção para o outro jogador, adicionando notas adicionais, ou pode obrigar o oponente a executar ações especiais para limpar o efeito. Se um jogador falhar, o outro ganha, contudo, se os dois não falharem, eles vão para a morte súbita.

Trilha sonora

O jogo conta com 73 canções, 42 fazem parte da lista principal, seis são exclusivas do modo cooperativo e as 25 restantes são faixas bônus. Ao todo, 54 canções foram masterizadas. Além disso, o modo carreira inclui três batalhas, uma contra cada chefe: Slash, Tom Morello e Lou the Devil.  As canções exclusivas das batalhas, foram escritas por Tom Morello e Slash.

Entre as canções do game, você encontrá clássicos como; Paint It Black (The Rolling Stones); Cherub Rock (The Smashing Pumpkins); Sabotage (Beastie Boys); The Metal (Tenacious D); My Name Is Jonas (Weezer); Rock and Roll All Nite (Kiss); School’s Out (Alice Cooper); Talk Dirty to Me (Poison); Slow Ride (Foghat); Barracuda (Heart); e Down ‘n Dirty (L.A. Slum Lords).  Também apresenta regravações de Anarchy in the U.K. (Sex Pistols) e Cult of Personality (Living Colour) especificamente para o título, pois as faixas originais não foram encontradas. O título também suporta faixas extras para download nas versões de Xbox 360 e PlayStation 3.

Recepção

No geral, Guitar Hero III: Legends of Rock recebeu criticas positivas por parte dos críticos e dos fãs, contudo, a crítica notou diferenças significativas na jogabilidade  do título comparado com os anteriores da série. O jogo é considerado em alguns aspectos, “muito difícil”, criando “paredes de notas” que são difíceis de se executar. Esta constatação influenciou em mudanças na jogabilidade das futuras sequências. De acordo com a Activision, o título é o jogo mais vendido de 2007, tanto nas quantidades de unidades quanto na receita auferida, tornando-se o primeiro jogo eletrônico a ultrapassar um bilhão de dólares em vendas.

O que você acha desse jogo incrível? Deixa aí nos comentários.

Referência:

Wikipedia.

Payday 2

Payday 2 é um videogame cooperativo de tiro em primeira pessoa desenvolvido pela Overkill Software e publicado pela 505 Games. O jogo é uma continuação de Payday: The Heist em 2011. Foi lançado em agosto de 2013 para Windows , PlayStation 3 Xbox 360. Uma versão aprimorada do jogo, com o subtítulo Crimewave Edition , foi lançada para PlayStation 4 e Xbox One em junho de 2015. Uma versão para o Nintendo Switch foi lançada em fevereiro de 2018.

Dois anos após os eventos do jogo anterior, a turma do Payday chega à área metropolitana de Washington para realizar outra série de ataques. O jogador assume o controle de um dos vinte e um membros da quadrilha e pode executar assaltos sozinho ou com até três companheiros de equipe. O jogador pode participar de uma variedade de assaltos, incluindo, entre outros, assaltos a bancos, lojas e carros blindados , além de produzir e distribuir narcóticos. O jogo difere do anterior, permitindo muito mais personalização do jogador (esteticamente e em termos de jogabilidade), interface e experiência gráfica um pouco melhoradas, mais variedade e jogabilidade em níveis, e reformulou a mecânica furtiva.

Uma série da web foi produzida para promover o jogo. O jogo foi lucrativo somente com pré-encomendas e recebeu críticas positivas. Dia de pagamento 2: Crimewave Edition, que oferece gráficos aprimorados, novo conteúdo e todos os DLCs anteriores, foi lançado para PlayStation 4 e Xbox One em junho de 2015. 

Gameplay 

O jogo consiste em uma variedade de ‘assaltos’ que um jogador pode optar por realizar sozinho, com a IA ou como parte de um jogo multiplayer. Existem assaltos como assaltos a bancos, corridas de tráfico de drogas, fraudando uma eleição ou roubando ogivas nucleares contrabandeadas. Alguns dos roubos colocam uma grande ênfase na furtividade, geralmente levando a pontos de experiência de bônus e dinheiro na conclusão, e certos roubos só podem ser feitos com furtividade.

O menu de seleção de nível é denominado site fictício, Crime.net, onde as missões aparecem periodicamente como contratos em um mapa de Washington, DC . O jogador pode pegar um contrato aberto, entrar em um contrato que outro jogador possui. iniciado ou comprar um contrato com dinheiro do jogo em uma conta bancária offshore. Existem sete níveis de dificuldade: Normal, Difícil, Muito Difícil, Overkill, Mayhem, Death Wish e Death Death (anteriormente One Down), com mais dinheiro e experiência pagamentos para níveis de dificuldade mais altos. Atualmente, existe uma opção para ativar a função “One Down” em qualquer dificuldade, o que significa que os jogadores só podem cair uma vez antes de ficarem em custódia (sobem até dois downs com a habilidade “Nine Lives” aced). Independente da dificuldade, estava a condição “pro job” – os profissionais oferecem experiência adicional, mas não podem ser tentados novamente se os jogadores falharem. Mais tarde, os Pro Jobs foram removidos em uma atualização. Alguns contratos no dia do pagamento 2 ocorrem em vários dias, sendo que cada dia é representado por um nível separado com objetivos diferentes. Após alguns dias de assaltos serem concluídos em ‘alto’ (no qual o alarme tocou), o jogo pode adicionar um nível de fuga, onde os jogadores a fuga original é frustrada e eles devem sobreviver para chegar ao refúgio de backup.

Muitos trabalhos no Payday 2 podem ser concluídos furtivamente. Se os jogadores evitarem ser pegos na câmera, escaparem ou matarem silenciosamente os guardas de segurança, não mate mais de quatro guardas com pagers (o número de pagers pode ser reduzido por meio de modificações no modo de jogo “série de crimes”) e evite que testemunhas civis chamem o polícia, o alarme não será acionado e os jogadores receberão um bônus de experiência. Caso contrário, os jogadores terão que atingir seus objetivos, realizar qualquer pilhagem que encontrarem até um ponto de queda e, em seguida, alcançar seu ponto de fuga sob a pressão de constantes ondas de assalto policial. A maioria dos inimigos são unidades da SWAT provenientes da polícia de DC e , em seguida , empresas de segurança privada do FBI SWAT , GenSece finalmente o DHS à medida que a dificuldade aumenta. Misturadas com estas estão unidades especiais; todas as versões do Payday 2 incluem o ” Shield ” e o ” Taser ” – ambos nomeados por seu equipamento de assinatura, o “Bulldozer” – um membro da equipe SWAT em um traje modificado à prova de balas e atiradores de elite. A Crimewave Edition e a versão para PC incluem o “Cloaker” – um especialista em infiltração e combate corpo a corpo . Exclusivas para as edições PC e Crimewave são as torres de van SWAT quase indestrutíveis, capazes de negar área, um médico capaz de devolver um executor à saúde total, sem efeitos de status, e o capitão Winters, um policial veterano bem protegido que sustenta ataques e lustra inimigos até que ele possa ser expulso.

Se um jogador sofrer muito dano, ele será derrubado e incapacitado. Se ninguém os ajudar a fazer backup, ou se forem derrubados várias vezes sem curar através de uma “bolsa de médico”, eles serão levados em custódia. Em níveis de dificuldade mais baixos, os jogadores sob custódia acabam ficando fora de custódia após um período de tempo determinado, mas, caso contrário, seus companheiros de equipe devem tomar um refém para negociar para recuperá-los no jogo. Um trabalho falhará se todos os jogadores estiverem abatidos ou sob custódia (mas alguns trabalhos têm condições únicas de falha, como o único assalto alto, Cook Off, adicionando o ingrediente incorreto e explodindo o laboratório de metanfetamina).

No final de cada roubo, o jogador recebe uma tela com três cartas, uma das quais deve ser escolhida pelo jogador (chamada de “Dia do Pagamento”). Esses cartões de bônus podem ser modificações de armas, máscaras, cofres, cores ou materiais para máscaras, experiência de bônus ou dinheiro. Os jogadores podem comprar e personalizar máscaras, embora sejam puramente cosméticas e não tenham efeito na jogabilidade.

Durante o jogo, os jogadores acumulam dinheiro e experiência. O dinheiro é dividido em duas partes. 20% do dinheiro é dado ao jogador para gastar em armas, máscaras e habilidades, e 80% é colocado na “Conta Offshore” do jogador, que se destina como parte da história a ser o fundo de aposentadoria do jogador, no entanto, o jogador pode usá-lo para comprar roubos de um corretor, comprar cartões de bônus sem realizar um roubo, tornar-se infame ou um jogador pode pressionar um botão em seu esconderijo para ‘queimar’ tudo.

Durante o 4º dia do evento “The Search For Kento”, o modo de jogo Crime Spree foi adicionado, no qual os jogadores completam assaltos simultaneamente para ganhar grandes recompensas. À medida que o jogador completa os assaltos, sua classificação na série de crimes aumenta, com a quantidade de classificações variando, dependendo do assalto escolhido. A cada 20 fileiras, os jogadores devem escolher modificadores para alto, e a cada 26 fileiras devem escolher modificadores para discrição, tornando os assaltos cada vez mais difíceis e a cada 50 fileiras, a saúde e o dano do inimigo aumentam. Iniciar uma nova onda de crimes sem pontos custa 0 moedas continentais, mas iniciar uma série de crimes em um determinado ponto pode variar no custo das moedas continentais, de 20 fileiras para 10 moedas continentais a 40 fileiras para 20 moedas, até a maior pontuação pessoal do jogador crimespree por uma certa quantia. Ao escolher um assalto, os jogadores precisam escolher entre um dos três roubos dados a eles, mas podem optar por rolar novamente os roubos por 6 moedas continentais. Os jogadores não recebem suas recompensas automaticamente; em vez disso, podem optar por encerrar sua onda de crimes, dando-lhes todas as recompensas, incluindo saque, cartões de bônus do dia de pagamento e moedas continentais. Se um jogador falha em um assalto ou seu jogo é encerrado durante o assalto por qualquer motivo, sua série de crimes não pode mais continuar e eles podem optar por pagar uma certa quantia de moedas continentais para retomar a série de crimes ou finalizá-la. Aceite as recompensas. Na classificação 0, todo assalto começará na dificuldade “Overkill”, mas os modificadores podem aumentar a dificuldade até mesmo acima de “Sentença de Morte”. Durante a parte de pré-planejamento dos assaltos, certas “Gage Perks”

À medida que os jogadores ganham pontos de experiência, seu nível de reputação aumenta. Quando o nível de um jogador aumenta, ele ganha pontos de habilidade, permitindo que ele compre habilidades e bônus de árvores de habilidades que representam cinco arquétipos e estilos de jogo criminosos. Eles têm dois estágios: Básico e Avançado. Não é possível maximizar todas as árvores e os jogadores geralmente são incentivados a misturar e combinar habilidades de cada árvore para maximizar a utilidade. Os jogadores também recebem “pontos de vantagem”, proporcionalmente à sua experiência adquirida, que pode ser usada para desbloquear bônus adicionais de 17 “baralhos de vantagem”. Os jogadores podem alternar entre 15 perfis de habilidades, baralhos de perk, armas e equipamentos sem nenhum custo antes de iniciar um assalto.

Quando um jogador atinge o nível 100, ele pode aumentar seu nível de “Infâmia”, até 25 (a partir de 5 de janeiro de 2020; há apenas cinco níveis de Infâmia no PS3 e Xbox 360). Tornar-se infame concede ao jogador acesso a árvores e itens de habilidades especiais e oferece poses especiais nas telas do lobby. No entanto, aumentar o nível de Infâmia faz com que eles percam todo o dinheiro e experiência em gastos, e uma quantia de US $ 200.000.000 é deduzida da conta offshore até que eles atinjam o nível 5 de Infâmia (tornando-se infame após esse ponto ser gratuito)

No que você precisa ficar de olho

A importância de um roubo furtivo: Payday 2, em essência, não é um jogo 100% furtivo, mas é importante manter a discrição por dois motivos: em muitos assaltos de múltiplos dias, completar o primeiro deles sem chamar a atenção garante que o resto da operação seja mais amena, e não envolva fases de Escape, em que é preciso levar malas de um lado da avenida para o outro, enquanto é atacado por hordas de policiais.

A outra importância é que fica mais fácil completar objetivos secundários da missão (que geralmente envolvem coletar mais malas de dinheiro, joias, quadros ou drogas que o previamente planejado). Fazer mais de uma viagem entre o prédio e a van de fuga pode ser um desafio e tanto se você já está sendo atacado por guardas.

O extra garantido ao cumprir essas missões laterais não é grande coisa nos primeiros níveis e menores dificuldades, mas em missões avançadas no modo Overkill, elas fazem uma diferença notável na hora de contar o dinheiro.

Armas e coletes: os dois principais equipamentos do jogo funcionam como em qualquer game de tiro. Armas garantem balanços distintos entre poder de fogo, rapidez de disparo e coice, que ditam seu uso entre curta, média ou longa distância. Autoexplicativo se você já tem familiaridade com o gênero. Coletes, bem, protegem. Mas ambos dividem dois elementos que qualquer jogador atrás de um roubo furtivo precisa atender.

O primeiro deles é Visibility, ou sua capacidade em não chamar a atenção. Entrar apenas de terno – como é o padrão do jogo – te dá pouca defesa, mas te deixa mais difícil de ser detectado. Armas menores são mais facilmente escondidas, mas podem ser uma péssima opção para combates a longa distância, principalmente contra snipers. Combine um colete pesado com rifles de assalto, e os civis e policiais vão responder mais rápido no momento em que você iniciar o assalto, antes mesmo de vestir a máscara.

Mobility, ou peso, também é um fator importante. Payday 2 é um jogo que te obriga a ter um bom controle de toda a situação e ser capaz de responder a emergências com agilidade é vital, seja para ajudar a derrubar um policial ou garantir que nenhum dos civis vai dar com a boca no trombone. Em missões mais voltadas para a furtividade ou que envolvam a necessidade de se abrir múltiplas portas ou cofres, a habilidade de ir e vir é fundamental. Desconsidere ambos se você estiver em uma missão naturalmente mais caótica como Mallcrasher, claro.

De toda forma, usar ou não um colete é uma opção simples (se você quer ser furtivo, significa que a hora em que as balas estiverem voando, o plano já falhou, então leve apenas o terno). O arsenal já é um pouco mais maleável, já que algumas modificações garantem que uma mesma arma possa variar em ambos os elementos. Tente balancear sua necessidade furtiva com uma boa capacidade de causar dano para garantir que você não precise gastar muitas balas para derrubar um único alvo. Na dúvida, mire sempre na cabeça.

Sons e detalhes: toda a destruição que você causar pode chamar atenção alheia, tanto de policiais quanto de civis. A única solução discreta é usar o Lockpicking na hora de abrir portas, mas vale lembrar que o processo pode ser bem demorado. Sua furadeira também é visível, então elimine qualquer um no campo de visão dela.

Os cuidados com som são um pouco mais complexos: correr ou quebrar vidraças geralmente não chamam atenção. De resto, tudo pode causar problemas, do barulho de furadeiras até, claro, explosões. Silenciadores abafam o som dos tiros, mas não o elimina. Um tiro acertando uma parede também pode ser uma preocupação, assim como o disparo de um guarda nervoso. Se houver a opção, tente derrubar um guarda na base dos socos, senão, como já falamos, tente eliminá-lo em um único tiro. E nunca esqueça de marcar a posição dos seguranças para deixar todo o time ciente do perigo.

O que pode atrapalhar seus planos

Câmeras: é importante conferir a posição de todas as câmeras no mapa, já que elas percebem movimentos suspeitos, corpos ou reféns, garantindo que logo os homens da lei estarão batendo na sua porta. Claro, é preciso entender a relação: as lentes veem algo estranho, alguém confere isso e faz a ligação para a polícia. O papel do seu time é garantir que essa ligação não seja feita. Todos os mapas, com exceção de Four Stores, contam com uma sala de controle em algum lugar, então é aconselhável deixar com que o Ghost do time se certifique de estar na posição para eliminar o guarda responsável pelas câmeras no momento em que o assalto começar. Se a opção não estiver disponível, invista em ECMs para desabilitá-las temporariamente ou, na pior das hipóteses, destrua-as (isso chama um bocado de atenção, mas pode dificultar a vida dos policiais em te caçar).

Pagers policiais: então você matou aquele segurança nos fundos da loja de joias e está se achando o George Clooney em Onze Homens e um Segredo? Legal, mas você se certificou que o pager dele não vai receber nenhuma ligação de seus superiores? Pois é. Sempre que você eliminar um guarda no início de um assalto, certifique-se de responder seu pager. Caso contrário, o silêncio garante que uma força policial seja chamada ao local.

Mas tem uma coisa: apenas dois pagers podem ser respondidos pelo time inteiro. Se houver a necessidade de lidar com um terceiro, os alarmes serão ativados automaticamente. A habilidade Smooth Talker do Mastermind garante que ele sozinho possa atender um ou dois pagers extras, o que é uma boa opção já que toda fase costuma ter três, quatro ou mais guardas. Outra saída é usar o Mastermind para forçar um oficial a se render, mas essa costuma ser mais arriscada, uma vez que não há 100% de sucesso na tentativa de intimidação.

Celulares:  esse é o meio que os civis usam para alertar a polícia, e de longe, o elemento mais imprevisível do assalto. Qualquer pessoa dentro do prédio que ficar muito tempo sem ser vigiada pode fazer uma ligação, e o pior: qualquer um andando lá fora, na rua, pode notar algo estranho e chamar a polícia.

A única maneira de contra-atacar isso é algemando o maior número possível de civis e usando um ECM para interromper o funcionamento de aparelhos eletrônicos na área. Matar reféns não é a opção mais interessante, pois a violência pode resultar em grande perda de dinheiro no final do roubo.

O papel de cada classe do jogo

Mastermind: investindo nesta Skill Tree você pode ter desconto na compra de assets ou mesmo acesso a itens exclusivos na etapa pré-assalto (lembrando que só é possível comprá-los como host das partidas). Além disso, esta é a melhor classe para controlar multidões: quando bem evoluído, você tem acesso a cinco algemas e maior alcance de influência com cada grito ou ordem.

Isso significa que o papel do Mastermind em uma boa partida está relacionado à etapa inicial e, no decorrer do roubo, a garantir que nenhum alarme, celular ou pager seja acessado. Na pior das hipóteses, cabe a ele minimizar a chance que algum desses elementos entregue o assalto, ganhando tempo para seus colegas.

Outra habilidade útil é a chance de intimidar guardas. Diferente do primeiro jogo da série, esta não é mais uma habilidade universal, exigindo uma skill específica para usá-la. De resto, as regras de Payday: The Heist voltam a valer: não é possível intimidar unidades especiais; você pode melhorar as chances de intimidar um guarda, policial ou SWAT se ele já estiver ferido e se não houver outro policial em sua linha de visão. Seu valor em evitar um tiroteio nos primeiros minutos, portanto, é inegável.

Enforcer: apesar de ser a classe mais focada em ataque, o Enforcer traz debaixo das mangas uma maneira muito bem-vinda de agilizar certos furtos: uma serra portátil. Com ela é possível abrir boa parte das portas e cumprir objetivos com maior rapidez. Exemplos envolvem as caixas de depósito em Bank Heist e as grades de contenção que guardam os quadros em Framing Frame.

Jogadores interessados na vantagem, entretanto, precisam se lembrar: a serra ocupa um espaço do inventário como se fosse uma arma, então, literalmente, você vai ter que sacrificar poder de fogo pela ferramenta.

Ghost: furtivo por natureza, um Ghost pode se mover com agilidade e de forma silenciosa, mas também pode ser equipado com maior defesa e poder de fogo (submetralhadoras ainda são o ideal para a classe, vale salientar). Seu papel no assalto envolve geralmente desarmar sistemas de segurança ou impedir temporariamente a ação de pagers, alarmes, câmeras e celulares.

Sua ferramenta principal é o ECM, cujo campo eletromagnético desabilita equipamentos eletrônicos próximos. A ação é temporária, então o ideal é cumprir a missão rápido se você precisar depender dele. Um bom momento para usá-lo é geralmente logo no começo, evitando que civis ou guardas acessem seus celulares e pagers. A partir daí, você tem uma meta de tempo para concluir o que for necessário e partir sem precisar causar alarde. É um truque especialmente prático para missões rápidas, como Jewelry Store e o primeiro dia de Framing Frames.

Além disso, um ECM bem evoluído pode paralisar inimigos por alguns instantes e, mais importante, abrir automaticamente portas travadas eletronicamente, sem precisar de furadeiras barulhentas ou cartões especiais. É especialmente útil para acessar salas de segurança e desabilitar os sistemas locais definitivamente. O ECM, entretanto, tem uma chance de alertar guardas, então seu uso não está livre de riscos.

Technician: C4 é o nome do jogo, baby! Mas não pense em explodir pessoas com ele. O ideal é evoluí-lo para conseguir arrombar cofres (um deles é o bastante para os menores e quatro dão conta dos cofres grandes). Porém, para sequer usar o C4 como algo além de uma mina, é preciso investir em 12 níveis, o que significa que você vai passar um bom tempo de jogo evoluindo e gastando experiência, e terá que sacrificar, nesse decorrer do tempo, melhorias para turrets e furadeiras. Um Technician pode conseguir acesso a drills mais silenciosos, o que pode vir a calhar no futuro, então saber escolher é a chave.

Spending Cash

Spending Cash seria grosseiramente falando, o dinheiro mesmo, o Dollar, o dinheiro que você gasta consigo mesmo.

Com o Spending você poderá gastar no seu personagem, comprando e editando máscaras por exemplo e também gastará em armas e modificações para as mesmas.

O Spending Cash é mais difícil de conseguir do que o Offshore, você ganhará com menos frequência. Por exemplo, é comum você ganhar 6 Mil de offshore e 1 Mil de spending no final de uma partida. A diferença de valor ganho é grande. Portanto se está iniciando agora, procure não gastar com porcarias.

Offshore Cash

O Offshore você não poderá gastar em máscaras e armas, diferentemente do Spending, o Offshore você gastará para comprar salas. Sim, cada missão é paga, se você entrou em algum servidor já feito, saiba que alguem pagou pela missão, assim como você pagará para seus amigos quando ficar full no game.

Como dito anteriormente, o Offshore é recebido em maiores quantidades, porém, é muito fácil você gastar ele de uma vez. Quando você vai comprar uma missão, quanto mais difícil você coloca, mais caro é, mas mais lucro você terá. Mas, como estou falando com iniciantes, procure por missões mais fáceis para pegar confiança e se familiarizar com o game.

Melhores armas e Mods

Caso você não tenha absolutamente nenhuma DLC, o que é comum já que o jogo base foi dado de graça uns meses atrás, você com certeza está usando as armas padrões. Mas já se perguntou qual é a melhor arma padrão pra usar?

A melhor arma padrão não está liberada logo de cara, estou falando da AK Gold. Para conseguir desbloquear ela e vários outros itens, é muito simples, você deve ir até a página do jogo (com o jogo fechado) e clicar em “seguir”.

Feito isso você pode abrir seu jogo normalmente e receberá vários itens exclusivos, incluindo a AK Gold.
Você poderá editar a arma desde que tenha mods disponíveis para rifles AK. Tome cuidado pois as Aks desse jogo não possuem muita bala e você com certeza ficará sem munição se sentar o dedo!

Skills e Perks

Esse tópico é um pouco mais complicado de explicar, então usarei imagens para que fique mais claro.

O primeiro erro que um novato comete no game é misturar as skills de Loud e as skills de Stealth no mesmo set

Como assim? Tem como separar? Sim, tem como e é aí que você melhora seu personagem em 100%.

A primeira coisa que você deve fazer para separar suas Skills, é abrir o Set no inventário, desse jeito:

Depois de abrir suas skills, você deverá apertar no botão superior direito “Switch Skill” ou simplesmente a tecla “S”

Feito isso, abrirá uma janela para que você troque e compre Sets de skills. Para começo de conversa 2 está de bom tamanho, um para Stealth e um para Loud. Assim você podera aproveitar seus pontos ainda mais para cada um deles. Quando for jogar Stealth, selecione suas skills de Stealth e quando for jogar Loud, selecione suas skills de Loud. Easy Peasy!!

Infamous

Infamous é o mais desafiador nível do PAYDAY 2, está preparado para encarar 2500 níveis? ÓTIMO!

Quando um jogador chega ao nível 100, ele tem a opção de se tornar o primeiro nível infamy. Legal, mas o que isso significa exatamente? Isso significa que o jogador perderá a maioria das coisas que conquistou até agora, isso inclui: nível (sim, você voltará para o nível 0), dinheiro, skills e perks, porém, não inclui armas e máscaras. Você apenas terá que conseguir o nível adequado para poder usar cada arma novamente.

Quando um jogador começa seu primeiro nível de Infamy, ele receberá um bônus de XP por partida, e esse bônus só aumenta a cada nível! Ou seja, você não sofrerá o tanto que sofreu para pegar o nível 100 pela primeira vez e sofrerá cada vez menos, até o nivel XXV do infamy.

Sem contar o XP extra, o jogador também poderá desbloquear Skills Infamous! Skills super boas e úteis que apenas jogadores com esses níveis podem obter!

Para um jogador ir do infamy I para o II ele deverá chegar ao nível 100 como infamy I, recomeçando tudo, e de novo, e mais uma vez, e outra, e outra, até chegar no majestoso e tão desejado XXV-100.

Os 5 primeiros níveis de Infamy (I, II, III, IV e V) o jogador perderá todo seu dinheiro, incluindo Offshore. A partir do Sexto nível de infamy isso não acontecerá mais, mas você ainda perderá suas skills!

Sei como isso pode ser chato, especialmente no começo. Por isso vou dar algumas dicas para você se sair bem no seu primeiro nível Infamy.

Perderei todo meu dinheiro, como comprarei salas pra jogar então?

Você perderá tudo, ou seja, compre o máximo de armas caras possíveis, compre a arma mais cara do jogo até seu dinheiro acabar. Faça um estoque delas no seu inventário e então vire infamy. Assim que seu dinheiro sumir, você volta no inventário e vende as armas que comprou!
Sim, você perderá dinheiro, pois não irá vende-las pelo preço de compra, mas é melhor que nada!

Mais Missões, Mais Dinâmicas

Em Payday 2, há cinco vezes mais cenários do que em Payday: The Heist, acessíveis por meio do nosso novo sistema dinâmico de distribuição de missões, Crime.Net. A Crime.Net é a central de missões onde os jogadores podem escolher entre uma grande variedade de dificuldades, cada uma fornecendo, proporcionalmente, mais dinheiro e experiência conforme os riscos aumentam. As missões em si são insanamente dinâmicas e aleatórias, então tudo muda, incluindo a posição das câmeras de vigilância, o número de civis, a posição do cofre e até o local onde o carro de fuga aparece (isso quando aparece!). Isso adiciona muita longevidade à experiência de Payday. Temos inclusive serviços que duram mais de um dia, então podemos mudar os mapas durante um grande roubo ou até mesmo interrompê-los dinamicamente com um mada completamente novo (chamado de “fuga”) se as coisas começarem a dar muito errado em um roubo. Você não vai querer acabar sangrando e de cabeça para baixo dentro do seu carro quando deveria estar tomando alguns drinques no esconderijo.

O Esconderijo

Quer um lugar seguro e praticar a sua habilidade de abrir fechaduras sem levar um tiro na cara? Ou admirar as suas pilhas de dinheiro no seu próprio cofre? Ou testar algumas das novas modificações para a sua arma? Vá para o seu esconderijo onde tudo isso (e mais) está disponível para você.

Dicas para quando o plano vai pelos ares

Mate um Shield o quanto antes. Ele pode não causar muito dano, mas é o único inimigo que pode te balear constantemente e sair impune, o que o faz o pior adversário do seu precioso escudo.

Plante uma turret no campo de visão de uma unidade especial e ela irá se focar automaticamente em seu amiguinho mecânico, abrindo espaço para que seu time ataque sem se colocar na linha de disparo inimiga.

Três vezes derrubado e é cadeia para qualquer um dos integrantes do time. É possível zerar esse contador toda vez que você consome um suprimento médico. Levar Masterminds munidos de Medical Supplies é uma boa maneira de garantir um bom ataque.

Reféns tem o óbvio valor de item de troca caso algum dos seus companheiros seja preso, mas eles têm uma utilidade extra: quanto maior for o número de reféns e civis ainda dentro do prédio, mais receosa a polícia fica em enviar novos grupos de assalto, e mais tempo os jogadores terão entre cada ataque. Dessa maneira, você tem um maior intervalo para concluir seu roubo sem precisar se preocupar com ondas de policiais na sua cola.

Tendo problemas em abrir um cofre no calor do momento? Lembre-se que, para escolher outras ações enquanto arromba o cofre, é preciso mirar em seu centro!

Lembre-se: atirar na direção geral de um policial serve para suprimir suas ações, e ele pode parar de atirar por algum tempo. É um bom truque para se mover de um lado para o outro.

O Bulldozer é seu pior pesadelo, por isso você não vai querer encará-lo. Muito pelo contrário: mire todos os seus tiros no visor de seu capacete para minimizar tempo de combate e use explosivos (um C4 bem posicionado mata um deles na hora). O mesmo vale para qualquer unidade de armadura.

Referências:

Playstation Blog, Steam Community, techtudo, wikipedia.

South Park: The Stick of Truth

South Park: The Stick of Truth é um jogo eletrônico do gênero RPG de 2014, desenvolvido pela Obsidian Entertainment, com a colaboração de South Park Digital Studios, e publicado pela Ubisoft para PlayStation 3, Xbox 360 e Microsoft Windows. O jogo é baseado na série de desenho animado estadunidense South Park, o enredo é centrado no “garoto novo”, que se muda para a cidade de mesmo nome, envolvendo-se em uma épica guerra de fantasia RPG entre seres humanos, magos e elfos, que estão lutando pelo o controle de um objetivo super poderoso, o Stick of Truth (Cajado da Verdade). O jogo sai completamente fora do controle, levando-os em conflitos com alienígenas, zumbis nazistas e gnomos, ameaçando a cidade à destruição.

O desenvolvimento começou em 2009, após os criadores de South Park, Trey Parker e Matt Stone, aproximarem da Obsidian com a ideia de fazer um jogo RPG projetado para refletir exatamente a série de televisão. Parker e Stone estiveram envolvidos ao longo da produção do jogo: eles escreveram o enredo, foram consultados sobre o projeto e expressaram vários personagens da série. South Park: The Stick of Truth teve uma produção turbulenta; a data de lançamento foi adiada várias vezes a partir da data programada em março de 2013 até o lançamento em março de 2014. Houve também uma mudança de editora na sequência da falência da THQ, editora original. Os direitos do jogo foram comprados pela Ubisoft no início de 2013.

South Park: The Stick of Truth foi objeto de censura em algumas regiões devido ao seu conteúdo, que inclui abortos e imagens nazistas; Parke e Stone substituíram as cenas com explicações detalhadas sobre cada. O jogo foi lançado com críticas positivas, que elogiou o roteiro de comédia, o estilo visual e a fidelidade ao material de origem. Ele recebeu críticas por falta de combate e técnicas difíceis que retardaram ou impediram o progresso. A sequência, South Park: The Fractured but Whole, está agendada para ser lançada em 2017, ao lado de uma versão de South Park: The Stick of Truth para PlayStation 4 e Xbox One.

Tela de criação de personagem

Sua roupa, seu jeito, sua cara

É aqui que você escolhe sua aparência e monta um perfil inicial. Essa parte é fácil. Mas o Cartman, de qualquer jeito, vai te achar um fucking-cão-chupando-manga com a roupa mais ridícula do mundo.

Classes

Chegou o momento de escolher sua classe, ou seja, que define os tipos de habilidades que você tem e como vai lutar durante as batalhas. No fim das contas, você é insignificante e o Mago Rei podia dar conta de encontrar o Bastão da Verdade sozinho. Mas como ele é um cara muito legal, vai deixar você participar da brincadeira.

Você vai conhecer a galera da vizinhança conforme for jogando. Isso é uma parte muito importante porque, sabe como é, networking te leva à melhores oportunidades. Não esqueça de adicionar todo mundo e fazer seu “feici” bombar.

“Mova sua bunda, Idiota”: você vai descobrir como a interface do jogo é simples.

Todo mundo tem nome de guerra em um RPG. Teoricamente, você escolhe algo que acha sensacional. Só que, nesse jogo, quem manda é o Cartman e ele diz que seu nome vai ser “Idiota”. Não adianta discutir, ele não vai te chamar de outro jeito.

Na galeria, ali de cima, tem várias imagens com um pouquinho da interface. Seu inventário, a loja de equipamentos, os bichinhos especiais que você captura e coleciona e seu caderno de missões. Tudo muito fácil de entender.

Referências aos episódios

Se você não acompanhou a série de TV de South Park e gostaria de jogar o game, não se preocupe. É possível curtir a história do jogo mesmo sem entender algumas das inúmeras referências colocadas na aventura. Caso você esteja curioso para entender os detalhes e piadas, pode começar pela trilogia “Black Friday”, que são os episódios 7, 8 e 9 da 17° temporada. Eles serviram como um prólogo para entender a origem da brincadeira das crianças no game.

Como começar a sua aventura

Ao entrar no menu inicial, escolha a opção “Novo Jogo” e siga as instruções para selecionar o nível de dificuldade e criar o seu novo personagem. O game não é difícil, até mesmo em níveis mais altos, e você poderá aproveitá-lo no tempo que quiser. Ele também conta com legendas em português para facilitar o entendimento das piadas e narrativa. Para selecioná-las, basta você mudar o idioma da interface da sua plataforma. Acesse as opções do PS3, Xbox 360 ou na sua conta do Steam para selecionar o idioma da interface e colocá-los em português.

Após a animação inicial, você deverá completar a primeira missão do jogo para fazer amigos. Encontre o personagem Butters à direta e siga-o para a casa do Cartman. Siga o pequeno tutorial para aprender os primeiros comandos em combate. Nesta parte não há muitas dificuldades, mas é necessário um pouco de atenção para completar os golpes.

Importante: O sistema de combate segue o estilo dos jogos de RPG, sendo realizado por turnos. Os ataques tem tempo certo, então fique atento para os comandos que aparecem logo abaixo. Siga os controles e aperte os botões pedidos no momento certo para realizar seus ataques. Golpes fora do tempo certo causam menos dano ou falham.

Interface e Comandos

A interface também segue o tom bem humorado de South Park, fazendo referências ao episódio “Você tem 0 Amigos”. Familiar a uma página do Facebook, seu menu principal reúne todas as informações do seu personagem, habilidades, mapa e até mesmo mensagens dos personagens do jogo em um mural. Você poderá atualizar habilidades, conferir suas missões e ainda pegar dicas em mensagens dos personagens. Vale lembrar que para pegar as dicas é necessário explorar o mapa e conversar com outras pessoas, para convidá-las para sua rede social. Fique atento aos pontos de interrogação mostrados no mapa, pois estes guiarão você pelas missões, mostrando onde deve ir e o que fazer.

Os comandos tem diferenças muito distintas entre as versões de console e as de PC. Usando o mouse e teclado, você controla seus personagens com os botões A, W, D e S e seleciona as habilidades no combate com o uso do mouse. Já nas versões de PS3 e Xbox 360, os comandos no controle são muito semelhantes, e para mudar as opções você deverá usar os botões superiores como R2 ou LT e selecionar as opções usando o analógico. Uma dica é usar o controle do Xbox 360 no PC, pois ele permite um controle melhor dos movimentos em combate e é mais preciso para acertar o tempo correto dos ataques.

Escolha diferentes classes e equipamentos

Ao criar seu personagem você terá quatro diferentes classes pra escolher, sendo elas o Guerreiro, Mago, Ladrão e a curiosa classe de Judeu. Na hora de escolher, tenha em mente que cada classe possui habilidades especiais específicas, todas inspiradas na série de TV e com diversas piadas. Já na hora de escolher seus equipamentos, não se preocupe. Não existem restrições ou equipamentos certos para cada classe, e tirando certas roupas que o personagem Cartman dá ao seu, você poderá equipar quase todas.

Sua roupa consiste em uma fantasia bem criativa que pode variar de tema. Para consegui-las, você deve juntar dinheiro e explorar diferentes lugares do jogo. Elas podem ser desbloqueadas em missões ou podem estar escondidas, e é necessário ter o level certo para usar determinadas roupas. Os acessórios são variados e podem ser encontrados da mesma forma, ou comprados. Você pode usar perucas, óculos e até mesmo barba. A maioria dos acessórios fazem referências aos episódios e vão lhe garantir diferentes bônus para usar em combate.

Realizando missões

Para evoluir o seu personagem e avançar no jogo é essencial que você complete as missões (quests) e entre em combates para ganhar experiência. Como características dos clássicos RPGs, você precisará ganhar experiência para atingir níveis maiores, para assim poder equipar novos equipamentos e derrotar inimigos mais fortes. As missões principais, marcadas por pontos de interrogação amarelos e azuis, avançam a história principal do jogo, enquanto os pontos cinzas são missões opcionais que lhe darão itens bônus e também experiência extra.

Procure pelos pontos no mapa ao acessar o menu principal. Clique nos pontos de exclamação para ler as informações pedidas na missão e se guiar. Usando os pontos você encontrará facilmente seus objetivos e saberá o que fazer para completar cada missão. Siga as instruções e complete o maior número de missões possíveis para subir de nível, conseguir itens e coletar objetos colecionáveis.

Sistema de combate

O sistema de combate é muito simples, seguindo a ideia de ter sido criado pelas crianças da quarta série. Ao encontrar e encostar nos inimigos pelo mapa, você automaticamente entrará em combate e contará com a ajuda de parceiros para te ajudar. Use os botões R1 ou RT para trocar de companheiro no controle ou selecione com o mouse no PC. Seu companheiro também ganhará novas habilidades com o tempo. Lembre-se que ao trocar, o outro personagem não poderá atacar no mesmo turno. Ataque primeiro seus inimigos antes de entrar em batalha para começar o turno atacando.

O combate é realizado por turnos onde cada jogador terá sua vez de atacar. Você poderá usar um item por turno e um ataque, seguindo sempre as instruções de cada um e tentando acertá-lo no tempo certo pedido. Fique atento para as suas barras em combate, que são as de HP ou vida, a de PP ou “Power Points” e sua barra de Mana. Você precisará das duas últimas para realizar ataques, usando a de PP para golpes especiais e a de Mana para habilidades. Cada ataque especial e habilidade usada gastará os pontos das suas barras.

Para se defender, você deverá ficar atento ao tempo de ataque do seu adversário. Ao ver um circulo cinza abaixo do seu personagem, pressione o botão de ataque no controle ou no mouse para bloquear um ataque. Quando mais preciso, melhor será o seu bloqueio. Você também pode invocar criaturas durante o combate, mas a invocação só pode ser usada uma vez por dia. Para ganhá-las você precisa visitar os moradores de South Park e realizar tarefas pra eles. Para invocar a mesma criatura, você precisará retornar ao morador e falar com ele para ter acesso a ela novamente.

Importante: Compre ou explore para coletar itens de recuperação, como lanches, refrigerantes e comidas fortes que recuperam suas barras de HP, PP e Mana. Lanches maiores recuperam quantidades maiores de vida, assim como outros itens para as outras barras. Vale lembrar que você poderá usar apenas um item por turno, então escolha com cuidado.

Itens colecionáveis

Fazendo novamente referências aos episódios, o game conta com diversos objetos colecionáveis que podem ser coletados ao longo da aventura. Alguns estão em locais de fácil acesso, mas outros precisam de uma atenção especial por estarem bem escondidos, além de precisarem do uso de habilidades específicas. Um dos itens colecionáveis são os famosos Chinpokomon, uma sátira ao desenho Pokémon feita na série de TV. Acessórios também são itens colecionáveis, mas podem ser usados no seu personagens, garantindo bônus e até mesmo conquistas ou troféus se usados em determinados momentos.

Dicas básicas antes de começar o jogo

Escolha bem o seu companheiro de time (Conquista No Chilft Left Behind). Na minha opinião, para esse jogada no qual se deseja obter o 100% vale ressaltar os companheiros (não necessariamente nessa ordem):

BONS:

Kyle: Tem um bom dano e aguenta também bastante dano. Recomendo contra chefes.

Stan: Tira pouco dano mas é um bom tank. Recomendo contra chefes.

Jimmy: As skills dele auxiliam bastante, é um ótimo suporte. Recomendo contra inimigos comuns.

Cartman: Tem pouca vida e defesa, mas tem um forte dano em área. Recomendo contra uma grande onda de inimigos.

RUINS:

Kenny: Apesar de ser ótimo no começo do jogo, o Kenny durante suas skills pode morrer, colocando em risco assim a conquista.

Butters: Muitos dizem que é o melhor companheiro, talvez até seja. No seu perfil na seleção de Grupo é possível observar que Butters tem uma ”passiva secreta” do qual ele dobra a chance dos inimigos focarem ele, logo, você não vai desejar isso, ele pode morrer e pôr em risco a conquista.

Lembrando também é possível reviver os colegas antes da batalha acabar, porém efeitos como Sangramento e Incendiar pode matar o inimigo antes que você tenha tempo de reviver o aliado. Caso o aliado morra, recomendo você fazer reload no save antes da batalha acabar (o jogo faz autosave sempre).

Durante sua jogatina, converse com todos e interaja com tudo que puder. Abra todas as portas e portões e explore as casas.

A dificuldade não altera a obtenção das conquistas. Logo, você pode deixá-la em Casual para facilitar as coisas.

Upe ao máximo sua primeira habilidade (Conquista Mastery).

Não venda nada durante a campanha para poder desbloquear a conquista For the Hoarder. E também evite gastar dinheiro, pois no final você vai precisar ($175 para ser mais exato), dá pra finalizar o jogo fácil fácil apenas com os itens dropados/obtidos.

Referências:

Pure break, Steam community, wikipedia, techtudo.

Warface

Warface é um jogo eletrônico on-line free-to-play (gratuito para jogar) de tiro em primeira pessoa desenvolvido pela Crytek e distribuído no Brasil pela Level Up! Games.

O jogo é disponível na plataforma Windows, e foi produzido com o motor gráfico CryEngine 3. ele foi originalmente destinado para um lançamento na China. Em agosto de 2011, a Crytek anunciou que o jogo iria bater o record de vendas nos mercados ocidentais em 2012. Foi anunciado em julho de 2012, que a empresa Trion Worlds iria publicar o jogo nos Estados Unidos, Nova Zelândia, Turquia, Austrália e Europa. No Brasil, o Warface é distribuído pela Level Up! Games desde maio de 2013.

Em agosto de 2012 foi feito um anúncio de que Warface poderia estar vindo para consoles como Xbox 360 e PlayStation 3 em um futuro próximo. Em 28 de agosto de 2013, a Crytek anunciou que o Warface viria para Xbox 360 no início de 2014.

Em 28 de junho de 2018 foi feito um anúncio de que Warface chegaria para os consoles da Microsoft e da Sony. Até então as versões aceitas pelo jogo são; XBOX ONE e PlayStation 4. No entanto, a possibilidade de um cross-platform entre os consoles e a versão para PC foi descartada no início. Nos consoles, Warface possui uma economia de jogo totalmente diferente, quando comparada a versão tradicional do jogo. Há também o diferencial de atualizações, no qual são aplicadas de forma desvinculada com a versão para computadores.

Introdução 

O artigo que se segue é uma série básica, mas muitas vezes esquecida, de dicas e truques que vão ajudá-lo a ser um melhor companheiro, líder do esquadrão, e jogador de Warface como um todo. Para os jogadores mais experientes, você pode achar que você já sabe uma boa quantidade destas dicas, e provavelmente se beneficiar mais de tutoriais mais robustos, dicas, vídeos e afins. Sinta-se livre para adicionar suas próprias dicas que você acha que seria útil aqui!

Entrada diária

(Edição para PC somente), recentemente implementado, esse recurso incentiva logins diários consecutivos, o que lhe dá recompensas. Mais especificamente, aqui estão o conjunto detalhado:

Dia 1- 6 Horas de Smoke Grenade (Red) (Todas as classes)
Dia 2 – 6 Horas de Flashbang (Todas as classes)

Dia 3 – 2 Anti-Pessoal Mines (Sniper e Engenheiro)
Dia 4 – 6 Horas de canivete (todas classes)
Dia 5 – 6 Horas de ZX84 USP (todas classes)
Dia 6-  2 Moedas de Ressuireição (Todas as classes)
Dia 7-  7 Dias de Frontline Vest (todas classes)

Dia 8 – Recomeça com o Dia 1

Entre diariamente! Quanto mais consecutivamente você faz login, as mais lucrativas as recompensas são!

As recompensas costumam mudar com as atualizações.

Jogo básico

Você pode jogar Warface casualmente, o correspondente do sistema é adequado, se não sem falhas, e as missões costumam levar de 5 a 30 minutos, dependendo da dificuldade. A duração da missão torna mais fácil para as pessoas de acordo com a quantidade de jogadores.

Há também um grande bônus para os jogadores casuais de missão (novas missões PvE aparecem a cada 24 horas). Se você jogar apenas algumas missões por dia, então você terá uma nova missão de todos os dias.

No entanto, todos os itens precisam ser reparados regularmente e todos os itens do jogo são temporários, que podem durar de 6 horas a um mês (se utilizado de forma conservadora). Tal como acontece com a maioria dos outros jogos FPS multiplayer free-to-play, os jogadores casuais podem ficar sem equipamento e acabarem progredindo muito mais lentamente do que os jogadores mais hardcore. Mas tudo ainda é desbloqueável com o tempo, e Warface é definitivamente muita diversão para todos os jogadores.

Fazer Dinheiro  

Uma das maiores queixas nos fóruns Warface é o quão difícil é para ganhar dinheiro no jogo. Geralmente, não é o preço do novo equipamento; ao contrário, é a reparação dos custos do referido equipamento que faz as reclamações. Muitas vezes a recompensa de uma missão com êxito mal cobrem os custos de reparos, as missões fracassadas ​​são pura perda. Aqui estão algumas dicas para ajudar você a ganhar mais dinheiro:

Complete as missões pelo menos uma vez por dia, como também a obtenção de um bônus, uma vez por dia.

Equipamento padrão não requer reparos . É possível completar qualquer missão com equipamento padrão, e certamente missões fáceis. Embora seja tentador para trazer o melhor equipamento que você tem que a missão é muito melhor salvar a armas e armaduras poderosas para as missões PvE difíceis ou o jogo ocasional PvP. Desta forma, a sua arma vai ajudá-lo a vencer as lutas que você teria de outra forma perdida, enquanto as armas padrão vão chegar através de missões fáceis e sem custo de manutenção.

Tente jogar em uma partida de PvP ou duas; Descobri que PvP corresponde colher mais recompensas do que as missões co-op, embora mais difícil de garantir a vitória. Naturalmente, este método se baseia em suas habilidades em PvP. Missões hardcore são tipicamente as mais rentáveis.

Como último recurso, o dinheiro aumenta conforme o valor dos prêmios das missões. Isso provavelmente não é uma solução eficaz se você é jogador casual, e isso só vai mostrar o seu valor em missões completadas; missões fracassadas voltam poucas recompensas suficientes para que um aumento seja notado.

Seja agradável com seu médico 

O médico da equipe é a única coisa que está a sua vida e a morte. 

Se você quiser ser revivido ou curado, não tente desviar para fora para o fogo inimigo tentando ser “Rambo” ou obter algum tipo de 360-no scope. Em vez disso, tente pensar taticamente a fim de ter menos danos e fazer estrago nos inimigos. Todo mundo morre, eventualmente, mas tente tornar fácil para que seu médico o reviva, onde seria fácil para reviver você. Médicos não vão sair ao ar livre ou dentro do grupo de inimigos apenas porque você era burro o suficiente para enfrentar 10 homens do esquadrão inimigo sozinho. Utilize coberturas, fique com a equipe, evite espaços abertos – o que irá fazer o trabalho de médico mais fácil e suas chances de sobrevivência muito melhores.

Você tem todo o tempo do mundo 

A pontuação missão co-op não afeta o pagamento, mas afeta a recompensa, por isso é tentador correr para a frente. No entanto, ser morto não lhe renderá essas coroas, por isso acho que taticamente, não corra riscos desnecessários, e ajude seus companheiros de equipe.

Conheça a missão  

As missões são repetíveis: jogue a missão várias vezes e se familiarize com o mapa, rotas disponíveis, os locais de spawn inimigo, scripts de eventos, pontos de emboscada e tente encontrar posições táticas para cada uma das quatro classes. Se você estiver jogando hardcore co-op. saiba que tem fogo amigo! Um par de balas não vai causar danos, no entanto, se você descarregar um pente sobre seus amigos você vai matá-los e isso não é bom.

Conheça sua equipe 

É melhor se você está jogando com alguém que você já jogou antes, tem chat de voz para coordenar as ações da equipe, e assim por diante. Se você não tem isso, leve algum tempo para descobrir seus companheiros de equipe – eles parecem saber o que eles estão fazendo? Será que eles gostam de correr ou eles levam tempo para curar e reabastecer? Eles são lobos solitários ou eles tentam trabalhar em equipe? Tenha em mente que as missões co-op mais difíceis são praticamente impossíveis de terminar sem algum tipo de trabalho em equipe.

A cobertura está disponível, utilize 

Os mapas de missão fornecem uma grande quantidade de cobertura – use-as. Lembre-se de que nem toda cobertura funciona da mesma forma: pranchas de madeira vai tornar mais difícil para o inimigo para alvejá-lo, mas as balas ainda ir direto através dele para que você ainda possa tomar dano; um carro queimado pode fornecer uma boa cobertura se você ajoelhar-se atrás dele, mas um franco-atirador em um terreno mais elevado, poderia ter ainda um ângulo para te acertar.

Sair do meio dos tiros. Essa deve ser sua prioridade número um para chegar á cobertura, se você está tomando tiros; Além disso, não tente atirar de volta. Provavelmente, você vai perder, e no tempo que você levou para atirar e ser morto, você poderia ter deslizado para cobertura. Você vai até a cobertura e fica lá! Você pode não ter uma chance clara para o inimigo da sua posição – deixe seus companheiros de equipe cuidar dele, ou considere a situação tática e passe para uma posição melhor. Mas ficar em céu aberto é pedir pra morrer.

E tudo acima é especialmente importante durante as missões defensivas, se você está defendendo contra as ondas de soldados. Você tem que lembrar que coisa importante não é quantas pessoas você matou, é quando muitas pessoas não conseguiram matá-lo que importa; Se esconda, use da cobertura, não se afaste muito da equipe, ajude seus companheiros de equipe, e espere o tiro certeiro. Em última análise, é mais benéfico para a equipe que os jogadores se mantenham vivos, e não que matem bastante.

Nota: Algumas das missões mech lhe dão cobertura, como carros queimados. Se você esconde atrás de uma delas durante foguete barragem do mech, você pode encontrar-se sem cobertura em breve, porque o mech pode destruir essas barreiras.

Dicas para cada classe 

Médico  

Não subestime a sua arma, mesmo os mais básicos têm alcance surpreendente e precisão considerável. Revólveres deixam a desejar, mas você ainda pode tirar snipers a uma distância considerável com sua arma.

Desfibrilador pode ser usado como uma arma branca – é lento, mas muito poderoso Mais importante ainda, desfibriladores dão grandes quantidades de dano ao Heavy Gunners: espere até o Juggernaut começa a recarregar, corra até ele e de o choque.. Vai funcionar, independentemente de você atacar a partir da volta ou não, mas ele vai entregar muito mais dano se você aplicar um choque diretamente a unidade de potência.

Espingarda – Absolutamente devastador de perto, ela pode facilmente eliminar os inimigos dentro de poucos metros.Tenha em mente que a maioria das espingardas lentas para recarregar de modo que carregar em meio a batalha pode custar sua vida. Por outro lado, lembre que a maioria das espingardas recarregam um tiro de cada vez e pode ser disparado mesmo no meio de recarregamento! Use isso a seu favor!

Reconhecer as causas perdidas – uma coisa que você tem que aceitar como médico é que você não pode salvar a todos, e alguns não vale a pena salvar. Você não vai ajudar ninguém morrendo mesmo, para aprender a reconhecer as causas perdidas. Se companheiro morre em campo aberto em um local coberto por dois atiradores inimigos e uma colocação metralhadora – tentar ressuscitá-lo é simplesmente morrer junto com ele. Deixe-o; você vai servir melhor seu elenco, curando aqueles que sabem como usar cobertura.

Esteja preparado para se concentrar na cura. Seu papel principal em todos os tempos é a de manter o esquadrão vivo e saudável, mas é duas vezes mais importante em missões defensivas e Safari. É possível e até provável que, em tais missões você nunca vai ter a chance de matar alguém. No entanto, sem um médico qualificado e dedicado tais missões inevitavelmente vão falhar.

Atirador  

Deitar vai ajudar o objetivo constante e aumentar a precisão especialmente para LMGs, não se esqueça de deslizar!

Dê munição aos companheiros que precisam! Ninguém gosta do atirador que está muito ocupado correndo à frente sozinho para encher alguém munição.

Engenheiro  

Sempre ajudar o médico com uma armadura ou o médico vai morrer facilmente.

Certifique-se de reparar o seu outro companheiro de equipe. Armadura pode não ser tão boa como a saúde, mas ajuda a manter viva mais jogadores do que apenas a saúde sozinho.

Use sua claymore em pontos de esquina ou perto de áreas onde você sabe que vai passar por inimigos. Isto é extremamente útil ao limpar quaisquer ameaças potenciais, antes de prosseguir. Isso pode funcionar muito bem contra soldados pesados, onde eles podem facilmente matar um jogador hardcore Coop e dizimar toda uma equipe em segundos, se não tomar cuidado rapidamente.

Sniper 

Tente ficar para trás quando a equipe avança para a batalha. Um bom atirador vai pegar os inimigos de longe e também salvar sua equipe ao ser flanqueado em fazê-lo.

Priorizar alvos no terreno alto ou longe como Demomen, Spec-Ops, ou outros snipers. É mais fácil para que você possa pegá-los do que um companheiro de equipe sem visão.

Use sua pistola se for necessário. Usar sniper á queima-roupa só irá limitar a sua FOV. Se você ficar sem munição em sua pistola, volte para a sniper e tente um tiro de sorte.

Em PvE – Vá para headshots! Um headshot é mais rápido do que um par de tiros no corpo e não vai comer munição como um fuzilamento faria. Além disso, atirar constantemente só vai nutrir maus hábitos e não vai fazer você melhor na pontaria.

Conheça seus inimigos 

Fique sabendo que tipo de inimigos que aparecem antes de ir para um jogo. Determinadas classes foram feitas para eliminar certos tipos de inimigos, por isso é melhor para conhecer a forma mais eficiente de lidar com uma situação.

Alternando seu armamento

Armas padrões, aquelas que você começa no jogo, não precisam de reparo. Você é capaz de completar as missões mais fáceis com esses equipamentos padrões. Procure deixar seu armamento mais poderoso para as missões mais difíceis ou confrontos contra outros jogadores.

Desta forma, seus equipamentos irão ajudá-lo a vencer combates que de outra forma perderia, enquanto que as armas padrões irão lhe ajudar a vencer missões mais fáceis com recompensas satisfatórias e sem custo de manutenção.

Jogue PvP

Tente participar de uma ou duas partidas PvP diariamente, no mínimo. O fato é que partidas PvP (jogador contra jogador) dão mais recompensas do que missões no modo co-op, apesar de serem mais difíceis. Obviamente, a quantidade de dinheiro ganho nessas partidas será proporcional às suas habilidades. Missões mais difíceis são as que mais bem pagam, é claro.

Proteções são suas amigas

Todas as missões possuem diferentes partes do ambiente para serem usadas ao seu favor. Jogadores familiarizados com o gênero FPS estão mais que acostumados a se abaixarem ao lado de alguma cobertura, reduzindo consideravelmente, se não totalmente, o dano recebido. Ainda assim, pense bem onde se esconder. Um carro no meio da rua pode parecer uma boa escolha, mas caso um sniper inimigo esteja escondido em um ponto mais vantajoso você ainda será um alvo fácil. Caso sua escolha de proteção não esteja funcionando, corra para a próxima. Ser o vitorioso fica meio complicado quando você está jogando com um Médico e tem que voltar para o mesmo ponto várias vezes para curar a mesma pessoa.

Customize tudo

Essa é uma das características mais bacanas do jogo. Antes das missões é possível acessar o fornecedor para adquirir peças novas para suas armas. E a partir do momento que você as equipa, elas estarão disponíveis a qualquer momento. Particularmente a classe Sniper é uma que se beneficia muito dessa funcionalidade. Mudando a mira e outras partes, fica ainda mais fácil se adaptar às diferentes situações encontradas dentro do jogo.

Referências:

Warface, Game Detonado, Techtudo, Wikipedia.

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain (メタルギアソリッドV ザ・ファントム・ペイン Metaru Gia Soriddo Faibu Za Fantomu Pein?) é um jogo eletrônico de ação-aventura furtiva com elementos de RPG, produzido pela Kojima Productions e realizado, desenhado, co-produzido e co-escrito por Hideo Kojima. Foi publicado pela Konami para Microsoft WindowsPlayStation 3PlayStation 4Xbox 360 e Xbox One a 1 de Setembro de 2015. The Phantom Pain é o oitavo título canónico na série Metal Gear e o sexto dentro da sua cronologia fictícia. O jogo serve como continuação para Metal Gear Solid V: Ground Zeroes, mas a sua história é anterior aos eventos ocorridos no jogo original Metal Gear original. Contém o mesmo subtítulo, Tactical Espionage Operations, usado pela primeira vez em Metal Gear Solid: Peace Walker.

A acção acontece em 1984, nove anos depois de Ground Zeroes, e segue o mercenário Punished “Venom” Snake,[N 1] à medida que este se aventura em África (no decorrer da Guerra Civil Angolana, na fronteira Angola-Zaire) e no Afeganistão durante a Guerra Soviética-Afegã, para procurar vingança sobre as pessoas que destruíram as suas forças e que quase o mataram durante os eventos ocorridos em Ground Zeroes.

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain teve um orçamento de produção superior a $80 milhões e é composto por dois projectos que já tinham sido anunciados pelo estúdio Kojima Productions, disfarçado na forma de um engano complexo. O primeiro é Metal Gear Solid V: Ground Zeroes, revelado originalmente numa demonstração do motor FOX Engine durante o evento de comemoração do 25º aniversário da série Metal Gear em Agosto de 2012. O segundo é The Phantom Pain, mostrado em um vídeo nos prémios Spike TV Video Game Awards em Dezembro de 2012, e apresentado como um produto da empresa fictícia Moby Dick Studios, com o logótipo de Metal Gear Solid V virtualmente escurecido. A 27 de Março de 2013 foi revelado a verdadeira natureza de ambos os projetos durante a Game Developers Conference, onde Kojima anunciou que Ground Zeroes serve como prólogo para The Phantom Pain e ambos os títulos combinam num único trabalho, editados separadamente.

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain recebeu aclamação universal por parte da critica especializada. Os elogios focarem-se nos seus visuais e sobretudo na jogabilidade, por conter mecânicas muito detalhadas e sistemas interligados que permitem dar ao jogador uma enorme liberdade na forma como aborda os objectivos. No entanto, a história foi objecto de alguma critica, com algumas análises a referirem a sua falta de foco e por ser muito dispersa, enquanto que outros reconhecem o seu poder emotivo e a exploração que faz de temas adultos. Metal Gear Solid V: The Phantom Pain recebeu pontuações perfeitas de várias publicações, incluindo Famitsu, GameSpot, God is a Geek, IGN, The Telegraph e a revista Time, descrito por alguns como o melhor da série assim como um dos melhores jogos do ano.

Encontre um bom ponto de observação e marque tudo

Antes de entrar em qualquer acampamento para encontrar inteligência ou resgatar alguém, considere dar uma vasculhada na região a procura de algum ponto de vantagem. Após isso, use o seu binóculo e vasculhe a área, procurando rotas de fuga e marcando cada um dos guardas que você encontrar. É possível marcar um número ilimitado de pontos de interesse com o binóculo (aproximando o zoom usando o direcional digital). Lembre-se disso para estar sempre um passo a frente do seu inimigo.

Faça as missões de interpretes

Você fala os dialetos africanos? E as línguas faladas no Afeganistão? Eu imagino que não, então pode ser uma ótima ideia você começar fazendo as missões de interpretes em cada um dos mapas para poder “desbloquear” as legendas dos diálogos dos inimigos. Dessa forma, você consegue entender o que eles estão falando e, muitas das vezes, isso é crucial para a sua sobrevivência dentro do jogo.

Interrogue os soldados

Informação é a alma do negócio em Metal Gear, e para obte-la, você precisa interrogar os soldados inimigos. Para isso, pegue-os por trás e interrogue-os, antes de coloca-los para dormir. É possível, aliás, usar inimigos sob a sua custódia para atrair mais soldados e organizar emboscadas.

Tranquilize mais do que mate

O tranquilizador é seu amigo, e você não ganha nada a mais ao matar os soldados adversários. Aliás, tranquilizando inimigos, você pode interroga-los depois, basta dar aquele chutinho de leve neles para acorda-los.

O Fulton é o seu melhor amigo

O “Fulton” é um equipamento que parece um balão e permite que você mande praticamente tudo de útil do jogo para o céu. Quando você faz isso, um helicóptero do seu time vai levar o que foi enviado para a “Mother Base” para integrar o seu arsenal.

A princípio você pode enviar somente coisas mais leves, como soldados para compor o seu exército e animais de pequeno porte que vão para uma espécie de zoológico da base. Com o tempo será possível enviar até mesmo veículos de combate.

Existem algumas coisas que você não deve fazer. A primeira é utilizar o “Fulton” em ambientes fechados, já que o balão vai estourar no teto. Fique sempre atento à porcentagem de sucesso da extração, que aparece abaixo do ícone do balão. Também não se deve utilizar esse equipamento na frente dos inimigos, que vão atirar no balão e disparar o alarme.

Enquanto não liberar o “Fulton” não há muito motivo para explorar, então foque em chegar até a missão que dá esse equipamento o quanto antes. Após consegui-lo, cada missão vira também uma busca por suprimentos. Com melhorias no binóculo é possível ver o nível dos soldados e então escolher os melhores para mandar para a sua base. Veículos e contêineres de suprimentos também estarão na lista de prioridades.

Desenvolver as habilidades do Fulton é algo que você quer fazer bem cedo dentro do jogo, já que com ele você pode mandar soldados, animais e basicamente tudo de volta para a sua base. A maioria desses itens tem uso dentro dela, e caso não tenham, você pode vende-los.

Procure pelos materiais nas bases inimigas

Na dica acima, você aprendeu a povoar a sua base de trabalhadores. Agora você precisa encontrar os materiais que eles vão usar para fabricar upgrades e afins. Vasculhar bases dos inimigos é fundamental para isso. Para você não ficar perdendo tempo procurando os itens às cegas, traga o seu cachorro nas missões, pois ele marca os itens automaticamente no mapa.

Atualize as plataformas e a sessão de P&D da sua base primeiro

Agora que você tem soldados e materiais, o que atualizar na base antes? A resposta depende do seu estilo de jogo, mas dois itens extremamente importantes são as sessões de P&D (R&D em inglês) e as plataformas. A primeira ajuda no desenvolvimento geral da base e a segunda aumenta os materiais que você ganha no mapa, além de agilizar o tempo de processamento deles.

Traga os amigos pra festa

O sistema de companheiros do jogo traz diversos companheiros disponíveis para acompanhar Snake nas missões. Cada um deles tem características próprias que são mais adequadas dependendo da missão em que você se encontra. Use-os sabiamente.

Use o binóculo para bolar sua estratégia

Preparação é a chave em “Metal Gear Solid V”. Cada nova missão ou invasão pode ser abordada de inúmeras maneiras e a sua escolha vai tornar o caminho mais fácil ou bem mais difícil. Principalmente se o objetivo for invadir sem disparar alarmes, saber a posição dos inimigos e seus equipamentos antes de a ação começar é essencial. Para isso existe o seu binóculo.

Você terá acesso a ele assim que chegar no Afeganistão, e ele será um dos seus melhores amigos. Os inimigos que você encontrar com o binóculo ficam marcados, mesmo após você parar de usá-lo. O mesmo vale para veículos, suprimentos, reféns e o que mais de importante você conseguir encontrar.

Sempre que for invadir um local, vá até uma área que dê visão suficiente, use o binóculo, marque tudo que conseguir e então decida a melhor estratégia. Esse é o meio mais seguro de jogar.

Use o Braço Biônico para atrair inimigos

O seu Braço Biônico não serve só para a estética do Big Boss, ele tem várias habilidades que vão sendo liberadas com o tempo. A mais básica delas é uma das mais úteis no início do jogo: chamar a atenção do inimigo.

Pressione LB para abrir o seu menu e então RB para emitir o som que o braço faz ao girar o punho, isso vai atrair o inimigo mais próximo sem alertar inimigos distantes, no melhor estilo “Assassin’s Creed”. Assim que o adversário chegar onde você está escondido, é possível usar o combate corpo-a-corpo para apagá-lo sem fazer barulho.

Procure o filhote de lobo

Há vários companheiros que podem te ajudar no campo de batalha, e o cavalo é apenas o primeiro deles. Um, em especial, precisa da sua atenção para ser pego: o D-Dog.

Esse lobo pode ser encontrado no deserto do Afeganistão e deve ser mandado com o “Fulton” para a “Mother Base” para que cresça e possa te ajudar nas missões. O seu poder é farejar os inimigos e identificá-los à distância, o que em determinados momentos é mais preciso que o binóculo.

Após as primeiras missões do jogo, fique atento para o barulho dos latidos e então procure-o para mandá-lo para a base.

Evolua o departamento de R&D

A “Mother Base” conta com diversas áreas e departamentos diferentes, onde você pode alocar seus soldados para executar diversas tarefas, desde missões em campo para trazer suprimentos até fazer pesquisas para novos e úteis equipamentos, bem como melhorias para os que você já tem.

Escolher quando melhorar cada área da base sem acabar com os recursos que também podem ser usados no campo de batalha para pedir reforço é a grande questão aqui. Na dúvida, foque no R&D.

Esse departamento é o responsável pelas pesquisas avançadas no que diz respeito a equipamentos e vai liberar as melhores ferramentas para evoluir o seu jogo, desde melhorias no binóculo até novas formas de usar o “Fulton”.

Mas não fique bitolado só nessa área: as outras também trazem melhorias interessantes que podem ser aproveitadas de outras formas.

Inimigos se adaptam

“Metal Gear Solid V” não deixa você abusar das mesmas estratégias sem tentar se adaptar. Vamos supor que você sempre tentará invadir os locais: equipe sua arma de tranquilizantes e derrube todos os inimigos com tiros na cabeça. Após algum tempo, eles vão utilizar capacetes que evitam seus dardos.

Isso vale para coletes, armamentos e até para forma como eles vão patrulhar o ambiente. Se você pegava os soldados adversários quando estavam sozinhos, eles vão patrulhar em equipe. Tudo isso para dificultar a sua vida.

Por esses motivos é importante variar a sua estratégia e diminuir as possibilidades de o inimigo se adaptar. Você pode usar seus soldados da “Mother Base” para fazer missões que visam destruir estoques de capacetes e coletes, por exemplo, evitando que na sua próxima incursão os espertinhos estejam preparados para sua chegada.

Viagem rápida

Viajar pelo mundo de “Metal Gear Solid V” não é tarefa trivial, nem mesmo a cavalo ou com veículos, especialmente se o objetivo for chegar em bases secretas que exigem voltas e voltas por florestas ou desertos. Para isso existem as viagens rápidas.

O meio é o mais caricato possível. Você usará uma das famosas caixas de papelão para se disfarçar de encomenda e ser levado por um caminhão inimigo até o ponto escolhido. Esses pontos precisam ser liberados primeiro.

Você identificará os pontos de viagem pela cor da chapa de metal alaranjada. Sempre que encontrar um deles, interaja com a placa logo na frente para liberar o local para viagens futuras. Agora basta entrar na caixa em cimada chapa de metal para ser levado.

Destrua equipamentos inimigos

As bases de inimigos contam com diversos equipamentos que os colocam em vantagem sobre você, portanto destruí-los vai virar esse jogo. Fique atento a radares, sistemas de segurança e até mesmo luzes de busca.

Ao destruir um radar, por exemplo, você permitirá que seu helicóptero pouse na base inimiga ou faça incursões para bombardear alvos e chamar atenção dos inimigos. Já destruir os sistemas de comunicação impedirá a comunicação dos seus alvos com outras bases, impedindo que eles peçam reforços. Tem ainda o sistema de energia da base, que ao ser destruído desliga todas as luzes, dando a vantagem das sombras se você escolheu invadir de noite.

Escolha a sua abordagem e quebre os recursos dos inimigos para ter sempre a vantagem.

Não menospreze as caixas de papelão

As caixas de papelão não são só piadas da cabeça louca do Kojima, são também equipamentos úteis no campo de batalha que vão muito além do “esconder para não ser visto”. Com as melhorias vindas da “Mother Base”, suas caixas são mais mortais do que nunca.

Um novo uso bem útil é colar os pôsteres que você acha pelo mundo nas caixas para distrair os inimigos, que param para olhar a bizarrice enquanto você se prepara para nocauteá-lo. Cada pôster tem um efeito diferente. Os militares fazem o inimigo bater continência para a caixa, já modelos de biquíni deixam eles bobos sem saber o que fazer.

Outro uso interessante das caixas é para descer colinas em instantes, já que se você correr e pular no chão com a caixa em uma descida ela vai deslizar em alta velocidade até chegar em um ambiente plano. Vai te lembrar dos bons momentos da infância e ainda acelerar o jogo.

Capturando os soldados perdidos de forma fácil

Vários soldados da antiga “Mother Base” estão vagando pelo mundo agora, sem rumo e desesperados por salvação. Diversas missões secundárias vão pedir para capturá-los de volta, já que são ótimos recursos para a sua base.

A tarefa, no entanto não é fácil, e ao primeiro sinal de perigo eles vão sair correndo como loucos e para capturá-los, especialmente nesse mundo hostil e repleto de inimigos, não vai ser nada fácil. Ainda bem que existem truques para isso.

Usar a caixa de papelão (olha ela aqui mais uma vez), vai fazer com que o soldado lembre que você é o Big Boss e venha bater continência para a caixa, o que dá abertura para mandá-lo com o “Fulton” para o céu e completar a missão.

Outra maneira fácil de atrair os soldados é usar música. Isso mesmo, é possível usar o seu I-Droid para reproduzir música que os seus inimigos ouvem. Fitas como “Love Deterrence”, “Paz’s Humming” e “Ride of the Valkiries” vão atrair os soldados até a sua posição.

Parte da história está nas fitas

Uma diferença brutal do “Metal Gear Solid V” em relação aos antigos está na narrativa. Aqui ela é bem solta e algumas vezes parece até perder pontas, sem aqueles monólogos do Snake ou conversas detalhadas sobre os resultados das missões.

Provavelmente com a treta do Kojima com a Konami por conta do tempo de produção, muito da história do jogo foi jogada nessas fitas cassete. Entre no seu menu para encontrar várias delas após cada missão, e lembre que as marcadas em amarelo contam coisas importantes da história.

Não é a forma ideal, já que fica cansativo escutar tudo, mas ao menos é um jeito de entender o que está rolando no mundo sem ficar perdido.

Muliplyer online

Acesso

Metal Gear Online foi adicionado a Metal Gear Solid V via atualização gratuita. Assim que abrir o jogo ele perguntará ao usuário se deseja realizar o download. Com a instalação concluída, Metal Gear Online estará totalmente acessível pelo menu inicial, na opção com o nome do modo multiplayer.

O que é

Metal Gear Online é a porção totalmente online e multiplayer de MGS 5. Não tem qualquer relação com a história ou a campanha, com exceção do personagem criado no início da narração, que aparece no menu de MGO. Aqui é possível participar de embates online contra outros jogadores e acumular pontos ou posições no ranking.

Criação de classe

Ao entrar pela primeira vez é preciso escolher a classe de personagem que vai te definir no jogo: Batedor é o soldado que atira de longe, especialista em rifles e abates; Vanguarda tem prestígio em média distância; e  Infiltrador é o personagem especializado em ataques mais corporais e próximos, com armas de curto alcance. 

Área livre

Assim que entrar no jogo o personagem ficará em área neutra, ainda fora das partidas online. Nesse espaço é possível configurar o personagem, definir armas e habilidades. Pode-se treinar táticas de abordagem, praticar a mira em locais de tiro e mais. A jogabilidade é idêntica a da campanha, com os mesmos comandos.

Modos online

Por enquanto, Metal Gear Online tem três modos distintos: Bounty Hunter, que funciona no esquema “azul versus vermelho” entre duas equipes que disputam o domínio do mapa; Cloak And Dagger, que deixa o desafio maior enquanto uma equipe inteira fica invisível e a outra precisa impedir seu avanço; e, por fim, Comm Control, que coloca os jogadores na disputa por pontos específicos de cada localidade. Novamente, a jogabilidade dos personagens nestes modos é idêntica a da campanha, então vai do gosto de cada pessoa em que tipo de partida prefere jogar.

Fulton e furtividade

Assim como na campanha, é possível eliminar os inimigos de duas formas no multiplayer: letal e não-letal. A forma letal é a que envolve armas e tiros ou golpes diretos nos adversários. Já a não-letal envolve abater seus inimigos sem que eles morram, para chegar próximo e realizar a extração com Fulton, como Snake faz na história com os soldados que abate. A furtividade sempre conta e também é levada a sério no multiplayer.

Objetivos e instruções

Uma boa dica é ficar sempre de olho nas instruções de cada partida que ficam na tela do mapa, ativada ao pressionar o botão de opções. Apesar dos finais fixos, cada partida pode mudar de acordo com o que os adversários fizerem. Não deixe de se atualizar para não perder a vantagem.

Dicas finais

Coloque C4 em veículos e use o “Fulton” neles para criar uma arma mortal contra helicópteros inimigos.

Matar inimigos não diminui o ranking da sua missão desde que você não seja visto, a escolha por ser letal é sua.

Use o “Fulton” em um contêiner e suba nele para deixar o campo de batalha direto para o seu helicóptero.

Com algumas melhorias no seu cavalo, é possível fazê-lo defecar nas estradas. Isso fará com que veículos inimigos derrapem ao passar pelo local.

Chapéus como o “Chicken Hat” e o Lil’ Chick Hat habilitam o modo fácil do jogo, caso você esteja com dificuldades.

Visite a base regularmente e atire dardos nos seus soldados para aumentar a moral do time mais rápido que ir falando com um por vez.

Há diamantes escondidos na “Mother Base”, interrogue seus soldados para achá-los.

Encontre um tradutor o mais rápido possível e então interrogue os inimigos para recursos superiores.

Use o “Phantom Cigar” para passar o tempo e invadir de noite.

Referências:

Critical hits, Uol, techtudo, wikipedia.

Dragon Age: Inquisition

Dragon Age: Inquisition é um jogo eletrônico de RPG de ação desenvolvido pela BioWare e publicado pela Electronic Arts. Sendo o terceiro jogo principal da franquia, Dragon Age: Inquisition é uma sequencia de Dragon Age: Origins e Dragon Age II. O jogo foi lançado mundialmente em novembro de 2014 para Microsoft WindowsPlayStation 3PlayStation 4Xbox 360 e Xbox One. Após o seu lançamento, Dragon Age: Inquisition foi amplamente aclamado pela crítica, com alguns o considerando um dos melhores RPGs já feitos na história.

Crie seu Inquisidor 

Quem você se tornará? Use a ferramenta robusta de criação de personagem do Dragon Age: Inquisition para explorar sua imaginação e moldar seu Inquisidor ou Inquisidora.

Lidere a Inquisição 

Recrute uma equipe de guerreiros lendários e lidere-a contra um mal ancestral que ameaça destruir o mundo.

Explore um vasto mundo 

O mundo de Thedas é enorme! Percorra florestas densas, orlas castigadas pelo vento, desertos áridos, pântanos assustadores e muitos outros ambientes.

Suas escolhas importam 

Alianças serão forjadas, inimigos serão feitos e você é quem está no controle. Como Inquisidor, você enfrentará muitas decisões e suas escolhas moldarão o mundo à sua volta.

Alguém disse dragões? 

Será que você consegue derrotar o maior predador de Thedas? Se conseguir, os espólios dessa batalha podem ajudar a Inquisição. Se falhar, vai acabar virando carne de churrasco.

Fabrique itens exclusivos 

Junte matérias-primas valiosas e planos de fabricação para criar novas armas e armaduras poderosas. Você também pode nomeá-las. Então, se quiser chamar seu malho de duas mãos cheio de pinos com +30 de dano a demônios de “Fifi”, fique à vontade!

Aventure-se com os amigos 

Entre on-line e participe de grupos de até quatro agentes da Inquisição no modo multijogador. Escolha seu caminho e a facção inimiga e batalhe por espólios e pontos de experiência para tornar seus agentes uma força temível.

Modo single player separado do multiplayer

Você não vai ver seus amigos surgindo na tela pra ajudar em uma quest. O modo multiplayer de Inquisition funciona separadamente. Na campanha… Você está por conta própria, meu caro.

Você controla quatro inquisidores

Apesar de você construir um personagem específico, durante sua jornada você controla quatro personagens e pode dar a eles diretrizes básicas de ataque.

A Visão Tática

Um dos recursos mais interessantes nas batalhas de Dragon Age é a sua Visão Tática. Para quem desconhece, trata-se de um recurso que congela toda a tela e mostra uma visão do alto, mostrando todo o terreno, inimigos e aliados. Enquanto ativa, a Visão Tática permite ao jogador coordenar ataques, visualizar atributos de inimigos e realizar estratégias a cerca da batalha.

Embora a função seja muito bem apresentada durante o combate, utilize-a para coordenar ataques antes que o inimigo veja você e o seu grupo. Por exemplo, há um bando de demônios em seu caminho, mas eles ainda não os viram. Ative a Visão Tática e comande ao seu grupo para flanquear o inimigo, se movimentando sorrateiramente. Caso queira uma tática mais agressiva, pode comandar aos arqueiros para dispara a distância em monstros menores, enquanto os guerreiros e os ladrões podem abater mais rapidamente um inimigo maior.

Visualize os atributos do inimigo para saber se eles são fortes demais ou não. Para isso, basta selecionar o inimigo e verificar sua energia. Deixe os inimigos mais poderosos para aqueles que podem absorver e causar muito dano, como guerreiros ou magos bem evoluídos.

Dragon Age Keep

Pra importar as escolhas feitas nos dois primeiros games da série, você precisa logar com sua conta da Origin no Dragon Age Keep. A aplicação gratuita também serve pra você, que não jogou os games anteriores, pré-determinar os rumos de sua história em Inquisition. 

Terceira história na linha do tempo

Inquisition se passa 10 anos depois de Dragon Age: Origins e alguns meses após os eventos de Dragon Age II.

Chantria

Na trama, Chantria é a organização religiosa dominante em Thedas e se originou dos ensinamentos da profetiza Andraste. O objetivo da Chantria é espalhar esses ensinamentos por todo o mundo e para todas as raças. Seus membros acreditam que todos os não humanos precisam de salvação, pois estão ainda mais afastados do Criador.

As raças de Dragon Age Inquisition

É importante conhecer um pouco do contexto que envolve as raças de Inquisiton e suas relações, por isso, lá vai:

Qunaris: Os qunaris são uma raça de gigantes chifrudos que seguem um rígido texto religioso chamado KÍÛN. Os que abandonaram esses princípios são conhecidos como Tal-Vashoth, e geralmente trabalham como mercenários.

Anões: Os anões são baixos e troncudos e a maioria passa a vida toda no subterrâneo. Aqueles que vivem em exílio na superfície geralmente são mercadores ou contrabandistas. Eles adoram uma entidade conhecida como “a Pedra”.

Elfos: Historicamente, os elfos são um povo oprimido, caracterizado por sua união e suas as orelhas pontudas. Ainda que a maioria sobreviva nas periferias mais pobres das cidades humanas, outros vivem como nômades e são conhecidos como dalishianos. Eles veneram o Panteão Élfico.

Humanos: Os humanos são a raça mais numerosa e poderosa em Thedas. Também são politicamente os mais divididos e parecem propensos a conflitos.

Magos e templários

As duas facções estão em Guerra. O conflito começou quando Anders, um mago apóstata, destruiu a Capela de Kirkwall com o grande clérigo ainda lá dentro. O motivo?

Tradicionalmente, os magos são controlados pelos templários, mas em Kirkwall os templários abusavam desse poder — não são os mesmos de Assassin’s Creed, ok? Anders era frequentemente possuído por um espírito de Justiça e não deixou barato ao ver os maus tratos dados aos magos da região.

A Revolta dos Magos de Kirkwall

Hawke, o protagonista de Dragon Age II, tenta impedir o conflito de magos e templários em Kirkwall. O Primeiro Encantador Orsino e a Comandante-Cavaleira Meredith são mortos. Isso faz com que a Chantria entre em colapso e as duas facções se enfrentem abertamente. No início de Inquisition, líderes dos dois lados estão se reunindo para chegar a um acordo, porém… Algo inesperado acontece.

Varric Tethras

Varric é o ladrão que narra os eventos de Dragon Age II, enquanto a Investigadora Cassandra Pentaghast, sob a autoridade da Divina, chega a Kirkwall e o interroga sobre Hawke. Varric é um dos links mais fortes com os dois jogos anteriores da série, pois ele está no seu grupo e você pode pedir que ele conte histórias dos eventos que ocorreram antes de Inquisition.

Os Criassombrias e a Podridão

Os Criassombrias são uma raça de criaturas humanoides que costuma morar na área subterrânea de Thedas. Quando eles descobriram um dos Deuses Antigos, acabam o maculando e o transformando em um Arquidemônio, que os leva a atacar a superfície várias vezes. Esses ataques são chamados de “Podridão”.

Os Guardiões Cinzentos

São uma ordem de guerreiros presente em praticamente todas as nações de Thedas e que se dedicam a lutar contra o Criassombrias. Não são tão numerosos, mas têm sido de importância vital pra lutar em cada uma das Podridões, impedindo a destruição das raças da superfície. 

O Imaterial e o Véu

O Imaterial é uma região metafísica, uma dimensão paralela e mágica, que faz parte de Thedas, mas que é separada por uma barreira transcendente conhecida como o Véu. O Véu não pode ser visto ou tocado, e é uma espécie de metáfora para explicar a interação entre a realidade física e a sobrenatural. 

Os magos têm acesso direto ao Imaterial, o que acaba fazendo com que eles estejam mais vulneráveis a serem possuídos por demônios. Isso faz com que as pessoas tenham medo dos magos. 

Consiga uma montaria rapidamente

O mundo de Thedas é gigantesco e percorrer os campos, desertos e planicies a pé pode ser cansativo e demorado. Para ajudar nessa tarefa, há diversas montarias espalhadas pelo mundo e uma delas pode ser rapidamente acessada. Basta investigar e procurar por uma Side Quest – missões secundárias do jogo – chamada “O Mestre dos Cavalos”, na parte mais Oeste do mapa. Ao falar com o mestre dos cavalos e aceitar sua missão, você será recompensado com um belo cavalo Fereldan.

Evolua seus companheiros

Embora o foco da história seja você, o Arauto de Andraste, nenhuma história é feita sozinha. Durante suas mais árduas missões, um grupo de guerreiros o acompanhará para ajudar na difícil tarefa de salvar o mundo. Eles possuem poderes, características e atributos únicos, mas todos eles necessitam de uma mesma coisa: evoluir.

Assim como você evolui os atributos principais de seu personagem, seus companheiros também necessitam disso. Fique atento ao aviso de passagem de nível de todos os heróis de sua party e os evolua fazendo o mesmo processo de evolução de seu herói.

Ataque a Fenda

No mundo de Dragon Age: Inquisition, uma fenda apareceu nos céus de Thedas, fazendo com que demônios e outros monstros saiam por ela e assolem o mundo. Também espalhados pelos campos de batalha há fendas menores que possuem a mesma propriedade. Se não for fechada rapidamente, novos monstros sairão dela, dificultando a continuação da missão.

Ao perceber que no campo de batalha há uma fenda, utilize a Visão Tática para fazer com que seus amigos atrasem os monstros enquanto você fecha a fenda, uma vez que só você possui tal poder. Você precisará de alguns momentos de concentração para fechá-la, então, tenha certeza que não há ninguém em volta.

Faça missões secundárias

Elas são tão importantes quanto fazer as missões da campanha. É necessário faze-las para adquirir mais XP e também conseguir vários itens como novas armas e armaduras e até acessórios pra ajudar na sua jornada.

Prepare uma equipe personalizada

É muito importante que você tenha uma equipe equilibrada e que você conheça bem os golpes que eles irão executar. Mude as configurações de acordo com sua habilidades. Lembre-se que seus companheiros tem que suprir no que seu personagem é fraco, seja força, magia, ataque a distância ou armadilhas.

Explore Tudo

É muito importante que explore todos os mapas, pois novas missões serão desbloqueadas e você a chance de desbloquear mais informações sobre os personagens, itens únicos de quest e as vezes até alguma ajuda para a Inquisição.

Sempre atualize seu equipamento

Você passa a maior parte do jogo explorando e pegando itens, e isso se torna tão comum que você pega itens e nem vê o que pegou ou pra que serve. Então a cada fim de missão passe na Fortaleza do Céu e veja se tem novos itens para fabricar ou upgrades novos disponíveis em seus armamentos. Fazendo assim o jogo se torna mais fácil com certeza!

Não deixar de coletar itens dos mapas

Se você gosta ou tem paciência para explorar mapas você já tem um ponto a seu favor no game, agora se você não gosta ou não tem paciência para a exploração, sinto em dizer que você saíra perdendo e MUITO.

Dragon age possui muitos itens espalhados pelo cenário como: ervas, materiais de fabricação, receitas, armas e armaduras, porém, cada mapa possui tipos de itens diferentes, então você terá que explorar cada recanto de cada mapa… e sim colher TUDO o que encontrar pela frente, pois de alguma forma eles serão úteis. Com os materiais de fabricação você poderá construir armas e armaduras e com as ervas você ira “tunar” as suas poções. No caso de armas e armaduras prontas você encontrará itens bons a até raros más também itens bem “podrinhos” mas que servirão para você vender e ganhar dinheiro.

Aprenda a usar a CRIPTA

Na fortaleza do céu do lado direito do trono do inquisidor você terá uma sala chamada CRIPTA! Acreditem será o lugar aonde vocês passaram muitas horas até o fim do game.

É nesse local que você utilizará todos os itens colhidos em mapas. Na cripta você poderá abastecer e “tunar” as suas poções, fabricar e personalizar suas armas e armaduras, fabricar runas, mudar a cor das armaduras e personalizar a Fortaleza do céu.

Não sabe usar a cripta? Tem alguma dificuldade? Pode ficar tranquilo que na descrição do vídeo tem o link com a explicação completa para você saber usar a tão importante CRIPTA.

Não deixe de usar runas e marcas nas sua armas e armaduras

Runas e marcas são pedras mágicas criadas por uma arcanista. Porém você só terá acesso as runas e as marcas quando fizer a missão “Encontre a Arcanista” que abrirá logo após você chegar a Fortaleza do Céu. Com a missão concluída Dagna ficará na cripta e já abrirá o seu acesso para a construção das runas.

As runas servem para aprimorar suas armas e as Marcas para aprimorar sua armadura dando a elas um dado maior a um tipo específico de inimigo e habilidades extras, por tanto cuidado para não desperdiçar material e fabricar justo o que você não utilizará.

Os materiais para criação de runas são pedra branca (que você encontra com um comerciante em Orlais) e matéria prima de fissuras que você coleta logo após fecha-las.

Lembrando que quando você utiliza uma runa em uma arma ela não poderá ser reutilizada, pois se você arranca-la da arma ela automaticamente será destruída.

Junte dinheiro

Em DA dinheiro é importante pelo menos no começo.

No inicio do game você precisará de dinheiro para comprar itens melhores para seus personagens, afinal você não terá nem as receitas e muito menos o material para fabricar itens. Mas é claro tudo será muito caro e você usa 4 personagens na sua party, ou seja,… AJA GRANA.

A forma mais fácil de adquirir dinheiro é vendendo seus itens que você não utiliza mais, como eu disse anteriormente ser lixento só te ajudará.

Mais para frente no game quando você tiver acesso aos benefícios da inquisição você conseguirá vender e comprar itens com melhor preço e assim juntar cada vez mais grana!

Benefícios da Inquisição

Na mesa de guerra além de você fazer missões cronometradas e abrir mapas você poderá adquirir os Benefícios da Inquisição, que darão vantagens para você durante o game.

Você adquiri esses Benefícios através de pontos de influencia que você ganha quando completa missões, recruta agentes para a inquisição ou conclui alguma das requisições da inquisição.

Ganhar Experiência e Wyvern Scales

Quando adquirir um level 13 ou nível maior que seja suficiente para lidar com coisas mais poderosas, vá até o local chamado Hissing Wastes. Continue o caminho até o oaseis que se encontra bem a oeste do mapa. Derrote os inimigos que encontrar pelo caminho e recolha as wyvern scales. Lá poderá vendê-las por cerca de 4000G, mas tudo lhe custará menos de 10 minutos.

Como escalar facilmente

Parece bobo, mas é bem complicado escalar alguns lugares. Para evitar este problema, você poderá alterar de personagens, uma vez que seus companheiros podem subir muito mais facilmente enquanto estão sob controle do computador.

Referências:

Jogos Internauta, Miah Joga, EA, Game For Fun, Voxel, Techtudo, Wikipedia.

Watch Dogs

Watch Dogs (estilizado como WATCH_DOGS) é um jogo eletrônico de ação e aventura do gênero sandbox desenvolvido pelo estúdio Ubisoft Montreal e publicado pela Ubisoft para Xbox One, Xbox 360, Windows PC, PlayStation 4, PlayStation 3 e Wii U no dia 27 de Maio de 2014.

Revelado na conferência de imprensa da Ubisoft durante o evento E3 de 2012 e originalmente planejado para novembro de 2014.

Watch Dogs é jogado numa perspectiva em terceira pessoa e o mapa pode ser percorrido a pé ou em um veículo. A história é contada numa versão fictícia da cidade de Chicago, que inclui a sua zona urbana, os campos em redor e os bairros pobres. Baseado nos temas de cibersegurança, em Watch Dogs o jogador controla Aiden Pearce, um hacker “grey hat” altamente qualificado, descrito como uma pessoa que usa tão bem os “punhos como a inteligência”, muito hábil na capacidade de se infiltrar em sistemas eletrônicos, e deste modo penetrar no ctOS, um sistema centralizado todo ligado em rede, que coordena a hiper-controlada cidade de Chicago. A história segue os esforços de Aiden na procura de vingança depois da morte acidental da sua sobrinha. Um modo multijogador online também está incluído, permitindo até oito jogadores participarem em jogos tanto cooperativos como competitivos no mesmo mapa do modo história.

Na altura do seu lançamento, Watch Dogs recebeu no geral análise positivas. Foi particularmente elogiado no que toca aos elementos de hacking, a variedade das missões e o multijogador online. O enredo e as personagens tiveram uma recepção variada, no entanto, as críticas recaíram mais por o jogo não acrescentar nada de novo ao género para além de ter muitos elementos em comum com outras séries também produzidas pela Ubisoft Montreal. De acordo com o site de críticas agregadas Metacritic, o jogo recebeu uma pontuação média de 82/100, 81/100 e 79/100 para PlayStation 4, Microsoft Windows e Xbox One, respectivamente. No GameRankings, Watch Dogs conseguiu uma média de 82,70% para PlayStation 4, 77,40% para Microsoft Windows e 79,37% para Xbox One.

Um sucesso comercial, uma semana após o seu lançamento, Watch Dogs já tinha vendido mais de 4 milhões de cópias fazendo do jogo a nova propriedade intelectual mais vendida de sempre durante esse período. Devido às demonstrações nas E3 2012 e 2013, Watch Dogs recebeu um combinado de mais de 173 prémios e nomeações, incluindo três prémios e quatro nomeações dos Game Critics Awards. Foi seguido por uma sequela, Watch Dogs 2, em novembro de 2016.

Jogabilidade

Como Aiden Pearce, os jogadores podem usar o seu smartphone e obter inúmeras informações do local e das pessoas que o rodeiam.

Watch Dogs é um jogo de vídeo em mundo aberto, no qual os jogadores, numa perspectiva de terceira pessoa, controlam um homem chamado Aiden Pearce, que consegue se infiltrar (hacking) em vários dispositivos eletrónicos ligados ao Sistema Operacional Central da cidade (CtOS), permitindo ao jogador usar diferentes métodos para resolver numerosos objetivos. Os exemplos incluem invadir os telefones das pessoas para obter dados bancários e roubar fundos, provocar avarias em equipamentos para distrair os outros personagens e alterar os semáforos do transito para causar colisões. Tudo isso com a ajuda de um celular muito avançado. O jogo também inclui um grande arsenal de armas incluindo pistolas, metralhadoras, espingardas, escopetas e um bastão retrátil.

Os jogadores também podem receber informações sobre os civis através de feeds de realidade aumentada, proporcionando ao jogador informações sobre demografia, saúde e comportamentos. Objetivos que foram expostos em apresentações incluem encontrar alvos específicos para matar, fugir da polícia e seguir potenciais vítimas, a fim de impedir aqueles que seriam os seus assassinos. O combate utiliza uma combinação de componentes stealth e parkour, junto com a mecânica uma cobertura baseada em jogos de tiro na terceira pessoa.

A mecânica central de Watch Dogs é o hacking. Hacking é uma das mais importantes características do jogo, central tanto na jogabilidade como no enredo. Aiden Pearce, o protagonista do jogo, tem um smartphone com várias aplicações capazes de se infiltrar na maior parte da infraestrutura de Chicago. Devido ao facto de que a interpretação de Chicago em Watch Dogs é governada inteiramente pelo Sistema Operacional Central (ctOS), Aiden Pearce tem o poder de aceder remotamente e assim interagir com o ambiente – como semáforos, canos de vapor, bloqueios de estrada, pontes, caixas de fusíveis, e até com as luzes da cidade, etc. Aiden pode usar isto para sua vantagem em situações de combate para eliminar oponentes, criar diversões ou coberturas e esconder-se. Também pode usar como forma de infiltração furtiva. É dito que o seu telefone é capaz de mais de 100 hacks.

Através de uma aplicação, Aiden Pearce consegue ter acesso à informação dos cidadãos da cidade de Chicago. O smartphone está ligado à base de dados da população do ctOS, e assim pode aceder por exemplo à idade, ocupação, bem como outros factos pessoais. Pearce também consegue ler mensagens de texto e ouvir conversas entre as pessoas, conseguindo com isso desbloquear missões. Esta característica foi desenhada para tornar o mundo de Watch Dogs mais vivo e real, dando profundidade à cidade e à sua população. Adicionalmente, o smartphone de Pearce está constantemente ligado ao sistema de prevenção de crimes do ctOS, uma ferramenta fictícia originalmente desenhada para a Polícia de Chicago. Esta ferramenta notifica o jogador de quando poderá ocorrer um crime na zona onde está, dando-lhe a chance de intervir e evitar o crime. Tal contribui para a persona justiceira de Pearce.

Crossover com Assassin’s Creed

O que primeiro surgiu como um rumor agora é uma certeza. Existem referências a Assassin’s Creed em Watch Dogs – e vice-versa. A incerteza está no nível dessa relação, ainda não detalhada pela Ubisoft. Fato é que existem diversas pistas de que os dois universos existem na mesma faixa de tempo e que os dois mundos se conectam; quem jogou Assassin’s Creed IV: Black Flag percebe as ligações. Agora é esperar para ver até onde isso será levado.

Chicago é menor que Los Santos

O mapa de Watch Dogs deve ter cerca de 60% do tamanho de Los Santos, a cidade de Grand Theft Auto V. Segundo a Ubisoft, a escala, nessa questão, não é o principal, pois a intensidade com que a cidade “respira” em volta do jogador fará tudo parecer mais latente. “Chicago será viva e deixará o jogador se relacionar e hackear qualquer um dos NPCs que estão no caminho”, disse ao Omelete o diretor de marca da Ubi, Thomas Geffroyd.

Hackear é a sua maior arma

Watch Dogs terá tiroteios, perseguições de carro, lutas corporais e outros tipos de combate; mas nenhuma dessas ferramentas será mais importante que o hack. Desde a primeira demonstração, o mote do jogo era claro: “controle tudo pelo seu celular”. Aiden poderá modificar sinais de trânsito, barreiras de contenção, luzes e até ondas de rádio com apenas um celular com o ctOS, um avançado sistema operacional espalhado por toda cidade. Além do confronto, o hackeamento servirá para conseguir missões paralelas e descobrir sobre a vida dos cidadãos de Chicago. Serão cerca de 60 habilidades incluídas no celular, segundo a Ubisoft.

Uma história sobre vingança

O game não será somente sobre missões e invasões eletrônicas. A Ubisoft promete uma narrativa tão impactante e profunda quanto as novidades na jogabilidade. Aiden Pierce, o protagonista, é um hacker que tem um passado misterioso e cheio de crimes desconhecidos. Certo dia ele testemunha uma série de casos horrendos envolvendo um grande mafioso de Chicago. Devido ao seu conhecimento sobre o caso, a máfia assassina sua família – é o motivo para ele voltar às atividades passadas em busca de vingança. “Acima de tudo temos que fazer um jogo com uma história que interesse ao jogador, como em todos os nossos outros títulos”, garante Thomas.

O falso modo multiplayer

Não há uma diferença clara entre o modo multiplayer e o single player em Watch Dogs. Segundo Geffroyd, “não será possível saber se aquele NPC está sendo controlado pela máquina ou por um ser humano, pois o jogo sempre incluirá outros jogadores reais na jornada sem aviso prévio”. No entanto, dificilmente algum jogador real se comportará exatamente como um NPC. “É aí que você começa a entender se ele vai te ajudar ou atrapalhar numa missão”, conta Thomas.

O verdadeiro modo multiplayer

Para os aficcionados no multiplayer tradicional, Watch Dogs terá algumas novidades. “Teremos os modos tradicionais e algumas novidades, como o Decryption. Ele juntará quatro jogadores para decodificar um objeto ao mesmo tempo, enquanto fogem de outro grupo que tentará impedi-los. É um misto de estratégia e combate feito especialmente para o jogo”, revela Thomas. Além desse, haverá as modalidades Racing (corridas ao redor de Chicago), Intrusion (roubo de informações do adversário) e Tailing (perseguição e roubo de informações para futuras tarefas).

O jogo na palma da mão

Nem só dentro de Watch Dogs será possível hackear. Segundo a Ubisoft, um aplicativo feito especialmente para o jogo permitirá que outros jogadores entrem na sua aventura para atrapalhar ou ajudar no desfecho de uma missão. “Será possível desligar sinais, interromper transportes e fazer todas as outras peripécias que Aiden faz no celular”, diz Geffroyd. No campo das ideias parece uma ideia interessante, mas é preciso esperar para ver como isso funciona de fato.

Jogos dentro do jogo

Além de se aventurar no mundo aberto de Watch Dogs, o jogador poderá se distrair com os variados minigames espalhados por Chicago. Até agora, já foram divulgados 13 deles. Um é o pôquer, que, obviamente, poderá ser hackeado por Aiden para garantir trapaças. O jogador pode ver se os rivais são viciados em apostas ou se estão nervosos. É possível disputar uma partida de xadrez e até usar o celular do protagonista para uma brincadeira de realidade aumentada. Um dos games faz alienígenas invadirem Chicago, enquanto outro faz Aiden pular entre os prédios para coletar moedas.

O celular de Aiden e seus diversos recursos

Para iniciar qualquer um dos modos de jogo online de Watch Dogs, é preciso usar rapidamente o smartphone de Aiden. Abra-o e dirija-se ao menu “Contratos Online”. Dentro desta aba, você encontrará as seis variações de jogo: Perseguição, Corrida, Desafio ctOS Mobile, Vagar Livremente, Decodificação e Hackeamento.

Em todos os modos de invasão, ou seja, Desafio ctOS Mobile, Perseguição Online e Hackeamento Online, o usuário pode tanto invadir como ser invadido. Se houver uma invasão ao seu jogo, você será avisado, e terá que encontrar o hacker rival e matá-lo, antes que ele roube seus dados. O tempo necessário para isso é mostrado na tela.

Cada sucesso (ou insucesso) em uma destas missões renderá ao jogador pontos de notoriedade. Quanto mais notoriedade ele tiver, mais pontos terá no ranking mundial e sua reputação sera exibida em seu perfil online.

Confira abaixo cada modo de jogo online:

Vagar Livremente Online – Um modo que lembra o GTA Online. Esqueça missões e desafios. Chame os amigos e fique rodando pela cidade de Chicago. Entre na sessão, procure outros hackers e acabe com eles!

Perseguição Online – Divertido modo “gato e rato”. Você deve avistar um hacker rival, dentro da sessão de jogo dele, segui-lo e identificar seus dados com o perfilador, e sair após o tempo determinado sem ser detectado.

Desafio ctOS Mobile – Jogo de estratégia, em que você deve desafiar um outro usuário com o controle da polícia. Deverá ser jogado no celular pelo aplicativo do jogo. É um jogo semelhante a games de tabuleiro, em que você deve alcançar check-ins antes dos rivais.

Corrida Online – O nome já diz tudo, certo? Watch Dogs tem carros bem legais, e neste modo os usuários podem testar toda a potência deles em corridas alucinantes online. Os primeiros ganham boas recompensas.

Hackeamento Online – Semelhante ao Perseguição. Você entra na sessão de um outro gamer e precisa hackear o celular dele. Roube os dados e fuja sem que ele te ache (e te mate) antes disso. Não machuque o alvo.

Decodificação Online – Este é um divertido modo de grupo. Você joga com os amigos e seu time tem que achar um importante arquivo perdido na cidade. Siga as pistas, busque por ele e depois decodifique-o.

Hackeie tudo ao seu redor

Sinais de trânsito, câmeras, celulares… Tudo o que puder ser hackeado pode ter alguma importância. Então, use o seu sistema de invasão o máximo possível, porque isso certamente vai lhe render bons frutos. Mas chegue perto do alvo para hackear e não dê brechas para que transeuntes percebam o que você está fazendo, pois eles podem fazer denúncias à polícia e isso te deixará vulnerável.

Seja discreto

A discrição é sempre fundamental em jogos deste tipo. Adrien não é um Nathan Drake. Ele precisa ser como um fantasma, como um hacker no mundo real. Só fazer suas tarefas sem ser visto e identificado. Por isso, o modo “stealth” de jogar Watch Dogs é mais divertido – e seguro – do que sair para o combate, tendo em vista que ele não tem uma quantidade de vida muito grande.

Mundo aberto

Watch Dogs é um game em mundo aberto, ou seja, você não precisa – e não deve – se ater somente às missões da história central do game. Passear pelo local de Chicago com objetivos à parte é fundamental. Você pode desbloquear conteúdo muito importante, achar novos alvos para hackear e realizar tarefas bem divertidas. Assim, passa a aproveitar muito mais o game do que apenas seguindo-o linearmente.

Melhore as habilidades

Em Watch Dogs, o jogador pode melhorar as habilidades que Aiden tem em diversos aspectos, como para dirigir carros, hackear ou criar novos itens e armas. Todas são importantes, mas o principal é você saber seu estilo de jogo e fazer os upgrades de acordo com o que mais utiliza.

Estratégia

Cada missão tem uma abordagem diferente. Preste atenção em seus objetivos para saber o que é melhor. Quase sempre, passar batido é melhor, porém existem situações em que é preciso trocar tiros, ou preparar armadilhas. O feeling do jogador é fundamental, e saber criar a melhor estratégia também.

Saia do carro

Não é possível atirar de dentro do carro, dessa forma, caso esteja em uma perseguição e ache que a melhor solução para se livrar da polícia é acabar com eles, literalmente, pare o carro e vá para o combate. Antes, tente despistá-los hackeando os semáforos. Se não der, esconda-se em algum beco ou vá para o tiroteio direto.

Use o ambiente

Watch Dogs tem tantas possibilidades de exploração do ambiente que é óbvio que o usuário deverá usá-las. Além dos sinais de trânsito, que podem causar os acidentes mais incríveis que você já viu, é possível estourar caixas de energia e acertar a pessoa que está passando, entrar em restaurantes e comprar comida ou bebida, escalar objetos e muito mais. Use esta variedade a seu favor!

Identifique as pessoas

Não são apenas locais e dispositivos eltrônicos que podem ser hackeados. As pessoas também; e elas são fundamentais, porque podem guardar segredos ou ajudar o protagonista a roubar carros e dinheiro. Por isso, use sempre a ferramenta de fazer perfis das pessoas e mire nos alvos certos.

Gaste o dinheiro

Dizem que “dinheiro na mão é vendaval”, mas mãos de Aiden deve ser mesmo. Isso porque você pode roubar de tanta gente, que é preciso usar o máximo possível para dar o melhor para seu personagem. É possível comprar muita coisa com a grana, sendo assim, não guarde dinheiro; gaste tudo o que puder!

Descanse bastante

Vá até seu esconderijo quando estiver com o nível de criminalidade alto, ou se quiser salvar o game. Deite na cama, coloque o despertador e aguarde. Quando seu personagem acordar, estará com o game salvo e sem a mira da polícia.

Drivers Invisíveis

Hackear os bloqueadores no momento certo e você pode virar um carro para que ele fique de cabeça para baixo. Quando você faz isso, um motorista vai sair e deixar a cena. Quando virar o carro novamente, ele deve afastar-se após alguns segundos (sem condutor visível).

Fácil Shell Game Win

Comece a jogar o game casca e deixar o acabamento hustler movendo os copos ao redor. Sem indicar qual copo você esconde o shell, Pause o jogo e acesse o menu Opções. Sob calibração, ajuste o brilho para 100 e, em seguida, retomar a ação. Em seguida, pause-o mais uma vez. Por um breve segundo, você deve ver o contorno da bola em um dos copos disponíveis. Escolha esse copo para vencer a rodada.

Pontos de Perícia Exploit

Compre muita munição em qualquer loja que venda, e ganhe um nível de procurado. Esconda-se em sua casa segura, no banheiro. Depois de um tempo de recarga, você pode disparar a sua arma fora e seu nível de procurado irá retornar. Deixe a sua experiência de nível de procurado outro cooldown, em seguida, dispare a sua arma para fora da janela novamente. Repita conforme desejado.

Referências:

The Enemy, Wikipedia, techtudo.

World of Tanks

World of Tanks (WoT) é um massively multiplayer online game desenvolvido pela empresa bielorrussa Wargaming, com metade do século 20 (1930s-1960) era veículos de combate. Ele é construído sobre um modelo de negócios freemium , onde o jogo é gratuito, mas os participantes também têm a opção de pagar uma taxa pelo uso dos recursos “premium”. O foco está na jogabilidade jogador contra jogador, com cada jogador controlando um veículo blindado.

World of Tanks foi portado para vários consoles de jogos. A versão PlayStation 4Xbox 360 e Xbox Ones foi desenvolvida pelo estúdio Wargaming West. O World of Tanks também se expandiu recentemente para plataformas móveis com o título World of Tanks Blitz , além de um jogo de tabuleiro intitulado World of Tanks Rush e um jogo de cartas colecionáveis ​​intitulado World of Tanks: Generals . World of Tanks foi seguido por World of Warplanes e World of Warships .

Jogabilidade

O jogador assume o controle de um único veículo blindado de sua escolha e é colocado em uma batalha em um mapa aleatório. O jogador tem controle sobre o movimento do veículo, disparo e pode se comunicar com jogadores aliados através de bate-papo digitado ou por voz. Uma partida aleatória simples é ganha, destruindo todos os veículos da equipe adversária ou capturando a base da equipe adversária. Existem outros modos de jogo que alteram as regras da batalha, mas a mecânica de jogo permanece a mesma. World of Tanks contém várias mecânicas de jogo, como camuflagem, ricochete de concha e danos ao módulo.

Os jogadores do World of Tanks podem escolher seis tipos principais de batalhas: batalhas aleatórias, batalhas de treinamento de equipes, batalhas de empresas de tanques, batalhas de equipes, batalhas de fortalezas e batalhas especiais. A Batalha Histórica e o Rampage são opções anteriores, mas desde então foram retiradas para melhorias devido à sua má recepção após seu lançamento. Em batalhas aleatórias, os jogadores também podem participar de pelotões, grupos de dois a três jogadores que são colocados no mesmo time. Há também missões a serem concluídas nos modos de jogo para diferentes quantidades de recompensas.

Cinco classes exclusivas de veículos

Descubra um exército de máquinas de guerra e encontre aqueles que mais se encaixam em seu estilo de jogo

Tanques pesados

Enorme, fortemente blindado e com poder de fogo excelente, tanques pesados podem liderar o ataque para romper as linhas inimigas e evitar ameaças avançadas. Se você gosta de ser o primeiro na briga, os tanques pesados são o que você quer.

Características: BLINDAGEM, PODER DE FOGO, SOBREVIVÊNCIA

Caça-Tanques

Atiradores de longo alcance, caçando qualquer um visto por tanques leves aliados. Seu poder de fogo devastador é o mais alto entre todas as classes no World of Tanks. A primeira missão do caça-tanques é garantir uma posição superior no campo de batalha, onde possa evitar inimigos da distância, permanecendo invisível.

Características: DANO INSANO, PRECISÃO, OCULTAÇÃO

AAP

Uma classe de suporte, e os veículos menos móveis no jogo. As AAPs desempenham um papel único no combate: utilizando uma “visão de olho de pássaro” no estilo RTS, eles rastreiam veículos detectados e fornecem uma carga de atordoamento que desabilita temporariamente a tripulação de um veículo e gera danos críticos às partes de um tanque.

Características: SUPORTE, ATORDOAMENTO, JOGABILIDADE ALTERNATIVA

Tanques Leves

A classe mais rápida, dinâmica, ágil e, ao mesmo tempo, mais vulnerável no jogo. Os tanques leves são batedores naturais e seu papel principal é revelar posições inimigas, sobrevivendo máximo de tempo que puderem.

Características: VELOCIDADE, MOBILIDADE, FURTIVIDADE

Tanques Médios

Como um “faz-tudo”, os tanques médios possuem velocidade e agilidade suficiente para permanecer efetivos no alcance médio, mas sua resistência, blindagem e energia permitirão que eles resistam após sérios danos. Sua principal vantagem é trabalhar em grupos. Um grupo de tanques médios é capaz de afundar seus dentes em qualquer presa.

Características: VERSATILIDADE, TRABALHO DE EQUIPE, SEGUNDA LINHA DE COMBATE

Qual a melhor linha para seguir?

Americana? Russa? Britanica? Alema ou Japonesa? Não existe uma nação melhor q a outra.
Vai de player pra player, muitas das vezes uma linha q você acha excelente, outro pode achar ela péssima. O ideal e ver qual tipo de tanque você se encaixa, veja alguns vídeos, fóruns, porque assim vai ter uma pequena noção do que você quer seguir.

Se a linha a ser seguida e boa ou não, vai depender do seu gosto e do seu estilo de jogo.
O que faz a diferença dentro do jogo não é a linha ou o tanque, mas sim o player, quanto melhor e mais experiente for o player, mais hábil ele é, e melhor ele joga, assim qualquer tanque vai ser bom quando ele jogar. Procure jogar com todos as classes de tanques, por que assim você se tornara um player mais completo e competitivo.

Escolha o tanque certo para você

Cada tanque tem que jogar de forma diferente para ter bons resultados. Portanto, escolha uma linha que perdoe erros, por exemplo, a linha pesada soviética ou a linha pesada americana. Estas são geralmente linhas amigáveis para iniciantes devido à armadura e bons canhões. Seu tanque tem que se encaixar no seu estilo de jogo ou você ficará frustrado muito facilmente e o jogo deve ser jogado por diversão em primeiro lugar.

Lern seu papel na batalha

Você escolheu um tanque e está pronto para lutar, mas não sabe o que fazer? É muito importante saber o que você tem que fazer e como você deve reagir em várias situações. A maneira mais fácil de aprender isso é assistir / ler guias on-line para o seu tipo de tanque. Aqui está um breve resumo dos papéis dos tanques em geral:

Tanques Pesados – Esses são geralmente tanques blindados pesados com muita saúde e são os melhores para proteger outros tanques contra danos.

Tanques Médios – Eles suportam tanques pesados ou tentam se esgueirar por trás.

Tanques Leves – Eles também estão em um papel de apoio, mas são mais comuns como batedores e tentando manter os inimigos visíveis.

Destruidor de Tanques – Os atiradores entre os tanques. Tanques geralmente armados e longos. Tente evitar o confronto.

Como gastar XP, tempo e créditos

Eu recomendo jogar um tanque principal no momento. O que muitos jogadores fazem é começar uma linha de tanques aqui e ali e na linha e eles têm 7 linhas diferentes que querem moer e sem créditos. Especialmente no começo você não pode comprar todos os tanques que você quer, então jogue um tanque de cada vez (no máximo duas linhas de tanque). Você também mói sua linha principal mais rapidamente e alcança as grandes máquinas.

Outro aspecto importante é que você deve pesquisar cada módulo para que tanques posteriores usem esses módulos novamente. A maioria dos tanques está atingindo todo o seu potencial quando eles são totalmente pesquisados. Cada tanque pode ser jogado com sucesso.

Como fotografar

Eu vejo muitos jogadores apenas auto visando e atirando e, em seguida, furioso sobre o jogo. É importante saber que cada tanque tem pontos fracos. Procure-os on-line, em guias ou descubra por si mesmo. Apontar para esses pontos e seu tiro passa por armadura easiely.

Se você atirar, atire somente quando estiver coberto. Uma regra simples: evite causar dano antes do dano causado. E você ficará vivo por mais tempo.

Pelotões

Jogue com outros jogadores em um pelotão! Se eles são melhores que você, você pode aprender com eles jogando. Você pode encontrar companheiros de pelotão se você simplesmente perguntar em um bate-papo que quer jogar o pelotão de nível XY. Você talvez encontre novos amigos 

2x XP Recompensa

2x Recompensa de XP pela primeira vitória do dia é uma motivação intencional do jogo. Mas isso pode ser uma armadilha! Se você tiver muitos tanques, não tente obter a recompensa de 2x XP por cada tanque. Sua taxa de vitórias vai sofrer porque você não pode jogar um tipo de tanque se você jogar tanques diferentes. Eu recomendo escolher 1-2 tanques principais e apenas brincar com eles. Se você tem 2 tanques, escolha tanques que sejam jogados de forma semelhante.

Quando você morrer em uma batalha, você pode jogar com seu segundo tanque principal. Embora seja melhor ficar no jogo e assistir a outros jogos e aprender com eles. (Você pode até aprender com os erros deles).

Consumíveis

Usa-os! Eles podem fazer a diferença entre perder e ganhar. Não salve seus créditos nessas coisas. Você pode até mesmo usar munição premium, mas não como principal munição. Se você usa munição premium, use-a apenas em casos de emergência. (1-5 HE Shells são recomendados para tanques sem blindagem).

Trabalho em equipe

Não importa se você está em um pelotão ou não. Não se esqueça que este é um jogo de equipe! Não dirija sozinho ou você morre cedo no jogo. Não bloqueie seus companheiros de equipe ou eles morrerão. Ajude seus companheiros de equipe se você perceber que eles estão com problemas.

Bate-papo

Use o chat para dar informações importantes ou simplesmente use suas teclas de atalho F4-F8. Esses comandos são, talvez, salva vidas e você deve realmente procurar no chat por eles.

E lembre-se sempre: é um jogo. Não insulte outras pessoas só porque elas são ruins. Em vez disso, diga-lhes o que fazem de errado e ajude-os a melhorar da próxima vez. Se você estiver sendo insultado no bate-papo, basta ignorá-los. Você sabe melhor e eles provavelmente são apenas loucos. Fique calmo e não deixe que eles o distraiam de jogar este jogo.

Atire nos tanques vermelhos

Os verdes não estão maduros ainda. Sob nenhuma circunstância é “ok” danificar um tanque verde. Não importa quantas vezes ele atirou em você, ou oque ele disse sobre sua mãe, não atire em tanques verdes. Há uma abundância de vermelhos (e alguns azuis de vez em quando).

Nunca bloqueie marcha ré de aliado 

Isso significa dar às pessoas espaço. Não importa em que tanque você está e que tanque ele está. Ele chegou a esse ponto em primeiro lugar e, como tal, você não tem uma reivindicação sobre ele. Ele pode precisar retroceder  para se salvar, e você deve dar-lhe o espaço para fazê-lo.

Não vão todos para o mesmo lado do mapa  

Você tem um mini-mapa por um motivo. Se você estiver em um grupo de 12 tanques indo para o lado leste do mapa, pode ser uma boa ideia parar, virar e ir para o oeste.

Matar todos ou Capturar a base é a mesma coisa

Não existe nenhum segredo bônus especial mega-super para matar todos os tanques ou ganhar por cap. Apenas um minúsculo premio por aniquilar todos os tanques, mas esta é demasiado pequeno para se preocupar e não vale a pena o risco e tempo extra. Há apenas XP indivídual para matar ou capturar, mas tudo se equilibra no final. A vitória rápida é sempre, sempre, sempre preferível ao risco de um empate quando em uma caçada final.

Conheça o seu trabalho 

Se você é o peixe pequeno num grande lago, o seu trabalho não é atacar o peixe grande do inimigo. Seu trabalho é encontrar peixes grandes do inimigo sem ele te ver, incomodar peixe grande do inimigo, atirando e quebrando suas esteiras, enquanto o seu peixe grande está atraindo a atenção dele. Ou ainda, manter peixes pequenos do inimigo longe das costas dos peixes grandes do seu time. Todos estes trabalhos dão prêmio em XP e créditos, e todos eles vão ajudar sua equipe a vencer.

Dirigir direto para a base inimiga não é ser um scout 

Isto é conhecido como escolta suicida, e na maioria dos casos, é completamente inútil. Tudo o que você vai fazer é dizer a sua equipe, onde os tanques inimigos estão quando o jogo começar, mas já sabemos onde eles estão: estão onde eles dão partida. O que precisamos saber é onde eles estão a 2 minutos depois do jogo começar. A ‘regra’ rápida e suja para aferição é rastejar para a frente através dos arbustos até que você veja alguma coisa, então recuar. Pessoas lamentam de tanques invisíveis? Seja o tanque invisível!

Use a camuflagem / sistema de “spot” ao seu favor

Pare atrás dos arbustos, e não dentro deles. Pare perto arbustos, não muito longe deles. Quanto mais arbustos entre você e o inimigo, mais dificuldade ele terá para “spotar” você.

Só porque alguém tem 0 kills não significa que ele é inútil 

Alguém que tira 99% de HP de 15 tanques terá 0 kills, mas está longe, muito longe de ser inútil. Destruir um tanque inimigo conta, mas causar dano importa tanto quanto.

Não existe essa coisa de “Roubar kill”

Roubar algo implica em ter posse primeiro lugar. Ok, então, você fez danos de 99% de dano no inimigo quando alguém chega e acaba com ele. Isso é uma coisa boa. Isso significa menos um tanque inimigo! Isso significa que você recebe 99% do XP pela destruição deste tanque, e isso significa que você não tem que esperar mais um ciclo de recarga antes de iniciar o próximo ataque a outros tanques inimigos. É um ganha-ganha para todos. Se eu tirei 99% de HP de um grande e mau King Tiger (Tiger 2) e você tem um tiro para ele? Dê o tiro! Destrua este tanque! 

Concentre o fogo

Não divida fogo. Cinco tanques de 20% vão fazer cinco vezes o dano que um tanque de 100% fará. Se quatro tanques estão lutando contra quatro tanques, a equipe que concentrar seu fogo sobre o mesmo alvo antes de passar para o próximo com certeza irá sempre ganhar.

Conheça o seu tanque  

Não tente segurar um flanco em um veículo blindado de papel . Não tente “rushar” em um veículo lento. Não tente escoltar em um veículo grande com pouco valor de camuflagem. Não se pare e fique de “sniper” com uma arma imprecisa. Saiba onde se encaixa seu tanque no “santo triangulo” de mobilidade, armadura e poder de fogo. Jogue de acordo com os pontos fortes de seu tanque, enquanto protege suas fraquezas. Você tem um monte de armadura? Seja a ponta da lança no ataque! Você é pequeno, mas rápido? Seja escolta e atrapalhe o inimigo. Você é altamente preciso, com boa penetração, mas pouca armadura? Fique na linha de trás e preste suporte. Saiba que armas de sua armadura pode ricochetear, e que armadura sua arma pode derrotar.

Não seja o alvo fácil 

Se você para em campo aberto, você morre. Se você dirigir em linha reta a uma velocidade constante, você morre. Se o inimigo tem dois tanques para atirar: o seu companheiro de equipe usando método de esconde-esconde atrás de alguma cobertura e você ao lado dele em campo aberto, você morre. Não seja o alvo fácil. Torne-se tão difícil de se abatido possível, pelo menos mais do que o cara perto de você. Não há vergonha em usar cobertura, não há vergonha em parar atrás e ficar de “sniper”, não há vergonha em recuar depois de tomar um tiro. Homens de verdade lutam em campo aberto, mas homens espertos vivem o suficiente para destruir o tanque que destruiu o homem “de verdade” e ganham o jogo.

Referências:

World of Tanks, Warl0ckwot, Forum Wotblitz, Wikipedia.

Diablo III

Diablo III é um RPG de ação desenvolvido pela Blizzard Entertainment, o terceiro título da série Diablo. Sua produção foi revelada em 28 de junho de 2008, na Blizzard Entertainment Worldwide Invitational. O jogo foi lançado oficialmente em 15 de maio de 2012. A versão brasileira do jogo foi totalmente traduzida para o português. Em 2011, os vistantes do Disney California Adventure Park puderam dar uma espiadinha no jogo durante o evento Blizzard Holiday Party,com um segmento especial exibido no show World of Color.

Enredo

Diablo III segue a história de seu predecessor, Diablo II: Lord of Destruction, que superou expectativas. A história do novo jogo passa-se depois de vinte anos dos acontecimentos que marcaram o fim de Diablo II. Os guerreiros finalmente derrotaram o mal, mas quando um cometa cai na Terra exatamente no lugar onde Diablo foi confinado, os guerreiros são novamente convocados para defender a humanidade contra o novo inimigo.O estilo do jogo continua o mesmo (visão isométrica), mas desta vez utilizando os recursos das novas tecnologias reproduzindo um mundo totalmente em 3D e interativo, podendo até destruir cenários. Os jogadores poderão escolher entre cinco classes disponíveis (sete após expansões) e se aventurar num mundo mágico e ameaçador que Diablo III proporciona, porém desta vez, com novas habilidades e equipamentos e com um nível de personalização de personagem mais apurado.

Jogabilidade

Sendo um jogo de exploração, o mundo de Santuário nunca é igual: a cada novo jogo, troca de personagem ou mudança de dificuldade, os mapas, as localizações, vilas, eventos e entradas de masmorras se modificam completamente, como se fossem um quebra-cabeça com várias soluções possíveis. Mudam os lugares dos baús de tesouro, dos objetivos, e de monstros, fazendo com que cada jogo seja único, e você tenha que redescobrir o mapa a cada partida – apenas os locais seguros, como cidades, acampamentos e Marcos de Sendas (círculos de teleporte) não tem suas localizações modificadas.

Ao jogar com amigos, a dificuldade do jogo é ajustada de acordo com a quantidade de heróis na batalha, sendo que cada amigo a mais na equipe corresponde a monstros com mais vidas e ataques mais fortes – mas o saque de cada jogador continua como recompensa individual.

 Além de matar monstros loucamente (o que sem dúvida é mito divertido), em Diablo III também temos missões a cumprir, eventos para participar, mapas para abrir e explorar, vários easter eggs, um nível secreto que é bem… feliz, digamos, e objetivos para várias horas de jogo e diversão, especialmente em grupo. Tá esperando o quê pra se aventurar por Santuário?

Escolha seu herói

Em Santuário você pode lutar com heróis de 6 classes diferentes, sendo 5 da versão standard do jogo, mais um da expansão Reaper of Souls/Ultimate Edition: Arcanista, Bárbaro, Caçador de Demônios, Cruzado, Feiticeiro e Monge. Cada um deles tem vantagens exclusivas, seja uma habilidade maior de sobrevivência, dano corpo a corpo ou a distância, uso de magias ou força bruta. Vamos falar um pouco sobre cada classe aqui, para te ajudar em sua escolha:

Arcanista

Os Arcanistas são magos que usam o própio corpo para canalizar a energia arcana; logo, não dependem de nenhum catalizador externo para usarem seus poderes. São mestres em ataque à distância e em área, além de possuirem alguns feitiços protetores para emergências. Seu recurso é o Poder Arcano, que raramente acaba se usado com sabedoria.

Bárbaro

Bárbaros são mestres no combate pesado corpo-a-corpo. Grandes e brutos, manejam com facilidade armas grandes e pesadas – normalmente uma em cada mão. Têm uma capacidade altíssima de absorção de dano, os tornando os tanques ideiais para a frente de batalha, e se saem melhor em lutas em grupo. Seu recurso é a Fúria, que acaba rápido quando fora de batalha, mas é abastecido constantemente durante a luta; é a ação que alimenta o Bárbaro.

Caçador de Demônios

Os Caçadores de Demônios são especialistas em dano à distãncia com bestas e projéteis, além de dominar como ninguém a arte das armadilhas. Também possuem muitas habilidades de dano em área, mas são fracos se encurralados por muitos inimigos; por isso, também dispõe de pulos e rolamentos para se posicionar no lugar mais favorável em batalha. Possuem dois recursos: Ódio e Disciplina, que devem ser utilizados em equilíbrio para um melhor desempenho.

Cruzado

Classe exclusiva da expansão Reaper of Souls e da Ultimate Edition para consoles, o Cruzado é um defensor, que com suas investidas e armaduras pesadas tem como missão proteger toda Santuário dos demônios – ou, em menor escala, seu grupo. Usam a Furia dos Céus para derrotar demônios, e na batalha, assume a linha de frente com investidas e ataques corpo-a-corpo, mas também podem invocar a Luz Divina em ataques à distância.

Feiticeiro

Feiticeiros usam as forças dos mortos em sua luta – invocando pestes, pragas e zumbis, conseguem se proteger para lançar crânios em chamas e nuvens de veneno. Com suas habilidades de controle em massa, podem paralizar, dominar ou cercar inimigos, levando-os a armadilhas; dominam o combate à distância, mas também não fazem feio caso sejam alcançados pelos demônios. Tem a Mana como recurso.

Monge

Os Monges são especialistas em ataques de curto alcance, usando armas ou os próprios punhos e pernas. com socos e chutes – seu foco é a agilidade, não a força bruta. Canalizam a energia divina para aumentar seu poder, e possuem ondas curativas e mantras amplificadores de poder – o que faz com que causem um belo estrago a inimigos individuais ou em grupo e aumentem sua sobrevivência. Seu recurso é o Espírito.

Seguidores

Além de contar com os poderes de seu herói, em Diablo III você também conta com Seguidores. Ao longo de seu caminho você encontra o Templário, o Vigarista e a Sibila, que poderão te acompanhar em suas aventuras e colocam suas habilidades à seu dispor. Com o Templário você tem um poderoso tanque, com o Vigarista um habilidoso atirador à distância e com a Sibila, uma poderosa maga com ataques à distância e feitiços de suporte. Eles te acompanharão, um por vez, sempre que você não estiver jogando em grupo com outros heróis.

Níveis e Modos de Dificuldade

O nível máximo que seu herói pode alcançar em Diablo III é 70, com a Ultimate Edition. A cada nível ganho seu herói tem seus status básicos aumentados, e poderá progredir na aventura e nas diferentes dificuldades do jogo. Você pode começar jogando nas dificuldades Normal, Difícil e Perito. Ao fechar o jogo com um de seus heróis, você pode jogar novamente na dificuldade Mestre, e quando um de seus personagens atingir o nível 60, você pode selecionar o modo Suplício – em cada uma delas, a quantidade de vida dos monstros, experiência recebida e qualidade de saque é proporcional à dificuldade.  Você pode aumentar ou diminuir a dificuldade de seu jogo sempre que quiser, sem necessariamente ter que começar uma nova campanha.

Também existe o modo Hardcore – esse modo é definido no momento da criação do personagem, ou seja, é específico dos personagens que escolher. O modo Hardcore pode ser jogado em qualquer dificuldade, e ele tem apenas uma diferença em relação ao modo normal do jogo: se seu personagem morrer, ele morre para sempre, não existe ress, continue, nem nada do tipo. Esse modo é recomendado apenas para os realmente fortes.

Explore todo o mapa

Ao jogar o game você percebe que o mapa é revelado lentamente, de acordo com as suas viagens. Use o mapa então para se assegurar que tenha visitado todos os cantos de cada área. Não deixe de olhar por sob nenhuma pedra.

Diablo 3 é cheio de segredos, tesouros e eventos especiais que são bem fáceis de se perder caso esteja totalmente focado na sua missão principal. Então afie sua arma e saia desbravando o mundo de Santuário.

Pegue tudo, retenha o que é bom

Felizmente, apesar do incrível número de seres infernais presentes em Santuário, estes monstrinhos são recheados de itens e moedas. Porém, seu inventário é limitado, não permitindo carregar muitos itens.

Use então o “Portal da Cidade” para voltar até a última cidade visitada, independente da onde estiver. Use e abuse. Toda vez que tiver o inventário cheio, volte até a cidade para ou vender seus itens ou guardá-los em seu baú.

Você também poderá usar outros personagens seus como burros de cargas, já que cada um compartilha o mesmo baú. Esta opção é uma boa para aqueles que não querem desembolsar uma grana para ampliar seus baús. Pode demorar mais desta forma, mas é de graça.

Jogue com amigos

Jogar Diablo 3 sozinho é legal, mas a diversão acontece mesmo quando jogamos com outras pessoas. Junte então seus amigos para explorar todas as dimensões de Santuário. De acordo com o número de pessoas jogando junto em um mesmo grupo, o game automaticamente muda a quantidade e nível de dificuldade dos lacaios inimigos. Ou seja, quanto mais gente, mais diversão e monstros para detonar.

Além disso, o loot é individual, pelo menos na versão para PC. Ou seja, não precisa se esquentar com algum integrante se dando bem e pegando todas as moedas e itens largados pelos inimigos.

Comece já a upar o ferreiro e o joalheiro

Você poderá fabricar seus próprios itens poderosos ao invés de depender sempre de retirar algo da barriga de algum demônio feioso. As habilidades do ferreiro podem ser melhoradas através de treinamento, bem como a do joalheiro, que fabrica melhores pedras para melhorar os atributos de suas armas.

Depois de certo tempo, você perceberá que treiná-los exige mais do que apenas moedas. Mas não se desespere, com o tempo aparecerão os requisitos necessários para continuar treinando. De qualquer forma, seja do seu agrado ou não, fabricar itens sempre estará do seu lado.

Caso ataque de longe, segure shift

Este é um interessante recurso para quem joga no PC e usa uma das classes que atacam de longe como Arcanista e Caçador. Para evitar de quando errar um alvo, ter que arcar com o seu personagem andando para a linha de frente em um movimento suicida, segure a tecla “shift” enquanto ataca.

Esta tecla faz com que o seu personagem ataque parado, sem se mover, independente de onde ele esteja. Ou seja, nada de avançar para a linha de frente carregando uma varinha em uma mão e um livro na outra.

O que fazer caso se perca do grupo

Isto é bem comum quando se explora uma caverna, ou tem uma área grande para cobrir e descobrir para onde ter que ir. Geralmente a equipe se divide para achar uma ponte ou uma passagem e dar prosseguimento à história. Ou caso tenha voltado para o cidade usando o “Portal da Cidade” e queira logo se unir com os seus amigos em uma batalha.

Quando qualquer uma destas situações acontecer, basta voltar para a cidade usando o “Portal da Cidade” e depois clicar no estandarte do seu amigo, que aparece ao lado da onde surge usando o portal. Ao clicar nele, você será automaticamente transportado para o lado de seu amigo, então tenha cuidado caso ele esteja cercado de inimigos.

Evite acumular inimigos

Diablo 3 se baseia em matar demônios. É um jogo muito divertido, e apesar de sua espetacular história, o objetivo do jogo é matar monstros. Sendo assim, já dá pra imaginar o tanto de bichos e demônios você encontrará pelas regiões de Santuário. Então aí vai mais uma dica. Caso você se encontre no meio de uma galera doida para te acertar e você não sabe se vai conseguir dá cabo de todos, evite fugir passeando pelo mapa.

Caso você faça isto, perceberá que na verdade estará apenas aumentando a quantidade de inimigos na sua cola, o que pode piorar sua situação. Tente se esquivar ou usar alguma habilidade para empurrá-los para longe e use então o “Portal da Cidade” para sair da fria. Caso queira retornar para onde está, basta clicar novamente no portal quando estiver na cidade. Mas caso faça isto, certifique-se que esteja com bastante poções e com sua armadura consertada.

Seja amigo dos livros

Os livros que você acaba encontrando nos ambiente, seja em uma estante ou mesa dentro de um edifício, ou quando saem de baús, são valiosos não apenas pela história que eles contam. Apesar de você não dar a mínima para a Lore de Diablo 3, ainda é válido pegar estes livros porque eles valem pontos de experiência para você.

Matar todos os Globins

Eles são grandes ladrões de ouro e itens, uma dica muito boa é matar cada um deles que você encontrar no caminho, Se você derrubá-los irá conseguir recuperar algum item ou ouro, mas se você demorar muito vai abrir um portal eles fugiram.

XP Extra

Quebrar tudo que ver pela frente te fará ganhar experiência de forma mais rápida. Quando ver um local onde pode quebrar alguma coisa, entre e faça a quebradeira de uma maneira rápida.

Elective Mode

Para acessar este modo basta você escolher no menu opções o item Gameplay e selecionar o modo Elective. Esta opção de possibilita um número maior de magias e outras coisas.

Warriv

Quando você caminhar pela Old Tristram Road você irá ver próximo de um vagão em chamas alguns cadáveres, um desses cadáveres é o Wariv de Diablo II e ele poderá interagir com você.

Secret Level

O cenário é intitulado de Inferno de Desenvolvimento e está é uma área secreta no game Diablo III, No ato I enquanto você estiver fazendo a busca A coroa Quebrado, existem 3 áreas chamadas Crypt Defiled, você deve ir em um que tenha o objetivo Quest.

Nível de potência com GEMS

Se você quiser que seu personagem tenha estatísticas diferentes das normais possíveis para personagens de baixo nível. Basta você dar um tapa em alguma jóia de alto nível, você pode alcança até nível 60 de GEMS e ser praticamente inigualável. Se depois no game você precisar remover a jóia e colocar em alguma engrenagem, basta você remover com ouro ou removedor de gema.

CONTROLES DE COMBATE

O combate é o coração de Diablo III. Ao se aventurar por cemitérios mal-assombrados, desertos escaldantes e outros locais perigosos, você será perseguido por monstros que saltam das sombras, investem contra você aos enxames e se enterram no chão sob seus pés. Às vezes você ouvirá o ruído deles nas trevas antes de atacarem. Quase todos o perseguirão se você correr.

Use suas habilidades para matar os inimigos.

Ataque um monstro e seu herói automaticamente vai golpear ou disparar contra ele, dependendo do tipo de arma que você está usando. Para atacar, mova seu mouse sobre o monstro e clique nele (PC) ou pressione o botão de ataque quando o monstro estiver ao alcance (Console).

O dano que você causa ao monstro é baseado nas armas que você equipou. É possível ver o dano médio que você causa no painel Inventário. Basta usar a tecla “I” (PC) ou acessar o menu de personagem nos Consoles.

Ao atacar um monstro, você verá uma barra vermelha com o nome dele no topo da tela: essa é a vida do monstro, e mostra a quantidade de dano que ele vai aguentar antes de explodir ou tornar-se uma poça de sangue aos seus pés. Quando você esvazia a barra do monstro, ela passa de vermelho (cheia) a preto (vazia) e o monstro morre (se o torso do monstro rastejar na sua direção, as garras voltadas para a sua garganta, ele ainda não morreu.)

CONTROLES DE COMBATE DO CONSOLE

Travar alvo

Nos Consoles, é possível usar a função Travar Alvo para focar em um monstro específico — uma seta aparece sobre o alvo travado. Isso torna mais fácil atacar um monstro específico e diminuir a barra de vida dele.

Evadir

Os inimigos mais poderosos que você encontrará em Santuário dão golpes devastadores. Por sorte, heróis nefalem em Diablo III para Consoles podem usar um comando de esquiva especial para evitar ataques.

Barra de ação

A barra de ações indica a vida do seu herói, as habilidades ativas, os recursos da classe e outras informações vitais.

Na sua tela você verá uma barra de ícones pequenos. Essa é a barra de ações. Ela contém suas habilidades ativas, poderes específicos de classe que ajudam você a matar demônios mais depressa ou sobreviver por mais tempo. Também mostra poderosos itens de uso limitado; especificamente, poções de vida. Usar essas habilidades e itens com cuidado pode ser a diferença entre a vida e a morte nas batalhas difíceis. Durante jogos multijogador, barras de ação adicionais aparecem na tela para você monitorar o status dos seus aliados.

A barra de ação também exibe todos os efeitos positivos (bônus) e efeitos negativos (penalidades) no seu personagem, bem como a duração restante. Bônus ganhos com suas próprias habilidades exibem a duração restante em uma barra verde no topo do ícone da habilidade, enquanto bônus ganhos de passivas, membros do grupo ou itens exibem a duração na parte superior esquerda da barra de ação. As penalidades são exibidas no canto superior direito.

Use portais para voltar à cidade.

Portal da cidade: É possível ativar o portal da cidade usando a tecla “T” (PC) ou pressionando para a direita o controle direcional (Consoles). Isso evocará um portal que leva você de volta à segurança do seu acampamento ou cidade. O portal é uma via de duas mãos: quando terminar de resolver seus negócios na cidade, você pode voltar para os campos ou para a masmorra que deixou para trás. Você destravará a habilidade portal da cidade logo no começo do Ato I. Atenção: só é possível ativar apenas um portal de cada vez, e em certas áreas não é possível abrir um portal.

Habilidades: Você pode acessar o menu de habilidades usando a tecla “S” (PC) ou no menu de personagem no Console (PlayStation®3 e PlayStation®4: SELECT; Xbox 360 e Xbox One: BACK), onde é possível selecionar e visualizar suas habilidades. Informações adicionais sobre as habilidades podem ser
encontradas na seção Combate e Habilidades deste guia.

Inventário: Para ver seu inventário, aperte a tecla “S” (PC) ou acesse o menu de personagem no Console (PlayStation®3 e PlayStation®4: SELECT; Xbox 360 e Xbox One: BACK). O inventário guarda o saque que você conseguiu em sua jornada, tanto os itens equipados quanto os que você está carregando. Você pode encontrar mais informações sobre o inventário na seção Inventário deste guia.

Diário & Missões: Pressione o botão START no console ou clique no ícone do cálice no PC (tecla de atalho “J”) para abrir seu registro de missões, que contém uma lista das missões ativas e um diário descrevendo as criaturas e pessoas que você encontrou. Mais informações sobre o diário e as missões estão disponíveis na seção Mundo deste guia.

Menu do Jogo: Pressione o botão START no console ou clique no ícone do computador no PC (tecla de atalho “ESCAPE”) para abrir o Menu de Jogo, onde é possível verificar e modificar as configurações fora do jogo.

Atributos

Dica: para todos os atributos, quanto mais, melhor.

Cada herói do Diablo III possui imenso poder — músculos, velocidade, resistência ou astúcia — que lhe permite desafiar as trevas. Estas qualidades principais são chamadas de atributos, números que representam o quão forte um herói é em determinadas áreas. Segue uma breve explicação dos atributos heroicos no Diablo III:

Força: O atributo principal para Bárbaros e Cruzados. A Força aumenta o dano causado pelo Bárbaro e o Cruzado e aumenta a Armadura de todas as classes.

Destreza: O atributo principal para Caçadores de Demônio e Monges. A Destreza aumenta o dano causado por Caçadores de Demônio e Monges e aumenta a Armadura de todas as classes.

Inteligência: Atributo primário de Necromantes, Feiticeiros e Arcanistas. A inteligência aumenta o dano do Necromante, do Feiticeiro e do Arcanista, além de aumentar as resistências para todas as classes.

Vitalidade: Aumenta a Vida, a quantidade total de dano que você pode receber antes de morrer.

Robustez: A quantidade de dano que você pode receber dos ataques inimigos, derivado dos seus valores em Vida, Armadura, Resistências e Esquiva.

Dano: Indica a média de dano por segundo que você causa com seus ataques. Este atributo é derivado das armas que você está usando, dos seus atributos principais, velocidade de ataque e chance de acerto crítico.

Recuperação: A quantidade de Vida que você recupera por segundo. Sua taxa de recuperação incorpora vida restaurada por ataques, bônus de Globos de Vida, ou regeneração de Vida por Segundo constante.

Cada classe possui esses atributos, mas dependendo do seu estilo de jogo preferido você talvez se interesse mais por alguns atributos, e não por outros.

Por exemplo, se você costuma entrar e sair rapidamente de combate, atacando e se afastando em vez de encarar o inimigo em combate franco, será melhor aumentar o seu Dano causado que sua Vida, uma vez que nesse caso você seria atingido raramente.

Os atributos aumentam automaticamente à medida que o seu nível aumenta. Você ficará mais poderoso ao destruir seus inimigos e avançar no jogo. Além disso, muitos itens que você vai encontrar são encantados e dão bônus específicos a atributos quando você os equipa. Escolha o equipamento de forma a melhorar os atributos que considera mais importantes.

É possível ver seus atributos atuais a qualquer momento na página de Inventário.

Referências:

Diablo Brasil, Us Diablo, Wasd, Palpite Digital, Wikipedia, techtudo.

Team Fortress 2

Team Fortress 2 é um jogo eletrônico free-to-play multijogador de tiro em primeira pessoa desenvolvido pela Valve, baseado em equipes e com foco em combates. Uma sequência para o Team Fortress Classic foi inicialmente lançado como parte da Orange Box em 10 de outubro de 2007 para Windows e então para o Xbox 360. Uma versão para Playstation 3 foi lançada em 22 de novembro de 2007. O jogo foi posteriormente lançado como um pacote único para Windows em 9 de Abril de 2008. Team Fortress 2 é distribuído online através do sistema Steam, enquanto que a distribuição de varejo ficou sob controle da Eletronic Arts. O desenvolvimento do jogo é dirigido por John Cook e Robin Walker, desenhistas que originalmente criaram o mod Team Fortress para Quake em 1996.

O jogo foi anunciado em 1998, apoiado pela engine GoldSrc, mas desde então passou por diversos conceitos e designs. Em 1999, o jogo pareceu se desviar de seus predecessores ao perseguir um estilo de gameplay mais realístico e militar, mas o design se transformou muito durante o período de mais de 9 anos de desenvolvimento. A aparência final é de um estilo visual cartoon influenciado pela arte de J. C. Leyendecker, Dean Cornwell e Norman Rockwell e é apoiado pela Source Engine. O jogo em si gira em torno de dois times, cada um com acesso a nove personagens distintos, combatendo em uma variedade de modos de jogo em ambientes variados.

A falta de informação ou progresso aparente após seis anos do desenvolvimento original do jogo fez com que fosse etiquetado como um vaporware, e era regularmente apresentado na lista anual de vaporwares do website Wired News. Após seu lançamento, o jogo recebeu grande aclamação crítica e diversos prêmios, sendo elogiado por seu estilo gráfico, gameplay balanceado e por seu uso de personagens com personalidades completas e dedicadas, mesmo sendo um jogo dedicado ao multiplayer.

Escolhendo um Time e uma Classe

Depois da tela de carregamento, você estará dentro do servidor, mas ainda precisa escolher um time e uma classe para jogar. É bem simples: pule as eventuais mensagens do dia dos servidores apertando o grande botão Continuar até chegar numa tela em que há três portas e uma TV.

A primeira opção é selecionar um time aleatório, clicando na primeira porta, com um ponto de interrogação (?) desenhado. A segunda opção, na TV, é para assistir à partida como Espectador. A terceira opção é se juntar ao time BLU (sim, sem o “e”). E a quarta e última opção, na última porta, é o time RED. Caso a partida já esteja em andamento, é provável que apenas um dos times tenha vaga disponível.

Com o time escolhido, é hora de escolher uma classe, dentre as nove existentes. Elas estão separadas em três categorias: Ataque (Scout, Soldier e Pyro), Defesa (Demoman, Heavy e Engineer) e Suporte (Medic, Sniper e Spy). Vai levar um bom tempo para você aprender sobre cada uma delas, então aqui vão algumas recomendações:

Evite jogar com classes que se iniciam em “s” (Scout, Soldier, Sniper e Spy), pois elas formam o quarteto das mais complexas do jogo, além de serem altamente competitivas, e vai levar algum tempo de prática até você conseguir dominá-las. Não é o ideal num primeiro momento.

Dê preferência para jogar como Medic, Heavy ou Pyro. São as classes mais indicadas para Iniciantes, por serem de fácil domínio e entendimento. Vamos dar uma rápida passada em cada uma pra você entender o papel básico delas.

Ataque

As três classes ofensivas são o Scout, o Soldier e o Pyro. O Scout (voz dublada por Nathan Vetterlein) é caracterizado por um fã de baseball de Boston, Massachusetts que fala muito rápido, e é veloz (sendo a classe mais rápida do jogo, com a velocidade em 133%), ágil e armado com uma scattergun (um tipo de espingarda de curto alcance) e uma pistola. O Scout é capaz de realizar um pulo duplo, porém, ele não aguenta receber muito dano, com apenas 125 de ‘Health’, assim como o Spy e o Sniper. O Soldier (voz dublada por Rick May) é mais durão, mas é consequentemente mais lento. Típico estereótipo de um soldado americano, o Soldier anda armado com um lança míssil, que pode ser usado para realizar a técnica rocket jump (agachando, pulando e dando um tiro no chão) para voar para locais mais altos. Essa técnica, porém, é mais complicada do que parece, tirando um pouco de ‘Health’ do jogador cada vez que ele a faz. A última classe ofensiva é o Pyro (voz dublada por Dennis Bateman). Vestido em uma roupa à prova de fogo (o que não deixa o Pyro pegar fogo quando atingido por um lança-chamas de um Pyro inimigo) e com uma máscara de gás que abafa sua voz (fazendo com que tudo que ouvimos dele seja ‘Mppph’), o Pyro carrega um lança-chamas que pode incendiar os inimigos, assim como pode produzir uma rajada de gás comprimido que joga inimigos próximos ou projéteis para longe.

Defesa

O Demoman, o Heavy, e o Engineer fazem parte das classes defensivas. O Demoman (voz dublada por Gary Schwartz) é um escocês negro, da família DeGroot, que enxerga por apenas um olho e está sempre bebendo. Armado com um lançador de granadas e um lançador de sticky bombs, o Demoman pode usar seu equipamento para fornecer fogo indireto em posições inimigas. O Heavy (também dublado por Schwartz) é um personagem russo, com uma grande estatura e sotaque forte, obcecado pelas suas armas ao ponto de dar a elas nomes humanos. O Heavy pode sofrer mais dano do que qualquer outra classe e possui imenso poder de fogo, mas é muito lento (a classe mais lenta do jogo, com a velocidade em 77%) devido ao seu próprio tamanho e ao peso de sua metralhadora. O Engineer (voz dublada por Grant Goodeve) é a última classe defensiva, retratado como um intelectual e relaxado homem de ar rural do Texas. O Engineer é capaz de construir um certo número de estruturas para dar suporte ao seu time: uma sentry gun (uma metralhadora automática sentinela) para defender pontos especiais, uma fornecedora de munição e vida e um sistema de teleporte.

Suporte

A última categoria, suporte, possui as classes Medic, Sniper, e Spy. O Medic (dublado por Robin Atkin Downes) é um médico alemão de Stuttgart com pouca consideração pelo Juramento de Hipócrates, responsável por manter seus companheiros de time vivos. O Medic está equipado com uma medigun para curar seus amigos, e pode deixá-los temporariamente invulneráveis ou aumentar seu poder de fogo depois que a medigun tiver sido usada por um tempo. O Sniper (dublado por John Patrick Lowrie) é um alegre australiano que racionaliza sua linha de tarefas, equipado com um rifle com mira à laser para atingir inimigos à longa distância e uma sub-metralhadora para combates de curta distância. A última classe de suporte é o Spy, um francês sem expressão (também dublado por Dennis Bateman): em adição ao seu revólver, ele possui um conjunto de ferramentas de disfarce, como um dispositivo de camuflagem, um aparelho eletrônico para sabotar as estruturas do Engineer, e um dispositivo escondido em sua caixa de cigarros que o permite se transformar em outros jogadores. O Spy também pode usar seu canivete Butterfly para apunhalar inimigos pelas costas, o que causa morte instantânea.

Valve demonstrou seu grande interesse em manter o jogo balanceado quanto à implementação de novidades para as classes. Cada classe tem suas próprias fraquezas e pontos fortes, o que gera a dependência das outras classes para maior eficiência. Isso força o gameplay para possuir mais pensamento estratégico e aumento na utilização de trabalho em equipe, o que não aconteceria se alguma classe tivesse muitas vantagens. Cada uma das classes nas três categorias possuem pontos fortes e fracos compartilhados, enquanto que cada classe individualmente também possui suas próprias vantagens.

Medic: sua função é tão simples quanto útil – curar jogadores feridos. Escolha sua arma secundária (apertando “2″), a Arma Médica, aponte para um colega ferido do seu time que esteja próximo de você e segure firme o botão esquerdo do mouse (chamado daqui pra frente de “botão de tiro”), para disparar um raio “regenerador” na sua direção. Por enquanto, é basicamente isso que você deve fazer. Como o Medic passa a maior parte do tempo assistindo os combates no front de batalha, é possível aprender rapidamente como as outras classes funcionam. Basta ficar atento.

Heavy: é a classe mais resistente do jogo e a mais letal à curtas distâncias. Move-se lentamente e a sua arma primária (a Metralhadora Giratória) leva alguns instantes para disparar, mas acredite: nenhum inimigo vai querer estar por perto quando seu canhão começar a cuspir chumbo. Você será mais requisitado na defesa de pontos estratégicos e no suporte ao seu time no front. Mesmo com um poder de fogo devastador, é extremamente vulnerável se agir sozinho, por isso, jamais desgrude do seu time e, sempre que possível, avance acompanhado de um Medic.

Pyro: é a menos recomendada das três, mas se você gosta de pegar inimigos desprevenidos e causar confusão entre seus oponentes, o Pyro serve muito bem, obrigado. É, de longe, a classe mais simples do jogo (para iniciantes): selecione seu Lança-chamas, aperte o botão de tiro e parta sem freios para cima do seu inimigo até que ele vire churrasco. Simples assim. Porém, se prepare para morrer várias vezes pois o curto alcance de suas armas o obrigam a praticamente colar em seus inimigos.

Resumo: Continuar > selecionar BLU ou RED > selecionar Medic (boneco nº 7), Heavy (boneco nº 5) ou Pyro (boneco nº 3).

Tudo pronto, e agora? O que eu faço?

Com a classe escolhida, você nascerá (ou “spawnará“) dentro da base do seu time. Como você ainda não conhece o mapa, nem tem ideia do que deve ser feito, o ideal é seguir os jogadores da mesma cor que o seu time, acompanhando-os até chegar ao front de batalha, onde o tiroteio está acontecendo. É aqui que você desempenhará o papel da classe escolhida.

Logo será possível notar que os jogadores do seu time e do time inimigo estão convergindo para um mesmo local do mapa: é o objetivo da partida. Team Fortress 2 é fortemente baseado no trabalho em equipe para alcançar uma meta maior do que simplesmente acumular kills. É preciso, portanto, compreender o objetivo básico de cada modo de jogo.

A maioria dos servidores estará rodando um dos dez modos de jogo oficiais: Pontos de Controle (Control Point), Capture a Bandeira (Capture The Flag), Controle Territorial (Territorial Control), Carga Explosiva (Payload), Arena, Rei do Pedaço (King of the Hill), Corrida de Cargas (Payload Race), Ataque/Defesa Medieval (Medieval Mode), Ataque/Defesa (Attack/Defend) e Entrega Especial (Special Delivery).

De todos esses modos, os mais populares são o Pontos de Controle (Control Point) e o Capture a Bandeira (Capture The Flag), velhos conhecidos de quem já jogou outros shooters online. Vamos dar uma rápida passada em cada modo de jogo para você ter uma noção do que deve ser feito para alcançar a vitória do seu time.

Dúvidas? Use o microfone!

Team Fortress 2 é altamente dependente do trabalho em equipe e por isso, informar ao seu time o que está acontecendo, é essencial. Como iniciante, num primeiro momento, é útil usar o microfone para pedir ajuda e sanar dúvidas. Apesar de infelizmente alguns jogadores reagirem com hostilidade, a grande maioria estará bastante disposta em ajudar. Explique sua situação de iniciante e faça sua pergunta. Aguarde por uma resposta, seja ela via voz ou via chat de texto no canto inferior esquerdo da tela.

Para usar o microfone, é necessário tê-lo ativado no jogo. Para isso, no menu inicial do jogo, clique no botão Opções, na parte inferior e vá até a aba Voz. Marque a caixa Ativar voz neste jogo e clique em Aplicar. As opções abaixo servem para calibrar o volume que a sua voz será transmitida e o volume que a voz dos outros chegarão até você. Fica a seu critério. Dentro da partida, segura a tecla V enquanto fala para capturar sua voz.

Resumo: Opções > Voz > Ativar voz neste jogo > Aplicar.
Dentro da partida: segure a tecla V para falar.

Fique atento à distribuição de classes no seu time

Uma das coisas mais comuns de acontecer, na situação de iniciante, é escolher uma classe que contribuirá pouco ou que seu time já tenha de sobra. Isso o tornará um completo peso morto dentro da partida. É por isso que uma das primeiras e mais importantes recomendações é ficar atento ao número de pessoas usando uma mesma classe. Basta apertar a tecla Tab para verificar a lista de jogadores da partida com o respectivo símbolo de cada classe logo ao lado.

Nenhum time precisa de mais de três Sniper ou Spy. Nenhum time precisa de um batalhão de engenharia. E time nenhum vai sair do lugar enquanto todo mundo estiver jogando com classes defensivas ou de suporte. Se seu time está sendo facilmente derrotado, pode ser em grande parte devido ao excesso ou a falta de certas classes. A dinâmica de jogo é bastante complexa para ser descrita num primeiro momento, mas basta ficar atento a esses pequenos detalhes: priorize classes que estejam em falta no seu time e que sejam de fácil domínio para não “afundar” sua equipe.

Chapéus, chapéus por toda parte! E armas! Como eu consigo armas?

Você vai notar rapidamente que cada jogador tem um chapéu diferente ou uma arma diferente da sua. A recomendação que vai aqui é simples: ignore-os.

Até você pegar o jeito de jogar e aperfeiçoar sua jogabilidade, chapéus e armas novas não farão falta alguma. Em nenhum momento suas armas iniciais lhe deixarão em desvantagem, até porque as armas “novas” tem cada uma seu bônus, que é rapidamente contrabalanceado por uma forte desvantagem. Vamos abordar isso com mais detalhes em outro momento.

Modos de jogo

Esta é a lista oficial dos modos de jogo presentes no Team Fortress 2. Inicialmente, o jogo foi lançado com apenas três: Capture a Bandeira, Pontos de Controle e Controle Territorial. Numerosas atualizações adicionaram cinco novos modos de jogo (Carga Explosiva, Arena, Rei do Pedaço, Corrida de Cargas, Modo Medieval, Entrega Espacial, Mann vs. Máquina e Destruição de Robôs). Esses modos de jogo se espalham por 53 mapas oficiais e oferecem uma grande variedade de jogos e estilos de jogo ao Team Fortress 2.

Arena

Mapas Arena são projetados para manter a diversidade de classes do Team Fortress 2 ao mesmo tempo que foca o objetivo no combate entre duas equipes. Enquanto outros modos de jogo pedem uma estratégia geral da equipe, Arena foca em escolhas táticas específicas que as equipes fazem em uma única batalha. O prefixo arena_ acompanha o nome dos mapas deste modo de jogo.

O modo Arena é composto por mapas menores e que duram menos tempo. A rodada termina quando uma equipe não tem mais jogadores vivos na arena ou quando o ponto de captura central for capturado, após sua captura ser permitida. O ponto de captura central tem sua captura permitida após um minuto ter se passado na rodada atual. Rodadas comumente são rápidas e bem competitivas, com ênfase no rol de classes da sua equipe e seu plano para dominar as escolhas de classe da equipe inimiga. O modo Arena comporta tanto partidas pequenas com três jogadores de cada lado quanto grandes batalhas doze contra doze. Arena funciona de forma similar à Morte Súbita – não há como renascer e armários de reabastecimento não estão disponíveis. Normalmente há poucos kits médicos disponíveis, comumente postos longe dos locais onde há maior ação e/ou perto de locais de alto risco. Isso força as equipes a depender mais de Dispensers e Medics.

Jogadores na equipe perdedora podem ficar de fora na rodada seguinte para manter o número de jogadores nas equipes igual ou para permitir que jogadores que estejam assistindo (e que ficaram de fora por causa do limite do número de jogadores por equipe) joguem. Por outro lado, jogadores na equipe vencedora nunca ficam de fora na rodada seguinte.

O bônus de First Blood é exclusivo do modo Arena e é dado ao jogador que causar a primeira morte da partida. O bônus a ao jogador 100% de chances de críticos por cinco segundos. Note que um Spy usando um Dead Ringer dará o bônus de First Blood ao jogador que ativar sua morte falsa, caso seja a primeira “morte” causada na partida.

Mapas de Arena:

Badlands, Granary, Lumberyard, Nucleus, Offblast, Ravine, Sawmill, Watchtower e Well.

Capture a Bandeira

O modo Capture a Bandeira é composto por uma base RED e outra BLU, cada uma contendo sua própria maleta de Inteligência (também conhecida como a bandeira). O objetivo das equipes é capturar a Inteligência inimiga até alcançar o limite de capturas do jogo (limite padrão de 3 capturas) enquanto impede que os inimigos façam o mesmo.

A inteligência de cada equipe normalmente fica localizada nos fundos de seu território e em um local simétrico uma à outra, em uma área conhecida como a “sala da Inteligência”. Para pegar a Inteligência o jogador deve tocar a maleta inimiga. Enquanto está com a Inteligência inimiga, o jogador deve levá-la ao local de sua Inteligência, onde deve entrar na ‘zona de captura’ (indicada pelas linhas amarelas e pretas) para capturá-la com sucesso. Após cada captura bem sucedida sua equipe será recompensada com dez segundos de 100% de chances de críticos.

Se quem está levando a Inteligência for morto ou esta for largada intencionalmente, a Administradora informará esse fato às equipes pelos alto-falantes e a maleta ficará no local por 60 segundos, com um cronômetro acima indicando o tempo restante para que volte à sala da Inteligência. Durante esse tempo a Inteligência pode ser pega normalmente. Cada vez que a Inteligência é largada o cronômetro é zerado. A equipe inimiga não pode mover ou zerar a inteligência diretamente. A inteligência não pode ser levada por jogadores invulneráveis (como jogadores sob os efeitos de um ÜberCarga e Scouts sob os efeitos de uma Bonk! Atomic Punch) e quem está com a Inteligência não pode ficar invulnerável. Spies camuflados não podem pegar a inteligência até que tirem a camuflagem. Por outro lado, caso um Spy pegue a Inteligência seu disfarce será removido e não poderá se camuflar nem se disfarçar até que a largue ou capture,Vale falar que se o jogador estiver de Soldier ou Demoman e ele estiver usando o Lança-foguetes de Treino ou o Lança-stickybombs de Treino ele não poderá carrega a maleta.

Se quem está levando a Inteligência morre em uma parte normalmente inacessível do mapa (como cair em um abismo), a Inteligência volta imediatamente ao seu local inicial na sala da Inteligência. Se nenhuma equipe alcançar o limite de capturas quando o tempo acabar, a partida entrará no modo Morte Súbita.

Diferentemente dos modos de Capture a Bandeira em outros jogos, você pode capturar sem estar com sua inteligência na base.

Mapas de Capture a Bandeira:

2Fort, Double Cross Sawmill, Turbine e Well.

Pontos de Controle

Mapas de Pontos de Controle possuem dois modos de jogo principais.

Pontos de controle são plataformas circulares com uma luz e o holograma da equipe no centro (pontos neutros terão uma luz e hologramas brancos). Para capturar um ponto da equipe inimiga, o jogador deve simplesmente ficar em cima do ponto até que a barra de captura ser preenchida com a cor da sua equipe. A velocidade de captura aumenta de acordo com o número de jogadores em cima do ponto, mas até um certo limite. Scouts, assim como Soldiers e Demomen (com a Pain Train equipada) contam como dois jogadores quando estiverem capturando pontos de controle. Não haverá progresso na captura quando jogadores de ambas as equipes estiverem no ponto de controle. Se todos os jogadores que estiverem capturando forem mortos ou saírem do ponto antes da captura ser completada, o progresso não será zerado imediatamente; ao invés disso, o progresso será desfeito lentamente.

Um ponto de captura pode ter um dos três estados:

Neutro: O ponto pode ser tomado por qualquer equipe (geralmente o ponto central em um mapa padrão de CP)

Capturado: O ponto atualmente pertence a equipe RED mas pode ser tomado pela equipe BLU.

Trancado: O ponto atualmente pertence à equipe RED mas não pode ser tomado pela equipe BLU.

Há três tipos de mapas de Pontos de Controle – Pontos de Controle padrão, Ataque/Defesa e Ataque/Defesa Medieval.

Pontos de Controle padrão

Mapas de Pontos de Contole padrão ou Pontos de Controle Lineares são simétricos. Ambas as equipes começam com dois pontos sob seu controle e um ponto de controle central começa neutro. A equipe que capturar todos os pontos de controle vence. Mapas tradicionais de Pontos de Controle entrarão em Morte Súbita (ou terminará em empate) caso nenhuma equipe capture todos os pontos de controle quando o tempo acabar. Pontos de controle mais próximos ao local de renascimento de uma equipe são capturados mais rapidamente pela equipe inimiga.

Mapas de Pontos de Controle padrão:

5Gorge, Badlands, Coldfront, Fastlane, Freight, Granary, Well, Yukon, Coldfront e Process.

Ataque/Defesa

Mapas de Ataque/Defesa são assimétricos. O RED começa com todos os pontos sob seu controle. O BLU vence se capturar todos os pontos do RED. Pontos só podem ser capturados em uma ordem específica (mas alguns mapas, como Gravel Pit e Steel, fazem certas exceções). O RED vence se impedir o BLU de capturar todos os pontos antes do tempo acabar. Pontos capturados pelo BLU normalmente ficam trancados e não podem ser recapturados pelo RED.

Mapas de Ataque/Defesa podem ser feitos de várias maneiras. Alguns mapas, como Dustbowl e Egypt, necessitam que o BLU capture três estágios de dois pontos de controle cada para vencer a partida. Se a equipe atacante falhar em vencer qualquer estágio, as equipes serão trocadas e os defensores virarão os atacantes, começando do estágio 1. Outros mapas, como Gravel Pit e Junction, permitem que a equipe atacante capture dois pontos em qualquer ordem (pontos A ou B) antes de atacar o ponto final (ponto C). Steel é um mapa único de Ataque/Defesa no qual capturar qualquer ponto de controle menor (pontos A, B, C e D) dará melhor acesso ao ponto principal (ponto E), como novas rotas ao ponto E ou pontes para que classes além de Soldiers, Demoman ou Enginners que dão saltos com Sentry Gun possam capturá-lo.

Mapas de Ataque/Defesa:

Dustbowl, Egypt, Gorge, Gravel Pit, Junction e Steel.

Ataque/Defesa Medieval

Ataque/Defesa Medieval faz parte do Modo Medieval, adicionado na atualização do Natal Australiano. Funciona como um mapa de Ataque/Defesa, mas com uma grande diferença: todas as armas de fogo são removidas e somente armas que são definidas como armas “velhas” (“Olde”) podem ser usadas. A conversa de texto é filtrada (para inglês medieval – ou Olde English) para parecer com o idioma da era (mesmo que com uma grande imprecisão) e o mapa tem um tema medieval.

Mapas de Ataque/Defesa Medieval:

Degroot Keep.

Rei do Pedaço

Rei do Pedaço é similar ao modo Arena. Rei do Pedaço foca em um único ponto de controle no centro do mapa, que é neutro e não pode ser capturado logo no início da rodada. As equipes devem se encaminhar ao ponto de controle e capturá-lo quando este estiver disponível. Assim que o ponto for capturado por uma equipe, seu cronômetro começará uma contagem regressiva de três minutos. Se a equipe inimiga conseguir capturar o ponto, o cronômetro deles começará a contar enquanto o cronômetro da outra equipe congelará no tempo que estava quando o ponto foi recapturado. Uma equipe vence quando o ponto estiver sob seu controle e os três minutos tiverem acabado.

Mapas de Rei do Pedaço:

Harvest Event, Nucleus, Sawmill, Viaduct, Lakeside e Badlands.

Carga Explosiva

Em mapas de Carga Explosiva, a equipe BLU deve escoltar um carrinho cheio de explosivos por uma série de checkpoints até a base RED dentro de um certo espaço de tempo. Membros da equipe BLU movem ou “empurram” o carrinho ficando perto dele – quanto mais pessoas estiverem perto do carrinho, mais rápido ele se moverá. Qualquer membro da equipe RED que estiver perto do carrinho o impedirá de avançar. Se nenhum jogador BLU empurrar o carrinho em 30 segundos, o carrinho começará a voltar lentamente até que chegue até um checkpoint, à base BLU, em uma subida no caminho (em alguns mapas) ou até um jogador BLU ficar perto novamente. O carrinho funciona como um Fornecedor nível um para a equipe BLU (e Spies inimigos disfarçados) para reabastecer vida e munição àqueles que estiverem empurrando-o. Não há reabastecimento de munição para jogadores que estiverem na parte frontal do carrinho.

Alguns mapas incluem rotas de via única do lado BLU, que às vezes estão fechados até que um ponto específico é capturado.

Alguns mapas, como Gold Rush, Hoodoo e Thunder Mountain, são divididos em três estágios que a equipe BLU deve avançar por e vencer. Estágios um e dois são compostos por 2 checkpoints e o estágio três é composto por 3 checkpoints (2 em Hoodoo), incluindo o ponto final. Os mapas Badwater Basin e Upward têm uma única rodada com 4 checkpoints, incluindo o ponto final. Avançar o carrinho ao próximo checkpoint dá ao BLU tempo extra. Avançá-lo até o último ponto de um estágio leva ao próximo estágio do mapa. Quando o carrinho chega no último ponto do último estágio a carga explode e destrói a base RED, indicando a vitória do BLU.

Mapas de Carga Explosiva:

Badwater Basin, Gold Rush, Thunder Mountain, Barnblitz, Snowycoast, Frontier, Hoodoo, Upward, Borneo, Swiftwater e Enclosure.

Corrida de Cargas

Diferentemente de mapas normais de Carga Explosiva, mapas de Corrida de Cargas dão um carrinho para ambas as equipes RED e BLU; as equipes não tem um papel específico de ataque ou defesa. Para vencer, as equipes devem simultaneamente empurrar seu carrinho pelo território inimigo para alcançar o último ponto enquanto impedem a equipe inimiga de fazer o mesmo. Assim como no modo Carga Explosiva, membros de uma equipe empurram o carrinho ficando perto dele, sua velocidade aumenta de acordo com o número de membros perto dele e membros da equipe inimiga podem pará-lo ao se aproximar.

Diferentemente do modo Carga Explosiva, o carrinho não voltará após qualquer duração de tempo e não há limite de tempo; o mapa só acabará quando uma equipe conseguir empurrar seu carrinho com sucesso até o último ponto. Cada carrinho funciona como um Fornecedor para sua equipe (e Spies inimigos disfarçados), reabastecendo vida e munição àqueles empurrando-o. Partes do percurso poderão ter certas elevações, nas quais o carrinho voltará rapidamente até a parte inferior caso não seja empurrado constantemente.

Mapas de Corrida de Cargas podem ou não ser divididos em múltiplas rodadas.

Mapas de Corrida de Cargas:

Hightower, Nightfall, Pipeline e Banana Bay.

Controle Territorial

No Controle Territorial, o objetivo é controlar todo o mapa capturando “territórios”. Cada partida é selecionada aleatoriamente de seis leiautes diferentes em uma partida ‘ponto contra ponto’ onde ambas as equipes devem capturar o ponto adversário enquanto defende o seu. Após uma equipe capturar com sucesso o ponto adversário, a próxima rodada acontece em uma área diferente do mapa, que também é selecionada aleatoriamente. Após uma equipe capturar todos os quatro territórios, ela deve capturar a base da equipe inimiga. Se o ponto-base for capturado (em Hydro, tal ponto é a Antena Parabólica para o RED e a Usina Elétrica para o BLU) a equipe atacante vence a partida. Quando a próxima rodada começar, os controles de território são zerados e um novo leiaute aleatório é selecionado.

Em qualquer partida TC (exceto quando é para captura de uma base), se nenhum ponto de controle for capturado nos oito minutos, a partida entrará no modo de Morte Súbita.

Mapas de Controle Territorial:

Hydro.

Modo de treinamento

Mapas de treinamento são feitos para ensinar o básico de jogabilidade e técnicas avançadas. O modo de treinamento foi lançado com a Atualização Mac, que introduziu dois mapas oificiais de treinamento: Dustbowl e Target.

Brandon Reinhart indiretamente anunciou no blog oficial do TF2 no dia 28 de julho de 2010 que Corey Peters está atualmente trabalhando em outro mapa oficial de treinamento[1], porém detalhes são desconhecidos tanto para qual classe ou quais mecânicas de jogabilidade serão focadas.

Outros modos

Highlander

O modo Highlander restringe o número de jogadores de cada equipe para 9 jogadores e permite apenas uma classe por jogador em cada equipe. É aplicável em qualquer modo de jogo e pode ser ativado digitando mp_highlander 1 no console.

A ideia por trás do modo Highlander existiu anteriormente em sua inclusão oficial no jogo e havia sido implementado em mods de servidor. O modo Highlander foi adicionado oficialmente na atualização de Atualização de 3 de fevereiro de 2010.

Minigame de duelo

Um minigame lançado na Atualização da Mannconomia, o Minigame de duelo é um item de ação que pode ser comprado na Loja Mann Co., recebido via troca ou encontrado via sistema de obtenção de itens. Quando equipado no compartimento de ação, o item pode ser ativado para colocar o usuário contra alguém na equipe adversária, caso ela aceite o desafio. Até o fim da rodada, pontos são ganhos por matar ou ajudar a matar. Mortes causadas pelos dois jogadores no duelo são contabilizadas e o jogador com o maior número de pontos vence o “duelo” quando a rodada termina. Se um dos jogadores se desconectar ou sair da partida, um pequeno banimento de duelo será aplicado a este jogador. O item em si tem um máximo de 5 usos e pode ser usado em todos os mapas oficiais. Após vencer seu primeiro duelo, uma Bronze Dueling Badge é fornecida que subirá de nível para Silver, Gold e Platinum de acordo com o número de duelos que vencer. Para cada 10 vitórias um Minigame de duelo e um item aleatório são fornecidos.

Modo Medieval

O Modo Medieval tinha como data-alvo de lançamento a Atualização Polycount, mas foi adiado por alguns meses e lançado juntamente com a atualização do Natal Australiano.

O modo altera a jogabilidade permitindo somente o uso de armas “velhas” e jogadores mortos, ao invés de largar sua arma, largam um kit médico pequeno.

A conversa por texto também é filtrada para “inglês medieval”.

Modo de torneio

O modo de Torneio é mais usado em servidores competitivos. Ele permite a criação de equipes personalizadas e de acompanhar o sucesso de uma equipe em particular em várias partidas. Há uma interface presente para nomear equipes e, quando as equipes estiverem organizadas, elas devem avisar que estão prontas para iniciar a partida. No modo de torneio não há limite de jogadores por equipe nem balanceamento de equipes.

Mods da comunidade

Modificações de modo de jogo da comunidade são modos de jogo personalizados e não oficiais, produzidos por talentosos membros da comunidade. Eles variam de recriações de modos de jogo do Team Fortress Classic até modos completamente originais, além de poder mudar totalmente o funcionamento de uma classe, indo desde as mecânicas-chave até as armas usadas por ela. Alguns modos ainda adicionam novos inimigos para as equipes RED e BLU batalharem ou colocam o jogador no lugar de alguém ou algo que não poderiam jogar com em um modo oficial. Alguns mods já foram honrosamente mencionados pela Valve no blog oficial do TF2.

Referências:

Manualtf2, Wikiteamfortress, Wikipedia.

The Elder Scrolls V: Skyrim

The Elder Scrolls V: Skyrim é um RPG eletrônico desenvolvido pela Bethesda Game Studios e publicado pela The Elders Scrolls. É o quinto jogo principal da série The Elder Scrolls, seguindo The Elder Scrolls IV: Oblivion. Foi lançado em 11 de novembro de 2011 para PlayStation 3, Xbox 360 e Microsoft Windows. É o primeiro jogo ocidental da história a receber 40/40 (nota máxima) na conceituada BGS. O Jogo Conseguiu três prêmios no VGA 2011, incluindo melhor jogo do ano.

Os acontecimentos do jogo passam-se duzentos anos depois da, já quase esquecida, crise de Oblivion, no ano 201 da quarta era (4E 201) na província de Skyrim, no norte de Tamriel, e 30 anos após a mais recente Grande Guerra, onde o Aldmeri Dominion e o Império lutaram arduamente, mas que quase extinguiu os humanos de Tamriel, e para evitar tal derrota, acordaram com a Aldmeri Dominion, rendendo duas forças e sujeitando-se as suas exigências.

Skyrim é a terra natal de um povo bravo chamados de Nords (uma raça de humanos) onde além da Grande Guerra, irrompeu uma guerra civil após o assassinato do Alto Rei de Skyrim, Torygg. E diante de todas estas guerras e problemas, a província se encontra dividida: de um lado, os StormCloaks, rebeldes comandados por Ulfric que buscam a independência de Skyrim perante o império; do outro, os Imperiais, militares comandados por Tullius e aliados ao império.

O Enredo

Durante muito tempo, os dragões reinaram no mundo. Escravizavam, eram muito poderosos e viviam em grandes quantidades. Alduin era o líder de todos os dragões e ele, principalmente ele, fazia as barbaridades que fez com os humanos, elfos e outras raças.

Os dragões eram temidos e ninguém tinha a coragem de peitar um dragão ou virar-se contra, até que chegou a era dos Dovahkiins ou Dragonborns (Nascidos dos Dragões). Os Dragonborns eram fortes, tinham maior resistência contra os dragões e isso os fez começar uma revolta contra os gigantes com asas. A imunidade contra os dragões também era parte dos Dovahkiins e isso foi o inicio da decadência de Alduin e sua raça.

Os Dragonborns lutaram, se organizaram e derrotaram Alduin, o que trouxe o fim e a extinção de outros dragões. O mundo se juntou e ajudava os Dovahkiins, o dragões eram caçados com toda força até que aos poucos foram deixando de existir, chegando ao fim da raça.

Centenas de anos depois, algo ocorre. Há rumores de que os dragões estão de volta, Alduin ressurgiu das cinzas como uma fênix e estava pronto para recomeçar a sua vingança e seu massacre contra aqueles que um dia o derrotaram. Ele descontaria toda a sua raiva nas raças e escravizaria-as novamente.

A volta de Alduin trouxe inúmeros problemas, o dragão líder sabia que jamais poderia concretizar os seus planos sozinho e então decidiu reviver todos os dragões que um dia já reinaram com ele, mas Alduin não contava com uma coisa: Ele também teria oponentes à sua altura, o último Dragonborn ainda estava vivo e esse Dragonborn é você, jogador.

O enredo é bom, apesar de não ser mais original ou o melhor enredo. Ele usa aquele clássico roteiro: “A Jornada do Herói”, onde o herói renega o seu papel e depois decide ajudar. Há alguns clichés, mas isso não torna o jogo ruim. O enredo nos traz alguns personagens marcantes, mas a maioria é sem expressão ou você nem sente nada por eles. Para nós da Taverna 42, o enredo tem nota 6,0.

Jogabilidade