South Park: The Stick of Truth

South Park: The Stick of Truth é um jogo eletrônico do gênero RPG de 2014, desenvolvido pela Obsidian Entertainment, com a colaboração de South Park Digital Studios, e publicado pela Ubisoft para PlayStation 3, Xbox 360 e Microsoft Windows. O jogo é baseado na série de desenho animado estadunidense South Park, o enredo é centrado no “garoto novo”, que se muda para a cidade de mesmo nome, envolvendo-se em uma épica guerra de fantasia RPG entre seres humanos, magos e elfos, que estão lutando pelo o controle de um objetivo super poderoso, o Stick of Truth (Cajado da Verdade). O jogo sai completamente fora do controle, levando-os em conflitos com alienígenas, zumbis nazistas e gnomos, ameaçando a cidade à destruição.

O desenvolvimento começou em 2009, após os criadores de South Park, Trey Parker e Matt Stone, aproximarem da Obsidian com a ideia de fazer um jogo RPG projetado para refletir exatamente a série de televisão. Parker e Stone estiveram envolvidos ao longo da produção do jogo: eles escreveram o enredo, foram consultados sobre o projeto e expressaram vários personagens da série. South Park: The Stick of Truth teve uma produção turbulenta; a data de lançamento foi adiada várias vezes a partir da data programada em março de 2013 até o lançamento em março de 2014. Houve também uma mudança de editora na sequência da falência da THQ, editora original. Os direitos do jogo foram comprados pela Ubisoft no início de 2013.

South Park: The Stick of Truth foi objeto de censura em algumas regiões devido ao seu conteúdo, que inclui abortos e imagens nazistas; Parke e Stone substituíram as cenas com explicações detalhadas sobre cada. O jogo foi lançado com críticas positivas, que elogiou o roteiro de comédia, o estilo visual e a fidelidade ao material de origem. Ele recebeu críticas por falta de combate e técnicas difíceis que retardaram ou impediram o progresso. A sequência, South Park: The Fractured but Whole, está agendada para ser lançada em 2017, ao lado de uma versão de South Park: The Stick of Truth para PlayStation 4 e Xbox One.

Tela de criação de personagem

Sua roupa, seu jeito, sua cara

É aqui que você escolhe sua aparência e monta um perfil inicial. Essa parte é fácil. Mas o Cartman, de qualquer jeito, vai te achar um fucking-cão-chupando-manga com a roupa mais ridícula do mundo.

Classes

Chegou o momento de escolher sua classe, ou seja, que define os tipos de habilidades que você tem e como vai lutar durante as batalhas. No fim das contas, você é insignificante e o Mago Rei podia dar conta de encontrar o Bastão da Verdade sozinho. Mas como ele é um cara muito legal, vai deixar você participar da brincadeira.

Você vai conhecer a galera da vizinhança conforme for jogando. Isso é uma parte muito importante porque, sabe como é, networking te leva à melhores oportunidades. Não esqueça de adicionar todo mundo e fazer seu “feici” bombar.

“Mova sua bunda, Idiota”: você vai descobrir como a interface do jogo é simples.

Todo mundo tem nome de guerra em um RPG. Teoricamente, você escolhe algo que acha sensacional. Só que, nesse jogo, quem manda é o Cartman e ele diz que seu nome vai ser “Idiota”. Não adianta discutir, ele não vai te chamar de outro jeito.

Na galeria, ali de cima, tem várias imagens com um pouquinho da interface. Seu inventário, a loja de equipamentos, os bichinhos especiais que você captura e coleciona e seu caderno de missões. Tudo muito fácil de entender.

Referências aos episódios

Se você não acompanhou a série de TV de South Park e gostaria de jogar o game, não se preocupe. É possível curtir a história do jogo mesmo sem entender algumas das inúmeras referências colocadas na aventura. Caso você esteja curioso para entender os detalhes e piadas, pode começar pela trilogia “Black Friday”, que são os episódios 7, 8 e 9 da 17° temporada. Eles serviram como um prólogo para entender a origem da brincadeira das crianças no game.

Como começar a sua aventura

Ao entrar no menu inicial, escolha a opção “Novo Jogo” e siga as instruções para selecionar o nível de dificuldade e criar o seu novo personagem. O game não é difícil, até mesmo em níveis mais altos, e você poderá aproveitá-lo no tempo que quiser. Ele também conta com legendas em português para facilitar o entendimento das piadas e narrativa. Para selecioná-las, basta você mudar o idioma da interface da sua plataforma. Acesse as opções do PS3, Xbox 360 ou na sua conta do Steam para selecionar o idioma da interface e colocá-los em português.

Após a animação inicial, você deverá completar a primeira missão do jogo para fazer amigos. Encontre o personagem Butters à direta e siga-o para a casa do Cartman. Siga o pequeno tutorial para aprender os primeiros comandos em combate. Nesta parte não há muitas dificuldades, mas é necessário um pouco de atenção para completar os golpes.

Importante: O sistema de combate segue o estilo dos jogos de RPG, sendo realizado por turnos. Os ataques tem tempo certo, então fique atento para os comandos que aparecem logo abaixo. Siga os controles e aperte os botões pedidos no momento certo para realizar seus ataques. Golpes fora do tempo certo causam menos dano ou falham.

Interface e Comandos

A interface também segue o tom bem humorado de South Park, fazendo referências ao episódio “Você tem 0 Amigos”. Familiar a uma página do Facebook, seu menu principal reúne todas as informações do seu personagem, habilidades, mapa e até mesmo mensagens dos personagens do jogo em um mural. Você poderá atualizar habilidades, conferir suas missões e ainda pegar dicas em mensagens dos personagens. Vale lembrar que para pegar as dicas é necessário explorar o mapa e conversar com outras pessoas, para convidá-las para sua rede social. Fique atento aos pontos de interrogação mostrados no mapa, pois estes guiarão você pelas missões, mostrando onde deve ir e o que fazer.

Os comandos tem diferenças muito distintas entre as versões de console e as de PC. Usando o mouse e teclado, você controla seus personagens com os botões A, W, D e S e seleciona as habilidades no combate com o uso do mouse. Já nas versões de PS3 e Xbox 360, os comandos no controle são muito semelhantes, e para mudar as opções você deverá usar os botões superiores como R2 ou LT e selecionar as opções usando o analógico. Uma dica é usar o controle do Xbox 360 no PC, pois ele permite um controle melhor dos movimentos em combate e é mais preciso para acertar o tempo correto dos ataques.

Escolha diferentes classes e equipamentos

Ao criar seu personagem você terá quatro diferentes classes pra escolher, sendo elas o Guerreiro, Mago, Ladrão e a curiosa classe de Judeu. Na hora de escolher, tenha em mente que cada classe possui habilidades especiais específicas, todas inspiradas na série de TV e com diversas piadas. Já na hora de escolher seus equipamentos, não se preocupe. Não existem restrições ou equipamentos certos para cada classe, e tirando certas roupas que o personagem Cartman dá ao seu, você poderá equipar quase todas.

Sua roupa consiste em uma fantasia bem criativa que pode variar de tema. Para consegui-las, você deve juntar dinheiro e explorar diferentes lugares do jogo. Elas podem ser desbloqueadas em missões ou podem estar escondidas, e é necessário ter o level certo para usar determinadas roupas. Os acessórios são variados e podem ser encontrados da mesma forma, ou comprados. Você pode usar perucas, óculos e até mesmo barba. A maioria dos acessórios fazem referências aos episódios e vão lhe garantir diferentes bônus para usar em combate.

Realizando missões

Para evoluir o seu personagem e avançar no jogo é essencial que você complete as missões (quests) e entre em combates para ganhar experiência. Como características dos clássicos RPGs, você precisará ganhar experiência para atingir níveis maiores, para assim poder equipar novos equipamentos e derrotar inimigos mais fortes. As missões principais, marcadas por pontos de interrogação amarelos e azuis, avançam a história principal do jogo, enquanto os pontos cinzas são missões opcionais que lhe darão itens bônus e também experiência extra.

Procure pelos pontos no mapa ao acessar o menu principal. Clique nos pontos de exclamação para ler as informações pedidas na missão e se guiar. Usando os pontos você encontrará facilmente seus objetivos e saberá o que fazer para completar cada missão. Siga as instruções e complete o maior número de missões possíveis para subir de nível, conseguir itens e coletar objetos colecionáveis.

Sistema de combate

O sistema de combate é muito simples, seguindo a ideia de ter sido criado pelas crianças da quarta série. Ao encontrar e encostar nos inimigos pelo mapa, você automaticamente entrará em combate e contará com a ajuda de parceiros para te ajudar. Use os botões R1 ou RT para trocar de companheiro no controle ou selecione com o mouse no PC. Seu companheiro também ganhará novas habilidades com o tempo. Lembre-se que ao trocar, o outro personagem não poderá atacar no mesmo turno. Ataque primeiro seus inimigos antes de entrar em batalha para começar o turno atacando.

O combate é realizado por turnos onde cada jogador terá sua vez de atacar. Você poderá usar um item por turno e um ataque, seguindo sempre as instruções de cada um e tentando acertá-lo no tempo certo pedido. Fique atento para as suas barras em combate, que são as de HP ou vida, a de PP ou “Power Points” e sua barra de Mana. Você precisará das duas últimas para realizar ataques, usando a de PP para golpes especiais e a de Mana para habilidades. Cada ataque especial e habilidade usada gastará os pontos das suas barras.

Para se defender, você deverá ficar atento ao tempo de ataque do seu adversário. Ao ver um circulo cinza abaixo do seu personagem, pressione o botão de ataque no controle ou no mouse para bloquear um ataque. Quando mais preciso, melhor será o seu bloqueio. Você também pode invocar criaturas durante o combate, mas a invocação só pode ser usada uma vez por dia. Para ganhá-las você precisa visitar os moradores de South Park e realizar tarefas pra eles. Para invocar a mesma criatura, você precisará retornar ao morador e falar com ele para ter acesso a ela novamente.

Importante: Compre ou explore para coletar itens de recuperação, como lanches, refrigerantes e comidas fortes que recuperam suas barras de HP, PP e Mana. Lanches maiores recuperam quantidades maiores de vida, assim como outros itens para as outras barras. Vale lembrar que você poderá usar apenas um item por turno, então escolha com cuidado.

Itens colecionáveis

Fazendo novamente referências aos episódios, o game conta com diversos objetos colecionáveis que podem ser coletados ao longo da aventura. Alguns estão em locais de fácil acesso, mas outros precisam de uma atenção especial por estarem bem escondidos, além de precisarem do uso de habilidades específicas. Um dos itens colecionáveis são os famosos Chinpokomon, uma sátira ao desenho Pokémon feita na série de TV. Acessórios também são itens colecionáveis, mas podem ser usados no seu personagens, garantindo bônus e até mesmo conquistas ou troféus se usados em determinados momentos.

Dicas básicas antes de começar o jogo

Escolha bem o seu companheiro de time (Conquista No Chilft Left Behind). Na minha opinião, para esse jogada no qual se deseja obter o 100% vale ressaltar os companheiros (não necessariamente nessa ordem):

BONS:

Kyle: Tem um bom dano e aguenta também bastante dano. Recomendo contra chefes.

Stan: Tira pouco dano mas é um bom tank. Recomendo contra chefes.

Jimmy: As skills dele auxiliam bastante, é um ótimo suporte. Recomendo contra inimigos comuns.

Cartman: Tem pouca vida e defesa, mas tem um forte dano em área. Recomendo contra uma grande onda de inimigos.

RUINS:

Kenny: Apesar de ser ótimo no começo do jogo, o Kenny durante suas skills pode morrer, colocando em risco assim a conquista.

Butters: Muitos dizem que é o melhor companheiro, talvez até seja. No seu perfil na seleção de Grupo é possível observar que Butters tem uma ”passiva secreta” do qual ele dobra a chance dos inimigos focarem ele, logo, você não vai desejar isso, ele pode morrer e pôr em risco a conquista.

Lembrando também é possível reviver os colegas antes da batalha acabar, porém efeitos como Sangramento e Incendiar pode matar o inimigo antes que você tenha tempo de reviver o aliado. Caso o aliado morra, recomendo você fazer reload no save antes da batalha acabar (o jogo faz autosave sempre).

Durante sua jogatina, converse com todos e interaja com tudo que puder. Abra todas as portas e portões e explore as casas.

A dificuldade não altera a obtenção das conquistas. Logo, você pode deixá-la em Casual para facilitar as coisas.

Upe ao máximo sua primeira habilidade (Conquista Mastery).

Não venda nada durante a campanha para poder desbloquear a conquista For the Hoarder. E também evite gastar dinheiro, pois no final você vai precisar ($175 para ser mais exato), dá pra finalizar o jogo fácil fácil apenas com os itens dropados/obtidos.

Referências:

Pure break, Steam community, wikipedia, techtudo.

Dead Trigger 2

Dead Trigger 2 é um zombie com tema primeira pessoa survival horror jogo de vídeo desenvolvido e publicado pela Madfinger Games. Foi lançado para Android e iOS dispositivos em 23 de Outubro de 2013 e para o Facebook em 20 de fevereiro de 2014. Tal como acontece com o original Morto Gatilho, Morto Trigger 2 é um single-player tiro zumbi-temático. Nvidia apresentou Dead Trigger 2 como a primeira demo de tecnologia para o seu próximo sistema móvel Tegra 4 móvel; Slide to Play e a Android Police compararam a qualidade gráfica ao Xbox 360 e PlayStation 3. 

Dead Trigger 2 utiliza o mecanismo de jogo Unity . Foi lançado como um jogo free-to-play ; as microtransações estão incluídas no produto final, mas os desenvolvedores testaram o jogo sem compras no aplicativo para garantir que a jogabilidade principal funcione sem elas.

Gameplay 

Dead Trigger 2 é um jogo de tiro em primeira pessoa com tema de apocalipse zumbi, com elementos de terror de sobrevivência e role-playing de ação, atualmente disponíveis no iOS, Android e recentemente nos dispositivos móveis Windows Phone 8.1. Correndo no mecanismo de jogo Unity, o jogo apresenta um sistema de progressão, vários ambientes, armas desbloqueáveis ​​e atualizáveis ​​e vários tipos de missão baseadas em histórias e de reprodução rápida.

Dead Trigger 2 é um jogo de tiro em movimento livre; em vez da jogabilidade on-rails típica de atiradores de zumbis móveis, o jogador controla o movimento do personagem como um console típico ou PC FPS. O jogo apresenta dois paradigmas de controle dramaticamente diferentes; com os controles padrão, o jogador apenas visa zumbis – suas armas atacam automaticamente quando um zumbi está embaixo da mira. O esquema de controle avançado funciona como o primeiro jogo – o jogador pressiona um botão para disparar a arma, e um botão adicional permite ao jogador mirar na mira da arma para aumentar a precisão.

A jogabilidade normalmente gira em torno de completar objetivos enquanto mata zumbis (ocasionalmente matar zumbis é o único objetivo). O jogador tem uma quantidade limitada de pontos de vida que é atualizada no início de cada missão. O jogador perde saúde quando atingido por zumbis ou por certos riscos ambientais (por exemplo, radiação). O jogador pode recuperar a saúde tomando pílulas de cura ou recebendo energia de um zumbi especial.

Os inimigos têm dois sabores, zumbis padrão e zumbis especiais. Os zumbis comuns costumam andar devagar e atacar com os braços, mas alguns podem correr ou carregar armas brancas para aumentar o dano. Zumbis especiais têm aparências distintas e características únicas; eles são mais mortais e mais difíceis de matar, mas jogam plantas ou grandes quantidades de dinheiro (e às vezes saúde) quando mortos.

Além de carregar duas armas principais, o jogador também carrega uma arma branca e até três tipos de itens de consumo. Os consumíveis incluem pílulas de saúde, granadas, galinhas explodindo e outras.

Enredo

O Mundo está totalmente destruído praticamente toda a população da Terra foi transformada em zumbis do mal, agora você faz parte da Guerra Global aos Zumbis.

Quase toda a população mundial morreu e se transformou em zumbis, porém algumas pessoas que conseguiram sobreviver fazem seus grupos e alguns usam essa catástrofe para fazerem experimentos e assim tentar se tornar cada vez  mais fortes nesse novo mundo, afim de conquistá-lo, pelo menos o que restou dele.

Você faz parte de uma resistência de 6 pessoas em que cada um tem a sua importância e tarefa no grupo.

Roberto Montero: Engenheiro

Roberto sempre foi bom para melhorar coisas. Ele era um mecânico de carro brilhante, mas quando os dias negros veio, ele passou à clandestinidade e vivia nos esgotos por alguns anos.

Ele é responsável por construir as armas que você utiliza durante o jogo, como explosivos, armas automatizadas e apetrechos usando galinhas.

Kyle: Herói

Kyle se torna um novo membro do grupo sobrevivente “Nova Esperança” e logo começa a fazer tarefas para eles. Julian primeiro atribui a ele fazer coleções de abastecimentos, a depuração de Zumbis, e exploração de novas áreas. Kyle conhece novos sobreviventes, como Grace, uma enfermeira que cria dispositivos úteis, e Dr. Fisher, um médico que lhes fornece antibióticos. Logo Kyle torna-se um dos membros mais confiável e importante dos sobreviventes. Kyle finalmente descobri que a praga foi projetada por pessoas ricas que queriam dominar o mundo. New Hope começa a se rebelar contra eles.

Buck Andrews: Pistoleiro

Buck nunca fala sobre seu passado. Ele era um homem de família, ele tinha uma esposa, filhos, um cachorro … tudo de quem ele foi forçado a matar quando eles mudaram. E o velho Buck? Ele morreu com eles. Ele nunca se recuperou. Seu único objetivo hoje é construir armas e usá-las. Ele é quem constrói todas as armas novas que você consegue a partir dos diagramas e melhora as que você já tem.

Tara Conlan: Médica

Em tempos de paz, Tara trabalhou como paramédico em Pittsburgh. Toda a sua família, colegas de trabalho do hospital, simplesmente todo mundo que ela conhecia e amava foi massacrada, infectados ou deixado para trás. Ela conseguiu seguir sua vida e hoje ela luta por todos que ficaram para trás. Ela mistura-se analgésicos, monta medkits ou prepara ataduras para aqueles lá fora, na linha de frente lutando contra zumbis.
Ela é responsável por fazer os Analgésicos, Autocura e todos os tipos de curativos.

Yusif Abubakar: Contrabandista

Yusif de origem Nigeriana. Em toda sua vida ele tem lidado com personagens obscuros e perigosos, lavagem de dinheiro do mercado negro e fazendo acordos com pessoas que não estavam cientes de que eles estavam envolvidos na tomada de negócio. Hoje, ele é sobrevivente e suas habilidades são essenciais para a causa. No entanto, sua motivação mudou. Pela primeira vez, ele está ajudando os outros, mesmo que ainda em sua forma arrogante e cínica.
O Contrabandista troca todo tipo de Melhorias como: Aumento de Saúde, Dano, Dinheiro, Velocidade por períodos de 1 ou 24 horas do jogo.
OBS: Ele troca os itens por ouro, então se estiver pensando em comprar algum desses itens é melhor guardar bastante ouro.

Herman Adler: Técnico do Esconderijo

Antes da guerra, Herman era um pesquisador do Instituto Max Planck, em Munique. O surto mudou tudo. Ele testemunhou seus horrorizados colegas de trabalho que ficaram no instituto, gritando e morrendo como ratos … Herman conseguiu escapar e dedicou todos os seus esforços adicionais para aumentar as chances de sobreviventes contra a ameaça negra.
Ele é um cientista que cuida da Tecnologia que ainda resta para nossos heróis.
Somente melhorando sua técnica você consegue viajar pelos diversos continentes disponíveis para se explorar através das missões continentais.

Esconderijo

O Esconderijo é onde nosso grupo fica para se proteger dos zumbis e poder planejar suas estratégias para conseguir vencer essa guerra.

O local é um Centro Comercial de Carnes Frescas (Açougue), onde eles conseguiram se proteger dos zumbis sem que os mesmos consigam invadir.

Um bônus que aconteceu em uma das atualizações foi disponibilizar itens para que seu esconderijo fique mais divertido e até, porque não, mais bonito.

Mapa Mundial

O Mapa Mundial é o lugar em que você verifica tudo que está acontecendo no mundo inteiro. É nele que você verifica seus poços de petróleo afim de ganhar R$ 500,00 no máximo em cada um, lá você também consegue ver as missões que estão disponíveis nos continentes. Tem acesso a “Arena da Morte”, consegue fazer o “Trabalho Diário” entrar nas Zonas de Guerras, verificar os desafios que ainda lhe resta fazer, mandar e receber mensagens de seus amigos no jogo e Jogar os Campeonatos que são disponibilizados.

Mini-Chefes

O paciente zero: O primeiro foi uma pessoa que, por meios desconhecidos, tornou-se o paciente zero no surto de 2012. Não se sabe como ele contraiu o vírus, ou que ele “era” antes de sua “morte”.

Ele é o zumbi responsável pela infecção massa do planeta.

Titan: é Gigante muito maior que o jogador. Tem uma corrente com cravos ao redor de seu pescoço e algum mecanismo de metal com tubos de ligação, com um metal perfurado em sua virilha.

Ele não sobe paredes e barricadas. Ao invés disso ele ataca atirando carros e pedregulhos, bem como outros objetos grandes, no herói. Aproximando-se do Titan fará com que ele quebra o jogador com seus punhos ou pisando.

O zumbi Titan não tem fraquezas óbvias. No entanto, atirando em sua cabeça pode matá-lo mais rápido do que tiros do corpo.

Rager: Este Zumbi especial vai correr e carregar para você, então é melhor você estar pronto para evitá-lo. A melhor maneira de lidar com Rager é esperar até que ele bate em uma parede e depois matá-lo atirando nas costas dele.

Vomitron: Este é um Zumbi especial, que é muito mais difícil que os zumbis regulares e cospe vômito ácido. A melhor maneira de lidar com essa abominação é se esconder atrás de obstáculos e acertá-lo com balas nos momentos certos.

Kamicaze: O único propósito deste Zumbi especial é para chegar perto de você e explodir. Novamente, corpo a corpo não é aconselhável!

Panzer: Um Zumbi especial muito bem fortificado que vai pro corpo-a-corpo se ele tiver a chance. Ele tem um ponto fraco nas costas, de modo a tentar acertá-lo lá.

Scienfist: Cuidado com este Zumbi especial que absorveu muita radiação e tem todo o prazer em compartilhar com você. Mantenha a distância e dispare, usar corpo a corpo não é aconselhável!

Como alterar os controles e desativar o tiro automático

Em Dead Trigger 2, por padrão, o botão de tiro foi suprimido e o personagem atira sempre que a arma está apontada para um zumbi. É uma boa solução parajogadores casuais, mas este esquema de controles gasta mais munição e causa tiros acidentais.

Acesse as opções do jogo através do menu “Settings”. Você pode acessar tanto pelo menu principal como pausando o jogo. Em “Settings”, a primeira opção que irá aparecer será a dos controles.

Em “Fire Control” toque na seta para mudar para “Manual with ironsight”. Com isso, o botão de tiro volta a aparecer e, além dele, é possível utilizar uma mira que permite efetuar disparos mais precisos.

Melhores os gráficos

É possível fazer ajustes nos gráficos na versão para Android de Dead Trigger 2. Por padrão, vários aparelhos vêm com os gráficos ajustados para a configuração mais baixa, chamada de “low”. Aprenda a configurar para ter a máxima qualidade gráfica no jogo.

– Passo 1: Acesse o menu de opções chamado “Settings” e toque na opção “Performance” localizado no lado direito da tela.

– Passo 2: Escolha a qualidade gráfica do jogo tocando nas setas. Em alguns aparelhos estão apenas as opções “Low” e “High”, já em outros, aparece a opção “Ultra” que permite ajustar o gráfico na qualidade máxima. É importante salientar que nem todos os aparelhos suportam qualidades gráficas maiores que a ajustada pelo próprio jogo.

Poupe munição

Em Dead Trigger 2, munição será um item escasso à partir da décima missão. Procure evitar atirar nos zumbis a não ser que seja necessário. Para evitar tiros acidentais em zumbis enquanto corre, troque a arma para a faca ou chave inglesa.

Em quase todas as fases, há barris vermelhos que podem ser explodidos. Encontre esses barris e fique perto deles para reunir os zumbis próximos ao local, só quando isso acontecer atire nele para causar uma explosão.

Não se preocupe se o seu personagem morrer, não há penalização. Todo zumbi morto com tiro na cabeça rende algum dinheiro e repetir as fases inúmeras vezes é uma boa forma para aprender e concluir a mesma na dificuldade máxima.

Faça o upgrade das suas armas

As armas em Dead Trigger 2 precisam ser constantemente atualizadas, pois a quantidade e variedade de zumbis cresce conforme se avança no jogo. Para fazer o upgrade das armas, é preciso antes, fazer o upgrade do “ferreiro” (Gunsmith). O mesmo vale para outros personagens que garantem itens.  Essas melhorias demoram, mas custam pouco, então não gaste as moedas “G” agilizando esse processo, pois elas são muitos raras.

Encontre os projetos para novas armas

O Ferreiro (Gunsmith) também consegue fabricar novas armas a partir de projetos. Esses projetos estão em pose de zumbis perigosos, como o que carrega um barril explosivo. Colete as quatro partes de cada projeto e entregue ao NPC para que ele fabrique novas armas.

Comece um jogo em um dispositivo e termine em outro

Por exigir conexão constante com a Internet, Dead Trigger 2 salva o seu progresso na nuvem, isso permite começar o jogo em um aparelho e continuar em outro. Ou por exemplo, restaurar as configurações do seu smartphone sem perder seu progresso.

Para isto, basta acessar o menu principal do jogo e tocar a opção “Login or create a personal account”. Ao fazer o login em um smartphone ou tablet diferente, o jogo continua exatamente de onde o jogador parou.

Headshots são sua melhor chance

Se você estiver tentando ganhar ouro ainda mais, dirija-se para o mundo do jogo e mate alguns zumbis com tiros na cabeça constantes. Acertar um monte de tiros na cabeça sucessivamente vai encher seus bolsos muito mais rapidamente do que se você mirar em qualquer lugar, simplesmente para matar. 

Mate os Mini Chefes para ganhar alguns Diagramas

Mini Chefes são os únicos zumbis no jogo que vão dropar diagramas, mas em fases de defesa, você pode simplesmente evitá-los até o tempo acabar, e em outras fases, você pode fugir deles e realizar qualquer objetivo necessário, a fim de ganhar (exceto nas fases de assalto). Não faça isso. Mate todos eles, e até mesmo fique em torno dos pontos de nascimento de zumbis por um tempo para nascer ainda mais deles, para que eles possam dropar mais diagramas.

Mantenha uma boa quantidade de Analgésicos na mão para aquelas Fases mais Difíceis

Analgésicos muitas vezes podem significar toda a diferença entre ganhar e perder. Cada analgésico não só restaura uma parte da sua saúde, mas também para o tempo por um ou dois segundos. Além disso, se você tomar analgésicos, mesmo antes de tomar qualquer dano, sua saúde será aumentada, por isso, é teoricamente possível ter tantos analgésicos que sua saúde fica maior que 1.000.

Fique de olhos abertos para o ícone do crânio vermelho

Conforme você joga, você vai ver um ícone de um crânio vermelho aparecer de vez em quando. Assim que você ver ele, olhe imediatamente em direção a ele. Esse ícone é um indicador de que um zumbi está nas proximidades, e está se preparando para atacá-lo. Sua vida será muito melhor se você prestar atenção a esse ícone do crânio vermelho.

Mantenha sua distância de todos os zumbis explosivos

Alguns dos zumbis que você vai ver no jogo explodem ao atirar nele. Ficar perto desses zumbis vai te machucar, por isso é melhor manter distância quando você quer matá-los. Nestas situações, jogue algumas granadas. Você vai ficar mais seguro se você matá-los à distância.

Em missões com tempo para completar, foque em chegar rápido no objetivo e evite matar todos os zumbis que você ver

Obviamente é uma enorme diversão colocar uma bala entre os olhos de um zumbi, mas se o objetivo da missão não precisa que você mate todos, você não tem que matar cada um deles para progredir no jogo. Se é dado a você um limite de tempo para alcançar um objetivo, tenha foco em chegar rapidamente no objetivo – e não tenha medo de evitar um grupo de zumbis se isso significa evitar o fracasso da missão.

Barris de Gás serão sua Salvação

Quando você está enfrentando alguns daqueles zumbis difíceis de matar, certifique-se de matá-los com os barris de gasolina vermelhos. Localize os barris e certifique-se de que esses zumbis estejam perto o suficiente deles. Dispare nos barris quando eles estiverem perto e você vai acabar reduzindo a maior parte da saúde deles.

Score superior a 40 Mil

Muitas pessoas devem estar se perguntando ” Como eu faço para atingir uma pontuação alta se eu só ganho 4500 das missões?”. Trouxe aqui uma forma de você alcançar incrivéis 40 mil pontos ou até mais jogando em apenas 1 missão.

Primeiramente, será necessário escolher quais as armas que serão utilizadas na missão para obter um bom score. Eu sugiro que você vá de Minigun e Rocket Launcher por que são armas que além de matar uma grande quantidade de zumbis em poucos segundos ajudam na soma da pontuação. A forma correta de utilizar a minigun é atirando nas pernas pois assim ela dá 3 Brutalitys, se você atirar só na parte de cima o mínimo que se pode alcançar é 2 brutalitys. Sempre atire nas pernas dos zumbis.

Agora vamos a parte que importa: A missão. Procure no seu mapa a campanha da Europa e em seguida localize a missão ” Escavando Caixas ”, a penúltima missão.

Daqui em diante não há muito segredo. Basta apenas iniciar a missão e matar todos os zumbis que aparecerem até a missão dizer que falta 2 minutos para ela terminar. Quando a missão estiver faltando esses 2 minutos você terá de se dirigir ao armazém e matar os zumbis que existem lá dentro e terminar a missão. Simples assim.

Referências:

Dead Triggers Brasil Dicas, Games Mobile New, Game Detonado, wikipedia, techtudo.

Alien: Isolation

Alien: Isolation é um jogo de ação furtiva de 2014 em primeira pessoa com gênero de survival horror. Ele foi desenvolvido pela The Creative Assembly e lançado pela Sega em 7 de outubro de 2014 para Microsoft Windows, Linux, PlayStation 3, PlayStation 4, Xbox 360 e Xbox One.

Parte da série Alien, o jogo se passa em 2137, 15 anos após os acontecimentos de Alien e 42 anos antes de Aliens. O jogo segue Amanda Ripley, que investiga o desaparecimento de sua mãe. Amanda é transferida para a estação espacial de Sevastopol para encontrar a caixa-preta da Nostromo, apenas para descobrir que um alien tem aterrorizado a estação e matou a grande maioria da tripulação.

Enredo

Em 2137, 15 anos após os eventos de Alien, Amanda Ripley, filha de Ellen Ripley, é abordada pelo sintético Christopher Samuels, que a informa que a caixa-preta da Nostromo foi recentemente localizada por uma nave, a Anesidora, e está a bordo de Sevastopol, uma remota estação espacial – porto livre – de propriedade da Seegson Corporation, em órbita ao redor do gigante de gás KG348. Samuels oferece a Amanda um lugar na equipe da megacorporação Weyland-Yutani, enviada para recuperar a caixa preta da nave de sua mãe, de modo que ela possa saber qual o destino de tal desaparecimento. Ripley, Samuels, e Nina Taylor, viajam para Sevastopol a bordo da nave de correio Torrens, de propriedade da Capitã Verlaine. O grupo chega a Sevastopol e percebe que talvez a estação possa estar danificada. Ripley, Samuels, e Taylor tentam uma caminhada espacial até a estação para investigar mas seu cabo de segurança é rompido por escombros e Ripley é separada deles e forçada a entrar na estação por conta própria para sobreviver.

Ripley, na tentativa de encontrar uma maneira de entrar em contato com a nave Torrens, descobre que a ordem civil da estação foi quebrada completamente. Seegson vem tentando vender Sevastopol por anos e por isso diminuiu a estrutura da estação para uma equipe reduzida; agora com a equipe já reduzida a pequenos grupos assustadores, saqueadores paranóicos que acumulam recursos e rejeitam não-membros. Ripley é confrontada por um homem chamado Axel, que o convence a ajudá-la em troca de um lugar a bordo da Torrens. Axel explica que a situação atual é causada por um “matador” solto a bordo da estação e, logo após lhe dizer isso, um “monstro” aparece para matá-lo. Ripley finalmente encontra a caixa-preta da Nostromo mas, para seu espanto, descobre que ela não contém dados. Ela, então, tenta entrar em contato com a Torrens através do centro de comunicações da Sevastopol, no entanto descobre logo que quem comanda a estação, APOLLO, se tornou hostil, fazendo os androides matar qualquer um que tente enviar um pedido de socorro. Ripley consegue entrar em contato com Samuels e Taylor, descobrindo que Taylor foi ferida, dessa forma Ripley tenta buscar suprimentos médicos na enfermaria da estação para tratá-la.

Ripley chega à enfermaria e é assistida pelo Dr. Kuhlman (que mais tarde é morto pelo alien), antes de lhe mostrar o caminho para a dispensa. Recuperado os suprimentos, mais tarde ela se reúne com Samuels e Taylor, onde a equipe está sendo mantida presa por Marshal, Waits e seu vice, Ricardo. Waits explica que o alien foi trazido a bordo da estação por Henry Marlow, capitão da Anesidora que agora também está sendo prisioneiro de Waits. Ripley fala com Marlow e descobre que a tripulação de Anesidora descobriu o registador de voo perto do planetóide LV-426, onde eles também acharam uma nave abandonada, anteriormente encontrada pela tripulação de Nostromo contendo um ninho com ovos de aliens. A esposa de Marlow foi atacada por um facehugger e, buscando ajuda, Marlow a trouxe a bordo de Sevastopol para tratamento. Dessa forma passamos a compreender que o Alien que saiu de dentro dela é o responsável por aterrorizar a estação. Waits convence Ripley a ajudá-lo a conter o Alien, atraindo-o para uma área remota da estação, selando-o para dentro. Ripley alcança o objetivo mas o que Waits esqueceu de mencionar é que ele estava planejando usá-la como isca, ejetando o módulo com ela ainda dentro. Como ele a manda para o espaço, Ripley consegue encontrar um uma roupa espacial, se ejetar da câmara para o espaço e voltar para Sevastopol. O Alien é deixado para trás no módulo descartado e ambos são sugados para a gravidade do KG348.

Com a criatura eliminada, a situação a bordo da estação parece estar sob controle novamente até que, repentinamente, andróides da estação começam a abater a tripulação restante. As vítimas incluem Waits e seus homens, embora Ricardo tenha sobrevivido. Ripley tenta encontrar Samuels e descobre que ele está tentando fazer uma interface com controlador da estação de inteligência artificial APOLLO, a fim de cessar a matança. Samuels tenta parar APOLLO mas contramedidas defensivas de APOLLO desativa Samuels, mas não antes de ele conseguir abrir um caminho para Ripley no núcleo de controle de APOLLO. Ao chegar lá, Ripley descobre que Seegson finalmente encontrou um comprador para Sevastopol: Weyland-Yutani, que instruiu Apollo para proteger o Alien, independentemente de quaisquer vítimas humanas. Ripley diz a APOLLO que o estrangeiro não está mais a bordo de Sevastopol e faz exigências para cessar toda a atividade mas APOLLO se recusa e volta sua atenção para o reator da estação. Determinada a descobrir o que está acontecendo, ela atravessa a base do reator, que foi convertido em um ninho contendo, possivelmente, centenas de Aliens. Ripley, em seguida, inicia seus planos para expurgar o reator para destruir tanto os Aliens quanto o ninho, mas não obtém sucesso pois vários Aliens escapam e invadem Sevastopol.

Ripley aprende com Ricardo que o expurgo do reator redefine todos os sistemas em Sevastopol, incluindo os de comunicações. Ela também tem a informação de que Taylor foi enviada por Weyland-Yutani para recuperar o Alien, e que ela libertou Marlow em troca da localização do LV-426. No entanto, Marlow a trai e a leva como refém a bordo da Anesidora. Ripley e Ricardo o perseguem na esperança de usar a nave para fugir. Ao explorar a Anesidora Ripley descobre uma mensagem adicional de sua mãe após seu relatório inicial dos eventos na Nostromo assim, finalmente, encerrando o mistério de seu desaparecimento. Pouco depois de ouvir a mensagem, Marlow aparece com Taylor e diz a Ripley que planeja sobrecarregar o reator de fusão da Anesidora para destruir a estação, garantindo assim que os Aliens não sobrevivam. Taylor bota Marlow para fora enquanto ele está reclamando com Ripley, e as duas juntas tentam impedir a detonação. Elas são bem sucedidas, mas é tarde demais, pois Marlow forçou o reator da nave para explodir. Taylor é, então, morta por uma descarga elétrica e Ripley é forçada a fugir da Anesidora sem ela.

Depois de escapar de volta em Sevastopol, Ricardo diz a Ripley que a explosão destruiu a matriz estabilizadora orbital da estação, fazendo com que toda a estação fique, lentamente, a deriva na atmosfera de KG348. Ripley e Ricardo conseguem contato com a Torrens para a extração, mas Ricardo é atacado e paralisado por um facehugger e Ripley é forçado a deixá-lo para trás. Depois de deixar a doca da nave, Ripley se prepara para o saltar no espaço em direção a Torrens mas é atacada por um Alien e levada para outro ninho de onde ela escapa. Ela, então, faz o seu caminho para fora para ajudar o Torrens a se separar da estação através de uma explosão controlada mas logo é cercada por aliens e depois jogada na nave devido à explosão. Sevastopol, em seguida, começa a cair em direção KG348 e explode em sua atmosfera. A bordo do Torrens, Ripley faz contato com o Capitão Verlaine e pergunta o que está acontecendo, mas não recebe resposta. Ripley, em seguida, faz o seu caminho para a ponte para encontrar Verlaine, mas é confrontado por um outro Alien. Ainda com sua roupa de astronauta Ripley é encurralado na câmara e é forçada a abri-la, lançando-se no espaço com o Alien.

A cena final do jogo retrata Ripley, à deriva e inconsciente em sua roupa espacial, despertada de repente pela luz de um holofote que atravessa seu rosto.

Jogabilidade

A Creative Assembly descrito Alien: Isolation como um jogo de survival horror em oposição a um jogo de ação, projetando o jogo mais de acordo com o filme de Ridley Scott. Ao contrário da maioria dos outros adaptações de jogo eletrônico voltados para a ação de James Cameron. Da franquia, Alien: Isolation possui um único Alien para a maioria da duração do título que não pode ser morto, exigindo que o jogador utilize táticas stealth para sobreviver. Embora o jogo apresenta algumas armas: eles vão ser letal apenas contra os ocupantes humanos, android Joes de Trabalho e facehuggers. O jogador também pode terminar o jogo por não matar todos os seres humanos, utilizando métodos não letais. Em vez de seguir um caminho predeterminado, a inteligência artificial do Alien foi programado para caçar ativamente o jogador por visão, audição e olfato. Ela foi programado com um conjunto complexo de modelos comportamentais que desbloquear à medida que encontra o jogador, criando a ilusão de que o Alien aprende com cada encontro com o jogador e adequadamente ajusta a sua estratégia de caça. Isto inclui a capacidade para o Alien para investigar “fontes secundárias” de distúrbios. Por exemplo, se ele percebe um armário ou bloqueio de ar é aberta, o Alien vai procurar quem abriu. O Alien emite vocalizações específicas, dependendo do seu objetivo: um grito pode indicar que ele está prestes a atacar, enquanto outros sons pode indicar que ele está procurando, que tem visto alguma coisa, ou que perdeu o rastro de sua presa. O jogador tem a capacidade de se agachar para se esconder atrás de objetos para quebrar a linha de visão com o Alien, e o jogador pode então espreitar secretamente sobre ou inclinar-se para ganhar visão. O jogador também pode executar e possui tanto uma lanterna e um rastreador de movimento para detectar os movimentos do alien. No entanto, usando qualquer um destes cria barulho ou luz, o que aumenta a chance de o Alien encontrar o jogador. O jogador pode ir debaixo de mesas ou armários dentro de esconder do Alien, e, às vezes, tem que pressionar um botão para fazer Amanda prender a respiração para evitar fazer barulho. Os níveis são concebidos para serem não-linear, com múltiplos pontos de entrada e saída para cada sala de fornecer rotas alternativas para o Alien para atacar ou o jogador a escapar. O jogo tem uma tela mínima heads-up, exigindo que o jogador a usar seu inventário para adquirir informações, como trazer o rastreador de movimento para localizar o alien. Usando o rastreador de movimento aciona uma profundidade de efeito de campo para que o jogador possa focar-se ao rastreador ou o que está na frente, mas não pode se concentrar em duas coisas ao mesmo tempo. O rastreador de movimento só é capaz de detectar a localização aproximada do alien quando está em movimento; ele também não pode detectar a localização específica do alien nem localizar o alien quando não está em movimento. O jogo apresenta um sistema de elaboração, que permite ao jogador criar armas e ferramentas para se defender. Fabricar objetos aparecem em locais aleatórios, forçando os jogadores a explorar o nível em cada jogada, em vez de memorizar a localização de ferramentas encontradas anteriormente. Os jogadores também encontrar computadores e outros dispositivos que podem hackear para acessar informações ou gatilho no jogo ações, utilizando um sistema semelhante ao sistema de localização de fita de vídeo. O jogo apresenta uma quantidade mínima de música, contando mais com o som ambiente para tornar o aviso jogador que pode estar acontecendo e também para melhorar a atmosfera. No entanto, existem algumas sequências com script de música, bem como o aumento de ruído sempre que o Alien pode ser nas proximidades. A Creative Assembly anunciou duas peças de conteúdo para download. Todos os pré-encomendas recebeu um upgrade gratuito para o Nostromo Edition, que inclui a missão Equipes Expendable que caracteriza o grupo original do Nostromo. Além disso, ao ordenar a Ripley Edição de varejistas selecionados, os jogadores receberam a última missão do sobrevivente, que apresenta Ellen Ripley tentar definir o sistema de auto-destruição e escapar a bordo do Narciso.

Ambientação fantástica

Se há algo digno de aplausos em Alien: Isolation é o trabalho que a The Creative Assembly fez em criar um produto bonito não apenas na qualidade gráfica. O silêncio perturbador, combinado com as fumaças do purificador de ar e as luzes de emergência, colaboram com a imersão do game. Sem contar o fato de que os mapas do jogo são cuidadosamente bem elaborados: cheios de ramificações e atalhos para os jogadores mais fujões. Detalhes mais bobos, como o longo rabo do Xenomorfo passando pela sua frente enquanto você está dentro de um esconderijo, também valem a menção.

Aproveitado a fidelidade com o material de origem, é notável também como o design de arte da estação espacial Sevastopol lembra carinhosamente o interior da nave Nostromo. Das portas automáticas até as salas de comando, o game sabe muito bem como prestigiar o passado.

Trilha sonora e som ambiente

Para intensificar a experiência de gameplay e a própria ambientação, Isolation também conta com uma trilha sonora impecável. Melodias soturnas funcionam bem o suficiente para deixar o game ainda mais tenso, enquanto o som ambiente dos gritos de um Xenomorfo faminto e da respiração desesperada da protagonista aumentam a imersão.

Inteligência artificial

Como se ser perseguido pelo Alien não fosse apavorante, o bichano gosmento e praticamente imortal conta com uma desafiadora inteligência artificial em Isolation. Se jogado nos modos mais complicados, o game mostra seu verdadeiro potencial no quesito “caçador e presa” — neste caso, o topo da cadeia alimentar certamente não é seu.

Quando provocado ou enganado, o Xenomorfo pode se tornar mais agressivo. E ele também sabe estudar movimentos, podendo atacar você de surpresa em um duto de ventilação ou até mesmo pular de dentro de um — mesmo que você esteja tomando o maior cuidado possível para não fazer barulho.

Climão de tensão

Juntando todos os fatores citados na página anterior (ambientação, trilha, e inteligência artificial), Alien: Isolation entra fácil na lista de games de terror e sobrevivência mais tensos. Não posso dizer exatamente em qual colocação, mas basta falar que meus primeiros minutos com o Modo Sobrevivência do jogo foram aterrorizantes o suficiente para quase “travar” a minha lombar.

A sensação constante de estar encurralado e sendo perseguido por várias criaturas é desesperadora. E não vale abrir as janelas, acender a luz ou colocar musiquinha feliz durante seu tempo com Isolation. Esse game merece e precisa ser jogado no escuro e, de preferência, sem nenhuma companhia.

Amanda Ripley

Embora a história de Alien: Isolation se enrole em vários finais falsos e acabe proporcionando uma experiência longa demais da conta, o game acerta em cheio em trazer uma protagonista tão corajosa e determinada quanto sua mãe: Amanda Ripley é filha de Ellen Ripley, personagem principal interpretada por Sigourney Weaver nos filmes Alien, Aliens, Alien 3 e Alien Resurrection (como clone).

Não é à atoa que Amanda entrou para a nossa lista com as 19 protagonistas mais poderosas dos games. Seu conhecimento de engenharia é aplicado na criação de ferramentas de gameplay, enquanto sua inteligência é importante para mantê-la viva em suas solitárias jornadas de sobrevivência. Ellen Ripley certamente ficaria orgulhosa de sua filha.

Shhh!!

Nunca deixe Alien ouvir ou ver você: essa é a forma mais eficaz de garantir que ele não te mate. Em alguns pontos, isso é impossível, já que o monstro está localizado em ambientes que você precisa passar. Mas, na maior parte das missões, você pode evitar o contato com o Alien.

Antes de tudo, saiba que o jogo se torna muito menos misericordioso a medida que se aumenta o nível de dificuldade. O som é o principal motivo do Alien se mostrar e começar a investigar.

Caso você use muito o revólver ou faça barulho, espere um encontro frequente com o monstro. Sempre que possível, escape das situações perigosas através de um respiradouro ou de uma série alternada de quartos. Se você não der razão para que ele venha procurar por você, ele não virá.

Se escondendo atrás de armários

É impossível passar pelo game sem ao menos ter um vislumbre do Alien. Os desenvolvedores da The Creative Assembly asseguraram que não importa a sua agilidade, em algum ponto você irá compartilhar a mesma sala ou corredor com o seu inimigo. Nessa parte, Alien Isolation se transformará em um jogo de esconde-esconde, e os armários podem ser o seu melhor amigo ou pior pesadelo.

Quando você alcançar a missão em que precisa fugir do Alien, não seja orgulhoso demais: entre em um armário e segure a respiração. Na verdade, essas ações são essenciais em pequenas doses.

A chave, então, é esperar Alien sair e se mover em direção ao próximo objetivo. Claro que sempre há a chance de você ser pego quando sair do armário, mas também existe a possibilidade do Alien achar você. Esconder-se é apenas uma solução temporária.

Crie uma distração

Distrair o Alien é uma das formas mais populares de sair com discrição, mas os jogadores não podem confiar demais nessa manobra. O barulho tende a deixar o monstro mais agitado. Então, após checar o objeto que estava fazendo barulho, tenha certeza que o inimigo vai continuar procurando por você. 

Para usar qualquer tipo de distração de forma eficiente, use-os com moderação, apenas jogando-os quando você estiver prestes a fazer a transição para outra parte da missão, ou pelo menos para conseguir algumas salas de distância antes do monstro continuar a procurar por você. O que você não pode fazer é jogar qualquer objeto que faça barulho por um corredor e depois ir se esconder em um armário na sala ao lado.

Para distrai-lo de forma eficiente, seja moderado: apenas use-os quando você estiver prestes a fazer a transição para outra parte da missão ou, pelo menos, para conseguir algumas salas de distância antes do monstro continuar a procurar por você. O que você não pode fazer é jogar qualquer objeto que faça barulho por um corredor e depois ir se esconder em um armário na sala ao lado.

Múltiplas entradas e saídas

Existe uma crença de que quanto mais portas você abre no game, mais vulnerável você fica. Na verdade, é ao contrário. Quanto menos portas você abrir, menos rotas de fuga você terá quando ficar cara a cara com o monstro.

O jogo é lotado de portas: algumas, inclusive, você nunca irá precisar passar. O conselho é abrir o máximo que você puder. Isso irá fazer com que você tenha duas rotas para escolher quando se deslocar de um objetivo para outro, além de ajudar você quando precisar fugir rapidamente do Alien.

Sempre brinque com fogo

Você pode conseguir um lança chamas no game. Inacreditável como os jogadores mudam de postura e começa a brotar coragem da onde não se via.

Você não consegue matar o Alien, mas pode assustá-lo por alguns momentos enquanto você avança para outro objetivo. Com o lança chamas em mãos, espere o Alien se aproximar e libere duas ou três rajadas de fogo nele.

Isso irá fazer com que ele grite e, em seguida, irá correr em direção às aberturas da ventilação. Isso lhe dará tempo para fugir. Caso fique com pouco combustível, crie um molotov para atuar como substituto. Apenas não erre.

Seja o Batman, viva nas sombras

Em todos os jogos furtivos a escuridão é sempre sua melhor amiga para todas as situações, em Alien Isolation não é diferente. Para sobreviver de seus inimigos é necessário utilizá-la com sabedoria, pois ela pode ser sua aliada para despistar o Alien e para matar os humanos inimigos.

Elas estão presentes na maioria dos cômodos da Nostromo, e para ser sincero, você passará 80% do game nas sombras. Em alguns momentos de Alien Isolation você ficará isolado (avá, é memo?) em salas com o Alien, geralmente todas as luzes estão apagadas. Então não ache que o Alien tem uma supervisão e vai te ver até nas sombras, porque nessas situações ele se guia pelos barulhos e sons ambientes.

Então ande sempre agachado e fique preferencialmente embaixo de mesas, dentro de armários e agachado nos cantos da sala. Porque assim ele terá menos chances de esbarrar e encurralar você.

Use e abuse da escuridão, ela é sua maior aliada.

Não é necessário passar horas escondido

Essa dica é para você medroso que se borra em praticamente todos os jogos de terror, como o redator deste artigo por exemplo. Não passa muito tempo escondido dentro de armários, embaixo de mesas e etc. As vezes você pode estar dentro de um armário sendo que o Alien já foi saiu de cena há minutos, eu comecei a notar que isso acontecia logo na primeira aparição do monstrengo.

Isso acontece porque ele se movimenta na grande maioria das vezes pelos dutos de ventilação, o camper apelão fica até  esperando você passar por baixo de um deles para pegá-lo desprevenido.

Mas é fácil contornar isso, basta prestar atenção se não está caindo saliva no chão pelo buraco, se estiver é porque obviamente o Alien está ali. Então isso já te dá portas para fugir para um local mais seguro, porque você sabe exatamente onde nosso amiguinho está.

Rotas de fuga

Talvez você pense que abrir muitas portas em Alien: Isolation seja uma péssima ideia, mas o oposto é verdadeiro. Menos portas abertas, menos rotas de fuga você terá quando o capiroto do espaço te perseguir. Então ter mais rotas de fuga é essencial para sua sobrevivência.

Procure abrir as portas com antecedência, para evitar perda de tempo com seu sintonizador de acesso à segurança.

Conteúdo extra

O game base já oferece uma campanha longa o suficiente para ocupar o seu tempo por várias horas, bem como um Modo Sobrevivência viciante. Mas o conteúdo extra de Alien: Isolation merece um tempo extra da sua atenção (e lombar, no meu caso). O DLC Crew Expendable permite que os jogadores explorem a nave Nostromo e jogue no papel dos tripulantes Dallas, Parker ou Ellen Ripley. Em Last Survivor, você controla Ellen como a última sobrevivente da nave espacial.

O que você acha deste game? Comente aqui embaixo!

Referências:

Opapost, Game For Fun, Br Ing, wikipedia, techtudo.

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain (メタルギアソリッドV ザ・ファントム・ペイン Metaru Gia Soriddo Faibu Za Fantomu Pein?) é um jogo eletrônico de ação-aventura furtiva com elementos de RPG, produzido pela Kojima Productions e realizado, desenhado, co-produzido e co-escrito por Hideo Kojima. Foi publicado pela Konami para Microsoft WindowsPlayStation 3PlayStation 4Xbox 360 e Xbox One a 1 de Setembro de 2015. The Phantom Pain é o oitavo título canónico na série Metal Gear e o sexto dentro da sua cronologia fictícia. O jogo serve como continuação para Metal Gear Solid V: Ground Zeroes, mas a sua história é anterior aos eventos ocorridos no jogo original Metal Gear original. Contém o mesmo subtítulo, Tactical Espionage Operations, usado pela primeira vez em Metal Gear Solid: Peace Walker.

A acção acontece em 1984, nove anos depois de Ground Zeroes, e segue o mercenário Punished “Venom” Snake,[N 1] à medida que este se aventura em África (no decorrer da Guerra Civil Angolana, na fronteira Angola-Zaire) e no Afeganistão durante a Guerra Soviética-Afegã, para procurar vingança sobre as pessoas que destruíram as suas forças e que quase o mataram durante os eventos ocorridos em Ground Zeroes.

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain teve um orçamento de produção superior a $80 milhões e é composto por dois projectos que já tinham sido anunciados pelo estúdio Kojima Productions, disfarçado na forma de um engano complexo. O primeiro é Metal Gear Solid V: Ground Zeroes, revelado originalmente numa demonstração do motor FOX Engine durante o evento de comemoração do 25º aniversário da série Metal Gear em Agosto de 2012. O segundo é The Phantom Pain, mostrado em um vídeo nos prémios Spike TV Video Game Awards em Dezembro de 2012, e apresentado como um produto da empresa fictícia Moby Dick Studios, com o logótipo de Metal Gear Solid V virtualmente escurecido. A 27 de Março de 2013 foi revelado a verdadeira natureza de ambos os projetos durante a Game Developers Conference, onde Kojima anunciou que Ground Zeroes serve como prólogo para The Phantom Pain e ambos os títulos combinam num único trabalho, editados separadamente.

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain recebeu aclamação universal por parte da critica especializada. Os elogios focarem-se nos seus visuais e sobretudo na jogabilidade, por conter mecânicas muito detalhadas e sistemas interligados que permitem dar ao jogador uma enorme liberdade na forma como aborda os objectivos. No entanto, a história foi objecto de alguma critica, com algumas análises a referirem a sua falta de foco e por ser muito dispersa, enquanto que outros reconhecem o seu poder emotivo e a exploração que faz de temas adultos. Metal Gear Solid V: The Phantom Pain recebeu pontuações perfeitas de várias publicações, incluindo Famitsu, GameSpot, God is a Geek, IGN, The Telegraph e a revista Time, descrito por alguns como o melhor da série assim como um dos melhores jogos do ano.

Encontre um bom ponto de observação e marque tudo

Antes de entrar em qualquer acampamento para encontrar inteligência ou resgatar alguém, considere dar uma vasculhada na região a procura de algum ponto de vantagem. Após isso, use o seu binóculo e vasculhe a área, procurando rotas de fuga e marcando cada um dos guardas que você encontrar. É possível marcar um número ilimitado de pontos de interesse com o binóculo (aproximando o zoom usando o direcional digital). Lembre-se disso para estar sempre um passo a frente do seu inimigo.

Faça as missões de interpretes

Você fala os dialetos africanos? E as línguas faladas no Afeganistão? Eu imagino que não, então pode ser uma ótima ideia você começar fazendo as missões de interpretes em cada um dos mapas para poder “desbloquear” as legendas dos diálogos dos inimigos. Dessa forma, você consegue entender o que eles estão falando e, muitas das vezes, isso é crucial para a sua sobrevivência dentro do jogo.

Interrogue os soldados

Informação é a alma do negócio em Metal Gear, e para obte-la, você precisa interrogar os soldados inimigos. Para isso, pegue-os por trás e interrogue-os, antes de coloca-los para dormir. É possível, aliás, usar inimigos sob a sua custódia para atrair mais soldados e organizar emboscadas.

Tranquilize mais do que mate

O tranquilizador é seu amigo, e você não ganha nada a mais ao matar os soldados adversários. Aliás, tranquilizando inimigos, você pode interroga-los depois, basta dar aquele chutinho de leve neles para acorda-los.

O Fulton é o seu melhor amigo

O “Fulton” é um equipamento que parece um balão e permite que você mande praticamente tudo de útil do jogo para o céu. Quando você faz isso, um helicóptero do seu time vai levar o que foi enviado para a “Mother Base” para integrar o seu arsenal.

A princípio você pode enviar somente coisas mais leves, como soldados para compor o seu exército e animais de pequeno porte que vão para uma espécie de zoológico da base. Com o tempo será possível enviar até mesmo veículos de combate.

Existem algumas coisas que você não deve fazer. A primeira é utilizar o “Fulton” em ambientes fechados, já que o balão vai estourar no teto. Fique sempre atento à porcentagem de sucesso da extração, que aparece abaixo do ícone do balão. Também não se deve utilizar esse equipamento na frente dos inimigos, que vão atirar no balão e disparar o alarme.

Enquanto não liberar o “Fulton” não há muito motivo para explorar, então foque em chegar até a missão que dá esse equipamento o quanto antes. Após consegui-lo, cada missão vira também uma busca por suprimentos. Com melhorias no binóculo é possível ver o nível dos soldados e então escolher os melhores para mandar para a sua base. Veículos e contêineres de suprimentos também estarão na lista de prioridades.

Desenvolver as habilidades do Fulton é algo que você quer fazer bem cedo dentro do jogo, já que com ele você pode mandar soldados, animais e basicamente tudo de volta para a sua base. A maioria desses itens tem uso dentro dela, e caso não tenham, você pode vende-los.

Procure pelos materiais nas bases inimigas

Na dica acima, você aprendeu a povoar a sua base de trabalhadores. Agora você precisa encontrar os materiais que eles vão usar para fabricar upgrades e afins. Vasculhar bases dos inimigos é fundamental para isso. Para você não ficar perdendo tempo procurando os itens às cegas, traga o seu cachorro nas missões, pois ele marca os itens automaticamente no mapa.

Atualize as plataformas e a sessão de P&D da sua base primeiro

Agora que você tem soldados e materiais, o que atualizar na base antes? A resposta depende do seu estilo de jogo, mas dois itens extremamente importantes são as sessões de P&D (R&D em inglês) e as plataformas. A primeira ajuda no desenvolvimento geral da base e a segunda aumenta os materiais que você ganha no mapa, além de agilizar o tempo de processamento deles.

Traga os amigos pra festa

O sistema de companheiros do jogo traz diversos companheiros disponíveis para acompanhar Snake nas missões. Cada um deles tem características próprias que são mais adequadas dependendo da missão em que você se encontra. Use-os sabiamente.

Use o binóculo para bolar sua estratégia

Preparação é a chave em “Metal Gear Solid V”. Cada nova missão ou invasão pode ser abordada de inúmeras maneiras e a sua escolha vai tornar o caminho mais fácil ou bem mais difícil. Principalmente se o objetivo for invadir sem disparar alarmes, saber a posição dos inimigos e seus equipamentos antes de a ação começar é essencial. Para isso existe o seu binóculo.

Você terá acesso a ele assim que chegar no Afeganistão, e ele será um dos seus melhores amigos. Os inimigos que você encontrar com o binóculo ficam marcados, mesmo após você parar de usá-lo. O mesmo vale para veículos, suprimentos, reféns e o que mais de importante você conseguir encontrar.

Sempre que for invadir um local, vá até uma área que dê visão suficiente, use o binóculo, marque tudo que conseguir e então decida a melhor estratégia. Esse é o meio mais seguro de jogar.

Use o Braço Biônico para atrair inimigos

O seu Braço Biônico não serve só para a estética do Big Boss, ele tem várias habilidades que vão sendo liberadas com o tempo. A mais básica delas é uma das mais úteis no início do jogo: chamar a atenção do inimigo.

Pressione LB para abrir o seu menu e então RB para emitir o som que o braço faz ao girar o punho, isso vai atrair o inimigo mais próximo sem alertar inimigos distantes, no melhor estilo “Assassin’s Creed”. Assim que o adversário chegar onde você está escondido, é possível usar o combate corpo-a-corpo para apagá-lo sem fazer barulho.

Procure o filhote de lobo

Há vários companheiros que podem te ajudar no campo de batalha, e o cavalo é apenas o primeiro deles. Um, em especial, precisa da sua atenção para ser pego: o D-Dog.

Esse lobo pode ser encontrado no deserto do Afeganistão e deve ser mandado com o “Fulton” para a “Mother Base” para que cresça e possa te ajudar nas missões. O seu poder é farejar os inimigos e identificá-los à distância, o que em determinados momentos é mais preciso que o binóculo.

Após as primeiras missões do jogo, fique atento para o barulho dos latidos e então procure-o para mandá-lo para a base.

Evolua o departamento de R&D

A “Mother Base” conta com diversas áreas e departamentos diferentes, onde você pode alocar seus soldados para executar diversas tarefas, desde missões em campo para trazer suprimentos até fazer pesquisas para novos e úteis equipamentos, bem como melhorias para os que você já tem.

Escolher quando melhorar cada área da base sem acabar com os recursos que também podem ser usados no campo de batalha para pedir reforço é a grande questão aqui. Na dúvida, foque no R&D.

Esse departamento é o responsável pelas pesquisas avançadas no que diz respeito a equipamentos e vai liberar as melhores ferramentas para evoluir o seu jogo, desde melhorias no binóculo até novas formas de usar o “Fulton”.

Mas não fique bitolado só nessa área: as outras também trazem melhorias interessantes que podem ser aproveitadas de outras formas.

Inimigos se adaptam

“Metal Gear Solid V” não deixa você abusar das mesmas estratégias sem tentar se adaptar. Vamos supor que você sempre tentará invadir os locais: equipe sua arma de tranquilizantes e derrube todos os inimigos com tiros na cabeça. Após algum tempo, eles vão utilizar capacetes que evitam seus dardos.

Isso vale para coletes, armamentos e até para forma como eles vão patrulhar o ambiente. Se você pegava os soldados adversários quando estavam sozinhos, eles vão patrulhar em equipe. Tudo isso para dificultar a sua vida.

Por esses motivos é importante variar a sua estratégia e diminuir as possibilidades de o inimigo se adaptar. Você pode usar seus soldados da “Mother Base” para fazer missões que visam destruir estoques de capacetes e coletes, por exemplo, evitando que na sua próxima incursão os espertinhos estejam preparados para sua chegada.

Viagem rápida

Viajar pelo mundo de “Metal Gear Solid V” não é tarefa trivial, nem mesmo a cavalo ou com veículos, especialmente se o objetivo for chegar em bases secretas que exigem voltas e voltas por florestas ou desertos. Para isso existem as viagens rápidas.

O meio é o mais caricato possível. Você usará uma das famosas caixas de papelão para se disfarçar de encomenda e ser levado por um caminhão inimigo até o ponto escolhido. Esses pontos precisam ser liberados primeiro.

Você identificará os pontos de viagem pela cor da chapa de metal alaranjada. Sempre que encontrar um deles, interaja com a placa logo na frente para liberar o local para viagens futuras. Agora basta entrar na caixa em cimada chapa de metal para ser levado.

Destrua equipamentos inimigos

As bases de inimigos contam com diversos equipamentos que os colocam em vantagem sobre você, portanto destruí-los vai virar esse jogo. Fique atento a radares, sistemas de segurança e até mesmo luzes de busca.

Ao destruir um radar, por exemplo, você permitirá que seu helicóptero pouse na base inimiga ou faça incursões para bombardear alvos e chamar atenção dos inimigos. Já destruir os sistemas de comunicação impedirá a comunicação dos seus alvos com outras bases, impedindo que eles peçam reforços. Tem ainda o sistema de energia da base, que ao ser destruído desliga todas as luzes, dando a vantagem das sombras se você escolheu invadir de noite.

Escolha a sua abordagem e quebre os recursos dos inimigos para ter sempre a vantagem.

Não menospreze as caixas de papelão

As caixas de papelão não são só piadas da cabeça louca do Kojima, são também equipamentos úteis no campo de batalha que vão muito além do “esconder para não ser visto”. Com as melhorias vindas da “Mother Base”, suas caixas são mais mortais do que nunca.

Um novo uso bem útil é colar os pôsteres que você acha pelo mundo nas caixas para distrair os inimigos, que param para olhar a bizarrice enquanto você se prepara para nocauteá-lo. Cada pôster tem um efeito diferente. Os militares fazem o inimigo bater continência para a caixa, já modelos de biquíni deixam eles bobos sem saber o que fazer.

Outro uso interessante das caixas é para descer colinas em instantes, já que se você correr e pular no chão com a caixa em uma descida ela vai deslizar em alta velocidade até chegar em um ambiente plano. Vai te lembrar dos bons momentos da infância e ainda acelerar o jogo.

Capturando os soldados perdidos de forma fácil

Vários soldados da antiga “Mother Base” estão vagando pelo mundo agora, sem rumo e desesperados por salvação. Diversas missões secundárias vão pedir para capturá-los de volta, já que são ótimos recursos para a sua base.

A tarefa, no entanto não é fácil, e ao primeiro sinal de perigo eles vão sair correndo como loucos e para capturá-los, especialmente nesse mundo hostil e repleto de inimigos, não vai ser nada fácil. Ainda bem que existem truques para isso.

Usar a caixa de papelão (olha ela aqui mais uma vez), vai fazer com que o soldado lembre que você é o Big Boss e venha bater continência para a caixa, o que dá abertura para mandá-lo com o “Fulton” para o céu e completar a missão.

Outra maneira fácil de atrair os soldados é usar música. Isso mesmo, é possível usar o seu I-Droid para reproduzir música que os seus inimigos ouvem. Fitas como “Love Deterrence”, “Paz’s Humming” e “Ride of the Valkiries” vão atrair os soldados até a sua posição.

Parte da história está nas fitas

Uma diferença brutal do “Metal Gear Solid V” em relação aos antigos está na narrativa. Aqui ela é bem solta e algumas vezes parece até perder pontas, sem aqueles monólogos do Snake ou conversas detalhadas sobre os resultados das missões.

Provavelmente com a treta do Kojima com a Konami por conta do tempo de produção, muito da história do jogo foi jogada nessas fitas cassete. Entre no seu menu para encontrar várias delas após cada missão, e lembre que as marcadas em amarelo contam coisas importantes da história.

Não é a forma ideal, já que fica cansativo escutar tudo, mas ao menos é um jeito de entender o que está rolando no mundo sem ficar perdido.

Muliplyer online

Acesso

Metal Gear Online foi adicionado a Metal Gear Solid V via atualização gratuita. Assim que abrir o jogo ele perguntará ao usuário se deseja realizar o download. Com a instalação concluída, Metal Gear Online estará totalmente acessível pelo menu inicial, na opção com o nome do modo multiplayer.

O que é

Metal Gear Online é a porção totalmente online e multiplayer de MGS 5. Não tem qualquer relação com a história ou a campanha, com exceção do personagem criado no início da narração, que aparece no menu de MGO. Aqui é possível participar de embates online contra outros jogadores e acumular pontos ou posições no ranking.

Criação de classe

Ao entrar pela primeira vez é preciso escolher a classe de personagem que vai te definir no jogo: Batedor é o soldado que atira de longe, especialista em rifles e abates; Vanguarda tem prestígio em média distância; e  Infiltrador é o personagem especializado em ataques mais corporais e próximos, com armas de curto alcance. 

Área livre

Assim que entrar no jogo o personagem ficará em área neutra, ainda fora das partidas online. Nesse espaço é possível configurar o personagem, definir armas e habilidades. Pode-se treinar táticas de abordagem, praticar a mira em locais de tiro e mais. A jogabilidade é idêntica a da campanha, com os mesmos comandos.

Modos online

Por enquanto, Metal Gear Online tem três modos distintos: Bounty Hunter, que funciona no esquema “azul versus vermelho” entre duas equipes que disputam o domínio do mapa; Cloak And Dagger, que deixa o desafio maior enquanto uma equipe inteira fica invisível e a outra precisa impedir seu avanço; e, por fim, Comm Control, que coloca os jogadores na disputa por pontos específicos de cada localidade. Novamente, a jogabilidade dos personagens nestes modos é idêntica a da campanha, então vai do gosto de cada pessoa em que tipo de partida prefere jogar.

Fulton e furtividade

Assim como na campanha, é possível eliminar os inimigos de duas formas no multiplayer: letal e não-letal. A forma letal é a que envolve armas e tiros ou golpes diretos nos adversários. Já a não-letal envolve abater seus inimigos sem que eles morram, para chegar próximo e realizar a extração com Fulton, como Snake faz na história com os soldados que abate. A furtividade sempre conta e também é levada a sério no multiplayer.

Objetivos e instruções

Uma boa dica é ficar sempre de olho nas instruções de cada partida que ficam na tela do mapa, ativada ao pressionar o botão de opções. Apesar dos finais fixos, cada partida pode mudar de acordo com o que os adversários fizerem. Não deixe de se atualizar para não perder a vantagem.

Dicas finais

Coloque C4 em veículos e use o “Fulton” neles para criar uma arma mortal contra helicópteros inimigos.

Matar inimigos não diminui o ranking da sua missão desde que você não seja visto, a escolha por ser letal é sua.

Use o “Fulton” em um contêiner e suba nele para deixar o campo de batalha direto para o seu helicóptero.

Com algumas melhorias no seu cavalo, é possível fazê-lo defecar nas estradas. Isso fará com que veículos inimigos derrapem ao passar pelo local.

Chapéus como o “Chicken Hat” e o Lil’ Chick Hat habilitam o modo fácil do jogo, caso você esteja com dificuldades.

Visite a base regularmente e atire dardos nos seus soldados para aumentar a moral do time mais rápido que ir falando com um por vez.

Há diamantes escondidos na “Mother Base”, interrogue seus soldados para achá-los.

Encontre um tradutor o mais rápido possível e então interrogue os inimigos para recursos superiores.

Use o “Phantom Cigar” para passar o tempo e invadir de noite.

Referências:

Critical hits, Uol, techtudo, wikipedia.

Persona 5

Persona 5 é um jogo eletrônico de RPG desenvolvido pela Atlus. O jogo é cronologicamente a sexta edição da série Persona, que faz parte principalmente da franquia Megami Tensei. Foi lançado para o PlayStation 3 e PlayStation 4 no Japão em setembro de 2016 e em todo o mundo em abril de 2017, onde foi publicado pela Atlus no Japão e na América do Norte, e pela Deep Silver na Europa e Austrália. Persona 5 acontece na Tóquio de hoje e segue o protagonista Joker após sua transferência para a Academia Shujin após ser colocado em liberdade condicional por um assalto do qual ele foi falsamente acusado. Durante o curso de um ano escolar, ele e outros estudantes despertam seus poderes de Persona, tornando-se um grupo de justiceiros secretos conhecidos como os Fantasmas Ladrões de Copas. Eles exploram o Metaverso, um reino sobrenatural que consiste na manifestação física dos desejos subconscientes da humanidade, para mudar a intenção maléfica dos corações dos adultos. Como nos títulos anteriores da série, o grupo enfrenta inimigos conhecidos como Sombras, usando manifestações físicas de sua psique, chamadas Personas. O jogo incorpora elementos do role-playing e dungeon crawling ao lado de cenários de simulação social.

Persona 5 foi desenvolvido pela P-Studio, um estúdio de desenvolvimento interno da Atlus, liderado pelo diretor e produtor de jogos Katsura Hashino. Juntamente com Hashino, os funcionários que retornaram dos primeiros jogos da franquia Persona incluíram o designer de personagens Shigenori Soejima e o compositor musical Shoji Meguro. O trabalho preparatório começou durante o desenvolvimento de Persona 4, com o desenvolvimento completo começando após o lançamento de Catherine em 2011. Os temas do jogo giravam em torno de alcançar a liberdade das limitações da sociedade moderna, enquanto sua história foi fortemente inspirada pela ficção picaresca e Personas iniciais do partido que foram baseados em torno do tema de foras-da-lei e rebeldes.

Anunciado pela primeira vez em 2013, Persona 5 foi adiado em relação à sua data original de lançamento no final de 2014, devido ao jogo não estar totalmente concluído. Persona 5 foi aclamado pela crítica, sendo indicado e vencedor de vários prêmios de fim de ano, incluindo alguns de Jogo do Ano. Desde então, tem sido considerado como um dos melhores jogos de RPG de todos os tempos. O jogo vendeu mais de dois milhões de cópias em todo o mundo até o final de 2017, tornando-se o título mais vendido da franquia global Megami Tensei. Uma adaptação anime, um mangá e um jogo de ritmo spin-off também foram lançados. Joker também aparece como um personagem jogável no jogo de luta Super Smash Bros. Ultimate de 2018.

Use o tempo de maneira inteligente

Toda a história de Persona 5 se passa na duração de um ano, ou seja, há um período de tempo limitado. Sendo assim, é importante gastar bem o tempo disponível. Inicialmente, concentre-se em atividades que aumentam as características sociais do herói, principalmente Guts (coragem), Kindness (bondade) e Knowledge (conhecimento). Nunca desperdice espaços de tempo indo para o Café Leblanc na parte da tarde ou indo direto dormir na parte da noite.

Salve sempre que possível

A opção de registrar o progresso da aventura está disponível em praticamente todos os momentos, salvo durante a exploração de calabouços. Aproveite para salvar sempre que possível, basta observar os ícones no canto inferior esquerdo na tela.

Use a Thieves Guild

A Thieves Guild é um recurso online bem útil. Para utilizar os serviços dessa guilda, basta apertar o touchpad/select. Durante horários livres, a guilda mostra o que os outros jogadores fizeram naquele horário — perfeito para ajudar nos momentos em que não sabemos muito bem como gastar tempo livre. Ela também está disponível no momento de responder às perguntas feitas durante as aulas, normalmente a opção com maior porcentagem é a resposta certa.

Não perca muito tempo nos trabalhos de meio período

No subterrâneo da estação de metrô em Shibuya é possível se candidatar a vários empregos de meio período. Em um primeiro momento, pode ser tentador gastar o tempo livre nesses trabalhos, afinal eles dão algum dinheiro e alguns até melhoram levemente as características sociais do protagonista. Porém, na prática, não é uma atividade lucrativa: você ganha muito mais dinheiro nos Palaces e Mementos, e outras atividades melhoram mais as características sociais. Sendo assim, deixe para trabalhar somente quando realmente necessário — algumas missões paralelas exigem trabalhar em alguns locais.

Concentre-se em melhorar as características sociais do protagonista

O protagonista de Persona 5 tem cinco “características sociais”: Knowledge (conhecimento), Guts (coragem), Proficiency (proficiência), Kindness (bondade) e Charm (charme). É de extrema importância melhorar todas essas características, pois muitos eventos, respostas e conversas com Confidants exigem um nível mínimo em algumas delas. Confira as melhores maneiras de melhorar esses atributos:

Knowledge: O conhecimento aumenta ao responder corretamente às perguntas durante as aulas e quando você estuda em algum local. Tente sempre estudar no Diner em Shibuya, pois é possível aumentar alguma outra característica ao mesmo tempo de acordo com o prato escolhido. Estudar com os amigos antes da semana de provas também é uma ótima maneira de melhorar o conhecimento.

Guts: A melhor maneira de aumentar a coragem na primeira metade da aventura é tentando o desafio da lanchonete em Shibuya. Passar tempo com a confidente Takemi Tae também aumenta levemente a coragem.

Proficiency: Construir ferramentas de infiltração é uma ótima maneira de conseguir mais proficiência. 

Kindness: Trabalhar na loja de flores no subterrâneo da estação de Shibuya é uma boa maneira de melhorar a bondade. Cuidar da planta no quarto do protagonista também aumenta essa característica, sendo essa ação especialmente boa por não consumir tempo — compre os nutrientes necessários na loja de flores.

Charm: Visite a casa de banho pública em Yongen-Jaya para aumentar o charme do protagonista. Alguns dias da semana dão bônus de charme.

Algumas atividades podem dar pontos variados para vários aspectos sociais ao mesmo tempo: ir ao cinema, assistir DVDs e ler livros, por exemplo. Também lembre-se de sempre tomar um suco no subterrâneo do metrô de Shibuya aos domingos, pois ele aumenta levemente um dos atributos sociais sem consumir tempo.

Leia livros

Uma das maneiras de gastar o tempo livre é lendo inúmeros livros. A principal vantagem deles é aumentar características sociais do herói, mas alguns também abrem novas áreas no mapa ou dão alguma vantagem, como receber mais pontos sociais de certas atividades. O protagonista pode comprar alguns volumes em lojas e também pegar emprestado na biblioteca da escola. Durante a aventura, aparecerão várias oportunidades para ler sem gastar tempo, como quando o protagonista consegue um lugar para sentar no metrô — aproveite-as para avançar nas leituras.

Calabouços

Fique atento aos prazos dos Palaces

Todos os calabouços principais do jogo, que se chamam Palaces (palácios), têm um limite de tempo para serem completados. Quando esses locais surgirem, dê prioridade para terminá-los rapidamente. Caso o prazo não seja respeitado, a aventura acaba. Não deixe para enfrentar o chefe no fim da data estipulada, pois é necessário um dia só para enviar o calling card para o alvo. Normalmente não dá para fazer nenhuma atividade no dia em que o calling card é enviado, porém Morgana permitirá construir itens de infiltração — não perca essa oportunidade para montar ferramentas.

Tente sempre avançar o máximo possível ao entrar nos Palaces

Os prazos para terminar os calabouços costumam ser generosos, mas é uma boa perder o mínimo de dias possíveis nas infiltrações de Palaces. Para isso, sempre se prepare antes de entrar no calabouço: atualize o equipamento dos heróis e compre vários itens de recuperação. Também use o SP com sabedoria, pois é extremamente custoso recuperá-lo. Os Palaces sempre têm pontos que exigem que os heróis saiam e voltem em um outro dia, tente alcançá-los a cada incursão nesses locais. O SP é um bom indicador de quando você deve sair do Palace: quando ele está baixo será complicado vencer os combates, sendo assim é melhor voltar para o mundo real.

Abuse da furtividade

Os Palaces estão repletos de inimigos poderosos. Sendo assim, é importante utilizar sempre as mecânicas de furtividade para evitar monstros ou pegá-los de surpresa. Para isso, basta utilizar os vários pontos de cobertura espalhados pelos mapas — os inimigos não conseguem ver os heróis quando eles estão escondidos. Evite ao máximo simplesmente sair correndo e atacando de qualquer jeito.

Observe o cenário com a habilidade “Third Eye”

Logo no começo da aventura, o protagonista ganha um poder chamado Third Eye. Ao ativá-lo, pontos de interação aparecem no cenário, como locais que podem ser escalados e objetos escondidos. Sempre use essa habilidade para conseguir varios itens.

Explore o Mementos com inteligência

O Mementos é um labirinto opcional no qual os andares são construídos de forma procedural. É um ótimo local para treinar os personagens, obter novas Personas e fazer missões paralelas. Porém, ele funciona como os Palaces, o que significa que o tempo livre da noite do dia é perdido. Para não perder muito tempo, deixe para entrar no Mementos quando tiver várias missões paralelas pendentes e sempre depois de completar um Palace (novos andares aparecem após terminar os calabouços da história).

Sempre tenha ferramentas para abrir baús trancados

Vários baús trancados estão espalhados pelos calabouços e para abri-los é necessário ter uma lockpick (gazua). Esse item, que é do tipo “ferramenta de infiltração”, pode ser construído na mesa de trabalho do quarto do protagonista. Quanto maior o nível de Proficiência do herói, mais itens podem ser montados por sessão. Lembre-se de abrir todos os baús do Palace antes de terminá-lo, afinal eles desaparecem após derrotar o chefe. Já no Mementos, dê preferência para baús trancados dos andares mais profundos, pois eles têm itens melhores.

Combate

Abuse das fraquezas dos inimigos para ganhar turnos

Durante o combate, é possível ganhar um turno adicional ao acertar a fraqueza elemental do inimigo. Sendo assim, sempre explore os pontos fracos dos oponentes. Quando possível, derrube todos os inimigos para poder ativar a negociação ou All-Out Attack.

Use o Baton Pass sempre que possível

O Baton Pass é um movimento que permite ceder o turno extra para outro personagem, que receberá um bônus no ataque e defesa. Utilize essa habilidade sempre que possível, pois com ela é possível usar outros heróis para explorar as fraquezas elementais. O Baton Pass é desbloqueado nos primeiros níveis de Confidant dos protagonistas, sendo assim é importante passar um tempo com os personagens do seu time.

Use as armas de fogo prioritariamente para explorar fraquezas elementais

Os heróis de Persona 5 contam com armas de fogo para atacar os inimigos. O ataque delas é equiparável às armas de combate corpo a corpo, porém todas elas contam com munição extremamente limitada. Sendo assim, deixe para utilizá-las somente para atacar inimigos fracos contra balas — normalmente inimigos voadores costumam ser vulneráveis a projéteis. Também não gaste muito dinheiro comprando armamentos melhores, concentre-se em armas corpo a corpo e armaduras. As armas de fogo ficam mais úteis com certas habilidades, porém esses movimentos especiais só podem ser desbloqueados mais para a metade da aventura.

Mude de Persona de acordo com a situação

O protagonista é o único personagem que pode trocar de Personas, cada qual com movimentos e atributos únicos. É muito comum escolher uma Persona que resiste aos elementos dos ataques inimigos, porém, é importante ficar atento também a características como ataque, defesa e agilidade. Além disso, o ideal é ter Personas que tenham ataques de vários elementos diferentes e feitiços de suporte.

Abuse das habilidades de suporte para diminuir características dos inimigos

Persona 5 tem feitiços que infligem status negativos, como paralisia e congelamento, no entanto, eles têm taxa de acerto baixa e raramente funcionam em chefes. Contudo, a classe de habilidades de suporte sempre funciona e é extremamente útil para reduzir características dos oponentes, inclusive chefes. São elas: Tarunda (reduz o ataque por 3 turnos), Rakunda (reduz a defesa por 3 turnos) e Sukunda (reduz a agilidade por 3 turnos).

Use as respostas corretas durante a negociação com inimigos

Um recurso de Shin Megami Tensei que foi resgatado em Persona 5 é a negociação com inimigos. Após derrubar todos os oponentes ao explorar suas fraquezas, é possível conversar com eles para receber dinheiro, itens ou novas Personas. Para transformar os inimigos em Personas, é necessário responder perguntas — respostas incorretas podem trazer problemas como novos inimigos ou vantagens para os monstros. Para se dar bem na negociação, observe a natureza do inimigo, ela aparece no menu Analysis ou no canto superior esquerdo durante a negociação. Confira como abordar cada tipo de monstro e escolha as respostas certas de cada natureza:

Upbeat: gosta de respostas divertidas, odeia respostas sérias ou vagas;

Timid: gosta de respostas gentis, odeia respostas vagas ou divertidas;

Irritable: gosta de respostas sérias, odeia respostas vagas ou gentis;

Gloomy: gosta de respostas vagas, odeia respostas sérias ou divertidas.

Combine Personas sempre que possível

Assim como o protagonista, as Personas recebem experiência, sobem de nível e aprendem novas habilidades. O problema é que normalmente as criaturas necessitam de grande quantidade de experiência para se fortalecer. Sendo assim, faça fusão de personas sempre que possível. A criatura resultante normalmente tem atributos melhores, o que fortalece também o protagonista.

Confidants

Avance mais rápido nos relacionamentos com os Arcanos correspondentes

Sempre que for se encontrar com algum Confidant, leve uma Persona do mesmo Arcano dele, pois isso aumenta a quantidade de pontos de relacionamento recebidas ao interagir com eles.

Escolha as respostas corretas para maximizar os relacionamentos

Durante os encontros com os Confidants, eles vão fazer perguntas para o protagonista. Cada resposta dá uma quantidade determinada de pontos de relacionamento e isso é representado por notas musicais azuis que saem do confidente — o máximo possível de uma resposta é até três notas. Há momentos em que é possível dar presentes ou convidar os amigos para passeios por Tóquio. Sempre leve em consideração a personalidade da pessoa e a situação ao escolher as respostas, presentes e locais de passeio. Sempre salve antes de encontrar algum confidente e carregue o jogo caso o resultado não tenha sido satisfatório.

Invista nos Confidants certos

Uma das maiores novidades no sistema de relacionamentos em Persona 5 é que todos os confidentes liberam habilidades úteis. Por conta do tempo livre limitado, é difícil aumentar o nível de todos eles. Sendo assim, na primeira metade do jogo, invista nos seguintes Confidants para ter boas vantagens na aventura:

Personagens do time, como Ann e Ryuji: Cada nível de relacionamento libera novas técnicas de batalha para os heróis. É importante que eles aprendam ao menos a habilidade Baton Pass, que é obtida no nível 2 ou 3.

Sun (Toranosuke Yoshida): Avançar o relacionamento com o político provê habilidades para receber mais dinheiro e itens durante a negociação com inimigos.

Temperance (Sadayo Kawakami): A professora é extremamente útil por deixar o protagonista fazer outras coisas durante certas aulas (como ler ou fazer ferramentas) e por fazer tarefas para o herói durante a noite.

Death (Takemi Tae): A médica vende muitos itens de recuperação, essenciais para se dar bem nos Palaces. Nos níveis mais intermediários, ela vende acessórios extremamente úteis, como um que recupera SP todo turno.

Priorize ver filmes apenas na companhia de algum personagem

Depois de zerar o jogo pela segunda vez, concluí que alugar filmes em DVD e assisti-los sozinho para aumentar os status não é algo muito prático, por dois motivos. O primeiro é que há um prazo para devolvê-los que você pode acabar perdendo de acordo com os acontecimentos que estiverem ocorrendo na história, impedindo você de ir até a locadora, acarretando em uma multa. O outro motivo é que você gasta tempo em algo que serve apenas para subir seu status, sendo que ver filmes não dá troféu algum. Se quiser assistir algo no jogo, faça isso no cinema ou em casa apenas quando um dos personagens te convidar. Dessa forma, você aumenta não apenas um determinado status social, mas ganha a chance de elevar a afinidade com o personagem também. Filmes, vistos sozinho, devem ser usados apenas como último recurso para amplicação de status. Jogar videogame no jogo, por outro lado, é muito recomendado de ser feito sozinho, pois sobe seu status e também serve para garantir um troféu.

Verifique toda semana as máquinas de vendas automáticas de bebidas

Algumas dessas máquinas contém preciosos refrescos que regeneram seu SP, algo necessário para utilizar os poderes dos Personas. Sempre que checar uma das máquinas e houverem disponíveis estas bebidas de SP, compre todas e volte nelas na semana seguinte, para poder comprar novamente. Ter um estoque desses itens ajudará muito você a completar as dungeons em menos dias. Comprar as que recuperam HP também é altamente recomendado, pois permitirão que você regenere sua vida sem uso de magias, que gastam SP.

Assista televisão

Quando estiver em casa, assista um pouco de televisão. Às vezes está passando um programa de perguntas e respostas que lhe dá uma oportunidade rápida e sem gasto de tempo para aumentar seu “Knowledge” (Conhecimento), um status social demorado de subir em Persona 5.

Faça uso das promoções de vendas de produtos da TV

Uma vez por semana dentro do jogo passa na televisão um daqueles programas que vendem produtos para você comprar pelo telefone. É uma ótima oportunidade de obter algo que pode vir a ser bastante útil nas dungeons, por um preço promocional. Aproveite-as sempre que puder.

Esteja sempre com um Persona da Arcana de quem você quer elevar sua afinidade

Algo importantíssimo, pois há situações onde isto faz você ganhar um ponto adicional de afinidade com o personagem de acordo com o que vocês conversaram. Portanto, antes de decidir dar um rolê com um dos seus amigos no jogo, certifique-se de ter um Persona que fará seus laços com ele se estreitarem mais rapidamente. Qualquer um serve, bastando apenas ser da mesma Arcana que a dele.

Na noite após enviar o “Calling Card”, faça ferramentas de infiltração

É a única atividade que Morgana permitirá que você faça nessa noite, então aproveite-a. Lembre-se da dica 6 e salve o jogo antes. Repita o processo de criação das ferramentas até conseguir três pontos do atributo social “Proficiency” (Perícia) ao invés de dois. O tutorial disso não conta, pois nele você sempre receberá apenas dois pontos. A chance de obter três pontos aumenta de acordo com o seu nível de Proficiency.

Não tenha pressa em entrar no Mementos

Este é o lugar do jogo onde você passará uma boa parte do tempo “farmando” inimigos para subir seu nível e obter certos itens para construir ferramentas de infiltração. Contudo, espere até obter pelo menos umas 3 ou 4 das missões para serem feitas nele antes de resolver gastar seu dia lá. Ir no Mementos tendo poucas missões ou nenhuma não é uma ideia recomendável, a não ser que você esteja com tempo sobrando e não exista literalmente nada melhor para fazer.

Preste atenção nos dias e horas em que as interações com os personagens estão disponíveis

Há dias e horários específicos nos quais você pode tentar estreitar seus laços com cada personagem. Tenha isso em mente na hora que for escolher com quem você vai interagir, para optar pela opção que estará disponível naquele momento, mas não no dia seguinte. Lembre-se da dica 6, salve seu jogo antes e dê loading para optar sair com outro personagem se achar mais conveniente.

Jogue o New Game

Mesmo com todas essas dicas, não é garantido que você consiga terminar Persona 5 maximizando sua afinidade com todos os personagens, algo que só é possível com uma organização impecável de tempo, ou então usando um detonado, o que faz a experiência da descoberta ser anulada, deixando tudo sem graça. Pelo fato de haverem tantas coisas a serem feitas, é provável que algumas delas você acabe deixando de fazer. O New Game+ mantém todos os atributos de status social obtidos por você na primeira jogada, juntamente com as armas, equipamentos e Personas, lhe deixando com bastante tempo livre nas mãos para fazer tudo aquilo que não conseguiu fazer antes. Acaba virando um jogo novo em alguns aspectos.

Referências:

Game Hall, Playstation Blast, wikipedia.