Blog

Choplifter III: Rescue Survive

Desenvolvido pela Beam Software, Choplifter III: Rescue Survive é um jogo de tiro lançado para SNES em 1994. Sua jogabilidade é como a maioria dos jogos antigos 2D, no formato horizontal. Diferente da maioria dos jogos de tiro que você controla um personagem, nesse você controla um helicóptero.

O jogo

Choplifter Iii GIF

Sua missão é resgatar reféns e leva-los com segurança a base. Cada fase, você precisa resgatar um número certo, contudo, em algumas fases você encontrará mais reféns do que o necessário, resgate-os para obter bônus. O jogo é pequeno, porém, há muitas coisas para se fazer, além de, diversos segredos. Ele possui 4 setores, sendo 4 níveis em cada setor. Cada nível possui um pequeno chefão, e cada setor possui um chefão principal. Os setores são; Floresta, Mar, Cidade e Deserto.

Helicóptero

Seu helicóptero, pode se mover para cima ou para baixo, bem como, virar para esquerda ou direita, podendo também, ficar de frente para derrotar inimigos terrestres. Ele tem seus tiros normais e também tiros especiais, tal como bombas e mísseis. Além dos inimigos que causam dano a ele, choca-lo contra construções e colinas também o danifica. Mas não se preocupe, você poderá conserta-lo ao decorrer do jogo. Alguns melhoramentos e outras coisas caem do céu, literalmente falando, algumas caixas aparecerem caindo de paraquedas ou seja, você poderá pega-las para melhorar seu armamento, guarde-as para os inimigos mais difíceis.

Inimigos

Como todo bom jogo, há diversos inimigos durante o trajeto. Eles farão de tudo para derrubar seu helicóptero. As fases possuem inimigos na terra, bem como, também no ar. Alguns possuem armamentos melhorados, até mesmo mísseis que seguem. Inimigos incluem soldados, aviões, tanques, helicópteros e artilharia antiaérea.

Chefões

Chegamos na parte que todos gostam e muitos choram. Já não basta 1 chefão, Choplifter 3 possui 4, sendo 1 em cada setor. Cada um tem seu poder e dificuldade diferente, bem como, cada um tem um segredo para derrota-lo.

Chefão do setor floresta

Antes de tudo, você deverá enfrentar vários canhões, derrote-os para avançar. O Chefão é uma grande espingarda que solta diversas bolas de fogo, para destruí-la, acerte o ponto vermelho várias vezes, pois é o único lugar que sofre dano.

Chefão do setor deserto

Esse possui um nível de dificuldade extremamente maior que os outros. São algumas máquinas que que soltam diversos tipos de coisas para danificar o helicóptero, labaredas de fogo, mísseis teleguiados, etc. Novamente, acerte o ponto certo para danifica-lo, o ponto vermelho mostrado na foto.

Chefão do setor mar

Um dos mais difícil de passar. Uma grande construção no meio do mar, que solta diversas coisas para tentar te derrubar. A dica é, primeiro destrua suas armas para facilitar, posteriormente, cause dano a ela acertando o ponto verde.

Chefão do setor cidade

Esse é relativamente fácil. Você precisará derrotar um helicóptero que solta tiros e mísseis teleguiados.

Missão completa

O jogo recebeu notas altas, pela sua jogabilidade viciante, gráficos muito bons para a época, sem esquecer dos efeitos sonoros. Recebido com muito carinho pelos amantes de games, em outras palavras, Choplifter 3 é um jogo que para sempre será lembrado.

Deixe nos comentários, o que você acha desse clássico do SNES.

Referência:

Wikipedia.

Fate/Grand Order

Fate/Grand Order (Japonês: (フェイト/グランドオーダー Feito/Gurando Ōdā?)) é um RPG eletrônico para celular online gratuito, desenvolvido pela Delightworks usando Unity, e publicado pela Aniplex. O jogo é baseado na franquia Fate/stay night da Type-Moon e foi lançado no Japão em 29 de julho de 2015 para Android, e em 12 de agosto de 2015 para iOS. As versões em inglês para iOS e Android ocorreram em 25 de junho de 2017 nos Estados Unidos e no Canadá, e uma versão em coreano foi lançada em 21 de novembro de 2017. Uma versão arcade intitulada Fate/Grand Order Arcade foi lançada pela Sega no Japão em 26 de julho de 2018.

O jogo é centrado em combates baseado em turnos, onde o jogador, que assume o papel de “Mestre”, convoca e comanda familiares poderosos conhecidos como “Servos” para combater inimigos. A narrativa da história é apresentada em um formato de romance visual, e cada Servo tem seu próprio cenário que o jogador pode explorar.

Fate/Grand Order faturou $982 milhões em 2017, tornando-se o sexto jogo para celular com maior venda do ano. Em 2018, Fate/Grand Order arrecadou $1.2 bilhões, tornando-se o sétimo jogo gratuito para jogar de maior venda do ano. Em 13 de março de 2019, o jogo arrecadou mais de $ 3 bilhões em todo o mundo.

O que é “Fate”?

Fate/Grand Order é inspirado na série de animes conhecida como “Fate”. A animação, por sua vez, foi criada com base em um jogo muito antigo chamado de Fate/Stay Night. O enredo central apresenta magos que lutam em uma batalha milenar por um único prêmio: o Santo Graal, item capaz de conceder qualquer desejo ao seu portador. Para vencer os outros magos, cada participante controla um Servo.

O Servo é um guerreiro lendário vindo de outra época da história da Terra, ou seja, figuras históricas reais. A série Fate é recheada de personagens que realmente existiram, ou de mitos e lendas de contos famosos da humanidade. Rei Arthur, Joana D’arc, Medusa, Gilgamesh, Hércules, Alexandre O Grande, Nero, Francis Drake, Drácula e até Buda estão presentes.

Assim, a série Fate se desenvolveu ao longo de vários anos e hoje possui outros animes spin-offs e também jogos. O próprio Fate/Grand Order já recebeu uma adaptação animada, disponível no Brasil na plataforma Crunchyroll, que conta os fatos do game em desenho. Além disso, há games disponíveis no PlayStation 2, PSP, Nintendo Wii, Nintendo Switch e PC, atualmente.

No geral, trata-se de uma série que, apesar de não ser muito conhecida no Brasil, faz um enorme sucesso no exterior, principalmente no Japão, onde um novo anime da franquia é lançado anualmente.

Onde posso jogar?

Fate/Grand Order está disponível para Android e iOS, mas não se encontra oficialmente nas lojas brasileiras da App Store ou Google Play. Contudo, é possível baixar o game trocando a região de sua conta, o que possibilita que muitos brasileiros aproveitem o título – que está apenas em inglês e japonês – sem travas de região.

Como funciona o jogo?

Fate/Grand Order é mais um game que segue o clássico estilo de “gacha”, ou seja, personagens e itens são tratados como prêmios aleatórios para os jogadores. Há também elementos de estratégia e RPG. As batalhas são em turnos e os personagens podem combinar ataques para formar combos, além de golpes especiais. Contudo, o foco está na coleção que o jogador faz ao invocar os Servos para construir um exército.

Cada vitória ou passo importante dentro do jogo te dá mais pontos para tentar invocar Servos de maneira aleatória. É possível conseguir Servos comuns ou raros de acordo com o tipo de investimento em pontos feito e também conforme sua sorte favorece. Assim você pode avançar na história, em fases mais difíceis, e conquistar mais pontos conforme luta, usando a estratégia e poder.

Jogabilidade

Fate/Grand Order é um RPG tático baseado em turnos. O jogador assume o papel de “Mestre” e comanda um grupo de indivíduos chamados “Servos”, que são tipicamente figuras históricas, literárias e mitológicas de várias culturas. O jogador comanda um grupo composto por até 6 Servos em cada batalha, 3 membros ativos e 3 membros da reserva. Em cada turno, o jogador recebe um conjunto de 5 Cartas de Comando e pode usar até 3 delas para atacar. Cada servidor tem 5 cartas que o jogador pode usar; as cartas de todos os servos em campo são embaralhadas e distribuídas ao jogador a cada turno. As cartas têm três tipos: Buster (um ataque pesado), Arts (um ataque médio que cobra um medidor pelo “Noble Phantasm” do Servo) e Quick (um ataque leve que gera Estrelas Críticas que aumentam a probabilidade de acertos críticos no próximo turno). Se três cartas semelhantes forem usadas em um turno, elas criarão uma “Corrente” que dará um bônus com base nas propriedades das cartas. Se três cartas, todas correspondendo ao mesmo servidor, forem selecionadas, uma “Corrente Valente” será seguida, resultando em um ataque extra, mais poderoso, sendo adicionado ao final. Cada servidor também possui habilidades que podem ser usadas antes de sacar cartas de comando; cada habilidade produz efeitos na batalha, bem como um cartão de comando especial chamado “Noble Phantasm” que aparece quando o medidor está cheio. O “Mestre” também tem um conjunto separado de habilidades e habilidades especiais chamadas “Feitiços de Comando”. Feitiços de Comando têm uma variedade de efeitos e recarga com base no tempo do mundo real.

Os servos são obtidos através de uma mecânica gacha. O Saint Quartz, uma moeda do jogo obtida tanto com o jogo quanto com compras no aplicativo com dinheiro real, é usado para convocar novos Servos e adquirir “Essências de Ofício”, que dão efeitos adicionais quando equipadas a um servidor. Essa invocação é aleatória, com alguns servidores disponíveis normalmente e outros raramente. Outra moeda é “Friend Points”, que são adquiridos com mais facilidade, mas só podem adquirir Servos comuns com eles. Se várias cópias do mesmo servo forem adquiridas, o poder desse servo será ligeiramente aumentado. Fate/Grand Order foi criticado por ter uma taxa de queda fraca em seus raros servos, sendo extremamente caro adquiri-los com segurança.

 Jogue em outros modos além do modo História

Completar o modo História é essencial para liberar personagens, mas ele não é o único que você pode usar para evolui-los. As Missões Diárias, os Interlúdios (histórias individuais) e as Missões de Ranking são excelentes para adquirir cards de experiência e materiais, fortalecer o seu time e desbloquear habilidades. Confira os outros modos.

Use cartas duplicadas para fortalecer personagens

Como todo “gacha game”, em Fate/Grand Order você é estimulado a colecionar heróis, mas vai chegar um momento em que você terá muitas cartas de personagens fracos repetidos, enquanto tenta invocar os mais fortes e raros. Essas cartas ainda podem ser usadas para fortalecer a carta original, selecionando-a como material de melhoria, permitindo inclusive que o NP (a habilidade especial) seja carregada a até 200%.

Consiga mais Friend Points (FP)

Os FPs são uma moeda gratuita para invocar personagens de 1 a 3 estrelas. No entanto, você pode acumular mais delas se você selecionar um personagem de outro jogador como um suporte para seu time antes de uma batalha ou um de seus próprios. No entanto, usar heróis de outros jogadores rende muito mais pontos. Então, seja sociável.

Troque Mana Prisms (MP) por tickets de invocação especial

Os heróis de 4 e 5 estrelas só podem ser invocados usando Saint Quartz, a moeda premium de Fate/Grand Order, que entre outros métodos, é preciso comprar com dinheiro real para conseguir. No entanto, você pode trocar 20 Mana Prisms (MP), a segunda moeda gratuita do jogo, que é mais rara do que os FP por um ticket de invocação especial, disponível na Da Vinci Workshop. É um método mais demorado, porém menos custoso de se conseguir os melhores personagens do jogo.

Você pode conseguir Saint Quartz em eventos, completando missões ou como prêmio ao entrar no jogo todos os dias, ainda que em uma quantidade muito pequena.

Controle a sua carteira

Assim como Azur Lane e Mario Kart Tour, Fate/Grand Order é um “gacha game”, um jogo gratuito com mecânicas para estimular o jogador a colecionar itens e um sistema de roleta, onde cada tentativa de conseguir novos heróis é aleatória. É um sistema similar ao das caixas de loot e, como tal, também pode fazer o jogador gastar dinheiro.

Alguns itens e personagens podem inclusive ser temporários, o que força o jogador a abrir a carteira desesperadamente atrás de novas chances de conseguir os heróis através das invocações, que nada mais são do que uma roleta. É possível curtir o jogo sem gastar um tostão, mas se você tem filhos, implemente controles para evitar gastos.

Escolhe os servos corretos

Verifique-se que escolheu os servos melhores e mais poderosos de acordo com as habilidades e não as estrelas. Há alguns servos mais comuns que não são muito poderosos.

As cartas certas irão conduzir-lhe a vitória

Para afetar e danificar consideravelmente a vida do seu adversário você deve escolher os cartões “BUSTER” também conhecido como um ataque pesado.

Cria uma cadeia

Use a mesma carta três vezes de uma vez para criar uma “Cadeia” para conseguir cartões bónus.

Cadeia Brava: Entretanto este é usando o mesmo servo três vezes em seguida. Isto torna a sua personagem mais forte e poderosa.

Sistema de batalha

(Para aqueles que não estão lendo as partes visuais do romance, a opção pular cena é o botão no canto superior direito. Como você sabe, haha. Além disso, algumas dessas coisas só acontecem após as primeiras batalhas tutoriais, se você está se perguntando por que ainda não apareceu.)

Portanto, nos mapas principais, você verá dois tipos de batalhas disponíveis. 

Missões Principais

Serão indicadas com um ícone dourado “NEXT”. Eles progridem na história principal e estão em caixas azuis.

Você não necessariamente recebe um Saint Quartz a cada batalha. Um de cada um desses pequenos marcadores de flechas vazios é preenchido a cada batalha concluída. Quando todos os três estiverem preenchidos, você receberá o quartzo ou qualquer que seja a recompensa mostrada na caixa. Às vezes, a recompensa também é um item diferente.

Missões Livres

Que são indicadas no mapa por um número com um círculo laranja. Eles estão em caixas verdes.

Depois de lutar o número necessário de batalhas, você receberá um quartzo. Nesse caso, concluí uma das três batalhas necessárias. Você pode obter esse item apenas uma vez – sem repetir o nível mais fácil para moer quartzo.

As missões de interlúdio 

São outro tipo de missão. Eles são desbloqueados à medida que você obtém e aumenta o nível de servidores. Na imagem acima, eu subi Hyde o suficiente para poder fazer o interlúdio dele, mas não fiz o mesmo com Mefistófeles, então o interlúdio dele está acinzentado. Interlúdios também ocorrem em locais fixos, então você também terá que progredir o suficiente nas missões da história para poder fazer interlúdios. 

As recompensas incluem história extra, bem como quartzo ou um upgrade de habilidade / PN (que é indicado por essa espada + imagem de disco de ouro). 

Também existem missões de fortalecimento , que podem dar novas habilidades aos servidores ou melhorar muito as habilidades antigas. Estes são lançados periodicamente pela DW. Eu acho que em todos os casos, você deve ter ascendido o máximo a seu servo antes de poder fazê-lo.

Para obter informações sobre interlúdios específicos e missões de fortalecimento, acesse o reddit etc.

Membro de suporte 

Depois de escolher uma missão e passar pelo diálogo, você escolherá um membro de equipe, que será o sexto servidor da sua equipe. Cinco dos slots são sempre seus próprios servidores, enquanto o último para o membro de suporte é sempre o servidor de um jogador on-line aleatório ou de alguém da sua lista de amigos.

Observe também – o número do nível no canto superior esquerdo é o nível recomendado para a batalha, enquanto os ícones de classe à direita indicam quais classes são os inimigos, para ajudá-lo a formular a estratégia.

Você pode navegar entre os servidores de seus amigos (e alguns randoms) para obter esse suporte, todos classificados por classe com os oito botões acima. (A opção de classe “all” pode incluir servidores que são governantes, Vingadores, Shielder e qualquer outro tipo.) O botão retangular azul mostra a tela do triângulo de classe / arma. Você também pode classificar a ordem em que os servidores são listados por crescente e decrescente, de acordo com o último login, nível, HP e ATK. Apertar o botão azul à direita em cada slot de jogador mostrará a lista completa de jogadores.

O pequeno ícone de bandeira à direita significa que o servidor está disponível durante uma batalha principal da história. Esses servidores aparecerão no topo da lista, independentemente de qual classe você está assistindo, e geralmente têm altos níveis de PN e habilidades. O ícone verde do aperto de mão significa que o jogador está na sua lista de amigos.

Você também ganha pontos de amigo após cada batalha bem-sucedida

Um aleatório lhe dará 10, um amigo lhe dará 25 e um servo da história lhe dará 200. (FP são usados ​​para convocar EXP, servo e CE de nível inferior, a 200 FP por rolo.)

Um CE especial disponível através de uma certa cópia da revista Type-Moon oferece 75 FP adicionais por batalha se você usar um criado equipado com ele. (Você não pode receber o dobro por meio de sua própria cópia e de um amigo.) Se alguém usar seu criado com o cartão equipado, você receberá 75 FP adicionais.

Se o torcedor não for de alguém da sua lista de amigos ou do enredo, também conhecido como não há ícone de bandeira ou aperto de mão, você não poderá usar o Noble Phantasm (ele ficará acinzentado). Se alguém usar seu Servo em batalha,  

você receberá 10 pontos se ele não estiver na sua lista de amigos e 25 pontos se estiver.

Referências:

Kairosity, Apowersoft, Tecnoblog, wikipedia, techtudo.

Luigi’s Mansion 3

Luigi’s Mansion 3 (ルイージマンション3 Ruīji Manshon Surī?) é um jogo eletrônico de ação-aventura desenvolvido pela Next Level Games e publicado pela Nintendo para o Nintendo Switch. É uma sequência dos títulos de 2001 e 2013 para Nintendo GameCube e Nintendo 3DS, respectivamente: Luigi’s Mansion e Luigi’s Mansion: Dark Moon, e o terceiro título da série Luigi’s Mansion, sendo lançado em 31 de outubro de 2019. O jogador assume o controle de Luigi que deve explorar um hotel assombrado, incorporando temáticas diferentes em cada andar, e resgatar seus amigos dos fantasmas que o habitam. O jogo obteve uma recepção positiva ​​da crítica e foi indicado a vários prêmios, vencendo na categoria de “Melhor Jogo para Família” no The Game Awards 2019. Até 31 de dezembro de 2019, o jogo havia vendido mais de 5,3 milhões de cópias em todo o mundo.

Luigi’s Mansion 3 conta com três modos multijogador, para você se divertir com outros jogadores.

Story Mode (Cooperativo)

Jogue com um amigo no papel de Gooigi em um modo Story cooperativo para 2 jogadores.

Essa opção fica disponível quando você obtém Gooigi do Professor E. Gadd no Story Mode (cerca de 1 hora de jogo).

Scarescraper:

Até 8 jogadores podem trabalhar juntos para escalar o Scarescaper jogando localmente sem fio ou online. Este modo permite 1-2 jogadores por console, até um máximo de 8 jogadores (4 consoles) no total.

Essa opção fica disponível quando você obtém Gooigi do Professor E. Gadd no Story Mode (cerca de 1 hora de jogo).

ScreamPark:

Alie-se a outros jogadores para competir em batalhas de minijogos! Este modo permite até 8 jogadores em 1 console.

Domine os controles

Uma das reclamações mais constantes dos jogadores, os controles de Luigi’s Mansion 3 realmente são um desafio à parte. Se você jogou Luigi’s Mansion: Dark Moon, talvez não sinta tanto esse estranhamento, mas os novatos podem achar as mecânicas um pouco travadas. O que ajuda muito, nesse caso, é analisar as opções de configuração dos controles e alterar alguns parâmetros. Para mim, por exemplo, é fundamental deixar marcada a opção de se mover mais facilmente enquanto usa a Poltergust. Outra boa dica é utilizar os gatilhos para executar determinadas ações e assim deixar a mão direita livre para o analógico.

Não tenha pressa

Sim, a sua missão é capturar fantasmas e libertar seus amigos, mas nada impede que você explore o ambiente atrás de itens secretos e, principalmente, dinheiro. É bem verdade que essa exploração é muito repetitiva em muitos momentos, mas o cuidado com os detalhes pelo ambiente e a possibilidade de completar todos os colecionáveis do jogo compensam. Além disso, ainda que no começo não pareça haver motivo para coletar tanto dinheiro assim, a sua conta bancária acaba sendo muito útil depois que o professor E. Gadd lhe oferece alguns itens para adquirir.

Diferentes fantasmas, diferentes estratégias

Assim como nos outros jogos da série, Luigi enfrenta aqui fantasmas com habilidades distintas. Por isso, em que pese o fato de que quase tudo pode ser resolvido na força bruta, entender a movimentação desses espectros ajuda muito na hora de capturá-los. Existem alguns que só podem ser sugados pelo rabo, enquanto outros utilizam escudos ou algum item para protegê-los. Sempre que os fantasmas possuem alguma barreira desse tipo, é necessário desarmá-los com o desentupidor de pia, e só então utilizar o flash e começar a sugar. Os boos, por outro lado, precisam ser revelados com a ajuda da Dark Light. Enfim, dominar essas mecânicas é realmente importante para capturar o maior número possível de inimigos.

Abuse do Slam

Um recurso interessante do Luigi, em relação aos outros jogos da série, é a habilidade do Slam. Com esse movimento você pode golpear os fantasmas no chão de um lado para outro, diminuindo a energia deles, e inclusive acertando outros que estão por perto. Isso é muito útil para capturá-los — o que acontece automaticamente sempre que a energia das criaturas chega a zero — e também para ajudar o jogador a sair de situações difíceis, em que se vê cercado por muitos inimigos.

Deixe o multiplayer para depois

Em Luigi’s Mansion 3 é possível acessar o multiplayer depois de apenas alguns poucos minutos de jogo. Acho importante dar essa opção ao jogador, mas não considero a decisão de encarar esse modo logo início muito recomendável. Em primeiro lugar, o único modo multiplayer que fica disponível desde o começo é o ScareScraper (para até quatro jogadores). Como o Gooigi não está disponível nas primeiras etapas da aventura os outros modos de multiplayer só são liberados depois de sua aparição. Ainda assim, no ScareScraper é possível utilizar o Gooigi e outras mecânicas que você vai aprender no decorrer do game.

Explicando um pouco esse modo, ele funciona da seguinte forma: são quatro jogadores (todos com Luigi, em cores diferentes) que precisam capturar todos os fantasmas de um determinado andar e assim subir para o próximo e depois para o próximo, até o final do desafio. Em cada andar, além dos inimigos, existe também o desafio do tempo. Por isso, é importantíssimo conhecer a estrutura dos mapas e dominar as técnicas utilizadas para capturar os fantasmas. Eu tentei jogar o multiplayer logo cedo, e confesso que mais atrapalhei do que ajudei a equipe, justamente por não saber como lidar com o ambiente e com as mecânicas do jogo (que são apresentadas de maneira adequada no singleplayer). Mas se você quiser se arriscar assim mesmo, aqui vão algumas dicas mais específicas:

Acompanhe sempre algum outro jogador. Dois jogadores capturam os fantasmas mais rapidamente e ainda podem salvar uns aos outros;

Preste atenção ao mapa e se direcione para os ambientes ainda não explorados. É bem provável que ainda existam fantasmas por lá;

Sugue tudo pelo caminho, pois o jogo entrega muitas corações para recuperação de vida;

Se estiver se sentindo perdido, acompanhe os outros jogadores pelo mapa e atue como médico, recuperando a vida deles em caso de algum dano mais grave.

Mesmo com essas dicas, vale o que já disse antes. Depois de avançar um pouco mais na história você vai se sentir mais confiante para o multiplayer, e sua contribuição será muito mais positiva.

Não esqueça de falar com E. Gadd

Em alguns momentos do jogo, você certamente vai se sentir preso, sem saber o que fazer. Nessas horas, vale muito a pena entrar na tela de pause e falar com E. Gadd. Como ele o acompanha do laboratório por toda a aventura, ele pode te dar dicas sobre o que fazer ou sobre como o ambiente e fantasmas se comportam. Não é o mesmo que entregar a solução dos puzzles. Portanto, não se preocupe: ainda vai ser necessário bater a cabeça para encontrar a resolução dos enigmas.

Valorize o Burst e o Suction Shot

O Burst é um movimento novo, que permite ao Luigi dar um pequeno salto afastando as coisas que estão por perto. É útil para afastar inimigos em situações complicadas, mas ainda mais necessário nos chefes, quando é preciso dominar o tempo de ataque para fugir de golpes específicos saltando (e nesse jogo a única forma de fazer isso é com o Burst).

O Suction Shot, por outro lado, possui a vantagem de uma mira automática. Então, o mais importante não é tanto saber atirar, mas sim identificar o que pode ser atingido. Nos mapas existem muitas barreiras aparentemente intransponíveis, e o Suction Shot ajuda o jogador a tirar objetos do caminho. Para objetos mais pesados, como um sofá, por exemplo, você precisa de dois desentupidores ao mesmo tempo, com Luigi e Gooigi atuando juntos. E falando nisso…

Aprenda a pensar em dupla

Mesmo jogando sozinho, em muitos momentos será necessário realizar ações conjuntas. Luigi’s Mansion 3 tem uma boa solução para isso. Quando acionamos o Gooigi, Luigi fica meio catatônico, mas ainda pode executar determinadas funções de maneira automática, como usar a Poltergust. Assim, às vezes você perceberá que é necessário poder dobrado para realizar determinadas ações. Por isso, lembre sempre de considerar a possibilidade de usar essa forcinha extra.

 Limpe Absolutamente Tudo

Além de estar cheio de mortos-vivos, este hotel assombrado é absolutamente imundo, quem vai tirar todo esse pó e mofo do caminho? Luigi, é quem. Também ajuda que a limpeza (que está apenas aspirando tudo à vista) é uma ótima maneira de descobrir segredos, encontrar mais dinheiro, farejar pedras preciosas e descobrir muitos divertidos pequenos ovos de Páscoa e mordaças.

Por exemplo, se você vir algo em uma parede, cartaz ou pintura, tente testar o aspirador antigo nele. Pode não ser importante, mas é possível que oculte algo que você deseja. Obter limpeza! Afinal, eu não estou pagando para você se divertir!

Passe essa mudança

Por alguma razão estranha e de outro mundo, fantasmas neste hotel estão cheios de dinheiro. Ele literalmente voa para fora de seus corpos transparentes! Você acumulará muitas moedas, barras de ouro, notas de dólar e pérolas ao longo do jogo. Eles podem ser usados ​​na loja do cientista louco Professor E. Gadd para obter itens que o ajudam a voltar à vida após a morte e encontrar itens secretos.

Quaisquer itens que o ajudem a localizar gemas, por exemplo, são incrivelmente úteis, pois é difícil encontrá-los em alguns níveis. Esse privilégio adquirível destacará as gemas para você, facilitando o rastreamento. Embora eles sejam um pouco caros e você precise comprar um para cada gema.

Não bata fantasmas imediatamente

A Mansão 3 de Luigi dá a Mario verde a capacidade de capturar fantasmas e jogá-los no chão, reduzindo consideravelmente seus pontos de vida. Se você está enfrentando um ghoul particularmente tanque, então não vai querer bater a presença assustadora no chão imediatamente.

Se você usar o vácuo no primeiro, mesmo após o ponto em que você é capaz de bater com força, você diminuirá ainda mais a saúde deles. Batê-los derruba seus pontos de vida em um grande pedaço antes de deixar o fantasma escapar de sua sucção. Então, desgastá-los um pouco mais de antemão torna cada luta um pouco mais rápida.

Tome seu tempo aterrorizante

Os níveis espalhados por todo o hotel são variados e emocionantes, tornando a revelação de cada uma delas algo pelo que esperar. É fácil pular a arma e correr de um nível para o outro. Em vez de ir a uma velocidade vertiginosa, não se apresse e explore todos os cantos de cada nível.

Pode ser difícil voltar e explorar os níveis anteriores após o fato, às vezes vale a pena gastar alguns minutos extras para encontrar jóias, Boos e todas essas coisas boas antes de passar para o hotel.

Faça capturas de tela abundantes

A última aventura de Luigi é cheia de piadas, memes e brincadeiras perfeitas para compartilhar. Tenha esse dedo instantâneo pronto para cenas, ovos de Páscoa e pequenos diálogos pelos quais a Nintendo é conhecida, valerá a pena. Estou jogando o jogo há algumas semanas e já sei que alguns momentos se espalharão pelas mídias sociais como um incêndio.

Pergunte a E. Gadd

Assim como a segunda aventura assombrada de Luigi no Nintendo DS, Dark Moon, o professor E. Gadd não cala a boca. Ele ainda está trocando mensagens com você, especialmente durante as primeiras horas do jogo. Mas ele também pode ser útil. Se você ficar preso, entre no menu e selecione a opção para falar com o professor. Ele pode ter uma dica para ajudá-lo. Além disso, ele está sozinho, então jogue um osso para ele!

Barras de ouro e fantasmas dourados

Existem duas formas de ficar rico mais facilmente em “Luigi’s Mansion 3”. A primeira é sugar tudo, literalmente TUDO que você puder, em cada sala para encontrar barras de ouro, que valem muito dinheiro. A primeira delas, por exemplo, você acha no andar B1 em uma prateleira assim que chega na lavanderia.

A segunda forma é capturando fantasmas dourados. Eles estão escondidos em cada andar, portanto vasculhe minuciosamente cada sala até achá-los. Geralmente encontram-se dentro de itens quebráveis. Ao vê-los, use o aspirador de fantasmas para derrotá-los. Ao longo da luta e depois dela, você será recompensado com moedas e barras de ouro. Dica: um desses fantasmas está em uma armadura do lado direito da porta do elevador no sexto andar.

Personagens

‘Luigi’s Mansion 3’ para Nintendo Switch  é composto por diferentes personagens que compõem seu elenco, então Luigi  não será o único que podemos ver nas mais de 10 horas de história que o título dura (sem contar os itens colecionáveis). Portanto, abaixo, você terá uma descrição de todos eles: 

Luigi: protagonista do jogo. Depois de ver como seus amigos foram presos por Rey Boo, ele terá que se equipar novamente com os Succionaentes para livrar o mundo dos fantasmas do Gritz Hotel. 

Professor Fesor: O criador de todos os aparelhos que Luigi usa e um especialista em atividades paranormais e psicotrópicas. Será o nosso apoio e guia durante o jogo.

Gomiluigi: Co-protagonista. É uma criação do Professor Fesor que podemos controlar, seja no Modo Cooperativo ou 1 Jogador. É capaz de passar por grades e áreas de espetos, mas se dissolve com a água.

Ectochucho: o animal de estimação de Luigi que o acompanhará na aventura. Às vezes, dá pistas para saber onde seguir.

Vilma Du Tel: Dono do Hotel Gritz e regente de todos os fantasmas que o habitam. Ele tem um grande interesse no rei Boo. 

Mario: O irmão de Luigi foi seqüestrado no início do jogo.

Peach: Princesa do Reino dos Cogumelos que é mais uma vez sequestrada. 

Sapo: 3 Sapo (nas cores azul, vermelho e amarelo) que acompanha a Princesa Peach e os encanadores em sua estadia no Hotel Gritz.

King Boo: O maior inimigo de Luigi. Regente do Boo e fantasmas. Ele busca vingança contra Luigi por suas derrotas anteriores. 

Referências:

Nintendo Suporte, Juego sadn, Nintendo Blast, GameMe, Uol, wikipedia.

South Park: The Stick of Truth

South Park: The Stick of Truth é um jogo eletrônico do gênero RPG de 2014, desenvolvido pela Obsidian Entertainment, com a colaboração de South Park Digital Studios, e publicado pela Ubisoft para PlayStation 3, Xbox 360 e Microsoft Windows. O jogo é baseado na série de desenho animado estadunidense South Park, o enredo é centrado no “garoto novo”, que se muda para a cidade de mesmo nome, envolvendo-se em uma épica guerra de fantasia RPG entre seres humanos, magos e elfos, que estão lutando pelo o controle de um objetivo super poderoso, o Stick of Truth (Cajado da Verdade). O jogo sai completamente fora do controle, levando-os em conflitos com alienígenas, zumbis nazistas e gnomos, ameaçando a cidade à destruição.

O desenvolvimento começou em 2009, após os criadores de South Park, Trey Parker e Matt Stone, aproximarem da Obsidian com a ideia de fazer um jogo RPG projetado para refletir exatamente a série de televisão. Parker e Stone estiveram envolvidos ao longo da produção do jogo: eles escreveram o enredo, foram consultados sobre o projeto e expressaram vários personagens da série. South Park: The Stick of Truth teve uma produção turbulenta; a data de lançamento foi adiada várias vezes a partir da data programada em março de 2013 até o lançamento em março de 2014. Houve também uma mudança de editora na sequência da falência da THQ, editora original. Os direitos do jogo foram comprados pela Ubisoft no início de 2013.

South Park: The Stick of Truth foi objeto de censura em algumas regiões devido ao seu conteúdo, que inclui abortos e imagens nazistas; Parke e Stone substituíram as cenas com explicações detalhadas sobre cada. O jogo foi lançado com críticas positivas, que elogiou o roteiro de comédia, o estilo visual e a fidelidade ao material de origem. Ele recebeu críticas por falta de combate e técnicas difíceis que retardaram ou impediram o progresso. A sequência, South Park: The Fractured but Whole, está agendada para ser lançada em 2017, ao lado de uma versão de South Park: The Stick of Truth para PlayStation 4 e Xbox One.

Tela de criação de personagem

Sua roupa, seu jeito, sua cara

É aqui que você escolhe sua aparência e monta um perfil inicial. Essa parte é fácil. Mas o Cartman, de qualquer jeito, vai te achar um fucking-cão-chupando-manga com a roupa mais ridícula do mundo.

Classes

Chegou o momento de escolher sua classe, ou seja, que define os tipos de habilidades que você tem e como vai lutar durante as batalhas. No fim das contas, você é insignificante e o Mago Rei podia dar conta de encontrar o Bastão da Verdade sozinho. Mas como ele é um cara muito legal, vai deixar você participar da brincadeira.

Você vai conhecer a galera da vizinhança conforme for jogando. Isso é uma parte muito importante porque, sabe como é, networking te leva à melhores oportunidades. Não esqueça de adicionar todo mundo e fazer seu “feici” bombar.

“Mova sua bunda, Idiota”: você vai descobrir como a interface do jogo é simples.

Todo mundo tem nome de guerra em um RPG. Teoricamente, você escolhe algo que acha sensacional. Só que, nesse jogo, quem manda é o Cartman e ele diz que seu nome vai ser “Idiota”. Não adianta discutir, ele não vai te chamar de outro jeito.

Na galeria, ali de cima, tem várias imagens com um pouquinho da interface. Seu inventário, a loja de equipamentos, os bichinhos especiais que você captura e coleciona e seu caderno de missões. Tudo muito fácil de entender.

Referências aos episódios

Se você não acompanhou a série de TV de South Park e gostaria de jogar o game, não se preocupe. É possível curtir a história do jogo mesmo sem entender algumas das inúmeras referências colocadas na aventura. Caso você esteja curioso para entender os detalhes e piadas, pode começar pela trilogia “Black Friday”, que são os episódios 7, 8 e 9 da 17° temporada. Eles serviram como um prólogo para entender a origem da brincadeira das crianças no game.

Como começar a sua aventura

Ao entrar no menu inicial, escolha a opção “Novo Jogo” e siga as instruções para selecionar o nível de dificuldade e criar o seu novo personagem. O game não é difícil, até mesmo em níveis mais altos, e você poderá aproveitá-lo no tempo que quiser. Ele também conta com legendas em português para facilitar o entendimento das piadas e narrativa. Para selecioná-las, basta você mudar o idioma da interface da sua plataforma. Acesse as opções do PS3, Xbox 360 ou na sua conta do Steam para selecionar o idioma da interface e colocá-los em português.

Após a animação inicial, você deverá completar a primeira missão do jogo para fazer amigos. Encontre o personagem Butters à direta e siga-o para a casa do Cartman. Siga o pequeno tutorial para aprender os primeiros comandos em combate. Nesta parte não há muitas dificuldades, mas é necessário um pouco de atenção para completar os golpes.

Importante: O sistema de combate segue o estilo dos jogos de RPG, sendo realizado por turnos. Os ataques tem tempo certo, então fique atento para os comandos que aparecem logo abaixo. Siga os controles e aperte os botões pedidos no momento certo para realizar seus ataques. Golpes fora do tempo certo causam menos dano ou falham.

Interface e Comandos

A interface também segue o tom bem humorado de South Park, fazendo referências ao episódio “Você tem 0 Amigos”. Familiar a uma página do Facebook, seu menu principal reúne todas as informações do seu personagem, habilidades, mapa e até mesmo mensagens dos personagens do jogo em um mural. Você poderá atualizar habilidades, conferir suas missões e ainda pegar dicas em mensagens dos personagens. Vale lembrar que para pegar as dicas é necessário explorar o mapa e conversar com outras pessoas, para convidá-las para sua rede social. Fique atento aos pontos de interrogação mostrados no mapa, pois estes guiarão você pelas missões, mostrando onde deve ir e o que fazer.

Os comandos tem diferenças muito distintas entre as versões de console e as de PC. Usando o mouse e teclado, você controla seus personagens com os botões A, W, D e S e seleciona as habilidades no combate com o uso do mouse. Já nas versões de PS3 e Xbox 360, os comandos no controle são muito semelhantes, e para mudar as opções você deverá usar os botões superiores como R2 ou LT e selecionar as opções usando o analógico. Uma dica é usar o controle do Xbox 360 no PC, pois ele permite um controle melhor dos movimentos em combate e é mais preciso para acertar o tempo correto dos ataques.

Escolha diferentes classes e equipamentos

Ao criar seu personagem você terá quatro diferentes classes pra escolher, sendo elas o Guerreiro, Mago, Ladrão e a curiosa classe de Judeu. Na hora de escolher, tenha em mente que cada classe possui habilidades especiais específicas, todas inspiradas na série de TV e com diversas piadas. Já na hora de escolher seus equipamentos, não se preocupe. Não existem restrições ou equipamentos certos para cada classe, e tirando certas roupas que o personagem Cartman dá ao seu, você poderá equipar quase todas.

Sua roupa consiste em uma fantasia bem criativa que pode variar de tema. Para consegui-las, você deve juntar dinheiro e explorar diferentes lugares do jogo. Elas podem ser desbloqueadas em missões ou podem estar escondidas, e é necessário ter o level certo para usar determinadas roupas. Os acessórios são variados e podem ser encontrados da mesma forma, ou comprados. Você pode usar perucas, óculos e até mesmo barba. A maioria dos acessórios fazem referências aos episódios e vão lhe garantir diferentes bônus para usar em combate.

Realizando missões

Para evoluir o seu personagem e avançar no jogo é essencial que você complete as missões (quests) e entre em combates para ganhar experiência. Como características dos clássicos RPGs, você precisará ganhar experiência para atingir níveis maiores, para assim poder equipar novos equipamentos e derrotar inimigos mais fortes. As missões principais, marcadas por pontos de interrogação amarelos e azuis, avançam a história principal do jogo, enquanto os pontos cinzas são missões opcionais que lhe darão itens bônus e também experiência extra.

Procure pelos pontos no mapa ao acessar o menu principal. Clique nos pontos de exclamação para ler as informações pedidas na missão e se guiar. Usando os pontos você encontrará facilmente seus objetivos e saberá o que fazer para completar cada missão. Siga as instruções e complete o maior número de missões possíveis para subir de nível, conseguir itens e coletar objetos colecionáveis.

Sistema de combate

O sistema de combate é muito simples, seguindo a ideia de ter sido criado pelas crianças da quarta série. Ao encontrar e encostar nos inimigos pelo mapa, você automaticamente entrará em combate e contará com a ajuda de parceiros para te ajudar. Use os botões R1 ou RT para trocar de companheiro no controle ou selecione com o mouse no PC. Seu companheiro também ganhará novas habilidades com o tempo. Lembre-se que ao trocar, o outro personagem não poderá atacar no mesmo turno. Ataque primeiro seus inimigos antes de entrar em batalha para começar o turno atacando.

O combate é realizado por turnos onde cada jogador terá sua vez de atacar. Você poderá usar um item por turno e um ataque, seguindo sempre as instruções de cada um e tentando acertá-lo no tempo certo pedido. Fique atento para as suas barras em combate, que são as de HP ou vida, a de PP ou “Power Points” e sua barra de Mana. Você precisará das duas últimas para realizar ataques, usando a de PP para golpes especiais e a de Mana para habilidades. Cada ataque especial e habilidade usada gastará os pontos das suas barras.

Para se defender, você deverá ficar atento ao tempo de ataque do seu adversário. Ao ver um circulo cinza abaixo do seu personagem, pressione o botão de ataque no controle ou no mouse para bloquear um ataque. Quando mais preciso, melhor será o seu bloqueio. Você também pode invocar criaturas durante o combate, mas a invocação só pode ser usada uma vez por dia. Para ganhá-las você precisa visitar os moradores de South Park e realizar tarefas pra eles. Para invocar a mesma criatura, você precisará retornar ao morador e falar com ele para ter acesso a ela novamente.

Importante: Compre ou explore para coletar itens de recuperação, como lanches, refrigerantes e comidas fortes que recuperam suas barras de HP, PP e Mana. Lanches maiores recuperam quantidades maiores de vida, assim como outros itens para as outras barras. Vale lembrar que você poderá usar apenas um item por turno, então escolha com cuidado.

Itens colecionáveis

Fazendo novamente referências aos episódios, o game conta com diversos objetos colecionáveis que podem ser coletados ao longo da aventura. Alguns estão em locais de fácil acesso, mas outros precisam de uma atenção especial por estarem bem escondidos, além de precisarem do uso de habilidades específicas. Um dos itens colecionáveis são os famosos Chinpokomon, uma sátira ao desenho Pokémon feita na série de TV. Acessórios também são itens colecionáveis, mas podem ser usados no seu personagens, garantindo bônus e até mesmo conquistas ou troféus se usados em determinados momentos.

Dicas básicas antes de começar o jogo

Escolha bem o seu companheiro de time (Conquista No Chilft Left Behind). Na minha opinião, para esse jogada no qual se deseja obter o 100% vale ressaltar os companheiros (não necessariamente nessa ordem):

BONS:

Kyle: Tem um bom dano e aguenta também bastante dano. Recomendo contra chefes.

Stan: Tira pouco dano mas é um bom tank. Recomendo contra chefes.

Jimmy: As skills dele auxiliam bastante, é um ótimo suporte. Recomendo contra inimigos comuns.

Cartman: Tem pouca vida e defesa, mas tem um forte dano em área. Recomendo contra uma grande onda de inimigos.

RUINS:

Kenny: Apesar de ser ótimo no começo do jogo, o Kenny durante suas skills pode morrer, colocando em risco assim a conquista.

Butters: Muitos dizem que é o melhor companheiro, talvez até seja. No seu perfil na seleção de Grupo é possível observar que Butters tem uma ”passiva secreta” do qual ele dobra a chance dos inimigos focarem ele, logo, você não vai desejar isso, ele pode morrer e pôr em risco a conquista.

Lembrando também é possível reviver os colegas antes da batalha acabar, porém efeitos como Sangramento e Incendiar pode matar o inimigo antes que você tenha tempo de reviver o aliado. Caso o aliado morra, recomendo você fazer reload no save antes da batalha acabar (o jogo faz autosave sempre).

Durante sua jogatina, converse com todos e interaja com tudo que puder. Abra todas as portas e portões e explore as casas.

A dificuldade não altera a obtenção das conquistas. Logo, você pode deixá-la em Casual para facilitar as coisas.

Upe ao máximo sua primeira habilidade (Conquista Mastery).

Não venda nada durante a campanha para poder desbloquear a conquista For the Hoarder. E também evite gastar dinheiro, pois no final você vai precisar ($175 para ser mais exato), dá pra finalizar o jogo fácil fácil apenas com os itens dropados/obtidos.

Referências:

Pure break, Steam community, wikipedia, techtudo.

This War of Mine

This War of Mine é um jogo de 2014 de sobrevivência no meio de uma guerra desenvolvido por 11 bit studios. O jogo, que foi inspirado pelo Cerco de Sarajevo durante a Guerra da Bósnia de 1992 até 1996, difere-se dos demais jogos do estilo pelo fato do foco e da jogabilidade serem voltados a civis, e não militares. This War of Mine foi lançado para Microsoft Windows, OS X e Linux sistemas operacionais em Novembro de 2014. A versões para Android e iOS só foram liberadas em 14 de julho de 2015.

O Jogo é uma perspectiva diferente da guerra onde o jogador controla os Civis que ficaram presos em uma casa e tem que sobreviver saindo a noite e pegando suprimentos, o jogador pode utilizar o Stealth e pegar suprimentos sem ser visto ou usar uma arma e matar todos no local, estas ações podem dar consequências no jogo como um personagem ir embora por não querer ser um assassino ou ele entrar em depressão severa por meses.

Personagens

Os personagens são 12 e cada um tem sua história individual.

Anton: Ele era um professor de matemática antes da guerra. Durante a guerra a universidade onde ele trabalha foi destruída e o mesmo teve que se esconder com seus alunos no porão. Muitos alunos foram mortos por snipers ou tentando achar um abrigo, aparentemente ele é o único que sobreviveu.

Arica: Ela era uma garota que vivia numa vizinhança antes da guerra. Diferente dos outros personagens que veem de Pogoren como cidade natal, ela veio da capital fugindo dos assassinos. Ela vivia com seu pai alcoólatra e abusivo depois que sua mãe morreu. Seu pai morreu depois do início da guerra e ela se tornou uma ladra e fumante.

Boris: Ele trabalhava em um armazém carregando caixas, e possui grande força. Durante a guerra, seu bairro foi bombardeado e por causa de um objeto que no jogo não é descrito com clareza, ele quebrou seu pé. Ele tem uma esposa e um filho já falecidos (Ana e Luka). Sua esposa morreu quando estava escavando seu pé para fora dos escombros, morta por um sniper, e a morte de seu filho não foi especificada.

Bruno: Ele era um chefe de cozinha antes da guerra. Ele tinha um restaurante e era famoso por conta de seu programa de TV chamado “Bruno´s Cuisine”. Ele viveu em uma cidade nos arredores de Pogoren. Um dia recebeu um telefonema de sua melhor amiga que dizia a ele estar preocupada, pois dois homens estavam lutando na rua. Bruno a acalmou e disse que tudo ficaria bem, mas esses homens eram descritos como Rebeldes. Depois de alguns dias ele viu no noticiário que muitas brigas estavam ocorrendo entre pessoas no bairro onde ele e sua amiga moravam. Percebendo que seu bairro estava sendo atacado e sua amiga em perigo ele pegou um ônibus e foi o mais rápido para lá, mas ele demorou muito e viu que os pontos de ônibus não estavam mais funcionando devido a guerra, então ele busca desde então um modo de achar sua amiga sozinho na guerra. Ele é descrito como sociopata pelos jogadores por não sentir remorso quando mata ou rouba alguém.

Katia: É a negociadora. Cresceu na cidade (Pogoren), mas foi para o exterior estudar e começar a trabalhar como repórter, onde ficou vários anos. Quando os problemas de seu país natal se transformaram em uma guerra, foi escolhida para escrever relatórios sobre ela. Queria rever seus pais no início da guerra, mas já era tarde demais – encontrou a casa em ruínas, e sua família tinha desaparecido. Desde então procura por eles.

Pavle: Ex-jogador de futebol. Antes da guerra, vivia com mulher e filho na melhor parte da cidade. Desde então não os viu mais. Segundo ele mesmo: “quem precisa de jogadores de futebol durante uma guerra? Ninguém se preocupa com esportes quando todos os dias poderia ser seu último.”

Marko: Era um bombeiro. Se casou com uma vítima de um incêndio que ele resgatou (Alina). Tiveram duas filhas, mas no início da guerra as 3 fugiram e ele decidiu não abandonar o corpo de bombeiros naqueles tempos difíceis. Quando tentou ir atrás delas, não conseguiu mais deixar a cidade. Perdeu o contato com a família.

Marin: Marceneiro. Na casa, é considerado um “faz-tudo”. Tinha uma oficina onde consertava qualquer coisa, mas se recusou a fazer umas peças de arrombamento. Mais tarde, sua casa foi explodida por um coquetel Molotov, e sua esposa morreu. Eventualmente, no jogo, pode entrar em depressão e fugir da casa roubando alguns itens.

Os outros personagens são: Cveta (ex-curadora de crianças), Zlata (ex-musicista), Emilia (ex-advogada) e Roman (ex-combatente).

No começo da guerra

Você provavelmente irá viver até a primeira semana sem que alguém morra de doença ou tome sua própria vida, mas é a forma que você se prepara para os dias mais duros pela frente que irá determinar quanto tempo você aguentará. Isso significa que é de grande importância o primeiro dia e a limpeza necessária em sua própria habitação.

Para os iniciantes, é aconselhável não alimentar ninguém no primeiro dia e não permitir que ninguém durma, focando mais em completar as tarefas necessárias ao redor da casa. É claro que deve abrir mão dessa estratégia caso haja alguém realmente faminto ou doente quando começar o jogo, mas caso não haja, salve seu tempo e recursos para tempo mais difíceis.

Nos primeiros dias então você deve focar em estocar comida, remédios e materiais, bem como preparar-se para quando as coisas ficarem realmente feias. Isto significa preparar sua habitação para reduzir roubos, construir camas, um chuveiro coletor de água de chuva, forno, armadilhas para roedores e uma bancada para trabalhos avançados para criar ferramentas simples e armas, por exemplo.

A arte do combate

Procure usar os seus personagens mais fortes e dispensáveis. Com eles, será mais fácil para liberar espaço para que o personagem com maior capacidade de transporte possa coletar os suprimentos do local, sem medo de ser ferido. Isso ajuda bastante na luta do dia a dia em sobreviver.

Além de um caminho claro para o membro do seu grupo que irá pegar os suprimentos, os combates irão ajudar a conseguir novas e melhores armas, apesar do grande risco. Porém, uma vez que estiver com algumas pistolas e espingardas, você poderá se locomover sem temer muito as consequências. É bom também deixar um par de armas em sua base para proteção contra ladrões.

O combate também não é apenas com relação ao dano físico. O jogo possui toda uma mecânica de consequências psicológicas. Após matar um número de pessoas, o membro do grupo pode começar a sofrer de depressão e nunca ser o mesmo de antes.

A arte da limpeza

Os suprimentos em sua casa podem durar até um dia, e mesmo assim, raramente há o suficiente para satisfazer a necessidade de todos. Isto significa que sua primeira noite também será sua primeira viagem para o mundo exterior. E a forma como você se prepara pode determinar o quão cheio a sua mochila estará quando chegar em casa.

Alguns dos locais gerados para limpar são perigosos. Procure mandar alguém a frente antes de enviar o seu companheiro com o maior espaço na bagagem. Ás vezes será necessário fazer escolhas de duvidosa carga moral, ou seja, terá que enviar alguém a missões bastante arriscadas e com poucas chances de sobrevivência.

Mantenha-se na linha

O game possui diversas situações reais de uma região em guerra, e às vezes, pode forçar uma conduta mais violenta do grupo. Mas é exatamente nessa hora que a falta de agressividade, ou mesmo a demonstração de compaixão, pode ajudar ao seu grupo a permanecer mentalmente forte. Não importa se você estiver bem de suprimentos e capacidade física, se os membros do seu grupo estiverem com o psicológico em frangalhos.

A compaixão não se trata apenas em deixar as pessoas viverem quando se está invadindo locais em busca de suprimento, mas também em ajudar seus vizinhos quando eles batem em sua porta. Ao ajudar aos outros sobreviventes, você poderá acabar ganhando valiosas recompensas.

Primeiro Dia e Primeira Noite

De essencial, explore sua casa. Haverá lugares com portas trancadas que precisaram de mixas (equipamento para abrir portas rapidamente e em silêncio) ou de pés-de-cabra (equipamento para arrombamento, faz muito barulho e serve para machucar pessoas) e haverá lugares com escombros, onde você vai precisar de uma pá (equipamento muito eficiente para tirar entulho) ou você pode usar as mãos, que levará um tempo considerado. Dica: No canto superior esquerdo, haverá um relógio de extrema importância. Administrar seu tempo será sempre sua melhor opção, tente explorar o máximo de sua casa até o meio dia, logo após esse horário, use um personagem para construir outras coisas, como um fogão. Dica: Coloque as estruturas o mais perto possível uma da outra, de fato, você não vai conseguir deixar tudo “bonitinho”, pois o importante é a funcionabilidade.

Oito horas, é noite. Inicialmente você terá poucos lugares para ir, portanto escolha o mais próximo de seu abrigo – aquela casa ou prédio em ruínas – você encontrará bastante itens, leve de primeiro os alimentos (que você vai precisar no dia seguinte) e leve também itens de valor, os que você encontrar. Cada personagem possui sua mochila e sua determinada quantidade de itens que pode carregar. Dica: Você não será atacado na sua primeira noite, então deixar seus personagens dormindo na casa é algo que será ótimo para o segundo dia. Dica: Se você for na casa em chamas (mesmo se ela não estiver em chamas) você encontrará lugares para examinar, indicados por uma lupa e uma delas localizada no segundo andar da casa. Logo após de você ler, vai aparecer um novo lugar para explorar.
Lembra-se do relógio? Pois bem, ele também é útil na sua exploração. Você não deve deixar esse relógio chegar à 5:59 AM. Caso isso não ocorra, você vai começar a lidar com a sorte, seu personagem pode voltar para casa ileso, ferido, gravemente ferido ou não voltar. Isso ocorre por causa do exército, que sai de manhã mantando qualquer civil que aparecer.
O primeiro dia e a primeira noite são relativamente fáceis, mas não significa que os outros dias também serão assim.

Como proceder do segundo dia em diante

Segundo dia e seus personagens estão com fome e o que você usou para coletar está cansado. Tudo é bem simples, você deve preparar comida no fogão (se você o construiu) e descansar o(s) personagem(s) que estão cansados (para isso, você deve ter construido uma cama).
Aproveite seu segundo dia usando o que você conseguiu coletar do primeiro. Faça mais camas, melhore seu fogão, faça uma bancada para fazer ferramentas de muita importância.
Quando for coletar, lembre-se de sair com uma “lista de coisas para pegar” facilitando muito sua coleta.

Segundo dia será bem parecido com o primeiro, tirando o fato que você pode ser atacado de noite, portanto você deve deixar um de vigia ou, se necessário, todos os que ficaram na casa. Dica: Há personagens que ajudam na casa, tais como o Marin e o Bruno. Cada um tem uma habilidade única e muito importante. Marin é um construtor que, antigamente, consertava e criava coisas sob encomenda, portanto ele sabe como construir tudo em sua casa. Graças a sua habilidade com construções, Marin pode construir coisas na casa usando menos materiais que os demais.
Bruno era um Gourmet muito reconhecido em Pogoren, porém veio a guerra e agora ele não passa de um cozinheiro, mas ainda é extremamente útil em tempos de escassez de alimentos. Bruno usa menos materiais para cozinhar e faz mais alimentos, podendo alimentar todos em casa.

Combates e roubos furtivos

Umas das coisas mais complicadas em This War of Mine é o combate, tanto corpo a corpo, armas brancas e armas. Você pode socar as pessoas, porém eu não recomendo, pois soco é demasiado fraco e é bem capaz que seu inimigo tenha uma faca ou até uma arma de fogo consigo. Facas são bem eficientes para “Backstab”, melhor dizendo, uma facada mortal nas costas. Há vários personagens já citados que realizam esse ato.
Combate é só clicar no círculo em cima do personagem inimigo e então você vai realizar seu ataque, o mesmo para armas de fogo.
Armas,punhos,facas,pés-de-cabra,machadinha,pistolas,shotguns,rifle de assalto. Você pode encontrar partes das armas de fogo espalhadas por todo seu mapa e também possuem partes de coletes balísticos e capacetes que você pode consertar (como com as armas) ou você pode encontrá-los inteiros, normalmente em corpos de rebeldes fortemente armados e soldados. Além de tudo isso, você pode fazer munição com pólvora e capsulas de munição vazios, possibilitando a criação de munição para todas as armas. Lembre-se: Tenha calma. Sei que é difícil quando você acha muita coisa boa e tem que decidir entre o combate e a fuga, mas ai vai uma dica, a fuga é sempre a sua melhor opção. Caso tenha 1 cara apenas e você está fortemente armado, não tenha medo de enfrentá-lo, você pode ganhar essa luta fácil (saiba que você pode deixar as pessoas da sua casa tristes) mas, se você se deparar com mais pessoas na casa ou no local que você está visitando, corra. Matar várias pessoas é extremamente difícil, além do fato que você vai ficar eufórico por conta dos itens que você conseguiu e dos futuros itens que você pode conseguir matando as pessoas.

Diferença entre pegar e roubar

Há uma diferença entre pegar e roubas, além das palavras. Pegar não resulta em nada, “como assim?”, quando você pega algo, significa que aquilo não tinha dono, ou seja, é seu. Se você pegar algo na frente de um personagem na casa, nada de ruim vai acontecer com você.
Roubar é um pouco mais complicado…Quando você rouba, você tira algo de alguém (necessariamente) e como diria o jogo Life is Strange™ : “Essa ação terá consequências” pois é, mais ou menos isso que acontece em This War of Mine, além do fato que a pessoa vai só tentar te matar. Quando você rouba, alguns dos seus personagens ficam emotivos, exclamando: “Peguei muito daquelas pessoas, como vão sobreviver agora?”- Não se preocupe, você precisa daquilo para sobreviver (muitas vezes). 

Vigília

Apesar de muitos pensarem que o essencial do jogo é basicamente sair a noite com um bom coletor e trazer ítens de elevado valor e/ou suprimentos, isso não está totalmente certo, já que, no caso de saqueadores atacarem seu abrigo a noite, muito pode-se perder por não dar a devida atenção à vigia do mesmo.

Vigia

A vigia nada mais é do que: seus personagens deixados para essa posição tentarão repelir quaisquer invasores que possam adentrar o abrigo durante o tempo em que você estiver fora. É importante mencionar que o jogador não tem qualquer participação direta na vigia, a unica coisa que se pode fazer é deixar os personagens mais capazes de realiza-la devidamente equipados com armas e manter o abrigo bem seguro.

Níveis de perigo

Há diversos níveis de perigo possíveis, sendo os mesmos:

Baixo: geralmente ocorre nos primeiros dias de jogo, mensagens como “eles não pareciam muito determinados” ou “era apenas um grupo de catadores” aparecem.
Moderado:Ocorre a qualquer dia do jogo exceto nos iniciais e no periodo de aumento de criminalidade, mensagens como “era um grande bando de ladrões” ou “eles pareciam determinados” aparecem.
Elevado: Só ocorre no periodo de aumento de criminalidade, mensagens como “Eram muitos e estavam armados” ou “os saqueadores eram bem agressivos” aparecem.
Extremo: Pode ocorrer no periodo de aumento de criminalidade, mensagens como “era um grupo extremamente agressivo e estava bem armado” podem aparecer.

Os danos causados ao abrigo podem ser: nenhum, minimo, moderado e elevado. Onde basicamente o que varia são o numero de coisas roubadas e o nível dos ferimentos que os vigias podem sofrer.

Habilidade de vigia dos personagens

É essencial que um ou dois personagens sejam deixados de vigia a noite, porém nem todos eles são bons para essa função. Abaixo uma tabela que exemplifica o “nível” de habilidade dos personagens em ficar de vigia.

Melhorias no abrigo

Algumas melhorias podem ser feitas no abrigo para ajudar a diminuir as chances de ser atacado a noite. Ainda não realizei testes o suficiente para comprovar sua eficiência exata, porém, são de grande ajuda no periodo de aumento de criminalidade.

Tampar buracos

Pode ser construída três vezes e é pré-requisito para a construção da porta com alarme (veja abaixo) necessita de pelomenos um upgrade na mesa de trabalho (mesa inicial +1 upgrade)

Porta com alarme

Pode ser construída após ter tapado os três buracos e realizar o ultimo upgrade da mesa de trabalho (mesa inicial + 2 upgrades)

Deixando armas para os vigias

Outra forma de melhorar significativamente a chance de não ser roubado é deixar armas com os vigias a noite. Eu particularmente gosto de deixar uma arma de fogo com pelomenos 6 munições e uma arma branca para o caso de utilizar 2 vigias, porém, obtive melhores resultados deixando todos os vigias com armas brancas e trocando as armas de fogo por outras coisas (comida, bandagens, etc) fica a critério do jogador.

Se tudo mais der errado…

Se você chegou ao período de aumento de criminalidade e não está seguro de que seus itens estão a salvo, você pode leva-los a noite com o seu coletor e deixa-los em algum local previamente visitado para que assim eles não possam ser roubados. (Eu concordo que é realmente muito estranho seus itens estarem mais seguros em um lugar abandonado ao relento do que na sua própria mini-fortaleza, mas testei isso e realmente funciona.

Ferramentas

Ferramentes que se podem ser feitas no jogo, suas utilizações majoritárias e seu custo (não levando em conta o “desconto” que Marin possui para fabrica-las).

Referências:

Steam Community, Techtudo, wikipedia.