A história do PlayStation 1

A história do PlayStation 1

Atualmente, é fácil dizer que a marca PlayStation é uma das mais importantes na história dos games. O mais novo console da Sony, o PS5, lançado em 2020, é da nona geração e com certeza é um item de muito desejo entre os gamers de todo o mundo. Mas hoje estamos aqui para falar de como tudo isso começou, lá nos anos 90, com o nascimento do PS1.

Parceria com a Nintendo

📷 A história do PlayStation 1 | Crédito na imagem

Hoje é difícil de se imaginar, mas a história do console começou numa inciativa conjunta entre Sony e Nintendo. Na época, as duas já tinham uma parceria no mundo dos games (com a produção do chip de som SPIC-700, para o SNES) e queriam levar essa parceria a um novo patamar. Juntas, as empresas desenvolveram o Nintendo Play Station, um console parecido com o SNES, mas com capacidade de ler CDs. O projeto até chegou a sair do papel e algumas unidades foram produzidas para enviar aos desenvolvedores de jogos em 1991, após isso, uma mudança de plano mudaria toda uma história. A Nintendo encerrou a parceria e fez contrato com a Phillips, já a Sony decidiu começar o seu próprio projeto.

O nascimento de uma lenda

A história do PlayStation 1

📷 A história do PlayStation 1 | Divulgação

Separada da Nintendo, a Sony decidiu entrar na guerra dos consoles e deu início ao desenvolvimento de seu primeiro console original, conhecido por nós como PS1. O primeiro PlayStation foi lançado em 3 de dezembro de 1994, no Japão. Já no ocidente, o console só foi chegar no ano seguinte. O console tinha design elegante e seus jogos rodavam por meio de CDs, o que permitia processamento em 3D e som melhorado. Outra novidade foi nos controles, que ganharam 4 botões nos “ombros”, dando mais possibilidades de gameplay aos jogadores. Posteriormente, o acessório foi sucedido pelo Dual Analog Controller, em 1997, e depois pelo original DualShock, no mesmo ano. Os primeiros jogos não tiveram tanta notoriedade, e tinham grandes dificuldades em adaptar todo o potencial do aparelho, mas isto não afetou suas vendas, que foram acima das expectativas da Sony.

Acessórios e melhorias

📷 A história do PlayStation 1 | Reprodução Mercado Livre

Não é de hoje que os jogadores gostam de multiplayer, mas era bem mais complicado jogar online na época do PSOne. Como a Internet ainda não era tão popularizada, a solução da Sony foi criar o PlayStation Link Cable, em 1995. O cabo permitia que jogadores conectassem dois consoles, por meio de duas TVs, para jogar multiplayer em alguns jogos que davam este suporte. Em 1998 chegou o PocketStation, um cartão de memória externo com tela LCD embutida, além de controles básicos para mini games. O PSOne foi um dos primeiros consoles a usar um memory card externo. Importante dizer que, seis anos após o lançamento, o PSone ganhou uma nova versão, menor e com mais processamento gráfico.

Alguns jogos marcantes

📷 A história do PlayStation 1

O que não falta no console é jogo bom. O PlayStation teve um total de 7918 títulos de software lançados no mundo todo. O título mais vendido do console é Gran Turismo, que vendeu 10,85 milhões de unidades. Os jogos de lançamento foram Jumping Flash! e Ridge Racer, com o primeiro sendo anunciado como um ancestral para gráficos 3D em jogos de console. Agora, se for falar de jogos que atravessaram gerações e alguns que ganharam sequências de sucesso até os dias de hoje, a lista inclui títulos aclamados pela crítica, como; Final Fantasy VII, Crash Bandicoot, Spyro The Dragon, Metal Gear Solid, Tekken 3, Tomb Raider,  Silent Hill, Resident Evil 2, Tony Hawk’s Pro Skater 2 e Dino Crisis.

📷 A história do PlayStation 1 | Divulgação

Em meados dos anos 2000, foi lançado o sucessor PlayStation 2. O PS1 foi sendo esquecido aos poucos e teve sua produção encerrada em 2006 com a incrível marca de mais de 100 milhões de unidades vendidas em todo mundo. Foi o console mais vendido da quinta geração, superando Sega Saturn e Nintendo 64.

Conta pra gente qual o jogo que você mais gostava do console.

Referências:

Segredos do Mundo, Tecnoblog, Wikipedia, TechTudo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.